Unidade VI
A abordagem crítico-comparativa
dos diversos modelos pedagógicosp g g
Profª Silmara Maria Machado
Educação superior
A educação superior contribui
simultaneamente para:
a) O desenvolvimento econômico, cultural e
social;
b...
Considerações sobre o ensino
superior e a sociedade
O mundo, no início deste século passou
por uma imensa desarticulação
i...
Qual o contexto histórico, econômico e
social que, nas últimas décadas do
século XX, causa desorientações e
desarticulaçõe...
Qual o contexto histórico, econômico e
social que, nas últimas décadas do
século XX, causa desorientações e
desarticulaçõe...
Universidade
O olhar que se dirige para a universidade
é um olhar de esperança. Entretanto, é
necessário que ela recupere ...
Universidade Brasileira
A universidade brasileira vive uma crise
que coincide com a da instituição
universitária, uma vez ...
Universidade Brasileira
A construção de uma modernidade ética
alternativa, capaz de manter as
similaridades da raça humana...
Mudanças
Vivemos um momento de crise e
transição no campo da educação. A crise
do paradigma da ciência moderna, que
atinge...
O professor e o processo de ensino-
aprendizagem
O docente universitário, reconhece a si
mesmo por sua profissão de origem...
O conhecimento
A concepção de conhecimento como
construção de relações, rede de
significações multiplamente articuladas,
c...
Gardner e as inteligências múltiplas
Gardner (1993) fala em inteligência
múltipla, mostrando que as manifestações
da intel...
Pergunta
Q l ã d h i tQual concepção de conhecimento começa
a ganhar espaço neste século?
a) A idéia de conhecimento como ...
Autonomia do professor
É“ É importante para o professor a
autonomia em seu trabalho; ser um
pesquisador crítico-reflexivo ...
Aprendizagem e cultura
Vygotsky pressupõe que o professor deve
considerar as realidades e necessidades
dos alunos, seus in...
Visão biológica
Maturana e Varela partem de uma visão
biológica para reforçar a idéia de que o
estudante é motivado à sua ...
Delors:
Traduzindo o pensamento da UNESCO
demonstra a importância de aprender a
aprender, no sentido de aprender a
conhece...
Morin:
São sete os saberes necessários à educação
do futuro, assim denominados:
As cegueiras do conhecimento
Os princípios...
Inovações no ensino superior: a
educação a distância
“O investimento tecnológico na educação
faz parte da convicção de que...
Reflexões significativas
A educação superior e a pesquisa nas
sociedades de conhecimento
Relevância para as necessidades
s...
Para Pozo (citado em
ENGERS;MOROSINI, 2006)
Os interesses e os moti os dosOs interesses e os motivos dos
aprendizes;
Os co...
Para Pozo (citado em
ENGERS;MOROSINI, 2006)
A organização e ligações de
aprendizagens;
A promoção de tarefas reflexivas pa...
Complementando...
Reproduzimos no texto de estudo, itens
multidimensionais relacionados a
empregabilidade, que pressupõem:...
Finalizando...
As questões aqui colocadas por diversos
autores sobre a formação no ensino
superior, bem como as reflexões ...
Pergunta
Seg ndo Po o alg mas atenções doSegundo Pozzo, algumas atenções do
mestre sobre o fracasso da
aprendizagem estão ...
É ÓATÉ A PRÓXIMA!
Slide uni vi bb
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Slide uni vi bb

261 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
261
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Slide uni vi bb

  1. 1. Unidade VI A abordagem crítico-comparativa dos diversos modelos pedagógicosp g g Profª Silmara Maria Machado
  2. 2. Educação superior A educação superior contribui simultaneamente para: a) O desenvolvimento econômico, cultural e social; b) A promoção de valores e de ética compartilhados, que constituem o fundamento da coesão social e da construção de uma nação; c) O progresso da carreira pessoal e do desenvolvimento dos indivíduos. Serve portanto tanto aos indivíduos queServe, portanto, tanto aos indivíduos, que tem direito de acessá-la mediante mérito próprio, quanto à sociedade como um todo.
  3. 3. Considerações sobre o ensino superior e a sociedade O mundo, no início deste século passou por uma imensa desarticulação ideológica, que incluiu uma enorme dissociação política e uma desigualdade social maciça. Esta desarticulação reflete se no entantoEsta desarticulação reflete-se, no entanto, na universidade ainda como representação do patrimônio intelectual, independência política e social, considerando-a como a instituição mais bem preparada para reorientar o futuro dabem preparada para reorientar o futuro da humanidade.
  4. 4. Qual o contexto histórico, econômico e social que, nas últimas décadas do século XX, causa desorientações e desarticulações? A economia, orgulho do século XX, entra em desaceleração; Os partidos políticos, tanto de direita quanto de esquerda, deixam de gerar esperanças; A democracia, criada para os estados- cidade, após muito tempo de resistência, passa a mostrar-se incompetente;incompetente;
  5. 5. Qual o contexto histórico, econômico e social que, nas últimas décadas do século XX, causa desorientações e desarticulações? As religiões sentem-se incapazes de conter um avanço marcante do individualismo; A ciência e a tecnologia, chegam aog , g século XXI com muitos avanços, progressos, descobertas e possibilidades, mas carentes de discussões e reflexões sobre o que pode acarretar todo esse poder para a humanidade.
  6. 6. Universidade O olhar que se dirige para a universidade é um olhar de esperança. Entretanto, é necessário que ela recupere a esperança nela própria. Isso significa compreender as suas dificuldades e limitações, bem como form lar ma no a propostacomo formular uma nova proposta, novas estruturas e novos métodos de trabalho. (BUARQUE, Conferência Mundial sobre Educação Superior, 2003).
  7. 7. Universidade Brasileira A universidade brasileira vive uma crise que coincide com a da instituição universitária, uma vez que a humanidade, numa encruzilhada prepara-se para escolher entre: A continuação de sua modernidade técnica, que terminou por impor uma divisão da humanidade em dois grupos em termos de acesso à ciência e a tecnologia;
  8. 8. Universidade Brasileira A construção de uma modernidade ética alternativa, capaz de manter as similaridades da raça humana, assegurando a todos o acesso ao progresso científico e tecnológicoprogresso científico e tecnológico.
  9. 9. Mudanças Vivemos um momento de crise e transição no campo da educação. A crise do paradigma da ciência moderna, que atinge hoje as diferentes áreas do conhecimento, atravessa também o di áti d ó i d tdiscurso e as práticas pedagógicas dentro da universidade, e as novas tendências epistemológicas, emergentes do estudo das ciências afetam a compreensão do conhecimento e do processo ensino- aprendizagemaprendizagem.
  10. 10. O professor e o processo de ensino- aprendizagem O docente universitário, reconhece a si mesmo por sua profissão de origem, identificando-se com o título de sua graduação. Como tudo isso o afeta em seu cotidiano de práticas pedagógicas?p p g g Outra questão relevante refere-se a uma nova concepção de conhecimento como construção de relações. Uma nova forma de se encarar a construção de conhecimento na estrutura cognitiva do aluno.
  11. 11. O conhecimento A concepção de conhecimento como construção de relações, rede de significações multiplamente articuladas, começa a ganhar espaço, substituindo a idéia de conhecimento como um bem passível de ser transmitido e acumulado por processos construídos linearmente, regidos por princípios rígidos de hierarquia e pré-requisitos. O próprio conceito de inteligência está sendo revisitado.
  12. 12. Gardner e as inteligências múltiplas Gardner (1993) fala em inteligência múltipla, mostrando que as manifestações da inteligência compõem múltiplas competências: lingüística, lógico- matemática, musical, corporal- cinestésica espacial intrapessoalcinestésica, espacial, intrapessoal, interpessoal. Diz que essas dimensões da inteligência não são completamente independentes, trazem imbricações e inter-relações, sugerindo que uma competência ética, por exemplo, estariacompetência ética, por exemplo, estaria nas interfaces das dimensões intrapessoal e interpessoal.
  13. 13. Pergunta Q l ã d h i tQual concepção de conhecimento começa a ganhar espaço neste século? a) A idéia de conhecimento como um bem passível de ser transmitido. b) A crença de que os conhecimentos devem ser acumulados por processos construídos linearmente. c) A consideração de que os conhecimentos são regidos por princípios rígidos de hierarquia e pré-requisitos. d) A compreensão do conhecimento comod) A compreensão do conhecimento como construção de relações e de rede de significações multiplamente articuladas.
  14. 14. Autonomia do professor É“ É importante para o professor a autonomia em seu trabalho; ser um pesquisador crítico-reflexivo sobre sua prática à luz da teoria que utiliza; ser autêntico, estético e ético, ser flexível e criativo ser aberto às transformações ecriativo, ser aberto às transformações e ao diálogo, trabalhar encarnado no exemplo; aceitar riscos e assumir-se como profissional; criar condições para que o aluno encontre seus caminhos e possa engajar-se em experiências,possa engajar se em experiências, assumindo-se como ser social”. Paulo Freire (1998)
  15. 15. Aprendizagem e cultura Vygotsky pressupõe que o professor deve considerar as realidades e necessidades dos alunos, seus interesses, com base em suas culturas. Assim, a aprendizagem ocorrerá pela transformação do conhecimentoconhecimento. Dessa forma, o ser humano é visto em sua totalidade e sua aprendizagem ocorre via cognitivo, afetivo, na presença de estímulos motivacionais que levam aestímulos motivacionais que levam a linguagem e as atividades a assumirem significados próprios aos aprendentes.
  16. 16. Visão biológica Maturana e Varela partem de uma visão biológica para reforçar a idéia de que o estudante é motivado à sua organização como necessidade vital e para tanto o professor precisa estar preparado para auxiliar os alunos a desenvolverem atividades que levem à auto-organização.
  17. 17. Delors: Traduzindo o pensamento da UNESCO demonstra a importância de aprender a aprender, no sentido de aprender a conhecer, a fazer, a conviver e a ser. Ou seja, a aprendizagem é vista em uma dimensão formadora para a cidadania e para que o aluno prepare-se para enfrentar de forma criativa a vida em sociedade, sabendo partilhar com seus semelhantes.
  18. 18. Morin: São sete os saberes necessários à educação do futuro, assim denominados: As cegueiras do conhecimento Os princípios do conhecimento pertinente Ensinar a condição humana Ensinar a identidade terrena Enfrentar as incertezas Ensinar a compreensão A ética do gênero humano.
  19. 19. Inovações no ensino superior: a educação a distância “O investimento tecnológico na educação faz parte da convicção de que a educação é um componente substancial de qualquer política de desenvolvimento, como um bem em si e como instrumentalização da cidadania, pois a aproximação entre educação e modernidade tecnológica torna viável colocar em curso os desafios da modernidade. Porém, para ser capaz de comandar a modernidade, é preciso modernizar o sistema educativo asmodernizar o sistema educativo, as práticas docentes”. (CASTANHO, 2000).
  20. 20. Reflexões significativas A educação superior e a pesquisa nas sociedades de conhecimento Relevância para as necessidades sociais: a educação superior e o universo de trabalho
  21. 21. Para Pozo (citado em ENGERS;MOROSINI, 2006) Os interesses e os moti os dosOs interesses e os motivos dos aprendizes; Os conhecimentos prévios dos aprendizes; A nova informação; Os conhecimentos básicos; A diversificação de tarefas e dos cenários da aprendizagem para um mesmo conteúdo; O planejamento de situações em funçãoO planejamento de situações em função dos contextos e tarefas em que os aprendizes devam recuperar o que foi aprendido;
  22. 22. Para Pozo (citado em ENGERS;MOROSINI, 2006) A organização e ligações de aprendizagens; A promoção de tarefas reflexivas para os aprendizes ; A promoção de problemas deA promoção de problemas de aprendizagem ou tarefas abertas de cooperação; A instrução dos aprendizes no planejamento e na organização de suas próprias aprendizagens.próprias aprendizagens.
  23. 23. Complementando... Reproduzimos no texto de estudo, itens multidimensionais relacionados a empregabilidade, que pressupõem: qualidades pessoais, habilidades centrais e habilidades processuais.
  24. 24. Finalizando... As questões aqui colocadas por diversos autores sobre a formação no ensino superior, bem como as reflexões sobre as práticas pedagógicas dentro de uma abordagem mais atual, condizente com as teorias e pesquisas das novasas teorias e pesquisas das novas tendências educacionais, buscaram oportunizar um espaço mais amplo de investigação e compreensão das possibilidades de formação e trabalho do professor, bem como possibilitar novosprofessor, bem como possibilitar novos olhares para a formação do aluno e as responsabilidades e compromisso que acompanham essa trajetória.
  25. 25. Pergunta Seg ndo Po o alg mas atenções doSegundo Pozzo, algumas atenções do mestre sobre o fracasso da aprendizagem estão contempladas na alternativa: a) Os interesses, os motivos e os h i é i d diconhecimentos prévios dos aprendizes. b) A repetição de tarefas e dos cenários da aprendizagem para um mesmo conteúdo. c) A ausência de planejamento de situações em função dos contextos e tarefas em que os aprendizes devam recuperar oque os aprendizes devam recuperar o que foi aprendido. d) A promoção de problemas de aprendizagem ou tarefas fechadas e individualizantes.
  26. 26. É ÓATÉ A PRÓXIMA!

×