SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 35
Fábrica de Testes X-Zone Solutions Framework ® Garantindo os Requisitos Funcionais e Não Funcionais dos Sistemas de Negócios
[object Object],[object Object],Visão Geral desta Apresentação Estrutura da Apresentação: ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],Investimentos em Qualidade de Software
Fatores Motivacionais ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Benefícios Esperados ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],Investimentos na Fábrica de Testes Se testar é uma boa prática, o que aconteceria se utilizarmos esta prática ao extremo, realizando o maior número de testes possíveis no menor espaço de tempo ... Filosofia XP ( “ Extreme Programing”)
Fatores Motivacionais ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Benefícios Esperados ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
[object Object],[object Object],Investimentos na Fábrica de Testes
Escopo da Fábrica de Testes Convencional Gerenciamento da Execução dos Testes Concepção Elaboração Construção Transição Processo de Testes de Software Planejamento dos Testes Especificação dos Testes Encerramento do Processo Modelagem dos Testes Preparação do Ambiente Processamento dos Testes Análise dos Resultados [Novo Ciclo = Sim] [Novo Ciclo = Não] LEGENDA: “ CAMINHO NORMAL” “ CAMINHO CRÍTICO”
Escopo da Fábrica de Testes com X-Zone ® Gerenciamento dos Projetos de Testes Concepção Elaboração Construção Transição Processo de Testes de Software Planejamento dos Testes Especificação dos Testes Encerramento do Processo Modelagem dos Testes Preparação do Ambiente Processamento dos Testes Análise dos Resultados [Novo Ciclo = Sim] [Novo Ciclo = Não] LEGENDA: “ CAMINHO NORMAL” “ CAMINHO CRÍTICO”
Fábrica de Software Produto Fábrica de Testes  Produção 20 dias 10 dias Homologação Distribuição Construção Especificação 25 dias 35 dias 90 dias IMPACTO:   Estabilização do Software ocorre após o Desenvolvimento  Ciclo de Desenvolvimento = 60 dias Atuação da Fábrica de Testes Convencional Estabilização   Testes são executados após o término do Desenvolvimento Release em Validação Release Validado
IMPACTO :  Estabilização do Software ocorre durante o Desenvolvimento Atuação da Fábrica de Testes com X-Zone ® Testes são executados em paralelo ao Desenvolvimento Release em Validação Release Validado Ciclo de Desenvolvimento = 35 dias Fábrica de Software Produto Produção 20 dias 10 dias Homologação Distribuição Construção e Testes Especificação 25 dias 10 dias 65 dias Aceite  Fábrica de Testes
A adoção de Testes em paralelo reduz até 28 % os PRAZOS POR PROJETO Testes em Paralelo geram redução nos Prazos dos Projetos da TI Vantagens da Fábrica de Testes com X-Zone ® Pacote #1 Especificação Construção e Testes Homologação Distribuição 20 dias 35 dias 25 dias 10 dias Duração do Projeto 90 dias COM TESTES MANUAIS APLICADOS Pacote #1 20 dias 35 dias 20 dias 10 dias 85 dias TESTES AUTOMATIZADOS ITERAÇÃO #1 1.000 casos de testes Pacote #1 20 dias 30 dias 15 dias 10 dias 75 dias Pacote #4 20 dias 25 dias 10 dias 10 dias 65 dias TESTES AUTOMATIZADOS ITERAÇÃO #2 2.500 casos de testes TESTES AUTOMATIZADOS ITERAÇÃO #3 5.000 casos de testes Redução - Até 29 % Até 60 % - Até 28 % SISTEMA DE NEGÓCIO PROCESSOS
A Fábrica de Testes reflete radicalmente nos índices de Produtividade no Processo de Desenvolvimento Vantagens da Fábrica de Testes com X-Zone ® Evolução e amadurecimento da cultura de testes Maturidade Menor ciclo de estabilização dos sistemas de negócio Restrição Maior volume de testes gerenciados pelos Analistas Produtividade Menor volume de defeitos “não-procedentes”   Confiabilidade Maior precisão na detecção de defeitos Eficácia Menor custo de execução dos testes Custo Menor tempo de execução dos testes Prazo Maior volume de casos de testes Qualidade Impacto da Fábrica de Testes  Indicador
Vantagens da Fábrica de Testes com X-Zone ® Retornos associados à implantação da Fábrica de Testes com X-Zone ® ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Maturidade Organizacional Diferenciação dos Serviços ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Suporta Mudanças Imagem Institucional ,[object Object],- Aumento da Qualidade; ,[object Object],- Redução de Prazos; ,[object Object],- Redução de Custos; Satisfação de Clientes Competitividade
[object Object],[object Object],Investimentos na Solução X-Zone ®
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Vantagens do Framework de Testes X-Zone ®
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Vantagens do Framework de Testes X-Zone ®
Integrar os processos de trabalho com um exclusivo Framework Brasileiro,  reduzindo investimentos em ferramentas e eliminando riscos  na implantação de todos os processos de engenharia de software. Suportar  alta escalabilidade de trabalho , sem que o conhecimento fique restrito a um determinado grupo de profissionais, reduzindo riscos operacionais e dependências técnicas. Visão da Solução X-Zone Visão Estratégica da Solução X-Zone ®
Modelo Tradicional de Solução Integrada
Modelo Proposto de Solução X-Zone ®
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Características da Solução X-Zone ®
[object Object],[object Object],Evolução da Solução X-Zone ®
Reunir as  melhores práticas de Testes e Qualidade de Software , desenvolvidas por profissionais brasileiros, empregando tecnologia nacional. Potencilizar os benefícios das práticas de testes e qualidade de software,  combinando as metodologias ágeis com os processos voltados à rígidos controles operacionais . Desafios de Curto Prazo Visão de Curto Prazo da Solução X-Zone ®
Reunir empresas e profissionais que buscam definir um novo modelo de gestão e desenvolvimento de software, baseado na  agilidade e controle operacional . Servir como uma verdadeira  Base Compartilhada de Conhecimento de TI , promovendo sinergia entre empresas que buscam dar saltos contínuos de produtividade e qualidade, compartilhando experiências e definindo uma estratégia de atuação no mercado nacional e internacional. Desafios de Longo Prazo Visão de Longo Prazo da Solução X-Zone ®
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Metas: Novas Funcionalidades para 2009
[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],Metas: Aquisição de Componentes para 2009
[object Object],[object Object],Telas do X-Zone   Solutions Framework ®
Suites do X-Zone   Solutions Framework ®
Telas do X-Zone   Solutions Framework ®
Telas do X-Zone   Solutions Framework ®
Telas do X-Zone   Solutions Framework ®
Telas do X-Zone   Solutions Framework ®
Informações sobre o X-Zone ® !!! Informações !!! Requisitar para: Alexandre Bartie [email_address] tel. (11) 4123-8254 cel. (11) 9623-3124 Skype-me !

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Teste de usabilidade
Teste de usabilidadeTeste de usabilidade
Teste de usabilidadeDanilo Sousa
 
Pesquisa Ferramentas e Gestão de Testes de Software
Pesquisa Ferramentas e Gestão de Testes de SoftwarePesquisa Ferramentas e Gestão de Testes de Software
Pesquisa Ferramentas e Gestão de Testes de SoftwareJoão Júnior
 
Uma Metodologia Para Teste De Software No Contexto Da Melhoria De Processo
Uma Metodologia Para Teste De Software No Contexto Da Melhoria De ProcessoUma Metodologia Para Teste De Software No Contexto Da Melhoria De Processo
Uma Metodologia Para Teste De Software No Contexto Da Melhoria De Processocrc1404
 
Revisao inspecao artefatos testes estaticos
Revisao inspecao artefatos testes estaticosRevisao inspecao artefatos testes estaticos
Revisao inspecao artefatos testes estaticosCristiano Caetano
 
[Portfólio Acadêmico] [FIT] Mapas de navegação, lista de tarefas e fluxograma...
[Portfólio Acadêmico] [FIT] Mapas de navegação, lista de tarefas e fluxograma...[Portfólio Acadêmico] [FIT] Mapas de navegação, lista de tarefas e fluxograma...
[Portfólio Acadêmico] [FIT] Mapas de navegação, lista de tarefas e fluxograma...Rafael Kanaoka
 
Palestra sobre DevOps na ASSESPRO-MG
Palestra sobre DevOps na ASSESPRO-MGPalestra sobre DevOps na ASSESPRO-MG
Palestra sobre DevOps na ASSESPRO-MGWelington Monteiro
 
QATEST - Agile Brazil 2014 - O impacto do DEVOPS na Qualidade de Software
QATEST - Agile Brazil 2014 - O impacto do DEVOPS na Qualidade de SoftwareQATEST - Agile Brazil 2014 - O impacto do DEVOPS na Qualidade de Software
QATEST - Agile Brazil 2014 - O impacto do DEVOPS na Qualidade de SoftwareWelington Monteiro
 
Noções em teste de software e introdução a automação
Noções em teste de software e introdução a automaçãoNoções em teste de software e introdução a automação
Noções em teste de software e introdução a automaçãoSandy Maciel
 
ALM - Testes Exploratórios
ALM - Testes ExploratóriosALM - Testes Exploratórios
ALM - Testes ExploratóriosAlan Carlos
 
4 engenharia de software
4   engenharia de software4   engenharia de software
4 engenharia de softwareFelipe Bugov
 
Verificação, Validação e Teste de Software
Verificação, Validação e Teste de SoftwareVerificação, Validação e Teste de Software
Verificação, Validação e Teste de SoftwareCamilo Almendra
 
Estratégia de implantação de testes automatizados em ambiente ágil
Estratégia de implantação de testes automatizados em ambiente ágilEstratégia de implantação de testes automatizados em ambiente ágil
Estratégia de implantação de testes automatizados em ambiente ágilFlavia Mucedola
 
Teste de Software Introdução à Qualidade
Teste de Software Introdução à Qualidade Teste de Software Introdução à Qualidade
Teste de Software Introdução à Qualidade Camilo Ribeiro
 
Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégiasAutomação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégiasKleitor Franklint Correa Araujo
 
Testes de software
Testes de softwareTestes de software
Testes de softwareteste
 
Certificações em Teste e Qualidade de Software
Certificações em Teste e Qualidade de SoftwareCertificações em Teste e Qualidade de Software
Certificações em Teste e Qualidade de SoftwareCamilo Ribeiro
 

Mais procurados (20)

Introdução ao design de teste de software
Introdução ao design de teste de softwareIntrodução ao design de teste de software
Introdução ao design de teste de software
 
Teste de usabilidade
Teste de usabilidadeTeste de usabilidade
Teste de usabilidade
 
Pesquisa Ferramentas e Gestão de Testes de Software
Pesquisa Ferramentas e Gestão de Testes de SoftwarePesquisa Ferramentas e Gestão de Testes de Software
Pesquisa Ferramentas e Gestão de Testes de Software
 
Uma Metodologia Para Teste De Software No Contexto Da Melhoria De Processo
Uma Metodologia Para Teste De Software No Contexto Da Melhoria De ProcessoUma Metodologia Para Teste De Software No Contexto Da Melhoria De Processo
Uma Metodologia Para Teste De Software No Contexto Da Melhoria De Processo
 
Revisao inspecao artefatos testes estaticos
Revisao inspecao artefatos testes estaticosRevisao inspecao artefatos testes estaticos
Revisao inspecao artefatos testes estaticos
 
[Portfólio Acadêmico] [FIT] Mapas de navegação, lista de tarefas e fluxograma...
[Portfólio Acadêmico] [FIT] Mapas de navegação, lista de tarefas e fluxograma...[Portfólio Acadêmico] [FIT] Mapas de navegação, lista de tarefas e fluxograma...
[Portfólio Acadêmico] [FIT] Mapas de navegação, lista de tarefas e fluxograma...
 
Palestra sobre DevOps na ASSESPRO-MG
Palestra sobre DevOps na ASSESPRO-MGPalestra sobre DevOps na ASSESPRO-MG
Palestra sobre DevOps na ASSESPRO-MG
 
QATEST - Agile Brazil 2014 - O impacto do DEVOPS na Qualidade de Software
QATEST - Agile Brazil 2014 - O impacto do DEVOPS na Qualidade de SoftwareQATEST - Agile Brazil 2014 - O impacto do DEVOPS na Qualidade de Software
QATEST - Agile Brazil 2014 - O impacto do DEVOPS na Qualidade de Software
 
Noções em teste de software e introdução a automação
Noções em teste de software e introdução a automaçãoNoções em teste de software e introdução a automação
Noções em teste de software e introdução a automação
 
Processo de implantação de testes automatizados
Processo de implantação de testes automatizadosProcesso de implantação de testes automatizados
Processo de implantação de testes automatizados
 
Qualidade e Teste de Software
Qualidade e Teste de SoftwareQualidade e Teste de Software
Qualidade e Teste de Software
 
Ctai Teste De Software Aula 2
Ctai Teste De Software Aula 2Ctai Teste De Software Aula 2
Ctai Teste De Software Aula 2
 
ALM - Testes Exploratórios
ALM - Testes ExploratóriosALM - Testes Exploratórios
ALM - Testes Exploratórios
 
4 engenharia de software
4   engenharia de software4   engenharia de software
4 engenharia de software
 
Verificação, Validação e Teste de Software
Verificação, Validação e Teste de SoftwareVerificação, Validação e Teste de Software
Verificação, Validação e Teste de Software
 
Estratégia de implantação de testes automatizados em ambiente ágil
Estratégia de implantação de testes automatizados em ambiente ágilEstratégia de implantação de testes automatizados em ambiente ágil
Estratégia de implantação de testes automatizados em ambiente ágil
 
Teste de Software Introdução à Qualidade
Teste de Software Introdução à Qualidade Teste de Software Introdução à Qualidade
Teste de Software Introdução à Qualidade
 
Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégiasAutomação de testes - uma introdução sobre estratégias
Automação de testes - uma introdução sobre estratégias
 
Testes de software
Testes de softwareTestes de software
Testes de software
 
Certificações em Teste e Qualidade de Software
Certificações em Teste e Qualidade de SoftwareCertificações em Teste e Qualidade de Software
Certificações em Teste e Qualidade de Software
 

Semelhante a X-Zone: Fabrica de Testes

Tdc continuous testing
Tdc   continuous testing Tdc   continuous testing
Tdc continuous testing Walter Farias
 
Processo de Implantação de ERP
Processo de Implantação de ERPProcesso de Implantação de ERP
Processo de Implantação de ERPLuiz Araujo
 
Tech talk clean architecture and_pyramid_test
Tech talk clean architecture and_pyramid_testTech talk clean architecture and_pyramid_test
Tech talk clean architecture and_pyramid_testVictor Yuri Alves Tripeno
 
Reusabilidade na Utilização de Frameworks Automatizados
Reusabilidade na Utilização de Frameworks Automatizados Reusabilidade na Utilização de Frameworks Automatizados
Reusabilidade na Utilização de Frameworks Automatizados Webcasts developerWorks Brasil
 
Conceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidade
Conceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidadeConceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidade
Conceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidaderzauza
 
Teste Contínuo de Integração e Virtualização de Serviços
Teste Contínuo de Integração e Virtualização de ServiçosTeste Contínuo de Integração e Virtualização de Serviços
Teste Contínuo de Integração e Virtualização de ServiçosRationalBrasil
 
Desenvolvimento de software - novas abordagens e desafios - Ricardo Cristalli
Desenvolvimento de software - novas abordagens e desafios - Ricardo CristalliDesenvolvimento de software - novas abordagens e desafios - Ricardo Cristalli
Desenvolvimento de software - novas abordagens e desafios - Ricardo CristalliRio Info
 
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptxGerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptxRoberto Nunes
 
Aula07_TesteSoftware_Parte1_semResposta.pdf
Aula07_TesteSoftware_Parte1_semResposta.pdfAula07_TesteSoftware_Parte1_semResposta.pdf
Aula07_TesteSoftware_Parte1_semResposta.pdfHoctairBernardino
 

Semelhante a X-Zone: Fabrica de Testes (20)

Tdc continuous testing
Tdc   continuous testing Tdc   continuous testing
Tdc continuous testing
 
Processo de Implantação de ERP
Processo de Implantação de ERPProcesso de Implantação de ERP
Processo de Implantação de ERP
 
Tech talk clean architecture and_pyramid_test
Tech talk clean architecture and_pyramid_testTech talk clean architecture and_pyramid_test
Tech talk clean architecture and_pyramid_test
 
Reusabilidade na Utilização de Frameworks Automatizados
Reusabilidade na Utilização de Frameworks Automatizados Reusabilidade na Utilização de Frameworks Automatizados
Reusabilidade na Utilização de Frameworks Automatizados
 
Testes Funcionais
Testes FuncionaisTestes Funcionais
Testes Funcionais
 
Testes em times ageis - SBTS 2008
Testes em times ageis - SBTS 2008Testes em times ageis - SBTS 2008
Testes em times ageis - SBTS 2008
 
Workshop ietec Devops Testing
Workshop ietec Devops TestingWorkshop ietec Devops Testing
Workshop ietec Devops Testing
 
Lean agile testing
Lean agile testingLean agile testing
Lean agile testing
 
Conceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidade
Conceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidadeConceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidade
Conceitos e fundamentos sobre testes de software e garantia da qualidade
 
Testes de software
Testes de softwareTestes de software
Testes de software
 
Qualidade de software
Qualidade de softwareQualidade de software
Qualidade de software
 
Teste Contínuo de Integração e Virtualização de Serviços
Teste Contínuo de Integração e Virtualização de ServiçosTeste Contínuo de Integração e Virtualização de Serviços
Teste Contínuo de Integração e Virtualização de Serviços
 
Desenvolvimento de software - novas abordagens e desafios - Ricardo Cristalli
Desenvolvimento de software - novas abordagens e desafios - Ricardo CristalliDesenvolvimento de software - novas abordagens e desafios - Ricardo Cristalli
Desenvolvimento de software - novas abordagens e desafios - Ricardo Cristalli
 
Programacao Extrema
Programacao ExtremaProgramacao Extrema
Programacao Extrema
 
QAOps - Agile Trends 2021
QAOps - Agile Trends 2021QAOps - Agile Trends 2021
QAOps - Agile Trends 2021
 
Teste de Software
Teste de SoftwareTeste de Software
Teste de Software
 
Brisa - Cases Qualidade Sofware
Brisa -  Cases Qualidade SofwareBrisa -  Cases Qualidade Sofware
Brisa - Cases Qualidade Sofware
 
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptxGerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
Gerenciamento da Qualidade de Software 4.pptx
 
Aula07_TesteSoftware_Parte1_semResposta.pdf
Aula07_TesteSoftware_Parte1_semResposta.pdfAula07_TesteSoftware_Parte1_semResposta.pdf
Aula07_TesteSoftware_Parte1_semResposta.pdf
 
Dba Testes Gerentes B2
Dba Testes Gerentes B2Dba Testes Gerentes B2
Dba Testes Gerentes B2
 

Último

Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)Alessandro Almeida
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAMarcio Venturelli
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfRodolpho Concurde
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Dirceu Resende
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORDRONDINELLYRAMOS1
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASMarcio Venturelli
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx2m Assessoria
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiPaulo Pagliusi, PhD, CISM
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx2m Assessoria
 

Último (11)

Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo PagliusiPalestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
Palestras sobre Cibersegurança em Eventos - Paulo Pagliusi
 
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
[ServiceNow] Upgrade de versão - 2ª edição (Revisada, atualizada e ampliada)
 
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIAEAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
EAD Curso - CIÊNCIA DE DADOS NA INDÚSTTRIA
 
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdfFrom_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
From_SEH_Overwrite_with_Egg_Hunter_to_Get_a_Shell_PT-BR.pdf
 
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CÁLCULO DIFERENCIAL E INTEGRAL II - 52_2024.docx
 
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
Apresentação Power Embedded - Descubra uma nova forma de compartilhar relatór...
 
Apostila e caderno de exercicios de WORD
Apostila e caderno de exercicios de  WORDApostila e caderno de exercicios de  WORD
Apostila e caderno de exercicios de WORD
 
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINASCOI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
COI CENTRO DE OPERAÇÕES INDUSTRIAIS NAS USINAS
 
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - GESTÃO DE PESSOAS E DESENVOLVIMENTO DE EQUIPES - 52_2024.docx
 
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo PagliusiEntrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
Entrevistas, artigos, livros & citações de Paulo Pagliusi
 
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docxATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
ATIVIDADE 1 - CUSTOS DE PRODUÇÃO - 52_2024.docx
 

X-Zone: Fabrica de Testes

  • 1. Fábrica de Testes X-Zone Solutions Framework ® Garantindo os Requisitos Funcionais e Não Funcionais dos Sistemas de Negócios
  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10. Escopo da Fábrica de Testes Convencional Gerenciamento da Execução dos Testes Concepção Elaboração Construção Transição Processo de Testes de Software Planejamento dos Testes Especificação dos Testes Encerramento do Processo Modelagem dos Testes Preparação do Ambiente Processamento dos Testes Análise dos Resultados [Novo Ciclo = Sim] [Novo Ciclo = Não] LEGENDA: “ CAMINHO NORMAL” “ CAMINHO CRÍTICO”
  • 11. Escopo da Fábrica de Testes com X-Zone ® Gerenciamento dos Projetos de Testes Concepção Elaboração Construção Transição Processo de Testes de Software Planejamento dos Testes Especificação dos Testes Encerramento do Processo Modelagem dos Testes Preparação do Ambiente Processamento dos Testes Análise dos Resultados [Novo Ciclo = Sim] [Novo Ciclo = Não] LEGENDA: “ CAMINHO NORMAL” “ CAMINHO CRÍTICO”
  • 12. Fábrica de Software Produto Fábrica de Testes Produção 20 dias 10 dias Homologação Distribuição Construção Especificação 25 dias 35 dias 90 dias IMPACTO: Estabilização do Software ocorre após o Desenvolvimento Ciclo de Desenvolvimento = 60 dias Atuação da Fábrica de Testes Convencional Estabilização Testes são executados após o término do Desenvolvimento Release em Validação Release Validado
  • 13. IMPACTO : Estabilização do Software ocorre durante o Desenvolvimento Atuação da Fábrica de Testes com X-Zone ® Testes são executados em paralelo ao Desenvolvimento Release em Validação Release Validado Ciclo de Desenvolvimento = 35 dias Fábrica de Software Produto Produção 20 dias 10 dias Homologação Distribuição Construção e Testes Especificação 25 dias 10 dias 65 dias Aceite Fábrica de Testes
  • 14. A adoção de Testes em paralelo reduz até 28 % os PRAZOS POR PROJETO Testes em Paralelo geram redução nos Prazos dos Projetos da TI Vantagens da Fábrica de Testes com X-Zone ® Pacote #1 Especificação Construção e Testes Homologação Distribuição 20 dias 35 dias 25 dias 10 dias Duração do Projeto 90 dias COM TESTES MANUAIS APLICADOS Pacote #1 20 dias 35 dias 20 dias 10 dias 85 dias TESTES AUTOMATIZADOS ITERAÇÃO #1 1.000 casos de testes Pacote #1 20 dias 30 dias 15 dias 10 dias 75 dias Pacote #4 20 dias 25 dias 10 dias 10 dias 65 dias TESTES AUTOMATIZADOS ITERAÇÃO #2 2.500 casos de testes TESTES AUTOMATIZADOS ITERAÇÃO #3 5.000 casos de testes Redução - Até 29 % Até 60 % - Até 28 % SISTEMA DE NEGÓCIO PROCESSOS
  • 15. A Fábrica de Testes reflete radicalmente nos índices de Produtividade no Processo de Desenvolvimento Vantagens da Fábrica de Testes com X-Zone ® Evolução e amadurecimento da cultura de testes Maturidade Menor ciclo de estabilização dos sistemas de negócio Restrição Maior volume de testes gerenciados pelos Analistas Produtividade Menor volume de defeitos “não-procedentes” Confiabilidade Maior precisão na detecção de defeitos Eficácia Menor custo de execução dos testes Custo Menor tempo de execução dos testes Prazo Maior volume de casos de testes Qualidade Impacto da Fábrica de Testes Indicador
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.
  • 20. Integrar os processos de trabalho com um exclusivo Framework Brasileiro, reduzindo investimentos em ferramentas e eliminando riscos na implantação de todos os processos de engenharia de software. Suportar alta escalabilidade de trabalho , sem que o conhecimento fique restrito a um determinado grupo de profissionais, reduzindo riscos operacionais e dependências técnicas. Visão da Solução X-Zone Visão Estratégica da Solução X-Zone ®
  • 21. Modelo Tradicional de Solução Integrada
  • 22. Modelo Proposto de Solução X-Zone ®
  • 23.
  • 24.
  • 25. Reunir as melhores práticas de Testes e Qualidade de Software , desenvolvidas por profissionais brasileiros, empregando tecnologia nacional. Potencilizar os benefícios das práticas de testes e qualidade de software, combinando as metodologias ágeis com os processos voltados à rígidos controles operacionais . Desafios de Curto Prazo Visão de Curto Prazo da Solução X-Zone ®
  • 26. Reunir empresas e profissionais que buscam definir um novo modelo de gestão e desenvolvimento de software, baseado na agilidade e controle operacional . Servir como uma verdadeira Base Compartilhada de Conhecimento de TI , promovendo sinergia entre empresas que buscam dar saltos contínuos de produtividade e qualidade, compartilhando experiências e definindo uma estratégia de atuação no mercado nacional e internacional. Desafios de Longo Prazo Visão de Longo Prazo da Solução X-Zone ®
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30. Suites do X-Zone Solutions Framework ®
  • 31. Telas do X-Zone Solutions Framework ®
  • 32. Telas do X-Zone Solutions Framework ®
  • 33. Telas do X-Zone Solutions Framework ®
  • 34. Telas do X-Zone Solutions Framework ®
  • 35. Informações sobre o X-Zone ® !!! Informações !!! Requisitar para: Alexandre Bartie [email_address] tel. (11) 4123-8254 cel. (11) 9623-3124 Skype-me !