SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
1
A AUTOCRÍTICA QUE A ESQUERDA PRECISA FAZER
Fernando Alcoforado*
Esquerda e Direita são uma forma comum de classificar posições políticas, ideológicas,
ou partidos políticos. Esses termos surgiram com o advento da Revolução Francesa em
1789. Durante o reinado de Luis XVI, os membros do Terceiro Estado, que indicava as
pessoas que não faziam parte do clero (Primeiro Estado) nem da nobreza (Segundo
Estado), se sentavam à esquerda do rei enquanto os do clero e da nobreza se sentavam à
direita. Os mais radicais que normalmente eram contra as decisões do rei ficaram
conhecidos como a esquerda enquanto os favoráveis às decisões eram os de direita.
Bobbio afirma que uma diferença fundamental entre esquerda e direita é a de que a
primeira é defensora intransigente da igualdade e a direita não. A esquerda acredita que
a maior parte das desigualdades é social e, enquanto tal, eliminável e a direita acha que
a maior parte delas é natural e, portanto, ineliminável (BOBBIO, Norberto. Direita e
esquerda. São Paulo: Editora UNESP, 1995).
O confronto entre a direita e a esquerda atingiu as culminâncias em todo o mundo com o
advento da Revolução Russa em 1917, a constituição do bloco de países socialistas no
leste europeu e a luta de libertação nacional que levou à descolonização ocorrida em
vários países da periferia capitalista após a 2ª Guerra Mundial, a Revolução Chinesa em
1949, a Revolução Cubana em 1959 e a Guerra do Vietnam. As vitórias alcançadas
pelos movimentos de esquerda em todo o mundo no século XX criaram a sensação de
que um mundo novo, socialista, mesmo com matizes diferentes em cada país, estaria em
gestação.
Mudar o mundo através do Estado foi o paradigma que predominou no âmbito dos
partidos políticos de esquerda do século XVIII até a década de 1990 do século XX
quando ocorreu o desmantelamento da União Soviética e dos países socialistas do leste
europeu. A tese dos partidos políticos de esquerda que fundamentava essas concepções
é simples: conquista-se o Estado que até então era um instrumento da burguesia e o
transforma em um instrumento da classe trabalhadora através da Reforma ou da
Revolução Social. A tese de considerar o Estado como centro irradiador da mudança foi
um rotundo fracasso em todas as partes do mundo, tanto nos países que tentaram
construir o socialismo, quanto nos países periféricos que adotaram uma postura
nacionalista na promoção de seu desenvolvimento.
Ambos os enfoques, o reformista e o revolucionário fracassaram no seu projeto de
mudar pacificamente ou revolucionariamente a sociedade. Com o fim do socialismo real
na década de 1990, a esquerda que nasceu em 1848 e conquistou o poder em vários
países perdeu o rumo. Esta perda de rumo da esquerda aconteceu devido, sobretudo, à
falta de um projeto alternativo ao que foi implantado na União Soviética e em outros
países. No Brasil e no mundo, a ação política da velha esquerda ficou reduzida
fundamentalmente à sua participação nas eleições parlamentares abdicando das teses
nacionalistas e da revolução social que sempre foram os principais móveis de sua
atuação política no passado. Em vários países do mundo, partidos de esquerda que
conquistaram o poder, adotam teses liberais ou neoliberais com a concessão de amplas
benesses às classes dominantes, sobretudo as do setor financeiro, e de “esmolas” aos
integrantes das camadas sociais inferiores da sociedade como ocorreu no Brasil com o
2
programa “Bolsa Familia” de transferência de renda durante os governos Lula e Dilma
Rousseff.
Ressalte-se que o velho projeto socialista como foi construido na União Soviética e em
outros países se transformou em capitalismo de estado, com o poder político exercido de
forma despótica e corrupta por uma burguesia de tipo novo (burguesia de estado ou
Nomenclatura). Até a China, considerado exemplo de país socialista autêntico, aderiu
inteiramente ao modo de produção capitalista com a implantação do capitalismo de
estado e sua integração ao sistema capitalista mundial. A atual crise mundial evidenciou
um vazio teórico das esquerdas. Frente à crise do socialismo, a velha esquerda nada
apresentou como alternativa. A posição assumida pela velha esquerda se resumiu,
basicamente, à reprodução das ideias Keynesianas que é uma solução tipicamente
capitalista adotada após a 2ª Guerra Mundial.
Alguns partidos da velha esquerda no Brasil abdicaram inteiramente da revolução social
como caminho para realizar as mudanças sociais e o PT, que surgiu em oposição aos
partidos da velha esquerda, com o propósito, em tese, de lutar pelo socialismo
democrático, abandonou este objetivo substituindo-o por um projeto de poder para
usufruir de suas vantagens como ficou evidenciado nos processos do mensalão e do
petrolão os quais demonstraram haver corrupção sistêmica nos governos Lula e Dilma
Rousseff. Os partidos da velha esquerda e o PT no poder colaboraram com as classes
dominantes não apenas no seu enriquecimento, mas também, para desmobilizar os
movimentos sociais na luta pelos seus interesses graças a sua influência nos
movimentos sindicais. Os governos Lula e Dilma Rousseff mantiveram a mesma
política econômica e financeira neoliberal do governo FHC de subordinação do País aos
interesses do sistema financeiro nacional e internacional, além de ter feito alianças com
a escória da política brasileira representada por Michel Temer, José Sarney, Fernando
Collor e Renan Calheiros, entre outros.
O balanço dos governos Lula e Dilma Roussef indica o descompromisso de ambos os
governantes, do PT e dos seus aliados partidos de esquerda com as grandes lutas do
povo brasileiro levadas avante nos últimos 50 anos, numa incoerência histórica traidora.
Esta incoerência se coloca nos planos econômico, social, político e moral. A incoerência
no plano econômico se manifesta no fato de ambos os governos terem dado
continuidade à política neoliberal e antinacional dos governos Fernando Collor, Itamar
Franco e Fernando Henrique Cardoso seguindo o que estabeleceu o Consenso de
Washington na década de 1990. Uma das grandes expectativas que se criou com a
vitória dos governos do PT é a de que seria dado início ao processo de emancipação
nacional com a superação da dependência do Brasil ao capital estrangeiro e o
fortalecimento dos setores produtivos pertencentes a brasileiros. Ao contrário, o que se
verificou foi o aumento da dependência financeira e tecnológica do Brasil em relação ao
exterior e a desnacionalização da economia brasileira.
Os governos Lula e Dilma Roussef não foram capazes de promover o crescimento
econômico do Brasil de forma sustentável com taxas acima de 5% ao ano necessárias à
geração de emprego e renda no Brasil. A taxa média de crescimento de 2002 a 2016 foi
de 3,45% ao ano. O fracasso dos governos Lula e Dilma Roussef no plano social se
traduz no fato de não ter promovido a verdadeira inclusão social da população pobre
com sua inserção ao mercado de trabalho como consequência do crescimento do PIB,
isto é, do aumento da riqueza nacional. Houve uma falsa inclusão social porque ela se
3
realizou com a concessão de “esmolas” a 50 milhões de brasileiros pobres através do
programa Bolsa Família com recursos do Tesouro. O fracasso dos governos do PT no
plano social é materializado, também, no fato de ter contribuído para a geração no
Brasil de 13 milhões de desempregados. O mais grave de tudo reside no fato de os
governos do PT terem contribuído para a volta da direita ao poder com a posse de
Michel Temer na presidência da República após o desastroso governo Dilma Rousseff
O comportamento carente de ética e moral dos ex-presidentes Lula e Dilma Roussef
colocou em xeque também todos os militantes sérios do PT, dos partidos aliados e
personalidades que os apoiam que deveriam reagir fazendo sua autocrítica. A
respeitabilidade do PT e dos partidos aliados de esquerda foi destruída pelos governos
dos ex-presidentes Lula e Dilma Roussef. Esta deveria ser, portanto, a autocrítica que os
partidos de esquerda deveriam fazer no Brasil.
*Fernando Alcoforado, 77, membro da Academia Baiana de Educação, engenheiro e doutor em
Planejamento Territorial e Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, professor
universitário e consultor nas áreas de planejamento estratégico, planejamento empresarial, planejamento
regional e planejamento de sistemas energéticos, é autor dos livros Globalização (Editora Nobel, São
Paulo, 1997), De Collor a FHC- O Brasil e a Nova (Des)ordem Mundial (Editora Nobel, São Paulo,
1998), Um Projeto para o Brasil (Editora Nobel, São Paulo, 2000), Os condicionantes do
desenvolvimento do Estado da Bahia (Tese de doutorado. Universidade de
Barcelona,http://www.tesisenred.net/handle/10803/1944, 2003), Globalização e Desenvolvimento
(Editora Nobel, São Paulo, 2006), Bahia- Desenvolvimento do Século XVI ao Século XX e Objetivos
Estratégicos na Era Contemporânea (EGBA, Salvador, 2008), The Necessary Conditions of the
Economic and Social Development- The Case of the State of Bahia (VDM Verlag Dr. Müller
Aktiengesellschaft & Co. KG, Saarbrücken, Germany, 2010), Aquecimento Global e Catástrofe
Planetária (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2010), Amazônia Sustentável-
Para o progresso do Brasil e combate ao aquecimento global (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do
Rio Pardo, São Paulo, 2011), Os Fatores Condicionantes do Desenvolvimento Econômico e Social
(Editora CRV, Curitiba, 2012), Energia no Mundo e no Brasil- Energia e Mudança Climática
Catastrófica no Século XXI (Editora CRV, Curitiba, 2015) e As Grandes Revoluções Científicas,
Econômicas e Sociais que Mudaram o Mundo (Editora CRV, Curitiba, 2016). Possui blog na Internet
(http://fernando.alcoforado.zip.net). E-mail: falcoforado@uol.com.br.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

A ausência de protagonismo do povo brasileiro na história do brasil
A ausência de protagonismo do povo brasileiro na história do brasilA ausência de protagonismo do povo brasileiro na história do brasil
A ausência de protagonismo do povo brasileiro na história do brasilFernando Alcoforado
 
Sallum metamorfoses do estado
Sallum metamorfoses do estadoSallum metamorfoses do estado
Sallum metamorfoses do estadoPains Lúcia
 
O brasil atual e suas perspectivas
O brasil atual e suas perspectivasO brasil atual e suas perspectivas
O brasil atual e suas perspectivasFernando Alcoforado
 
Black bloc vândalos, anarquistas ou fascistas
Black bloc vândalos, anarquistas ou fascistasBlack bloc vândalos, anarquistas ou fascistas
Black bloc vândalos, anarquistas ou fascistasFernando Alcoforado
 
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasilComo evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasilFernando Alcoforado
 
Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9
Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9
Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9Laboratório de História
 
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.Ancelmonetto
 
O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...
O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...
O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...Fernando Alcoforado
 
Burocracia pública e classe dirigente no brasil
Burocracia pública e classe dirigente no brasilBurocracia pública e classe dirigente no brasil
Burocracia pública e classe dirigente no brasilIranilton Marcolino
 
O Decênio que mudou o Brasil
O Decênio que mudou o BrasilO Decênio que mudou o Brasil
O Decênio que mudou o BrasilPT Paraná
 
A conciliação pelo alto para manter o status quo e salvar michel temer e os p...
A conciliação pelo alto para manter o status quo e salvar michel temer e os p...A conciliação pelo alto para manter o status quo e salvar michel temer e os p...
A conciliação pelo alto para manter o status quo e salvar michel temer e os p...Fernando Alcoforado
 
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futurosO gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futurosFernando Alcoforado
 
A serpente jararaca lula e o futuro do brasil
A serpente  jararaca  lula e o futuro do brasilA serpente  jararaca  lula e o futuro do brasil
A serpente jararaca lula e o futuro do brasilFernando Alcoforado
 

Mais procurados (17)

A ausência de protagonismo do povo brasileiro na história do brasil
A ausência de protagonismo do povo brasileiro na história do brasilA ausência de protagonismo do povo brasileiro na história do brasil
A ausência de protagonismo do povo brasileiro na história do brasil
 
Sallum metamorfoses do estado
Sallum metamorfoses do estadoSallum metamorfoses do estado
Sallum metamorfoses do estado
 
O brasil atual e suas perspectivas
O brasil atual e suas perspectivasO brasil atual e suas perspectivas
O brasil atual e suas perspectivas
 
Black bloc vândalos, anarquistas ou fascistas
Black bloc vândalos, anarquistas ou fascistasBlack bloc vândalos, anarquistas ou fascistas
Black bloc vândalos, anarquistas ou fascistas
 
1438 2444-1-pb
1438 2444-1-pb1438 2444-1-pb
1438 2444-1-pb
 
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasilComo evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
 
Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9
Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9
Guia de estudo para o teste aos módulos 7 8 e 9
 
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
 
O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...
O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...
O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...
 
Era vargas
Era vargasEra vargas
Era vargas
 
2 as ditaduras_no_cinema
2 as ditaduras_no_cinema2 as ditaduras_no_cinema
2 as ditaduras_no_cinema
 
Burocracia pública e classe dirigente no brasil
Burocracia pública e classe dirigente no brasilBurocracia pública e classe dirigente no brasil
Burocracia pública e classe dirigente no brasil
 
O Decênio que mudou o Brasil
O Decênio que mudou o BrasilO Decênio que mudou o Brasil
O Decênio que mudou o Brasil
 
A conciliação pelo alto para manter o status quo e salvar michel temer e os p...
A conciliação pelo alto para manter o status quo e salvar michel temer e os p...A conciliação pelo alto para manter o status quo e salvar michel temer e os p...
A conciliação pelo alto para manter o status quo e salvar michel temer e os p...
 
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futurosO gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
 
A serpente jararaca lula e o futuro do brasil
A serpente  jararaca  lula e o futuro do brasilA serpente  jararaca  lula e o futuro do brasil
A serpente jararaca lula e o futuro do brasil
 
Paper de dimas veras e
Paper de dimas veras ePaper de dimas veras e
Paper de dimas veras e
 

Semelhante a A autocrítica que a esquerda precisa fazer

A escalada do fascismo no brasil
A escalada do fascismo no brasilA escalada do fascismo no brasil
A escalada do fascismo no brasilFernando Alcoforado
 
O insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundo
O insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundoO insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundo
O insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundoFernando Alcoforado
 
A uniao europeia diante do avanco da extrema direita e da extrema esquerda
A uniao europeia diante do avanco da extrema direita e da extrema esquerdaA uniao europeia diante do avanco da extrema direita e da extrema esquerda
A uniao europeia diante do avanco da extrema direita e da extrema esquerdaRoberto Rabat Chame
 
A união europeia diante do avanço da extrema direita e da extrema esquerda
A união europeia diante do avanço da extrema direita e da extrema esquerdaA união europeia diante do avanço da extrema direita e da extrema esquerda
A união europeia diante do avanço da extrema direita e da extrema esquerdaFernando Alcoforado
 
A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...
A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...
A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...Fernando Alcoforado
 
A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...
A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...
A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...Roberto Rabat Chame
 
O fundamentalismo lulopetista e o risco de retrocesso político no brasil
O fundamentalismo lulopetista e o risco de retrocesso político no brasilO fundamentalismo lulopetista e o risco de retrocesso político no brasil
O fundamentalismo lulopetista e o risco de retrocesso político no brasilFernando Alcoforado
 
Projeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuro
Projeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuroProjeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuro
Projeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuroFernando Alcoforado
 
Projeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuro
Projeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuroProjeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuro
Projeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuroFernando Alcoforado
 
Apresentação Estado, Governo e Mercado
Apresentação Estado, Governo e MercadoApresentação Estado, Governo e Mercado
Apresentação Estado, Governo e MercadoVilsione Serra
 
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasilComo evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasilRoberto Rabat Chame
 
Defender a democracia para barrar o fascismo no brasil
Defender a democracia para barrar o fascismo no brasilDefender a democracia para barrar o fascismo no brasil
Defender a democracia para barrar o fascismo no brasilFernando Alcoforado
 
O fracasso do neoliberalismo no mundo
O fracasso do neoliberalismo no mundoO fracasso do neoliberalismo no mundo
O fracasso do neoliberalismo no mundoFernando Alcoforado
 
Do socialismo do século xxi ao social fascismo chavista na venezuela
Do socialismo do século xxi ao social fascismo chavista na venezuelaDo socialismo do século xxi ao social fascismo chavista na venezuela
Do socialismo do século xxi ao social fascismo chavista na venezuelaFernando Alcoforado
 
Causas do atraso econômico, político e social do brasil
Causas do atraso econômico, político e social do brasilCausas do atraso econômico, político e social do brasil
Causas do atraso econômico, político e social do brasilFernando Alcoforado
 
A afinidade do liberalismo com o fascismo
A afinidade do liberalismo com o fascismo A afinidade do liberalismo com o fascismo
A afinidade do liberalismo com o fascismo Fernando Alcoforado
 
Como construir a paz social no brasil
Como construir a paz social no brasilComo construir a paz social no brasil
Como construir a paz social no brasilFernando Alcoforado
 

Semelhante a A autocrítica que a esquerda precisa fazer (20)

A escalada do fascismo no brasil
A escalada do fascismo no brasilA escalada do fascismo no brasil
A escalada do fascismo no brasil
 
499 an 29_outubro_2014.ok
499 an 29_outubro_2014.ok499 an 29_outubro_2014.ok
499 an 29_outubro_2014.ok
 
O insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundo
O insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundoO insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundo
O insucesso na conquista da liberdade igualdade e fraternidade no mundo
 
A uniao europeia diante do avanco da extrema direita e da extrema esquerda
A uniao europeia diante do avanco da extrema direita e da extrema esquerdaA uniao europeia diante do avanco da extrema direita e da extrema esquerda
A uniao europeia diante do avanco da extrema direita e da extrema esquerda
 
A união europeia diante do avanço da extrema direita e da extrema esquerda
A união europeia diante do avanço da extrema direita e da extrema esquerdaA união europeia diante do avanço da extrema direita e da extrema esquerda
A união europeia diante do avanço da extrema direita e da extrema esquerda
 
A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...
A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...
A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...
 
A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...
A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...
A submissão do governo dilma roussef ao neoliberalismo no altar das finanças ...
 
O fundamentalismo lulopetista e o risco de retrocesso político no brasil
O fundamentalismo lulopetista e o risco de retrocesso político no brasilO fundamentalismo lulopetista e o risco de retrocesso político no brasil
O fundamentalismo lulopetista e o risco de retrocesso político no brasil
 
Projeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuro
Projeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuroProjeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuro
Projeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuro
 
Projeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuro
Projeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuroProjeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuro
Projeto de novo modelo de sociedade a ser edificado no futuro
 
Apresentação Estado, Governo e Mercado
Apresentação Estado, Governo e MercadoApresentação Estado, Governo e Mercado
Apresentação Estado, Governo e Mercado
 
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasilComo evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
 
Defender a democracia para barrar o fascismo no brasil
Defender a democracia para barrar o fascismo no brasilDefender a democracia para barrar o fascismo no brasil
Defender a democracia para barrar o fascismo no brasil
 
O fracasso do neoliberalismo no mundo
O fracasso do neoliberalismo no mundoO fracasso do neoliberalismo no mundo
O fracasso do neoliberalismo no mundo
 
Do socialismo do século xxi ao social fascismo chavista na venezuela
Do socialismo do século xxi ao social fascismo chavista na venezuelaDo socialismo do século xxi ao social fascismo chavista na venezuela
Do socialismo do século xxi ao social fascismo chavista na venezuela
 
Causas do atraso econômico, político e social do brasil
Causas do atraso econômico, político e social do brasilCausas do atraso econômico, político e social do brasil
Causas do atraso econômico, político e social do brasil
 
Política
Política  Política
Política
 
A afinidade do liberalismo com o fascismo
A afinidade do liberalismo com o fascismo A afinidade do liberalismo com o fascismo
A afinidade do liberalismo com o fascismo
 
Artigo de dimas veras sobre o sec ufpe s.d
Artigo de dimas veras sobre o sec ufpe s.dArtigo de dimas veras sobre o sec ufpe s.d
Artigo de dimas veras sobre o sec ufpe s.d
 
Como construir a paz social no brasil
Como construir a paz social no brasilComo construir a paz social no brasil
Como construir a paz social no brasil
 

Mais de Fernando Alcoforado

O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO   O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO Fernando Alcoforado
 
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENL'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENFernando Alcoforado
 
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?Fernando Alcoforado
 
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...Fernando Alcoforado
 
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHGLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHFernando Alcoforado
 
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...Fernando Alcoforado
 
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALINONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALFernando Alcoforado
 
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGECITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGEFernando Alcoforado
 
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALINUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALFernando Alcoforado
 
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 Fernando Alcoforado
 
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...Fernando Alcoforado
 
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...Fernando Alcoforado
 
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...Fernando Alcoforado
 
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...Fernando Alcoforado
 
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDTHE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDFernando Alcoforado
 
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE Fernando Alcoforado
 
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOA GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOFernando Alcoforado
 
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...Fernando Alcoforado
 
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELLES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELFernando Alcoforado
 
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILSOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILFernando Alcoforado
 

Mais de Fernando Alcoforado (20)

O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO   O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
 
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENL'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
 
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
 
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
 
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHGLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
 
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
 
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALINONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
 
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGECITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
 
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALINUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
 
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
 
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
 
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
 
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
 
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
 
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDTHE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
 
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
 
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOA GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
 
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
 
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELLES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
 
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILSOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
 

A autocrítica que a esquerda precisa fazer

  • 1. 1 A AUTOCRÍTICA QUE A ESQUERDA PRECISA FAZER Fernando Alcoforado* Esquerda e Direita são uma forma comum de classificar posições políticas, ideológicas, ou partidos políticos. Esses termos surgiram com o advento da Revolução Francesa em 1789. Durante o reinado de Luis XVI, os membros do Terceiro Estado, que indicava as pessoas que não faziam parte do clero (Primeiro Estado) nem da nobreza (Segundo Estado), se sentavam à esquerda do rei enquanto os do clero e da nobreza se sentavam à direita. Os mais radicais que normalmente eram contra as decisões do rei ficaram conhecidos como a esquerda enquanto os favoráveis às decisões eram os de direita. Bobbio afirma que uma diferença fundamental entre esquerda e direita é a de que a primeira é defensora intransigente da igualdade e a direita não. A esquerda acredita que a maior parte das desigualdades é social e, enquanto tal, eliminável e a direita acha que a maior parte delas é natural e, portanto, ineliminável (BOBBIO, Norberto. Direita e esquerda. São Paulo: Editora UNESP, 1995). O confronto entre a direita e a esquerda atingiu as culminâncias em todo o mundo com o advento da Revolução Russa em 1917, a constituição do bloco de países socialistas no leste europeu e a luta de libertação nacional que levou à descolonização ocorrida em vários países da periferia capitalista após a 2ª Guerra Mundial, a Revolução Chinesa em 1949, a Revolução Cubana em 1959 e a Guerra do Vietnam. As vitórias alcançadas pelos movimentos de esquerda em todo o mundo no século XX criaram a sensação de que um mundo novo, socialista, mesmo com matizes diferentes em cada país, estaria em gestação. Mudar o mundo através do Estado foi o paradigma que predominou no âmbito dos partidos políticos de esquerda do século XVIII até a década de 1990 do século XX quando ocorreu o desmantelamento da União Soviética e dos países socialistas do leste europeu. A tese dos partidos políticos de esquerda que fundamentava essas concepções é simples: conquista-se o Estado que até então era um instrumento da burguesia e o transforma em um instrumento da classe trabalhadora através da Reforma ou da Revolução Social. A tese de considerar o Estado como centro irradiador da mudança foi um rotundo fracasso em todas as partes do mundo, tanto nos países que tentaram construir o socialismo, quanto nos países periféricos que adotaram uma postura nacionalista na promoção de seu desenvolvimento. Ambos os enfoques, o reformista e o revolucionário fracassaram no seu projeto de mudar pacificamente ou revolucionariamente a sociedade. Com o fim do socialismo real na década de 1990, a esquerda que nasceu em 1848 e conquistou o poder em vários países perdeu o rumo. Esta perda de rumo da esquerda aconteceu devido, sobretudo, à falta de um projeto alternativo ao que foi implantado na União Soviética e em outros países. No Brasil e no mundo, a ação política da velha esquerda ficou reduzida fundamentalmente à sua participação nas eleições parlamentares abdicando das teses nacionalistas e da revolução social que sempre foram os principais móveis de sua atuação política no passado. Em vários países do mundo, partidos de esquerda que conquistaram o poder, adotam teses liberais ou neoliberais com a concessão de amplas benesses às classes dominantes, sobretudo as do setor financeiro, e de “esmolas” aos integrantes das camadas sociais inferiores da sociedade como ocorreu no Brasil com o
  • 2. 2 programa “Bolsa Familia” de transferência de renda durante os governos Lula e Dilma Rousseff. Ressalte-se que o velho projeto socialista como foi construido na União Soviética e em outros países se transformou em capitalismo de estado, com o poder político exercido de forma despótica e corrupta por uma burguesia de tipo novo (burguesia de estado ou Nomenclatura). Até a China, considerado exemplo de país socialista autêntico, aderiu inteiramente ao modo de produção capitalista com a implantação do capitalismo de estado e sua integração ao sistema capitalista mundial. A atual crise mundial evidenciou um vazio teórico das esquerdas. Frente à crise do socialismo, a velha esquerda nada apresentou como alternativa. A posição assumida pela velha esquerda se resumiu, basicamente, à reprodução das ideias Keynesianas que é uma solução tipicamente capitalista adotada após a 2ª Guerra Mundial. Alguns partidos da velha esquerda no Brasil abdicaram inteiramente da revolução social como caminho para realizar as mudanças sociais e o PT, que surgiu em oposição aos partidos da velha esquerda, com o propósito, em tese, de lutar pelo socialismo democrático, abandonou este objetivo substituindo-o por um projeto de poder para usufruir de suas vantagens como ficou evidenciado nos processos do mensalão e do petrolão os quais demonstraram haver corrupção sistêmica nos governos Lula e Dilma Rousseff. Os partidos da velha esquerda e o PT no poder colaboraram com as classes dominantes não apenas no seu enriquecimento, mas também, para desmobilizar os movimentos sociais na luta pelos seus interesses graças a sua influência nos movimentos sindicais. Os governos Lula e Dilma Rousseff mantiveram a mesma política econômica e financeira neoliberal do governo FHC de subordinação do País aos interesses do sistema financeiro nacional e internacional, além de ter feito alianças com a escória da política brasileira representada por Michel Temer, José Sarney, Fernando Collor e Renan Calheiros, entre outros. O balanço dos governos Lula e Dilma Roussef indica o descompromisso de ambos os governantes, do PT e dos seus aliados partidos de esquerda com as grandes lutas do povo brasileiro levadas avante nos últimos 50 anos, numa incoerência histórica traidora. Esta incoerência se coloca nos planos econômico, social, político e moral. A incoerência no plano econômico se manifesta no fato de ambos os governos terem dado continuidade à política neoliberal e antinacional dos governos Fernando Collor, Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso seguindo o que estabeleceu o Consenso de Washington na década de 1990. Uma das grandes expectativas que se criou com a vitória dos governos do PT é a de que seria dado início ao processo de emancipação nacional com a superação da dependência do Brasil ao capital estrangeiro e o fortalecimento dos setores produtivos pertencentes a brasileiros. Ao contrário, o que se verificou foi o aumento da dependência financeira e tecnológica do Brasil em relação ao exterior e a desnacionalização da economia brasileira. Os governos Lula e Dilma Roussef não foram capazes de promover o crescimento econômico do Brasil de forma sustentável com taxas acima de 5% ao ano necessárias à geração de emprego e renda no Brasil. A taxa média de crescimento de 2002 a 2016 foi de 3,45% ao ano. O fracasso dos governos Lula e Dilma Roussef no plano social se traduz no fato de não ter promovido a verdadeira inclusão social da população pobre com sua inserção ao mercado de trabalho como consequência do crescimento do PIB, isto é, do aumento da riqueza nacional. Houve uma falsa inclusão social porque ela se
  • 3. 3 realizou com a concessão de “esmolas” a 50 milhões de brasileiros pobres através do programa Bolsa Família com recursos do Tesouro. O fracasso dos governos do PT no plano social é materializado, também, no fato de ter contribuído para a geração no Brasil de 13 milhões de desempregados. O mais grave de tudo reside no fato de os governos do PT terem contribuído para a volta da direita ao poder com a posse de Michel Temer na presidência da República após o desastroso governo Dilma Rousseff O comportamento carente de ética e moral dos ex-presidentes Lula e Dilma Roussef colocou em xeque também todos os militantes sérios do PT, dos partidos aliados e personalidades que os apoiam que deveriam reagir fazendo sua autocrítica. A respeitabilidade do PT e dos partidos aliados de esquerda foi destruída pelos governos dos ex-presidentes Lula e Dilma Roussef. Esta deveria ser, portanto, a autocrítica que os partidos de esquerda deveriam fazer no Brasil. *Fernando Alcoforado, 77, membro da Academia Baiana de Educação, engenheiro e doutor em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, professor universitário e consultor nas áreas de planejamento estratégico, planejamento empresarial, planejamento regional e planejamento de sistemas energéticos, é autor dos livros Globalização (Editora Nobel, São Paulo, 1997), De Collor a FHC- O Brasil e a Nova (Des)ordem Mundial (Editora Nobel, São Paulo, 1998), Um Projeto para o Brasil (Editora Nobel, São Paulo, 2000), Os condicionantes do desenvolvimento do Estado da Bahia (Tese de doutorado. Universidade de Barcelona,http://www.tesisenred.net/handle/10803/1944, 2003), Globalização e Desenvolvimento (Editora Nobel, São Paulo, 2006), Bahia- Desenvolvimento do Século XVI ao Século XX e Objetivos Estratégicos na Era Contemporânea (EGBA, Salvador, 2008), The Necessary Conditions of the Economic and Social Development- The Case of the State of Bahia (VDM Verlag Dr. Müller Aktiengesellschaft & Co. KG, Saarbrücken, Germany, 2010), Aquecimento Global e Catástrofe Planetária (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2010), Amazônia Sustentável- Para o progresso do Brasil e combate ao aquecimento global (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2011), Os Fatores Condicionantes do Desenvolvimento Econômico e Social (Editora CRV, Curitiba, 2012), Energia no Mundo e no Brasil- Energia e Mudança Climática Catastrófica no Século XXI (Editora CRV, Curitiba, 2015) e As Grandes Revoluções Científicas, Econômicas e Sociais que Mudaram o Mundo (Editora CRV, Curitiba, 2016). Possui blog na Internet (http://fernando.alcoforado.zip.net). E-mail: falcoforado@uol.com.br.