SlideShare uma empresa Scribd logo
Centro Espírita Meimei A Fluidoterapia, O Passe – Visão Espírita. Expositor: Marcelo Rodrigues.
Obras Básicas Espíritas ,[object Object]
 Segunda Parte – Mundo Espírita ou dos Espíritos;
 Terceira Parte – Leis Morais;
 Quarta Parte – Esperanças e Consolações.,[object Object]
Roteiro do seminário 14h00 – Leiturainicial e prece de abertura; 14h10 – Início da primeira parte: 	1 – Apresentação do roteiro; 	2 – A Terceira revelação: O Espiritismo; 	4 – A Mediunidade de cura ; 	5 – O Passe; 	6 – A Terapia pelo passe – PMPM. 15h30 – Intervalo; 15h45 – Início da segunda parte: 	1 – Apresentação da palestra do expositor e escritor Jacob Melorealizada no SIMESPE – PE 16h45 – Perguntas e debate; 17h15– Consideraçõesfinais 17h30 – Encerramento.
A Terceira Revelação: Espiritismo
A Terceira Revelação: Espiritismo “Aproximavam-se os tempos em que Jesus deveria enviar ao mundo o Consolador, de acordo com as suas auspiciosas promessas.” “Um dos mais lúcidos discípulos do Cristo baixa ao planeta, compenetrado de sua missão consoladora, e, dois meses antes de Napoleão Bonaparte sagrarse imperador, obrigando o papa Pio VII a coroá-lo na igreja de NotreDame, em Paris, nascia Allan Kardec, aos 3 de outubro de 1804, com a sagrada missão de abrir caminho ao espiritismo, a grande voz do Consolador prometido ao mundo pela misericórdia de Jesus-Cristo.” Ref.: A Caminho da Luz – Emmanuel – Psicografia do Chico
A Explosão De Fenômenos
A Falange Do Consolador…
A Terceira Revelação: Espiritismo Religiosidade Espiritismo Filosofia Ciência
O Que É O Espiritismo? 5. “O Espiritismo é a ciência nova que vem revelar aos homens, por meio de provas irrecusáveis, a existência e a natureza do mundo espiritual e as suas relações com o mundo corpóreo.” 7. “Assim como o Cristo disse: "Não vim destruir a lei, porém cumpri-la", também o Espiritismo diz: "Não venho destruir a lei cristã, mas dar-lhe execução." Nada ensina em contrário ao que ensinou o Cristo; mas, desenvolve, completa e explica, em termos claros e para toda gente, o que foi dito apenas sob forma alegórica. Vem cumprir, nos tempos preditos, o que o Cristo anunciou e preparar a realização das coisas futuras. Ele é, pois, obra do Cristo, que preside, conforme igualmente o anunciou, à regeneração que se opera e prepara o reino de Deus na Terra.” 10. “... A revolução que se apresta é antes moral do que material...” Evangelho Segundo o Espiritismo – Capítulo I – Não vim Destruir a Lei. Ref.: http://www.espirito.org.br/portal/codificacao/es/es-01.html
Mediunidade De Cura  A mediunidade de cura “consiste [...] no dom que certas pessoas possuem de curar pelo simples toque, pelo olhar, mesmo por um gesto, sem o concurso de qualquer medicação.          O fluido magnético desempenha aí importante papel.”  O Livro dos Médiuns, cap. 14. item 175
Mediunidade De Efeitos Físicos ,[object Object]
Semantologia ou por sinais;
Voz direta ou pneumatofonia;
Escrita direta ou pneumatografia;
Fenômenos de ectoplasmia: materializações de Espíritos, transporte de objetos, fotografias de Espíritos, curas espirituais etc.,[object Object]
O Magnetismo de Mesmer. Franz Anton Mesmer (Iznang, 23 de maio de 1734 - Meesburg, 5 de março de 1815), foi um médico e magnetizador Suábio. A sua aldeia é próxima ao lago de Constança, na Suábia, região que hoje pertence à Alemanha.  Em 1799, publicou Memória de F. A. Mesmer, doutor em medicina, sobre suas descobertas, considerada a sua principal obra, contendo o modelo teórico da terapia do magnetismo animal, sonambulismo provocado e lucidez sonambúlica. Foi o seu primeiro trabalho publicado em dezoito anos. Em 1815, Mesmer faleceu, na cidade de Meesburg, Suábia, nas proximidades do lago de Constança, atual Alemanha. Tese O homem não é apenas um corpo. A complexidade da fisiologia humana ultrapassa os limites de observação dos sentidos físicos. O homem está imerso numa matéria sutil, que se espalha por todo o Universo e o interliga com todos os seres: é o princípio vital, também chamado fluido vital ou Magnetismo Animal. Essa é a causa da vitalidade orgânica e o princípio que mantém e recupera a saúde. Toda essa estrutura, desconhecida da ciência oficial, tem origem na matéria. Matéria sutil, distante do alcance dos instrumentos científicos atuais. O espírito é uma individualidade imaterial que rege essa complexa composição orgânica.
O Magnetismo de Mesmer. A Tina de Mesmer  “O fundo da tina do senhor Mesmer é composto de garrafas arranjadas entre si de maneira particular. Acima dessas garrafas, coloca-se água até uma certa altura; varas de ferro, cujas extremidades tocam a água, saem dessa tina; e a outra extremidade, terminada em ponta, se aplica sobre os doentes. Uma corda, em comunicação com o reservatório magnético e o reservatório comum, liga todos os doentes uns aos outros; de modo que existe uma circulação de fluido ou de movimento que serve para estabelecer o equilíbrio entre eles. (...) Se desejar, utiliza-se uma vara de ferro, terminada em ponta, apoiada no meio da tina, que se pode tocar de tempo em tempo, ou de uma recarga que se pode operar à vontade, mantendo este movimento na direção dada; e por intermédio da corda que serve para ligar todos os doentes entre si, chega, como já disse acima, um combate, em cada indivíduo, pelo restabelecimento do equilíbrio, do fluido ou movimento elétrico animal.” http://www.youtube.com/watch?v=NqSMLB3iRWE
O Magnetismo de Mesmer. A confusão entre o magnetismo animal e o mineral  Por causa do nome, muitas pessoas acham que o Magnetismo Animal é uma terapia que usa imãs para curar. Mas isso não passa de um grande equívoco. Mesmer compreendia, desde sua tese de Doutorado, que o fluido magnético animal, a eletricidade, o magnetismo mineral e até a luz eram diferentes manifestações do fluido universal. A Doutrina Espírita confirmou essa hipótese. Na questão 427 de O Livro dos Espíritos, Allan Kardec questionou os Espíritos: "De que natureza é o agente que se chama fluido magnético?", e eles responderam: "Fluido vital, eletricidade animalizada, que são modificações do fluido universal".
Mediunidade De Efeitos Físicos Médiuns curadores:  Os que têm o poder de curar ou de aliviar o doente, pela só imposição das mãos, ou pela prece. “Esta faculdade não é essencialmente mediúnica; possuem-na todos os verdadeiros crentes, sejam médiuns ou não. As mais das vezes, é apenas uma exaltação do poder magnético, fortalecido, se necessário, pelo concurso de bons Espíritos.” LM, item 189
Mecanismo De Cura “A ação curadora depende da intervenção dos Espíritos que  associam: os fluidos dos médiuns e os provenientes da natureza aos próprios fluidos. “ “As curas ocorrem, sempre, de acordo com os ditames da lei de causa e efeito.” “O Espírito,  encarnado ou desencarnado, é o agente propulsor que infiltra num corpo deteriorado uma parte do seu envoltório fluídico. “ A Gênese, cap. 14. “Kardec afirma que uma grande força fluídica aliada a uma  maior soma possível de qualidades morais, pode operar   curas verdadeiramente prodigiosas.      Diz também que a confiança e a vontade do curador aliada a fé do doente auxiliam poderosamente a  ação fluídica.” L.M., Cap. XIV, 175
Mecanismo De Cura   FORÇAS SUPERIORES Fluido  A Fluido B  MÉDIUM Fluido C NATUREZA     A COMBINAÇÃO DESSES FLUIDOS CRIA PROPRIEDADES DIFERENCIADAS
Mecanismo De Cura A vontade atua sobre a matéria elementar e, por uma ação consecutiva, reage sobre seus compostos, cujas propriedades íntimas sofrem transformações.  A vontade tanto é atributo do Espírito encarnado quanto do Espírito errante, daí o poder do magnetizador, poder que se sabe está na razão direta da força de vontade. L. M. cap. XIV, 175
O Passe “O passe não é unicamente transfusão de energias anímicas. É o equilibrante ideal da mente, apoio eficaz de todos os tratamentos.” .  (André Luiz) “Assim como a transfusão de sangue representa uma renovação das forças físicas, o passe é uma transfusão de energias psíquicas, com a diferença de que os recursos orgânicos são retirados de um reservatório limitado, e os elementos psíquicos o são do reservatório ilimitado das forças espirituais.”  (Emmanuel – O Consolador)
O Passe – O Mecanismo “Pela sua união íntima com o corpo, o perispírito desempenha preponderante papel no organismo. Pela sua expansão, põe o Espírito encarnado em relação mais direta com os Espíritos livres e também com os Espíritos encarnados. O pensamento do encarnado atua sobre os fluidos espirituais, como o dos desencarnados, e se transmite de Espírito a Espírito pelas mesmas vias e, conforme seja bom ou mau, saneia ou vicia os fluidos ambientes. (Allan Kardec: A Gênese, cap. 14, item 18.)
O Passe – O Mecanismo
O Passe – Fluidos ,[object Object],O “fluido universal é o elemento primitivo do corpo carnal e do perispírito, os quais são simples transformações dele. Pela identidade da sua natureza, esse fluido, condensado no perispírito, pode fornecer princípios reparadores ao corpo (...).” Allan Kardec: A Gênese, cap.14/31 ,[object Object],(Fluido Magnético Animal) Energia vital, que impregna o perispírito e o “cola” no corpo material, como  um elemento de contato.        (L. Palhano Jr. – Dicionário de Filosofia Espírita)
O Passe-O Ser Integral Espírito  LE,Q88 Corpo Físico Corpo Espiritual Perispírito LE,Q93
O Passe - Corpo Humano
O Passe – Os Plexos ,[object Object]
São chamados de plexos nervosos e através deles que as fibras nervosas podem passar de um nervo a outro.
Sãoeles:
Plexo cervical ou laríngeo;
Plexo cardíaco;
Plexo solar;
Plexo esplênico;
Plexo sacro,[object Object]
O Passe – DuploEtérico “O duplo etérico é a parte do perispírito mais grosseira e próxima do corpo. Reservatório de vitalidade, necessário, durante a vida física, à reposição de energias gastas ou perdidas. Com a desencarnação, essa estrutura se desintegra com a própria organização física.”  (Jorge Andréa - Psicologia Espírita Vol II ) “Considerando-se toda célula em ação por unidade viva, qual motor microscópico, em conexão com a usina mental, é claramente   compreensível que todas as agregações celulares emitam radiações e que essas radiações se articulem, constituindo-se “tecidos de forças“. (André Luiz, em Evolução em Dois Mundos)
O Passe – DuploEtérico Espírito encarnado           Espírito       +      Corpo Físico          =           Espírito                             Perispírito            Duplo etérico                    Encarnado  
O Passe – Fluidos QUALIDADE DOS FLUIDOS:      “A ação dos Espíritos sobre os fluidos espirituais tem consequências de uma importância direta e capital para os encarnados. Desde o instante que esses fluidos são o veículo do pensamento, que o pensamento pode modificar-lhes as propriedades, é evidente que eles devem estar impregnados de qualidades boas ou más dos pensamentos que os colocam em vibração, modificados pela pureza ou pela impureza dos sentimentos.”- Allan Kardec (A Gênese, cap. XIV, itens 16 e 18) ,[object Object]
Vivificadores;
Anstesiantes;
Curativos;
Soníferos;
Enferniços;
Estimulantes.
Etc;,[object Object]

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Passes padronizados (Espiritismo)
Passes padronizados (Espiritismo)Passes padronizados (Espiritismo)
Passes padronizados (Espiritismo)
A. R.
 
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
Daniel de Melo
 
exposição no GFLE - Passe_Passista_Paciente ppt.pptx
exposição no GFLE - Passe_Passista_Paciente ppt.pptxexposição no GFLE - Passe_Passista_Paciente ppt.pptx
exposição no GFLE - Passe_Passista_Paciente ppt.pptx
msdbiasi
 
Mistificações, contradições e animismo
Mistificações, contradições e animismoMistificações, contradições e animismo
Mistificações, contradições e animismo
jcevadro
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Cynthia Castro
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
duadv
 
A cura espirita
A cura espiritaA cura espirita
A cura espirita
Stanley Domeniquini
 
Mediunidade com Jesus - n.17
Mediunidade com Jesus - n.17Mediunidade com Jesus - n.17
Mediunidade com Jesus - n.17
Graça Maciel
 
Espírito E Matéria
Espírito E MatériaEspírito E Matéria
Espírito E Matéria
Grupo Espírita Cristão
 
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De RosaAula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Rosana De Rosa
 
Simpatias e antipatias terrenas
Simpatias e antipatias terrenasSimpatias e antipatias terrenas
Simpatias e antipatias terrenas
Ana Cláudia Leal Felgueiras
 
Mediunidade com Jesus
Mediunidade com JesusMediunidade com Jesus
Mediunidade com Jesus
home
 
Espirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpoEspirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpo
Ailton Guimaraes
 
O Duplo Etérico - atualidades da ciência espírita
O Duplo Etérico - atualidades da ciência espíritaO Duplo Etérico - atualidades da ciência espírita
O Duplo Etérico - atualidades da ciência espírita
Anderson Santos
 
Progressão dos Espíritos - 1ª Parte
Progressão dos Espíritos - 1ª ParteProgressão dos Espíritos - 1ª Parte
Progressão dos Espíritos - 1ª Parte
Denise Aguiar
 
Mediunidade através dos tempos, A-2,0h
Mediunidade através dos tempos, A-2,0hMediunidade através dos tempos, A-2,0h
Mediunidade através dos tempos, A-2,0h
home
 
Aula sobre o passe espirita
Aula sobre o passe espiritaAula sobre o passe espirita
Aula sobre o passe espirita
Carlos Alberto Freire De Souza
 
Magnetismo - Espiritísmo
Magnetismo - EspiritísmoMagnetismo - Espiritísmo
Magnetismo - Espiritísmo
Luan Góes Rocha de Lima
 
Esde módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Esde    módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médiumEsde    módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Esde módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Elysio Laroide Lugarinho
 
Terapia pelos Passes - Seminário
Terapia pelos Passes - SeminárioTerapia pelos Passes - Seminário
Terapia pelos Passes - Seminário
Projeto Manoel Philomeno de Miranda
 

Mais procurados (20)

Passes padronizados (Espiritismo)
Passes padronizados (Espiritismo)Passes padronizados (Espiritismo)
Passes padronizados (Espiritismo)
 
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
AULA 112 EAE DM - ESTUDO DO PERISPÍRITO E DOS CENTROS DE FORÇA - 20210709v1
 
exposição no GFLE - Passe_Passista_Paciente ppt.pptx
exposição no GFLE - Passe_Passista_Paciente ppt.pptxexposição no GFLE - Passe_Passista_Paciente ppt.pptx
exposição no GFLE - Passe_Passista_Paciente ppt.pptx
 
Mistificações, contradições e animismo
Mistificações, contradições e animismoMistificações, contradições e animismo
Mistificações, contradições e animismo
 
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
Evolução Em Dois Mundos - Primeira Parte - Capítulo III - Evolução do Corpo E...
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
 
A cura espirita
A cura espiritaA cura espirita
A cura espirita
 
Mediunidade com Jesus - n.17
Mediunidade com Jesus - n.17Mediunidade com Jesus - n.17
Mediunidade com Jesus - n.17
 
Espírito E Matéria
Espírito E MatériaEspírito E Matéria
Espírito E Matéria
 
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De RosaAula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
Aula - Perispírito e suas propriedades - Rosana De Rosa
 
Simpatias e antipatias terrenas
Simpatias e antipatias terrenasSimpatias e antipatias terrenas
Simpatias e antipatias terrenas
 
Mediunidade com Jesus
Mediunidade com JesusMediunidade com Jesus
Mediunidade com Jesus
 
Espirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpoEspirito perispírito-corpo
Espirito perispírito-corpo
 
O Duplo Etérico - atualidades da ciência espírita
O Duplo Etérico - atualidades da ciência espíritaO Duplo Etérico - atualidades da ciência espírita
O Duplo Etérico - atualidades da ciência espírita
 
Progressão dos Espíritos - 1ª Parte
Progressão dos Espíritos - 1ª ParteProgressão dos Espíritos - 1ª Parte
Progressão dos Espíritos - 1ª Parte
 
Mediunidade através dos tempos, A-2,0h
Mediunidade através dos tempos, A-2,0hMediunidade através dos tempos, A-2,0h
Mediunidade através dos tempos, A-2,0h
 
Aula sobre o passe espirita
Aula sobre o passe espiritaAula sobre o passe espirita
Aula sobre o passe espirita
 
Magnetismo - Espiritísmo
Magnetismo - EspiritísmoMagnetismo - Espiritísmo
Magnetismo - Espiritísmo
 
Esde módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Esde    módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médiumEsde    módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
Esde módulo 05 - roteiro 02 - mediunidade e médium
 
Terapia pelos Passes - Seminário
Terapia pelos Passes - SeminárioTerapia pelos Passes - Seminário
Terapia pelos Passes - Seminário
 

Destaque

Curso do Passe Espírita - Associação Espírita Missionários da Luz - 2012 - Fe...
Curso do Passe Espírita - Associação Espírita Missionários da Luz - 2012 - Fe...Curso do Passe Espírita - Associação Espírita Missionários da Luz - 2012 - Fe...
Curso do Passe Espírita - Associação Espírita Missionários da Luz - 2012 - Fe...
costaunicastelo
 
Using capability assessment during product design
Using capability assessment during product designUsing capability assessment during product design
Using capability assessment during product design
Mark Turner CRP
 
2003 Deming Institute PowerPoint Slides
2003 Deming Institute PowerPoint Slides2003 Deming Institute PowerPoint Slides
2003 Deming Institute PowerPoint Slides
Thierry Brusselle
 
O passe espirita
O passe espiritaO passe espirita
O passe espirita
carlos freire
 
Advanced DOE with Minitab (presentation in Costa Rica)
Advanced DOE with Minitab (presentation in Costa Rica)Advanced DOE with Minitab (presentation in Costa Rica)
Advanced DOE with Minitab (presentation in Costa Rica)
Blackberry&Cross
 
A casa espírita
A casa espírita A casa espírita
A casa espírita
telmacorte
 
Geead 2011 06_08: Pontos Principais da Doutrina Espírita
Geead 2011 06_08: Pontos Principais da Doutrina EspíritaGeead 2011 06_08: Pontos Principais da Doutrina Espírita
Geead 2011 06_08: Pontos Principais da Doutrina Espírita
Geead Abu Dhabi
 
Meet minitab tutorial
Meet minitab tutorialMeet minitab tutorial
Meet minitab tutorial
shanmu31
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
Fatima Carvalho
 
Diseño y analisis de experimentos montgomery
Diseño y analisis de experimentos montgomeryDiseño y analisis de experimentos montgomery
Diseño y analisis de experimentos montgomery
MARTIN R. V.
 
O centro espírita
O centro espíritaO centro espírita
O centro espírita
nelmarvoc
 
O centro espírita e nós!
O centro espírita e nós!O centro espírita e nós!
O centro espírita e nós!
Leonardo Pereira
 
Apresentação a missão da casa espírita
Apresentação a missão da casa espíritaApresentação a missão da casa espírita
Apresentação a missão da casa espírita
Daniela Azevedo
 
Design and Analysis of Experiments
Design and Analysis of ExperimentsDesign and Analysis of Experiments
Design and Analysis of Experiments
Gladys Grace Kikoy
 
Lean vs-six-sigma
Lean vs-six-sigmaLean vs-six-sigma
Lean vs-six-sigma
Arturo Alejandro Zuccarelli
 
O conforto das dores da alma
O conforto das dores da almaO conforto das dores da alma
O conforto das dores da alma
carlos freire
 
Apostila do Curso de Passe 2016
Apostila do Curso de Passe 2016Apostila do Curso de Passe 2016
Apostila do Curso de Passe 2016
Edna Costa
 
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECO CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
Jorge Luiz dos Santos
 
Dimensões espirituais do centro espírita!
Dimensões espirituais do centro espírita!Dimensões espirituais do centro espírita!
Dimensões espirituais do centro espírita!
Leonardo Pereira
 
Entendendo o Passe e a Fluidoterapia
Entendendo o Passe e a FluidoterapiaEntendendo o Passe e a Fluidoterapia
Entendendo o Passe e a Fluidoterapia
Sergio Lima Dias Junior
 

Destaque (20)

Curso do Passe Espírita - Associação Espírita Missionários da Luz - 2012 - Fe...
Curso do Passe Espírita - Associação Espírita Missionários da Luz - 2012 - Fe...Curso do Passe Espírita - Associação Espírita Missionários da Luz - 2012 - Fe...
Curso do Passe Espírita - Associação Espírita Missionários da Luz - 2012 - Fe...
 
Using capability assessment during product design
Using capability assessment during product designUsing capability assessment during product design
Using capability assessment during product design
 
2003 Deming Institute PowerPoint Slides
2003 Deming Institute PowerPoint Slides2003 Deming Institute PowerPoint Slides
2003 Deming Institute PowerPoint Slides
 
O passe espirita
O passe espiritaO passe espirita
O passe espirita
 
Advanced DOE with Minitab (presentation in Costa Rica)
Advanced DOE with Minitab (presentation in Costa Rica)Advanced DOE with Minitab (presentation in Costa Rica)
Advanced DOE with Minitab (presentation in Costa Rica)
 
A casa espírita
A casa espírita A casa espírita
A casa espírita
 
Geead 2011 06_08: Pontos Principais da Doutrina Espírita
Geead 2011 06_08: Pontos Principais da Doutrina EspíritaGeead 2011 06_08: Pontos Principais da Doutrina Espírita
Geead 2011 06_08: Pontos Principais da Doutrina Espírita
 
Meet minitab tutorial
Meet minitab tutorialMeet minitab tutorial
Meet minitab tutorial
 
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITAO PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
O PAPEL SOCIAL DA CASA ESPÍRITA
 
Diseño y analisis de experimentos montgomery
Diseño y analisis de experimentos montgomeryDiseño y analisis de experimentos montgomery
Diseño y analisis de experimentos montgomery
 
O centro espírita
O centro espíritaO centro espírita
O centro espírita
 
O centro espírita e nós!
O centro espírita e nós!O centro espírita e nós!
O centro espírita e nós!
 
Apresentação a missão da casa espírita
Apresentação a missão da casa espíritaApresentação a missão da casa espírita
Apresentação a missão da casa espírita
 
Design and Analysis of Experiments
Design and Analysis of ExperimentsDesign and Analysis of Experiments
Design and Analysis of Experiments
 
Lean vs-six-sigma
Lean vs-six-sigmaLean vs-six-sigma
Lean vs-six-sigma
 
O conforto das dores da alma
O conforto das dores da almaO conforto das dores da alma
O conforto das dores da alma
 
Apostila do Curso de Passe 2016
Apostila do Curso de Passe 2016Apostila do Curso de Passe 2016
Apostila do Curso de Passe 2016
 
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDECO CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
O CENTRO ESPÍRITA SEGUNDO ALLAN KARDEC
 
Dimensões espirituais do centro espírita!
Dimensões espirituais do centro espírita!Dimensões espirituais do centro espírita!
Dimensões espirituais do centro espírita!
 
Entendendo o Passe e a Fluidoterapia
Entendendo o Passe e a FluidoterapiaEntendendo o Passe e a Fluidoterapia
Entendendo o Passe e a Fluidoterapia
 

Semelhante a Seminário-O Passe-Marcelo do N.Rodrigues-CEM

Perispírito e magnetismo
Perispírito e magnetismoPerispírito e magnetismo
Perispírito e magnetismo
Dalila Melo
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - curso basico de passes
( Espiritismo)   # - amag ramgis - curso basico de passes( Espiritismo)   # - amag ramgis - curso basico de passes
( Espiritismo) # - amag ramgis - curso basico de passes
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - curso basico de passes
( Espiritismo)   # - amag ramgis - curso basico de passes( Espiritismo)   # - amag ramgis - curso basico de passes
( Espiritismo) # - amag ramgis - curso basico de passes
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Genese cap 13 aula 1 de 2 os milagres segundo o espiritismo
Genese cap 13 aula 1 de 2   os milagres segundo o espiritismoGenese cap 13 aula 1 de 2   os milagres segundo o espiritismo
Genese cap 13 aula 1 de 2 os milagres segundo o espiritismo
Fernando Pinto
 
( Espiritismo) # - astolfo o oliveira filho - passes e passistas
( Espiritismo)   # - astolfo o oliveira filho - passes e passistas( Espiritismo)   # - astolfo o oliveira filho - passes e passistas
( Espiritismo) # - astolfo o oliveira filho - passes e passistas
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 
Magnetismo e Magnetizadores
Magnetismo e MagnetizadoresMagnetismo e Magnetizadores
Magnetismo e Magnetizadores
Osvaldo Brascher
 
Oficina de Passe na Casa Espírita.ppt
Oficina de Passe na Casa Espírita.pptOficina de Passe na Casa Espírita.ppt
Oficina de Passe na Casa Espírita.ppt
LuizEdmundoSilva1
 
O tratamento físico-espiritual no centro espírita.pptx
O tratamento físico-espiritual no centro espírita.pptxO tratamento físico-espiritual no centro espírita.pptx
O tratamento físico-espiritual no centro espírita.pptx
Rivaldo Guedes Corrêa. Jr
 
Apostila do Curso de Passe 2014
Apostila do Curso de Passe 2014Apostila do Curso de Passe 2014
Apostila do Curso de Passe 2014
Edna Costa
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Leonardo Pereira
 
Aula 05 - Aprendendo com as curas [2024-03-07].pptx
Aula 05 - Aprendendo com as curas [2024-03-07].pptxAula 05 - Aprendendo com as curas [2024-03-07].pptx
Aula 05 - Aprendendo com as curas [2024-03-07].pptx
LuizHenriqueTDias
 
curso de Magnetismo Humano
curso de Magnetismo Humano curso de Magnetismo Humano
curso de Magnetismo Humano
Wagner Marques
 
Curso de Cromoterapia, Terapia Complementar, Cores, Cromoterapia
Curso de Cromoterapia, Terapia Complementar, Cores, CromoterapiaCurso de Cromoterapia, Terapia Complementar, Cores, Cromoterapia
Curso de Cromoterapia, Terapia Complementar, Cores, Cromoterapia
Prof. Oswaldo Galvão Filho
 
Curso de Passe - Módulo 1
Curso de Passe - Módulo 1Curso de Passe - Módulo 1
Curso de Passe - Módulo 1
Edna Costa
 
O passe e a ciência
O passe e a ciênciaO passe e a ciência
O passe e a ciência
Ponte de Luz ASEC
 
Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)
Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)
Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)
lilianehenz
 
Energia e espirito
Energia e espiritoEnergia e espirito
Energia e espirito
Eduardo Cardoso Teixeira
 
José lacerda energia e espírito
José lacerda   energia e espíritoJosé lacerda   energia e espírito
José lacerda energia e espírito
Patrick François Jarwoski
 
Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)
Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)
Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)
lilianehenz
 
A epífise e os centros de energia vital (sef)
A epífise e os centros de energia vital (sef)A epífise e os centros de energia vital (sef)
A epífise e os centros de energia vital (sef)
Ricardo Akerman
 

Semelhante a Seminário-O Passe-Marcelo do N.Rodrigues-CEM (20)

Perispírito e magnetismo
Perispírito e magnetismoPerispírito e magnetismo
Perispírito e magnetismo
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - curso basico de passes
( Espiritismo)   # - amag ramgis - curso basico de passes( Espiritismo)   # - amag ramgis - curso basico de passes
( Espiritismo) # - amag ramgis - curso basico de passes
 
( Espiritismo) # - amag ramgis - curso basico de passes
( Espiritismo)   # - amag ramgis - curso basico de passes( Espiritismo)   # - amag ramgis - curso basico de passes
( Espiritismo) # - amag ramgis - curso basico de passes
 
Genese cap 13 aula 1 de 2 os milagres segundo o espiritismo
Genese cap 13 aula 1 de 2   os milagres segundo o espiritismoGenese cap 13 aula 1 de 2   os milagres segundo o espiritismo
Genese cap 13 aula 1 de 2 os milagres segundo o espiritismo
 
( Espiritismo) # - astolfo o oliveira filho - passes e passistas
( Espiritismo)   # - astolfo o oliveira filho - passes e passistas( Espiritismo)   # - astolfo o oliveira filho - passes e passistas
( Espiritismo) # - astolfo o oliveira filho - passes e passistas
 
Magnetismo e Magnetizadores
Magnetismo e MagnetizadoresMagnetismo e Magnetizadores
Magnetismo e Magnetizadores
 
Oficina de Passe na Casa Espírita.ppt
Oficina de Passe na Casa Espírita.pptOficina de Passe na Casa Espírita.ppt
Oficina de Passe na Casa Espírita.ppt
 
O tratamento físico-espiritual no centro espírita.pptx
O tratamento físico-espiritual no centro espírita.pptxO tratamento físico-espiritual no centro espírita.pptx
O tratamento físico-espiritual no centro espírita.pptx
 
Apostila do Curso de Passe 2014
Apostila do Curso de Passe 2014Apostila do Curso de Passe 2014
Apostila do Curso de Passe 2014
 
Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade Estudo Sistematizado da Mediunidade
Estudo Sistematizado da Mediunidade
 
Aula 05 - Aprendendo com as curas [2024-03-07].pptx
Aula 05 - Aprendendo com as curas [2024-03-07].pptxAula 05 - Aprendendo com as curas [2024-03-07].pptx
Aula 05 - Aprendendo com as curas [2024-03-07].pptx
 
curso de Magnetismo Humano
curso de Magnetismo Humano curso de Magnetismo Humano
curso de Magnetismo Humano
 
Curso de Cromoterapia, Terapia Complementar, Cores, Cromoterapia
Curso de Cromoterapia, Terapia Complementar, Cores, CromoterapiaCurso de Cromoterapia, Terapia Complementar, Cores, Cromoterapia
Curso de Cromoterapia, Terapia Complementar, Cores, Cromoterapia
 
Curso de Passe - Módulo 1
Curso de Passe - Módulo 1Curso de Passe - Módulo 1
Curso de Passe - Módulo 1
 
O passe e a ciência
O passe e a ciênciaO passe e a ciência
O passe e a ciência
 
Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)
Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)
Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)
 
Energia e espirito
Energia e espiritoEnergia e espirito
Energia e espirito
 
José lacerda energia e espírito
José lacerda   energia e espíritoJosé lacerda   energia e espírito
José lacerda energia e espírito
 
Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)
Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)
Energia e espirito (jose lacerda de azevedo)
 
A epífise e os centros de energia vital (sef)
A epífise e os centros de energia vital (sef)A epífise e os centros de energia vital (sef)
A epífise e os centros de energia vital (sef)
 

Mais de Marcelo do Nascimento Rodrigues

Os apóstolos de jesus
Os apóstolos de jesusOs apóstolos de jesus
Os apóstolos de jesus
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0
A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0
A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
Jesus e o Espiritismo-Marcelo do N. Rodrigues- GECMEIMEI
Jesus e o Espiritismo-Marcelo do N. Rodrigues- GECMEIMEIJesus e o Espiritismo-Marcelo do N. Rodrigues- GECMEIMEI
Jesus e o Espiritismo-Marcelo do N. Rodrigues- GECMEIMEI
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
Seminário-O Atendimento Fraterno Na Casa Espírita-Marcelo do N.Rodrigues-cem
Seminário-O Atendimento Fraterno Na Casa Espírita-Marcelo do N.Rodrigues-cemSeminário-O Atendimento Fraterno Na Casa Espírita-Marcelo do N.Rodrigues-cem
Seminário-O Atendimento Fraterno Na Casa Espírita-Marcelo do N.Rodrigues-cem
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
Pedi e obtereis-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Pedi e obtereis-Marcelo do N. Rodrigues-CEMPedi e obtereis-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Pedi e obtereis-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEMNão vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
A fé transporta montanhas-marcelo do N. Rodrigues-CEM
A fé transporta montanhas-marcelo do N. Rodrigues-CEMA fé transporta montanhas-marcelo do N. Rodrigues-CEM
A fé transporta montanhas-marcelo do N. Rodrigues-CEM
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
A autoanálise na procura das causas das aflições-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
A autoanálise na procura das causas das aflições-Marcelo do N. Rodrigues-CEMA autoanálise na procura das causas das aflições-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
A autoanálise na procura das causas das aflições-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Marcelo do Nascimento Rodrigues
 
PROFINET - SIEMENS
PROFINET - SIEMENSPROFINET - SIEMENS

Mais de Marcelo do Nascimento Rodrigues (11)

Os apóstolos de jesus
Os apóstolos de jesusOs apóstolos de jesus
Os apóstolos de jesus
 
A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0
A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0
A Felicidade Na Visão Espírita-Marcelo do N. Rodrigues-Rev0
 
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
Introdução a doutrina espirita-Palestra do Curso Espiritismo E Evangelho-GECM...
 
Jesus e o Espiritismo-Marcelo do N. Rodrigues- GECMEIMEI
Jesus e o Espiritismo-Marcelo do N. Rodrigues- GECMEIMEIJesus e o Espiritismo-Marcelo do N. Rodrigues- GECMEIMEI
Jesus e o Espiritismo-Marcelo do N. Rodrigues- GECMEIMEI
 
Seminário-O Atendimento Fraterno Na Casa Espírita-Marcelo do N.Rodrigues-cem
Seminário-O Atendimento Fraterno Na Casa Espírita-Marcelo do N.Rodrigues-cemSeminário-O Atendimento Fraterno Na Casa Espírita-Marcelo do N.Rodrigues-cem
Seminário-O Atendimento Fraterno Na Casa Espírita-Marcelo do N.Rodrigues-cem
 
Pedi e obtereis-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Pedi e obtereis-Marcelo do N. Rodrigues-CEMPedi e obtereis-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Pedi e obtereis-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
 
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEMNão vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
Não vim destruir a lei-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
 
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
O ceu, o inferno, o medo da morte e o desencarne na visão espirita-Marcelo do...
 
A fé transporta montanhas-marcelo do N. Rodrigues-CEM
A fé transporta montanhas-marcelo do N. Rodrigues-CEMA fé transporta montanhas-marcelo do N. Rodrigues-CEM
A fé transporta montanhas-marcelo do N. Rodrigues-CEM
 
A autoanálise na procura das causas das aflições-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
A autoanálise na procura das causas das aflições-Marcelo do N. Rodrigues-CEMA autoanálise na procura das causas das aflições-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
A autoanálise na procura das causas das aflições-Marcelo do N. Rodrigues-CEM
 
PROFINET - SIEMENS
PROFINET - SIEMENSPROFINET - SIEMENS
PROFINET - SIEMENS
 

Último

MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
ESCRIBA DE CRISTO
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
André Ricardo Marcondes
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
AlessandroSanches8
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
ESCRIBA DE CRISTO
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
SrgioLinsPessoa
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Celso Napoleon
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
ESCRIBA DE CRISTO
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Celso Napoleon
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
Nelson Pereira
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
HerverthRibeiro1
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Nilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Igreja Jesus é o Verbo
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Celso Napoleon
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Lourhana
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
ayronleonardo
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
WELITONNOGUEIRA3
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Nilson Almeida
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
ESCRIBA DE CRISTO
 

Último (18)

MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO      [MUSEOLOGIA]
MUSEU EGÍPCIO DO CAIRO [MUSEOLOGIA]
 
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino FinalTornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
Tornar se Como Deus - A Cabala E Nosso Destino Final
 
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução AnimicaEscola de A E Aula 96 Evolução Animica
Escola de A E Aula 96 Evolução Animica
 
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
1984 DE GEORGE ORWELL ILUSTRADO E COMENTADO
 
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdfAula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
Aula02_Métodos de Interpretacao Bíblica_Prof. Gerson Willy.pdf
 
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptxLição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
Lição 12 - A Bendita Esperança: A Marca do Cristão.pptx
 
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOSDIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
DIDÁTICA MAGNA DE COMENIUS COM COMENTÁRIOS
 
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptxLição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
Lição 10 - Desenvolvendo Uma Consciência de Santidade.pptx
 
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdfPROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
PROFECIAS DE NOSTRADAMUS SÃO BÍBLICAS_.pdf
 
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
Aula do ESDE 2 - Penas e Gozos Futuros 2024
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (2)
 
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptxBíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
Bíblia Sagrada - Jonas - slides testamento3 (1).pptx
 
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptxLição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
Lição 11 - A Realidade Bíblica do Inferno.pptx
 
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxasMalleus Maleficarum: o martelo das bruxas
Malleus Maleficarum: o martelo das bruxas
 
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimentoHabacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
Habacuque.docx estudo bíblico, conhecimento
 
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdfO-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
O-livro-de-Jasher-O-Justo, the book of jasher.pdf
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria (3)
 
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]PEDRO NUNCA FOI PAPA   [COM COMENTÁRIOS]
PEDRO NUNCA FOI PAPA [COM COMENTÁRIOS]
 

Seminário-O Passe-Marcelo do N.Rodrigues-CEM

  • 1. Centro Espírita Meimei A Fluidoterapia, O Passe – Visão Espírita. Expositor: Marcelo Rodrigues.
  • 2.
  • 3. Segunda Parte – Mundo Espírita ou dos Espíritos;
  • 4. Terceira Parte – Leis Morais;
  • 5.
  • 6. Roteiro do seminário 14h00 – Leiturainicial e prece de abertura; 14h10 – Início da primeira parte: 1 – Apresentação do roteiro; 2 – A Terceira revelação: O Espiritismo; 4 – A Mediunidade de cura ; 5 – O Passe; 6 – A Terapia pelo passe – PMPM. 15h30 – Intervalo; 15h45 – Início da segunda parte: 1 – Apresentação da palestra do expositor e escritor Jacob Melorealizada no SIMESPE – PE 16h45 – Perguntas e debate; 17h15– Consideraçõesfinais 17h30 – Encerramento.
  • 8. A Terceira Revelação: Espiritismo “Aproximavam-se os tempos em que Jesus deveria enviar ao mundo o Consolador, de acordo com as suas auspiciosas promessas.” “Um dos mais lúcidos discípulos do Cristo baixa ao planeta, compenetrado de sua missão consoladora, e, dois meses antes de Napoleão Bonaparte sagrarse imperador, obrigando o papa Pio VII a coroá-lo na igreja de NotreDame, em Paris, nascia Allan Kardec, aos 3 de outubro de 1804, com a sagrada missão de abrir caminho ao espiritismo, a grande voz do Consolador prometido ao mundo pela misericórdia de Jesus-Cristo.” Ref.: A Caminho da Luz – Emmanuel – Psicografia do Chico
  • 9. A Explosão De Fenômenos
  • 10. A Falange Do Consolador…
  • 11. A Terceira Revelação: Espiritismo Religiosidade Espiritismo Filosofia Ciência
  • 12. O Que É O Espiritismo? 5. “O Espiritismo é a ciência nova que vem revelar aos homens, por meio de provas irrecusáveis, a existência e a natureza do mundo espiritual e as suas relações com o mundo corpóreo.” 7. “Assim como o Cristo disse: "Não vim destruir a lei, porém cumpri-la", também o Espiritismo diz: "Não venho destruir a lei cristã, mas dar-lhe execução." Nada ensina em contrário ao que ensinou o Cristo; mas, desenvolve, completa e explica, em termos claros e para toda gente, o que foi dito apenas sob forma alegórica. Vem cumprir, nos tempos preditos, o que o Cristo anunciou e preparar a realização das coisas futuras. Ele é, pois, obra do Cristo, que preside, conforme igualmente o anunciou, à regeneração que se opera e prepara o reino de Deus na Terra.” 10. “... A revolução que se apresta é antes moral do que material...” Evangelho Segundo o Espiritismo – Capítulo I – Não vim Destruir a Lei. Ref.: http://www.espirito.org.br/portal/codificacao/es/es-01.html
  • 13. Mediunidade De Cura A mediunidade de cura “consiste [...] no dom que certas pessoas possuem de curar pelo simples toque, pelo olhar, mesmo por um gesto, sem o concurso de qualquer medicação. O fluido magnético desempenha aí importante papel.” O Livro dos Médiuns, cap. 14. item 175
  • 14.
  • 16. Voz direta ou pneumatofonia;
  • 17. Escrita direta ou pneumatografia;
  • 18.
  • 19. O Magnetismo de Mesmer. Franz Anton Mesmer (Iznang, 23 de maio de 1734 - Meesburg, 5 de março de 1815), foi um médico e magnetizador Suábio. A sua aldeia é próxima ao lago de Constança, na Suábia, região que hoje pertence à Alemanha. Em 1799, publicou Memória de F. A. Mesmer, doutor em medicina, sobre suas descobertas, considerada a sua principal obra, contendo o modelo teórico da terapia do magnetismo animal, sonambulismo provocado e lucidez sonambúlica. Foi o seu primeiro trabalho publicado em dezoito anos. Em 1815, Mesmer faleceu, na cidade de Meesburg, Suábia, nas proximidades do lago de Constança, atual Alemanha. Tese O homem não é apenas um corpo. A complexidade da fisiologia humana ultrapassa os limites de observação dos sentidos físicos. O homem está imerso numa matéria sutil, que se espalha por todo o Universo e o interliga com todos os seres: é o princípio vital, também chamado fluido vital ou Magnetismo Animal. Essa é a causa da vitalidade orgânica e o princípio que mantém e recupera a saúde. Toda essa estrutura, desconhecida da ciência oficial, tem origem na matéria. Matéria sutil, distante do alcance dos instrumentos científicos atuais. O espírito é uma individualidade imaterial que rege essa complexa composição orgânica.
  • 20. O Magnetismo de Mesmer. A Tina de Mesmer “O fundo da tina do senhor Mesmer é composto de garrafas arranjadas entre si de maneira particular. Acima dessas garrafas, coloca-se água até uma certa altura; varas de ferro, cujas extremidades tocam a água, saem dessa tina; e a outra extremidade, terminada em ponta, se aplica sobre os doentes. Uma corda, em comunicação com o reservatório magnético e o reservatório comum, liga todos os doentes uns aos outros; de modo que existe uma circulação de fluido ou de movimento que serve para estabelecer o equilíbrio entre eles. (...) Se desejar, utiliza-se uma vara de ferro, terminada em ponta, apoiada no meio da tina, que se pode tocar de tempo em tempo, ou de uma recarga que se pode operar à vontade, mantendo este movimento na direção dada; e por intermédio da corda que serve para ligar todos os doentes entre si, chega, como já disse acima, um combate, em cada indivíduo, pelo restabelecimento do equilíbrio, do fluido ou movimento elétrico animal.” http://www.youtube.com/watch?v=NqSMLB3iRWE
  • 21. O Magnetismo de Mesmer. A confusão entre o magnetismo animal e o mineral Por causa do nome, muitas pessoas acham que o Magnetismo Animal é uma terapia que usa imãs para curar. Mas isso não passa de um grande equívoco. Mesmer compreendia, desde sua tese de Doutorado, que o fluido magnético animal, a eletricidade, o magnetismo mineral e até a luz eram diferentes manifestações do fluido universal. A Doutrina Espírita confirmou essa hipótese. Na questão 427 de O Livro dos Espíritos, Allan Kardec questionou os Espíritos: "De que natureza é o agente que se chama fluido magnético?", e eles responderam: "Fluido vital, eletricidade animalizada, que são modificações do fluido universal".
  • 22. Mediunidade De Efeitos Físicos Médiuns curadores: Os que têm o poder de curar ou de aliviar o doente, pela só imposição das mãos, ou pela prece. “Esta faculdade não é essencialmente mediúnica; possuem-na todos os verdadeiros crentes, sejam médiuns ou não. As mais das vezes, é apenas uma exaltação do poder magnético, fortalecido, se necessário, pelo concurso de bons Espíritos.” LM, item 189
  • 23. Mecanismo De Cura “A ação curadora depende da intervenção dos Espíritos que associam: os fluidos dos médiuns e os provenientes da natureza aos próprios fluidos. “ “As curas ocorrem, sempre, de acordo com os ditames da lei de causa e efeito.” “O Espírito, encarnado ou desencarnado, é o agente propulsor que infiltra num corpo deteriorado uma parte do seu envoltório fluídico. “ A Gênese, cap. 14. “Kardec afirma que uma grande força fluídica aliada a uma maior soma possível de qualidades morais, pode operar curas verdadeiramente prodigiosas. Diz também que a confiança e a vontade do curador aliada a fé do doente auxiliam poderosamente a ação fluídica.” L.M., Cap. XIV, 175
  • 24. Mecanismo De Cura FORÇAS SUPERIORES Fluido A Fluido B MÉDIUM Fluido C NATUREZA A COMBINAÇÃO DESSES FLUIDOS CRIA PROPRIEDADES DIFERENCIADAS
  • 25. Mecanismo De Cura A vontade atua sobre a matéria elementar e, por uma ação consecutiva, reage sobre seus compostos, cujas propriedades íntimas sofrem transformações. A vontade tanto é atributo do Espírito encarnado quanto do Espírito errante, daí o poder do magnetizador, poder que se sabe está na razão direta da força de vontade. L. M. cap. XIV, 175
  • 26. O Passe “O passe não é unicamente transfusão de energias anímicas. É o equilibrante ideal da mente, apoio eficaz de todos os tratamentos.” . (André Luiz) “Assim como a transfusão de sangue representa uma renovação das forças físicas, o passe é uma transfusão de energias psíquicas, com a diferença de que os recursos orgânicos são retirados de um reservatório limitado, e os elementos psíquicos o são do reservatório ilimitado das forças espirituais.” (Emmanuel – O Consolador)
  • 27. O Passe – O Mecanismo “Pela sua união íntima com o corpo, o perispírito desempenha preponderante papel no organismo. Pela sua expansão, põe o Espírito encarnado em relação mais direta com os Espíritos livres e também com os Espíritos encarnados. O pensamento do encarnado atua sobre os fluidos espirituais, como o dos desencarnados, e se transmite de Espírito a Espírito pelas mesmas vias e, conforme seja bom ou mau, saneia ou vicia os fluidos ambientes. (Allan Kardec: A Gênese, cap. 14, item 18.)
  • 28. O Passe – O Mecanismo
  • 29.
  • 30. O Passe-O Ser Integral Espírito LE,Q88 Corpo Físico Corpo Espiritual Perispírito LE,Q93
  • 31. O Passe - Corpo Humano
  • 32.
  • 33. São chamados de plexos nervosos e através deles que as fibras nervosas podem passar de um nervo a outro.
  • 35. Plexo cervical ou laríngeo;
  • 39.
  • 40. O Passe – DuploEtérico “O duplo etérico é a parte do perispírito mais grosseira e próxima do corpo. Reservatório de vitalidade, necessário, durante a vida física, à reposição de energias gastas ou perdidas. Com a desencarnação, essa estrutura se desintegra com a própria organização física.” (Jorge Andréa - Psicologia Espírita Vol II ) “Considerando-se toda célula em ação por unidade viva, qual motor microscópico, em conexão com a usina mental, é claramente compreensível que todas as agregações celulares emitam radiações e que essas radiações se articulem, constituindo-se “tecidos de forças“. (André Luiz, em Evolução em Dois Mundos)
  • 41. O Passe – DuploEtérico Espírito encarnado Espírito + Corpo Físico = Espírito   Perispírito Duplo etérico Encarnado  
  • 42.
  • 49.
  • 54.
  • 55. O Passe – Aonde Aplicar O Passe?
  • 56. O Passe – Aonde Aplicar O Passe? ... A Casa Espírita é o lugar ideal, porque ali os Benfeitores colocam equipamentos de de socorro de emergência; estão entidades zelosas, encontram-se trabalhadores especializados, que vêm para o ministério adredemente programado. [...] Somente se devem aplicar passes a domicílio, quando o paciente, de maneira alguma, pode ir ao local reservado para o mister ... (Divaldo P. Franco – Diretrizes de Segurança)
  • 57. O Passe – Quem Pode Dar Passe?
  • 58. O Passe – O Passista “Todos, com maior ou menor intensidade, podem magnetizar, participando da terapêutica do passe. A vontade constitui a qualidade básica daquele que se propõe a doar seus fluido, porém há outros requisitos ...” (L. Palhano Jr. – Magnetismo Curador)
  • 59.
  • 60. O Passe – Quando Não Aplicar O Passe?
  • 61.
  • 62. Esteja em tratamento médico devido a doenças;
  • 63. Tenha exagerado no consumo de alimentos de difífil digestão;
  • 64. Esteja em gravidez adiantada.
  • 65.
  • 66.
  • 67. As imposições podem ser simples ou duplas;
  • 68. Passes são imposições em movimento;
  • 69. TIPOS DE PASSES QUANTO AOS FLUIDOS:
  • 73. TIPOS DE PASSES QUANTO AOS MOVIMENTOS:
  • 74. Longitudinais (lentos, acalmam; rápidos, dispersam);
  • 75. Rotatórios (nasobstruções, irritações, ingurgitamentosno corpofísico);
  • 76.
  • 77. O Passe – Quem Pode Receber O Passe?
  • 78. O Passe – Quem Pode Receber O Passe? Todo aquele que esteja em tratamento de enfermidades; Todo aquele que esteja em tratamento espiritual; Após reuniões mediúnicas; “Esclarecer os companheiros quanto à inconveniência da petição do passe todos os dias, sem necessidade real, para que esse gênero de auxílio não se transforme em mania.”(André Luiz – Conduta Espírita)
  • 79. O Passe – A Cura. O que é doença? (não existem doenças, existem doentes.) Garantia de cura!(merecimento) A cura real.
  • 80.
  • 81.
  • 82.
  • 83. Passe e Passista – Roque Jacintho;
  • 84. Os Chakras – C. W. Leadbeater;
  • 85. Obs: Caso alguma referência não esteja presente, peço desculpas antecipadamente.