SlideShare uma empresa Scribd logo
Língua Portuguesa
      Professora: Christiane Queiroz




CONCORDÂNCIA NOMINAL
É a concordância do adjetivo, pronome adjetivo,
artigo e numeral, em gênero e número, com o
substantivo a que se referem.


Aquelas duas passageiras idosas pareciam
muito preocupadas.

Aquelas (pronome adjetivo demonstrativo), duas
(numeral), idosas e preocupadas (adjetivos)
concordam, em gênero e em número, com o
substantivo passageiras. Muito, como é um advérbio,
permanece invariável.
Adjetivo que se refere a mais de um substantivo
        Adjetivo posposto aos substantivos
Encontraram um carro e uma moto destruídos.
O adjetivo destruídos concorda com os dois substantivos,
carro e moto, predominando o masculino.


Encontraram         um      carro      e     uma      moto
destruída.
O adjetivo destruída concorda, agora, com o substantivo mais
próximo moto. As duas formas são boas. A primeira é
concordância rígida, e a segunda, atrativa, ou rígida, caso se
considere o adjetivo destruída como referente apenas à
moto.
Adjetivo anteposto aos substantivos
     Nova escola e professores terei este ano.
     Novos professores e escola terei este ano.

Se o adjetivo anteposto referir-se a nomes
próprios, o plural será obrigatório.
     As adoráveis Júlia e Luiza são amigas.

   Adjetivo na função de predicativo do sujeito
 A professora e o aluno chegaram apressados.
 Preocupados, a mãe e o pai ligaram para o
filho.(preocupada)
Adjetivo na função de predicativo do objeto

Entregou-me o carro amassado.
Julgaram o filme e o ator bem fracos.
O anfitrião considerou encantadora a jovem e
sua família.
As expressões é bom / é necessário / é proibido
Paciência é necessário, porque é proibido entrada de
estranhos.
O adjetivo necessário fica invariável, pois o
substantivo paciência é tomado de forma não
determinada. Pelo mesmo motivo, proibido fica
invariável.
A paciência é necessária, porque é proibida a entrada
de estranhos.
O adjetivo, agora, acompanha o substantivo
determinado A paciência, e a palavra proibida
concorda com a entrada.
Anexo / incluso / mesmo / próprio / obrigado /
agradecido / grato / quite
Concordam com o substantivo ou pronome a que se
referem.
A moça preocupava-se consigo mesma. (própria)
Obs.: Mesmo a moça preocupava-se comigo. (até)
As cartas estão anexas.
A bebida está inclusa.
Elas próprias costuravam suas roupas.
Obrigado, disse o rapaz.
Estes sócios estão quites com o clube.
São estes os documentos inclusos no processo.
Eles ficaram agradecidos.
As palavras só / sós

 Elas saíram sós.
Sendo igual a sozinhos, o adjetivo sós concorda
com o pronome substantivo elas.

  Só elas não vieram.
Só é igual a somente. Agora, é uma palavra
invariável, com a classe gramatical de palavra
denotativa de exclusão.
Muito / pouco / bastante / meio / caro / barato

Essas palavras variam quando forem empregadas como
pronomes indefinidos, adjetivo ou numerais. Ficam
invariáveis quando são advérbios.

Havia muitas queixas contra ele.(pronome indefinido)
Pareciam muito tímidas. (advérbio)
Poucos convidados restavam na festa. (pronome
indefinido)
Suas pernas estavam pouco ágeis. (advérbio)
Fizeram bastantes críticas ao governo. (pronome
indefinido)
As cervejas continuavam bastante geladas. (advérbio)
A receita pede meia xícara de açúcar. (numeral)
Estavam meio distraídas durante a palestra.
(advérbio)
As passagens de avião estão muito caras. (adjetivo)
Os computadores custam caro. (advérbio)
A pizza daqui continua barata. (adjetivo)
Esta blusa me saiu barato. (advérbio)


                   A palavra menos
É advérbio; portanto, não varia.
           Esse contrato oferece menos garantias.
Pronomes de tratamento
A concordância ( verbal e nominal) dos pronomes de
tratamento será sempre em terceira pessoa.
Vossa Alteza escolhe muito bem as suas amizades.

Um adjetivo referindo-se a um pronome de
tratamento concordará com o sexo da pessoa
representada por esse pronome.
Sua Majestade está animado. (um rei)
Sua Majestade está animada. (uma rainha)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Regência e Crase
Regência e CraseRegência e Crase
Regência e Crase
PreOnline
 
www.ensinofundamental.net.br - Português - Concordância Nominal
www.ensinofundamental.net.br - Português -  Concordância Nominalwww.ensinofundamental.net.br - Português -  Concordância Nominal
www.ensinofundamental.net.br - Português - Concordância Nominal
EnsinoFundamental
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
Elaine Andreatta
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
Isabel Sousa
 
Regência e crase
Regência e craseRegência e crase
Regência e crase
Pedro Thiago
 
Aula de Preposição
Aula de PreposiçãoAula de Preposição
Aula de Preposição
Deivid Nardin
 
Adjetivos
AdjetivosAdjetivos
Concordância verbal e concordância nominal
Concordância verbal e concordância nominalConcordância verbal e concordância nominal
Concordância verbal e concordância nominal
Cynthia Funchal
 
Preposição 6ºano
Preposição 6ºanoPreposição 6ºano
Preposição 6ºano
Flavia Barretto Corrêa Catita
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
Rebeca Kaus
 
Concordância verbal e nominal certo
Concordância verbal e nominal certoConcordância verbal e nominal certo
Concordância verbal e nominal certo
Ana Paula Dos Santos
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
Edson Alves
 
Portugues.naufal.concordancia verbal
Portugues.naufal.concordancia verbalPortugues.naufal.concordancia verbal
Portugues.naufal.concordancia verbal
Flávio Ferreira
 
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e NominalConcordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
Daniele Silva
 
Apostila concordancia
Apostila concordanciaApostila concordancia
Apostila concordancia
sandra
 
2ª série E. M. - Advérbios, Preposições, Crase, Relações de Subordinação
2ª série E. M. - Advérbios, Preposições, Crase, Relações de Subordinação2ª série E. M. - Advérbios, Preposições, Crase, Relações de Subordinação
2ª série E. M. - Advérbios, Preposições, Crase, Relações de Subordinação
Angélica Manenti
 
Gramática concordância
Gramática concordânciaGramática concordância
Gramática concordância
Walter Mendes
 
CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL
CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINALCONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL
CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL
MGLAUCIA /LÍNGUA PORTUGUESA
 
Sintaxe de concordância: Concordância verbal
Sintaxe de concordância: Concordância verbalSintaxe de concordância: Concordância verbal
Sintaxe de concordância: Concordância verbal
Josi Santos
 

Mais procurados (19)

Regência e Crase
Regência e CraseRegência e Crase
Regência e Crase
 
www.ensinofundamental.net.br - Português - Concordância Nominal
www.ensinofundamental.net.br - Português -  Concordância Nominalwww.ensinofundamental.net.br - Português -  Concordância Nominal
www.ensinofundamental.net.br - Português - Concordância Nominal
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
 
Regência e crase
Regência e craseRegência e crase
Regência e crase
 
Aula de Preposição
Aula de PreposiçãoAula de Preposição
Aula de Preposição
 
Adjetivos
AdjetivosAdjetivos
Adjetivos
 
Concordância verbal e concordância nominal
Concordância verbal e concordância nominalConcordância verbal e concordância nominal
Concordância verbal e concordância nominal
 
Preposição 6ºano
Preposição 6ºanoPreposição 6ºano
Preposição 6ºano
 
Concordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominalConcordancia verbal e nominal
Concordancia verbal e nominal
 
Concordância verbal e nominal certo
Concordância verbal e nominal certoConcordância verbal e nominal certo
Concordância verbal e nominal certo
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
 
Portugues.naufal.concordancia verbal
Portugues.naufal.concordancia verbalPortugues.naufal.concordancia verbal
Portugues.naufal.concordancia verbal
 
Concordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e NominalConcordância Verbal e Nominal
Concordância Verbal e Nominal
 
Apostila concordancia
Apostila concordanciaApostila concordancia
Apostila concordancia
 
2ª série E. M. - Advérbios, Preposições, Crase, Relações de Subordinação
2ª série E. M. - Advérbios, Preposições, Crase, Relações de Subordinação2ª série E. M. - Advérbios, Preposições, Crase, Relações de Subordinação
2ª série E. M. - Advérbios, Preposições, Crase, Relações de Subordinação
 
Gramática concordância
Gramática concordânciaGramática concordância
Gramática concordância
 
CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL
CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINALCONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL
CONCORDÂNCIA VERBAL E NOMINAL
 
Sintaxe de concordância: Concordância verbal
Sintaxe de concordância: Concordância verbalSintaxe de concordância: Concordância verbal
Sintaxe de concordância: Concordância verbal
 

Destaque

Mário quintana felicidade realista - iav
Mário quintana   felicidade realista - iavMário quintana   felicidade realista - iav
Mário quintana felicidade realista - iav
Elizabete Pazeto
 
Nomeacoes04
Nomeacoes04Nomeacoes04
Nomeacoes04
NAFLIS
 
Redesocialclubedobluetooth com-090618115252-phpapp02
Redesocialclubedobluetooth com-090618115252-phpapp02Redesocialclubedobluetooth com-090618115252-phpapp02
Redesocialclubedobluetooth com-090618115252-phpapp02
KidMaxxor
 
E fólio c
E fólio cE fólio c
Valença mostra que Paulo Souto realiza pra valer
Valença mostra que Paulo Souto realiza pra valerValença mostra que Paulo Souto realiza pra valer
Valença mostra que Paulo Souto realiza pra valer
Paulo Souto 25
 
As melhores fotos_do_ano
As melhores fotos_do_anoAs melhores fotos_do_ano
As melhores fotos_do_ano
guest1edc15c
 
Amar a Deus
Amar a DeusAmar a Deus
Amar a Deus
Luis Eduardo
 
Trabajo miriam2
Trabajo miriam2Trabajo miriam2
Trabajo miriam2
miriamarsan
 

Destaque (8)

Mário quintana felicidade realista - iav
Mário quintana   felicidade realista - iavMário quintana   felicidade realista - iav
Mário quintana felicidade realista - iav
 
Nomeacoes04
Nomeacoes04Nomeacoes04
Nomeacoes04
 
Redesocialclubedobluetooth com-090618115252-phpapp02
Redesocialclubedobluetooth com-090618115252-phpapp02Redesocialclubedobluetooth com-090618115252-phpapp02
Redesocialclubedobluetooth com-090618115252-phpapp02
 
E fólio c
E fólio cE fólio c
E fólio c
 
Valença mostra que Paulo Souto realiza pra valer
Valença mostra que Paulo Souto realiza pra valerValença mostra que Paulo Souto realiza pra valer
Valença mostra que Paulo Souto realiza pra valer
 
As melhores fotos_do_ano
As melhores fotos_do_anoAs melhores fotos_do_ano
As melhores fotos_do_ano
 
Amar a Deus
Amar a DeusAmar a Deus
Amar a Deus
 
Trabajo miriam2
Trabajo miriam2Trabajo miriam2
Trabajo miriam2
 

Semelhante a Concordância nominal

Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
Christiane Queiroz
 
Aula_12___Concord_ncia_nominal.pptx
Aula_12___Concord_ncia_nominal.pptxAula_12___Concord_ncia_nominal.pptx
Aula_12___Concord_ncia_nominal.pptx
EdianedaSilvaMadeiro
 
72079 20050917090909
72079 2005091709090972079 20050917090909
72079 20050917090909
Ethernella
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
Angela Santos
 
Concordância nominal_9º ano
Concordância nominal_9º anoConcordância nominal_9º ano
Concordância nominal_9º ano
Lidiane Rodrigues
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
Lidiane Rodrigues
 
Concordância nominal slides
Concordância nominal slidesConcordância nominal slides
Concordância nominal slides
ADRIANA BORDINHÃO VICIOLI
 
Gramática e Ortografia
Gramática e OrtografiaGramática e Ortografia
Gramática e Ortografia
Adriana Ramirez Meira
 
Cefet/Coltec Aula 10 Termos da Oração
Cefet/Coltec Aula 10  Termos da OraçãoCefet/Coltec Aula 10  Termos da Oração
Cefet/Coltec Aula 10 Termos da Oração
ProfFernandaBraga
 
Cefet/Coltec Aula 17 Concordância Nominal
Cefet/Coltec Aula 17 Concordância NominalCefet/Coltec Aula 17 Concordância Nominal
Cefet/Coltec Aula 17 Concordância Nominal
ProfFernandaBraga
 
Cefet/Coltec Intensivo Aula 16 Concordância nominal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 16   Concordância nominalCefet/Coltec Intensivo Aula 16   Concordância nominal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 16 Concordância nominal
ProfFernandaBraga
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
Angela Santos
 
Estudo de regras de Concordancia nominal e verbal
Estudo de regras de Concordancia nominal e verbalEstudo de regras de Concordancia nominal e verbal
Estudo de regras de Concordancia nominal e verbal
COLEGIO ESTADUAL HERCULANO FARIA
 
Concordncia nominal
Concordncia nominalConcordncia nominal
Concordncia nominal
RedeConcurso
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
Blog Estudo
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
Juline Rodrigues da Conceição
 
Regência verbal e nominal
Regência verbal e nominal Regência verbal e nominal
Regência verbal e nominal
Junior Camargo
 
Concordância nominal (1).pptx
Concordância nominal (1).pptxConcordância nominal (1).pptx
Concordância nominal (1).pptx
EdsonLopes778212
 
Concordancia nominal Prof: Karine Lima
Concordancia nominal Prof: Karine LimaConcordancia nominal Prof: Karine Lima
Concordancia nominal Prof: Karine Lima
Karine Lima
 
concordancia nominal.pptx
concordancia nominal.pptxconcordancia nominal.pptx
concordancia nominal.pptx
Karine Lima
 

Semelhante a Concordância nominal (20)

Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
 
Aula_12___Concord_ncia_nominal.pptx
Aula_12___Concord_ncia_nominal.pptxAula_12___Concord_ncia_nominal.pptx
Aula_12___Concord_ncia_nominal.pptx
 
72079 20050917090909
72079 2005091709090972079 20050917090909
72079 20050917090909
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
Concordância nominal_9º ano
Concordância nominal_9º anoConcordância nominal_9º ano
Concordância nominal_9º ano
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
Concordância nominal slides
Concordância nominal slidesConcordância nominal slides
Concordância nominal slides
 
Gramática e Ortografia
Gramática e OrtografiaGramática e Ortografia
Gramática e Ortografia
 
Cefet/Coltec Aula 10 Termos da Oração
Cefet/Coltec Aula 10  Termos da OraçãoCefet/Coltec Aula 10  Termos da Oração
Cefet/Coltec Aula 10 Termos da Oração
 
Cefet/Coltec Aula 17 Concordância Nominal
Cefet/Coltec Aula 17 Concordância NominalCefet/Coltec Aula 17 Concordância Nominal
Cefet/Coltec Aula 17 Concordância Nominal
 
Cefet/Coltec Intensivo Aula 16 Concordância nominal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 16   Concordância nominalCefet/Coltec Intensivo Aula 16   Concordância nominal
Cefet/Coltec Intensivo Aula 16 Concordância nominal
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
Estudo de regras de Concordancia nominal e verbal
Estudo de regras de Concordancia nominal e verbalEstudo de regras de Concordancia nominal e verbal
Estudo de regras de Concordancia nominal e verbal
 
Concordncia nominal
Concordncia nominalConcordncia nominal
Concordncia nominal
 
Concordância Nominal
Concordância NominalConcordância Nominal
Concordância Nominal
 
Concordância nominal
Concordância nominalConcordância nominal
Concordância nominal
 
Regência verbal e nominal
Regência verbal e nominal Regência verbal e nominal
Regência verbal e nominal
 
Concordância nominal (1).pptx
Concordância nominal (1).pptxConcordância nominal (1).pptx
Concordância nominal (1).pptx
 
Concordancia nominal Prof: Karine Lima
Concordancia nominal Prof: Karine LimaConcordancia nominal Prof: Karine Lima
Concordancia nominal Prof: Karine Lima
 
concordancia nominal.pptx
concordancia nominal.pptxconcordancia nominal.pptx
concordancia nominal.pptx
 

Mais de Christiane Queiroz

Crase
CraseCrase
Regência verbal 2015
Regência verbal   2015Regência verbal   2015
Regência verbal 2015
Christiane Queiroz
 
Concordância verbal revisão
Concordância verbal   revisãoConcordância verbal   revisão
Concordância verbal revisão
Christiane Queiroz
 
Conc verbal 2015 - exercicios - gabarito
Conc verbal   2015 - exercicios - gabaritoConc verbal   2015 - exercicios - gabarito
Conc verbal 2015 - exercicios - gabarito
Christiane Queiroz
 
Oracoes coordenadas 2015
Oracoes coordenadas   2015Oracoes coordenadas   2015
Oracoes coordenadas 2015
Christiane Queiroz
 
Concordância verbal 9º ano - atualizado - 2015
Concordância verbal   9º ano - atualizado - 2015Concordância verbal   9º ano - atualizado - 2015
Concordância verbal 9º ano - atualizado - 2015
Christiane Queiroz
 
Concordância verbal 9º ano - atualizado - 2015
Concordância verbal   9º ano - atualizado - 2015Concordância verbal   9º ano - atualizado - 2015
Concordância verbal 9º ano - atualizado - 2015
Christiane Queiroz
 
Orações sub adverbiais 2015
Orações sub adverbiais   2015Orações sub adverbiais   2015
Orações sub adverbiais 2015
Christiane Queiroz
 
Oracoes sub adjetivas 2015
Oracoes sub adjetivas   2015Oracoes sub adjetivas   2015
Oracoes sub adjetivas 2015
Christiane Queiroz
 
Oracao subordinada substantivablog2015
Oracao subordinada substantivablog2015Oracao subordinada substantivablog2015
Oracao subordinada substantivablog2015
Christiane Queiroz
 
Linguagem histórica juliana
Linguagem histórica julianaLinguagem histórica juliana
Linguagem histórica juliana
Christiane Queiroz
 
Linguagem histórica
Linguagem histórica Linguagem histórica
Linguagem histórica
Christiane Queiroz
 
Linguagem informal
Linguagem informalLinguagem informal
Linguagem informal
Christiane Queiroz
 
Linguagem informal
Linguagem informalLinguagem informal
Linguagem informal
Christiane Queiroz
 
Variação Regional
Variação Regional Variação Regional
Variação Regional
Christiane Queiroz
 
Variação regional ricardo
Variação regional ricardoVariação regional ricardo
Variação regional ricardo
Christiane Queiroz
 
Surfista roberto carlos
Surfista roberto carlosSurfista roberto carlos
Surfista roberto carlos
Christiane Queiroz
 
Variedade sociocultural paulista davi
Variedade sociocultural paulista  daviVariedade sociocultural paulista  davi
Variedade sociocultural paulista davi
Christiane Queiroz
 
Surfista roberto carlos
Surfista roberto carlosSurfista roberto carlos
Surfista roberto carlos
Christiane Queiroz
 
Variação regional ricardo
Variação regional ricardoVariação regional ricardo
Variação regional ricardo
Christiane Queiroz
 

Mais de Christiane Queiroz (20)

Crase
CraseCrase
Crase
 
Regência verbal 2015
Regência verbal   2015Regência verbal   2015
Regência verbal 2015
 
Concordância verbal revisão
Concordância verbal   revisãoConcordância verbal   revisão
Concordância verbal revisão
 
Conc verbal 2015 - exercicios - gabarito
Conc verbal   2015 - exercicios - gabaritoConc verbal   2015 - exercicios - gabarito
Conc verbal 2015 - exercicios - gabarito
 
Oracoes coordenadas 2015
Oracoes coordenadas   2015Oracoes coordenadas   2015
Oracoes coordenadas 2015
 
Concordância verbal 9º ano - atualizado - 2015
Concordância verbal   9º ano - atualizado - 2015Concordância verbal   9º ano - atualizado - 2015
Concordância verbal 9º ano - atualizado - 2015
 
Concordância verbal 9º ano - atualizado - 2015
Concordância verbal   9º ano - atualizado - 2015Concordância verbal   9º ano - atualizado - 2015
Concordância verbal 9º ano - atualizado - 2015
 
Orações sub adverbiais 2015
Orações sub adverbiais   2015Orações sub adverbiais   2015
Orações sub adverbiais 2015
 
Oracoes sub adjetivas 2015
Oracoes sub adjetivas   2015Oracoes sub adjetivas   2015
Oracoes sub adjetivas 2015
 
Oracao subordinada substantivablog2015
Oracao subordinada substantivablog2015Oracao subordinada substantivablog2015
Oracao subordinada substantivablog2015
 
Linguagem histórica juliana
Linguagem histórica julianaLinguagem histórica juliana
Linguagem histórica juliana
 
Linguagem histórica
Linguagem histórica Linguagem histórica
Linguagem histórica
 
Linguagem informal
Linguagem informalLinguagem informal
Linguagem informal
 
Linguagem informal
Linguagem informalLinguagem informal
Linguagem informal
 
Variação Regional
Variação Regional Variação Regional
Variação Regional
 
Variação regional ricardo
Variação regional ricardoVariação regional ricardo
Variação regional ricardo
 
Surfista roberto carlos
Surfista roberto carlosSurfista roberto carlos
Surfista roberto carlos
 
Variedade sociocultural paulista davi
Variedade sociocultural paulista  daviVariedade sociocultural paulista  davi
Variedade sociocultural paulista davi
 
Surfista roberto carlos
Surfista roberto carlosSurfista roberto carlos
Surfista roberto carlos
 
Variação regional ricardo
Variação regional ricardoVariação regional ricardo
Variação regional ricardo
 

Último

TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
erssstcontato
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
DouglasMoraes54
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
JohnnyLima16
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
todorokillmepls
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
MarceloMonteiro213738
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
JoeteCarvalho
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
WilianeBarbosa2
 

Último (20)

TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptxTREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
TREINAMENTO DE BRIGADA DE INCENDIO BRIGADA CCB 2023.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
O Profeta Jeremias - A Biografia de Jeremias.pptx4
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
12072423052012Critica_Literaria_-_Aula_07.pdf
 
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdfcronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
cronograma-enem-2024-planejativo-estudos.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.pptFUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
FUNCAO EQUAÇÃO DO 2° GRAU SLIDES AULA 1.ppt
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
slides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentarslides de Didática 2.pdf para apresentar
slides de Didática 2.pdf para apresentar
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....pptA Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
A Núbia e o Reino De Cuxe- 6º ano....ppt
 

Concordância nominal

  • 1. Língua Portuguesa Professora: Christiane Queiroz CONCORDÂNCIA NOMINAL
  • 2. É a concordância do adjetivo, pronome adjetivo, artigo e numeral, em gênero e número, com o substantivo a que se referem. Aquelas duas passageiras idosas pareciam muito preocupadas. Aquelas (pronome adjetivo demonstrativo), duas (numeral), idosas e preocupadas (adjetivos) concordam, em gênero e em número, com o substantivo passageiras. Muito, como é um advérbio, permanece invariável.
  • 3. Adjetivo que se refere a mais de um substantivo Adjetivo posposto aos substantivos Encontraram um carro e uma moto destruídos. O adjetivo destruídos concorda com os dois substantivos, carro e moto, predominando o masculino. Encontraram um carro e uma moto destruída. O adjetivo destruída concorda, agora, com o substantivo mais próximo moto. As duas formas são boas. A primeira é concordância rígida, e a segunda, atrativa, ou rígida, caso se considere o adjetivo destruída como referente apenas à moto.
  • 4. Adjetivo anteposto aos substantivos Nova escola e professores terei este ano. Novos professores e escola terei este ano. Se o adjetivo anteposto referir-se a nomes próprios, o plural será obrigatório. As adoráveis Júlia e Luiza são amigas. Adjetivo na função de predicativo do sujeito A professora e o aluno chegaram apressados. Preocupados, a mãe e o pai ligaram para o filho.(preocupada)
  • 5. Adjetivo na função de predicativo do objeto Entregou-me o carro amassado. Julgaram o filme e o ator bem fracos. O anfitrião considerou encantadora a jovem e sua família.
  • 6. As expressões é bom / é necessário / é proibido Paciência é necessário, porque é proibido entrada de estranhos. O adjetivo necessário fica invariável, pois o substantivo paciência é tomado de forma não determinada. Pelo mesmo motivo, proibido fica invariável. A paciência é necessária, porque é proibida a entrada de estranhos. O adjetivo, agora, acompanha o substantivo determinado A paciência, e a palavra proibida concorda com a entrada.
  • 7. Anexo / incluso / mesmo / próprio / obrigado / agradecido / grato / quite Concordam com o substantivo ou pronome a que se referem. A moça preocupava-se consigo mesma. (própria) Obs.: Mesmo a moça preocupava-se comigo. (até) As cartas estão anexas. A bebida está inclusa. Elas próprias costuravam suas roupas. Obrigado, disse o rapaz. Estes sócios estão quites com o clube. São estes os documentos inclusos no processo. Eles ficaram agradecidos.
  • 8. As palavras só / sós Elas saíram sós. Sendo igual a sozinhos, o adjetivo sós concorda com o pronome substantivo elas. Só elas não vieram. Só é igual a somente. Agora, é uma palavra invariável, com a classe gramatical de palavra denotativa de exclusão.
  • 9. Muito / pouco / bastante / meio / caro / barato Essas palavras variam quando forem empregadas como pronomes indefinidos, adjetivo ou numerais. Ficam invariáveis quando são advérbios. Havia muitas queixas contra ele.(pronome indefinido) Pareciam muito tímidas. (advérbio) Poucos convidados restavam na festa. (pronome indefinido) Suas pernas estavam pouco ágeis. (advérbio) Fizeram bastantes críticas ao governo. (pronome indefinido) As cervejas continuavam bastante geladas. (advérbio)
  • 10. A receita pede meia xícara de açúcar. (numeral) Estavam meio distraídas durante a palestra. (advérbio) As passagens de avião estão muito caras. (adjetivo) Os computadores custam caro. (advérbio) A pizza daqui continua barata. (adjetivo) Esta blusa me saiu barato. (advérbio) A palavra menos É advérbio; portanto, não varia. Esse contrato oferece menos garantias.
  • 11. Pronomes de tratamento A concordância ( verbal e nominal) dos pronomes de tratamento será sempre em terceira pessoa. Vossa Alteza escolhe muito bem as suas amizades. Um adjetivo referindo-se a um pronome de tratamento concordará com o sexo da pessoa representada por esse pronome. Sua Majestade está animado. (um rei) Sua Majestade está animada. (uma rainha)