SlideShare uma empresa Scribd logo
Projeto Escola para Musicistas Iniciantes
             Metal Essência – Orquestra Ebenézer
                               Daniel Colhado - Moisés Cezário - Samuel Barreto – Reginaldo Freitas




                                      APOSTILA
      Conteúdo
CAPÍTULO I ...................................................................................................... 2
  •    NOTAS .................................................................................................... 3
  •    PENTAGRAMA ........................................................................................... 3
  •    CLAVES ................................................................................................... 3
  •    FIGURAS.................................................................................................. 4
  •    DURAÇÃO ................................................................................................ 4
CAPÍTULO II ...................................................................................................... 5
  •    PONTO DE AUMENTO ................................................................................... 5
  •    PONTO DE DIMINUIÇÃO ................................................................................ 5
  •    LIGADURA ................................................................................................ 5
  •    COMPASSO ............................................................................................... 6
  •    TEMPO .................................................................................................... 6
CAPITULO III ..................................................................................................... 7
  •    FERMATA ................................................................................................. 7
  •    ACIDENTES OU SINAIS DE ALTERAÇÃO ............................................................... 7
INTRODUÇÃO
                                                       CAPÍTULO I

       MÚSICA é a arte de manifestar os diversos afetos da nossa alma mediante a
combinação de sons de maneira lógica e agradável.


       Pode ser dividida em três partes:


                          MELODIA (seqüência combinada de sons)
                          HARMONIA (combinação de sons executados simultaneamente)
                          RITMO (disciplina o tempo na execução dos sons, medida de duração
         das notas)




       O Som pode se classificado como:


       • DETERMINADO (é todo som que podemos representar através de notas musicais).
       Ex: som produzido por voz humana ou instrumento musical.
       • INDETERMINADO (é todo som que não possibilita representação através de notas
musicais).
       Ex: som produzido por um copo se quebrando ou ruído do motor de um carro.




       Propriedades do Som: Altura, Intensidade, Timbre e Duração.


       • ALTURA (é a propriedade que nos faz distinguir o som como grave, médio ou
agudo);
       • INTENSIDADE (é o grau de força empregada na execução do som) - representada
musicalmente pelos sinais “p (piano), pp (pianíssimo), f (forte), ff (fortíssimo)”;
       • TIMBRE (é a qualidade e reconhecimento de cada som, que possibilita distinguir
um instrumento de outro);
       • DURAÇÃO (é o tempo de vibração (emissão) do som);



Apostila de Música - Metal Essência – Orquestra Ebenézer                              Página 2
• NOTAS
       Os sons recebem o nome de Notas (Dó, Ré, Mi. Fá, Sol, Lá e Si) e as escrevemos em
uma “Pauta”.

              • PENTAGRAMA
       Essa pauta também é conhecida como “Pentagrama” que é um conjunto de cinco
linhas e quatro espaços paralelos e horizontais que são contados de baixo para cima.
                     5ª linha   _______________________________________________________________
                                                       4º espaço
                     4ª linha   _______________________________________________________________
                                                       3º espaço
                     3ª linha   _______________________________________________________________
                                                       2º espaço
                     2ª linha   _______________________________________________________________
                                                       1º espaço
                     1ª linha   _______________________________________________________________


       Na existência de notas mais graves ou mais agudas, adicionamos pequenas linhas e
espaços chamados suplementares: superiores e inferiores
                                                                                          ____
                                                                                   ____   ____   Superiores (agudos)
                                                                            ____   ____   ____
               5ª linha    _______________________________________________________________
                                                 4º espaço
               4ª linha    _______________________________________________________________
                                                 3º espaço
               3ª linha    _______________________________________________________________
                                                 2º espaço
               2ª linha    _______________________________________________________________
                                                 1º espaço
               1ª linha    _______________________________________________________________
                                 ____   ____   ____
                                 ____   ____   ____
                                 ____   ____   ____
                                                      Inferiores (graves)




                  • CLAVES
       Para que os sons recebam nome (notas) é necessária a existência de CLAVES
(Chaves). Colocadas no pentagrama dão nome às notas.
       As mais usadas são:




               Clave de Sol              -               Clave de Fá -                       Clave de Dó -   




Apostila de Música - Metal Essência – Orquestra Ebenézer                                                       Página 3
• FIGURAS

     Figuras que representam as notas:




| semibreve |     mínima       | semínima          | colcheia   | semicolcheia |   fusa   | semifusa




     Figuras que representam as pausas:




| semibreve |     mínima       | semínima          | colcheia   | semicolcheia |   fusa   | semifusa


                • DURAÇÃO

     Nome da figura                 Duração

     Semibreve ..................... 4 tempos

     Mínima ......................... 2 tempos

     Semínima ...................... 1 tempo

     Colcheia ........................ 1/2 tempo

     Semicolcheia .................. 1/4 de tempo

     Fusa ............................. 1/8 de tempo

     Semifusa ....................... 1/16 de tempo
CAPÍTULO II


              • PONTO DE AUMENTO


      É um ponto colocado junto à figura da nota, lado direito, para aumentar a metade do seu
valor; o mesmo acontece com a pausa.




     Pode-se acrescentar um segundo ponto aumentado o tempo da Nota em ¾ de seu valor –
“duplo-ponto”; o mesmo acontece com a pausa.




              • PONTO DE DIMINUIÇÃO
     É escrito acima ou abaixo da nota, e diminui a metade de seu valor




              • LIGADURA


                         A ligadura é uma linha curva usada para unir duas notas de mesma
                   altura, unindo também seus valeres.



                   Se as notas não forem de mesma altura, indica uma “frase”, geralmente
              tocada em um único fôlego, porém não une o valor das notas.
• COMPASSO


     COMPASSO é a divisão da música em tempos iguais (pequenas partes de duração).

     Às vezes variáveis. É medida métrica e rítmica.

     São “simples” ou “compostos”, existindo ainda, os “mistos” e “grupos irregulares”.

Os Compassos mais usados são de:

2 tempos = binário




3 tempos = ternário




4 tempos = quaternário



      No pentagrama os compassos são separados por uma linha divisória, chamada de “barra de
divisão”, “travessão” ou “barra de compasso”

Barra-simples        Barra-dupla        Barra de repetição (início)




                 Barra de repetição (fim)                    Barra Final

A barra de repetição também é conhecida como Ritornelo.



                • TEMPO
      É uma pequena parte de duração dentro de um compasso. Podem ser fortes, meio-fortes ou
fracos, dependendo de sua maior ou menor acentuação no discurso musical. Geralmente o 1º
tempo é forte e os demais, meio-fortes ou fracos.
CAPITULO III


                • FERMATA


     A Fermata é um sinal em forma de semicírculo colocado acima ou em baixo de uma nota ou
pausa, serve para dar-lhes um valor indeterminado.




*(o maestro indicará a duração através de gesto)



                • ACIDENTES OU SINAIS DE ALTERAÇÃO


        O tom é a nota fundamental em que se estabelece qualquer composição.

        Os tons podem também conhecer-se pelo número de acidentes junto à clave.

      As notas (os sons) podem sofrer alterações (elevações ou diminuições) de semitom (meio-
tom) ou de tom (inteiro) em sua altura, sem mudarem o nome, os acidentes são indicados pelas
seguintes denominações e sinais (na altura):


        SUSTENIDO = eleva a altura da nota em um semitom (meio tom) ou meio
grau.


     DOBRADO SUSTENIDO = eleva a altura da nota em dois semitons (um
tom) ou um grau.


        BEMOL = Diminui a altura da nota em um semitom (meio tom) ou meio
grau.


     DOBRADO BEMOL = Diminui a altura da nota em dois semitons (um tom)
ou um grau.



        BEQUADRO = retorna a altura da nota ao seu tom natural.
•   O acidente pode ser FIXO ou OCORRENTE

                 FIXOS – quando aparecem junto à clave, no início do pentagrama:

                 OCORRENTES – quando aparecem no decorrer da música, junto a uma nota:


                 Fixos




                                                        Ocorrentes


     ARMADURA DE CLAVE: são os acidentes “fixos” junto à CLAVE, pela ordem colocados

conforme podemos ver na figura abaixo:

     ----------------------SUSTENIDOS---------------------------------------------------------------
     1º em FÁ
     2 º em DÓ
     3 º em SOL
     4 º em RÉ
     5 º em LÁ
     6 º em MI
     7 º em SI
     ----------------------BEMÓIS---------------------------------------------------------------------------

     1º em SI
     2 º em MI
     3 º em LÁ
     4 º em RÉ
     5 º em SOL
     6 º em DÓ
     7 º em FÁ
BIBLIOGRAFIA
       ABC Musical

       Método Bona




Apostila de Música - Metal Essência – Orquestra Ebenézer   Página 9

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Powerpoint aula facul, violão
Powerpoint aula facul, violãoPowerpoint aula facul, violão
Powerpoint aula facul, violão
uscusc
 
Apostila de guitarra
Apostila de guitarraApostila de guitarra
Apostila de guitarra
Marlon Ferreira
 
Aprendendo a tocar violão
Aprendendo a tocar violãoAprendendo a tocar violão
Aprendendo a tocar violão
josedivino
 
Livro ritmos
Livro ritmosLivro ritmos
Apostila de violao
Apostila de violaoApostila de violao
Apostila de violao
Júlio Rocha
 
Aprender guitarra-classica
Aprender guitarra-classicaAprender guitarra-classica
Aprender guitarra-classica
home
 
Apostila de violão intermediário ao avançado
Apostila de violão intermediário ao avançadoApostila de violão intermediário ao avançado
Apostila de violão intermediário ao avançado
Marlon Ferreira
 
Conceitos para tirar e tocar músicas de ouvido
Conceitos para tirar e tocar músicas de ouvidoConceitos para tirar e tocar músicas de ouvido
Conceitos para tirar e tocar músicas de ouvido
paulo_206
 
Caderno de exercicios MTS CCB
Caderno de exercicios MTS CCBCaderno de exercicios MTS CCB
Caderno de exercicios MTS CCB
Saulo Gomes
 
Dicionário de Acordes I
Dicionário de Acordes IDicionário de Acordes I
Dicionário de Acordes I
Alisson S.
 
Manual Aula Cavaquinho
Manual Aula CavaquinhoManual Aula Cavaquinho
Manual Aula Cavaquinho
Vagner Taschetti
 
Apostila-violao
Apostila-violaoApostila-violao
Apostila-violao
Nando Costa
 
Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
 Curso-completo-de-violao-para-iniciantes Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
eltoleon
 

Mais procurados (13)

Powerpoint aula facul, violão
Powerpoint aula facul, violãoPowerpoint aula facul, violão
Powerpoint aula facul, violão
 
Apostila de guitarra
Apostila de guitarraApostila de guitarra
Apostila de guitarra
 
Aprendendo a tocar violão
Aprendendo a tocar violãoAprendendo a tocar violão
Aprendendo a tocar violão
 
Livro ritmos
Livro ritmosLivro ritmos
Livro ritmos
 
Apostila de violao
Apostila de violaoApostila de violao
Apostila de violao
 
Aprender guitarra-classica
Aprender guitarra-classicaAprender guitarra-classica
Aprender guitarra-classica
 
Apostila de violão intermediário ao avançado
Apostila de violão intermediário ao avançadoApostila de violão intermediário ao avançado
Apostila de violão intermediário ao avançado
 
Conceitos para tirar e tocar músicas de ouvido
Conceitos para tirar e tocar músicas de ouvidoConceitos para tirar e tocar músicas de ouvido
Conceitos para tirar e tocar músicas de ouvido
 
Caderno de exercicios MTS CCB
Caderno de exercicios MTS CCBCaderno de exercicios MTS CCB
Caderno de exercicios MTS CCB
 
Dicionário de Acordes I
Dicionário de Acordes IDicionário de Acordes I
Dicionário de Acordes I
 
Manual Aula Cavaquinho
Manual Aula CavaquinhoManual Aula Cavaquinho
Manual Aula Cavaquinho
 
Apostila-violao
Apostila-violaoApostila-violao
Apostila-violao
 
Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
 Curso-completo-de-violao-para-iniciantes Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
Curso-completo-de-violao-para-iniciantes
 

Destaque

Apostila para hackers iniciantes
Apostila para hackers iniciantesApostila para hackers iniciantes
Apostila para hackers iniciantes
hackersetruques
 
Aula de violão para iniciantes
Aula de violão para iniciantesAula de violão para iniciantes
Aula de violão para iniciantes
josedivino
 
CURSO DE PHP PARA INICIANTES - AULA 1
CURSO DE PHP PARA INICIANTES - AULA 1CURSO DE PHP PARA INICIANTES - AULA 1
CURSO DE PHP PARA INICIANTES - AULA 1
Norivan Oliveira
 
Guia otimizacao para Mecanismos de Pesquisa
Guia otimizacao para Mecanismos de PesquisaGuia otimizacao para Mecanismos de Pesquisa
Guia otimizacao para Mecanismos de Pesquisa
João Paulo M. Cândido
 
Bactérias utilizadas na produção de alimentos
Bactérias utilizadas na produção de alimentosBactérias utilizadas na produção de alimentos
Bactérias utilizadas na produção de alimentos
Luan Queiroz
 
Windows xp
Windows xpWindows xp
Windows xp
vinivs
 
Notas de violão para iniciantes
Notas de violão para iniciantesNotas de violão para iniciantes
Notas de violão para iniciantes
josedivino
 
Plano de estudo para Guitarristas
Plano de estudo para GuitarristasPlano de estudo para Guitarristas
Plano de estudo para Guitarristas
Luiz Carlos Oliveira dos Santos
 
Apostila
ApostilaApostila
Apostila
Necy
 
Parte Especial Verb To Be
Parte Especial Verb To BeParte Especial Verb To Be
Parte Especial Verb To Be
Speaking in English
 
Apostila Arduino - FBS Eletrônica
Apostila Arduino - FBS EletrônicaApostila Arduino - FBS Eletrônica
Apostila Arduino - FBS Eletrônica
Fabio Souza
 
Mídias Sociais e Inteligência de Marketing
Mídias Sociais e Inteligência de MarketingMídias Sociais e Inteligência de Marketing
Mídias Sociais e Inteligência de Marketing
Tarcízio Silva
 
Arduino introdução - 10 projectos
Arduino   introdução - 10 projectosArduino   introdução - 10 projectos
Arduino introdução - 10 projectos
Daniel Chavier
 
Programação Android - Básico
Programação Android - BásicoProgramação Android - Básico
Programação Android - Básico
HugoDalevedove
 
Dicas para programador web
Dicas para programador webDicas para programador web
Dicas para programador web
Paulo Santos junior
 
Livro curso de_hacker_para_iniciantes_cap_1
Livro curso de_hacker_para_iniciantes_cap_1Livro curso de_hacker_para_iniciantes_cap_1
Livro curso de_hacker_para_iniciantes_cap_1
Alax Ricard
 
Apostila Arduino - Núcleo de Estudos em Robótica SheepSet
Apostila Arduino - Núcleo de Estudos em Robótica SheepSetApostila Arduino - Núcleo de Estudos em Robótica SheepSet
Apostila Arduino - Núcleo de Estudos em Robótica SheepSet
Saymon Cristian Alves Oliveira
 
Eng.ª do Software - 10. Testes de software
Eng.ª do Software - 10. Testes de softwareEng.ª do Software - 10. Testes de software
Eng.ª do Software - 10. Testes de software
Manuel Menezes de Sequeira
 
Doenças má alimentação
Doenças má alimentaçãoDoenças má alimentação
Doenças má alimentação
Maria Sequeira
 
Hotelaria plan e gestão cap 3
Hotelaria plan e gestão cap 3Hotelaria plan e gestão cap 3
Hotelaria plan e gestão cap 3
Professor Sérgio Duarte
 

Destaque (20)

Apostila para hackers iniciantes
Apostila para hackers iniciantesApostila para hackers iniciantes
Apostila para hackers iniciantes
 
Aula de violão para iniciantes
Aula de violão para iniciantesAula de violão para iniciantes
Aula de violão para iniciantes
 
CURSO DE PHP PARA INICIANTES - AULA 1
CURSO DE PHP PARA INICIANTES - AULA 1CURSO DE PHP PARA INICIANTES - AULA 1
CURSO DE PHP PARA INICIANTES - AULA 1
 
Guia otimizacao para Mecanismos de Pesquisa
Guia otimizacao para Mecanismos de PesquisaGuia otimizacao para Mecanismos de Pesquisa
Guia otimizacao para Mecanismos de Pesquisa
 
Bactérias utilizadas na produção de alimentos
Bactérias utilizadas na produção de alimentosBactérias utilizadas na produção de alimentos
Bactérias utilizadas na produção de alimentos
 
Windows xp
Windows xpWindows xp
Windows xp
 
Notas de violão para iniciantes
Notas de violão para iniciantesNotas de violão para iniciantes
Notas de violão para iniciantes
 
Plano de estudo para Guitarristas
Plano de estudo para GuitarristasPlano de estudo para Guitarristas
Plano de estudo para Guitarristas
 
Apostila
ApostilaApostila
Apostila
 
Parte Especial Verb To Be
Parte Especial Verb To BeParte Especial Verb To Be
Parte Especial Verb To Be
 
Apostila Arduino - FBS Eletrônica
Apostila Arduino - FBS EletrônicaApostila Arduino - FBS Eletrônica
Apostila Arduino - FBS Eletrônica
 
Mídias Sociais e Inteligência de Marketing
Mídias Sociais e Inteligência de MarketingMídias Sociais e Inteligência de Marketing
Mídias Sociais e Inteligência de Marketing
 
Arduino introdução - 10 projectos
Arduino   introdução - 10 projectosArduino   introdução - 10 projectos
Arduino introdução - 10 projectos
 
Programação Android - Básico
Programação Android - BásicoProgramação Android - Básico
Programação Android - Básico
 
Dicas para programador web
Dicas para programador webDicas para programador web
Dicas para programador web
 
Livro curso de_hacker_para_iniciantes_cap_1
Livro curso de_hacker_para_iniciantes_cap_1Livro curso de_hacker_para_iniciantes_cap_1
Livro curso de_hacker_para_iniciantes_cap_1
 
Apostila Arduino - Núcleo de Estudos em Robótica SheepSet
Apostila Arduino - Núcleo de Estudos em Robótica SheepSetApostila Arduino - Núcleo de Estudos em Robótica SheepSet
Apostila Arduino - Núcleo de Estudos em Robótica SheepSet
 
Eng.ª do Software - 10. Testes de software
Eng.ª do Software - 10. Testes de softwareEng.ª do Software - 10. Testes de software
Eng.ª do Software - 10. Testes de software
 
Doenças má alimentação
Doenças má alimentaçãoDoenças má alimentação
Doenças má alimentação
 
Hotelaria plan e gestão cap 3
Hotelaria plan e gestão cap 3Hotelaria plan e gestão cap 3
Hotelaria plan e gestão cap 3
 

Semelhante a Apostila emi musica

Apostila musica ef 07
Apostila musica ef 07Apostila musica ef 07
Apostila musica ef 07
Elvis Live
 
Teoria musical valdecir ferreira da cruz
Teoria musical valdecir ferreira da cruzTeoria musical valdecir ferreira da cruz
Teoria musical valdecir ferreira da cruz
Ufscar_Grupo 3 Valdecir
 
Apostila Teoria Musical
Apostila Teoria MusicalApostila Teoria Musical
Apostila Teoria Musical
roseandreia
 
Teoria
TeoriaTeoria
Teoria
Saulo Gomes
 
Inp apostila de teoria musical elaboração maestro jorge nobre
Inp apostila de teoria musical elaboração maestro jorge nobreInp apostila de teoria musical elaboração maestro jorge nobre
Inp apostila de teoria musical elaboração maestro jorge nobre
Saulo Gomes
 
Apostila de Teoria -M.Jorge Nobre.pdf
Apostila de Teoria -M.Jorge Nobre.pdfApostila de Teoria -M.Jorge Nobre.pdf
Apostila de Teoria -M.Jorge Nobre.pdf
RcivalAlves1
 
Apostila de Música.pdf
Apostila de Música.pdfApostila de Música.pdf
Apostila de Música.pdf
Renato Monteiro
 
Apostila teoria musical
Apostila teoria musicalApostila teoria musical
Apostila teoria musical
Adriana Reis
 
Teoria musical para iniciante
Teoria musical para iniciante Teoria musical para iniciante
Teoria musical para iniciante
FelipeAbreu45
 
Apostila de teoria musical
Apostila de teoria musicalApostila de teoria musical
Apostila de teoria musical
Partitura de Banda
 
Teoria musical
Teoria musicalTeoria musical
Teoria musical
Valdir Gomes
 
Apostilade teoria musical
Apostilade teoria musicalApostilade teoria musical
Apostilade teoria musical
tricolornaveia
 
Exercicios
ExerciciosExercicios
Exercicios
eder santos
 
Apostila de teoria musical 01
Apostila de teoria musical 01Apostila de teoria musical 01
Apostila de teoria musical 01
Jorge Oliveira
 
Apt000002
Apt000002Apt000002
Apostila de teoria musical
Apostila de teoria musicalApostila de teoria musical
Apostila de teoria musical
Alex Damasceno
 
teoriamusical-160407030341.pdf
teoriamusical-160407030341.pdfteoriamusical-160407030341.pdf
teoriamusical-160407030341.pdf
DalaPereiradeAlmeida
 
Teoria Musical Básica Aulas 1 e 2
Teoria Musical Básica Aulas 1 e 2Teoria Musical Básica Aulas 1 e 2
Teoria Musical Básica Aulas 1 e 2
Henrique Antunes
 
Musicalidade
MusicalidadeMusicalidade
Apostila iniciacao musical
Apostila iniciacao musicalApostila iniciacao musical
Apostila iniciacao musical
Arnaldo Alves
 

Semelhante a Apostila emi musica (20)

Apostila musica ef 07
Apostila musica ef 07Apostila musica ef 07
Apostila musica ef 07
 
Teoria musical valdecir ferreira da cruz
Teoria musical valdecir ferreira da cruzTeoria musical valdecir ferreira da cruz
Teoria musical valdecir ferreira da cruz
 
Apostila Teoria Musical
Apostila Teoria MusicalApostila Teoria Musical
Apostila Teoria Musical
 
Teoria
TeoriaTeoria
Teoria
 
Inp apostila de teoria musical elaboração maestro jorge nobre
Inp apostila de teoria musical elaboração maestro jorge nobreInp apostila de teoria musical elaboração maestro jorge nobre
Inp apostila de teoria musical elaboração maestro jorge nobre
 
Apostila de Teoria -M.Jorge Nobre.pdf
Apostila de Teoria -M.Jorge Nobre.pdfApostila de Teoria -M.Jorge Nobre.pdf
Apostila de Teoria -M.Jorge Nobre.pdf
 
Apostila de Música.pdf
Apostila de Música.pdfApostila de Música.pdf
Apostila de Música.pdf
 
Apostila teoria musical
Apostila teoria musicalApostila teoria musical
Apostila teoria musical
 
Teoria musical para iniciante
Teoria musical para iniciante Teoria musical para iniciante
Teoria musical para iniciante
 
Apostila de teoria musical
Apostila de teoria musicalApostila de teoria musical
Apostila de teoria musical
 
Teoria musical
Teoria musicalTeoria musical
Teoria musical
 
Apostilade teoria musical
Apostilade teoria musicalApostilade teoria musical
Apostilade teoria musical
 
Exercicios
ExerciciosExercicios
Exercicios
 
Apostila de teoria musical 01
Apostila de teoria musical 01Apostila de teoria musical 01
Apostila de teoria musical 01
 
Apt000002
Apt000002Apt000002
Apt000002
 
Apostila de teoria musical
Apostila de teoria musicalApostila de teoria musical
Apostila de teoria musical
 
teoriamusical-160407030341.pdf
teoriamusical-160407030341.pdfteoriamusical-160407030341.pdf
teoriamusical-160407030341.pdf
 
Teoria Musical Básica Aulas 1 e 2
Teoria Musical Básica Aulas 1 e 2Teoria Musical Básica Aulas 1 e 2
Teoria Musical Básica Aulas 1 e 2
 
Musicalidade
MusicalidadeMusicalidade
Musicalidade
 
Apostila iniciacao musical
Apostila iniciacao musicalApostila iniciacao musical
Apostila iniciacao musical
 

Mais de Elvis Live

Apostila iniciciacao musical
Apostila iniciciacao musicalApostila iniciciacao musical
Apostila iniciciacao musical
Elvis Live
 
Apostila de canto respiração
Apostila de canto   respiraçãoApostila de canto   respiração
Apostila de canto respiração
Elvis Live
 
Apostila de canto relaxamento
Apostila de canto   relaxamentoApostila de canto   relaxamento
Apostila de canto relaxamento
Elvis Live
 
A musica na educacao infantil 02
A musica na educacao infantil 02A musica na educacao infantil 02
A musica na educacao infantil 02
Elvis Live
 
A musica na educacao infantil 01
A musica na educacao infantil 01A musica na educacao infantil 01
A musica na educacao infantil 01
Elvis Live
 
Apostila musica ef 09
Apostila musica ef 09Apostila musica ef 09
Apostila musica ef 09
Elvis Live
 
Apostila musica ef 08
Apostila musica ef 08Apostila musica ef 08
Apostila musica ef 08
Elvis Live
 
Apostila musica ef 06
Apostila musica ef 06Apostila musica ef 06
Apostila musica ef 06
Elvis Live
 
Apostila musica em 01
Apostila musica em 01Apostila musica em 01
Apostila musica em 01
Elvis Live
 
Apostila violao 01
Apostila violao 01Apostila violao 01
Apostila violao 01
Elvis Live
 
Beatles letras
Beatles letrasBeatles letras
Beatles letras
Elvis Live
 
Beatles the complete songbook
Beatles the complete songbookBeatles the complete songbook
Beatles the complete songbook
Elvis Live
 
Como ler partituras
Como ler partiturasComo ler partituras
Como ler partituras
Elvis Live
 
Como ler tablatura
Como ler tablaturaComo ler tablatura
Como ler tablatura
Elvis Live
 
Cronos rock
Cronos rockCronos rock
Cronos rock
Elvis Live
 
Elis regina letras
Elis regina letrasElis regina letras
Elis regina letras
Elvis Live
 
Festas e tradicoes paulistas
Festas e tradicoes paulistasFestas e tradicoes paulistas
Festas e tradicoes paulistas
Elvis Live
 
Gaita aprendendo 01
Gaita aprendendo 01Gaita aprendendo 01
Gaita aprendendo 01
Elvis Live
 
Gaita aprendendo 02 cromatica
Gaita aprendendo 02 cromaticaGaita aprendendo 02 cromatica
Gaita aprendendo 02 cromatica
Elvis Live
 
Gaita aprendendo 03
Gaita aprendendo 03Gaita aprendendo 03
Gaita aprendendo 03
Elvis Live
 

Mais de Elvis Live (20)

Apostila iniciciacao musical
Apostila iniciciacao musicalApostila iniciciacao musical
Apostila iniciciacao musical
 
Apostila de canto respiração
Apostila de canto   respiraçãoApostila de canto   respiração
Apostila de canto respiração
 
Apostila de canto relaxamento
Apostila de canto   relaxamentoApostila de canto   relaxamento
Apostila de canto relaxamento
 
A musica na educacao infantil 02
A musica na educacao infantil 02A musica na educacao infantil 02
A musica na educacao infantil 02
 
A musica na educacao infantil 01
A musica na educacao infantil 01A musica na educacao infantil 01
A musica na educacao infantil 01
 
Apostila musica ef 09
Apostila musica ef 09Apostila musica ef 09
Apostila musica ef 09
 
Apostila musica ef 08
Apostila musica ef 08Apostila musica ef 08
Apostila musica ef 08
 
Apostila musica ef 06
Apostila musica ef 06Apostila musica ef 06
Apostila musica ef 06
 
Apostila musica em 01
Apostila musica em 01Apostila musica em 01
Apostila musica em 01
 
Apostila violao 01
Apostila violao 01Apostila violao 01
Apostila violao 01
 
Beatles letras
Beatles letrasBeatles letras
Beatles letras
 
Beatles the complete songbook
Beatles the complete songbookBeatles the complete songbook
Beatles the complete songbook
 
Como ler partituras
Como ler partiturasComo ler partituras
Como ler partituras
 
Como ler tablatura
Como ler tablaturaComo ler tablatura
Como ler tablatura
 
Cronos rock
Cronos rockCronos rock
Cronos rock
 
Elis regina letras
Elis regina letrasElis regina letras
Elis regina letras
 
Festas e tradicoes paulistas
Festas e tradicoes paulistasFestas e tradicoes paulistas
Festas e tradicoes paulistas
 
Gaita aprendendo 01
Gaita aprendendo 01Gaita aprendendo 01
Gaita aprendendo 01
 
Gaita aprendendo 02 cromatica
Gaita aprendendo 02 cromaticaGaita aprendendo 02 cromatica
Gaita aprendendo 02 cromatica
 
Gaita aprendendo 03
Gaita aprendendo 03Gaita aprendendo 03
Gaita aprendendo 03
 

Último

Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Mary Alvarenga
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Centro Jacques Delors
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
CamilaSouza544051
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
edusegtrab
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Luzia Gabriele
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
Sandra Pratas
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
portaladministradores
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
Falcão Brasil
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Falcão Brasil
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
CarolineSaback2
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
Ceiça Martins Vital
 

Último (20)

Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
Desafio matemático -  multiplicação e divisão.Desafio matemático -  multiplicação e divisão.
Desafio matemático - multiplicação e divisão.
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
Slide | Eurodeputados Portugueses (2024-2029) - Parlamento Europeu (atualiz. ...
 
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdfAdaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
Adaptacoes-de-Provas-para-Alunos-com-Deficiencia.pdf
 
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamasConhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
Conhecimento sobre Vestimenta Anti chamas
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsxOceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
Oceano, Fonte de Vida e Beleza Maria Inês Aroeira Braga.ppsx
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O SONHO DO EVARISTO_RITA E CLÁUDIA_22_23
 
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdfAPRESENTAÇÃO  CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
APRESENTAÇÃO CURSO FORMAÇÃO EXPERT EM MODERAÇÃO DE FOCUS GROUP.pdf
 
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, O Encontro de Rute com Boaz, 3Tr24.pptx
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdfA Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
A Guerra do Presente - Ministério da Defesa.pdf
 
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdfPortfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
Portfólio Estratégico da Marinha do Brasil (MB).pdf
 
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdfLivro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
Livro - Planejamento em Orientação Educacional - Heloísa Lück.pdf
 
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdfP0107 do aluno da educação municipal.pdf
P0107 do aluno da educação municipal.pdf
 

Apostila emi musica

  • 1. Projeto Escola para Musicistas Iniciantes Metal Essência – Orquestra Ebenézer Daniel Colhado - Moisés Cezário - Samuel Barreto – Reginaldo Freitas APOSTILA Conteúdo CAPÍTULO I ...................................................................................................... 2 • NOTAS .................................................................................................... 3 • PENTAGRAMA ........................................................................................... 3 • CLAVES ................................................................................................... 3 • FIGURAS.................................................................................................. 4 • DURAÇÃO ................................................................................................ 4 CAPÍTULO II ...................................................................................................... 5 • PONTO DE AUMENTO ................................................................................... 5 • PONTO DE DIMINUIÇÃO ................................................................................ 5 • LIGADURA ................................................................................................ 5 • COMPASSO ............................................................................................... 6 • TEMPO .................................................................................................... 6 CAPITULO III ..................................................................................................... 7 • FERMATA ................................................................................................. 7 • ACIDENTES OU SINAIS DE ALTERAÇÃO ............................................................... 7
  • 2. INTRODUÇÃO CAPÍTULO I MÚSICA é a arte de manifestar os diversos afetos da nossa alma mediante a combinação de sons de maneira lógica e agradável. Pode ser dividida em três partes: MELODIA (seqüência combinada de sons) HARMONIA (combinação de sons executados simultaneamente) RITMO (disciplina o tempo na execução dos sons, medida de duração das notas) O Som pode se classificado como: • DETERMINADO (é todo som que podemos representar através de notas musicais). Ex: som produzido por voz humana ou instrumento musical. • INDETERMINADO (é todo som que não possibilita representação através de notas musicais). Ex: som produzido por um copo se quebrando ou ruído do motor de um carro. Propriedades do Som: Altura, Intensidade, Timbre e Duração. • ALTURA (é a propriedade que nos faz distinguir o som como grave, médio ou agudo); • INTENSIDADE (é o grau de força empregada na execução do som) - representada musicalmente pelos sinais “p (piano), pp (pianíssimo), f (forte), ff (fortíssimo)”; • TIMBRE (é a qualidade e reconhecimento de cada som, que possibilita distinguir um instrumento de outro); • DURAÇÃO (é o tempo de vibração (emissão) do som); Apostila de Música - Metal Essência – Orquestra Ebenézer Página 2
  • 3. • NOTAS Os sons recebem o nome de Notas (Dó, Ré, Mi. Fá, Sol, Lá e Si) e as escrevemos em uma “Pauta”. • PENTAGRAMA Essa pauta também é conhecida como “Pentagrama” que é um conjunto de cinco linhas e quatro espaços paralelos e horizontais que são contados de baixo para cima. 5ª linha _______________________________________________________________ 4º espaço 4ª linha _______________________________________________________________ 3º espaço 3ª linha _______________________________________________________________ 2º espaço 2ª linha _______________________________________________________________ 1º espaço 1ª linha _______________________________________________________________ Na existência de notas mais graves ou mais agudas, adicionamos pequenas linhas e espaços chamados suplementares: superiores e inferiores ____ ____ ____ Superiores (agudos) ____ ____ ____ 5ª linha _______________________________________________________________ 4º espaço 4ª linha _______________________________________________________________ 3º espaço 3ª linha _______________________________________________________________ 2º espaço 2ª linha _______________________________________________________________ 1º espaço 1ª linha _______________________________________________________________ ____ ____ ____ ____ ____ ____ ____ ____ ____ Inferiores (graves) • CLAVES Para que os sons recebam nome (notas) é necessária a existência de CLAVES (Chaves). Colocadas no pentagrama dão nome às notas. As mais usadas são:  Clave de Sol -  Clave de Fá -  Clave de Dó -  Apostila de Música - Metal Essência – Orquestra Ebenézer Página 3
  • 4. • FIGURAS Figuras que representam as notas: | semibreve | mínima | semínima | colcheia | semicolcheia | fusa | semifusa Figuras que representam as pausas: | semibreve | mínima | semínima | colcheia | semicolcheia | fusa | semifusa • DURAÇÃO Nome da figura Duração Semibreve ..................... 4 tempos Mínima ......................... 2 tempos Semínima ...................... 1 tempo Colcheia ........................ 1/2 tempo Semicolcheia .................. 1/4 de tempo Fusa ............................. 1/8 de tempo Semifusa ....................... 1/16 de tempo
  • 5. CAPÍTULO II • PONTO DE AUMENTO É um ponto colocado junto à figura da nota, lado direito, para aumentar a metade do seu valor; o mesmo acontece com a pausa. Pode-se acrescentar um segundo ponto aumentado o tempo da Nota em ¾ de seu valor – “duplo-ponto”; o mesmo acontece com a pausa. • PONTO DE DIMINUIÇÃO É escrito acima ou abaixo da nota, e diminui a metade de seu valor • LIGADURA A ligadura é uma linha curva usada para unir duas notas de mesma altura, unindo também seus valeres. Se as notas não forem de mesma altura, indica uma “frase”, geralmente tocada em um único fôlego, porém não une o valor das notas.
  • 6. • COMPASSO COMPASSO é a divisão da música em tempos iguais (pequenas partes de duração). Às vezes variáveis. É medida métrica e rítmica. São “simples” ou “compostos”, existindo ainda, os “mistos” e “grupos irregulares”. Os Compassos mais usados são de: 2 tempos = binário 3 tempos = ternário 4 tempos = quaternário No pentagrama os compassos são separados por uma linha divisória, chamada de “barra de divisão”, “travessão” ou “barra de compasso” Barra-simples Barra-dupla Barra de repetição (início) Barra de repetição (fim) Barra Final A barra de repetição também é conhecida como Ritornelo. • TEMPO É uma pequena parte de duração dentro de um compasso. Podem ser fortes, meio-fortes ou fracos, dependendo de sua maior ou menor acentuação no discurso musical. Geralmente o 1º tempo é forte e os demais, meio-fortes ou fracos.
  • 7. CAPITULO III • FERMATA A Fermata é um sinal em forma de semicírculo colocado acima ou em baixo de uma nota ou pausa, serve para dar-lhes um valor indeterminado. *(o maestro indicará a duração através de gesto) • ACIDENTES OU SINAIS DE ALTERAÇÃO O tom é a nota fundamental em que se estabelece qualquer composição. Os tons podem também conhecer-se pelo número de acidentes junto à clave. As notas (os sons) podem sofrer alterações (elevações ou diminuições) de semitom (meio- tom) ou de tom (inteiro) em sua altura, sem mudarem o nome, os acidentes são indicados pelas seguintes denominações e sinais (na altura): SUSTENIDO = eleva a altura da nota em um semitom (meio tom) ou meio grau. DOBRADO SUSTENIDO = eleva a altura da nota em dois semitons (um tom) ou um grau. BEMOL = Diminui a altura da nota em um semitom (meio tom) ou meio grau. DOBRADO BEMOL = Diminui a altura da nota em dois semitons (um tom) ou um grau. BEQUADRO = retorna a altura da nota ao seu tom natural.
  • 8. O acidente pode ser FIXO ou OCORRENTE FIXOS – quando aparecem junto à clave, no início do pentagrama: OCORRENTES – quando aparecem no decorrer da música, junto a uma nota: Fixos Ocorrentes ARMADURA DE CLAVE: são os acidentes “fixos” junto à CLAVE, pela ordem colocados conforme podemos ver na figura abaixo: ----------------------SUSTENIDOS--------------------------------------------------------------- 1º em FÁ 2 º em DÓ 3 º em SOL 4 º em RÉ 5 º em LÁ 6 º em MI 7 º em SI ----------------------BEMÓIS--------------------------------------------------------------------------- 1º em SI 2 º em MI 3 º em LÁ 4 º em RÉ 5 º em SOL 6 º em DÓ 7 º em FÁ
  • 9. BIBLIOGRAFIA ABC Musical Método Bona Apostila de Música - Metal Essência – Orquestra Ebenézer Página 9