SlideShare uma empresa Scribd logo
Parte 3 – Modelos Alternativos de Curva de Oferta  Agregada Nesta parte serão discutidos oito modelos alternativos de curva de oferta agregada. Será considerada uma economia fechada.
Capítulo 6  Primórdios da curva de oferta agregada
Aula Anterior ,[object Object],5.1 Determinação da curva de demanda agregada;  5.1.1 A curva IS – O equilíbrio no mercado de produto;  5.1.2 A curva LM – o equilíbrio no mercado moedas e títulos;  5.1.3 Equilíbrio simultâneo nos mercados de produto e de moeda;  5.1.4 A curva de demanda agregada;  5.1.5 Política fiscal e monetária.
Nesta Aula ,[object Object],6.1 Mercado de trabalho;  6.1.1 Conceitos básicos para entender o funcionamento do mercado de trabalho.
Introdução ,[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],Primórdios da curva de oferta agregada
Primórdios da curva de oferta agregada ,[object Object],P y OA
Primórdios da curva de oferta agregada ,[object Object],P y OA P 0 D D E y 0 Equilíbrio no modelo keynesiano básico
Primórdios da curva de oferta agregada ,[object Object],P y OA P 0 D D E y 0 Equilíbrio no modelo keynesiano básico
Primórdios da curva de oferta agregada ,[object Object],P y OA P 0 D D E y 0 Equilíbrio no modelo keynesiano básico
Primórdios da curva de oferta agregada ,[object Object],• • ,[object Object],[object Object]
[object Object],Primórdios da curva de oferta agregada • • • • • ,[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Primórdios da curva de oferta agregada
[object Object],[object Object],Primórdios da curva de oferta agregada
[object Object],[object Object],[object Object],Primórdios da curva de oferta agregada
[object Object],[object Object],[object Object],Mercado de Trabalho
Conceitos básicos ,[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],Conceitos básicos
[object Object],[object Object],Conceitos básicos
[object Object],[object Object],Conceitos básicos
[object Object],[object Object],Conceitos básicos
[object Object],[object Object],[object Object],Conceitos básicos
[object Object],[object Object],[object Object],Conceitos básicos
População Residente População em Idade Ativa População Economicamente Ativa Desempregados Empregados Conceitos básicos População Economicamente Ativa
Conceitos básicos ,[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Conceitos básicos
[object Object],Conceitos básicos
[object Object],[object Object],Conceitos básicos
[object Object],[object Object],Conceitos básicos
Conceitos básicos
[object Object],[object Object],Conceitos básicos
[object Object],Conceitos básicos
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Conceitos básicos
Conceitos básicos ,[object Object],Fonte: IBGE 62,4% 58.755 8.210 89.318 97.528 187.228 2006 62,9% 56.763 8.953 87.189 96.142 184.601 2005 62,0% 56.887 8.264 84.596 92.860 182.060 2004 61,4% 55.819 8.640 80.163 88.803 175.988 2003 61,3% 54.832 7.958 78.959 86.917 173.391 2002 60,5% 54.427 7.785 75.458 83.243 169.370 2001 60,1% 49.833 5.882 69.332 75.213 156.128 1997 61,1% 45.123 4.396 66.570 70.965 148.217 1993 Taxa de partici-pação Pop. não economica-mente ativa Pessoas desem-pregadas Pessoas ocupadas PEA com 10 anos ou mais População residente Ano
Conceitos básicos ,[object Object],Fonte: Ipeadata 0,9% 3,3% 4,2% 9,3% 13,5% dez/2007 1,5% 3,7% 5,2% 9,0% 14,2% dez/2006 1,4% 4,7% 6,1% 9,7% 15,8% dez/2005 1,6% 5,4% 7,0% 10,0% 17,0% dez/2004 2,0% 5,0% 7,0% 12,0% 19,0% dez/2003 1,9% 5,2% 7,1% 11,4% 18,5% dez/2002 1,6% 4,6% 6,2% 11,6% 17,8% dez/2001 1,8% 4,4% 6,2% 10,0% 16,2% dez/2000 Desalento Precário Subtotal Aberto Total Mês Oculto
Próxima Aula ,[object Object],7.1 A função de produção;  7.2 A demanda de trabalho;  7.3 A oferta de trabalho;  7.4 Modelo clássico da Síntese Neoclássica;  7.5 O modelo salário nominal da Síntese Neoclássica;  7.6 A armadilha da liquidez;  7.7 O modelo básico da Síntese Neoclássica;  7.8 Modelo da Síntese Neoclássica com influência dos autores novos-clássicos;  7.9 Modelo de curva de oferta agregada da Síntese Neoclássica com influência dos autores novos-keynesianos.
Referências Bibliográficas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Economia aula 10 - o modelo de oferta e demanda agregadas
Economia   aula 10 - o modelo de oferta e demanda agregadasEconomia   aula 10 - o modelo de oferta e demanda agregadas
Economia aula 10 - o modelo de oferta e demanda agregadas
Felipe Leo
 
Economia – inflação e emprego
Economia – inflação e empregoEconomia – inflação e emprego
Economia – inflação e emprego
Felipe Leo
 
Economia – economia intertemporal parte 4
Economia – economia intertemporal parte 4Economia – economia intertemporal parte 4
Economia – economia intertemporal parte 4
Felipe Leo
 
Exercício
 Exercício Exercício
Exercício
sergiofukuda
 
phillips.
phillips. phillips.
phillips.
Hélen Scalabrin
 
Economia – a economia intertemporal parte 2
Economia – a economia intertemporal parte 2Economia – a economia intertemporal parte 2
Economia – a economia intertemporal parte 2
Felipe Leo
 
Economia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionista
Economia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionistaEconomia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionista
Economia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionista
Felipe Leo
 
Ex 1 (mercado de bens e monetario)
Ex 1 (mercado de bens e monetario)Ex 1 (mercado de bens e monetario)
Ex 1 (mercado de bens e monetario)
Alexsandro Evangelista
 
Aula 3 macro- modelo clássico
Aula 3 macro- modelo clássicoAula 3 macro- modelo clássico
Aula 3 macro- modelo clássico
Neli Chastinet
 
Modelo de crescimento de Solow
Modelo de crescimento de SolowModelo de crescimento de Solow
Modelo de crescimento de Solow
Miguel Arrigoni
 
Cap13 macro
Cap13 macroCap13 macro
Cap13 macro
Roberto Arruda
 
Cap1 macro
Cap1 macroCap1 macro
Cap1 macro
Roberto Arruda
 
Aula 01 05_modelos macroeconômicos
Aula 01 05_modelos macroeconômicosAula 01 05_modelos macroeconômicos
Aula 01 05_modelos macroeconômicos
clemensvan
 
Lista de Teoria Macroeconômica IV - Modelo de Solow
Lista de Teoria Macroeconômica IV - Modelo de SolowLista de Teoria Macroeconômica IV - Modelo de Solow
Lista de Teoria Macroeconômica IV - Modelo de Solow
Ramon Cristian
 
Cap4 macro
Cap4 macroCap4 macro
Cap4 macro
Roberto Arruda
 
Cap3 macro
Cap3 macroCap3 macro
Cap3 macro
Roberto Arruda
 
Teoriakeynesiana
TeoriakeynesianaTeoriakeynesiana
Teoriakeynesiana
Januário Esteves
 
Economia aula 7 - a macroeconomia keynesiana
Economia   aula 7 - a macroeconomia keynesianaEconomia   aula 7 - a macroeconomia keynesiana
Economia aula 7 - a macroeconomia keynesiana
Felipe Leo
 
Função economica 2012 2
Função economica  2012 2Função economica  2012 2
Resumo+de+macroeconomia
Resumo+de+macroeconomiaResumo+de+macroeconomia
Resumo+de+macroeconomia
bergerbird
 

Mais procurados (20)

Economia aula 10 - o modelo de oferta e demanda agregadas
Economia   aula 10 - o modelo de oferta e demanda agregadasEconomia   aula 10 - o modelo de oferta e demanda agregadas
Economia aula 10 - o modelo de oferta e demanda agregadas
 
Economia – inflação e emprego
Economia – inflação e empregoEconomia – inflação e emprego
Economia – inflação e emprego
 
Economia – economia intertemporal parte 4
Economia – economia intertemporal parte 4Economia – economia intertemporal parte 4
Economia – economia intertemporal parte 4
 
Exercício
 Exercício Exercício
Exercício
 
phillips.
phillips. phillips.
phillips.
 
Economia – a economia intertemporal parte 2
Economia – a economia intertemporal parte 2Economia – a economia intertemporal parte 2
Economia – a economia intertemporal parte 2
 
Economia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionista
Economia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionistaEconomia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionista
Economia – a equação da curva de phillips e a tese aceleracionista
 
Ex 1 (mercado de bens e monetario)
Ex 1 (mercado de bens e monetario)Ex 1 (mercado de bens e monetario)
Ex 1 (mercado de bens e monetario)
 
Aula 3 macro- modelo clássico
Aula 3 macro- modelo clássicoAula 3 macro- modelo clássico
Aula 3 macro- modelo clássico
 
Modelo de crescimento de Solow
Modelo de crescimento de SolowModelo de crescimento de Solow
Modelo de crescimento de Solow
 
Cap13 macro
Cap13 macroCap13 macro
Cap13 macro
 
Cap1 macro
Cap1 macroCap1 macro
Cap1 macro
 
Aula 01 05_modelos macroeconômicos
Aula 01 05_modelos macroeconômicosAula 01 05_modelos macroeconômicos
Aula 01 05_modelos macroeconômicos
 
Lista de Teoria Macroeconômica IV - Modelo de Solow
Lista de Teoria Macroeconômica IV - Modelo de SolowLista de Teoria Macroeconômica IV - Modelo de Solow
Lista de Teoria Macroeconômica IV - Modelo de Solow
 
Cap4 macro
Cap4 macroCap4 macro
Cap4 macro
 
Cap3 macro
Cap3 macroCap3 macro
Cap3 macro
 
Teoriakeynesiana
TeoriakeynesianaTeoriakeynesiana
Teoriakeynesiana
 
Economia aula 7 - a macroeconomia keynesiana
Economia   aula 7 - a macroeconomia keynesianaEconomia   aula 7 - a macroeconomia keynesiana
Economia aula 7 - a macroeconomia keynesiana
 
Função economica 2012 2
Função economica  2012 2Função economica  2012 2
Função economica 2012 2
 
Resumo+de+macroeconomia
Resumo+de+macroeconomiaResumo+de+macroeconomia
Resumo+de+macroeconomia
 

Semelhante a Cap6 macro

desemprego-130501214036-phpapp01.pdf
desemprego-130501214036-phpapp01.pdfdesemprego-130501214036-phpapp01.pdf
desemprego-130501214036-phpapp01.pdf
mercadofinanceiro
 
Desemprego
DesempregoDesemprego
Desemprego
Luciano Pires
 
Ch06 4e t2
Ch06 4e t2Ch06 4e t2
Ch06 4e t2
cideni
 
Ec 23.05 corrigido
Ec 23.05 corrigidoEc 23.05 corrigido
Ec 23.05 corrigido
marinamolopes
 
Desemprego
Desemprego Desemprego
Desemprego
Alessandra Melo
 
Desemprego
DesempregoDesemprego
Desemprego
Alessandra Melo
 
Mercado de trabalho e a evolução dos salários no Brasil
Mercado de trabalho e a evolução dos salários no BrasilMercado de trabalho e a evolução dos salários no Brasil
Mercado de trabalho e a evolução dos salários no Brasil
Grupo de Economia Política IE-UFRJ
 
aula 10 Escola do bem-estar (1).pptx
aula 10 Escola do bem-estar (1).pptxaula 10 Escola do bem-estar (1).pptx
aula 10 Escola do bem-estar (1).pptx
GuilhermeSilva591524
 
Os determinantes da inflação brasileira recente: estimações utilizando redes ...
Os determinantes da inflação brasileira recente: estimações utilizando redes ...Os determinantes da inflação brasileira recente: estimações utilizando redes ...
Os determinantes da inflação brasileira recente: estimações utilizando redes ...
Grupo de Economia Política IE-UFRJ
 
INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pptx
INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pptxINTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pptx
INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pptx
ConsulPereira
 
O trabalho e o mercado de trabalho...
O trabalho e o mercado de trabalho...O trabalho e o mercado de trabalho...
O trabalho e o mercado de trabalho...
Cibele Uchôa Brisola
 
Estimando a curva de Phillips brasileira no período do Sistema de Metas de In...
Estimando a curva de Phillips brasileira no período do Sistema de Metas de In...Estimando a curva de Phillips brasileira no período do Sistema de Metas de In...
Estimando a curva de Phillips brasileira no período do Sistema de Metas de In...
Grupo de Economia Política IE-UFRJ
 
2ª lista economia_ii_-_resolvida_-_pii
2ª lista economia_ii_-_resolvida_-_pii2ª lista economia_ii_-_resolvida_-_pii
2ª lista economia_ii_-_resolvida_-_pii
Flávio Franco
 
INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pdf
INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pdfINTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pdf
INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pdf
ConsulPereira
 
Poltícas públicas de_trabalho_e_renda_-_oit
Poltícas públicas de_trabalho_e_renda_-_oitPoltícas públicas de_trabalho_e_renda_-_oit
Poltícas públicas de_trabalho_e_renda_-_oit
TRAMPO Comunicação e Eventos Soares
 
Desemprego.pptx
Desemprego.pptxDesemprego.pptx
Desemprego.pptx
ManuelSitoe
 
Modelos Macro com Metas de Inflação para graduação
Modelos Macro com Metas de Inflação para graduaçãoModelos Macro com Metas de Inflação para graduação
Modelos Macro com Metas de Inflação para graduação
Roseli Silva
 
odesemprego-aula20-210908010257.pdf
odesemprego-aula20-210908010257.pdfodesemprego-aula20-210908010257.pdf
odesemprego-aula20-210908010257.pdf
mercadofinanceiro
 
O desemprego aula 20
O desemprego   aula 20O desemprego   aula 20
O desemprego aula 20
niodePaula
 
Introdução à economia troster e monchón cap 20
Introdução à economia troster e monchón cap 20Introdução à economia troster e monchón cap 20
Introdução à economia troster e monchón cap 20
Claudia Sá de Moura
 

Semelhante a Cap6 macro (20)

desemprego-130501214036-phpapp01.pdf
desemprego-130501214036-phpapp01.pdfdesemprego-130501214036-phpapp01.pdf
desemprego-130501214036-phpapp01.pdf
 
Desemprego
DesempregoDesemprego
Desemprego
 
Ch06 4e t2
Ch06 4e t2Ch06 4e t2
Ch06 4e t2
 
Ec 23.05 corrigido
Ec 23.05 corrigidoEc 23.05 corrigido
Ec 23.05 corrigido
 
Desemprego
Desemprego Desemprego
Desemprego
 
Desemprego
DesempregoDesemprego
Desemprego
 
Mercado de trabalho e a evolução dos salários no Brasil
Mercado de trabalho e a evolução dos salários no BrasilMercado de trabalho e a evolução dos salários no Brasil
Mercado de trabalho e a evolução dos salários no Brasil
 
aula 10 Escola do bem-estar (1).pptx
aula 10 Escola do bem-estar (1).pptxaula 10 Escola do bem-estar (1).pptx
aula 10 Escola do bem-estar (1).pptx
 
Os determinantes da inflação brasileira recente: estimações utilizando redes ...
Os determinantes da inflação brasileira recente: estimações utilizando redes ...Os determinantes da inflação brasileira recente: estimações utilizando redes ...
Os determinantes da inflação brasileira recente: estimações utilizando redes ...
 
INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pptx
INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pptxINTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pptx
INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pptx
 
O trabalho e o mercado de trabalho...
O trabalho e o mercado de trabalho...O trabalho e o mercado de trabalho...
O trabalho e o mercado de trabalho...
 
Estimando a curva de Phillips brasileira no período do Sistema de Metas de In...
Estimando a curva de Phillips brasileira no período do Sistema de Metas de In...Estimando a curva de Phillips brasileira no período do Sistema de Metas de In...
Estimando a curva de Phillips brasileira no período do Sistema de Metas de In...
 
2ª lista economia_ii_-_resolvida_-_pii
2ª lista economia_ii_-_resolvida_-_pii2ª lista economia_ii_-_resolvida_-_pii
2ª lista economia_ii_-_resolvida_-_pii
 
INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pdf
INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pdfINTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pdf
INTRODUÇÃO AO MUNDO DO TRABALHO 01.pdf
 
Poltícas públicas de_trabalho_e_renda_-_oit
Poltícas públicas de_trabalho_e_renda_-_oitPoltícas públicas de_trabalho_e_renda_-_oit
Poltícas públicas de_trabalho_e_renda_-_oit
 
Desemprego.pptx
Desemprego.pptxDesemprego.pptx
Desemprego.pptx
 
Modelos Macro com Metas de Inflação para graduação
Modelos Macro com Metas de Inflação para graduaçãoModelos Macro com Metas de Inflação para graduação
Modelos Macro com Metas de Inflação para graduação
 
odesemprego-aula20-210908010257.pdf
odesemprego-aula20-210908010257.pdfodesemprego-aula20-210908010257.pdf
odesemprego-aula20-210908010257.pdf
 
O desemprego aula 20
O desemprego   aula 20O desemprego   aula 20
O desemprego aula 20
 
Introdução à economia troster e monchón cap 20
Introdução à economia troster e monchón cap 20Introdução à economia troster e monchón cap 20
Introdução à economia troster e monchón cap 20
 

Mais de Roberto Arruda

Editorial nosso clinico 90 nov dez 2012
Editorial nosso clinico 90 nov dez 2012Editorial nosso clinico 90 nov dez 2012
Editorial nosso clinico 90 nov dez 2012Roberto Arruda
 
Editorial equina 35 mai jun 2011
Editorial equina 35 mai jun 2011Editorial equina 35 mai jun 2011
Editorial equina 35 mai jun 2011Roberto Arruda
 
Editorial equina 34 mar abr 2011
Editorial equina 34 mar abr 2011Editorial equina 34 mar abr 2011
Editorial equina 34 mar abr 2011Roberto Arruda
 
Editorial nosso clinico 82 jul ago 2011
Editorial nosso clinico 82 jul ago 2011Editorial nosso clinico 82 jul ago 2011
Editorial nosso clinico 82 jul ago 2011Roberto Arruda
 
Editorial nosso clinico 83 set out 2011
Editorial nosso clinico 83 set out 2011Editorial nosso clinico 83 set out 2011
Editorial nosso clinico 83 set out 2011Roberto Arruda
 
Editorial nosso clinico 84 nov dez 2011
Editorial nosso clinico 84 nov dez 2011Editorial nosso clinico 84 nov dez 2011
Editorial nosso clinico 84 nov dez 2011Roberto Arruda
 
Editorial nosso clinico 85 jan fev 2012
Editorial nosso clinico 85 jan fev 2012Editorial nosso clinico 85 jan fev 2012
Editorial nosso clinico 85 jan fev 2012Roberto Arruda
 
Editorial nosso clinico 81 mai jun 2011
Editorial nosso clinico 81 mai jun 2011Editorial nosso clinico 81 mai jun 2011
Editorial nosso clinico 81 mai jun 2011Roberto Arruda
 
Editorial equina 36 jul ago 2011
Editorial equina 36 jul ago 2011Editorial equina 36 jul ago 2011
Editorial equina 36 jul ago 2011Roberto Arruda
 
Editorial equina 43 set out 2012
Editorial equina 43 set out 2012Editorial equina 43 set out 2012
Editorial equina 43 set out 2012Roberto Arruda
 
Editorial equina 42 jul ago 2012
Editorial equina 42 jul ago 2012Editorial equina 42 jul ago 2012
Editorial equina 42 jul ago 2012Roberto Arruda
 
Editorial equina 39 jan fev 2012
Editorial equina 39 jan fev 2012Editorial equina 39 jan fev 2012
Editorial equina 39 jan fev 2012Roberto Arruda
 
Editorial equina 38 nov dez 2011
Editorial equina 38 nov dez 2011Editorial equina 38 nov dez 2011
Editorial equina 38 nov dez 2011Roberto Arruda
 
Editorial equina 37 set out 2011
Editorial equina 37 set out 2011Editorial equina 37 set out 2011
Editorial equina 37 set out 2011Roberto Arruda
 
Editorial nosso clinico 89 set out 2012
Editorial nosso clinico 89 set out 2012Editorial nosso clinico 89 set out 2012
Editorial nosso clinico 89 set out 2012Roberto Arruda
 
Editorial nosso clinico 88 jul ago 2012
Editorial nosso clinico 88 jul ago 2012Editorial nosso clinico 88 jul ago 2012
Editorial nosso clinico 88 jul ago 2012Roberto Arruda
 
Editorial equina 40 mar abr 2012
Editorial equina 40 mar abr 2012Editorial equina 40 mar abr 2012
Editorial equina 40 mar abr 2012Roberto Arruda
 
Artigo equina 40 mar abr 2012
Artigo equina 40 mar abr 2012Artigo equina 40 mar abr 2012
Artigo equina 40 mar abr 2012Roberto Arruda
 

Mais de Roberto Arruda (20)

Editorial nosso clinico 90 nov dez 2012
Editorial nosso clinico 90 nov dez 2012Editorial nosso clinico 90 nov dez 2012
Editorial nosso clinico 90 nov dez 2012
 
Editorial equina 35 mai jun 2011
Editorial equina 35 mai jun 2011Editorial equina 35 mai jun 2011
Editorial equina 35 mai jun 2011
 
Editorial equina 34 mar abr 2011
Editorial equina 34 mar abr 2011Editorial equina 34 mar abr 2011
Editorial equina 34 mar abr 2011
 
Artigo equina 36
Artigo equina 36Artigo equina 36
Artigo equina 36
 
Editorial nosso clinico 82 jul ago 2011
Editorial nosso clinico 82 jul ago 2011Editorial nosso clinico 82 jul ago 2011
Editorial nosso clinico 82 jul ago 2011
 
Editorial nosso clinico 83 set out 2011
Editorial nosso clinico 83 set out 2011Editorial nosso clinico 83 set out 2011
Editorial nosso clinico 83 set out 2011
 
Editorial nosso clinico 84 nov dez 2011
Editorial nosso clinico 84 nov dez 2011Editorial nosso clinico 84 nov dez 2011
Editorial nosso clinico 84 nov dez 2011
 
Editorial nosso clinico 85 jan fev 2012
Editorial nosso clinico 85 jan fev 2012Editorial nosso clinico 85 jan fev 2012
Editorial nosso clinico 85 jan fev 2012
 
Editorial nosso clinico 81 mai jun 2011
Editorial nosso clinico 81 mai jun 2011Editorial nosso clinico 81 mai jun 2011
Editorial nosso clinico 81 mai jun 2011
 
Editorial equina 36 jul ago 2011
Editorial equina 36 jul ago 2011Editorial equina 36 jul ago 2011
Editorial equina 36 jul ago 2011
 
Editorial equina 43 set out 2012
Editorial equina 43 set out 2012Editorial equina 43 set out 2012
Editorial equina 43 set out 2012
 
Editorial equina 42 jul ago 2012
Editorial equina 42 jul ago 2012Editorial equina 42 jul ago 2012
Editorial equina 42 jul ago 2012
 
Editorial equina 39 jan fev 2012
Editorial equina 39 jan fev 2012Editorial equina 39 jan fev 2012
Editorial equina 39 jan fev 2012
 
Editorial equina 38 nov dez 2011
Editorial equina 38 nov dez 2011Editorial equina 38 nov dez 2011
Editorial equina 38 nov dez 2011
 
Editorial equina 37 set out 2011
Editorial equina 37 set out 2011Editorial equina 37 set out 2011
Editorial equina 37 set out 2011
 
Editorial nosso clinico 89 set out 2012
Editorial nosso clinico 89 set out 2012Editorial nosso clinico 89 set out 2012
Editorial nosso clinico 89 set out 2012
 
Editorial nosso clinico 88 jul ago 2012
Editorial nosso clinico 88 jul ago 2012Editorial nosso clinico 88 jul ago 2012
Editorial nosso clinico 88 jul ago 2012
 
Editorial equina 40 mar abr 2012
Editorial equina 40 mar abr 2012Editorial equina 40 mar abr 2012
Editorial equina 40 mar abr 2012
 
Artigo equina 42
Artigo equina 42Artigo equina 42
Artigo equina 42
 
Artigo equina 40 mar abr 2012
Artigo equina 40 mar abr 2012Artigo equina 40 mar abr 2012
Artigo equina 40 mar abr 2012
 

Cap6 macro

  • 1. Parte 3 – Modelos Alternativos de Curva de Oferta Agregada Nesta parte serão discutidos oito modelos alternativos de curva de oferta agregada. Será considerada uma economia fechada.
  • 2. Capítulo 6 Primórdios da curva de oferta agregada
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24. População Residente População em Idade Ativa População Economicamente Ativa Desempregados Empregados Conceitos básicos População Economicamente Ativa
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 35.
  • 36.
  • 37.