SlideShare uma empresa Scribd logo
Darwin vai às compras
Sexo, evolução e
consumo
Geoffrey Miller
Pequenos Grupos Sociais
Por que insistimos na rotina de consumo –
trabalhar, comprar, almejar?
Comportamento
Psicologia Comportamental
x
Psicologia Evolucionista
Poder – Por que alguns têm
1. É preciso mais que desempenho
2. As qualidades pessoais que trazem influência
3. Escolher por onde começar
4. Ao entrar: destacar-se e quebrar algumas regras
5. Fazer alguma coisa do nada: criar recursos
6. Construir redes sociais efetivas e eficientes
7. Atuar e falar com poder
8. Construir uma reputação: percepção é realidade
9. Superar oposição e contratempos
Previsivelmente Irracional
1. Por que tudo é relativo – mesmo quando não deveria ser?
2. Por que temos prazer em fazer certas coisas, mas não
quando nos pagam para fazê-las?
3. Por que o quente é muito mais quente do que
imaginamos?
4. Por que não conseguimos fazer o que queremos?
5. Por que supervalorizamos o que temos?
6. Por que a mente obtêm o que espera?
Ações
Aptidões
Criança
Homem
Mulher
Idoso
Cro-magnons
“Nosso vasto cérebro socioprimata evoluiu rumo a uma
meta social predominante: fazer bonito para os outros. E
comprar produtos impressionantes, numa economia baseada
em dinheiro, é apenas a maneira mais recente de alcançar
esse objetivo.”
Indicadores de aptidão
 Atrair parceiros sexuais
 Intimidar rivais
 Dissuadir predadores
 Solicitar a ajuda de membros do grupo
Indicadores de aptidão
“Características físicas, como saúde, fertilidade e beleza;
as de personalidade, como a conscienciosidade,
afabilidade e abertura diante de coisas novas; e
características cognitivas, tais como a inteligência geral.”
Maslow e os Elefantes Marinhos
Seleção natural
“A seleção natural favoreceu as motivações sociais,
estéticas e de autorealização, pois ela obtiveram um
sucesso reprodutivo mais elevado no curso de milhares de
gerações que se sucederam na linha de evolução dos
elefantes-marinhos”
A ilusão consumista fundamental
• Somos primatas sociais que sobrevivem e se reproduzem principalmente ao atrair
apoio de parentes, amigos e parceiros sexuais.
• Conseguimos este apoio na medida em que os outros consideram que apresentamos
características desejáveis que preencham suas necessidades.
• Durante os últimos milhões de anos, desenvolvemos muitas capacidades mentais e
morais para exibir essas características desejáveis.
• Durante os últimos milhares de anos, aprendemos que essas características
desejáveis também podem ser exibidas ao comprar e ostentar diversos bens e
serviços em economias de mercado.
A fetichização da juventude
“os produtores de rap, como o Dr. Dre perceberam, na
década de 90, que podiam faturar muito se
convencessem os garotos suburbanos da classe média
branca de que, ao comprar e tocar rap, eles exibiriam
sagacidade, atitude e reconhecimento na rua”
As falácias do consumismo
1ª - produtos acima da média podem compensar
características abaixo da média quando se tenta construir
relacionamentos (botox).
2ª - os produtos oferecem modos mais legais e
impressionantes para exibirmos características do que
qualquer comportamento natural.
Darwin vai às compras
Darwin vai às compras
Darwin vai às compras
Darwin vai às compras
Ostentando aptidões
1º ‘os sinais de qualidade de uma pessoa angariam o
cuidado dos pais. Jovens animais que sinalizam de forma
crível suas intenções de sobreviver e reproduzir-se
podem solicitar mais cuidados, alimentação e proteção
por parte dos pais.’
‘solicitude parental discriminadora’ – “Mãe, sem os pés.!”
Ostentando aptidões
2º ‘macacos populares vivem muito e prosperam;
macacos condenados ao ostracismo acabam morrendo e
sem filhos.’
Darwin vai às compras
Darwin vai às compras
O teste da vida natural
1. Ninou um bebê até ele dormir
2. Inventou uma história e contou-a a uma criança
3. Sentiu o sol nascente esquentar seu rosto
4. Satisfez uma fome genuína comendo uma fruta madura
5. Satisfez uma sede genuína bebendo água fresca
6. Demonstrou coragem
7. Mostrou liderança e criatividade numa emergência
8. Compartilhou uma refeição com parentes próximos
9. Fofocou com um velho amigo
10. Fez uma nova amizade
Quantas vezes no último mês?
O teste da vida natural
11. Fez algo bonito para dar a alguém
12. Consertou alguma coisa que estava quebrada
13. Aperfeiçoou uma habilidade através da prática
14. Aprendeu algo novo sobre uma planta ou animal que vive perto de você
15. Mudou de opinião sobre alguma coisa importante, tomando como base uma nova evidência
16. Seguiu um bom conselho de alguém mais velho
17. Ensinou uma habilidade útil, uma arte ou um fato interessante a alguém mais jovem
18. Acariciou um animal como cão, gato ou macaco
19. Trabalhou com terra, barro, pedra, madeira ou fibra
20. Consolou alguém
O teste da vida natural
21. Subiu um morro e atravessou um riacho
22. Desempenhou papel significativo num ritual, festival, numa peça ou festa local
23. Praticou um esporte de equipe
24. Realizou um esforço físico para alcançar uma meta coletiva
25. Sustentou um contato visual silencioso com alguém para demonstrar afeto
26. Reprimiu alguém que se comportava mal pelo bem maior
27. Terminou uma discussão séria lançando mão de humor, auto-controle emocional e empatia social
28. Cantou, dançou ou tocou instrumentos com um grupo de amigos
29. Fez amigos gargalharem
30. Alcançou um orgasmo mútuo com o seu parceiro sexual
O teste da vida natural
31. Vivenciou uma beleza sublime que o arrepiou
32. Experimentou um sentido de unidade com o cosmo que o fez pensar “É assim que as igrejas
deveriam ser”
33. Aplicou a Regra de Ouro ao ajudar alguém necessitado
34. Aqueceu-se junto a uma fogueira sob as estrelas.
Somou 100?
Experiências que seu cérebro evoluiu para valorizar e achar significativas.
Giancarlo . gsgiacomelli@senacrs.edu.br
Education Base Marketing
Marketing de Aprendizagem
Aumente o poder do seu cérebro – John Medina
Brain Rules
1. Os exercícios aumentam o poder do cérebro
2. O cérebro também evolui
3. Todo cérebro tem conexões específicas
4. Ninguém presta atenção em coisas chatas
5. Repita para se lembrar
6. Lembre-se para repetir
7. Durma bem, pense bem
8. Cérebros estressados não aprendem do mesmo modo
9. Estimule mais sentidos ao mesmo tempo
10. A visão se sobrepõe aos outros sentidos
11. O homem e a mulher têm cérebros diferentes
12. Somos grandes exploradores naturais
Biólogo molecular especialista no estudo de
genes que atuam no desenvolvimento do
cérebro.
Diretor do Centro do Cérebro para pesquisa
de Aprendizado Aplicado na Universidade
de Seattle Pacific.
Aumente o poder do seu cérebro – John Medina
1. Os exercícios aumentam o poder do cérebro
∽ O cérebro foi feito para que caminhássemos 20 km por dia!
∽ Para melhorar a capacidade de pensar, temos que nos mexer.
∽ Os exercícios levam sangue para o cérebro, transportando até ele glicose, que se
transforma em energia e oxigênio para absorver os elétrons tóxicos excedentes. E
também estimulam a proteína, que mantém os neurônios conectados
∽ Duas sessões de exercício aeróbico por semana bastam para reduzirmos à metade o
risco de demência generalizada e em 60% a probabilidade de ocorrência do mal de
Alzheimer
Contrex
Aumente o poder do seu cérebro – John Medina
2. O cérebro também evoluiu
∽ Nós não temos um e sim três cérebros.
∽ Segurança afeta o aprendizado
∽ O raciocínio simbólico é um talento tipicamente humano.
Pode ter surgido da nossa necessidade de compreender
as intenções e motivações uns dos outrosm permitindo
assim que nos organizássemos em grupos.
Drinkfinity 2
Aumente o poder do seu cérebro – John Medina
3. Todo cérebro tem conexões específicas
∽ Aquilo que fazemos e aprendemos modifica a aparência física do cérebro –
literalmente o reprograma com novas conexões.
∽ As diversas áreas cerebrais se desenvolvem em diferentes velocidades em cada
pessoa.
∽ Não existem dois indivíduos cujos cérebros armazenam a mesma informação da
mesma maneira e no mesmo lugar.
∽ Temos diversos tipos de inteligência e muitos deles não aparecem nos testes de Q.I.
Long Tail
Aumente o poder do seu cérebro – John Medina
4. Ninguém presta atenção em coisas chatas
∽ O spot cerebral conectado à atenção consegue focalizar apenas uma coisa de cada
vez, e não várias ao mesmo tempo.
∽ Somos mais eficientes em perceber padrões e captar o significado de um
acontecimento do que em gravar detalhes.
∽ A estimulação emocional ajuda o cérebro a aprender.
∽ A plateia para de prestar atenção depois de 10 minutos, mas é possível reacender o
seu interesse com narrativas ou eventos ricos em emoções.
Teste Colors Shell
Aumente o poder do seu cérebro – John Medina
5. Repita para se lembrar
∽ O cérebro tem muitos tipos de sistemas de memória. Um deles segue 4 fases de
processamento: codificação, armazenamento, recuperação e esquecimento.
∽ A informação que entra no cérebro é imediatamente dividida em fragmentos que são enviados
a regiões diferentes do córtex para armazenamento.
∽ A maior parte dos eventos que indicam se algo que foi aprendido também será lembrado
ocorre nos primeiros segundos do aprendizado. Quanto mais elaborada é a codificação em
seus momentos iniciais, mais forte ela será.
∽ Podemos melhorar nossas chances de nos recordarmos de uma informação se reproduzirmos o
ambiente em que estávamos quando o nosso cérebro foi exposto a ela pela 1ª vez.
AIR
Aumente o poder do seu cérebro – John Medina
6. Lembre-se para repetir
∽ A maioria das memórias desaparece em minutos, mas aquelas que sobrevivem a esse
período frágil se fortalecem com o tempo.
∽ O cérebro fornece apenas uma visão aproximada da realidade, porque mistura novos
conhecimentos com memórias passadas e os armazena juntos, como se fossem uma
coisa só.
∽ Para fazermos com que a memória de longo prazo seja mais confiável, temos que
incorporar novas informações de maneira gradual e repeti-las em intervalos
específicos.
Aumente o poder do seu cérebro – John Medina
7. Durma bem, pense melhor
∽ Os neurônios realizam uma atividade rítmica vigorosa quando estamos dormindo –
talvez repetindo o que aprendemos naquele dia.
∽ A privação de sono prejudica a atenção, a função executiva, a memória imediata, a
memória de trabalho, o humor, as habilidades quantitativas, o raciocínio lógico e até a
agilidade motora.
Aumente o poder do seu cérebro – John Medina
8. Cérebros estressados não aprendem do mesmo modo
∽ O sistema de defesa do corpo – a liberação de adrenalina e cortisol – foi feito para
garantir nossa resposta imediata a um perigo importante, porém passageiro, como o
ataque de um leão. O estresse crônico, como a hostilidade doméstica, desregula esse
sistema.
∽ Isso faz com que a adrenalina crie “cicatrizes” nos vasos sanguíneos que podem
causar infarto e AVC. E o cortisol afeta nosso hipocampo limitando nosso aprendizado
e memória
Aumente o poder do seu cérebro – John Medina
9. Estimule mais sentidos ao mesmo tempo
∽ O cérebro parece depender de experiências passadas para decidir como combinar os
sinais que recebe. Por isso, duas pessoas podem ter percepções diferentes de uma
mesmo acontecimento.
∽ Nossos sentidos evoluíram para funcionar juntos. Por isso, aprendemos melhor com
vários sentidos ao mesmo tempo.
∽ Os cheiros têm um poder extraordinário de evocar lembranças.
Múltiplas
Aumente o poder do seu cérebro – John Medina
10. A visão se sobrepõe aos outros sentidos
∽ A visão usa quase metade dos recursos cerebrais.
∽ O melhor modo de aprender e lembrar é por meio de figuras, e não de palavras
escritas ou faladas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Empreendedor de Sucesso - Flavio de Almeida
Empreendedor de Sucesso - Flavio de AlmeidaEmpreendedor de Sucesso - Flavio de Almeida
Empreendedor de Sucesso - Flavio de Almeida
Oswaldo Neto
 
Quinta e-sexta-ferramentas-freemind
Quinta e-sexta-ferramentas-freemindQuinta e-sexta-ferramentas-freemind
Quinta e-sexta-ferramentas-freemind
Nucleo Nacional
 
Nona e-decima-ferramentas-freemind
Nona e-decima-ferramentas-freemindNona e-decima-ferramentas-freemind
Nona e-decima-ferramentas-freemind
Nucleo Nacional
 
Decima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemind
Decima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemindDecima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemind
Decima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemind
Nucleo Nacional
 
Reflexões sobre temas polêmicos
Reflexões sobre temas polêmicosReflexões sobre temas polêmicos
Reflexões sobre temas polêmicos
JAIRO ALVES
 
Freemind - DR. Augusto Cury
Freemind - DR. Augusto CuryFreemind - DR. Augusto Cury
Freemind - DR. Augusto Cury
Congresso Freemind
 
Felicidade Embasamento CientíFico
Felicidade Embasamento CientíFicoFelicidade Embasamento CientíFico
Felicidade Embasamento CientíFico
Luiz
 
Primeira e-segunda-ferramentas-freemind
Primeira e-segunda-ferramentas-freemindPrimeira e-segunda-ferramentas-freemind
Primeira e-segunda-ferramentas-freemind
Nucleo Nacional
 
Filosofia caa 2s_vol1_2010reduzido
Filosofia caa 2s_vol1_2010reduzidoFilosofia caa 2s_vol1_2010reduzido
Filosofia caa 2s_vol1_2010reduzido
Francisco Carlos Palosque
 
1273139451 4936111 dinamicas
1273139451 4936111 dinamicas1273139451 4936111 dinamicas
1273139451 4936111 dinamicas
Andreia Pires
 
Seminário 5 (Estágio PAE) Games e filosofia da mente
Seminário 5 (Estágio PAE) Games e filosofia da menteSeminário 5 (Estágio PAE) Games e filosofia da mente
Seminário 5 (Estágio PAE) Games e filosofia da mente
Lucas Machado
 
Dá Bem (Das Bien)
Dá Bem (Das Bien)Dá Bem (Das Bien)
Dá Bem (Das Bien)
Andy Kid Figueroa Cárdenas
 

Mais procurados (12)

Empreendedor de Sucesso - Flavio de Almeida
Empreendedor de Sucesso - Flavio de AlmeidaEmpreendedor de Sucesso - Flavio de Almeida
Empreendedor de Sucesso - Flavio de Almeida
 
Quinta e-sexta-ferramentas-freemind
Quinta e-sexta-ferramentas-freemindQuinta e-sexta-ferramentas-freemind
Quinta e-sexta-ferramentas-freemind
 
Nona e-decima-ferramentas-freemind
Nona e-decima-ferramentas-freemindNona e-decima-ferramentas-freemind
Nona e-decima-ferramentas-freemind
 
Decima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemind
Decima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemindDecima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemind
Decima primeira-e-decima-segunda-ferramentas-freemind
 
Reflexões sobre temas polêmicos
Reflexões sobre temas polêmicosReflexões sobre temas polêmicos
Reflexões sobre temas polêmicos
 
Freemind - DR. Augusto Cury
Freemind - DR. Augusto CuryFreemind - DR. Augusto Cury
Freemind - DR. Augusto Cury
 
Felicidade Embasamento CientíFico
Felicidade Embasamento CientíFicoFelicidade Embasamento CientíFico
Felicidade Embasamento CientíFico
 
Primeira e-segunda-ferramentas-freemind
Primeira e-segunda-ferramentas-freemindPrimeira e-segunda-ferramentas-freemind
Primeira e-segunda-ferramentas-freemind
 
Filosofia caa 2s_vol1_2010reduzido
Filosofia caa 2s_vol1_2010reduzidoFilosofia caa 2s_vol1_2010reduzido
Filosofia caa 2s_vol1_2010reduzido
 
1273139451 4936111 dinamicas
1273139451 4936111 dinamicas1273139451 4936111 dinamicas
1273139451 4936111 dinamicas
 
Seminário 5 (Estágio PAE) Games e filosofia da mente
Seminário 5 (Estágio PAE) Games e filosofia da menteSeminário 5 (Estágio PAE) Games e filosofia da mente
Seminário 5 (Estágio PAE) Games e filosofia da mente
 
Dá Bem (Das Bien)
Dá Bem (Das Bien)Dá Bem (Das Bien)
Dá Bem (Das Bien)
 

Semelhante a Darwin vai às compras

Como ser criativo
Como ser criativoComo ser criativo
Como ser criativo
Ismael Rosa
 
(3) aprender a pensar
(3) aprender a pensar(3) aprender a pensar
(3) aprender a pensar
Afonso Murad (FAJE)
 
Homowork
HomoworkHomowork
Homowork
Camargo Pedro
 
Otimismo e criatividade conferencia e workshop 23 setembro 2011
Otimismo e criatividade  conferencia e workshop 23 setembro 2011Otimismo e criatividade  conferencia e workshop 23 setembro 2011
Otimismo e criatividade conferencia e workshop 23 setembro 2011
Ana Caetano
 
Como ser criativo
Como ser criativoComo ser criativo
Como ser criativo
Hélio Consolaro
 
Despertar da Consciência com leis shamanicas - versão 2007
Despertar da Consciência com leis shamanicas - versão 2007Despertar da Consciência com leis shamanicas - versão 2007
Despertar da Consciência com leis shamanicas - versão 2007
Fausto Aguiar
 
Os 7 hábitos
Os 7 hábitosOs 7 hábitos
Os 7 hábitos
Araguaci Andrade
 
Anexo infancia3
Anexo infancia3Anexo infancia3
Anexo infancia3
Ana Cristina Freitas
 
Estimulando a mente
Estimulando a menteEstimulando a mente
Estimulando a mente
Raquel Dimenstein
 
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interiorMódulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Jocilaine Moreira
 
Crianças índigo
Crianças índigoCrianças índigo
Crianças índigo
Dalila Melo
 
Sistema De Unidades
Sistema De UnidadesSistema De Unidades
Sistema De Unidades
Clube de Lideres Online
 
Oliveira news edição 7 - revertum, leopardo e fumiga - 140 (reparado) 21221,m
Oliveira news  edição 7 - revertum, leopardo e fumiga - 140 (reparado) 21221,mOliveira news  edição 7 - revertum, leopardo e fumiga - 140 (reparado) 21221,m
Oliveira news edição 7 - revertum, leopardo e fumiga - 140 (reparado) 21221,m
elorose
 
Palestra Ana Galo Criatividade Comagep 2009
Palestra Ana Galo Criatividade Comagep 2009Palestra Ana Galo Criatividade Comagep 2009
Palestra Ana Galo Criatividade Comagep 2009
Brazil
 
Como ser criativo
Como ser criativoComo ser criativo
Como ser criativo
guestea87ad
 
Inteligência emocional em tempos de pandemia
Inteligência emocional em tempos de pandemiaInteligência emocional em tempos de pandemia
Inteligência emocional em tempos de pandemia
Rogério Aparecido Lopes
 
1. aprendizagem organizacional – 2013
1. aprendizagem organizacional – 20131. aprendizagem organizacional – 2013
1. aprendizagem organizacional – 2013
tsilotti
 
Resenha do livro Pais Brilhantes, Professores Fascinantes
Resenha do livro Pais Brilhantes, Professores Fascinantes Resenha do livro Pais Brilhantes, Professores Fascinantes
Resenha do livro Pais Brilhantes, Professores Fascinantes
zmcampos
 
Corpo e espirito
Corpo e espiritoCorpo e espirito
Corpo e espirito
Andrea Leite
 
Como o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
Como o nosso cérebro aprende. ApresentaçãopdfComo o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
Como o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
SuellenHelena3
 

Semelhante a Darwin vai às compras (20)

Como ser criativo
Como ser criativoComo ser criativo
Como ser criativo
 
(3) aprender a pensar
(3) aprender a pensar(3) aprender a pensar
(3) aprender a pensar
 
Homowork
HomoworkHomowork
Homowork
 
Otimismo e criatividade conferencia e workshop 23 setembro 2011
Otimismo e criatividade  conferencia e workshop 23 setembro 2011Otimismo e criatividade  conferencia e workshop 23 setembro 2011
Otimismo e criatividade conferencia e workshop 23 setembro 2011
 
Como ser criativo
Como ser criativoComo ser criativo
Como ser criativo
 
Despertar da Consciência com leis shamanicas - versão 2007
Despertar da Consciência com leis shamanicas - versão 2007Despertar da Consciência com leis shamanicas - versão 2007
Despertar da Consciência com leis shamanicas - versão 2007
 
Os 7 hábitos
Os 7 hábitosOs 7 hábitos
Os 7 hábitos
 
Anexo infancia3
Anexo infancia3Anexo infancia3
Anexo infancia3
 
Estimulando a mente
Estimulando a menteEstimulando a mente
Estimulando a mente
 
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interiorMódulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
Módulo: Como ouvir a voz da sabedoria interior
 
Crianças índigo
Crianças índigoCrianças índigo
Crianças índigo
 
Sistema De Unidades
Sistema De UnidadesSistema De Unidades
Sistema De Unidades
 
Oliveira news edição 7 - revertum, leopardo e fumiga - 140 (reparado) 21221,m
Oliveira news  edição 7 - revertum, leopardo e fumiga - 140 (reparado) 21221,mOliveira news  edição 7 - revertum, leopardo e fumiga - 140 (reparado) 21221,m
Oliveira news edição 7 - revertum, leopardo e fumiga - 140 (reparado) 21221,m
 
Palestra Ana Galo Criatividade Comagep 2009
Palestra Ana Galo Criatividade Comagep 2009Palestra Ana Galo Criatividade Comagep 2009
Palestra Ana Galo Criatividade Comagep 2009
 
Como ser criativo
Como ser criativoComo ser criativo
Como ser criativo
 
Inteligência emocional em tempos de pandemia
Inteligência emocional em tempos de pandemiaInteligência emocional em tempos de pandemia
Inteligência emocional em tempos de pandemia
 
1. aprendizagem organizacional – 2013
1. aprendizagem organizacional – 20131. aprendizagem organizacional – 2013
1. aprendizagem organizacional – 2013
 
Resenha do livro Pais Brilhantes, Professores Fascinantes
Resenha do livro Pais Brilhantes, Professores Fascinantes Resenha do livro Pais Brilhantes, Professores Fascinantes
Resenha do livro Pais Brilhantes, Professores Fascinantes
 
Corpo e espirito
Corpo e espiritoCorpo e espirito
Corpo e espirito
 
Como o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
Como o nosso cérebro aprende. ApresentaçãopdfComo o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
Como o nosso cérebro aprende. Apresentaçãopdf
 

Mais de Giancarlo Giacomelli

Google sprint
Google sprintGoogle sprint
Google sprint
Giancarlo Giacomelli
 
Gestão empreendedora
Gestão empreendedoraGestão empreendedora
Gestão empreendedora
Giancarlo Giacomelli
 
Marketing digital
Marketing digitalMarketing digital
Marketing digital
Giancarlo Giacomelli
 
Design de serviços
Design de serviçosDesign de serviços
Design de serviços
Giancarlo Giacomelli
 
Workshop Design Thinking
Workshop Design ThinkingWorkshop Design Thinking
Workshop Design Thinking
Giancarlo Giacomelli
 
Inovação
InovaçãoInovação
Inovação organizacional - Replicáveis
Inovação organizacional - ReplicáveisInovação organizacional - Replicáveis
Inovação organizacional - Replicáveis
Giancarlo Giacomelli
 

Mais de Giancarlo Giacomelli (7)

Google sprint
Google sprintGoogle sprint
Google sprint
 
Gestão empreendedora
Gestão empreendedoraGestão empreendedora
Gestão empreendedora
 
Marketing digital
Marketing digitalMarketing digital
Marketing digital
 
Design de serviços
Design de serviçosDesign de serviços
Design de serviços
 
Workshop Design Thinking
Workshop Design ThinkingWorkshop Design Thinking
Workshop Design Thinking
 
Inovação
InovaçãoInovação
Inovação
 
Inovação organizacional - Replicáveis
Inovação organizacional - ReplicáveisInovação organizacional - Replicáveis
Inovação organizacional - Replicáveis
 

Darwin vai às compras

  • 1. Darwin vai às compras Sexo, evolução e consumo Geoffrey Miller
  • 2. Pequenos Grupos Sociais Por que insistimos na rotina de consumo – trabalhar, comprar, almejar?
  • 4. Poder – Por que alguns têm 1. É preciso mais que desempenho 2. As qualidades pessoais que trazem influência 3. Escolher por onde começar 4. Ao entrar: destacar-se e quebrar algumas regras 5. Fazer alguma coisa do nada: criar recursos 6. Construir redes sociais efetivas e eficientes 7. Atuar e falar com poder 8. Construir uma reputação: percepção é realidade 9. Superar oposição e contratempos
  • 5. Previsivelmente Irracional 1. Por que tudo é relativo – mesmo quando não deveria ser? 2. Por que temos prazer em fazer certas coisas, mas não quando nos pagam para fazê-las? 3. Por que o quente é muito mais quente do que imaginamos? 4. Por que não conseguimos fazer o que queremos? 5. Por que supervalorizamos o que temos? 6. Por que a mente obtêm o que espera?
  • 7. Cro-magnons “Nosso vasto cérebro socioprimata evoluiu rumo a uma meta social predominante: fazer bonito para os outros. E comprar produtos impressionantes, numa economia baseada em dinheiro, é apenas a maneira mais recente de alcançar esse objetivo.”
  • 8. Indicadores de aptidão  Atrair parceiros sexuais  Intimidar rivais  Dissuadir predadores  Solicitar a ajuda de membros do grupo
  • 9. Indicadores de aptidão “Características físicas, como saúde, fertilidade e beleza; as de personalidade, como a conscienciosidade, afabilidade e abertura diante de coisas novas; e características cognitivas, tais como a inteligência geral.”
  • 10. Maslow e os Elefantes Marinhos
  • 11. Seleção natural “A seleção natural favoreceu as motivações sociais, estéticas e de autorealização, pois ela obtiveram um sucesso reprodutivo mais elevado no curso de milhares de gerações que se sucederam na linha de evolução dos elefantes-marinhos”
  • 12. A ilusão consumista fundamental • Somos primatas sociais que sobrevivem e se reproduzem principalmente ao atrair apoio de parentes, amigos e parceiros sexuais. • Conseguimos este apoio na medida em que os outros consideram que apresentamos características desejáveis que preencham suas necessidades. • Durante os últimos milhões de anos, desenvolvemos muitas capacidades mentais e morais para exibir essas características desejáveis. • Durante os últimos milhares de anos, aprendemos que essas características desejáveis também podem ser exibidas ao comprar e ostentar diversos bens e serviços em economias de mercado.
  • 13. A fetichização da juventude “os produtores de rap, como o Dr. Dre perceberam, na década de 90, que podiam faturar muito se convencessem os garotos suburbanos da classe média branca de que, ao comprar e tocar rap, eles exibiriam sagacidade, atitude e reconhecimento na rua”
  • 14. As falácias do consumismo 1ª - produtos acima da média podem compensar características abaixo da média quando se tenta construir relacionamentos (botox). 2ª - os produtos oferecem modos mais legais e impressionantes para exibirmos características do que qualquer comportamento natural.
  • 19. Ostentando aptidões 1º ‘os sinais de qualidade de uma pessoa angariam o cuidado dos pais. Jovens animais que sinalizam de forma crível suas intenções de sobreviver e reproduzir-se podem solicitar mais cuidados, alimentação e proteção por parte dos pais.’ ‘solicitude parental discriminadora’ – “Mãe, sem os pés.!”
  • 20. Ostentando aptidões 2º ‘macacos populares vivem muito e prosperam; macacos condenados ao ostracismo acabam morrendo e sem filhos.’
  • 23. O teste da vida natural 1. Ninou um bebê até ele dormir 2. Inventou uma história e contou-a a uma criança 3. Sentiu o sol nascente esquentar seu rosto 4. Satisfez uma fome genuína comendo uma fruta madura 5. Satisfez uma sede genuína bebendo água fresca 6. Demonstrou coragem 7. Mostrou liderança e criatividade numa emergência 8. Compartilhou uma refeição com parentes próximos 9. Fofocou com um velho amigo 10. Fez uma nova amizade Quantas vezes no último mês?
  • 24. O teste da vida natural 11. Fez algo bonito para dar a alguém 12. Consertou alguma coisa que estava quebrada 13. Aperfeiçoou uma habilidade através da prática 14. Aprendeu algo novo sobre uma planta ou animal que vive perto de você 15. Mudou de opinião sobre alguma coisa importante, tomando como base uma nova evidência 16. Seguiu um bom conselho de alguém mais velho 17. Ensinou uma habilidade útil, uma arte ou um fato interessante a alguém mais jovem 18. Acariciou um animal como cão, gato ou macaco 19. Trabalhou com terra, barro, pedra, madeira ou fibra 20. Consolou alguém
  • 25. O teste da vida natural 21. Subiu um morro e atravessou um riacho 22. Desempenhou papel significativo num ritual, festival, numa peça ou festa local 23. Praticou um esporte de equipe 24. Realizou um esforço físico para alcançar uma meta coletiva 25. Sustentou um contato visual silencioso com alguém para demonstrar afeto 26. Reprimiu alguém que se comportava mal pelo bem maior 27. Terminou uma discussão séria lançando mão de humor, auto-controle emocional e empatia social 28. Cantou, dançou ou tocou instrumentos com um grupo de amigos 29. Fez amigos gargalharem 30. Alcançou um orgasmo mútuo com o seu parceiro sexual
  • 26. O teste da vida natural 31. Vivenciou uma beleza sublime que o arrepiou 32. Experimentou um sentido de unidade com o cosmo que o fez pensar “É assim que as igrejas deveriam ser” 33. Aplicou a Regra de Ouro ao ajudar alguém necessitado 34. Aqueceu-se junto a uma fogueira sob as estrelas. Somou 100? Experiências que seu cérebro evoluiu para valorizar e achar significativas.
  • 27. Giancarlo . gsgiacomelli@senacrs.edu.br Education Base Marketing Marketing de Aprendizagem
  • 28. Aumente o poder do seu cérebro – John Medina Brain Rules 1. Os exercícios aumentam o poder do cérebro 2. O cérebro também evolui 3. Todo cérebro tem conexões específicas 4. Ninguém presta atenção em coisas chatas 5. Repita para se lembrar 6. Lembre-se para repetir 7. Durma bem, pense bem 8. Cérebros estressados não aprendem do mesmo modo 9. Estimule mais sentidos ao mesmo tempo 10. A visão se sobrepõe aos outros sentidos 11. O homem e a mulher têm cérebros diferentes 12. Somos grandes exploradores naturais Biólogo molecular especialista no estudo de genes que atuam no desenvolvimento do cérebro. Diretor do Centro do Cérebro para pesquisa de Aprendizado Aplicado na Universidade de Seattle Pacific.
  • 29. Aumente o poder do seu cérebro – John Medina 1. Os exercícios aumentam o poder do cérebro ∽ O cérebro foi feito para que caminhássemos 20 km por dia! ∽ Para melhorar a capacidade de pensar, temos que nos mexer. ∽ Os exercícios levam sangue para o cérebro, transportando até ele glicose, que se transforma em energia e oxigênio para absorver os elétrons tóxicos excedentes. E também estimulam a proteína, que mantém os neurônios conectados ∽ Duas sessões de exercício aeróbico por semana bastam para reduzirmos à metade o risco de demência generalizada e em 60% a probabilidade de ocorrência do mal de Alzheimer Contrex
  • 30. Aumente o poder do seu cérebro – John Medina 2. O cérebro também evoluiu ∽ Nós não temos um e sim três cérebros. ∽ Segurança afeta o aprendizado ∽ O raciocínio simbólico é um talento tipicamente humano. Pode ter surgido da nossa necessidade de compreender as intenções e motivações uns dos outrosm permitindo assim que nos organizássemos em grupos. Drinkfinity 2
  • 31. Aumente o poder do seu cérebro – John Medina 3. Todo cérebro tem conexões específicas ∽ Aquilo que fazemos e aprendemos modifica a aparência física do cérebro – literalmente o reprograma com novas conexões. ∽ As diversas áreas cerebrais se desenvolvem em diferentes velocidades em cada pessoa. ∽ Não existem dois indivíduos cujos cérebros armazenam a mesma informação da mesma maneira e no mesmo lugar. ∽ Temos diversos tipos de inteligência e muitos deles não aparecem nos testes de Q.I. Long Tail
  • 32. Aumente o poder do seu cérebro – John Medina 4. Ninguém presta atenção em coisas chatas ∽ O spot cerebral conectado à atenção consegue focalizar apenas uma coisa de cada vez, e não várias ao mesmo tempo. ∽ Somos mais eficientes em perceber padrões e captar o significado de um acontecimento do que em gravar detalhes. ∽ A estimulação emocional ajuda o cérebro a aprender. ∽ A plateia para de prestar atenção depois de 10 minutos, mas é possível reacender o seu interesse com narrativas ou eventos ricos em emoções. Teste Colors Shell
  • 33. Aumente o poder do seu cérebro – John Medina 5. Repita para se lembrar ∽ O cérebro tem muitos tipos de sistemas de memória. Um deles segue 4 fases de processamento: codificação, armazenamento, recuperação e esquecimento. ∽ A informação que entra no cérebro é imediatamente dividida em fragmentos que são enviados a regiões diferentes do córtex para armazenamento. ∽ A maior parte dos eventos que indicam se algo que foi aprendido também será lembrado ocorre nos primeiros segundos do aprendizado. Quanto mais elaborada é a codificação em seus momentos iniciais, mais forte ela será. ∽ Podemos melhorar nossas chances de nos recordarmos de uma informação se reproduzirmos o ambiente em que estávamos quando o nosso cérebro foi exposto a ela pela 1ª vez. AIR
  • 34. Aumente o poder do seu cérebro – John Medina 6. Lembre-se para repetir ∽ A maioria das memórias desaparece em minutos, mas aquelas que sobrevivem a esse período frágil se fortalecem com o tempo. ∽ O cérebro fornece apenas uma visão aproximada da realidade, porque mistura novos conhecimentos com memórias passadas e os armazena juntos, como se fossem uma coisa só. ∽ Para fazermos com que a memória de longo prazo seja mais confiável, temos que incorporar novas informações de maneira gradual e repeti-las em intervalos específicos.
  • 35. Aumente o poder do seu cérebro – John Medina 7. Durma bem, pense melhor ∽ Os neurônios realizam uma atividade rítmica vigorosa quando estamos dormindo – talvez repetindo o que aprendemos naquele dia. ∽ A privação de sono prejudica a atenção, a função executiva, a memória imediata, a memória de trabalho, o humor, as habilidades quantitativas, o raciocínio lógico e até a agilidade motora.
  • 36. Aumente o poder do seu cérebro – John Medina 8. Cérebros estressados não aprendem do mesmo modo ∽ O sistema de defesa do corpo – a liberação de adrenalina e cortisol – foi feito para garantir nossa resposta imediata a um perigo importante, porém passageiro, como o ataque de um leão. O estresse crônico, como a hostilidade doméstica, desregula esse sistema. ∽ Isso faz com que a adrenalina crie “cicatrizes” nos vasos sanguíneos que podem causar infarto e AVC. E o cortisol afeta nosso hipocampo limitando nosso aprendizado e memória
  • 37. Aumente o poder do seu cérebro – John Medina 9. Estimule mais sentidos ao mesmo tempo ∽ O cérebro parece depender de experiências passadas para decidir como combinar os sinais que recebe. Por isso, duas pessoas podem ter percepções diferentes de uma mesmo acontecimento. ∽ Nossos sentidos evoluíram para funcionar juntos. Por isso, aprendemos melhor com vários sentidos ao mesmo tempo. ∽ Os cheiros têm um poder extraordinário de evocar lembranças. Múltiplas
  • 38. Aumente o poder do seu cérebro – John Medina 10. A visão se sobrepõe aos outros sentidos ∽ A visão usa quase metade dos recursos cerebrais. ∽ O melhor modo de aprender e lembrar é por meio de figuras, e não de palavras escritas ou faladas.