SlideShare uma empresa Scribd logo
Qualidade e Teste de Software 
O que preciso saber? 
por Kamilla Queiróz
Kamilla Queiróz 
• Tecnóloga em Análise e Desenvolvimento de 
Sistemas – Unitins 
• Pós-Graduanda em Qualidade e Teste de 
Software pela UNINASSAU – PE
Kamilla Queiróz 
• Coordenadora e Co-fundadora do GTS-CE 
•• CCeerrttiiffiiccaaddaa CCBBTTSS 
• Analista de Testes Pleno – Instituto Atlântico
Primeiros Passos 
• Qualidade de Software 
•• TTeessttee ddee SSooffttwwaarree 
• É importante testar? Porquê? 
• Ciclo de Vida (Desenvolvimento Vs Testes)
O que é Qualidade ? 
• O termo QUALIDADE é utilizado em diversas 
situações: 
– QUALIDADE de um restaurante 
• bom atendimento 
• refeições saborosas 
• ambiente organizado e higiênico
O que é Qualidade ? (2) 
MAS ESSA NOÇÃO DE QUALIDADE PODE 
E MUDA DE PESSOA PARA PESSOA
O que é Qualidade ? (3) 
• De acordo com a norma ISO 9000, a definição 
de QUALIDADE é: 
“QUALIDADE é o grau no qual 
um conjunto de características 
inerentes, satisfaz a requisitos”
Qualidade de Software 
• Esse termo não existe (ops!) 
• Mas temos: 
– GARANTIA DA QUALIDADE 
– CONTROLE DA QUALIDADE
Garantia da Qualidade (QA) 
• É um processo de auditoria dos requisitos de 
qualidade e de resultados das medições; 
• Visa garantir que sseejjaamm uussaaddooss ppaaddrrõõeess ddee 
qualidade e definições operacionais;
Controle da Qualidade (QC) 
• É um processo de monitoramento e registro 
de resultados das atividades de qualidade 
para avaliar o desempenho; 
• Visa obter informações para recomendar 
mudanças que sejam necessárias;
Qualidade do Processo 
• Afeta diretamente a qualidade dos produtos 
fornecidos 
“desta forma, se o processo de 
DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE for BEM 
DEFINIDO as chances dos produtos que forem 
produzidos com base nele terem MELHOR 
QUALIDADE é alta.”
PENSE NISSO... 
• QUALIDADE DO PRODUTO é o que 
buscamos, a QUALIDADE DO PROCESSO é 
o meio para conseguirmos! –– ((aammiiggaa)) RReeggiinnaa 
Maria Thienne Colombo / INMETRO
Custo da Qualidade 
• Engloba todos os custos ocorridos no ciclo de 
vida de um produto – seja ele de: conformidade 
ou não-conformidade. 
• Deve sempre ser visto como INVESTIMENTO
(amigo) Myers e sua regra 10
• Leia-se: 
QUANTO ANTES (mais cedo) descobrimos e 
corrigimos um ddeeffeeiittoo MMEENNOORR SSEERRÁÁ SSEEUU 
CUSTO (mais barato).
Custo da Conformidade 
• Custos com prevenção 
• Custos com treinamento, ppllaanneejjaammeennttoo,, 
revisões e homoligação 
• Custos com inspeções
Custos da Não-Conformidade 
• Custos de falha interna; 
• Custos com retrabalho, análise ddee ffaallhhaass,, 
ações corretivas, atraso no cronograma;
Teste de Software 
• Definições encontradas: 
– ‘é analisar um programa com a intenção de 
descobrir erros e defeitos’ ,, ((aammiiggoo)) MMyyeerrss.. 
– ‘é exercitar ou simular a operação de um 
programa ou sistema’, alguém por aí.
– ‘é avaliar se o software está fazendo o que deveria 
fazer, de acordo com seus requisitos, e não está 
fazendo o que não deveria fazer’, outro alguém 
por aí. 
– ‘é qualquer atividade que a partir da avaliação de 
um atributo ou capacidade de um programa ou 
sistema seja possível determinar se ele alcança os 
resultados desejados’, Bill Hetzel.
• Em todo caso, Teste de Software é: 
– uma das atividades dentro do processo de 
desenvolvimento de software; 
– tem a finalidade de determinar ssee cceerrttoo pprroodduuttoo 
atingiu suas especificações e funcionou 
corretamente;
• E seu objetivo nada mais é que: 
– Revelar o número máximo de falhas, com menor 
esforço; 
– Identificar essas falhas e suas causas, ppaarraa qquuee aass 
mesmas sejam corrigidas pela equipe de 
desenvolvimento;
• Quem trabalha com Teste de Software: 
– Testador 
– Analista de Teste 
– Automatizador 
–– AArrqquuiitteettoo ddee TTeessttee 
– Líder de Teste 
–Gerente de Teste
• Lembrando – para exercer qualquer atividade 
das mencionadas é necessário: 
–– sseerr iinnvveessttiiggaaddoorr 
– ser criativo 
– ser questionador 
– ser detalhista 
– ser pró-ativo
• Abrangência dos Testes 
– varia muito de quanto de prazo e custo pode-se 
investir 
• Se os testes forem executados apenas no fim do 
processo, a abrangência tende a ser menor, em 
comparação a se forem executados em andamento com 
o processo de desenvolvimento (desde o inicio); 
• Os dois processos andando em paralelo (lado a lado) as 
chances de testar com maior capacidade e cobertura é 
muito maior;
Teste e Qualidade 
• Algumas questões: 
– Teste é igual a qualidade? 
– Se testarmos , teremos qualidade? 
Testes por si só não constroem a qualidade, 
mas podem fornecer confiança 
na qualidade de software.
• Detalhe ae... 
ERRO != DEFEITO != FALHA
É importante testar? Por quê? 
• Alguns (poucos) dentre os vários motivos: 
– questões de negócio 
–– qquuaalliiddaaddee 
– custo 
– segurança 
– confiabilidade
• Quer mais (?) 
– o ser humano é passível de erro devido à: 
•• pprreessssããoo ddee pprraazzoo 
• códigos complexos 
• complexidade na infraestrutura 
• mudanças na tecnologia 
• muitas interações de sistema
• Mais ainda (?) 
– falhas causadas por interferências do ambiente: 
• radiação 
• magnetismo 
• campos eletrônicos 
• poluição 
Pois devido a isso podem causar 
falhas em software embarcado 
e influenciar a execução 
pelas mudanças de condições de hardware.
Ciclo de Vida 
• Atividades fundamentais: 
– especificação 
– projeto ee iimmpplleemmeennttaaççããoo 
– validação 
– evolução
• Especificação 
– etapa onde destina-se a estabelecer quais 
funções são requeridas pelo sistema e as 
restrições sobre operação ee oo ddeesseennvvoollvviimmeennttoo ddoo 
sistema. 
– é nessa etapa onde há a produção de uma 
documentação de requisito, que é a especificação 
para o sistema.
– contempla quatro fases: 
• estudo de viabilidade; 
• levantamento e análise de requisitos; 
• especificação de requisitos; 
• validação de requisitos 
Em qual dessas fases é passível atuação do Teste de Software?
• Projeto e implementação 
– etapa da conversão de um especificação em um 
sistema executável; 
– atividades ccoonntteemmppllaaddaass:: 
• projeto de arquitetura; 
• especificação abstrata; 
• projeto de interface; 
• projeto de componentes; 
• projeto de estrutura de dados; 
• projeto de algoritmo;
• Validação 
– etapa pela qual destina-se a mostrar que um 
sistema está de acordo com suas especificações e 
que atende às expectativas ddoo cclliieennttee;; 
• Evolução 
– etapa de melhorias e evoluções pelas quais o 
sistema necessita evoluir para atender as 
necessidades mutáveis do cliente;
Validação e Verificação (V&V) 
• Como dito (repetindo) – destina-se a mostrar 
que um sistema está de acordo com suas 
especificações; 
• Tal processo envolve, verificar processos por 
meio inspeções e verificações em cada estágio 
do processo – desde a definição dos requisitos 
até o desenvolvimento do programa;
• Verificação – segundo a norma B87925, é 
descrito como um processo de avaliação de 
um sistema ou componente; 
– Em outros termos – será que construímos o 
produto direito? 
– Pergunta que cabe: O programa é livre de erros, 
faz o que deveria fazer?
• Validação – pela a norma B87925, é descrito 
como determinação da precisão dos produtos 
do desenvolvimento; 
– Visto como – esse é o produto certo? 
– Pergunta que cabe: É isso que você realmente 
quer?
Modelo V
Um extra? 
• Documentação (os mais importantes): 
– Planos de Teste 
• é uma maneira de documentar oo pprroojjeettoo ddee tteessttee –– 
definindo o nível de cobertura que deverá ser 
alcançado; 
– Casos de Teste 
• é a especificação mais detalhada do teste, com a 
pormenorização de campos de telas, formulários e etc.
Vamos relembrar? 
• Qualidade de Software >> Garantia da 
Qualidade e Controle da Qualidade; 
• Qualidade do Processo & CCuussttoo ddaa QQuuaalliiddaaddee 
• Regra 10 de Myers 
• Teste de Software
• Papeis em Teste de Software 
• Erro – Defeito – Falha 
•• CCiicclloo ddee VViiddaa 
• Validação & Verificação 
• Modelo V 
• Documentação
Finito (?) !! 
• Obrigado pela atenção! 
• Quer aprofundar e entender mais? 
•• CCoonnttaattoo 
– q.kamilla@gmail.com 
– http://mihqueiroz.com.br/resume.html

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Papéis em teste e qualidade de software
Papéis em teste e qualidade de softwarePapéis em teste e qualidade de software
Papéis em teste e qualidade de software
Felipe de Oliveira, CSM, CSPO
 
Verificação, Validação e Teste de Software
Verificação, Validação e Teste de SoftwareVerificação, Validação e Teste de Software
Verificação, Validação e Teste de Software
Camilo Almendra
 
Palestra Teste de Software: princípios, ferramentas e carreira
Palestra Teste de Software: princípios, ferramentas e carreiraPalestra Teste de Software: princípios, ferramentas e carreira
Palestra Teste de Software: princípios, ferramentas e carreira
Taís Dall'Oca
 
Noções em teste de software e introdução a automação
Noções em teste de software e introdução a automaçãoNoções em teste de software e introdução a automação
Noções em teste de software e introdução a automação
Sandy Maciel
 
Testes De Software - Uma Visão Geral
Testes De Software - Uma Visão GeralTestes De Software - Uma Visão Geral
Testes De Software - Uma Visão Geral
paulo peres
 
Introdução a Automação de Teste de Software
Introdução a Automação de Teste de SoftwareIntrodução a Automação de Teste de Software
Introdução a Automação de Teste de Software
Camilo Ribeiro
 
Validação e Testes de software
Validação e Testes de softwareValidação e Testes de software
Validação e Testes de software
Rondinelli Mesquita
 
Verificação e validação de software
Verificação e validação de softwareVerificação e validação de software
Verificação e validação de software
Leonardo Melo Santos
 
Validação e Testes de Software - MOD1
Validação e Testes de Software - MOD1Validação e Testes de Software - MOD1
Validação e Testes de Software - MOD1
Fernando Palma
 
Revisao inspecao artefatos testes estaticos
Revisao inspecao artefatos testes estaticosRevisao inspecao artefatos testes estaticos
Revisao inspecao artefatos testes estaticos
Cristiano Caetano
 
Engenharia de Testes
Engenharia de TestesEngenharia de Testes
Engenharia de Testes
UFPA
 
OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE DE PROJETOS
OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE DE PROJETOSOS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE DE PROJETOS
OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE DE PROJETOS
Luiz Ladeira
 
Minicurso - Teste de software (CACSI 2015)
Minicurso - Teste de software (CACSI 2015)Minicurso - Teste de software (CACSI 2015)
Minicurso - Teste de software (CACSI 2015)
Vanilton Pinheiro
 
Artigo - OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE D...
Artigo - OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE D...Artigo - OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE D...
Artigo - OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE D...
Luiz Ladeira
 
Teste de software
Teste de softwareTeste de software
Teste de software
Rafael Sanches
 
Fundamentos de Testes de Software - Qualidad
Fundamentos de Testes de Software - QualidadFundamentos de Testes de Software - Qualidad
Fundamentos de Testes de Software - Qualidad
Targettrust Treinamentos Tecnologia
 
Ctfl 2018 sample_b[v1.3br]
Ctfl 2018 sample_b[v1.3br]Ctfl 2018 sample_b[v1.3br]
Ctfl 2018 sample_b[v1.3br]
rafael327780
 
Testes de software
Testes de softwareTestes de software
Testes de software
Fernando Palma
 
Implantação de um Processo de Teste de Software - Randerson Melville
Implantação de um Processo de Teste de Software - Randerson Melville Implantação de um Processo de Teste de Software - Randerson Melville
Implantação de um Processo de Teste de Software - Randerson Melville
minastestingconference
 
Teste de software
Teste de softwareTeste de software
Teste de software
Daniel Paulo de Assis
 

Mais procurados (20)

Papéis em teste e qualidade de software
Papéis em teste e qualidade de softwarePapéis em teste e qualidade de software
Papéis em teste e qualidade de software
 
Verificação, Validação e Teste de Software
Verificação, Validação e Teste de SoftwareVerificação, Validação e Teste de Software
Verificação, Validação e Teste de Software
 
Palestra Teste de Software: princípios, ferramentas e carreira
Palestra Teste de Software: princípios, ferramentas e carreiraPalestra Teste de Software: princípios, ferramentas e carreira
Palestra Teste de Software: princípios, ferramentas e carreira
 
Noções em teste de software e introdução a automação
Noções em teste de software e introdução a automaçãoNoções em teste de software e introdução a automação
Noções em teste de software e introdução a automação
 
Testes De Software - Uma Visão Geral
Testes De Software - Uma Visão GeralTestes De Software - Uma Visão Geral
Testes De Software - Uma Visão Geral
 
Introdução a Automação de Teste de Software
Introdução a Automação de Teste de SoftwareIntrodução a Automação de Teste de Software
Introdução a Automação de Teste de Software
 
Validação e Testes de software
Validação e Testes de softwareValidação e Testes de software
Validação e Testes de software
 
Verificação e validação de software
Verificação e validação de softwareVerificação e validação de software
Verificação e validação de software
 
Validação e Testes de Software - MOD1
Validação e Testes de Software - MOD1Validação e Testes de Software - MOD1
Validação e Testes de Software - MOD1
 
Revisao inspecao artefatos testes estaticos
Revisao inspecao artefatos testes estaticosRevisao inspecao artefatos testes estaticos
Revisao inspecao artefatos testes estaticos
 
Engenharia de Testes
Engenharia de TestesEngenharia de Testes
Engenharia de Testes
 
OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE DE PROJETOS
OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE DE PROJETOSOS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE DE PROJETOS
OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE DE PROJETOS
 
Minicurso - Teste de software (CACSI 2015)
Minicurso - Teste de software (CACSI 2015)Minicurso - Teste de software (CACSI 2015)
Minicurso - Teste de software (CACSI 2015)
 
Artigo - OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE D...
Artigo - OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE D...Artigo - OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE D...
Artigo - OS FUNDAMENTOS DE TESTE DE SOFTWARE E SUA IMPORTÂNCIA NA QUALIDADE D...
 
Teste de software
Teste de softwareTeste de software
Teste de software
 
Fundamentos de Testes de Software - Qualidad
Fundamentos de Testes de Software - QualidadFundamentos de Testes de Software - Qualidad
Fundamentos de Testes de Software - Qualidad
 
Ctfl 2018 sample_b[v1.3br]
Ctfl 2018 sample_b[v1.3br]Ctfl 2018 sample_b[v1.3br]
Ctfl 2018 sample_b[v1.3br]
 
Testes de software
Testes de softwareTestes de software
Testes de software
 
Implantação de um Processo de Teste de Software - Randerson Melville
Implantação de um Processo de Teste de Software - Randerson Melville Implantação de um Processo de Teste de Software - Randerson Melville
Implantação de um Processo de Teste de Software - Randerson Melville
 
Teste de software
Teste de softwareTeste de software
Teste de software
 

Semelhante a Qualidade e Teste de Software

Qualidade e Teste de Software - O que preciso saber
Qualidade e Teste de Software - O que preciso saberQualidade e Teste de Software - O que preciso saber
Qualidade e Teste de Software - O que preciso saber
Kamilla Queiroz Xavier
 
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane FidelixIntrodução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Cris Fidelix
 
X-Zone - Garantia da Qualidade de Software
X-Zone - Garantia da Qualidade de SoftwareX-Zone - Garantia da Qualidade de Software
X-Zone - Garantia da Qualidade de Software
AlexandreBartie
 
Teste de software - Processo de Verificação e Validação
Teste de software - Processo de Verificação e ValidaçãoTeste de software - Processo de Verificação e Validação
Teste de software - Processo de Verificação e Validação
Joeldson Costa Damasceno
 
Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1
Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1
Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1
Lorena Caldas
 
Qualidade de Software
Qualidade de SoftwareQualidade de Software
Qualidade de Software
João Rolim
 
Melhorando a qualidade do software com testes de ponta a-ponta
Melhorando a qualidade do software com testes de ponta a-pontaMelhorando a qualidade do software com testes de ponta a-ponta
Melhorando a qualidade do software com testes de ponta a-ponta
Guilherme Cardoso
 
Qualidade de Software
Qualidade de SoftwareQualidade de Software
Qualidade de Software
Norton Guimarães
 
Aula 4 -Qualidade do Processo.pptx
Aula 4 -Qualidade do Processo.pptxAula 4 -Qualidade do Processo.pptx
Aula 4 -Qualidade do Processo.pptx
AlexandreLisboadaSil
 
Conceitosdebsicosdequalidadedesoftware
ConceitosdebsicosdequalidadedesoftwareConceitosdebsicosdequalidadedesoftware
Conceitosdebsicosdequalidadedesoftware
Heuder Rodrigues de Sena
 
Conceitos de básicos de qualidade de software
Conceitos de básicos de qualidade de softwareConceitos de básicos de qualidade de software
Conceitos de básicos de qualidade de software
Ronney Moreira de Castro
 
Introdução à Qualidade de Software
Introdução à Qualidade de SoftwareIntrodução à Qualidade de Software
Introdução à Qualidade de Software
Cloves da Rocha
 
Aula 5 - Introdução ao Teste.pptx
Aula 5 - Introdução ao Teste.pptxAula 5 - Introdução ao Teste.pptx
Aula 5 - Introdução ao Teste.pptx
AlexandreLisboadaSil
 
Aula 3 - Introdução ao Teste.pptx
Aula 3 - Introdução ao Teste.pptxAula 3 - Introdução ao Teste.pptx
Aula 3 - Introdução ao Teste.pptx
ALEXANDRELISBADASILV
 
Dba Testes Gerentes B2
Dba Testes Gerentes B2Dba Testes Gerentes B2
Dba Testes Gerentes B2
Leonardo Molinari
 
Qualidade
QualidadeQualidade
Qualidade
Dalcino Erdmann
 
T@rget trust curso de introdução ao processo de teste de software
T@rget trust   curso de introdução ao processo de teste de softwareT@rget trust   curso de introdução ao processo de teste de software
T@rget trust curso de introdução ao processo de teste de software
Targettrust
 
T@rget trust curso de introdução ao processo de teste de software
T@rget trust   curso de introdução ao processo de teste de softwareT@rget trust   curso de introdução ao processo de teste de software
T@rget trust curso de introdução ao processo de teste de software
Targettrust
 
O que é Teste de Software?
O que é Teste de Software?O que é Teste de Software?
O que é Teste de Software?
testedesoftwarepe
 
3 engenharia de software
3   engenharia de software3   engenharia de software
3 engenharia de software
Felipe Bugov
 

Semelhante a Qualidade e Teste de Software (20)

Qualidade e Teste de Software - O que preciso saber
Qualidade e Teste de Software - O que preciso saberQualidade e Teste de Software - O que preciso saber
Qualidade e Teste de Software - O que preciso saber
 
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane FidelixIntrodução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
Introdução a Engenharia de Software - Prof.ª Cristiane Fidelix
 
X-Zone - Garantia da Qualidade de Software
X-Zone - Garantia da Qualidade de SoftwareX-Zone - Garantia da Qualidade de Software
X-Zone - Garantia da Qualidade de Software
 
Teste de software - Processo de Verificação e Validação
Teste de software - Processo de Verificação e ValidaçãoTeste de software - Processo de Verificação e Validação
Teste de software - Processo de Verificação e Validação
 
Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1
Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1
Estratégias e Técnicas de Testes - Parte1
 
Qualidade de Software
Qualidade de SoftwareQualidade de Software
Qualidade de Software
 
Melhorando a qualidade do software com testes de ponta a-ponta
Melhorando a qualidade do software com testes de ponta a-pontaMelhorando a qualidade do software com testes de ponta a-ponta
Melhorando a qualidade do software com testes de ponta a-ponta
 
Qualidade de Software
Qualidade de SoftwareQualidade de Software
Qualidade de Software
 
Aula 4 -Qualidade do Processo.pptx
Aula 4 -Qualidade do Processo.pptxAula 4 -Qualidade do Processo.pptx
Aula 4 -Qualidade do Processo.pptx
 
Conceitosdebsicosdequalidadedesoftware
ConceitosdebsicosdequalidadedesoftwareConceitosdebsicosdequalidadedesoftware
Conceitosdebsicosdequalidadedesoftware
 
Conceitos de básicos de qualidade de software
Conceitos de básicos de qualidade de softwareConceitos de básicos de qualidade de software
Conceitos de básicos de qualidade de software
 
Introdução à Qualidade de Software
Introdução à Qualidade de SoftwareIntrodução à Qualidade de Software
Introdução à Qualidade de Software
 
Aula 5 - Introdução ao Teste.pptx
Aula 5 - Introdução ao Teste.pptxAula 5 - Introdução ao Teste.pptx
Aula 5 - Introdução ao Teste.pptx
 
Aula 3 - Introdução ao Teste.pptx
Aula 3 - Introdução ao Teste.pptxAula 3 - Introdução ao Teste.pptx
Aula 3 - Introdução ao Teste.pptx
 
Dba Testes Gerentes B2
Dba Testes Gerentes B2Dba Testes Gerentes B2
Dba Testes Gerentes B2
 
Qualidade
QualidadeQualidade
Qualidade
 
T@rget trust curso de introdução ao processo de teste de software
T@rget trust   curso de introdução ao processo de teste de softwareT@rget trust   curso de introdução ao processo de teste de software
T@rget trust curso de introdução ao processo de teste de software
 
T@rget trust curso de introdução ao processo de teste de software
T@rget trust   curso de introdução ao processo de teste de softwareT@rget trust   curso de introdução ao processo de teste de software
T@rget trust curso de introdução ao processo de teste de software
 
O que é Teste de Software?
O que é Teste de Software?O que é Teste de Software?
O que é Teste de Software?
 
3 engenharia de software
3   engenharia de software3   engenharia de software
3 engenharia de software
 

Mais de Kamilla Queiroz Xavier

PDA & Moving Motivators - Combine e Potencialize seus liderados.pptx
PDA & Moving Motivators - Combine e Potencialize seus liderados.pptxPDA & Moving Motivators - Combine e Potencialize seus liderados.pptx
PDA & Moving Motivators - Combine e Potencialize seus liderados.pptx
Kamilla Queiroz Xavier
 
LIDERAR - Relatos e Paradigma de uma nova Líder
LIDERAR - Relatos e Paradigma de uma nova LíderLIDERAR - Relatos e Paradigma de uma nova Líder
LIDERAR - Relatos e Paradigma de uma nova Líder
Kamilla Queiroz Xavier
 
PDA & Moving Motivators - Um reforço para o seu trabalho com PDI
PDA & Moving Motivators - Um reforço para o seu trabalho com PDIPDA & Moving Motivators - Um reforço para o seu trabalho com PDI
PDA & Moving Motivators - Um reforço para o seu trabalho com PDI
Kamilla Queiroz Xavier
 
Poder & Força do 1:1
Poder & Força do 1:1Poder & Força do 1:1
Poder & Força do 1:1
Kamilla Queiroz Xavier
 
Do caos às métricas de fluxo
Do caos às métricas de fluxoDo caos às métricas de fluxo
Do caos às métricas de fluxo
Kamilla Queiroz Xavier
 
[ O mercado] desenvolvimento de software [ detalhes & curiosidades]
[ O mercado] desenvolvimento de software [ detalhes & curiosidades][ O mercado] desenvolvimento de software [ detalhes & curiosidades]
[ O mercado] desenvolvimento de software [ detalhes & curiosidades]
Kamilla Queiroz Xavier
 
Pizza Kanban Game
Pizza Kanban GamePizza Kanban Game
Pizza Kanban Game
Kamilla Queiroz Xavier
 
Vamos conversar sobre transição de carreira?
Vamos conversar sobre transição de carreira?Vamos conversar sobre transição de carreira?
Vamos conversar sobre transição de carreira?
Kamilla Queiroz Xavier
 
Agilidade, e agora?
Agilidade,  e agora?Agilidade,  e agora?
Agilidade, e agora?
Kamilla Queiroz Xavier
 
RETROSPEC - Agregando valor de uma forma lúdica e eficaz
RETROSPEC - Agregando valor de uma forma lúdica e eficazRETROSPEC - Agregando valor de uma forma lúdica e eficaz
RETROSPEC - Agregando valor de uma forma lúdica e eficaz
Kamilla Queiroz Xavier
 
Gerenciamento de Projetos - [NÃO] existe receita a seguir
Gerenciamento de Projetos - [NÃO] existe receita a seguirGerenciamento de Projetos - [NÃO] existe receita a seguir
Gerenciamento de Projetos - [NÃO] existe receita a seguir
Kamilla Queiroz Xavier
 
DevOps é SIM uma questão de QA
DevOps é SIM uma questão de QADevOps é SIM uma questão de QA
DevOps é SIM uma questão de QA
Kamilla Queiroz Xavier
 
Quality Assurance - Novos Caminhos para o teste de software
Quality Assurance - Novos Caminhos para o teste de softwareQuality Assurance - Novos Caminhos para o teste de software
Quality Assurance - Novos Caminhos para o teste de software
Kamilla Queiroz Xavier
 
DevOps pela visão de QA
DevOps pela visão de QADevOps pela visão de QA
DevOps pela visão de QA
Kamilla Queiroz Xavier
 
DevOps pela visão de QA
DevOps pela visão de QADevOps pela visão de QA
DevOps pela visão de QA
Kamilla Queiroz Xavier
 
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a QualidadeDevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
Kamilla Queiroz Xavier
 
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a QualidadeDevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
Kamilla Queiroz Xavier
 
DevOps pela visão de QA
DevOps pela visão de QADevOps pela visão de QA
DevOps pela visão de QA
Kamilla Queiroz Xavier
 
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a QualidadeDevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
Kamilla Queiroz Xavier
 
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a qualidade
DevQA  - Da zona de conforto ao comprometimento com a qualidadeDevQA  - Da zona de conforto ao comprometimento com a qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a qualidade
Kamilla Queiroz Xavier
 

Mais de Kamilla Queiroz Xavier (20)

PDA & Moving Motivators - Combine e Potencialize seus liderados.pptx
PDA & Moving Motivators - Combine e Potencialize seus liderados.pptxPDA & Moving Motivators - Combine e Potencialize seus liderados.pptx
PDA & Moving Motivators - Combine e Potencialize seus liderados.pptx
 
LIDERAR - Relatos e Paradigma de uma nova Líder
LIDERAR - Relatos e Paradigma de uma nova LíderLIDERAR - Relatos e Paradigma de uma nova Líder
LIDERAR - Relatos e Paradigma de uma nova Líder
 
PDA & Moving Motivators - Um reforço para o seu trabalho com PDI
PDA & Moving Motivators - Um reforço para o seu trabalho com PDIPDA & Moving Motivators - Um reforço para o seu trabalho com PDI
PDA & Moving Motivators - Um reforço para o seu trabalho com PDI
 
Poder & Força do 1:1
Poder & Força do 1:1Poder & Força do 1:1
Poder & Força do 1:1
 
Do caos às métricas de fluxo
Do caos às métricas de fluxoDo caos às métricas de fluxo
Do caos às métricas de fluxo
 
[ O mercado] desenvolvimento de software [ detalhes & curiosidades]
[ O mercado] desenvolvimento de software [ detalhes & curiosidades][ O mercado] desenvolvimento de software [ detalhes & curiosidades]
[ O mercado] desenvolvimento de software [ detalhes & curiosidades]
 
Pizza Kanban Game
Pizza Kanban GamePizza Kanban Game
Pizza Kanban Game
 
Vamos conversar sobre transição de carreira?
Vamos conversar sobre transição de carreira?Vamos conversar sobre transição de carreira?
Vamos conversar sobre transição de carreira?
 
Agilidade, e agora?
Agilidade,  e agora?Agilidade,  e agora?
Agilidade, e agora?
 
RETROSPEC - Agregando valor de uma forma lúdica e eficaz
RETROSPEC - Agregando valor de uma forma lúdica e eficazRETROSPEC - Agregando valor de uma forma lúdica e eficaz
RETROSPEC - Agregando valor de uma forma lúdica e eficaz
 
Gerenciamento de Projetos - [NÃO] existe receita a seguir
Gerenciamento de Projetos - [NÃO] existe receita a seguirGerenciamento de Projetos - [NÃO] existe receita a seguir
Gerenciamento de Projetos - [NÃO] existe receita a seguir
 
DevOps é SIM uma questão de QA
DevOps é SIM uma questão de QADevOps é SIM uma questão de QA
DevOps é SIM uma questão de QA
 
Quality Assurance - Novos Caminhos para o teste de software
Quality Assurance - Novos Caminhos para o teste de softwareQuality Assurance - Novos Caminhos para o teste de software
Quality Assurance - Novos Caminhos para o teste de software
 
DevOps pela visão de QA
DevOps pela visão de QADevOps pela visão de QA
DevOps pela visão de QA
 
DevOps pela visão de QA
DevOps pela visão de QADevOps pela visão de QA
DevOps pela visão de QA
 
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a QualidadeDevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
 
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a QualidadeDevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
 
DevOps pela visão de QA
DevOps pela visão de QADevOps pela visão de QA
DevOps pela visão de QA
 
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a QualidadeDevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a Qualidade
 
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a qualidade
DevQA  - Da zona de conforto ao comprometimento com a qualidadeDevQA  - Da zona de conforto ao comprometimento com a qualidade
DevQA - Da zona de conforto ao comprometimento com a qualidade
 

Qualidade e Teste de Software

  • 1. Qualidade e Teste de Software O que preciso saber? por Kamilla Queiróz
  • 2. Kamilla Queiróz • Tecnóloga em Análise e Desenvolvimento de Sistemas – Unitins • Pós-Graduanda em Qualidade e Teste de Software pela UNINASSAU – PE
  • 3. Kamilla Queiróz • Coordenadora e Co-fundadora do GTS-CE •• CCeerrttiiffiiccaaddaa CCBBTTSS • Analista de Testes Pleno – Instituto Atlântico
  • 4. Primeiros Passos • Qualidade de Software •• TTeessttee ddee SSooffttwwaarree • É importante testar? Porquê? • Ciclo de Vida (Desenvolvimento Vs Testes)
  • 5. O que é Qualidade ? • O termo QUALIDADE é utilizado em diversas situações: – QUALIDADE de um restaurante • bom atendimento • refeições saborosas • ambiente organizado e higiênico
  • 6. O que é Qualidade ? (2) MAS ESSA NOÇÃO DE QUALIDADE PODE E MUDA DE PESSOA PARA PESSOA
  • 7. O que é Qualidade ? (3) • De acordo com a norma ISO 9000, a definição de QUALIDADE é: “QUALIDADE é o grau no qual um conjunto de características inerentes, satisfaz a requisitos”
  • 8. Qualidade de Software • Esse termo não existe (ops!) • Mas temos: – GARANTIA DA QUALIDADE – CONTROLE DA QUALIDADE
  • 9. Garantia da Qualidade (QA) • É um processo de auditoria dos requisitos de qualidade e de resultados das medições; • Visa garantir que sseejjaamm uussaaddooss ppaaddrrõõeess ddee qualidade e definições operacionais;
  • 10. Controle da Qualidade (QC) • É um processo de monitoramento e registro de resultados das atividades de qualidade para avaliar o desempenho; • Visa obter informações para recomendar mudanças que sejam necessárias;
  • 11. Qualidade do Processo • Afeta diretamente a qualidade dos produtos fornecidos “desta forma, se o processo de DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE for BEM DEFINIDO as chances dos produtos que forem produzidos com base nele terem MELHOR QUALIDADE é alta.”
  • 12. PENSE NISSO... • QUALIDADE DO PRODUTO é o que buscamos, a QUALIDADE DO PROCESSO é o meio para conseguirmos! –– ((aammiiggaa)) RReeggiinnaa Maria Thienne Colombo / INMETRO
  • 13. Custo da Qualidade • Engloba todos os custos ocorridos no ciclo de vida de um produto – seja ele de: conformidade ou não-conformidade. • Deve sempre ser visto como INVESTIMENTO
  • 14. (amigo) Myers e sua regra 10
  • 15. • Leia-se: QUANTO ANTES (mais cedo) descobrimos e corrigimos um ddeeffeeiittoo MMEENNOORR SSEERRÁÁ SSEEUU CUSTO (mais barato).
  • 16. Custo da Conformidade • Custos com prevenção • Custos com treinamento, ppllaanneejjaammeennttoo,, revisões e homoligação • Custos com inspeções
  • 17. Custos da Não-Conformidade • Custos de falha interna; • Custos com retrabalho, análise ddee ffaallhhaass,, ações corretivas, atraso no cronograma;
  • 18. Teste de Software • Definições encontradas: – ‘é analisar um programa com a intenção de descobrir erros e defeitos’ ,, ((aammiiggoo)) MMyyeerrss.. – ‘é exercitar ou simular a operação de um programa ou sistema’, alguém por aí.
  • 19. – ‘é avaliar se o software está fazendo o que deveria fazer, de acordo com seus requisitos, e não está fazendo o que não deveria fazer’, outro alguém por aí. – ‘é qualquer atividade que a partir da avaliação de um atributo ou capacidade de um programa ou sistema seja possível determinar se ele alcança os resultados desejados’, Bill Hetzel.
  • 20. • Em todo caso, Teste de Software é: – uma das atividades dentro do processo de desenvolvimento de software; – tem a finalidade de determinar ssee cceerrttoo pprroodduuttoo atingiu suas especificações e funcionou corretamente;
  • 21. • E seu objetivo nada mais é que: – Revelar o número máximo de falhas, com menor esforço; – Identificar essas falhas e suas causas, ppaarraa qquuee aass mesmas sejam corrigidas pela equipe de desenvolvimento;
  • 22. • Quem trabalha com Teste de Software: – Testador – Analista de Teste – Automatizador –– AArrqquuiitteettoo ddee TTeessttee – Líder de Teste –Gerente de Teste
  • 23. • Lembrando – para exercer qualquer atividade das mencionadas é necessário: –– sseerr iinnvveessttiiggaaddoorr – ser criativo – ser questionador – ser detalhista – ser pró-ativo
  • 24. • Abrangência dos Testes – varia muito de quanto de prazo e custo pode-se investir • Se os testes forem executados apenas no fim do processo, a abrangência tende a ser menor, em comparação a se forem executados em andamento com o processo de desenvolvimento (desde o inicio); • Os dois processos andando em paralelo (lado a lado) as chances de testar com maior capacidade e cobertura é muito maior;
  • 25. Teste e Qualidade • Algumas questões: – Teste é igual a qualidade? – Se testarmos , teremos qualidade? Testes por si só não constroem a qualidade, mas podem fornecer confiança na qualidade de software.
  • 26. • Detalhe ae... ERRO != DEFEITO != FALHA
  • 27. É importante testar? Por quê? • Alguns (poucos) dentre os vários motivos: – questões de negócio –– qquuaalliiddaaddee – custo – segurança – confiabilidade
  • 28. • Quer mais (?) – o ser humano é passível de erro devido à: •• pprreessssããoo ddee pprraazzoo • códigos complexos • complexidade na infraestrutura • mudanças na tecnologia • muitas interações de sistema
  • 29. • Mais ainda (?) – falhas causadas por interferências do ambiente: • radiação • magnetismo • campos eletrônicos • poluição Pois devido a isso podem causar falhas em software embarcado e influenciar a execução pelas mudanças de condições de hardware.
  • 30. Ciclo de Vida • Atividades fundamentais: – especificação – projeto ee iimmpplleemmeennttaaççããoo – validação – evolução
  • 31. • Especificação – etapa onde destina-se a estabelecer quais funções são requeridas pelo sistema e as restrições sobre operação ee oo ddeesseennvvoollvviimmeennttoo ddoo sistema. – é nessa etapa onde há a produção de uma documentação de requisito, que é a especificação para o sistema.
  • 32. – contempla quatro fases: • estudo de viabilidade; • levantamento e análise de requisitos; • especificação de requisitos; • validação de requisitos Em qual dessas fases é passível atuação do Teste de Software?
  • 33. • Projeto e implementação – etapa da conversão de um especificação em um sistema executável; – atividades ccoonntteemmppllaaddaass:: • projeto de arquitetura; • especificação abstrata; • projeto de interface; • projeto de componentes; • projeto de estrutura de dados; • projeto de algoritmo;
  • 34. • Validação – etapa pela qual destina-se a mostrar que um sistema está de acordo com suas especificações e que atende às expectativas ddoo cclliieennttee;; • Evolução – etapa de melhorias e evoluções pelas quais o sistema necessita evoluir para atender as necessidades mutáveis do cliente;
  • 35. Validação e Verificação (V&V) • Como dito (repetindo) – destina-se a mostrar que um sistema está de acordo com suas especificações; • Tal processo envolve, verificar processos por meio inspeções e verificações em cada estágio do processo – desde a definição dos requisitos até o desenvolvimento do programa;
  • 36. • Verificação – segundo a norma B87925, é descrito como um processo de avaliação de um sistema ou componente; – Em outros termos – será que construímos o produto direito? – Pergunta que cabe: O programa é livre de erros, faz o que deveria fazer?
  • 37. • Validação – pela a norma B87925, é descrito como determinação da precisão dos produtos do desenvolvimento; – Visto como – esse é o produto certo? – Pergunta que cabe: É isso que você realmente quer?
  • 39. Um extra? • Documentação (os mais importantes): – Planos de Teste • é uma maneira de documentar oo pprroojjeettoo ddee tteessttee –– definindo o nível de cobertura que deverá ser alcançado; – Casos de Teste • é a especificação mais detalhada do teste, com a pormenorização de campos de telas, formulários e etc.
  • 40. Vamos relembrar? • Qualidade de Software >> Garantia da Qualidade e Controle da Qualidade; • Qualidade do Processo & CCuussttoo ddaa QQuuaalliiddaaddee • Regra 10 de Myers • Teste de Software
  • 41. • Papeis em Teste de Software • Erro – Defeito – Falha •• CCiicclloo ddee VViiddaa • Validação & Verificação • Modelo V • Documentação
  • 42. Finito (?) !! • Obrigado pela atenção! • Quer aprofundar e entender mais? •• CCoonnttaattoo – q.kamilla@gmail.com – http://mihqueiroz.com.br/resume.html