SlideShare uma empresa Scribd logo
As rochas são grandes
massas formadas por um ou vários
minerais associados.
   Como se distribuem as rochas em Portugal
   Rochas mais frequentes em Portugal
   Quais são as propriedades das rochas?
    Rochas, minerais e as atividades
     humanas

   Qual é o impacto ambiental provocado pela exploração de
    uma pedreira ou mina ?
   Alteração das rochas pelos agentes atmosféricos e
    biológicos
   Como se forma um solo?
   Alguns tipos de solo e suas propriedades.
   Conservação dos solos
   Em Portugal, as rochas mais comuns apresentam-se distribuídas da
    seguinte forma:
   Os granitos são abundantes nas regiões do Minho e do Douro, nas
    Beiras e no Alentejo
   Os basaltos são predominantes nos arquipélagos dos Açores e da
    Madeira; em Portugal estes ocupam uma pequena área entre
    Lisboa e Mafra
   Os calcários , arenitos , argilitos, argilas e areias estão distribuídos
    pela Beira Litoral, Estremadura, Ribatejo, Alentejo e Algarve. As
    areias encontram-se também em zonas litorais e nos leitos e
    margens dos rios.
   Os xistos ocupam vastas regiões como: Trás-os-Montes , Vale do
    Douro, Beira Interior e Alentejo.
   Os mármores localizam-se em Trás-os-Montes , região de Vimioso , e
    no Alentejo , entre Estremoz e Vila Viçosa.
Chamamos carta litológica
ao mapa que localiza os
diferentes tipos de rochas
numa dada região.
Na figura seguinte irás ver a
distribuição das rochas em
Portugal.
O arenito e o argilito são rochas
            Calcário branco e       constituídas por grãos de areia e
            calcário preto.         partículas de argila unidos.




COR:
                                Dureza:
A cor de uma rocha
                                Uma rocha pode ser ou não dura
predomina quando
                                depende dos minerais que a
observada a 50 km
                                constituem.
de distância.
Cheiro:
                    A maioria das rochas não tem cheiro mas algumas
                    cheiram a barro quando bafejadas.


                 Coerência:
                 Uma rocha é coerente quando é constituída por grãos
                 unidos e uma rocha é não coerente quando é constituída
                 por grãos soltos.
                      Estrutura:
                      Uma rocha é laminada se apresenta lâminas e é
                      maciça se não as apresenta .Por exemplo calcário :
                      maciça e xisto : laminada.


                          Textura:
                          As rochas podem ser visíveis a «olho nu » ou não
                          serem visíveis a «olho nu»

Reação com os ácidos:
Há rochas que reagem com os ácidos , como o ácido clorídrico fazendo
efervescência e outras que não reagem.
As rochas e os minerais desde sempre foram utilizados pelo
  homem para diversos fins , dando suporte às necessidades
  individuais e culturais do homem .




Anta da Fonte Coberta em             Templo romano de Évora
Alijó
As paisagens são muitas vezes
alteradas pela intervenção humana
de forma descontrolada criando o
impacto ambiental.
As pedreiras provocam a destruição
dos solos e a degradação de
paisagens naturais por vezes
formando lagoas artificiais muito
perigosas.
Depois de exploradas as minas
acumulam à sua volta resíduos
perigosos constituindo focos de
poluição para a população.
As rochas , mesmo as mais duras ,
sofrem modificações pela ação
da água . Mas não é só a água
que atua sobre as rochas .
A neve, o gelo e o vento , as
variações de temperatura e a
ação dos seres vivos e a do
próprio homem provocam a
desagregação e a alteração das
rochas . Depois destes
complicados fenómenos , as
rochas sofrem a erosão , que
consiste na remoção de
elementos constituintes da
superfície terrestre. Aos agentes
que provocam a erosão
chamamos agentes erosivos.
A- rocha mãe
B- solo inicial
C- solo com plantas
desenvolvidas
D-Solo com matéria orgânica
decomposta
E- solo desenvolvido
Da interação de vários fatores resultam materiais
que , através de processos muito lentos e
complexos originam a formação dos solos.
Os solos são constituídos por matéria mineral
diversa resultante das rochas formada pelos
detritos e restos de seres vivos , e por água e ar
em quantidades que variam conforme o tipo de
solo.
Chama-se húmus à matéria orgânica escura
proveniente dos seres decompostos e
transformados lentamente por ação dos
microrganismos e animais do solo.
Solo arenoso:
Os solos nem sempre tem as             São constituídos
mesmas propriedades.                   principalmente por
Distinguem-se essencialmente           areia.
,pelos seus constituintes principais    Solos calcários:
, que dependem da rocha-mãe             Formados por
que predomina na sua região.            calcário.


                     Solos argiloso:                        Solos francos:
                     São constituídos                       Possuem areia e
                     principalmente                         argila em
                     por argila.                            determinadas
                                                            proporções para
                                                            além de outros
                                                            constituintes.
Coberturas plásticas para
manter a água do solo e a
transpiração das plantas-
A rega por aspersão ou por      Levada:
gota a gota são os processos    A água dos poços ou rios é
mais adequados à                encaminhada por regos
necessidade das plantas e a     ou por levadas para irrigar
uma melhor gestão da água       os solos
existente.


                        Para facilitar a infiltração da água e no
                        ar no solo ,pratica-se lavra atualmente
                        feita por tratores devidamente
                        equipados o que torna o trabalho mais
                        eficaz.
As rochas , o solo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 4 - CFQ - 7º ano
Aula 4 - CFQ - 7º anoAula 4 - CFQ - 7º ano
Aula 4 - CFQ - 7º ano
André Ferreira Freitas
 
Apresentação pedras naturais
Apresentação pedras naturaisApresentação pedras naturais
Apresentação pedras naturais
Kleverton Dias
 
Leandro rei da heliria caracterização das personagens2
Leandro rei da heliria   caracterização das personagens2Leandro rei da heliria   caracterização das personagens2
Leandro rei da heliria caracterização das personagens2
Belmira Baptista
 
Calcário
CalcárioCalcário
Calcário
Gonçalo Fernandes
 
IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICASIX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
Sandra Nascimento
 
Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicas
Ana Castro
 
X - ROCHAS SEDIMENTARES
X - ROCHAS SEDIMENTARESX - ROCHAS SEDIMENTARES
X - ROCHAS SEDIMENTARES
Sandra Nascimento
 
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .AliceAs comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
alicebernardo
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítima
cattonia
 
Tectónica de placas
Tectónica de placasTectónica de placas
Tectónica de placas
catiacsantos
 
"O Príncipe Nabo"
"O Príncipe Nabo""O Príncipe Nabo"
"O Príncipe Nabo"
IsabelPereira2010
 
2º teste rochas 7º ano
2º teste rochas 7º ano2º teste rochas 7º ano
2º teste rochas 7º ano
Sofia Ribeiro
 
Pedro alecrim resumos.
Pedro alecrim   resumos.Pedro alecrim   resumos.
Pedro alecrim resumos.
manuela016
 
ctic5_propriedadesRochas.pptx
ctic5_propriedadesRochas.pptxctic5_propriedadesRochas.pptx
ctic5_propriedadesRochas.pptx
gorety
 
Classe dos determinantes
Classe dos determinantesClasse dos determinantes
Classe dos determinantes
Matilde Castanho
 
A herança muçulmana em portugal
A herança muçulmana em portugalA herança muçulmana em portugal
A herança muçulmana em portugal
Luisa Jesus
 
A localização absoluta
A localização absolutaA localização absoluta
A localização absoluta
Gina Espenica
 
Teste rochas 7º ano
Teste rochas 7º anoTeste rochas 7º ano
Teste rochas 7º ano
Sofia Ribeiro
 
Recursos geológicos
Recursos geológicosRecursos geológicos
Recursos geológicos
margaridabt
 
Minerais e Rochas Magmáticas
Minerais e Rochas MagmáticasMinerais e Rochas Magmáticas
Minerais e Rochas Magmáticas
CristinaViana
 

Mais procurados (20)

Aula 4 - CFQ - 7º ano
Aula 4 - CFQ - 7º anoAula 4 - CFQ - 7º ano
Aula 4 - CFQ - 7º ano
 
Apresentação pedras naturais
Apresentação pedras naturaisApresentação pedras naturais
Apresentação pedras naturais
 
Leandro rei da heliria caracterização das personagens2
Leandro rei da heliria   caracterização das personagens2Leandro rei da heliria   caracterização das personagens2
Leandro rei da heliria caracterização das personagens2
 
Calcário
CalcárioCalcário
Calcário
 
IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICASIX - ROCHAS MAGMÁTICAS
IX - ROCHAS MAGMÁTICAS
 
Paisagens geológicas
Paisagens geológicasPaisagens geológicas
Paisagens geológicas
 
X - ROCHAS SEDIMENTARES
X - ROCHAS SEDIMENTARESX - ROCHAS SEDIMENTARES
X - ROCHAS SEDIMENTARES
 
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .AliceAs comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
As comunidades agropastoris- 5ºano- Prof .Alice
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítima
 
Tectónica de placas
Tectónica de placasTectónica de placas
Tectónica de placas
 
"O Príncipe Nabo"
"O Príncipe Nabo""O Príncipe Nabo"
"O Príncipe Nabo"
 
2º teste rochas 7º ano
2º teste rochas 7º ano2º teste rochas 7º ano
2º teste rochas 7º ano
 
Pedro alecrim resumos.
Pedro alecrim   resumos.Pedro alecrim   resumos.
Pedro alecrim resumos.
 
ctic5_propriedadesRochas.pptx
ctic5_propriedadesRochas.pptxctic5_propriedadesRochas.pptx
ctic5_propriedadesRochas.pptx
 
Classe dos determinantes
Classe dos determinantesClasse dos determinantes
Classe dos determinantes
 
A herança muçulmana em portugal
A herança muçulmana em portugalA herança muçulmana em portugal
A herança muçulmana em portugal
 
A localização absoluta
A localização absolutaA localização absoluta
A localização absoluta
 
Teste rochas 7º ano
Teste rochas 7º anoTeste rochas 7º ano
Teste rochas 7º ano
 
Recursos geológicos
Recursos geológicosRecursos geológicos
Recursos geológicos
 
Minerais e Rochas Magmáticas
Minerais e Rochas MagmáticasMinerais e Rochas Magmáticas
Minerais e Rochas Magmáticas
 

Destaque

Estalactites i estalagmites
Estalactites i estalagmitesEstalactites i estalagmites
Estalactites i estalagmites
vinticinc
 
Dunas
DunasDunas
Dunas
Luisd3000
 
Granito
GranitoGranito
Granito
patriciapanaf
 
Granitos
GranitosGranitos
Pirite
PiritePirite
Pirite
ZPPF
 
Rochas
RochasRochas
Rochas
Tânia Reis
 
Geologia de Portugal (Petrologia)
Geologia de Portugal (Petrologia)Geologia de Portugal (Petrologia)
Geologia de Portugal (Petrologia)
Eduardo1
 
Granito
GranitoGranito
O granito
O granitoO granito
O granito
cerredo
 
Granito
Granito Granito
Geo 8 chaminés de fada
Geo 8   chaminés de fadaGeo 8   chaminés de fada
Geo 8 chaminés de fada
Nuno Correia
 
Minerais
MineraisMinerais
Minerais
Ricardo Sousa
 
Tipos de Rochas
Tipos de RochasTipos de Rochas
Tipos de Rochas
Márcia Dutra
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
Tânia Reis
 
Rochas Metamórficas
Rochas MetamórficasRochas Metamórficas
Rochas Metamórficas
Tânia Reis
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
Catir
 

Destaque (17)

Pirita
PiritaPirita
Pirita
 
Estalactites i estalagmites
Estalactites i estalagmitesEstalactites i estalagmites
Estalactites i estalagmites
 
Dunas
DunasDunas
Dunas
 
Granito
GranitoGranito
Granito
 
Granitos
GranitosGranitos
Granitos
 
Pirite
PiritePirite
Pirite
 
Rochas
RochasRochas
Rochas
 
Geologia de Portugal (Petrologia)
Geologia de Portugal (Petrologia)Geologia de Portugal (Petrologia)
Geologia de Portugal (Petrologia)
 
Granito
GranitoGranito
Granito
 
O granito
O granitoO granito
O granito
 
Granito
Granito Granito
Granito
 
Geo 8 chaminés de fada
Geo 8   chaminés de fadaGeo 8   chaminés de fada
Geo 8 chaminés de fada
 
Minerais
MineraisMinerais
Minerais
 
Tipos de Rochas
Tipos de RochasTipos de Rochas
Tipos de Rochas
 
Rochas magmáticas
Rochas magmáticasRochas magmáticas
Rochas magmáticas
 
Rochas Metamórficas
Rochas MetamórficasRochas Metamórficas
Rochas Metamórficas
 
Rochas sedimentares
Rochas sedimentaresRochas sedimentares
Rochas sedimentares
 

Semelhante a As rochas , o solo

Rochas.pptx
Rochas.pptxRochas.pptx
Powerpoint Rochas
Powerpoint   RochasPowerpoint   Rochas
Powerpoint Rochas
Rosa Pereira
 
Apresentação mecânica dos solos
Apresentação mecânica dos solosApresentação mecânica dos solos
Apresentação mecânica dos solos
engenhar
 
Capítulo 04 a estrutura da terra
Capítulo 04   a estrutura da terraCapítulo 04   a estrutura da terra
Capítulo 04 a estrutura da terra
Igor Brant
 
Areia
AreiaAreia
Aula 3 propriedades morfológicas
Aula 3 propriedades morfológicasAula 3 propriedades morfológicas
Aula 3 propriedades morfológicas
karolpoa
 
Aula propriedades morfológicas
Aula  propriedades morfológicasAula  propriedades morfológicas
Aula propriedades morfológicas
Carolina Corrêa
 
Classificação geral dos solos e solos do brasil
Classificação geral dos solos e solos do brasilClassificação geral dos solos e solos do brasil
Classificação geral dos solos e solos do brasil
Thamires Bragança
 
Rochas solo tr
Rochas solo trRochas solo tr
Rochas solo tr
Tânia Reis
 
Revisões ciências - novembro
Revisões   ciências - novembroRevisões   ciências - novembro
Revisões ciências - novembro
SandraPedra71
 
Revisões ciências - novembro
Revisões   ciências - novembroRevisões   ciências - novembro
Revisões ciências - novembro
SandraPedra71
 
Solo Arenoso
Solo ArenosoSolo Arenoso
Solo Arenoso
Misterytu8
 
7º 1.3.
7º 1.3.7º 1.3.
7º 1.3.
Nuno Coelho
 
Li ci plc0602-proddestresidurb-aula01
Li ci plc0602-proddestresidurb-aula01Li ci plc0602-proddestresidurb-aula01
Li ci plc0602-proddestresidurb-aula01
Vinícius Casimiro
 
Soloeeroso2011 110219130321-phpapp01
Soloeeroso2011 110219130321-phpapp01Soloeeroso2011 110219130321-phpapp01
Soloeeroso2011 110219130321-phpapp01
Sabrina Motta
 
Rochas, solos e seres vivos
Rochas, solos e seres vivos Rochas, solos e seres vivos
Rochas, solos e seres vivos
Marjan Vos
 
3 b classificaçãorochassedimentares
3 b   classificaçãorochassedimentares3 b   classificaçãorochassedimentares
3 b classificaçãorochassedimentares
margaridabt
 
Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01
Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01
Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01
Aida Maria Pereira
 
Rochas
RochasRochas
Rochas
ZP Ferreira
 
Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01
Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01
Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01
Pelo Siro
 

Semelhante a As rochas , o solo (20)

Rochas.pptx
Rochas.pptxRochas.pptx
Rochas.pptx
 
Powerpoint Rochas
Powerpoint   RochasPowerpoint   Rochas
Powerpoint Rochas
 
Apresentação mecânica dos solos
Apresentação mecânica dos solosApresentação mecânica dos solos
Apresentação mecânica dos solos
 
Capítulo 04 a estrutura da terra
Capítulo 04   a estrutura da terraCapítulo 04   a estrutura da terra
Capítulo 04 a estrutura da terra
 
Areia
AreiaAreia
Areia
 
Aula 3 propriedades morfológicas
Aula 3 propriedades morfológicasAula 3 propriedades morfológicas
Aula 3 propriedades morfológicas
 
Aula propriedades morfológicas
Aula  propriedades morfológicasAula  propriedades morfológicas
Aula propriedades morfológicas
 
Classificação geral dos solos e solos do brasil
Classificação geral dos solos e solos do brasilClassificação geral dos solos e solos do brasil
Classificação geral dos solos e solos do brasil
 
Rochas solo tr
Rochas solo trRochas solo tr
Rochas solo tr
 
Revisões ciências - novembro
Revisões   ciências - novembroRevisões   ciências - novembro
Revisões ciências - novembro
 
Revisões ciências - novembro
Revisões   ciências - novembroRevisões   ciências - novembro
Revisões ciências - novembro
 
Solo Arenoso
Solo ArenosoSolo Arenoso
Solo Arenoso
 
7º 1.3.
7º 1.3.7º 1.3.
7º 1.3.
 
Li ci plc0602-proddestresidurb-aula01
Li ci plc0602-proddestresidurb-aula01Li ci plc0602-proddestresidurb-aula01
Li ci plc0602-proddestresidurb-aula01
 
Soloeeroso2011 110219130321-phpapp01
Soloeeroso2011 110219130321-phpapp01Soloeeroso2011 110219130321-phpapp01
Soloeeroso2011 110219130321-phpapp01
 
Rochas, solos e seres vivos
Rochas, solos e seres vivos Rochas, solos e seres vivos
Rochas, solos e seres vivos
 
3 b classificaçãorochassedimentares
3 b   classificaçãorochassedimentares3 b   classificaçãorochassedimentares
3 b classificaçãorochassedimentares
 
Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01
Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01
Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01
 
Rochas
RochasRochas
Rochas
 
Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01
Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01
Powerpoint rochas-100405101137-phpapp01
 

As rochas , o solo

  • 1. As rochas são grandes massas formadas por um ou vários minerais associados.
  • 2. Como se distribuem as rochas em Portugal  Rochas mais frequentes em Portugal  Quais são as propriedades das rochas?  Rochas, minerais e as atividades humanas  Qual é o impacto ambiental provocado pela exploração de uma pedreira ou mina ?  Alteração das rochas pelos agentes atmosféricos e biológicos  Como se forma um solo?  Alguns tipos de solo e suas propriedades.  Conservação dos solos
  • 3. Em Portugal, as rochas mais comuns apresentam-se distribuídas da seguinte forma:  Os granitos são abundantes nas regiões do Minho e do Douro, nas Beiras e no Alentejo  Os basaltos são predominantes nos arquipélagos dos Açores e da Madeira; em Portugal estes ocupam uma pequena área entre Lisboa e Mafra  Os calcários , arenitos , argilitos, argilas e areias estão distribuídos pela Beira Litoral, Estremadura, Ribatejo, Alentejo e Algarve. As areias encontram-se também em zonas litorais e nos leitos e margens dos rios.  Os xistos ocupam vastas regiões como: Trás-os-Montes , Vale do Douro, Beira Interior e Alentejo.  Os mármores localizam-se em Trás-os-Montes , região de Vimioso , e no Alentejo , entre Estremoz e Vila Viçosa.
  • 4. Chamamos carta litológica ao mapa que localiza os diferentes tipos de rochas numa dada região. Na figura seguinte irás ver a distribuição das rochas em Portugal.
  • 5. O arenito e o argilito são rochas Calcário branco e constituídas por grãos de areia e calcário preto. partículas de argila unidos. COR: Dureza: A cor de uma rocha Uma rocha pode ser ou não dura predomina quando depende dos minerais que a observada a 50 km constituem. de distância.
  • 6. Cheiro: A maioria das rochas não tem cheiro mas algumas cheiram a barro quando bafejadas. Coerência: Uma rocha é coerente quando é constituída por grãos unidos e uma rocha é não coerente quando é constituída por grãos soltos. Estrutura: Uma rocha é laminada se apresenta lâminas e é maciça se não as apresenta .Por exemplo calcário : maciça e xisto : laminada. Textura: As rochas podem ser visíveis a «olho nu » ou não serem visíveis a «olho nu» Reação com os ácidos: Há rochas que reagem com os ácidos , como o ácido clorídrico fazendo efervescência e outras que não reagem.
  • 7. As rochas e os minerais desde sempre foram utilizados pelo homem para diversos fins , dando suporte às necessidades individuais e culturais do homem . Anta da Fonte Coberta em Templo romano de Évora Alijó
  • 8. As paisagens são muitas vezes alteradas pela intervenção humana de forma descontrolada criando o impacto ambiental. As pedreiras provocam a destruição dos solos e a degradação de paisagens naturais por vezes formando lagoas artificiais muito perigosas. Depois de exploradas as minas acumulam à sua volta resíduos perigosos constituindo focos de poluição para a população.
  • 9. As rochas , mesmo as mais duras , sofrem modificações pela ação da água . Mas não é só a água que atua sobre as rochas . A neve, o gelo e o vento , as variações de temperatura e a ação dos seres vivos e a do próprio homem provocam a desagregação e a alteração das rochas . Depois destes complicados fenómenos , as rochas sofrem a erosão , que consiste na remoção de elementos constituintes da superfície terrestre. Aos agentes que provocam a erosão chamamos agentes erosivos.
  • 10. A- rocha mãe B- solo inicial C- solo com plantas desenvolvidas D-Solo com matéria orgânica decomposta E- solo desenvolvido
  • 11. Da interação de vários fatores resultam materiais que , através de processos muito lentos e complexos originam a formação dos solos. Os solos são constituídos por matéria mineral diversa resultante das rochas formada pelos detritos e restos de seres vivos , e por água e ar em quantidades que variam conforme o tipo de solo. Chama-se húmus à matéria orgânica escura proveniente dos seres decompostos e transformados lentamente por ação dos microrganismos e animais do solo.
  • 12. Solo arenoso: Os solos nem sempre tem as São constituídos mesmas propriedades. principalmente por Distinguem-se essencialmente areia. ,pelos seus constituintes principais Solos calcários: , que dependem da rocha-mãe Formados por que predomina na sua região. calcário. Solos argiloso: Solos francos: São constituídos Possuem areia e principalmente argila em por argila. determinadas proporções para além de outros constituintes.
  • 13. Coberturas plásticas para manter a água do solo e a transpiração das plantas-
  • 14. A rega por aspersão ou por Levada: gota a gota são os processos A água dos poços ou rios é mais adequados à encaminhada por regos necessidade das plantas e a ou por levadas para irrigar uma melhor gestão da água os solos existente. Para facilitar a infiltração da água e no ar no solo ,pratica-se lavra atualmente feita por tratores devidamente equipados o que torna o trabalho mais eficaz.