SlideShare uma empresa Scribd logo
Concurso “Faça Lá um Poema” A Biblioteca Escolar e o Departamento de Línguas associaram-se para participar no  concurso “Faça Lá Um Poema”, promovido pelo Plano Nacional de Leitura e o Centro Cultural de Belém. Este concurso tem o objectivo de incentivar o gosto pela leitura e pela escrita de poesia e insere-se na Comemoração do Dia Mundial da Poesia que se realiza no Centro Cultural de Belém, no dia 21 de Março. Os poemas a concurso eram de tema livre. Cada escola podia seleccionar apenas três poemas por cada nível de ensino.
Poemas seleccionados 2º Ciclo O que eu gostava de saber? O que eu gostava de saber? Não sei por onde começar. Tanta coisa que não sei explicar Então vou perguntar! Por que é que os pássaros voam? Por que é que o céu é azul? E não cinzento da cor do cimento? Tenho 9 anos, professor, E não me quer responder?! Já sou bem crescidinha Para essas coisas entender! Então, então? Por que é que os cães não sabem ler? Não sei, ninguém me quer responder! Mariana Baptista Abreu, 5º A
Poemas seleccionados 2º Ciclo O Nosso Mundo Era uma vez O Nosso Mundo verdejante Um Planeta sem igual Onde tudo era brilhante! Onde rios cristalinos Atravessavam os montes Dando de beber Aos grandes bisontes! Natureza era uma rainha Grande e majestosa Tudo em seu redor era belo E a paisagem maravilhosa! Rainha de grande reino Com coroa a condizer Cheia de tulipas e rosas Era linda de morrer! E para vestir, tal rainha, Possuía tecidos deslumbrantes Muitas árvores, flores e frutos Simplesmente fascinantes! Era rainha bela e poderosa Mas o homem a dominou E com a sua grande ambição Até a beleza lhe roubou! Agora, rainha sem beleza Já não pode reinar Prestes a desaparecer Só nós, crianças, a podemos salvar!   Todas juntas vamos conseguir Ao Homem explicar Que ao proteger a Natureza O nosso Mundo vai melhorar! Beatriz Rodriguez, 5º A, nº 5
Poemas seleccionados 2º Ciclo A vida A vida é um longo caminho Dá voltas e reviravoltas Tem ódio, tem carinho É o caminho do destino. O carinho é o colo confortante da minha mãe O ódio é o terror da traição de alguém. É vida que corre como o rio no leito É a chama que consome É mundo verdadeiro. O rio que corre leva as más recordações É a água que ajuda a limpar os corações. Na vida há felicidade Na vida há tristeza Não há nada como o amor da nossa Natureza. Natureza nossa mãe Criadora do manto verdejante Fico feliz quando a vejo na sua postura elegante Natureza nossa mãe Criadora do manto verdejante Fico feliz quando a vejo na sua postura elegante. A vida tem de tudo A vida é secreta Mas nem sempre esta estrada é uma recta. Beatriz Rodriguez, 5º A, nº 5
Poemas seleccionados 3º Ciclo As rosas negras Crepitam na minha lareira. Por as queimar Desaparecerá o negro que me rodeia? Se furar um balão  De ar recheado Furarei o meu coração De vidro pintado? Alma é aquela Que ajuda os outros Mente é aquela Que se ajuda a si Corpo é aquele  Que suporta a luta Entre as duas Num só. O que o coração quer A mente contraria Todos têm medo de morrer E medo de aproveitar a vida Mas enfrentando apenas um medo Os outros vão em seguida. Ana Filipa Costa, 7ºB, nº 1
Poemas seleccionados 3º Ciclo Eu e tu ... Existe o amor. E no amor há confusões, mas também paixões. Eu e tu somos como o mar. Há dias bons e maus. Depende se há ondas grandes e fortes, ou calmas em que se pode nadar.   Há dias em que morro de ansiedade por te ver, e um dia sem ti é como um século.  E há dias em que estou confuso, não sei se o mundo tem fim nem se tu gostas de mim. Mas tudo superámos, porque o amor é como o fogo, muito quente, aquece os corações mesmo em dias de Inverno. Elodie Oliveira, 8ºA
Poemas seleccionados 3º Ciclo Um brinquedo mágico Este Natal Vou pedir um brinquedo Muito especial. Vou querer algo Que fale, que brinque E que não seja normal. Um brinquedo encantador Parecido com um aspirador Que me dê opiniões E que valha mais que mil piões. Já me estou a imaginar Com ele a falar A jogar à macaca E ajudar a mãe A descascar batata. Será o meu braço direito Um amigo do peito Confiante e pensativo Com o nome de Ivo. Só tenho um problema Onde o vou arranjar? Mas isto fica para sábado Porque tenho mais tempo para sonhar. Beatriz Rato, 7º A
Outros poemas… A dor do adeus... Quando uma lágrima vai rolando por minhas faces macias, Sinto muita dor,  Não existe espaço para  alegrias... Essa dor é forte, Aumenta a cada segundo, É uma dor dilacerante, Que acaba com o meu mundo. A minha vida é triste, pois tu não estás, Sinto saudade,  Não quero que vás... Mas tu foste,  E aqui estou eu, Como um pedaço de estrela, Esquecida no céu. Quando partiste,  Meu peito ficou a sangrar, Ainda hoje continua, Sempre sem parar. Andreia Santos, 8ºA
Poemas não seleccionados, mas relevantes O bater do meu coração… Será amor? Será amizade? Que será isto que sinto? Coisa estranha, muito estranha... Que digo? O meu coração bate, Mas não bate por bater, Bate porque sente, O amor a crescer... O meu coração bate, Mas não bate por bater, Bate porque vê, O teu sorriso  aparecer... O meu coração bate de emoção, O meu coração bate de alegria, O meu coração bate e bate, Pois anseia a tua companhia... Andreia Santos, 8º A
Poemas não seleccionados, mas relevantes O que sinto? Será amor?  Será amizade?  Que será isto que sinto? Coisa estranha, muito estranha... E agora que digo? Que maleita é esta que me veio atacar? Será que se nota, Ou dá para disfarçar? Os sintomas são variados, Mas não  consigo falar... É tão estranho o que sinto... Algum dia vai passar? Andreia Santos, 8º A
Outros poemas… O Sol com as crianças O Sol que vejo no horizonte É como uma noite de luar Como um brilho incandescente Como um diamante a tilintar. A alegria que vejo nas crianças É como um riso sem fim Como um olhar despreocupado Com uma pele de cetim.  Magalie Oliveira, 6º C
Outros poemas… Futuro Na nossa vida em diante Percorremos um caminho, Que ao passar dos anos  Fica cada vez mais curto. Eu ainda estou no princípio, Mas há pessoas já na meta. Aprendemos bastante Ao longo da caminhada. Quando chegamos à meta  Chegamos felizes e tristes Aprendemos, mas, Chegou a hora de parar. Para lá da meta Não sei o que se passa  Só sei uma coisa Que algum lado, seja ele qual for, existirá para nós. Magalie Oliveira, 6º C
Outros poemas… Versos de amor A minha maior dor é ter que te deixar. Acredita, meu amor, que é só por te deixar. De tanto amor que tenho trago uma dor no coração. Eu creio que morreria, se não me desses a tua mão. Sempre gostei de ti E sempre hei-de gostar. Penso até que nasci com destino de te amar. Desde que os meus olhos viram toda a graça que possuis, não mais fui senhor de olhar para mais alguém. Quando ouvires os sinos a tocar, não perguntes quem morreu, porque quem morre por ti sou eu. Flores morrem, histórias acabam, músicas desaparecem, memórias são esquecidas… tudo tem um fim. Mas pessoas preciosas como tu são guardadas para sempre. No dia da despedida não pararei de chorar. Acredita, minha querida, que é só por te deixar. Não te quero magoar com mais versos de amor. Espero que compreendas esta minha grande dor. Meu coração anda triste por há tanto tempo não te ver. Se não te vejo breve penso que vou enlouquecer. Meu pobre coração precisa do teu amor. Quando ele o tiver, acabou-se a minha dor. Leandro, 6º D
Outros poemas… Recordações da vida Um dia tu encontraste o teu amor Igual eu nunca vi Mais tarde era o meu pai E desse amor eu nasci; Quando nasci, logo chorei Para ti, mãe, logo olhei Com amor me pegaste E ao teu colo me aconchegaste; A tua voz era tão doce Os teus olhos eram só ternura Os teus lábios eram só brilho Mãe, tu és uma doçura; Com um ano já andava Já não queria a mama Aos dois anos já não queria colo E aos três até já dormia na minha cama; Aos seis anos estou eu lembrada Pela tua mão fui para a escola Levava livros e cadernos Tudo dentro da sacola; Quando os sete completei Foi aí que me pus a pensar Tão doce e meiga que tu és Que sempre te vou amar; Agora com dez anos Acordo pela manhã Com carinho da minha mãe E beijos da minha irmã; Como são belos os dias Desde o deitar ao amanhecer Junto da minha família Feliz irei sempre ser! Delfina, 5º A

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Concurso poesia na corda 2012
Concurso poesia na corda 2012Concurso poesia na corda 2012
Concurso poesia na corda 2012
Maria Da Graça Oliveira
 
242411996 o-amor-em-poesia
242411996 o-amor-em-poesia242411996 o-amor-em-poesia
242411996 o-amor-em-poesia
Robson Mendes
 
Poesias Dos Alunos
Poesias Dos AlunosPoesias Dos Alunos
Poesias Dos Alunos
celiagarci
 
Dia dos afectos
Dia dos afectosDia dos afectos
Dia dos afectos
Cidália Loureiro
 
4ª Antologia Poética Projeto Jovens Autores ProEMI/JF 2013
4ª Antologia Poética Projeto Jovens Autores ProEMI/JF 20134ª Antologia Poética Projeto Jovens Autores ProEMI/JF 2013
4ª Antologia Poética Projeto Jovens Autores ProEMI/JF 2013
Diana Pilatti
 
Primeira Antologia P
Primeira Antologia PPrimeira Antologia P
Primeira Antologia P
Diana Pilatti
 
Poesias ilustradas
Poesias ilustradasPoesias ilustradas
Poesias ilustradas
naldivana
 
Poemas de amor
Poemas de amorPoemas de amor
Poemas de amor
Alexandra Santos
 
Calendário junho 2010_rosely
Calendário junho 2010_roselyCalendário junho 2010_rosely
Calendário junho 2010_rosely
Gisele Santos
 
Nossas inspirações quadrinhas do 1º ano a
Nossas inspirações  quadrinhas do 1º ano aNossas inspirações  quadrinhas do 1º ano a
Nossas inspirações quadrinhas do 1º ano a
ESCOLA BANDEIRANTES E ESCOLA MARIA JACIRA FEITOSA DE CARVALHO
 
Um coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em português
Um coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em portuguêsUm coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em português
Um coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em português
Leonor Costa
 
Livro fragmentos(1) (1)
 Livro fragmentos(1) (1) Livro fragmentos(1) (1)
Livro fragmentos(1) (1)
Sylvia Seny
 
Poemas Ilustrados
Poemas IlustradosPoemas Ilustrados
Poemas Ilustrados
vales
 
Antologia POETIZANDO ENTRE AMIGOS
Antologia POETIZANDO ENTRE AMIGOSAntologia POETIZANDO ENTRE AMIGOS
Antologia POETIZANDO ENTRE AMIGOS
Luciana Rugani
 
Recital de poesia
Recital de poesiaRecital de poesia
Recital de poesia
Zatiii
 
Portfolio Português 2010.2011
Portfolio Português 2010.2011Portfolio Português 2010.2011
Portfolio Português 2010.2011
Clara Santos
 
Poesia Seomara 1989
Poesia Seomara 1989Poesia Seomara 1989
Poesia Seomara 1989
Alfredo Garcia
 
Projeto “O Jogo do Poema”
Projeto “O Jogo do Poema” Projeto “O Jogo do Poema”
Projeto “O Jogo do Poema”
Sistema Municipal de Bibliotecas
 
Meu tempo 2015
Meu tempo 2015Meu tempo 2015
Meu tempo 2015
Marco Rossi
 
Sentimentos em letras coletânea de expressões sinceras através da arte literária
Sentimentos em letras coletânea de expressões sinceras através da arte literáriaSentimentos em letras coletânea de expressões sinceras através da arte literária
Sentimentos em letras coletânea de expressões sinceras através da arte literária
Mauricio Gonçalves
 

Mais procurados (20)

Concurso poesia na corda 2012
Concurso poesia na corda 2012Concurso poesia na corda 2012
Concurso poesia na corda 2012
 
242411996 o-amor-em-poesia
242411996 o-amor-em-poesia242411996 o-amor-em-poesia
242411996 o-amor-em-poesia
 
Poesias Dos Alunos
Poesias Dos AlunosPoesias Dos Alunos
Poesias Dos Alunos
 
Dia dos afectos
Dia dos afectosDia dos afectos
Dia dos afectos
 
4ª Antologia Poética Projeto Jovens Autores ProEMI/JF 2013
4ª Antologia Poética Projeto Jovens Autores ProEMI/JF 20134ª Antologia Poética Projeto Jovens Autores ProEMI/JF 2013
4ª Antologia Poética Projeto Jovens Autores ProEMI/JF 2013
 
Primeira Antologia P
Primeira Antologia PPrimeira Antologia P
Primeira Antologia P
 
Poesias ilustradas
Poesias ilustradasPoesias ilustradas
Poesias ilustradas
 
Poemas de amor
Poemas de amorPoemas de amor
Poemas de amor
 
Calendário junho 2010_rosely
Calendário junho 2010_roselyCalendário junho 2010_rosely
Calendário junho 2010_rosely
 
Nossas inspirações quadrinhas do 1º ano a
Nossas inspirações  quadrinhas do 1º ano aNossas inspirações  quadrinhas do 1º ano a
Nossas inspirações quadrinhas do 1º ano a
 
Um coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em português
Um coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em portuguêsUm coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em português
Um coração, um cúpido e um beijo por um poema de amor em português
 
Livro fragmentos(1) (1)
 Livro fragmentos(1) (1) Livro fragmentos(1) (1)
Livro fragmentos(1) (1)
 
Poemas Ilustrados
Poemas IlustradosPoemas Ilustrados
Poemas Ilustrados
 
Antologia POETIZANDO ENTRE AMIGOS
Antologia POETIZANDO ENTRE AMIGOSAntologia POETIZANDO ENTRE AMIGOS
Antologia POETIZANDO ENTRE AMIGOS
 
Recital de poesia
Recital de poesiaRecital de poesia
Recital de poesia
 
Portfolio Português 2010.2011
Portfolio Português 2010.2011Portfolio Português 2010.2011
Portfolio Português 2010.2011
 
Poesia Seomara 1989
Poesia Seomara 1989Poesia Seomara 1989
Poesia Seomara 1989
 
Projeto “O Jogo do Poema”
Projeto “O Jogo do Poema” Projeto “O Jogo do Poema”
Projeto “O Jogo do Poema”
 
Meu tempo 2015
Meu tempo 2015Meu tempo 2015
Meu tempo 2015
 
Sentimentos em letras coletânea de expressões sinceras através da arte literária
Sentimentos em letras coletânea de expressões sinceras através da arte literáriaSentimentos em letras coletânea de expressões sinceras através da arte literária
Sentimentos em letras coletânea de expressões sinceras através da arte literária
 

Destaque

Helena Farrall - Faculdade de Ciências e Tecnologia / UNL
Helena Farrall - Faculdade de Ciências e Tecnologia / UNLHelena Farrall - Faculdade de Ciências e Tecnologia / UNL
Helena Farrall - Faculdade de Ciências e Tecnologia / UNL
Construção Sustentável
 
Nye 5 eph 3 7 10 slides 020214
Nye 5 eph 3 7 10 slides 020214Nye 5 eph 3 7 10 slides 020214
Nye 5 eph 3 7 10 slides 020214
Alan Shelby
 
Apresentação cecs
Apresentação cecsApresentação cecs
Apresentação cecs
Eduarda Bonora Kern
 
Capacitacion lopcymat en linea
Capacitacion lopcymat en lineaCapacitacion lopcymat en linea
Capacitacion lopcymat en linea
Luis Alfredo Gómez Rodríguez
 
Ls lords supper josh 4 1 7 slides 123012
Ls lords supper josh 4 1 7 slides 123012Ls lords supper josh 4 1 7 slides 123012
Ls lords supper josh 4 1 7 slides 123012
Alan Shelby
 
E3 Det Excuses And Promises EVU 16 B
E3 Det Excuses And Promises EVU 16 BE3 Det Excuses And Promises EVU 16 B
E3 Det Excuses And Promises EVU 16 B
Det Deprez
 
Nye 8 exod 15 22 25 slides 022314
Nye 8 exod 15 22 25 slides 022314Nye 8 exod 15 22 25 slides 022314
Nye 8 exod 15 22 25 slides 022314
Alan Shelby
 
07 josh 5 13 15 slides 050414
07 josh 5 13 15 slides 05041407 josh 5 13 15 slides 050414
07 josh 5 13 15 slides 050414
Alan Shelby
 
Lo que vemos y escuchamos
Lo que vemos y escuchamosLo que vemos y escuchamos
Lo que vemos y escuchamos
Ally Vasquez
 
20 josh 17 14 slides 090714
20 josh 17 14 slides 09071420 josh 17 14 slides 090714
20 josh 17 14 slides 090714
Alan Shelby
 
Chapter Two: Interpersonal Communication and Self Rev 9/14
Chapter Two: Interpersonal Communication and Self Rev 9/14Chapter Two: Interpersonal Communication and Self Rev 9/14
Chapter Two: Interpersonal Communication and Self Rev 9/14
Ray Brannon
 
Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01
Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01
Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01
Biblioteca Escolar Aeob
 
Campanha Fase3 ABEMD
Campanha Fase3 ABEMDCampanha Fase3 ABEMD
Campanha Fase3 ABEMD
rogeriossoares
 
Trabalho Predios Antigos
Trabalho Predios AntigosTrabalho Predios Antigos
Trabalho Predios Antigos
guesta79093
 
healthy life
healthy life healthy life
healthy life
Tanpot Paijitsombat
 
Fotos Bonitas
Fotos BonitasFotos Bonitas
Fotos Bonitas
ImasDmarketing .com
 
¿Qué haré el año que viene? Curso 2014 2015
¿Qué haré el año que  viene? Curso 2014 2015¿Qué haré el año que  viene? Curso 2014 2015
¿Qué haré el año que viene? Curso 2014 2015
Khristian Faz Murcia
 
Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01
Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01
Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01
Biblioteca Escolar Aeob
 
Իմ արձակուրդը
Իմ արձակուրդըԻմ արձակուրդը
Իմ արձակուրդը
Nare Hambardzumyan
 

Destaque (20)

Helena Farrall - Faculdade de Ciências e Tecnologia / UNL
Helena Farrall - Faculdade de Ciências e Tecnologia / UNLHelena Farrall - Faculdade de Ciências e Tecnologia / UNL
Helena Farrall - Faculdade de Ciências e Tecnologia / UNL
 
Nye 5 eph 3 7 10 slides 020214
Nye 5 eph 3 7 10 slides 020214Nye 5 eph 3 7 10 slides 020214
Nye 5 eph 3 7 10 slides 020214
 
Apresentação cecs
Apresentação cecsApresentação cecs
Apresentação cecs
 
Capacitacion lopcymat en linea
Capacitacion lopcymat en lineaCapacitacion lopcymat en linea
Capacitacion lopcymat en linea
 
Ls lords supper josh 4 1 7 slides 123012
Ls lords supper josh 4 1 7 slides 123012Ls lords supper josh 4 1 7 slides 123012
Ls lords supper josh 4 1 7 slides 123012
 
E3 Det Excuses And Promises EVU 16 B
E3 Det Excuses And Promises EVU 16 BE3 Det Excuses And Promises EVU 16 B
E3 Det Excuses And Promises EVU 16 B
 
Nye 8 exod 15 22 25 slides 022314
Nye 8 exod 15 22 25 slides 022314Nye 8 exod 15 22 25 slides 022314
Nye 8 exod 15 22 25 slides 022314
 
07 josh 5 13 15 slides 050414
07 josh 5 13 15 slides 05041407 josh 5 13 15 slides 050414
07 josh 5 13 15 slides 050414
 
Lo que vemos y escuchamos
Lo que vemos y escuchamosLo que vemos y escuchamos
Lo que vemos y escuchamos
 
20 josh 17 14 slides 090714
20 josh 17 14 slides 09071420 josh 17 14 slides 090714
20 josh 17 14 slides 090714
 
Chapter Two: Interpersonal Communication and Self Rev 9/14
Chapter Two: Interpersonal Communication and Self Rev 9/14Chapter Two: Interpersonal Communication and Self Rev 9/14
Chapter Two: Interpersonal Communication and Self Rev 9/14
 
Imagenes
ImagenesImagenes
Imagenes
 
Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01
Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01
Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01
 
Campanha Fase3 ABEMD
Campanha Fase3 ABEMDCampanha Fase3 ABEMD
Campanha Fase3 ABEMD
 
Trabalho Predios Antigos
Trabalho Predios AntigosTrabalho Predios Antigos
Trabalho Predios Antigos
 
healthy life
healthy life healthy life
healthy life
 
Fotos Bonitas
Fotos BonitasFotos Bonitas
Fotos Bonitas
 
¿Qué haré el año que viene? Curso 2014 2015
¿Qué haré el año que  viene? Curso 2014 2015¿Qué haré el año que  viene? Curso 2014 2015
¿Qué haré el año que viene? Curso 2014 2015
 
Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01
Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01
Aprenderfazendodibe 101012161524-phpapp01
 
Իմ արձակուրդը
Իմ արձակուրդըԻմ արձակուրդը
Իմ արձակուրդը
 

Semelhante a Concurso FaçA Lá Um Poema

Diamundialpoesia 100503060711-phpapp02
Diamundialpoesia 100503060711-phpapp02Diamundialpoesia 100503060711-phpapp02
Diamundialpoesia 100503060711-phpapp02
Mô...Moema Anita Conceição
 
Diogo sarau poético
Diogo sarau poético Diogo sarau poético
Diogo sarau poético
Karla Laiany
 
Filipa Duarte
Filipa Duarte Filipa Duarte
Filipa Duarte
davidaaduarte
 
POESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagens
POESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagensPOESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagens
POESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagens
Terreza Lima
 
Produzindo Poemas
Produzindo Poemas Produzindo Poemas
Produzindo Poemas
Licurgo Oliveira
 
Dia mundial da poesia
Dia mundial da poesiaDia mundial da poesia
Dia mundial da poesia
A E A
 
Chuva de Poemas 1.pdf
Chuva de Poemas 1.pdfChuva de Poemas 1.pdf
Chuva de Poemas 1.pdf
VitorRibeiro261164
 
Apresentação Livro E.E. Omar Rezende Perez
Apresentação Livro E.E. Omar Rezende PerezApresentação Livro E.E. Omar Rezende Perez
Apresentação Livro E.E. Omar Rezende Perez
Luis Felipe Gouvea
 
FIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
FIGURAS DE LINGUAGEM.pptFIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
FIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
SAMARASILVANOGUEIRAP
 
Figuras de linguagem 1
Figuras de linguagem 1Figuras de linguagem 1
Concurso poesia na_corda_2010
Concurso poesia na_corda_2010Concurso poesia na_corda_2010
Concurso poesia na_corda_2010
Maria Da Graça Oliveira
 
Livro de poemas dos alunos do 8º Ano C e D, do Bartolomeu
Livro de poemas  dos alunos do 8º Ano C e D, do BartolomeuLivro de poemas  dos alunos do 8º Ano C e D, do Bartolomeu
Livro de poemas dos alunos do 8º Ano C e D, do Bartolomeu
Paulo Sérgio
 
Calendário Mensal: Julho 2010
Calendário Mensal: Julho 2010Calendário Mensal: Julho 2010
Calendário Mensal: Julho 2010
Gisele Santos
 
Calendário julho 2010_rosely
Calendário julho 2010_roselyCalendário julho 2010_rosely
Calendário julho 2010_rosely
Gisele Santos
 
30 Poemas De Amor Slide
30 Poemas De Amor Slide30 Poemas De Amor Slide
30 Poemas De Amor Slide
Hugo Pereira
 
Escolhendo Poesias
Escolhendo Poesias Escolhendo Poesias
Escolhendo Poesias
Cassiano Santana
 
Eu te amo e não sei ate quando te amarei
Eu te amo e não sei ate quando te amareiEu te amo e não sei ate quando te amarei
Eu te amo e não sei ate quando te amarei
55443
 
LETICIA
LETICIALETICIA
Dia mundialpoesia
Dia mundialpoesiaDia mundialpoesia
Dia mundialpoesia
turmaefa3
 
Dia Mundial Poesia
Dia Mundial PoesiaDia Mundial Poesia
Dia Mundial Poesia
turmaefa3
 

Semelhante a Concurso FaçA Lá Um Poema (20)

Diamundialpoesia 100503060711-phpapp02
Diamundialpoesia 100503060711-phpapp02Diamundialpoesia 100503060711-phpapp02
Diamundialpoesia 100503060711-phpapp02
 
Diogo sarau poético
Diogo sarau poético Diogo sarau poético
Diogo sarau poético
 
Filipa Duarte
Filipa Duarte Filipa Duarte
Filipa Duarte
 
POESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagens
POESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagensPOESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagens
POESIAS escrito no site meu lado poético poesias de amor surreal mensagens
 
Produzindo Poemas
Produzindo Poemas Produzindo Poemas
Produzindo Poemas
 
Dia mundial da poesia
Dia mundial da poesiaDia mundial da poesia
Dia mundial da poesia
 
Chuva de Poemas 1.pdf
Chuva de Poemas 1.pdfChuva de Poemas 1.pdf
Chuva de Poemas 1.pdf
 
Apresentação Livro E.E. Omar Rezende Perez
Apresentação Livro E.E. Omar Rezende PerezApresentação Livro E.E. Omar Rezende Perez
Apresentação Livro E.E. Omar Rezende Perez
 
FIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
FIGURAS DE LINGUAGEM.pptFIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
FIGURAS DE LINGUAGEM.ppt
 
Figuras de linguagem 1
Figuras de linguagem 1Figuras de linguagem 1
Figuras de linguagem 1
 
Concurso poesia na_corda_2010
Concurso poesia na_corda_2010Concurso poesia na_corda_2010
Concurso poesia na_corda_2010
 
Livro de poemas dos alunos do 8º Ano C e D, do Bartolomeu
Livro de poemas  dos alunos do 8º Ano C e D, do BartolomeuLivro de poemas  dos alunos do 8º Ano C e D, do Bartolomeu
Livro de poemas dos alunos do 8º Ano C e D, do Bartolomeu
 
Calendário Mensal: Julho 2010
Calendário Mensal: Julho 2010Calendário Mensal: Julho 2010
Calendário Mensal: Julho 2010
 
Calendário julho 2010_rosely
Calendário julho 2010_roselyCalendário julho 2010_rosely
Calendário julho 2010_rosely
 
30 Poemas De Amor Slide
30 Poemas De Amor Slide30 Poemas De Amor Slide
30 Poemas De Amor Slide
 
Escolhendo Poesias
Escolhendo Poesias Escolhendo Poesias
Escolhendo Poesias
 
Eu te amo e não sei ate quando te amarei
Eu te amo e não sei ate quando te amareiEu te amo e não sei ate quando te amarei
Eu te amo e não sei ate quando te amarei
 
LETICIA
LETICIALETICIA
LETICIA
 
Dia mundialpoesia
Dia mundialpoesiaDia mundialpoesia
Dia mundialpoesia
 
Dia Mundial Poesia
Dia Mundial PoesiaDia Mundial Poesia
Dia Mundial Poesia
 

Mais de Biblioteca Escolar Aeob

Animais e muito mais
Animais e muito maisAnimais e muito mais
Animais e muito mais
Biblioteca Escolar Aeob
 
Era uma vez...um girono - OB2
Era uma vez...um girono - OB2Era uma vez...um girono - OB2
Era uma vez...um girono - OB2
Biblioteca Escolar Aeob
 
Estamos On
Estamos OnEstamos On
Estamos On
Estamos OnEstamos On
Estamos on
Estamos onEstamos on
Concurso final concelhia
Concurso final concelhiaConcurso final concelhia
Concurso final concelhia
Biblioteca Escolar Aeob
 
Cp sol 24_fev_esob
Cp sol 24_fev_esobCp sol 24_fev_esob
Cp sol 24_fev_esob
Biblioteca Escolar Aeob
 
Regulamento clva
Regulamento clvaRegulamento clva
Regulamento clva
Biblioteca Escolar Aeob
 
Feira do livro março 2016
Feira do livro março 2016Feira do livro março 2016
Feira do livro março 2016
Biblioteca Escolar Aeob
 
Concurso elos de nós regulamento
Concurso elos de nós regulamentoConcurso elos de nós regulamento
Concurso elos de nós regulamento
Biblioteca Escolar Aeob
 
Eliminatoria classificacao secundário
Eliminatoria classificacao secundárioEliminatoria classificacao secundário
Eliminatoria classificacao secundário
Biblioteca Escolar Aeob
 
Eliminatoria classificacao 3ºciclo
Eliminatoria classificacao 3ºcicloEliminatoria classificacao 3ºciclo
Eliminatoria classificacao 3ºciclo
Biblioteca Escolar Aeob
 
Eliminatoria classificacao 2ºciclo
Eliminatoria classificacao 2ºcicloEliminatoria classificacao 2ºciclo
Eliminatoria classificacao 2ºciclo
Biblioteca Escolar Aeob
 
Eliminatoria classificacao 1ºciclo
Eliminatoria classificacao 1ºcicloEliminatoria classificacao 1ºciclo
Eliminatoria classificacao 1ºciclo
Biblioteca Escolar Aeob
 
Ler aprender e partilhar cartaz divulgação dos premiados 1º período (1)
Ler aprender e partilhar cartaz divulgação dos premiados 1º período (1)Ler aprender e partilhar cartaz divulgação dos premiados 1º período (1)
Ler aprender e partilhar cartaz divulgação dos premiados 1º período (1)
Biblioteca Escolar Aeob
 
2016 02 26 conversasporsol
2016 02 26 conversasporsol2016 02 26 conversasporsol
2016 02 26 conversasporsol
Biblioteca Escolar Aeob
 
Alunos selecionados clva 1ª eliminatória
Alunos selecionados   clva 1ª eliminatóriaAlunos selecionados   clva 1ª eliminatória
Alunos selecionados clva 1ª eliminatória
Biblioteca Escolar Aeob
 
Alunos selecionados para a 1ª eliminatória do clva
Alunos selecionados para a 1ª eliminatória do clvaAlunos selecionados para a 1ª eliminatória do clva
Alunos selecionados para a 1ª eliminatória do clva
Biblioteca Escolar Aeob
 
Programaçao escolas janeiro2016
Programaçao escolas janeiro2016Programaçao escolas janeiro2016
Programaçao escolas janeiro2016
Biblioteca Escolar Aeob
 
Livros selecionados 8º edição concurso de leitura em voz alta
Livros selecionados   8º edição concurso de leitura em voz altaLivros selecionados   8º edição concurso de leitura em voz alta
Livros selecionados 8º edição concurso de leitura em voz alta
Biblioteca Escolar Aeob
 

Mais de Biblioteca Escolar Aeob (20)

Animais e muito mais
Animais e muito maisAnimais e muito mais
Animais e muito mais
 
Era uma vez...um girono - OB2
Era uma vez...um girono - OB2Era uma vez...um girono - OB2
Era uma vez...um girono - OB2
 
Estamos On
Estamos OnEstamos On
Estamos On
 
Estamos On
Estamos OnEstamos On
Estamos On
 
Estamos on
Estamos onEstamos on
Estamos on
 
Concurso final concelhia
Concurso final concelhiaConcurso final concelhia
Concurso final concelhia
 
Cp sol 24_fev_esob
Cp sol 24_fev_esobCp sol 24_fev_esob
Cp sol 24_fev_esob
 
Regulamento clva
Regulamento clvaRegulamento clva
Regulamento clva
 
Feira do livro março 2016
Feira do livro março 2016Feira do livro março 2016
Feira do livro março 2016
 
Concurso elos de nós regulamento
Concurso elos de nós regulamentoConcurso elos de nós regulamento
Concurso elos de nós regulamento
 
Eliminatoria classificacao secundário
Eliminatoria classificacao secundárioEliminatoria classificacao secundário
Eliminatoria classificacao secundário
 
Eliminatoria classificacao 3ºciclo
Eliminatoria classificacao 3ºcicloEliminatoria classificacao 3ºciclo
Eliminatoria classificacao 3ºciclo
 
Eliminatoria classificacao 2ºciclo
Eliminatoria classificacao 2ºcicloEliminatoria classificacao 2ºciclo
Eliminatoria classificacao 2ºciclo
 
Eliminatoria classificacao 1ºciclo
Eliminatoria classificacao 1ºcicloEliminatoria classificacao 1ºciclo
Eliminatoria classificacao 1ºciclo
 
Ler aprender e partilhar cartaz divulgação dos premiados 1º período (1)
Ler aprender e partilhar cartaz divulgação dos premiados 1º período (1)Ler aprender e partilhar cartaz divulgação dos premiados 1º período (1)
Ler aprender e partilhar cartaz divulgação dos premiados 1º período (1)
 
2016 02 26 conversasporsol
2016 02 26 conversasporsol2016 02 26 conversasporsol
2016 02 26 conversasporsol
 
Alunos selecionados clva 1ª eliminatória
Alunos selecionados   clva 1ª eliminatóriaAlunos selecionados   clva 1ª eliminatória
Alunos selecionados clva 1ª eliminatória
 
Alunos selecionados para a 1ª eliminatória do clva
Alunos selecionados para a 1ª eliminatória do clvaAlunos selecionados para a 1ª eliminatória do clva
Alunos selecionados para a 1ª eliminatória do clva
 
Programaçao escolas janeiro2016
Programaçao escolas janeiro2016Programaçao escolas janeiro2016
Programaçao escolas janeiro2016
 
Livros selecionados 8º edição concurso de leitura em voz alta
Livros selecionados   8º edição concurso de leitura em voz altaLivros selecionados   8º edição concurso de leitura em voz alta
Livros selecionados 8º edição concurso de leitura em voz alta
 

Concurso FaçA Lá Um Poema

  • 1. Concurso “Faça Lá um Poema” A Biblioteca Escolar e o Departamento de Línguas associaram-se para participar no concurso “Faça Lá Um Poema”, promovido pelo Plano Nacional de Leitura e o Centro Cultural de Belém. Este concurso tem o objectivo de incentivar o gosto pela leitura e pela escrita de poesia e insere-se na Comemoração do Dia Mundial da Poesia que se realiza no Centro Cultural de Belém, no dia 21 de Março. Os poemas a concurso eram de tema livre. Cada escola podia seleccionar apenas três poemas por cada nível de ensino.
  • 2. Poemas seleccionados 2º Ciclo O que eu gostava de saber? O que eu gostava de saber? Não sei por onde começar. Tanta coisa que não sei explicar Então vou perguntar! Por que é que os pássaros voam? Por que é que o céu é azul? E não cinzento da cor do cimento? Tenho 9 anos, professor, E não me quer responder?! Já sou bem crescidinha Para essas coisas entender! Então, então? Por que é que os cães não sabem ler? Não sei, ninguém me quer responder! Mariana Baptista Abreu, 5º A
  • 3. Poemas seleccionados 2º Ciclo O Nosso Mundo Era uma vez O Nosso Mundo verdejante Um Planeta sem igual Onde tudo era brilhante! Onde rios cristalinos Atravessavam os montes Dando de beber Aos grandes bisontes! Natureza era uma rainha Grande e majestosa Tudo em seu redor era belo E a paisagem maravilhosa! Rainha de grande reino Com coroa a condizer Cheia de tulipas e rosas Era linda de morrer! E para vestir, tal rainha, Possuía tecidos deslumbrantes Muitas árvores, flores e frutos Simplesmente fascinantes! Era rainha bela e poderosa Mas o homem a dominou E com a sua grande ambição Até a beleza lhe roubou! Agora, rainha sem beleza Já não pode reinar Prestes a desaparecer Só nós, crianças, a podemos salvar! Todas juntas vamos conseguir Ao Homem explicar Que ao proteger a Natureza O nosso Mundo vai melhorar! Beatriz Rodriguez, 5º A, nº 5
  • 4. Poemas seleccionados 2º Ciclo A vida A vida é um longo caminho Dá voltas e reviravoltas Tem ódio, tem carinho É o caminho do destino. O carinho é o colo confortante da minha mãe O ódio é o terror da traição de alguém. É vida que corre como o rio no leito É a chama que consome É mundo verdadeiro. O rio que corre leva as más recordações É a água que ajuda a limpar os corações. Na vida há felicidade Na vida há tristeza Não há nada como o amor da nossa Natureza. Natureza nossa mãe Criadora do manto verdejante Fico feliz quando a vejo na sua postura elegante Natureza nossa mãe Criadora do manto verdejante Fico feliz quando a vejo na sua postura elegante. A vida tem de tudo A vida é secreta Mas nem sempre esta estrada é uma recta. Beatriz Rodriguez, 5º A, nº 5
  • 5. Poemas seleccionados 3º Ciclo As rosas negras Crepitam na minha lareira. Por as queimar Desaparecerá o negro que me rodeia? Se furar um balão De ar recheado Furarei o meu coração De vidro pintado? Alma é aquela Que ajuda os outros Mente é aquela Que se ajuda a si Corpo é aquele Que suporta a luta Entre as duas Num só. O que o coração quer A mente contraria Todos têm medo de morrer E medo de aproveitar a vida Mas enfrentando apenas um medo Os outros vão em seguida. Ana Filipa Costa, 7ºB, nº 1
  • 6. Poemas seleccionados 3º Ciclo Eu e tu ... Existe o amor. E no amor há confusões, mas também paixões. Eu e tu somos como o mar. Há dias bons e maus. Depende se há ondas grandes e fortes, ou calmas em que se pode nadar. Há dias em que morro de ansiedade por te ver, e um dia sem ti é como um século. E há dias em que estou confuso, não sei se o mundo tem fim nem se tu gostas de mim. Mas tudo superámos, porque o amor é como o fogo, muito quente, aquece os corações mesmo em dias de Inverno. Elodie Oliveira, 8ºA
  • 7. Poemas seleccionados 3º Ciclo Um brinquedo mágico Este Natal Vou pedir um brinquedo Muito especial. Vou querer algo Que fale, que brinque E que não seja normal. Um brinquedo encantador Parecido com um aspirador Que me dê opiniões E que valha mais que mil piões. Já me estou a imaginar Com ele a falar A jogar à macaca E ajudar a mãe A descascar batata. Será o meu braço direito Um amigo do peito Confiante e pensativo Com o nome de Ivo. Só tenho um problema Onde o vou arranjar? Mas isto fica para sábado Porque tenho mais tempo para sonhar. Beatriz Rato, 7º A
  • 8. Outros poemas… A dor do adeus... Quando uma lágrima vai rolando por minhas faces macias, Sinto muita dor, Não existe espaço para alegrias... Essa dor é forte, Aumenta a cada segundo, É uma dor dilacerante, Que acaba com o meu mundo. A minha vida é triste, pois tu não estás, Sinto saudade, Não quero que vás... Mas tu foste, E aqui estou eu, Como um pedaço de estrela, Esquecida no céu. Quando partiste, Meu peito ficou a sangrar, Ainda hoje continua, Sempre sem parar. Andreia Santos, 8ºA
  • 9. Poemas não seleccionados, mas relevantes O bater do meu coração… Será amor? Será amizade? Que será isto que sinto? Coisa estranha, muito estranha... Que digo? O meu coração bate, Mas não bate por bater, Bate porque sente, O amor a crescer... O meu coração bate, Mas não bate por bater, Bate porque vê, O teu sorriso aparecer... O meu coração bate de emoção, O meu coração bate de alegria, O meu coração bate e bate, Pois anseia a tua companhia... Andreia Santos, 8º A
  • 10. Poemas não seleccionados, mas relevantes O que sinto? Será amor? Será amizade? Que será isto que sinto? Coisa estranha, muito estranha... E agora que digo? Que maleita é esta que me veio atacar? Será que se nota, Ou dá para disfarçar? Os sintomas são variados, Mas não consigo falar... É tão estranho o que sinto... Algum dia vai passar? Andreia Santos, 8º A
  • 11. Outros poemas… O Sol com as crianças O Sol que vejo no horizonte É como uma noite de luar Como um brilho incandescente Como um diamante a tilintar. A alegria que vejo nas crianças É como um riso sem fim Como um olhar despreocupado Com uma pele de cetim. Magalie Oliveira, 6º C
  • 12. Outros poemas… Futuro Na nossa vida em diante Percorremos um caminho, Que ao passar dos anos Fica cada vez mais curto. Eu ainda estou no princípio, Mas há pessoas já na meta. Aprendemos bastante Ao longo da caminhada. Quando chegamos à meta Chegamos felizes e tristes Aprendemos, mas, Chegou a hora de parar. Para lá da meta Não sei o que se passa Só sei uma coisa Que algum lado, seja ele qual for, existirá para nós. Magalie Oliveira, 6º C
  • 13. Outros poemas… Versos de amor A minha maior dor é ter que te deixar. Acredita, meu amor, que é só por te deixar. De tanto amor que tenho trago uma dor no coração. Eu creio que morreria, se não me desses a tua mão. Sempre gostei de ti E sempre hei-de gostar. Penso até que nasci com destino de te amar. Desde que os meus olhos viram toda a graça que possuis, não mais fui senhor de olhar para mais alguém. Quando ouvires os sinos a tocar, não perguntes quem morreu, porque quem morre por ti sou eu. Flores morrem, histórias acabam, músicas desaparecem, memórias são esquecidas… tudo tem um fim. Mas pessoas preciosas como tu são guardadas para sempre. No dia da despedida não pararei de chorar. Acredita, minha querida, que é só por te deixar. Não te quero magoar com mais versos de amor. Espero que compreendas esta minha grande dor. Meu coração anda triste por há tanto tempo não te ver. Se não te vejo breve penso que vou enlouquecer. Meu pobre coração precisa do teu amor. Quando ele o tiver, acabou-se a minha dor. Leandro, 6º D
  • 14. Outros poemas… Recordações da vida Um dia tu encontraste o teu amor Igual eu nunca vi Mais tarde era o meu pai E desse amor eu nasci; Quando nasci, logo chorei Para ti, mãe, logo olhei Com amor me pegaste E ao teu colo me aconchegaste; A tua voz era tão doce Os teus olhos eram só ternura Os teus lábios eram só brilho Mãe, tu és uma doçura; Com um ano já andava Já não queria a mama Aos dois anos já não queria colo E aos três até já dormia na minha cama; Aos seis anos estou eu lembrada Pela tua mão fui para a escola Levava livros e cadernos Tudo dentro da sacola; Quando os sete completei Foi aí que me pus a pensar Tão doce e meiga que tu és Que sempre te vou amar; Agora com dez anos Acordo pela manhã Com carinho da minha mãe E beijos da minha irmã; Como são belos os dias Desde o deitar ao amanhecer Junto da minha família Feliz irei sempre ser! Delfina, 5º A