SlideShare uma empresa Scribd logo
VETORES
Prof.ª Ms. Eng.ª Elaine Cecília Gatto
Algoritmos e Estruturas de Dados
Engenharia de Computação
Universidade Sagrado Coração
Vetores
• Variáveis compostas homogêneas: é um conjunto de dados do
mesmo tipo.
• Variáveis compostas homogêneas unidimensionais: são
variáveis compostas que necessitam de apenas um índice para
individualizar um elemento do conjunto. Essas variáveis são
chamadas de vetores.
• Declaração:
nome_do_vetor: vetor[1..dimensao] de tipo_de_dados;
• Em que 1 .. Dimensao é a quantidade de elementos do vetor;
• Exemplo:
nota: vetor[1..50] de reais;
Vetores
• Exemplo:
• Media: vetor[1..5] de reais;
Posição do elemento no vetor

Conteúdo do vetor

media[1]

3.2

media[2]

5.7

media[3]

9.5

media[4]

10

media[5]

1.3
Vetores
algoritmo exemplo;
inicio
inteiro: i;
n: vetor[1..4] de reais;
para i de 1 até 4 passo 1 faça
inicio
escreva(‘digite um número’);
leia(n[i]);
fim para;
escreva(‘posição valor’);
para i de 1 até 4 passo 1 faça
inicio
escreva(i, n[i]);
fim para;
fim.
Vetores
• Declaração de vetores em pascal:
nome_do_vetor: array[1 ... dimensao] of tipo_do_dado;
• Em que 1 ... Dimensao é o tamanho do vetor.
• Exemplo:
var
v: array[1..6] of integer;
• Atribuindo valores avulsos ao vetor:
• V[5]  28; (posição 5 recebe o valor 28)
Vetores
program vetor1;
var
n,i,maior:integer;
nro:array[1..100] of integer;
begin
write('forneca a quantidade de numeros: '); readln(n);
writeln;
for i:=1 to n do
begin
write('forneca o ',i,'o. numero: ');
readln(nro[i]);
end;
writeln;
maior:=nro[1];
for i:=2 to n do
begin
if (nro[i] > maior)then maior:=nro[i];
end;
writeln('maior numero: ',maior);
readln;
end.
Vetores
Não é possível:

Não se pode ler todo um vetor diretamente com um comando read.
Não se pode escrever: read(v);
É necessário ler elemento por elemento, diretamente, ou com um laço
de repetição como for.
Não se pode escrever todos os elementos de um vetor com um único
comando write. Não é permitido escrever: write(v). Também nesse
caso cada elemento deve ser tratado como uma variável
independente, por exemplo:
for i:= 1 to 6 do write(v[i]:3);
Vetores
Não é possível copiar os valores dos elementos de um vetor para outro
com um único comando de atribuição. Ou seja, dados dois vetores v e
w, ambos do mesmo tamanho e do mesmo tipo, não é permitido fazer:
w:= v; . Também aqui é necessário trabalhar elemento a elemento, e o
comando for mais uma vez é indicado:
for i:= 1 to 6 do w[i]:= v[i];

Não existe comandos ou funções que dão o tamanho (número de
elementos) de um vetor.
Não é permitido tentar acessar uma posição fora do intervalo de
posições definido para o vetor. A tentativa causará um erro em tempo
de execução e o programa abortará. No caso do vetor v acima, por
exemplo, não é permitido escrever: v[8]:= 20, read(v[8]) ou write
(v[8]) porque a faixa de valores das posições vai de 1 a 6 apenas.
Vetores
A faixa de valores das posições não precisa começar em 1. Qualquer
intervalo de valores pode ser usado na definição de um vetor. Por
exemplo, podemos definir um vetor assim:
var v:array[15..20] of real;
Nesse caso o vetor v terá apenas os elementos: v[15], v[16], v[17],
v[18], v[19] e v[20]
As posições não precisam ser necessariamente números inteiros.
Podem ser qualquer tipo ordinal, ou seja, que possa ser definido por
uma seqüência ordenada de valores.

Por exemplo, os caracteres em Pascal formam uma seqüência
ordenada na tabela de caracteres, e podem portanto serem
marcadores de posição em um vetor.
Vetores
Podemos definir um vetor assim:
var letras: array['a'..'z'] of integer;
Nesse caso os elementos do vetor são: letras['a'], letras['b'], …..,
letras['z']
Um uso possível para esse vetor poderia ser que cada posição
poderia guardar a quantidade de vezes que a letra dessa posição
aparece em uma determinada frase.
Exercícios:
Faça primeiro em pseudocódigo e depois passe para pascal.
1. Faça um algoritmo para ler dez números e armazená-los em um
vetor. Em seguida, calcule e imprima a soma e a média destes
números. Imprima também o vetor.
2. Modifique o exercício anterior para calcular a média dos números
negativos e a porcentagem de números positivos.
3. Faça um algoritmo para ler cinco número inteiros quaisquer e
armazene-os em um vetor A. Em seguida, crie um novo vetor B
cujos elementos são os elemmentos do vetor A com sinal trocado.
Imprima os dois vetores. Exemplo:
Vetor A: 5 -3 6 67 -10
Vetor B: -5 3 -6 -67 10
Exercícios
4. Faça um algoritmo para ler cinco números inteiros quaisquer
e armazene-os em um vetor. Em seguida, imprima o vetor e
quantos elementos do vetor são positivos, quantos são
negativos, e quantos são nulos.
5. Faça um algoritmo para ler dez números quaisquer e
armaze-os em um vetor. Em seguida, imprimir o vetor, o
maior e o menor valores armazenados no vetor.
6. Faça um algoritmo para ler a nota de prova e de trabalho de
dez alunos. Armazenar as notas em dois vetores diferentes.
Em seguida, calcular a média de cada aluno, armazenandoos em um outro vetor. Imprimir a maior e a menor média,
quantos alunos obtiveram média igual ou superior à 7,0, e
os três vetores.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Algoritmos - Matrizes
Algoritmos - MatrizesAlgoritmos - Matrizes
Algoritmos - Matrizes
Elaine Cecília Gatto
 
Algoritmos - Formas de Representação de Algoritmos
Algoritmos - Formas de Representação de AlgoritmosAlgoritmos - Formas de Representação de Algoritmos
Algoritmos - Formas de Representação de Algoritmos
Elaine Cecília Gatto
 
Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)
Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)
Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)
Gercélia Ramos
 
Exercicios resolvidos visuAlg
Exercicios resolvidos visuAlgExercicios resolvidos visuAlg
Exercicios resolvidos visuAlg
Willians Miyabara
 
Vetores e Matrizes
Vetores e MatrizesVetores e Matrizes
Vetores e Matrizes
profjr
 
Fluxograma (Lógica de Programação)
Fluxograma (Lógica de Programação)Fluxograma (Lógica de Programação)
Fluxograma (Lógica de Programação)
Gercélia Ramos
 
Informatica - editor de textos
Informatica - editor de textosInformatica - editor de textos
Informatica - editor de textos
Mauro Pereira
 
Introdução à Linguagem C
Introdução à Linguagem CIntrodução à Linguagem C
Introdução à Linguagem C
Elaine Cecília Gatto
 
Sistema binario
Sistema binarioSistema binario
Sistema binario
Projeto Ensino Medio
 
Algoritmos - Aula 05 A - Correcao de Exercicios
Algoritmos - Aula 05 A - Correcao de ExerciciosAlgoritmos - Aula 05 A - Correcao de Exercicios
Algoritmos - Aula 05 A - Correcao de Exercicios
Rodrigo Kiyoshi Saito
 
Algoritmos - Aula 07 A - Vetores
Algoritmos - Aula 07 A - VetoresAlgoritmos - Aula 07 A - Vetores
Algoritmos - Aula 07 A - Vetores
Rodrigo Kiyoshi Saito
 
Aula01 - Logica de Programação
Aula01 - Logica de ProgramaçãoAula01 - Logica de Programação
Aula01 - Logica de Programação
Jorge Ávila Miranda
 
Algoritmos e lp parte3-pseudocódigo
Algoritmos e lp parte3-pseudocódigoAlgoritmos e lp parte3-pseudocódigo
Algoritmos e lp parte3-pseudocódigo
Mauro Pereira
 
Aula 7 - Repetição enquanto - parte 1
Aula 7 - Repetição enquanto - parte 1Aula 7 - Repetição enquanto - parte 1
Aula 7 - Repetição enquanto - parte 1
Pacc UAB
 
HTML+&+CSS++Fundamentos.pdf
HTML+&+CSS++Fundamentos.pdfHTML+&+CSS++Fundamentos.pdf
HTML+&+CSS++Fundamentos.pdf
Cesar Braz
 
Introdução a Linguagem de Programação C
Introdução a Linguagem de Programação CIntrodução a Linguagem de Programação C
Introdução a Linguagem de Programação C
Gercélia Ramos
 
Algoritmos - Aula 07 A - Lacos
Algoritmos - Aula 07 A - LacosAlgoritmos - Aula 07 A - Lacos
Algoritmos - Aula 07 A - Lacos
Rodrigo Kiyoshi Saito
 
Pseudocódigo ou Portugol (Lógica de Programação)
Pseudocódigo ou Portugol (Lógica de Programação)Pseudocódigo ou Portugol (Lógica de Programação)
Pseudocódigo ou Portugol (Lógica de Programação)
Gercélia Ramos
 
Material de Apoio de Algoritmo e Lógica de Programação
Material de Apoio de Algoritmo e Lógica de ProgramaçãoMaterial de Apoio de Algoritmo e Lógica de Programação
Material de Apoio de Algoritmo e Lógica de Programação
rodfernandes
 
Logica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis Operadores
Logica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis OperadoresLogica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis Operadores
Logica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis Operadores
Regis Magalhães
 

Mais procurados (20)

Algoritmos - Matrizes
Algoritmos - MatrizesAlgoritmos - Matrizes
Algoritmos - Matrizes
 
Algoritmos - Formas de Representação de Algoritmos
Algoritmos - Formas de Representação de AlgoritmosAlgoritmos - Formas de Representação de Algoritmos
Algoritmos - Formas de Representação de Algoritmos
 
Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)
Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)
Descritiva Narrativa (Lógica de Programação)
 
Exercicios resolvidos visuAlg
Exercicios resolvidos visuAlgExercicios resolvidos visuAlg
Exercicios resolvidos visuAlg
 
Vetores e Matrizes
Vetores e MatrizesVetores e Matrizes
Vetores e Matrizes
 
Fluxograma (Lógica de Programação)
Fluxograma (Lógica de Programação)Fluxograma (Lógica de Programação)
Fluxograma (Lógica de Programação)
 
Informatica - editor de textos
Informatica - editor de textosInformatica - editor de textos
Informatica - editor de textos
 
Introdução à Linguagem C
Introdução à Linguagem CIntrodução à Linguagem C
Introdução à Linguagem C
 
Sistema binario
Sistema binarioSistema binario
Sistema binario
 
Algoritmos - Aula 05 A - Correcao de Exercicios
Algoritmos - Aula 05 A - Correcao de ExerciciosAlgoritmos - Aula 05 A - Correcao de Exercicios
Algoritmos - Aula 05 A - Correcao de Exercicios
 
Algoritmos - Aula 07 A - Vetores
Algoritmos - Aula 07 A - VetoresAlgoritmos - Aula 07 A - Vetores
Algoritmos - Aula 07 A - Vetores
 
Aula01 - Logica de Programação
Aula01 - Logica de ProgramaçãoAula01 - Logica de Programação
Aula01 - Logica de Programação
 
Algoritmos e lp parte3-pseudocódigo
Algoritmos e lp parte3-pseudocódigoAlgoritmos e lp parte3-pseudocódigo
Algoritmos e lp parte3-pseudocódigo
 
Aula 7 - Repetição enquanto - parte 1
Aula 7 - Repetição enquanto - parte 1Aula 7 - Repetição enquanto - parte 1
Aula 7 - Repetição enquanto - parte 1
 
HTML+&+CSS++Fundamentos.pdf
HTML+&+CSS++Fundamentos.pdfHTML+&+CSS++Fundamentos.pdf
HTML+&+CSS++Fundamentos.pdf
 
Introdução a Linguagem de Programação C
Introdução a Linguagem de Programação CIntrodução a Linguagem de Programação C
Introdução a Linguagem de Programação C
 
Algoritmos - Aula 07 A - Lacos
Algoritmos - Aula 07 A - LacosAlgoritmos - Aula 07 A - Lacos
Algoritmos - Aula 07 A - Lacos
 
Pseudocódigo ou Portugol (Lógica de Programação)
Pseudocódigo ou Portugol (Lógica de Programação)Pseudocódigo ou Portugol (Lógica de Programação)
Pseudocódigo ou Portugol (Lógica de Programação)
 
Material de Apoio de Algoritmo e Lógica de Programação
Material de Apoio de Algoritmo e Lógica de ProgramaçãoMaterial de Apoio de Algoritmo e Lógica de Programação
Material de Apoio de Algoritmo e Lógica de Programação
 
Logica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis Operadores
Logica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis OperadoresLogica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis Operadores
Logica Algoritmo 03 Tipos Expressoes Variaveis Operadores
 

Destaque

aula 08 - Logica de Programacao
aula 08 - Logica de Programacaoaula 08 - Logica de Programacao
aula 08 - Logica de Programacao
Aislan Rafael
 
Algoritmos - Comandos de Seleção
Algoritmos - Comandos de SeleçãoAlgoritmos - Comandos de Seleção
Algoritmos - Comandos de Seleção
Elaine Cecília Gatto
 
aula 10 logica de programacao
aula 10 logica de programacaoaula 10 logica de programacao
aula 10 logica de programacao
Aislan Rafael
 
aula 05 - Logica de programacao
aula 05 - Logica de programacaoaula 05 - Logica de programacao
aula 05 - Logica de programacao
Aislan Rafael
 
aula 11 de logica de programacao
aula 11 de logica de programacaoaula 11 de logica de programacao
aula 11 de logica de programacao
Aislan Rafael
 
aula 07 - Logica de programacao
aula 07 - Logica de programacaoaula 07 - Logica de programacao
aula 07 - Logica de programacao
Aislan Rafael
 
aula 06 - Logica de programacao
aula 06 - Logica de programacaoaula 06 - Logica de programacao
aula 06 - Logica de programacao
Aislan Rafael
 
Algoritmos - Comandos de Controle de Programa
Algoritmos - Comandos de Controle de ProgramaAlgoritmos - Comandos de Controle de Programa
Algoritmos - Comandos de Controle de Programa
Elaine Cecília Gatto
 
Aula 02 - Lógica de Programação
Aula 02 - Lógica de ProgramaçãoAula 02 - Lógica de Programação
Aula 02 - Lógica de Programação
Aislan Rafael
 
aula 09 logica de programacao
aula 09 logica de programacaoaula 09 logica de programacao
aula 09 logica de programacao
Aislan Rafael
 
aula 04 - Logica de programacao
aula 04 - Logica de programacaoaula 04 - Logica de programacao
aula 04 - Logica de programacao
Aislan Rafael
 
Algoritmos - Paradigmas de Programação
Algoritmos - Paradigmas de ProgramaçãoAlgoritmos - Paradigmas de Programação
Algoritmos - Paradigmas de Programação
Elaine Cecília Gatto
 
Algoritmos - Pseudocódigo
Algoritmos - PseudocódigoAlgoritmos - Pseudocódigo
Algoritmos - Pseudocódigo
Elaine Cecília Gatto
 
aula 03 - Lógica de programação
aula 03 - Lógica de programaçãoaula 03 - Lógica de programação
aula 03 - Lógica de programação
Aislan Rafael
 
Aula 01 - Algoritmo e Programação
Aula 01 - Algoritmo e ProgramaçãoAula 01 - Algoritmo e Programação
Aula 01 - Algoritmo e Programação
Aislan Rafael
 
Condicional 02 Pascal Exercicio
Condicional 02 Pascal ExercicioCondicional 02 Pascal Exercicio
Condicional 02 Pascal Exercicio
Marcus Vinicius
 
Prog web 02-php-primeiros-passos
Prog web 02-php-primeiros-passosProg web 02-php-primeiros-passos
Prog web 02-php-primeiros-passos
Regis Magalhães
 
Curso de progrmação para crianças e adolescentes
Curso de progrmação para crianças e adolescentesCurso de progrmação para crianças e adolescentes
Curso de progrmação para crianças e adolescentes
Ricardo Henrique Roson
 
Aula 5 aed - vetores
Aula 5   aed - vetoresAula 5   aed - vetores
Aula 5 aed - vetores
Elaine Cecília Gatto
 
Java vetores e matrizes
Java   vetores e matrizesJava   vetores e matrizes
Java vetores e matrizes
Armando Daniel
 

Destaque (20)

aula 08 - Logica de Programacao
aula 08 - Logica de Programacaoaula 08 - Logica de Programacao
aula 08 - Logica de Programacao
 
Algoritmos - Comandos de Seleção
Algoritmos - Comandos de SeleçãoAlgoritmos - Comandos de Seleção
Algoritmos - Comandos de Seleção
 
aula 10 logica de programacao
aula 10 logica de programacaoaula 10 logica de programacao
aula 10 logica de programacao
 
aula 05 - Logica de programacao
aula 05 - Logica de programacaoaula 05 - Logica de programacao
aula 05 - Logica de programacao
 
aula 11 de logica de programacao
aula 11 de logica de programacaoaula 11 de logica de programacao
aula 11 de logica de programacao
 
aula 07 - Logica de programacao
aula 07 - Logica de programacaoaula 07 - Logica de programacao
aula 07 - Logica de programacao
 
aula 06 - Logica de programacao
aula 06 - Logica de programacaoaula 06 - Logica de programacao
aula 06 - Logica de programacao
 
Algoritmos - Comandos de Controle de Programa
Algoritmos - Comandos de Controle de ProgramaAlgoritmos - Comandos de Controle de Programa
Algoritmos - Comandos de Controle de Programa
 
Aula 02 - Lógica de Programação
Aula 02 - Lógica de ProgramaçãoAula 02 - Lógica de Programação
Aula 02 - Lógica de Programação
 
aula 09 logica de programacao
aula 09 logica de programacaoaula 09 logica de programacao
aula 09 logica de programacao
 
aula 04 - Logica de programacao
aula 04 - Logica de programacaoaula 04 - Logica de programacao
aula 04 - Logica de programacao
 
Algoritmos - Paradigmas de Programação
Algoritmos - Paradigmas de ProgramaçãoAlgoritmos - Paradigmas de Programação
Algoritmos - Paradigmas de Programação
 
Algoritmos - Pseudocódigo
Algoritmos - PseudocódigoAlgoritmos - Pseudocódigo
Algoritmos - Pseudocódigo
 
aula 03 - Lógica de programação
aula 03 - Lógica de programaçãoaula 03 - Lógica de programação
aula 03 - Lógica de programação
 
Aula 01 - Algoritmo e Programação
Aula 01 - Algoritmo e ProgramaçãoAula 01 - Algoritmo e Programação
Aula 01 - Algoritmo e Programação
 
Condicional 02 Pascal Exercicio
Condicional 02 Pascal ExercicioCondicional 02 Pascal Exercicio
Condicional 02 Pascal Exercicio
 
Prog web 02-php-primeiros-passos
Prog web 02-php-primeiros-passosProg web 02-php-primeiros-passos
Prog web 02-php-primeiros-passos
 
Curso de progrmação para crianças e adolescentes
Curso de progrmação para crianças e adolescentesCurso de progrmação para crianças e adolescentes
Curso de progrmação para crianças e adolescentes
 
Aula 5 aed - vetores
Aula 5   aed - vetoresAula 5   aed - vetores
Aula 5 aed - vetores
 
Java vetores e matrizes
Java   vetores e matrizesJava   vetores e matrizes
Java vetores e matrizes
 

Semelhante a Algoritmos - Vetores

Aula 06 vetores e matrizes
Aula 06   vetores e matrizesAula 06   vetores e matrizes
Aula 06 vetores e matrizes
Tácito Graça
 
Algoritmos e Programação: Vetores
Algoritmos e Programação: VetoresAlgoritmos e Programação: Vetores
Algoritmos e Programação: Vetores
Alex Camargo
 
Cap09
Cap09Cap09
Cap09
mvbahamut
 
Cap09
Cap09Cap09
Cap09
mvbahamut
 
Cap09
Cap09Cap09
Cap09
mvbahamut
 
Aula 13
Aula 13Aula 13
Aula 13
graconlima
 
Vetores e Matrizes.pdf
Vetores e Matrizes.pdfVetores e Matrizes.pdf
Vetores e Matrizes.pdf
ProfaCristianeMota
 
Vetores e Matrizes em C.
Vetores e Matrizes em C.Vetores e Matrizes em C.
Vetores e Matrizes em C.
SchoolByte
 
Aula 8 - Vetores e Matrizes.pptx
Aula 8 - Vetores e Matrizes.pptxAula 8 - Vetores e Matrizes.pptx
Aula 8 - Vetores e Matrizes.pptx
Osvano Silva
 
mod4-estruturas-dadosestaticas-ordenacao
mod4-estruturas-dadosestaticas-ordenacaomod4-estruturas-dadosestaticas-ordenacao
mod4-estruturas-dadosestaticas-ordenacao
diogoa21
 
Aula Vetores - 08-05-2023.pdf
Aula Vetores - 08-05-2023.pdfAula Vetores - 08-05-2023.pdf
Aula Vetores - 08-05-2023.pdf
Ovidio Marques Antoninho
 
8. matrizes
8. matrizes8. matrizes
8. matrizes
Eugenio Caetano
 
Alg aula 06 - vetores tp1
Alg   aula 06 - vetores tp1Alg   aula 06 - vetores tp1
Alg aula 06 - vetores tp1
Thalles Anderson
 
Aula 2 | Vetores
Aula 2 | VetoresAula 2 | Vetores
Aula 2 | Vetores
Henry Raúl González Brito
 
Ap vetores
Ap vetoresAp vetores
Ap vetores
johndicorrea
 
Aula06
Aula06Aula06
Alg04 - Vetores e Matrizes.pdf
Alg04 - Vetores e Matrizes.pdfAlg04 - Vetores e Matrizes.pdf
Alg04 - Vetores e Matrizes.pdf
Silvano Oliveira
 
Alg aula 07 - matrizes tp1
Alg   aula 07 - matrizes tp1Alg   aula 07 - matrizes tp1
Alg aula 07 - matrizes tp1
Thalles Anderson
 
Java: Estruturas de Repetição
Java: Estruturas de RepetiçãoJava: Estruturas de Repetição
Java: Estruturas de Repetição
Arthur Emanuel
 
Curso De Algoritmo Aula 10
Curso De Algoritmo   Aula 10Curso De Algoritmo   Aula 10
Curso De Algoritmo Aula 10
Felipe Santos
 

Semelhante a Algoritmos - Vetores (20)

Aula 06 vetores e matrizes
Aula 06   vetores e matrizesAula 06   vetores e matrizes
Aula 06 vetores e matrizes
 
Algoritmos e Programação: Vetores
Algoritmos e Programação: VetoresAlgoritmos e Programação: Vetores
Algoritmos e Programação: Vetores
 
Cap09
Cap09Cap09
Cap09
 
Cap09
Cap09Cap09
Cap09
 
Cap09
Cap09Cap09
Cap09
 
Aula 13
Aula 13Aula 13
Aula 13
 
Vetores e Matrizes.pdf
Vetores e Matrizes.pdfVetores e Matrizes.pdf
Vetores e Matrizes.pdf
 
Vetores e Matrizes em C.
Vetores e Matrizes em C.Vetores e Matrizes em C.
Vetores e Matrizes em C.
 
Aula 8 - Vetores e Matrizes.pptx
Aula 8 - Vetores e Matrizes.pptxAula 8 - Vetores e Matrizes.pptx
Aula 8 - Vetores e Matrizes.pptx
 
mod4-estruturas-dadosestaticas-ordenacao
mod4-estruturas-dadosestaticas-ordenacaomod4-estruturas-dadosestaticas-ordenacao
mod4-estruturas-dadosestaticas-ordenacao
 
Aula Vetores - 08-05-2023.pdf
Aula Vetores - 08-05-2023.pdfAula Vetores - 08-05-2023.pdf
Aula Vetores - 08-05-2023.pdf
 
8. matrizes
8. matrizes8. matrizes
8. matrizes
 
Alg aula 06 - vetores tp1
Alg   aula 06 - vetores tp1Alg   aula 06 - vetores tp1
Alg aula 06 - vetores tp1
 
Aula 2 | Vetores
Aula 2 | VetoresAula 2 | Vetores
Aula 2 | Vetores
 
Ap vetores
Ap vetoresAp vetores
Ap vetores
 
Aula06
Aula06Aula06
Aula06
 
Alg04 - Vetores e Matrizes.pdf
Alg04 - Vetores e Matrizes.pdfAlg04 - Vetores e Matrizes.pdf
Alg04 - Vetores e Matrizes.pdf
 
Alg aula 07 - matrizes tp1
Alg   aula 07 - matrizes tp1Alg   aula 07 - matrizes tp1
Alg aula 07 - matrizes tp1
 
Java: Estruturas de Repetição
Java: Estruturas de RepetiçãoJava: Estruturas de Repetição
Java: Estruturas de Repetição
 
Curso De Algoritmo Aula 10
Curso De Algoritmo   Aula 10Curso De Algoritmo   Aula 10
Curso De Algoritmo Aula 10
 

Mais de Elaine Cecília Gatto

A influência da Tecnologia em cada faixa etaria
A influência da Tecnologia em cada faixa etariaA influência da Tecnologia em cada faixa etaria
A influência da Tecnologia em cada faixa etaria
Elaine Cecília Gatto
 
Inteligência Artificial Aplicada à Medicina
Inteligência Artificial Aplicada à MedicinaInteligência Artificial Aplicada à Medicina
Inteligência Artificial Aplicada à Medicina
Elaine Cecília Gatto
 
Além do Aprendizado Local e Global: Particionando o espaço de classes em prob...
Além do Aprendizado Local e Global: Particionando o espaço de classes em prob...Além do Aprendizado Local e Global: Particionando o espaço de classes em prob...
Além do Aprendizado Local e Global: Particionando o espaço de classes em prob...
Elaine Cecília Gatto
 
Apresentação da minha tese de doutorado no EPPC
Apresentação da minha tese de doutorado no EPPCApresentação da minha tese de doutorado no EPPC
Apresentação da minha tese de doutorado no EPPC
Elaine Cecília Gatto
 
entrevista r7.pdf
entrevista r7.pdfentrevista r7.pdf
entrevista r7.pdf
Elaine Cecília Gatto
 
Como a pesquisa científica impacta o mundo real.pptx
Como a pesquisa científica impacta o mundo real.pptxComo a pesquisa científica impacta o mundo real.pptx
Como a pesquisa científica impacta o mundo real.pptx
Elaine Cecília Gatto
 
Empoderamento Feminino
Empoderamento FemininoEmpoderamento Feminino
Empoderamento Feminino
Elaine Cecília Gatto
 
Explorando correlações entre rótulos para o particionamento do espaço de rótu...
Explorando correlações entre rótulos para o particionamento do espaço de rótu...Explorando correlações entre rótulos para o particionamento do espaço de rótu...
Explorando correlações entre rótulos para o particionamento do espaço de rótu...
Elaine Cecília Gatto
 
Community Detection for Multi-Label Classification - Seminários UFSCar
Community Detection for Multi-Label Classification - Seminários UFSCarCommunity Detection for Multi-Label Classification - Seminários UFSCar
Community Detection for Multi-Label Classification - Seminários UFSCar
Elaine Cecília Gatto
 
Classificação Multirrótulo: Aprendizado de Correlações
Classificação Multirrótulo: Aprendizado de CorrelaçõesClassificação Multirrótulo: Aprendizado de Correlações
Classificação Multirrótulo: Aprendizado de Correlações
Elaine Cecília Gatto
 
EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...
EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...
EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...
Elaine Cecília Gatto
 
Community Detection Method for Multi-Label Classification
Community Detection Method for Multi-Label ClassificationCommunity Detection Method for Multi-Label Classification
Community Detection Method for Multi-Label Classification
Elaine Cecília Gatto
 
Mulheres na Campus Party assumir o feminismo ou não – Blogueiras Feministas.pdf
Mulheres na Campus Party assumir o feminismo ou não – Blogueiras Feministas.pdfMulheres na Campus Party assumir o feminismo ou não – Blogueiras Feministas.pdf
Mulheres na Campus Party assumir o feminismo ou não – Blogueiras Feministas.pdf
Elaine Cecília Gatto
 
Curtinhas de sábado.pdf
Curtinhas de sábado.pdfCurtinhas de sábado.pdf
Curtinhas de sábado.pdf
Elaine Cecília Gatto
 
Explorando Correlações entre Rótulos usando Métodos de Detecção de Comu...
Explorando Correlações entre Rótulos usando Métodos de Detecção de Comu...Explorando Correlações entre Rótulos usando Métodos de Detecção de Comu...
Explorando Correlações entre Rótulos usando Métodos de Detecção de Comu...
Elaine Cecília Gatto
 
EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...
EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...
EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...
Elaine Cecília Gatto
 
Pipeline desdobramento escalonamento
Pipeline desdobramento escalonamentoPipeline desdobramento escalonamento
Pipeline desdobramento escalonamento
Elaine Cecília Gatto
 
Cheat sheet Mips 32 bits
Cheat sheet Mips 32 bitsCheat sheet Mips 32 bits
Cheat sheet Mips 32 bits
Elaine Cecília Gatto
 
Resumo das Instruções de Desvio Incondicionais MIPS 32 bits
Resumo das Instruções de Desvio Incondicionais MIPS 32 bitsResumo das Instruções de Desvio Incondicionais MIPS 32 bits
Resumo das Instruções de Desvio Incondicionais MIPS 32 bits
Elaine Cecília Gatto
 
Como descobrir e classificar coisas usando machine learning sem compilcação
Como descobrir e classificar coisas usando machine learning sem compilcaçãoComo descobrir e classificar coisas usando machine learning sem compilcação
Como descobrir e classificar coisas usando machine learning sem compilcação
Elaine Cecília Gatto
 

Mais de Elaine Cecília Gatto (20)

A influência da Tecnologia em cada faixa etaria
A influência da Tecnologia em cada faixa etariaA influência da Tecnologia em cada faixa etaria
A influência da Tecnologia em cada faixa etaria
 
Inteligência Artificial Aplicada à Medicina
Inteligência Artificial Aplicada à MedicinaInteligência Artificial Aplicada à Medicina
Inteligência Artificial Aplicada à Medicina
 
Além do Aprendizado Local e Global: Particionando o espaço de classes em prob...
Além do Aprendizado Local e Global: Particionando o espaço de classes em prob...Além do Aprendizado Local e Global: Particionando o espaço de classes em prob...
Além do Aprendizado Local e Global: Particionando o espaço de classes em prob...
 
Apresentação da minha tese de doutorado no EPPC
Apresentação da minha tese de doutorado no EPPCApresentação da minha tese de doutorado no EPPC
Apresentação da minha tese de doutorado no EPPC
 
entrevista r7.pdf
entrevista r7.pdfentrevista r7.pdf
entrevista r7.pdf
 
Como a pesquisa científica impacta o mundo real.pptx
Como a pesquisa científica impacta o mundo real.pptxComo a pesquisa científica impacta o mundo real.pptx
Como a pesquisa científica impacta o mundo real.pptx
 
Empoderamento Feminino
Empoderamento FemininoEmpoderamento Feminino
Empoderamento Feminino
 
Explorando correlações entre rótulos para o particionamento do espaço de rótu...
Explorando correlações entre rótulos para o particionamento do espaço de rótu...Explorando correlações entre rótulos para o particionamento do espaço de rótu...
Explorando correlações entre rótulos para o particionamento do espaço de rótu...
 
Community Detection for Multi-Label Classification - Seminários UFSCar
Community Detection for Multi-Label Classification - Seminários UFSCarCommunity Detection for Multi-Label Classification - Seminários UFSCar
Community Detection for Multi-Label Classification - Seminários UFSCar
 
Classificação Multirrótulo: Aprendizado de Correlações
Classificação Multirrótulo: Aprendizado de CorrelaçõesClassificação Multirrótulo: Aprendizado de Correlações
Classificação Multirrótulo: Aprendizado de Correlações
 
EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...
EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...
EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...
 
Community Detection Method for Multi-Label Classification
Community Detection Method for Multi-Label ClassificationCommunity Detection Method for Multi-Label Classification
Community Detection Method for Multi-Label Classification
 
Mulheres na Campus Party assumir o feminismo ou não – Blogueiras Feministas.pdf
Mulheres na Campus Party assumir o feminismo ou não – Blogueiras Feministas.pdfMulheres na Campus Party assumir o feminismo ou não – Blogueiras Feministas.pdf
Mulheres na Campus Party assumir o feminismo ou não – Blogueiras Feministas.pdf
 
Curtinhas de sábado.pdf
Curtinhas de sábado.pdfCurtinhas de sábado.pdf
Curtinhas de sábado.pdf
 
Explorando Correlações entre Rótulos usando Métodos de Detecção de Comu...
Explorando Correlações entre Rótulos usando Métodos de Detecção de Comu...Explorando Correlações entre Rótulos usando Métodos de Detecção de Comu...
Explorando Correlações entre Rótulos usando Métodos de Detecção de Comu...
 
EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...
EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...
EXPLORANDO CORRELAÇÕES PARA O PARTICIONAMENTO DO ESPAÇO DE RÓTULOS EM PROBLEM...
 
Pipeline desdobramento escalonamento
Pipeline desdobramento escalonamentoPipeline desdobramento escalonamento
Pipeline desdobramento escalonamento
 
Cheat sheet Mips 32 bits
Cheat sheet Mips 32 bitsCheat sheet Mips 32 bits
Cheat sheet Mips 32 bits
 
Resumo das Instruções de Desvio Incondicionais MIPS 32 bits
Resumo das Instruções de Desvio Incondicionais MIPS 32 bitsResumo das Instruções de Desvio Incondicionais MIPS 32 bits
Resumo das Instruções de Desvio Incondicionais MIPS 32 bits
 
Como descobrir e classificar coisas usando machine learning sem compilcação
Como descobrir e classificar coisas usando machine learning sem compilcaçãoComo descobrir e classificar coisas usando machine learning sem compilcação
Como descobrir e classificar coisas usando machine learning sem compilcação
 

Último

Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
ElinarioCosta
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
GracinhaSantos6
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
MatheusSousa716350
 

Último (20)

Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica BasicaExercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
Exercicios de Word Básico para a aulas de informatica Basica
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdfMAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
MAPAS MENTAIS Conhecimentos Pedagógicos - ATUALIZADO 2024 PROF. Fernanda.pdf
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
cidadas 5° ano - ensino fundamental 2 ..
 

Algoritmos - Vetores

  • 1. VETORES Prof.ª Ms. Eng.ª Elaine Cecília Gatto Algoritmos e Estruturas de Dados Engenharia de Computação Universidade Sagrado Coração
  • 2. Vetores • Variáveis compostas homogêneas: é um conjunto de dados do mesmo tipo. • Variáveis compostas homogêneas unidimensionais: são variáveis compostas que necessitam de apenas um índice para individualizar um elemento do conjunto. Essas variáveis são chamadas de vetores. • Declaração: nome_do_vetor: vetor[1..dimensao] de tipo_de_dados; • Em que 1 .. Dimensao é a quantidade de elementos do vetor; • Exemplo: nota: vetor[1..50] de reais;
  • 3. Vetores • Exemplo: • Media: vetor[1..5] de reais; Posição do elemento no vetor Conteúdo do vetor media[1] 3.2 media[2] 5.7 media[3] 9.5 media[4] 10 media[5] 1.3
  • 4. Vetores algoritmo exemplo; inicio inteiro: i; n: vetor[1..4] de reais; para i de 1 até 4 passo 1 faça inicio escreva(‘digite um número’); leia(n[i]); fim para; escreva(‘posição valor’); para i de 1 até 4 passo 1 faça inicio escreva(i, n[i]); fim para; fim.
  • 5. Vetores • Declaração de vetores em pascal: nome_do_vetor: array[1 ... dimensao] of tipo_do_dado; • Em que 1 ... Dimensao é o tamanho do vetor. • Exemplo: var v: array[1..6] of integer; • Atribuindo valores avulsos ao vetor: • V[5]  28; (posição 5 recebe o valor 28)
  • 6. Vetores program vetor1; var n,i,maior:integer; nro:array[1..100] of integer; begin write('forneca a quantidade de numeros: '); readln(n); writeln; for i:=1 to n do begin write('forneca o ',i,'o. numero: '); readln(nro[i]); end; writeln; maior:=nro[1]; for i:=2 to n do begin if (nro[i] > maior)then maior:=nro[i]; end; writeln('maior numero: ',maior); readln; end.
  • 7. Vetores Não é possível: Não se pode ler todo um vetor diretamente com um comando read. Não se pode escrever: read(v); É necessário ler elemento por elemento, diretamente, ou com um laço de repetição como for. Não se pode escrever todos os elementos de um vetor com um único comando write. Não é permitido escrever: write(v). Também nesse caso cada elemento deve ser tratado como uma variável independente, por exemplo: for i:= 1 to 6 do write(v[i]:3);
  • 8. Vetores Não é possível copiar os valores dos elementos de um vetor para outro com um único comando de atribuição. Ou seja, dados dois vetores v e w, ambos do mesmo tamanho e do mesmo tipo, não é permitido fazer: w:= v; . Também aqui é necessário trabalhar elemento a elemento, e o comando for mais uma vez é indicado: for i:= 1 to 6 do w[i]:= v[i]; Não existe comandos ou funções que dão o tamanho (número de elementos) de um vetor. Não é permitido tentar acessar uma posição fora do intervalo de posições definido para o vetor. A tentativa causará um erro em tempo de execução e o programa abortará. No caso do vetor v acima, por exemplo, não é permitido escrever: v[8]:= 20, read(v[8]) ou write (v[8]) porque a faixa de valores das posições vai de 1 a 6 apenas.
  • 9. Vetores A faixa de valores das posições não precisa começar em 1. Qualquer intervalo de valores pode ser usado na definição de um vetor. Por exemplo, podemos definir um vetor assim: var v:array[15..20] of real; Nesse caso o vetor v terá apenas os elementos: v[15], v[16], v[17], v[18], v[19] e v[20] As posições não precisam ser necessariamente números inteiros. Podem ser qualquer tipo ordinal, ou seja, que possa ser definido por uma seqüência ordenada de valores. Por exemplo, os caracteres em Pascal formam uma seqüência ordenada na tabela de caracteres, e podem portanto serem marcadores de posição em um vetor.
  • 10. Vetores Podemos definir um vetor assim: var letras: array['a'..'z'] of integer; Nesse caso os elementos do vetor são: letras['a'], letras['b'], ….., letras['z'] Um uso possível para esse vetor poderia ser que cada posição poderia guardar a quantidade de vezes que a letra dessa posição aparece em uma determinada frase.
  • 11. Exercícios: Faça primeiro em pseudocódigo e depois passe para pascal. 1. Faça um algoritmo para ler dez números e armazená-los em um vetor. Em seguida, calcule e imprima a soma e a média destes números. Imprima também o vetor. 2. Modifique o exercício anterior para calcular a média dos números negativos e a porcentagem de números positivos. 3. Faça um algoritmo para ler cinco número inteiros quaisquer e armazene-os em um vetor A. Em seguida, crie um novo vetor B cujos elementos são os elemmentos do vetor A com sinal trocado. Imprima os dois vetores. Exemplo: Vetor A: 5 -3 6 67 -10 Vetor B: -5 3 -6 -67 10
  • 12. Exercícios 4. Faça um algoritmo para ler cinco números inteiros quaisquer e armazene-os em um vetor. Em seguida, imprima o vetor e quantos elementos do vetor são positivos, quantos são negativos, e quantos são nulos. 5. Faça um algoritmo para ler dez números quaisquer e armaze-os em um vetor. Em seguida, imprimir o vetor, o maior e o menor valores armazenados no vetor. 6. Faça um algoritmo para ler a nota de prova e de trabalho de dez alunos. Armazenar as notas em dois vetores diferentes. Em seguida, calcular a média de cada aluno, armazenandoos em um outro vetor. Imprimir a maior e a menor média, quantos alunos obtiveram média igual ou superior à 7,0, e os três vetores.