Sem ExercíCio Aula05

320 visualizações

Publicada em

O impacto educativo/formativo do meu projecto

Publicada em: Tecnologia, Turismo
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
320
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sem ExercíCio Aula05

  1. 1. o impacto educativo e formativo do meu projecto Mariana Seixas 42730
  2. 2. Quais os potenciais impactos educativos/formativos do meu projecto? <ul><li>Sensibilização de públicos - motivação e vontade de assistir a espectáculos. </li></ul><ul><li> como: dinamizando uma formação em que não criativos, são convidados a participar e a desempenhar um papel activo no processo de criação de um espectáculo (tendo em conta a limitação de tempo de uma formação, os formandos são convidados a colaborar com criativos na criação de uma curta performance). </li></ul><ul><li>Para programadores/decisores, dar uma visão global do que se faz no país, nos vários domínios das artes do espectáculo, assim como promover acções de formação on-line. </li></ul><ul><li>Para criativos, promover a troca e partilha de informação, através de desafios de criação lançados na plataforma. </li></ul>
  3. 3. Para Quem? <ul><li>Público em Geral </li></ul><ul><li>Programadores </li></ul><ul><li>Criativos </li></ul><ul><li>Professores </li></ul>
  4. 4. Como poderia traçar um plano de formação na minha área de intervenção com uma arquitectura participativa? <ul><li>Simular um rede participativa entre os formandos, testando assim a viabilidade da plataforma. </li></ul><ul><li>Como: </li></ul><ul><li>- 1ªfase - lançar um desafio individual a cada participante. </li></ul><ul><li>- 2ªfase – Testar modelos de comunicação – promover a partilha e troca de ideias, motivando os participantes para a realização de um trabalho em parceria em que exista uma apropriação das várias ideias individuais por parte dos formandos. </li></ul><ul><li>- 3ª fase – com base na 1ª e 2ª fase criar um trabalho conjunto, onde todas as ideias são aproveitadas, criando um todo unificado, onde se destacam as valências de cada um. </li></ul><ul><li>- 4ª fase – discussão sobre o resultado final, em comparação aos resultados individuais da 1ª fase. </li></ul><ul><li>Objectivo: </li></ul><ul><li>Promover a partilha e cooperação </li></ul>
  5. 5. Que papel estaria reservado, nessa formação, para mim? E para o público-alvo da formação? <ul><li>Para mim: seria a moderadora, ou seja, lançaria os desafios e promoveria a partilha e troca de ideias, num papel de observadora poderia com maior facilidade aperceber-me de que ideias se poderiam complementar e assim encaminhar todo o processo criativo, com o intuito de alcançar os objectivos da formação (promover a partilha e cooperação). </li></ul><ul><li>Para os formandos: desenvolvimento de todo o trabalho individual e cooperativo, para assim, se chegar à compreensão das mais valias de um trabalho colaborativo. </li></ul>

×