Moodle Saúde 2013
A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial
da Pós-Graduação Stricto Sensu da Esc...
Introdução
Metodologia
Resultados
Discussão e Conclusão
Referências
ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA
FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ
Introdução

A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP

“Para ser compete...
Introdução

A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP

No Brasil, destac...
Introdução

A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP

Motivados pela po...
Introdução
Metodologia
Resultados
Discussão e Conclusão
Referências
Metodologia

Information Literacy of Public Health Students in Bordeaux, France: a Cross-sectional Study

Desenvolvemos mó...
Introdução
Metodologia
Resultados
Discussão e Conclusão
Referências
Resultados

A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP

Quatro alunos est...
Resultados

A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP
Resultados

A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP
Resultados

A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP
Resultados

A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP
Introdução
Metodologia
Resultados
Discussão e Conclusão
Referências
Discussão e Conclusão

A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP

Embora...
Discussão e Conclusão

A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP

Uma at...
Introdução
Metodologia
Resultados
Discussão e Conclusão
Referências
Referências
Cuenca, A. M. B. et al.: Capacitação no uso das bases MEDLINE e LILACS: avaliação de conteúdo, estrutura e
met...
Obrigada!
Agradeço ao programa de
Epidemiologia da ENSP-FIOCRUZ
que financiou minha participação
neste evento 
bvincent@f...
A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial  da Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola Nacional de S...
A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial  da Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola Nacional de S...
A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial  da Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola Nacional de S...
A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial  da Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola Nacional de S...
A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial  da Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola Nacional de S...
A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial  da Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola Nacional de S...
A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial  da Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola Nacional de S...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola Nacional de Saúde Pública

249 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola Nacional de Saúde Pública

  1. 1. Moodle Saúde 2013 A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação Stricto Sensu da Escola Nacional de Saúde Pública Beatriz Vincent Martha Martínez-Silveira Luiz Antônio Camacho ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ
  2. 2. Introdução Metodologia Resultados Discussão e Conclusão Referências ESCOLA NACIONAL DE SAÚDE PÚBLICA FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ
  3. 3. Introdução A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP “Para ser competente em informação, uma pessoa deve ser capaz de reconhecer quando uma informação é necessária e ter a habilidade de localizar, avaliar e usar efetivamente a informação [...]. Resumindo, as pessoas competentes em informação são aquelas que aprenderam a aprender. Elas sabem como aprender, pois sabem como o conhecimento é organizado, como encontrar a informação e como usá-la de modo que outras pessoas aprendam a partir dela” (AMERICAN LIBRARY ASSOCIATION, 1989, apud DUDZIAK, 2003, p. 26). “CI compreende entender da arquitetura da informação e dos processos acadêmicos; possuir habilidade de explorar uma variedade de ferramentas impressas e eletrônicas para, efetivamente, acessar, buscar e criticamente avaliar recursos, sintetizar a informação acumulada em um corpo de conhecimento; saber comunicar resultados de pesquisa com clareza e eficiência; além de respeitar aspectos sociais e éticos relativos ao fornecimento, disseminação e compartilhamento da informação” (JACOBS; ROSENFELD; HABER, 2003). Central no campo da Ciência da Informação, no campo da Saúde a CI parece significar um conhecimento instrumental. Isto é, um conjunto de saberes e habilidades que permeiam a aprendizagem contínua e a partir do qual discentes e docentes dos programas das instituições de ensino em saúde vão produzir materiais de qualidade: monografias, dissertações, teses, artigos, livros, relatórios técnicos, entre outros.
  4. 4. Introdução A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP No Brasil, destacamos três pesquisas em CI em Saúde: • Cuenca et al. (1999) trazem os resultados de um inquérito entre pesquisadores usuários da biblioteca de Saúde Pública da Universidade de São Paulo sobre o impacto de um treinamento nas bases LILACS e MEDLINE. • Martínez-Silveira estudou o comportamento informacional de 73 médicos residentes (MARTINEZ-SILVEIRA; ODDONE, 2008). • Em 2009-2010, realizamos estudo seccional com pós-graduandos ingressantes na Escola Nacional de Saúde Pública (VINCENT et al., 2012). Em comum, os estudos apontam a pouca familiaridade com as bases bibliográficas, dificuldades em lidar com tecnologia, falta de tempo para as buscas bibliográficas e preferência por delegá-las ao bibliotecário. Identificou-se que dentre os alunos da ENSP (VINCENT et al., 2012), a área de graduação de origem, idade, treinamentos em CI e domínio de inglês são variáveis que podem estar associadas a CI.
  5. 5. Introdução A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP Motivados pela popularização dos serviços de acesso a informação científica na WWW e pela crescente autonomia dos seus usuários, suspeitamos que programas de SP brasileiros desenvolvam CI de forma espontânea, não sistemática. Com carga horária variável, o tema vem sendo incorporado no âmbito de disciplinas curriculares dos Programas de Saúde Pública e Epidemiologia da ENSP-FIOCRUZ. Mais recentemente, foi tema do Curso de Inverno “Competência em Informação: explorando bases de dados de informação em Saúde Pública“. Sua primeira versão contou com uma professora francesa, além de duas outras do Rio de Janeiro e Salvador. Tal caráter de dispersão geográfica das docentes, vivência prévia como alunas de cursos na modalidade de ensino a distância (EAD), bem como o apoio recebido do núcleo de EAD da ENSP-FIOCRUZ nos estimulou a experimentar em julho de 2013 os recursos da plataforma MOODLE. O objetivo deste trabalho é apresentar o Curso de Inverno da ENSP-FIOCRUZ em CI que usou o Moodle como ferramenta de apoio. Entre outros aspectos, cabe descrever sua dinâmica de funcionamento, conteúdos, recursos, exercícios e avaliação.
  6. 6. Introdução Metodologia Resultados Discussão e Conclusão Referências
  7. 7. Metodologia Information Literacy of Public Health Students in Bordeaux, France: a Cross-sectional Study Desenvolvemos módulo em CI para MOODLE 1.9 no domínio http://comunidades.ead.fiocruz.br. As aulas foram realizadas na ENSP-FIOCRUZ, em laboratório de informática com computadores de uso exclusivo. As aulas ocorreram em quatro dias consecutivos com duração de três horas cada. Os materiais online consistiram de slides, artigos, links para vídeos. A avaliação individual consistiu de 26 exercícios propostos sobre síntese de textos consultados, compreensão da sintaxe das fontes bibliográficas, buscas nas bases e portais de artigos de texto integral, revisão sistemática, bibliometria, impacto da informação, entre outros. As respostas aos exercícios deveriam ser postados até 10 dias após o término do curso. Os exercícios foram corrigidos, comentados e postados em arquivo PDF na plataforma. Os alunos foram motivados por mensagens frequentes.
  8. 8. Introdução Metodologia Resultados Discussão e Conclusão Referências
  9. 9. Resultados A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP Quatro alunos estavam regularmente inscritos no Curso de Inverno via Plataforma SIGASS, enquanto três eram ouvintes. Os quatro alunos regulares apresentaram frequência de 100%. Três destes postaram os exercícios na data prevista e tiveram conceito “A”. Um dos alunos ficou sem acesso à Internet após o fim do curso, não conseguindo postar seus exercícios no prazo. Seu conceito final foi “C”.
  10. 10. Resultados A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP
  11. 11. Resultados A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP
  12. 12. Resultados A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP
  13. 13. Resultados A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP
  14. 14. Introdução Metodologia Resultados Discussão e Conclusão Referências
  15. 15. Discussão e Conclusão A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP Embora tenha contado com apenas quatro participantes oficiais, a experiência foi satisfatória e promissora. Além de ganhos específicos em CI, o curso no Moodle estimulou nos alunos outra importante competência que foi o uso das novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs). Além disso, a plataforma Moodle proporcionou a sistematização e disponibilização dos materiais empregados por docentes para consulta livre pelos discentes. Também, registrou e organizou para o docente as tarefas postadas pelos alunos. Todas as respostas aos exercícios realizados pelos alunos foram comentadas e postadas em arquivo único que todos tiveram acesso. Desta maneira, o conjunto dos alunos pôde aprender com os comentários dos exercícios dos colegas. O curso de inverno presencial em CI foi bem avaliado pelos alunos e atendeu às expectativas dos docentes. Com as adaptações necessárias, acreditamos em seu potencial para cursos da ENSP-FIOCRUZ na modalidade à distância.
  16. 16. Discussão e Conclusão A utilização do Moodle como ferramenta de apoio a curso presencial da Pós-Graduação SS ENSP Uma atualização do Curso de Inverno em CI usará modelo híbrido presencial e à distância. Previsto para Outubro de 2013, será empregado pela primeira vez pelos alunos no Mestrado Profissional em Epidemiologia das Doenças Transmissíveis, Teresina, Piauí.
  17. 17. Introdução Metodologia Resultados Discussão e Conclusão Referências
  18. 18. Referências Cuenca, A. M. B. et al.: Capacitação no uso das bases MEDLINE e LILACS: avaliação de conteúdo, estrutura e metodologia. Ciência da Informação, v. 28, n. 3, p. 338-344, 1999. Dudziak, E. A.: Information literacy: princípios, filosofia e prática. Ciência da Informação, v. 32, n. 1, p. 23-35, 2003. Jacobs, S. K.; Rosenfeld, P.; Haber, J. Information literacy as the foundation for evidence-based practice in graduate nursing education: a curriculum-integrated approach. Journal of Professional Nursing, v. 19, n. 5, p. 320-328, 2003. Martinez-Silveira, M.S., Oddone, N.: Information-seeking Behavior of Medical Residents in Clinical Practice in Bahia, Brazil. J. Med. Libr. Assoc. 9, 381-384, 2008. Vincent, B.R.L., Luz, M.R.M.P., Martinez-Silveira, M.S., Camacho, L.A.B.: Competência em Informação e Uso do Portal Capes: Desafios para os Programas Brasileiros de Pós-graduação em Saúde Coletiva. Rev Bras. Pós-grad. RBPG 9, 401-421, 2012.
  19. 19. Obrigada! Agradeço ao programa de Epidemiologia da ENSP-FIOCRUZ que financiou minha participação neste evento  bvincent@fiocruz.br

×