SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 30
Sinalização deSinalização de
SegurançaSegurança
As cores na segurança do
trabalho
Funções das cores naFunções das cores na
segurançasegurança
Prevenção de Acidentes;
Identificar os equipamentos de segurança;
Delimitando áreas;
Identificação de Tubulações de líquidos e
gases advertindo contra riscos;
Identificar e advertir acerca dos riscos
existentes.
Observações ImportantesObservações Importantes
A utilização das cores não dispensa o
emprego de outras formas de prevenção de
acidentes.
O uso de cores deverá ser o mais reduzido
possível, a fim de não ocasionar distração,
confusão e fadiga ao trabalhador.
Cores Adotadas paraCores Adotadas para
SinalizaçãoSinalização
Vermelho;
Amarelo;
Branco;
Preto;
Azul;
Verde;
Laranja;
Púrpura;
Lilás;
Cinza;
Alumínio;
Marrom.
VermelhoVermelho
Equipamentos de proteção e combate a
incêndios;
NÃO deverá ser utilizada na empresa para:
Assinalar perigo, por ser de pouca
visibilidade comparada com o:
AMARELO (alta visibilidade) ;
ALARANJADO (alerta).
É empregado para identificar:É empregado para identificar:
Caixa de alarme de
incêndio;
Hidrantes;
Bombas de incêndio;
Sirene de alarme;
Caixas com cobertores
Extintores, localizações e
indicações;
Localização de man-
gueiras;
Baldes de areia ou água;
Tubulações, válvulas e
hastes do sistema de
aspersão de água;
Transporte com
equipamentos de combate
a incêndios;
Rede dos “Sprinklers”;
Mangueira de acetileno.
Vermelho em casosVermelho em casos
excepcionais:excepcionais:
Nas luzes a serem colocadas em barricadas,
tapumes de construção e quaisquer outras
obstruções temporárias.
Em botões interruptores de circuitos
elétricos para paradas de emergência.
AmareloAmarelo
Canalizações para indicar gases não
liqüefeitos.
Deve ser indicado para:
“CUIDADO!” Assinalando:
Partes baixas de escadas móveis.
Corrimões, parapeitos, pisos e
partes inferiores de escadas que
apresentem riscos.
Espelhos de degraus de escadas.
AmareloAmarelo
Bordos desguarnecidos de
aberturas no solo e de pla-
taformas que não possam
ter corrimões.
Bordas horizontais de por-
tas de elevadores que se
fecham verticalmente.
Faixas no piso de entrada
de elevadores e platafor-
mas de carregamento.
Meios-fios.
Corredores sem saída.
Vigas colocadas à baixa
altura.
Cabines, caçambas e
gatos-de-pontes-rolantes,
guindastes,
escavadeiras...
Empilhadeiras, Tratores,
Vagonetes, reboques, Tc...
Fundos de letreiros e
avisos de advertência.
Bandeiras como sinal de
advertência (combinado
ao preto).
Perigo
Trânsito de
empilhadeiras.
AmareloAmarelo
Pilastras, vigas, postes, colunas e partes
salientes da estrutura e equipamentos em
que se possa esbarrar.
Cavaletes, porteiras e lanças de cancela.
Comandos e equipamentos suspensos que
ofereçam riscos.
Pára-choques para veículos de transporte
pesados, com listras pretas.
BrancoBranco
Passarelas e corredores de circulação por meio de
faixas (localização e largura).
Direção e circulação por meio de sinais.
Localização e coletores de resíduos.
Localização de bebedouros.
Áreas em torno dos equipamentos de socorro de
urgência, de combate a incêndio ou outros
equipamentos de emergência.
Área destinadas à armazenagem.
Zonas de segurança.
PretoPreto
Empregado para indicar as canalizações de
inflamáveis e combustíveis de alta
viscosidade (ex....: óleo lubrificante, asfalto,
óleo combustível, alcatrão, piche, Tc...
Poderá ser utilizado em substituição ao
branco, ou combinado a este quando
condições especiais o exigirem.
AzulAzul
Utilizado em “Cuidado!”, ficando o seu
emprego limitado a avisos contra o uso e
movimentação de equipamentos, que
deverão permanecer fora de serviço.
Empregados em barreiras e bandeirolas de
advertência a serem localizadas nos pontos
de comandos de partida, ou fontes de
energia dos equipamentos.
AtençãoAtenção
Equipamento fora
de Serviço.
AzulAzul
Canalizações de ar comprimido.
Prevenção contra movimento acidental de
qualquer equipamento em manutenção.
Avisos colocados no ponto de arranque ou
fontes de potência.
VerdeVerde
SEGURANÇA
Canalização de água.
Caixas de equipamentos
de socorro de urgência.
Caixas contendo máscaras
contra gases.
Chuveiros de segurança.
Macas.
Fontes lava-olhos
Quadros de Segurança.
Porta de entrada de salas
de curativo de urgência.
Localização de EPI, caixa
contendo EPI.
Emblemas de segurança.
Dispositivos de segurança.
Mangueiras de oxigênio
(solda oxiacetilênica).
LaranjaLaranja
Tubulações contendo
ácidos.
Partes móveis de máqui-
nas e equipamentos.
Partes internas das guar-
das das máquinas que pos-
sam ser removidas ou
abertas.
Faces internas de caixas
protetoras de dispositivos
elétricos.
Faces externas de polias e
engrenagens.
Botões de arranque de
segurança.
Dispositivos de cortes,
bordas de serras, prensas.
PúrpuraPúrpura
Perigos das radiações eletromagnéticas
penetrantes provenientes de partículas nucleares.
Portas ou aberturas de acesso a áreas com
radiatividade.
Locais onde tenham sido enterrados materiais
radiativos.
Recipientes de materiais radiativos ou de refugos
de materiais e equipamentos contaminados.
Sinais luminosos para indicar equipamentos
produtores de radiações eletromagnéticas
penetrantes e partículas nucleares.
LilásLilás
O lilás deverá ser usado para indicar
canalizações que contenham álcalis (bases),
p. ex...: NaOH. As refinarias de petróleo
poderão utilizar o lilás para a identificação
de lubrificantes.
CinzaCinza
Claro
Usado para
identificar
canalizações em
vácuo.
Escuro
Usado para
identificar
eletrodutos.
AlumínioAlumínio
Será utilizado em canalizações contendo
gases liqüefeitos, inflamáveis e
combustíveis de baixa viscosidade (ex....:
óleo diesel, gasolina, querosene, óleo
lubrificante, Tc..).
MarromMarrom
Pode ser adotado a critério da empresa, para
identificar qualquer fluído não identificável
pelas demais cores.
TubulaçõesTubulações
Devem receber a aplicações de cores em
toda a sua extensão e também nos
acessórios a fim de identificar o produto e
evitar acidentes.
Necessidade de identificação mais
detalhada (concentração, temperatura,
pressões, pureza, etc..) identificar-se-á por
faixas em cores contrastantes.
TubulaçõesTubulações
Se necessário pode-se identificar o sentido
do fluxo, com setas em cores contrastantes.
OBRIGATORIAMENTE, a canalização
de água potável deverá ser diferenciada das
demais.
Substâncias PerigosasSubstâncias Perigosas
Todo o material que seja, isoladamente ou
não, corrosivo, tóxico, radiativo, oxidante, e
que durante o seu manejo, armazenamento,
processamento, embalagem, transporte,
possa conduzir efeitos prejudiciais sobre
trabalhadores, equipamentos e ambientes de
trabalho.
Sinalização para armazena-Sinalização para armazena-
mento de substâncias perigosasmento de substâncias perigosas
Identificação dos recipientes.
Rotulagem
NOME TÉCNICO DO PRODUTO;
PALAVRA DE ADVERTÊNCIA,
designando o grau de risco;
INDICAÇÕES DE RISCO;
MEDIDAS PREVENTIVAS, abrangendo
aquelas a serem tomadas;
Rotulagem continuação.Rotulagem continuação.
PRIMEIROS SOCORROS;
INFORMAÇÕES PARA MÉDICOS, em
casos de acidentes;
INSTRUÇÕES ESPECIAIS EM CASO DE
FOGO, DERRAME OU VAZAMENTO,
quando for o caso.
““Ninguém pode chegar ao topo armadoNinguém pode chegar ao topo armado
apenas de talento. Deus dá o talento;apenas de talento. Deus dá o talento;
o trabalho transforma o talentoo trabalho transforma o talento
em gênio.”em gênio.”
A SEGURANÇA DE TODOS DEPENDE
DO PROCEDIMENTO ADEQUADO DE
CADA UM.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Cartilha Riscos na Limpeza
Cartilha Riscos na LimpezaCartilha Riscos na Limpeza
Cartilha Riscos na Limpeza
 
Apresentação NR33 ESPAÇO CONFINADO
Apresentação NR33 ESPAÇO CONFINADOApresentação NR33 ESPAÇO CONFINADO
Apresentação NR33 ESPAÇO CONFINADO
 
Integração de Segurança
Integração de SegurançaIntegração de Segurança
Integração de Segurança
 
Treinamento em Altura NR - 35.ppt
Treinamento em Altura NR - 35.pptTreinamento em Altura NR - 35.ppt
Treinamento em Altura NR - 35.ppt
 
Treinamento NR 18 .pptx
Treinamento NR 18  .pptxTreinamento NR 18  .pptx
Treinamento NR 18 .pptx
 
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPITreinamento de Segurança no Trabalho e EPI
Treinamento de Segurança no Trabalho e EPI
 
NR-1
NR-1NR-1
NR-1
 
Nr 11
Nr 11Nr 11
Nr 11
 
Nr 20
Nr 20 Nr 20
Nr 20
 
Capacitação nr 12
Capacitação nr 12Capacitação nr 12
Capacitação nr 12
 
SINALIZAÇÃO.TREINAMENTO NR 26.pdf
SINALIZAÇÃO.TREINAMENTO NR 26.pdfSINALIZAÇÃO.TREINAMENTO NR 26.pdf
SINALIZAÇÃO.TREINAMENTO NR 26.pdf
 
EPC - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO COLETIVA
EPC - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO COLETIVAEPC - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO COLETIVA
EPC - EQUIPAMENTO DE PROTEÇÃO COLETIVA
 
Ordem de serviços motoristas
Ordem de serviços   motoristasOrdem de serviços   motoristas
Ordem de serviços motoristas
 
Nr 12
Nr 12Nr 12
Nr 12
 
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novoTreinamento nr34 trabalho a quente novo
Treinamento nr34 trabalho a quente novo
 
Nr – 23
Nr – 23Nr – 23
Nr – 23
 
Treinamento NR 12
Treinamento NR 12Treinamento NR 12
Treinamento NR 12
 
Nr – 22
Nr – 22Nr – 22
Nr – 22
 
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptxNR18-Treinamento-Integracao.pptx
NR18-Treinamento-Integracao.pptx
 
PAE - PLANO DE ATENDIMENTO EM EMERGÊNCIA
PAE - PLANO DE ATENDIMENTO EM EMERGÊNCIAPAE - PLANO DE ATENDIMENTO EM EMERGÊNCIA
PAE - PLANO DE ATENDIMENTO EM EMERGÊNCIA
 

Destaque (12)

CARS
CARSCARS
CARS
 
Recommendation Letter
Recommendation LetterRecommendation Letter
Recommendation Letter
 
resume_devi-2 (1)
resume_devi-2 (1)resume_devi-2 (1)
resume_devi-2 (1)
 
Blogs
BlogsBlogs
Blogs
 
Francisco luis ortiz caicedo
Francisco luis ortiz caicedoFrancisco luis ortiz caicedo
Francisco luis ortiz caicedo
 
ase blue seal aproval gaithersburg
ase blue seal aproval gaithersburgase blue seal aproval gaithersburg
ase blue seal aproval gaithersburg
 
Treinamento apr
Treinamento aprTreinamento apr
Treinamento apr
 
Brigada inc ndio_2005
Brigada inc ndio_2005Brigada inc ndio_2005
Brigada inc ndio_2005
 
Q mark poll hi-cd2 (1-29-12)
Q mark poll   hi-cd2 (1-29-12)Q mark poll   hi-cd2 (1-29-12)
Q mark poll hi-cd2 (1-29-12)
 
Cv of eapen john.pmp,pmi rmp,itil expert
Cv of eapen john.pmp,pmi rmp,itil expertCv of eapen john.pmp,pmi rmp,itil expert
Cv of eapen john.pmp,pmi rmp,itil expert
 
Sejaumbrigadista
SejaumbrigadistaSejaumbrigadista
Sejaumbrigadista
 
ANA SEBAS PRODUCCIONES
ANA SEBAS PRODUCCIONESANA SEBAS PRODUCCIONES
ANA SEBAS PRODUCCIONES
 

Semelhante a Cores na sinalização de segurança

Aplicação de cores sinalizacao
Aplicação de cores sinalizacaoAplicação de cores sinalizacao
Aplicação de cores sinalizacaoKarol Oliveira
 
Aplicacao-cores-sinalizacao
Aplicacao-cores-sinalizacaoAplicacao-cores-sinalizacao
Aplicacao-cores-sinalizacaojoaojuniormorais
 
Ordem e-arrumacao-aplicacao-cores-sinalizacao (1)
Ordem e-arrumacao-aplicacao-cores-sinalizacao (1)Ordem e-arrumacao-aplicacao-cores-sinalizacao (1)
Ordem e-arrumacao-aplicacao-cores-sinalizacao (1)Suélen Olipley
 
treinamento-sinalizacao-de-seguranca.ppt
treinamento-sinalizacao-de-seguranca.ppttreinamento-sinalizacao-de-seguranca.ppt
treinamento-sinalizacao-de-seguranca.pptFlvioSegredo
 
Cores na segurança apresentação slide
Cores na segurança apresentação slideCores na segurança apresentação slide
Cores na segurança apresentação slideMichael Rebouça
 
Treinamento sinalização de segurança
Treinamento sinalização de segurançaTreinamento sinalização de segurança
Treinamento sinalização de segurançaAne Costa
 
Nr-26-Sinalizacao-de-Seguranca.pdf
Nr-26-Sinalizacao-de-Seguranca.pdfNr-26-Sinalizacao-de-Seguranca.pdf
Nr-26-Sinalizacao-de-Seguranca.pdfssuser22319e
 
08 aula sinalização e segurança
08 aula sinalização e segurança08 aula sinalização e segurança
08 aula sinalização e segurançaHomero Alves de Lima
 
Uso de cores como fator de segurança nos almoxarifados
Uso de cores como fator de segurança nos almoxarifadosUso de cores como fator de segurança nos almoxarifados
Uso de cores como fator de segurança nos almoxarifadosCristiano Ferreira Cesarino
 
TREINAMENTO NR -26 TREINAMENTO PARA SINALIZAÇÃO
TREINAMENTO NR -26 TREINAMENTO PARA SINALIZAÇÃOTREINAMENTO NR -26 TREINAMENTO PARA SINALIZAÇÃO
TREINAMENTO NR -26 TREINAMENTO PARA SINALIZAÇÃOaquilasantos6
 
2NR 26cores e sinalização-convertido.pptx
2NR 26cores e sinalização-convertido.pptx2NR 26cores e sinalização-convertido.pptx
2NR 26cores e sinalização-convertido.pptxSantosbela Santos
 
Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01
Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01
Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01Bruno Maxmillen
 
Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01 (1)
Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01 (1)Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01 (1)
Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01 (1)Jonatha Pacheco
 
7-Sinalização de Segurança.pptx
7-Sinalização de Segurança.pptx7-Sinalização de Segurança.pptx
7-Sinalização de Segurança.pptxandrikazi
 

Semelhante a Cores na sinalização de segurança (20)

Aplicação de cores sinalizacao
Aplicação de cores sinalizacaoAplicação de cores sinalizacao
Aplicação de cores sinalizacao
 
Aplicacao-cores-sinalizacao
Aplicacao-cores-sinalizacaoAplicacao-cores-sinalizacao
Aplicacao-cores-sinalizacao
 
Ordem e-arrumacao-aplicacao-cores-sinalizacao (1)
Ordem e-arrumacao-aplicacao-cores-sinalizacao (1)Ordem e-arrumacao-aplicacao-cores-sinalizacao (1)
Ordem e-arrumacao-aplicacao-cores-sinalizacao (1)
 
treinamento-sinalizacao-de-seguranca.ppt
treinamento-sinalizacao-de-seguranca.ppttreinamento-sinalizacao-de-seguranca.ppt
treinamento-sinalizacao-de-seguranca.ppt
 
Cores na segurança apresentação slide
Cores na segurança apresentação slideCores na segurança apresentação slide
Cores na segurança apresentação slide
 
Sinalização
SinalizaçãoSinalização
Sinalização
 
Treinamento sinalização de segurança
Treinamento sinalização de segurançaTreinamento sinalização de segurança
Treinamento sinalização de segurança
 
cores-sinalizacao
cores-sinalizacaocores-sinalizacao
cores-sinalizacao
 
nr-26..ppt
nr-26..pptnr-26..ppt
nr-26..ppt
 
Nr-26-Sinalizacao-de-Seguranca.pdf
Nr-26-Sinalizacao-de-Seguranca.pdfNr-26-Sinalizacao-de-Seguranca.pdf
Nr-26-Sinalizacao-de-Seguranca.pdf
 
08 aula sinalização e segurança
08 aula sinalização e segurança08 aula sinalização e segurança
08 aula sinalização e segurança
 
Uso de cores como fator de segurança nos almoxarifados
Uso de cores como fator de segurança nos almoxarifadosUso de cores como fator de segurança nos almoxarifados
Uso de cores como fator de segurança nos almoxarifados
 
Nr 26
Nr 26Nr 26
Nr 26
 
Nr 26
Nr 26Nr 26
Nr 26
 
TREINAMENTO NR -26 TREINAMENTO PARA SINALIZAÇÃO
TREINAMENTO NR -26 TREINAMENTO PARA SINALIZAÇÃOTREINAMENTO NR -26 TREINAMENTO PARA SINALIZAÇÃO
TREINAMENTO NR -26 TREINAMENTO PARA SINALIZAÇÃO
 
2NR 26cores e sinalização-convertido.pptx
2NR 26cores e sinalização-convertido.pptx2NR 26cores e sinalização-convertido.pptx
2NR 26cores e sinalização-convertido.pptx
 
Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01
Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01
Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01
 
Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01 (1)
Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01 (1)Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01 (1)
Apresentaonr 26sinalizaodeseguranabeta-130910221045-phpapp01 (1)
 
7-Sinalização de Segurança.pptx
7-Sinalização de Segurança.pptx7-Sinalização de Segurança.pptx
7-Sinalização de Segurança.pptx
 
NR 26
NR 26NR 26
NR 26
 

Mais de Paulo R. Itami da Cruz (20)

Instrumentação
InstrumentaçãoInstrumentação
Instrumentação
 
Nutrição e Saúde
Nutrição e SaúdeNutrição e Saúde
Nutrição e Saúde
 
Nr – 33
Nr – 33Nr – 33
Nr – 33
 
Nr – 32
Nr – 32Nr – 32
Nr – 32
 
Nr – 31
Nr – 31Nr – 31
Nr – 31
 
Nr – 30
Nr – 30Nr – 30
Nr – 30
 
Nr – 29
Nr – 29Nr – 29
Nr – 29
 
Nr – 28
Nr – 28Nr – 28
Nr – 28
 
Nr – 27
Nr – 27Nr – 27
Nr – 27
 
Nr – 24
Nr – 24Nr – 24
Nr – 24
 
Nr – 21
Nr – 21Nr – 21
Nr – 21
 
Nr – 20
Nr – 20Nr – 20
Nr – 20
 
Nr – 19
Nr – 19Nr – 19
Nr – 19
 
Nr – 18
Nr – 18Nr – 18
Nr – 18
 
Nr – 17
Nr – 17Nr – 17
Nr – 17
 
Nr – 16
Nr – 16Nr – 16
Nr – 16
 
Nr – 15
Nr – 15Nr – 15
Nr – 15
 
Nr – 13
Nr – 13Nr – 13
Nr – 13
 
Nr – 12
Nr – 12Nr – 12
Nr – 12
 
Nr – 11
Nr – 11Nr – 11
Nr – 11
 

Último

A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboralA Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboralFranciscaArrudadaSil
 
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animalFISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animalPauloHenrique154965
 
Estatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animalEstatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animalleandroladesenvolvim
 
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraTecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraGuilhermeLucio9
 
Treinamento de NR06 Equipamento de Proteção Individual
Treinamento de NR06 Equipamento de Proteção IndividualTreinamento de NR06 Equipamento de Proteção Individual
Treinamento de NR06 Equipamento de Proteção Individualpablocastilho3
 
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdfLivro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdfSamuel Ramos
 
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaLEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaGuilhermeLucio9
 
Aula de classificação de rolamentos norma DIN
Aula de classificação de rolamentos norma DINAula de classificação de rolamentos norma DIN
Aula de classificação de rolamentos norma DINFabioFranca22
 
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréEletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréGuilhermeLucio9
 
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAMMODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAMCassio Rodrigo
 
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdfPLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdfAroldoMenezes1
 

Último (11)

A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboralA Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
A Importância dos EPI's no trabalho e no dia a dia laboral
 
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animalFISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
FISIOLOGIA DA REPRODUÇÃO. matéria de fisiologia animal
 
Estatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animalEstatística aplicada à experimentação animal
Estatística aplicada à experimentação animal
 
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade AnhangueraTecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
Tecnólogo em Mecatrônica - Universidade Anhanguera
 
Treinamento de NR06 Equipamento de Proteção Individual
Treinamento de NR06 Equipamento de Proteção IndividualTreinamento de NR06 Equipamento de Proteção Individual
Treinamento de NR06 Equipamento de Proteção Individual
 
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdfLivro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
Livro Vibrações Mecânicas - Rao Singiresu - 4ª Ed.pdf
 
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurançaLEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
LEAN SIX SIGMA - Garantia da qualidade e segurança
 
Aula de classificação de rolamentos norma DIN
Aula de classificação de rolamentos norma DINAula de classificação de rolamentos norma DIN
Aula de classificação de rolamentos norma DIN
 
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante TamandaréEletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
Eletricista instalador - Senai Almirante Tamandaré
 
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAMMODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS  EQUIPAM
MODELO LAUDO AVALIAÇÃO MÁQUINAS EQUIPAM
 
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdfPLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
PLANO DE EMERGÊNCIA E COMBATE A INCENDIO.pdf
 

Cores na sinalização de segurança

  • 1.
  • 3. Funções das cores naFunções das cores na segurançasegurança Prevenção de Acidentes; Identificar os equipamentos de segurança; Delimitando áreas; Identificação de Tubulações de líquidos e gases advertindo contra riscos; Identificar e advertir acerca dos riscos existentes.
  • 4. Observações ImportantesObservações Importantes A utilização das cores não dispensa o emprego de outras formas de prevenção de acidentes. O uso de cores deverá ser o mais reduzido possível, a fim de não ocasionar distração, confusão e fadiga ao trabalhador.
  • 5. Cores Adotadas paraCores Adotadas para SinalizaçãoSinalização Vermelho; Amarelo; Branco; Preto; Azul; Verde; Laranja; Púrpura; Lilás; Cinza; Alumínio; Marrom.
  • 6. VermelhoVermelho Equipamentos de proteção e combate a incêndios; NÃO deverá ser utilizada na empresa para: Assinalar perigo, por ser de pouca visibilidade comparada com o: AMARELO (alta visibilidade) ; ALARANJADO (alerta).
  • 7. É empregado para identificar:É empregado para identificar: Caixa de alarme de incêndio; Hidrantes; Bombas de incêndio; Sirene de alarme; Caixas com cobertores Extintores, localizações e indicações; Localização de man- gueiras; Baldes de areia ou água; Tubulações, válvulas e hastes do sistema de aspersão de água; Transporte com equipamentos de combate a incêndios; Rede dos “Sprinklers”; Mangueira de acetileno.
  • 8. Vermelho em casosVermelho em casos excepcionais:excepcionais: Nas luzes a serem colocadas em barricadas, tapumes de construção e quaisquer outras obstruções temporárias. Em botões interruptores de circuitos elétricos para paradas de emergência.
  • 9. AmareloAmarelo Canalizações para indicar gases não liqüefeitos. Deve ser indicado para: “CUIDADO!” Assinalando: Partes baixas de escadas móveis. Corrimões, parapeitos, pisos e partes inferiores de escadas que apresentem riscos. Espelhos de degraus de escadas.
  • 10. AmareloAmarelo Bordos desguarnecidos de aberturas no solo e de pla- taformas que não possam ter corrimões. Bordas horizontais de por- tas de elevadores que se fecham verticalmente. Faixas no piso de entrada de elevadores e platafor- mas de carregamento. Meios-fios. Corredores sem saída. Vigas colocadas à baixa altura. Cabines, caçambas e gatos-de-pontes-rolantes, guindastes, escavadeiras... Empilhadeiras, Tratores, Vagonetes, reboques, Tc... Fundos de letreiros e avisos de advertência. Bandeiras como sinal de advertência (combinado ao preto).
  • 12. AmareloAmarelo Pilastras, vigas, postes, colunas e partes salientes da estrutura e equipamentos em que se possa esbarrar. Cavaletes, porteiras e lanças de cancela. Comandos e equipamentos suspensos que ofereçam riscos. Pára-choques para veículos de transporte pesados, com listras pretas.
  • 13. BrancoBranco Passarelas e corredores de circulação por meio de faixas (localização e largura). Direção e circulação por meio de sinais. Localização e coletores de resíduos. Localização de bebedouros. Áreas em torno dos equipamentos de socorro de urgência, de combate a incêndio ou outros equipamentos de emergência. Área destinadas à armazenagem. Zonas de segurança.
  • 14. PretoPreto Empregado para indicar as canalizações de inflamáveis e combustíveis de alta viscosidade (ex....: óleo lubrificante, asfalto, óleo combustível, alcatrão, piche, Tc... Poderá ser utilizado em substituição ao branco, ou combinado a este quando condições especiais o exigirem.
  • 15. AzulAzul Utilizado em “Cuidado!”, ficando o seu emprego limitado a avisos contra o uso e movimentação de equipamentos, que deverão permanecer fora de serviço. Empregados em barreiras e bandeirolas de advertência a serem localizadas nos pontos de comandos de partida, ou fontes de energia dos equipamentos.
  • 17. AzulAzul Canalizações de ar comprimido. Prevenção contra movimento acidental de qualquer equipamento em manutenção. Avisos colocados no ponto de arranque ou fontes de potência.
  • 18. VerdeVerde SEGURANÇA Canalização de água. Caixas de equipamentos de socorro de urgência. Caixas contendo máscaras contra gases. Chuveiros de segurança. Macas. Fontes lava-olhos Quadros de Segurança. Porta de entrada de salas de curativo de urgência. Localização de EPI, caixa contendo EPI. Emblemas de segurança. Dispositivos de segurança. Mangueiras de oxigênio (solda oxiacetilênica).
  • 19. LaranjaLaranja Tubulações contendo ácidos. Partes móveis de máqui- nas e equipamentos. Partes internas das guar- das das máquinas que pos- sam ser removidas ou abertas. Faces internas de caixas protetoras de dispositivos elétricos. Faces externas de polias e engrenagens. Botões de arranque de segurança. Dispositivos de cortes, bordas de serras, prensas.
  • 20. PúrpuraPúrpura Perigos das radiações eletromagnéticas penetrantes provenientes de partículas nucleares. Portas ou aberturas de acesso a áreas com radiatividade. Locais onde tenham sido enterrados materiais radiativos. Recipientes de materiais radiativos ou de refugos de materiais e equipamentos contaminados. Sinais luminosos para indicar equipamentos produtores de radiações eletromagnéticas penetrantes e partículas nucleares.
  • 21. LilásLilás O lilás deverá ser usado para indicar canalizações que contenham álcalis (bases), p. ex...: NaOH. As refinarias de petróleo poderão utilizar o lilás para a identificação de lubrificantes.
  • 23. AlumínioAlumínio Será utilizado em canalizações contendo gases liqüefeitos, inflamáveis e combustíveis de baixa viscosidade (ex....: óleo diesel, gasolina, querosene, óleo lubrificante, Tc..).
  • 24. MarromMarrom Pode ser adotado a critério da empresa, para identificar qualquer fluído não identificável pelas demais cores.
  • 25. TubulaçõesTubulações Devem receber a aplicações de cores em toda a sua extensão e também nos acessórios a fim de identificar o produto e evitar acidentes. Necessidade de identificação mais detalhada (concentração, temperatura, pressões, pureza, etc..) identificar-se-á por faixas em cores contrastantes.
  • 26. TubulaçõesTubulações Se necessário pode-se identificar o sentido do fluxo, com setas em cores contrastantes. OBRIGATORIAMENTE, a canalização de água potável deverá ser diferenciada das demais.
  • 27. Substâncias PerigosasSubstâncias Perigosas Todo o material que seja, isoladamente ou não, corrosivo, tóxico, radiativo, oxidante, e que durante o seu manejo, armazenamento, processamento, embalagem, transporte, possa conduzir efeitos prejudiciais sobre trabalhadores, equipamentos e ambientes de trabalho.
  • 28. Sinalização para armazena-Sinalização para armazena- mento de substâncias perigosasmento de substâncias perigosas Identificação dos recipientes. Rotulagem NOME TÉCNICO DO PRODUTO; PALAVRA DE ADVERTÊNCIA, designando o grau de risco; INDICAÇÕES DE RISCO; MEDIDAS PREVENTIVAS, abrangendo aquelas a serem tomadas;
  • 29. Rotulagem continuação.Rotulagem continuação. PRIMEIROS SOCORROS; INFORMAÇÕES PARA MÉDICOS, em casos de acidentes; INSTRUÇÕES ESPECIAIS EM CASO DE FOGO, DERRAME OU VAZAMENTO, quando for o caso.
  • 30. ““Ninguém pode chegar ao topo armadoNinguém pode chegar ao topo armado apenas de talento. Deus dá o talento;apenas de talento. Deus dá o talento; o trabalho transforma o talentoo trabalho transforma o talento em gênio.”em gênio.” A SEGURANÇA DE TODOS DEPENDE DO PROCEDIMENTO ADEQUADO DE CADA UM.