SlideShare uma empresa Scribd logo

Auriculoterapia 2011

Auriculo

1 de 28
Ministrado por: Prof. MSc Sebastião Paulo Theodoro dos Santos
A aurículoterapia é uma técnica terapêutica que trata disfunções e promove analgesia através de estímulos em pontos reflexos na orelha externa ou no pavilhão auricular.  Visa também harmonizar as funções dos Zang/Fu (órgãos e vísceras) e das enfermidades físicas e mentais promovendo um tratamento de saúde, aproveitando o reflexo que a auricular exerce sobre o sistema nervoso central. (Souza M., 2001; Yamamura Y., 2001; Reichmann B. T., 2002.).  
A orelha externa é um dos vários microssistemas do corpo humano, assim como as palmas das mãos, as plantas dos pés, o crânio, as regiões laterais da coluna vertebral. Na escola chinesa o pavilhão auricular possui mais de 200 pontos para tratamento, na escola francesa, possui cerca de 30 pontos. (Reichmann B. T., 2002) Ao efetuar a sensibilização desses pontos por agulhas de acupuntura, o cérebro recebe um impulso que relacionado com a área do corpo, produz o tratamento. (Souza M., 2001)
Segundo Yasao Yamamura, 2001 a acupuntura auricular é um método diagnóstico e terapêutico que tem valor reconhecido, mas que não deve ser utilizado como terapêutica isolada, uma vez que não reverte o processo de adoecimento, apenas exerce efeitos sintomáticos, sendo sua aplicação ideal, como método auxiliar, nos tratamentos sintomáticos, potencializando seus efeitos.  Na conceituação do Neiging, dos doze meridianos de acupuntura sistêmica, seis tem relação direta com a orelha: Triplo Aquecedor, Intestino Delgado, Estômago, Vesícula Biliar, Bexiga e Circulação e Sexo. Os demais Intestino Grosso, Pulmão, Coração, Rim, Fígado e Baço Pâncreas estão relacionados indiretamente com a aurícula através dos meridianos de ligação e vasos maravilhosos sob este aspectos as duas técnicas se completam (Souza M., 2001).
A energia que nutre a orelha pode penetrar nela diretamente por meio dos pontos de acupuntura do canal unitário Shao Yang (Triplo Aquecedor) e Dan (Vesícula Biliar), bem como canal principal Gan (Fígado), por outro lado à orelha representa a “abertura” sensorial do Shen (Rins) e é fundamentalmente dependente do Qi desse zang. (Explicação sobre os Zang-Fu – Órgãos e Vísceras )   Dentro da medicina chinesa existe o conceito de energia Yin (receptiva) e Yang (expansiva), onde órgãos são considerados predominantemente Yin (peças maciças) e as vísceras predominantemente Yang (por serem ocas). Zang se refere aos órgãos internos superiores e Fu refere-se aos órgãos internos inferiores.    
As partes da orelha externa são: - Lóbulo - Hélice - Ramo da Hélice - Antiélice - Ramo superior da antélice - Ramo inferior da antélice - Escafa - Fossa Triangular - Concha (parte superior) - Concha (parte inferior) - Trago - Antítrago - Incisura supratrágica - Incisura intertrágica - Incisura do antítrago - Antélice - Dorso

Recomendados

Apostila+de+auriculoacupuntura+chinesablzdeaco
Apostila+de+auriculoacupuntura+chinesablzdeacoApostila+de+auriculoacupuntura+chinesablzdeaco
Apostila+de+auriculoacupuntura+chinesablzdeacoFisio Júnias
 
Processo de Saúde e Doença na Acupuntura / MTC
Processo de Saúde e Doença na Acupuntura / MTCProcesso de Saúde e Doença na Acupuntura / MTC
Processo de Saúde e Doença na Acupuntura / MTCcomunidadedepraticas
 
Conceitos Fundamentais e diagnóstico em Acupuntura/MTC
Conceitos Fundamentais e diagnóstico em Acupuntura/MTCConceitos Fundamentais e diagnóstico em Acupuntura/MTC
Conceitos Fundamentais e diagnóstico em Acupuntura/MTCcomunidadedepraticas
 
Medicina Tradicional Chinesa e a Biomedicina
Medicina Tradicional Chinesa e a BiomedicinaMedicina Tradicional Chinesa e a Biomedicina
Medicina Tradicional Chinesa e a Biomedicinacomunidadedepraticas
 
Aurículoterapia - Débora Garcia
Aurículoterapia - Débora GarciaAurículoterapia - Débora Garcia
Aurículoterapia - Débora GarciaFelipe Galdiano
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Auriculoterapia inspeção do pavilhão auricular
Auriculoterapia   inspeção do pavilhão auricularAuriculoterapia   inspeção do pavilhão auricular
Auriculoterapia inspeção do pavilhão auricularCarlos Pernambuco
 
Combinação de pontos auriculares na estética
Combinação de pontos auriculares na estéticaCombinação de pontos auriculares na estética
Combinação de pontos auriculares na estéticaKetheleen Medeiros
 
Conceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTC
Conceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTCConceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTC
Conceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTCcomunidadedepraticas
 
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...http://www.saudebio.com Bio
 
Oficina de Noções Básicas da Medicina Tradicional Chinesa/Acupuntura
Oficina de Noções Básicas da Medicina Tradicional Chinesa/AcupunturaOficina de Noções Básicas da Medicina Tradicional Chinesa/Acupuntura
Oficina de Noções Básicas da Medicina Tradicional Chinesa/AcupunturaFrankly Eudes
 

Mais procurados (20)

Auriculoterapia lar 05
Auriculoterapia lar   05Auriculoterapia lar   05
Auriculoterapia lar 05
 
Acupuntura em odontologia
Acupuntura em odontologiaAcupuntura em odontologia
Acupuntura em odontologia
 
37060073 apostila-meridianos-2009
37060073 apostila-meridianos-200937060073 apostila-meridianos-2009
37060073 apostila-meridianos-2009
 
Medicina chinesa - fundamentos
Medicina chinesa - fundamentosMedicina chinesa - fundamentos
Medicina chinesa - fundamentos
 
Auriculoterapia inspeção do pavilhão auricular
Auriculoterapia   inspeção do pavilhão auricularAuriculoterapia   inspeção do pavilhão auricular
Auriculoterapia inspeção do pavilhão auricular
 
Diagnóstico em MTC
Diagnóstico em MTCDiagnóstico em MTC
Diagnóstico em MTC
 
Técnicas em MTC
Técnicas em MTCTécnicas em MTC
Técnicas em MTC
 
Auriculopuntura
AuriculopunturaAuriculopuntura
Auriculopuntura
 
Os 6 Estágios na Medicina Tradicional Chinesa
Os 6 Estágios na Medicina Tradicional Chinesa Os 6 Estágios na Medicina Tradicional Chinesa
Os 6 Estágios na Medicina Tradicional Chinesa
 
Cromoterapia
CromoterapiaCromoterapia
Cromoterapia
 
Anamnese shiatsu
Anamnese shiatsuAnamnese shiatsu
Anamnese shiatsu
 
Combinação de pontos auriculares na estética
Combinação de pontos auriculares na estéticaCombinação de pontos auriculares na estética
Combinação de pontos auriculares na estética
 
Acupuntura aula
Acupuntura aulaAcupuntura aula
Acupuntura aula
 
Conceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTC
Conceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTCConceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTC
Conceitos Básicos de Recursos Terapêuticos em Acupuntura/MTC
 
Atlas De Meridianos
Atlas De MeridianosAtlas De Meridianos
Atlas De Meridianos
 
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
SÍNDROMES NA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA E PADRÕES DE DESARMONIA E MANIFESTA...
 
Massagem Auricular
Massagem AuricularMassagem Auricular
Massagem Auricular
 
Vaso governador
Vaso governadorVaso governador
Vaso governador
 
Acupuntura estética modulo 3
Acupuntura estética modulo 3Acupuntura estética modulo 3
Acupuntura estética modulo 3
 
Oficina de Noções Básicas da Medicina Tradicional Chinesa/Acupuntura
Oficina de Noções Básicas da Medicina Tradicional Chinesa/AcupunturaOficina de Noções Básicas da Medicina Tradicional Chinesa/Acupuntura
Oficina de Noções Básicas da Medicina Tradicional Chinesa/Acupuntura
 

Semelhante a Auriculoterapia 2011

Curso de auriculoterapia k1
Curso de auriculoterapia k1Curso de auriculoterapia k1
Curso de auriculoterapia k1kojji
 
Guia de Terapia Neural
Guia de Terapia NeuralGuia de Terapia Neural
Guia de Terapia NeuralEmmanuelDuque3
 
46651513 resumao-enfermagem
46651513 resumao-enfermagem46651513 resumao-enfermagem
46651513 resumao-enfermagemElisama Cruz
 
Acupuntura auricular
Acupuntura auricularAcupuntura auricular
Acupuntura auricularbarrosilson
 
V-Congresso-MESTRE-TUNG-Marcos-Yau.pdf
V-Congresso-MESTRE-TUNG-Marcos-Yau.pdfV-Congresso-MESTRE-TUNG-Marcos-Yau.pdf
V-Congresso-MESTRE-TUNG-Marcos-Yau.pdfPauloDias230820
 
Acupuntura de mestre tung
Acupuntura de mestre tungAcupuntura de mestre tung
Acupuntura de mestre tungbarrosilson
 
Fascículo de Patologia.pptx
Fascículo de Patologia.pptxFascículo de Patologia.pptx
Fascículo de Patologia.pptxCiriloSantos6
 
Anatomia para auriculo beleza de aço
Anatomia para auriculo beleza de açoAnatomia para auriculo beleza de aço
Anatomia para auriculo beleza de açoFisio Júnias
 
Conceitos Básicos MTC parte 6
Conceitos Básicos MTC parte 6Conceitos Básicos MTC parte 6
Conceitos Básicos MTC parte 6Andreia Moreira
 
I_e_I_A_ARTE_DO_DIAGNOSTICO_NA_MEDICINA.pdf
I_e_I_A_ARTE_DO_DIAGNOSTICO_NA_MEDICINA.pdfI_e_I_A_ARTE_DO_DIAGNOSTICO_NA_MEDICINA.pdf
I_e_I_A_ARTE_DO_DIAGNOSTICO_NA_MEDICINA.pdfArnaldo Alves
 
Orelha interna
Orelha internaOrelha interna
Orelha internaDario Hart
 
Farmacologia aplicada em urgência e emergência e rcp resumo
Farmacologia aplicada em urgência e emergência e rcp  resumoFarmacologia aplicada em urgência e emergência e rcp  resumo
Farmacologia aplicada em urgência e emergência e rcp resumoValdemir Junior
 

Semelhante a Auriculoterapia 2011 (20)

Curso de auriculoterapia k1
Curso de auriculoterapia k1Curso de auriculoterapia k1
Curso de auriculoterapia k1
 
Auriculoterapia lar 03
Auriculoterapia lar   03Auriculoterapia lar   03
Auriculoterapia lar 03
 
47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa
47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa
47930901 37060761-apostila-auriculo-francesa
 
Guia de Terapia Neural
Guia de Terapia NeuralGuia de Terapia Neural
Guia de Terapia Neural
 
Auriculoterapia lar 02
Auriculoterapia lar   02Auriculoterapia lar   02
Auriculoterapia lar 02
 
46651513 resumao-enfermagem
46651513 resumao-enfermagem46651513 resumao-enfermagem
46651513 resumao-enfermagem
 
Reflexologia
ReflexologiaReflexologia
Reflexologia
 
Auriculoterapia lar 04
Auriculoterapia lar   04Auriculoterapia lar   04
Auriculoterapia lar 04
 
Acupuntura auricular
Acupuntura auricularAcupuntura auricular
Acupuntura auricular
 
167682767 apostila-acupuntura-laser
167682767 apostila-acupuntura-laser167682767 apostila-acupuntura-laser
167682767 apostila-acupuntura-laser
 
AAP3
AAP3AAP3
AAP3
 
V-Congresso-MESTRE-TUNG-Marcos-Yau.pdf
V-Congresso-MESTRE-TUNG-Marcos-Yau.pdfV-Congresso-MESTRE-TUNG-Marcos-Yau.pdf
V-Congresso-MESTRE-TUNG-Marcos-Yau.pdf
 
Acupuntura de mestre tung
Acupuntura de mestre tungAcupuntura de mestre tung
Acupuntura de mestre tung
 
Cromoterapia
CromoterapiaCromoterapia
Cromoterapia
 
Fascículo de Patologia.pptx
Fascículo de Patologia.pptxFascículo de Patologia.pptx
Fascículo de Patologia.pptx
 
Anatomia para auriculo beleza de aço
Anatomia para auriculo beleza de açoAnatomia para auriculo beleza de aço
Anatomia para auriculo beleza de aço
 
Conceitos Básicos MTC parte 6
Conceitos Básicos MTC parte 6Conceitos Básicos MTC parte 6
Conceitos Básicos MTC parte 6
 
I_e_I_A_ARTE_DO_DIAGNOSTICO_NA_MEDICINA.pdf
I_e_I_A_ARTE_DO_DIAGNOSTICO_NA_MEDICINA.pdfI_e_I_A_ARTE_DO_DIAGNOSTICO_NA_MEDICINA.pdf
I_e_I_A_ARTE_DO_DIAGNOSTICO_NA_MEDICINA.pdf
 
Orelha interna
Orelha internaOrelha interna
Orelha interna
 
Farmacologia aplicada em urgência e emergência e rcp resumo
Farmacologia aplicada em urgência e emergência e rcp  resumoFarmacologia aplicada em urgência e emergência e rcp  resumo
Farmacologia aplicada em urgência e emergência e rcp resumo
 

Auriculoterapia 2011

  • 1. Ministrado por: Prof. MSc Sebastião Paulo Theodoro dos Santos
  • 2. A aurículoterapia é uma técnica terapêutica que trata disfunções e promove analgesia através de estímulos em pontos reflexos na orelha externa ou no pavilhão auricular. Visa também harmonizar as funções dos Zang/Fu (órgãos e vísceras) e das enfermidades físicas e mentais promovendo um tratamento de saúde, aproveitando o reflexo que a auricular exerce sobre o sistema nervoso central. (Souza M., 2001; Yamamura Y., 2001; Reichmann B. T., 2002.).  
  • 3. A orelha externa é um dos vários microssistemas do corpo humano, assim como as palmas das mãos, as plantas dos pés, o crânio, as regiões laterais da coluna vertebral. Na escola chinesa o pavilhão auricular possui mais de 200 pontos para tratamento, na escola francesa, possui cerca de 30 pontos. (Reichmann B. T., 2002) Ao efetuar a sensibilização desses pontos por agulhas de acupuntura, o cérebro recebe um impulso que relacionado com a área do corpo, produz o tratamento. (Souza M., 2001)
  • 4. Segundo Yasao Yamamura, 2001 a acupuntura auricular é um método diagnóstico e terapêutico que tem valor reconhecido, mas que não deve ser utilizado como terapêutica isolada, uma vez que não reverte o processo de adoecimento, apenas exerce efeitos sintomáticos, sendo sua aplicação ideal, como método auxiliar, nos tratamentos sintomáticos, potencializando seus efeitos. Na conceituação do Neiging, dos doze meridianos de acupuntura sistêmica, seis tem relação direta com a orelha: Triplo Aquecedor, Intestino Delgado, Estômago, Vesícula Biliar, Bexiga e Circulação e Sexo. Os demais Intestino Grosso, Pulmão, Coração, Rim, Fígado e Baço Pâncreas estão relacionados indiretamente com a aurícula através dos meridianos de ligação e vasos maravilhosos sob este aspectos as duas técnicas se completam (Souza M., 2001).
  • 5. A energia que nutre a orelha pode penetrar nela diretamente por meio dos pontos de acupuntura do canal unitário Shao Yang (Triplo Aquecedor) e Dan (Vesícula Biliar), bem como canal principal Gan (Fígado), por outro lado à orelha representa a “abertura” sensorial do Shen (Rins) e é fundamentalmente dependente do Qi desse zang. (Explicação sobre os Zang-Fu – Órgãos e Vísceras )   Dentro da medicina chinesa existe o conceito de energia Yin (receptiva) e Yang (expansiva), onde órgãos são considerados predominantemente Yin (peças maciças) e as vísceras predominantemente Yang (por serem ocas). Zang se refere aos órgãos internos superiores e Fu refere-se aos órgãos internos inferiores.    
  • 6. As partes da orelha externa são: - Lóbulo - Hélice - Ramo da Hélice - Antiélice - Ramo superior da antélice - Ramo inferior da antélice - Escafa - Fossa Triangular - Concha (parte superior) - Concha (parte inferior) - Trago - Antítrago - Incisura supratrágica - Incisura intertrágica - Incisura do antítrago - Antélice - Dorso
  • 9. O estímulo auricular, pela agulha, leva a uma ação de uma série de reflexos condicionados. Os pontos auriculares integram um circuito com capacidade racional, formando uma teia de ligações dentro do córtex cerebral. Isto explica os reflexos longos hipodiencefálicos e corticoencefálicos que terminam por agir sobre a formação reticulada do sistema nervoso central. Com isso ocorre uma melhora sensível do tônus de sistema nervoso e da reatividade do sistema neurovegetativo. Um estímulo auricular, mesmo sendo débil, acelera uma série de reflexos que provocam reações imediatas ou demoradas, temporárias ou permanentes, passageiras ou definitivas, todas elas de natureza terapêuticas. O efeito é imediato. O estímulo leva o cérebro a agir sobre todos os órgãos, membros e suas funções, equilibrando e harmonizando o organismo, provocando assim a eliminação dos males que acometem o indivíduo.
  • 10. A aurículoterapia usa tanto os diagnósticos clínicos como os alternativos para seus programas de tratamento, faz uso, também de uma técnica denominada “aurículo-diagnóstico”.   Aurículodiagnóstico: Quando um órgão ou suas funções apresenta algum distúrbio, a área auricular correspondente sofre uma alteração pigmentar, apresentando manchas, tubérculos, vascularizações, secura ou maior secreção sebácea. São sinais característicos da existência de desequilíbrio. Os pontos auriculares correspondentes se tornam extremamente sensíveis ao toque ou à aplicação de agulhas.  
  • 11. As duas orelhas deverão ser examinadas. De modo sucinto, podemos dizer que a orelha presta-se ao diagnóstico através das marcas, da sensibilidade, da profundidade das marcas, da sensibilidade, da profundidade da marca ao pressionar-se o apalpador e da exploração elétrica. Existem pelo menos dois métodos de se examinar a orelha: Através da inspeção, para se observar   - a posição e as alterações de cores - os pontos de escamação - as manchas - as dilatações de vasos - os pontos com exantema - a oleosidade   Através da pressão - localizarmos pontos de dor - observamos alterações de cor  
  • 12. A orelha não deve ser lavada ou manipulada antes do exame, mas ser limpa só após o mesmo, quando as áreas com alterações já tiverem sido marcadas pela pressão. Deve-se distinguir a coloração que é provocada por afecção daquela que apresenta diferença na pigmentação da pele. Através da pressão sobre as colorações diferentes, sabe-se quando a “mancha” não indicativa de lesão ou de determinado órgão ou víscera, pois a cor não se altera. Caso a cor se altere, o ponto deve ser considerado para tratamento .
  • 13. Cor vermelha - Tom claro : indicativo que a doença está no início ou que a doença já foi curada, mas está retornando - Tom médio : sintoma de doença crônica e/ou de dor - Tom escuro : sintoma de doença mais grave - Formato irregular, com elevação : doença crônica, tais como gastrite, doença reumática - Mancha branca circundada por borda vermelha sem nitidez : geralmente indicativo de doença cardíaca, reumática - Mancha branca com ponto vermelho no centro : indicativo de doença aguda, tal como gastrite  Cor cinza , Indicativo de tumor (quando aparece e desaparece sob pressão, geralmente na região de tumor)  Cor marrom Provocada por estagnação da energia e do sangue : doença crônica em andamento ou doença crônica, como tumor das glândulas mamárias, que já foi curada, pois a cor marrom leva tempo a desaparecer da superfície da orelha
  • 14. Ressecamento da pele indica enfermidade de natureza crônica, exigindo um estímulo de tonificação. Exsudação sebácea indica enfermidade de natureza sub-aguda: usa-se estímulos de sedação. Sudorese indica tendências à doença degenerativa: tonificam-se os pontos onde houver esse sinal. Quistos e tubérculos que são sinais indicativos de patologias aguda que está ocorrendo ou irá ocorrer em órgãos a que esses pontos se referem. No caso da existência da enfermidade deve-se neste caso fazer sedação nesses pontos. Não havendo sintomas, tonificam-se os pontos. Pêlos e escamações , que indicam, o primeiro caso, degeneração senil e o segundo, enfermidade crônica. A conduta é a tonificação dos pontos existentes na área.  
  • 15. Hiperestesia , indicativa de enfermidade agudas ou subagudas. Conduta recomendada neste caso é sedação.   Hipoestesia , que indica enfermidade crônica. Neste caso a conduta é a tonificação.  
  • 16. Reações normais e esperadas:   1- calor: em pelo menos 80% dos casos (bom sintoma); 2- adormecimento: ocorre em percentagem menor (é um sinal de êxito no tratamento); 3- dor: ocorre em quase 100% dos pacientes, caracteriza-se como uma dor forte, profunda, de dentro para fora, às vezes lacitante e em forma de pontada ou fisgada; 4- dor na orelha oposta ao tratamento; 5- Contraturas: indicativo de afecções do sistema nervoso; 6- movimentos peristálticos: geralmente quando é usado pontos da área gastrointestinal; 7- sensação de algo passando sobre a pele; 8- sangria espontânea: em pontos com excesso ou acúmulo de Qi quando estimulados pela agulha; a sensação é geralmente de alívio imediato para o paciente.  
  • 17. Reações anormais ou inesperadas:   Uma minoria de pacientes apresenta essas sensações ou efeitos colaterais à acupuntura auricular. Os efeitos mais comuns são: 1- tontura; 2- palidez; 3- hipotensão; 4- sudorese.
  • 18. Quando tais sintomas ocorrerem, deve-se encostar o paciente, retirar-lhe as agulhas, dar-lhe um pouco de água e conversar e acalmá-lo. Caso os efeitos colaterais sejam mais pronunciados, o acupuntor deverá retirar as agulhas imediatamente, colocar o paciente em posição horizontal, com a cabeça mais baixa do que o corpo, e aplicar-lhe agulhas nos pontos, occipital, adrenal, coração e subcórtex.   A utilização dos pontos rins e adrenal pode também causar efeitos colaterais, tais como tontura, náuseas, dificuldade em abrir a boca e resfriamento dos membros devido à secreção glandular profunda.   A aurículoterapia é contra indicada para mulheres grávidas. Deve-se evitar também a inserção das agulhas na concha, parte inferior, do pavilhão auricular que se mostrar muito vermelha. Quando o paciente está com um problema pulmonar, usar esferas ou sementes na concha, parte inferior, para evitar possíveis inflamações.   Se a orelha estiver inflamada, esperar-se que a inflamação cesse para que se inicie o tratamento. Em pacientes que apresentam caquexia ou anemia, aconselha-se que os mesmos sejam tratados ditados, evitando que poderão provocar reação muito forte.  
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28. CONTATO Email: sptheodoro@hotmail.com Tel (21) 8745-1944 PAZ E HARMONIA - OBRIGADO