O slideshow foi denunciado.
PARCERIAS
Carvalho Hosken
Constrular 2000 - Material de Construção
Carneiro e Miranda Advogados Associados
Fernando Brandã...
importantes bairros da cidade, cada um com suas peculiaridades, e listou
asreivindicaçõesqueasentidadeslevarãoaoprefeitoel...
ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ...
ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO
Lembramos aos Srs. Síndicos da impor...
ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ...
ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ...
ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ...
Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos.
AMAR - Se voc...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08

503 visualizações

Publicada em

AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08

Publicada em: Governo e ONGs
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

AMAR - INFORME do 4º Trimestre de 2016 - páginas 01 à 08

  1. 1. PARCERIAS Carvalho Hosken Constrular 2000 - Material de Construção Carneiro e Miranda Advogados Associados Fernando Brandão Imóveis (Shopping Barra Top) Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. WIZARD Jardim Oceânico - Curso de Idiomas Novo Tempo Presentes (Shopping Barra Top) Shopping Barrapoint APSA - Gestão Condominial 33anos. MENSAGEM DO PRESIDENTE POR LUIZ IGREJAS www.amarjardimoceanico.org.br Ao término de mais um ano, a primeira palavra que nos vem a mente é de AGRADECIMENTO, principalmente a Deus, por ter nos proporcionado saúde, discernimento; e gratidão àqueles que nos ajudaram a continuar a levar a AMARAMARAMARAMARAMAR na luta incessante em prol dos interesses da comunidade que representa. Gostaria de agra- decer também o apoio incondicional da Diretoria da AMAR,AMAR,AMAR,AMAR,AMAR, com o qual pude contar diuturnamente para consecução dos objetivos que nos propusemos enfrentar, bem como de todos os nossos associados com o seu prestígio, para que pudéssemos ter o ano de 2016 com realizações importantes. Não há dúvida de que foi um ano de algumas vitórias e de gran- des frustrações. Vitórias obtivemos com a conclusão das obras do metrô para as quais temos certeza de nossa contribuição para esse término feliz, cabendo aqui ressaltar a paciência com que o governador Pezão recebia os nossos apelos pessoais para o seu término, só não o expandindo até o Recreio pela atual situação financeira do Estado, frustração. Outra alegria em 2016 é a de que, com a ajuda do Colégio Mopi e da Guarda Municipal, conseguimos preservar a Praça do Pomar dos vândalos e cães em seu interior. Renovamos a alegria vendo jovens, mamães e babás curtindo os seus bebês na grama e nos brinquedos e até idosos do Projeto Saúde na Praça (da Drogaria Venâncio) usufruindo da nova ATI – Academia da Terceira Idade, recém-inaugurada em setembro. Além da satisfação, foi com orgulho que recebemos da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, por indicação do Vereador e amigo Carlo Caiado, a comenda e Medalha Pedro Ernesto, e da ACIBAR- RA o prêmio Líder Empresarial. A AMARAMARAMARAMARAMAR através de seus advogados Dr. Álvaro Costa e Dra. Anna Carolina Costa, obteve a bela vitória no Pleno do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro na Ação Rescisória que o Governo do Estado impetrou a favor da CEDAE, referente a cobrança da Tarifa Progressiva, razão pela qual estão sendo convocados os associados para regularizarem a sua documentação necessá- ria a fim de serem ressarcidos do que foi despendido a título de tarifa progressiva. É de ressaltar a luta que foi travada para que os moradores do Jardim Oceânico não fossem espoliados pela cobrança do famigerado FÔRO E LAUDÊMIO e, graças a decisão da Justiça Federal, agora dependendo de sua confir- mação pelo Superior Tribunal de Justiça, as cobranças estão suspensas liminarmente. Frustrações tivemos com o governo que sai. Vários anos se pas- saram sem que os canais das avenidas Gilberto Amado e Fer- nando de Mattos fossem pelo menos limpos, embora o desejo de grande parte dos moradores é que os mesmos sejam fecha- dos, daí surgindo uma ciclovia. Este assunto será encaminhado ao futuro Prefeito com o abaixo-assinado com mais de 1000 (mil) assinaturas, trabalho esse em parceria com o Vereador Carlo Caiado. E haja mosquitos e mau cheiro. Também lutamos pela cessão de uma área para a construção da sede de nossa associação, por isonomia, já que outras entidades e associa- ções já obtiveram este benefício. Em decorrência da pouca autonomia que lhe é dada, a Subprefei- tura da Barra e Jacarepaguá pouco tem feito com referência aos nossosváriospedidos,porescrito,quantoaconservaçãodonosso bairro, da mobilidade urbana e o que mais afeta a comunidade, a ORDEM PÚBLICA. Existe uma SEOP - Secretaria Municipal da Or- dem Pública, mas o que se vê é a total desordem em nosso bair- ro. O que ocorre na Av. Olegário Maciel, Av. Érico Veríssimo e Av. Armando Lombardi é a ausência total da autoridade. Recente- mente, foi realizado um evento na Praça do Pomar em que o po- der discricionário do agente público permite transformar aquele belo espaço público de lazer para as crianças, idosos e dos mo- radores em um verdadeiro mafuá. Temos certeza de que, com a posse do Cel Amêndola na SEOP, essa secretaria vai funcionar. Em encontro recente com os dois candidatos a Prefeito (Freixo e Crivela),foramentregueaosmesmos,documentopropositivoem que as entidades associativas de todas as regiões da Barra rela- cionaram as suas reivindicações. Esperamos que o Prefeito elei- to cumpra o prometido em atendê-las. Ao encerrar o ano de 2016, a Presidência e a Diretoria da AMARAMARAMARAMARAMAR querem desejar a todos os nossos associados e moradores do bairro um Feliz Natal e um próspero ano de 2017. Aqui registro os nossos agradecimentos !! Fiquem certos de que a Diretoria da AMARAMARAMARAMARAMAR não falhará na luta pela preservação do nosso bairro. Se associem e colaborem conosco !! Ano VII Edição 25
  2. 2. importantes bairros da cidade, cada um com suas peculiaridades, e listou asreivindicaçõesqueasentidadeslevarãoaoprefeitoeleito.Aonovoman- datário, resta arregaçar as mangas. Trabalho é o que não falta. A AMARAMARAMARAMARAMARfoiaúnicaassociaçãodemoradoresdaBarradaTijucaquefoi consultada pela reportagem. Encaminhamos 10 (dez) reivindicações, mas a matéria publicou somente 5 (cinco) delas, a saber: 1) A indicação do novo Subprefeito da Barra e Jacarepaguá a ser feita, ouvida a comunidade; 2) Fechamento dos canais das Avenidas Gilberto AmadoeFernandodeMattos;3)LimpezaedragagemdaslagoasdaBarra, permitindo a navegação visando o transporte e o turismo; 4) Implantação daOrdemPúblicanoJardimOceânico,faceadesordemexistente;5)Fisca- lização constante das Ilhas, que estão sendo degradadas com construções irregulares; 6) Medidas contra a crescente mendicância; 7) Ordenamento marítimo dos canais navegáveis; 8) Regulamentação de estacionamento em função do metrô; 9) Diminuição considerável dos blocos para o próximo carnaval; 10) Proibição de estacionamento de ônibus de turismo fretados em dias de feriado. TROFÉU LÍDER EMPRESARIAL DA ACIBARRA HOMENAGEIATROFÉU LÍDER EMPRESARIAL DA ACIBARRA HOMENAGEIATROFÉU LÍDER EMPRESARIAL DA ACIBARRA HOMENAGEIATROFÉU LÍDER EMPRESARIAL DA ACIBARRA HOMENAGEIATROFÉU LÍDER EMPRESARIAL DA ACIBARRA HOMENAGEIA PRESIDENTE DAPRESIDENTE DAPRESIDENTE DAPRESIDENTE DAPRESIDENTE DA AMARAMARAMARAMARAMAR A vista privilegiada do hotel Grand Mercure, no Riocentro, para a Lagoa de Jacarepaguá, foi o local escolhido pela Associação Comercial e Industrial da Barra da Tijuca (Acibarra) para a ceri- mônia de entrega do Prêmio Líder Em- presarial — Empreendedor 2016, rea- lizada no dia 07/12, que prestigiou empreendedores e executivos que fizeram a diferença no crescimento da Barra da Tijuca, Criado há 28 anos, o prêmio é uma forma de reconhecer o esforço dos empresári- os para o desenvolvimento da região. Na festividade, o ex-senador e ex-ministro Ney Suassuna, fundador e presidente da Acibarra, falou sobre a importância da classe empresarial estar unida e comprometida em melhorar a situação da nossa região nas questões de segurança, lembrando das ações que tiveram em parceria com os órgãos públicos no passado e que culminaram com o crescimento da região. O deputado estadual Carlos Osório compareceu à festa representando o prefeito eleito Marcelo Crivella. Osório enfatizou a participação dos em- presários, dizendo que a Barra da Tijuca tem tudo para tirar o Rio de Janei- ro desta crise. Entre os 13 homenageados na noite do 28º Troféu Líder Empresarial estava o Presidente da AMARAMARAMARAMARAMAR, Luiz Igrejas: — “São muitos anos de empe- nho, dedicação e trabalho em prol de melhoras em todas áreas para toda a região da Barra da Tijuca. Me sinto muito honrado e feliz com esse prê- mio.” — declara Luiz Igrejas. No evento, apoiado pelo GLOBO-BARRA, também foram homenagea- dos: Carlos Fernando de Carvalho (CARVALHO HOSKEN); Rogério Zilber- sztajn (RJZ CYRELA); Jussara Rarís (BARRASHOPPING); José Isaac Pe- res (GRUPO MULTIPLAN); Francisco Gabrovyski (CASA SHOPPING); Ana Maria Rocha Souza (CENTRO INTERNACIONAL DE ESTUDOS REGULA- RES (CIER); Ney Robinson Suassuna (COLÉGIO ANGLO AMERICANO); Gilberto Ururahy (MED RIO); José Olímpio Mattos Júnior (FQM); Arthur Repsold Neto (GL Events); Cláudio Carneiro (OAB/BARRA); Ricardo Magalhães (31º CCS e ABM) “AMIGOS DA PRAÇAAMIGOS DA PRAÇAAMIGOS DA PRAÇAAMIGOS DA PRAÇAAMIGOS DA PRAÇA” LOTOU A PRAÇA DO POMAR EM OUTUBROLOTOU A PRAÇA DO POMAR EM OUTUBROLOTOU A PRAÇA DO POMAR EM OUTUBROLOTOU A PRAÇA DO POMAR EM OUTUBROLOTOU A PRAÇA DO POMAR EM OUTUBRO A Praça do Pomar ficou pequena e lotada de crianças, com suas famílias, durante todos os fi- nais de semana de outubro. O espaço verde, lo- calizado no centro do Jardim Oceânico, foi palco da primeira edição do Projeto “Amigos na Pra- ça” que ocupou a praça com troca de livros – infantis e adulto – contação de histórias, oficinas de horta caseira, pipa, desenho, estamparia, massinha, brinquedos de sucatas, além de espetá- INFORME ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! 2 33 anos. ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ AÇÃO CIVIL PÚBLICA DO FÔRO E LAUDÊMIOAÇÃO CIVIL PÚBLICA DO FÔRO E LAUDÊMIOAÇÃO CIVIL PÚBLICA DO FÔRO E LAUDÊMIOAÇÃO CIVIL PÚBLICA DO FÔRO E LAUDÊMIOAÇÃO CIVIL PÚBLICA DO FÔRO E LAUDÊMIO Em 2007, a AMARAMARAMARAMARAMAR propôs uma Ação Civil Pú- blica em face da União, que ainda está em anda- mento no Superior Tribunal de Justiça, questio- nando a validade do processo administrativo da SPU(SuperintendênciadoPatrimôniodaUnião)na demarcaçãodosterrenosnaregião,emfunçãodas notificações terem sido feitas por edital. De acordo com a lei, toda vez que a SPU fizer uma demarcação de terrenos de marinha deverá convocar os pro- prietários pessoalmente, para acompanhar os trabalhos e apresentar defe- sa com os documentos que tiveram a respeito das suas respectivas proprie- dades. Como a SPU convocou os proprietários dos terrenos pelo Diário Ofici- al, entende-se que o processo de demarcação não tem valor jurídico. A AMARAMARAMARAMARAMAR já obteve sinalizações positivas da Justiça, dos Ministérios Públicos (Estadual e Federal) e aguarda as decisões finais da ação. En- quanto isso não ocorrer, esclarecemos que a AMARAMARAMARAMARAMAR ganhou uma liminar que suspendeu todas as cobranças referentes aos terrenos de marinha para os seus associados. O acórdão com esta decisão, que ainda está va- lendo, foi publicado no Diário Oficial no final de 2009 com os seguintes termos: “2) conceder a antecipação dos efeitos da tutela recursal para que a União se abstenha de proceder a qualquer ato concreto consequente da referida linha demarcatória (inscrição da ocupação; constituição de afora- mento; anotação no RGI da condição de ocupante ou foreiro; exigibilidade do pagamento de foro, laudêmio ou taxa de ocupação) ou de considerá-los juridicamenteeficazes,válidosouexistentesemrelaçãoaosimóveisabran- gidosnainicial,suspendendoasinscriçõesdosdébitosanteriormenteapu- rados no CADIN e os efeitos de todas as averbações nos imóveis situados no Jardim Oceânico e no Tijucamar.” Logo, esclarecemos que continuam suspensas todas as cobranças (de fôro, laudêmio e taxa de ocupação), inclusive com a proibição de inscrições de débitos no CADIN, para as cobranças realizadas posteriormente a de- zembro de 2009. As cobranças anteriores, infelizmente, são devidas. PROCESSO DE EXECUÇÃO DA AÇÃO CIVIL PÚBLICA REFERENTEPROCESSO DE EXECUÇÃO DA AÇÃO CIVIL PÚBLICA REFERENTEPROCESSO DE EXECUÇÃO DA AÇÃO CIVIL PÚBLICA REFERENTEPROCESSO DE EXECUÇÃO DA AÇÃO CIVIL PÚBLICA REFERENTEPROCESSO DE EXECUÇÃO DA AÇÃO CIVIL PÚBLICA REFERENTE À TARIFA PROGRESSIVA ÁGUAÀ TARIFA PROGRESSIVA ÁGUAÀ TARIFA PROGRESSIVA ÁGUAÀ TARIFA PROGRESSIVA ÁGUAÀ TARIFA PROGRESSIVA ÁGUA Em 2002, a AMARAMARAMARAMARAMAR impetrou uma Ação Civil Pública em face da CEDAE referente a indevida cobrança da Tarifa Progressiva nas contas denas contas denas contas denas contas denas contas de água.água.água.água.água. Tivemos sucesso e êxito com a vitória nes- ta ação que reconheceu o direito à devolução ememememem dobro, com juros e correção monetáriadobro, com juros e correção monetáriadobro, com juros e correção monetáriadobro, com juros e correção monetáriadobro, com juros e correção monetária dos va- lores despendidos pelos condomínios associados de nossa região. Neste momento, a AMARAMARAMARAMARAMAR está fazendo o Processo de ExecuçãoProcesso de ExecuçãoProcesso de ExecuçãoProcesso de ExecuçãoProcesso de Execução que irá apurar os valores a serem ressarcidos aos associados. Caso seu condomínio ainda não tenha entregue, recentemente, as documentações necessárias, solici- tamos que entrem em contato com a AMARAMARAMARAMARAMAR para maiores informações sobre a situação do seu condomínio em nossa sede ou pelo telefone 2486- 0654, no horário de 13h30 às 17h. DESAFIOS DE CRIVELLADESAFIOS DE CRIVELLADESAFIOS DE CRIVELLADESAFIOS DE CRIVELLADESAFIOS DE CRIVELLA Excelente reportagem da revista VEJA – Ci- dade, pág. 20, Edição 2563 de 08/11/2016, em que relata os desafios que o próximo Prefeito irá enfrentar para resolver os principais problemas da Cidade. A coincidência é que a maioria dos nossos problemas são reivindicações da AMARAMARAMARAMARAMAR feitas há mais de 10 (dez) anos. É inquestionável que o Rio viveu significativas transformações nos últi- mos anos com a proposta de pôr em pé o projeto da Cidade Olímpica. Entretanto, mesmo com todos os benefícios, uma série de mazelas conti- nuaafazerpartedodiaadiadoscariocas.Eleitoparaassumiracadeirade prefeito, o senador Marcelo Crivella se verá frente a uma série de cobran- ças. Em outubro, VEJA RIO consultou as associações de moradores de dez
  3. 3. ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. 3 INFORME 33 anos. AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! culos de teatro de fantoches, circo com palhaços e musicalização. No total foram mais de 20 atividades recreativas, tudo com entrada franca e no horário das 9h às 14h. O projeto Amigos na Praça, que promove a ocupação da praça com atividades culturais voltadas para toda a família, tem patrocínio da Prefei- turadoRio,daSecretariaMunicipalCulturaedoColégioMopi(ex-adotante da praça). Com mais de mil metros quadrados, a Praça Professor José Bernardi- no, mais conhecida como Praça do Pomar, teve espaço de sobra para rece- ber toda a programação. A ocupação foi muito bem acolhida pelos mora- dores. Uma das atividades que teve grande sucesso foi o espaço "Brincan- do como antigamente" que levou o público a uma viagem no tempo, com brincadeiras que até hoje fazem sucesso, como pular corda, amarelinha, elástico, bola de gude e pipas. Para o Presidente da AMARAMARAMARAMARAMAR, Luiz Igrejas: – “É este tipo de evento que gostaríamos de ter com mais frequência na Praça do Pomar, totalmente voltada para o lazer e diversão das nossas crianças e familiares. Por isso a AMARAMARAMARAMARAMAR fez questão de dar apoio ao evento, principalmente, com a divulga- ção. – afirma Igrejas. CORPO DE BOMBEIROSCORPO DE BOMBEIROSCORPO DE BOMBEIROSCORPO DE BOMBEIROSCORPO DE BOMBEIROS Em outubro, o Presidente da AMARAMARAMARAMARAMAR, Luiz Igrejas, teve oportunidadedevisitarasdependênciasdoCorpodeBom- beiros para comemorar o aniversário do Grupamento Ma- rítimo, no Clube do Bombeiro, e para uma visita de corte- sia ao seu Comandante Cel. Sarmento, no QG da corpora- ção. Na oportunidade foi nos permitido conhecer todos os seus departa- mentos, sempre acompanhado do comandante Cel. Sacramento e dos Cel. RenaneMajorRenault.Devemosenaltecerobelotrabalhoalirealizadoem equipe, como a guarda dos veículos de diversas modalidades de combate ao incêndio, a “irritante” limpeza das dependências e o zelo do jardim que circunda a unidade. A AMARAMARAMARAMARAMAR parabeniza toda a corporação por seu empe- nho e dedicação em salvar e preservar vidas !! RIO GANHA NOVOS POSTOS DE SALVAMENTOSRIO GANHA NOVOS POSTOS DE SALVAMENTOSRIO GANHA NOVOS POSTOS DE SALVAMENTOSRIO GANHA NOVOS POSTOS DE SALVAMENTOSRIO GANHA NOVOS POSTOS DE SALVAMENTOS A orla do Rio começa a ganhar um colorido diferente: são os postos de salvamento em ma- deira de reflorestamento, pintados de vermelho, que estão sendo construídos para dar mais con- forto aos guarda-vidas do Corpo de Bombeiros e facilitaravisãodoqueocorrenaságuas.NaZona Oeste, foram inaugurados os primeiros, em ou- tubro: Via 11, na Barra, e no Grumari. Outro no Jardim Oceânico, na altura do Quebra-Mar, e um na Praia da Macumba também estão em fase de finalização. Os novos postos foram projetados pelo tenente Athayde, arquiteto por formação e que conhece bem a reali- dade dos guarda-vidas. O custo de construção é reduzido, pois os materi- ais têm sidos doados pela sociedade e são os próprios integrantes da cor- poração que têm ajudado na obra. PROJETOS QUE PROPORCIONAM INCLUSÃO ATRAVÉS DO ESPORTEPROJETOS QUE PROPORCIONAM INCLUSÃO ATRAVÉS DO ESPORTEPROJETOS QUE PROPORCIONAM INCLUSÃO ATRAVÉS DO ESPORTEPROJETOS QUE PROPORCIONAM INCLUSÃO ATRAVÉS DO ESPORTEPROJETOS QUE PROPORCIONAM INCLUSÃO ATRAVÉS DO ESPORTE À PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAISÀ PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAISÀ PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAISÀ PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAISÀ PESSOAS PORTADORAS DE NECESSIDADES ESPECIAIS A Paralimpíada deu destaque a histórias de atletas cujas limitações físicas não foram sufici- entes para impedir a prática do esporte. Seja no atletismo, na natação, no futebol ou no rúg- bi, os competidores defendem com garra suas nações, e, de quebra, inspiram e incentivam no- vos esportistas. Proporcionando atividades físicas adaptadas, diferentes projetos e iniciativas na Barra e nos bairros vizinhos também são um incentivo para este público. Organizado pelo Instituto Novo SerInstituto Novo SerInstituto Novo SerInstituto Novo SerInstituto Novo Ser, o proje- to gratuito pretende facilitar o acesso do usuário à praia e estimular o contato com a natureza. Entre as atividades adaptadas estão frescobol, surfe, stand up paddle e o banho de mar sobre cadeiras anfíbias — equipamento que facilita o traslado da pessoa com deficiência da areia até o mar. Duas vezes por semana, um trecho na altura do Posto 3, é demarcado para o início de partidas de vôlei sentado. A modalidade faz parte da programação do pro- jeto “Praia Para TodosPraia Para TodosPraia Para TodosPraia Para TodosPraia Para Todos”, que já está em sua 8ª edição, cujo principal obje- tivo pode ser resumido na palavra acessibilidade. Também nas areias do Posto 3 a ONG Adaptsurf,ONG Adaptsurf,ONG Adaptsurf,ONG Adaptsurf,ONG Adaptsurf, oferece surfe adaptado durante o ano todo, graças a um trabalho voluntário. Na região, também é possível encontrar aulas particulares de diferen- tes esportes como o Equita ClubEquita ClubEquita ClubEquita ClubEquita Club, que oferece aulas de hipismo para adul- tos e crianças com qualquer tipo de deficiência, e o SurftherapySurftherapySurftherapySurftherapySurftherapy, cuja pro- posta é funcionar como uma clínica de psicomotricidade ao ar livre. O tra- balho terapêutico é desenvolvido na Praia da Barra e utiliza pranchas de stand up paddle, surfe e caiaques, além de natação, trilhas e rapel. Recentemente,aBarraganhouaindaestaçõesdetreinamentoadapta- das para cadeirantes e pessoas com dificuldade motora, na Avenida Abe- lardo Bueno e no calçadão da Praia da Barra, na altura da Praça do ÓPraça do ÓPraça do ÓPraça do ÓPraça do Ó. A AMARAMARAMARAMARAMAR congratula com as iniciativas de todos esses projetos que literal- mente mudam vidas !! XVIII ENCONTRO DO PACTO DE RESGATE AMBIENTALXVIII ENCONTRO DO PACTO DE RESGATE AMBIENTALXVIII ENCONTRO DO PACTO DE RESGATE AMBIENTALXVIII ENCONTRO DO PACTO DE RESGATE AMBIENTALXVIII ENCONTRO DO PACTO DE RESGATE AMBIENTAL Sob o tema “Em busca de um ter- ritório mais sustentável”, o XVIII En- contro Pacto de Resgate Ambiental foi realizadonodia27/10,noMarinaBar- ra Clube. Promovido pela ONG Lagoa Viva, o encontro teve diversos deba- tes com a participação de especialis- tas, uma exposição de artesanato e um coquetel oferecido pelo decorador Eder Meneghine. Após as discussões, houve a ação. O encontro, que reuniu lideranças locais, representantes governamentais e empresariais, teve como foco prioritário o encaminhamento de documento ao BNDES, a Secretaria Esta- dualdoAmbiente(SEA)eaSecretariaMunicipaldeMeioAmbiente(SMAC), assinado por mais de 20 instituições representativas locais, reivindicando: atenção prioritária; urgência de recursos para elaboração do PLANO DE BACIA HIDROGRÁFICA DA AP4 (Barra da Tijuca, Jacarepaguá, Recreio e Vargens); DRAGAGEM e SANEAMENTO 100%; revitalização dos mananci- ais e rios que vertem dos maciços da Tijuca e Pedra Branca; reduzir a burocracia; facilitar o processo de obtenção de recursos; e de transparên- cia para acompanhamento da execução das obras. A AMARAMARAMARAMARAMAR, mais uma vez participou desse projeto e subscreveu o documento. DRAGAGEM DAS LAGOASDRAGAGEM DAS LAGOASDRAGAGEM DAS LAGOASDRAGAGEM DAS LAGOASDRAGAGEM DAS LAGOAS Em virtude da suspensão do contrato pelo Estado da dragagem das lagoas por falta de recursos, o que se verifica é que as mesmas estãoagonizando,continuamassoreadaseto- madas de lixo e esgoto, permitindo ao biólogo MarioMoscatelliafirmarcompropriedadeque: “as lagoas da região são hoje uma imensa “latrina” e que devemos evitar obanhodemareasatividadesesportivasnasmarésbaixa,principalmente durante a primavera e o verão, no Quebra-Mar.” Não bastasse a inoperância dos governos estadual e municipal na pre- servação do complexo lagunar, o mesmo ainda sofre com o grave proble- ma da caça de animais. ILHAS DA BARRAILHAS DA BARRAILHAS DA BARRAILHAS DA BARRAILHAS DA BARRA Éumasituaçãopreocupanteoquevemocor- rendo com a falta de infraestrutura e da fiscali- zação pelo poder público. Ali tudo é permitido.
  4. 4. ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! 4 ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ INFORME 33 anos. Em face da série de irregularidades que estão ocorrendo, a AMARAMARAMARAMARAMAR resol- veu dar o seu apoio àquela comunidade, contando, para tanto com a ajuda de moradores como Sergio Andrade, Eder Meneghin, Ricardo Wagner, Irene Machado e associações locais. No dia 14/12, foi realizada a primeira reunião nas dependências do lindo Solar das Palmeiras, sob a presidência do Dr. Luiz Igrejas, ocasião em que foram relatadas pelos presentes as mais diversas infrações ambi- entais, estruturais e de ordem pública. Estiveram presentes no encontro além dos citados acima: Hugo Barbosa de Oliveira, Gil Hernandez, Felipe Reinheiner, Cynthia Memória e Leonardo França. LINHA 4 TEM HORÁRIO AMPLIADOLINHA 4 TEM HORÁRIO AMPLIADOLINHA 4 TEM HORÁRIO AMPLIADOLINHA 4 TEM HORÁRIO AMPLIADOLINHA 4 TEM HORÁRIO AMPLIADO Após três meses aberto à população, o metrôdaLinha4iniciouumanovafase,nodia 17/12,quando o horário de circulação foi es- tendido de segunda a sábado, das 5h à meia- noite. Antes, a operação era das 6h às 21h. No dia 18/12, passou a funcionar aos domin- gos e feriados, das 7h às 23h. Com isso, o serviço está sendo oferecido todos os dias da semana, nos mesmos horários das linhas 1 e 2. Com as novas mudanças, deverá haver um aumento gradativo no número de passageiros. Por enquanto, os passageiros que vierem da Linha 1 continuarão fa- zendo baldeação na estação General Osório, em Ipanema, para seguirem até a Barra. Mas, no segundo trimestre de 2017, será possível ir da esta- ção Uruguai, na Tijuca, até o Jardim Oceânico, sem trocar de composição. Enquanto isso, os intervalos da linha 4 devem ser reduzidos gradativa- mente, passando dos atuais 6 minutos e 30 segundos para a média de 4 minutos e 30 segundos, nos horários de pico. O itinerário dos ônibus do metrô de superfície também mudou. A linha de Botafogo não sofreu alterações. Mas a da Praça General Osório até a Gávea passou a sair da Estação Antero de Quental. O percurso foi reduzi- do para 1,5Km, com 6 paradas na ida e na volta. ESQUEMA ESPECIAL DO METRÔ PARA O VERÃO JÁ COMEÇOUESQUEMA ESPECIAL DO METRÔ PARA O VERÃO JÁ COMEÇOUESQUEMA ESPECIAL DO METRÔ PARA O VERÃO JÁ COMEÇOUESQUEMA ESPECIAL DO METRÔ PARA O VERÃO JÁ COMEÇOUESQUEMA ESPECIAL DO METRÔ PARA O VERÃO JÁ COMEÇOU O Metrô-Rio iniciou a Operação Verão, esquema especial para aten- der o crescimento da demanda nos fins de semana, decorrente do início das férias escolares, durante a estação mais quente do ano. O planeja- mento prevê oferta de trens extras para as linhas 1, 2 e 4 do metrô, redu- ção de intervalos entre as composições, aumento em 20% do número de lugares em relação à oferta usual e reforço nas equipes de bilheteria e segurança. A Operação Verão terminará no dia 19 de fevereiro de 2017. A concessionária recomenda que os usuários priorizem o cartão pré-pago ou compremaspassagensdeformaantecipada,evitandofilasnavoltadapraia. EMBARQUE COM PRANCHAS E BICICLETASEMBARQUE COM PRANCHAS E BICICLETASEMBARQUE COM PRANCHAS E BICICLETASEMBARQUE COM PRANCHAS E BICICLETASEMBARQUE COM PRANCHAS E BICICLETAS Usuários com pranchas de surfe têm embarque liberado, aos sába- dos, domingos e feriados, em todas as estações e nos ônibus Metrô Na Superfície. As pranchas devem estar encapadas e não ultrapassar dois metros de comprimento. O embarque de bicicletas nos fins de semana e feriados, em qualquer horário, está mantido. HOMENAGEM AS TRÊS AMÉRICAS E A BARRAHOMENAGEM AS TRÊS AMÉRICAS E A BARRAHOMENAGEM AS TRÊS AMÉRICAS E A BARRAHOMENAGEM AS TRÊS AMÉRICAS E A BARRAHOMENAGEM AS TRÊS AMÉRICAS E A BARRA Por iniciativa da ACIBARRA, foi recolocado o monumento “As 3 Amé- ricas” que havia sido removido da Av. Armando Lombardi em decorrência as obras do metrô Linha 4, bem como a placa “Sorria você está na Bar-Sorria você está na Bar-Sorria você está na Bar-Sorria você está na Bar-Sorria você está na Bar- rarararara”, que está sendo restaurada para futura recolocação em local ainda a ser escolhido. MORADORES DA BARRA REIVINDICAM NOVAS LINHAS ALIMENTADORASMORADORES DA BARRA REIVINDICAM NOVAS LINHAS ALIMENTADORASMORADORES DA BARRA REIVINDICAM NOVAS LINHAS ALIMENTADORASMORADORES DA BARRA REIVINDICAM NOVAS LINHAS ALIMENTADORASMORADORES DA BARRA REIVINDICAM NOVAS LINHAS ALIMENTADORAS Para poderem usufruir da ligação de 13 minutos entre o Jardim Oceâ- nico e Ipanema pela Linha 4 do metrô, moradores da Barra que não são servi- dos pelo BRT estão fazendo a baldea- ção de táxis e Uber. Na Estação Jar- dim Oceânico, no horário de rush, já se formam filas e até um ponto de táxi foi improvisado ilegalmente. Algumas pessoas reclamam de falta de linhas de ônibus que circulem pela Barra da Tijuca e Jardim Oceâni- co para chegar até o metrô. A Secretaria Municipal de Transportes informou que para atender à demanda gerada pela Linha 4 do metrô serão implantadas novas linhas alimentadoras de BRT. Além disso, o Terminal Nuta James, que fica ao lado do Condado de Cascais e está em operação desde o dia 2 de julho, já tem quatro linhas municipais que atendem a diversas regiões da Barra, como a orla e a Av. do Pepê. Com a operação do BRT Transoeste Lote Zero, novas linhas regulares estão sendo estudadas para reforçar o aten- dimento do Jardim Oceânico às demais regiões da Barra. SERVIÇO EXPRESSO DO BRT EM MADUREIRA É AMPLIADOSERVIÇO EXPRESSO DO BRT EM MADUREIRA É AMPLIADOSERVIÇO EXPRESSO DO BRT EM MADUREIRA É AMPLIADOSERVIÇO EXPRESSO DO BRT EM MADUREIRA É AMPLIADOSERVIÇO EXPRESSO DO BRT EM MADUREIRA É AMPLIADO ATÉ O JARDIM OCEÂNICOATÉ O JARDIM OCEÂNICOATÉ O JARDIM OCEÂNICOATÉ O JARDIM OCEÂNICOATÉ O JARDIM OCEÂNICO O serviço expresso do BRT Transca- rioca em Madureira (Terminal Paulo da Portela), com destino ao Terminal Alvo- rada, foi ampliado a partir do dia 05/11, até o Terminal Jardim Oceânico do BRT. Com a criação do expresso Madureira x Jardim Oceânico, os serviços Alvorada x Jardim Oceânico e Madu- reira x Alvorada saem de operação. O Terminal Alvorada continua como opção de desembarque e para quem quer seguir para linhas alimentadoras e convencionais ou para integrações com os corredores Transoeste e Transolímpi- ca. Quem desejar seguir para a Avenida das Américas ou para o Jardim Oceânico deve permanecer no ônibus e continuar a viagem. Nos domingos e feriados, o serviço não vai operar. O prolonga- mento do serviço até o Jardim Oceânico deve atrair não apenas quem faz conexão com a Linha 4 Metrô, mas também quem precisa usar as linhas de ônibus para Zona Sul, Barrinha, Itanhangá, Rio das Pedras e Avenida Lúcio Costa. PEDESTRES ARRISCAM A VIDA NO VIADUTO SOBREPEDESTRES ARRISCAM A VIDA NO VIADUTO SOBREPEDESTRES ARRISCAM A VIDA NO VIADUTO SOBREPEDESTRES ARRISCAM A VIDA NO VIADUTO SOBREPEDESTRES ARRISCAM A VIDA NO VIADUTO SOBRE O CANAL DE MARAPENDIO CANAL DE MARAPENDIO CANAL DE MARAPENDIO CANAL DE MARAPENDIO CANAL DE MARAPENDI O viaduto que liga o Jardim Oce- ânico ao Shopping Downtown, pas- sando sobre o Canal de Marapendi, tem, no sentido Zona Sul, uma pas- sarela construída este ano, como parte das obras do lote zero do BRT Transoeste. Do outro lado, não há passagem para pedestres e o corrimão (guarda-corpo) é muito baixo. Mesmo assim, para evitar ter de caminhar longas distâncias, muitos pedestres se arriscam, atravessando pela estreita calçada ou à beira da pista. A Secretaria Municipal de Obras esclarece que a construção de uma passarela na pista sentido Barra é fruto de uma PPP – Parce- ria Público Privada – com o Shopping Downtown e que, no momen- to, o projeto está sob análise da Capitania dos Portos e do INEA. Obtendo o sinal verde dos órgãos, a expectativa é de que a estru- tura comece a ser construída até o final de janeiro e deverá custar R$ 2,5 milhões. O prazo previsto para a obra é de 60 dias. A AMARAMARAMARAMARAMAR informa que já fez dezenas de solicitações, tanto para a Subprefeitura quanto para o Consórcio Construtor Rio-Barra (res- ponsável pelas obras da linha 4), no sentido de que fossem feitas obras de melhorais na segurança e na acessibilidade neste trecho da ligação entre o Jardim Oceânico e a Av. das Américas, mas as obras só foram feitas em apenas um sentido. Outro alerta é com referência aos constantes relatos de assaltos nesse trecho.
  5. 5. ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ 5 AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. INFORME 33 anos. PROCON-RJ AUTUA 3 BOATES NO JARDIM OCEÂNICOPROCON-RJ AUTUA 3 BOATES NO JARDIM OCEÂNICOPROCON-RJ AUTUA 3 BOATES NO JARDIM OCEÂNICOPROCON-RJ AUTUA 3 BOATES NO JARDIM OCEÂNICOPROCON-RJ AUTUA 3 BOATES NO JARDIM OCEÂNICO OProconrealizounodia14/10, a Operação Barrados no Baile em três boates do Jardim Oceânico: 021, Zax Club e Pink Elephant. Lo- calizadas na Av. Armando Lombar- di, as três foram autuadas por irre- gularidades e segundo o Procon, os estabelecimentos teriam um prazo de 15 dias para apresentar sua defesa. Durante a fiscalização foi verificado as seguintes irregularidades: as portas de saída de emergência estavam trancadas, com cadeados e bar- ras que as travavam, e/ou com barra de emergência quebrada, durante o horário de funcionamento e com público dentro da casa; circuito interno de TV estava inoperante ou em local trancado; ausência de equipamento que fotografa o documento de identificação do público; não havia as sina- lizações indicando as saídas de emergência; ausência de cartazes de di- vulgação do Disque 180, telefone para denúncia de violência contra a mu- lher; proibição do consumo de cigarro e de alertas tais como: “se beber, não dirija”; sobre os efeitos do uso de drogas e proibição da entrada e permanência de pessoas armadas. Todos os estabelecimentos não pos- suíam seguro de vida e de acidentes para os frenquentadores. VIZINHOS DO CAOS – MORADORES DOS ARREDORESVIZINHOS DO CAOS – MORADORES DOS ARREDORESVIZINHOS DO CAOS – MORADORES DOS ARREDORESVIZINHOS DO CAOS – MORADORES DOS ARREDORESVIZINHOS DO CAOS – MORADORES DOS ARREDORES DA AV. OLEGÁRIO MACIEL RECLAMAM DA DESORDEMDA AV. OLEGÁRIO MACIEL RECLAMAM DA DESORDEMDA AV. OLEGÁRIO MACIEL RECLAMAM DA DESORDEMDA AV. OLEGÁRIO MACIEL RECLAMAM DA DESORDEMDA AV. OLEGÁRIO MACIEL RECLAMAM DA DESORDEM Uma das principais vias do Jardim Oceânico tem sido também um dos al- vos mais constantes de reclamações de moradores do bairro. A Av. Olegário Maciel, que reúne grande número de bares e restaurantes, nos fins de se- mana vira point de uma multidão que faz dela a abertura, o encerramen- to ou mesmo a programação principal de suas noites. A reboque vêm infrações de trânsito como estacionamento irregular, flanelinhas e valet parks que cobram de R$ 10 a 25 para estacionar muitas vezes em locais proibidos, entre outros problemas, incluindo lixo jogado nas ruas, me- sas e cadeiras sobre a calçada e além do número máximo permitido, impedindo a passagem de pedestres; sem falar no barulho e música em alto volume madrugada adentro. Um morador conta que o local coleciona irregularidades. Ele relata que o problema já começa com os taxistas, que estacionam à direita da rua; e os motoristas do Uber, que ficam à esquerda. Com isso, só resta aos outros condutores a pista do meio, que fica lenta. Caminhar pela ave- nida num domingo pela manhã é um grande desafio. Além de obstruir a passagem, o lixo causa mau cheiro e risco de acidentes. A SEOP informou que encaminharia uma equipe para apurar a denún- cia sobre o excesso de mesas e cadeiras nas calçadas. Já a Secretaria de Meio Ambiente confirma que o número 1746 recebe muitos chamados referente a barulho acima do limite permitido. E diz que a fiscalização vem atuando constantemente, aplicando multas e enviando ofícios de intima- ção a diversos estabelecimentos devido à poluição sonora. O limite de som permitido na região está entre 60 e 65 decibéis. Mas o que vemos na prática é que todos os finais de semanas a desordem só aumenta. Quantoaoestacionamentoirregular,aGuardaMunicipalinformouque afiscalizaçãonaavenidaseráintensificada.E,comrelaçãoaolixo,aComlurb diz que a limpeza no local é feita ao fim dos eventos ou no dia seguinte, a partir das 6h. A AMARAMARAMARAMARAMARrecebe diversas reclamações diariamente e sempre as enca- minha para as autoridades competentes, que já conhecem bem o proble- ma, mas não atuam com o devido rigor e respeito para com os moradores, lamentavelmente. Muitos desses bares já estouraram a quota de multas e jápoderiamterosseusalvaráscassados,masaautoridademunicipalnão o faz. A AMARAMARAMARAMARAMAR orienta a todos que se sentirem prejudicados que façam a sua reclamação pelo canal 1746 da Prefeitura e que nos encaminhe via e- mail (joceanicoamar@gmail.com)(joceanicoamar@gmail.com)(joceanicoamar@gmail.com)(joceanicoamar@gmail.com)(joceanicoamar@gmail.com) todos os protocolos. MORADORES RECLAMAM DA BADERNA E ATÉ DE SEXOMORADORES RECLAMAM DA BADERNA E ATÉ DE SEXOMORADORES RECLAMAM DA BADERNA E ATÉ DE SEXOMORADORES RECLAMAM DA BADERNA E ATÉ DE SEXOMORADORES RECLAMAM DA BADERNA E ATÉ DE SEXO EXPLÍCITO ENTRE MORADORES DE RUAEXPLÍCITO ENTRE MORADORES DE RUAEXPLÍCITO ENTRE MORADORES DE RUAEXPLÍCITO ENTRE MORADORES DE RUAEXPLÍCITO ENTRE MORADORES DE RUA Andar pelas ruas do Jardim Oceâni- cojánãoéummardetranquilidade.Não que a área, nobre, seja tomada comple- tamentepelaviolência.Oproblema,prin- cipalmente,paraosmoradoresecomer- ciantes,éapresençacadavezmaiscons- tante de pedintes e moradores de rua. O incômodo é tal que o tema tem sido recorrente nas reuniões da AMARAMARAMARAMARAMAR. — Em todas as reuniões o assunto vem à tona. Muita gente reclama, e muitos associados me cercam com e-mails, a toda hora — relata o presidente da AMARAMARAMARAMARAMAR, Luiz Igrejas. O líder comunitário diz que tem feito várias solicitações ao poder pú- blico. Segundo ele, em algumas ocasiões moradores de rua são recolhi- dos, mas logo voltam ao bairro. Segundo os moradores, há uma grande concentração de pedintes cir- culando pelas avenidas Olegário Maciel e Gilberto Amado e o que se vê é a bagunça, barulho de madrugada, discussão de relação, sexo explícito e a utilização das vias públicas como sanitários. Muitos dos pedintes, por estarem possivelmente bêbados ou drogados, ainda reclamam, xingam e desrespeitam quando não são atendidos pelos pedestres. A AMARAMARAMARAMARAMAR informa que os pontos críticos tem sido em frente ao prédio nº 45 da Av. Olegário Maciel; na travessia de pedestres junto ao canal da Av. Gilberto Amado; em frente a Alan Motors e Lojas Americanas, na Pra- ça do Ó, no entorno dos pontos de ônibus da passarela da Barra, na pas- sagem de pedestres da Linha 4 do metrô e em vários trechos da orla. MORADORES DEBATEM SOLUÇÕES PARA A POPULAÇÃO DE RUAMORADORES DEBATEM SOLUÇÕES PARA A POPULAÇÃO DE RUAMORADORES DEBATEM SOLUÇÕES PARA A POPULAÇÃO DE RUAMORADORES DEBATEM SOLUÇÕES PARA A POPULAÇÃO DE RUAMORADORES DEBATEM SOLUÇÕES PARA A POPULAÇÃO DE RUA A população de rua é um problema comum à maioria das grandes metrópo- lesdomundo.Numacidadehistoricamen- tedesigualcomooRio,aconvivênciacom pessoas nessa situação é quase banali- zada. Na Barra, porém, a situação vem se agravando: moradores, líderes comunitários, estudiosos e voluntários que fazem acolhimento afirmam que o número de pessoas vivendo preca- riamente em ruas e praças aumentou recentemente, talvez em consequ- ência da crise econômica e do fim de milhares de postos de trabalho na área da construção civil, com a conclusão das obras olímpicas. Basta circular pelo Jardim Oceânico para constatar esta realidade. O Presidente da AMARAMARAMARAMARAMAR, Luiz Igrejas, acha que a região é atrativa para a população de rua por causa da grande quantidade de restaurantes. — “Nos últimos meses houve um crescimento vertiginoso da população de rua por aqui, e a assistência social não aparece. Eles criam casas na Ole- gário, que é um pólo gastronômico. E também há muitos terrenos vazios nos arredores que acabam ocupados” — afirma Igrejas, que reivindica o aumento do patrulhamento na região. — “Sei que esse problema não deveria ser tratado pela polícia, mas é preciso acalmar a comunidade, pelo menos para aumentar a sensação de segurança.” Funcionários da loja Alan Motors, dizem que a situação piorou há cer- ca de um ano: — Antes só umas cinco pessoas ficavam aqui em frente, agora chegam a ser mais de 20. Só que não temos muito o que fazer, porque eles só vêm quando a loja está fechada. O estado é que deveria agir. O Presidente do 31º CCS, Ricardo Magalhães diz que o tema costuma ser discutido nas reuniões da entidade, e que vai pedir ajuda da prefeitura para viabilizar ações de acolhimento. O comandante do 31º BPM, o Cel. Sergio Schalioni diz que a situação dos moradores de rua não é caso de polícia, mas que a patrulha está atenta a casos suspeitos nas ruas: — Se há dúvidas em relação às inten- ções do morador de rua, ele é abordado para checar se tem antecedentes criminais ou mandado de prisão expedido, bem como posse de arma ou droga. Uma medida defendida é a ocupação de espaços ociosos, como terre- nos embaixo de viadutos. Um dos exemplos foi solicitação da AMARAMARAMARAMARAMAR para
  6. 6. ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! INFORME 33 anos. 6 a colocação de grades embaixo do pilar da ponte estaiada do metrô e nas dependências da Comlurb em frente ao Hotel Ibis (que patrocinou a obra); e a colocação de pedras na curva embaixo do viaduto da Joatinga. Apesar de polêmica as medidas de ocupação de espaços ociosos têm se mostrado eficaz e resolvendo o problema nesses locais, no entanto, acaba transferin- do para outros pontos. COMLURB LANÇA CAMPANHA PARA O VERÃO #PRAIALIMPACOMLURB LANÇA CAMPANHA PARA O VERÃO #PRAIALIMPACOMLURB LANÇA CAMPANHA PARA O VERÃO #PRAIALIMPACOMLURB LANÇA CAMPANHA PARA O VERÃO #PRAIALIMPACOMLURB LANÇA CAMPANHA PARA O VERÃO #PRAIALIMPA A fim de incentivar a participação dapopulação,aCampanhaPraiaLim- pa para o Verão 2017 da Comlurb ins- talou quatro block letters, blocos de madeiracomahashtagdoprojeto.As instalaçõespodemservisitadasnoAr- poador,noLeme,naBarradaTijucae no Pontal do Recreio. A intenção é estimular as pessoas a fotografar, com- partilhar e participar, por meio de atitudes corretas na manutenção da lim- peza. E pretende consolidar o bom comportamento dos banhistas reforçan- do a conscientização; ampliando a participação efetiva dos barraqueiros; e chamar a população para divulgar a campanha nas redes sociais, fazendo assim com que essa ideia se multiplique. O projeto foi iniciado em 2013 e se tornou um sucesso no verão de 2016, com a aprovação e colaboração da população. Houve melhoria da percepção de limpeza das praias e a propor- ção de lixo jogado no chão diminuiu consideravelmente. LIXEIRAS DE 7 BAIRROS GANHAM GRAFITES COLORIDOSLIXEIRAS DE 7 BAIRROS GANHAM GRAFITES COLORIDOSLIXEIRAS DE 7 BAIRROS GANHAM GRAFITES COLORIDOSLIXEIRAS DE 7 BAIRROS GANHAM GRAFITES COLORIDOSLIXEIRAS DE 7 BAIRROS GANHAM GRAFITES COLORIDOS As papeleiras instaladas nas ruas da cidade e as caçambas de praia são laranjas, todo mundo sabe. Mas, como ainda tem gente que insiste em ignorá-las, deixan- do sujeira onde não deve, o movi- mento Rio Eu Amo Eu Cuido convi- dou dez artistas urbanos para darem novas cores a equipamentos instala- dos em sete bairros cariocas. Para completar, as lixeiras usadas na campa- nha receberam uma etiqueta que reforça o recado: “Agora que você repa- rou, jogue o lixo no lugar certo”. O Jardim Oceânico foi um dos bairros contemplados por esse projeto. A ideia é despertar a curiosidade das pes- soas para olhar e zelar pela nossa cidade. MORADORES SE MOBILIZAM PARA REVITALIZAR ÁREAS ABANDONADASMORADORES SE MOBILIZAM PARA REVITALIZAR ÁREAS ABANDONADASMORADORES SE MOBILIZAM PARA REVITALIZAR ÁREAS ABANDONADASMORADORES SE MOBILIZAM PARA REVITALIZAR ÁREAS ABANDONADASMORADORES SE MOBILIZAM PARA REVITALIZAR ÁREAS ABANDONADAS Quando o trabalho originalmente atri- buído ao poder público não chega da forma comodeveriaaocidadão,aalternativapode ser arregaçar as mangas e botar a mão na massa. É o que vêm fazendo cada vez mais moradores da região. Cansados de espe- rar que a prefeitura tome determinadas providências e ou de reivindicá-las, muitosestãoencontrandosuasprópriasmaneirasdemelhoraroespaçoem que vivem, em prol do bem coletivo. A propósito, foi assim que nasceu a nossa querida Praça do Pomar, com a iniciativa do senhor Manoel Francisco (da Padaria do Pomar e um dos fundadores da AMARAMARAMARAMARAMAR) que mobilizou os moradores para participarem de um projeto de construção de uma praça destinada as crianças, promovendo em 1985 uma grande festa para arrecadar fundos, destinado a remunerar um arquiteto, cujo projeto foi entregue a diretoria de Parques e Jardins. O mesmo processo está sendo implantado para a revitalização de uma área do Jardim Oceânico. Quando viram que a antiga comunidade Parque União havia sido removida para dar lugar ao canteiro de obras da Linha 4 do metrô, na Av. Armando Lombardi, moradores começaram a se perguntar o que aconteceria com a área depois que a estação fosse entregue à popula- ção. Com base na lei 9.636/98, que dispõe sobre os bens da União; e no Código Florestal, as margens da Lagoa da Tijuca deveriam ser consideradas uma área de preservação permanente, protegendo os recursos hídricos, o solo e a biodiversidade do local. Pensando nisso e em resolver a carência de espaçospúblicosdelazernosarredores,aAssociaçãodeMoradoreseAmigos da Ilha da Gigoia e co-irmãs (Amaig) propôs à Riotrilhos, responsável pela expansão do metrô, que o terreno de cerca de 22 mil metros quadrados fosse transformado em uma praça equipada com instalações culturais e esportivas. Um escritório de arquitetura foi contratado, e um projeto, batizado de Praça Vila União, apresentado à Riotrilhos. Inicialmente, a ideia recebeu sinal verde da empresa, mas, posteriormente, chegou a informação de que o local seria usado para a construção de uma unidade de apoio marítimo do Corpo de Bombeiros e da Comlurb. Questionadasobrecontinuidadedoprojeto,aSecretariaEstadualdeTrans- portesafirmouque“oprojetoinicialestápassandoporumareadequação”,já que a prefeitura cedeu parte do terreno ao Corpo de Bombeiros, mas que o local deve, sim, dar espaço a uma área pública de lazer.” O curioso é o que o terreno está inserido nos chamados “Terrenos de Marinha”, pertencendo, portantoàUnião.Aíficaapergunta:ComoaPrefeiturapodecederumterreno que não lhe pertence ? Segundo as plantas de alinhamento da própria Prefei- tura, que a AMARAMARAMARAMARAMAR teve acesso, o local é destinado a uma praça pública. RIO REGISTRA 580 CASOS DE ESPOROTRICOSE EM HUMANOSRIO REGISTRA 580 CASOS DE ESPOROTRICOSE EM HUMANOSRIO REGISTRA 580 CASOS DE ESPOROTRICOSE EM HUMANOSRIO REGISTRA 580 CASOS DE ESPOROTRICOSE EM HUMANOSRIO REGISTRA 580 CASOS DE ESPOROTRICOSE EM HUMANOS Um alerta para os frequentadores do Quebra-Mar, local onde se encontra deze- nas de gatos em situação de rua: a Secreta- ria Municipal de Saúde (SMS) já registrou este ano 580 casos de pessoas com espo- rotricose.Adoença,causadapelofungoSpo- rothrix schenckii, é transmitida por gatos aos humanos e também para ca- chorros, e pode ser fatal tanto para os animais quanto para os humanos. Em humanos, a infecção tem cura, mas pode provocar lesões gravíssimas na pele, e há risco de uma epidemia no verão. Desdeolançamentodacampanhadeorientação“Esporotricose–umrisco para seu gato e para você”, em agosto de 2015, a Vigilância Sanitária atendeu 6.223 novos casos de animais contaminados, sendo 6.050 gatos e 173 cães. Não há vacina ou qualquer medicamento preventivo contra a esporotri- cose. A transmissão para o homem acontece por meio de arranhões e mor- didas do gato. Os sinais de contaminação em humanos aparecem, na maio- ria das vezes, em forma de lesões na pele, que começam com um pequeno caroço vermelho e podem evoluir para uma ferida. Nesses casos, donos de animais infectados devem procurar imediatamente o dermatologista. Para prevenir a contaminação do gato, o ideal é manter o animal restri- to, em casa ou no quintal, sem acesso à rua, onde ele pode ter contato com felinos infectados. Os bichos contaminados espirram com frequência e têm feridas, principalmente na cabeça. Mas os machucados podem surgir tam- bém nas patas e no rabo. As lesões são profundas, não cicatrizam, têm pus e se espalham para o restante do corpo. CasosdeesporotricoseprecisamsercomunicadosaoCentrodeContro- le de Zoonoses pelo telefone 3395-1595. Outro contato pode ser feito com a VigilânciaSanitáriapelotelefone1746ounositehttp://www.1746.rio.gov.br/ REUNIÃO DO 31° CCS DEBATE SOBRE PROJETO SEGURANÇA PRESENTEREUNIÃO DO 31° CCS DEBATE SOBRE PROJETO SEGURANÇA PRESENTEREUNIÃO DO 31° CCS DEBATE SOBRE PROJETO SEGURANÇA PRESENTEREUNIÃO DO 31° CCS DEBATE SOBRE PROJETO SEGURANÇA PRESENTEREUNIÃO DO 31° CCS DEBATE SOBRE PROJETO SEGURANÇA PRESENTE A AMARAMARAMARAMARAMAR,comodecostume,participou de todas as reuniões mensais do 31º CCS no ano de 2016, levando as demandas do Jardim Oceânico às autoridades policiais, conformeasataspublicadasnositedo31º CCS, que são encaminhadas ao ISP - Ins- tituto de Segurança Pública. A última reunião mensal do ano do 31° CCS – Conselho Comunitário de Segurança - foi realizada no dia 22/11 e reuniu mais de 100 pessoas. Duran- te o encontro, foram entregues perguntas e sugestões aos membros da mesa. A que mais teve destaque, foi indagação a respeito da implantação do projeto de Segurança Presente, que já está em operação em outros bairros doRioobtendoexcelentesresultadosnadiminuiçãodosíndicesdeviolência. Asugestãoéparaqueaimplantaçãodesteprojetosejasubdividopelossub- bairros da região do 31º BPM (Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes,
  7. 7. ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ 7 AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. INFORME 33 anos. Joá, Itanhangá, Vargem Grande, Vargem Pequena, Camorim e Grumari). O projetoenvolvecirculaçãodeagentesapé,debicicletaouemviaturas(moto e carro). No final de 2015 houve uma tentativa de implantá-lo aqui, na Barra da Tijuca, mas o projeto não foi adiante. De acordo com o Presidente do 31º CCS, Ricardo Magalhães, a Feco- mércio será procurada, assim como todos que estiveram dispostos a aju- dar. "O assunto está sendo tratado aqui pela terceira vez. Sabemos, anteci- padamente, que ainda são necessários alguns passos para concretizá-lo e a nossa diretoria vai buscar apoio nesse sentido." A reunião do 31º CCS contou com a presença do Comandante do 31º BPM, dos delegados da 16ª e 42ª DP, representantes do Corpo de Bombei- ros, da Guarda Municipal, do Conselho Tutelar, e representantes da Subpre- feitura da Barra. O encontro foi marcado pelas homenagens prestadas aos policiais militares mortos em combate. O Comandante e os delegados apre- sentaram as estatísticas de crimes na região, das ações em andamento e o planejamento para 2017. As reuniões mensais do 31º CCS são itinerantes na região do 31º BPM e acontecemtodasasterceirasterças-feirasdecadamês,sãoabertasaqual- querinteressadoetodosestãoconvidadosparaapróximareuniãoqueacon- tecerá em janeiro, no Corpo de Bombeiros da Av. Ayrton Senna, nº 2.001. DIRETORIA DO 31º CCS E O PRESIDENTE DADIRETORIA DO 31º CCS E O PRESIDENTE DADIRETORIA DO 31º CCS E O PRESIDENTE DADIRETORIA DO 31º CCS E O PRESIDENTE DADIRETORIA DO 31º CCS E O PRESIDENTE DA AMARAMARAMARAMARAMAR RECEBERAM DIPLOMAS DO NOVO SECRETÁRIO DE SEGURANÇARECEBERAM DIPLOMAS DO NOVO SECRETÁRIO DE SEGURANÇARECEBERAM DIPLOMAS DO NOVO SECRETÁRIO DE SEGURANÇARECEBERAM DIPLOMAS DO NOVO SECRETÁRIO DE SEGURANÇARECEBERAM DIPLOMAS DO NOVO SECRETÁRIO DE SEGURANÇA QuarentaetrêsnovasdiretoriasdeCCS - Conselhos Comunitários de Segurança do Estado tomaram posse, no dia 6/12, no au- ditório da Cidade da Polícia, no Jacarezi- nho. Os CCS são canais de comunicação entre a população, a Secretaria de Segu- rançaPúblicaeaspolíciasCivileMilitar,atuandocomocolaboradoresvoluntá- rios,nãoremuneradosecompromissadoscomareduçãodacriminalidade.Na solenidade houve a entrega coletiva de diplomas às novas diretorias dos CCS. Todos os membros da Diretoria e do Conselho de Ética do 31° CCS esti- veram presentes, confirmando, assim, o compromisso de trabalho, junto comacomunidadeecomasforçaspoliciaisdaregiãodo31°ISP,pormelho- rias na segurança e no bem-estar da população. O delegado Marcus Viní- cius, da 16° DP, e o Cel. Sérgio Schalioni, comandante do 31°BPM também participaram da cerimônia. O Presidente da AMARAMARAMARAMARAMAR, Luiz Igrejas, que preside o Conselho de Ética do 31º CCS, participou da cerimônia e recebeu o seu diploma. A solenidade também contou com a presença do secretário do Estado de Segurança, Antônio Roberto Cesário de Sá; do chefe de Polícia Civil, Car- los Augusto Neto Leba; do comandante-geral da Polícia Militar, coronel Wo- lneyDiasFerreira;edacoordenadoradosConselhosComunitáriosdeSegu- rança, major Claudia Moraes. No dia seguinte a diplomação na Cidade da Polícia (07/12), a AMARAMARAMARAMARAMAR estevenovamentecomoSecretárioSegurançaemumcafédamanhãrealizado noHotelSofitel,convidadopelaABIH-RJ;oportunidadeemquerenovouosagra- decimentos pela continuidade das administrações do 31º BPM e da 16ª DP. AMARAMARAMARAMARAMAR REALIZA REUNIÕES SOBRE SEGURANÇA COMREALIZA REUNIÕES SOBRE SEGURANÇA COMREALIZA REUNIÕES SOBRE SEGURANÇA COMREALIZA REUNIÕES SOBRE SEGURANÇA COMREALIZA REUNIÕES SOBRE SEGURANÇA COM MORADORES E AUTORIDADES POLICIAISMORADORES E AUTORIDADES POLICIAISMORADORES E AUTORIDADES POLICIAISMORADORES E AUTORIDADES POLICIAISMORADORES E AUTORIDADES POLICIAIS O auditório do Centro Social da Pa- róquia de São Francisco de Paula ficou pequeno para o número de associados emoradoresqueestiverampresentesà reuniãoparatratardoassuntoSeguran- ça. A lista de presença registrou um re- cordede357participantes,maseranítidoefácildeobservarquehaviamais de 500 pessoas presentes entre autoridades, comerciantes, moradores e jornalistas. Tendo em vista a onda crescente da violência, com diversos relatos e denúnciasdecasosderoubosefurtosapedestreseresidências,foiconsta- tada a necessidade da realização de um evento para tratar desse assunto. E, na noite do dia 28/11, a AMARAMARAMARAMARAMAR promoveu o encontro dos associados e moradores com todas as autoridades policiais, a saber: Cel. Sergio Scha- lioni (Comandante do 31º BPM); Cel. Sena (Subcomandante do 31º BPM); Ten. Vitorini (Comandante da 1ª Companhia Destacada (Cia) do 31º BPM); Del. Rivaldo Barbosa (Delegado Titular da Delegacia de Homicídios da Ca- pital); Del. Marcus Vinícius (Delegado Titular da 16ª DP); Del. Robinson Pereira (16ª DP); Inspetor Felício (Comandante da Guarda Municipal) e Ricardo Magalhães (Presidente do 31º CCS). Além dessas autoridades, tivemos a presença do Deputado Estadual Tio Carlos e de representantes do Vereador Carlo Caiado. O Presidente da AMARAMARAMARAMARAMAR, Luiz Igrejas, conduziu os trabalhos e fez a abertura do evento com a colaboração do Delegado Marcus Vinícius. Em seguida, ocorreu a parte das explanações e apresentações de todas as autoridades policiais presentes. E a reunião finalizou com o bloco de Per- guntas e Respostas. Ficou claro que a maior preocupação dos moradores é com relação ao roubo/furto a residências de madrugada; a baixa sensação de segurança; assaltos a pedestres; prostituição; tráfico e consumo de drogas no entorno dos bares da Av. Olegário Maciel, das boates da Av. Armando Lombardi, na Praça da Euvaldo Lodi, na Praça do “Ó” e em vários trechos da orla. Na reunião, o Presidente da AMARAMARAMARAMARAMAR, Luiz Igrejas, fez uma introdução dos Projetos BAIRRO SEGURO (que é uma central de monitoramento de câme- ras interligadas às autoridades policiais) e do Projeto JARDIM OCEÂNICO PRESENTE (nos mesmos moldes dos já implantados em outras regiões). Em outra reunião realizada no dia 13/12, também no Centro Social da Paróquia de São Francisco de Paula, foi a vez de apresentar os projetos a cerca de 120 pessoas, todos interessados em melhorar a qualidade de vida da nossa região. O Presidente da AMARAMARAMARAMARAMAR e o Senador Ney Suassuna, presi- dente da ACIBARRA ,abriram a reunião e em seguida o Cel. Sergio Schalioni e o Dr. Marcus Vinícius, fizeram um balanço das prisões e das operações policiasdosúltimosdias,salientandoqueasoperaçõesserãopermanentes. Na sequência, o Cap. Coque, coordenar das OPERAÇÕES SEGURANÇA PRE- SENTE, apresentou o Projeto JARDIM OCEÂNICO PRESENTE. E o represen- tante da ACBS - Associação Comunitária Bairro Seguro, Dr. Rodrigo Taveira, explanou sobre o Projeto da central de monitoramento BAIRRO SEGURO. Na ocasião a AMARAMARAMARAMARAMAR homenageou com Diploma de Sócio Honorário o delegado Marcus Vinicius, o comandante Sergio Schalioni e a Therezinha Torres por terem participado e contribuído de forma relevante na concreti- zação dos objetivos da AMARAMARAMARAMARAMAR nesses últimos anos. A AMARAMARAMARAMARAMAR orienta aos síndicos de condomínios para que revisem todos os sistemas de segurança de seu prédio e, principalmente, junto a empresa que faz a manutenção dos portões, se o mesmo possui uma trava de segu- rançaqueimpeçadeserdesacopladofacilmenteoualarmetemporizadorde abertura, pois tem sido este o modus operandi dessa quadrilha, mexer no portão da garagem. A responsabilidade, o cuidado e o comportamento de todos os moradores devem ser voltados para a segurança. Ressaltamos a importância de fazer o registro na delegacia (Boletim de Ocorrência) de todos os crimes acorridos, para auxiliarmos no mapeamento das manchas criminais e no planejamento dinâmico das autoridades policiais. Ambas as reuniões foram transmitidas ao vivo pelo facebook da página ALERTA JARDIM OCEÂNICOALERTA JARDIM OCEÂNICOALERTA JARDIM OCEÂNICOALERTA JARDIM OCEÂNICOALERTA JARDIM OCEÂNICO e da página da AMARAMARAMARAMARAMAR JJJJJARDIMARDIMARDIMARDIMARDIM OOOOOCEÂNICOCEÂNICOCEÂNICOCEÂNICOCEÂNICO e estão disponíveis no site da AMARAMARAMARAMARAMAR e no Canal do Youtube da AMARAMARAMARAMARAMAR, bem como todas as informações sobre as reuniões: as atas/resumo, slides das apresentações, vídeos e fotos dos encontros. AMARAMARAMARAMARAMAR PARTICIPOU DE DUAS REUNIÕES NO PALÁCIO GUANABARAPARTICIPOU DE DUAS REUNIÕES NO PALÁCIO GUANABARAPARTICIPOU DE DUAS REUNIÕES NO PALÁCIO GUANABARAPARTICIPOU DE DUAS REUNIÕES NO PALÁCIO GUANABARAPARTICIPOU DE DUAS REUNIÕES NO PALÁCIO GUANABARA PARA TRATAR DO PROJETO JARDIM OCEÂNICO PRESENTEPARA TRATAR DO PROJETO JARDIM OCEÂNICO PRESENTEPARA TRATAR DO PROJETO JARDIM OCEÂNICO PRESENTEPARA TRATAR DO PROJETO JARDIM OCEÂNICO PRESENTEPARA TRATAR DO PROJETO JARDIM OCEÂNICO PRESENTE No dia 29/11, foi dado um importante passo rumo à implantação do projeto Ope- raçãoSegurançaPresentenaregiãodo31° ISP. No dia seguinte a nossa reunião extra- ordináriosobresegurança,oPresidenteda AAAAAMARMARMARMARMAR,LuizIgrejas,oPresidenteeVice-Pre- sidente do 31° CCS, Ricardo Magalhães e Conceição Silva, e o Vereador CarloCaiadoestiveramreunidos,noPalácioGuanabara,comacoordenação eocorpotécnicooperacionaldoprojetoOperaçãoSegurançaPresentepara um encontro de apresentação do projeto BARRA PRESENTE, que foi desen- volvido para atender a solicitação do grupo Multiplan/BarraShopping, que queriam patrocinar uma Operação Barra Presente na Avenida das Américas e no entorno do shopping.
  8. 8. Lembramos aos Srs. Síndicos da importância de divulgar e compartilhar este informe com os demais condôminos. AMAR - Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! - Não suje a sua Cidade - Leia e Repasse! 8 Se você deseja o melhor para o seu bairro, ASSOCIE-SE Já. Participe e Colabore! Não suje sua Cidade. www.amarjardimoceanico.org.br 33 Anos E-mail: joceanicoamar@gmail.com 2486 0654 - das 13h As 17h Av. Érico Veríssimo, 952 - Sl. 205 - Barra da Tijuca - Rio de Janeiro - RJ - CEP 22621-180 AUTOVISTORIA PREDIAL E FECHAMENTO DE VARANDAS Lembramos aos nossos associados a necessidade de se realizar o Laudo Técnico de Autovistoria que avalia as condições de segurança, conservação e estabilidade das edificações. Para isso a AMAR celebrou parceria com o arquiteto João Ignácio M. Oliveira (CAU/RJ A92559-4), tels: 98689.3553 e 2493.1776 - www.autovistoriapredial.com.br Após a apresentação do projeto BARRA PRESENTE, foi constatado que o modelo apresentado não atendia as necessidades de cada sub-bairro da nossaregião,principalmente,comrelaçãoapartefinanceira.Logo,a AMARAMARAMARAMARAMAR, o 31º CCS e o Vereador Carlo Caiado apresentaram aos coordenadores da Operação Segurança Presente a ideia de dividir a região em setores (sub- bairros) para verificar sua real viabilidade. Tal sugestão é devido a configu- ração geográfica da Barra, que acaba afastando os sub-bairros, como Largo da Barra (Barrinha), Jardim Oceânico, Bosque Marapendi, Parque das Ro- sas, Recreio e Vargem Grande, por exemplo. A divisão por sub-bairros dimi- nuiráovalordoorçamentodoprojetoefacilitaránaobtençãodeapoiadores e patrocinadores para as suas implantações. Os coordenadores do projeto ficaram de elaborar um novo estudo com as subdivisões em áreas menores, excluindo as vias expressas, cujas res- ponsabilidades seriam do 31º BPM, e se concentrariam no interior de cada sub-bairro. Esses novos projetos foram apresentados no Palácio Guanaba- ra, no dia 08/12, para representantes de cada associação da região. Nesta segunda reunião, a AMARAMARAMARAMARAMAR em conjunto com a equipe de coordenação fez alguns ajustes ao projeto e solicitou a inclusão do quadrante da Rua General Ivan Raposo até a Rua Martinho Mesquita (do Hotel Windsor Barra); Inclusão da Av. Armando Lombardi (lado par); Inclusão do ponto de ônibus da passare- la da Barra (que ficou no projeto BARRINHA PRESENTE); e também solicitou o orçamento do projeto em turno único noturno. Com essas alterações realiza- das, a AMARAMARAMARAMARAMAR apresentou o projeto JARDIM OCEÂNICO PRESENTE aos mora- dores na segunda reunião extraordinária sobre segurança, realizada no dia 13/12 no Centro Social da Paróquia de São Francisco de Paula. Ressaltamos que esse projeto não é uma solução definitiva para o nos- so problema de segurança, pois os contratos de convênios são de um ou dois anos, portanto tem um prazo de validade. No entanto, é uma saída alternativa para colaborarmos com a segurança de nossa região, principal- mente, nesse momento de crise financeira do Estado. CENTRAL DE MONITORAMENTO DA ACBS COMEÇA A FUNCIONARCENTRAL DE MONITORAMENTO DA ACBS COMEÇA A FUNCIONARCENTRAL DE MONITORAMENTO DA ACBS COMEÇA A FUNCIONARCENTRAL DE MONITORAMENTO DA ACBS COMEÇA A FUNCIONARCENTRAL DE MONITORAMENTO DA ACBS COMEÇA A FUNCIONAR Entre os aspectos negativos de 2016 para o Rio estão a crise financeira e o au- mentodaviolência.Diantedessequadro,mo- radoresdaBarraedoRecreiodecidiramque erahoradeagirecriaramprojetosparaten- tar melhorar a segurança da região. Inau- gurada há um mês, a central de monitoramento da Associação Comunitária Bairro Seguro (ACBS) reúne câmeras da prefeitura, e, em breve, de associ- ados, para registrar casos de assalto e, assim, contribuir com investigações da polícia e alertar a população. Outra iniciativa é a reivindicação de que o bairro passe a contar com a operação Barra Presente, garantindo a in- tensificação do patrulhamento inclusive nas ruas internas. Desde setembro de 2015 o projeto já vinha sendo discutido entre as entidades e associações. A central de monitoramento é fruto de reuni- ões e fóruns de segurança da sociedade civil e teve aporte de entidades como a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH) e a constru- tora Carvalho Hosken. Com isso, foi criada uma nova associação. Assim, condomínios, hotéis e shoppings se uniram formalmente e passaram a contribuir para a montagem e a operação da central. Inaugurada em 07/11, a central funciona 24 horas por dia, com re- vezamento entre quatro plantonistas. Há ainda um analista na coorde- nação. O sistema funciona com base num software desenvolvido para o projeto, que exibe, na tela, o mapa da região sob responsabilidade do 31º BPM, 16ª e 42ª DP. Por enquanto, há 70 câmeras ativas, todas da prefeitura, monitorando a área, mas, ainda este ano, as câmeras dos associados começarão a ser instaladas. O monitoramento tem duas funções principais: o alerta aos associa- dos, após o flagrante de um caso de assalto ou outro tipo de violência, e o fornecimento de imagens para a polícia. O objetivo é tentar também observar o deslocamento das manchas criminais e levar mais seguran- ça para os moradores. Além disso, a central fornecerá informações e apoio as policias Militar e Civil. O monitoramento também será feito em "áreas de fronteira" como a da Rocinha e da Cidade de Deus. Hoje, os membros do grupo recebem informações via SMS, mas um aplicativo deverá ser lançado em breve para aumentar a capilaridade do sistema. Com ele, os condomínios residenciais e comerciais associados poderão ter acesso às imagens e aos alertas da central. Além das câmeras, o monitoramento inclui acompanhamento das notícias nas redes sociais e na imprensa. A ideia é colaborar na área da inteligência e prevenção, com o poli- ciamento preventivo e ostensivo na região. Com a medida, os idealizado- res do projeto tentam melhorar a qualidade de vida dos moradores e estimular a atividade turística na região. A princípio, o valor da mensalidade para se associar a central de monitoramento da ACBS será de R$ 50,00 por câmera. Este valor é des- tinado a cobrir parte dos custos operacionais e futuros desenvolvimen- tos do projeto. A AMARAMARAMARAMARAMAR participou de todas as reuniões que conceberam o desenvol- vimento da ACBS e foi uma das entidades fundadoras dessa associação. Além da AMARAMARAMARAMARAMAR, integram a iniciativa a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro – ABIH-RJ; o Rio Convention & Visitors Bureau – Rio CVB; Barralerta; Acibarra; Acir Transoeste; CCBT; e o Conselho Comunitário de Segurança da 31º AISP. É a sociedade civil organizada trabalhando para ela mesma, estão todos de parabéns !! ÓRGÃO INFORMATIVO DA ASSOCIAÇÃO DOS MORADORES E AMIGOS DO TIJUCAMAR E JARDIM OCEÂNICO ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ INFORME 33 anos.

×