SlideShare uma empresa Scribd logo
CURSO :
O PASSE COMO CURA
MAGNÉTICA
MÓDULO 2
COMO É QUE SE DOA ?
CORPOS SUTIS - DUPLO
ETÉRICO ou CORPO VITAL
Constitui a parte mais
periférica do Perispírito
ou corpo espiritual.
Nele circulam as forças
radiantes -O Ectoplasma
ou Fluido Magnético
Aula 9 cap 8(OPCCM)
18 - 5 - 2017
Desde quando se conhece o fluido
magnético ou ectoplasma?
 Desde a antiguidade - Religiões orientais
 Séc XIX os Mentores Espirituais enfatizam a
Kardec:
 É um elo semi material –
 Une O ESPÍRITO à MATÉRIA
(LE, cap 4 q 65)
 Chamava-o de Princípio OU
Fluido Vital
Livro : “ O Passe Como Cura
Magnética”- cap 8 Marlene Nobre
Naturalmente em compreensão de cada época, as
obras complementares, sobretudo as da autoria de
André Luiz, trouxeram mais iluminação acerca da
especificação dos invólucros dos Espíritos.
André Luiz
Substitui o nome tradicional de perispírito por
psicossoma ou corpo espiritual;
Conceituou o duplo etérico de Corpo Vital.
Afirma também que o corpo vital ou duplo etérico
é a duplicata energética que reveste o corpo físico
do homem.
QUE DIZEM ALGUMAS OBRAS ESPÍRITAS A
RESPEITO DO DUPLO-ETÉRICO
A princípio seu perispírito estava revestido com os
eflúvios vitais que asseguram o equilíbrio entre a
alma e o corpo de carne, conhecidos aqueles, em
seu conjunto, como sendo o “duplo-etérico”,
formado por emanações neuro-psíquicas que
pertencem ao campo fisiológico e que, por isso
mesmo, não conseguem maior afastamento da
organização terrestre, destinando-se à
desintegração, tanto quanto ocorre ao instrumento
carnal, por ocasião da morte renovadora.
NOS DOMÍNIOS DA MEDIUNIDADE CAP. 11 PÁG. 99 (1955)
EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS - 1ª PARTE - CAP.
17 PÁG. 128 (1958)
 No homem, contudo,
semelhante projeção surge
profundamente enriquecida e
modificada pelos fatores do
pensamento contínuo que,
em se ajustando às
emanações do campo celular,
lhe modelam, em derredor da
personalidade, o conhecido
corpo vital ou duplo etéreo de
algumas escolas
espiritualistas, duplicata mais
ou menos radiante da
O PASSE ESPÍRITA - CAP. 4 PÁG. 84 (1996)
O duplo-etérico é, pois, um corpo fluídico, que se
apresenta como uma duplicata energética do
indivíduo, interpenetrando seu corpo físico, ao
mesmo tempo em que parece dele emergir.
“Evolução em Dois mundos” Psicografia: Francisco
Cândido Xavier e Waldo Vieira
A aura é, portanto, a nossa plataforma onipresente
em toda comunicação com as rotas alheias,
antecâmara do Espírito, em todas as nossas
atividades de intercâmbio com a vida que nos
rodeia, através da qual somos vistos e examinados
pelas Inteligências Superiores, sentidos e
reconhecidos pelos nossos afins, e temidos e
hostilizados ou amados e auxiliados pelos irmãos
que caminham em posição inferior à nossa.
Isso porque exteriorizamos, de maneira invariável, o
reflexo de nós mesmos, nos contatos de
pensamento a pensamento, sem necessidade das
palavras para as simpatias ou repulsões
 Vivemos uma existência energética, ou seja, todos
os contatos, trocas ou interações que realizamos
com outras pessoas, com objetos e com o mundo
em geral, envolvem trocas energéticas.
Recebemos e doamos energias a todo instante.
Existem padrões de energias mais sadios e outros
mais doentios. A pessoa pode identificar, dominar,
e empregar suas energias para otimizar sua vida e
fortalecer sua saúde física e mental.
Funções do Duplo Etérico
 É o veículo e a reserva da nossa energia
vital. Absorve o fluido vital e o distribui
pelo corpo físico. Além de o transformar
em fluidos sutis enviando-os ao corpo
astral ou perispírito.
Funções do Duplo Etérico
 O Corpo etérico é o principal responsável
pela elaboração do ectoplasma, portanto
participa diretamente na mediunidade de
efeitos físicos e materialização de
espíritos.
Funções do Duplo Etérico
 Nos processos de irradiação, passes
magnéticos e curas espirituais há projeção
de energia vital do duplo etérico em
direção ao paciente. É o fluido vital que é
mobilizado nesse tipo de terapia.
Kardec LE
Perg. 427 e 65
Qual a natureza do
Fluido Magnético?
Fluido VITAL, eletricidade animalizada,
que são modificações do
Fluido Cósmico Universal.
É o intermediário, o liame
entre o Espírito e a matéria.
Fluido Vital
 É um fluido mais ou menos grosseiro, encontrado apenas
nos seres orgânicos. É o responsável pela animalização da
matéria nos seres vivos.
 Forma-se, como todos os fluidos espirituais, de
transformação do Fluido Cósmico Universal.
 Durante o processo gestacional, o Espírito reencarnante irá
se impregnando de determinada quantidade deste fluido,
quantidade esta, proporcional ao tempo médio de vida na
Terra.
 Esta carga de fluido vital, no entanto, poderá sofrer
modificações durante a existência (para mais ou para
menos). O perfeito funcionamento dos órgãos poderá
renová-lo; assim como também poderia sofrer um processo
de deterioração em consequência de uma vida atormentada
moral e emocionalmente.
Principais condições onde o FV terá
uma participação ativa
 Animalização da
Matéria: o FV é a força
motriz dos seres
orgânicos; o elemento
que dá impulsão aos
órgãos, movimento e
atividade à matéria
organizada.
 Assim como a Vontade é
a Força Motriz do Espírito
Leon Denis
Principais condições onde o FV terá
uma participação ativa
 Mediunidade de Efeitos
Físicos: o FV é um dos
constituintes do
ectoplasma, material de
que se utilizam os
Espíritos nas
manifestações mediúnicas.
Os médiuns aptos à
produção de tais
fenômenos, liberam essa
energia com mais
facilidade.
 Curas Espirituais (nos processos de
cura espiritual onde são utilizadas
energia dos encarnados, o FV será
o principal elemento a ser
transfundido para o enfermo.
Quem o possui em melhor condição
pode doá-lo àquele que necessita
dele, fazendo-o retornar à saúde.
Na moratória espiritual onde o
encarnado recebe permissão para
viver mais algum tempo, estará
recebendo uma carga de FV para
renovar as suas reservas já
combalidas.
Principais condições onde o FV terá
uma participação ativa
CASO GRAVE DE ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL
 Primeiras horas da madrugada – mentor Alexandre
 Justina (mãe) procura auxílio para Antonio (filho)
“Ele estava às portas da morte física e ela
reinvidicava mais algum tempo de vida terrena...
Missionários da Luz – André Luiz / FCX – cap VII
CASO GRAVE DE ACIDENTE VASCULAR
CEREBRAL
 Faltava-lhe , porém, o concurso de um encarnado
 Em busca de um médium encarnado que pudesse
auxiliar => Afonso
 A um pedido de Alexandre, Afonso colocou
as mãos na frente do enfermo, conservando-se em
oração.
 O mentor transferia vigorosos fluidos de Afonso para o
organismo de Antonio.
Missionários da Luz – André Luiz / FCX – cap VII
Onde temos o Fluido Vital?
Princípio Vital
 Os seres orgânicos são os que trazem em si
mesmos uma fonte de atividade íntima, que
lhes dá a Vida; nascem, crescem, reproduzem-se e
morrem; são providos de órgãos especiais para a
realização dos diferentes atos da vida e apropriados
para as necessidades de sua conservação.
Compreendem os homens , animais e plantas.
Kardec LE cap IV ítem I
ítem
Qual a diferença entre
a matéria dos seres
orgânicos e inorgânicos?
 É a mesma Matéria
(Fluido Cósmico
Universal)
 Mas nos corpos
orgânicos é animalizada
Q 61 LE
Qual a causa da animalidade da matéria?
 Sua União com o Princípio VITAL ou Fluido
Vital
A VIDA é um efeito produzido pela ação de um agente
sobre a Matéria. Esse agente, sem a matéria, não é
vida, da mesma forma que a matéria não pode
viver sem ele.
É ele que dá VIDA a todos os seres que o absorvem e
assimilam. ” É, para vós, um elemento, como o
oxigênio e o hidrogênio, ...”
Kardec LE 62 a 64
O estudo da natureza do fluido magnético, aquele
que é oferecido comumente, pelo doador ou
passista leva, automaticamente, à análise do duplo
etérico. “O fluido magnético age como agente
químico, modificando o estado molecular dos
corpos.”
(Revista Espírita – Ano 1864)
Ação dos espíritos sobre os fluidos
Eles agem com o pensamento e a vontade
O tipo dos pensamentos e sentimentos do espírito
determina a qualidade dos seus fluidos.
O perispírito absorve com facilidade os fluidos
porque tem idêntica natureza. (também é fluídico)
Onde se localiza
Ectoplasma?
 entre a matéria densa e
a matéria perispirítica
 um produto de emanações da alma pelo
filtro do corpo
 Recurso peculiar a todas
as formas da Natureza
“ Nos Domínios da Mediunidade” cap 28 AL/FCX
O que acontece com o perispírito após a
perda do corpo vital?
 Com a desencarnação ou morte física, a alma perde esse
envoltório, quer dizer, a matéria que o preenche desaparece,
sendo dispersa no ambiente da crosta terrestre.
 Uma vez desencarnado, porém, o Espírito preencherá essa
parte mais periférica do corpo espiritual com a matéria
própria da dimensão em que está.
 É por isso que existe também, conforme relatos mediúnicos,
fenômenos de materialização no mundo espiritual.
O PCCM-cap 8 M. Nobre
Desdobramento
e aparição
 ... Do Tórax do médium emanava
com abundância um vapor
esbranquiçado que, em se acumulando
à feição de uma nuvem, depressa se
transformou, à esquerda do corpo
denso, numa duplicata do médium...
...azulada a direita e
alaranjada a esquerda.
“Nos domínios da mediunidade “ c. 28
* Caso aparição do filho do Batuíra em seu quarto
A palavra ectoplasma
surge com a Metapsíquica
depois de Kardec
No Mundo espiritual esses fluidos semi materiais são
denominados :
energias radiantes
Circulam principalmente na corrente sanguínea.
É a parte doada pelo médium no passe.
Os Espíritos protetores que auxiliam
também na doação de fluidos espirituais,
é que dirigem e aproveitam,
além de as manipular em favor do
doente.
Por onde transita o ectoplasma?
 No sangue.
circula por todo o sistema
hematopoiético,
por todo corpo e está
presente nas minúsculas
artérias e veias, levando a
nutrição, não apenas física,
mas também espiritual
a todas as células.
Como é absorvido o ectoplasma?
 ... Vindo da Matéria Elementar do FCU é absorvido
pelo organismo físico principalmente por meio da
respiração,
 sua metabolização deve estar diretamente ligada a
cadeia de aproveitamento do Oxigênio no
organismo, que inclui órgãos importantes,
 como pulmões, a corrente sanguínea, e as
organelas celulares, como as poderosas usinas
microscópicas, conhecidas como mitocôndrias,
produtoras de ATP, a moeda de troca energética
do organismo, também conhecida como triptofano.
“O P C C M “ cap 8 M. Nobre
O papel das mitocôndrias
“ Por intermédio das mitocôndrias, que podem
ser consideradas
acumulações de energia espiritual,
em forma de grânulos, assegurando a atividade
celular, a mente transmite ao carro fisiológico a
que se ajusta, durante a encarnação, todos os
seus estados felizes ou infelizes,
equilibrando ou conturbando o ciclo de causa e
efeito das forças por ela própria libertadas nos
processos endotérmicos, mantenedores da
biossíntese.
“Evolução em Dois Mundos” c. 8 André Luis /FCX
Porque é importante
conhecer o ectoplasma?
 Determina o número de anos que vamos
viver
 Tudo indica que , o ser humano não nasce
com toda a produção de ectoplasma para a
vida toda
 A determinação da capacidade de produção
é geneticamente determinada
“O Passe Como Cura Magnética. Cap 8 M Nobre
Pesquisas recentes confirmam
André Luís
 Deve haver um mecanismo de comunicação entre
os genes mitocondriais, que ficam no citoplasma e
o núcleo da célula, onde fica o Genoma,
propriamente dito, porque o fenômeno de
apoptose ou morte celular, segundo
pesquisas recentes, é determinado pela
mitocôndria.
 Quando se diz que a duração da vida está
determinada ao nascer, na verdade, o postulado
está se referindo ao controle genético da
produção do Fluido Vital pela mitocôndria
“O Passe Como Cura Magnética.” Cap 8 M Nobre
Futuros estudos
da neurofisiologia
 A maior capacidade de cura deve estar
vinculada aos genes mitocondriais por mecanismo
ainda desconhecido e que deverão fazer parte do estudo
da neurofisiologia da Mediunidade, no futuro.
 devemos procurar nesses genes a explicação para os
casos de moratória, quer dizer, de pessoas que vivem,
fisicamente, além do prazo preestabelecido ao nascer.
 Assim também como o de pessoas que perdem a
existência mais cedo, por desperdício desse fluido
precioso, em doloroso suicídio indireto.
O Passe Como cura Magnética cap 8 MN
Como o ectoplasma é ELIMINADO?
 Por todos os orifícios naturais,
inclusive pelos orifícios da pele.
Há alguma evidência física dessa
energia?
 Pode ser visto, tornar-se vísivel, nas sessões de
materializações( O Dom da Mediunidade-p M.
Nobre)
 Os desencarnados manipulam essa massa
informe e tornam-na visíveis, comunicando-se,
diretamente com os chamados vivos
 Quando exteriorizado:
 tem uma coloração esbranquiçada,
 a temperatura mais fria do que a dos tecidos
corpóreos e
 apresenta movimentos reptilianos.
O Passe Como cura Magnética cap 8 MN
William Crookes, o sábio inglês fez
notórias pesquisas com a médium
Florense Cook e a materialização do
espírito de Katie King por mais 3 anos
“Constatei que esta força é emitida por
pulsações intermitentes sob a forma de uma
pressão”.
.É um elemento viscoso muito semelhante a
gelatina, uma espécie de proteína
.cheira um pouco como o Ozônio no
momento que sai do organismo.
The quarterly journal of science, Experimental
investigation of a new force. Jul 1871
O ectoplasma deve fazer parte de
escala diferente da MENDELEEV
 Segundo André Luiz e Emmanuel:
 Os elementos que constituem o Perispírito vão
aquém do Hidrogênio e além do Urânio (devem
surgir novas pesquisas para encontrar novas
partículas)
 É matéria muito especial: pois ora torna-se vísivel
ora invisível
O Passe Como cura Magnética cap 8 MN
...em trabalho de
materialização... Só a cura
.... Só os doentes, por enquanto, no mundo,
justificam a nosso ver o esforço dessa
espécie, junto das raras experiências,
essencialmente respeitáveis e dignas,
realizadas pelo mundo científico,
em benefício de Humanidade....
“Nos Domínios da Mediunidade” c. 28 AL/FCX
No dizer de André Luiz (Cap. XXII
de “Mecanismos da Mediunidade”),
O passista, desejando ajudar alguém com o passe,
atrai a assistência de bons espíritos, que o auxiliam
a direcionar os fluidos para o assistido. Se o
assistido estiver receptivo, sua mente adere à idéia
de trabalho restaurativo e começa a sugeri-lo a
todas as células do corpo físico. assim que se
estabelece o clima de confiança entre o socorrista
e o necessitado, forma-se um elo de forças entre
eles, pelo qual verte o auxílio da esfera superior,
na medida dos créditos de um e de outro.
O Passe Espírita ou Fluidoterapia
É uma transfusão de uma certa
quantidade de energias fluídicas
vitais (psíquicas) ou espirituais,
utilizando-se a imposição das
mãos, com o propósito de atuar
em nível perispiritual, usada e
ensinada por Jesus, como se vê
nos Evangelhos. Origina-se das
práticas de cura do Cristianismo
Primitivo.
Há pessoas (médiuns passistas) que tem uma
capacidade maior de absorção e
armazenamento dessas energias que
emanam do Fluido Cósmico Universal e da
própria intimidade do Espírito. Tal capacidade
as coloca em condições de transmitirem
essas energias a outras criaturas que
eventualmente estejam necessitando. A
aglutinação dessa força se faz
automaticamente e também, atendendo ao
apelo do médium passista (prece) que então
municiado dessa carga, transmite de suas
mãos em discretos movimentos.
Alguns estudiosos tem observado:
como Matthieu Tubino: em
“Um Fluido chamado ectoplasma”
Pessoas que acumulam muito ectoplasma, estão
sempre doentes, de médico em médico, sem
causas aparentes, sem melhoras com tratamento.
Sintomas variados em diversos sistemas:
Coriza, sensação de surdez, arrotos constantes,
sensação de estufamento do abdômem,
bocejos frequentes,
dores articulares, dores crônicas
ânsia de vômito e até vômitos, etc.
tonturas e “mal estar”
sensação de desmaios
perda de energia
Dar passe ajuda?
Receber passe ajuda?
 Equilibrar o íntimo
 Mudanças de atitudes
 Convite a Evangelizar-se
 Dar passe ajuda
 Trabalho no Bem
Matthieu Tubino: em
“Um Fluido chamado ectoplasma”
Sintomas variados em diversos sistemas:
 Coriza, sensação de surdez,
 sensação de estufamento do abdômem,
arrotos constantes,
 bocejos frequentes,
 dores articulares, dores crônicas
 ânsia de vômitos e até vômitos, etc.
 tonturas e “mal estar”
 sensação de desmaios
 perda de energia
Características e Funções do princípio
vital ou fluido vital ou ectoplasma?
 É modificado segundo as espécies
 Desenvolve-se com o corpo
 É necessária a união do corpo e fluido vital para
produzir a VIDA
 O conjunto dos órgãos constitui uma espécie de
mecanismo, impulsionado pela atividade íntima ou
princípio Vital, que neles existe.
 O Princípio Vital é a Força Motriz dos corpos
orgânicos.
( assim como a Vontade é a Força Motriz do
Espírito, Leon Denis)
O futuro da Genética
 ...Nosso amigo , polarizando as energias do nosso plano, funciona
como entidade maternal, de cujas possibilidades criativas os Espíritos
materializados totalmente, ou não, retiram os recursos
imprescindíveis às suas manifestações, sendo, a prazo curtíssimo,
autênticos filhos dele.
 Isso nos dá a entender que nas forças geradoras extravasadas do
médium e dos cooperadores de nossa esfera poderemos surpreender
igualmente os princípios fundamentais da Genética Humana, em
figurações que a ciência terrena ainda não conhece...????
 ___Sim, sem dúvida, os princípios são os mesmos, embora os
aspectos sejam diferentes.
 O Futuro nos reserva admiráveis realizações nesse
ponto.Trabalhemos e estudemos.
NDM, c 28 A.L.
Corpos Sutis- Corpo VITAL ou
Duplo Etérico
 Constitui a parte mais
periférica do Perispírito
ou corpo espiritual.
 Nele circulam as
forças radiantes-
O Ectoplasma
ou Fluído Magnético
“ O Passe como cura magnética” M.Nobre
...massa protoplasmática
 Sensível, animado de princípios criativos que funcionam como condutores de
eletricidade e magnetismo,
 Subordinam-se ao pensamento e a vontade
do médium que os exterioriza
 ou dos Espíritos desencarnados que sintonizam
com a mente mediúnica, senhoreando-lhe o modo de ser.
 Infinitamente plástico, dá forma parcial ou total
as entidades que se fazem visíveis aos olhos dos
companheiros terrestres
 ou diante da objetiva fotográfica, dá consistência aos fios,
bastonetes e outros tipos de formações, visíveis ou invisíveis
nos fenômenos de levitação
 Substancializa as imagens das criações mentais do médium ou companheiros
que o assistem afinados com ele.
Nos Domínios da Mediunidade, c 28
ectoplasma
 ... Essa força materializante é como as outras
manipuladas em nossas tarefas de intercâmbio.
 Independe do caráter e das qualidades
morais daquele que a possuem,
 constituindo emanações do mundo
psicofísico, das quais o citoplasma é uma
das fontes de origem.
“Nos Domínios da Mediunidade” c 28 André Luis / FCX
O Ectoplasma
 ...Em alguns raros indivíduos,
encontramos semelhante energia com mais
alta percentagem de exteriorização,
 contudo sabemos que de futuro mais
abundante e mais facilmente abordável,
quando a coletividade humana atingir
mais elevado grau de maturação.
“Nos Domínios da Mediunidade” c 28
André Luis / FCX
O médium desdobrado Pode sentir dor se alguém
ferir o espaço em que se situa o Perispírito, pois
prossegue ligado ao laço fluídico.
“Membros fantasmas”
Pode ser transferido de uma pessoa sã para uma
doente
Transfusão – caso AL
Com o auxílio do supervisor o médium
foi convenientemente exteriorizado
 A princípio, seu perispírito ou <<corpo astral>> estava
revestido com os eflúvios vitais que asseguram o
equilibrio entre a alma e o corpo de carne
 conhecidos aqueles, em seu conjunto, como o <<duplo
etérico>>
 formado por emanações neuropsíquicas que
pertencem ao corpo fisiológico e que, por isso
mesmo não conseguem maior afastamento da organização
terrestre,
 destinando-se a desintegração, tanto quanto ocorre ao
instrumento carnal, por ocasião da morte renovadora.
“Nos Domínios da Mediunidade”c. 11 AL/FCX
Outros dados de Pesquisas ontem
no séc. 18 e 19
Exteriorização da Sensibilidade -Albert de Rochas
Memória e o Tempo – Herminio C . Miranda
O Problema do Ser do Destino e da Dor- Léon Denis
No Invísivel- Léon Denis
Depois da Morte- Léon Denis
Observações nas casas espíritas
aguardando pesquisas
 Formação de nódulos em vários órgãos
 Dores articulares
 Disidrose (observação pessoal)
 LER
 Fibromialgia
 Palestra no MEDNESP 2009
 Palestra de Dr. Flavio Braun – AME Sorocaba
 A Medicina atual não explica os fenômenos
complexos da filogênese nem da
ontogênese, nem os inúmeros outros
fenômenos de ordens mental e psíquica da
vida humana.
 O vitalismo permanecerá, em novas bases,
vai se tornar para a biologia, uma idéia
recorrente, assim como o éter o é para a
física.
 OPCCM/Marlene Nobre, cap 8
 Para explicar a complexidade do ser
vivo há necessidade de compreender
os campos informacionais imateriais,
que fazem parte intrínseca dele.
(Missionários da Luz – André Luiz. Cap XII e XIII)
A Materialização do Espírito
desde a Fecundação !!!
A quem o ectoplasma obedece?
 Quando o Médium é humilde
 Disciplinado
 Tem espírito de sacrifício
 Produz mais,
 porque o ectoplasma obedece mais
docilmente ao comando do Espírito, à sua
vontade e determinação.
O passe como Cura Magnética –cap 8 Marlene Nobre
Cientistas HOJE defendem idéia de
corpos imateriais com protocolos de
pesquisas bem elaborados
 Existem os campos informacionais imateriais
modeladores da matéria viva:
– Harold de Saxton-Bürr
– Hernani Guimarães de Andrade
– Rupert Sheldrake
– Bruce Lipton (A Biologia da Crença)
O Passe como Cura Magnética – M. Nobre c.8
Mais recentemente...
 Biólogos como Brian Goodwin postulam que todas as
formas da natureza viva se desenvolvem quando os
campos biológicos atuam sobre unidades orgânicas
existentes.
 O Biocampo é a unidade básica da forma e da
organização dos sistemas vivos.
 A Investigação de campos organizadores nos
processos biológicos conta com a pesquisa do
Professor G. D. Wassermann, do Departamento de
Matemática do King’sCollege de Durhan, Inglaterra e
do naturalista Rupert SheldraKe..
O Entendimento de um biocampo nos fala de
uma realidade que está por trás do corpo
físico, orientando e sustentando este.
Esse campo organizador não é nada mais que a ação do
Perispírito no organismo vivo, sendo responsável por
inúmeras e complexas funções, uma delas é ser matriz
espiritual do corpo fisico, orientando a embriogênese,
como já dizia HGA, em MOB
Do Livro recentemente lançado:
Conectando: Ciência, Saúde e Espiritualidade
Organizador: Carlos Eduardo A. Durgante
CAP.8 Binômio Saúde e Doença na Visão Espírita,
por Dr Gilson Luis Roberto.
AMERGS
Algumas pessoas tem mais
capacidade de curar
Em certas organizações
especiais da forma humana
comparece, em maiores
proporções e relativa
madureza para as
manifestações necessárias
aos efeitos físicos –
tratamentos de doentes
(CURA), materializações.
NDM, c 28 Mãos de Luz
B. A. B

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritualPerturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Denise Aguiar
 
Olm 100901-laboratório-locais assobrados
Olm 100901-laboratório-locais assobradosOlm 100901-laboratório-locais assobrados
Olm 100901-laboratório-locais assobrados
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Cidades do Astral
Cidades do AstralCidades do Astral
Cidades do Astral
contatodoutrina2013
 
O fluido vital
O fluido vitalO fluido vital
O fluido vital
Wanderson Luz
 
Um fluido vital chamado ectoplasma
Um fluido vital chamado ectoplasmaUm fluido vital chamado ectoplasma
Um fluido vital chamado ectoplasma
ventofrio
 
Genese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreição
Genese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreiçãoGenese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreição
Genese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreição
Fernando A. O. Pinto
 
Centros de Força
Centros de ForçaCentros de Força
Centros de Força
Marcelo Gomez Brito Junior
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Mocidade Espírita Chico Xavier - TransfiguraçãoMocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Mocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Sergio Lima Dias Junior
 
30 vidência
30 vidência30 vidência
30 vidência
Antonio SSantos
 
O Passe
O PasseO Passe
O Passe
paikachambi
 
Concentração Aura e Irradiação
Concentração Aura e IrradiaçãoConcentração Aura e Irradiação
Concentração Aura e Irradiação
Graça Maciel
 
Espirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpoEspirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpo
Ailton Guimaraes
 
Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritos
Bruno Cechinel Filho
 
10 os chacras
10 os chacras10 os chacras
10 os chacras
Antonio SSantos
 
Centros Vitais - Magnetismo Humano
Centros Vitais - Magnetismo Humano Centros Vitais - Magnetismo Humano
Centros Vitais - Magnetismo Humano
Wagner Marques
 
O Perispírito
O PerispíritoO Perispírito
O Perispírito
hamletcrs
 
Seminário-O Passe-Marcelo do N.Rodrigues-CEM
Seminário-O Passe-Marcelo do N.Rodrigues-CEMSeminário-O Passe-Marcelo do N.Rodrigues-CEM
Seminário-O Passe-Marcelo do N.Rodrigues-CEM
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
Um olhar sobre o mundo espiritual
Um olhar sobre o mundo espiritualUm olhar sobre o mundo espiritual
Um olhar sobre o mundo espiritual
Sônia Marques
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
Cynthia Castro
 
Sócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismoSócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismo
Vera Apolinario
 

Mais procurados (20)

Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritualPerturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
Perturbação espiritual. Vida no mundo espiritual
 
Olm 100901-laboratório-locais assobrados
Olm 100901-laboratório-locais assobradosOlm 100901-laboratório-locais assobrados
Olm 100901-laboratório-locais assobrados
 
Cidades do Astral
Cidades do AstralCidades do Astral
Cidades do Astral
 
O fluido vital
O fluido vitalO fluido vital
O fluido vital
 
Um fluido vital chamado ectoplasma
Um fluido vital chamado ectoplasmaUm fluido vital chamado ectoplasma
Um fluido vital chamado ectoplasma
 
Genese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreição
Genese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreiçãoGenese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreição
Genese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreição
 
Centros de Força
Centros de ForçaCentros de Força
Centros de Força
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Mocidade Espírita Chico Xavier - TransfiguraçãoMocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
Mocidade Espírita Chico Xavier - Transfiguração
 
30 vidência
30 vidência30 vidência
30 vidência
 
O Passe
O PasseO Passe
O Passe
 
Concentração Aura e Irradiação
Concentração Aura e IrradiaçãoConcentração Aura e Irradiação
Concentração Aura e Irradiação
 
Espirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpoEspirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpo
 
Roteiro 1 influência dos espíritos
Roteiro 1   influência dos espíritosRoteiro 1   influência dos espíritos
Roteiro 1 influência dos espíritos
 
10 os chacras
10 os chacras10 os chacras
10 os chacras
 
Centros Vitais - Magnetismo Humano
Centros Vitais - Magnetismo Humano Centros Vitais - Magnetismo Humano
Centros Vitais - Magnetismo Humano
 
O Perispírito
O PerispíritoO Perispírito
O Perispírito
 
Seminário-O Passe-Marcelo do N.Rodrigues-CEM
Seminário-O Passe-Marcelo do N.Rodrigues-CEMSeminário-O Passe-Marcelo do N.Rodrigues-CEM
Seminário-O Passe-Marcelo do N.Rodrigues-CEM
 
Um olhar sobre o mundo espiritual
Um olhar sobre o mundo espiritualUm olhar sobre o mundo espiritual
Um olhar sobre o mundo espiritual
 
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
Evolução em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulos XVI e XVII - Mecanismos ...
 
Sócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismoSócrates e platão prec. espiritismo
Sócrates e platão prec. espiritismo
 

Semelhante a Ame sorocaba-estudo-de-passe-2017-10-e-11a-aula-cap-7-e-8-corpos-sutis-corpo-vital (1)

Curso energizacao ou fluidoterapia
Curso energizacao ou fluidoterapiaCurso energizacao ou fluidoterapia
Curso energizacao ou fluidoterapia
SergioMello
 
Genese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreição
Genese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreiçãoGenese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreição
Genese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreição
Fernando Pinto
 
09
0909
O consolador duplo eterico
O consolador duplo etericoO consolador duplo eterico
O consolador duplo eterico
Tadeu Correia, PhD
 
PASSE ESPÍRITA.pptx
PASSE ESPÍRITA.pptxPASSE ESPÍRITA.pptx
PASSE ESPÍRITA.pptx
Marta Gomes
 
Saúde integral os chacras e a bioenergia (victor rebelo)
Saúde integral   os chacras e a bioenergia (victor rebelo)Saúde integral   os chacras e a bioenergia (victor rebelo)
Saúde integral os chacras e a bioenergia (victor rebelo)
Bruno Bartholomei
 
Fluidos e perispírito
Fluidos e perispíritoFluidos e perispírito
Fluidos e perispírito
Marillac Nogueira
 
Fluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_cFluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_c
carlos freire
 
( Espiritismo) # - aluney e a silva - corpo eterico e perispirito
( Espiritismo)   # - aluney e a silva - corpo eterico e perispirito( Espiritismo)   # - aluney e a silva - corpo eterico e perispirito
( Espiritismo) # - aluney e a silva - corpo eterico e perispirito
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 2 O espírito e seus corpos
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 2 O espírito e seus corposMocidade Espírita Chico Xavier - Aula 2 O espírito e seus corpos
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 2 O espírito e seus corpos
Sergio Lima Dias Junior
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
06 perispírito
06   perispírito06   perispírito
06 perispírito
jcevadro
 
Perispirito
PerispiritoPerispirito
Perispirito
Angelespirita
 
O perispirito
O perispirito O perispirito
O perispirito
FabianoSelbakdosSant
 
Chacras Parte III
Chacras   Parte IIIChacras   Parte III
Chacras Parte III
Lívia Maria Pereira
 
Chacras Parte IV
Chacras   Parte IVChacras   Parte IV
Chacras Parte IV
Lívia Maria Pereira
 
Chacras parte iv
Chacras   parte ivChacras   parte iv
Chacras parte iv
Lívia Maria Pereira
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Cynthia Castro
 
O Perispirito
O PerispiritoO Perispirito
O Perispirito
Ceile Bernardo
 
Fluído Cósmico (Universal)
Fluído Cósmico (Universal)Fluído Cósmico (Universal)
Fluído Cósmico (Universal)
Antonino Silva
 

Semelhante a Ame sorocaba-estudo-de-passe-2017-10-e-11a-aula-cap-7-e-8-corpos-sutis-corpo-vital (1) (20)

Curso energizacao ou fluidoterapia
Curso energizacao ou fluidoterapiaCurso energizacao ou fluidoterapia
Curso energizacao ou fluidoterapia
 
Genese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreição
Genese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreiçãoGenese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreição
Genese cap 14 aula 3 de 4 curas ressurreição
 
09
0909
09
 
O consolador duplo eterico
O consolador duplo etericoO consolador duplo eterico
O consolador duplo eterico
 
PASSE ESPÍRITA.pptx
PASSE ESPÍRITA.pptxPASSE ESPÍRITA.pptx
PASSE ESPÍRITA.pptx
 
Saúde integral os chacras e a bioenergia (victor rebelo)
Saúde integral   os chacras e a bioenergia (victor rebelo)Saúde integral   os chacras e a bioenergia (victor rebelo)
Saúde integral os chacras e a bioenergia (victor rebelo)
 
Fluidos e perispírito
Fluidos e perispíritoFluidos e perispírito
Fluidos e perispírito
 
Fluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_cFluidos e perispirito-rosana_c
Fluidos e perispirito-rosana_c
 
( Espiritismo) # - aluney e a silva - corpo eterico e perispirito
( Espiritismo)   # - aluney e a silva - corpo eterico e perispirito( Espiritismo)   # - aluney e a silva - corpo eterico e perispirito
( Espiritismo) # - aluney e a silva - corpo eterico e perispirito
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 2 O espírito e seus corpos
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 2 O espírito e seus corposMocidade Espírita Chico Xavier - Aula 2 O espírito e seus corpos
Mocidade Espírita Chico Xavier - Aula 2 O espírito e seus corpos
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
06 perispírito
06   perispírito06   perispírito
06 perispírito
 
Perispirito
PerispiritoPerispirito
Perispirito
 
O perispirito
O perispirito O perispirito
O perispirito
 
Chacras Parte III
Chacras   Parte IIIChacras   Parte III
Chacras Parte III
 
Chacras Parte IV
Chacras   Parte IVChacras   Parte IV
Chacras Parte IV
 
Chacras parte iv
Chacras   parte ivChacras   parte iv
Chacras parte iv
 
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
Evolução em Dois Mundos - Segunda Parte - Capítulo XV - Passe Magnético - 02/...
 
O Perispirito
O PerispiritoO Perispirito
O Perispirito
 
Fluído Cósmico (Universal)
Fluído Cósmico (Universal)Fluído Cósmico (Universal)
Fluído Cósmico (Universal)
 

Último

de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
marcobueno2024
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
GABRIELADIASDUTRA1
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
REFORMADOR PROTESTANTE
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
claudiovieira83
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
Oziete SS
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
REFORMADOR PROTESTANTE
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
JaquelineSantosBasto
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Elton Zanoni
 

Último (12)

de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdfde volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
de volta as estrelas - Erich von Däniken.pdf
 
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livroA VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
A VOZ DO SILÊNCIO - Helena Blavatsky livro
 
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
O que está oculto na Maçonaria? Livro cristão.
 
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdfA Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
A Abóbada Celeste No Rito Adonhiramita.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.docORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
ORGANIZAÇÃO ABERTURA EBF 2024.pdf-1.doc
 
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdfJesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
Jesuítas Os Terroristas Secretos. Livro pdf pdf
 
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptxLição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
Lição 13 – A Cidade Celestial - CPAD.pptx
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptxLição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
Lição 13 Estudo Biblico para alimento da alma.pptx
 
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
Teresa Gerhardinger - corajosa mulher de fé e de visão mundial (1989)
 

Ame sorocaba-estudo-de-passe-2017-10-e-11a-aula-cap-7-e-8-corpos-sutis-corpo-vital (1)

  • 1. CURSO : O PASSE COMO CURA MAGNÉTICA MÓDULO 2 COMO É QUE SE DOA ?
  • 2. CORPOS SUTIS - DUPLO ETÉRICO ou CORPO VITAL Constitui a parte mais periférica do Perispírito ou corpo espiritual. Nele circulam as forças radiantes -O Ectoplasma ou Fluido Magnético Aula 9 cap 8(OPCCM) 18 - 5 - 2017
  • 3. Desde quando se conhece o fluido magnético ou ectoplasma?  Desde a antiguidade - Religiões orientais  Séc XIX os Mentores Espirituais enfatizam a Kardec:  É um elo semi material –  Une O ESPÍRITO à MATÉRIA (LE, cap 4 q 65)  Chamava-o de Princípio OU Fluido Vital Livro : “ O Passe Como Cura Magnética”- cap 8 Marlene Nobre
  • 4. Naturalmente em compreensão de cada época, as obras complementares, sobretudo as da autoria de André Luiz, trouxeram mais iluminação acerca da especificação dos invólucros dos Espíritos. André Luiz Substitui o nome tradicional de perispírito por psicossoma ou corpo espiritual; Conceituou o duplo etérico de Corpo Vital. Afirma também que o corpo vital ou duplo etérico é a duplicata energética que reveste o corpo físico do homem.
  • 5. QUE DIZEM ALGUMAS OBRAS ESPÍRITAS A RESPEITO DO DUPLO-ETÉRICO A princípio seu perispírito estava revestido com os eflúvios vitais que asseguram o equilíbrio entre a alma e o corpo de carne, conhecidos aqueles, em seu conjunto, como sendo o “duplo-etérico”, formado por emanações neuro-psíquicas que pertencem ao campo fisiológico e que, por isso mesmo, não conseguem maior afastamento da organização terrestre, destinando-se à desintegração, tanto quanto ocorre ao instrumento carnal, por ocasião da morte renovadora. NOS DOMÍNIOS DA MEDIUNIDADE CAP. 11 PÁG. 99 (1955)
  • 6. EVOLUÇÃO EM DOIS MUNDOS - 1ª PARTE - CAP. 17 PÁG. 128 (1958)  No homem, contudo, semelhante projeção surge profundamente enriquecida e modificada pelos fatores do pensamento contínuo que, em se ajustando às emanações do campo celular, lhe modelam, em derredor da personalidade, o conhecido corpo vital ou duplo etéreo de algumas escolas espiritualistas, duplicata mais ou menos radiante da
  • 7.
  • 8. O PASSE ESPÍRITA - CAP. 4 PÁG. 84 (1996) O duplo-etérico é, pois, um corpo fluídico, que se apresenta como uma duplicata energética do indivíduo, interpenetrando seu corpo físico, ao mesmo tempo em que parece dele emergir.
  • 9.
  • 10. “Evolução em Dois mundos” Psicografia: Francisco Cândido Xavier e Waldo Vieira A aura é, portanto, a nossa plataforma onipresente em toda comunicação com as rotas alheias, antecâmara do Espírito, em todas as nossas atividades de intercâmbio com a vida que nos rodeia, através da qual somos vistos e examinados pelas Inteligências Superiores, sentidos e reconhecidos pelos nossos afins, e temidos e hostilizados ou amados e auxiliados pelos irmãos que caminham em posição inferior à nossa. Isso porque exteriorizamos, de maneira invariável, o reflexo de nós mesmos, nos contatos de pensamento a pensamento, sem necessidade das palavras para as simpatias ou repulsões
  • 11.  Vivemos uma existência energética, ou seja, todos os contatos, trocas ou interações que realizamos com outras pessoas, com objetos e com o mundo em geral, envolvem trocas energéticas. Recebemos e doamos energias a todo instante. Existem padrões de energias mais sadios e outros mais doentios. A pessoa pode identificar, dominar, e empregar suas energias para otimizar sua vida e fortalecer sua saúde física e mental.
  • 12. Funções do Duplo Etérico  É o veículo e a reserva da nossa energia vital. Absorve o fluido vital e o distribui pelo corpo físico. Além de o transformar em fluidos sutis enviando-os ao corpo astral ou perispírito.
  • 13. Funções do Duplo Etérico  O Corpo etérico é o principal responsável pela elaboração do ectoplasma, portanto participa diretamente na mediunidade de efeitos físicos e materialização de espíritos.
  • 14. Funções do Duplo Etérico  Nos processos de irradiação, passes magnéticos e curas espirituais há projeção de energia vital do duplo etérico em direção ao paciente. É o fluido vital que é mobilizado nesse tipo de terapia.
  • 15. Kardec LE Perg. 427 e 65 Qual a natureza do Fluido Magnético? Fluido VITAL, eletricidade animalizada, que são modificações do Fluido Cósmico Universal. É o intermediário, o liame entre o Espírito e a matéria.
  • 16. Fluido Vital  É um fluido mais ou menos grosseiro, encontrado apenas nos seres orgânicos. É o responsável pela animalização da matéria nos seres vivos.  Forma-se, como todos os fluidos espirituais, de transformação do Fluido Cósmico Universal.  Durante o processo gestacional, o Espírito reencarnante irá se impregnando de determinada quantidade deste fluido, quantidade esta, proporcional ao tempo médio de vida na Terra.  Esta carga de fluido vital, no entanto, poderá sofrer modificações durante a existência (para mais ou para menos). O perfeito funcionamento dos órgãos poderá renová-lo; assim como também poderia sofrer um processo de deterioração em consequência de uma vida atormentada moral e emocionalmente.
  • 17. Principais condições onde o FV terá uma participação ativa  Animalização da Matéria: o FV é a força motriz dos seres orgânicos; o elemento que dá impulsão aos órgãos, movimento e atividade à matéria organizada.  Assim como a Vontade é a Força Motriz do Espírito Leon Denis
  • 18. Principais condições onde o FV terá uma participação ativa  Mediunidade de Efeitos Físicos: o FV é um dos constituintes do ectoplasma, material de que se utilizam os Espíritos nas manifestações mediúnicas. Os médiuns aptos à produção de tais fenômenos, liberam essa energia com mais facilidade.
  • 19.  Curas Espirituais (nos processos de cura espiritual onde são utilizadas energia dos encarnados, o FV será o principal elemento a ser transfundido para o enfermo. Quem o possui em melhor condição pode doá-lo àquele que necessita dele, fazendo-o retornar à saúde. Na moratória espiritual onde o encarnado recebe permissão para viver mais algum tempo, estará recebendo uma carga de FV para renovar as suas reservas já combalidas. Principais condições onde o FV terá uma participação ativa
  • 20. CASO GRAVE DE ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL  Primeiras horas da madrugada – mentor Alexandre  Justina (mãe) procura auxílio para Antonio (filho) “Ele estava às portas da morte física e ela reinvidicava mais algum tempo de vida terrena... Missionários da Luz – André Luiz / FCX – cap VII
  • 21. CASO GRAVE DE ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL  Faltava-lhe , porém, o concurso de um encarnado  Em busca de um médium encarnado que pudesse auxiliar => Afonso  A um pedido de Alexandre, Afonso colocou as mãos na frente do enfermo, conservando-se em oração.  O mentor transferia vigorosos fluidos de Afonso para o organismo de Antonio. Missionários da Luz – André Luiz / FCX – cap VII
  • 22. Onde temos o Fluido Vital?
  • 23. Princípio Vital  Os seres orgânicos são os que trazem em si mesmos uma fonte de atividade íntima, que lhes dá a Vida; nascem, crescem, reproduzem-se e morrem; são providos de órgãos especiais para a realização dos diferentes atos da vida e apropriados para as necessidades de sua conservação. Compreendem os homens , animais e plantas. Kardec LE cap IV ítem I ítem
  • 24. Qual a diferença entre a matéria dos seres orgânicos e inorgânicos?  É a mesma Matéria (Fluido Cósmico Universal)  Mas nos corpos orgânicos é animalizada Q 61 LE
  • 25. Qual a causa da animalidade da matéria?  Sua União com o Princípio VITAL ou Fluido Vital A VIDA é um efeito produzido pela ação de um agente sobre a Matéria. Esse agente, sem a matéria, não é vida, da mesma forma que a matéria não pode viver sem ele. É ele que dá VIDA a todos os seres que o absorvem e assimilam. ” É, para vós, um elemento, como o oxigênio e o hidrogênio, ...” Kardec LE 62 a 64
  • 26. O estudo da natureza do fluido magnético, aquele que é oferecido comumente, pelo doador ou passista leva, automaticamente, à análise do duplo etérico. “O fluido magnético age como agente químico, modificando o estado molecular dos corpos.” (Revista Espírita – Ano 1864)
  • 27. Ação dos espíritos sobre os fluidos Eles agem com o pensamento e a vontade O tipo dos pensamentos e sentimentos do espírito determina a qualidade dos seus fluidos. O perispírito absorve com facilidade os fluidos porque tem idêntica natureza. (também é fluídico)
  • 28. Onde se localiza Ectoplasma?  entre a matéria densa e a matéria perispirítica  um produto de emanações da alma pelo filtro do corpo  Recurso peculiar a todas as formas da Natureza “ Nos Domínios da Mediunidade” cap 28 AL/FCX
  • 29. O que acontece com o perispírito após a perda do corpo vital?  Com a desencarnação ou morte física, a alma perde esse envoltório, quer dizer, a matéria que o preenche desaparece, sendo dispersa no ambiente da crosta terrestre.  Uma vez desencarnado, porém, o Espírito preencherá essa parte mais periférica do corpo espiritual com a matéria própria da dimensão em que está.  É por isso que existe também, conforme relatos mediúnicos, fenômenos de materialização no mundo espiritual. O PCCM-cap 8 M. Nobre
  • 30. Desdobramento e aparição  ... Do Tórax do médium emanava com abundância um vapor esbranquiçado que, em se acumulando à feição de uma nuvem, depressa se transformou, à esquerda do corpo denso, numa duplicata do médium... ...azulada a direita e alaranjada a esquerda. “Nos domínios da mediunidade “ c. 28 * Caso aparição do filho do Batuíra em seu quarto
  • 31. A palavra ectoplasma surge com a Metapsíquica depois de Kardec No Mundo espiritual esses fluidos semi materiais são denominados : energias radiantes Circulam principalmente na corrente sanguínea. É a parte doada pelo médium no passe. Os Espíritos protetores que auxiliam também na doação de fluidos espirituais, é que dirigem e aproveitam, além de as manipular em favor do doente.
  • 32. Por onde transita o ectoplasma?  No sangue. circula por todo o sistema hematopoiético, por todo corpo e está presente nas minúsculas artérias e veias, levando a nutrição, não apenas física, mas também espiritual a todas as células.
  • 33. Como é absorvido o ectoplasma?  ... Vindo da Matéria Elementar do FCU é absorvido pelo organismo físico principalmente por meio da respiração,  sua metabolização deve estar diretamente ligada a cadeia de aproveitamento do Oxigênio no organismo, que inclui órgãos importantes,  como pulmões, a corrente sanguínea, e as organelas celulares, como as poderosas usinas microscópicas, conhecidas como mitocôndrias, produtoras de ATP, a moeda de troca energética do organismo, também conhecida como triptofano. “O P C C M “ cap 8 M. Nobre
  • 34. O papel das mitocôndrias “ Por intermédio das mitocôndrias, que podem ser consideradas acumulações de energia espiritual, em forma de grânulos, assegurando a atividade celular, a mente transmite ao carro fisiológico a que se ajusta, durante a encarnação, todos os seus estados felizes ou infelizes, equilibrando ou conturbando o ciclo de causa e efeito das forças por ela própria libertadas nos processos endotérmicos, mantenedores da biossíntese. “Evolução em Dois Mundos” c. 8 André Luis /FCX
  • 35. Porque é importante conhecer o ectoplasma?  Determina o número de anos que vamos viver  Tudo indica que , o ser humano não nasce com toda a produção de ectoplasma para a vida toda  A determinação da capacidade de produção é geneticamente determinada “O Passe Como Cura Magnética. Cap 8 M Nobre
  • 36. Pesquisas recentes confirmam André Luís  Deve haver um mecanismo de comunicação entre os genes mitocondriais, que ficam no citoplasma e o núcleo da célula, onde fica o Genoma, propriamente dito, porque o fenômeno de apoptose ou morte celular, segundo pesquisas recentes, é determinado pela mitocôndria.  Quando se diz que a duração da vida está determinada ao nascer, na verdade, o postulado está se referindo ao controle genético da produção do Fluido Vital pela mitocôndria “O Passe Como Cura Magnética.” Cap 8 M Nobre
  • 37. Futuros estudos da neurofisiologia  A maior capacidade de cura deve estar vinculada aos genes mitocondriais por mecanismo ainda desconhecido e que deverão fazer parte do estudo da neurofisiologia da Mediunidade, no futuro.  devemos procurar nesses genes a explicação para os casos de moratória, quer dizer, de pessoas que vivem, fisicamente, além do prazo preestabelecido ao nascer.  Assim também como o de pessoas que perdem a existência mais cedo, por desperdício desse fluido precioso, em doloroso suicídio indireto. O Passe Como cura Magnética cap 8 MN
  • 38. Como o ectoplasma é ELIMINADO?  Por todos os orifícios naturais, inclusive pelos orifícios da pele.
  • 39. Há alguma evidência física dessa energia?  Pode ser visto, tornar-se vísivel, nas sessões de materializações( O Dom da Mediunidade-p M. Nobre)  Os desencarnados manipulam essa massa informe e tornam-na visíveis, comunicando-se, diretamente com os chamados vivos  Quando exteriorizado:  tem uma coloração esbranquiçada,  a temperatura mais fria do que a dos tecidos corpóreos e  apresenta movimentos reptilianos. O Passe Como cura Magnética cap 8 MN
  • 40. William Crookes, o sábio inglês fez notórias pesquisas com a médium Florense Cook e a materialização do espírito de Katie King por mais 3 anos “Constatei que esta força é emitida por pulsações intermitentes sob a forma de uma pressão”. .É um elemento viscoso muito semelhante a gelatina, uma espécie de proteína .cheira um pouco como o Ozônio no momento que sai do organismo. The quarterly journal of science, Experimental investigation of a new force. Jul 1871
  • 41. O ectoplasma deve fazer parte de escala diferente da MENDELEEV  Segundo André Luiz e Emmanuel:  Os elementos que constituem o Perispírito vão aquém do Hidrogênio e além do Urânio (devem surgir novas pesquisas para encontrar novas partículas)  É matéria muito especial: pois ora torna-se vísivel ora invisível O Passe Como cura Magnética cap 8 MN
  • 42. ...em trabalho de materialização... Só a cura .... Só os doentes, por enquanto, no mundo, justificam a nosso ver o esforço dessa espécie, junto das raras experiências, essencialmente respeitáveis e dignas, realizadas pelo mundo científico, em benefício de Humanidade.... “Nos Domínios da Mediunidade” c. 28 AL/FCX
  • 43. No dizer de André Luiz (Cap. XXII de “Mecanismos da Mediunidade”), O passista, desejando ajudar alguém com o passe, atrai a assistência de bons espíritos, que o auxiliam a direcionar os fluidos para o assistido. Se o assistido estiver receptivo, sua mente adere à idéia de trabalho restaurativo e começa a sugeri-lo a todas as células do corpo físico. assim que se estabelece o clima de confiança entre o socorrista e o necessitado, forma-se um elo de forças entre eles, pelo qual verte o auxílio da esfera superior, na medida dos créditos de um e de outro.
  • 44. O Passe Espírita ou Fluidoterapia É uma transfusão de uma certa quantidade de energias fluídicas vitais (psíquicas) ou espirituais, utilizando-se a imposição das mãos, com o propósito de atuar em nível perispiritual, usada e ensinada por Jesus, como se vê nos Evangelhos. Origina-se das práticas de cura do Cristianismo Primitivo.
  • 45. Há pessoas (médiuns passistas) que tem uma capacidade maior de absorção e armazenamento dessas energias que emanam do Fluido Cósmico Universal e da própria intimidade do Espírito. Tal capacidade as coloca em condições de transmitirem essas energias a outras criaturas que eventualmente estejam necessitando. A aglutinação dessa força se faz automaticamente e também, atendendo ao apelo do médium passista (prece) que então municiado dessa carga, transmite de suas mãos em discretos movimentos.
  • 46. Alguns estudiosos tem observado: como Matthieu Tubino: em “Um Fluido chamado ectoplasma” Pessoas que acumulam muito ectoplasma, estão sempre doentes, de médico em médico, sem causas aparentes, sem melhoras com tratamento. Sintomas variados em diversos sistemas: Coriza, sensação de surdez, arrotos constantes, sensação de estufamento do abdômem, bocejos frequentes, dores articulares, dores crônicas ânsia de vômito e até vômitos, etc. tonturas e “mal estar” sensação de desmaios perda de energia
  • 47. Dar passe ajuda? Receber passe ajuda?  Equilibrar o íntimo  Mudanças de atitudes  Convite a Evangelizar-se  Dar passe ajuda  Trabalho no Bem
  • 48.
  • 49. Matthieu Tubino: em “Um Fluido chamado ectoplasma” Sintomas variados em diversos sistemas:  Coriza, sensação de surdez,  sensação de estufamento do abdômem, arrotos constantes,  bocejos frequentes,  dores articulares, dores crônicas  ânsia de vômitos e até vômitos, etc.  tonturas e “mal estar”  sensação de desmaios  perda de energia
  • 50. Características e Funções do princípio vital ou fluido vital ou ectoplasma?  É modificado segundo as espécies  Desenvolve-se com o corpo  É necessária a união do corpo e fluido vital para produzir a VIDA  O conjunto dos órgãos constitui uma espécie de mecanismo, impulsionado pela atividade íntima ou princípio Vital, que neles existe.  O Princípio Vital é a Força Motriz dos corpos orgânicos. ( assim como a Vontade é a Força Motriz do Espírito, Leon Denis)
  • 51. O futuro da Genética  ...Nosso amigo , polarizando as energias do nosso plano, funciona como entidade maternal, de cujas possibilidades criativas os Espíritos materializados totalmente, ou não, retiram os recursos imprescindíveis às suas manifestações, sendo, a prazo curtíssimo, autênticos filhos dele.  Isso nos dá a entender que nas forças geradoras extravasadas do médium e dos cooperadores de nossa esfera poderemos surpreender igualmente os princípios fundamentais da Genética Humana, em figurações que a ciência terrena ainda não conhece...????  ___Sim, sem dúvida, os princípios são os mesmos, embora os aspectos sejam diferentes.  O Futuro nos reserva admiráveis realizações nesse ponto.Trabalhemos e estudemos. NDM, c 28 A.L.
  • 52. Corpos Sutis- Corpo VITAL ou Duplo Etérico  Constitui a parte mais periférica do Perispírito ou corpo espiritual.  Nele circulam as forças radiantes- O Ectoplasma ou Fluído Magnético “ O Passe como cura magnética” M.Nobre
  • 53. ...massa protoplasmática  Sensível, animado de princípios criativos que funcionam como condutores de eletricidade e magnetismo,  Subordinam-se ao pensamento e a vontade do médium que os exterioriza  ou dos Espíritos desencarnados que sintonizam com a mente mediúnica, senhoreando-lhe o modo de ser.  Infinitamente plástico, dá forma parcial ou total as entidades que se fazem visíveis aos olhos dos companheiros terrestres  ou diante da objetiva fotográfica, dá consistência aos fios, bastonetes e outros tipos de formações, visíveis ou invisíveis nos fenômenos de levitação  Substancializa as imagens das criações mentais do médium ou companheiros que o assistem afinados com ele. Nos Domínios da Mediunidade, c 28
  • 54. ectoplasma  ... Essa força materializante é como as outras manipuladas em nossas tarefas de intercâmbio.  Independe do caráter e das qualidades morais daquele que a possuem,  constituindo emanações do mundo psicofísico, das quais o citoplasma é uma das fontes de origem. “Nos Domínios da Mediunidade” c 28 André Luis / FCX
  • 55. O Ectoplasma  ...Em alguns raros indivíduos, encontramos semelhante energia com mais alta percentagem de exteriorização,  contudo sabemos que de futuro mais abundante e mais facilmente abordável, quando a coletividade humana atingir mais elevado grau de maturação. “Nos Domínios da Mediunidade” c 28 André Luis / FCX
  • 56. O médium desdobrado Pode sentir dor se alguém ferir o espaço em que se situa o Perispírito, pois prossegue ligado ao laço fluídico. “Membros fantasmas” Pode ser transferido de uma pessoa sã para uma doente Transfusão – caso AL
  • 57.
  • 58. Com o auxílio do supervisor o médium foi convenientemente exteriorizado  A princípio, seu perispírito ou <<corpo astral>> estava revestido com os eflúvios vitais que asseguram o equilibrio entre a alma e o corpo de carne  conhecidos aqueles, em seu conjunto, como o <<duplo etérico>>  formado por emanações neuropsíquicas que pertencem ao corpo fisiológico e que, por isso mesmo não conseguem maior afastamento da organização terrestre,  destinando-se a desintegração, tanto quanto ocorre ao instrumento carnal, por ocasião da morte renovadora. “Nos Domínios da Mediunidade”c. 11 AL/FCX
  • 59. Outros dados de Pesquisas ontem no séc. 18 e 19 Exteriorização da Sensibilidade -Albert de Rochas Memória e o Tempo – Herminio C . Miranda O Problema do Ser do Destino e da Dor- Léon Denis No Invísivel- Léon Denis Depois da Morte- Léon Denis
  • 60. Observações nas casas espíritas aguardando pesquisas  Formação de nódulos em vários órgãos  Dores articulares  Disidrose (observação pessoal)  LER  Fibromialgia  Palestra no MEDNESP 2009  Palestra de Dr. Flavio Braun – AME Sorocaba
  • 61.  A Medicina atual não explica os fenômenos complexos da filogênese nem da ontogênese, nem os inúmeros outros fenômenos de ordens mental e psíquica da vida humana.  O vitalismo permanecerá, em novas bases, vai se tornar para a biologia, uma idéia recorrente, assim como o éter o é para a física.  OPCCM/Marlene Nobre, cap 8
  • 62.  Para explicar a complexidade do ser vivo há necessidade de compreender os campos informacionais imateriais, que fazem parte intrínseca dele.
  • 63. (Missionários da Luz – André Luiz. Cap XII e XIII)
  • 64. A Materialização do Espírito desde a Fecundação !!!
  • 65. A quem o ectoplasma obedece?  Quando o Médium é humilde  Disciplinado  Tem espírito de sacrifício  Produz mais,  porque o ectoplasma obedece mais docilmente ao comando do Espírito, à sua vontade e determinação. O passe como Cura Magnética –cap 8 Marlene Nobre
  • 66. Cientistas HOJE defendem idéia de corpos imateriais com protocolos de pesquisas bem elaborados  Existem os campos informacionais imateriais modeladores da matéria viva: – Harold de Saxton-Bürr – Hernani Guimarães de Andrade – Rupert Sheldrake – Bruce Lipton (A Biologia da Crença) O Passe como Cura Magnética – M. Nobre c.8
  • 67. Mais recentemente...  Biólogos como Brian Goodwin postulam que todas as formas da natureza viva se desenvolvem quando os campos biológicos atuam sobre unidades orgânicas existentes.  O Biocampo é a unidade básica da forma e da organização dos sistemas vivos.  A Investigação de campos organizadores nos processos biológicos conta com a pesquisa do Professor G. D. Wassermann, do Departamento de Matemática do King’sCollege de Durhan, Inglaterra e do naturalista Rupert SheldraKe..
  • 68. O Entendimento de um biocampo nos fala de uma realidade que está por trás do corpo físico, orientando e sustentando este. Esse campo organizador não é nada mais que a ação do Perispírito no organismo vivo, sendo responsável por inúmeras e complexas funções, uma delas é ser matriz espiritual do corpo fisico, orientando a embriogênese, como já dizia HGA, em MOB Do Livro recentemente lançado: Conectando: Ciência, Saúde e Espiritualidade Organizador: Carlos Eduardo A. Durgante CAP.8 Binômio Saúde e Doença na Visão Espírita, por Dr Gilson Luis Roberto. AMERGS
  • 69. Algumas pessoas tem mais capacidade de curar Em certas organizações especiais da forma humana comparece, em maiores proporções e relativa madureza para as manifestações necessárias aos efeitos físicos – tratamentos de doentes (CURA), materializações. NDM, c 28 Mãos de Luz B. A. B