SlideShare uma empresa Scribd logo

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 96 - Justamente por Isso

“Se os que partem falam novamente aos que ficam é que estes conhecem o caminho da redenção com Jesus, mas não se animam, nem se decidem a trilhá-lo.” Emmanuel

1 de 20
Baixar para ler offline
“Se os que partem falam
novamente aos que ficam é que
estes conhecem o caminho da
redenção com Jesus, mas não
se animam, nem se decidem a
trilhá-lo.”
Emmanuel
Evangelho
96
JUSTAMENTE POR ISSO
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 96 - Justamente por Isso
Livro Pão Nosso, espírito
Emmanuel, psicografia de
Francisco C. Xavier
Seara Espírita a Caminho do Mestre, Domingo as 9h da manhã
https://www.facebook.com/searaespiritaacaminhodomestre/
https://www.youtube.com/channel/UCiGuBtfdvPyz9fm_w9R5Xjg
Evangelho No Lar - Pão Nosso
O intercâmbio cada vez mais intensivo entre os chamados
“vivos” e “mortos” constitui grande acontecimento para as
organizações evangélicas de modo geral.
Não é tão-somente realização para a escola espiritista; pertence
às comunidades do Cristianismo inteiro.
Por enquanto, anotamos aqui e ali protestos do dogmatismo
organizado, entretanto, a revivescência da verdade assim o exige.
Justamente por isso 1/4
“Não vos escrevi porque ignorásseis a verdade, mas porque
a conheceis.” – (1ª Epístola de João, 2:21.)
Toda aquisição tem seu preço e qualquer renovação encontra
obstáculos espontâneos.
Dia virá em que as várias subdivisões do evangelismo
compreenderão a divina finalidade do novo concerto.
O movimento de troca espiritual entre as duas esferas é cada
vez mais dilatado. O devotamento dos desencarnados
provoca a atenção dos encarnados.
O Senhor permitiu mundial Pentecostes para o reajustamento
da realidade eterna.
Justamente por isso 2/4
Convém notar, contudo, que as vozes comovedoras e
revigorantes do Além repetem, comumente, velhas fórmulas
da Revelação e relembram o passado da Sabedoria terrestre, a
fim de extrair conceituação mais respeitável referentemente à
vida.
É neste ponto que recordamos as palavras de João, interrogando
sinceramente: comunicar-se-ão os “mortos” com os “vivos”,
porque os homens ignoram a verdade?
Isso não.
Justamente por isso 3/4
Se os que partem falam novamente aos que ficam é que estes
conhecem o caminho da redenção com Jesus, mas não se
animam,
nem se
decidem
a trilhá-lo.
Justamente por isso 4/4
8/
Esses espíritas vivem
mexendo com coisas
sobrenaturais….
Não mexe com que tá quieto!
Será !?!?!
* Estimativa com base nos espíritos encarnados e Livro Lírios de Esperança
7,9
21,6
Encarnados (1/5) Desencarnados (4/5)
População Estimada: 39,5 Bilhões*
População estimada daTerra
7,9
21,6
Encarnados (1/5) Desencarnados (4/5)
Livro Lírios de Esperança, Ermance Dufaux, psicografia de
Wanderley Soares de Oliveira, 2005
50% em patamares de
luta e sofrimento
25% almas medianas que
já cooperam eficazmente
na tarefa regenerativa
de outros
25% condutores elevados,
"avatares" que velam pelo
grande plano do Cristo para
o orbe
66% são almas doentes
que purgam dolorosos
processos de reeducação
34% são corações na
busca ostensiva
de sua recuperação,
entre os quais,
pouquíssimas vezes,
encontramos
os chamados
"missionários”
Grau de evolução da população da Terra
• Existência de Deus;
• Existência, imortalidade e conservação da individualidade
do espírito;
• Comunicabilidade dos espíritos;
• Reencarnação;
• Lei de causa e efeito / livre-arbítrio;
• Lei de evolução; e
• Pluralidade dos mundos habitados.
Artigo Allan Kardec e a Codificação do Espiritismo,
https://www.febnet.org.br/blog/geral/allan-kardec-e-a-codificacao-do-espiritismo/
Crença dos Espíritas
Livro dos Médiuns, Capítulo IV, Primeira Parte, Dos Sistemas, Allan Kardec
1º) Os fenômenos espíritas são produzidos por inteligências
extracorpóreas, ou seja, pelos Espíritos.
2º) Os Espíritos constituem o mundo invisível e estão por toda
parte; povoam os espaços até o infinito; há Espíritos
incessantemente ao nosso redor e com eles estamos em
contato.
3º) Os Espíritos agem constantemente sobre
o mundo físico e sobre o mundo moral, sendo
uma das potências da Natureza.
Crença dos Espíritas 1/4
13/
4º) Os espíritos não são entidades à parte na Criação: são as
almas dos que viveram na Terra ou em outros Mundos,
desprovidas do seu envoltório corporal; do que se segue que as
almas dos homens são Espíritos encarnados e que ao morrer nos
tornamos Espíritos.
5º) Há Espíritos de todos os graus de bondade e de malícia, de
saber e de ignorância.
6º) Estão submetidos à lei do progresso e todos podem chegar à
perfeição, mas como dispõem do livre-arbítrio alcançam-na dentro
de um tempo mais ou menos longo, segundo os seus esforços e a
sua vontade.
Crença dos Espíritas 2/4
14/
7º) São felizes ou infelizes, conforme o bem ou mal que fizeram
durante a vida e o grau de desenvolvimento a que chegaram à
felicidade perfeita e sem nuvens só é alcançada pelos que
chegaram ao supremo grau de perfeição.
8º) Todos os Espíritos, em dadas circunstâncias, podem
manifestar-se aos homens, e o número dos que podem comunicar-
se é indefinido.
9º) Os Espíritos se comunicam por meio dos médiuns, que lhes
servem de instrumento e de intérpretes.
Crença dos Espíritas 3/4
Livro dos Médiuns, Capítulo IV, Primeira Parte, Dos Sistemas, Allan Kardec
15/
10º) Reconhecem-se a superioridade e a inferioridade dos Espíritos
pela linguagem:
os bons só
aconselham o bem
e só dizem coisas
boas; os maus
enganam e todas
as suas palavras
trazem o cunho da
imperfeição e da
ignorância.
Crença dos Espíritas 4/4
Os Espíritos do Senhor, que são as virtudes dos Céus, qual
imenso exército que se movimenta ao receber as ordens do seu
comando, espalham-se por toda a superfície da Terra e,
semelhantes a estrelas cadentes, vêm iluminar os caminhos e
abrir os olhos aos cegos.
Eu vos digo, em verdade, que são chegados os tempos em que
todas as coisas hão de ser restabelecidas no seu
verdadeiro sentido, para dissipar as trevas, confundir os
orgulhosos e glorificar os justos.
Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo, Prefácio, Allan Kardec
As virtudes do céu espalham-se 1/2
As grandes vozes do Céu ressoam como sons de trombetas, e os
cânticos dos anjos se lhes associam. Nós vos convidamos, a vós
homens, para o divino concerto. Tomai da lira, fazei uníssonas
vossas vozes, e que, num hino sagrado, elas se estendam e
repercutam de um extremo a outro do Universo...
Homens, irmãos a quem amamos, aqui estamos junto de vós.
Amai-vos, também, uns aos outros e dizei do fundo do coração,
fazendo as vontades do Pai, que está no Céu: Senhor!
Senhor!... e podereis entrar no reino dos Céus.
O ESPÍRITO DE VERDADE
As virtudes do céu espalham-se 2/2
Monumento em homenagem a Allan Kardec -
Cemitério Père-Lachaise - Paris, França.
18
“Nascer, morrer,
renascer ainda e
progredir
sem cessar,
tal é a lei”
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 96 - Justamente por Isso
• Livro Pão Nosso, espírito Emmanuel, psicografia de Francisco C. Xavier
• O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec
• Artigo Allan Kardec e a Codificação do Espiritismo,
https://www.febnet.org.br/blog/geral/allan-kardec-e-a-codificacao-do-espiritismo/
• O Livro dos Médiuns, Allan Kardec
• Livro Lírios de Esperança, Ermance Dufaux, psicografia de Wanderley Soares de Oliveira,
2005
Slides da apresentação: https://pt.slideshare.net/ricardoazevedo9216
Referências Bibliográficas

Recomendados

Série Evangelho no Lar - Cap. 38 - Verdade e Amor
Série Evangelho no Lar - Cap. 38 - Verdade e AmorSérie Evangelho no Lar - Cap. 38 - Verdade e Amor
Série Evangelho no Lar - Cap. 38 - Verdade e AmorRicardo Azevedo
 
Palestra ese 03 muitas moradas 20160223 v3
Palestra ese 03   muitas moradas  20160223 v3Palestra ese 03   muitas moradas  20160223 v3
Palestra ese 03 muitas moradas 20160223 v3Tiburcio Santos
 
Palestra Pluralidade Mundos Habitados
Palestra Pluralidade Mundos HabitadosPalestra Pluralidade Mundos Habitados
Palestra Pluralidade Mundos Habitadoscab3032
 
Crescimento espiritual - base para a verdadeira felicidade - junho 2014
Crescimento espiritual - base para a verdadeira felicidade - junho 2014Crescimento espiritual - base para a verdadeira felicidade - junho 2014
Crescimento espiritual - base para a verdadeira felicidade - junho 2014grupodepaisceb
 
Há muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do paiHá muitas moradas na casa do pai
Há muitas moradas na casa do paiGianete Rocha
 
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meuCapítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meu
Capítulo 3 ESE - Há muitas moradas na casa de meuEduardo Ottonelli Pithan
 

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 96 - Justamente por Isso

Fonte de paz (psicografia chico xavier espíritos diversos)
Fonte de paz (psicografia chico xavier   espíritos diversos)Fonte de paz (psicografia chico xavier   espíritos diversos)
Fonte de paz (psicografia chico xavier espíritos diversos)Ricardo Akerman
 
Há muitas moradas na casa de meu pai
Há muitas moradas na casa de meu paiHá muitas moradas na casa de meu pai
Há muitas moradas na casa de meu paiAna Karina Andrade
 
Caderno da mesa branca e estudos esotéricos
Caderno da mesa branca e estudos esotéricos Caderno da mesa branca e estudos esotéricos
Caderno da mesa branca e estudos esotéricos Chico Douglas
 
Pluralidade mundos habitados,aula completa exercicios
Pluralidade mundos habitados,aula completa exerciciosPluralidade mundos habitados,aula completa exercicios
Pluralidade mundos habitados,aula completa exerciciosOribes Teixeira
 
60º roteiro – a lei do amor
60º roteiro –  a lei do amor60º roteiro –  a lei do amor
60º roteiro – a lei do amorOrlando Jorge
 
Missionários da luz
Missionários da luzMissionários da luz
Missionários da luzguestae3c203
 
Andre luiz chico xavier - missionários da luz
Andre luiz   chico xavier - missionários da luzAndre luiz   chico xavier - missionários da luz
Andre luiz chico xavier - missionários da luzhavatar
 
8 entre a-terra_e_o_ceu-1954
8 entre a-terra_e_o_ceu-19548 entre a-terra_e_o_ceu-1954
8 entre a-terra_e_o_ceu-1954paulasa pin
 
Curso básico de Doutrina Espírita para desencarnados
Curso básico de Doutrina Espírita para desencarnadosCurso básico de Doutrina Espírita para desencarnados
Curso básico de Doutrina Espírita para desencarnadosdrjoseferreiramd
 
Boletim 84
Boletim 84Boletim 84
Boletim 84CEJG
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 36 - As Outras Pessoas
Série Evangelho no Lar - Cap. 36 - As Outras PessoasSérie Evangelho no Lar - Cap. 36 - As Outras Pessoas
Série Evangelho no Lar - Cap. 36 - As Outras PessoasRicardo Azevedo
 
4 obreiros da-vida_eterna-1946
4 obreiros da-vida_eterna-19464 obreiros da-vida_eterna-1946
4 obreiros da-vida_eterna-1946paulasa pin
 
Obreiros da vida eterna chico xavier
Obreiros da vida eterna  chico xavierObreiros da vida eterna  chico xavier
Obreiros da vida eterna chico xavierhavatar
 
Andre luiz -_chico_xavier_-_entre_a_terra_e_o_céu
Andre luiz -_chico_xavier_-_entre_a_terra_e_o_céuAndre luiz -_chico_xavier_-_entre_a_terra_e_o_céu
Andre luiz -_chico_xavier_-_entre_a_terra_e_o_céuhavatar
 
D 07 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 07  Pluralidade dos Mundos HabitadosD 07  Pluralidade dos Mundos Habitados
D 07 Pluralidade dos Mundos HabitadosJPS Junior
 

Semelhante a Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 96 - Justamente por Isso (20)

Fonte de paz (psicografia chico xavier espíritos diversos)
Fonte de paz (psicografia chico xavier   espíritos diversos)Fonte de paz (psicografia chico xavier   espíritos diversos)
Fonte de paz (psicografia chico xavier espíritos diversos)
 
Paraiso, inferno
Paraiso, infernoParaiso, inferno
Paraiso, inferno
 
Consolador prometido
Consolador prometidoConsolador prometido
Consolador prometido
 
Regeneração
RegeneraçãoRegeneração
Regeneração
 
Há muitas moradas na casa de meu pai
Há muitas moradas na casa de meu paiHá muitas moradas na casa de meu pai
Há muitas moradas na casa de meu pai
 
Caderno da mesa branca e estudos esotéricos
Caderno da mesa branca e estudos esotéricos Caderno da mesa branca e estudos esotéricos
Caderno da mesa branca e estudos esotéricos
 
Pluralidade mundos habitados,aula completa exercicios
Pluralidade mundos habitados,aula completa exerciciosPluralidade mundos habitados,aula completa exercicios
Pluralidade mundos habitados,aula completa exercicios
 
60º roteiro – a lei do amor
60º roteiro –  a lei do amor60º roteiro –  a lei do amor
60º roteiro – a lei do amor
 
Missionários da luz
Missionários da luzMissionários da luz
Missionários da luz
 
Missionários da luz
Missionários da luzMissionários da luz
Missionários da luz
 
Andre luiz chico xavier - missionários da luz
Andre luiz   chico xavier - missionários da luzAndre luiz   chico xavier - missionários da luz
Andre luiz chico xavier - missionários da luz
 
8 entre a-terra_e_o_ceu-1954
8 entre a-terra_e_o_ceu-19548 entre a-terra_e_o_ceu-1954
8 entre a-terra_e_o_ceu-1954
 
Curso básico de Doutrina Espírita para desencarnados
Curso básico de Doutrina Espírita para desencarnadosCurso básico de Doutrina Espírita para desencarnados
Curso básico de Doutrina Espírita para desencarnados
 
Boletim 84
Boletim 84Boletim 84
Boletim 84
 
Série Evangelho no Lar - Cap. 36 - As Outras Pessoas
Série Evangelho no Lar - Cap. 36 - As Outras PessoasSérie Evangelho no Lar - Cap. 36 - As Outras Pessoas
Série Evangelho no Lar - Cap. 36 - As Outras Pessoas
 
Andre luiz 04_obreiros_da_vida_eterna
Andre luiz 04_obreiros_da_vida_eternaAndre luiz 04_obreiros_da_vida_eterna
Andre luiz 04_obreiros_da_vida_eterna
 
4 obreiros da-vida_eterna-1946
4 obreiros da-vida_eterna-19464 obreiros da-vida_eterna-1946
4 obreiros da-vida_eterna-1946
 
Obreiros da vida eterna chico xavier
Obreiros da vida eterna  chico xavierObreiros da vida eterna  chico xavier
Obreiros da vida eterna chico xavier
 
Andre luiz -_chico_xavier_-_entre_a_terra_e_o_céu
Andre luiz -_chico_xavier_-_entre_a_terra_e_o_céuAndre luiz -_chico_xavier_-_entre_a_terra_e_o_céu
Andre luiz -_chico_xavier_-_entre_a_terra_e_o_céu
 
D 07 Pluralidade dos Mundos Habitados
D 07  Pluralidade dos Mundos HabitadosD 07  Pluralidade dos Mundos Habitados
D 07 Pluralidade dos Mundos Habitados
 

Mais de Ricardo Azevedo

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não Falta
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não FaltaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não Falta
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não FaltaRicardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição Comum
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição ComumSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição Comum
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição ComumRicardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e Pecador
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e PecadorSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e Pecador
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e PecadorRicardo Azevedo
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - Monturo
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - MonturoEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - Monturo
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - MonturoRicardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 120 - Conciliação
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 120 - ConciliaçãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 120 - Conciliação
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 120 - ConciliaçãoRicardo Azevedo
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 119 - Ajuda sempre
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 119 - Ajuda sempreEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 119 - Ajuda sempre
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 119 - Ajuda sempreRicardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 118 - É para isto
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 118 - É para istoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 118 - É para isto
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 118 - É para istoRicardo Azevedo
 
O Papel da Casa Espírita
O Papel da Casa EspíritaO Papel da Casa Espírita
O Papel da Casa EspíritaRicardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 117 - Em Família
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 117 - Em FamíliaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 117 - Em Família
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 117 - Em FamíliaRicardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 116 - Ouçam-nos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 116 - Ouçam-nosSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 116 - Ouçam-nos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 116 - Ouçam-nosRicardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 115 - A Porta
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 115 - A PortaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 115 - A Porta
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 115 - A PortaRicardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 114 - Novos Atenienses
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 114 - Novos AteniensesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 114 - Novos Atenienses
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 114 - Novos AteniensesRicardo Azevedo
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 113 - Tua Fé
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 113 - Tua FéEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 113 - Tua Fé
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 113 - Tua FéRicardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 112 - Tabernáculos Eternos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 112 - Tabernáculos EternosSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 112 - Tabernáculos Eternos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 112 - Tabernáculos EternosRicardo Azevedo
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 111 - Granjeai Amigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 111 - Granjeai AmigosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 111 - Granjeai Amigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 111 - Granjeai AmigosRicardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 110 - Magnetismo Pessoal
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 110 - Magnetismo PessoalSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 110 - Magnetismo Pessoal
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 110 - Magnetismo PessoalRicardo Azevedo
 
Serie Evangelho no Lar - Pao Nosso - cap 109 - Três Imperativos.pptxSérie Eva...
Serie Evangelho no Lar - Pao Nosso - cap 109 - Três Imperativos.pptxSérie Eva...Serie Evangelho no Lar - Pao Nosso - cap 109 - Três Imperativos.pptxSérie Eva...
Serie Evangelho no Lar - Pao Nosso - cap 109 - Três Imperativos.pptxSérie Eva...Ricardo Azevedo
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 108 - Oração
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 108 - OraçãoEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 108 - Oração
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 108 - OraçãoRicardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 107 - Piedade
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 107 - PiedadeSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 107 - Piedade
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 107 - PiedadeRicardo Azevedo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 106 - Há muita diferença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 106 - Há muita diferençaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 106 - Há muita diferença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 106 - Há muita diferençaRicardo Azevedo
 

Mais de Ricardo Azevedo (20)

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não Falta
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não FaltaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não Falta
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 124 - Não Falta
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição Comum
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição ComumSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição Comum
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 123 - Condição Comum
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e Pecador
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e PecadorSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e Pecador
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 122 - Pecado e Pecador
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - Monturo
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - MonturoEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - Monturo
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 121 - Monturo
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 120 - Conciliação
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 120 - ConciliaçãoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 120 - Conciliação
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 120 - Conciliação
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 119 - Ajuda sempre
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 119 - Ajuda sempreEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 119 - Ajuda sempre
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 119 - Ajuda sempre
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 118 - É para isto
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 118 - É para istoSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 118 - É para isto
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 118 - É para isto
 
O Papel da Casa Espírita
O Papel da Casa EspíritaO Papel da Casa Espírita
O Papel da Casa Espírita
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 117 - Em Família
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 117 - Em FamíliaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 117 - Em Família
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 117 - Em Família
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 116 - Ouçam-nos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 116 - Ouçam-nosSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 116 - Ouçam-nos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 116 - Ouçam-nos
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 115 - A Porta
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 115 - A PortaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 115 - A Porta
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 115 - A Porta
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 114 - Novos Atenienses
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 114 - Novos AteniensesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 114 - Novos Atenienses
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 114 - Novos Atenienses
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 113 - Tua Fé
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 113 - Tua FéEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 113 - Tua Fé
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 113 - Tua Fé
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 112 - Tabernáculos Eternos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 112 - Tabernáculos EternosSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 112 - Tabernáculos Eternos
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 112 - Tabernáculos Eternos
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 111 - Granjeai Amigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 111 - Granjeai AmigosEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 111 - Granjeai Amigos
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 111 - Granjeai Amigos
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 110 - Magnetismo Pessoal
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 110 - Magnetismo PessoalSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 110 - Magnetismo Pessoal
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 110 - Magnetismo Pessoal
 
Serie Evangelho no Lar - Pao Nosso - cap 109 - Três Imperativos.pptxSérie Eva...
Serie Evangelho no Lar - Pao Nosso - cap 109 - Três Imperativos.pptxSérie Eva...Serie Evangelho no Lar - Pao Nosso - cap 109 - Três Imperativos.pptxSérie Eva...
Serie Evangelho no Lar - Pao Nosso - cap 109 - Três Imperativos.pptxSérie Eva...
 
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 108 - Oração
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 108 - OraçãoEvangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 108 - Oração
Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 108 - Oração
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 107 - Piedade
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 107 - PiedadeSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 107 - Piedade
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 107 - Piedade
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 106 - Há muita diferença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 106 - Há muita diferençaSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 106 - Há muita diferença
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 106 - Há muita diferença
 

Último

Oração A Deus Pai Todo Poderoso
Oração A Deus Pai Todo PoderosoOração A Deus Pai Todo Poderoso
Oração A Deus Pai Todo PoderosoNilson Almeida
 
Orações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
Orações Da Noite Junto A Um Recém-NascidoOrações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
Orações Da Noite Junto A Um Recém-NascidoNilson Almeida
 
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.pptBíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.pptIgrejadoVerbo
 
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?Joary Jossué Carlesso
 
Oração Da Prosperidade E Da Riqueza
Oração Da Prosperidade E Da RiquezaOração Da Prosperidade E Da Riqueza
Oração Da Prosperidade E Da RiquezaNilson Almeida
 
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxLição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxCelso Napoleon
 
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024Nilson Almeida
 
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxLição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxCelso Napoleon
 
Orações Para Crianças
Orações Para CriançasOrações Para Crianças
Orações Para CriançasNilson Almeida
 
Orações De Nossa Senhora
Orações De Nossa SenhoraOrações De Nossa Senhora
Orações De Nossa SenhoraNilson Almeida
 
Oração De São Jorge
Oração De São JorgeOração De São Jorge
Oração De São JorgeNilson Almeida
 
Ho'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração OriginalHo'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração OriginalNilson Almeida
 
Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Nilson Almeida
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E MariaOração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E MariaNilson Almeida
 
Oração De Proteção Jesus Cristo
Oração De Proteção Jesus CristoOração De Proteção Jesus Cristo
Oração De Proteção Jesus CristoNilson Almeida
 
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoRevista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoLindiomar Rios
 
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoOração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoNilson Almeida
 
Oração De Proteção Às Crianças
Oração De Proteção Às CriançasOração De Proteção Às Crianças
Oração De Proteção Às CriançasNilson Almeida
 
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos VíciosOrações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos VíciosNilson Almeida
 

Último (20)

Oração A Deus Pai Todo Poderoso
Oração A Deus Pai Todo PoderosoOração A Deus Pai Todo Poderoso
Oração A Deus Pai Todo Poderoso
 
Orações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
Orações Da Noite Junto A Um Recém-NascidoOrações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
Orações Da Noite Junto A Um Recém-Nascido
 
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.pptBíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
Bíblia Sagrada - livro II de Salmos - 42-72 - slides powerpoint.ppt
 
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
Discipulado na Assembleia de Deus: como fazer funcionar?
 
Oração Da Prosperidade E Da Riqueza
Oração Da Prosperidade E Da RiquezaOração Da Prosperidade E Da Riqueza
Oração Da Prosperidade E Da Riqueza
 
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptxLição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
Lição 8 - A Disciplina na Igreja - .pptx
 
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
Oração Da Campanha Da Fraternidade 2024
 
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptxLição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
Lição 9 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja.pptx
 
Orações Para Crianças
Orações Para CriançasOrações Para Crianças
Orações Para Crianças
 
Orações De Nossa Senhora
Orações De Nossa SenhoraOrações De Nossa Senhora
Orações De Nossa Senhora
 
Oração De São Jorge
Oração De São JorgeOração De São Jorge
Oração De São Jorge
 
Ho'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração OriginalHo'oponopono Oração Original
Ho'oponopono Oração Original
 
Orações Do Cristão
Orações Do CristãoOrações Do Cristão
Orações Do Cristão
 
Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra Vibração Pelo Planeta Terra
Vibração Pelo Planeta Terra
 
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E MariaOração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria
Oração Ao Sagrado Coração De Jesus E Maria
 
Oração De Proteção Jesus Cristo
Oração De Proteção Jesus CristoOração De Proteção Jesus Cristo
Oração De Proteção Jesus Cristo
 
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oraçãoRevista adulto usada no projeto 10 dias de oração
Revista adulto usada no projeto 10 dias de oração
 
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E ProteçãoOração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
Oração Aos Três Arcanjos - Círculo De Luz E Proteção
 
Oração De Proteção Às Crianças
Oração De Proteção Às CriançasOração De Proteção Às Crianças
Oração De Proteção Às Crianças
 
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos VíciosOrações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
Orações Novena Santas Chagas Pela Libertação Dos Vícios
 

Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 96 - Justamente por Isso

  • 1. “Se os que partem falam novamente aos que ficam é que estes conhecem o caminho da redenção com Jesus, mas não se animam, nem se decidem a trilhá-lo.” Emmanuel Evangelho 96 JUSTAMENTE POR ISSO
  • 3. Livro Pão Nosso, espírito Emmanuel, psicografia de Francisco C. Xavier Seara Espírita a Caminho do Mestre, Domingo as 9h da manhã https://www.facebook.com/searaespiritaacaminhodomestre/ https://www.youtube.com/channel/UCiGuBtfdvPyz9fm_w9R5Xjg Evangelho No Lar - Pão Nosso
  • 4. O intercâmbio cada vez mais intensivo entre os chamados “vivos” e “mortos” constitui grande acontecimento para as organizações evangélicas de modo geral. Não é tão-somente realização para a escola espiritista; pertence às comunidades do Cristianismo inteiro. Por enquanto, anotamos aqui e ali protestos do dogmatismo organizado, entretanto, a revivescência da verdade assim o exige. Justamente por isso 1/4 “Não vos escrevi porque ignorásseis a verdade, mas porque a conheceis.” – (1ª Epístola de João, 2:21.)
  • 5. Toda aquisição tem seu preço e qualquer renovação encontra obstáculos espontâneos. Dia virá em que as várias subdivisões do evangelismo compreenderão a divina finalidade do novo concerto. O movimento de troca espiritual entre as duas esferas é cada vez mais dilatado. O devotamento dos desencarnados provoca a atenção dos encarnados. O Senhor permitiu mundial Pentecostes para o reajustamento da realidade eterna. Justamente por isso 2/4
  • 6. Convém notar, contudo, que as vozes comovedoras e revigorantes do Além repetem, comumente, velhas fórmulas da Revelação e relembram o passado da Sabedoria terrestre, a fim de extrair conceituação mais respeitável referentemente à vida. É neste ponto que recordamos as palavras de João, interrogando sinceramente: comunicar-se-ão os “mortos” com os “vivos”, porque os homens ignoram a verdade? Isso não. Justamente por isso 3/4
  • 7. Se os que partem falam novamente aos que ficam é que estes conhecem o caminho da redenção com Jesus, mas não se animam, nem se decidem a trilhá-lo. Justamente por isso 4/4
  • 8. 8/ Esses espíritas vivem mexendo com coisas sobrenaturais…. Não mexe com que tá quieto! Será !?!?!
  • 9. * Estimativa com base nos espíritos encarnados e Livro Lírios de Esperança 7,9 21,6 Encarnados (1/5) Desencarnados (4/5) População Estimada: 39,5 Bilhões* População estimada daTerra
  • 10. 7,9 21,6 Encarnados (1/5) Desencarnados (4/5) Livro Lírios de Esperança, Ermance Dufaux, psicografia de Wanderley Soares de Oliveira, 2005 50% em patamares de luta e sofrimento 25% almas medianas que já cooperam eficazmente na tarefa regenerativa de outros 25% condutores elevados, "avatares" que velam pelo grande plano do Cristo para o orbe 66% são almas doentes que purgam dolorosos processos de reeducação 34% são corações na busca ostensiva de sua recuperação, entre os quais, pouquíssimas vezes, encontramos os chamados "missionários” Grau de evolução da população da Terra
  • 11. • Existência de Deus; • Existência, imortalidade e conservação da individualidade do espírito; • Comunicabilidade dos espíritos; • Reencarnação; • Lei de causa e efeito / livre-arbítrio; • Lei de evolução; e • Pluralidade dos mundos habitados. Artigo Allan Kardec e a Codificação do Espiritismo, https://www.febnet.org.br/blog/geral/allan-kardec-e-a-codificacao-do-espiritismo/ Crença dos Espíritas
  • 12. Livro dos Médiuns, Capítulo IV, Primeira Parte, Dos Sistemas, Allan Kardec 1º) Os fenômenos espíritas são produzidos por inteligências extracorpóreas, ou seja, pelos Espíritos. 2º) Os Espíritos constituem o mundo invisível e estão por toda parte; povoam os espaços até o infinito; há Espíritos incessantemente ao nosso redor e com eles estamos em contato. 3º) Os Espíritos agem constantemente sobre o mundo físico e sobre o mundo moral, sendo uma das potências da Natureza. Crença dos Espíritas 1/4
  • 13. 13/ 4º) Os espíritos não são entidades à parte na Criação: são as almas dos que viveram na Terra ou em outros Mundos, desprovidas do seu envoltório corporal; do que se segue que as almas dos homens são Espíritos encarnados e que ao morrer nos tornamos Espíritos. 5º) Há Espíritos de todos os graus de bondade e de malícia, de saber e de ignorância. 6º) Estão submetidos à lei do progresso e todos podem chegar à perfeição, mas como dispõem do livre-arbítrio alcançam-na dentro de um tempo mais ou menos longo, segundo os seus esforços e a sua vontade. Crença dos Espíritas 2/4
  • 14. 14/ 7º) São felizes ou infelizes, conforme o bem ou mal que fizeram durante a vida e o grau de desenvolvimento a que chegaram à felicidade perfeita e sem nuvens só é alcançada pelos que chegaram ao supremo grau de perfeição. 8º) Todos os Espíritos, em dadas circunstâncias, podem manifestar-se aos homens, e o número dos que podem comunicar- se é indefinido. 9º) Os Espíritos se comunicam por meio dos médiuns, que lhes servem de instrumento e de intérpretes. Crença dos Espíritas 3/4 Livro dos Médiuns, Capítulo IV, Primeira Parte, Dos Sistemas, Allan Kardec
  • 15. 15/ 10º) Reconhecem-se a superioridade e a inferioridade dos Espíritos pela linguagem: os bons só aconselham o bem e só dizem coisas boas; os maus enganam e todas as suas palavras trazem o cunho da imperfeição e da ignorância. Crença dos Espíritas 4/4
  • 16. Os Espíritos do Senhor, que são as virtudes dos Céus, qual imenso exército que se movimenta ao receber as ordens do seu comando, espalham-se por toda a superfície da Terra e, semelhantes a estrelas cadentes, vêm iluminar os caminhos e abrir os olhos aos cegos. Eu vos digo, em verdade, que são chegados os tempos em que todas as coisas hão de ser restabelecidas no seu verdadeiro sentido, para dissipar as trevas, confundir os orgulhosos e glorificar os justos. Livro O Evangelho Segundo o Espiritismo, Prefácio, Allan Kardec As virtudes do céu espalham-se 1/2
  • 17. As grandes vozes do Céu ressoam como sons de trombetas, e os cânticos dos anjos se lhes associam. Nós vos convidamos, a vós homens, para o divino concerto. Tomai da lira, fazei uníssonas vossas vozes, e que, num hino sagrado, elas se estendam e repercutam de um extremo a outro do Universo... Homens, irmãos a quem amamos, aqui estamos junto de vós. Amai-vos, também, uns aos outros e dizei do fundo do coração, fazendo as vontades do Pai, que está no Céu: Senhor! Senhor!... e podereis entrar no reino dos Céus. O ESPÍRITO DE VERDADE As virtudes do céu espalham-se 2/2
  • 18. Monumento em homenagem a Allan Kardec - Cemitério Père-Lachaise - Paris, França. 18 “Nascer, morrer, renascer ainda e progredir sem cessar, tal é a lei”
  • 20. • Livro Pão Nosso, espírito Emmanuel, psicografia de Francisco C. Xavier • O Evangelho Segundo o Espiritismo, Allan Kardec • Artigo Allan Kardec e a Codificação do Espiritismo, https://www.febnet.org.br/blog/geral/allan-kardec-e-a-codificacao-do-espiritismo/ • O Livro dos Médiuns, Allan Kardec • Livro Lírios de Esperança, Ermance Dufaux, psicografia de Wanderley Soares de Oliveira, 2005 Slides da apresentação: https://pt.slideshare.net/ricardoazevedo9216 Referências Bibliográficas

Notas do Editor

  1. egundo o apóstolo Paulo “às línguas de fogo que desceram sobre a comunidade cristã, em Jerusalém, os encheu do Espírito Santo, e eles saíram a pregar, em diversos idiomas, sendo por todos entendidos” (Atos dos Apóstolos, 2:1-13).
  2. 34% de encanados "missionários coletivos", ou "encarregados de outorgas específicas" que venham a corroborar com o planejamento do progresso e bem-estar social 25% de desencarnados velam pelo grande plano do Cristo para o orbe, missionários, guias espirituais, avalizadores, espíritos superiores, auxiliares galácticos. A maioria deles liberados da reencarnação ou ainda inúmeros homens e mulheres comuns, que venceram as provas expiatórias no suceder das reencarnações.
  3. Vejamos os resultados gerais a que chegamos através de uma observação completa, e que hoje formam a crença, podemos dizer, da universalidade dos Espíritos... Allan Kardec
  4. Não existe nada de sobrenatural no Espiritismo ou nos espíritos, como disse Kardec são forças da natureza que podem e serão explicadas pela Ciência.
  5. Não existe nada de sobrenatural no Espiritismo ou nos espíritos, como disse Kardec são forças da natureza que podem e serão explicadas pela Ciência.
  6. Não existe nada de sobrenatural no Espiritismo ou nos espíritos, como disse Kardec são forças da natureza que podem e serão explicadas pela Ciência.