ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 21

717 visualizações

Publicada em

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
717
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
92
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ApresentaçãO Para DéCimo Primeiro Ano, Aula 21

  1. 3. <ul><li>Vamos ver o segundo capítulo ( Antologia , 59-63) . Vai lendo as linhas que indicar e, de imediato, respondendo. </li></ul>
  2. 4. <ul><li>20: «senão também» ‘mas também’ </li></ul><ul><li>51: «fornalha» ‘forno grande’ </li></ul><ul><li>59: «adulação» ‘acto de louvar’ </li></ul><ul><li>59: «púlpito» ‘tribuna, na igreja, onde se prega’ </li></ul><ul><li>63: «quietação» ‘sossego, tranquilidade’ </li></ul><ul><li>71: «assenso» ‘assentimento, acordo’ </li></ul><ul><li>87: «vanglória» ‘vaidade’ </li></ul><ul><li>91: «Omnipotência» ‘poder absoluto e supremo, Deus’ </li></ul><ul><li>96: «bugio» ‘macaco, Nuno Gomes’ </li></ul>
  3. 5. <ul><li>98: «afora aquelas aves» ‘além daquelas aves’ </li></ul><ul><li>102: «pegos» ‘sítios mais fundos’ </li></ul><ul><li>113: «bufonerias» ‘fanfarronices’ </li></ul><ul><li>116: «cerviz» ‘parte posterior do pescoço’ </li></ul><ul><li>120: «cortesanias» ‘maneiras de homem da corte’ </li></ul><ul><li>137: «infeccionados» ‘infectados, contaminados’ </li></ul><ul><li>153: «Hábito» ‘veste de homem religioso’ </li></ul>
  4. 6. <ul><li>por os encaminhar sempre à lembrança destes dois fins (Céu e Inferno). </li></ul>
  5. 7. <ul><li>Em função de duas qualidades que tem o sal — conservar e preservar —, também o autor divide o seu sermão em duas partes . Na primeira, elogiará as virtudes dos peixes; na segunda, repreender-lhes-á os vícios. </li></ul>
  6. 8. <ul><li>As citações (ll. 9, 17-19, 21-23) — da Bíblia e de teólogos — servem para dar ao texto autoridade . </li></ul>
  7. 9. <ul><li>ll. 2-3: ouvem e não falam </li></ul><ul><li>31-33: foram criados primeiro do que os outros animais </li></ul><ul><li>36-37(-42): estão em maior número </li></ul>
  8. 10. <ul><li>36-37-(56): são maiores </li></ul><ul><li>61-63(-74): acudem obedientemente </li></ul><ul><li>63-64(-74): ouvem com quietação e atenção </li></ul>
  9. 11. <ul><li>78-79: têm respeito e devoção aos pregadores </li></ul><ul><li>(80-)86(-90): ajudam à salvação dos homens </li></ul><ul><li>94-95(-123): não se deixam domar nem domesticar </li></ul>
  10. 12. <ul><li>103: nenhum confia nos homens </li></ul><ul><li>104: todos fogem dos homens </li></ul><ul><li>127-128: escaparam do Dilúvio </li></ul><ul><li>128-129: ficaram mais «largos» </li></ul>
  11. 13. <ul><li>Não se sujeitarem aos homens era uma qualidade dos peixes que o Padre António Vieira queria salientar, já que lhe oferecia uma analogia com o que defendia para os índios. </li></ul>
  12. 14. <ul><li>Tal como os peixes, também Santo António se afastou dos homens . </li></ul>
  13. 15. <ul><li>Publifilmes em Gaveta de Nuvens (mas só com comentários os do 11.º 1.ª e poucos mais) </li></ul>
  14. 16. <ul><li>TPC — Prepara a leitura das pp. 63-68 de Antologia (o capítulo 3 do «Sermão»). </li></ul>

×