Entendendo o Passe e a Fluidoterapia

15.130 visualizações

Publicada em

0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
15.130
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.365
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
345
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Entendendo o Passe e a Fluidoterapia

  1. 1. O que é o Passe?
  2. 2. Passe é um conjunto de transferências fluídicas com fins fluído terapêuticos (terapia através de fluidos). É uma transfusão de energia, alterando o campo celular.
  3. 3. Preparando-se para o passe Para o melhor resultado da recepção dos fluidos, o paciente deve orar, silenciosamente, enquanto recebe o passe, para acolher e assimilar bem as energias que lhe forem transmitidas; o passe sempre beneficia, mas o grau dos resultados se fará de acordo com a fé, merecimento ou necessidade. É preciso ter fé, não como mera atitude mística, mas sim como força atrativa e fixadora das energias benéficas. Fé + recolhimento + respeito = receptividade. Ironia + descrença + dureza de coração = refratariedade.
  4. 4. OBSERVAÇÕES 1 - Não devemos cruzar pernas ou braços durante o passe, porque isso interrompe a marcha das correntes fluídicas. 2 – Pessoas com crianças no colo, tome passe primeiro a criança, saindo da cabine de passe, deixe a criança aos cuidados de outra pessoa, e retorne novamente para que tome seu passe sozinho.
  5. 5. 3 - No dia do passe alimente-se mais natural e frugalmente, beba bastante líquidos e evite comidas pesadas, vícios devem ser controlados, em corpo vicioso o benefício tem maior dificuldade de fazer efeito. 4 - Evite conversas ou distrações mentais nos momentos que antecedem ao passe;concentrar-se no bem que irá receber é começar a recebê-lo antecipadamente. 5 - A razão de nossa presença na cabine de passe é a busca de uma ajuda, de uma cura, de um benefício, portanto, o espaço para curiosidade ou desvio de atenção deve ser severamente reduzido, sob pena de perdermos o essencial. 6 -Após o passe, mantenha o benefício assimilado; a harmonia interior deve ser refletida por nossos atos e pensamentos.
  6. 6. 7 - Evite aborrecimentos ou tensões após os passes para que o benefício tenha tempo e oportunidade de estabelecer-se mais profundamente. 8 - Sentindo algum mal-estar após o passe, solicite ajuda ao pessoal de apoio; enquanto a ajuda é providenciada, fique em oração, mantenha a respiração normal, tenha os olhos abertos e evite concentrar-se. 9 - O passe não tem contra-indicações , o “ mal-estar “ que alguns pacientes sentem após o passe, geralmente é a presença de entidades desarmonizadas que não querem a nossa presença na Casa Espírita,conscientes de que receberemos auxílio dos Mentores amigos.Voltando a cabine, novamente é ministrado o passe e tudo volta a harmonia anterior.
  7. 7. Fluidoterapia Fluidoterapia é a utilização dos fluidos com finalidade terapeutica, para o tratamento dos enfermos.
  8. 8. 1 - Tratamento espiritual para surtir efeito requer perseverança, assiduidade e pontualidade nos atendimentos e observação ás recomendações indicadas . 2 - O tratamento espiritual não conflita nem exime o paciente dos medicamentos passados por profissionais da saúde. 3 - Faltar ao tratamento significa dizer interrompê-lo, assumindo então suas conseqüências indesejáveis. 4 - O tratamento espiritual não resolve problemas de ordem e de responsabilidade pessoal. OBSERVAÇÕES
  9. 9. 5 - Embora os médiuns, passistas e magnetizadores sejam, via de regra, pessoas abnegadas, que agem movidas por sentimentos nobres e envolvidas nos melhores propósitos, não são elas detentoras de poderes milagrosos. 6 – Os médiuns, apenas veiculam, ejetam e dispõe fluidos mais ou menos sutis que, de acordo com o merecimento e a maneiras como serão absorvidos e estabilizados pelos pacientes, propiciarão curas mais ou menos profundas. 7 - O tratamento será tanto mais eficiente quanto mais intensa for adesão daquele que lhe recolhe os benefícios. 8 – O paciente ,deve aproveitar a ajuda que recebe para comandar a própria restauração. A cura é na verdade, uma auto-cura.
  10. 10. Água Fluidificada COMO É FEITA A FLUIDIFICAÇÃO DA ÁGUA? A água é um dos corpos mais simples e receptivos da Terra. É como que a base pura, em que a medicação Espiritual pode ser impressa, através de recursos substanciais de assistência ao corpo e à alma. O processo é invisível aos olhos mortais, por isso, a confiança e a fé do paciente são partes essenciais nos efeitos do tratamento. A água é um ótimo condutor de forca eletro-magnética e absorverá os fluidos sobre ela projetados, conserva-los-á e os transmitirá ao organismo doente, quando ingerida. Água fluidificada expande os átomos físicos, ocasionando a entrada de átomos espirituais ainda desconhecidos e que servem para ajudar na nossa cura.
  11. 11. Fim

×