SlideShare uma empresa Scribd logo
Parabéns Quilombo!
JORNAL ESCOLAR EXPEDIENTE: ESCOLA MUNICIPAL QUILOMBO
DOS PALMARES; COORDENAÇÃO DO JORNAL ESCOLAR: LUCIENE CRISTINA
DE CASTRO MORAES; DIREÇÃO: JOSÉ PEREIRA CASTRO; VICE-DIREÇÃO:
ANDRÉ LUIS TAVARES LOPES; EXECUÇÃO: TODOS OS ALUNOS
PARTICIPANTES DO PROJETO “JORNAL ESCOLAR”; COLABORADORA:
ROSANE QUEIROGA ELIOTÉRIO.
PÚBLICO ALVO: TODA A COMUNIDADE ESCOLAR - ESCOLA MUNICIPAL QUILOMBO DOS PALMARES
2º TRIMESTRE
2ª EDIÇÃO/17
Nesta data não
comemoramos apenas o
seu aniversário, mas
também os longos anos de
história que fizemos com
ela. É gratificante ver suas
mudanças , seu
crescimento, suas
ransformações. nossa
escola está aniversariando.
Parabéns Escola Municipal
Quilombo dos Palmares por
seus 29 anos de muita
dedicação ao processo
ensino aprendizagem! E
nosso sucesso não é
individual, pois sem
professores, funcionários,
pais, alunos e a toda
comunidade não teríamos
motivo para comemorar.
Obrigada a todos pela
dedicação, carinho,
empenho e respeito que
prestam à nossa escola.
Que possamos comemorar
mais e mais aniversários, e
continuar produzindo
sujeitos pensantes
imbuídos de valores como
amizade, solidariedade e
principalmente com uma
vontade interminável de
SER!
transformações. E neste mês nossa escola está
aniversariando. Parabéns Escola Municipal
Quilombo dos Palmares por seus 29 anos de muita
dedicação ao processo ensino aprendizagem! E nosso
sucesso não é individual, pois sem professores,
funcionários, pais, alunos e toda comunidade não teríamos
motivo para comemorar. Obrigada a todos pela
dedicação, carinho, empenho e respeito que prestam à
nossa escola. Que possamos comemorar mais e mais
aniversários, e continuar produzindo sujeitos pensantes
imbuídos de valores como amizade, solidariedade e
principalmente com uma vontade interminável de SER!
É com prazer que apresentamos
a vocês a 2ª edição do jornal
escolar. Nele trazemos o que de
melhor aconteceu no segundo
trimestre de 2017. Além disso,
o projeto Jornal Escolar busca
desenvolver a criatividade, o
espírito crítico, a expressão oral e
a escrita. Faz conhecer a
realidade, os problemas locais,
sociais, enfim, a cultura de um povo
e principalmente o local onde os
alunos estão inseridos. Dessa
forma, construímos conhecimentos
significativos. Contamos com vocês!
Esperamos que gostem do que
iremos apresentar.
EXPERIÊNCIAS
DE CIÊNCAS
PÁGINA 3
REALIZAÇÃO DA
FESTA JUNINA
PÁGINA 3
FLIMINAS
PÁGINA 2
CIRCUITO DE
LEITURA
PÁGINA 2
SER ADOLESCENTE
PÁGINA 4
Em outubro, estaremos sorteando
uma rifa com produtos de beleza
(hidratante, perfume, desodorante,
entre outros). Ela tem o valor de
R$2,00 e pode ser comprada com as
coordenadoras. Vamos participar
pessoal!!
CIRCUITO DE LEITURA
FLIMINAS
Em sua 4ª Edição, aconteceu na Praça Prefeito Ronaldo
Dutra Borges, em Rio Novo, a Festa Literária de Minas
Gerais – a FLIMINAS. Ela ocorreu entre os dias 17 e 20
de agosto e, nesta edição, tivemos como homenageado
o poeta Carlos Drummond de Andrade, com o tema
“TEM POESIA NO MEIO DO CAMINHO”, lembrando os
30 anos de morte do poeta de Itabira (MG). Foram dias
repletos de mesas de debates, lançamentos de livros,
bate-papo com autores, sessões de contação de
história, diversas oficinas, teatro e shows musicais. E
nós tivemos o prazer de conhecer a feira, participar de
oficinas e vivenciar e respirar cultura.
As professoras Cristiane e Patrícia (5º Anos A e C)
desenvolveram com os alunos um Projeto
chamado “UM MÊS COM ANNE FRANK” e teve
como objetivo conhecer mais os alunos, incentivar
e propor a escrita de um diário como um
documento histórico, enaltecer as diferenças
culturais, discutir questões relevantes como
discriminação, intolerância com o outro e respeito
ao próximo. Ficou show!
O CIRCUITO de LEITURA é uma proposta da Secretaria de
Educação para valorizar e divulgar produções artísticas
(textos, teatro, dança, entre outros) feita pelos alunos com a
orientação de seus professores. Essa divulgação acontece entre
escolas da rede, gerando assim um intercâmbio das ações
desenvolvidas por elas, com objetivo de entrelaçar diferentes
bairros por meio de Artes e Literatura. Dessa forma, nossa
escola teve o prazer de visitar a Escola Municipal Lions Centro,
onde tivemos a oportunidade de fazer algumas apresentações
culturais, como a peça teatral “PLUFT, O FANTASMINHA”,
contação de história e apresentação de dança. Em
contrapartida, recebemos a visita da Escola Municipal Dom
Justino, nos presenteando com apresentações diversas. Pegando
carona nessa proposta, nossa escola respirou cultura durante
toda a semana. Muitas atividades foram apresentadas entre as
turmas, tivemos: dança, teatro, contação de histórias, música e
uma socialização que só a arte e a cultura promovem!
Por iniciativa da
professora Gisele, de
português, os 7ºs Anos
A e B participaram do
1º Talk Show, da
RevistaRevista Cultura na Ponta da Língua, o TOP SHOW.
A entrevistada foi a musicista Amanda Martins,
que falou sobre carreira e projetos de música na
escola. Parabéns pessoal!
SOBRE FOLCLORE
Folclore é o conjunto de tradições, brincadeiras, parlendas, cantigas,
provérbios, jogos, poesias, artesanato, danças, enfim, tudo que faz parte da
cultura e memória de um povo. Trabalhar o Folclore na escola é desenvolver
valores integrais do aluno, dentro de um ambiente com propostas lúdicas e
de cunho educativo. Nesta perspectiva, a professora Aline, do 2º período A e
B, trabalhou com os alunos cantigas de roda e habilidades artísticas como
pinturas.
Além do 2º período, o 5º Ano C, com a professora Cida, também trabalhou
a questão do folclore confeccionando o bumba meu boi.
Festa Junina
Os festejos juninos têm diferentes características em todo o país
e podem se apresentar como instrumentos pedagógicos nas
escolas, relembrando as características de cada tipo de região. A
quadrilha, por exemplo, provém das danças realizadas nas festas
da corte da realeza portuguesa no Brasil. E nós comemoramos os
festejos juninos no dia 10 de junho com uma festa bonita e
animada!
Esse trabalho foi iniciado com o objetivo de conscientizarmos os
nossos alunos sobre a importância de conservarmos o ambiente escolar
saudável e apropriado, adotando algumas medidas simples de higiene.
Promovemos discussões que ajudaram os alunos a entenderem que
pequenas ações são capazes de melhorar o local que eles passam
grande parte de seu tempo e transformá-lo em um espaço de
convivência harmonioso, onde cada um faz a sua parte para garantir
que lixo seja jogado no lixo, que água seja usada com consciência e que
a limpeza seja uma prioridade.
Do latim experientia, experiência é a ação e o efeito de
experimentar, realizar ações destinadas a descobrir ou comprovar
determinados fenômenos. A realização de uma experiência implica a
manipulação de diferentes variáveis que, segundo presumem os
cientistas, constituem a causa do fenômeno que se pretende
confirmar, ou seja, o resultado de uma experiência fornece validade
(ou não) a uma teoria. E foi exatamente isso que a professora Delba,
de Ciências, propôs aos alunos do 9º Ano B, que realizassem algumas
experiências com materiais conhecidos e eles nos mostraram como
se consegue gerar gás carbônico, como se dá a eletricidade estática e
as ondas eletromagnéticas. Foi muito interessante! Vem aí.....FEIRA
DE CIÊNCIAS!!!
A IMPORTÂNCIA DA HIGIENE BUCAL
PORTUGUÊS EM AÇÃO
Os alunos do 9º Ano B estão desenvolvendo um projeto nas aulas de
português, com a professora Rosane, criando uma composição de uma
música para o grupo de dança da escola: ”Os Elementares”, criado
pelos alunos e pela professora Mariana (de dança). Eles começaram o
projeto entrevistando alunos e professores com o tema: “Como é
crescer na escola?”. A música será apresentada com uma coreografia
ensaiada pelo grupo de dança na IX Mostra Estudantil, que acontecerá
no Teatro Solar no mês de outubro, culminância do projeto que foi
iniciado em agosto. Já estamos curiosos!!
Turminha da tia Márcia, 1º período A ,
desde cedo pensando na importância
de cuidar da higiene bucal, pois
sabemos que podemos nos prevenir de
vários tipos de doenças fazendo uma
escovação correta.
Mascote do 2º período
Esse é o mascotinho da turma da Tia
Valdete, o 2º Período Amarelo, e me
chamo METALINHO! Lindo demais!
SER ADOLESCENTE É......
Ser adolescente é...
Acordar todos os dias tarde
E ainda achar que dormiu pouco;
Ficar horas com amigos ao telefone
E ainda chatear-se quando a mãe reclama;
Deixar seu quarto todo bagunçado
E dizer que não o arrumou por falta de tempo;
Achar que o mundo gira em torno de si
E não o contrário...
Mas ser adolescente também é...
Querer resolver os problemas do mundo,
Lutar contra as injustiças sociais,
Fazer loucuras pelo seu ídolo,
Amar da forma mais intensa possível,
Estar rodeado de amigos,
Ser espontâneo e explosivo...
Ser adolescente é...
Ter capacidade de criar uma linguagem própria
Embora não saiba corretamente o português;
Querer tudo rápido e de uma vez,
Embora não tenha pressa em fazer suas tarefas
Porque o ócio é mais importante;
Achar que estar contra o mundo
É a melhor forma de consertá-lo;
Não pensar nunca no futuro
Pois este ainda não se tornou presente;
Dizer tolices
E depois achar graça delas...
Ser adolescente também é...
Estar sempre disposto
A fazer qualquer coisa para os amigos;
Amar de forma intensa e irracional
Mas terminar um namoro por motivo banal;
É desejar viver tudo em um segundo,
Embora tenha todo o tempo do mundo.
Ser adolescente é tudo isso e muito mais...
(Autor desconhecido)
Nesta edição do jornal decidimos falar sobre nós....O
ADOLESCENTE, que caracteriza-se como um período de
profundas transformações, tanto físicas quanto psicológicas.
Passamos por desequilíbrios e instabilidades extremas, onde
o processo de desenvolvimento adquire características
muitos especiais; a busca de identidade, independência,
criatividade, autoestima, juízo crítico, sensibilidade,
afetividade, sexualidade e educação. O produto final do
acontecer de todas as características leva o adolescente a
definir o que considera um fato fundamental: o seu estilo de
vida, que por vezes segue um estilo de alto risco e assumem
problemas como distúrbios de afetividade e conduta,
gravidez indesejada, drogas e doenças sexualmente
transmissíveis. Além disso, ser adolescente é criar uma
identidade própria, muitas vezes desligada da referência
familiar, onde o grupo de amigos torna-se um novo ponto
de referência. Mas o que o adolescente quer esclarecer é
quem é ele, qual será o seu papel na sociedade. Afinal,
somos crianças ou adultos? Podemos ser pai ou mãe?
Teremos êxito? Vamos trabalhar, conseguir um emprego?
Como dizia o poeta John Ciardi: “Você não precisa sofrer
para ser um poeta; a adolescência já é sofrimento suficiente
para qualquer pessoa”. E é isso mesmo....uma “sofrência”,
como dizem hoje em dia. Mas o bom é que tudo passa e
todas essas angústias e crises ficarão para trás e nascerão
novas pessoas!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Paa bibliotecas 2018 2019
Paa bibliotecas  2018  2019Paa bibliotecas  2018  2019
Paa bibliotecas 2018 2019
Bibliotecas Infante D. Henrique
 
Boletim informativo - janeiro
Boletim informativo - janeiroBoletim informativo - janeiro
Boletim informativo - janeiro
bibliotecasjuliomartins
 
Boletim Informativo - setembro/outubro 2015
Boletim Informativo - setembro/outubro 2015Boletim Informativo - setembro/outubro 2015
Boletim Informativo - setembro/outubro 2015
bibliotecasjuliomartins
 
Boletim informativo maio_jun_2015
Boletim informativo maio_jun_2015Boletim informativo maio_jun_2015
Boletim informativo maio_jun_2015
bibliotecasjuliomartins
 
Relatório sobre semana africanidade
Relatório sobre semana africanidadeRelatório sobre semana africanidade
Relatório sobre semana africanidade
Elozia Brito
 
Portifólio 2º semestre pcte Sônia
Portifólio 2º semestre pcte SôniaPortifólio 2º semestre pcte Sônia
Portifólio 2º semestre pcte Sônia
Sônia Xavier
 
Portfólio_PCTE_Juliana_Orenha_2ºSemestre/2012_Matutino
Portfólio_PCTE_Juliana_Orenha_2ºSemestre/2012_MatutinoPortfólio_PCTE_Juliana_Orenha_2ºSemestre/2012_Matutino
Portfólio_PCTE_Juliana_Orenha_2ºSemestre/2012_Matutino
Juliana Orenha Maurício Souza
 
Jornal escolar 21.º ed.
Jornal escolar 21.º ed.Jornal escolar 21.º ed.
Jornal escolar 21.º ed.
Max Teles Teles
 
Jornal Escola Padre Ezequiel Ramanin - edição 10
Jornal Escola Padre Ezequiel Ramanin - edição 10Jornal Escola Padre Ezequiel Ramanin - edição 10
Jornal Escola Padre Ezequiel Ramanin - edição 10
maikezaniolo
 
6 entrepalavras julho 2015 final
6 entrepalavras julho 2015 final6 entrepalavras julho 2015 final
6 entrepalavras julho 2015 final
Dores Pinto
 
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
semecti
 
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias Freire
Projeto  Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias FreireProjeto  Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias Freire
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias Freire
Cirlei Santos
 
Agenda Dezembro 2010
Agenda Dezembro 2010Agenda Dezembro 2010
Agenda Dezembro 2010
Maria Da Graça Oliveira
 
EJA - PONTOS E CONTRA PONTOS
EJA - PONTOS E CONTRA PONTOSEJA - PONTOS E CONTRA PONTOS
EJA - PONTOS E CONTRA PONTOS
Aparecida Barbosa
 
Jornal escolar 20.ª ed.
Jornal escolar 20.ª ed.Jornal escolar 20.ª ed.
Jornal escolar 20.ª ed.
Max Teles Teles
 
Projeto brasil sem preconceito
Projeto brasil sem preconceitoProjeto brasil sem preconceito
Projeto brasil sem preconceito
Wilson Lima
 
Apresentação Cartazes SL 2014
Apresentação Cartazes SL 2014Apresentação Cartazes SL 2014
Apresentação Cartazes SL 2014
Dores Pinto
 
Jornal escolar 19.º edição
Jornal escolar 19.º ediçãoJornal escolar 19.º edição
Jornal escolar 19.º edição
Max Teles Teles
 
Portfólio leire 2013
Portfólio leire 2013Portfólio leire 2013
Portfólio leire 2013
Paulagraciele
 
4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar
4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar
4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar
mmppr3
 

Mais procurados (20)

Paa bibliotecas 2018 2019
Paa bibliotecas  2018  2019Paa bibliotecas  2018  2019
Paa bibliotecas 2018 2019
 
Boletim informativo - janeiro
Boletim informativo - janeiroBoletim informativo - janeiro
Boletim informativo - janeiro
 
Boletim Informativo - setembro/outubro 2015
Boletim Informativo - setembro/outubro 2015Boletim Informativo - setembro/outubro 2015
Boletim Informativo - setembro/outubro 2015
 
Boletim informativo maio_jun_2015
Boletim informativo maio_jun_2015Boletim informativo maio_jun_2015
Boletim informativo maio_jun_2015
 
Relatório sobre semana africanidade
Relatório sobre semana africanidadeRelatório sobre semana africanidade
Relatório sobre semana africanidade
 
Portifólio 2º semestre pcte Sônia
Portifólio 2º semestre pcte SôniaPortifólio 2º semestre pcte Sônia
Portifólio 2º semestre pcte Sônia
 
Portfólio_PCTE_Juliana_Orenha_2ºSemestre/2012_Matutino
Portfólio_PCTE_Juliana_Orenha_2ºSemestre/2012_MatutinoPortfólio_PCTE_Juliana_Orenha_2ºSemestre/2012_Matutino
Portfólio_PCTE_Juliana_Orenha_2ºSemestre/2012_Matutino
 
Jornal escolar 21.º ed.
Jornal escolar 21.º ed.Jornal escolar 21.º ed.
Jornal escolar 21.º ed.
 
Jornal Escola Padre Ezequiel Ramanin - edição 10
Jornal Escola Padre Ezequiel Ramanin - edição 10Jornal Escola Padre Ezequiel Ramanin - edição 10
Jornal Escola Padre Ezequiel Ramanin - edição 10
 
6 entrepalavras julho 2015 final
6 entrepalavras julho 2015 final6 entrepalavras julho 2015 final
6 entrepalavras julho 2015 final
 
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014Jornal do juraci marchioni   10 - 11 - 2014
Jornal do juraci marchioni 10 - 11 - 2014
 
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias Freire
Projeto  Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias FreireProjeto  Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias Freire
Projeto Consciência Negra 2013 - Parte 1 - E.E. Prof Messias Freire
 
Agenda Dezembro 2010
Agenda Dezembro 2010Agenda Dezembro 2010
Agenda Dezembro 2010
 
EJA - PONTOS E CONTRA PONTOS
EJA - PONTOS E CONTRA PONTOSEJA - PONTOS E CONTRA PONTOS
EJA - PONTOS E CONTRA PONTOS
 
Jornal escolar 20.ª ed.
Jornal escolar 20.ª ed.Jornal escolar 20.ª ed.
Jornal escolar 20.ª ed.
 
Projeto brasil sem preconceito
Projeto brasil sem preconceitoProjeto brasil sem preconceito
Projeto brasil sem preconceito
 
Apresentação Cartazes SL 2014
Apresentação Cartazes SL 2014Apresentação Cartazes SL 2014
Apresentação Cartazes SL 2014
 
Jornal escolar 19.º edição
Jornal escolar 19.º ediçãoJornal escolar 19.º edição
Jornal escolar 19.º edição
 
Portfólio leire 2013
Portfólio leire 2013Portfólio leire 2013
Portfólio leire 2013
 
4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar
4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar
4º Número Newsletter da Biblioteca Escolar
 

Semelhante a 2ºedição 2017

PV NOTÍCIAS - EDIÇÃO 1
PV NOTÍCIAS - EDIÇÃO 1PV NOTÍCIAS - EDIÇÃO 1
PV NOTÍCIAS - EDIÇÃO 1
Jonasblog
 
O trovador 1ª ediçao 2014 - agrupamento D.Dinis - ODIVELAS 2014
O trovador 1ª ediçao 2014 -    agrupamento D.Dinis - ODIVELAS 2014O trovador 1ª ediçao 2014 -    agrupamento D.Dinis - ODIVELAS 2014
O trovador 1ª ediçao 2014 - agrupamento D.Dinis - ODIVELAS 2014
AMG Sobrenome
 
Plano anual de atividades 2015 2016
Plano anual de atividades 2015 2016Plano anual de atividades 2015 2016
Plano anual de atividades 2015 2016
Externato A Passarada
 
Jornal 3ª edição 2016
Jornal 3ª edição 2016Jornal 3ª edição 2016
Jornal 3ª edição 2016
Escola Municipal Quilombo dos Palmares
 
12ª mssfi apresentacoes culturais
12ª mssfi apresentacoes culturais12ª mssfi apresentacoes culturais
12ª mssfi apresentacoes culturais
SEMECDIEDETEF
 
Jornal da Escola Municipal de Santo Antonio dos Caboclos
Jornal da Escola Municipal de Santo Antonio dos Caboclos Jornal da Escola Municipal de Santo Antonio dos Caboclos
Jornal da Escola Municipal de Santo Antonio dos Caboclos
Pedro Dominice Jacinto
 
PROJETO MOMENTO CÍVICO
PROJETO MOMENTO CÍVICOPROJETO MOMENTO CÍVICO
PROJETO MOMENTO CÍVICO
Marcio Souza Reis
 
Jornal de abril funsag
Jornal de abril funsagJornal de abril funsag
Jornal de abril funsag
MClara
 
APRESENTAÇÃO PROJ. MOMENTO CÍVICO
APRESENTAÇÃO PROJ. MOMENTO CÍVICOAPRESENTAÇÃO PROJ. MOMENTO CÍVICO
APRESENTAÇÃO PROJ. MOMENTO CÍVICO
Marcio Souza Reis
 
Jornal Escolar
Jornal Escolar Jornal Escolar
Jornal Escolar
Dinomar Miranda
 
Boletim be 11 janeiro 21
Boletim be 11   janeiro 21Boletim be 11   janeiro 21
Boletim be 11 janeiro 21
Clara Mata
 
Jornal lapis final ano letivo 12 13 3ºtrimestre
Jornal lapis final ano letivo 12 13  3ºtrimestreJornal lapis final ano letivo 12 13  3ºtrimestre
Jornal lapis final ano letivo 12 13 3ºtrimestre
bibliotecaoureana
 
A voz do ceja, Fevereiro 2014
A voz do ceja, Fevereiro 2014A voz do ceja, Fevereiro 2014
A voz do ceja, Fevereiro 2014
Antonio Barreto
 
Jornal "O Barnabé" - junho 10
Jornal "O Barnabé" - junho 10Jornal "O Barnabé" - junho 10
Jornal "O Barnabé" - junho 10
HelderRamos16
 
Boletim Informativo - fevereiro 2014
Boletim Informativo - fevereiro 2014Boletim Informativo - fevereiro 2014
Boletim Informativo - fevereiro 2014
bibliotecasjuliomartins
 
Jornal escolar dezembro 2019 CEON
Jornal escolar dezembro 2019 CEONJornal escolar dezembro 2019 CEON
Jornal escolar dezembro 2019 CEON
bibliotecaoureana
 
Jornal 2º período
Jornal 2º períodoJornal 2º período
Jornal 2º período
colegiosantarita
 
Boletim das b. e. fevereiro[1]
Boletim das b. e.  fevereiro[1]Boletim das b. e.  fevereiro[1]
Boletim das b. e. fevereiro[1]
Tony Batista
 
Congregação 2011
Congregação 2011Congregação 2011
Congregação 2011
vomoreno
 
Blog noticias-set 2015-web
Blog noticias-set 2015-webBlog noticias-set 2015-web
Blog noticias-set 2015-web
SimoneHelenDrumond
 

Semelhante a 2ºedição 2017 (20)

PV NOTÍCIAS - EDIÇÃO 1
PV NOTÍCIAS - EDIÇÃO 1PV NOTÍCIAS - EDIÇÃO 1
PV NOTÍCIAS - EDIÇÃO 1
 
O trovador 1ª ediçao 2014 - agrupamento D.Dinis - ODIVELAS 2014
O trovador 1ª ediçao 2014 -    agrupamento D.Dinis - ODIVELAS 2014O trovador 1ª ediçao 2014 -    agrupamento D.Dinis - ODIVELAS 2014
O trovador 1ª ediçao 2014 - agrupamento D.Dinis - ODIVELAS 2014
 
Plano anual de atividades 2015 2016
Plano anual de atividades 2015 2016Plano anual de atividades 2015 2016
Plano anual de atividades 2015 2016
 
Jornal 3ª edição 2016
Jornal 3ª edição 2016Jornal 3ª edição 2016
Jornal 3ª edição 2016
 
12ª mssfi apresentacoes culturais
12ª mssfi apresentacoes culturais12ª mssfi apresentacoes culturais
12ª mssfi apresentacoes culturais
 
Jornal da Escola Municipal de Santo Antonio dos Caboclos
Jornal da Escola Municipal de Santo Antonio dos Caboclos Jornal da Escola Municipal de Santo Antonio dos Caboclos
Jornal da Escola Municipal de Santo Antonio dos Caboclos
 
PROJETO MOMENTO CÍVICO
PROJETO MOMENTO CÍVICOPROJETO MOMENTO CÍVICO
PROJETO MOMENTO CÍVICO
 
Jornal de abril funsag
Jornal de abril funsagJornal de abril funsag
Jornal de abril funsag
 
APRESENTAÇÃO PROJ. MOMENTO CÍVICO
APRESENTAÇÃO PROJ. MOMENTO CÍVICOAPRESENTAÇÃO PROJ. MOMENTO CÍVICO
APRESENTAÇÃO PROJ. MOMENTO CÍVICO
 
Jornal Escolar
Jornal Escolar Jornal Escolar
Jornal Escolar
 
Boletim be 11 janeiro 21
Boletim be 11   janeiro 21Boletim be 11   janeiro 21
Boletim be 11 janeiro 21
 
Jornal lapis final ano letivo 12 13 3ºtrimestre
Jornal lapis final ano letivo 12 13  3ºtrimestreJornal lapis final ano letivo 12 13  3ºtrimestre
Jornal lapis final ano letivo 12 13 3ºtrimestre
 
A voz do ceja, Fevereiro 2014
A voz do ceja, Fevereiro 2014A voz do ceja, Fevereiro 2014
A voz do ceja, Fevereiro 2014
 
Jornal "O Barnabé" - junho 10
Jornal "O Barnabé" - junho 10Jornal "O Barnabé" - junho 10
Jornal "O Barnabé" - junho 10
 
Boletim Informativo - fevereiro 2014
Boletim Informativo - fevereiro 2014Boletim Informativo - fevereiro 2014
Boletim Informativo - fevereiro 2014
 
Jornal escolar dezembro 2019 CEON
Jornal escolar dezembro 2019 CEONJornal escolar dezembro 2019 CEON
Jornal escolar dezembro 2019 CEON
 
Jornal 2º período
Jornal 2º períodoJornal 2º período
Jornal 2º período
 
Boletim das b. e. fevereiro[1]
Boletim das b. e.  fevereiro[1]Boletim das b. e.  fevereiro[1]
Boletim das b. e. fevereiro[1]
 
Congregação 2011
Congregação 2011Congregação 2011
Congregação 2011
 
Blog noticias-set 2015-web
Blog noticias-set 2015-webBlog noticias-set 2015-web
Blog noticias-set 2015-web
 

Mais de Escola Municipal Quilombo dos Palmares

3ª Edição 2017
3ª Edição 20173ª Edição 2017
Jornal 4ªedição 2016
 Jornal 4ªedição 2016 Jornal 4ªedição 2016
Jornal 4ªedição 2016
Escola Municipal Quilombo dos Palmares
 
2ªedição 2016
2ªedição 20162ªedição 2016
Edição jornal primeira 2016
Edição jornal primeira 2016Edição jornal primeira 2016
Edição jornal primeira 2016
Escola Municipal Quilombo dos Palmares
 
3ª edição 2015
3ª edição 20153ª edição 2015
2ª edição 2015
2ª edição   20152ª edição   2015
Jornal 1ªedição 2015
Jornal 1ªedição 2015Jornal 1ªedição 2015
4ªedição
4ªedição4ªedição
3ªedição jornal
3ªedição jornal3ªedição jornal
Jornal Tribuna do Quilombo 2ªedição
Jornal Tribuna do Quilombo 2ªediçãoJornal Tribuna do Quilombo 2ªedição
Jornal Tribuna do Quilombo 2ªedição
Escola Municipal Quilombo dos Palmares
 
1ª edição do Tribuna do Quilombo
1ª edição do Tribuna do Quilombo1ª edição do Tribuna do Quilombo
1ª edição do Tribuna do Quilombo
Escola Municipal Quilombo dos Palmares
 

Mais de Escola Municipal Quilombo dos Palmares (11)

3ª Edição 2017
3ª Edição 20173ª Edição 2017
3ª Edição 2017
 
Jornal 4ªedição 2016
 Jornal 4ªedição 2016 Jornal 4ªedição 2016
Jornal 4ªedição 2016
 
2ªedição 2016
2ªedição 20162ªedição 2016
2ªedição 2016
 
Edição jornal primeira 2016
Edição jornal primeira 2016Edição jornal primeira 2016
Edição jornal primeira 2016
 
3ª edição 2015
3ª edição 20153ª edição 2015
3ª edição 2015
 
2ª edição 2015
2ª edição   20152ª edição   2015
2ª edição 2015
 
Jornal 1ªedição 2015
Jornal 1ªedição 2015Jornal 1ªedição 2015
Jornal 1ªedição 2015
 
4ªedição
4ªedição4ªedição
4ªedição
 
3ªedição jornal
3ªedição jornal3ªedição jornal
3ªedição jornal
 
Jornal Tribuna do Quilombo 2ªedição
Jornal Tribuna do Quilombo 2ªediçãoJornal Tribuna do Quilombo 2ªedição
Jornal Tribuna do Quilombo 2ªedição
 
1ª edição do Tribuna do Quilombo
1ª edição do Tribuna do Quilombo1ª edição do Tribuna do Quilombo
1ª edição do Tribuna do Quilombo
 

Último

Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
Manuais Formação
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
ConservoConstrues
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Centro Jacques Delors
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Mauricio Alexandre Silva
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
ThiagoRORISDASILVA1
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Nertan Dias
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
geiseortiz1
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
eltinhorg
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Maurício Bratz
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
pamellaaraujo10
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
FredPaixaoeSilva
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 

Último (20)

Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptxSlides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
Slides Lição 12, Central Gospel, O Milênio, 1Tr24, Pr Henrique.pptx
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 02.pptx
 
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
UFCD_7211_Os sistemas do corpo humano_ imunitário, circulatório, respiratório...
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptxDEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
DEUS CURA TODAS AS FERIDAS ESCONDIDAS DA NOSSA.pptx
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento EuropeuEurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
Eurodeputados Portugueses 2024-2029 | Parlamento Europeu
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptxVivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
Vivendo a Arquitetura Salesforce - 01.pptx
 
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdfsaid edward w - orientalismo. livro de história pdf
said edward w - orientalismo. livro de história pdf
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologiaPedagogia universitária em ciência e tecnologia
Pedagogia universitária em ciência e tecnologia
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptxO século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
O século XVII e o nascimento da pedagogia.pptx
 
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdfEXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
EXERCÍCIOS ARTRÓPODES E EQUINODERMAS.pdf
 
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdfPrimeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
Primeira fase do modernismo Mapa Mental.pdf
 
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptxRoteiro para análise do Livro Didático.pptx
Roteiro para análise do Livro Didático.pptx
 
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
Discursos Éticos e Políticos Acerca do Meio Ambiente e Desenvolvimento Susten...
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 

2ºedição 2017

  • 1. Parabéns Quilombo! JORNAL ESCOLAR EXPEDIENTE: ESCOLA MUNICIPAL QUILOMBO DOS PALMARES; COORDENAÇÃO DO JORNAL ESCOLAR: LUCIENE CRISTINA DE CASTRO MORAES; DIREÇÃO: JOSÉ PEREIRA CASTRO; VICE-DIREÇÃO: ANDRÉ LUIS TAVARES LOPES; EXECUÇÃO: TODOS OS ALUNOS PARTICIPANTES DO PROJETO “JORNAL ESCOLAR”; COLABORADORA: ROSANE QUEIROGA ELIOTÉRIO. PÚBLICO ALVO: TODA A COMUNIDADE ESCOLAR - ESCOLA MUNICIPAL QUILOMBO DOS PALMARES 2º TRIMESTRE 2ª EDIÇÃO/17 Nesta data não comemoramos apenas o seu aniversário, mas também os longos anos de história que fizemos com ela. É gratificante ver suas mudanças , seu crescimento, suas ransformações. nossa escola está aniversariando. Parabéns Escola Municipal Quilombo dos Palmares por seus 29 anos de muita dedicação ao processo ensino aprendizagem! E nosso sucesso não é individual, pois sem professores, funcionários, pais, alunos e a toda comunidade não teríamos motivo para comemorar. Obrigada a todos pela dedicação, carinho, empenho e respeito que prestam à nossa escola. Que possamos comemorar mais e mais aniversários, e continuar produzindo sujeitos pensantes imbuídos de valores como amizade, solidariedade e principalmente com uma vontade interminável de SER! transformações. E neste mês nossa escola está aniversariando. Parabéns Escola Municipal Quilombo dos Palmares por seus 29 anos de muita dedicação ao processo ensino aprendizagem! E nosso sucesso não é individual, pois sem professores, funcionários, pais, alunos e toda comunidade não teríamos motivo para comemorar. Obrigada a todos pela dedicação, carinho, empenho e respeito que prestam à nossa escola. Que possamos comemorar mais e mais aniversários, e continuar produzindo sujeitos pensantes imbuídos de valores como amizade, solidariedade e principalmente com uma vontade interminável de SER! É com prazer que apresentamos a vocês a 2ª edição do jornal escolar. Nele trazemos o que de melhor aconteceu no segundo trimestre de 2017. Além disso, o projeto Jornal Escolar busca desenvolver a criatividade, o espírito crítico, a expressão oral e a escrita. Faz conhecer a realidade, os problemas locais, sociais, enfim, a cultura de um povo e principalmente o local onde os alunos estão inseridos. Dessa forma, construímos conhecimentos significativos. Contamos com vocês! Esperamos que gostem do que iremos apresentar. EXPERIÊNCIAS DE CIÊNCAS PÁGINA 3 REALIZAÇÃO DA FESTA JUNINA PÁGINA 3 FLIMINAS PÁGINA 2 CIRCUITO DE LEITURA PÁGINA 2 SER ADOLESCENTE PÁGINA 4 Em outubro, estaremos sorteando uma rifa com produtos de beleza (hidratante, perfume, desodorante, entre outros). Ela tem o valor de R$2,00 e pode ser comprada com as coordenadoras. Vamos participar pessoal!!
  • 2. CIRCUITO DE LEITURA FLIMINAS Em sua 4ª Edição, aconteceu na Praça Prefeito Ronaldo Dutra Borges, em Rio Novo, a Festa Literária de Minas Gerais – a FLIMINAS. Ela ocorreu entre os dias 17 e 20 de agosto e, nesta edição, tivemos como homenageado o poeta Carlos Drummond de Andrade, com o tema “TEM POESIA NO MEIO DO CAMINHO”, lembrando os 30 anos de morte do poeta de Itabira (MG). Foram dias repletos de mesas de debates, lançamentos de livros, bate-papo com autores, sessões de contação de história, diversas oficinas, teatro e shows musicais. E nós tivemos o prazer de conhecer a feira, participar de oficinas e vivenciar e respirar cultura. As professoras Cristiane e Patrícia (5º Anos A e C) desenvolveram com os alunos um Projeto chamado “UM MÊS COM ANNE FRANK” e teve como objetivo conhecer mais os alunos, incentivar e propor a escrita de um diário como um documento histórico, enaltecer as diferenças culturais, discutir questões relevantes como discriminação, intolerância com o outro e respeito ao próximo. Ficou show! O CIRCUITO de LEITURA é uma proposta da Secretaria de Educação para valorizar e divulgar produções artísticas (textos, teatro, dança, entre outros) feita pelos alunos com a orientação de seus professores. Essa divulgação acontece entre escolas da rede, gerando assim um intercâmbio das ações desenvolvidas por elas, com objetivo de entrelaçar diferentes bairros por meio de Artes e Literatura. Dessa forma, nossa escola teve o prazer de visitar a Escola Municipal Lions Centro, onde tivemos a oportunidade de fazer algumas apresentações culturais, como a peça teatral “PLUFT, O FANTASMINHA”, contação de história e apresentação de dança. Em contrapartida, recebemos a visita da Escola Municipal Dom Justino, nos presenteando com apresentações diversas. Pegando carona nessa proposta, nossa escola respirou cultura durante toda a semana. Muitas atividades foram apresentadas entre as turmas, tivemos: dança, teatro, contação de histórias, música e uma socialização que só a arte e a cultura promovem! Por iniciativa da professora Gisele, de português, os 7ºs Anos A e B participaram do 1º Talk Show, da RevistaRevista Cultura na Ponta da Língua, o TOP SHOW. A entrevistada foi a musicista Amanda Martins, que falou sobre carreira e projetos de música na escola. Parabéns pessoal! SOBRE FOLCLORE Folclore é o conjunto de tradições, brincadeiras, parlendas, cantigas, provérbios, jogos, poesias, artesanato, danças, enfim, tudo que faz parte da cultura e memória de um povo. Trabalhar o Folclore na escola é desenvolver valores integrais do aluno, dentro de um ambiente com propostas lúdicas e de cunho educativo. Nesta perspectiva, a professora Aline, do 2º período A e B, trabalhou com os alunos cantigas de roda e habilidades artísticas como pinturas. Além do 2º período, o 5º Ano C, com a professora Cida, também trabalhou a questão do folclore confeccionando o bumba meu boi.
  • 3. Festa Junina Os festejos juninos têm diferentes características em todo o país e podem se apresentar como instrumentos pedagógicos nas escolas, relembrando as características de cada tipo de região. A quadrilha, por exemplo, provém das danças realizadas nas festas da corte da realeza portuguesa no Brasil. E nós comemoramos os festejos juninos no dia 10 de junho com uma festa bonita e animada! Esse trabalho foi iniciado com o objetivo de conscientizarmos os nossos alunos sobre a importância de conservarmos o ambiente escolar saudável e apropriado, adotando algumas medidas simples de higiene. Promovemos discussões que ajudaram os alunos a entenderem que pequenas ações são capazes de melhorar o local que eles passam grande parte de seu tempo e transformá-lo em um espaço de convivência harmonioso, onde cada um faz a sua parte para garantir que lixo seja jogado no lixo, que água seja usada com consciência e que a limpeza seja uma prioridade. Do latim experientia, experiência é a ação e o efeito de experimentar, realizar ações destinadas a descobrir ou comprovar determinados fenômenos. A realização de uma experiência implica a manipulação de diferentes variáveis que, segundo presumem os cientistas, constituem a causa do fenômeno que se pretende confirmar, ou seja, o resultado de uma experiência fornece validade (ou não) a uma teoria. E foi exatamente isso que a professora Delba, de Ciências, propôs aos alunos do 9º Ano B, que realizassem algumas experiências com materiais conhecidos e eles nos mostraram como se consegue gerar gás carbônico, como se dá a eletricidade estática e as ondas eletromagnéticas. Foi muito interessante! Vem aí.....FEIRA DE CIÊNCIAS!!! A IMPORTÂNCIA DA HIGIENE BUCAL PORTUGUÊS EM AÇÃO Os alunos do 9º Ano B estão desenvolvendo um projeto nas aulas de português, com a professora Rosane, criando uma composição de uma música para o grupo de dança da escola: ”Os Elementares”, criado pelos alunos e pela professora Mariana (de dança). Eles começaram o projeto entrevistando alunos e professores com o tema: “Como é crescer na escola?”. A música será apresentada com uma coreografia ensaiada pelo grupo de dança na IX Mostra Estudantil, que acontecerá no Teatro Solar no mês de outubro, culminância do projeto que foi iniciado em agosto. Já estamos curiosos!! Turminha da tia Márcia, 1º período A , desde cedo pensando na importância de cuidar da higiene bucal, pois sabemos que podemos nos prevenir de vários tipos de doenças fazendo uma escovação correta. Mascote do 2º período Esse é o mascotinho da turma da Tia Valdete, o 2º Período Amarelo, e me chamo METALINHO! Lindo demais!
  • 4. SER ADOLESCENTE É...... Ser adolescente é... Acordar todos os dias tarde E ainda achar que dormiu pouco; Ficar horas com amigos ao telefone E ainda chatear-se quando a mãe reclama; Deixar seu quarto todo bagunçado E dizer que não o arrumou por falta de tempo; Achar que o mundo gira em torno de si E não o contrário... Mas ser adolescente também é... Querer resolver os problemas do mundo, Lutar contra as injustiças sociais, Fazer loucuras pelo seu ídolo, Amar da forma mais intensa possível, Estar rodeado de amigos, Ser espontâneo e explosivo... Ser adolescente é... Ter capacidade de criar uma linguagem própria Embora não saiba corretamente o português; Querer tudo rápido e de uma vez, Embora não tenha pressa em fazer suas tarefas Porque o ócio é mais importante; Achar que estar contra o mundo É a melhor forma de consertá-lo; Não pensar nunca no futuro Pois este ainda não se tornou presente; Dizer tolices E depois achar graça delas... Ser adolescente também é... Estar sempre disposto A fazer qualquer coisa para os amigos; Amar de forma intensa e irracional Mas terminar um namoro por motivo banal; É desejar viver tudo em um segundo, Embora tenha todo o tempo do mundo. Ser adolescente é tudo isso e muito mais... (Autor desconhecido) Nesta edição do jornal decidimos falar sobre nós....O ADOLESCENTE, que caracteriza-se como um período de profundas transformações, tanto físicas quanto psicológicas. Passamos por desequilíbrios e instabilidades extremas, onde o processo de desenvolvimento adquire características muitos especiais; a busca de identidade, independência, criatividade, autoestima, juízo crítico, sensibilidade, afetividade, sexualidade e educação. O produto final do acontecer de todas as características leva o adolescente a definir o que considera um fato fundamental: o seu estilo de vida, que por vezes segue um estilo de alto risco e assumem problemas como distúrbios de afetividade e conduta, gravidez indesejada, drogas e doenças sexualmente transmissíveis. Além disso, ser adolescente é criar uma identidade própria, muitas vezes desligada da referência familiar, onde o grupo de amigos torna-se um novo ponto de referência. Mas o que o adolescente quer esclarecer é quem é ele, qual será o seu papel na sociedade. Afinal, somos crianças ou adultos? Podemos ser pai ou mãe? Teremos êxito? Vamos trabalhar, conseguir um emprego? Como dizia o poeta John Ciardi: “Você não precisa sofrer para ser um poeta; a adolescência já é sofrimento suficiente para qualquer pessoa”. E é isso mesmo....uma “sofrência”, como dizem hoje em dia. Mas o bom é que tudo passa e todas essas angústias e crises ficarão para trás e nascerão novas pessoas!