SlideShare uma empresa Scribd logo
1
COMO MUDAR OS RUMOS DA ECONOMIA DO BRASIL
Fernando Alcoforado*
A vitória do partido Syriza nas últimas eleições da Grécia sinaliza na direção de que é
possível reverter a situação vivida pelos povos do mundo inteiro de serem governados
pelos detentores do capital financeiro que vem impondo sua ditadura em escala mundial
a partir de 1990 quando foi implantado o modelo neoliberal na quase totalidade dos
países do mundo, inclusive no Brasil, pelo governo Fernando Collor e mantido pelos
governos Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso, Lula e Dilma Rousseff que
aceitaram de forma pusilânime as imposições do capital financeiro nacional e
internacional e contribuíram para provocar uma verdadeira devastação na economia
brasileira de 1990 a 2014.
O modelo econômico neoliberal em vigor no Brasil mostra claros sinais de esgotamento
em 2015 agravado pelo ajuste econômico recessivo adotado pelo governo Dilma
Rousseff com a economia brasileira apresentando tendência à estagflação (recessão com
inflação), queda acentuada nas vendas de bens e serviços, aumento das taxas de inflação
(8% ao ano), aumento vertiginoso do desemprego que se alastra por toda a economia,
carga tributária extremamente elevada (40% do PIB), tarifaço de energia elétrica
(aumento de 28% em relação a 2014), aumento acentuado dos preços dos combustíveis
(20% só para gasolina), endividamento público crescente, precariedade da infraestrutura
de transporte e energia, falência dos serviços públicos de educação e saúde,
desindustrialização, gargalo logístico e queda vertiginosa na balança comercial. Até o
FMI projeta a estagnação do Brasil por 2 anos.
O modelo neoliberal implantado no Brasil contribuiu para o incremento de suas
vulnerabilidades econômicas internas e externas. A vulnerabilidade interna da economia
brasileira provocada pelo modelo neoliberal reside no fato de não gerar poupança
interna suficiente para investir na expansão do PIB da qual resulta na dependência
crescente do Brasil de capitais externos que faz com que o governo brasileiro tenha de
elevar a taxa básica de juros da economia (Selic) para atrair capitais externos que, por
sua vez, contribui para elevar ainda mais a dívida pública interna que alcançou R$ 2,12
trilhões em 2014 correspondendo a 56,8% do PIB. A continuada elevação da dívida
pública interna faz com que o governo brasileiro tenha de destinar atualmente quase
metade do orçamento da União para pagar o principal e os juros a seus credores que faz
com que o Estado brasileiro não disponha de recursos para atender as necessidades mais
elementares do País em educação, saúde, habitação, infraestrutura de energia e
transportes, entre outras.
A vulnerabilidade externa da economia brasileira provocada pelo modelo neoliberal está
materializada no fato de que, em 2014, a dívida externa do Brasil cresceu 48% em
relação a 2013 alcançando US$ 750 bilhões e superando os US$ 379 bilhões das
reservas do país. Isto significa dizer que nossas reservas não lhes ofereceriam cobertura.
Cabe observar que o Brasil saiu da sexta posição em 2013 para a terceira posição em
2014 na lista dos países com o maior volume de dívida junto a credores estrangeiros,
apontou relatório divulgado pelo FMI, ficando atrás apenas da Espanha, segundo país
mais endividado, e dos Estados Unidos que lidera o ranking mundial (Ver o artigo
Dívida externa do Brasil cresce 48% e vai a US$ 523,7 bilhões publicado no website
<http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2014/08/16/internas_econ
omia,442650/divida-externa-do-brasil-cresce-48-e-vai-a-us-523-7-bilhoes.shtml>).
2
Diante da piora da situação atual da economia brasileira, o povo brasileiro precisa se
mobilizar para exigir dos atuais detentores do poder que busquem a imediata
renegociação com os credores da dívida interna pública do país visando a redução dos
encargos com seu pagamento para 1/3 ou ¼ do orçamento do governo federal. Esta ação
deveria ser acompanhada da realização de uma redução drástica do gasto público de
custeio reduzindo o número de ministérios de 39 para 15 ou 20 e a eliminação ou
redução ao mínimo necessário dos cargos comissionados que são cerca de 20 mil. Ao
invés de praticar o arrocho fiscal, que onera as famílias e as empresas e compromete o
desenvolvimento do País, o governo Dilma Rousseff deveria, portanto, reduzir os
encargos com o pagamento da dívida pública alongando-a no tempo e também os gastos
públicos ao mínimo necessário a fim de que disponha de poupança suficiente para
investir na expansão da economia brasileira evitando sua estagnação.
Ao anunciar à nação o conjunto de medidas acima descrito, Dilma Rousseff deveria
montar também um gabinete de crise composto por pessoas da mais alta competência e
do mais alto gabarito e respeitabilidade ética e moral para obter o respeito da nação para
assegurar a governabilidade de seu governo e evitar o ocaso de seu governo antes do
final de seu mandato. A adoção destas medidas deveria ser acompanhada de outras
como, por exemplo, a substituição do modelo neoliberal em vigor por outro de caráter
nacional desenvolvimentista de abertura seletiva da economia brasileira para promover
o desenvolvimento do Brasil em novas bases e evitar a estagnação econômica em curso.
Só com a realização de mudanças efetivas na economia brasileira, Dilma Rousseff
poderá evitar a queda de seu governo antes de concluir seu mandato.
O modelo nacional desenvolvimentista de abertura seletiva da economia brasileira
contemplaria: 1) a substituição do câmbio flutuante em vigor pelo câmbio fixo para
evitar a elevação vertiginosa do dólar em curso; 2) o controle do fluxo de entrada e
saída de capital, sobretudo do especulativo; 3) a nacionalização dos bancos para garantir
a liquidez aos cidadãos e às empresas; 4) a importação seletiva de matérias-primas e
produtos essenciais do exterior para reduzir os dispêndios em divisas do País; 5) a
reintrodução da reserva de mercado em áreas consideradas estratégicas para o
desenvolvimento nacional; e, 6) a reestatização de empresas estatais privatizadas
consideradas estratégicas para o desenvolvimento nacional. Pelo exposto, percebe-se
que o projeto nacional desenvolvimentista permitiria fazer com que o Brasil assumisse
os rumos de seu destino, ao contrário do modelo neoliberal em vigor que faz com que o
futuro do País seja ditado pelas forças do mercado todas elas comprometidas com o
capital financeiro nacional e internacional.
* Fernando Alcoforado, 75, membro da Academia Baiana de Educação, engenheiro e doutor em
Planejamento Territorial e Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, professor
universitário e consultor nas áreas de planejamento estratégico, planejamento empresarial, planejamento
regional e planejamento de sistemas energéticos, é autor dos livros Globalização (Editora Nobel, São
Paulo, 1997), De Collor a FHC- O Brasil e a Nova (Des)ordem Mundial (Editora Nobel, São Paulo,
1998), Um Projeto para o Brasil (Editora Nobel, São Paulo, 2000), Os condicionantes do
desenvolvimento do Estado da Bahia (Tese de doutorado. Universidade de Barcelona,
http://www.tesisenred.net/handle/10803/1944, 2003), Globalização e Desenvolvimento (Editora Nobel,
São Paulo, 2006), Bahia- Desenvolvimento do Século XVI ao Século XX e Objetivos Estratégicos na Era
Contemporânea (EGBA, Salvador, 2008), The Necessary Conditions of the Economic and Social
Development- The Case of the State of Bahia (VDM Verlag Dr. Müller Aktiengesellschaft & Co. KG,
Saarbrücken, Germany, 2010), Aquecimento Global e Catástrofe Planetária (P&A Gráfica e Editora,
Salvador, 2010), Amazônia Sustentável- Para o progresso do Brasil e combate ao aquecimento global
(Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2011) e Os Fatores Condicionantes do
Desenvolvimento Econômico e Social (Editora CRV, Curitiba, 2012), entre outros.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O medo venceu a esperança
O medo venceu a esperançaO medo venceu a esperança
O medo venceu a esperança
Fernando Alcoforado
 
Ge 9ºano ficha3
Ge 9ºano ficha3Ge 9ºano ficha3
Ge 9ºano ficha3
Geografias Geo
 
Neoliberalismo e desnacionalização da economia do brasil
Neoliberalismo e desnacionalização da economia do brasilNeoliberalismo e desnacionalização da economia do brasil
Neoliberalismo e desnacionalização da economia do brasil
Fernando Alcoforado
 
A economia brasileira asfixiada pelo desastroso governo dilma rousseff
A economia brasileira asfixiada pelo desastroso governo dilma rousseffA economia brasileira asfixiada pelo desastroso governo dilma rousseff
A economia brasileira asfixiada pelo desastroso governo dilma rousseff
Fernando Alcoforado
 
Os nefastos efeitos do neoliberalismo sobre o brasil e como superá los
Os nefastos efeitos do neoliberalismo sobre o brasil e como superá losOs nefastos efeitos do neoliberalismo sobre o brasil e como superá los
Os nefastos efeitos do neoliberalismo sobre o brasil e como superá los
Fernando Alcoforado
 
A pilhagem dos cofres públicos pelos poderes da república agrava as contas pú...
A pilhagem dos cofres públicos pelos poderes da república agrava as contas pú...A pilhagem dos cofres públicos pelos poderes da república agrava as contas pú...
A pilhagem dos cofres públicos pelos poderes da república agrava as contas pú...
Fernando Alcoforado
 
Cenários do brasil pós eleições presidenciais
Cenários do brasil pós eleições presidenciaisCenários do brasil pós eleições presidenciais
Cenários do brasil pós eleições presidenciais
Fernando Alcoforado
 
Texto de moniz bandeira
Texto de moniz bandeiraTexto de moniz bandeira
Texto de moniz bandeira
Fernando Alcoforado
 
Livro a invenção de um novo brasil
Livro a invenção de um novo brasilLivro a invenção de um novo brasil
Livro a invenção de um novo brasil
Fernando Alcoforado
 
O inevitável impeachment de dilma rousseff
O inevitável impeachment de dilma rousseffO inevitável impeachment de dilma rousseff
O inevitável impeachment de dilma rousseff
Fernando Alcoforado
 
2014 ano decisivo para a bahia e o brasil
2014 ano decisivo para a bahia e o brasil2014 ano decisivo para a bahia e o brasil
2014 ano decisivo para a bahia e o brasil
Fernando Alcoforado
 
Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)
Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)
Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)
Portal Canal Rural
 
Como reativar a economia do brasil
Como reativar a economia do brasilComo reativar a economia do brasil
Como reativar a economia do brasil
Fernando Alcoforado
 
Avaliação do texto de moniz bandeira
Avaliação do texto de moniz bandeiraAvaliação do texto de moniz bandeira
Avaliação do texto de moniz bandeira
Fernando Alcoforado
 
Os fracassados governos do pt
Os fracassados governos do ptOs fracassados governos do pt
Os fracassados governos do pt
Fernando Alcoforado
 
Alguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasil
Alguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasilAlguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasil
Alguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasil
Fernando Alcoforado
 
Alguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasil
Alguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasilAlguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasil
Alguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasil
Roberto Rabat Chame
 
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciaisDilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Fernando Alcoforado
 
Brasil diante de um trágico futuro
Brasil diante de um trágico futuroBrasil diante de um trágico futuro
Brasil diante de um trágico futuro
Fernando Alcoforado
 

Mais procurados (19)

O medo venceu a esperança
O medo venceu a esperançaO medo venceu a esperança
O medo venceu a esperança
 
Ge 9ºano ficha3
Ge 9ºano ficha3Ge 9ºano ficha3
Ge 9ºano ficha3
 
Neoliberalismo e desnacionalização da economia do brasil
Neoliberalismo e desnacionalização da economia do brasilNeoliberalismo e desnacionalização da economia do brasil
Neoliberalismo e desnacionalização da economia do brasil
 
A economia brasileira asfixiada pelo desastroso governo dilma rousseff
A economia brasileira asfixiada pelo desastroso governo dilma rousseffA economia brasileira asfixiada pelo desastroso governo dilma rousseff
A economia brasileira asfixiada pelo desastroso governo dilma rousseff
 
Os nefastos efeitos do neoliberalismo sobre o brasil e como superá los
Os nefastos efeitos do neoliberalismo sobre o brasil e como superá losOs nefastos efeitos do neoliberalismo sobre o brasil e como superá los
Os nefastos efeitos do neoliberalismo sobre o brasil e como superá los
 
A pilhagem dos cofres públicos pelos poderes da república agrava as contas pú...
A pilhagem dos cofres públicos pelos poderes da república agrava as contas pú...A pilhagem dos cofres públicos pelos poderes da república agrava as contas pú...
A pilhagem dos cofres públicos pelos poderes da república agrava as contas pú...
 
Cenários do brasil pós eleições presidenciais
Cenários do brasil pós eleições presidenciaisCenários do brasil pós eleições presidenciais
Cenários do brasil pós eleições presidenciais
 
Texto de moniz bandeira
Texto de moniz bandeiraTexto de moniz bandeira
Texto de moniz bandeira
 
Livro a invenção de um novo brasil
Livro a invenção de um novo brasilLivro a invenção de um novo brasil
Livro a invenção de um novo brasil
 
O inevitável impeachment de dilma rousseff
O inevitável impeachment de dilma rousseffO inevitável impeachment de dilma rousseff
O inevitável impeachment de dilma rousseff
 
2014 ano decisivo para a bahia e o brasil
2014 ano decisivo para a bahia e o brasil2014 ano decisivo para a bahia e o brasil
2014 ano decisivo para a bahia e o brasil
 
Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)
Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)
Programa de governo de Dilma Rousseff (PT)
 
Como reativar a economia do brasil
Como reativar a economia do brasilComo reativar a economia do brasil
Como reativar a economia do brasil
 
Avaliação do texto de moniz bandeira
Avaliação do texto de moniz bandeiraAvaliação do texto de moniz bandeira
Avaliação do texto de moniz bandeira
 
Os fracassados governos do pt
Os fracassados governos do ptOs fracassados governos do pt
Os fracassados governos do pt
 
Alguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasil
Alguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasilAlguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasil
Alguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasil
 
Alguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasil
Alguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasilAlguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasil
Alguns exemplos da incompetência do governo dilma roussef do brasil
 
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciaisDilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
 
Brasil diante de um trágico futuro
Brasil diante de um trágico futuroBrasil diante de um trágico futuro
Brasil diante de um trágico futuro
 

Destaque

Calendario Iescamp 2013 Marketing
Calendario Iescamp 2013 MarketingCalendario Iescamp 2013 Marketing
Calendario Iescamp 2013 Marketing
CASA DA FRANQUIA - APRESENTAÇÕES
 
Como escrever um conto
Como escrever um contoComo escrever um conto
Como escrever um conto
Lucília Fig
 
Contabilidad dani
Contabilidad daniContabilidad dani
Contabilidad dani
Dani Sanchz
 
Grupos y productos para la el día del logro
Grupos  y productos para la el día del logroGrupos  y productos para la el día del logro
Grupos y productos para la el día del logro
Mauricio Percy Méndez Aguilar
 
Notas tp6
Notas tp6Notas tp6
Flyer (4)
Flyer (4)Flyer (4)
"Work In Process na vida pessoal - Parte 1
"Work In Process na vida pessoal - Parte 1"Work In Process na vida pessoal - Parte 1
"Work In Process na vida pessoal - Parte 1
Learning Everywhere
 
Prebenjamin a
Prebenjamin aPrebenjamin a
Prebenjamin a
fbcat
 
A
AA
Lista af2 - 1º bimestre - 6º ano - 2015
Lista   af2 - 1º bimestre - 6º ano - 2015Lista   af2 - 1º bimestre - 6º ano - 2015
Lista af2 - 1º bimestre - 6º ano - 2015
proffelipemat
 
Edição 1
Edição 1Edição 1
Edição 1
120258ab
 
Natação
NataçãoNatação
Natação
franciscaf
 
Serran0 151
Serran0 151Serran0 151
Serran0 151
Ecos Alcântaras
 
O canário e a andorinha
O canário e a andorinhaO canário e a andorinha
O canário e a andorinha
BE-EB2
 
Guiao técnico
Guiao técnicoGuiao técnico
Guiao técnico
Daniela Pinto
 
Linha do Tempo: História da Criança e do Adolescente no Brasil
Linha do Tempo: História da Criança e do Adolescente no BrasilLinha do Tempo: História da Criança e do Adolescente no Brasil
Linha do Tempo: História da Criança e do Adolescente no Brasil
Aghata Gonsalves
 
Reação química
Reação químicaReação química
Reação química
Edson Bragança
 
Cartaz da semana da leitura 11 a 15 março
Cartaz da semana da leitura 11 a 15 marçoCartaz da semana da leitura 11 a 15 março
Cartaz da semana da leitura 11 a 15 março
becastanheiradepera
 
Programação do vitória
Programação do vitóriaProgramação do vitória
Programação do vitória
panoramaesportivope
 
Bimba kids 03-03-2013
Bimba kids   03-03-2013Bimba kids   03-03-2013
Bimba kids 03-03-2013
Debora Teixeira
 

Destaque (20)

Calendario Iescamp 2013 Marketing
Calendario Iescamp 2013 MarketingCalendario Iescamp 2013 Marketing
Calendario Iescamp 2013 Marketing
 
Como escrever um conto
Como escrever um contoComo escrever um conto
Como escrever um conto
 
Contabilidad dani
Contabilidad daniContabilidad dani
Contabilidad dani
 
Grupos y productos para la el día del logro
Grupos  y productos para la el día del logroGrupos  y productos para la el día del logro
Grupos y productos para la el día del logro
 
Notas tp6
Notas tp6Notas tp6
Notas tp6
 
Flyer (4)
Flyer (4)Flyer (4)
Flyer (4)
 
"Work In Process na vida pessoal - Parte 1
"Work In Process na vida pessoal - Parte 1"Work In Process na vida pessoal - Parte 1
"Work In Process na vida pessoal - Parte 1
 
Prebenjamin a
Prebenjamin aPrebenjamin a
Prebenjamin a
 
A
AA
A
 
Lista af2 - 1º bimestre - 6º ano - 2015
Lista   af2 - 1º bimestre - 6º ano - 2015Lista   af2 - 1º bimestre - 6º ano - 2015
Lista af2 - 1º bimestre - 6º ano - 2015
 
Edição 1
Edição 1Edição 1
Edição 1
 
Natação
NataçãoNatação
Natação
 
Serran0 151
Serran0 151Serran0 151
Serran0 151
 
O canário e a andorinha
O canário e a andorinhaO canário e a andorinha
O canário e a andorinha
 
Guiao técnico
Guiao técnicoGuiao técnico
Guiao técnico
 
Linha do Tempo: História da Criança e do Adolescente no Brasil
Linha do Tempo: História da Criança e do Adolescente no BrasilLinha do Tempo: História da Criança e do Adolescente no Brasil
Linha do Tempo: História da Criança e do Adolescente no Brasil
 
Reação química
Reação químicaReação química
Reação química
 
Cartaz da semana da leitura 11 a 15 março
Cartaz da semana da leitura 11 a 15 marçoCartaz da semana da leitura 11 a 15 março
Cartaz da semana da leitura 11 a 15 março
 
Programação do vitória
Programação do vitóriaProgramação do vitória
Programação do vitória
 
Bimba kids 03-03-2013
Bimba kids   03-03-2013Bimba kids   03-03-2013
Bimba kids 03-03-2013
 

Semelhante a Como mudar os rumos da economia do brasil

Em defesa de um novo modelo econômico nacional desenvolvimentista para supera...
Em defesa de um novo modelo econômico nacional desenvolvimentista para supera...Em defesa de um novo modelo econômico nacional desenvolvimentista para supera...
Em defesa de um novo modelo econômico nacional desenvolvimentista para supera...
Fernando Alcoforado
 
Futuro em debate- CREA BAHIA
Futuro em debate- CREA BAHIAFuturo em debate- CREA BAHIA
Futuro em debate- CREA BAHIA
Fernando Alcoforado
 
O presidente que o brasil precisa
O presidente que o brasil precisaO presidente que o brasil precisa
O presidente que o brasil precisa
Fernando Alcoforado
 
O brasil tem futuro sombrio
O brasil tem futuro sombrioO brasil tem futuro sombrio
O brasil tem futuro sombrio
Fernando Alcoforado
 
Brasil rumo a depressao em 2015
Brasil rumo a depressao em 2015Brasil rumo a depressao em 2015
Brasil rumo a depressao em 2015
Roberto Rabat Chame
 
Brasil rumo à depressão em 2015
Brasil rumo à depressão em 2015Brasil rumo à depressão em 2015
Brasil rumo à depressão em 2015
Fernando Alcoforado
 
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas basesComo desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
Fernando Alcoforado
 
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas basesComo desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
Roberto Rabat Chame
 
Controlar o sistema financeiro para evitar a débâcle econômica no brasil
Controlar o sistema financeiro para evitar a débâcle econômica no brasilControlar o sistema financeiro para evitar a débâcle econômica no brasil
Controlar o sistema financeiro para evitar a débâcle econômica no brasil
Fernando Alcoforado
 
Urge a construção de uma nova alternativa de poder no brasil
Urge a construção de uma nova alternativa de poder no brasilUrge a construção de uma nova alternativa de poder no brasil
Urge a construção de uma nova alternativa de poder no brasil
Fernando Alcoforado
 
Brasil país sem rumo
Brasil país sem rumoBrasil país sem rumo
Brasil país sem rumo
Fernando Alcoforado
 
Pec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasil
Pec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasilPec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasil
Pec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasil
Fernando Alcoforado
 
Como retomar o desenvolvimento econômico do brasil
Como retomar o desenvolvimento econômico do brasilComo retomar o desenvolvimento econômico do brasil
Como retomar o desenvolvimento econômico do brasil
Fernando Alcoforado
 
Governabilidade e economia ameaçadas no brasil
Governabilidade e economia ameaçadas no brasilGovernabilidade e economia ameaçadas no brasil
Governabilidade e economia ameaçadas no brasil
Fernando Alcoforado
 
Futuros cenários para o brasil
Futuros cenários para o brasilFuturos cenários para o brasil
Futuros cenários para o brasil
Fernando Alcoforado
 
Cenários políticos do brasil pós governo dilma rousseff
Cenários políticos do brasil pós governo dilma rousseffCenários políticos do brasil pós governo dilma rousseff
Cenários políticos do brasil pós governo dilma rousseff
Fernando Alcoforado
 
O brasil sem rumo
O brasil sem rumoO brasil sem rumo
O brasil sem rumo
Roberto Rabat Chame
 
Como superar a crise e retomar o desenvolvimento no brasil
Como superar a crise e retomar o desenvolvimento no brasilComo superar a crise e retomar o desenvolvimento no brasil
Como superar a crise e retomar o desenvolvimento no brasil
Fernando Alcoforado
 
O DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONARO
O DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONAROO DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONARO
O DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONARO
FernandoAlcoforado1
 
As soluções para as crises que ameaçam o futuro do brasil
As soluções para as crises que ameaçam o futuro do brasilAs soluções para as crises que ameaçam o futuro do brasil
As soluções para as crises que ameaçam o futuro do brasil
Fernando Alcoforado
 

Semelhante a Como mudar os rumos da economia do brasil (20)

Em defesa de um novo modelo econômico nacional desenvolvimentista para supera...
Em defesa de um novo modelo econômico nacional desenvolvimentista para supera...Em defesa de um novo modelo econômico nacional desenvolvimentista para supera...
Em defesa de um novo modelo econômico nacional desenvolvimentista para supera...
 
Futuro em debate- CREA BAHIA
Futuro em debate- CREA BAHIAFuturo em debate- CREA BAHIA
Futuro em debate- CREA BAHIA
 
O presidente que o brasil precisa
O presidente que o brasil precisaO presidente que o brasil precisa
O presidente que o brasil precisa
 
O brasil tem futuro sombrio
O brasil tem futuro sombrioO brasil tem futuro sombrio
O brasil tem futuro sombrio
 
Brasil rumo a depressao em 2015
Brasil rumo a depressao em 2015Brasil rumo a depressao em 2015
Brasil rumo a depressao em 2015
 
Brasil rumo à depressão em 2015
Brasil rumo à depressão em 2015Brasil rumo à depressão em 2015
Brasil rumo à depressão em 2015
 
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas basesComo desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
 
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas basesComo desenvolver a economia do brasil em novas bases
Como desenvolver a economia do brasil em novas bases
 
Controlar o sistema financeiro para evitar a débâcle econômica no brasil
Controlar o sistema financeiro para evitar a débâcle econômica no brasilControlar o sistema financeiro para evitar a débâcle econômica no brasil
Controlar o sistema financeiro para evitar a débâcle econômica no brasil
 
Urge a construção de uma nova alternativa de poder no brasil
Urge a construção de uma nova alternativa de poder no brasilUrge a construção de uma nova alternativa de poder no brasil
Urge a construção de uma nova alternativa de poder no brasil
 
Brasil país sem rumo
Brasil país sem rumoBrasil país sem rumo
Brasil país sem rumo
 
Pec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasil
Pec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasilPec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasil
Pec 241 do governo michel temer ameaça o futuro do brasil
 
Como retomar o desenvolvimento econômico do brasil
Como retomar o desenvolvimento econômico do brasilComo retomar o desenvolvimento econômico do brasil
Como retomar o desenvolvimento econômico do brasil
 
Governabilidade e economia ameaçadas no brasil
Governabilidade e economia ameaçadas no brasilGovernabilidade e economia ameaçadas no brasil
Governabilidade e economia ameaçadas no brasil
 
Futuros cenários para o brasil
Futuros cenários para o brasilFuturos cenários para o brasil
Futuros cenários para o brasil
 
Cenários políticos do brasil pós governo dilma rousseff
Cenários políticos do brasil pós governo dilma rousseffCenários políticos do brasil pós governo dilma rousseff
Cenários políticos do brasil pós governo dilma rousseff
 
O brasil sem rumo
O brasil sem rumoO brasil sem rumo
O brasil sem rumo
 
Como superar a crise e retomar o desenvolvimento no brasil
Como superar a crise e retomar o desenvolvimento no brasilComo superar a crise e retomar o desenvolvimento no brasil
Como superar a crise e retomar o desenvolvimento no brasil
 
O DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONARO
O DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONAROO DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONARO
O DESASTRE ECONÔMICO DO BRASIL COM O GOVERNO BOLSONARO
 
As soluções para as crises que ameaçam o futuro do brasil
As soluções para as crises que ameaçam o futuro do brasilAs soluções para as crises que ameaçam o futuro do brasil
As soluções para as crises que ameaçam o futuro do brasil
 

Mais de Fernando Alcoforado

O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO   O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
Fernando Alcoforado
 
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENL'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
Fernando Alcoforado
 
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
Fernando Alcoforado
 
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
Fernando Alcoforado
 
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHGLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
Fernando Alcoforado
 
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
Fernando Alcoforado
 
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALINONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
Fernando Alcoforado
 
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGECITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
Fernando Alcoforado
 
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALINUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
Fernando Alcoforado
 
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
Fernando Alcoforado
 
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
Fernando Alcoforado
 
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
Fernando Alcoforado
 
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
Fernando Alcoforado
 
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
Fernando Alcoforado
 
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDTHE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
Fernando Alcoforado
 
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
Fernando Alcoforado
 
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOA GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
Fernando Alcoforado
 
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
Fernando Alcoforado
 
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELLES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
Fernando Alcoforado
 
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILSOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
Fernando Alcoforado
 

Mais de Fernando Alcoforado (20)

O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO   O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
 
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENL'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
 
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
 
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
 
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHGLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
 
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
 
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALINONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
 
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGECITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
 
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALINUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
 
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
 
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
 
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
 
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
 
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
 
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDTHE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
 
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
 
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOA GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
 
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
 
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELLES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
 
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILSOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
 

Como mudar os rumos da economia do brasil

  • 1. 1 COMO MUDAR OS RUMOS DA ECONOMIA DO BRASIL Fernando Alcoforado* A vitória do partido Syriza nas últimas eleições da Grécia sinaliza na direção de que é possível reverter a situação vivida pelos povos do mundo inteiro de serem governados pelos detentores do capital financeiro que vem impondo sua ditadura em escala mundial a partir de 1990 quando foi implantado o modelo neoliberal na quase totalidade dos países do mundo, inclusive no Brasil, pelo governo Fernando Collor e mantido pelos governos Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso, Lula e Dilma Rousseff que aceitaram de forma pusilânime as imposições do capital financeiro nacional e internacional e contribuíram para provocar uma verdadeira devastação na economia brasileira de 1990 a 2014. O modelo econômico neoliberal em vigor no Brasil mostra claros sinais de esgotamento em 2015 agravado pelo ajuste econômico recessivo adotado pelo governo Dilma Rousseff com a economia brasileira apresentando tendência à estagflação (recessão com inflação), queda acentuada nas vendas de bens e serviços, aumento das taxas de inflação (8% ao ano), aumento vertiginoso do desemprego que se alastra por toda a economia, carga tributária extremamente elevada (40% do PIB), tarifaço de energia elétrica (aumento de 28% em relação a 2014), aumento acentuado dos preços dos combustíveis (20% só para gasolina), endividamento público crescente, precariedade da infraestrutura de transporte e energia, falência dos serviços públicos de educação e saúde, desindustrialização, gargalo logístico e queda vertiginosa na balança comercial. Até o FMI projeta a estagnação do Brasil por 2 anos. O modelo neoliberal implantado no Brasil contribuiu para o incremento de suas vulnerabilidades econômicas internas e externas. A vulnerabilidade interna da economia brasileira provocada pelo modelo neoliberal reside no fato de não gerar poupança interna suficiente para investir na expansão do PIB da qual resulta na dependência crescente do Brasil de capitais externos que faz com que o governo brasileiro tenha de elevar a taxa básica de juros da economia (Selic) para atrair capitais externos que, por sua vez, contribui para elevar ainda mais a dívida pública interna que alcançou R$ 2,12 trilhões em 2014 correspondendo a 56,8% do PIB. A continuada elevação da dívida pública interna faz com que o governo brasileiro tenha de destinar atualmente quase metade do orçamento da União para pagar o principal e os juros a seus credores que faz com que o Estado brasileiro não disponha de recursos para atender as necessidades mais elementares do País em educação, saúde, habitação, infraestrutura de energia e transportes, entre outras. A vulnerabilidade externa da economia brasileira provocada pelo modelo neoliberal está materializada no fato de que, em 2014, a dívida externa do Brasil cresceu 48% em relação a 2013 alcançando US$ 750 bilhões e superando os US$ 379 bilhões das reservas do país. Isto significa dizer que nossas reservas não lhes ofereceriam cobertura. Cabe observar que o Brasil saiu da sexta posição em 2013 para a terceira posição em 2014 na lista dos países com o maior volume de dívida junto a credores estrangeiros, apontou relatório divulgado pelo FMI, ficando atrás apenas da Espanha, segundo país mais endividado, e dos Estados Unidos que lidera o ranking mundial (Ver o artigo Dívida externa do Brasil cresce 48% e vai a US$ 523,7 bilhões publicado no website <http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/economia/2014/08/16/internas_econ omia,442650/divida-externa-do-brasil-cresce-48-e-vai-a-us-523-7-bilhoes.shtml>).
  • 2. 2 Diante da piora da situação atual da economia brasileira, o povo brasileiro precisa se mobilizar para exigir dos atuais detentores do poder que busquem a imediata renegociação com os credores da dívida interna pública do país visando a redução dos encargos com seu pagamento para 1/3 ou ¼ do orçamento do governo federal. Esta ação deveria ser acompanhada da realização de uma redução drástica do gasto público de custeio reduzindo o número de ministérios de 39 para 15 ou 20 e a eliminação ou redução ao mínimo necessário dos cargos comissionados que são cerca de 20 mil. Ao invés de praticar o arrocho fiscal, que onera as famílias e as empresas e compromete o desenvolvimento do País, o governo Dilma Rousseff deveria, portanto, reduzir os encargos com o pagamento da dívida pública alongando-a no tempo e também os gastos públicos ao mínimo necessário a fim de que disponha de poupança suficiente para investir na expansão da economia brasileira evitando sua estagnação. Ao anunciar à nação o conjunto de medidas acima descrito, Dilma Rousseff deveria montar também um gabinete de crise composto por pessoas da mais alta competência e do mais alto gabarito e respeitabilidade ética e moral para obter o respeito da nação para assegurar a governabilidade de seu governo e evitar o ocaso de seu governo antes do final de seu mandato. A adoção destas medidas deveria ser acompanhada de outras como, por exemplo, a substituição do modelo neoliberal em vigor por outro de caráter nacional desenvolvimentista de abertura seletiva da economia brasileira para promover o desenvolvimento do Brasil em novas bases e evitar a estagnação econômica em curso. Só com a realização de mudanças efetivas na economia brasileira, Dilma Rousseff poderá evitar a queda de seu governo antes de concluir seu mandato. O modelo nacional desenvolvimentista de abertura seletiva da economia brasileira contemplaria: 1) a substituição do câmbio flutuante em vigor pelo câmbio fixo para evitar a elevação vertiginosa do dólar em curso; 2) o controle do fluxo de entrada e saída de capital, sobretudo do especulativo; 3) a nacionalização dos bancos para garantir a liquidez aos cidadãos e às empresas; 4) a importação seletiva de matérias-primas e produtos essenciais do exterior para reduzir os dispêndios em divisas do País; 5) a reintrodução da reserva de mercado em áreas consideradas estratégicas para o desenvolvimento nacional; e, 6) a reestatização de empresas estatais privatizadas consideradas estratégicas para o desenvolvimento nacional. Pelo exposto, percebe-se que o projeto nacional desenvolvimentista permitiria fazer com que o Brasil assumisse os rumos de seu destino, ao contrário do modelo neoliberal em vigor que faz com que o futuro do País seja ditado pelas forças do mercado todas elas comprometidas com o capital financeiro nacional e internacional. * Fernando Alcoforado, 75, membro da Academia Baiana de Educação, engenheiro e doutor em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, professor universitário e consultor nas áreas de planejamento estratégico, planejamento empresarial, planejamento regional e planejamento de sistemas energéticos, é autor dos livros Globalização (Editora Nobel, São Paulo, 1997), De Collor a FHC- O Brasil e a Nova (Des)ordem Mundial (Editora Nobel, São Paulo, 1998), Um Projeto para o Brasil (Editora Nobel, São Paulo, 2000), Os condicionantes do desenvolvimento do Estado da Bahia (Tese de doutorado. Universidade de Barcelona, http://www.tesisenred.net/handle/10803/1944, 2003), Globalização e Desenvolvimento (Editora Nobel, São Paulo, 2006), Bahia- Desenvolvimento do Século XVI ao Século XX e Objetivos Estratégicos na Era Contemporânea (EGBA, Salvador, 2008), The Necessary Conditions of the Economic and Social Development- The Case of the State of Bahia (VDM Verlag Dr. Müller Aktiengesellschaft & Co. KG, Saarbrücken, Germany, 2010), Aquecimento Global e Catástrofe Planetária (P&A Gráfica e Editora, Salvador, 2010), Amazônia Sustentável- Para o progresso do Brasil e combate ao aquecimento global (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2011) e Os Fatores Condicionantes do Desenvolvimento Econômico e Social (Editora CRV, Curitiba, 2012), entre outros.