SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Professor: Eduardo Maciel
Esta Foto de Autor Desconhecido está licenciado em CC BY-SA-NC
ISO Na Fotografia
Primeiramente, esse é um dos pilares mais conhecidos. O ISO é a sensibilidade da
câmera e é bem simples. O seu papel é regular a sensibilidade do sensor, ou seja,
quanto menos luz na cena neste caso, maior deverá ser o ISO. As câmeras fotográficas
atuais variam de ISO entre menores de 100 e até maiores que 6.000.
Aliás, mesmo sendo simples, precisa de bastante cuidado quando regulá-lo. Na prática,
quanto mais você aumenta o ISO da câmera, você está aumentando o nível de ruídos da
sua fotografia e, por consequência, diminui a qualidade da imagem. Deste modo, é
recomendado que você trabalhe com o ISO baixo, próximos do 100, para conseguir
obter imagens mais bonitas e limpas.
Abertura do Diafragma
Esse pilar é fundamental para regular a distribuição de foco da sua fotografia e
está presente no interior da sua lente. Por ele, é possível tirar uma foto com foco
uniforme, com nitidez perfeita ou com o fundo desfocado.
O diafragma abre e fecha para controlar a quantidade de luz que entrará em
sua câmera. Em suma, ele funciona como nossos olhos: quanto mais aberto mais
luz entra no campo da íris e quanto mais fechado menos luz entra na lente.
Velocidade do Obturador
Aqui vamos falar sobre a quantidade de tempo que o sensor da câmera
fotográfica ficará exposta à luz.
Falamos de velocidade porque se o obturador abrir e fechar rapidamente, o
sensor ficará pouco tempo exposto e se for lenta, o sensor ficará aberto mais
tempo e mais luz atingirá o sensor. Ele permanece sempre fechado e só é aberto
na hora que você faz o clique, na qual ele aciona.
Você pode configurar manualmente esse tempo, deixando assim, o sensor mais
exposto ou menos exposto à luz. E qual o resultado disso nas fotos? São os
efeitos de luzes dos carros em estradas, cachoeiras com as águas borradas ou
um beija-flor flutuando com suas asas paradas.
3 Pilares da Fotografia.pptx

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a 3 Pilares da Fotografia.pptx

Recursos da camera digital
Recursos da camera digitalRecursos da camera digital
Recursos da camera digitalIpsun
 
Aprenda a-fotografar-em-7-licoes
Aprenda a-fotografar-em-7-licoesAprenda a-fotografar-em-7-licoes
Aprenda a-fotografar-em-7-licoesanapaulacot
 
Fotografia: luz, composição e exposição, by Caroline Flores
Fotografia: luz, composição e exposição, by Caroline FloresFotografia: luz, composição e exposição, by Caroline Flores
Fotografia: luz, composição e exposição, by Caroline FloresProdv Comunicação
 
ISO - Uma pequena introdução.
ISO - Uma pequena introdução. ISO - Uma pequena introdução.
ISO - Uma pequena introdução. Ipsun
 
Equipamentos analógicos e digitais
Equipamentos analógicos e digitaisEquipamentos analógicos e digitais
Equipamentos analógicos e digitaisRicardo Martins
 
Aula 3 fotografia digital
Aula 3   fotografia digitalAula 3   fotografia digital
Aula 3 fotografia digitalVitor Braga
 
AV1 - APOSTILA DE FOTOGRAFIA NA ODONTOLOGIA
AV1 - APOSTILA DE FOTOGRAFIA NA ODONTOLOGIAAV1 - APOSTILA DE FOTOGRAFIA NA ODONTOLOGIA
AV1 - APOSTILA DE FOTOGRAFIA NA ODONTOLOGIARayssa Mendonça
 
ISO, Diafragma e Obturador
ISO, Diafragma e Obturador ISO, Diafragma e Obturador
ISO, Diafragma e Obturador Clara Ferreira
 
introdução a fotografia forense.ppt
introdução a fotografia forense.pptintrodução a fotografia forense.ppt
introdução a fotografia forense.pptLuana Pereira
 
Diafragma, obturador de velocidade
Diafragma, obturador de velocidadeDiafragma, obturador de velocidade
Diafragma, obturador de velocidadeFrancisco Ferreira
 
Aula 01 - Curso de Fotografia Básica
Aula 01 - Curso de Fotografia BásicaAula 01 - Curso de Fotografia Básica
Aula 01 - Curso de Fotografia Básicatiago.ufc
 

Semelhante a 3 Pilares da Fotografia.pptx (20)

Recursos da camera digital
Recursos da camera digitalRecursos da camera digital
Recursos da camera digital
 
Aprenda a-fotografar-em-7-licoes
Aprenda a-fotografar-em-7-licoesAprenda a-fotografar-em-7-licoes
Aprenda a-fotografar-em-7-licoes
 
Fotografia: luz, composição e exposição, by Caroline Flores
Fotografia: luz, composição e exposição, by Caroline FloresFotografia: luz, composição e exposição, by Caroline Flores
Fotografia: luz, composição e exposição, by Caroline Flores
 
Fotometria
FotometriaFotometria
Fotometria
 
Aprenda a fotografar em 7 lições
Aprenda a fotografar em 7 liçõesAprenda a fotografar em 7 lições
Aprenda a fotografar em 7 lições
 
Tutorial Fotografia Básica
Tutorial Fotografia BásicaTutorial Fotografia Básica
Tutorial Fotografia Básica
 
ISO - Uma pequena introdução.
ISO - Uma pequena introdução. ISO - Uma pequena introdução.
ISO - Uma pequena introdução.
 
Fotografia
FotografiaFotografia
Fotografia
 
Exposição
ExposiçãoExposição
Exposição
 
Equipamentos analógicos e digitais
Equipamentos analógicos e digitaisEquipamentos analógicos e digitais
Equipamentos analógicos e digitais
 
ISO
ISOISO
ISO
 
430484
430484430484
430484
 
Fotografia
FotografiaFotografia
Fotografia
 
Aula 3 fotografia digital
Aula 3   fotografia digitalAula 3   fotografia digital
Aula 3 fotografia digital
 
AV1 - APOSTILA DE FOTOGRAFIA NA ODONTOLOGIA
AV1 - APOSTILA DE FOTOGRAFIA NA ODONTOLOGIAAV1 - APOSTILA DE FOTOGRAFIA NA ODONTOLOGIA
AV1 - APOSTILA DE FOTOGRAFIA NA ODONTOLOGIA
 
ISO, Diafragma e Obturador
ISO, Diafragma e Obturador ISO, Diafragma e Obturador
ISO, Diafragma e Obturador
 
introdução a fotografia forense.ppt
introdução a fotografia forense.pptintrodução a fotografia forense.ppt
introdução a fotografia forense.ppt
 
Diafragma, obturador de velocidade
Diafragma, obturador de velocidadeDiafragma, obturador de velocidade
Diafragma, obturador de velocidade
 
Curso de Fotografia UNP 2019
Curso de Fotografia UNP 2019Curso de Fotografia UNP 2019
Curso de Fotografia UNP 2019
 
Aula 01 - Curso de Fotografia Básica
Aula 01 - Curso de Fotografia BásicaAula 01 - Curso de Fotografia Básica
Aula 01 - Curso de Fotografia Básica
 

Mais de GraceDavino

Aula 3 - Elementos constitutivos da música 8º anos.pptx
Aula 3 - Elementos constitutivos da música 8º anos.pptxAula 3 - Elementos constitutivos da música 8º anos.pptx
Aula 3 - Elementos constitutivos da música 8º anos.pptxGraceDavino
 
Atividade de arte - gêneros da musica tradicional brasileira
Atividade de arte - gêneros da musica tradicional brasileiraAtividade de arte - gêneros da musica tradicional brasileira
Atividade de arte - gêneros da musica tradicional brasileiraGraceDavino
 
Aula 6 - Instrumento de ocrdas e fricção - 1.pptx
Aula 6 - Instrumento de ocrdas e fricção  - 1.pptxAula 6 - Instrumento de ocrdas e fricção  - 1.pptx
Aula 6 - Instrumento de ocrdas e fricção - 1.pptxGraceDavino
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...GraceDavino
 
Aula 4 - Assemblage.pptx Linguagem artísticas das artes pláticas.
Aula 4 - Assemblage.pptx Linguagem artísticas das artes pláticas.Aula 4 - Assemblage.pptx Linguagem artísticas das artes pláticas.
Aula 4 - Assemblage.pptx Linguagem artísticas das artes pláticas.GraceDavino
 
AULA DE NIVELAMENTO (EF67LP38).pptx Analisar os efeitos de sentido do uso de ...
AULA DE NIVELAMENTO (EF67LP38).pptx Analisar os efeitos de sentido do uso de ...AULA DE NIVELAMENTO (EF67LP38).pptx Analisar os efeitos de sentido do uso de ...
AULA DE NIVELAMENTO (EF67LP38).pptx Analisar os efeitos de sentido do uso de ...GraceDavino
 
Ação Bullyng e cyberbullying.pptx
Ação Bullyng e cyberbullying.pptxAção Bullyng e cyberbullying.pptx
Ação Bullyng e cyberbullying.pptxGraceDavino
 
Aula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptx
Aula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptxAula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptx
Aula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptxGraceDavino
 
ARTE2 BIM- DANÇA 6ANO.pptx
ARTE2 BIM- DANÇA 6ANO.pptxARTE2 BIM- DANÇA 6ANO.pptx
ARTE2 BIM- DANÇA 6ANO.pptxGraceDavino
 
6º Ano - Aula de retoma de habilidade .pptx
6º Ano - Aula de retoma de habilidade .pptx6º Ano - Aula de retoma de habilidade .pptx
6º Ano - Aula de retoma de habilidade .pptxGraceDavino
 
ELETIVA O QUE OS OLHOS NÃO VEEM AS LENTES REGISTRAM.pptx
ELETIVA O QUE OS OLHOS NÃO VEEM AS LENTES REGISTRAM.pptxELETIVA O QUE OS OLHOS NÃO VEEM AS LENTES REGISTRAM.pptx
ELETIVA O QUE OS OLHOS NÃO VEEM AS LENTES REGISTRAM.pptxGraceDavino
 

Mais de GraceDavino (11)

Aula 3 - Elementos constitutivos da música 8º anos.pptx
Aula 3 - Elementos constitutivos da música 8º anos.pptxAula 3 - Elementos constitutivos da música 8º anos.pptx
Aula 3 - Elementos constitutivos da música 8º anos.pptx
 
Atividade de arte - gêneros da musica tradicional brasileira
Atividade de arte - gêneros da musica tradicional brasileiraAtividade de arte - gêneros da musica tradicional brasileira
Atividade de arte - gêneros da musica tradicional brasileira
 
Aula 6 - Instrumento de ocrdas e fricção - 1.pptx
Aula 6 - Instrumento de ocrdas e fricção  - 1.pptxAula 6 - Instrumento de ocrdas e fricção  - 1.pptx
Aula 6 - Instrumento de ocrdas e fricção - 1.pptx
 
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
610854 (4).pptx Linguagem da música. Diferentes gêneros da musica tradicional...
 
Aula 4 - Assemblage.pptx Linguagem artísticas das artes pláticas.
Aula 4 - Assemblage.pptx Linguagem artísticas das artes pláticas.Aula 4 - Assemblage.pptx Linguagem artísticas das artes pláticas.
Aula 4 - Assemblage.pptx Linguagem artísticas das artes pláticas.
 
AULA DE NIVELAMENTO (EF67LP38).pptx Analisar os efeitos de sentido do uso de ...
AULA DE NIVELAMENTO (EF67LP38).pptx Analisar os efeitos de sentido do uso de ...AULA DE NIVELAMENTO (EF67LP38).pptx Analisar os efeitos de sentido do uso de ...
AULA DE NIVELAMENTO (EF67LP38).pptx Analisar os efeitos de sentido do uso de ...
 
Ação Bullyng e cyberbullying.pptx
Ação Bullyng e cyberbullying.pptxAção Bullyng e cyberbullying.pptx
Ação Bullyng e cyberbullying.pptx
 
Aula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptx
Aula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptxAula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptx
Aula 6 Ano 3º bimestre - 11.08.2022.pptx
 
ARTE2 BIM- DANÇA 6ANO.pptx
ARTE2 BIM- DANÇA 6ANO.pptxARTE2 BIM- DANÇA 6ANO.pptx
ARTE2 BIM- DANÇA 6ANO.pptx
 
6º Ano - Aula de retoma de habilidade .pptx
6º Ano - Aula de retoma de habilidade .pptx6º Ano - Aula de retoma de habilidade .pptx
6º Ano - Aula de retoma de habilidade .pptx
 
ELETIVA O QUE OS OLHOS NÃO VEEM AS LENTES REGISTRAM.pptx
ELETIVA O QUE OS OLHOS NÃO VEEM AS LENTES REGISTRAM.pptxELETIVA O QUE OS OLHOS NÃO VEEM AS LENTES REGISTRAM.pptx
ELETIVA O QUE OS OLHOS NÃO VEEM AS LENTES REGISTRAM.pptx
 

3 Pilares da Fotografia.pptx

  • 1. Professor: Eduardo Maciel Esta Foto de Autor Desconhecido está licenciado em CC BY-SA-NC
  • 2. ISO Na Fotografia Primeiramente, esse é um dos pilares mais conhecidos. O ISO é a sensibilidade da câmera e é bem simples. O seu papel é regular a sensibilidade do sensor, ou seja, quanto menos luz na cena neste caso, maior deverá ser o ISO. As câmeras fotográficas atuais variam de ISO entre menores de 100 e até maiores que 6.000. Aliás, mesmo sendo simples, precisa de bastante cuidado quando regulá-lo. Na prática, quanto mais você aumenta o ISO da câmera, você está aumentando o nível de ruídos da sua fotografia e, por consequência, diminui a qualidade da imagem. Deste modo, é recomendado que você trabalhe com o ISO baixo, próximos do 100, para conseguir obter imagens mais bonitas e limpas.
  • 3.
  • 4. Abertura do Diafragma Esse pilar é fundamental para regular a distribuição de foco da sua fotografia e está presente no interior da sua lente. Por ele, é possível tirar uma foto com foco uniforme, com nitidez perfeita ou com o fundo desfocado. O diafragma abre e fecha para controlar a quantidade de luz que entrará em sua câmera. Em suma, ele funciona como nossos olhos: quanto mais aberto mais luz entra no campo da íris e quanto mais fechado menos luz entra na lente.
  • 5.
  • 6. Velocidade do Obturador Aqui vamos falar sobre a quantidade de tempo que o sensor da câmera fotográfica ficará exposta à luz. Falamos de velocidade porque se o obturador abrir e fechar rapidamente, o sensor ficará pouco tempo exposto e se for lenta, o sensor ficará aberto mais tempo e mais luz atingirá o sensor. Ele permanece sempre fechado e só é aberto na hora que você faz o clique, na qual ele aciona. Você pode configurar manualmente esse tempo, deixando assim, o sensor mais exposto ou menos exposto à luz. E qual o resultado disso nas fotos? São os efeitos de luzes dos carros em estradas, cachoeiras com as águas borradas ou um beija-flor flutuando com suas asas paradas.