SlideShare uma empresa Scribd logo
A CIVILIZAÇÃO MAIA



Integrantes:

Ikaro siqueira Rodrigues Vítor
Gabriel Silva Segui
Matheus Duarte Madia
Murilo Lisboa Córdoba
Murilo Hoffmann Carmassi
A civilização maia
• foi uma cultura mesoamericana pré-colombiana, notável por sua língua escrita
  (único sistema de escrita do novo mundo pré-colombiano que podia representar
  completamente o idioma falado no mesmo grau de eficiência que o idioma escrito
  no velho mundo), pela sua arte, arquitetura, matemática e sistemas
  astronômicos. Inicialmente estabelecidas durante o período pré–clássico (1000
  a.C. a 250 d.C.), muitas cidades maias atingiram o seu mais elevado estado de
  desenvolvimento durante o período clássico (250 d.C. a 900 d.C.), continuando a
  se desenvolver durante todo o período pós-clássico, até a chegada dos Espanhóis.
  No seu auge, era uma das mais densamente povoadas e culturalmente dinâmicas
  sociedades do mundo.
A civilização maia divide muitas características com outras civilizações da
Mesoamérica, devido ao alto grau de interação e difusão cultural que caracteriza a
região.
Avanços como a escrita, epigrafia e o calendário não se originaram com os maias; no
entanto, sua civilização se desenvolveu plenamente.
A influência dos maias pode ser detectada em países como Honduras, Guatemala, El
Salvador e na região central do México, a mais de 1000 km da área maia.
 Muitas influências externas são encontrados na arte e arquitetura Maia, o que
acredita-se ser resultado do intercâmbio comercial e cultural, em vez de conquista
externa direta.
Os povos maias nunca desapareceram, nem na época do declínio no período
clássico, nem com a chegada dos conquistadores espanhóis e a subsequente
colonização espanhola das Américas.
Hoje, os maias e seus descendentes formam populações consideráveis em toda a
área antiga maia e mantém um conjunto distinto de tradições e crenças que são o
resultado da fusão das ideologias pré-colombianas e pós-conquista (e estruturado
pela aprovação quase total do catolicismo romano).
Muitas línguas maias continuam a ser faladas como línguas primárias ainda hoje; o
Rabinal Achí, uma obra literária na língua achi, declarada uma obra-prima do
Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade pela UNESCO em 2005.
As evidências arqueológicas mostram que os maias começaram a edificar sua
arquitetura cerimonial há 3000 anos. Entre os estudiosos, há um certo desacordo
sobre os limites e diferenças entre a civilização maia e a cultura mesoamericana
pré-clássica vizinha dos olmecas. Os olmecas e os maias antigos parecem ter-se
influenciado mutuamente.
Os monumentos mais antigos consistem em simples montículos remanescentes de
tumbas, precursoras das pirâmides erguidas mais tarde. Eventualmente, a cultura
olmeca ter-se-ia desvanecido depois de dispersar a sua influência na península de
Iucatã, na Guatemala e em outras regiões.
Os maias tinham economia preponderantemente agrícola embora praticassem
ativamente o comércio em toda a Mesoamérica e possivelmente para além desta.
Entre os principais produtos do comércio estavam o jade, o cacau, o sal e a
obsidiana.
Extensão geográfica
A civilização maia estendeu-se por todo o atual sul dos estados mexicanos de
Chiapas, Tabasco, e Península de Yucatán estados de Quintana Roo , Campeche
e Yucatán. A área Maya também se estendeu por todo o norte da América
Central, incluindo as atuais nações da Guatemala , Belize , Norte de El Salvador
e no oeste de Honduras. A área dos Mayas é geralmente dividida em três zonas
vagamente definidas: as terras altas do sul Maya, na Depressão Central e as
planícies do norte. As terras maias altas do sul incluem todos os terrenos
elevados na Guatemala e no planalto de Chiapas. As planícies do sul
encontram-se apenas ao norte do planalto, e incorporam os estados mexicanos
de Campeche, Quintana Roo, norte da Guatemala, Belize e El Salvador. As
planícies do norte cobrem o restante da península de Iucatã, incluindo as
colinas Puuc.[1]
Decadência
Nos séculos VIII e IX a cultura maia clássica entrou em decadência, abandonando
a maioria das grandes cidades e as terras baixas centrais. A guerra, doenças,
inundações e longas secas, ou ainda a combinação destes fatores são
frequentemente sugeridos como os motivos da decadência.
Existem evidências de uma era final em que a violência se expandia: cidades
amplas e abertas foram então fortemente guarnecidas por muradas, às vezes
visivelmente construídas às pressas. Teoriza-se também com revoltas sociais em
que classes campesinas acabaram se revoltando contra a elite urbana nas terras
baixas centrais.

Os estados maias pós-clássicos também continuaram prosperando nos altiplanos
do sul. Um dos reinos maias desta área, Quiché, é o responsável pelo mais amplo
e famoso trabalho de historiografia e mitologia maias, o "Popol Vuh“.
A conquista pelo império espanhol
Os territórios maias foram absorvidos durante o processo de expansão do
império asteca por volta do século XV.
Por fim, no ano de 1519, o espanhol Hernán Cortez inicia a conquista do
território asteca, incluindo as regiões anteriormente pertencentes aos maias.
Algumas cidades ofereceram uma grande e feroz resistência; a última cidade
estado não foi subjugada pelos espanhóis senão em 1697.
curiosidades
A sociedade maia 7b
A sociedade maia 7b
A sociedade maia 7b
A sociedade maia 7b
A sociedade maia 7b
A sociedade maia 7b
A sociedade maia 7b

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Civilização Maia
Civilização MaiaCivilização Maia
Civilização Maia
eiprofessor
 
Os maias
Os maiasOs maias
Os maias
Os maiasOs maias
Civilização maia
Civilização maiaCivilização maia
Civilização maia
Claudelane Paes
 
Povos maias
Povos maiasPovos maias
Povos maias
italothacio110
 
Os maias
Os maiasOs maias
Os maias
elida_jaine
 
Arte pre colombiana maias
Arte pre colombiana maiasArte pre colombiana maias
Arte pre colombiana maias
Willians Martins
 
Civilização maia
Civilização maiaCivilização maia
Civilização maia
Isabele Félix
 
Sociedade maia 7b
Sociedade maia 7bSociedade maia 7b
Sociedade maia 7b
Profgalao
 
Civilização Maia America pré colombiana
Civilização Maia America pré colombianaCivilização Maia America pré colombiana
Civilização Maia America pré colombiana
Gisele Finatti Baraglio
 
Os maias
Os maiasOs maias
Os maias
PaulaMSilva
 
Astecas
AstecasAstecas
Astecas
insararas
 
As Grandes Civilizações da América
As Grandes Civilizações da AméricaAs Grandes Civilizações da América
As Grandes Civilizações da América
Alex Ferreira dos Santos
 
Astecas,Incas e Maias
Astecas,Incas e MaiasAstecas,Incas e Maias
Astecas,Incas e Maias
Wesley Santos
 
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
marceloamoreira
 
Povos pré colombianos maias, astecas e incas - resumo geral
Povos pré colombianos maias, astecas e incas - resumo geralPovos pré colombianos maias, astecas e incas - resumo geral
Povos pré colombianos maias, astecas e incas - resumo geral
Rose vargas
 
Astecas
AstecasAstecas
Astecas
Wesley Santos
 
151 ab grandes civilizações da america maias
151 ab grandes civilizações da america maias151 ab grandes civilizações da america maias
151 ab grandes civilizações da america maias
cristianoperinpissolato
 
Astecas, incas e maias texto
Astecas, incas e maias textoAstecas, incas e maias texto
Astecas, incas e maias texto
Renata Ramires
 
Astecas
AstecasAstecas

Mais procurados (20)

Civilização Maia
Civilização MaiaCivilização Maia
Civilização Maia
 
Os maias
Os maiasOs maias
Os maias
 
Os maias
Os maiasOs maias
Os maias
 
Civilização maia
Civilização maiaCivilização maia
Civilização maia
 
Povos maias
Povos maiasPovos maias
Povos maias
 
Os maias
Os maiasOs maias
Os maias
 
Arte pre colombiana maias
Arte pre colombiana maiasArte pre colombiana maias
Arte pre colombiana maias
 
Civilização maia
Civilização maiaCivilização maia
Civilização maia
 
Sociedade maia 7b
Sociedade maia 7bSociedade maia 7b
Sociedade maia 7b
 
Civilização Maia America pré colombiana
Civilização Maia America pré colombianaCivilização Maia America pré colombiana
Civilização Maia America pré colombiana
 
Os maias
Os maiasOs maias
Os maias
 
Astecas
AstecasAstecas
Astecas
 
As Grandes Civilizações da América
As Grandes Civilizações da AméricaAs Grandes Civilizações da América
As Grandes Civilizações da América
 
Astecas,Incas e Maias
Astecas,Incas e MaiasAstecas,Incas e Maias
Astecas,Incas e Maias
 
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
Povosprecolombianos 110412075714-phpapp01
 
Povos pré colombianos maias, astecas e incas - resumo geral
Povos pré colombianos maias, astecas e incas - resumo geralPovos pré colombianos maias, astecas e incas - resumo geral
Povos pré colombianos maias, astecas e incas - resumo geral
 
Astecas
AstecasAstecas
Astecas
 
151 ab grandes civilizações da america maias
151 ab grandes civilizações da america maias151 ab grandes civilizações da america maias
151 ab grandes civilizações da america maias
 
Astecas, incas e maias texto
Astecas, incas e maias textoAstecas, incas e maias texto
Astecas, incas e maias texto
 
Astecas
AstecasAstecas
Astecas
 

Destaque

Los Mayas Y Su Religion
Los Mayas Y Su ReligionLos Mayas Y Su Religion
Religion maya
Religion mayaReligion maya
Religion maya
enrandaerdna
 
La religión de los mayas
La religión de los mayas La religión de los mayas
La religión de los mayas
herrera1915
 
Historia de Los Mayas
Historia de Los MayasHistoria de Los Mayas
Historia de Los Mayas
Melissa0112
 
La Cultura Maya
La Cultura MayaLa Cultura Maya
La Cultura Maya
EMIR Alvarado
 
Los mayas
Los mayasLos mayas
CULTURA MAYA
CULTURA  MAYACULTURA  MAYA
CULTURA MAYA
Ramón Mavisoy Vargas
 

Destaque (7)

Los Mayas Y Su Religion
Los Mayas Y Su ReligionLos Mayas Y Su Religion
Los Mayas Y Su Religion
 
Religion maya
Religion mayaReligion maya
Religion maya
 
La religión de los mayas
La religión de los mayas La religión de los mayas
La religión de los mayas
 
Historia de Los Mayas
Historia de Los MayasHistoria de Los Mayas
Historia de Los Mayas
 
La Cultura Maya
La Cultura MayaLa Cultura Maya
La Cultura Maya
 
Los mayas
Los mayasLos mayas
Los mayas
 
CULTURA MAYA
CULTURA  MAYACULTURA  MAYA
CULTURA MAYA
 

Semelhante a A sociedade maia 7b

civilização maia .pdf
civilização maia .pdfcivilização maia .pdf
civilização maia .pdf
GabrielBrito48174
 
Povos mesoamericanos
Povos mesoamericanos Povos mesoamericanos
Povos mesoamericanos
Roberta Fernandes
 
México.pptx
México.pptxMéxico.pptx
México.pptx
carloshistoriador
 
AS_SOCIEDADES_DA_MESOAMERICA.pdf
AS_SOCIEDADES_DA_MESOAMERICA.pdfAS_SOCIEDADES_DA_MESOAMERICA.pdf
AS_SOCIEDADES_DA_MESOAMERICA.pdf
JOCAGAMER1
 
Seminario Geografia 8 ano " Ocupação do continente Americano"
Seminario Geografia 8 ano " Ocupação do continente Americano"Seminario Geografia 8 ano " Ocupação do continente Americano"
Seminario Geografia 8 ano " Ocupação do continente Americano"
KenniaSamaraMerencio1
 
Maias
MaiasMaias
Civilizações pré-colombianas
Civilizações pré-colombianasCivilizações pré-colombianas
Civilizações pré-colombianas
NAPNE
 
Civilizações Antigas
Civilizações AntigasCivilizações Antigas
Civilizações Antigas
FelipedosSantosSilva10
 
Civilizações Antigas.pdf
Civilizações Antigas.pdfCivilizações Antigas.pdf
Civilizações Antigas.pdf
FelypedosSantosSilva
 
América
AméricaAmérica
Cultura peruana
Cultura peruanaCultura peruana
Cultura peruana
Diego La Torre
 
A Colonização da América
A Colonização da AméricaA Colonização da América
A Colonização da América
Gabriel Caseiro
 
América, África e Ásia (Idade Média)
América, África e Ásia (Idade Média)América, África e Ásia (Idade Média)
América, África e Ásia (Idade Média)
isameucci
 
México
México México
Olmecas c21 kallllleu
Olmecas c21 kallllleuOlmecas c21 kallllleu
Olmecas c21 kallllleu
Juliano Souto
 
Astecas
AstecasAstecas
A Colonização da América + Escravidão na América Latina
A Colonização da América + Escravidão na América LatinaA Colonização da América + Escravidão na América Latina
A Colonização da América + Escravidão na América Latina
Gabriel Caseiro
 
Wew
WewWew
Wew
WewWew
Primeiras civilizações sociedades africanas da antiguidade
Primeiras civilizações   sociedades africanas da antiguidadePrimeiras civilizações   sociedades africanas da antiguidade
Primeiras civilizações sociedades africanas da antiguidade
seixasmarianas
 

Semelhante a A sociedade maia 7b (20)

civilização maia .pdf
civilização maia .pdfcivilização maia .pdf
civilização maia .pdf
 
Povos mesoamericanos
Povos mesoamericanos Povos mesoamericanos
Povos mesoamericanos
 
México.pptx
México.pptxMéxico.pptx
México.pptx
 
AS_SOCIEDADES_DA_MESOAMERICA.pdf
AS_SOCIEDADES_DA_MESOAMERICA.pdfAS_SOCIEDADES_DA_MESOAMERICA.pdf
AS_SOCIEDADES_DA_MESOAMERICA.pdf
 
Seminario Geografia 8 ano " Ocupação do continente Americano"
Seminario Geografia 8 ano " Ocupação do continente Americano"Seminario Geografia 8 ano " Ocupação do continente Americano"
Seminario Geografia 8 ano " Ocupação do continente Americano"
 
Maias
MaiasMaias
Maias
 
Civilizações pré-colombianas
Civilizações pré-colombianasCivilizações pré-colombianas
Civilizações pré-colombianas
 
Civilizações Antigas
Civilizações AntigasCivilizações Antigas
Civilizações Antigas
 
Civilizações Antigas.pdf
Civilizações Antigas.pdfCivilizações Antigas.pdf
Civilizações Antigas.pdf
 
América
AméricaAmérica
América
 
Cultura peruana
Cultura peruanaCultura peruana
Cultura peruana
 
A Colonização da América
A Colonização da AméricaA Colonização da América
A Colonização da América
 
América, África e Ásia (Idade Média)
América, África e Ásia (Idade Média)América, África e Ásia (Idade Média)
América, África e Ásia (Idade Média)
 
México
México México
México
 
Olmecas c21 kallllleu
Olmecas c21 kallllleuOlmecas c21 kallllleu
Olmecas c21 kallllleu
 
Astecas
AstecasAstecas
Astecas
 
A Colonização da América + Escravidão na América Latina
A Colonização da América + Escravidão na América LatinaA Colonização da América + Escravidão na América Latina
A Colonização da América + Escravidão na América Latina
 
Wew
WewWew
Wew
 
Wew
WewWew
Wew
 
Primeiras civilizações sociedades africanas da antiguidade
Primeiras civilizações   sociedades africanas da antiguidadePrimeiras civilizações   sociedades africanas da antiguidade
Primeiras civilizações sociedades africanas da antiguidade
 

Mais de Profgalao

Sociedade asteca (1)
Sociedade asteca (1)Sociedade asteca (1)
Sociedade asteca (1)
Profgalao
 
Sociedade maia 7 b
Sociedade maia 7 bSociedade maia 7 b
Sociedade maia 7 b
Profgalao
 
Indíos norte americanos
Indíos norte americanosIndíos norte americanos
Indíos norte americanos
Profgalao
 
Sociedade inca
Sociedade incaSociedade inca
Sociedade inca
Profgalao
 
Rituais de morte e passagem sociedades indigenas
Rituais de morte e passagem sociedades indigenasRituais de morte e passagem sociedades indigenas
Rituais de morte e passagem sociedades indigenas
Profgalao
 
Povos indigenas brasil
Povos indigenas brasilPovos indigenas brasil
Povos indigenas brasil
Profgalao
 
Povos indigenas brasil 2
Povos indigenas brasil 2Povos indigenas brasil 2
Povos indigenas brasil 2
Profgalao
 

Mais de Profgalao (7)

Sociedade asteca (1)
Sociedade asteca (1)Sociedade asteca (1)
Sociedade asteca (1)
 
Sociedade maia 7 b
Sociedade maia 7 bSociedade maia 7 b
Sociedade maia 7 b
 
Indíos norte americanos
Indíos norte americanosIndíos norte americanos
Indíos norte americanos
 
Sociedade inca
Sociedade incaSociedade inca
Sociedade inca
 
Rituais de morte e passagem sociedades indigenas
Rituais de morte e passagem sociedades indigenasRituais de morte e passagem sociedades indigenas
Rituais de morte e passagem sociedades indigenas
 
Povos indigenas brasil
Povos indigenas brasilPovos indigenas brasil
Povos indigenas brasil
 
Povos indigenas brasil 2
Povos indigenas brasil 2Povos indigenas brasil 2
Povos indigenas brasil 2
 

Último

Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
AlessandraRibas7
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
Deiciane Chaves
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Militao Ricardo
 
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
Ailton Barcelos
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
vitorreissouzasilva
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
bmgrama
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
AdrianoMontagna1
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FredFringeFringeDola
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 

Último (20)

Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdfUFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
UFCD_4667_Preparação e confeção de molhos e fundos de cozinha_índice.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidadeAula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
Aula de filosofia sobre Sexo, Gênero e sexualidade
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
 
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
Podcast: como preparar e produzir um programa radiofônico e distribuir na int...
 
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
2009_Apresentação-ufscar- TCC - AILTON.ppt
 
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdfAula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
Aula04A-Potencia em CA eletricidade USP.pdf
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdfApostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
Apostila-Microbiologia-e-Parasitologia-doc.pdf
 
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
3ª série HIS - PROVA PAULISTA DIA 1 - 1º BIM-24.pdf
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 

A sociedade maia 7b

  • 1. A CIVILIZAÇÃO MAIA Integrantes: Ikaro siqueira Rodrigues Vítor Gabriel Silva Segui Matheus Duarte Madia Murilo Lisboa Córdoba Murilo Hoffmann Carmassi
  • 2. A civilização maia • foi uma cultura mesoamericana pré-colombiana, notável por sua língua escrita (único sistema de escrita do novo mundo pré-colombiano que podia representar completamente o idioma falado no mesmo grau de eficiência que o idioma escrito no velho mundo), pela sua arte, arquitetura, matemática e sistemas astronômicos. Inicialmente estabelecidas durante o período pré–clássico (1000 a.C. a 250 d.C.), muitas cidades maias atingiram o seu mais elevado estado de desenvolvimento durante o período clássico (250 d.C. a 900 d.C.), continuando a se desenvolver durante todo o período pós-clássico, até a chegada dos Espanhóis. No seu auge, era uma das mais densamente povoadas e culturalmente dinâmicas sociedades do mundo.
  • 3. A civilização maia divide muitas características com outras civilizações da Mesoamérica, devido ao alto grau de interação e difusão cultural que caracteriza a região. Avanços como a escrita, epigrafia e o calendário não se originaram com os maias; no entanto, sua civilização se desenvolveu plenamente. A influência dos maias pode ser detectada em países como Honduras, Guatemala, El Salvador e na região central do México, a mais de 1000 km da área maia. Muitas influências externas são encontrados na arte e arquitetura Maia, o que acredita-se ser resultado do intercâmbio comercial e cultural, em vez de conquista externa direta. Os povos maias nunca desapareceram, nem na época do declínio no período clássico, nem com a chegada dos conquistadores espanhóis e a subsequente colonização espanhola das Américas. Hoje, os maias e seus descendentes formam populações consideráveis em toda a área antiga maia e mantém um conjunto distinto de tradições e crenças que são o resultado da fusão das ideologias pré-colombianas e pós-conquista (e estruturado pela aprovação quase total do catolicismo romano).
  • 4.
  • 5. Muitas línguas maias continuam a ser faladas como línguas primárias ainda hoje; o Rabinal Achí, uma obra literária na língua achi, declarada uma obra-prima do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade pela UNESCO em 2005. As evidências arqueológicas mostram que os maias começaram a edificar sua arquitetura cerimonial há 3000 anos. Entre os estudiosos, há um certo desacordo sobre os limites e diferenças entre a civilização maia e a cultura mesoamericana pré-clássica vizinha dos olmecas. Os olmecas e os maias antigos parecem ter-se influenciado mutuamente. Os monumentos mais antigos consistem em simples montículos remanescentes de tumbas, precursoras das pirâmides erguidas mais tarde. Eventualmente, a cultura olmeca ter-se-ia desvanecido depois de dispersar a sua influência na península de Iucatã, na Guatemala e em outras regiões. Os maias tinham economia preponderantemente agrícola embora praticassem ativamente o comércio em toda a Mesoamérica e possivelmente para além desta. Entre os principais produtos do comércio estavam o jade, o cacau, o sal e a obsidiana.
  • 6. Extensão geográfica A civilização maia estendeu-se por todo o atual sul dos estados mexicanos de Chiapas, Tabasco, e Península de Yucatán estados de Quintana Roo , Campeche e Yucatán. A área Maya também se estendeu por todo o norte da América Central, incluindo as atuais nações da Guatemala , Belize , Norte de El Salvador e no oeste de Honduras. A área dos Mayas é geralmente dividida em três zonas vagamente definidas: as terras altas do sul Maya, na Depressão Central e as planícies do norte. As terras maias altas do sul incluem todos os terrenos elevados na Guatemala e no planalto de Chiapas. As planícies do sul encontram-se apenas ao norte do planalto, e incorporam os estados mexicanos de Campeche, Quintana Roo, norte da Guatemala, Belize e El Salvador. As planícies do norte cobrem o restante da península de Iucatã, incluindo as colinas Puuc.[1]
  • 7.
  • 8. Decadência Nos séculos VIII e IX a cultura maia clássica entrou em decadência, abandonando a maioria das grandes cidades e as terras baixas centrais. A guerra, doenças, inundações e longas secas, ou ainda a combinação destes fatores são frequentemente sugeridos como os motivos da decadência. Existem evidências de uma era final em que a violência se expandia: cidades amplas e abertas foram então fortemente guarnecidas por muradas, às vezes visivelmente construídas às pressas. Teoriza-se também com revoltas sociais em que classes campesinas acabaram se revoltando contra a elite urbana nas terras baixas centrais. Os estados maias pós-clássicos também continuaram prosperando nos altiplanos do sul. Um dos reinos maias desta área, Quiché, é o responsável pelo mais amplo e famoso trabalho de historiografia e mitologia maias, o "Popol Vuh“.
  • 9. A conquista pelo império espanhol Os territórios maias foram absorvidos durante o processo de expansão do império asteca por volta do século XV. Por fim, no ano de 1519, o espanhol Hernán Cortez inicia a conquista do território asteca, incluindo as regiões anteriormente pertencentes aos maias. Algumas cidades ofereceram uma grande e feroz resistência; a última cidade estado não foi subjugada pelos espanhóis senão em 1697.