SlideShare uma empresa Scribd logo
Dentição Decídua
Universidade Estadual
de Feira de Santana
Docente: Rejane
Discente;Adriana
Mendonça,Thiara
Cerqueira, Maria Lúcia
Freitas, Jonatas Almeida
Os Decíduos
 Nesta dentição estão ausentes os pré-
molares e os terceiros molares (dentes do
juízo).
 A cor dos dentes decíduos é mais
esbranquiçada( nome comum de dentes de
leite) - ao terem menor tempo de maturação,
a capa de dentina é menor
 Homodontes: animais que possuem todos
os seus dentes morfologicamente
semelhantes
Heterodontes : animais que possuem
dentes com formatos variados
 O esmalte e as paredes dentinárias são
mais finas, isto faz com o que as cáries
atinjam mais rapidamente a raiz.
 Suas raízes são relativamente mais
Longas e delgadas quando
comparadas as dos dentes permanentes
Importância dos Dentes Decíduos
 Atuar no desenvolvimento
maxilar
 Guia para os dentes
permanentes irromperem
na posição correta
 Mastigação, fonação e
oclusão
Dentição Decídua
Dente Arcada Superior Arcada Inferior
Incisivo Central 2 2
Incisivo Lateral 2 2
Canino 2 2
1º Molar 2 2
2º Molar 2 2
TOTAL 10 10
Partes do Dente Decíduo
www.nucleoodonto.com.br
Dente Decíduo X Permanente
Faces do dente
Incisivos Centrais Decíduos
http://www.guiadicas.com/como-cuidar-dos-
dentes-do-bebe/
Incisivo Central Superior Decíduo
 Apresenta um cordão desenvolvido, em sua superfície
palatina, que divide esta superfície em duas fossas: mesial e
distal.
 Coroa
Aspecto aplanado
 Raiz
Única e cônica
Comprimento = duas vezes
e meio o da coroa
Ápice desviado ao vestibular br.guiainfantil.com
Incisivo Central Inferior Decíduo
 É o menor dente de todo o organismo
 Muito simétrico e tem o diâmetro cervicoincisal maior que o
mesiodistal
 A face palatina é quase lisa, apresenta um cíngulo igual ao
do superior mas menos marcado
 A raiz
Única , cônica e regular
Ápice inclinado à distal e a
vestibular.
odontologianabocadopovo.blogspot.com
Incisivos Centrais Decíduos
Incisivo Central Superior Direito Incisivo Central Inferior Direito
Cronologia
Dente
Decíduo
Início da
formação
dos tecidos
densos
Quant. de
esmalte
formado ao
nascimento
Esmalte
completo
Erupção Raiz
completa
Incisivo
Central
Superior
4 meses em
útero
Cinco sextos 1 ½ meses 7 ½ meses 1 ½ anos
Incisivo
Central
Inferior
4 ½ meses
em útero
Três quintos 2 ½ meses 6 meses 1 ½ anos
httpsolucoesemodontologia.com.bra-
erupcao-dos-dentes-deciduos-dentes-
de-leite-transtorna-a-vida-da-crianca
IncisivosLaterais Decíduos
 Localização:
Entre os Incisivo
central e o canino
http://clinicaodontomania.blogspot.com/2010/09/o-que-e-
fluorose.html
Incisivo Lateral Superior Decíduo
“É o segundo dente do arco inferior e menos volumoso
que o precedente.”
 Coroa
Caniniforme, sendo mas alta que larga e achatada no
sentido vestibulo-lingual.
 Raiz
Conóide, achatada no sentido mésio-distal e em 99,6%
dos casos é única
Face Vestibular = muito convexa
Face Lingual = estreita e profundamente escavada
Incisivo Lateral Inferior Decíduo
“ É o segundo dente do arco inferior e mais volumoso
que o seu predecessor”
 Coroa
semelhante à do incisivo central porém com
dimensões maiores
 Raiz
É conóide, achatada no sentido mésio-distal e desvia
para o lado distal, é única em 100% dos casos
Incisivos Laterais Decíduos
Incisivo Lateral Superior Direito Incisivo Lateral Inferior Direito
Cronologia
Dente
Decíduo
Início da
formação
dos tecidos
densos
Quant. de
esmalte
formado ao
nascimento
Esmalte
completo
Erupção Raiz
completa
Incisivo
lateral
superior
4 ½ meses
em útero
Dois terços 2 ½ meses 9 meses 2 anos
Incisivo
lateral
inferior
4 ½ meses
em útero
Três quintos 3 meses 7 meses 1 ½ anos
Anatomia oral de Sicher e Dubrul
http://revistacrescer.globo.co
m/Revista/Crescer/0,,EMI961
34-10448,00-
MANEIRAS%20DE%20FAZE
R%20SEU%20FILHO%20SOR
RIR.html
Caninos Decíduos
www.blogofnando.blogspot.com
Canino Superior Decíduo
Coroa :
Pequena, ampla e de configuração
pentagonal.
Raiz :
Cônica, Inclinada no sentido distal e duas
vezes mais longa que a coroa.
Dimensões:
comprimento total :19mm
comprimento da raiz :12mm
altura da coroa :7mm
www.4shared.com
Fehrenbach e Bath-Balogh
Canino Inferior Decíduo
 Coroa :
Lanceolada e mais alta que larga
 Raiz:
Mais curta que a do canino superior e não
se desvia para a distal
 Dimensões :
Comprimento total: 17 mm
Comprimento da raiz: 11 mm
Altura da coroa: 6 mm
Fehrenbach e Bath-Balogh
Fehrenbach e Bath-Balogh
Cronologia
Dente
Decíduo
Início da
formação
dos tecidos
densos
Quant. de
esmalte
formado ao
nascimento
Esmalte
completo
Erupção Raiz
completa
Canino
Superior
5 meses no
útero
Um terço 9 meses 18 meses 3 ½ anos
Canino
Inferior
5 meses no
útero
Um terço 9 meses 16 meses 3 ¼ anos
Primeiro Molar Decíduo
Primeiro Molar Superior Decíduo
 A superfície oclusal possui,geralmente,3 cúspides.
 O sulco vestibular se origina na fosseta central e dirigi-se para
a face vestibular
 A face oclusal apresenta um padrão de sulco
semelhante a letra H
 Apresenta três raízes
 A raiz lingual é a mais longa e a mais divergente
Dentição decídua
Primeiro Molar Inferior Decíduo
 A coroa desse dente é diferente daquela presente em qualquer
outro
 A crista da curvatura situa-se no terço cervical da face
vestibular e no terço médio da face lingual
 Apresenta quatro cúspides
 Possui somente duas raízes
Dentição decídua
Cronologia
Dente
Decíduo
Início da
formação
dos tecidos
densos
Quant. de
esmalte
formado ao
nascimento
Esmalte
completo
Erupção Raiz
completa
1º Molar
Superior
5 meses no
útero
Cúspides
unidas
6 meses 14 meses 2 ½ anos
1º Molar
Inferior
5 meses no
útero
Cúspides
unidas
5 ½
meses
12 meses 2 ¼ anos
Segundo Molar Decíduo
Segundo Molar Superior
Decíduo
• 5º dente do arco superior
• Oclusal
• Distal
Segundo Molar Inferior
Decíduo
• 5º dente do arco inferior
• Oclusal
• Vestíbulo Lingual
Segundo Molar Superior Decíduo
 Dimensões:
Comprimento total: 17,4 mm
Comprimento da raiz: 11,7 mm
Altura da coroa: 5,7 mm
TUBÉRCULO DE CARABELLI
 Coroa
Semelhante ao do 1º Molar Permanente
 Raiz
Três raízes, fusão das raízes palatina e a disto-vestibular
Segundo Molar Inferior Decíduo
 Dimensões:
Comprimento Total: 18,8 mm
Comprimento da Raiz: 11,3
Altura da Coroa: 5,5
 Coroa
Semelhante a do 1° Molar permanente
TUBÉRCULO DE ZUCKERKANDL
 Raiz
Duas Raízes
Cronologia
Dente
Deciduo
Início da
formação
dos tecidos
densos
Quant. de
esmalte
formado ao
nascimento
Esmalte
completo
Erupção Raiz
completa
2º Molar
Superior
6 meses
em útero
Cúspides
isoladas
1 mês 24 meses 3 anos
2º Molar
Inferior
6 meses
em útero
Cúspides
isoladas
10 meses 20 meses 3 anos
“A cada dia que vivo,
mais me convenço de que o
desperdício da vida
está no amor que não damos,
nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada
arrisca,
e que, esquivando-se do sofrimento,
perdemos também a felicidade.
A dor é inevitável.
O sofrimento é opcional.”
(Carlos Drummond de Andrade)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Proteção do complexo dentino-pulpar
Proteção do complexo dentino-pulparProteção do complexo dentino-pulpar
Proteção do complexo dentino-pulpar
profguilhermeterra
 
Materiais dentários
Materiais dentáriosMateriais dentários
Materiais dentários
Jonathan Cardoso Gomes Rodrigues
 
LESÕES FUNDAMENTAIS
LESÕES FUNDAMENTAISLESÕES FUNDAMENTAIS
LESÕES FUNDAMENTAIS
GabrielaSoares07
 
Restaurações em resinas compostas
Restaurações em resinas compostasRestaurações em resinas compostas
Restaurações em resinas compostas
profguilhermeterra
 
Desvendando o Tratamento Restaurador Atraumático
Desvendando o Tratamento Restaurador AtraumáticoDesvendando o Tratamento Restaurador Atraumático
Desvendando o Tratamento Restaurador Atraumático
Flavio Salomao-Miranda
 
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringelProteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Camilla Bringel
 
APOSTILA DE PRÓTESE FIXA
APOSTILA DE PRÓTESE FIXAAPOSTILA DE PRÓTESE FIXA
APOSTILA DE PRÓTESE FIXA
Rayssa Mendonça
 
Aula desenvolvimento da oclusa opdf
Aula desenvolvimento da oclusa opdfAula desenvolvimento da oclusa opdf
Aula desenvolvimento da oclusa opdf
suzana cardoso moreira
 
Histologia do Esmalte, Dentina, Polpa e Cemento
Histologia do Esmalte, Dentina, Polpa e CementoHistologia do Esmalte, Dentina, Polpa e Cemento
Histologia do Esmalte, Dentina, Polpa e Cemento
Raphael Machado
 
Materiais odontologicos
Materiais odontologicosMateriais odontologicos
Materiais odontologicos
Regis Valentim
 
Tecido Ósseo - Caracteristicas e Classificação
Tecido Ósseo - Caracteristicas e ClassificaçãoTecido Ósseo - Caracteristicas e Classificação
Tecido Ósseo - Caracteristicas e Classificação
Thaysa F Pinto
 
1 -avalilçao pre´-operatória odontologia
1  -avalilçao pre´-operatória odontologia1  -avalilçao pre´-operatória odontologia
1 -avalilçao pre´-operatória odontologia
Jose Carlos Carlos Melo
 
Anatomia Dental
Anatomia DentalAnatomia Dental
Anatomia Dental
Wálina Alves
 
Nomenclatura e classificação de cavidades
Nomenclatura e classificação de cavidadesNomenclatura e classificação de cavidades
Nomenclatura e classificação de cavidades
profcelsoklein
 
Coroas Provisórias
Coroas ProvisóriasCoroas Provisórias
Coroas Provisórias
Leidy Any
 
ANATOMIA DENTAL AULA 1.pptx
ANATOMIA DENTAL AULA 1.pptxANATOMIA DENTAL AULA 1.pptx
ANATOMIA DENTAL AULA 1.pptx
ssuser485a36
 
Classificações das resinas compostas, preparo cavitário e restauração em rc p...
Classificações das resinas compostas, preparo cavitário e restauração em rc p...Classificações das resinas compostas, preparo cavitário e restauração em rc p...
Classificações das resinas compostas, preparo cavitário e restauração em rc p...
Guilherme Terra
 
Resina composta
Resina compostaResina composta
Resina composta
Adriana Mércia
 
Premolares Superiores
Premolares SuperioresPremolares Superiores
Premolares Superiores
Lavicy Bellon
 
Cariologia
CariologiaCariologia

Mais procurados (20)

Proteção do complexo dentino-pulpar
Proteção do complexo dentino-pulparProteção do complexo dentino-pulpar
Proteção do complexo dentino-pulpar
 
Materiais dentários
Materiais dentáriosMateriais dentários
Materiais dentários
 
LESÕES FUNDAMENTAIS
LESÕES FUNDAMENTAISLESÕES FUNDAMENTAIS
LESÕES FUNDAMENTAIS
 
Restaurações em resinas compostas
Restaurações em resinas compostasRestaurações em resinas compostas
Restaurações em resinas compostas
 
Desvendando o Tratamento Restaurador Atraumático
Desvendando o Tratamento Restaurador AtraumáticoDesvendando o Tratamento Restaurador Atraumático
Desvendando o Tratamento Restaurador Atraumático
 
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringelProteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
Proteção complexo dentino pulpar- camilla bringel
 
APOSTILA DE PRÓTESE FIXA
APOSTILA DE PRÓTESE FIXAAPOSTILA DE PRÓTESE FIXA
APOSTILA DE PRÓTESE FIXA
 
Aula desenvolvimento da oclusa opdf
Aula desenvolvimento da oclusa opdfAula desenvolvimento da oclusa opdf
Aula desenvolvimento da oclusa opdf
 
Histologia do Esmalte, Dentina, Polpa e Cemento
Histologia do Esmalte, Dentina, Polpa e CementoHistologia do Esmalte, Dentina, Polpa e Cemento
Histologia do Esmalte, Dentina, Polpa e Cemento
 
Materiais odontologicos
Materiais odontologicosMateriais odontologicos
Materiais odontologicos
 
Tecido Ósseo - Caracteristicas e Classificação
Tecido Ósseo - Caracteristicas e ClassificaçãoTecido Ósseo - Caracteristicas e Classificação
Tecido Ósseo - Caracteristicas e Classificação
 
1 -avalilçao pre´-operatória odontologia
1  -avalilçao pre´-operatória odontologia1  -avalilçao pre´-operatória odontologia
1 -avalilçao pre´-operatória odontologia
 
Anatomia Dental
Anatomia DentalAnatomia Dental
Anatomia Dental
 
Nomenclatura e classificação de cavidades
Nomenclatura e classificação de cavidadesNomenclatura e classificação de cavidades
Nomenclatura e classificação de cavidades
 
Coroas Provisórias
Coroas ProvisóriasCoroas Provisórias
Coroas Provisórias
 
ANATOMIA DENTAL AULA 1.pptx
ANATOMIA DENTAL AULA 1.pptxANATOMIA DENTAL AULA 1.pptx
ANATOMIA DENTAL AULA 1.pptx
 
Classificações das resinas compostas, preparo cavitário e restauração em rc p...
Classificações das resinas compostas, preparo cavitário e restauração em rc p...Classificações das resinas compostas, preparo cavitário e restauração em rc p...
Classificações das resinas compostas, preparo cavitário e restauração em rc p...
 
Resina composta
Resina compostaResina composta
Resina composta
 
Premolares Superiores
Premolares SuperioresPremolares Superiores
Premolares Superiores
 
Cariologia
CariologiaCariologia
Cariologia
 

Destaque

Regimes Alimentares
Regimes AlimentaresRegimes Alimentares
Regimes Alimentares
Tânia Reis
 
Livroanatomiadodente carlosmadeira-5ed-120807181705-phpapp01
Livroanatomiadodente carlosmadeira-5ed-120807181705-phpapp01Livroanatomiadodente carlosmadeira-5ed-120807181705-phpapp01
Livroanatomiadodente carlosmadeira-5ed-120807181705-phpapp01
Suellen Cristinne
 
Caninos Permanentes
Caninos PermanentesCaninos Permanentes
Caninos Permanentes
Oliver Feng
 
Caninos Superiores e Inferiores
Caninos Superiores e InferioresCaninos Superiores e Inferiores
Caninos Superiores e Inferiores
caiqueacm
 
Classificação das más oclusões
Classificação das más oclusõesClassificação das más oclusões
Classificação das más oclusões
edmarchristovam
 
Fisioterapia Pediátrica
Fisioterapia Pediátrica Fisioterapia Pediátrica
Fisioterapia Pediátrica
Gerssica Caldas
 
Odontologia
OdontologiaOdontologia
Odontologia
John Fjv
 
Introdução ao Estudo da Anatomia Humana
Introdução ao Estudo da Anatomia HumanaIntrodução ao Estudo da Anatomia Humana
Introdução ao Estudo da Anatomia Humana
Gerssica Caldas
 
Pediatria
PediatriaPediatria
Pediatria
sanmendoza
 
Odontopediatria y-psicología-kiara fernandez-cueva
Odontopediatria y-psicología-kiara fernandez-cuevaOdontopediatria y-psicología-kiara fernandez-cueva
Odontopediatria y-psicología-kiara fernandez-cueva
KiaraFernandez
 
Trabalho pediatria
Trabalho pediatriaTrabalho pediatria
Trabalho pediatria
Henrique Brugnera
 
Projeto Dia da Criança
Projeto Dia da CriançaProjeto Dia da Criança
Projeto Dia da Criança
lucianesilvasantos
 
Cuidados a criança durante hospitalização
Cuidados a criança durante hospitalizaçãoCuidados a criança durante hospitalização
Cuidados a criança durante hospitalização
HIAGO SANTOS
 
prevenção de agravos de saúde bucal em crianças
prevenção de agravos de saúde bucal em criançasprevenção de agravos de saúde bucal em crianças
prevenção de agravos de saúde bucal em crianças
Priscila Freitas
 
PPS II
PPS IIPPS II
PPS II
Leidy Any
 
Apresentação odontopediatria (2)
Apresentação   odontopediatria (2)Apresentação   odontopediatria (2)
Apresentação odontopediatria (2)
Jhonny Marques
 
Odontopediatria aula 1 e 2 - Prof. Flavio Salomao
Odontopediatria  aula 1 e 2 - Prof. Flavio SalomaoOdontopediatria  aula 1 e 2 - Prof. Flavio Salomao
Odontopediatria aula 1 e 2 - Prof. Flavio Salomao
Flavio Salomao-Miranda
 

Destaque (17)

Regimes Alimentares
Regimes AlimentaresRegimes Alimentares
Regimes Alimentares
 
Livroanatomiadodente carlosmadeira-5ed-120807181705-phpapp01
Livroanatomiadodente carlosmadeira-5ed-120807181705-phpapp01Livroanatomiadodente carlosmadeira-5ed-120807181705-phpapp01
Livroanatomiadodente carlosmadeira-5ed-120807181705-phpapp01
 
Caninos Permanentes
Caninos PermanentesCaninos Permanentes
Caninos Permanentes
 
Caninos Superiores e Inferiores
Caninos Superiores e InferioresCaninos Superiores e Inferiores
Caninos Superiores e Inferiores
 
Classificação das más oclusões
Classificação das más oclusõesClassificação das más oclusões
Classificação das más oclusões
 
Fisioterapia Pediátrica
Fisioterapia Pediátrica Fisioterapia Pediátrica
Fisioterapia Pediátrica
 
Odontologia
OdontologiaOdontologia
Odontologia
 
Introdução ao Estudo da Anatomia Humana
Introdução ao Estudo da Anatomia HumanaIntrodução ao Estudo da Anatomia Humana
Introdução ao Estudo da Anatomia Humana
 
Pediatria
PediatriaPediatria
Pediatria
 
Odontopediatria y-psicología-kiara fernandez-cueva
Odontopediatria y-psicología-kiara fernandez-cuevaOdontopediatria y-psicología-kiara fernandez-cueva
Odontopediatria y-psicología-kiara fernandez-cueva
 
Trabalho pediatria
Trabalho pediatriaTrabalho pediatria
Trabalho pediatria
 
Projeto Dia da Criança
Projeto Dia da CriançaProjeto Dia da Criança
Projeto Dia da Criança
 
Cuidados a criança durante hospitalização
Cuidados a criança durante hospitalizaçãoCuidados a criança durante hospitalização
Cuidados a criança durante hospitalização
 
prevenção de agravos de saúde bucal em crianças
prevenção de agravos de saúde bucal em criançasprevenção de agravos de saúde bucal em crianças
prevenção de agravos de saúde bucal em crianças
 
PPS II
PPS IIPPS II
PPS II
 
Apresentação odontopediatria (2)
Apresentação   odontopediatria (2)Apresentação   odontopediatria (2)
Apresentação odontopediatria (2)
 
Odontopediatria aula 1 e 2 - Prof. Flavio Salomao
Odontopediatria  aula 1 e 2 - Prof. Flavio SalomaoOdontopediatria  aula 1 e 2 - Prof. Flavio Salomao
Odontopediatria aula 1 e 2 - Prof. Flavio Salomao
 

Semelhante a Dentição decídua

CARACTERISTICA DE DENTES DECIDUO - ESTUDO PEDIATRICO
CARACTERISTICA DE DENTES DECIDUO - ESTUDO PEDIATRICOCARACTERISTICA DE DENTES DECIDUO - ESTUDO PEDIATRICO
CARACTERISTICA DE DENTES DECIDUO - ESTUDO PEDIATRICO
labortodesign22
 
Dentiçãodecidua
DentiçãodeciduaDentiçãodecidua
Dentiçãodecidua
Rafael Valois
 
Cronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de EquinosCronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de Equinos
Killer Max
 
AULA ANATOMIA E FISIOLOGIA BUCAL.pptx
AULA ANATOMIA E FISIOLOGIA BUCAL.pptxAULA ANATOMIA E FISIOLOGIA BUCAL.pptx
AULA ANATOMIA E FISIOLOGIA BUCAL.pptx
PenhaFariadaCunha
 
Oclusão normal na dentição decídua
Oclusão normal na dentição decíduaOclusão normal na dentição decídua
Oclusão normal na dentição decídua
Luana Chagas Miguel
 
AULA 01 INTRODUCAO A OCLUSAO.pptx
AULA 01 INTRODUCAO A OCLUSAO.pptxAULA 01 INTRODUCAO A OCLUSAO.pptx
AULA 01 INTRODUCAO A OCLUSAO.pptx
IzabellaCristina23
 
Anatomia comparada entre dentes( aula 2).pptx
Anatomia comparada entre dentes( aula 2).pptxAnatomia comparada entre dentes( aula 2).pptx
Anatomia comparada entre dentes( aula 2).pptx
mariatorga1
 
Anatomia dentaria e periodontal 2.pdf
Anatomia dentaria e periodontal 2.pdfAnatomia dentaria e periodontal 2.pdf
Anatomia dentaria e periodontal 2.pdf
LaisaBrunaRibeiro
 
Anatomia da boca
Anatomia da bocaAnatomia da boca
Anatomia da boca
Keila Guedes
 
Revisão anatômica dental
Revisão anatômica dentalRevisão anatômica dental
Revisão anatômica dental
profguilhermeterra
 
Oclusão normal na dentição mista
Oclusão normal na dentição mistaOclusão normal na dentição mista
Oclusão normal na dentição mista
Luana Chagas Miguel
 
Resumo anatomia
Resumo anatomiaResumo anatomia
Resumo anatomia
Suellen Cristinne
 
Trabalho Odontogênese.pdf
Trabalho Odontogênese.pdfTrabalho Odontogênese.pdf
Trabalho Odontogênese.pdf
VictorMonteiro73
 
Anatomia Dental formatação.docx
Anatomia Dental formatação.docxAnatomia Dental formatação.docx
Anatomia Dental formatação.docx
VictorAugusto188503
 
Apresentação Anatomia Dental DENTE DECÍDUO CANINO.pptx
Apresentação Anatomia Dental DENTE DECÍDUO CANINO.pptxApresentação Anatomia Dental DENTE DECÍDUO CANINO.pptx
Apresentação Anatomia Dental DENTE DECÍDUO CANINO.pptx
David101610
 
estudo radiologico das estruturas odontologica
estudo radiologico das estruturas  odontologicaestudo radiologico das estruturas  odontologica
estudo radiologico das estruturas odontologica
FabioCorreia46
 
anatomia dos elementos dentais
anatomia dos elementos dentais  anatomia dos elementos dentais
anatomia dos elementos dentais
Waldernilson Badstuber
 
Encontro pais saúde oral
Encontro pais saúde oralEncontro pais saúde oral
Encontro pais saúde oral
Bruno Gomes
 
Histologia Oral
Histologia Oral Histologia Oral
Histologia Oral
MarianaKurodaPazGona
 
Anatomia dentária
Anatomia dentáriaAnatomia dentária
Anatomia dentária
Sandro Inacio
 

Semelhante a Dentição decídua (20)

CARACTERISTICA DE DENTES DECIDUO - ESTUDO PEDIATRICO
CARACTERISTICA DE DENTES DECIDUO - ESTUDO PEDIATRICOCARACTERISTICA DE DENTES DECIDUO - ESTUDO PEDIATRICO
CARACTERISTICA DE DENTES DECIDUO - ESTUDO PEDIATRICO
 
Dentiçãodecidua
DentiçãodeciduaDentiçãodecidua
Dentiçãodecidua
 
Cronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de EquinosCronometria dentaria de Equinos
Cronometria dentaria de Equinos
 
AULA ANATOMIA E FISIOLOGIA BUCAL.pptx
AULA ANATOMIA E FISIOLOGIA BUCAL.pptxAULA ANATOMIA E FISIOLOGIA BUCAL.pptx
AULA ANATOMIA E FISIOLOGIA BUCAL.pptx
 
Oclusão normal na dentição decídua
Oclusão normal na dentição decíduaOclusão normal na dentição decídua
Oclusão normal na dentição decídua
 
AULA 01 INTRODUCAO A OCLUSAO.pptx
AULA 01 INTRODUCAO A OCLUSAO.pptxAULA 01 INTRODUCAO A OCLUSAO.pptx
AULA 01 INTRODUCAO A OCLUSAO.pptx
 
Anatomia comparada entre dentes( aula 2).pptx
Anatomia comparada entre dentes( aula 2).pptxAnatomia comparada entre dentes( aula 2).pptx
Anatomia comparada entre dentes( aula 2).pptx
 
Anatomia dentaria e periodontal 2.pdf
Anatomia dentaria e periodontal 2.pdfAnatomia dentaria e periodontal 2.pdf
Anatomia dentaria e periodontal 2.pdf
 
Anatomia da boca
Anatomia da bocaAnatomia da boca
Anatomia da boca
 
Revisão anatômica dental
Revisão anatômica dentalRevisão anatômica dental
Revisão anatômica dental
 
Oclusão normal na dentição mista
Oclusão normal na dentição mistaOclusão normal na dentição mista
Oclusão normal na dentição mista
 
Resumo anatomia
Resumo anatomiaResumo anatomia
Resumo anatomia
 
Trabalho Odontogênese.pdf
Trabalho Odontogênese.pdfTrabalho Odontogênese.pdf
Trabalho Odontogênese.pdf
 
Anatomia Dental formatação.docx
Anatomia Dental formatação.docxAnatomia Dental formatação.docx
Anatomia Dental formatação.docx
 
Apresentação Anatomia Dental DENTE DECÍDUO CANINO.pptx
Apresentação Anatomia Dental DENTE DECÍDUO CANINO.pptxApresentação Anatomia Dental DENTE DECÍDUO CANINO.pptx
Apresentação Anatomia Dental DENTE DECÍDUO CANINO.pptx
 
estudo radiologico das estruturas odontologica
estudo radiologico das estruturas  odontologicaestudo radiologico das estruturas  odontologica
estudo radiologico das estruturas odontologica
 
anatomia dos elementos dentais
anatomia dos elementos dentais  anatomia dos elementos dentais
anatomia dos elementos dentais
 
Encontro pais saúde oral
Encontro pais saúde oralEncontro pais saúde oral
Encontro pais saúde oral
 
Histologia Oral
Histologia Oral Histologia Oral
Histologia Oral
 
Anatomia dentária
Anatomia dentáriaAnatomia dentária
Anatomia dentária
 

Dentição decídua

  • 1. Dentição Decídua Universidade Estadual de Feira de Santana Docente: Rejane Discente;Adriana Mendonça,Thiara Cerqueira, Maria Lúcia Freitas, Jonatas Almeida
  • 2. Os Decíduos  Nesta dentição estão ausentes os pré- molares e os terceiros molares (dentes do juízo).  A cor dos dentes decíduos é mais esbranquiçada( nome comum de dentes de leite) - ao terem menor tempo de maturação, a capa de dentina é menor  Homodontes: animais que possuem todos os seus dentes morfologicamente semelhantes Heterodontes : animais que possuem dentes com formatos variados
  • 3.  O esmalte e as paredes dentinárias são mais finas, isto faz com o que as cáries atinjam mais rapidamente a raiz.  Suas raízes são relativamente mais Longas e delgadas quando comparadas as dos dentes permanentes
  • 4. Importância dos Dentes Decíduos  Atuar no desenvolvimento maxilar  Guia para os dentes permanentes irromperem na posição correta  Mastigação, fonação e oclusão
  • 5. Dentição Decídua Dente Arcada Superior Arcada Inferior Incisivo Central 2 2 Incisivo Lateral 2 2 Canino 2 2 1º Molar 2 2 2º Molar 2 2 TOTAL 10 10
  • 6. Partes do Dente Decíduo www.nucleoodonto.com.br
  • 7. Dente Decíduo X Permanente
  • 10. Incisivo Central Superior Decíduo  Apresenta um cordão desenvolvido, em sua superfície palatina, que divide esta superfície em duas fossas: mesial e distal.  Coroa Aspecto aplanado  Raiz Única e cônica Comprimento = duas vezes e meio o da coroa Ápice desviado ao vestibular br.guiainfantil.com
  • 11. Incisivo Central Inferior Decíduo  É o menor dente de todo o organismo  Muito simétrico e tem o diâmetro cervicoincisal maior que o mesiodistal  A face palatina é quase lisa, apresenta um cíngulo igual ao do superior mas menos marcado  A raiz Única , cônica e regular Ápice inclinado à distal e a vestibular. odontologianabocadopovo.blogspot.com
  • 12. Incisivos Centrais Decíduos Incisivo Central Superior Direito Incisivo Central Inferior Direito
  • 13. Cronologia Dente Decíduo Início da formação dos tecidos densos Quant. de esmalte formado ao nascimento Esmalte completo Erupção Raiz completa Incisivo Central Superior 4 meses em útero Cinco sextos 1 ½ meses 7 ½ meses 1 ½ anos Incisivo Central Inferior 4 ½ meses em útero Três quintos 2 ½ meses 6 meses 1 ½ anos httpsolucoesemodontologia.com.bra- erupcao-dos-dentes-deciduos-dentes- de-leite-transtorna-a-vida-da-crianca
  • 14. IncisivosLaterais Decíduos  Localização: Entre os Incisivo central e o canino http://clinicaodontomania.blogspot.com/2010/09/o-que-e- fluorose.html
  • 15. Incisivo Lateral Superior Decíduo “É o segundo dente do arco inferior e menos volumoso que o precedente.”  Coroa Caniniforme, sendo mas alta que larga e achatada no sentido vestibulo-lingual.  Raiz Conóide, achatada no sentido mésio-distal e em 99,6% dos casos é única Face Vestibular = muito convexa Face Lingual = estreita e profundamente escavada
  • 16. Incisivo Lateral Inferior Decíduo “ É o segundo dente do arco inferior e mais volumoso que o seu predecessor”  Coroa semelhante à do incisivo central porém com dimensões maiores  Raiz É conóide, achatada no sentido mésio-distal e desvia para o lado distal, é única em 100% dos casos
  • 17. Incisivos Laterais Decíduos Incisivo Lateral Superior Direito Incisivo Lateral Inferior Direito
  • 18. Cronologia Dente Decíduo Início da formação dos tecidos densos Quant. de esmalte formado ao nascimento Esmalte completo Erupção Raiz completa Incisivo lateral superior 4 ½ meses em útero Dois terços 2 ½ meses 9 meses 2 anos Incisivo lateral inferior 4 ½ meses em útero Três quintos 3 meses 7 meses 1 ½ anos Anatomia oral de Sicher e Dubrul http://revistacrescer.globo.co m/Revista/Crescer/0,,EMI961 34-10448,00- MANEIRAS%20DE%20FAZE R%20SEU%20FILHO%20SOR RIR.html
  • 20. Canino Superior Decíduo Coroa : Pequena, ampla e de configuração pentagonal. Raiz : Cônica, Inclinada no sentido distal e duas vezes mais longa que a coroa. Dimensões: comprimento total :19mm comprimento da raiz :12mm altura da coroa :7mm www.4shared.com
  • 22. Canino Inferior Decíduo  Coroa : Lanceolada e mais alta que larga  Raiz: Mais curta que a do canino superior e não se desvia para a distal  Dimensões : Comprimento total: 17 mm Comprimento da raiz: 11 mm Altura da coroa: 6 mm Fehrenbach e Bath-Balogh
  • 24. Cronologia Dente Decíduo Início da formação dos tecidos densos Quant. de esmalte formado ao nascimento Esmalte completo Erupção Raiz completa Canino Superior 5 meses no útero Um terço 9 meses 18 meses 3 ½ anos Canino Inferior 5 meses no útero Um terço 9 meses 16 meses 3 ¼ anos
  • 26. Primeiro Molar Superior Decíduo  A superfície oclusal possui,geralmente,3 cúspides.  O sulco vestibular se origina na fosseta central e dirigi-se para a face vestibular  A face oclusal apresenta um padrão de sulco semelhante a letra H  Apresenta três raízes  A raiz lingual é a mais longa e a mais divergente
  • 28. Primeiro Molar Inferior Decíduo  A coroa desse dente é diferente daquela presente em qualquer outro  A crista da curvatura situa-se no terço cervical da face vestibular e no terço médio da face lingual  Apresenta quatro cúspides  Possui somente duas raízes
  • 30. Cronologia Dente Decíduo Início da formação dos tecidos densos Quant. de esmalte formado ao nascimento Esmalte completo Erupção Raiz completa 1º Molar Superior 5 meses no útero Cúspides unidas 6 meses 14 meses 2 ½ anos 1º Molar Inferior 5 meses no útero Cúspides unidas 5 ½ meses 12 meses 2 ¼ anos
  • 31. Segundo Molar Decíduo Segundo Molar Superior Decíduo • 5º dente do arco superior • Oclusal • Distal Segundo Molar Inferior Decíduo • 5º dente do arco inferior • Oclusal • Vestíbulo Lingual
  • 32. Segundo Molar Superior Decíduo  Dimensões: Comprimento total: 17,4 mm Comprimento da raiz: 11,7 mm Altura da coroa: 5,7 mm TUBÉRCULO DE CARABELLI  Coroa Semelhante ao do 1º Molar Permanente  Raiz Três raízes, fusão das raízes palatina e a disto-vestibular
  • 33. Segundo Molar Inferior Decíduo  Dimensões: Comprimento Total: 18,8 mm Comprimento da Raiz: 11,3 Altura da Coroa: 5,5  Coroa Semelhante a do 1° Molar permanente TUBÉRCULO DE ZUCKERKANDL  Raiz Duas Raízes
  • 34. Cronologia Dente Deciduo Início da formação dos tecidos densos Quant. de esmalte formado ao nascimento Esmalte completo Erupção Raiz completa 2º Molar Superior 6 meses em útero Cúspides isoladas 1 mês 24 meses 3 anos 2º Molar Inferior 6 meses em útero Cúspides isoladas 10 meses 20 meses 3 anos
  • 35. “A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade. A dor é inevitável. O sofrimento é opcional.” (Carlos Drummond de Andrade)