SlideShare uma empresa Scribd logo
REPÚBLICA VELHA(1889 -1930)
Prof.º Genivaldo
1 - República da Espada (1889 – 1894):
- Governo Mal. Deodoro da Fonseca (1889 – 1891) e O Governo
Mal. Floriano Peixoto (1891-1894)
• Cancelamento de instituições imperiais e Decretos
Republicanos, grande naturalização.
• Separação entre Igreja e Estado (criação do casamento civil).
• Golpe constitucional e Revoltas no Sul do país.
• O Encilhamento – política econômica do ministro Rui Barbosa
vinculada a emissão de moedas sem o devido controle
2. A constituição (1891):
• República Federativa com autonomia para os estados.
• 3 poderes: executivo, legislativo (bicameral) e judiciário.
• Voto universal masculino (excluindo-se mulheres, menores de
21 anos, analfabetos, mendigos, padres e soldados) Voto
Aberto , Eleições Diretas.
REPÚBLICA OLIGÁRQUICA (1894-1930
1. Estrutura Política:
Política do Café-com-leite:
Oligarquias de SP e MG (as duas mais poderosas do país)
alternavam-se na presidência da República. Oligarquias menos
expressivas apoiavam o acordo em troca de cargos ou
ministérios, como por exemplo o RS, BA, RJ, entre outros.
Política dos Governadores: acordo firmado entre o presidente
( governo de Campos Sales 1898 – 1902) e os governadores
estaduais que previa o apoio mútuo e a não interferência de
ambos em seus governos.
Coronelismo:
Coronel era o nome pelo qual os latifundiários eram
conhecidos. Usavam seu prestígio pessoal para arregimentar
votos . Quanto maior o “curral eleitoral” do coronel, maior o
seu poder
CORONELISMO
CLIENTELISMO
FRAUDE
ELEITORAL
VOTO DE
CABRESTO
Política das Salvações(1910):
Cisão das oligarquias paulista e mineira – Campanha Civilista.
Substituição das oligarquias contrárias ao Governo.
Combater o PRC(Partido Republicano Conservador) de
Pinheiro Machado.
4 . Estrutura Econômica:
Café: principal produto (agro exportação).
Funding Loan (1898): Moratória – Campos Sales
Renegociação da dívida brasileira.
Compromisso de retirada do meio circulante e queima de moeda, visando a
valorização monetária.
Convênio de Taubaté (1906) - Rodrigues Alves
Plano de valorização artificial do café;
Governo comprava os excedentes de café e estocava.
Borracha:
Importante entre 1890 e 1910 (aproximadamente).
Utilizada na fabricação de pneus (expansão da indústria automotiva).
Extraída na região Norte (PA e AM).
Decadência associada a produção inglesa em suas colônias asiáticas.
Cacau: Importante durante a primeira guerra mundial (1914 – 1918).
Demais produtos: açúcar, couro, algodão e mate. Todos agrícolas ou do setor
primário, destinados basicamente a exportação. Nenhum deles com números
expressivos.
Canudos
Cangaço
Rev. da Vacina
Rev. da Chibata
Guerra do Contestado
REVOLTAS SOCIAIS NA REPÚBLICA VELHA
MOVIMENTOS SOCIAIS NA REPÚBLICA
VELHA
Guerra de Canudos (BA 1896 – 1897):
Antônio Conselheiro (líder).
Causas: miséria crônica da população nordestina, má distribuição de
terras, descaso com o trabalhador rural, seca, aumento de impostos,
separação entre religião e Estado decorrente da proclamação da
República.
Camponeses seguem Antônio Conselheiro, formando o Arraial de
Canudos (ou Arraial do Belo Monte), no interior da BA
Comunidade forma um Estado paralelo a República.
Governo republicano + Coronéis + Igreja unem-se contra Canudos.
Campanha de difamação contra Canudos atinge os principais jornais da
capital, associando Canudos ao retorno da monarquia.
Após 4 expedições militares, Canudos é massacrada.
Fonte bibliográfica frequentemente citada: “Os Sertões” – Euclides da
Cunha.
 Revolta da Vacina (RJ – 1904):
◦ Projeto de modernização do RJ (Presidente
Rodrigues Alves).
◦ Destruição de cortiços e favelas, ampliação das
avenidas, construção
de novos prédios inspirando-se em Paris.
◦ Expulsão de comunidades pobres das regiões
centrais, inflação, alta do custo de vida.
◦ Vacinação obrigatória contra a varíola (Oswaldo
Cruz) desencadeia conflito.
Revolta dos Marinheiros ou Revolta da Chibata
(RJ - 1910):
João Cândido (líder),Almirante Negro
◦ Causas: maus tratos, baixos soldos, péssima
alimentação e castigos corporais (como a chibata )
◦ Marinheiros tomam 2 navios e ameaçam
bombardear o Rio caso continuassem os castigos
na marinha.
◦ Governo promete atender as reivindicações e
solicita que marinheiros se entregassem.
◦ Envolvidos foram presos e mortos. João Cândido
sobrevive mas é expulso da marinha .
Cangaço (NE 1890 – 1940):
 Bandos armados que percorriam o interior nordestino
sobrevivendo de delitos.
 Principais bandos: Lampião e Curisco.
 Causas: miséria crônica da população nordestina, seca, má
distribuição de terras, descaso do Estado e dos coronéis
para com os mais pobres, violência.
 Mito do “Robin Hood”.
Os cangaceiros foram perseguidos pela polícia volante e
exterminados um a um. Eram os únicos que despertavam
medo nos coronéis, justamente por não terem perspectiva de
melhorar sua condição e portanto não precisar temer o
desrespeito das leis vigentes
Movimento operário:
Causas: ampla exploração dos trabalhadores
urbanos das fábricas e ausência de legislação
trabalhista que amparasse os trabalhadores
Até a década de 20 predomínio de imigrantes
italianos de ideologia anarquista.
A partir de 1922 o principal instrumento de luta
operária foi o PCB, que tenta organizar os
operários.
Postura do governo em relação ao movimento
operário: repressão (“caso de polícia”).
A partir de 1930 - Era Vargas – Sindicalismo
Atrelado
CRISE DA REPÚBLICA VELHA
TENENTISMO
As classes médias urbanas buscavam o poder político, mas acordos vigentes
impossibilitavam essa ascensão.
 É organizado o tenentismo. Suas propostas eram: fim das fraudes eleitorais,
voto secreto, controle dos gastos públicos, diversificação dos setores da
economia.
 1922: revolta do Forte de Copacabana
1924 – Amazonas, São Paulo e Sergipe
 1925: Coluna Prestes
SEMANA DE ARTE MODERNA – (1922) - evento artístico com propostas de
tendência nacionalista desenvolvido no Brasil, contou com a presença de
grandes artistas, intelectuais e pensadores, como Anita Malfatti, Tarsila do
Amaral, Heitor Villa-Lobos, Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Plínio
Salgado, dentre outros.
 1929: crise econômica
 Indicação do paulista Júlio Prestes pelo então presidente, também paulista,
Washington Luís
 Minas Gerais e Rio Grande do Sul se opuseram e articularam a Aliança
Liberal, lançando a candidatura de Getúlio Vargas.
João Pessoa, vice de Vargas, foi assassinado, desencadeando a Revolução de
1930.
DICA DE VÍDEO
https://www.youtube.com/watch?v=2bmTCLGJZ3w
ATIVIDADE AVALIATIVA
Utilizaremos o Google Forms (Google formulários).
Favor responder no link abaixo obedecendo o prazo de
entrega: até 04/09/2020
https://forms.gle/4nvF1jkSPNYQMzuB6

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a brasil republica.pdf

A República Oligárquica
A República OligárquicaA República Oligárquica
A República Oligárquica
Anncr Nncr
 
Reepublica velha revoltas.filé
Reepublica velha revoltas.filéReepublica velha revoltas.filé
Reepublica velha revoltas.filé
mundica broda
 
República Oligárquica
República OligárquicaRepública Oligárquica
República Oligárquica
Portal do Vestibulando
 
Marcio001
Marcio001Marcio001
Marcio001
gilsa melo
 
República velha 4
República velha 4República velha 4
República velha 4
harlissoncarvalho
 
História do Brasil - República [www.gondim.net]
História do Brasil - República [www.gondim.net]História do Brasil - República [www.gondim.net]
História do Brasil - República [www.gondim.net]
Marco Aurélio Gondim
 
_Brasil Republica Republica Velha 3° Ano Aula 16 A 19
_Brasil Republica Republica Velha   3° Ano   Aula 16 A 19_Brasil Republica Republica Velha   3° Ano   Aula 16 A 19
_Brasil Republica Republica Velha 3° Ano Aula 16 A 19
Lela Leite
 
3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha
3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha
3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha
Lela Leite
 
2015 República Velha Extensivo
2015 República Velha Extensivo2015 República Velha Extensivo
2015 República Velha Extensivo
MARIANO C7S
 
Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 04 - Repúbli...
Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 04 - Repúbli...Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 04 - Repúbli...
Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 04 - Repúbli...
missaodiplomatica
 
flashcards-para-o-enem.pdf
flashcards-para-o-enem.pdfflashcards-para-o-enem.pdf
flashcards-para-o-enem.pdf
FabricioSantana31
 
Repblicavelha 120820191628-phpapp01
Repblicavelha 120820191628-phpapp01Repblicavelha 120820191628-phpapp01
Repblicavelha 120820191628-phpapp01
Secretaria de educação do estado e do municipio.
 
repblicavelha-120820191628-phpapp01.pdf
repblicavelha-120820191628-phpapp01.pdfrepblicavelha-120820191628-phpapp01.pdf
repblicavelha-120820191628-phpapp01.pdf
Lídia Pereira Silva Souza
 
Repblicavelha 120820191628-phpapp01
Repblicavelha 120820191628-phpapp01Repblicavelha 120820191628-phpapp01
Repblicavelha 120820191628-phpapp01
Secretaria de educação do estado e do municipio.
 
História rafa- república da espada e república do café com leite
História   rafa- república da espada e república do café com leiteHistória   rafa- república da espada e república do café com leite
História rafa- república da espada e república do café com leite
Rafael Noronha
 
História – rafa = ] Especial 3º ano
História – rafa = ] Especial 3º ano História – rafa = ] Especial 3º ano
História – rafa = ] Especial 3º ano
Rafael Noronha
 
Revoltas na república velha
Revoltas  na  república velhaRevoltas  na  república velha
Revoltas na república velha
Fabiana Tonsis
 
Brasil: República Oligárquica (estruturas e questões sociais e políticas)
Brasil: República Oligárquica   (estruturas e questões sociais e políticas)Brasil: República Oligárquica   (estruturas e questões sociais e políticas)
Brasil: República Oligárquica (estruturas e questões sociais e políticas)
Celso Firmino História, Filosofia, Sociologia
 
República velha e suas revoltas
República velha e suas revoltasRepública velha e suas revoltas
República velha e suas revoltas
Wesley Germano Otávio
 
Republica Velha
Republica Velha Republica Velha
Republica Velha
marlete andrade
 

Semelhante a brasil republica.pdf (20)

A República Oligárquica
A República OligárquicaA República Oligárquica
A República Oligárquica
 
Reepublica velha revoltas.filé
Reepublica velha revoltas.filéReepublica velha revoltas.filé
Reepublica velha revoltas.filé
 
República Oligárquica
República OligárquicaRepública Oligárquica
República Oligárquica
 
Marcio001
Marcio001Marcio001
Marcio001
 
República velha 4
República velha 4República velha 4
República velha 4
 
História do Brasil - República [www.gondim.net]
História do Brasil - República [www.gondim.net]História do Brasil - República [www.gondim.net]
História do Brasil - República [www.gondim.net]
 
_Brasil Republica Republica Velha 3° Ano Aula 16 A 19
_Brasil Republica Republica Velha   3° Ano   Aula 16 A 19_Brasil Republica Republica Velha   3° Ano   Aula 16 A 19
_Brasil Republica Republica Velha 3° Ano Aula 16 A 19
 
3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha
3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha
3° Ano Aula 16 A 19 Brasil RepúBlica RepúBlica Velha
 
2015 República Velha Extensivo
2015 República Velha Extensivo2015 República Velha Extensivo
2015 República Velha Extensivo
 
Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 04 - Repúbli...
Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 04 - Repúbli...Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 04 - Repúbli...
Estudos CACD Missão Diplomática - História do Brasil Aula Resumo 04 - Repúbli...
 
flashcards-para-o-enem.pdf
flashcards-para-o-enem.pdfflashcards-para-o-enem.pdf
flashcards-para-o-enem.pdf
 
Repblicavelha 120820191628-phpapp01
Repblicavelha 120820191628-phpapp01Repblicavelha 120820191628-phpapp01
Repblicavelha 120820191628-phpapp01
 
repblicavelha-120820191628-phpapp01.pdf
repblicavelha-120820191628-phpapp01.pdfrepblicavelha-120820191628-phpapp01.pdf
repblicavelha-120820191628-phpapp01.pdf
 
Repblicavelha 120820191628-phpapp01
Repblicavelha 120820191628-phpapp01Repblicavelha 120820191628-phpapp01
Repblicavelha 120820191628-phpapp01
 
História rafa- república da espada e república do café com leite
História   rafa- república da espada e república do café com leiteHistória   rafa- república da espada e república do café com leite
História rafa- república da espada e república do café com leite
 
História – rafa = ] Especial 3º ano
História – rafa = ] Especial 3º ano História – rafa = ] Especial 3º ano
História – rafa = ] Especial 3º ano
 
Revoltas na república velha
Revoltas  na  república velhaRevoltas  na  república velha
Revoltas na república velha
 
Brasil: República Oligárquica (estruturas e questões sociais e políticas)
Brasil: República Oligárquica   (estruturas e questões sociais e políticas)Brasil: República Oligárquica   (estruturas e questões sociais e políticas)
Brasil: República Oligárquica (estruturas e questões sociais e políticas)
 
República velha e suas revoltas
República velha e suas revoltasRepública velha e suas revoltas
República velha e suas revoltas
 
Republica Velha
Republica Velha Republica Velha
Republica Velha
 

Último

Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Mary Alvarenga
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FredFringeFringeDola
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
Manuais Formação
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
JakiraCosta
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
KarollayneRodriguesV1
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
CarlosJean21
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
Crisnaiara
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
AntonioAngeloNeves
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
ARIADNEMARTINSDACRUZ
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
jonny615148
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
HelenStefany
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
Deiciane Chaves
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Demetrio Ccesa Rayme
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Pastor Robson Colaço
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
beatrizsilva525654
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Centro Jacques Delors
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
AlineOliveira625820
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
Pr Davi Passos - Estudos Bíblicos
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 

Último (20)

Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.Caça-palavaras  e cruzadinha  - Dígrafos.
Caça-palavaras e cruzadinha - Dígrafos.
 
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
FICHA DE APOIO DE ESCOLA SECUNDÁRIA 2024
 
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdfUFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
UFCD_10789_Metodologias de desenvolvimento de software_índice.pdf
 
formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...formação - 2º ano São José da Tapera ...
formação - 2º ano São José da Tapera ...
 
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogiaAVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período  pedagogia
AVALIAÇÃO PRESENCIAL 8º período pedagogia
 
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasnTabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
Tabela Funções Orgânicas.pdfnsknsknksnksn nkasn
 
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junhoATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
ATIVIDADES de alfabetização do mês de junho
 
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdfAula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
Aula 02 - Introducao a Algoritmos.pptx.pdf
 
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇOPALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
PALAVRA SECRETA - ALFABETIZAÇÃO- REFORÇO
 
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicosDNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
DNA e RNA - Estrutura dos Ácidos nucleicos
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf eplanejamento maternal 2 atualizado.pdf e
planejamento maternal 2 atualizado.pdf e
 
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptxCLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
CLASSIFICAÇÃO DAS ORAÇÕES SUBORDINADAS SUBSTANTIVAS 9º ANO.pptx
 
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdfRazonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
Razonamiento Matematico 6to Primaria MA6 Ccesa007.pdf
 
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdfNorma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
Norma de Gênero - Mulheres Heterossexuais, Homossexuais e Bissexuais.pdf
 
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionaisResumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
Resumo de Química 10º ano Estudo exames nacionais
 
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
Infografia | Resultados das Eleições Europeias 2024-2029
 
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdfComo montar o mapa conceitual editado.pdf
Como montar o mapa conceitual editado.pdf
 
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
(44-ESTUDO - LUCAS) A ESPIRITUALIDADE EM CRISE NO VALE
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 

brasil republica.pdf

  • 2. 1 - República da Espada (1889 – 1894): - Governo Mal. Deodoro da Fonseca (1889 – 1891) e O Governo Mal. Floriano Peixoto (1891-1894) • Cancelamento de instituições imperiais e Decretos Republicanos, grande naturalização. • Separação entre Igreja e Estado (criação do casamento civil). • Golpe constitucional e Revoltas no Sul do país. • O Encilhamento – política econômica do ministro Rui Barbosa vinculada a emissão de moedas sem o devido controle 2. A constituição (1891): • República Federativa com autonomia para os estados. • 3 poderes: executivo, legislativo (bicameral) e judiciário. • Voto universal masculino (excluindo-se mulheres, menores de 21 anos, analfabetos, mendigos, padres e soldados) Voto Aberto , Eleições Diretas.
  • 4. 1. Estrutura Política: Política do Café-com-leite: Oligarquias de SP e MG (as duas mais poderosas do país) alternavam-se na presidência da República. Oligarquias menos expressivas apoiavam o acordo em troca de cargos ou ministérios, como por exemplo o RS, BA, RJ, entre outros. Política dos Governadores: acordo firmado entre o presidente ( governo de Campos Sales 1898 – 1902) e os governadores estaduais que previa o apoio mútuo e a não interferência de ambos em seus governos. Coronelismo: Coronel era o nome pelo qual os latifundiários eram conhecidos. Usavam seu prestígio pessoal para arregimentar votos . Quanto maior o “curral eleitoral” do coronel, maior o seu poder
  • 5. CORONELISMO CLIENTELISMO FRAUDE ELEITORAL VOTO DE CABRESTO Política das Salvações(1910): Cisão das oligarquias paulista e mineira – Campanha Civilista. Substituição das oligarquias contrárias ao Governo. Combater o PRC(Partido Republicano Conservador) de Pinheiro Machado.
  • 6. 4 . Estrutura Econômica: Café: principal produto (agro exportação). Funding Loan (1898): Moratória – Campos Sales Renegociação da dívida brasileira. Compromisso de retirada do meio circulante e queima de moeda, visando a valorização monetária. Convênio de Taubaté (1906) - Rodrigues Alves Plano de valorização artificial do café; Governo comprava os excedentes de café e estocava. Borracha: Importante entre 1890 e 1910 (aproximadamente). Utilizada na fabricação de pneus (expansão da indústria automotiva). Extraída na região Norte (PA e AM). Decadência associada a produção inglesa em suas colônias asiáticas. Cacau: Importante durante a primeira guerra mundial (1914 – 1918). Demais produtos: açúcar, couro, algodão e mate. Todos agrícolas ou do setor primário, destinados basicamente a exportação. Nenhum deles com números expressivos.
  • 7. Canudos Cangaço Rev. da Vacina Rev. da Chibata Guerra do Contestado REVOLTAS SOCIAIS NA REPÚBLICA VELHA
  • 8. MOVIMENTOS SOCIAIS NA REPÚBLICA VELHA Guerra de Canudos (BA 1896 – 1897): Antônio Conselheiro (líder). Causas: miséria crônica da população nordestina, má distribuição de terras, descaso com o trabalhador rural, seca, aumento de impostos, separação entre religião e Estado decorrente da proclamação da República. Camponeses seguem Antônio Conselheiro, formando o Arraial de Canudos (ou Arraial do Belo Monte), no interior da BA Comunidade forma um Estado paralelo a República. Governo republicano + Coronéis + Igreja unem-se contra Canudos. Campanha de difamação contra Canudos atinge os principais jornais da capital, associando Canudos ao retorno da monarquia. Após 4 expedições militares, Canudos é massacrada. Fonte bibliográfica frequentemente citada: “Os Sertões” – Euclides da Cunha.
  • 9.
  • 10.  Revolta da Vacina (RJ – 1904): ◦ Projeto de modernização do RJ (Presidente Rodrigues Alves). ◦ Destruição de cortiços e favelas, ampliação das avenidas, construção de novos prédios inspirando-se em Paris. ◦ Expulsão de comunidades pobres das regiões centrais, inflação, alta do custo de vida. ◦ Vacinação obrigatória contra a varíola (Oswaldo Cruz) desencadeia conflito.
  • 11.
  • 12. Revolta dos Marinheiros ou Revolta da Chibata (RJ - 1910): João Cândido (líder),Almirante Negro ◦ Causas: maus tratos, baixos soldos, péssima alimentação e castigos corporais (como a chibata ) ◦ Marinheiros tomam 2 navios e ameaçam bombardear o Rio caso continuassem os castigos na marinha. ◦ Governo promete atender as reivindicações e solicita que marinheiros se entregassem. ◦ Envolvidos foram presos e mortos. João Cândido sobrevive mas é expulso da marinha .
  • 13.
  • 14. Cangaço (NE 1890 – 1940):  Bandos armados que percorriam o interior nordestino sobrevivendo de delitos.  Principais bandos: Lampião e Curisco.  Causas: miséria crônica da população nordestina, seca, má distribuição de terras, descaso do Estado e dos coronéis para com os mais pobres, violência.  Mito do “Robin Hood”. Os cangaceiros foram perseguidos pela polícia volante e exterminados um a um. Eram os únicos que despertavam medo nos coronéis, justamente por não terem perspectiva de melhorar sua condição e portanto não precisar temer o desrespeito das leis vigentes
  • 15.
  • 16. Movimento operário: Causas: ampla exploração dos trabalhadores urbanos das fábricas e ausência de legislação trabalhista que amparasse os trabalhadores Até a década de 20 predomínio de imigrantes italianos de ideologia anarquista. A partir de 1922 o principal instrumento de luta operária foi o PCB, que tenta organizar os operários. Postura do governo em relação ao movimento operário: repressão (“caso de polícia”). A partir de 1930 - Era Vargas – Sindicalismo Atrelado
  • 17. CRISE DA REPÚBLICA VELHA TENENTISMO As classes médias urbanas buscavam o poder político, mas acordos vigentes impossibilitavam essa ascensão.  É organizado o tenentismo. Suas propostas eram: fim das fraudes eleitorais, voto secreto, controle dos gastos públicos, diversificação dos setores da economia.  1922: revolta do Forte de Copacabana 1924 – Amazonas, São Paulo e Sergipe  1925: Coluna Prestes SEMANA DE ARTE MODERNA – (1922) - evento artístico com propostas de tendência nacionalista desenvolvido no Brasil, contou com a presença de grandes artistas, intelectuais e pensadores, como Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Heitor Villa-Lobos, Mário de Andrade, Oswald de Andrade, Plínio Salgado, dentre outros.  1929: crise econômica  Indicação do paulista Júlio Prestes pelo então presidente, também paulista, Washington Luís  Minas Gerais e Rio Grande do Sul se opuseram e articularam a Aliança Liberal, lançando a candidatura de Getúlio Vargas. João Pessoa, vice de Vargas, foi assassinado, desencadeando a Revolução de 1930.
  • 18. DICA DE VÍDEO https://www.youtube.com/watch?v=2bmTCLGJZ3w ATIVIDADE AVALIATIVA Utilizaremos o Google Forms (Google formulários). Favor responder no link abaixo obedecendo o prazo de entrega: até 04/09/2020 https://forms.gle/4nvF1jkSPNYQMzuB6