SlideShare uma empresa Scribd logo
Barroco1600 – 1750Sec XVII - XVIII
BarrocoO estilo nasce em RomaTem como significados: “ irregular, contorcido, grotesco”O Barroco tem relações diretas:1- Com a Contra-Reforma, momento em que a Igreja Católica toma medidas para frear o avanço do protestantismo na Europa;2- O absolutismo europeu, principalmente no norte da Europa, refletindo através da pintura e escultura o Estado centralizado.
BarrocoAlém das dificuldades com respeito às datas, deve-se considerar aquela relativa à própria definição estilística da arte barroca. Após seu surgimento na Roma católica, ela se dissemina fortemente pelo mundo, gerando uma série de variações nacionais. Por isso a dificuldade de unir num mesmo denominador comum trabalhos de alguns dos grandes mestres como Michelangelo Merisi da Caravaggio (1571 - 1610), Gian Lorenzo Bernini (1598 - 1680), Francesco Borromini (1599 - 1667), Baciccio (1639 - 1709), Peter Paul Rubens (1577 - 1640), Diego Velázquez (1599 - 1660), Rembrandt van Rijn (1606 – 1669) e Aleijadinho (1730 - 1814). Estudos mais profundos sobre o período são relativamente recentes, considerando que só a partir da segunda metade do século XVIII a arte posterior ao Renascimento começa a ser chamada de forma pejorativa de barroca. Em contraposição ao ideal clássico, as obras desses artistas mostram certa tendência ao bizarro, ao assimétrico, ao extravagante, ao apelo emocional, inexistente até então na arte renascentista.
BarrocoSegundo o historiador Heinrich Wölfflin, além das diferenças individuais e nacionais de cada artista, pode-se dizer que a arte barroca, tanto na arquitetura e escultura quanto no desenho e na pintura, tem as seguintes características: apresenta os objetos como manchas ou massas de cor; enfatiza a profundidade e não o plano; sua forma é aberta, pois as indeterminações dos limites entre os objetos representados e as perspectivas não centrais sugerem uma continuidade no espaço e no tempo; a sensação de unidade prevalece sobre a singularidade de cada parte; as formas têm clareza relativa, ou seja, não é mais preciso reproduzir as coisas em todos os seus detalhes, basta sugerir ao espectador alguns pontos de apoio para que a imaginação complete o resto.
BarrocoTécnicas:contrastes abruptos de luz e sombra, manchas difusas de cores, passagens súbitas entre primeiro e segundo planos, diagonais impetuosas, ausência de simetria, o desapego pelas formas "ideais" de beleza e perfeição clássicas e a valorização da representação dos temas com base na experiência.Naturalismo exacerbado, quer dizer, a imagem pictórica das coisas e seres humanos tal como aparecem, com suas marcas do tempo, seus defeitos físicos, seus traços bizarros e feios, sem retoque algum.
Barroco ItalianoDurante o século XVII a Igreja Católica patrocinou a arte em larga escala.A intenção do papado era transformar principalmente Roma em uma cidade bela diante à Europa, e ao mesmo tempo o centro católico do continente.
Pintura ItalianaA pintura barroca italiana tem como tema a Igreja;Um dos expoente desse estilo é Caravaggio;Este utilizou como vitrine para suas obras sacras o “naturalismo”, isto é, suas obras possuíam um grau de realidade jamais vista até então;As figuras expostas tem um caráter de personagens (drama), elas são mostradas como pessoas comuns, as figuras sacras possuem uma características do cotidiano.
CaravaggioOutra característica das obras do artista é o intenso contraste de luz e sombra (tenebrismo);O artista aproveita o contraste para trabalhar os gesto e movimentos exagerados e simbologias que carregam as figuras mitológicas.
Escultura ItalianaUm dos grandes expoente dessa linguagem foi Gian Lorenzo Bernini;As características principais são:Preferência pelo tema religioso, há por parte da igreja, todo patrocinio para a realização das esculturas, que tem o objetivo de decorar os interiores  das igrejas;A conotação dramática ,  que se observar tanto na predileção de temas religiosos com apelo teatral, quanto nos movimentos dos corpos esculpidos que remetem à expressividades dramáticas;Exuberância das formas, o apreço pelo naturalismo exacerbado;Expressividades  teatrais;Luz e movimento;As figuras exibem dramatismo, faces expressivas e roupas esvoaçantes
Escultura ItalianaA escultura barroca contraria a idéia anterior do Renascimento, com isso o Barroco se aproxima as formas do ideal clássico, em que o movimento e a expressão são elementos essenciais para escultura, para o período renascentista a forma e a estrutura sóbria eram importantes.
DavidBerniniBarrocoMichelangeloRenascença
Gian Lorenzo BerniniEscultor e arquiteto italiano;Prestou diversos trabalhos para igreja;Entre os mais importantes se destacam:
Barroco
Barroco
Barroco

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Arte e pintura barroca catarina e cristiana 11ºh
Arte e pintura barroca   catarina e cristiana   11ºhArte e pintura barroca   catarina e cristiana   11ºh
Arte e pintura barroca catarina e cristiana 11ºh
tontinhasilva
 
Do renascimento ao Barroco
Do renascimento ao BarrocoDo renascimento ao Barroco
Do renascimento ao Barroco
Aline Raposo
 
A Arte Maneirista
A Arte ManeiristaA Arte Maneirista
A Arte Maneirista
Beatriz Mariano
 
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia JuniorHistória da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
Secretaria de Educação do Maranhão e Imagética Consultoria e Design
 
David de Bernini
David de BerniniDavid de Bernini
David de Bernini
hcaslides
 
Barroco slides
Barroco slidesBarroco slides
Barroco slides
Tathiana Dovera
 
Rembrandt
RembrandtRembrandt
Rembrandt
Paola Giovana
 
Maneirismo, barroco e rococo
Maneirismo, barroco e rococoManeirismo, barroco e rococo
Maneirismo, barroco e rococo
victorosa
 
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02
Carlos Benjoino Bidu
 
Pintura barroca
Pintura barrocaPintura barroca
Pintura barroca
Catarina Francisco
 
Barroco Europeu
Barroco EuropeuBarroco Europeu
Barroco Europeu
Lucas Rodrigues
 
Pintura barroca na Europa
Pintura barroca na EuropaPintura barroca na Europa
Pintura barroca na Europa
Ana Barreiros
 
Barroco pintura
Barroco pinturaBarroco pintura
Barroco pintura
Gustavo Cuin
 
O maneirismo
O maneirismoO maneirismo
O maneirismo
Ana Barreiros
 
Barroco em Português
Barroco em PortuguêsBarroco em Português
Barroco em Português
thiago2013
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
cindy1977
 
Pintura barroca
Pintura barrocaPintura barroca
Pintura barroca
angeldenis21
 
Pintura Barroca
Pintura BarrocaPintura Barroca
Pintura Barroca
dianacmendes7
 
A Leiteira Vermeer
A Leiteira VermeerA Leiteira Vermeer
A Leiteira Vermeer
Ana Nunes
 
Pinturamedieval
PinturamedievalPinturamedieval
Pinturamedieval
Scriba Digital
 

Mais procurados (20)

Arte e pintura barroca catarina e cristiana 11ºh
Arte e pintura barroca   catarina e cristiana   11ºhArte e pintura barroca   catarina e cristiana   11ºh
Arte e pintura barroca catarina e cristiana 11ºh
 
Do renascimento ao Barroco
Do renascimento ao BarrocoDo renascimento ao Barroco
Do renascimento ao Barroco
 
A Arte Maneirista
A Arte ManeiristaA Arte Maneirista
A Arte Maneirista
 
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia JuniorHistória da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
História da Arte - Barroco Europeu. Prof. Garcia Junior
 
David de Bernini
David de BerniniDavid de Bernini
David de Bernini
 
Barroco slides
Barroco slidesBarroco slides
Barroco slides
 
Rembrandt
RembrandtRembrandt
Rembrandt
 
Maneirismo, barroco e rococo
Maneirismo, barroco e rococoManeirismo, barroco e rococo
Maneirismo, barroco e rococo
 
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02
Revisão HISTÓRIA DA ARTE - 02
 
Pintura barroca
Pintura barrocaPintura barroca
Pintura barroca
 
Barroco Europeu
Barroco EuropeuBarroco Europeu
Barroco Europeu
 
Pintura barroca na Europa
Pintura barroca na EuropaPintura barroca na Europa
Pintura barroca na Europa
 
Barroco pintura
Barroco pinturaBarroco pintura
Barroco pintura
 
O maneirismo
O maneirismoO maneirismo
O maneirismo
 
Barroco em Português
Barroco em PortuguêsBarroco em Português
Barroco em Português
 
Arte renascentista
Arte renascentistaArte renascentista
Arte renascentista
 
Pintura barroca
Pintura barrocaPintura barroca
Pintura barroca
 
Pintura Barroca
Pintura BarrocaPintura Barroca
Pintura Barroca
 
A Leiteira Vermeer
A Leiteira VermeerA Leiteira Vermeer
A Leiteira Vermeer
 
Pinturamedieval
PinturamedievalPinturamedieval
Pinturamedieval
 

Destaque

Viajeros
ViajerosViajeros
Viajeros
selena_np99
 
Film conventions coraline
Film conventions coralineFilm conventions coraline
Film conventions coraline
ssabrina94
 
Salta cronogrma generales
Salta cronogrma generalesSalta cronogrma generales
Calentamiento Global
Calentamiento GlobalCalentamiento Global
Calentamiento Global
Marilyn Limay
 
Christian Youth Camp - Conducting Scavenger Hunts
Christian Youth Camp - Conducting Scavenger HuntsChristian Youth Camp - Conducting Scavenger Hunts
Christian Youth Camp - Conducting Scavenger Hunts
Ken Sapp
 
Umalendachinesa
UmalendachinesaUmalendachinesa
Umalendachinesa
Atílio Vitoreli
 
Visite de Kyoto par Valentine
Visite de Kyoto par ValentineVisite de Kyoto par Valentine
Visite de Kyoto par Valentine
Christine FIASSON
 
Ate Onde Vai Sua Amizade
Ate Onde Vai Sua AmizadeAte Onde Vai Sua Amizade
Ate Onde Vai Sua Amizade
Emilia Maria Araujo Rios
 
Será que Deus é Culpado?
Será que Deus é Culpado?Será que Deus é Culpado?
Será que Deus é Culpado?
Felipe de Souza
 
Nanas de la cebolla
Nanas de la cebollaNanas de la cebolla
Nanas de la cebolla
EDWINJAVIERCALLEJA
 
Taller 3 de internet
Taller 3 de internetTaller 3 de internet
Taller 3 de internet
franklinyanez
 
Guaranteed Autographs
Guaranteed AutographsGuaranteed Autographs
Guaranteed Autographs
guaranteedautographs
 
Debbie Railey's Home Buyers Guide 2015 Summer
Debbie Railey's Home Buyers Guide 2015 SummerDebbie Railey's Home Buyers Guide 2015 Summer
Debbie Railey's Home Buyers Guide 2015 Summer
excell4him
 
Diario oficial issspeg reforma ley-912
Diario oficial issspeg reforma ley-912Diario oficial issspeg reforma ley-912
Diario oficial issspeg reforma ley-912
SuspegAcapulco
 
Solo Una Pregunta
Solo Una PreguntaSolo Una Pregunta
Solo Una Pregunta
talle
 
Portaria colegiados
Portaria colegiadosPortaria colegiados
Portaria colegiados
sedacrs
 

Destaque (20)

Viajeros
ViajerosViajeros
Viajeros
 
Film conventions coraline
Film conventions coralineFilm conventions coraline
Film conventions coraline
 
Salta cronogrma generales
Salta cronogrma generalesSalta cronogrma generales
Salta cronogrma generales
 
Tarea 3 tics
Tarea 3 ticsTarea 3 tics
Tarea 3 tics
 
Calentamiento Global
Calentamiento GlobalCalentamiento Global
Calentamiento Global
 
Christian Youth Camp - Conducting Scavenger Hunts
Christian Youth Camp - Conducting Scavenger HuntsChristian Youth Camp - Conducting Scavenger Hunts
Christian Youth Camp - Conducting Scavenger Hunts
 
Umalendachinesa
UmalendachinesaUmalendachinesa
Umalendachinesa
 
Visite de Kyoto par Valentine
Visite de Kyoto par ValentineVisite de Kyoto par Valentine
Visite de Kyoto par Valentine
 
La meva primera presentació
La meva primera presentacióLa meva primera presentació
La meva primera presentació
 
Ate Onde Vai Sua Amizade
Ate Onde Vai Sua AmizadeAte Onde Vai Sua Amizade
Ate Onde Vai Sua Amizade
 
Será que Deus é Culpado?
Será que Deus é Culpado?Será que Deus é Culpado?
Será que Deus é Culpado?
 
Maxi poster1
Maxi poster1Maxi poster1
Maxi poster1
 
6.edat mitjana
6.edat mitjana6.edat mitjana
6.edat mitjana
 
Nanas de la cebolla
Nanas de la cebollaNanas de la cebolla
Nanas de la cebolla
 
Taller 3 de internet
Taller 3 de internetTaller 3 de internet
Taller 3 de internet
 
Guaranteed Autographs
Guaranteed AutographsGuaranteed Autographs
Guaranteed Autographs
 
Debbie Railey's Home Buyers Guide 2015 Summer
Debbie Railey's Home Buyers Guide 2015 SummerDebbie Railey's Home Buyers Guide 2015 Summer
Debbie Railey's Home Buyers Guide 2015 Summer
 
Diario oficial issspeg reforma ley-912
Diario oficial issspeg reforma ley-912Diario oficial issspeg reforma ley-912
Diario oficial issspeg reforma ley-912
 
Solo Una Pregunta
Solo Una PreguntaSolo Una Pregunta
Solo Una Pregunta
 
Portaria colegiados
Portaria colegiadosPortaria colegiados
Portaria colegiados
 

Semelhante a Barroco

Seminários história da arte 02
Seminários história da arte   02Seminários história da arte   02
Seminários história da arte 02
Gabriela Lemos
 
Conhecendo a arte barroca
Conhecendo a arte barrocaConhecendo a arte barroca
Conhecendo a arte barroca
Tereza Honoria
 
ARTE BARROCA.docx
ARTE BARROCA.docxARTE BARROCA.docx
ARTE BARROCA.docx
Elizandra Wink
 
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao RomantismoHistória da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
Raphael Lanzillotte
 
B Arroco E Maneirismo
B Arroco E ManeirismoB Arroco E Maneirismo
B Arroco E Maneirismo
Isidro Santos
 
A Arte Barroca
A Arte BarrocaA Arte Barroca
A Arte Barroca
ggmota93
 
Slide a arte barroca by edenilson c santos 1a
Slide a arte barroca by edenilson c santos 1aSlide a arte barroca by edenilson c santos 1a
Slide a arte barroca by edenilson c santos 1a
Edenilson Conceição
 
Arte Barroca
Arte BarrocaArte Barroca
Arte Barroca
Gisele Gordon
 
Arte barroca .ppt
Arte barroca .pptArte barroca .ppt
Arte barroca .ppt
Renee Salles
 
ARTE BARROCA.docx
ARTE BARROCA.docxARTE BARROCA.docx
ARTE BARROCA.docx
Elizandra28
 
Estilo barroco
Estilo barrocoEstilo barroco
Estilo barroco
Joao Soares
 
Barroco
BarrocoBarroco
Barroco
mundica broda
 
Texto Para As Fotos Do Barroco Prof
Texto Para As Fotos Do Barroco   ProfTexto Para As Fotos Do Barroco   Prof
Texto Para As Fotos Do Barroco Prof
hsjval
 
Portugues
PortuguesPortugues
Arte barroca
Arte barrocaArte barroca
Arte barroca
Junior Onildo
 
Artebarroca 110315140146-phpapp02
Artebarroca 110315140146-phpapp02Artebarroca 110315140146-phpapp02
Artebarroca 110315140146-phpapp02
mportista
 
1182
11821182
1182
Pelo Siro
 
Arte Barroca na Europa
Arte Barroca na EuropaArte Barroca na Europa
Arte Barroca na Europa
Andrea Dressler
 
Arte barroca
Arte barrocaArte barroca
Arte barroca
Zeneide Cordeiro
 

Semelhante a Barroco (20)

Seminários história da arte 02
Seminários história da arte   02Seminários história da arte   02
Seminários história da arte 02
 
Conhecendo a arte barroca
Conhecendo a arte barrocaConhecendo a arte barroca
Conhecendo a arte barroca
 
ARTE BARROCA.docx
ARTE BARROCA.docxARTE BARROCA.docx
ARTE BARROCA.docx
 
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao RomantismoHistória da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
História da Arte: Linha do tempo - Renascimento ao Romantismo
 
B Arroco E Maneirismo
B Arroco E ManeirismoB Arroco E Maneirismo
B Arroco E Maneirismo
 
A Arte Barroca
A Arte BarrocaA Arte Barroca
A Arte Barroca
 
Slide a arte barroca by edenilson c santos 1a
Slide a arte barroca by edenilson c santos 1aSlide a arte barroca by edenilson c santos 1a
Slide a arte barroca by edenilson c santos 1a
 
Arte Barroca
Arte BarrocaArte Barroca
Arte Barroca
 
Arte barroca .ppt
Arte barroca .pptArte barroca .ppt
Arte barroca .ppt
 
ARTE BARROCA.docx
ARTE BARROCA.docxARTE BARROCA.docx
ARTE BARROCA.docx
 
Estilo barroco
Estilo barrocoEstilo barroco
Estilo barroco
 
Barroco
BarrocoBarroco
Barroco
 
Texto Para As Fotos Do Barroco Prof
Texto Para As Fotos Do Barroco   ProfTexto Para As Fotos Do Barroco   Prof
Texto Para As Fotos Do Barroco Prof
 
Portugues
PortuguesPortugues
Portugues
 
Arte barroca
Arte barrocaArte barroca
Arte barroca
 
Artebarroca 110315140146-phpapp02
Artebarroca 110315140146-phpapp02Artebarroca 110315140146-phpapp02
Artebarroca 110315140146-phpapp02
 
1182
11821182
1182
 
As meninas velazquez
As meninas  velazquezAs meninas  velazquez
As meninas velazquez
 
Arte Barroca na Europa
Arte Barroca na EuropaArte Barroca na Europa
Arte Barroca na Europa
 
Arte barroca
Arte barrocaArte barroca
Arte barroca
 

Último

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Falcão Brasil
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
Falcão Brasil
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Falcão Brasil
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Falcão Brasil
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Falcão Brasil
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
Sandra Pratas
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
tamirissousa11
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
Manuais Formação
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
Sandra Pratas
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 

Último (20)

Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.pptAnálise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
Análise dos resultados do desmatamento obtidos pelo SIAD.ppt
 
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
A Participação do Brasil nas Operações de Manutenção da Paz da ONU Passado, P...
 
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
Manual de Identidade Visual do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prot...
 
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
Apresentação Institucional do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Prote...
 
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdfMarinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
Marinha do Brasil (MB) Politíca Naval.pdf
 
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
EBBOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_PAULA FRANCISCO_22_23
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptxA Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
A Priula sobre a primeira Guerra Mundial.pptx
 
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdfUFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
UFCD_5673_Segurança nos transportes_índice.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_CARLA MORAIS_22_23
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 

Barroco

  • 2. BarrocoO estilo nasce em RomaTem como significados: “ irregular, contorcido, grotesco”O Barroco tem relações diretas:1- Com a Contra-Reforma, momento em que a Igreja Católica toma medidas para frear o avanço do protestantismo na Europa;2- O absolutismo europeu, principalmente no norte da Europa, refletindo através da pintura e escultura o Estado centralizado.
  • 3. BarrocoAlém das dificuldades com respeito às datas, deve-se considerar aquela relativa à própria definição estilística da arte barroca. Após seu surgimento na Roma católica, ela se dissemina fortemente pelo mundo, gerando uma série de variações nacionais. Por isso a dificuldade de unir num mesmo denominador comum trabalhos de alguns dos grandes mestres como Michelangelo Merisi da Caravaggio (1571 - 1610), Gian Lorenzo Bernini (1598 - 1680), Francesco Borromini (1599 - 1667), Baciccio (1639 - 1709), Peter Paul Rubens (1577 - 1640), Diego Velázquez (1599 - 1660), Rembrandt van Rijn (1606 – 1669) e Aleijadinho (1730 - 1814). Estudos mais profundos sobre o período são relativamente recentes, considerando que só a partir da segunda metade do século XVIII a arte posterior ao Renascimento começa a ser chamada de forma pejorativa de barroca. Em contraposição ao ideal clássico, as obras desses artistas mostram certa tendência ao bizarro, ao assimétrico, ao extravagante, ao apelo emocional, inexistente até então na arte renascentista.
  • 4. BarrocoSegundo o historiador Heinrich Wölfflin, além das diferenças individuais e nacionais de cada artista, pode-se dizer que a arte barroca, tanto na arquitetura e escultura quanto no desenho e na pintura, tem as seguintes características: apresenta os objetos como manchas ou massas de cor; enfatiza a profundidade e não o plano; sua forma é aberta, pois as indeterminações dos limites entre os objetos representados e as perspectivas não centrais sugerem uma continuidade no espaço e no tempo; a sensação de unidade prevalece sobre a singularidade de cada parte; as formas têm clareza relativa, ou seja, não é mais preciso reproduzir as coisas em todos os seus detalhes, basta sugerir ao espectador alguns pontos de apoio para que a imaginação complete o resto.
  • 5. BarrocoTécnicas:contrastes abruptos de luz e sombra, manchas difusas de cores, passagens súbitas entre primeiro e segundo planos, diagonais impetuosas, ausência de simetria, o desapego pelas formas "ideais" de beleza e perfeição clássicas e a valorização da representação dos temas com base na experiência.Naturalismo exacerbado, quer dizer, a imagem pictórica das coisas e seres humanos tal como aparecem, com suas marcas do tempo, seus defeitos físicos, seus traços bizarros e feios, sem retoque algum.
  • 6. Barroco ItalianoDurante o século XVII a Igreja Católica patrocinou a arte em larga escala.A intenção do papado era transformar principalmente Roma em uma cidade bela diante à Europa, e ao mesmo tempo o centro católico do continente.
  • 7. Pintura ItalianaA pintura barroca italiana tem como tema a Igreja;Um dos expoente desse estilo é Caravaggio;Este utilizou como vitrine para suas obras sacras o “naturalismo”, isto é, suas obras possuíam um grau de realidade jamais vista até então;As figuras expostas tem um caráter de personagens (drama), elas são mostradas como pessoas comuns, as figuras sacras possuem uma características do cotidiano.
  • 8. CaravaggioOutra característica das obras do artista é o intenso contraste de luz e sombra (tenebrismo);O artista aproveita o contraste para trabalhar os gesto e movimentos exagerados e simbologias que carregam as figuras mitológicas.
  • 9. Escultura ItalianaUm dos grandes expoente dessa linguagem foi Gian Lorenzo Bernini;As características principais são:Preferência pelo tema religioso, há por parte da igreja, todo patrocinio para a realização das esculturas, que tem o objetivo de decorar os interiores das igrejas;A conotação dramática , que se observar tanto na predileção de temas religiosos com apelo teatral, quanto nos movimentos dos corpos esculpidos que remetem à expressividades dramáticas;Exuberância das formas, o apreço pelo naturalismo exacerbado;Expressividades teatrais;Luz e movimento;As figuras exibem dramatismo, faces expressivas e roupas esvoaçantes
  • 10. Escultura ItalianaA escultura barroca contraria a idéia anterior do Renascimento, com isso o Barroco se aproxima as formas do ideal clássico, em que o movimento e a expressão são elementos essenciais para escultura, para o período renascentista a forma e a estrutura sóbria eram importantes.
  • 12. Gian Lorenzo BerniniEscultor e arquiteto italiano;Prestou diversos trabalhos para igreja;Entre os mais importantes se destacam: