SlideShare uma empresa Scribd logo
CLIMATOLOGIA
                       1) OBJETIVOS E CONCEITOS


                       2) ELEMENTOS CLIMÁTICOS




Prof. José Francisco Vilela Rosa
1. Objetivos da disciplina
 Fornecer os meios básicos de utilização dos
 subsídios meteorológicos à análise geográfica da
 atmosfera;
 Compreender a influência dos elementos e dos
 fatores climáticos nos processos de ocupação do
 espaço;
 Apresentar os métodos e as técnicas adequados ao
 estudo da realidade climática.
 Desenvolver trabalhos científicos, proporcionando a
 oportunidade de trabalhar com a criatividade e
 análise de textos da área.
2. Definições e Conceitos
A climatologia é um dos ramos da geografia física que
  estuda o clima e o tempo.

  Tempo atmosférico ou meteorológico: é o estado atual
  da atmosfera em determinado local e instante, sendo
  caracterizado pelas condições de temperatura, umidade,
  vento, radiação, chuva e etc.

  Clima: A palavra clima deriva do grego e significa
  "inclinação" referindo-se a curvatura da Terra, que
  condiciona em grande parte os diferentes tipos climáticos
  terrestres.
HANN (1882): "Clima é o conjunto de elementos
meteorológicos que caracterizam o estado médio da
atmosfera num determinado ponto sobre a superfície
terrestre”.

SORRE (1934): "Clima passa a ser o ambiente
atmosférico constituído pela série de estados da
atmosfera em um determinado lugar e sua sucessão
habitual”.

OMM (1960): estado médio da atmosfera
caracterizado pela temperatura, umidade, vento,
chuva, pressão, radiação solar etc, em um período de
no mínimo trinta anos (30) de observação.
Elementos do Clima
São grandezas (variáveis) que caracterizam o estado
  da atmosfera, ou seja:

  radiação solar,
  temperatura do ar,
  umidade do ar,
  pressão atmosférica,
  velocidade e direção do vento,
   precipitação.

Esse conjunto de variáveis descreve as condições
   atmosféricas em um dado local e instante.
Fatores do Clima
   são os agentes causais que condicionam os elementos do
   clima. Fatores geográficos tais como
   Latitude;
   Altitude;
   continentalidade/ maritimidade;
   tipo de corrente oceânica (fria ou quente);
   Vegetação;
   Frentes;
E outros fatores, interferem nos elementos do clima.

Observação: A radiação solar pode ser tomada como
   elemento ou fator do clima, pois quando a radiação
   começa a influenciar na variação diária da temperatura
   do ar esta se torna um fator do clima, mas não deixa de
   ser, por natureza um elemento do clima.
Normal Climatológica
Valor padrão reconhecido de um elemento meteorológico,
    considerando a média de sua ocorrência em um determinado
    local, por um número determinado de anos.
"Normal" significa a distribuição dos dados dentro de uma faixa
    de incidência habitual.
Os parâmetros podem incluir temperaturas pressão, precipitação,
    ventos, quantidade de nuvens, percentagem de umidade
    relativa, etc.

As normais, até o momento, compreendem três momentos:
    1901-1930: primeira normal climatológica;
    1931-1960: segunda normal climatológica;
    1961-1990: terceira normal climatológica;
    1991-2020: quarta normal climatológica (ainda em avaliação
    e registro);
A Meteorologia é definida como a
  ciência que estuda os fenômenos que
  ocorrem na atmosfera, e está
  relacionada ao estado físico, dinâmico
  e químico da atmosfera, a interação
  entre elas e a superfície terrestre
  subjacente.
A Climatologia é uma sub-área da
meteorologia que estuda o comportamento
médio da atmosfera para um determinado
período, através de métodos estatísticos.

A Climatologia Geográfica é a disciplina
que estuda a relação entre os elementos e
fatores do clima e suas relações com a
produção e organização do espaço.
• OMM: A Organização Meteorológica Mundial é órgão em
  escala global responsável pela observação, padronização
  e divulgação dos dados relacionados ao clima no planeta.



• INMET: O Instituto Nacional de Meteorologia é órgão na
  escala nacional responsável pela observação,
  padronização e divulgação dos dados relacionados ao
  clima no Brasil.

• Juntamente com o INMET o INPE/CPTEC (Instituto
  Nacional de Pesquisas Espaciais/Centro de Previsão de
  Tempo e Clima) também responde por grande parte da
  observação de superfície no Brasil. Atualmente o INMET
  detém as redes de estações Convencionais e o INPE a
  rede de Estações Automáticas.
Estação Meteorológica de Observação
de Superfície: Local padronizado onde se
encontram instalados os sensores que
avaliam e registram os elementos do Clima.
A área deve possuir amplo horizonte e
distante de obstáculos. O solo deverá ser
coberto com grama.

As observações são feitas sempre as 09h00,
15h00 e 21h00 min hora local que
representam 12TMG, 18TMG e 24TMG. Nas
estações meteorológicas o horário de verão é
desconsiderado.
ATMOSFERA TERRESTRE
As características físicas são complexas.
Misturam-se: partículas sólidas, massas líquidas
e elementos gasosos (os gases da alta
atmosfera caracterizam-se por outro estado da
matéria, o plasma).
A atmosfera é constituída de cinco
camadas: troposfera, estratosfera, mesosfera,
termosfera e exosfera.
O ar se torna mais rarefeito quanto mais a gente
sobe.
 A troposfera é a única camada em que os seres
vivos podem respirar normalmente.
Constituintes Não -Variáveis da atmosfera
Constituintes Variáveis da atmosfera
VAPOR D’ÁGUA
• Matéria prima para a formação das nuvens;
• Veículo para o transporte de calor na atmosfera,
  conduzindo-o sob a forma latente e liberando-o na forma
  de calor sensível;
• Atua como agente termorregulador, em virtude do “efeito
  estufa” que produz.
• Absorvedor de ondas infravermelhas


DIÓXIDO DE CARBONO (CO2)
• Termorregulador;
• Absorvedor de ondas longas;
• Sua emissão crescente pelo generalizado de combustíveis
  fosseis é preocupante (desequilíbrio climático –
  aquecimento global).
Ozônio (O3)

• Sua presença pode ser aumentada pelas atividades
  industriais e queima de combustíveis fósseis;
• É oxidante causando danos à vegetação e à saúde
  humana;
• Suas concentrações máximas ocorrem entre 15 e 30 km
  de altitude;
• Ele absorve radiação ultravioleta na faixa de 2400 a
  3200 Å, impedindo assim que essa radiação letal chegue
  a superfície terrestre, o que causaria morte de
  organismos unicelulares e de células superficiais de
  plantas e animais. Essa radiação pode danificar o
  material genético (DNA) das células.
• Desempenha também papel no aquecimento da alta
  atmosfera.
ESTRUTURA VERTICAL DA ATMOSFERA

 É uma estrutura extremamente variável
 quanto a inúmeros aspectos: composição,
 temperatura, umidade, pressão,
 movimento etc.
 É dividida em camadas.
 A mais relevante é a TROPOSFERA, é
 onde a maioria dos fenômenos
 meteorológicos de efeito prático ocorrem.
• Troposfera - As condições climáticas
  acontecem na camada inferior da atmosfera,
  chamada troposfera. Essa camada se estende
  até aproximadamente 15 km do solo, no
  equador, e a aproximadamente 8 km nos pólos.
• Estratosfera - A estratosfera chega a 50 km do
  solo. A temperatura vai de 60ºC negativos na
  base ao ponte de congelamento na parte de
  cima. A estratosfera contém ozônio, um gás que
  absorve os prejudiciais raios ultravioleta do Sol.
  Hoje, a poluição está ocasionando "buracos" na
  camada de ozônio.
• Mesosfera - O topo da mesosfera fica a 80 km
  do solo. É muito fria, com temperaturas abaixo
  de 100ºC negativos. A parte inferior é mais
  quente porque absorve calor da estratosfera.
• Termosfera - O topo da termosfera fica a cerca
  de 450 km acima da Terra. É a camada mais
  quente, uma vez que as raras moléculas de ar
  absorvem a radiação do Sol. As temperaturas
  no topo chegam a 2.000ºC.
• Exosfera - A camada superior da atmosfera fica
  a mais ou menos 900 km acima da Terra. O ar é
  muito rarefeito e as moléculas de gás
  "escapam" constantemente para o espaço. Por
  isso é chamada de exosfera (parte externa da
  atmosfera).
ELEMENTOS CLIMÁTICOS
ELEMENTOS CLIMÁTICOS
ELEMENTOS CLIMÁTICOS: São os aspectos do tempo e do
clima influenciados pelos fatores climáticos. Ex:
 TEMPERATURA
 PRESSÃO ATMOSFÉRICA
 UMIDADE RELATIVA DO AR
 PRECIPITAÇÕES


 1 – FRONTAL
 2 – OROGRÁFICA
 3 - CONVECTIVA
Temperatura
•   Conceito
•   Unidades
•   Escalas e Conversões.
•   Valores de temperaturas: casos especiais
    da climatologia.
             T9h + 2 x T21h + TMAX + TMIN
         T =
                           5
Normais de temperatura em algumas capitais.
Pressão atmosférica
Pressão atmosférica é a força causada pelo ar sobre a
superfície terrestre.

Ela depende da latitude, altitude e temperatura.

Os gases também são compostos por matéria, possuem
massa e ocupam lugar no espaço.

A pressão exercida por esta camada é sentida por todos os
corpos que estiverem no interior da mesma.

A pressão a um determinado nível é então igual ao peso da
coluna de ar existente entre ele e o nível superior da
atmosfera.

Quanto maior a altitude, menor a pressão e vice-versa.
A temperatura também tem forte influencia na
modificação da pressão atmosférica. Isto porque o ar
quente é leve, ou seja, sobe e como conseqüência
diminui a pressão. E em regiões de baixa temperatura
há maior pressão, visto que o ar frio tende a descer.

O movimento do ar decorre da diferença de pressão. Ele
se movimenta das altas para as área de baixa pressão.
Esse movimento do ar chamamos de vento.

Quanto menor a latitude, menor a pressão. Nas regiões
mais quentes, região equatorial, o ar se dilata ficando
leve, por isso tem uma baixa pressão. Próximo aos
pólos, o frio contrai o ar, deixando mais denso, tendo
uma maior pressão.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 2_Clima_1ano
Aula 2_Clima_1anoAula 2_Clima_1ano
Aula 2_Clima_1ano
Suely Takahashi
 
5 fatores e elementos climáticos
5 fatores e elementos climáticos5 fatores e elementos climáticos
5 fatores e elementos climáticos
karolpoa
 
Climatologia - Aula 2
Climatologia  - Aula 2Climatologia  - Aula 2
Climatologia - Aula 2
marciotecsoma
 
Geo em-climatologia-novo
Geo em-climatologia-novoGeo em-climatologia-novo
Geo em-climatologia-novo
Karina Maria da Silva
 
A atmosfera e sua dinamica: o tempo e o clima
A atmosfera e sua dinamica: o tempo e o climaA atmosfera e sua dinamica: o tempo e o clima
A atmosfera e sua dinamica: o tempo e o clima
Judson Malta
 
Geo clima
Geo climaGeo clima
Geo clima
PedroFrancisco84
 
Tempo e clima
Tempo e climaTempo e clima
Tempo e clima
TI Medianeira
 
Fenômenos atmosféricos
Fenômenos atmosféricosFenômenos atmosféricos
Fenômenos atmosféricos
Allanzito Pinheiro
 
A atmosfera terrestre
A atmosfera terrestreA atmosfera terrestre
A atmosfera terrestre
Ione Rocha
 
Apresentacao clima pdf_evd_001717_
Apresentacao clima pdf_evd_001717_Apresentacao clima pdf_evd_001717_
Apresentacao clima pdf_evd_001717_
Walter Gonçalves
 
Atmosfera e Fatores Climaticos
Atmosfera e Fatores ClimaticosAtmosfera e Fatores Climaticos
Atmosfera e Fatores Climaticos
Vania Leão
 
A dinâmica da atmosfera
A dinâmica da atmosferaA dinâmica da atmosfera
A dinâmica da atmosfera
Estude Mais
 
fatores e elementos climáticos
 fatores e elementos climáticos fatores e elementos climáticos
fatores e elementos climáticos
Carolina Corrêa
 
Fatores e elementos climáticos
Fatores e elementos climáticosFatores e elementos climáticos
Fatores e elementos climáticos
ETEC de Barueri
 
Dinâmica climática
Dinâmica climáticaDinâmica climática
Dinâmica climática
Roberta Sumar
 
A atmosfera e sua dinamica o tempo nap
A atmosfera e sua dinamica o tempo napA atmosfera e sua dinamica o tempo nap
A atmosfera e sua dinamica o tempo nap
gisele picolli
 
Atmosfera, tempo e fatores climáticos
Atmosfera, tempo e fatores climáticosAtmosfera, tempo e fatores climáticos
Atmosfera, tempo e fatores climáticos
Professor
 
Dinâmica atmosférica, climática e hidrográfica no planeta terra
Dinâmica atmosférica, climática e hidrográfica no planeta terraDinâmica atmosférica, climática e hidrográfica no planeta terra
Dinâmica atmosférica, climática e hidrográfica no planeta terra
Claudia França
 
Fatores climáticos
Fatores climáticosFatores climáticos
Fatores e elementos climáticos
Fatores e elementos climáticosFatores e elementos climáticos
Fatores e elementos climáticos
karolpoa
 

Mais procurados (20)

Aula 2_Clima_1ano
Aula 2_Clima_1anoAula 2_Clima_1ano
Aula 2_Clima_1ano
 
5 fatores e elementos climáticos
5 fatores e elementos climáticos5 fatores e elementos climáticos
5 fatores e elementos climáticos
 
Climatologia - Aula 2
Climatologia  - Aula 2Climatologia  - Aula 2
Climatologia - Aula 2
 
Geo em-climatologia-novo
Geo em-climatologia-novoGeo em-climatologia-novo
Geo em-climatologia-novo
 
A atmosfera e sua dinamica: o tempo e o clima
A atmosfera e sua dinamica: o tempo e o climaA atmosfera e sua dinamica: o tempo e o clima
A atmosfera e sua dinamica: o tempo e o clima
 
Geo clima
Geo climaGeo clima
Geo clima
 
Tempo e clima
Tempo e climaTempo e clima
Tempo e clima
 
Fenômenos atmosféricos
Fenômenos atmosféricosFenômenos atmosféricos
Fenômenos atmosféricos
 
A atmosfera terrestre
A atmosfera terrestreA atmosfera terrestre
A atmosfera terrestre
 
Apresentacao clima pdf_evd_001717_
Apresentacao clima pdf_evd_001717_Apresentacao clima pdf_evd_001717_
Apresentacao clima pdf_evd_001717_
 
Atmosfera e Fatores Climaticos
Atmosfera e Fatores ClimaticosAtmosfera e Fatores Climaticos
Atmosfera e Fatores Climaticos
 
A dinâmica da atmosfera
A dinâmica da atmosferaA dinâmica da atmosfera
A dinâmica da atmosfera
 
fatores e elementos climáticos
 fatores e elementos climáticos fatores e elementos climáticos
fatores e elementos climáticos
 
Fatores e elementos climáticos
Fatores e elementos climáticosFatores e elementos climáticos
Fatores e elementos climáticos
 
Dinâmica climática
Dinâmica climáticaDinâmica climática
Dinâmica climática
 
A atmosfera e sua dinamica o tempo nap
A atmosfera e sua dinamica o tempo napA atmosfera e sua dinamica o tempo nap
A atmosfera e sua dinamica o tempo nap
 
Atmosfera, tempo e fatores climáticos
Atmosfera, tempo e fatores climáticosAtmosfera, tempo e fatores climáticos
Atmosfera, tempo e fatores climáticos
 
Dinâmica atmosférica, climática e hidrográfica no planeta terra
Dinâmica atmosférica, climática e hidrográfica no planeta terraDinâmica atmosférica, climática e hidrográfica no planeta terra
Dinâmica atmosférica, climática e hidrográfica no planeta terra
 
Fatores climáticos
Fatores climáticosFatores climáticos
Fatores climáticos
 
Fatores e elementos climáticos
Fatores e elementos climáticosFatores e elementos climáticos
Fatores e elementos climáticos
 

Destaque

Climatologia geral e do brasil
Climatologia geral e do brasilClimatologia geral e do brasil
Climatologia geral e do brasil
Jeus Lima Torres
 
Os elementos-do-clima geografia
Os elementos-do-clima geografiaOs elementos-do-clima geografia
Os elementos-do-clima geografia
Diogo Rodrigues
 
Teorias de crescimento populacional segundo dr Ivomboa
Teorias de crescimento populacional segundo dr IvomboaTeorias de crescimento populacional segundo dr Ivomboa
Teorias de crescimento populacional segundo dr Ivomboa
Ivaristo Americo
 
Climatologia no brasil
Climatologia no brasilClimatologia no brasil
Climatologia no brasil
Carolina Corrêa
 
3 atmosfera
3 atmosfera3 atmosfera
3 atmosfera
Carolina Corrêa
 
Vapor de Agua na Atmosfera
Vapor de Agua na AtmosferaVapor de Agua na Atmosfera
Vapor de Agua na Atmosfera
Mussagy Sidine Massango
 
Atmosfera, tempo e clima
Atmosfera, tempo e climaAtmosfera, tempo e clima
Atmosfera, tempo e clima
Débora Sales
 
Aula de interação dos elementos do clima com os fatores do clima
Aula de interação dos elementos do clima com os fatores do climaAula de interação dos elementos do clima com os fatores do clima
Aula de interação dos elementos do clima com os fatores do clima
Gabriel Lecoque Francisco
 
DinâMica De PopulaçõEs
DinâMica De PopulaçõEsDinâMica De PopulaçõEs
DinâMica De PopulaçõEs
profatatiana
 
Populacao mundial e teorias demográficas
Populacao mundial e teorias demográficasPopulacao mundial e teorias demográficas
Populacao mundial e teorias demográficas
dela28
 
Apostila de fisiologia vegetal 2009
Apostila de fisiologia vegetal 2009Apostila de fisiologia vegetal 2009
Apostila de fisiologia vegetal 2009
Robbyson Melo
 
Elementos climáticos 1º Ano Ensino Médio
Elementos climáticos 1º Ano Ensino MédioElementos climáticos 1º Ano Ensino Médio
Elementos climáticos 1º Ano Ensino Médio
Elis Costa
 
Elementos e fatores_climaticos
Elementos e fatores_climaticosElementos e fatores_climaticos
Elementos e fatores_climaticos
marcokiko84
 
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Cre Educação
 
Distribuição da precipitação
Distribuição da precipitaçãoDistribuição da precipitação
Distribuição da precipitação
professoraIsabel
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Teorias Demográficas
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia -  Teorias Demográficas www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia -  Teorias Demográficas
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Teorias Demográficas
Aulas De Geografia Apoio
 
Teorias demográficas resumão - 2° ano - em
Teorias demográficas   resumão - 2° ano - emTeorias demográficas   resumão - 2° ano - em
Teorias demográficas resumão - 2° ano - em
Paes Viana
 
Climatologia Geral E Do Brasil
Climatologia Geral E Do BrasilClimatologia Geral E Do Brasil
Climatologia Geral E Do Brasil
Cica2010
 
Teorias demográficas
Teorias demográficasTeorias demográficas
Teorias demográficas
flaviocosac
 
TEORIAS DEMOGRÁFICAS (DE MALTHUS A TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA)
TEORIAS DEMOGRÁFICAS (DE MALTHUS A TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA)TEORIAS DEMOGRÁFICAS (DE MALTHUS A TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA)
TEORIAS DEMOGRÁFICAS (DE MALTHUS A TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA)
Guilherme Lemos
 

Destaque (20)

Climatologia geral e do brasil
Climatologia geral e do brasilClimatologia geral e do brasil
Climatologia geral e do brasil
 
Os elementos-do-clima geografia
Os elementos-do-clima geografiaOs elementos-do-clima geografia
Os elementos-do-clima geografia
 
Teorias de crescimento populacional segundo dr Ivomboa
Teorias de crescimento populacional segundo dr IvomboaTeorias de crescimento populacional segundo dr Ivomboa
Teorias de crescimento populacional segundo dr Ivomboa
 
Climatologia no brasil
Climatologia no brasilClimatologia no brasil
Climatologia no brasil
 
3 atmosfera
3 atmosfera3 atmosfera
3 atmosfera
 
Vapor de Agua na Atmosfera
Vapor de Agua na AtmosferaVapor de Agua na Atmosfera
Vapor de Agua na Atmosfera
 
Atmosfera, tempo e clima
Atmosfera, tempo e climaAtmosfera, tempo e clima
Atmosfera, tempo e clima
 
Aula de interação dos elementos do clima com os fatores do clima
Aula de interação dos elementos do clima com os fatores do climaAula de interação dos elementos do clima com os fatores do clima
Aula de interação dos elementos do clima com os fatores do clima
 
DinâMica De PopulaçõEs
DinâMica De PopulaçõEsDinâMica De PopulaçõEs
DinâMica De PopulaçõEs
 
Populacao mundial e teorias demográficas
Populacao mundial e teorias demográficasPopulacao mundial e teorias demográficas
Populacao mundial e teorias demográficas
 
Apostila de fisiologia vegetal 2009
Apostila de fisiologia vegetal 2009Apostila de fisiologia vegetal 2009
Apostila de fisiologia vegetal 2009
 
Elementos climáticos 1º Ano Ensino Médio
Elementos climáticos 1º Ano Ensino MédioElementos climáticos 1º Ano Ensino Médio
Elementos climáticos 1º Ano Ensino Médio
 
Elementos e fatores_climaticos
Elementos e fatores_climaticosElementos e fatores_climaticos
Elementos e fatores_climaticos
 
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
Orientações inad semana saúde na escola 2013_04_03
 
Distribuição da precipitação
Distribuição da precipitaçãoDistribuição da precipitação
Distribuição da precipitação
 
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Teorias Demográficas
 www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia -  Teorias Demográficas www.AulasDeGeografiaApoio.com  -  Geografia -  Teorias Demográficas
www.AulasDeGeografiaApoio.com - Geografia - Teorias Demográficas
 
Teorias demográficas resumão - 2° ano - em
Teorias demográficas   resumão - 2° ano - emTeorias demográficas   resumão - 2° ano - em
Teorias demográficas resumão - 2° ano - em
 
Climatologia Geral E Do Brasil
Climatologia Geral E Do BrasilClimatologia Geral E Do Brasil
Climatologia Geral E Do Brasil
 
Teorias demográficas
Teorias demográficasTeorias demográficas
Teorias demográficas
 
TEORIAS DEMOGRÁFICAS (DE MALTHUS A TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA)
TEORIAS DEMOGRÁFICAS (DE MALTHUS A TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA)TEORIAS DEMOGRÁFICAS (DE MALTHUS A TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA)
TEORIAS DEMOGRÁFICAS (DE MALTHUS A TRANSIÇÃO DEMOGRÁFICA)
 

Semelhante a Aula 1 -_conceitos_e_elementos_climáticos

CLIMAS DO BRASIL.ppt
CLIMAS DO BRASIL.pptCLIMAS DO BRASIL.ppt
CLIMAS DO BRASIL.ppt
AlissonVinicius15
 
Climatologia
Climatologia Climatologia
Climatologia
Gla Santos
 
O CLIMA - Meio Natural 9º
O CLIMA - Meio Natural 9ºO CLIMA - Meio Natural 9º
O CLIMA - Meio Natural 9º
Victor Veiga
 
1º ANO NEM.pptx
1º ANO NEM.pptx1º ANO NEM.pptx
1º ANO NEM.pptx
adrianabressansorato
 
Trabalho F.Q Gonçalo Silva 8ºD Climatologia
Trabalho F.Q Gonçalo Silva 8ºD ClimatologiaTrabalho F.Q Gonçalo Silva 8ºD Climatologia
Trabalho F.Q Gonçalo Silva 8ºD Climatologia
Gonçalo Silva
 
Climatologia
ClimatologiaClimatologia
Climatologia
marcokiko84
 
EM-1ª-SERIE-Aula-de-GEOGRAFIA-A-Atmosfera-e-sua-Dinamica-07-05-2020.ppt
EM-1ª-SERIE-Aula-de-GEOGRAFIA-A-Atmosfera-e-sua-Dinamica-07-05-2020.pptEM-1ª-SERIE-Aula-de-GEOGRAFIA-A-Atmosfera-e-sua-Dinamica-07-05-2020.ppt
EM-1ª-SERIE-Aula-de-GEOGRAFIA-A-Atmosfera-e-sua-Dinamica-07-05-2020.ppt
AntonioCarlos151949
 
3-clima-blog.ppt
3-clima-blog.ppt3-clima-blog.ppt
3-clima-blog.ppt
SarahAlves89
 
Interação sol terra
Interação sol terraInteração sol terra
Interação sol terra
Nome Sobrenome
 
A atmosfera terrestre
A atmosfera terrestreA atmosfera terrestre
A atmosfera terrestre
Colégio Nova Geração COC
 
Clima Geral e Brasileiro para Ensino Médio
Clima Geral e Brasileiro para Ensino MédioClima Geral e Brasileiro para Ensino Médio
Clima Geral e Brasileiro para Ensino Médio
Artur Lara
 
Aulas climatologia
Aulas climatologiaAulas climatologia
Aulas climatologia
Nuno Lemos
 
Clima e formaçoes vegetais
Clima e formaçoes vegetaisClima e formaçoes vegetais
Clima e formaçoes vegetais
Prof.Paulo/geografia
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
Léo Santos
 
Geografia atmosfera
Geografia atmosferaGeografia atmosfera
Geografia atmosfera
Lilian Larroca
 
CLIMATOLOGIA.ppt
CLIMATOLOGIA.pptCLIMATOLOGIA.ppt
CLIMATOLOGIA.ppt
AlissonVinicius15
 
Atmosfera terrestre - Geografia
Atmosfera terrestre - GeografiaAtmosfera terrestre - Geografia
Atmosfera terrestre - Geografia
Positivo e Sesi
 
Livro hidrologia clima
Livro hidrologia climaLivro hidrologia clima
Livro hidrologia clima
Sérgio Gomes
 
Atmosfera, tempo e clima 2
Atmosfera, tempo e clima 2Atmosfera, tempo e clima 2
Atmosfera, tempo e clima 2
Google
 
clima-ensinomdio-161002212521.pdf
clima-ensinomdio-161002212521.pdfclima-ensinomdio-161002212521.pdf
clima-ensinomdio-161002212521.pdf
EduardoBarroso37
 

Semelhante a Aula 1 -_conceitos_e_elementos_climáticos (20)

CLIMAS DO BRASIL.ppt
CLIMAS DO BRASIL.pptCLIMAS DO BRASIL.ppt
CLIMAS DO BRASIL.ppt
 
Climatologia
Climatologia Climatologia
Climatologia
 
O CLIMA - Meio Natural 9º
O CLIMA - Meio Natural 9ºO CLIMA - Meio Natural 9º
O CLIMA - Meio Natural 9º
 
1º ANO NEM.pptx
1º ANO NEM.pptx1º ANO NEM.pptx
1º ANO NEM.pptx
 
Trabalho F.Q Gonçalo Silva 8ºD Climatologia
Trabalho F.Q Gonçalo Silva 8ºD ClimatologiaTrabalho F.Q Gonçalo Silva 8ºD Climatologia
Trabalho F.Q Gonçalo Silva 8ºD Climatologia
 
Climatologia
ClimatologiaClimatologia
Climatologia
 
EM-1ª-SERIE-Aula-de-GEOGRAFIA-A-Atmosfera-e-sua-Dinamica-07-05-2020.ppt
EM-1ª-SERIE-Aula-de-GEOGRAFIA-A-Atmosfera-e-sua-Dinamica-07-05-2020.pptEM-1ª-SERIE-Aula-de-GEOGRAFIA-A-Atmosfera-e-sua-Dinamica-07-05-2020.ppt
EM-1ª-SERIE-Aula-de-GEOGRAFIA-A-Atmosfera-e-sua-Dinamica-07-05-2020.ppt
 
3-clima-blog.ppt
3-clima-blog.ppt3-clima-blog.ppt
3-clima-blog.ppt
 
Interação sol terra
Interação sol terraInteração sol terra
Interação sol terra
 
A atmosfera terrestre
A atmosfera terrestreA atmosfera terrestre
A atmosfera terrestre
 
Clima Geral e Brasileiro para Ensino Médio
Clima Geral e Brasileiro para Ensino MédioClima Geral e Brasileiro para Ensino Médio
Clima Geral e Brasileiro para Ensino Médio
 
Aulas climatologia
Aulas climatologiaAulas climatologia
Aulas climatologia
 
Clima e formaçoes vegetais
Clima e formaçoes vegetaisClima e formaçoes vegetais
Clima e formaçoes vegetais
 
Atmosfera
AtmosferaAtmosfera
Atmosfera
 
Geografia atmosfera
Geografia atmosferaGeografia atmosfera
Geografia atmosfera
 
CLIMATOLOGIA.ppt
CLIMATOLOGIA.pptCLIMATOLOGIA.ppt
CLIMATOLOGIA.ppt
 
Atmosfera terrestre - Geografia
Atmosfera terrestre - GeografiaAtmosfera terrestre - Geografia
Atmosfera terrestre - Geografia
 
Livro hidrologia clima
Livro hidrologia climaLivro hidrologia clima
Livro hidrologia clima
 
Atmosfera, tempo e clima 2
Atmosfera, tempo e clima 2Atmosfera, tempo e clima 2
Atmosfera, tempo e clima 2
 
clima-ensinomdio-161002212521.pdf
clima-ensinomdio-161002212521.pdfclima-ensinomdio-161002212521.pdf
clima-ensinomdio-161002212521.pdf
 

Último

Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
fagnerlopes11
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
vinibolado86
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
ProfessoraTatianaT
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Pedro Luis Moraes
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 

Último (20)

Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
-Rudolf-Laban-e-a-teoria-do-movimento.ppt
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024Slide de biologia aula2  2 bimestre no ano de 2024
Slide de biologia aula2 2 bimestre no ano de 2024
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGTUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
TUTORIAL PARA LANÇAMENTOGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGGG
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdfAula Contrato Individual de Trabalho .pdf
Aula Contrato Individual de Trabalho .pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 

Aula 1 -_conceitos_e_elementos_climáticos

  • 1. CLIMATOLOGIA 1) OBJETIVOS E CONCEITOS 2) ELEMENTOS CLIMÁTICOS Prof. José Francisco Vilela Rosa
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11. 1. Objetivos da disciplina Fornecer os meios básicos de utilização dos subsídios meteorológicos à análise geográfica da atmosfera; Compreender a influência dos elementos e dos fatores climáticos nos processos de ocupação do espaço; Apresentar os métodos e as técnicas adequados ao estudo da realidade climática. Desenvolver trabalhos científicos, proporcionando a oportunidade de trabalhar com a criatividade e análise de textos da área.
  • 12. 2. Definições e Conceitos A climatologia é um dos ramos da geografia física que estuda o clima e o tempo. Tempo atmosférico ou meteorológico: é o estado atual da atmosfera em determinado local e instante, sendo caracterizado pelas condições de temperatura, umidade, vento, radiação, chuva e etc. Clima: A palavra clima deriva do grego e significa "inclinação" referindo-se a curvatura da Terra, que condiciona em grande parte os diferentes tipos climáticos terrestres.
  • 13. HANN (1882): "Clima é o conjunto de elementos meteorológicos que caracterizam o estado médio da atmosfera num determinado ponto sobre a superfície terrestre”. SORRE (1934): "Clima passa a ser o ambiente atmosférico constituído pela série de estados da atmosfera em um determinado lugar e sua sucessão habitual”. OMM (1960): estado médio da atmosfera caracterizado pela temperatura, umidade, vento, chuva, pressão, radiação solar etc, em um período de no mínimo trinta anos (30) de observação.
  • 14. Elementos do Clima São grandezas (variáveis) que caracterizam o estado da atmosfera, ou seja: radiação solar, temperatura do ar, umidade do ar, pressão atmosférica, velocidade e direção do vento, precipitação. Esse conjunto de variáveis descreve as condições atmosféricas em um dado local e instante.
  • 15. Fatores do Clima são os agentes causais que condicionam os elementos do clima. Fatores geográficos tais como Latitude; Altitude; continentalidade/ maritimidade; tipo de corrente oceânica (fria ou quente); Vegetação; Frentes; E outros fatores, interferem nos elementos do clima. Observação: A radiação solar pode ser tomada como elemento ou fator do clima, pois quando a radiação começa a influenciar na variação diária da temperatura do ar esta se torna um fator do clima, mas não deixa de ser, por natureza um elemento do clima.
  • 16. Normal Climatológica Valor padrão reconhecido de um elemento meteorológico, considerando a média de sua ocorrência em um determinado local, por um número determinado de anos. "Normal" significa a distribuição dos dados dentro de uma faixa de incidência habitual. Os parâmetros podem incluir temperaturas pressão, precipitação, ventos, quantidade de nuvens, percentagem de umidade relativa, etc. As normais, até o momento, compreendem três momentos: 1901-1930: primeira normal climatológica; 1931-1960: segunda normal climatológica; 1961-1990: terceira normal climatológica; 1991-2020: quarta normal climatológica (ainda em avaliação e registro);
  • 17. A Meteorologia é definida como a ciência que estuda os fenômenos que ocorrem na atmosfera, e está relacionada ao estado físico, dinâmico e químico da atmosfera, a interação entre elas e a superfície terrestre subjacente.
  • 18. A Climatologia é uma sub-área da meteorologia que estuda o comportamento médio da atmosfera para um determinado período, através de métodos estatísticos. A Climatologia Geográfica é a disciplina que estuda a relação entre os elementos e fatores do clima e suas relações com a produção e organização do espaço.
  • 19. • OMM: A Organização Meteorológica Mundial é órgão em escala global responsável pela observação, padronização e divulgação dos dados relacionados ao clima no planeta. • INMET: O Instituto Nacional de Meteorologia é órgão na escala nacional responsável pela observação, padronização e divulgação dos dados relacionados ao clima no Brasil. • Juntamente com o INMET o INPE/CPTEC (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais/Centro de Previsão de Tempo e Clima) também responde por grande parte da observação de superfície no Brasil. Atualmente o INMET detém as redes de estações Convencionais e o INPE a rede de Estações Automáticas.
  • 20. Estação Meteorológica de Observação de Superfície: Local padronizado onde se encontram instalados os sensores que avaliam e registram os elementos do Clima. A área deve possuir amplo horizonte e distante de obstáculos. O solo deverá ser coberto com grama. As observações são feitas sempre as 09h00, 15h00 e 21h00 min hora local que representam 12TMG, 18TMG e 24TMG. Nas estações meteorológicas o horário de verão é desconsiderado.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24. ATMOSFERA TERRESTRE As características físicas são complexas. Misturam-se: partículas sólidas, massas líquidas e elementos gasosos (os gases da alta atmosfera caracterizam-se por outro estado da matéria, o plasma). A atmosfera é constituída de cinco camadas: troposfera, estratosfera, mesosfera, termosfera e exosfera. O ar se torna mais rarefeito quanto mais a gente sobe. A troposfera é a única camada em que os seres vivos podem respirar normalmente.
  • 27. VAPOR D’ÁGUA • Matéria prima para a formação das nuvens; • Veículo para o transporte de calor na atmosfera, conduzindo-o sob a forma latente e liberando-o na forma de calor sensível; • Atua como agente termorregulador, em virtude do “efeito estufa” que produz. • Absorvedor de ondas infravermelhas DIÓXIDO DE CARBONO (CO2) • Termorregulador; • Absorvedor de ondas longas; • Sua emissão crescente pelo generalizado de combustíveis fosseis é preocupante (desequilíbrio climático – aquecimento global).
  • 28. Ozônio (O3) • Sua presença pode ser aumentada pelas atividades industriais e queima de combustíveis fósseis; • É oxidante causando danos à vegetação e à saúde humana; • Suas concentrações máximas ocorrem entre 15 e 30 km de altitude; • Ele absorve radiação ultravioleta na faixa de 2400 a 3200 Å, impedindo assim que essa radiação letal chegue a superfície terrestre, o que causaria morte de organismos unicelulares e de células superficiais de plantas e animais. Essa radiação pode danificar o material genético (DNA) das células. • Desempenha também papel no aquecimento da alta atmosfera.
  • 29. ESTRUTURA VERTICAL DA ATMOSFERA É uma estrutura extremamente variável quanto a inúmeros aspectos: composição, temperatura, umidade, pressão, movimento etc. É dividida em camadas. A mais relevante é a TROPOSFERA, é onde a maioria dos fenômenos meteorológicos de efeito prático ocorrem.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33. • Troposfera - As condições climáticas acontecem na camada inferior da atmosfera, chamada troposfera. Essa camada se estende até aproximadamente 15 km do solo, no equador, e a aproximadamente 8 km nos pólos. • Estratosfera - A estratosfera chega a 50 km do solo. A temperatura vai de 60ºC negativos na base ao ponte de congelamento na parte de cima. A estratosfera contém ozônio, um gás que absorve os prejudiciais raios ultravioleta do Sol. Hoje, a poluição está ocasionando "buracos" na camada de ozônio. • Mesosfera - O topo da mesosfera fica a 80 km do solo. É muito fria, com temperaturas abaixo de 100ºC negativos. A parte inferior é mais quente porque absorve calor da estratosfera.
  • 34. • Termosfera - O topo da termosfera fica a cerca de 450 km acima da Terra. É a camada mais quente, uma vez que as raras moléculas de ar absorvem a radiação do Sol. As temperaturas no topo chegam a 2.000ºC. • Exosfera - A camada superior da atmosfera fica a mais ou menos 900 km acima da Terra. O ar é muito rarefeito e as moléculas de gás "escapam" constantemente para o espaço. Por isso é chamada de exosfera (parte externa da atmosfera).
  • 36. ELEMENTOS CLIMÁTICOS ELEMENTOS CLIMÁTICOS: São os aspectos do tempo e do clima influenciados pelos fatores climáticos. Ex: TEMPERATURA PRESSÃO ATMOSFÉRICA UMIDADE RELATIVA DO AR PRECIPITAÇÕES 1 – FRONTAL 2 – OROGRÁFICA 3 - CONVECTIVA
  • 37. Temperatura • Conceito • Unidades • Escalas e Conversões. • Valores de temperaturas: casos especiais da climatologia. T9h + 2 x T21h + TMAX + TMIN T = 5
  • 38. Normais de temperatura em algumas capitais.
  • 39.
  • 40.
  • 41. Pressão atmosférica Pressão atmosférica é a força causada pelo ar sobre a superfície terrestre. Ela depende da latitude, altitude e temperatura. Os gases também são compostos por matéria, possuem massa e ocupam lugar no espaço. A pressão exercida por esta camada é sentida por todos os corpos que estiverem no interior da mesma. A pressão a um determinado nível é então igual ao peso da coluna de ar existente entre ele e o nível superior da atmosfera. Quanto maior a altitude, menor a pressão e vice-versa.
  • 42.
  • 43. A temperatura também tem forte influencia na modificação da pressão atmosférica. Isto porque o ar quente é leve, ou seja, sobe e como conseqüência diminui a pressão. E em regiões de baixa temperatura há maior pressão, visto que o ar frio tende a descer. O movimento do ar decorre da diferença de pressão. Ele se movimenta das altas para as área de baixa pressão. Esse movimento do ar chamamos de vento. Quanto menor a latitude, menor a pressão. Nas regiões mais quentes, região equatorial, o ar se dilata ficando leve, por isso tem uma baixa pressão. Próximo aos pólos, o frio contrai o ar, deixando mais denso, tendo uma maior pressão.