SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 18
CONDIÇÕES DA EXPANSÃO
      PORTUGUESA
  8ºANO

• Tema: V Expansão e mudança nos séculos XV e XVI

  A expansão ultramarina ibérica




                                              Sílvia Mendonça
                                                 Novembro 2006



                    Prof.Sílvia de Mendonça
CHEGOU A HORA DE CONHECER
       UM POUCO DOS
DESCOBRIMENTOS PORTUGUESES




         Prof.Sílvia de Mendonça
CONDIÇÕES DA PRIORIDADE
       PORTUGUESA NA EXPANSÃO
            PORTUGUESA

•   Geográficas
•   Humanas
•   Sociais
•   Políticas
•   Técnicas
•   Científicas
                  Prof.Sílvia de Mendonça
Geográficas
• Portugal fica situado a sudoeste
  da Europa

• Junto ao Oceano Atlântico

• Longa costa marítima recortada

• Bons portos naturais
                Prof.Sílvia de Mendonça
Humanas
• Homens experientes na arte de navegar

• Bons pescadores

• Facilidade em navegar junto à costa

• Os marinheiros tinham boa orientação


                Prof.Sílvia de Mendonça
Sociais
• Em 1383-1385 surgiram grupos distintos
• Grupos dirigentes dinâmicos e
  empreendedores – Nobreza e Burguesia
• Interessados numa política
  expansionista




               Prof.Sílvia de Mendonça
Políticas

• Alguns monarcas tinham desenvolvido
  muito a marinha

• Situação de paz e acalmia em Portugal

• Fronteiras definidas com Espanha



               Prof.Sílvia de Mendonça
Técnicas
• Os marinheiros portugueses dominavam
  as técnicas de navegação

• Avanços na técnica de construção naval
  – utilizavam a barca

• Avanços na ciência náutica

                Prof.Sílvia de Mendonça
Científicas
• Conjunto de conhecimentos desenvolvidos
  sobre a arte de navegar
• Conhecimentos matemáticos e astronómicos
• Conhecimentos para boa utilização de
  instrumentos náuticos – navegação
  astronómica
• Avanços na ciência náutica
• Conhecimentos sobre as cartas - Portulanos


                 Prof.Sílvia de Mendonça
arte de navegar
• Contributos de povos que se tinham
  fixado na Península Ibérica:

 Italianos
 Judeus
 Catalães
 Muçulmanos

               Prof.Sílvia de Mendonça
Cartas - Portulanos

• Cartas com o
  contorno das costas
  marítimas e a
  localização dos
  portos




                    Prof.Sílvia de Mendonça
As técnicas de navegação
             Utilização de:

Bússola

Astrolábio

Balestilha

Portulanos

Quadrante


             Prof.Sílvia de Mendonça
Bússola

• Caixa com uma agulha magnética que
  gira sobre um eixo que marca a direcção
  norte sul




               Prof.Sílvia de Mendonça
Astrolábio

• Astrolábio Antigo instrumento para
  medir a altura dos astros acima do
  horizonte, de que derivou o actual
  sextante.




               Prof.Sílvia de Mendonça
Balestilha

• Instrumento náutico utilizado para
  medir a altura dos astros
(estrela polar).




                Prof.Sílvia de Mendonça
Quadrante

• Instrumento náutico óptico que permite
  medir ângulos e a altura dos astros




               Prof.Sílvia de Mendonça
Portulanos




                                              Costa Ocidental de
                                              África com as Canárias
Portulano do Mar Mediterrâneo e
                                              Comerciais
do Atlântico de Jorge de Aguiar

                    Prof.Sílvia de Mendonça
Imagens retiradas destes sítios da
                  Web.
•   http://www.giffs.hpg.ig.com.br/

•   http://es.encarta.msn.com/media_201630548_761586312_-
    1_1/Mappa_Mundi.html

•   http://www.ancruzeiros.pt/ancv-bdescobertas.html

•   http://images.google.pt/imgres?imgurl=http://www.valenciadelastorres.com/i
    mages/cartas/7_small.jpg&imgrefurl=http://www.valenciadelastorres.com/ma
    pas.htm&h=111&w=144&sz=5&hl=pt-

•   http://images.google.pt/imgres?imgurl=http://www.grancanaria.com/memoria
    insular/2002/img/marzo/thumbs/mediterraneo_los_portulanos.jpg&imgrefurl=
    http://www.grancanaria.com/memoriainsular/2002/marzo_galeria.html&h=16
    0&w=100&sz=9&hl=pt-

•   http://images.google.pt/images?sourceid=navclient&ie=UTF-
    8&rls=SUNA,SUNA:2006-04,SUNA:en&q=portulanos&oe=UTF-
    8&sa=N&tab=wi
                               Prof.Sílvia de Mendonça

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaIsabel Aguiar
 
Rumos da expansao
Rumos da expansaoRumos da expansao
Rumos da expansaocattonia
 
Rumos da expansao da conquista de ceuta à serra leoa
Rumos da expansao da conquista de ceuta à serra leoaRumos da expansao da conquista de ceuta à serra leoa
Rumos da expansao da conquista de ceuta à serra leoaDavid_Costa_30
 
A rivalidade Luso castelhana
A rivalidade Luso castelhanaA rivalidade Luso castelhana
A rivalidade Luso castelhanaMaria Gomes
 
Expansão marítima.ativ.slide
Expansão marítima.ativ.slideExpansão marítima.ativ.slide
Expansão marítima.ativ.slideedna2
 
A Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºD
A Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºDA Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºD
A Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºDsandrabranco
 
Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima Europeiavictorjunio82
 
Expansão marítima
Expansão marítimaExpansão marítima
Expansão marítimaallexso
 
Grandes Navegações - Prof. Gilsander Lopes Breda
Grandes Navegações - Prof. Gilsander Lopes BredaGrandes Navegações - Prof. Gilsander Lopes Breda
Grandes Navegações - Prof. Gilsander Lopes BredaGil Breda
 
Descobrimentos motivos
Descobrimentos motivosDescobrimentos motivos
Descobrimentos motivosMaria Gomes
 
Expansao portuguesa
Expansao portuguesaExpansao portuguesa
Expansao portuguesaborgia
 
G R A N D E S N A V E G AÇÕ E S E N E R G
G R A N D E S  N A V E G AÇÕ E S  E N E R GG R A N D E S  N A V E G AÇÕ E S  E N E R G
G R A N D E S N A V E G AÇÕ E S E N E R Gguest991a823b
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítimacattonia
 
Ensino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANO
Ensino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANOEnsino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANO
Ensino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANOensinovirtual3ciclo
 

Mais procurados (20)

Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima Europeia
 
Rumos da expansao
Rumos da expansaoRumos da expansao
Rumos da expansao
 
Rumos da expansao da conquista de ceuta à serra leoa
Rumos da expansao da conquista de ceuta à serra leoaRumos da expansao da conquista de ceuta à serra leoa
Rumos da expansao da conquista de ceuta à serra leoa
 
A rivalidade Luso castelhana
A rivalidade Luso castelhanaA rivalidade Luso castelhana
A rivalidade Luso castelhana
 
Expansão marítima.ativ.slide
Expansão marítima.ativ.slideExpansão marítima.ativ.slide
Expansão marítima.ativ.slide
 
A Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºD
A Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºDA Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºD
A Expansao Portuguesa Diana Nº9 8ºD
 
Expansão Marítima Europeia
Expansão Marítima EuropeiaExpansão Marítima Europeia
Expansão Marítima Europeia
 
Expansão marítima
Expansão marítimaExpansão marítima
Expansão marítima
 
A india
A indiaA india
A india
 
Descobrimentos
DescobrimentosDescobrimentos
Descobrimentos
 
Grandes Navegações - Prof. Gilsander Lopes Breda
Grandes Navegações - Prof. Gilsander Lopes BredaGrandes Navegações - Prof. Gilsander Lopes Breda
Grandes Navegações - Prof. Gilsander Lopes Breda
 
Descobrimentos motivos
Descobrimentos motivosDescobrimentos motivos
Descobrimentos motivos
 
Expansao portuguesa
Expansao portuguesaExpansao portuguesa
Expansao portuguesa
 
G R A N D E S N A V E G AÇÕ E S E N E R G
G R A N D E S  N A V E G AÇÕ E S  E N E R GG R A N D E S  N A V E G AÇÕ E S  E N E R G
G R A N D E S N A V E G AÇÕ E S E N E R G
 
Expansão marítima
Expansão marítimaExpansão marítima
Expansão marítima
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
 
Expansão marítima européia
Expansão marítima européiaExpansão marítima européia
Expansão marítima européia
 
A Expansão marítima
A Expansão marítimaA Expansão marítima
A Expansão marítima
 
Ensino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANO
Ensino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANOEnsino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANO
Ensino virtual 3º ciclo - HISTÓRIA 8º ANO
 
As Grandes Navegações
As Grandes NavegaçõesAs Grandes Navegações
As Grandes Navegações
 

Semelhante a Condições da prioridade portuguesa na expansão

Expansao maritima-europeia-mdp-ii-cap8
Expansao maritima-europeia-mdp-ii-cap8Expansao maritima-europeia-mdp-ii-cap8
Expansao maritima-europeia-mdp-ii-cap8Professor de História
 
Trabalho metodos
Trabalho metodosTrabalho metodos
Trabalho metodosmanetxa
 
A expansao Portuguesa
A expansao PortuguesaA expansao Portuguesa
A expansao Portuguesasandrabranco
 
Expansaoportuguesaapaula 090609084639-phpapp02
Expansaoportuguesaapaula 090609084639-phpapp02Expansaoportuguesaapaula 090609084639-phpapp02
Expansaoportuguesaapaula 090609084639-phpapp02borgia
 
Expansao portuguesa
Expansao portuguesaExpansao portuguesa
Expansao portuguesatelmascapelo
 
1 o alargamento do conhecimento do mundo
1 o alargamento do conhecimento do mundo1 o alargamento do conhecimento do mundo
1 o alargamento do conhecimento do mundoCatarinaTavares28
 
Património Cultural Português - Património Português do Mar - os recursos mar...
Património Cultural Português - Património Português do Mar - os recursos mar...Património Cultural Português - Património Português do Mar - os recursos mar...
Património Cultural Português - Património Português do Mar - os recursos mar...Artur Filipe dos Santos
 
A expansão portuguesa
A expansão portuguesaA expansão portuguesa
A expansão portuguesadani12345_
 
5.1 - O expansionismo europeu A expansao portuguesa 1.ppt
5.1 - O expansionismo europeu A expansao portuguesa 1.ppt5.1 - O expansionismo europeu A expansao portuguesa 1.ppt
5.1 - O expansionismo europeu A expansao portuguesa 1.pptJoselitoPereira4
 
7 ANO - AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf
7 ANO - AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf7 ANO - AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf
7 ANO - AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdfmarciasilva376
 
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDFCristianeChagas10
 
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDFLucia Helena Lemos
 
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDFCristianeChagas10
 
Caderno do-futuro-hist.-e-geo-5-ano
Caderno do-futuro-hist.-e-geo-5-anoCaderno do-futuro-hist.-e-geo-5-ano
Caderno do-futuro-hist.-e-geo-5-anoRochele Borges
 
A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01borgia
 
A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01borgia
 
26 JOGOS SOBRE AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf
26 JOGOS SOBRE AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf26 JOGOS SOBRE AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf
26 JOGOS SOBRE AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdfAdrianaPires50
 

Semelhante a Condições da prioridade portuguesa na expansão (20)

Expansao maritima-europeia-mdp-ii-cap8
Expansao maritima-europeia-mdp-ii-cap8Expansao maritima-europeia-mdp-ii-cap8
Expansao maritima-europeia-mdp-ii-cap8
 
Trabalho metodos
Trabalho metodosTrabalho metodos
Trabalho metodos
 
A expansao Portuguesa
A expansao PortuguesaA expansao Portuguesa
A expansao Portuguesa
 
Expansaoportuguesaapaula 090609084639-phpapp02
Expansaoportuguesaapaula 090609084639-phpapp02Expansaoportuguesaapaula 090609084639-phpapp02
Expansaoportuguesaapaula 090609084639-phpapp02
 
Expansao portuguesa
Expansao portuguesaExpansao portuguesa
Expansao portuguesa
 
1 o alargamento do conhecimento do mundo
1 o alargamento do conhecimento do mundo1 o alargamento do conhecimento do mundo
1 o alargamento do conhecimento do mundo
 
His vsh 7
His vsh 7His vsh 7
His vsh 7
 
Património Cultural Português - Património Português do Mar - os recursos mar...
Património Cultural Português - Património Português do Mar - os recursos mar...Património Cultural Português - Património Português do Mar - os recursos mar...
Património Cultural Português - Património Português do Mar - os recursos mar...
 
A expansão portuguesa
A expansão portuguesaA expansão portuguesa
A expansão portuguesa
 
A corte de el rei d. manuel i
A corte de el rei d. manuel iA corte de el rei d. manuel i
A corte de el rei d. manuel i
 
5.1 - O expansionismo europeu A expansao portuguesa 1.ppt
5.1 - O expansionismo europeu A expansao portuguesa 1.ppt5.1 - O expansionismo europeu A expansao portuguesa 1.ppt
5.1 - O expansionismo europeu A expansao portuguesa 1.ppt
 
7 ANO - AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf
7 ANO - AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf7 ANO - AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf
7 ANO - AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf
 
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
 
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
 
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
5 Ano - Professor - Historia e Geografia.PDF
 
Caderno do-futuro-hist.-e-geo-5-ano
Caderno do-futuro-hist.-e-geo-5-anoCaderno do-futuro-hist.-e-geo-5-ano
Caderno do-futuro-hist.-e-geo-5-ano
 
Caderno do-futuro-hist.-e-geo-5-ano
Caderno do-futuro-hist.-e-geo-5-anoCaderno do-futuro-hist.-e-geo-5-ano
Caderno do-futuro-hist.-e-geo-5-ano
 
A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01
 
A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01A expansao portuguesa 01
A expansao portuguesa 01
 
26 JOGOS SOBRE AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf
26 JOGOS SOBRE AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf26 JOGOS SOBRE AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf
26 JOGOS SOBRE AS GRANDES NAVEGAÇÕES.pdf
 

Mais de Sílvia Mendonça

Mais de Sílvia Mendonça (20)

Pirâmide do sistema capitalista
Pirâmide do sistema capitalistaPirâmide do sistema capitalista
Pirâmide do sistema capitalista
 
Primeiros ministros da 1ª república
Primeiros ministros da 1ª repúblicaPrimeiros ministros da 1ª república
Primeiros ministros da 1ª república
 
O Culto Dos Mortos
O Culto Dos MortosO Culto Dos Mortos
O Culto Dos Mortos
 
Governo Do Farao
Governo Do FaraoGoverno Do Farao
Governo Do Farao
 
Estratificacao Egipto
Estratificacao EgiptoEstratificacao Egipto
Estratificacao Egipto
 
As Actividades Economicas No Egipto
As Actividades Economicas No EgiptoAs Actividades Economicas No Egipto
As Actividades Economicas No Egipto
 
A Vida Quotidiana No Egipto
A Vida Quotidiana No EgiptoA Vida Quotidiana No Egipto
A Vida Quotidiana No Egipto
 
A Civilizacao Egipcia Geografia
A Civilizacao Egipcia GeografiaA Civilizacao Egipcia Geografia
A Civilizacao Egipcia Geografia
 
Religiao Egipcia
Religiao EgipciaReligiao Egipcia
Religiao Egipcia
 
Barcos Dos Descobrimentos
Barcos Dos DescobrimentosBarcos Dos Descobrimentos
Barcos Dos Descobrimentos
 
Instrumentos NáUticos
Instrumentos NáUticosInstrumentos NáUticos
Instrumentos NáUticos
 
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
ComparaçãO Entre A Vida Medieval E A Renascentista 2
 
A RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTicaA RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTica
 
A RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTicaA RevoluçãO SoviéTica
A RevoluçãO SoviéTica
 
O Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêSO Antigo Regime PortuguêS
O Antigo Regime PortuguêS
 
Urbanismo Pombalino
Urbanismo PombalinoUrbanismo Pombalino
Urbanismo Pombalino
 
ReforçO Do Estado Absolutismo
ReforçO Do Estado   AbsolutismoReforçO Do Estado   Absolutismo
ReforçO Do Estado Absolutismo
 
O Mercantilismo
O MercantilismoO Mercantilismo
O Mercantilismo
 
O Ouro Brasileiro
O Ouro BrasileiroO Ouro Brasileiro
O Ouro Brasileiro
 
O Poder Absoluto Em Portugal
O Poder Absoluto Em PortugalO Poder Absoluto Em Portugal
O Poder Absoluto Em Portugal
 

Último

HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfSandra Pratas
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullyingMary Alvarenga
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxLuisCarlosAlves10
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoJayaneSales1
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMHenrique Pontes
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfQueleLiberato
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...azulassessoria9
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Paula Meyer Piagentini
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e Américawilson778875
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)Paula Meyer Piagentini
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTEJoaquim Colôa
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdfHORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
HORA DO CONTO_BECRE D. CARLOS I_2023_24RITA CALAIM_2023_24.pdf
 
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao  bullyingMini livro sanfona - Diga não ao  bullying
Mini livro sanfona - Diga não ao bullying
 
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
MANEJO INTEGRADO DE DOENÇAS (MID)
 
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptxRomero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
Romero Britto - biografia 6º ano (1).pptx
 
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitaçãoSer Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
Ser Mãe Atípica, uma jornada de amor e aceitação
 
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOMNOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
NOVA ORDEM MUNDIAL - Conceitos básicos na NOM
 
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdfO Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
O Espetaculo das Racas - Cienti - Lilia Moritz Schwarcz capítulo 2.pdf
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Segunda Série (Primeiro Trimestre)
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
Com base no excerto acima, escreva um texto explicando como a estrutura socia...
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
Estudo Dirigido de Literatura / Primeira Série do E.M.
 
Modernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e AméricaModernidade perspectiva sobre a África e América
Modernidade perspectiva sobre a África e América
 
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)Jogo de Revisão Primeira  Série (Primeiro Trimestre)
Jogo de Revisão Primeira Série (Primeiro Trimestre)
 
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTECAMINHOS PARA  A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
CAMINHOS PARA A PROMOÇÃO DA INLUSÃO E VIDA INDEPENDENTE
 
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptxSlides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
Slides Lição 3, CPAD, O Céu - o Destino do Cristão, 2Tr24,.pptx
 

Condições da prioridade portuguesa na expansão

  • 1. CONDIÇÕES DA EXPANSÃO PORTUGUESA 8ºANO • Tema: V Expansão e mudança nos séculos XV e XVI A expansão ultramarina ibérica Sílvia Mendonça Novembro 2006 Prof.Sílvia de Mendonça
  • 2. CHEGOU A HORA DE CONHECER UM POUCO DOS DESCOBRIMENTOS PORTUGUESES Prof.Sílvia de Mendonça
  • 3. CONDIÇÕES DA PRIORIDADE PORTUGUESA NA EXPANSÃO PORTUGUESA • Geográficas • Humanas • Sociais • Políticas • Técnicas • Científicas Prof.Sílvia de Mendonça
  • 4. Geográficas • Portugal fica situado a sudoeste da Europa • Junto ao Oceano Atlântico • Longa costa marítima recortada • Bons portos naturais Prof.Sílvia de Mendonça
  • 5. Humanas • Homens experientes na arte de navegar • Bons pescadores • Facilidade em navegar junto à costa • Os marinheiros tinham boa orientação Prof.Sílvia de Mendonça
  • 6. Sociais • Em 1383-1385 surgiram grupos distintos • Grupos dirigentes dinâmicos e empreendedores – Nobreza e Burguesia • Interessados numa política expansionista Prof.Sílvia de Mendonça
  • 7. Políticas • Alguns monarcas tinham desenvolvido muito a marinha • Situação de paz e acalmia em Portugal • Fronteiras definidas com Espanha Prof.Sílvia de Mendonça
  • 8. Técnicas • Os marinheiros portugueses dominavam as técnicas de navegação • Avanços na técnica de construção naval – utilizavam a barca • Avanços na ciência náutica Prof.Sílvia de Mendonça
  • 9. Científicas • Conjunto de conhecimentos desenvolvidos sobre a arte de navegar • Conhecimentos matemáticos e astronómicos • Conhecimentos para boa utilização de instrumentos náuticos – navegação astronómica • Avanços na ciência náutica • Conhecimentos sobre as cartas - Portulanos Prof.Sílvia de Mendonça
  • 10. arte de navegar • Contributos de povos que se tinham fixado na Península Ibérica: Italianos Judeus Catalães Muçulmanos Prof.Sílvia de Mendonça
  • 11. Cartas - Portulanos • Cartas com o contorno das costas marítimas e a localização dos portos Prof.Sílvia de Mendonça
  • 12. As técnicas de navegação Utilização de: Bússola Astrolábio Balestilha Portulanos Quadrante Prof.Sílvia de Mendonça
  • 13. Bússola • Caixa com uma agulha magnética que gira sobre um eixo que marca a direcção norte sul Prof.Sílvia de Mendonça
  • 14. Astrolábio • Astrolábio Antigo instrumento para medir a altura dos astros acima do horizonte, de que derivou o actual sextante. Prof.Sílvia de Mendonça
  • 15. Balestilha • Instrumento náutico utilizado para medir a altura dos astros (estrela polar). Prof.Sílvia de Mendonça
  • 16. Quadrante • Instrumento náutico óptico que permite medir ângulos e a altura dos astros Prof.Sílvia de Mendonça
  • 17. Portulanos Costa Ocidental de África com as Canárias Portulano do Mar Mediterrâneo e Comerciais do Atlântico de Jorge de Aguiar Prof.Sílvia de Mendonça
  • 18. Imagens retiradas destes sítios da Web. • http://www.giffs.hpg.ig.com.br/ • http://es.encarta.msn.com/media_201630548_761586312_- 1_1/Mappa_Mundi.html • http://www.ancruzeiros.pt/ancv-bdescobertas.html • http://images.google.pt/imgres?imgurl=http://www.valenciadelastorres.com/i mages/cartas/7_small.jpg&imgrefurl=http://www.valenciadelastorres.com/ma pas.htm&h=111&w=144&sz=5&hl=pt- • http://images.google.pt/imgres?imgurl=http://www.grancanaria.com/memoria insular/2002/img/marzo/thumbs/mediterraneo_los_portulanos.jpg&imgrefurl= http://www.grancanaria.com/memoriainsular/2002/marzo_galeria.html&h=16 0&w=100&sz=9&hl=pt- • http://images.google.pt/images?sourceid=navclient&ie=UTF- 8&rls=SUNA,SUNA:2006-04,SUNA:en&q=portulanos&oe=UTF- 8&sa=N&tab=wi Prof.Sílvia de Mendonça