SlideShare uma empresa Scribd logo
PARCERIAS
Carvalho Hosken
Santa Mônica Centro Educacional
Constrular 2000 - Material de Construção
Carneiro e Miranda Advogados Associados
Fernando Brandão Imóveis (Shopping Barra Top)
Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos.
Pizzaria Guanabara
Novo Tempo Presentes (Shopping Barra Top)
Shopping Barrapoint
APSA - Gestão Condominial
33anos.
MENSAGEM DO PRESIDENTE POR LUIZ IGREJAS
www.amarjardimoceanico.org.br
Temos um novo ano, o de 2016, a frente da AMAR, reeleito
que fomos para um novo período 2016/2018.
No período anterior foram travadas diversas lutas sempre vi-
sando o bem comum, em especial, da comunidade que temos
a honra de representar. Sempre contando com uma Diretoria
coesa e disposta a enfrentar as adversidades de toda a ordem.
Para nós da AMAR a maior desilusão tem sido o fato de, até
hoje, não termos conseguido a casa própria da nossa institui-
ção, tudo por falta de interesse do poder público em atender.
Infelizmente, não sabemos as causas, seja por falha nossa ou
por discordarmos de matéria de interesse que não atingira a
que se propunha. Na parte da relacionamentos públicos, a
AMAR sempre se faz representar em todas as reuniões para as
quais for convidada sejam de trabalho ou de cunho social.
A presidência da AMAR também foi eleita para o cargo de Con-
selheiro Efetivo da OAB-Barra e indicada para presidir a Comis-
são de Transporte e Mobilidade Urbana, onde promoveu e pro-
moverá palestras e reuniões sobre a matéria. Com a nossa ree-
leição ocorrida agora em janeiro, para o Biênio 2016/2018, vol-
taremos aos temas. Ao mesmo tempo, conseguimos um maior
entrosamento com os membros da OAB, fazendo com que, jun-
tamente com vários associados da AMAR, visitassemos as obras
do metrô – Linha 4 – visitas que a AMAR tem realizado mensal-
mente para acompanhar aquela obra, que, pelas informações
ali obtidas, será inaugurada no 1º semestre deste ano. Recente-
mente a AMAR foi indicada para membro efetivo do Conselho
Fiscal da ACSB - Associação Comunitária Barra Segura.
Felizmente, começamos agora um novo ciclo, renovados de
energia e vontade, esperando contar com o apoio de todos os
moradores e associados do Jardim Oceânico nas novas bata-
lhas que se avizinham.
ANO NOVO
#DEUZIKA
Continua a ineficiência das autoridades públicas com referência
ao combate dos mosquitos no Jardim Oceânico. Segundo rela-
tos de moradores, o bairro está infestado desses mosquitos e,
em especial, nas ruas que circundam os canais das Avenidas Gil-
berto Amado e Fernando de Mattos. Há pelo menos uma déca-
da a AMAR luta pela sua conservação, mas sem a contrapartida
dos órgãos municipais.
Aqui fica o registro para que, caso aconteça algo de ruim, não
digam as autoridades que não foram alertadas. Tem associados
que estão pedindo para apelarmos até para a “Dilma”.
BARRA VAI PARA O TOPO DA LISTA DE
INFECTADOS POR DENGUE NO RIO
O Aedes aegypti voltou. Depois de dois janeiros de pouca chuva
e, consequentemente, um número pequeno de casos de den-
gue, o mosquito que transmite também a chikungunya e a zika
está proliferando novamente. Em janeiro deste ano, foram 293
casos registrados de dengue na região da chamada Área de Pla-
nejamento 4 (AP 4), que abrange Barra, Recreio, Jacarepaguá e
Vargens, o maior índice de toda a cidade. A região da Barra que
tem 910 mil habitantes, historicamente, registra muitos casos de
dengue. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde
(SMS), foram 63 mortes pela
doença de 2000 a 2016.
Os principais responsáveis
por isso, além dos canais,
são os terrenos baldios e
casas vazias da região, onde a grama costuma ficar alta e são
jogados entulhos e materiais de construção. Outros problemas
são a precariedade do sistema de saneamento e algumas pisci-
nas de casas vazias que acumulam água, principalmente, neste
período de chuvas.
O principal entrave no combate ao Aedes aegypti é o fato de os
ovosdomosquitopoderemsobreviverporatéumano,mesmosem
receberágua.IssoexplicariaofenômenoocorridonaAP4,queteve
só 12 registros de dengue em janeiro de 2015 e 293 esse ano.
Segundo a SMS, a maior parte dos focos de dengue está em áre-
as residenciais, o que motiva ações rotineiras de caráter educa-
tivo. Em caso de visita a locais com acúmulo de lixo, a SMS já
comparece acompanhada de agentes da Comlurb. Caso o mate-
rial abandonado seja de obras, a orientação é que os moradores
liguem para o 1746. Nos casos em que encontra água parada
que não é usada para consumo humano, a SMS pode utilizar
larvicida ou fazer o controle biológico por meio dos peixes barri-
gudinhos, que se alimentam das larvas do Aedes.
OBRAS DO METRÔ DO RIO ENTRAM EM
LUTA CONTRA O AEDES AEGYPTI
O combate ao Aedes aegypti ganhou
um reforço de peso no sábado (13/02).
Os trabalhadores das obras do metrô do
Rio (Linha 4 e Expansão General Osório)
receberamtreinamentoparaquepossam
seengajarnalutacontraomosquitotrans-
missor da dengue, da chinkungunya e do
vírus Zika. Além de um mutirão para vis-
toriar os canteiros e o entorno das obras, foram realizadas palestras e distri-
buição de folhetos informativos e camisetas. O objetivo foi formar multipli-
cadores que levem as lições para suas casas e comunidades.
A brigada da Linha 4 do Metrô e da Expansão General Osório –
obras do Governo do Estado do Rio de Janeiro executadas pela Con-
cessionária Rio Barra e pela Construtora Norberto Odebrecht, respec-
tivamente – uniu forças aos 220 mil militares das três Forças Armadas
que atuaram no sábado (13/02) em 356 cidades brasileiras.
Nos canteiros de obras, o cuidado para evitar criadouros do Aedes
aegypti é permanente. Os empreendimentos aderiram à campanha “10
Minutos Salvam Vidas”, da Secretaria de Estado de Saúde, e realizam
ações semanais de combate e conscientização. Além das visitas perió-
dicas da equipe de Meio Ambiente, que buscam identificar e tratar
qualquer tipo de ambiente propício à proliferação do mosquito, os
próprios funcionários mantêm o espírito colaborativo e alertam seus
superiores sobre qualquer recipiente que possa vir a acumular água.
As ações de combate ao mosquito são rotineiras e o controle de
vetores é uma prática constante das obras do metrô carioca desde
quando iniciadas, em 2010. O objetivo atual é extrapolar os limites
dos canteiros e criar em todos a cultura do combate ao mosquito.
PRESIDENTE DA AMAR PARTICIPA DA INAUGURAÇÃO
DAS OBRAS CIVIS DA PONTE ESTAIADA
No dia 15/12, o Presidente da AMAR,
Luiz Igrejas, acompanhou o governador
Luiz Fernando Pezão e o secretário es-
tadual de Transportes, Carlos Roberto
Osório numa visita a vários trechos da
obra da Linha 4 do Metrô. As obras ci-
vis da ponte estaiada foram finalizadas
e, com isso, foi concluído todo trecho
do Jardim Oceânico até o Leblon. Foram 10 meses de construção do
único trecho onde os trens da Linha 4 serão vistos fora do subterrâ-
neo. Com 320 metros de comprimento e dois pilares de 72 metros de
altura, a ponte estaiada liga os túneis escavados a partir do Morro do
Focinho do Cavalo à Estação Jardim Oceânico. Serão duas vias, por
onde os trens vão passar em direção à Barra e no sentido Zona Sul.
As autoridades e convidados foram de “trackmobile”, um caminhão es-
pecial para a circulação em túneis, da estação de São Conrado até a ponte
estaiada, no Jardim Oceânico, onde foram recepcionados pelo Presidente
da AMAR. O Presidente da AMAR - Luiz Igrejas aproveitou a ocasião para
conversar com o secretário Osório, o vereador Carlo Caiado e o subprefeito
daBarraAlexCosta sobrealgumasquestõesviáriasquedizemrespeitodire-
tamente aos moradores do Jardim Oceânico e agendou uma reunião para
tratar do assunto da passarela do BRT-Metrô da Rua General Ivan Raposo.
TRILHOS JÁ FORAM INSTALADOS NA PONTE ESTAIADA
Com a conclusão das obras civis da ponte estaiada, a equipe de
sistemas do Consórcio Construtor Rio Barra (CCRB) anunciou que já
concluiu, no mês de fevereiro, a instalação dos trilhos no trecho sus-
penso sobre o canal da Barra da Tijuca, que liga os túneis escavados
em rocha à Estação Jardim Oceânico. Em paralelo, os colaboradores já
INFORME
ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO
Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos.
AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! 2
33 anos.
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
retiram as estruturas de acesso, andaimes e escadas que deram apoio
à construção dos dois pilares.
ILUMINAÇÃO DA PONTE ESTAIADA TERÁ
EFEITO ESPECIAL
Quem passa pelas obras da Linha 4 do
metrô pode constatar que os trabalhos
se encaminham para a fase final. Já é
possível ver como vai ficar a região
quando as primeiras composições co-
meçarem a passar pela ponte estaia-
da. Uma incógnita, porém, permane-
ce: ao cair da noite, como ficará a iluminação? Quem tem a resposta é
o escritório de Light Design Peter Gasper e Associados, responsável
pelo projeto, que deve terminar até julho deste ano, junto com as obras
do metrô.
As luminárias chegaram em março e as instalações já começaram.
Após a conclusão da instalação dos equipamentos, começarão uma
fase de testes. Normalmente, um teste deste tipo não traria tanta ten-
são, mas o trabalho carrega o peso de ser um dos últimos deixados
por Peter Gasper, que dá nome ao escritório. O especialista em ilumi-
nação morreu em maio de 2014, aos 73 anos.
A iluminação da ponte será similar à usada na Ponte do Saber, lo-
calizada na entrada do campus da UFRJ na Ilha do Fundão, que tam-
bém teve projeto feito por Gasper. O escritório está acostumado a gran-
des projetos: é responsável pela iluminação do Cristo Redentor, do Pla-
nalto Central e da primeira edição do Rock in Rio, em 1985.
Segundo o Consórcio Construtor Rio Barra, a ponte estaiada terá
uma decoração cênica que trará leveza à chegada ao bairro. Com
tons de branco, o detalhe está na “temperatura da cor”: quente ou
fria, que será mais amarelada. A iluminação poderá ficar estática
ou em movimento, com efeito que lembrará as cordas de uma har-
pa durante uma melodia. Haverá projetores para cada um dos 26
conjuntos de cabos de aço, fixados no tabuleiro da ponte. A ilumi-
nação será feita de baixo para cima. Também haverá refletores para
cada um dos pilares, iluminando as faces frontais e posteriores des-
sas estruturas de concreto. As lâmpadas têm tecnologia LED, com
maior economia e durabilidade.
VISITAS GUIADAS AO METRÔ
Mais uma vez, a AMAR agradece
ao Dr. Lucio Silvestre, Diretor do Con-
sórcio Construtor Rio-Barra, que é res-
ponsável pelas obras da Linha 4 do
Metrô, pelas autorizações dadas para
que os nossos associados e morado-
res da região visitassem as instalações
e dependências da Estação Jardim Oceânico nos últimos dias 30/01 e
20/02, onde tiveram a oportunidade de constatar o andamento e a
qualidade das obras. Mais uma vez, todos os presentes ficaram satis-
feitos com as informações e esclarecimentos prestados. Em breve, fa-
remos outras visitas !! Fiquem ligados !!
NOVO SISTEMA VIÁRIO DA AV. ARMANDO
LOMBARDI COMEÇA A TOMAR FORMA
Os projetos de melhorias viárias da Avenida Armando Lombardi
começaram a tomar forma neste primeiro trimestre de 2016. As duas
vias expressas elevadas já foram liberadas ao tráfego tanto no sentido
Zona Sul (no dia 09/01) quanto Recreio dos Bandeirantes (dia 13/02).
As pistas expressas contam com 3 faixas de rolamento por sentido.
As pistas laterais no sentido Zona Sul, com duas faixas de rolamen-
ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos.
3
INFORME
33 anos.
to próximas ascalçadas, passarão a ser
destinadas ao trânsito local. Já nas pis-
tas laterais no sentido Recreio, serão
destinadas aos motoristas com desti-
no à praia ou ao Jardim Oceânico.
No dia 23/02, a travessia de pedes-
tres sob as novas pistas expressas ele-
vadas foi liberada para circulação de pedestres que desejam cruzar a
avenida. Foram instalados sinais de trânsito com botoeira e faixas de
pedestres nas pistas laterais, na altura da Unimed e da Rua Georgina
de Albuquerque. A sinalização foi reforçada e agentes de trânsito es-
tão auxiliando a população. Com a liberação dessa passagem foi possí-
vel fazer a desativação da passarela provisória sobre a Av. Armando
Lombardi, o que possibilitará a continuidade dos demais serviços de
reurbanização do entorno.
O “Novo Sistema Viário” da Av. Armando Lombardi é uma obra do
governo do estado, executada pelo Consórcio Construtor Rio Barra
(CCRB), responsável pela implantação da Linha 4 do Metrô na região.
O projeto foi idealizado em parceria com a CET-Rio. Ao final das obras,
a avenida passará a ter cinco faixas em cada sentido com dois retornos
semi subterrâneos para veículos, que ainda está em construção. Cer-
tamente, no próximo Informe da AMAR, teremos boas notícias com as
inaugurações do tão aguardado mergulhões de retorno.
TRANSOESTE CHEGA PERTO DO METRÔ
Falta pouco para os cariocas que se
deslocam pela Barra da Tijuca se es-
tressarem menos no trânsito. O tre-
cho final do corredor Transoeste — o
chamado ‘Lote Zero’ —, que ligará o
Terminal Alvorada à futura Linha 4 do
metrô, no Jardim Oceânico, já tem
mais de 90% das obras concluídas. Segundo a Secretaria Municipal de
Transportes, o Lote Zero promete gerar economia de metade do tem-
po gasto hoje pelos passageiros de ônibus no percurso. Os ônibus que
fazem o trecho de 6 km do Alvorada até o Jardim Oceânico levam, em
média, 40 minutos nos horários de pico. A estimativa é que, com a
implantação do Lote Zero, o tempo seja reduzido para 20 minutos, já
que os articulados usam pista exclusiva, sem engarrafamentos. A pre-
visão da prefeitura é concluir até junho esse trecho. A prefeitura elimi-
nará linhas de ônibus que fazem o mesmo percurso do Lote Zero para
melhorar o trânsito. Nos horários de pico, a estimativa é que 30 mil
passageiros circulem pelo novo trecho.
A capacidade viária da Av. das Américas será mantida, com três
faixas de rolamento em cada sentido para tráfego geral. O BRT seguirá
pela pista do meio, em pavimento de concreto, sendo implantado con-
tíguo ao canteiro central, que será mantido, seguindo o traçado já im-
plantado do Transcarioca na Avenida Ayrton Senna. O novo asfalta-
mento das pistas centrais está 90% concluído e a ponte sobre o canal
Marapendi em fase de finalização, com 94% de execução. A próxima
frente de obra será a construção da ciclovia.
Haverá uma nova ponte sobre o canal Marapendi – com 107 me-
tros de vão-livre e 14,5 metros de largura – ao lado da ponte existente.
A nova estrutura será acessada por veículos e pedestres, enquanto a
antiga passará a ser exclusiva para o BRT. A intervenção contempla,
ainda, a implantação de uma ciclovia sobre a ponte. Cinco estações já
foram concluídas (Parque das Rosas, Porto dos Cabritos, Ricardo Mari-
nho, Barra Garden e Freeway) e três estão em construção (Barrashop-
ping, Cittá América e Jardim Oceânico).
NOVAS LINHAS EXPRESSAS
Ainda este ano, será possível fazer viagens expressas nas rotas: Re-
creio — Jardim Oceânico; Tanque — Jardim Oceânico; Centro Olímpi-
co — Jardim Oceânico; Alvorada — Sulacap; Recreio — Deodoro; e
Madureira — Recreio. Serão criadas as linhas paradoras Recreio — Jar-
dim Oceânico; Alvorada — Jardim Oceânico; Centro Olímpico — Jar-
dim Oceânico; e Recreio — Sulacap.
OBRA ABANDONADA DE ESTAÇÃO DO BRT
SERVIU DE ESCONDERIJO DE LADRÔES
As obras das estações do
BRT Transoeste, no trecho entre
o terminal Alvorada e o Jardim
Oceânico, ficaram abandonadas
por mais de 10 dias, servindo de
esconderijo para menores infra-
tores. No lugar de operários tra-
balhando, meninos exibem cor-
dões, celulares e relógios roubados de pedestres. Eles não se intimi-
dam, e aproveitam a ausência de seguranças para conferir o produto
do roubo. Os infratores, que disseram ser moradores de Realengo, di-
videm espaço com entulho, lixo e material enferrujado. As instalações
tinham sinais de arrombamento.
A Secretaria municipal de Obras (SMO) enviou uma advertência à
empresa EIT para que o cronograma de execução das obras seja cum-
prido. De acordo com a pasta, as obras tiveram seu ritmo reduzido
desde o dia 19/02 e deveriam ser retomadas no dia 29/02. A secretaria
não explicou o motivo do atraso e do abandono, mas informou que a
estação próxima ao Barrashopping tem 89% de instalações concluídas
e a parada do Cittá América está com 51% da obra executada. Nenhum
representante da empresa EIT foi encontrado para comentar o aban-
dono e a falta de seguranças nas estações.
O Administrador Regional da Barra, Marcio Valente, da Subprefei-
tura da Barra, informa estão realizando ações de combate aos mora-
dores de rua nas estações do BRT, com o apoio da SEOP, regularmen-
te, bem como a continuidade das ações de acolhimento da população
de rua, pela Secretaria Municipal de Assistência Social em locais iden-
tificados no Bairro pela Região Administrativa.
OBRAS DE EXPANSÃO DO ELEVADO DO
JOÁ CHEGAM À RETA FINAL
As obras de expansão do Eleva-
do do Joá entraram em sua fase
final com a instalação da última
das mais de 120 vigas que dão
sustentação as duas novas pis-
tas da via. Ao todo, de acordo
com a prefeitura, 95% das obras
físicas já foram concluídos. A Se-
cretaria municipal de Obras ain-
da não bateu o martelo sobre a
data de inauguração, mas, pelo que consta do contrato firmado, a via
terá que ser aberta ao trânsito até o fim de março. Também estão quase
prontas as obras para implantar os 3.100 metros da ciclovia entre as
praias do Pepê e de São Conrado, que fazem parte do projeto de expan-
são do elevado. Ainda não é possível circular entre os dois bairros de
bicicleta, mas alguns ciclistas driblam a segurança e pedalam sem auto-
rização em trechos onde as intervenções já terminaram, a exemplo do
queaconteceuquandoacicloviadaAv.Niemeyeraindaestavaemobras.
Entre os serviços que foram deixados para a etapa final, está a
implantação da iluminação com lâmpadas de LED nas novas pistas.
O sistema também será usado nas vias já existentes do Joá, no sen-
tido São Conrado-Barra. Os operários ainda correm contra o tem-
po para concluir o revestimento interno dos dois novos túneis, as-
faltar as pistas e implantar a sinalização de trânsito. O projeto in-
cluiu a construção de três recuos no novo elevado, onde veículos
com defeito poderão parar sem prejudicar o trânsito — o que não
existe hoje na estrutura do Joá.
As obras contemplam ainda o alargamento de um trecho de 410
metros de extensão, da saída do Túnel do Pepino até a Ponte da Joa-
tinga, no sentido Barra. No Jardim Oceânico, a Av. Ministro Ivan Lins
também ficará mais larga da saída do Túnel do Joá até a altura da pon-
AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse!
ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO
Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos.
AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! 4
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
INFORME
33 anos.
te velha, nas proximidades da Praça Euvaldo Lodi. A CET-Rio ainda
está detalhando como será a operação do trânsito da nova via. Serão
feitos planos de tráfego para antes, durante e depois das Olimpíadas.
O custo total do projeto de ampliação do Joá é de R$ 458 milhões,
financiados para a prefeitura pelo Banco Nacional de Desenvolvimen-
to Econômico e Social (BNDES).
O novo viaduto da Joatinga que ligará a nova pista do Elevado do
Joá (novo túnel) à Av. Ministro Ivan Lins tem 520 metros e também
está quase concluído. Falta colocar o asfalto e erguer a mureta de
proteção.
A ciclovia da Av. Niemeyer já foi inaugurada, mas os cariocas ain-
da podem esperar por mais atrações no local. Na segunda fase de
obras, o percurso do Complexo Cicloviário Tim Maia, como foi batiza-
do, se estenderá até o Joá e já tem 90% dos serviços concluídos. Entre
as novidades, já é possível observar o mirante de São Conrado prati-
camente pronto, com os guarda-corpos instalados, restando apenas
finalizar parte da sinalização e da iluminação do trecho. A ciclovia se
estenderá pelo atual Elevado do Joá, passando pelos dois túneis exis-
tentes com destino à ponte da Joatinga, até à praia da Barra, e interli-
gando as praias do Leme ao Pontal.
NOVA ALÇA DE ACESSO MELHORA TRÂNSITO
NO ENTORNO DO TERMINAL ALVORADA
No dia 02/02, a
Prefeitura inaugu-
rou a pista de aces-
so da Av. das Amé-
ricas para a Av. da
Ayrton Senna. Essa
é a primeira obra
entregue de um
conjuntodemelho-
rias que estão sendo realizadas no entorno do Terminal Alvorada, que tam-
bémestásendoampliado,ganhandonovasplataformasparaoBRTelinhas
alimentadoras.
A AMAR esteve presente na inauguração juntamente com diversas
entidades e associações da região, tais como: 31º CCS – Conselho Co-
munitário de Segurança; Associação de Moradores do Parque das Ro-
sas, Acija – Associação Comercial e Industrial de Jacarepaguá, Associa-
ção de Moradores do Recreio, Associação Bosque Marapendi e vários
síndicos de condomínios do entorno.
TRAVESSIA DE PEDESTRES É FEITA SOB PERIGO
Sem semáforo, a travessia da Av.
Olegário Maciel para a passarela
que liga os dois lados da Av. Mi-
nistro Ivan Lins oferece riscos a
quem frequenta a região a pé. O re-
lato é da Heloísa de Melo Martins
Costa, que também solicitou uma
faixa de pedestres no local.
— Ali tem uma passarela e
não há uma faixa para atravessarmos. Existem várias escolas, comér-
cios e uma grande Igreja nos arredores e, as crianças e os idosos são
obrigadas a se arriscarem atravessando a rua, com os carros em alta
velocidade.
Em nota, a CET-Rio informou que já desenvolveu um projeto de
travessia de pedestres da Praça Euvaldo Lody, da Paróquia de São Fran-
cisco de Paula, que fica no final da Av. Olegário Maciel. Segundo o
órgão, o projeto prevê três conjuntos de semáforo e a recuperação da
sinalização horizontal próxima ao local. O plano está em fase de ajus-
tes e deve ser implantado no mês de março.
Felizmente, parece que a solicitação da AMAR, feita há alguns
anos, deverá sair do papel, para a segurança e a tranquilidade dos
moradores e trabalhadores do Jardim Oceânico.
PONTO FINAL INCOMODA MORADORES DO
QUEBRA-MAR E ATRAPALHA O TRÂNSITO
Os moradores da região do Quebra-
Mar, no Jardim Oceânico, andam inco-
modados com as linhas de ônibus que
param no local. De acordo com eles, os
motoristas param em curvas, em área de
estacionamento proibido e até em por-
tas de garagens, além de formarem fila
dupla na orla, onde há um encurtamento de pistas, o que prejudica o
trânsito.
Com o início das obras de ampliação do Elevado do Joá, o ponto
final de algumas linhas de ônibus, que ficava embaixo do viaduto, foi
transferido para uma área entre a última curva da Avenida do Pepê e
a Rua Sargento João de Faria, o que intensificou o problema.
A Secretaria municipal de Transportes (SMTR) informou, em nota,
que o ponto final da linha 343 (Joatinga -Praça Quinze) está autoriza-
do pela pasta desde o início das obras de duplicação do viaduto da
Joatinga. A SMTR reconhece que o ponto tem interferido no trânsito
e, por isso, estuda realocá-lo outra vez.
O Subprefeito da Barra, Alex Costa, confirma que uma solução
vem sendo estudada junto à CET-Rio e à SMTR. Ainda de acordo com
Alex Costa, o ponto final é provisória e vai permanecer apenas enquan-
to as obras do Elevado do Joá e da Linha 4 do metrô estiverem em cur-
so. Quando o terminal rodoviário da Av. Nuta James, próximo a Estação
do Jardim Oceânico, estiver pronto, as linhas alimentadoras e os ônibus
convencionais passarão a fazer ponto final na Rua São Tilon.
PREFEITURA ANUNCIA PLANO PARA
MOBILIDAE OLÍMPICA
A Prefeitura divulgou no início de janei-
ro o Plano Olímpico de Mobilidade, afim
de orientar o planejamento das opera-
ções de trânsito, transporte e logística
de 1º a 28 de agosto, quando serão rea-
lizados os Jogos Olímpicos. Entre as me-
didas estão a definição de 260 km de fai-
xas prioritárias, o acesso aos locais de competição somente por trans-
porte público e a criação do Cartão de Transporte Olímpico, passa-
porte individual sem limite de viagens diárias que será aceito nos ôni-
bus municipais, metrô, vans credenciadas, trens, VLT e barcas.
Durante o evento, que deve atrair 450 mil turistas, o Rio será divi-
dido em 4 zonas principais: Barra da Tijuca (Zona Oeste), Maracanã e
Deodoro (Zona Norte) e Copacabana (Zona Sul). Cada região contará
com um plano específico, elaborado com base na capacidade de as-
sentos e na demanda por transporte até os locais de competição.
Para garantir a mobilidade da família olímpica, a cidade vai oferecer
uma rede de rotas que vão priorizar as jornadas dos atletas para os
locais de prova, aumentando a confiabilidade nos tempos de viagem
e minimizando os impactos sobre o tráfego geral da cidade. As vias
que integrarão os trajetos para os locais dos eventos esportivos terão
faixas exclusivas, por onde passarão a família olímpica, veículos cre-
denciados e oficiais, de forças de segurança e emergência. As rotas
olímpicas terão 260 km de extensão no total e serão pintadas na cor
verde.
A circulação de veículos pelas faixas será orientada por três tipos
de prioridade. Nas dedicadas (164 km), somente os veículos olímpi-
cos poderão passar – haverá monitoramento por radares eletrônicos
durante 24h. Nas prioritárias (BRS e faixa seletiva da Avenida Brasil,
60 Km), os carros da família olímpica vão dividir a pista com ônibus e
táxis. Já nas faixas compartilhadas (36 Km), os veículos de passeio tam-
bém poderão circular.
Entre as vias que terão faixas exclusivas 24 horas estão a Linha
Amarela, a Avenida das Américas (trecho entre as avenidas Érico Ve-
ríssimo, na Barra, e Salvador Allende, no Recreio), o Túnel do Joá e o
ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
5 AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse!
Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos.
INFORME
33 anos.
Aterro do Flamengo. Entre as vias compartilhadas está a Autoestrada
Lagoa-Barra, por exemplo. Na Zona Sul, a Avenida Niemeyer será to-
talmente fechada ao trânsito para a passagem exclusiva dos veículos
olímpicos e de moradores.
O novo sistema de transporte público contará já com a utilização
da linha 4 do Metrô, conectando a Barra com Zona Sul/Centro; o BRT
Transolímpica, conectando a Barra com Deodoro; a extensão do BRT
Transoeste até o Jardim Oceânico, conectando com o metrô Linha 4;
a ligação do BRT na Avenida Abelardo Bueno, conectando o BRT Tran-
solímpica com o BRT Transcarioca; novos serviços de BRT; VLT na área
central; redução dos intervalos dos ramais da Supervia e reorganiza-
ção das linhas de ônibus.
COBRANÇA
O acesso do público, de voluntários e de funcionários terceirizados
aos locais de competição só poderá ser feito por transporte público e
com a utilização do Cartão Olímpico. Todos os trajetos para as instalações
esportivas serão atendidos por BRT, trem ou metrô. Serão 5,5 milhões de
tickets para o público geral, divididos nas quatro zonas: Barra (52%); Ma-
racanã (29%); Deodoro (12%) e Copacabana (7%). A compra do cartão
poderá ser feita pela internet com entrega nacional mediante pagamento
de taxa. O início de validação do cartão será determinado no primeiro
embarque. Os cartões só serão válidos no período das Olimpíadas e per-
mitirão três tipos de recarga: para um dia (R$ 25); três dias (R$ 70) e sete
dias (R$ 160). Por segurança, o cartão, que poderá ser comprado tanto
pelo público que for assistir aos Jogos como também pela população em
geral, permitirá o embarque sem validação nas catracas no final das parti-
das (sistema free flow).
A Secretaria Municipal de Transportes poderá adotar outras mu-
danças durante o período olímpico para garantir o êxito das opera-
ções de trânsito e de transporte público. Entre elas, poderá ser decre-
tado feriado ou ponto facultativo no município; serviços como coleta
de lixo domiciliar e reparos em vias públicas poderão ter horários al-
terados, bem como as autorizações para carga e descarga. A oferta de
vagas públicas também poderá ser reduzida. O estímulo ao home offi-
ce, férias coletivas, férias de trabalho, uso de bicicletas, ao fretamen-
to e a carona também estão sendo avaliados pela prefeitura.
TECNOLOGIA
O plano também inclui a implantação de aplicativo para celu-
lar, através do qual os cariocas e espectadores dos jogos terão aces-
so a um planejador de viagens por transporte público. O sistema
dará informações precisas, em tempo real, sobre a rede de mobili-
dade, como trajetos de trens, ônibus municipais, BRT, metrô e
barcas e as instalações esportivas. A ferramenta fará um planeja-
mento automático das viagens, de acordo com os locais de ori-
gem e destino, levando em consideração as viagens multimodais,
para que o trajeto seja feito em menor tempo.
ATRASAR CONDOMÍNIO POR 3 DIAS PODERÁ
LEVAR O IMÓVEL À PENHORA
Alerta para os 3,5 milhões de mora-
dores de condomínios no estado.
Quem estiver com a cota condomi-
nial em atraso terá que pagar a dívi-
da em até 3 dias, segundo o Novo Có-
digo de Processo Civil (CPC), que
deve entrar em vigor até dia 20 de
março. Se não houver o acerto no prazo de 3 dias, o imóvel será
penhorado; ou se tiver recursos em banco, o condômino corre risco
de ter a penhora online na conta.
Com o novo CPC, o condomínio não passará por moroso processo
para receber seu crédito, bastando propor ação de execução de título
executivo extrajudicial. A cobrança está prevista no Artigo 784 do novo
código. Para isso, o síndico terá que reunir recibos em atraso e atas
de reunião para comprovar débitos. O segundo passo é entrar com a
ação de execução. A Justiça pode determinar que o inadimplente pa-
gue a dívida em 3 dias.
MP PEDE SUSPENSÃO DA COBRANÇA DE TAXA
POR VARANDAS FECHADAS COM VIDRO RETRÁTIL
O Ministério Público pediu a sus-
pensão da cobrança da taxa de mais
valia pela prefeitura para fechamen-
to de varandas com vidro transparen-
te retrátil. O órgão encaminhou, no
dia 03/02/2016, à Vara de Fazenda
Pública, uma Ação Civil Pública com
pedido de liminar pedindo a suspensão. A ação teve por base recla-
mações de moradores feitas à Ouvidoria do MP.
De acordo com o documento encaminhado à Justiça, a instalação
das cortinas não implica no fechamento ou envidraçamento definiti-
vo da varanda, logo, não significa aumento da área construída. Assim,
a eventual cobrança por nova metragem no cálculo do IPTU é ilegal e
não se justifica.
O pedido de liminar pretende evitar as cobranças que vêm sendo
feitas a milhares de proprietários neste início de ano, que incluem
este suposto acréscimo. Segundo o promotor de Justiça da Tutela Co-
letiva de Defesa do Consumidor, Rodrigo Terra, a legislação prevista
para a cobrança é também inconstitucional, uma vez que existe uma
lei complementar que exclui a zona sul da cidade das novas cobran-
ças. Essa exclusão, segundo ele, revela a violação do princípio consti-
tucional da igualdade, previsto no art. 5º da Constituição, o que privi-
legia os contribuintes residentes de determinada região administrati-
va em detrimento dos demais.
O MP também requer à Justiça que o Município não emita novas
notificações de cobrança e se abstenha de inscrever os contribuintes
na Dívida Ativa.
Emnovembroterminouoprazoconcedidopelaprefeiturapara aregu-
larização de “puxadinhos” — como alguns tipos de fechamento de varan-
das (àqueles que não se enquadram na Lei Complementar nº 145/2014) e
acréscimos de até um pavimento, entre outras modificações —, mediante
o pagamento de taxas ao município (mais-valia – Lei Complementar 157/
2015), que poderão ser quitadas em até 12 vezes ou à vista, com 7% de
desconto.SegundoestimativasdaSecretariaMunicipaldeUrbanismo,pelo
menos 13 mil imóveis estariam em situação irregular. A prefeitura não tem
umbalançopreliminardequantosproprietáriosjáprocuraramomunicípio
buscando a legalização.
ORDEM NÁUTICA PARA OS CANAIS DO
JARDIM OCEÂNICO
Antigamente era todo o verão,
agora, são todos os meses. O ce-
nário é um dos mais bonitos do
Rio. No Jardim Oceânico, as
águas claras (na maré alta) dos
Canais de Marapendi, da Joatin-
ga ou da Barra, como muitos o
conhecem, são um convite para
adeptos de esportes aquáticos. Mas a calma aparente esconde uma
disputa entre praticantes de stand up paddle (SUP) e pilotos de jet
ski. Quem frequenta a área diz que os condutores desses veículos
não respeitam o limite de 5 nós — aproximadamente 10km/h —
estabelecido pela Capitania dos Portos. Há aproximadamente seis
meses, um homem que remava em uma prancha de SUP quase foi
atropelado por um jet ski, mas teve seu equipamento danificado.
Ele afirma que o piloto estava visivelmente bêbado. Procurado e
cobrado ao longo de três meses, o condutor do jet ski acabou pa-
gando o prejuízo.
A AMAR, já há algum tempo, vem solicitando à Capitania dos
ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos.
AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse!
INFORME
33 anos.
Portos a instalação de um posto de fiscalização permanente no ca-
nal e o reforço da sinalização. Estamos atentos e continuaremos em-
penhados para termos mais ordem e segurança nos belos canais do
Jardim Oceânico !!
PREFEITURA AMPLIA ÁREA PARA PRÁTICA
DE KITESURF NA AV. DO PEPÊ
A Prefeitura publicou
no Diário Oficial, no dia
03/03, um novo decre-
to (nº 41.314 de 02/03/
2016) que amplia a
área para a prática de
Kitesurf na Av. do Pepê,
no Jardim Oceânico,
entre as Avenidas Adil-
son Serôa da Motta e
Belisário Leite de Andrade Neto. Desde 2001, pelo decreto 19.678
de 22/03/2001 ficou proibido a prática esportiva ou recreativa que
envolve a utilização do “KiteSurf” ou “Kiteboarding” em todas
as praias municipais, exceto no trecho compreendido entre os
Quiosques A7B7 e A8B8, do Projeto “Rio-Orla” situados na Av.
do Pepê. Com a publicação do novo decreto, atendendo a um pe-
dido das organizações ligadas ao esporte, a área foi ampliada para
o trecho compreendido entre os quiosques A7B7 e A9B9 da mes-
ma avenida.
De acordo com o decreto, as áreas reservadas para as práti-
cas desportivas ou recreativas com a utilização do Kitesurf deve-
rão ser demarcadas com bóias e sinalizadores, em conformidade
com as determinações do Grupamento Marítimo do Corpo de
Bombeiros (G-MAR). A sinalização deverá respeitar o distancia-
mento mínimo de 100 metros em relação à arrebentação, reser-
vando uma área de acesso ao mar, devidamente sinalizada com
50 metros de largura.
Nos quiosques localizados neste trecho de praia serão permiti-
das instalações destinadas à guarda de materiais e equipamentos
exclusivamente destinados à prática do Kitesurf, sendo obrigató-
rio submeter os projetos, previamente, à análise e aprovação do
órgão ambiental municipal. As áreas de vegetação nativa, deverão
ser alvo de programa de recuperação ambiental e paisagística, a
ser implementado pelos praticantes da modalidade, devidamente
organizados em Associações ou Entidades representativas, de acor-
do com projeto a ser desenvolvido em conjunto com o órgão am-
biental municipal.
Quem descumprir a medida pode ter os equipamentos apreendi-
dos. Em caso de resistência, a Guarda Municipal poderá pedir auxílio
policial para que a medida seja obedecida.
DETRAN É OBRIGADO A AVISAR SOBRE
VEÍCULO REBOCADO EM ATÉ 2 HS
Uma lei obriga
que o Detran-RJ avise
ao motorista – em até
duas horas – a locali-
zação do veículo que
for rebocado. A lei foi
publicada no dia 02/
03, no Diário Oficial
do Poder Executivo,
de autoria do deputa-
do Dionísio Lins (PP).
Caberá ao Detran-RJ informar aos proprietários de veículos a
localização do armazenamento. A informação tem que ser passa-
da em até duas horas, por meio da internet ou por telefone. E os
depósitos de veículos rebocados do Detran terão que funcionar
também em finais de semana e feriados. O órgão deverá regula-
mentar por decreto o funcionamento dos depósitos em regime de
plantão.
A lei determina ainda que todos os pátios e depósitos tenham
câmeras de monitoramento internas e externas, para coibir danos
aos veículos. Os veículos com até 3 anos de fabricação estarão isen-
tos de guincho por falta de vistoria, já que estes não precisam re-
alizar a inspeção.
E para a retirada do veículo, as informações precisam estar disponí-
veis na página oficial do Detran-RJ na internet. São elas: para qual depósi-
to o veículo foi removido, o valor da diária, o valor a ser pago pela remo-
ção e a lista de documentos necessários para a liberação do veículo.
Por nota, o Detran-RJ disse que está tomando todas as provi-
dências para regulamentar e cumprir, o mais brevemente possí-
vel, o que está na lei.
CONSTRUÇÃO DE CASSINO NA BARRA É TEMA
DE REUNIÃO ENTRE HOTELEIROS E EMBRATUR
O presidente da
Embratur, Vinicius
Lummertz, esteve
no Rio para uma
reunião com a As-
sociação Brasileira
da Indústria de Ho-
téis (ABIH-RJ). O as-
sunto: a instalação
de um cassino na
Barra. Como se
sabe, a legalização
de jogos de azar no Brasil está sendo discutida no Senado e na Câmara
dos Deputados, em Brasília. “Além de ser uma atração interessante para
a cidade, teremos muitos hotéis ociosos na Barra depois dos Jogos, e
isso nos preocupa”, diz Alfredo Lopes, presidente da ABIH-RJ. O grupo
que opera o cassino de Estoril, em Portugal, já demonstrou interesse em
administrar uma casa de jogos na Barra caso o projeto saia mesmo do
papel. “Eles estão loucos para vir para cá”, diz Alfredo. Será que teremos
esta novidade em breve !!
ASSALTO A BANCO NO JARDIM OCEÂNICO
FOI ALARME FALSO
Os motoristas e
moradores da
Jardim Oceânico
se assustaram no
início da tarde do
dia 07/03, após
anúncio de um
assalto em uma
agência bancá-
ria, na Av. Ar-
mando Lombar-
di. Uma grande
mobilização de policiais foi causada por um alarme falso. Segundo in-
formações da Polícia Militar, após ser acionada para um assalto e fazer
o cerco, a ocorrência não foi confirmada.
Segundo o Centro de Operações da Prefeitura, a Av. Armando Lom-
bardi foi interditada no sentido Zona Sul, na altura do restaurante Par-
mê, por cerca de 30 minutos. O congestionamento chegou à Gávea, na
Zona Sul, e ao Recreio, na Zona Oeste. De acordo com o Centro de Ope-
rações da Prefeitura, a via foi liberada por volta das 15h50.
PROJETO DE SEGURANÇA BAIRRO MAIS SEGURO
Além do Operação Segurança Presente, outro
projeto de segurança acabou de ser criado: O Pro-
jeto BAIRRO MAIS SEGURO. Há meses, associações
de moradores, incluindo a AMAR, e empresários,
capitaneados os presidentes Dr. Carlos Carvalho
(Carvalho Hosken) e Dr. Alfredo Lopes (ABIH-RJ),
sob a coordenação do Dr. Kleber Machado (Barra-
lerta), uniram-se para elaborar uma central de monitoramento por
câmeras que ajudaria os órgãos de segurança na vigilância, por
meio da criação da ACBS - Associação Comunitária Bairro Seguro,
uma associação civil sem fins lucrativos, que congrega as entida-
des representativas dos moradores, do comércio, indústria e de
serviços.
A ACBS terá por objetivos, entre outros: I- a preparação e exe-
cução de planos e projetos de segurança para os bairros da Barra
e Recreio; II- apoio às atividades e ações do 31º BPM, 16ª e 42ª
DPs; e III- diálogo com autoridades do Estado visando o aumento
da segurança nos bairros citados.
Em recente reunião realizada em março, foi dado ciência da
posse do imóvel cedido pela Carvalho Hosken para a nova sede da
ACBS e foi discutido e aprovado o novo Estatuto da referida enti-
dade, assim como, coletado dados e preços de equipamentos a
fim de que, em curto espaço de tempo, seja colocado em execu-
ção o projeto BAIRRO MAIS SEGURO.
Para o presidente da AMAR, indicado para integrar o Conselho
Fiscal da nova entidade poderão se integrar perfeitamente com
equipamentos modernos que irão substituir o policiamento inten-
sivo, indicando rapidamente o local da ocorrência. A 1ª Diretoria
da ACBS será administrada por Alfredo Lopes para Presidência e
Carlos Carvalho para a Vice-Presidência.
DELEGACIA DE HOMICÍDIOS
No dia 24/02,
durante uma reu-
nião realizada na
Câmara Comuni-
tária da Barra com
a presença do Se-
cretário de Gover-
no Pedro Paulo e
dos parlamenta-
res Deputado Es-
tadual Tio Carlos, Tiago Mohamed e Vereador Carlo Caiada, mo-
radores do Jardim Oceânico levaram diversos questionamentos
sobre o bairro, principalmente, com referência construção de uma
passarela do BRT na Rua Gen. Ivan Raposo e os problemas da
Delegacia de Homicídios da Capital (DH).
O secretário Pedro Paulo e o Deputado Tio Carlos entende-
ram e apoiaram a necessidade de transferência da DH para outra
localidade da Barra da Tijuca ou Recreio em função do porte desta
delegacia não ser adequada para o bairro. Lembramos que des-
de 2010, a AMAR vem cobrando para que a promessa do Secre-
tário estadual de Segurança Pública. José Mariano Beltrame, seja
cumprida com a transferência da DH.
Em novembro de 2015, tomamos conhecimento de que O Go-
verno do Rio iniciou a construção de um novo prédio para a DH
da Capital, no Recreio dos Bandeirantes, ao lado do 31º Bata-
lhão de Polícia Militar. A obra, tinha um prazo de conclusão esti-
mado em 12 meses, era tocada pelo Grupo Executivo do Progra-
ma Delegacia Legal, órgão vinculado à Secretaria de Obras e, se-
riam investidos R$ 9.811.854,32 na nova unidade. Contudo, no
momento, a AMAR não tem conhecimento do estágio atual das
obras. Mas estaremos cobrando.
Sobre os problemas de carcaças de carros abandonadas na
Av. Alda Garrido e na Rua Gal. Ivan Raposo, foram realizadas duas
ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
7 AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse!
Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos.
INFORME
33 anos.
reuniões nos dias 03/03 e 09/09, com o Delegado Titular, Rivaldo
Barbosa, o Deputado Tio Carlos, o Vereador Carlo Caiado e um
grupo de moradores do entorno, onde ficou decidido o compro-
misso da delegacia retirar todas as carcaças de carros provenien-
tes de assassinatos (com buracos de bala, queimados, com res-
tos de assinados), imediatamente e, que os mesmos, não seriam
mais colocados nas ruas do bairro. Já os parlamentares assumi-
ram o compromisso de buscar, junto ao Estado, um pátio para
destinar futuros carros a serem periciados. Esta deverá ser uma
solução definitiva, mas enquanto este pátio não seja definido,
tais carros deverão ser alocados no pátio da DH e não mais aban-
donado nas ruas.
A AMAR agradece a todos os moradores que tem disponibili-
zado tempo e esforços para melhoria do bairro, aos técnicos e
autoridades da Prefeitura e aos parlamentares envolvidos.
CASAS NOTURNAS - Operação Igrejas
Em reunião realizada no
31º CCS – Conselho Comunitá-
rio de Segurança, o Presidente
da AMAR solicitou as autorida-
des ali presentes uma melhor
fiscalização das casas noturnas
no bairro e, em especial a Bo-
ate Pink. Com capacidade para
abrigar cerca de 900 pessoas e
difícil escoamento de emergência, a fim de que não ocorra o que
aconteceu em Santa Maria no Rio Grande do Sul. O seu prédio
externamente tem características de uma URNA FUNERÁRIA.
Face o nosso apelo, o Dr. Marcus Vinicius coordenou uma ope-
ração na qual participaram todos os órgãos de segurança, judici-
al, organizações sociais e o município, quando foi possível cons-
tatar várias irregularidades com referência a segurança e higiene
em todas elas sendo algumas interditadas.
Daí a denominação da operação – IGREJAS.
Fica esclarecido que a AMAR e a sua Presidência não ter nada
contra a existência dessas casas de diversão, desde que sejam
locais de divertimento para uma mocidade sadia.
PRAÇA DO POMAR
Toda a atividade comercial e,
em especial, a de entreteni-
mento a AMAR está sempre à
disposição para colaborar para
o êxito do evento.
Só que no caso de um evento
“Food Truck” do Confraria dos
Barbas, a AMAR foi contrário
ao mesmo no local programado, no interior da Praça do Pomar,
local destinado exclusivamente ao lazer das crianças e idosos.
O primeiro e único evento ali feito foi em um dia de chuva
com veículos entrando pelas alamedas tornando um lamaçal e
do qual só tomamos conhecimento “a posteriori”, com fios de
iluminação expostos.
Anteriormente a parte interessada obtia um NADA CONSTA
da Subprefeitura, da AMAR e do Colégio MOPI, adotante da mes-
ma. Em decorrência de um decreto municipal recente foi trans-
ferida para a SEOP – Secretaria Municipal de Ordem Pública a
decisão de autorizar ou não tal evento. Tentamos uma medida
judicial, mas o juiz da 17ª Vara de Fazenda negou a liminar pre-
tendida.
É de se ressaltar a posição do Subprefeito Alex Costa negan-
do tal autorização as programações seguintes.
ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○
Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos.
AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! 8
Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore!
Não suje sua Cidade.
www.amarjardimoceanico.org.br
33 Anos
E-mail: joceanicoamar@gmail.com 2486 0654
Av. Érico Veríssimo, 952 - Sl. 205 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22621-180
AUTOVISTORIA PREDIAL E FECHAMENTO DE VARANDAS
Lembramos aos nossos associados a necessidade de se realizar o Laudo Técnico de
Autovistoria que avalia as condições de segurança, conservação e estabilidade das edificações.
Para isso a AMAR celebrou parceria com o arquiteto João Ignácio M. Oliveira (CAU/RJ
A92559-4), tels: 98689.3553 e 2493.1776 - www.autovistoriapredial.com.br
INFORME
33 anos.
PASSARELA IVAN RAPOSO
DEGRAUS DA PASSARELA
Um dos assuntos que está sen-
do bastante discutido na Av.
Gen. Ivan Raposo é a construção
de uma passarela do BRT Tran-
soeste que vem sendo executa-
da pelo Governo do Estado com
recursos da Prefeitura.
Esta obra está sendo repudi-
ada pelos seus moradores em
decorrência dos degraus atingirem a porta do primeiro edifício e
principalmente por tirar a privacidade dos seus ocupantes.
Os moradores e a AMAR só tomaram conhecimento do projeto
em si através de um associado com a exibição de um panfleto en-
tregue aleatoriamente.
Aí é que começou a intervenção da AMAR, comparecendo e con-
seguindo agendar reuniões com os moradores interessados nas de-
pendências da CCRB, nas quais compareceram cerca de cinquenta
pessoas, Secretários de Transporte do Estado e do Município como
também proporcionou uma ligação jornalística e aproximação com
o nomeado engenheiro MacDowell.
Com intervenção política foram agendadas duas reuniões na Se-
cretaria Municipal de Governo do Município com o Dr. Pedro Paulo
e Dr. Piciani, em que todos puderam opinar quanto a manutenção e
rejeição da passarela, só que, nesta reunião a mesmo foi radicaliza-
da sem que se chegasse a um denominador comum.
Na última reunião do dia 15 de março na Rua João Zaneti, por
motivos pessoais, a AMAR não pode comparecer.
Assim, esperamos que, de “degrau em degrau”, possa a rua Ge-
neral Ivan Raposo tornar-se um logradouro de tranquilidade para
seus moradores, desejo permanente da AMAR.
Luiz Igrejas - Presidente
Pelo acima demonstrado, em nenhum momento a AMAR ficou
omissa sobre o assunto. Duas outras reuniões foram agendadas
com o então Secretário Estadual de Transportes, o Dr. Carlos Osório
no seu gabinete da estação da Leopoldina e no auditório do Consór-
cio Rio Barra. Também participou de outras reuniões marcadas pela
comissão de moradores, inclusive da manifestação.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

jornal Correio Popular
jornal Correio Popularjornal Correio Popular
jornal Correio Popular
Agricultura Sao Paulo
 
Ofício nº 105 2014 pdf
Ofício nº 105 2014 pdfOfício nº 105 2014 pdf
Ofício nº 105 2014 pdf
Rogerio Catanese
 
Catanese req 234-15
Catanese  req 234-15Catanese  req 234-15
Catanese req 234-15
Rogerio Catanese
 
Serrano 273
Serrano 273Serrano 273
Serrano 273
Ecos Alcântaras
 
Tecnologia Esgoto
Tecnologia EsgotoTecnologia Esgoto
Tecnologia Esgoto
ProjetoBr
 
Serrano 269
Serrano 269Serrano 269
Serrano 269
Ecos Alcântaras
 
Serrano 272
Serrano 272Serrano 272
Serrano 272
Ecos Alcântaras
 
Serrano 271
Serrano 271Serrano 271
Serrano 271
Ecos Alcântaras
 
Vereador Rezende - Requerimentos 05
Vereador Rezende - Requerimentos 05Vereador Rezende - Requerimentos 05
Vereador Rezende - Requerimentos 05
Prestone
 
Todo Dia 30/6/15 (2)
Todo Dia 30/6/15 (2)Todo Dia 30/6/15 (2)
Todo Dia 30/6/15 (2)
Resgate Cambuí
 
Jornal digital 4559 qua-03-12-14
Jornal digital 4559 qua-03-12-14Jornal digital 4559 qua-03-12-14
Jornal digital 4559 qua-03-12-14
Jornal Correio do Sul
 
Clipping 08 a 14 de agosto
Clipping 08 a 14 de agostoClipping 08 a 14 de agosto
Clipping 08 a 14 de agosto
Florespi
 
Pg 7
Pg 7Pg 7
Serrano Edição nº 177
Serrano Edição nº 177Serrano Edição nº 177
Serrano Edição nº 177
Ecos Alcântaras
 
Realidade regional
Realidade regionalRealidade regional
Realidade regional
Mari | Bru .
 
Jornal aqui em águas lindas para web
Jornal  aqui em águas lindas para webJornal  aqui em águas lindas para web
Jornal aqui em águas lindas para web
PrMarco
 
Jornal aqui em águas lindas para web
Jornal  aqui em águas lindas para webJornal  aqui em águas lindas para web
Jornal aqui em águas lindas para web
PrMarco
 
Denuncia gesso /distrito campo grande 2017
Denuncia gesso /distrito campo grande 2017Denuncia gesso /distrito campo grande 2017
Denuncia gesso /distrito campo grande 2017
1962laura
 
Vereador Rezende - Requerimentos 00
Vereador Rezende - Requerimentos 00Vereador Rezende - Requerimentos 00
Vereador Rezende - Requerimentos 00
Prestone
 
Atlas Esgotos - Marcos Von Sperling
Atlas Esgotos - Marcos Von SperlingAtlas Esgotos - Marcos Von Sperling
Atlas Esgotos - Marcos Von Sperling
CBH Rio das Velhas
 

Mais procurados (20)

jornal Correio Popular
jornal Correio Popularjornal Correio Popular
jornal Correio Popular
 
Ofício nº 105 2014 pdf
Ofício nº 105 2014 pdfOfício nº 105 2014 pdf
Ofício nº 105 2014 pdf
 
Catanese req 234-15
Catanese  req 234-15Catanese  req 234-15
Catanese req 234-15
 
Serrano 273
Serrano 273Serrano 273
Serrano 273
 
Tecnologia Esgoto
Tecnologia EsgotoTecnologia Esgoto
Tecnologia Esgoto
 
Serrano 269
Serrano 269Serrano 269
Serrano 269
 
Serrano 272
Serrano 272Serrano 272
Serrano 272
 
Serrano 271
Serrano 271Serrano 271
Serrano 271
 
Vereador Rezende - Requerimentos 05
Vereador Rezende - Requerimentos 05Vereador Rezende - Requerimentos 05
Vereador Rezende - Requerimentos 05
 
Todo Dia 30/6/15 (2)
Todo Dia 30/6/15 (2)Todo Dia 30/6/15 (2)
Todo Dia 30/6/15 (2)
 
Jornal digital 4559 qua-03-12-14
Jornal digital 4559 qua-03-12-14Jornal digital 4559 qua-03-12-14
Jornal digital 4559 qua-03-12-14
 
Clipping 08 a 14 de agosto
Clipping 08 a 14 de agostoClipping 08 a 14 de agosto
Clipping 08 a 14 de agosto
 
Pg 7
Pg 7Pg 7
Pg 7
 
Serrano Edição nº 177
Serrano Edição nº 177Serrano Edição nº 177
Serrano Edição nº 177
 
Realidade regional
Realidade regionalRealidade regional
Realidade regional
 
Jornal aqui em águas lindas para web
Jornal  aqui em águas lindas para webJornal  aqui em águas lindas para web
Jornal aqui em águas lindas para web
 
Jornal aqui em águas lindas para web
Jornal  aqui em águas lindas para webJornal  aqui em águas lindas para web
Jornal aqui em águas lindas para web
 
Denuncia gesso /distrito campo grande 2017
Denuncia gesso /distrito campo grande 2017Denuncia gesso /distrito campo grande 2017
Denuncia gesso /distrito campo grande 2017
 
Vereador Rezende - Requerimentos 00
Vereador Rezende - Requerimentos 00Vereador Rezende - Requerimentos 00
Vereador Rezende - Requerimentos 00
 
Atlas Esgotos - Marcos Von Sperling
Atlas Esgotos - Marcos Von SperlingAtlas Esgotos - Marcos Von Sperling
Atlas Esgotos - Marcos Von Sperling
 

Destaque

AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
Amar Jardim Oceânico
 
Resume 2016
Resume 2016Resume 2016
Resume 2016
Phyllis Burton
 
Mac undelete files in few easy steps...
Mac undelete files in few easy steps...Mac undelete files in few easy steps...
Mac undelete files in few easy steps...
sandy12subhash
 
Presentation on leadership
Presentation on leadershipPresentation on leadership
Presentation on leadership
mahi ji
 
State of mind
State of mindState of mind
State of mind
Fer Nanda
 
Together we can do
Together we can doTogether we can do
Together we can do
Fer Nanda
 
Nsg Resume MAY 31, 2015
Nsg Resume MAY 31, 2015Nsg Resume MAY 31, 2015
Nsg Resume MAY 31, 2015
Vicki Lynn Posa, R.N.
 
Je me présente
Je me présenteJe me présente
Je me présente
philippe5
 
Casa abierta del buen vivir
Casa abierta del buen vivirCasa abierta del buen vivir
Casa abierta del buen vivir
Yajaira Burgos Onofre
 
2
22
Império Bizantino e Carolingeo
Império Bizantino e CarolingeoImpério Bizantino e Carolingeo
Império Bizantino e Carolingeo
Lú Carvalho
 
The Use of Non Wood Forest Product as Income Generation in Semi Arid Zone Cas...
The Use of Non Wood Forest Product as Income Generation in Semi Arid Zone Cas...The Use of Non Wood Forest Product as Income Generation in Semi Arid Zone Cas...
The Use of Non Wood Forest Product as Income Generation in Semi Arid Zone Cas...
IOSR Journals
 
Componentes del rendimiento deportivo
Componentes del rendimiento deportivoComponentes del rendimiento deportivo
Componentes del rendimiento deportivo
hfabiomarin
 

Destaque (15)

AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
 
Resume 2016
Resume 2016Resume 2016
Resume 2016
 
Mac undelete files in few easy steps...
Mac undelete files in few easy steps...Mac undelete files in few easy steps...
Mac undelete files in few easy steps...
 
Presentation on leadership
Presentation on leadershipPresentation on leadership
Presentation on leadership
 
State of mind
State of mindState of mind
State of mind
 
Do all
Do allDo all
Do all
 
Together we can do
Together we can doTogether we can do
Together we can do
 
Nsg Resume MAY 31, 2015
Nsg Resume MAY 31, 2015Nsg Resume MAY 31, 2015
Nsg Resume MAY 31, 2015
 
matric results025
matric results025matric results025
matric results025
 
Je me présente
Je me présenteJe me présente
Je me présente
 
Casa abierta del buen vivir
Casa abierta del buen vivirCasa abierta del buen vivir
Casa abierta del buen vivir
 
2
22
2
 
Império Bizantino e Carolingeo
Império Bizantino e CarolingeoImpério Bizantino e Carolingeo
Império Bizantino e Carolingeo
 
The Use of Non Wood Forest Product as Income Generation in Semi Arid Zone Cas...
The Use of Non Wood Forest Product as Income Generation in Semi Arid Zone Cas...The Use of Non Wood Forest Product as Income Generation in Semi Arid Zone Cas...
The Use of Non Wood Forest Product as Income Generation in Semi Arid Zone Cas...
 
Componentes del rendimiento deportivo
Componentes del rendimiento deportivoComponentes del rendimiento deportivo
Componentes del rendimiento deportivo
 

Semelhante a AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08

AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
Amar Jardim Oceânico
 
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 05
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 05AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 05
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 05
Amar Jardim Oceânico
 
BARÃO DE INOHAN 151 - 07 DE FEVEREIRO DE 2018
BARÃO DE INOHAN 151 - 07 DE FEVEREIRO DE 2018BARÃO DE INOHAN 151 - 07 DE FEVEREIRO DE 2018
BARÃO DE INOHAN 151 - 07 DE FEVEREIRO DE 2018
josé pery salgado
 
Assembleia Municipal do Cartaxo, na Lapa
Assembleia Municipal do Cartaxo, na LapaAssembleia Municipal do Cartaxo, na Lapa
Assembleia Municipal do Cartaxo, na Lapa
Psd Cartaxo
 
Jornal distrito de arcadas
Jornal distrito de arcadasJornal distrito de arcadas
Jornal distrito de arcadas
rcatanese
 
BARÃO DE INOHAN 107 - 15 de outubro de 2014
BARÃO DE INOHAN 107  - 15 de outubro de 2014BARÃO DE INOHAN 107  - 15 de outubro de 2014
BARÃO DE INOHAN 107 - 15 de outubro de 2014
Pery Salgado
 
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2012- páginas 01 a 04
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2012- páginas 01 a 04AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2012- páginas 01 a 04
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2012- páginas 01 a 04
Amar Jardim Oceânico
 
Catanese quinzenal 02
Catanese quinzenal 02Catanese quinzenal 02
Catanese quinzenal 02
rcatanese
 
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 08
Amar Jardim Oceânico
 
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
Amar Jardim Oceânico
 
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2012- páginas 01 a 05
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2012- páginas 01 a 05AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2012- páginas 01 a 05
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2012- páginas 01 a 05
Amar Jardim Oceânico
 
BARÃO DE INOHAN 102 - 14 de agosto de 2014
BARÃO DE INOHAN 102 - 14 de agosto de 2014BARÃO DE INOHAN 102 - 14 de agosto de 2014
BARÃO DE INOHAN 102 - 14 de agosto de 2014
Pery Salgado
 
Pagina 2
Pagina 2Pagina 2
Pagina 2
josy145
 
Jornal bosque e adjacências
Jornal bosque e adjacênciasJornal bosque e adjacências
Jornal bosque e adjacências
Rogerio Catanese
 
Novo(a) documento do microsoft office word (7)
Novo(a) documento do microsoft office word (7)Novo(a) documento do microsoft office word (7)
Novo(a) documento do microsoft office word (7)
Rogerio Catanese
 
Ctr santa rosa x piranema atualiz
Ctr santa rosa x piranema atualizCtr santa rosa x piranema atualiz
Ctr santa rosa x piranema atualiz
Instituto 5º Elemento
 
Prestação de Contas
Prestação de ContasPrestação de Contas
Prestação de Contas
toninho_silva
 
Jornal digital 4618_ter_03032015
Jornal digital 4618_ter_03032015Jornal digital 4618_ter_03032015
Jornal digital 4618_ter_03032015
Jornal Correio do Sul
 
Água
ÁguaÁgua
BARÃO DE INOHAN 115 - 10 de junho de 2015
BARÃO DE INOHAN 115 - 10 de junho de 2015BARÃO DE INOHAN 115 - 10 de junho de 2015
BARÃO DE INOHAN 115 - 10 de junho de 2015
Pery Salgado
 

Semelhante a AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08 (20)

AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
 
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 05
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 05AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 05
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 05
 
BARÃO DE INOHAN 151 - 07 DE FEVEREIRO DE 2018
BARÃO DE INOHAN 151 - 07 DE FEVEREIRO DE 2018BARÃO DE INOHAN 151 - 07 DE FEVEREIRO DE 2018
BARÃO DE INOHAN 151 - 07 DE FEVEREIRO DE 2018
 
Assembleia Municipal do Cartaxo, na Lapa
Assembleia Municipal do Cartaxo, na LapaAssembleia Municipal do Cartaxo, na Lapa
Assembleia Municipal do Cartaxo, na Lapa
 
Jornal distrito de arcadas
Jornal distrito de arcadasJornal distrito de arcadas
Jornal distrito de arcadas
 
BARÃO DE INOHAN 107 - 15 de outubro de 2014
BARÃO DE INOHAN 107  - 15 de outubro de 2014BARÃO DE INOHAN 107  - 15 de outubro de 2014
BARÃO DE INOHAN 107 - 15 de outubro de 2014
 
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2012- páginas 01 a 04
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2012- páginas 01 a 04AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2012- páginas 01 a 04
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2012- páginas 01 a 04
 
Catanese quinzenal 02
Catanese quinzenal 02Catanese quinzenal 02
Catanese quinzenal 02
 
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 08
 
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
 
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2012- páginas 01 a 05
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2012- páginas 01 a 05AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2012- páginas 01 a 05
AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2012- páginas 01 a 05
 
BARÃO DE INOHAN 102 - 14 de agosto de 2014
BARÃO DE INOHAN 102 - 14 de agosto de 2014BARÃO DE INOHAN 102 - 14 de agosto de 2014
BARÃO DE INOHAN 102 - 14 de agosto de 2014
 
Pagina 2
Pagina 2Pagina 2
Pagina 2
 
Jornal bosque e adjacências
Jornal bosque e adjacênciasJornal bosque e adjacências
Jornal bosque e adjacências
 
Novo(a) documento do microsoft office word (7)
Novo(a) documento do microsoft office word (7)Novo(a) documento do microsoft office word (7)
Novo(a) documento do microsoft office word (7)
 
Ctr santa rosa x piranema atualiz
Ctr santa rosa x piranema atualizCtr santa rosa x piranema atualiz
Ctr santa rosa x piranema atualiz
 
Prestação de Contas
Prestação de ContasPrestação de Contas
Prestação de Contas
 
Jornal digital 4618_ter_03032015
Jornal digital 4618_ter_03032015Jornal digital 4618_ter_03032015
Jornal digital 4618_ter_03032015
 
Água
ÁguaÁgua
Água
 
BARÃO DE INOHAN 115 - 10 de junho de 2015
BARÃO DE INOHAN 115 - 10 de junho de 2015BARÃO DE INOHAN 115 - 10 de junho de 2015
BARÃO DE INOHAN 115 - 10 de junho de 2015
 

Mais de Amar Jardim Oceânico

AMAR - Projeto Jardim Oceânico Presente
AMAR - Projeto Jardim Oceânico PresenteAMAR - Projeto Jardim Oceânico Presente
AMAR - Projeto Jardim Oceânico Presente
Amar Jardim Oceânico
 
Decreto Nº 39.983 - 10/04/2015 - Cria o Programa Paradas Cariocas
Decreto Nº 39.983 - 10/04/2015 - Cria o Programa Paradas CariocasDecreto Nº 39.983 - 10/04/2015 - Cria o Programa Paradas Cariocas
Decreto Nº 39.983 - 10/04/2015 - Cria o Programa Paradas Cariocas
Amar Jardim Oceânico
 
Diário Oficial do Município - Publicação dos 79 decretos do novo Prefeito - 0...
Diário Oficial do Município - Publicação dos 79 decretos do novo Prefeito - 0...Diário Oficial do Município - Publicação dos 79 decretos do novo Prefeito - 0...
Diário Oficial do Município - Publicação dos 79 decretos do novo Prefeito - 0...
Amar Jardim Oceânico
 
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
Amar Jardim Oceânico
 
Prefeitura apresenta plano de contingência para abertura do novo trecho da ci...
Prefeitura apresenta plano de contingência para abertura do novo trecho da ci...Prefeitura apresenta plano de contingência para abertura do novo trecho da ci...
Prefeitura apresenta plano de contingência para abertura do novo trecho da ci...
Amar Jardim Oceânico
 
Apresentação da Prefeitura - Abertura Transoeste (Lote Zero) e Transolimpica
Apresentação da Prefeitura - Abertura Transoeste (Lote Zero) e TransolimpicaApresentação da Prefeitura - Abertura Transoeste (Lote Zero) e Transolimpica
Apresentação da Prefeitura - Abertura Transoeste (Lote Zero) e Transolimpica
Amar Jardim Oceânico
 
AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
Amar Jardim Oceânico
 
AMAR - Edital de Convocação da Assembleia Geral Ordinária (A.G.O.) - Eleições...
AMAR - Edital de Convocação da Assembleia Geral Ordinária (A.G.O.) - Eleições...AMAR - Edital de Convocação da Assembleia Geral Ordinária (A.G.O.) - Eleições...
AMAR - Edital de Convocação da Assembleia Geral Ordinária (A.G.O.) - Eleições...
Amar Jardim Oceânico
 
PDTU - Plano Diretor de Transporte Urbanos da Região Metropolitana do Rio de ...
PDTU - Plano Diretor de Transporte Urbanos da Região Metropolitana do Rio de ...PDTU - Plano Diretor de Transporte Urbanos da Região Metropolitana do Rio de ...
PDTU - Plano Diretor de Transporte Urbanos da Região Metropolitana do Rio de ...
Amar Jardim Oceânico
 
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
Amar Jardim Oceânico
 
Apresentação da Coletiva de Imprensa do Evento-Teste de Ciclismos de Estrada
Apresentação da Coletiva de Imprensa do Evento-Teste de Ciclismos de EstradaApresentação da Coletiva de Imprensa do Evento-Teste de Ciclismos de Estrada
Apresentação da Coletiva de Imprensa do Evento-Teste de Ciclismos de Estrada
Amar Jardim Oceânico
 
Boletim nº 4692 do Centro de Operações Rio - Evento-Teste de Ciclismo de Estr...
Boletim nº 4692 do Centro de Operações Rio - Evento-Teste de Ciclismo de Estr...Boletim nº 4692 do Centro de Operações Rio - Evento-Teste de Ciclismo de Estr...
Boletim nº 4692 do Centro de Operações Rio - Evento-Teste de Ciclismo de Estr...
Amar Jardim Oceânico
 
AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR -  INFORME do 1º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08AMAR -  INFORME do 1º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
Amar Jardim Oceânico
 
BRT Transoeste - Apresentação do Lote 0 - Do Terminal Alvorada ao Jardim Oceâ...
BRT Transoeste - Apresentação do Lote 0 - Do Terminal Alvorada ao Jardim Oceâ...BRT Transoeste - Apresentação do Lote 0 - Do Terminal Alvorada ao Jardim Oceâ...
BRT Transoeste - Apresentação do Lote 0 - Do Terminal Alvorada ao Jardim Oceâ...
Amar Jardim Oceânico
 
Ação Civil Pública do BRT - Transoeste - Replica 0059801 48.2014.8.19.0001
Ação Civil Pública do BRT - Transoeste - Replica 0059801 48.2014.8.19.0001 Ação Civil Pública do BRT - Transoeste - Replica 0059801 48.2014.8.19.0001
Ação Civil Pública do BRT - Transoeste - Replica 0059801 48.2014.8.19.0001
Amar Jardim Oceânico
 
AMAR - INFORME do 2º Trimestre 2014 - páginas 01 à 09
AMAR - INFORME do 2º Trimestre 2014 - páginas 01 à 09AMAR - INFORME do 2º Trimestre 2014 - páginas 01 à 09
AMAR - INFORME do 2º Trimestre 2014 - páginas 01 à 09
Amar Jardim Oceânico
 
AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 09
AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 09AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 09
AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 09
Amar Jardim Oceânico
 
Decreto 29.881/2008 - Consolida as posturas da Cidade do Rio de Janeiro
Decreto 29.881/2008 - Consolida as posturas da Cidade do Rio de JaneiroDecreto 29.881/2008 - Consolida as posturas da Cidade do Rio de Janeiro
Decreto 29.881/2008 - Consolida as posturas da Cidade do Rio de Janeiro
Amar Jardim Oceânico
 
Rima - Projeto Novo (Elevado) Joá
Rima - Projeto Novo (Elevado) JoáRima - Projeto Novo (Elevado) Joá
Rima - Projeto Novo (Elevado) Joá
Amar Jardim Oceânico
 
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2013 - páginas 01 à 10
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2013 - páginas 01 à 10AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2013 - páginas 01 à 10
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2013 - páginas 01 à 10
Amar Jardim Oceânico
 

Mais de Amar Jardim Oceânico (20)

AMAR - Projeto Jardim Oceânico Presente
AMAR - Projeto Jardim Oceânico PresenteAMAR - Projeto Jardim Oceânico Presente
AMAR - Projeto Jardim Oceânico Presente
 
Decreto Nº 39.983 - 10/04/2015 - Cria o Programa Paradas Cariocas
Decreto Nº 39.983 - 10/04/2015 - Cria o Programa Paradas CariocasDecreto Nº 39.983 - 10/04/2015 - Cria o Programa Paradas Cariocas
Decreto Nº 39.983 - 10/04/2015 - Cria o Programa Paradas Cariocas
 
Diário Oficial do Município - Publicação dos 79 decretos do novo Prefeito - 0...
Diário Oficial do Município - Publicação dos 79 decretos do novo Prefeito - 0...Diário Oficial do Município - Publicação dos 79 decretos do novo Prefeito - 0...
Diário Oficial do Município - Publicação dos 79 decretos do novo Prefeito - 0...
 
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
 
Prefeitura apresenta plano de contingência para abertura do novo trecho da ci...
Prefeitura apresenta plano de contingência para abertura do novo trecho da ci...Prefeitura apresenta plano de contingência para abertura do novo trecho da ci...
Prefeitura apresenta plano de contingência para abertura do novo trecho da ci...
 
Apresentação da Prefeitura - Abertura Transoeste (Lote Zero) e Transolimpica
Apresentação da Prefeitura - Abertura Transoeste (Lote Zero) e TransolimpicaApresentação da Prefeitura - Abertura Transoeste (Lote Zero) e Transolimpica
Apresentação da Prefeitura - Abertura Transoeste (Lote Zero) e Transolimpica
 
AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 2º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08
 
AMAR - Edital de Convocação da Assembleia Geral Ordinária (A.G.O.) - Eleições...
AMAR - Edital de Convocação da Assembleia Geral Ordinária (A.G.O.) - Eleições...AMAR - Edital de Convocação da Assembleia Geral Ordinária (A.G.O.) - Eleições...
AMAR - Edital de Convocação da Assembleia Geral Ordinária (A.G.O.) - Eleições...
 
PDTU - Plano Diretor de Transporte Urbanos da Região Metropolitana do Rio de ...
PDTU - Plano Diretor de Transporte Urbanos da Região Metropolitana do Rio de ...PDTU - Plano Diretor de Transporte Urbanos da Região Metropolitana do Rio de ...
PDTU - Plano Diretor de Transporte Urbanos da Região Metropolitana do Rio de ...
 
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
 
Apresentação da Coletiva de Imprensa do Evento-Teste de Ciclismos de Estrada
Apresentação da Coletiva de Imprensa do Evento-Teste de Ciclismos de EstradaApresentação da Coletiva de Imprensa do Evento-Teste de Ciclismos de Estrada
Apresentação da Coletiva de Imprensa do Evento-Teste de Ciclismos de Estrada
 
Boletim nº 4692 do Centro de Operações Rio - Evento-Teste de Ciclismo de Estr...
Boletim nº 4692 do Centro de Operações Rio - Evento-Teste de Ciclismo de Estr...Boletim nº 4692 do Centro de Operações Rio - Evento-Teste de Ciclismo de Estr...
Boletim nº 4692 do Centro de Operações Rio - Evento-Teste de Ciclismo de Estr...
 
AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR -  INFORME do 1º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08AMAR -  INFORME do 1º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2015 - páginas 01 à 08
 
BRT Transoeste - Apresentação do Lote 0 - Do Terminal Alvorada ao Jardim Oceâ...
BRT Transoeste - Apresentação do Lote 0 - Do Terminal Alvorada ao Jardim Oceâ...BRT Transoeste - Apresentação do Lote 0 - Do Terminal Alvorada ao Jardim Oceâ...
BRT Transoeste - Apresentação do Lote 0 - Do Terminal Alvorada ao Jardim Oceâ...
 
Ação Civil Pública do BRT - Transoeste - Replica 0059801 48.2014.8.19.0001
Ação Civil Pública do BRT - Transoeste - Replica 0059801 48.2014.8.19.0001 Ação Civil Pública do BRT - Transoeste - Replica 0059801 48.2014.8.19.0001
Ação Civil Pública do BRT - Transoeste - Replica 0059801 48.2014.8.19.0001
 
AMAR - INFORME do 2º Trimestre 2014 - páginas 01 à 09
AMAR - INFORME do 2º Trimestre 2014 - páginas 01 à 09AMAR - INFORME do 2º Trimestre 2014 - páginas 01 à 09
AMAR - INFORME do 2º Trimestre 2014 - páginas 01 à 09
 
AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 09
AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 09AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 09
AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2014 - páginas 01 à 09
 
Decreto 29.881/2008 - Consolida as posturas da Cidade do Rio de Janeiro
Decreto 29.881/2008 - Consolida as posturas da Cidade do Rio de JaneiroDecreto 29.881/2008 - Consolida as posturas da Cidade do Rio de Janeiro
Decreto 29.881/2008 - Consolida as posturas da Cidade do Rio de Janeiro
 
Rima - Projeto Novo (Elevado) Joá
Rima - Projeto Novo (Elevado) JoáRima - Projeto Novo (Elevado) Joá
Rima - Projeto Novo (Elevado) Joá
 
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2013 - páginas 01 à 10
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2013 - páginas 01 à 10AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2013 - páginas 01 à 10
AMAR - INFORME do 3º Trimestre de 2013 - páginas 01 à 10
 

AMAR - INFORME do 1º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08

  • 1. PARCERIAS Carvalho Hosken Santa Mônica Centro Educacional Constrular 2000 - Material de Construção Carneiro e Miranda Advogados Associados Fernando Brandão Imóveis (Shopping Barra Top) Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. Pizzaria Guanabara Novo Tempo Presentes (Shopping Barra Top) Shopping Barrapoint APSA - Gestão Condominial 33anos. MENSAGEM DO PRESIDENTE POR LUIZ IGREJAS www.amarjardimoceanico.org.br Temos um novo ano, o de 2016, a frente da AMAR, reeleito que fomos para um novo período 2016/2018. No período anterior foram travadas diversas lutas sempre vi- sando o bem comum, em especial, da comunidade que temos a honra de representar. Sempre contando com uma Diretoria coesa e disposta a enfrentar as adversidades de toda a ordem. Para nós da AMAR a maior desilusão tem sido o fato de, até hoje, não termos conseguido a casa própria da nossa institui- ção, tudo por falta de interesse do poder público em atender. Infelizmente, não sabemos as causas, seja por falha nossa ou por discordarmos de matéria de interesse que não atingira a que se propunha. Na parte da relacionamentos públicos, a AMAR sempre se faz representar em todas as reuniões para as quais for convidada sejam de trabalho ou de cunho social. A presidência da AMAR também foi eleita para o cargo de Con- selheiro Efetivo da OAB-Barra e indicada para presidir a Comis- são de Transporte e Mobilidade Urbana, onde promoveu e pro- moverá palestras e reuniões sobre a matéria. Com a nossa ree- leição ocorrida agora em janeiro, para o Biênio 2016/2018, vol- taremos aos temas. Ao mesmo tempo, conseguimos um maior entrosamento com os membros da OAB, fazendo com que, jun- tamente com vários associados da AMAR, visitassemos as obras do metrô – Linha 4 – visitas que a AMAR tem realizado mensal- mente para acompanhar aquela obra, que, pelas informações ali obtidas, será inaugurada no 1º semestre deste ano. Recente- mente a AMAR foi indicada para membro efetivo do Conselho Fiscal da ACSB - Associação Comunitária Barra Segura. Felizmente, começamos agora um novo ciclo, renovados de energia e vontade, esperando contar com o apoio de todos os moradores e associados do Jardim Oceânico nas novas bata- lhas que se avizinham. ANO NOVO #DEUZIKA Continua a ineficiência das autoridades públicas com referência ao combate dos mosquitos no Jardim Oceânico. Segundo rela- tos de moradores, o bairro está infestado desses mosquitos e, em especial, nas ruas que circundam os canais das Avenidas Gil- berto Amado e Fernando de Mattos. Há pelo menos uma déca- da a AMAR luta pela sua conservação, mas sem a contrapartida dos órgãos municipais. Aqui fica o registro para que, caso aconteça algo de ruim, não digam as autoridades que não foram alertadas. Tem associados que estão pedindo para apelarmos até para a “Dilma”. BARRA VAI PARA O TOPO DA LISTA DE INFECTADOS POR DENGUE NO RIO O Aedes aegypti voltou. Depois de dois janeiros de pouca chuva e, consequentemente, um número pequeno de casos de den- gue, o mosquito que transmite também a chikungunya e a zika está proliferando novamente. Em janeiro deste ano, foram 293 casos registrados de dengue na região da chamada Área de Pla- nejamento 4 (AP 4), que abrange Barra, Recreio, Jacarepaguá e Vargens, o maior índice de toda a cidade. A região da Barra que tem 910 mil habitantes, historicamente, registra muitos casos de dengue. De acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), foram 63 mortes pela doença de 2000 a 2016. Os principais responsáveis por isso, além dos canais, são os terrenos baldios e casas vazias da região, onde a grama costuma ficar alta e são jogados entulhos e materiais de construção. Outros problemas são a precariedade do sistema de saneamento e algumas pisci- nas de casas vazias que acumulam água, principalmente, neste período de chuvas. O principal entrave no combate ao Aedes aegypti é o fato de os ovosdomosquitopoderemsobreviverporatéumano,mesmosem receberágua.IssoexplicariaofenômenoocorridonaAP4,queteve só 12 registros de dengue em janeiro de 2015 e 293 esse ano. Segundo a SMS, a maior parte dos focos de dengue está em áre- as residenciais, o que motiva ações rotineiras de caráter educa- tivo. Em caso de visita a locais com acúmulo de lixo, a SMS já comparece acompanhada de agentes da Comlurb. Caso o mate- rial abandonado seja de obras, a orientação é que os moradores liguem para o 1746. Nos casos em que encontra água parada que não é usada para consumo humano, a SMS pode utilizar larvicida ou fazer o controle biológico por meio dos peixes barri- gudinhos, que se alimentam das larvas do Aedes.
  • 2. OBRAS DO METRÔ DO RIO ENTRAM EM LUTA CONTRA O AEDES AEGYPTI O combate ao Aedes aegypti ganhou um reforço de peso no sábado (13/02). Os trabalhadores das obras do metrô do Rio (Linha 4 e Expansão General Osório) receberamtreinamentoparaquepossam seengajarnalutacontraomosquitotrans- missor da dengue, da chinkungunya e do vírus Zika. Além de um mutirão para vis- toriar os canteiros e o entorno das obras, foram realizadas palestras e distri- buição de folhetos informativos e camisetas. O objetivo foi formar multipli- cadores que levem as lições para suas casas e comunidades. A brigada da Linha 4 do Metrô e da Expansão General Osório – obras do Governo do Estado do Rio de Janeiro executadas pela Con- cessionária Rio Barra e pela Construtora Norberto Odebrecht, respec- tivamente – uniu forças aos 220 mil militares das três Forças Armadas que atuaram no sábado (13/02) em 356 cidades brasileiras. Nos canteiros de obras, o cuidado para evitar criadouros do Aedes aegypti é permanente. Os empreendimentos aderiram à campanha “10 Minutos Salvam Vidas”, da Secretaria de Estado de Saúde, e realizam ações semanais de combate e conscientização. Além das visitas perió- dicas da equipe de Meio Ambiente, que buscam identificar e tratar qualquer tipo de ambiente propício à proliferação do mosquito, os próprios funcionários mantêm o espírito colaborativo e alertam seus superiores sobre qualquer recipiente que possa vir a acumular água. As ações de combate ao mosquito são rotineiras e o controle de vetores é uma prática constante das obras do metrô carioca desde quando iniciadas, em 2010. O objetivo atual é extrapolar os limites dos canteiros e criar em todos a cultura do combate ao mosquito. PRESIDENTE DA AMAR PARTICIPA DA INAUGURAÇÃO DAS OBRAS CIVIS DA PONTE ESTAIADA No dia 15/12, o Presidente da AMAR, Luiz Igrejas, acompanhou o governador Luiz Fernando Pezão e o secretário es- tadual de Transportes, Carlos Roberto Osório numa visita a vários trechos da obra da Linha 4 do Metrô. As obras ci- vis da ponte estaiada foram finalizadas e, com isso, foi concluído todo trecho do Jardim Oceânico até o Leblon. Foram 10 meses de construção do único trecho onde os trens da Linha 4 serão vistos fora do subterrâ- neo. Com 320 metros de comprimento e dois pilares de 72 metros de altura, a ponte estaiada liga os túneis escavados a partir do Morro do Focinho do Cavalo à Estação Jardim Oceânico. Serão duas vias, por onde os trens vão passar em direção à Barra e no sentido Zona Sul. As autoridades e convidados foram de “trackmobile”, um caminhão es- pecial para a circulação em túneis, da estação de São Conrado até a ponte estaiada, no Jardim Oceânico, onde foram recepcionados pelo Presidente da AMAR. O Presidente da AMAR - Luiz Igrejas aproveitou a ocasião para conversar com o secretário Osório, o vereador Carlo Caiado e o subprefeito daBarraAlexCosta sobrealgumasquestõesviáriasquedizemrespeitodire- tamente aos moradores do Jardim Oceânico e agendou uma reunião para tratar do assunto da passarela do BRT-Metrô da Rua General Ivan Raposo. TRILHOS JÁ FORAM INSTALADOS NA PONTE ESTAIADA Com a conclusão das obras civis da ponte estaiada, a equipe de sistemas do Consórcio Construtor Rio Barra (CCRB) anunciou que já concluiu, no mês de fevereiro, a instalação dos trilhos no trecho sus- penso sobre o canal da Barra da Tijuca, que liga os túneis escavados em rocha à Estação Jardim Oceânico. Em paralelo, os colaboradores já INFORME ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! 2 33 anos. ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ retiram as estruturas de acesso, andaimes e escadas que deram apoio à construção dos dois pilares. ILUMINAÇÃO DA PONTE ESTAIADA TERÁ EFEITO ESPECIAL Quem passa pelas obras da Linha 4 do metrô pode constatar que os trabalhos se encaminham para a fase final. Já é possível ver como vai ficar a região quando as primeiras composições co- meçarem a passar pela ponte estaia- da. Uma incógnita, porém, permane- ce: ao cair da noite, como ficará a iluminação? Quem tem a resposta é o escritório de Light Design Peter Gasper e Associados, responsável pelo projeto, que deve terminar até julho deste ano, junto com as obras do metrô. As luminárias chegaram em março e as instalações já começaram. Após a conclusão da instalação dos equipamentos, começarão uma fase de testes. Normalmente, um teste deste tipo não traria tanta ten- são, mas o trabalho carrega o peso de ser um dos últimos deixados por Peter Gasper, que dá nome ao escritório. O especialista em ilumi- nação morreu em maio de 2014, aos 73 anos. A iluminação da ponte será similar à usada na Ponte do Saber, lo- calizada na entrada do campus da UFRJ na Ilha do Fundão, que tam- bém teve projeto feito por Gasper. O escritório está acostumado a gran- des projetos: é responsável pela iluminação do Cristo Redentor, do Pla- nalto Central e da primeira edição do Rock in Rio, em 1985. Segundo o Consórcio Construtor Rio Barra, a ponte estaiada terá uma decoração cênica que trará leveza à chegada ao bairro. Com tons de branco, o detalhe está na “temperatura da cor”: quente ou fria, que será mais amarelada. A iluminação poderá ficar estática ou em movimento, com efeito que lembrará as cordas de uma har- pa durante uma melodia. Haverá projetores para cada um dos 26 conjuntos de cabos de aço, fixados no tabuleiro da ponte. A ilumi- nação será feita de baixo para cima. Também haverá refletores para cada um dos pilares, iluminando as faces frontais e posteriores des- sas estruturas de concreto. As lâmpadas têm tecnologia LED, com maior economia e durabilidade. VISITAS GUIADAS AO METRÔ Mais uma vez, a AMAR agradece ao Dr. Lucio Silvestre, Diretor do Con- sórcio Construtor Rio-Barra, que é res- ponsável pelas obras da Linha 4 do Metrô, pelas autorizações dadas para que os nossos associados e morado- res da região visitassem as instalações e dependências da Estação Jardim Oceânico nos últimos dias 30/01 e 20/02, onde tiveram a oportunidade de constatar o andamento e a qualidade das obras. Mais uma vez, todos os presentes ficaram satis- feitos com as informações e esclarecimentos prestados. Em breve, fa- remos outras visitas !! Fiquem ligados !! NOVO SISTEMA VIÁRIO DA AV. ARMANDO LOMBARDI COMEÇA A TOMAR FORMA Os projetos de melhorias viárias da Avenida Armando Lombardi começaram a tomar forma neste primeiro trimestre de 2016. As duas vias expressas elevadas já foram liberadas ao tráfego tanto no sentido Zona Sul (no dia 09/01) quanto Recreio dos Bandeirantes (dia 13/02). As pistas expressas contam com 3 faixas de rolamento por sentido. As pistas laterais no sentido Zona Sul, com duas faixas de rolamen-
  • 3. ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. 3 INFORME 33 anos. to próximas ascalçadas, passarão a ser destinadas ao trânsito local. Já nas pis- tas laterais no sentido Recreio, serão destinadas aos motoristas com desti- no à praia ou ao Jardim Oceânico. No dia 23/02, a travessia de pedes- tres sob as novas pistas expressas ele- vadas foi liberada para circulação de pedestres que desejam cruzar a avenida. Foram instalados sinais de trânsito com botoeira e faixas de pedestres nas pistas laterais, na altura da Unimed e da Rua Georgina de Albuquerque. A sinalização foi reforçada e agentes de trânsito es- tão auxiliando a população. Com a liberação dessa passagem foi possí- vel fazer a desativação da passarela provisória sobre a Av. Armando Lombardi, o que possibilitará a continuidade dos demais serviços de reurbanização do entorno. O “Novo Sistema Viário” da Av. Armando Lombardi é uma obra do governo do estado, executada pelo Consórcio Construtor Rio Barra (CCRB), responsável pela implantação da Linha 4 do Metrô na região. O projeto foi idealizado em parceria com a CET-Rio. Ao final das obras, a avenida passará a ter cinco faixas em cada sentido com dois retornos semi subterrâneos para veículos, que ainda está em construção. Cer- tamente, no próximo Informe da AMAR, teremos boas notícias com as inaugurações do tão aguardado mergulhões de retorno. TRANSOESTE CHEGA PERTO DO METRÔ Falta pouco para os cariocas que se deslocam pela Barra da Tijuca se es- tressarem menos no trânsito. O tre- cho final do corredor Transoeste — o chamado ‘Lote Zero’ —, que ligará o Terminal Alvorada à futura Linha 4 do metrô, no Jardim Oceânico, já tem mais de 90% das obras concluídas. Segundo a Secretaria Municipal de Transportes, o Lote Zero promete gerar economia de metade do tem- po gasto hoje pelos passageiros de ônibus no percurso. Os ônibus que fazem o trecho de 6 km do Alvorada até o Jardim Oceânico levam, em média, 40 minutos nos horários de pico. A estimativa é que, com a implantação do Lote Zero, o tempo seja reduzido para 20 minutos, já que os articulados usam pista exclusiva, sem engarrafamentos. A pre- visão da prefeitura é concluir até junho esse trecho. A prefeitura elimi- nará linhas de ônibus que fazem o mesmo percurso do Lote Zero para melhorar o trânsito. Nos horários de pico, a estimativa é que 30 mil passageiros circulem pelo novo trecho. A capacidade viária da Av. das Américas será mantida, com três faixas de rolamento em cada sentido para tráfego geral. O BRT seguirá pela pista do meio, em pavimento de concreto, sendo implantado con- tíguo ao canteiro central, que será mantido, seguindo o traçado já im- plantado do Transcarioca na Avenida Ayrton Senna. O novo asfalta- mento das pistas centrais está 90% concluído e a ponte sobre o canal Marapendi em fase de finalização, com 94% de execução. A próxima frente de obra será a construção da ciclovia. Haverá uma nova ponte sobre o canal Marapendi – com 107 me- tros de vão-livre e 14,5 metros de largura – ao lado da ponte existente. A nova estrutura será acessada por veículos e pedestres, enquanto a antiga passará a ser exclusiva para o BRT. A intervenção contempla, ainda, a implantação de uma ciclovia sobre a ponte. Cinco estações já foram concluídas (Parque das Rosas, Porto dos Cabritos, Ricardo Mari- nho, Barra Garden e Freeway) e três estão em construção (Barrashop- ping, Cittá América e Jardim Oceânico). NOVAS LINHAS EXPRESSAS Ainda este ano, será possível fazer viagens expressas nas rotas: Re- creio — Jardim Oceânico; Tanque — Jardim Oceânico; Centro Olímpi- co — Jardim Oceânico; Alvorada — Sulacap; Recreio — Deodoro; e Madureira — Recreio. Serão criadas as linhas paradoras Recreio — Jar- dim Oceânico; Alvorada — Jardim Oceânico; Centro Olímpico — Jar- dim Oceânico; e Recreio — Sulacap. OBRA ABANDONADA DE ESTAÇÃO DO BRT SERVIU DE ESCONDERIJO DE LADRÔES As obras das estações do BRT Transoeste, no trecho entre o terminal Alvorada e o Jardim Oceânico, ficaram abandonadas por mais de 10 dias, servindo de esconderijo para menores infra- tores. No lugar de operários tra- balhando, meninos exibem cor- dões, celulares e relógios roubados de pedestres. Eles não se intimi- dam, e aproveitam a ausência de seguranças para conferir o produto do roubo. Os infratores, que disseram ser moradores de Realengo, di- videm espaço com entulho, lixo e material enferrujado. As instalações tinham sinais de arrombamento. A Secretaria municipal de Obras (SMO) enviou uma advertência à empresa EIT para que o cronograma de execução das obras seja cum- prido. De acordo com a pasta, as obras tiveram seu ritmo reduzido desde o dia 19/02 e deveriam ser retomadas no dia 29/02. A secretaria não explicou o motivo do atraso e do abandono, mas informou que a estação próxima ao Barrashopping tem 89% de instalações concluídas e a parada do Cittá América está com 51% da obra executada. Nenhum representante da empresa EIT foi encontrado para comentar o aban- dono e a falta de seguranças nas estações. O Administrador Regional da Barra, Marcio Valente, da Subprefei- tura da Barra, informa estão realizando ações de combate aos mora- dores de rua nas estações do BRT, com o apoio da SEOP, regularmen- te, bem como a continuidade das ações de acolhimento da população de rua, pela Secretaria Municipal de Assistência Social em locais iden- tificados no Bairro pela Região Administrativa. OBRAS DE EXPANSÃO DO ELEVADO DO JOÁ CHEGAM À RETA FINAL As obras de expansão do Eleva- do do Joá entraram em sua fase final com a instalação da última das mais de 120 vigas que dão sustentação as duas novas pis- tas da via. Ao todo, de acordo com a prefeitura, 95% das obras físicas já foram concluídos. A Se- cretaria municipal de Obras ain- da não bateu o martelo sobre a data de inauguração, mas, pelo que consta do contrato firmado, a via terá que ser aberta ao trânsito até o fim de março. Também estão quase prontas as obras para implantar os 3.100 metros da ciclovia entre as praias do Pepê e de São Conrado, que fazem parte do projeto de expan- são do elevado. Ainda não é possível circular entre os dois bairros de bicicleta, mas alguns ciclistas driblam a segurança e pedalam sem auto- rização em trechos onde as intervenções já terminaram, a exemplo do queaconteceuquandoacicloviadaAv.Niemeyeraindaestavaemobras. Entre os serviços que foram deixados para a etapa final, está a implantação da iluminação com lâmpadas de LED nas novas pistas. O sistema também será usado nas vias já existentes do Joá, no sen- tido São Conrado-Barra. Os operários ainda correm contra o tem- po para concluir o revestimento interno dos dois novos túneis, as- faltar as pistas e implantar a sinalização de trânsito. O projeto in- cluiu a construção de três recuos no novo elevado, onde veículos com defeito poderão parar sem prejudicar o trânsito — o que não existe hoje na estrutura do Joá. As obras contemplam ainda o alargamento de um trecho de 410 metros de extensão, da saída do Túnel do Pepino até a Ponte da Joa- tinga, no sentido Barra. No Jardim Oceânico, a Av. Ministro Ivan Lins também ficará mais larga da saída do Túnel do Joá até a altura da pon- AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse!
  • 4. ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! 4 ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ INFORME 33 anos. te velha, nas proximidades da Praça Euvaldo Lodi. A CET-Rio ainda está detalhando como será a operação do trânsito da nova via. Serão feitos planos de tráfego para antes, durante e depois das Olimpíadas. O custo total do projeto de ampliação do Joá é de R$ 458 milhões, financiados para a prefeitura pelo Banco Nacional de Desenvolvimen- to Econômico e Social (BNDES). O novo viaduto da Joatinga que ligará a nova pista do Elevado do Joá (novo túnel) à Av. Ministro Ivan Lins tem 520 metros e também está quase concluído. Falta colocar o asfalto e erguer a mureta de proteção. A ciclovia da Av. Niemeyer já foi inaugurada, mas os cariocas ain- da podem esperar por mais atrações no local. Na segunda fase de obras, o percurso do Complexo Cicloviário Tim Maia, como foi batiza- do, se estenderá até o Joá e já tem 90% dos serviços concluídos. Entre as novidades, já é possível observar o mirante de São Conrado prati- camente pronto, com os guarda-corpos instalados, restando apenas finalizar parte da sinalização e da iluminação do trecho. A ciclovia se estenderá pelo atual Elevado do Joá, passando pelos dois túneis exis- tentes com destino à ponte da Joatinga, até à praia da Barra, e interli- gando as praias do Leme ao Pontal. NOVA ALÇA DE ACESSO MELHORA TRÂNSITO NO ENTORNO DO TERMINAL ALVORADA No dia 02/02, a Prefeitura inaugu- rou a pista de aces- so da Av. das Amé- ricas para a Av. da Ayrton Senna. Essa é a primeira obra entregue de um conjuntodemelho- rias que estão sendo realizadas no entorno do Terminal Alvorada, que tam- bémestásendoampliado,ganhandonovasplataformasparaoBRTelinhas alimentadoras. A AMAR esteve presente na inauguração juntamente com diversas entidades e associações da região, tais como: 31º CCS – Conselho Co- munitário de Segurança; Associação de Moradores do Parque das Ro- sas, Acija – Associação Comercial e Industrial de Jacarepaguá, Associa- ção de Moradores do Recreio, Associação Bosque Marapendi e vários síndicos de condomínios do entorno. TRAVESSIA DE PEDESTRES É FEITA SOB PERIGO Sem semáforo, a travessia da Av. Olegário Maciel para a passarela que liga os dois lados da Av. Mi- nistro Ivan Lins oferece riscos a quem frequenta a região a pé. O re- lato é da Heloísa de Melo Martins Costa, que também solicitou uma faixa de pedestres no local. — Ali tem uma passarela e não há uma faixa para atravessarmos. Existem várias escolas, comér- cios e uma grande Igreja nos arredores e, as crianças e os idosos são obrigadas a se arriscarem atravessando a rua, com os carros em alta velocidade. Em nota, a CET-Rio informou que já desenvolveu um projeto de travessia de pedestres da Praça Euvaldo Lody, da Paróquia de São Fran- cisco de Paula, que fica no final da Av. Olegário Maciel. Segundo o órgão, o projeto prevê três conjuntos de semáforo e a recuperação da sinalização horizontal próxima ao local. O plano está em fase de ajus- tes e deve ser implantado no mês de março. Felizmente, parece que a solicitação da AMAR, feita há alguns anos, deverá sair do papel, para a segurança e a tranquilidade dos moradores e trabalhadores do Jardim Oceânico. PONTO FINAL INCOMODA MORADORES DO QUEBRA-MAR E ATRAPALHA O TRÂNSITO Os moradores da região do Quebra- Mar, no Jardim Oceânico, andam inco- modados com as linhas de ônibus que param no local. De acordo com eles, os motoristas param em curvas, em área de estacionamento proibido e até em por- tas de garagens, além de formarem fila dupla na orla, onde há um encurtamento de pistas, o que prejudica o trânsito. Com o início das obras de ampliação do Elevado do Joá, o ponto final de algumas linhas de ônibus, que ficava embaixo do viaduto, foi transferido para uma área entre a última curva da Avenida do Pepê e a Rua Sargento João de Faria, o que intensificou o problema. A Secretaria municipal de Transportes (SMTR) informou, em nota, que o ponto final da linha 343 (Joatinga -Praça Quinze) está autoriza- do pela pasta desde o início das obras de duplicação do viaduto da Joatinga. A SMTR reconhece que o ponto tem interferido no trânsito e, por isso, estuda realocá-lo outra vez. O Subprefeito da Barra, Alex Costa, confirma que uma solução vem sendo estudada junto à CET-Rio e à SMTR. Ainda de acordo com Alex Costa, o ponto final é provisória e vai permanecer apenas enquan- to as obras do Elevado do Joá e da Linha 4 do metrô estiverem em cur- so. Quando o terminal rodoviário da Av. Nuta James, próximo a Estação do Jardim Oceânico, estiver pronto, as linhas alimentadoras e os ônibus convencionais passarão a fazer ponto final na Rua São Tilon. PREFEITURA ANUNCIA PLANO PARA MOBILIDAE OLÍMPICA A Prefeitura divulgou no início de janei- ro o Plano Olímpico de Mobilidade, afim de orientar o planejamento das opera- ções de trânsito, transporte e logística de 1º a 28 de agosto, quando serão rea- lizados os Jogos Olímpicos. Entre as me- didas estão a definição de 260 km de fai- xas prioritárias, o acesso aos locais de competição somente por trans- porte público e a criação do Cartão de Transporte Olímpico, passa- porte individual sem limite de viagens diárias que será aceito nos ôni- bus municipais, metrô, vans credenciadas, trens, VLT e barcas. Durante o evento, que deve atrair 450 mil turistas, o Rio será divi- dido em 4 zonas principais: Barra da Tijuca (Zona Oeste), Maracanã e Deodoro (Zona Norte) e Copacabana (Zona Sul). Cada região contará com um plano específico, elaborado com base na capacidade de as- sentos e na demanda por transporte até os locais de competição. Para garantir a mobilidade da família olímpica, a cidade vai oferecer uma rede de rotas que vão priorizar as jornadas dos atletas para os locais de prova, aumentando a confiabilidade nos tempos de viagem e minimizando os impactos sobre o tráfego geral da cidade. As vias que integrarão os trajetos para os locais dos eventos esportivos terão faixas exclusivas, por onde passarão a família olímpica, veículos cre- denciados e oficiais, de forças de segurança e emergência. As rotas olímpicas terão 260 km de extensão no total e serão pintadas na cor verde. A circulação de veículos pelas faixas será orientada por três tipos de prioridade. Nas dedicadas (164 km), somente os veículos olímpi- cos poderão passar – haverá monitoramento por radares eletrônicos durante 24h. Nas prioritárias (BRS e faixa seletiva da Avenida Brasil, 60 Km), os carros da família olímpica vão dividir a pista com ônibus e táxis. Já nas faixas compartilhadas (36 Km), os veículos de passeio tam- bém poderão circular. Entre as vias que terão faixas exclusivas 24 horas estão a Linha Amarela, a Avenida das Américas (trecho entre as avenidas Érico Ve- ríssimo, na Barra, e Salvador Allende, no Recreio), o Túnel do Joá e o
  • 5. ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ 5 AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. INFORME 33 anos. Aterro do Flamengo. Entre as vias compartilhadas está a Autoestrada Lagoa-Barra, por exemplo. Na Zona Sul, a Avenida Niemeyer será to- talmente fechada ao trânsito para a passagem exclusiva dos veículos olímpicos e de moradores. O novo sistema de transporte público contará já com a utilização da linha 4 do Metrô, conectando a Barra com Zona Sul/Centro; o BRT Transolímpica, conectando a Barra com Deodoro; a extensão do BRT Transoeste até o Jardim Oceânico, conectando com o metrô Linha 4; a ligação do BRT na Avenida Abelardo Bueno, conectando o BRT Tran- solímpica com o BRT Transcarioca; novos serviços de BRT; VLT na área central; redução dos intervalos dos ramais da Supervia e reorganiza- ção das linhas de ônibus. COBRANÇA O acesso do público, de voluntários e de funcionários terceirizados aos locais de competição só poderá ser feito por transporte público e com a utilização do Cartão Olímpico. Todos os trajetos para as instalações esportivas serão atendidos por BRT, trem ou metrô. Serão 5,5 milhões de tickets para o público geral, divididos nas quatro zonas: Barra (52%); Ma- racanã (29%); Deodoro (12%) e Copacabana (7%). A compra do cartão poderá ser feita pela internet com entrega nacional mediante pagamento de taxa. O início de validação do cartão será determinado no primeiro embarque. Os cartões só serão válidos no período das Olimpíadas e per- mitirão três tipos de recarga: para um dia (R$ 25); três dias (R$ 70) e sete dias (R$ 160). Por segurança, o cartão, que poderá ser comprado tanto pelo público que for assistir aos Jogos como também pela população em geral, permitirá o embarque sem validação nas catracas no final das parti- das (sistema free flow). A Secretaria Municipal de Transportes poderá adotar outras mu- danças durante o período olímpico para garantir o êxito das opera- ções de trânsito e de transporte público. Entre elas, poderá ser decre- tado feriado ou ponto facultativo no município; serviços como coleta de lixo domiciliar e reparos em vias públicas poderão ter horários al- terados, bem como as autorizações para carga e descarga. A oferta de vagas públicas também poderá ser reduzida. O estímulo ao home offi- ce, férias coletivas, férias de trabalho, uso de bicicletas, ao fretamen- to e a carona também estão sendo avaliados pela prefeitura. TECNOLOGIA O plano também inclui a implantação de aplicativo para celu- lar, através do qual os cariocas e espectadores dos jogos terão aces- so a um planejador de viagens por transporte público. O sistema dará informações precisas, em tempo real, sobre a rede de mobili- dade, como trajetos de trens, ônibus municipais, BRT, metrô e barcas e as instalações esportivas. A ferramenta fará um planeja- mento automático das viagens, de acordo com os locais de ori- gem e destino, levando em consideração as viagens multimodais, para que o trajeto seja feito em menor tempo. ATRASAR CONDOMÍNIO POR 3 DIAS PODERÁ LEVAR O IMÓVEL À PENHORA Alerta para os 3,5 milhões de mora- dores de condomínios no estado. Quem estiver com a cota condomi- nial em atraso terá que pagar a dívi- da em até 3 dias, segundo o Novo Có- digo de Processo Civil (CPC), que deve entrar em vigor até dia 20 de março. Se não houver o acerto no prazo de 3 dias, o imóvel será penhorado; ou se tiver recursos em banco, o condômino corre risco de ter a penhora online na conta. Com o novo CPC, o condomínio não passará por moroso processo para receber seu crédito, bastando propor ação de execução de título executivo extrajudicial. A cobrança está prevista no Artigo 784 do novo código. Para isso, o síndico terá que reunir recibos em atraso e atas de reunião para comprovar débitos. O segundo passo é entrar com a ação de execução. A Justiça pode determinar que o inadimplente pa- gue a dívida em 3 dias. MP PEDE SUSPENSÃO DA COBRANÇA DE TAXA POR VARANDAS FECHADAS COM VIDRO RETRÁTIL O Ministério Público pediu a sus- pensão da cobrança da taxa de mais valia pela prefeitura para fechamen- to de varandas com vidro transparen- te retrátil. O órgão encaminhou, no dia 03/02/2016, à Vara de Fazenda Pública, uma Ação Civil Pública com pedido de liminar pedindo a suspensão. A ação teve por base recla- mações de moradores feitas à Ouvidoria do MP. De acordo com o documento encaminhado à Justiça, a instalação das cortinas não implica no fechamento ou envidraçamento definiti- vo da varanda, logo, não significa aumento da área construída. Assim, a eventual cobrança por nova metragem no cálculo do IPTU é ilegal e não se justifica. O pedido de liminar pretende evitar as cobranças que vêm sendo feitas a milhares de proprietários neste início de ano, que incluem este suposto acréscimo. Segundo o promotor de Justiça da Tutela Co- letiva de Defesa do Consumidor, Rodrigo Terra, a legislação prevista para a cobrança é também inconstitucional, uma vez que existe uma lei complementar que exclui a zona sul da cidade das novas cobran- ças. Essa exclusão, segundo ele, revela a violação do princípio consti- tucional da igualdade, previsto no art. 5º da Constituição, o que privi- legia os contribuintes residentes de determinada região administrati- va em detrimento dos demais. O MP também requer à Justiça que o Município não emita novas notificações de cobrança e se abstenha de inscrever os contribuintes na Dívida Ativa. Emnovembroterminouoprazoconcedidopelaprefeiturapara aregu- larização de “puxadinhos” — como alguns tipos de fechamento de varan- das (àqueles que não se enquadram na Lei Complementar nº 145/2014) e acréscimos de até um pavimento, entre outras modificações —, mediante o pagamento de taxas ao município (mais-valia – Lei Complementar 157/ 2015), que poderão ser quitadas em até 12 vezes ou à vista, com 7% de desconto.SegundoestimativasdaSecretariaMunicipaldeUrbanismo,pelo menos 13 mil imóveis estariam em situação irregular. A prefeitura não tem umbalançopreliminardequantosproprietáriosjáprocuraramomunicípio buscando a legalização. ORDEM NÁUTICA PARA OS CANAIS DO JARDIM OCEÂNICO Antigamente era todo o verão, agora, são todos os meses. O ce- nário é um dos mais bonitos do Rio. No Jardim Oceânico, as águas claras (na maré alta) dos Canais de Marapendi, da Joatin- ga ou da Barra, como muitos o conhecem, são um convite para adeptos de esportes aquáticos. Mas a calma aparente esconde uma disputa entre praticantes de stand up paddle (SUP) e pilotos de jet ski. Quem frequenta a área diz que os condutores desses veículos não respeitam o limite de 5 nós — aproximadamente 10km/h — estabelecido pela Capitania dos Portos. Há aproximadamente seis meses, um homem que remava em uma prancha de SUP quase foi atropelado por um jet ski, mas teve seu equipamento danificado. Ele afirma que o piloto estava visivelmente bêbado. Procurado e cobrado ao longo de três meses, o condutor do jet ski acabou pa- gando o prejuízo. A AMAR, já há algum tempo, vem solicitando à Capitania dos
  • 6. ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! INFORME 33 anos. Portos a instalação de um posto de fiscalização permanente no ca- nal e o reforço da sinalização. Estamos atentos e continuaremos em- penhados para termos mais ordem e segurança nos belos canais do Jardim Oceânico !! PREFEITURA AMPLIA ÁREA PARA PRÁTICA DE KITESURF NA AV. DO PEPÊ A Prefeitura publicou no Diário Oficial, no dia 03/03, um novo decre- to (nº 41.314 de 02/03/ 2016) que amplia a área para a prática de Kitesurf na Av. do Pepê, no Jardim Oceânico, entre as Avenidas Adil- son Serôa da Motta e Belisário Leite de Andrade Neto. Desde 2001, pelo decreto 19.678 de 22/03/2001 ficou proibido a prática esportiva ou recreativa que envolve a utilização do “KiteSurf” ou “Kiteboarding” em todas as praias municipais, exceto no trecho compreendido entre os Quiosques A7B7 e A8B8, do Projeto “Rio-Orla” situados na Av. do Pepê. Com a publicação do novo decreto, atendendo a um pe- dido das organizações ligadas ao esporte, a área foi ampliada para o trecho compreendido entre os quiosques A7B7 e A9B9 da mes- ma avenida. De acordo com o decreto, as áreas reservadas para as práti- cas desportivas ou recreativas com a utilização do Kitesurf deve- rão ser demarcadas com bóias e sinalizadores, em conformidade com as determinações do Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros (G-MAR). A sinalização deverá respeitar o distancia- mento mínimo de 100 metros em relação à arrebentação, reser- vando uma área de acesso ao mar, devidamente sinalizada com 50 metros de largura. Nos quiosques localizados neste trecho de praia serão permiti- das instalações destinadas à guarda de materiais e equipamentos exclusivamente destinados à prática do Kitesurf, sendo obrigató- rio submeter os projetos, previamente, à análise e aprovação do órgão ambiental municipal. As áreas de vegetação nativa, deverão ser alvo de programa de recuperação ambiental e paisagística, a ser implementado pelos praticantes da modalidade, devidamente organizados em Associações ou Entidades representativas, de acor- do com projeto a ser desenvolvido em conjunto com o órgão am- biental municipal. Quem descumprir a medida pode ter os equipamentos apreendi- dos. Em caso de resistência, a Guarda Municipal poderá pedir auxílio policial para que a medida seja obedecida. DETRAN É OBRIGADO A AVISAR SOBRE VEÍCULO REBOCADO EM ATÉ 2 HS Uma lei obriga que o Detran-RJ avise ao motorista – em até duas horas – a locali- zação do veículo que for rebocado. A lei foi publicada no dia 02/ 03, no Diário Oficial do Poder Executivo, de autoria do deputa- do Dionísio Lins (PP). Caberá ao Detran-RJ informar aos proprietários de veículos a localização do armazenamento. A informação tem que ser passa- da em até duas horas, por meio da internet ou por telefone. E os depósitos de veículos rebocados do Detran terão que funcionar também em finais de semana e feriados. O órgão deverá regula- mentar por decreto o funcionamento dos depósitos em regime de plantão. A lei determina ainda que todos os pátios e depósitos tenham câmeras de monitoramento internas e externas, para coibir danos aos veículos. Os veículos com até 3 anos de fabricação estarão isen- tos de guincho por falta de vistoria, já que estes não precisam re- alizar a inspeção. E para a retirada do veículo, as informações precisam estar disponí- veis na página oficial do Detran-RJ na internet. São elas: para qual depósi- to o veículo foi removido, o valor da diária, o valor a ser pago pela remo- ção e a lista de documentos necessários para a liberação do veículo. Por nota, o Detran-RJ disse que está tomando todas as provi- dências para regulamentar e cumprir, o mais brevemente possí- vel, o que está na lei. CONSTRUÇÃO DE CASSINO NA BARRA É TEMA DE REUNIÃO ENTRE HOTELEIROS E EMBRATUR O presidente da Embratur, Vinicius Lummertz, esteve no Rio para uma reunião com a As- sociação Brasileira da Indústria de Ho- téis (ABIH-RJ). O as- sunto: a instalação de um cassino na Barra. Como se sabe, a legalização de jogos de azar no Brasil está sendo discutida no Senado e na Câmara dos Deputados, em Brasília. “Além de ser uma atração interessante para a cidade, teremos muitos hotéis ociosos na Barra depois dos Jogos, e isso nos preocupa”, diz Alfredo Lopes, presidente da ABIH-RJ. O grupo que opera o cassino de Estoril, em Portugal, já demonstrou interesse em administrar uma casa de jogos na Barra caso o projeto saia mesmo do papel. “Eles estão loucos para vir para cá”, diz Alfredo. Será que teremos esta novidade em breve !! ASSALTO A BANCO NO JARDIM OCEÂNICO FOI ALARME FALSO Os motoristas e moradores da Jardim Oceânico se assustaram no início da tarde do dia 07/03, após anúncio de um assalto em uma agência bancá- ria, na Av. Ar- mando Lombar- di. Uma grande mobilização de policiais foi causada por um alarme falso. Segundo in- formações da Polícia Militar, após ser acionada para um assalto e fazer o cerco, a ocorrência não foi confirmada. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura, a Av. Armando Lom- bardi foi interditada no sentido Zona Sul, na altura do restaurante Par- mê, por cerca de 30 minutos. O congestionamento chegou à Gávea, na Zona Sul, e ao Recreio, na Zona Oeste. De acordo com o Centro de Ope- rações da Prefeitura, a via foi liberada por volta das 15h50.
  • 7. PROJETO DE SEGURANÇA BAIRRO MAIS SEGURO Além do Operação Segurança Presente, outro projeto de segurança acabou de ser criado: O Pro- jeto BAIRRO MAIS SEGURO. Há meses, associações de moradores, incluindo a AMAR, e empresários, capitaneados os presidentes Dr. Carlos Carvalho (Carvalho Hosken) e Dr. Alfredo Lopes (ABIH-RJ), sob a coordenação do Dr. Kleber Machado (Barra- lerta), uniram-se para elaborar uma central de monitoramento por câmeras que ajudaria os órgãos de segurança na vigilância, por meio da criação da ACBS - Associação Comunitária Bairro Seguro, uma associação civil sem fins lucrativos, que congrega as entida- des representativas dos moradores, do comércio, indústria e de serviços. A ACBS terá por objetivos, entre outros: I- a preparação e exe- cução de planos e projetos de segurança para os bairros da Barra e Recreio; II- apoio às atividades e ações do 31º BPM, 16ª e 42ª DPs; e III- diálogo com autoridades do Estado visando o aumento da segurança nos bairros citados. Em recente reunião realizada em março, foi dado ciência da posse do imóvel cedido pela Carvalho Hosken para a nova sede da ACBS e foi discutido e aprovado o novo Estatuto da referida enti- dade, assim como, coletado dados e preços de equipamentos a fim de que, em curto espaço de tempo, seja colocado em execu- ção o projeto BAIRRO MAIS SEGURO. Para o presidente da AMAR, indicado para integrar o Conselho Fiscal da nova entidade poderão se integrar perfeitamente com equipamentos modernos que irão substituir o policiamento inten- sivo, indicando rapidamente o local da ocorrência. A 1ª Diretoria da ACBS será administrada por Alfredo Lopes para Presidência e Carlos Carvalho para a Vice-Presidência. DELEGACIA DE HOMICÍDIOS No dia 24/02, durante uma reu- nião realizada na Câmara Comuni- tária da Barra com a presença do Se- cretário de Gover- no Pedro Paulo e dos parlamenta- res Deputado Es- tadual Tio Carlos, Tiago Mohamed e Vereador Carlo Caiada, mo- radores do Jardim Oceânico levaram diversos questionamentos sobre o bairro, principalmente, com referência construção de uma passarela do BRT na Rua Gen. Ivan Raposo e os problemas da Delegacia de Homicídios da Capital (DH). O secretário Pedro Paulo e o Deputado Tio Carlos entende- ram e apoiaram a necessidade de transferência da DH para outra localidade da Barra da Tijuca ou Recreio em função do porte desta delegacia não ser adequada para o bairro. Lembramos que des- de 2010, a AMAR vem cobrando para que a promessa do Secre- tário estadual de Segurança Pública. José Mariano Beltrame, seja cumprida com a transferência da DH. Em novembro de 2015, tomamos conhecimento de que O Go- verno do Rio iniciou a construção de um novo prédio para a DH da Capital, no Recreio dos Bandeirantes, ao lado do 31º Bata- lhão de Polícia Militar. A obra, tinha um prazo de conclusão esti- mado em 12 meses, era tocada pelo Grupo Executivo do Progra- ma Delegacia Legal, órgão vinculado à Secretaria de Obras e, se- riam investidos R$ 9.811.854,32 na nova unidade. Contudo, no momento, a AMAR não tem conhecimento do estágio atual das obras. Mas estaremos cobrando. Sobre os problemas de carcaças de carros abandonadas na Av. Alda Garrido e na Rua Gal. Ivan Raposo, foram realizadas duas ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ 7 AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. INFORME 33 anos. reuniões nos dias 03/03 e 09/09, com o Delegado Titular, Rivaldo Barbosa, o Deputado Tio Carlos, o Vereador Carlo Caiado e um grupo de moradores do entorno, onde ficou decidido o compro- misso da delegacia retirar todas as carcaças de carros provenien- tes de assassinatos (com buracos de bala, queimados, com res- tos de assinados), imediatamente e, que os mesmos, não seriam mais colocados nas ruas do bairro. Já os parlamentares assumi- ram o compromisso de buscar, junto ao Estado, um pátio para destinar futuros carros a serem periciados. Esta deverá ser uma solução definitiva, mas enquanto este pátio não seja definido, tais carros deverão ser alocados no pátio da DH e não mais aban- donado nas ruas. A AMAR agradece a todos os moradores que tem disponibili- zado tempo e esforços para melhoria do bairro, aos técnicos e autoridades da Prefeitura e aos parlamentares envolvidos. CASAS NOTURNAS - Operação Igrejas Em reunião realizada no 31º CCS – Conselho Comunitá- rio de Segurança, o Presidente da AMAR solicitou as autorida- des ali presentes uma melhor fiscalização das casas noturnas no bairro e, em especial a Bo- ate Pink. Com capacidade para abrigar cerca de 900 pessoas e difícil escoamento de emergência, a fim de que não ocorra o que aconteceu em Santa Maria no Rio Grande do Sul. O seu prédio externamente tem características de uma URNA FUNERÁRIA. Face o nosso apelo, o Dr. Marcus Vinicius coordenou uma ope- ração na qual participaram todos os órgãos de segurança, judici- al, organizações sociais e o município, quando foi possível cons- tatar várias irregularidades com referência a segurança e higiene em todas elas sendo algumas interditadas. Daí a denominação da operação – IGREJAS. Fica esclarecido que a AMAR e a sua Presidência não ter nada contra a existência dessas casas de diversão, desde que sejam locais de divertimento para uma mocidade sadia. PRAÇA DO POMAR Toda a atividade comercial e, em especial, a de entreteni- mento a AMAR está sempre à disposição para colaborar para o êxito do evento. Só que no caso de um evento “Food Truck” do Confraria dos Barbas, a AMAR foi contrário ao mesmo no local programado, no interior da Praça do Pomar, local destinado exclusivamente ao lazer das crianças e idosos. O primeiro e único evento ali feito foi em um dia de chuva com veículos entrando pelas alamedas tornando um lamaçal e do qual só tomamos conhecimento “a posteriori”, com fios de iluminação expostos. Anteriormente a parte interessada obtia um NADA CONSTA da Subprefeitura, da AMAR e do Colégio MOPI, adotante da mes- ma. Em decorrência de um decreto municipal recente foi trans- ferida para a SEOP – Secretaria Municipal de Ordem Pública a decisão de autorizar ou não tal evento. Tentamos uma medida judicial, mas o juiz da 17ª Vara de Fazenda negou a liminar pre- tendida. É de se ressaltar a posição do Subprefeito Alex Costa negan- do tal autorização as programações seguintes.
  • 8. ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! 8 Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! Não suje sua Cidade. www.amarjardimoceanico.org.br 33 Anos E-mail: joceanicoamar@gmail.com 2486 0654 Av. Érico Veríssimo, 952 - Sl. 205 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22621-180 AUTOVISTORIA PREDIAL E FECHAMENTO DE VARANDAS Lembramos aos nossos associados a necessidade de se realizar o Laudo Técnico de Autovistoria que avalia as condições de segurança, conservação e estabilidade das edificações. Para isso a AMAR celebrou parceria com o arquiteto João Ignácio M. Oliveira (CAU/RJ A92559-4), tels: 98689.3553 e 2493.1776 - www.autovistoriapredial.com.br INFORME 33 anos. PASSARELA IVAN RAPOSO DEGRAUS DA PASSARELA Um dos assuntos que está sen- do bastante discutido na Av. Gen. Ivan Raposo é a construção de uma passarela do BRT Tran- soeste que vem sendo executa- da pelo Governo do Estado com recursos da Prefeitura. Esta obra está sendo repudi- ada pelos seus moradores em decorrência dos degraus atingirem a porta do primeiro edifício e principalmente por tirar a privacidade dos seus ocupantes. Os moradores e a AMAR só tomaram conhecimento do projeto em si através de um associado com a exibição de um panfleto en- tregue aleatoriamente. Aí é que começou a intervenção da AMAR, comparecendo e con- seguindo agendar reuniões com os moradores interessados nas de- pendências da CCRB, nas quais compareceram cerca de cinquenta pessoas, Secretários de Transporte do Estado e do Município como também proporcionou uma ligação jornalística e aproximação com o nomeado engenheiro MacDowell. Com intervenção política foram agendadas duas reuniões na Se- cretaria Municipal de Governo do Município com o Dr. Pedro Paulo e Dr. Piciani, em que todos puderam opinar quanto a manutenção e rejeição da passarela, só que, nesta reunião a mesmo foi radicaliza- da sem que se chegasse a um denominador comum. Na última reunião do dia 15 de março na Rua João Zaneti, por motivos pessoais, a AMAR não pode comparecer. Assim, esperamos que, de “degrau em degrau”, possa a rua Ge- neral Ivan Raposo tornar-se um logradouro de tranquilidade para seus moradores, desejo permanente da AMAR. Luiz Igrejas - Presidente Pelo acima demonstrado, em nenhum momento a AMAR ficou omissa sobre o assunto. Duas outras reuniões foram agendadas com o então Secretário Estadual de Transportes, o Dr. Carlos Osório no seu gabinete da estação da Leopoldina e no auditório do Consór- cio Rio Barra. Também participou de outras reuniões marcadas pela comissão de moradores, inclusive da manifestação.