SlideShare uma empresa Scribd logo
ATRATIVOS
TURÍSTICOS
CULTURAIS
DO RIO DE
JANEIRO
PRAÇA XV
• Rua 1º de Março
• Construído entre 1922 e 1926, no local onde
Tiradentes esteve preso;
• O estilo arquitetônico é eclético;
• Atualmente é Assembleia Legislativa do Rio
de Janeiro;
• A cúpula central retrata céu do Rio de Janeiro
na noite de 15 de Novembro de 1889, quando
a República foi proclamada.
PALÁCIO TIRADENTES
PANTEÃO DE OSÓRIO
Erguido em homenagem ao Marechal Manuel
Luís Osório, por sua bravura na guerra do
Paraguai.(1864-1870);
A estátua foi forjada em Paris com o bronze dos
canhões tomados dos inimigos durante a guerra
do Paraguai;
Em 21 de 1892 o corpo embalsamado do Osório
foi transportado para uma cripta no monumento.
A inauguração ocorreu no dia 12 de Novembro de
1894;
O pedestal da imagem mostra a batalha do Tuiti
e o ataque ao Passo da Pátria.
CHAFARIZ DO MESTRE
VALENTIM
• Rua 1º de Março.
• Ano da inauguração 1750;
• A construção desta fonte foi feita sob a
supervisão do Mestre Valentim, considerado um
dos mais completos artistas do Brasil.;
• No Rio de Janeiro, projetou e executou diversas
obras de talhas nas igrejas cariocas, entre elas:
Ordem 3ª do Carmo, Conceição e Boa Morte, São
Pedro dos Clérigos, Santa Cruz dos Militares e
Ordem 3ª de São Francisco de Paula.
• A chegada da família real se deu bem em
frente ao chafariz do Carmo, mais conhecido
como o chafariz do Mestre Valentim ou
chafariz da pirâmide.
• Até a destruição do Morro do Castelo e a
realização do aterro do mesmo o mar chegava
exatamente até este ponto.
PINTURA DE RICHARD
BATES EM 1808
DEBRET
Largo do Paço, Praça XV
O maior exemplo de arquitetura colonial no
Rio de Janeiro.
Ano 1743.
O Paço foi usado para festas, recepções
oficiais.
Muitos fatos históricos aconteceram nesse
prédio, um exemplo é o dia do Fico .
PAÇO IMPERIAL
IGREJA NOSSA SENHORA DA
LAPA DOS MERCADORES
Rua do Ouvidor.
Construída em 1750 pela Irmandade de
Nossa Senhora da Lapa dos Mercadores;
Obra barroca, embora tenha recebido em suas
restaurações elementos neoclássicos;
Em 1893, durante a revolta da armada, parte
da Igreja foi destruída por uma bala de
canhão do encouraçado Aquidabã.
CENTRO CULTURAL DO
BANCO DO BRASIL(CCBB)
 1º de março.
 Estilo arquitetônico neoclássico;
 Inaugurado como sede da Associação Comercial do
Rio de Janeiro, em 1906, abrigava o pregão da Bolsa
de Fundos Públicos. Na década de 1920 passou a
pertencer ao Banco do Brasil, que o reformou para
abertura de sua sede;
 Inaugurado em 12 de outubro de 1989, o CCBB Rio
de Janeiro transformou-se rapidamente em um dos
centros culturais mais importantes do País. É o
museu/centro cultural mais visitado do Brasil e o
17º no mundo, de acordo com o ranking da
publicação inglesa The Art Newspaper (abril/2013).
IGREJA E MOSTEIRO DE SÃO
BENTO
Rua Dom Geraldo.
A Igreja foi inaugurada em 1641;
Estilo arquitetônico Barroco;
A clausura do Mosteiro não é aberta à
visitação, com exceção de alguns dias como
Corpus Christi e Dia de Finados, onde os fiéis
têm acesso somente ao claustro;
Aos domingos é realizada uma missa solene
que é acompanhada de cantos gregorianos.
IGREJA DE NOSSA SENHORA
DO CARMO DA ANTIGA SÉ
 Rua 1º de março.
 Construída em 1761, foi catedral do Rio de Janeiro
de 1808 a 1976;
 Durante o Reinado de D. Pedro a fachada foi
reconstruída com Estilo Neoclássico, mas em seu
interior predomina o Rococó;
 Esta Igreja foi palco de eventos históricos
importantes como o casamento de D. Pedro I com a
Princesa Leopoldina da Áustria;
 Dizem que os restos mortais de Pedro Álvares Cabral
encontram-se na Igreja.
IGREJA DA TERCEIRA ORDEM DE NOSSA
SENHORA DO MONTE DO CARMO
 1º de Março.
 Sua construção data de 1707;
 Possui uma elegante fachada barroca e um interior
em Rococó, decorada por Mestre Valentim, quando
ele ainda era aprendiz;
 Essa Igreja é separada da Nossa Senhora do Carmo
da Antiga Sé, por uma pequena passagem;
 A Igreja possui um lindo portal do Séc XVIII
importado de Lisboa;
 É considerada uma das Igrejas mais bonitas do Rio
de Janeiro.
IGREJA DA SANTA CRUZ DOS
MILITARES
 1º de março.
 A arquitetura da Igreja é barroca com influências
neoclássicas;
 Esta fortificação existiu entre 1605 e 1632, com a
função de defesa do porto do Rio de Janeiro;
 Em 1632, Martim de Sá doou o prédio para os soldados
da cidade e os mesmos construíram uma capela, que
passou a ser usada para o sepultamento de militares;
 Os militares só assumiram a responsabilidade da Igreja
em 1780, mas a Igreja já estava em ruínas, então
começa uma nova obra que fica pronta em 1811;
 A Igreja foi sagrada na presença de D. João.
 A fachada da Igreja é uma cópia da Igreja de Jesus em
Roma.
IGREJA DA CANDELÁRIA
 Praça Pio X.
 Uma das maiores e mais luxuosas Igrejas do Rio de
Janeiro;
 O projeto de construção começou em 1775 e foi
concluído em 1877;
 Para a construção da Cúpula foram cortadas e
polidas 1.422 peças de pedra calcária de Lioz e
embarcadas para serem montadas no local da
construção da Igreja;
 A sua porta é toda feita de bronze no estilo típico
francês de Luís XV.
CASTELO E
CINELÂNDIA
• Largo da Misericórdia.
• Estilo arquitetônico Barroco;
• Começou como uma cabana feita por José de
Anchieta em 1582. A capela passou por diversas
reformas até se tornar, no século XVIII, a Igreja
de Nossa Senhora de Bonsucesso;
• Acredita-se que o púlpito dessa Igreja seja o mais
antigos do Rio de Janeiro e, que provavelmente,
deu lugar aos sermões de José de Anchieta e
Manuel da Nóbrega.
IGREJA DE NOSSA SENHORA
DE BONSUCESSO
IGREJA DE SANTA LUZIA
Rua Santa Luzia.
Em 1519, o navegador português Fernão de
Magalhães casou-se com Luzia, numa capelinha
de madeira erguida especialmente para as
bodas. Essa foi a origem da atual Igreja de Santa
Luzia. A imagem da santa foi trazida para o Rio
por Estácio de Sá, em 1565. É um dos mais
antigos templos católicos da cidade;
 A arquitetura jesuítica foi muito modificada, mas
preserva na sua fachada o estilo neoclássico;
Até a derrubada do morro do castelo e o seu
aterro, o mar ia até a frente da Igreja.
GEORGE LEUZINGER, 1865
Praça Marechal Âncora.
Criado em 1922;
Um dos maiores e mais importantes museus
da cidade;
Possui um acervos de quase 30.000 peças.
Antigamente o prédio era um forte: o Forte de
São Tiago e da Prisão do Calabouço;
Tiradentes foi esquartejado na casa do trem
que fica dentro do Prédio.
MUSEU HISTÓRICO NACIONAL
THEATRO MUNICIPAL
 Praça Floriano.
 Estilo Neoclássico;
 O projeto do theatro realizado de 1905-1909 e foi
constrído com material importado da Europa;
 A obra durou quatro anos e meio mais tarde – um
tempo recorde para a obra, e teve o revezamento de
280 operários em dois turnos de trabalho – no dia
14 de julho de 1909 foi inaugurado pelo presidente
Nilo Peçanha o Theatro Municipal do Rio de Janeiro,
que tinha capacidade para 1.739 espectadores
 O projeto foi inspirado na ópera Garnier de Paris;
O projeto foi inspirado na ópera Garnier de
Paris;
O seu interior é adornado com elementos que
remetem a simbologia do teatro;
O prédio é decorado no estilo Luís XVI, com
mármores de Carrara, ônix, bronze, cristais e
vitrais;
Todo do cristal, o lustre central do teatro é um
monumento a parte.
MUSEU DE BELAS ARTES
Av. Rio Branco.
Estilo eclético;
Inaugurado em 1938;
Possui um acervo de cerca de 20.000 obras;
Foi inspirado no museu do Louvre.
ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS
Av. Presidente Wilson
Construída em 1922 para abrigar o pavilhão
da França na exposição do centenário da
Independência do Brasil;
Tem como objetivo a proteção do idioma
nacional e a promoção do seu uso correto;
O prédio é uma réplica do Petit Trianon de
Versallhes, que é um palácio construído no
século XVIII pelo Rei Luis XV para a sua
amante, a Madame de Pompadour.
CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL
Av. Rio Branco.
A construção, iniciada em 1905, destinava-se
à Mitra Arquiepiscopal do Rio de Janeiro.
Adquirida pelo Governo Federal, tornou-se
sede do Supremo Tribunal Federal de 1909 a
1960.
Este prédio é um dos exemplos mais
impressionantes do estilo eclético em voga no
início do século XX;
Na fachada, predominam elementos do
classicismo francês. As portas, ricas em
detalhes referentes à
Justiça, foram talhadas pelo artista português
Manoel Ferreira Tunes. A escadaria em
mármore de Carrara
e ferro trabalhado revela o estilo art nouveau.
As janelas retangulares lembram as góticas.
LARGO DA
CARIOCA
 Rua Gonçalves Dias.
 Fundada em 1894 por portugueses;
 Sua aparência é a mesma desde 1913 e é um clássico
exemplo de art nouveau;
 Aa sua aparência remete o visitante ao início do século XX,
quando os cafés eram moda na cidade do Rio de Janeiro;
 Conhecidos artistas e escritores costumavam frequentar o
lugar;
 A confeitaria já recebeu a visita ilustre do ex-presidente
americano Roosevelt, da Rainha Elizabeth II da Inglaterra.
Além disso,todos os presidentes do Brasil nos últimos cem
anos tomaram chá na confeitaria;
 Atualmente há uma filial no forte de Copacabana.
CONFEITARIA COLOMBO
CATEDRAL METROPOLITANA
Av. República do Chile.
Inaugurada em 1979
A catedral é dedicada ao santo padroeiro da
cidade, São Sebastião;
A porta principal é formada por relevos em
bronze e tem, como tema, a fé;
Os enormes vitrais representam as
características da Igreja; cada um com a
predominância de uma cor: uma (verde),
santa (vermelho), católica (azul) e apostólica
(amarelo);
No subsolo da Igreja há um museu de Arte
Sacra, onde temos as pias batismais da
família real e o trono de D. Pedro II.
Largo da Carioca.
A Igreja foi finalizada em 1620;
Situada no que restou do morro de Santo
Antônio;
O convento forma, junto com a vizinha Igreja
da Ordem Terceira de São Francisco da
Penitência, um dos mais antigos e
importantes
conjuntos coloniais remanescentes da cidade;
IGREJA E CONVENTO DE
SANTO ANTÔNIO
Uma das características mais importantes do
mosteiro é decoração barroca dos três altares
da capela- Mor, datados do início do século
XVIII;
No pátio que leva à entrada, ao lado da porta
da Igreja, um nicho de granito guarda a
famosa estátua de Santo Antônio, que diz-se
ter protegido a cidade da invasão francesa.
Seu papel foi tão importante que durante
anos ele recebeu soldo como militar.
IGREJA DA ORDEM TERCEIRA DE
SÃO FRANCISCO DA PENITÊNCIA
 Largo da carioca.
 Terminada em 1736;
 A estonteante decoração barroca, o interior
recoberto com ouro fazem dessa Igreja uma
verdadeira joia da arquitetura e uma das mais belas
do país;
 Apesar de serem vizinhas, a Igreja de Santo Antônio
e a Igreja da ordem terceira de São Francisco da
penitência, possuem atritos que fazem com que a
parte visível da capela desde a Igreja de Santo
Antônio mantenha-se fechada por cortinas e grades.
LAPA
 Apesar de a estrutura dos arcos datar da metade do Século
XVIII, concluída com o uso de mão-de-obra escrava o projeto
inicial do aqueduto teve início no final de 1600, por nativos;
 A finalidade do aqueduto era transportar água da região da
Floresta da Tijuca até o largo da carioca;
 Em 1896, quando a cidade já era abastecida por água
canalizada, o aqueduto foi adaptado para ser utilizado como
viaduto para o novo sistema de transporte do Rio de Janeiro,
o bonde ligando o centro a Santa Teresa.
ARCOS DA LAPA
LEANDRO JOAQUIM 1790
MARC FERREZ 1896
IGREJA DE NOSSA SENHORA DO
CARMO DA LAPA DO DESTERRO
Rua da Lapa.
A construção da Igreja começou em 1751 e a
inauguração ocorreu em 1775, com o nome
de Igreja de Nossa Senhora do Desterro, o seu
nome atual no início do Séc XIX;
A sua fachada é de estilo barroco e tem seu
interior decorado em rococó.
ESCADARIA SELARÓN
O mosaico da escadaria que chega até Santa
Teresa é trabalho do artista chileno Jorge
Selarón;
Os 215 degraus são revestidos de azulejos
reciclados azuis, verdes e amarelos, as cores
da bandeira;
Quando o trabalho começou Selarón recolhia
os azulejos de obras, mas com o passar do
tempo ele foi recebendo azulejos de todo o
mundo.
PASSEIO PÚBLICO
 Localizado entre a Lapa e a Cinelândia.
 o Passeio Público é o primeiro parque ajardinado
do Brasil, e foi concebido por um dos maiores
artistas do período colonial brasileiro: Mestre
Valentim da Fonseca e Silva;
 Construído em 1783,mas aberto a público só em
1793, o Passeio Público foi o grande ponto de
encontro da população carioca nos séculos XVIII e
XIX. Em seu interior podia-se contemplar, além de
variadas espécies da flora nacional, obras de arte
confeccionadas por Mestre Valentim, como
chafarizes, esculturas e pirâmides;
Posteriormente, os seus jardins em estilo
francês foram remodelados seguindo o estilo
inglês;
Em 1816, com o Passeio Público em estado
lastimável, D.João VI ordenou que se
realizasse a primeira reforma do jardim, só
iniciada no ano seguinte. As obras atingiram
drasticamente o parque original de Mestre
Valentim: os pavilhões quadrangulares foram
substituídos por pavilhões octogonais, e foram
acrescentados novos pavilhões ao jardim.
ALFRED MARTINET, 1847
OUTROS
Rua Luís de Camões.
A biblioteca foi fundada em 1837 e hoje conta
com um acervo de mais de 35.000 livros.
Alguns deles muito raros, como a cópia da
primeira edição dos Lusíadas (1572);
O prédio possui estilo gótico e foi inspirado no
Mosteiro dos Jeronônimos em Lisboa;
REAL GABINETE PORTUGUÊS DE LEITURA
Na fachada do prédio estão as estátuas de
Luís de Camões, Vasco da Gama, Pedro
Álvares Cabral e Infante D. Henrique;
Uma das sacadas do prédio é feita de ferro
fundido e é decorada com ouro e bronze;
Esta biblioteca é uma das cinco maiores do
Brasil e segunda do Rio, depois da biblioteca
nacional.
ILHA FISCAL
Av. Alfredo Agache.
Estilo Eclético, com predominância do
Neogótico;
O castelo foi construído para ser um posto da
Alfândega;
O projeto foi aprovado pessoalmente por
D.Pedro II e premiado pelas academia
imperial de Belas artes em 1881;
O projeto foi inaugurado em abril de 1889 na
presença do Imperador e, sete meses depois
abrigou um baile em homenagem a marinha
chilena, conhecido como o último baile do
Império.
MARC FERREZ 1885
CENTRAL DO BRASIL
 Av. Presidente Vargas;
Apesar de haver uma estação neste local
desde 1858, o prédio atual em estilo art Déco
data de 1946;
Ficou internacionalmente conhecida com o
filme de Walter Sales de 1998, Central do
Brasil, que foi indicado ao Oscar.
PALÁCIO ITAMARATY
 Av. Marechal Floriano.
 Construído entre 1851-1855, para ser residência da
família do barão de Itamaraty, um próspero barão
do café;
 O prédio é um dos exemplos mais deslumbrantes da
arquitetura neoclássica no Rio de Janeiro;
 O prédio serviu de sede do governo republicano, a
partir de 1889, e foi ocupado pela presidência até
1898;
 A sala de jantar é revestida com um papel de parede
que retrata a Amazônia, pintado na França no século
XIX.
Atrativos Turísticos Culturais do Rio de Janeiro bonito (1).pptx
Atrativos Turísticos Culturais do Rio de Janeiro bonito (1).pptx
Atrativos Turísticos Culturais do Rio de Janeiro bonito (1).pptx
Atrativos Turísticos Culturais do Rio de Janeiro bonito (1).pptx
Atrativos Turísticos Culturais do Rio de Janeiro bonito (1).pptx

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Atrativos Turísticos Culturais do Rio de Janeiro bonito (1).pptx

Centro cultural do_ri_
Centro cultural do_ri_Centro cultural do_ri_
Centro cultural do_ri_
Reflexiones PowerPoint
 
SãO Paulo
SãO PauloSãO Paulo
SãO Paulo
Veridiani
 
São Paulo
São PauloSão Paulo
São Paulo
Veridiani
 
São Paulo
São PauloSão Paulo
São Paulo
Veridiani
 
Cidade do porto em 1914
Cidade do porto em 1914Cidade do porto em 1914
Cidade do porto em 1914
Sergio Lagoa
 
Porto 1914
Porto 1914Porto 1914
Porto 1914
cab3032
 
Cidade do Porto-I
Cidade do Porto-I Cidade do Porto-I
Cidade do Porto-I
BiaEsteves
 
Cidade do Porto em 1914
Cidade do Porto em 1914Cidade do Porto em 1914
Cidade do Porto em 1914
Luiz Carlos Dias
 
Cidade do porto em 1914
Cidade do porto em 1914Cidade do porto em 1914
Cidade do porto em 1914
Serginho Sucesso
 
Porto 1914
Porto 1914Porto 1914
Porto 1914
josepinho
 
Porto 1914
Porto 1914Porto 1914
Porto 1914
JosSoares614411
 
Museu
MuseuMuseu
Património do Concelho de Vila Franca de Xira
Património do Concelho de Vila Franca de XiraPatrimónio do Concelho de Vila Franca de Xira
Património do Concelho de Vila Franca de Xira
becresforte
 
Património do concelho de vila franca de xira
Património do concelho de vila franca de xiraPatrimónio do concelho de vila franca de xira
Património do concelho de vila franca de xira
becresforte
 
Património do concelho de vila franca de xira
Património do concelho de vila franca de xiraPatrimónio do concelho de vila franca de xira
Património do concelho de vila franca de xira
becresforte
 
Património do concelho de Vila Franca de Xira
Património do concelho de Vila Franca de XiraPatrimónio do concelho de Vila Franca de Xira
Património do concelho de Vila Franca de Xira
becresforte
 
Belezas do Brasil - Minas Gerais, terra querida!
Belezas do Brasil - Minas Gerais, terra querida!Belezas do Brasil - Minas Gerais, terra querida!
Belezas do Brasil - Minas Gerais, terra querida!
Aristides Monteiro
 
Visita de estudo ribeira do porto com fotos
Visita de estudo   ribeira do porto com fotosVisita de estudo   ribeira do porto com fotos
Visita de estudo ribeira do porto com fotos
IsabelPereira2010
 
Lisboa portas fechadas a 10
Lisboa   portas fechadas a 10  Lisboa   portas fechadas a 10
Lisboa portas fechadas a 10
Salvador da Silva Tomaz
 
Morro da conceição
Morro da conceiçãoMorro da conceição
Morro da conceição
Fatima de Luzie Cavalcante
 

Semelhante a Atrativos Turísticos Culturais do Rio de Janeiro bonito (1).pptx (20)

Centro cultural do_ri_
Centro cultural do_ri_Centro cultural do_ri_
Centro cultural do_ri_
 
SãO Paulo
SãO PauloSãO Paulo
SãO Paulo
 
São Paulo
São PauloSão Paulo
São Paulo
 
São Paulo
São PauloSão Paulo
São Paulo
 
Cidade do porto em 1914
Cidade do porto em 1914Cidade do porto em 1914
Cidade do porto em 1914
 
Porto 1914
Porto 1914Porto 1914
Porto 1914
 
Cidade do Porto-I
Cidade do Porto-I Cidade do Porto-I
Cidade do Porto-I
 
Cidade do Porto em 1914
Cidade do Porto em 1914Cidade do Porto em 1914
Cidade do Porto em 1914
 
Cidade do porto em 1914
Cidade do porto em 1914Cidade do porto em 1914
Cidade do porto em 1914
 
Porto 1914
Porto 1914Porto 1914
Porto 1914
 
Porto 1914
Porto 1914Porto 1914
Porto 1914
 
Museu
MuseuMuseu
Museu
 
Património do Concelho de Vila Franca de Xira
Património do Concelho de Vila Franca de XiraPatrimónio do Concelho de Vila Franca de Xira
Património do Concelho de Vila Franca de Xira
 
Património do concelho de vila franca de xira
Património do concelho de vila franca de xiraPatrimónio do concelho de vila franca de xira
Património do concelho de vila franca de xira
 
Património do concelho de vila franca de xira
Património do concelho de vila franca de xiraPatrimónio do concelho de vila franca de xira
Património do concelho de vila franca de xira
 
Património do concelho de Vila Franca de Xira
Património do concelho de Vila Franca de XiraPatrimónio do concelho de Vila Franca de Xira
Património do concelho de Vila Franca de Xira
 
Belezas do Brasil - Minas Gerais, terra querida!
Belezas do Brasil - Minas Gerais, terra querida!Belezas do Brasil - Minas Gerais, terra querida!
Belezas do Brasil - Minas Gerais, terra querida!
 
Visita de estudo ribeira do porto com fotos
Visita de estudo   ribeira do porto com fotosVisita de estudo   ribeira do porto com fotos
Visita de estudo ribeira do porto com fotos
 
Lisboa portas fechadas a 10
Lisboa   portas fechadas a 10  Lisboa   portas fechadas a 10
Lisboa portas fechadas a 10
 
Morro da conceição
Morro da conceiçãoMorro da conceição
Morro da conceição
 

Último

UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
TathyLopes1
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
MARCELARUBIAGAVA
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
TiagoLouro8
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 

Último (20)

UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdfConcurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
Concurso FEMAR Resultado Final Etapa1-EmpregoscomEtapaII.pdf
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Atividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docxAtividade Bio evolução e especiação .docx
Atividade Bio evolução e especiação .docx
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptxPsicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
Psicologia e Sociologia - Módulo 2 – Sociedade e indivíduo.pptx
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.Loteria - Adição,  subtração,  multiplicação e divisão.
Loteria - Adição, subtração, multiplicação e divisão.
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 

Atrativos Turísticos Culturais do Rio de Janeiro bonito (1).pptx

  • 3. • Rua 1º de Março • Construído entre 1922 e 1926, no local onde Tiradentes esteve preso; • O estilo arquitetônico é eclético; • Atualmente é Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro; • A cúpula central retrata céu do Rio de Janeiro na noite de 15 de Novembro de 1889, quando a República foi proclamada. PALÁCIO TIRADENTES
  • 4.
  • 5.
  • 6. PANTEÃO DE OSÓRIO Erguido em homenagem ao Marechal Manuel Luís Osório, por sua bravura na guerra do Paraguai.(1864-1870); A estátua foi forjada em Paris com o bronze dos canhões tomados dos inimigos durante a guerra do Paraguai; Em 21 de 1892 o corpo embalsamado do Osório foi transportado para uma cripta no monumento. A inauguração ocorreu no dia 12 de Novembro de 1894; O pedestal da imagem mostra a batalha do Tuiti e o ataque ao Passo da Pátria.
  • 7.
  • 8. CHAFARIZ DO MESTRE VALENTIM • Rua 1º de Março. • Ano da inauguração 1750; • A construção desta fonte foi feita sob a supervisão do Mestre Valentim, considerado um dos mais completos artistas do Brasil.; • No Rio de Janeiro, projetou e executou diversas obras de talhas nas igrejas cariocas, entre elas: Ordem 3ª do Carmo, Conceição e Boa Morte, São Pedro dos Clérigos, Santa Cruz dos Militares e Ordem 3ª de São Francisco de Paula.
  • 9. • A chegada da família real se deu bem em frente ao chafariz do Carmo, mais conhecido como o chafariz do Mestre Valentim ou chafariz da pirâmide. • Até a destruição do Morro do Castelo e a realização do aterro do mesmo o mar chegava exatamente até este ponto.
  • 10.
  • 13. Largo do Paço, Praça XV O maior exemplo de arquitetura colonial no Rio de Janeiro. Ano 1743. O Paço foi usado para festas, recepções oficiais. Muitos fatos históricos aconteceram nesse prédio, um exemplo é o dia do Fico . PAÇO IMPERIAL
  • 14.
  • 15. IGREJA NOSSA SENHORA DA LAPA DOS MERCADORES Rua do Ouvidor. Construída em 1750 pela Irmandade de Nossa Senhora da Lapa dos Mercadores; Obra barroca, embora tenha recebido em suas restaurações elementos neoclássicos; Em 1893, durante a revolta da armada, parte da Igreja foi destruída por uma bala de canhão do encouraçado Aquidabã.
  • 16.
  • 17.
  • 18. CENTRO CULTURAL DO BANCO DO BRASIL(CCBB)  1º de março.  Estilo arquitetônico neoclássico;  Inaugurado como sede da Associação Comercial do Rio de Janeiro, em 1906, abrigava o pregão da Bolsa de Fundos Públicos. Na década de 1920 passou a pertencer ao Banco do Brasil, que o reformou para abertura de sua sede;  Inaugurado em 12 de outubro de 1989, o CCBB Rio de Janeiro transformou-se rapidamente em um dos centros culturais mais importantes do País. É o museu/centro cultural mais visitado do Brasil e o 17º no mundo, de acordo com o ranking da publicação inglesa The Art Newspaper (abril/2013).
  • 19.
  • 20. IGREJA E MOSTEIRO DE SÃO BENTO Rua Dom Geraldo. A Igreja foi inaugurada em 1641; Estilo arquitetônico Barroco; A clausura do Mosteiro não é aberta à visitação, com exceção de alguns dias como Corpus Christi e Dia de Finados, onde os fiéis têm acesso somente ao claustro; Aos domingos é realizada uma missa solene que é acompanhada de cantos gregorianos.
  • 21.
  • 22.
  • 23. IGREJA DE NOSSA SENHORA DO CARMO DA ANTIGA SÉ  Rua 1º de março.  Construída em 1761, foi catedral do Rio de Janeiro de 1808 a 1976;  Durante o Reinado de D. Pedro a fachada foi reconstruída com Estilo Neoclássico, mas em seu interior predomina o Rococó;  Esta Igreja foi palco de eventos históricos importantes como o casamento de D. Pedro I com a Princesa Leopoldina da Áustria;  Dizem que os restos mortais de Pedro Álvares Cabral encontram-se na Igreja.
  • 24.
  • 25. IGREJA DA TERCEIRA ORDEM DE NOSSA SENHORA DO MONTE DO CARMO  1º de Março.  Sua construção data de 1707;  Possui uma elegante fachada barroca e um interior em Rococó, decorada por Mestre Valentim, quando ele ainda era aprendiz;  Essa Igreja é separada da Nossa Senhora do Carmo da Antiga Sé, por uma pequena passagem;  A Igreja possui um lindo portal do Séc XVIII importado de Lisboa;  É considerada uma das Igrejas mais bonitas do Rio de Janeiro.
  • 26.
  • 27. IGREJA DA SANTA CRUZ DOS MILITARES  1º de março.  A arquitetura da Igreja é barroca com influências neoclássicas;  Esta fortificação existiu entre 1605 e 1632, com a função de defesa do porto do Rio de Janeiro;  Em 1632, Martim de Sá doou o prédio para os soldados da cidade e os mesmos construíram uma capela, que passou a ser usada para o sepultamento de militares;  Os militares só assumiram a responsabilidade da Igreja em 1780, mas a Igreja já estava em ruínas, então começa uma nova obra que fica pronta em 1811;  A Igreja foi sagrada na presença de D. João.  A fachada da Igreja é uma cópia da Igreja de Jesus em Roma.
  • 28.
  • 29. IGREJA DA CANDELÁRIA  Praça Pio X.  Uma das maiores e mais luxuosas Igrejas do Rio de Janeiro;  O projeto de construção começou em 1775 e foi concluído em 1877;  Para a construção da Cúpula foram cortadas e polidas 1.422 peças de pedra calcária de Lioz e embarcadas para serem montadas no local da construção da Igreja;  A sua porta é toda feita de bronze no estilo típico francês de Luís XV.
  • 30.
  • 32. • Largo da Misericórdia. • Estilo arquitetônico Barroco; • Começou como uma cabana feita por José de Anchieta em 1582. A capela passou por diversas reformas até se tornar, no século XVIII, a Igreja de Nossa Senhora de Bonsucesso; • Acredita-se que o púlpito dessa Igreja seja o mais antigos do Rio de Janeiro e, que provavelmente, deu lugar aos sermões de José de Anchieta e Manuel da Nóbrega. IGREJA DE NOSSA SENHORA DE BONSUCESSO
  • 33.
  • 34. IGREJA DE SANTA LUZIA Rua Santa Luzia. Em 1519, o navegador português Fernão de Magalhães casou-se com Luzia, numa capelinha de madeira erguida especialmente para as bodas. Essa foi a origem da atual Igreja de Santa Luzia. A imagem da santa foi trazida para o Rio por Estácio de Sá, em 1565. É um dos mais antigos templos católicos da cidade;  A arquitetura jesuítica foi muito modificada, mas preserva na sua fachada o estilo neoclássico; Até a derrubada do morro do castelo e o seu aterro, o mar ia até a frente da Igreja.
  • 35.
  • 37. Praça Marechal Âncora. Criado em 1922; Um dos maiores e mais importantes museus da cidade; Possui um acervos de quase 30.000 peças. Antigamente o prédio era um forte: o Forte de São Tiago e da Prisão do Calabouço; Tiradentes foi esquartejado na casa do trem que fica dentro do Prédio. MUSEU HISTÓRICO NACIONAL
  • 38.
  • 39. THEATRO MUNICIPAL  Praça Floriano.  Estilo Neoclássico;  O projeto do theatro realizado de 1905-1909 e foi constrído com material importado da Europa;  A obra durou quatro anos e meio mais tarde – um tempo recorde para a obra, e teve o revezamento de 280 operários em dois turnos de trabalho – no dia 14 de julho de 1909 foi inaugurado pelo presidente Nilo Peçanha o Theatro Municipal do Rio de Janeiro, que tinha capacidade para 1.739 espectadores  O projeto foi inspirado na ópera Garnier de Paris;
  • 40. O projeto foi inspirado na ópera Garnier de Paris; O seu interior é adornado com elementos que remetem a simbologia do teatro; O prédio é decorado no estilo Luís XVI, com mármores de Carrara, ônix, bronze, cristais e vitrais; Todo do cristal, o lustre central do teatro é um monumento a parte.
  • 41.
  • 42.
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 46. MUSEU DE BELAS ARTES Av. Rio Branco. Estilo eclético; Inaugurado em 1938; Possui um acervo de cerca de 20.000 obras; Foi inspirado no museu do Louvre.
  • 47.
  • 48.
  • 49. ACADEMIA BRASILEIRA DE LETRAS Av. Presidente Wilson Construída em 1922 para abrigar o pavilhão da França na exposição do centenário da Independência do Brasil; Tem como objetivo a proteção do idioma nacional e a promoção do seu uso correto; O prédio é uma réplica do Petit Trianon de Versallhes, que é um palácio construído no século XVIII pelo Rei Luis XV para a sua amante, a Madame de Pompadour.
  • 50.
  • 51. CENTRO CULTURAL JUSTIÇA FEDERAL Av. Rio Branco. A construção, iniciada em 1905, destinava-se à Mitra Arquiepiscopal do Rio de Janeiro. Adquirida pelo Governo Federal, tornou-se sede do Supremo Tribunal Federal de 1909 a 1960. Este prédio é um dos exemplos mais impressionantes do estilo eclético em voga no início do século XX;
  • 52. Na fachada, predominam elementos do classicismo francês. As portas, ricas em detalhes referentes à Justiça, foram talhadas pelo artista português Manoel Ferreira Tunes. A escadaria em mármore de Carrara e ferro trabalhado revela o estilo art nouveau. As janelas retangulares lembram as góticas.
  • 53.
  • 54.
  • 55.
  • 56.
  • 57.
  • 59.  Rua Gonçalves Dias.  Fundada em 1894 por portugueses;  Sua aparência é a mesma desde 1913 e é um clássico exemplo de art nouveau;  Aa sua aparência remete o visitante ao início do século XX, quando os cafés eram moda na cidade do Rio de Janeiro;  Conhecidos artistas e escritores costumavam frequentar o lugar;  A confeitaria já recebeu a visita ilustre do ex-presidente americano Roosevelt, da Rainha Elizabeth II da Inglaterra. Além disso,todos os presidentes do Brasil nos últimos cem anos tomaram chá na confeitaria;  Atualmente há uma filial no forte de Copacabana. CONFEITARIA COLOMBO
  • 60.
  • 61.
  • 62. CATEDRAL METROPOLITANA Av. República do Chile. Inaugurada em 1979 A catedral é dedicada ao santo padroeiro da cidade, São Sebastião; A porta principal é formada por relevos em bronze e tem, como tema, a fé;
  • 63. Os enormes vitrais representam as características da Igreja; cada um com a predominância de uma cor: uma (verde), santa (vermelho), católica (azul) e apostólica (amarelo); No subsolo da Igreja há um museu de Arte Sacra, onde temos as pias batismais da família real e o trono de D. Pedro II.
  • 64.
  • 65.
  • 66.
  • 67. Largo da Carioca. A Igreja foi finalizada em 1620; Situada no que restou do morro de Santo Antônio; O convento forma, junto com a vizinha Igreja da Ordem Terceira de São Francisco da Penitência, um dos mais antigos e importantes conjuntos coloniais remanescentes da cidade; IGREJA E CONVENTO DE SANTO ANTÔNIO
  • 68. Uma das características mais importantes do mosteiro é decoração barroca dos três altares da capela- Mor, datados do início do século XVIII; No pátio que leva à entrada, ao lado da porta da Igreja, um nicho de granito guarda a famosa estátua de Santo Antônio, que diz-se ter protegido a cidade da invasão francesa. Seu papel foi tão importante que durante anos ele recebeu soldo como militar.
  • 69.
  • 70.
  • 71.
  • 72. IGREJA DA ORDEM TERCEIRA DE SÃO FRANCISCO DA PENITÊNCIA  Largo da carioca.  Terminada em 1736;  A estonteante decoração barroca, o interior recoberto com ouro fazem dessa Igreja uma verdadeira joia da arquitetura e uma das mais belas do país;  Apesar de serem vizinhas, a Igreja de Santo Antônio e a Igreja da ordem terceira de São Francisco da penitência, possuem atritos que fazem com que a parte visível da capela desde a Igreja de Santo Antônio mantenha-se fechada por cortinas e grades.
  • 73.
  • 74.
  • 75.
  • 76. LAPA
  • 77.  Apesar de a estrutura dos arcos datar da metade do Século XVIII, concluída com o uso de mão-de-obra escrava o projeto inicial do aqueduto teve início no final de 1600, por nativos;  A finalidade do aqueduto era transportar água da região da Floresta da Tijuca até o largo da carioca;  Em 1896, quando a cidade já era abastecida por água canalizada, o aqueduto foi adaptado para ser utilizado como viaduto para o novo sistema de transporte do Rio de Janeiro, o bonde ligando o centro a Santa Teresa. ARCOS DA LAPA
  • 80.
  • 81. IGREJA DE NOSSA SENHORA DO CARMO DA LAPA DO DESTERRO Rua da Lapa. A construção da Igreja começou em 1751 e a inauguração ocorreu em 1775, com o nome de Igreja de Nossa Senhora do Desterro, o seu nome atual no início do Séc XIX; A sua fachada é de estilo barroco e tem seu interior decorado em rococó.
  • 82.
  • 83.
  • 84. ESCADARIA SELARÓN O mosaico da escadaria que chega até Santa Teresa é trabalho do artista chileno Jorge Selarón; Os 215 degraus são revestidos de azulejos reciclados azuis, verdes e amarelos, as cores da bandeira; Quando o trabalho começou Selarón recolhia os azulejos de obras, mas com o passar do tempo ele foi recebendo azulejos de todo o mundo.
  • 85.
  • 86.
  • 87. PASSEIO PÚBLICO  Localizado entre a Lapa e a Cinelândia.  o Passeio Público é o primeiro parque ajardinado do Brasil, e foi concebido por um dos maiores artistas do período colonial brasileiro: Mestre Valentim da Fonseca e Silva;  Construído em 1783,mas aberto a público só em 1793, o Passeio Público foi o grande ponto de encontro da população carioca nos séculos XVIII e XIX. Em seu interior podia-se contemplar, além de variadas espécies da flora nacional, obras de arte confeccionadas por Mestre Valentim, como chafarizes, esculturas e pirâmides;
  • 88. Posteriormente, os seus jardins em estilo francês foram remodelados seguindo o estilo inglês; Em 1816, com o Passeio Público em estado lastimável, D.João VI ordenou que se realizasse a primeira reforma do jardim, só iniciada no ano seguinte. As obras atingiram drasticamente o parque original de Mestre Valentim: os pavilhões quadrangulares foram substituídos por pavilhões octogonais, e foram acrescentados novos pavilhões ao jardim.
  • 89.
  • 91.
  • 92.
  • 94. Rua Luís de Camões. A biblioteca foi fundada em 1837 e hoje conta com um acervo de mais de 35.000 livros. Alguns deles muito raros, como a cópia da primeira edição dos Lusíadas (1572); O prédio possui estilo gótico e foi inspirado no Mosteiro dos Jeronônimos em Lisboa; REAL GABINETE PORTUGUÊS DE LEITURA
  • 95. Na fachada do prédio estão as estátuas de Luís de Camões, Vasco da Gama, Pedro Álvares Cabral e Infante D. Henrique; Uma das sacadas do prédio é feita de ferro fundido e é decorada com ouro e bronze; Esta biblioteca é uma das cinco maiores do Brasil e segunda do Rio, depois da biblioteca nacional.
  • 96.
  • 97.
  • 98.
  • 99.
  • 100.
  • 101.
  • 102. ILHA FISCAL Av. Alfredo Agache. Estilo Eclético, com predominância do Neogótico; O castelo foi construído para ser um posto da Alfândega; O projeto foi aprovado pessoalmente por D.Pedro II e premiado pelas academia imperial de Belas artes em 1881;
  • 103. O projeto foi inaugurado em abril de 1889 na presença do Imperador e, sete meses depois abrigou um baile em homenagem a marinha chilena, conhecido como o último baile do Império.
  • 105.
  • 106.
  • 107.
  • 108.
  • 109.
  • 110.
  • 111.
  • 112.
  • 113.
  • 114. CENTRAL DO BRASIL  Av. Presidente Vargas; Apesar de haver uma estação neste local desde 1858, o prédio atual em estilo art Déco data de 1946; Ficou internacionalmente conhecida com o filme de Walter Sales de 1998, Central do Brasil, que foi indicado ao Oscar.
  • 115.
  • 116. PALÁCIO ITAMARATY  Av. Marechal Floriano.  Construído entre 1851-1855, para ser residência da família do barão de Itamaraty, um próspero barão do café;  O prédio é um dos exemplos mais deslumbrantes da arquitetura neoclássica no Rio de Janeiro;  O prédio serviu de sede do governo republicano, a partir de 1889, e foi ocupado pela presidência até 1898;  A sala de jantar é revestida com um papel de parede que retrata a Amazônia, pintado na França no século XIX.