SlideShare uma empresa Scribd logo
Professor Luciano Morato
Capítulo 02 - O CARÁTER
ESTRATÉGICO DAS INFORMAÇÕES
Objetivos do Capítulo
• Após o estudo desta unidade você será capaz de:
• Diferenciar dados, informações e conhecimentos;
• Identificar os diferentes tipos de informações e a
necessidade que as organizações têm das
mesmas;
• Descrever o papel do profissional que lida com as
informações e com as tecnologias.
Seção 1 - Conceituando dado, informação
e conhecimento
• A origem das informações está nos dados, que
podem ser entendidos como o registro
sistemático das ocorrências, objetos e
pessoas, tais como o nome completo,
endereço, cidade e estado natal, estado civil,
grau de instrução, data do nascimento, data
de admissão, número de filhos, salário,
número de registro e muito mais.
Seção 1 - Conceituando dado, informação
e conhecimento
• Quando esses dados são processados, seja no
sentido cumulativo, comparativo ou qualquer outro,
torna-se mais relevante para a tomada de decisão,
passando a constituir uma informação.
• Por exemplo, pouco vale dispor dos dados de que às
17h32 do dia 10/05 foi vendido um pacote de fraldas
descartáveis em um determinado estabelecimento
comercial. O acompanhamento das vendas,
entretanto, aliado à informação sobre o nível em que
encontram-se os estoques, torna-se essencial para a
tomada de decisão no departamento de compras.
Seção 1 - Conceituando dado, informação
e conhecimento
• A partir do momento em que as informações são
lidas e assimiladas por uma pessoa,
possibilitando que ela atue sobre uma realidade,
passa então a se chamar conhecimento.
• Para efeito deste estudo, entretanto, basta que se
tenha a compreensão de que os dados
processados geram as informações, que são
necessárias à tomada de decisões e, conforme
veremos adiante, pode ter outras usos muito
relevantes para as organizações.
Seção 2 - Organizações e o uso das
informações
• As organizações precisam de informações que
possam ajudar a estabelecer as diretrizes para
o seu funcionamento, e que sirvam de
subsídio para cada decisão.
• “POC3” - Planejamento, Organização,
Coordenação, Comando e Controle
Seção 2 - Organizações e o uso das
informações
• “Orientação Estratégica” pode ser melhor compreendida
quando contraposta às palavras “tática” e “operacional”.
• Estratégico é tudo o que diz respeito ao longo prazo,
envolvendo o planejamento para atingir os grandes objetivos
organizacionais.
• Tática é a orientação voltada para o médio prazo, levando
sempre em conta as metas que se deve alcançar para que no
longo prazo seja atingido o objetivo maior.
• Operacional é tudo o que diz respeito ao dia-a-dia da
organização, correspondendo à execução daquilo que foi
planejado.
Seção 2 - Organizações e o uso das
informações
• “Orientação Estratégica” pode ser melhor compreendida
quando contraposta às palavras “tática” e “operacional”.
• Estratégico é tudo o que diz respeito ao longo prazo,
envolvendo o planejamento para atingir os grandes objetivos
organizacionais.
• Tática é a orientação voltada para o médio prazo, levando
sempre em conta as metas que se deve alcançar para que no
longo prazo seja atingido o objetivo maior.
• Operacional é tudo o que diz respeito ao dia-a-dia da
organização, correspondendo à execução daquilo que foi
planejado.
Nível estratégico
Nível tático
Nível operacional
Seção 2 - Organizações e o uso das
informações
• A expressão “Vantagem Competitiva” remete
diretamente a um contexto em que haja
competição, o que ocorre sempre no mercado
de trabalho, ou entre organizações que
tentam conquistar maiores percentuais de
participação nas vendas ao mercado
consumidor.
• A competição torna-se desigual na medida em
que um dos competidores passa a ter algum
diferencial que lhe proporcione vantagem.
Seção 2 - Organizações e o uso das
informações
• A expressão “Vantagem Competitiva” remete
diretamente a um contexto em que haja
competição, o que ocorre sempre no mercado
de trabalho, ou entre organizações que
tentam conquistar maiores percentuais de
participação nas vendas ao mercado
consumidor.
• A competição torna-se desigual na medida em
que um dos competidores passa a ter algum
diferencial que lhe proporcione vantagem.
Seção 2 - Organizações e o uso das
informações
• A expressão “Vantagem Competitiva” remete
diretamente a um contexto em que haja
competição, o que ocorre sempre no mercado
de trabalho, ou entre organizações que
tentam conquistar maiores percentuais de
participação nas vendas ao mercado
consumidor.
• A competição torna-se desigual na medida em
que um dos competidores passa a ter algum
diferencial que lhe proporcione vantagem.
Vantagem Competitiva
Seção 2 - Organizações e o uso das
informações
• A informação ganha maior importância, podendo
chegar a assumir um caráter estratégico, quando
apoia as decisões, reduzindo incertezas.
• Entretanto, a informação vai muito além dessa
função, uma vez que agrega valor aos produtos e
serviços, constituindo um importante fator de
produção.
• A informação também aumenta a sinergia nos
esforços organizacionais, facilitando a compreensão
das funções e dos objetivos organizacionais por parte
de todos os colaboradores.
Seção 2 - Organizações e o uso das
informações
• Por fim, a informação pode assumir um
caráter estratégico por constituir um
fator determinante de comportamento, o
que se observa com facilidade nas
campanhas publicitárias, em que um ator
apresenta um produto ou serviço como
sendo o mais aconselhável, e grande
parte dos consumidores segue tais
recomendações.
Seção 3 - Os tipos de informações
1 -Informação de convívio produzida pela empresa para
uso interno:
• tem a função de dar sentido à existência do trabalho,
fazendo com que se saiba para que serve o que está
sendo feito, e como cada indivíduo está situado em
relação aos demais membros da organização
2 -Informação de atividade produzida pela empresa
para uso interno:
• tem a função de possibilitar o início, a realização e o
controle das operações relacionadas ao funcionamento
da empresa
Seção 3 - Os tipos de informações
3- Informação de convívio orientada para fora da
empresa:
• tem a finalidade de melhorar os relacionamentos da
empresa com os atores externos (tais como clientes,
fornecedores, bancos e acionistas), tentando
influenciar seus comportamentos em conformidade
com os interesses organizacionais.
4-Informação de atividade orientada para fora da
empresa:
• corresponde àquela essencial a todas as transações
realizadas em conjunto com os atores externos.
Seção 3 - Os tipos de informações
5-Informação de convívio coletada externamente à
empresa:
• tem a função de manter a organização informada a
respeito dos atores externos, no que diz respeito às
ações empreendidas e mesmo às possibilidades
futuras, a fim de não ser surpreendida pelos
concorrentes, e para aproveitar todas as oportunidades
que surjam.
6-Informação de atividade originada externamente à
empresa:
• é semelhante à que foi apresentada no item 4,
diferindo apenas na origem e destino.
Seção 4 - Obtenção de vantagem
competitiva
A partir do momento em que se reconhece
que as informações podem ter importância
estratégica para as organizações, em função
da sua utilização, e que devem ser
administradas criteriosamente e em
conformidade com a sua caracterização
(origem, destino e utilização), cabe aos
gestores avaliar as ações empreendidas por
eles e por seus colaboradores no manuseio
das mesmas.
Seção 4 - Obtenção de vantagem
competitiva
1) Vantagem estratégica global em empresas
de dominação em custos ou em qualidade -
conseguirão melhorar o desempenho ao
eliminar etapas desnecessárias de produção.
2) Vantagens estratégica em empresas de
reação - serão beneficiadas com a maior
agilidade na tomada de decisões, frente às
novas necessidades de mercado e produtos
lançados pelos concorrentes
Seção 4 - Obtenção de vantagem
competitiva
3) Vantagem estratégica e empresas que usam
estratégia de dominação através da inovação - poderão
ser beneficiadas pela mais fácil percepção de
oportunidades emergentes no mercado
IMPORTANTE - não se estabeleça relação direta
obrigatória entre o custo da informação e o valor da
mesma. Muitas informações que na internet são
gratuitas, podem ter grande importância para uma
organização. Por outro lado, pode haver informações
pelas quais se pague um alto preço, e que não sejam
efetivamente importantes para a organização.
• O novo diretor de informática tem sido
chamado de CIO (Chief Information Officer), e
responsabiliza-se pela solução de problemas
estruturais e operacionais.
Seção 5 – O profissional da
Informação
• a clareza na apresentação dos fatos,
• a precisão (evitando expressões como ‘por
volta de’, ‘cerca de’, ou ‘mais ou menos’),
• a rapidez, chegando ao tomador de decisão
em tempo para que surta efeito (se chegar
atrasada em relação ao momento da decisão,
já perdeu sua razão de ser)
• dirigida a quem tenha real necessidade dela.
Características da informação, para
que possa ser efetivamente útil

Mais conteúdo relacionado

Semelhante a Capitulo 02 o caráter estratégico das informações

Aula 1 - Sistema de Informação
Aula 1 - Sistema de InformaçãoAula 1 - Sistema de Informação
Aula 1 - Sistema de Informação
Claudio Henrique Brito
 
Artigo alline pdf
Artigo alline pdfArtigo alline pdf
Aula 06.1 FSI - Papel da Informação nas Organizações
Aula 06.1 FSI - Papel da Informação nas OrganizaçõesAula 06.1 FSI - Papel da Informação nas Organizações
Aula 06.1 FSI - Papel da Informação nas Organizações
Messias Batista
 
Valorizando seu negócio com Big Data e Business Analytics
Valorizando seu negócio com Big Data e Business AnalyticsValorizando seu negócio com Big Data e Business Analytics
Valorizando seu negócio com Big Data e Business Analytics
Valêncio Garcia
 
43_mest_proposta_gensas.ppt
43_mest_proposta_gensas.ppt43_mest_proposta_gensas.ppt
43_mest_proposta_gensas.ppt
AndreOliveira275661
 
Sig
SigSig
2012 08-16-23 - aula 06 - sistemas de informações mercadológicas
2012 08-16-23 - aula 06 - sistemas de informações mercadológicas2012 08-16-23 - aula 06 - sistemas de informações mercadológicas
2012 08-16-23 - aula 06 - sistemas de informações mercadológicas
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Aula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de Sistemas
Aula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de SistemasAula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de Sistemas
Aula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de Sistemas
Daniel Brandão
 
Introdução aos Sistemas de Informações
Introdução aos Sistemas de InformaçõesIntrodução aos Sistemas de Informações
Introdução aos Sistemas de Informações
Matheus Beleboni
 
Transparências Sistemas de Informação
Transparências Sistemas de InformaçãoTransparências Sistemas de Informação
Transparências Sistemas de Informação
Luis Borges Gouveia
 
Slide pesquisa de mercado
Slide pesquisa de mercadoSlide pesquisa de mercado
Slide pesquisa de mercado
Liliane Ennes
 
Aula 1 -_sig_evolução_históric
Aula 1 -_sig_evolução_históricAula 1 -_sig_evolução_históric
Aula 1 -_sig_evolução_históric
Alexandre Dos Santos
 
IMPORTÂNCIA DO SIM PARA ÀS ORGANIZAÇÕES DA ATUALIDADE
IMPORTÂNCIA DO SIM PARA ÀS ORGANIZAÇÕES DA ATUALIDADEIMPORTÂNCIA DO SIM PARA ÀS ORGANIZAÇÕES DA ATUALIDADE
IMPORTÂNCIA DO SIM PARA ÀS ORGANIZAÇÕES DA ATUALIDADE
Mayara Atherino Macedo
 
2012 09-27-29 - aulas 13-14 -pesquisa mercadológica natureza, objetivo, métod...
2012 09-27-29 - aulas 13-14 -pesquisa mercadológica natureza, objetivo, métod...2012 09-27-29 - aulas 13-14 -pesquisa mercadológica natureza, objetivo, métod...
2012 09-27-29 - aulas 13-14 -pesquisa mercadológica natureza, objetivo, métod...
Fernando Monteiro D'Andrea
 
Tecnicas de Pesquisa de Mercado - Aula 1 - Conceitos de Pesquisa de Mercado e...
Tecnicas de Pesquisa de Mercado - Aula 1 - Conceitos de Pesquisa de Mercado e...Tecnicas de Pesquisa de Mercado - Aula 1 - Conceitos de Pesquisa de Mercado e...
Tecnicas de Pesquisa de Mercado - Aula 1 - Conceitos de Pesquisa de Mercado e...
Ueliton da Costa Leonidio
 
Sim ic 2 inteligência competitiva - introdução
Sim ic 2 inteligência competitiva - introduçãoSim ic 2 inteligência competitiva - introdução
Sim ic 2 inteligência competitiva - introdução
Pedro Camara da Silva
 
AulaMapasMentais_Gap052022.pdf
AulaMapasMentais_Gap052022.pdfAulaMapasMentais_Gap052022.pdf
AulaMapasMentais_Gap052022.pdf
Jose Henrique Lopes da Silva
 
Sistemas de Informação (1).ppt
Sistemas de Informação (1).pptSistemas de Informação (1).ppt
Sistemas de Informação (1).ppt
Agrupamento de escolas de Pombal
 
business intelligence and knowledge management
business intelligence and knowledge managementbusiness intelligence and knowledge management
business intelligence and knowledge management
João Nuno Calado
 
Sim
SimSim

Semelhante a Capitulo 02 o caráter estratégico das informações (20)

Aula 1 - Sistema de Informação
Aula 1 - Sistema de InformaçãoAula 1 - Sistema de Informação
Aula 1 - Sistema de Informação
 
Artigo alline pdf
Artigo alline pdfArtigo alline pdf
Artigo alline pdf
 
Aula 06.1 FSI - Papel da Informação nas Organizações
Aula 06.1 FSI - Papel da Informação nas OrganizaçõesAula 06.1 FSI - Papel da Informação nas Organizações
Aula 06.1 FSI - Papel da Informação nas Organizações
 
Valorizando seu negócio com Big Data e Business Analytics
Valorizando seu negócio com Big Data e Business AnalyticsValorizando seu negócio com Big Data e Business Analytics
Valorizando seu negócio com Big Data e Business Analytics
 
43_mest_proposta_gensas.ppt
43_mest_proposta_gensas.ppt43_mest_proposta_gensas.ppt
43_mest_proposta_gensas.ppt
 
Sig
SigSig
Sig
 
2012 08-16-23 - aula 06 - sistemas de informações mercadológicas
2012 08-16-23 - aula 06 - sistemas de informações mercadológicas2012 08-16-23 - aula 06 - sistemas de informações mercadológicas
2012 08-16-23 - aula 06 - sistemas de informações mercadológicas
 
Aula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de Sistemas
Aula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de SistemasAula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de Sistemas
Aula 04 Sistema de Informação - Processo e Requisitos de Sistemas
 
Introdução aos Sistemas de Informações
Introdução aos Sistemas de InformaçõesIntrodução aos Sistemas de Informações
Introdução aos Sistemas de Informações
 
Transparências Sistemas de Informação
Transparências Sistemas de InformaçãoTransparências Sistemas de Informação
Transparências Sistemas de Informação
 
Slide pesquisa de mercado
Slide pesquisa de mercadoSlide pesquisa de mercado
Slide pesquisa de mercado
 
Aula 1 -_sig_evolução_históric
Aula 1 -_sig_evolução_históricAula 1 -_sig_evolução_históric
Aula 1 -_sig_evolução_históric
 
IMPORTÂNCIA DO SIM PARA ÀS ORGANIZAÇÕES DA ATUALIDADE
IMPORTÂNCIA DO SIM PARA ÀS ORGANIZAÇÕES DA ATUALIDADEIMPORTÂNCIA DO SIM PARA ÀS ORGANIZAÇÕES DA ATUALIDADE
IMPORTÂNCIA DO SIM PARA ÀS ORGANIZAÇÕES DA ATUALIDADE
 
2012 09-27-29 - aulas 13-14 -pesquisa mercadológica natureza, objetivo, métod...
2012 09-27-29 - aulas 13-14 -pesquisa mercadológica natureza, objetivo, métod...2012 09-27-29 - aulas 13-14 -pesquisa mercadológica natureza, objetivo, métod...
2012 09-27-29 - aulas 13-14 -pesquisa mercadológica natureza, objetivo, métod...
 
Tecnicas de Pesquisa de Mercado - Aula 1 - Conceitos de Pesquisa de Mercado e...
Tecnicas de Pesquisa de Mercado - Aula 1 - Conceitos de Pesquisa de Mercado e...Tecnicas de Pesquisa de Mercado - Aula 1 - Conceitos de Pesquisa de Mercado e...
Tecnicas de Pesquisa de Mercado - Aula 1 - Conceitos de Pesquisa de Mercado e...
 
Sim ic 2 inteligência competitiva - introdução
Sim ic 2 inteligência competitiva - introduçãoSim ic 2 inteligência competitiva - introdução
Sim ic 2 inteligência competitiva - introdução
 
AulaMapasMentais_Gap052022.pdf
AulaMapasMentais_Gap052022.pdfAulaMapasMentais_Gap052022.pdf
AulaMapasMentais_Gap052022.pdf
 
Sistemas de Informação (1).ppt
Sistemas de Informação (1).pptSistemas de Informação (1).ppt
Sistemas de Informação (1).ppt
 
business intelligence and knowledge management
business intelligence and knowledge managementbusiness intelligence and knowledge management
business intelligence and knowledge management
 
Sim
SimSim
Sim
 

Mais de Luciano Morato

Consultoria empresarial
Consultoria empresarialConsultoria empresarial
Consultoria empresarial
Luciano Morato
 
Capitulo 04 sofisticados sistemas para buscar informações
Capitulo 04  sofisticados sistemas para buscar informaçõesCapitulo 04  sofisticados sistemas para buscar informações
Capitulo 04 sofisticados sistemas para buscar informações
Luciano Morato
 
Capitulo 03 tipos de sistemas de informações
Capitulo 03   tipos de sistemas de informaçõesCapitulo 03   tipos de sistemas de informações
Capitulo 03 tipos de sistemas de informações
Luciano Morato
 
Capitulo 01 sistemas
Capitulo 01   sistemasCapitulo 01   sistemas
Capitulo 01 sistemas
Luciano Morato
 
Capitulo 05 impactos organizacionais
Capitulo 05  impactos organizacionaisCapitulo 05  impactos organizacionais
Capitulo 05 impactos organizacionais
Luciano Morato
 
KPI Indicadores de Desempenho Financeiro
KPI Indicadores de Desempenho FinanceiroKPI Indicadores de Desempenho Financeiro
KPI Indicadores de Desempenho Financeiro
Luciano Morato
 

Mais de Luciano Morato (6)

Consultoria empresarial
Consultoria empresarialConsultoria empresarial
Consultoria empresarial
 
Capitulo 04 sofisticados sistemas para buscar informações
Capitulo 04  sofisticados sistemas para buscar informaçõesCapitulo 04  sofisticados sistemas para buscar informações
Capitulo 04 sofisticados sistemas para buscar informações
 
Capitulo 03 tipos de sistemas de informações
Capitulo 03   tipos de sistemas de informaçõesCapitulo 03   tipos de sistemas de informações
Capitulo 03 tipos de sistemas de informações
 
Capitulo 01 sistemas
Capitulo 01   sistemasCapitulo 01   sistemas
Capitulo 01 sistemas
 
Capitulo 05 impactos organizacionais
Capitulo 05  impactos organizacionaisCapitulo 05  impactos organizacionais
Capitulo 05 impactos organizacionais
 
KPI Indicadores de Desempenho Financeiro
KPI Indicadores de Desempenho FinanceiroKPI Indicadores de Desempenho Financeiro
KPI Indicadores de Desempenho Financeiro
 

Capitulo 02 o caráter estratégico das informações

  • 1. Professor Luciano Morato Capítulo 02 - O CARÁTER ESTRATÉGICO DAS INFORMAÇÕES
  • 2. Objetivos do Capítulo • Após o estudo desta unidade você será capaz de: • Diferenciar dados, informações e conhecimentos; • Identificar os diferentes tipos de informações e a necessidade que as organizações têm das mesmas; • Descrever o papel do profissional que lida com as informações e com as tecnologias.
  • 3. Seção 1 - Conceituando dado, informação e conhecimento • A origem das informações está nos dados, que podem ser entendidos como o registro sistemático das ocorrências, objetos e pessoas, tais como o nome completo, endereço, cidade e estado natal, estado civil, grau de instrução, data do nascimento, data de admissão, número de filhos, salário, número de registro e muito mais.
  • 4.
  • 5. Seção 1 - Conceituando dado, informação e conhecimento • Quando esses dados são processados, seja no sentido cumulativo, comparativo ou qualquer outro, torna-se mais relevante para a tomada de decisão, passando a constituir uma informação. • Por exemplo, pouco vale dispor dos dados de que às 17h32 do dia 10/05 foi vendido um pacote de fraldas descartáveis em um determinado estabelecimento comercial. O acompanhamento das vendas, entretanto, aliado à informação sobre o nível em que encontram-se os estoques, torna-se essencial para a tomada de decisão no departamento de compras.
  • 6. Seção 1 - Conceituando dado, informação e conhecimento • A partir do momento em que as informações são lidas e assimiladas por uma pessoa, possibilitando que ela atue sobre uma realidade, passa então a se chamar conhecimento. • Para efeito deste estudo, entretanto, basta que se tenha a compreensão de que os dados processados geram as informações, que são necessárias à tomada de decisões e, conforme veremos adiante, pode ter outras usos muito relevantes para as organizações.
  • 7.
  • 8. Seção 2 - Organizações e o uso das informações • As organizações precisam de informações que possam ajudar a estabelecer as diretrizes para o seu funcionamento, e que sirvam de subsídio para cada decisão. • “POC3” - Planejamento, Organização, Coordenação, Comando e Controle
  • 9. Seção 2 - Organizações e o uso das informações • “Orientação Estratégica” pode ser melhor compreendida quando contraposta às palavras “tática” e “operacional”. • Estratégico é tudo o que diz respeito ao longo prazo, envolvendo o planejamento para atingir os grandes objetivos organizacionais. • Tática é a orientação voltada para o médio prazo, levando sempre em conta as metas que se deve alcançar para que no longo prazo seja atingido o objetivo maior. • Operacional é tudo o que diz respeito ao dia-a-dia da organização, correspondendo à execução daquilo que foi planejado.
  • 10. Seção 2 - Organizações e o uso das informações • “Orientação Estratégica” pode ser melhor compreendida quando contraposta às palavras “tática” e “operacional”. • Estratégico é tudo o que diz respeito ao longo prazo, envolvendo o planejamento para atingir os grandes objetivos organizacionais. • Tática é a orientação voltada para o médio prazo, levando sempre em conta as metas que se deve alcançar para que no longo prazo seja atingido o objetivo maior. • Operacional é tudo o que diz respeito ao dia-a-dia da organização, correspondendo à execução daquilo que foi planejado.
  • 12. Seção 2 - Organizações e o uso das informações • A expressão “Vantagem Competitiva” remete diretamente a um contexto em que haja competição, o que ocorre sempre no mercado de trabalho, ou entre organizações que tentam conquistar maiores percentuais de participação nas vendas ao mercado consumidor. • A competição torna-se desigual na medida em que um dos competidores passa a ter algum diferencial que lhe proporcione vantagem.
  • 13. Seção 2 - Organizações e o uso das informações • A expressão “Vantagem Competitiva” remete diretamente a um contexto em que haja competição, o que ocorre sempre no mercado de trabalho, ou entre organizações que tentam conquistar maiores percentuais de participação nas vendas ao mercado consumidor. • A competição torna-se desigual na medida em que um dos competidores passa a ter algum diferencial que lhe proporcione vantagem.
  • 14. Seção 2 - Organizações e o uso das informações • A expressão “Vantagem Competitiva” remete diretamente a um contexto em que haja competição, o que ocorre sempre no mercado de trabalho, ou entre organizações que tentam conquistar maiores percentuais de participação nas vendas ao mercado consumidor. • A competição torna-se desigual na medida em que um dos competidores passa a ter algum diferencial que lhe proporcione vantagem.
  • 16. Seção 2 - Organizações e o uso das informações • A informação ganha maior importância, podendo chegar a assumir um caráter estratégico, quando apoia as decisões, reduzindo incertezas. • Entretanto, a informação vai muito além dessa função, uma vez que agrega valor aos produtos e serviços, constituindo um importante fator de produção. • A informação também aumenta a sinergia nos esforços organizacionais, facilitando a compreensão das funções e dos objetivos organizacionais por parte de todos os colaboradores.
  • 17. Seção 2 - Organizações e o uso das informações • Por fim, a informação pode assumir um caráter estratégico por constituir um fator determinante de comportamento, o que se observa com facilidade nas campanhas publicitárias, em que um ator apresenta um produto ou serviço como sendo o mais aconselhável, e grande parte dos consumidores segue tais recomendações.
  • 18. Seção 3 - Os tipos de informações 1 -Informação de convívio produzida pela empresa para uso interno: • tem a função de dar sentido à existência do trabalho, fazendo com que se saiba para que serve o que está sendo feito, e como cada indivíduo está situado em relação aos demais membros da organização 2 -Informação de atividade produzida pela empresa para uso interno: • tem a função de possibilitar o início, a realização e o controle das operações relacionadas ao funcionamento da empresa
  • 19. Seção 3 - Os tipos de informações 3- Informação de convívio orientada para fora da empresa: • tem a finalidade de melhorar os relacionamentos da empresa com os atores externos (tais como clientes, fornecedores, bancos e acionistas), tentando influenciar seus comportamentos em conformidade com os interesses organizacionais. 4-Informação de atividade orientada para fora da empresa: • corresponde àquela essencial a todas as transações realizadas em conjunto com os atores externos.
  • 20. Seção 3 - Os tipos de informações 5-Informação de convívio coletada externamente à empresa: • tem a função de manter a organização informada a respeito dos atores externos, no que diz respeito às ações empreendidas e mesmo às possibilidades futuras, a fim de não ser surpreendida pelos concorrentes, e para aproveitar todas as oportunidades que surjam. 6-Informação de atividade originada externamente à empresa: • é semelhante à que foi apresentada no item 4, diferindo apenas na origem e destino.
  • 21. Seção 4 - Obtenção de vantagem competitiva A partir do momento em que se reconhece que as informações podem ter importância estratégica para as organizações, em função da sua utilização, e que devem ser administradas criteriosamente e em conformidade com a sua caracterização (origem, destino e utilização), cabe aos gestores avaliar as ações empreendidas por eles e por seus colaboradores no manuseio das mesmas.
  • 22.
  • 23. Seção 4 - Obtenção de vantagem competitiva 1) Vantagem estratégica global em empresas de dominação em custos ou em qualidade - conseguirão melhorar o desempenho ao eliminar etapas desnecessárias de produção. 2) Vantagens estratégica em empresas de reação - serão beneficiadas com a maior agilidade na tomada de decisões, frente às novas necessidades de mercado e produtos lançados pelos concorrentes
  • 24. Seção 4 - Obtenção de vantagem competitiva 3) Vantagem estratégica e empresas que usam estratégia de dominação através da inovação - poderão ser beneficiadas pela mais fácil percepção de oportunidades emergentes no mercado IMPORTANTE - não se estabeleça relação direta obrigatória entre o custo da informação e o valor da mesma. Muitas informações que na internet são gratuitas, podem ter grande importância para uma organização. Por outro lado, pode haver informações pelas quais se pague um alto preço, e que não sejam efetivamente importantes para a organização.
  • 25. • O novo diretor de informática tem sido chamado de CIO (Chief Information Officer), e responsabiliza-se pela solução de problemas estruturais e operacionais. Seção 5 – O profissional da Informação
  • 26. • a clareza na apresentação dos fatos, • a precisão (evitando expressões como ‘por volta de’, ‘cerca de’, ou ‘mais ou menos’), • a rapidez, chegando ao tomador de decisão em tempo para que surta efeito (se chegar atrasada em relação ao momento da decisão, já perdeu sua razão de ser) • dirigida a quem tenha real necessidade dela. Características da informação, para que possa ser efetivamente útil