SlideShare uma empresa Scribd logo
fotocopiável
DIAL6©PortoEditora
Modelo de carta
Observação de um modelo
Carta
Pragal, 5 de agosto de 2003
Nicolau, grande amigo:
Nem imaginas a alegria que eu tive quando recebi a tua carta!
Realmente deve ser aborrecido passar os dias a lavar garrafas e
ainda por cima sozinho.
No Pragal os dias vão quentes e cada vez há menos água para
regar a terra.
Como não é possível continuar a estudar, eu e a minha mãe
andamos a ver se conseguimos descobrir um em­pre­go. Ainda não
tenho a certeza mas se calhar vou para as obras aprender a trolha.
Ando com muita sorte! Além da tua carta, há dias também
recebi um postal. E sabes de quem? Do Luís… Ele está a passar
férias em Espinho. Mandou-me um postal ilustrado […]!
Não tenho mais nada a dizer. Tu bem sabes como é o Pragal.
Um abraço bem apertado deste teu grande amigo.
Pedro
P.S. Quando tiver mais novidades, escrevo-te.
Local e data
Fórmula de saudação
Fórmula de despedida
P.S.1
Assinatura do remetente
Introdução
Corpo
da carta
1.
P.S. – Esta sigla provém do latim e significa “Post Scriptum”, ou seja, escrito depois. Utiliza-se quando é necessário adicionar
alguma informação ou comentário, após a conclusão da carta.
António Mota, Pedro Alecrim, Gailivro, 13.ª ed., 2005 (adaptado e com supressões)
Carta informal / familiar
Fórmulas
de saudação
Caro Rui
Querido(a) amigo(a)
Meu querido avô
Olá, Simão!
Fórmulas
de despedida
Até breve
Um abraço amigo
Beijinhos do(a)
Saudades
Nota: Habitualmente, a seguir à
fórmula de saudação, coloca-se
uma vírgula ou dois pontos.
Nota: A seguir à fórmula de
despedida, coloca-se uma
vírgula ou um ponto.
DIAL6©PortoEditora
fotocopiável
Identificação da estrutura da carta
Verifica se esta carta respeita a estrutura própria deste tipo de texto, assinalando na coluna da direita os
diferentes elementos que a compõem.
Seia, 22 de dezembro de 2011
Querida amiga,
Como estás? Espero que as tuas férias de Natal estejam a
correr bem. O que tens feito?
Enquanto estive em Lisboa, fui ao cinema ver um filme,
visitei o museu do Chiado e vi alguns quadros muito interes-
santes. Também assisti a uma peça de teatro sobre o Natal. Se
tivesse o teu novo número de telemóvel, tinha-te telefonado
para vires comigo. Tenho tantas saudades tuas!
Entretanto, viajei com os meus pais para a Serra da Estrela.
A paisagem é fantástica, existe neve por todo o lado. Ontem,
construímos um boneco de neve enorme. Também experimen-
tei snowboard. É facílimo! A primeira vez que tentei, desci a
encosta sem cair. Adorei!!!
No dia 24, de manhã, volto para Lisboa. Depois do dia de
Natal, vou visitar-te. Espero que recebas muitas prendas!
Beijinhos,
Filipa Magalhães
Luís Pedro Oliveira
Avenida Fernão de Magalhães,
n.º 144, 4.º Direito
4300-187 Porto
Luísa Maria Rodrigues
Rua de Saragoça,
n.º 71, 1.º Esquerdo
3020-422 Coimbra
Envelope
Os dados do
remetente
devem ser
colocados no
canto superior
esquerdo.
A identificação
e morada do
destinatário
devem localizar-se
na metade inferior
do envelope, do
lado direito.
Coloca o selo
no canto
superior
direito.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ferreira ..
Ferreira ..Ferreira ..
Ferreira ..
Maria André
 
Interpretacao de-texto-natal portugues
Interpretacao de-texto-natal portuguesInterpretacao de-texto-natal portugues
Interpretacao de-texto-natal portugues
Atividades Diversas Cláudia
 
Carta do Pai Natal 2014
Carta do Pai Natal 2014Carta do Pai Natal 2014
Carta do Pai Natal 2014
SalaAmarela Enxara Do Bispo
 
Flor de Mel
Flor de MelFlor de Mel
Flor de Mel
Flora Ferreira
 
O Casamento da minha mãe
O Casamento da minha mãeO Casamento da minha mãe
O Casamento da minha mãe
be-djoaoII
 
Flor de mel apresentação Mafalda 1º p
Flor de mel  apresentação Mafalda 1º pFlor de mel  apresentação Mafalda 1º p
Flor de mel apresentação Mafalda 1º p
be-djoaoII
 
O sapatinho na janela
O sapatinho na janelaO sapatinho na janela
O sapatinho na janela
Maria Aparecida Roque-Kottkamp
 
As Tristezas e as Alegrias de Lisa - Vovó Mima Badan
As Tristezas e as Alegrias de Lisa - Vovó Mima BadanAs Tristezas e as Alegrias de Lisa - Vovó Mima Badan
As Tristezas e as Alegrias de Lisa - Vovó Mima Badan
Vovó Mima Badan
 
2 o palhaço tristoleto2
2   o palhaço tristoleto22   o palhaço tristoleto2
2 o palhaço tristoleto2
mariana valente
 
Natal, história
Natal, históriaNatal, história
Natal, história
Paula Morgado
 
" A vida nas palavras de Inês Tavares" Alice Vieira
"  A vida nas palavras de Inês Tavares" Alice Vieira"  A vida nas palavras de Inês Tavares" Alice Vieira
" A vida nas palavras de Inês Tavares" Alice Vieira
marocaba
 
...Camaleão
...Camaleão...Camaleão
...Camaleão
Sheila Santos
 
Diário de uma totó 1 (1)
Diário de uma totó  1 (1)Diário de uma totó  1 (1)
Diário de uma totó 1 (1)
Belmira Baptista
 
A na mendes 2
A na mendes 2A na mendes 2
A na mendes 2
marocaba
 
Conhecendo o Samba com Zé Carioca
Conhecendo o Samba com Zé CariocaConhecendo o Samba com Zé Carioca
Conhecendo o Samba com Zé Carioca
Professor Vinícius
 
Leitura zé carioca
Leitura zé cariocaLeitura zé carioca
Leitura zé carioca
Professor Vinícius
 
"A vida nas palavras de Inês Tavares"
"A vida nas palavras de Inês Tavares"  "A vida nas palavras de Inês Tavares"
"A vida nas palavras de Inês Tavares"
marocaba
 
12.23 entrevista com o pai natal
12.23   entrevista com o pai natal12.23   entrevista com o pai natal
12.23 entrevista com o pai natal
Sílvia Bastos
 
Uma família especial
Uma família especialUma família especial
Uma família especial
Carina Mallmann Berg
 

Mais procurados (19)

Ferreira ..
Ferreira ..Ferreira ..
Ferreira ..
 
Interpretacao de-texto-natal portugues
Interpretacao de-texto-natal portuguesInterpretacao de-texto-natal portugues
Interpretacao de-texto-natal portugues
 
Carta do Pai Natal 2014
Carta do Pai Natal 2014Carta do Pai Natal 2014
Carta do Pai Natal 2014
 
Flor de Mel
Flor de MelFlor de Mel
Flor de Mel
 
O Casamento da minha mãe
O Casamento da minha mãeO Casamento da minha mãe
O Casamento da minha mãe
 
Flor de mel apresentação Mafalda 1º p
Flor de mel  apresentação Mafalda 1º pFlor de mel  apresentação Mafalda 1º p
Flor de mel apresentação Mafalda 1º p
 
O sapatinho na janela
O sapatinho na janelaO sapatinho na janela
O sapatinho na janela
 
As Tristezas e as Alegrias de Lisa - Vovó Mima Badan
As Tristezas e as Alegrias de Lisa - Vovó Mima BadanAs Tristezas e as Alegrias de Lisa - Vovó Mima Badan
As Tristezas e as Alegrias de Lisa - Vovó Mima Badan
 
2 o palhaço tristoleto2
2   o palhaço tristoleto22   o palhaço tristoleto2
2 o palhaço tristoleto2
 
Natal, história
Natal, históriaNatal, história
Natal, história
 
" A vida nas palavras de Inês Tavares" Alice Vieira
"  A vida nas palavras de Inês Tavares" Alice Vieira"  A vida nas palavras de Inês Tavares" Alice Vieira
" A vida nas palavras de Inês Tavares" Alice Vieira
 
...Camaleão
...Camaleão...Camaleão
...Camaleão
 
Diário de uma totó 1 (1)
Diário de uma totó  1 (1)Diário de uma totó  1 (1)
Diário de uma totó 1 (1)
 
A na mendes 2
A na mendes 2A na mendes 2
A na mendes 2
 
Conhecendo o Samba com Zé Carioca
Conhecendo o Samba com Zé CariocaConhecendo o Samba com Zé Carioca
Conhecendo o Samba com Zé Carioca
 
Leitura zé carioca
Leitura zé cariocaLeitura zé carioca
Leitura zé carioca
 
"A vida nas palavras de Inês Tavares"
"A vida nas palavras de Inês Tavares"  "A vida nas palavras de Inês Tavares"
"A vida nas palavras de Inês Tavares"
 
12.23 entrevista com o pai natal
12.23   entrevista com o pai natal12.23   entrevista com o pai natal
12.23 entrevista com o pai natal
 
Uma família especial
Uma família especialUma família especial
Uma família especial
 

Destaque

Pedido de información de Aramis castro
Pedido de información de Aramis castroPedido de información de Aramis castro
Pedido de información de Aramis castro
Iriarte & Asociados
 
Ana cristina bittar de oliveira icgfm xbrl in brazil government espanol
Ana cristina bittar de oliveira icgfm xbrl in brazil government espanolAna cristina bittar de oliveira icgfm xbrl in brazil government espanol
Ana cristina bittar de oliveira icgfm xbrl in brazil government espanol
icgfmconference
 
Pedido de Informação do Transporte Público
Pedido de Informação do Transporte PúblicoPedido de Informação do Transporte Público
Pedido de Informação do Transporte Público
Raul Jungmann
 
Tradutor juramentado servicos_consulares
Tradutor juramentado servicos_consularesTradutor juramentado servicos_consulares
Tradutor juramentado servicos_consulares
juramentado05
 
Tradutores juramentado serviços consulares
Tradutores juramentado serviços consularesTradutores juramentado serviços consulares
Tradutores juramentado serviços consulares
guest911a2b
 
Traduto
TradutoTraduto
Traduto
juramentado05
 
Carta
CartaCarta
Conselho tutelar
Conselho tutelarConselho tutelar
Conselho tutelar
Rogerio Catanese
 
Carta a la ENS LV “Sofía Spangenberg”
Carta a la ENS LV “Sofía Spangenberg”Carta a la ENS LV “Sofía Spangenberg”
Carta a la ENS LV “Sofía Spangenberg”
aapportugues
 
Carta a la directora general de la oficina de relaciones consulares
Carta a la directora general de la oficina de relaciones consularesCarta a la directora general de la oficina de relaciones consulares
Carta a la directora general de la oficina de relaciones consulares
Noticiero Capital
 
Sinfonia De Outono
Sinfonia De OutonoSinfonia De Outono
Sinfonia De Outono
oriza_2007
 
Ejemplo carta
Ejemplo cartaEjemplo carta
Ejemplo carta
Federico Martinez
 
Heterosemánticos - falsos amigos
Heterosemánticos - falsos amigosHeterosemánticos - falsos amigos
Heterosemánticos - falsos amigos
lindalvamaria
 
Carta Pessoal
Carta PessoalCarta Pessoal
Carta Pessoal
flicts
 
Manual para redactar un carta en 7 minutos
Manual para redactar un carta en 7 minutosManual para redactar un carta en 7 minutos
Manual para redactar un carta en 7 minutos
OSCARDAGH
 
Carta pessoal
Carta pessoalCarta pessoal
Carta pessoal
Virginia Fortes
 
Modelo de carta de renúncia do síndico
Modelo de carta de renúncia do síndicoModelo de carta de renúncia do síndico
Modelo de carta de renúncia do síndico
sindiconet
 
Carta de Apresentação
Carta de ApresentaçãoCarta de Apresentação
Carta de Apresentação
sapaixao
 
Cómo hacer una carta y modelos de cartas.
Cómo hacer una carta y modelos de cartas.Cómo hacer una carta y modelos de cartas.
Cómo hacer una carta y modelos de cartas.
Lina Bernal
 
A Carta Formal e Informal
A Carta Formal e InformalA Carta Formal e Informal
A Carta Formal e Informal
vanda300
 

Destaque (20)

Pedido de información de Aramis castro
Pedido de información de Aramis castroPedido de información de Aramis castro
Pedido de información de Aramis castro
 
Ana cristina bittar de oliveira icgfm xbrl in brazil government espanol
Ana cristina bittar de oliveira icgfm xbrl in brazil government espanolAna cristina bittar de oliveira icgfm xbrl in brazil government espanol
Ana cristina bittar de oliveira icgfm xbrl in brazil government espanol
 
Pedido de Informação do Transporte Público
Pedido de Informação do Transporte PúblicoPedido de Informação do Transporte Público
Pedido de Informação do Transporte Público
 
Tradutor juramentado servicos_consulares
Tradutor juramentado servicos_consularesTradutor juramentado servicos_consulares
Tradutor juramentado servicos_consulares
 
Tradutores juramentado serviços consulares
Tradutores juramentado serviços consularesTradutores juramentado serviços consulares
Tradutores juramentado serviços consulares
 
Traduto
TradutoTraduto
Traduto
 
Carta
CartaCarta
Carta
 
Conselho tutelar
Conselho tutelarConselho tutelar
Conselho tutelar
 
Carta a la ENS LV “Sofía Spangenberg”
Carta a la ENS LV “Sofía Spangenberg”Carta a la ENS LV “Sofía Spangenberg”
Carta a la ENS LV “Sofía Spangenberg”
 
Carta a la directora general de la oficina de relaciones consulares
Carta a la directora general de la oficina de relaciones consularesCarta a la directora general de la oficina de relaciones consulares
Carta a la directora general de la oficina de relaciones consulares
 
Sinfonia De Outono
Sinfonia De OutonoSinfonia De Outono
Sinfonia De Outono
 
Ejemplo carta
Ejemplo cartaEjemplo carta
Ejemplo carta
 
Heterosemánticos - falsos amigos
Heterosemánticos - falsos amigosHeterosemánticos - falsos amigos
Heterosemánticos - falsos amigos
 
Carta Pessoal
Carta PessoalCarta Pessoal
Carta Pessoal
 
Manual para redactar un carta en 7 minutos
Manual para redactar un carta en 7 minutosManual para redactar un carta en 7 minutos
Manual para redactar un carta en 7 minutos
 
Carta pessoal
Carta pessoalCarta pessoal
Carta pessoal
 
Modelo de carta de renúncia do síndico
Modelo de carta de renúncia do síndicoModelo de carta de renúncia do síndico
Modelo de carta de renúncia do síndico
 
Carta de Apresentação
Carta de ApresentaçãoCarta de Apresentação
Carta de Apresentação
 
Cómo hacer una carta y modelos de cartas.
Cómo hacer una carta y modelos de cartas.Cómo hacer una carta y modelos de cartas.
Cómo hacer una carta y modelos de cartas.
 
A Carta Formal e Informal
A Carta Formal e InformalA Carta Formal e Informal
A Carta Formal e Informal
 

Semelhante a Dial6 cdr modelo_carta

As aventuras dos ursitos 4
As aventuras dos ursitos 4As aventuras dos ursitos 4
As aventuras dos ursitos 4
maria do rosario macedo
 
A estrutura da carta
A estrutura da cartaA estrutura da carta
A estrutura da carta
gifamiliar
 
V.f.aventuras dos ursitos
V.f.aventuras dos ursitosV.f.aventuras dos ursitos
V.f.aventuras dos ursitos
maria do rosario macedo
 
A historia de_papai_noel
A historia de_papai_noelA historia de_papai_noel
A historia de_papai_noel
Ana Cristina Baumgratz
 
Presente de Natal
Presente de NatalPresente de Natal
Presente de Natal
Mensagens Virtuais
 
DeClara 28
DeClara 28DeClara 28
DeClara 28
IsabelPereira2010
 
Histórias Dos Alunos
Histórias Dos AlunosHistórias Dos Alunos
Histórias Dos Alunos
celiagarci
 
A coleção
A coleçãoA coleção
A coleção
natudrey
 
A coleção
A coleçãoA coleção
A coleção
natudrey
 
A coleção
A coleçãoA coleção
A coleção
camilaappel
 

Semelhante a Dial6 cdr modelo_carta (10)

As aventuras dos ursitos 4
As aventuras dos ursitos 4As aventuras dos ursitos 4
As aventuras dos ursitos 4
 
A estrutura da carta
A estrutura da cartaA estrutura da carta
A estrutura da carta
 
V.f.aventuras dos ursitos
V.f.aventuras dos ursitosV.f.aventuras dos ursitos
V.f.aventuras dos ursitos
 
A historia de_papai_noel
A historia de_papai_noelA historia de_papai_noel
A historia de_papai_noel
 
Presente de Natal
Presente de NatalPresente de Natal
Presente de Natal
 
DeClara 28
DeClara 28DeClara 28
DeClara 28
 
Histórias Dos Alunos
Histórias Dos AlunosHistórias Dos Alunos
Histórias Dos Alunos
 
A coleção
A coleçãoA coleção
A coleção
 
A coleção
A coleçãoA coleção
A coleção
 
A coleção
A coleçãoA coleção
A coleção
 

Último

O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
Manuais Formação
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FredFringeFringeDola
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
WELTONROBERTOFREITAS
 
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
Ailton Barcelos
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
MarcoAurlioResende
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 

Último (20)

O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdfCD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
CD_B2_C_Criar e Editar Conteúdos Digitais_índice.pdf
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
 
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de GeografiaAula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
Aula 1 - Ordem Mundial Aula de Geografia
 
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
A Formação da Moral Cristã na Infância - CESB - DIJ - DIEF - G. de PAIS - 16....
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 

Dial6 cdr modelo_carta

  • 1. fotocopiável DIAL6©PortoEditora Modelo de carta Observação de um modelo Carta Pragal, 5 de agosto de 2003 Nicolau, grande amigo: Nem imaginas a alegria que eu tive quando recebi a tua carta! Realmente deve ser aborrecido passar os dias a lavar garrafas e ainda por cima sozinho. No Pragal os dias vão quentes e cada vez há menos água para regar a terra. Como não é possível continuar a estudar, eu e a minha mãe andamos a ver se conseguimos descobrir um em­pre­go. Ainda não tenho a certeza mas se calhar vou para as obras aprender a trolha. Ando com muita sorte! Além da tua carta, há dias também recebi um postal. E sabes de quem? Do Luís… Ele está a passar férias em Espinho. Mandou-me um postal ilustrado […]! Não tenho mais nada a dizer. Tu bem sabes como é o Pragal. Um abraço bem apertado deste teu grande amigo. Pedro P.S. Quando tiver mais novidades, escrevo-te. Local e data Fórmula de saudação Fórmula de despedida P.S.1 Assinatura do remetente Introdução Corpo da carta 1. P.S. – Esta sigla provém do latim e significa “Post Scriptum”, ou seja, escrito depois. Utiliza-se quando é necessário adicionar alguma informação ou comentário, após a conclusão da carta. António Mota, Pedro Alecrim, Gailivro, 13.ª ed., 2005 (adaptado e com supressões) Carta informal / familiar Fórmulas de saudação Caro Rui Querido(a) amigo(a) Meu querido avô Olá, Simão! Fórmulas de despedida Até breve Um abraço amigo Beijinhos do(a) Saudades Nota: Habitualmente, a seguir à fórmula de saudação, coloca-se uma vírgula ou dois pontos. Nota: A seguir à fórmula de despedida, coloca-se uma vírgula ou um ponto.
  • 2. DIAL6©PortoEditora fotocopiável Identificação da estrutura da carta Verifica se esta carta respeita a estrutura própria deste tipo de texto, assinalando na coluna da direita os diferentes elementos que a compõem. Seia, 22 de dezembro de 2011 Querida amiga, Como estás? Espero que as tuas férias de Natal estejam a correr bem. O que tens feito? Enquanto estive em Lisboa, fui ao cinema ver um filme, visitei o museu do Chiado e vi alguns quadros muito interes- santes. Também assisti a uma peça de teatro sobre o Natal. Se tivesse o teu novo número de telemóvel, tinha-te telefonado para vires comigo. Tenho tantas saudades tuas! Entretanto, viajei com os meus pais para a Serra da Estrela. A paisagem é fantástica, existe neve por todo o lado. Ontem, construímos um boneco de neve enorme. Também experimen- tei snowboard. É facílimo! A primeira vez que tentei, desci a encosta sem cair. Adorei!!! No dia 24, de manhã, volto para Lisboa. Depois do dia de Natal, vou visitar-te. Espero que recebas muitas prendas! Beijinhos, Filipa Magalhães Luís Pedro Oliveira Avenida Fernão de Magalhães, n.º 144, 4.º Direito 4300-187 Porto Luísa Maria Rodrigues Rua de Saragoça, n.º 71, 1.º Esquerdo 3020-422 Coimbra Envelope Os dados do remetente devem ser colocados no canto superior esquerdo. A identificação e morada do destinatário devem localizar-se na metade inferior do envelope, do lado direito. Coloca o selo no canto superior direito.