Ciclo de vida

5.573 visualizações

Publicada em

Trabalho de biologia, ciclo diplonte, haplonte, haplodiplonte

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.573
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
44
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Ciclo de vida

  1. 1. <ul><li>ETEC RUBENS DE FARIA E SOUZA </li></ul><ul><li>CICLO DE VIDA </li></ul><ul><li>SOROCABA </li></ul><ul><li>2009 </li></ul>
  2. 2. <ul><li>GRUPO 1 </li></ul><ul><li>ALESSANDRA NAKAYAMA N.01 </li></ul><ul><li>ANDREY MOREIRA N.06 </li></ul><ul><li>EVELIN ALMEIDA N.14 </li></ul><ul><li>KARINA BORGES N.23 </li></ul><ul><li>STEFANIE AMANCIO N.36 </li></ul>
  3. 3. <ul><li>MITOSE </li></ul><ul><ul><li>Prófase </li></ul></ul><ul><ul><li>Metáfase </li></ul></ul><ul><ul><li>Anáfase </li></ul></ul><ul><ul><li>Telófase </li></ul></ul>
  4. 4. <ul><li>MEIOSE </li></ul>
  5. 5. <ul><li>CICLO DE VIDA </li></ul><ul><li>CICLO DE VIDA HAPLONTE </li></ul><ul><ul><li>CÉLULAS HAPLÓIDES E DIPLÓIDES </li></ul></ul><ul><ul><li>COMO FUNCIONA O CICLO HAPLONTE </li></ul></ul>
  6. 9. <ul><li>CICLO DE VIDA DIPLONTE OU DIPLOBIONTE </li></ul><ul><li>A FASE DIPLÓIDE É DOMINANTE. </li></ul><ul><li>A MEIOSE É PRÉ-GAMÉTICA, OCORRENDO DURANTE A PRODUÇÃO DOS GAMETAS. </li></ul>
  7. 10. <ul><li>DA FECUNDAÇÃO RESULTA O ZIGOTO DIPLÓIDE, QUE SE DIVIDE E ORIGINA UM ORGANISMO PLURICELULAR DIPLONTE. </li></ul><ul><li>O ZIGOTO SOFRE MITOSES SUCESSIVAS, ORIGINANDO UM ORGANISMO MULTICELULAR COM CÉLULAS DIPLÓIDES QUE, POR MEIOSE, PRODUZ GAMETAS HAPLÓIDES. </li></ul>
  8. 11. <ul><li>O CICLO DE VIDA DO TIPO DIPLONTE É CARACTERÍSTICO DA MAIORIA DOS ANIMAIS E EM ALGUMAS ALGAS. </li></ul>
  9. 12. CICLO DE VIDA DIPLONTE
  10. 13. CICLO DE VIDA DIPLONTE - HOMEM
  11. 14. <ul><li>CICLO DE VIDA HAPLODIPLONTE </li></ul><ul><li>INCLUI ESTRUTURAS PLURICELULARES DIPLONTES E HAPLONTES; </li></ul><ul><li>OCORRE A FECUNDAÇÃO; </li></ul><ul><li>OCORREM VÁRIAS MITOSES, ORIGINANDO INÚMERAS CÉLULAS; FORMA-SE ASSIM UM ORGANISMO PLURICELULAR DIPLOIDE, DESIGNADO DE ESPORÓFITO. </li></ul>
  12. 15. <ul><li>CÉLULAS SOFREM MEIOSE (DÃO ORIGEM A CÉLULAS HAPLÓIDES); </li></ul><ul><li>CÉLULAS HAPLÓIDES VÃO SE DIVIDIR, OCORRENDO MITOSES. ESTA DIVISÃO PERMITE A FORMAÇÃO DE UMA ESTRUTURA PLURICELULAR (GAMETÓFITO), DESTA VEZ HAPLÓIDE. </li></ul><ul><li>F ORMAM-SE GAMETAS QUE POSTERIORMENTE IRÃO SE FECUNDAR, ORIGINANDO UM NOVO CICLO. </li></ul>
  13. 17. <ul><li>OCORRE NA ESPÉCIE HUMANA; </li></ul>
  14. 18. <ul><li>Bibliografia </li></ul><ul><li>http://www.cefeteq.br/dna/temas/meiose.PDF </li></ul><ul><li>http://pt.shvoong.com/exact-sciences/biology/1656707-terra-universo-vida/ </li></ul>

×