SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Baixar para ler offline
1
OS GOVERNOS DO PT DE LULA E DILMA ROUSSEFF NÃO SÃO
PROGRESSISTAS
Fernando Alcoforado*
Historicamente, forças progressistas são constituídas por pessoas, partidos e classes
sociais que defendem o progresso político, econômico e social de uma nação. Isto
significa dizer que as forças progressistas são partidárias das mudanças na base
econômica e na superestrutura política e jurídica de uma nação para realizarem as
grandes transformações políticas, econômicas e sociais como aquelas que ocorreram ao
longo da história através de revoluções sociais como a Revolução Gloriosa na Inglaterra
(1689), a Revolução Americana (1776), a Revolução Francesa (1789), a Revolução
Meiji no Japão (1868), a Revolução Russa (1917), a Revolução Chinesa (1949) e a
Revolução Cubana (1959).
Outras transformações políticas, econômicas e sociais ocorreram ao longo da história
através de lutas de libertação nacional como as que aconteceram, por exemplo, no
século XX tendo por objetivo a descolonização ou a independência das antigas colônias
europeias na África e Ásia, a longa luta de libertação nacional do
povo vietnamita contra os colonizadores franceses, invasores japoneses, seguidos de
novos contingentes franceses e, por fim, dos invasores norte-americanos. Dentre os
casos de luta de libertação nacional envolvendo forças de resistência contra invasores
destacam-se, também, as lutas da resistência francesa e da resistência soviética contra as
forças invasoras da Alemanha nazista e a resistência chinesa contra as forças de invasão
do Japão, ambas durante a II Guerra Mundial.
As forças conservadoras são constituídas por pessoas, partidos e classes sociais que
resistem às mudanças econômicas, políticas e sociais abruptas. O pensamento
conservador expandiu-se pelo mundo principalmente após o período do terror jacobino
na França que, durante o auge da Revolução Francesa, causou a morte de 35 mil a 40
mil pessoas. Para as forças conservadoras, as melhores instituições sociais e políticas
são aquelas que resultam de um lento processo de crescimento e evolução ao longo do
tempo. Os conservadores consideram que são os constrangimentos introduzidos
pelos hábitos e tradições que permitem o funcionamento das sociedades e que qualquer
regime duradouro e estável só poderá funcionar se está baseado nas tradições.
O impeachment de Dilma Rousseff está sendo considerado pelo PT e seus aliados como
um golpe parlamentar acionado por forças conservadoras contrárias às mudanças sociais
e que objetivam promover o retrocesso no combate às desigualdades sociais realizadas
pelos governos Lula e Dilma Rousseff. Trata-se, entretanto, de uma gigantesca falácia o
PT e partidos aliados se colocarem como forças progressistas haja vista que, durante 13
anos, os governos Lula e Dilma Rousseff não foram capazes nem de promover as
mudanças políticas, econômicas e sociais revolucionárias nem muito menos promover a
libertação do Brasil de sua subordinação ao capital financeiro internacional e às
empresas multinacionais.
Os governos do PT não podem ser considerados progressistas porque o balanço de 13
anos dos governos Lula e Dilma Rousseff representa a negação das grandes lutas do
povo brasileiro levadas avante no século XX, numa incoerência histórica traidora. A
incoerência no plano econômico se manifesta no fato de ambos os governos do PT
terem dado continuidade à política neoliberal e antinacional dos governos Fernando
Collor, Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso seguindo o que estabeleceu o
Consenso de Washington na década de 1990. Uma das grandes expectativas que se
2
criou com a vitória eleitoral dos governos do PT a partir de 2002 foi a de que seria dada
continuidade ao processo de desenvolvimento econômico e social do Brasil e de
emancipação nacional desencadeados pelos presidentes Getúlio Vargas e João Goulart
para a superação da dependência do Brasil ao capital estrangeiro e o fortalecimento dos
setores produtivos pertencentes a brasileiros. Ao contrário, o que se verificou foi o
aumento da dependência financeira e tecnológica do Brasil em relação ao exterior e a
desnacionalização da economia brasileira.
O aumento da dependência financeira do Brasil em relação ao exterior resultou do fato
de o modelo econômico neoliberal em vigor ter imposto a política de atrair capitais
externos para cobertura dos crônicos e crescentes déficits público e do balanço de
pagamentos em conta corrente e o aumento da dependência tecnológica resultou da falta
de investimentos no desenvolvimento da ciência e tecnologia no País e da presença
majoritária de empresas multinacionais nos setores de ponta da indústria nacional. O
Brasil se tornou paraíso do capital financeiro nacional e internacional que nunca
lucraram tanto como nos governos do PT. A abertura da economia brasileira a partir de
1990 que beneficiou o capital estrangeiro, mantida pelos governos Lula e Dilma
Roussef, agravou a situação da indústria brasileira que perdeu competitividade devido à
falta de proteção por parte do governo e aos entraves representados pela
sobrevalorização do câmbio e pelo Custo Brasil (taxas de juros reais elevadas, altíssima
carga tributária, altos custos trabalhistas, elevados custos do sistema previdenciário,
legislação fiscal complexa e ineficiente, alto custo da energia elétrica, infraestrutura
precária e falta de mão de obra qualificada).
Os governos do PT não podem ser considerados progressistas porque não impediram a
fragilização da indústria brasileira e contribuíram para que a metade do investimento
estrangeiro direto realizado no Brasil nos últimos anos fosse destinada à aquisição de
muitas indústrias nacionais sucateadas. Além disso, os governos Lula e Dilma Roussef
comprometeram as finanças públicas ao elevar exorbitantemente a dívida pública que
poderá alcançar R$ 3,3 trilhões no final de 2016. De acordo com o FMI (Fundo
Monetário Internacional), a relação entre a dívida bruta e o PIB do Brasil deve manter a
curva ascendente, subindo de 73,7% registrados em 2015 para 91,7% em 2021. A
deterioração da economia brasileira é tão flagrante que o Brasil está sofrendo a maior
retração econômica de sua história. O Brasil é um país cuja economia está em estágio
terminal graças aos governos do PT.
Os governos Lula e Dilma Roussef não podem ser considerados progressistas porque
fracassaram, também, no plano social que se traduz no fato de não terem promovido a
verdadeira inclusão social da população pobre com sua inserção ao mercado de trabalho
como consequência do crescimento do PIB, isto é, do aumento da riqueza nacional.
Houve uma falsa inclusão social porque ela se realizou com a concessão de “esmolas” a
50 milhões de brasileiros pobres através do programa de transferência de renda Bolsa
Família com recursos do Tesouro Nacional cujo propósito maior foi o de tornar seus
beneficiários eleitores “escravos” do PT. Os governos Lula e Dilma Roussef não podem
ser considerados progressistas porque mantiveram a flexibilização das relações
trabalhistas que passou a existir desde o governo Fernando Henrique Cardoso em
prejuízo dos trabalhadores.
A primeira e grande consequência do desastroso governo Dilma Rousseff já se
manifesta na insolvência dos governos federal, estaduais e municipais, a falência
generalizada de cerca de metade das empresas de pequeno, médio e grande portes do
3
País e o desemprego em massa de mais de 10 milhões de desempregados em
consequência da avassaladora crise econômica atual que compromete o futuro
econômico do Brasil. Se os governos Lula e Dilma Roussef não podem ser considerados
progressistas, eles foram, em consequência, conservadores porque não mudaram o
“status quo” econômico, político e social do Brasil. Muito pelo contrário, promoveram
sua regressão, seu retrocesso econômico, político e social. As classes dominantes do
Brasil e o capital estrangeiro foram bastante beneficiados com as políticas econômicas
adotadas pelos governos do PT. Não justifica, portanto, a defesa dos governos do PT e,
em particular, do governo Dilma Rousseff sob o argumento de que se tratam de
governos progressistas que estiveram e estariam a serviço da promoção do progresso
econômico, político e social do Brasil.
*Fernando Alcoforado, 76, membro da Academia Baiana de Educação, engenheiro e doutor em
Planejamento Territorial e Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, professor
universitário e consultor nas áreas de planejamento estratégico, planejamento empresarial, planejamento
regional e planejamento de sistemas energéticos, é autor dos livros Globalização (Editora Nobel, São
Paulo, 1997), De Collor a FHC- O Brasil e a Nova (Des)ordem Mundial (Editora Nobel, São Paulo,
1998), Um Projeto para o Brasil (Editora Nobel, São Paulo, 2000), Os condicionantes do
desenvolvimento do Estado da Bahia (Tese de doutorado. Universidade de
Barcelona,http://www.tesisenred.net/handle/10803/1944, 2003), Globalização e Desenvolvimento
(Editora Nobel, São Paulo, 2006), Bahia- Desenvolvimento do Século XVI ao Século XX e Objetivos
Estratégicos na Era Contemporânea (EGBA, Salvador, 2008), The Necessary Conditions of the Economic
and Social Development- The Case of the State of Bahia (VDM Verlag Dr. Müller Aktiengesellschaft &
Co. KG, Saarbrücken, Germany, 2010), Aquecimento Global e Catástrofe Planetária (P&A Gráfica e
Editora, Salvador, 2010), Amazônia Sustentável- Para o progresso do Brasil e combate ao aquecimento
global (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2011), Os Fatores Condicionantes
do Desenvolvimento Econômico e Social (Editora CRV, Curitiba, 2012) e Energia no Mundo e no Brasil-
Energia e Mudança Climática Catastrófica no Século XXI (Editora CRV, Curitiba, 2015). Possui blog na
Internet (http://fernando.alcoforado.zip.net). E-mail: falcoforado@uol.com.br.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Destroçado o tripé da governabilidade do brasil
Destroçado o tripé da governabilidade do brasilDestroçado o tripé da governabilidade do brasil
Destroçado o tripé da governabilidade do brasilFernando Alcoforado
 
O Decênio que mudou o Brasil
O Decênio que mudou o BrasilO Decênio que mudou o Brasil
O Decênio que mudou o BrasilPT Paraná
 
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futurosO gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futurosFernando Alcoforado
 
Cenários da crise política no brasil
Cenários da crise política no brasilCenários da crise política no brasil
Cenários da crise política no brasilFernando Alcoforado
 
Como construir a paz social no brasil
Como construir a paz social no brasilComo construir a paz social no brasil
Como construir a paz social no brasilFernando Alcoforado
 
Brasil em 2016 arruinado e convulsionado
Brasil em 2016 arruinado e convulsionadoBrasil em 2016 arruinado e convulsionado
Brasil em 2016 arruinado e convulsionadoFernando Alcoforado
 
A época terrível do brasil onde idiotas dirigem cegos
A época terrível do brasil onde idiotas dirigem cegosA época terrível do brasil onde idiotas dirigem cegos
A época terrível do brasil onde idiotas dirigem cegosFernando Alcoforado
 
O brasil rumo à ingovernabilidade
O brasil rumo à ingovernabilidadeO brasil rumo à ingovernabilidade
O brasil rumo à ingovernabilidadeFernando Alcoforado
 
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.Ancelmonetto
 
Cenários do futuro político do brasil
Cenários do futuro político do brasilCenários do futuro político do brasil
Cenários do futuro político do brasilFernando Alcoforado
 
Brasil em Debate - volume 2: Desenvolvimento, Trabalho e Renda no Brasil - Av...
Brasil em Debate - volume 2: Desenvolvimento, Trabalho e Renda no Brasil - Av...Brasil em Debate - volume 2: Desenvolvimento, Trabalho e Renda no Brasil - Av...
Brasil em Debate - volume 2: Desenvolvimento, Trabalho e Renda no Brasil - Av...Edinho Silva
 
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasilComo evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasilFernando Alcoforado
 
Como superar os atuais problemas econômicos e político institucionais do brasil
Como superar os atuais problemas econômicos e político institucionais do brasilComo superar os atuais problemas econômicos e político institucionais do brasil
Como superar os atuais problemas econômicos e político institucionais do brasilFernando Alcoforado
 
Os impasses econômicos e políticos do brasil
Os impasses econômicos e políticos do brasilOs impasses econômicos e políticos do brasil
Os impasses econômicos e políticos do brasilFernando Alcoforado
 

Mais procurados (19)

Destroçado o tripé da governabilidade do brasil
Destroçado o tripé da governabilidade do brasilDestroçado o tripé da governabilidade do brasil
Destroçado o tripé da governabilidade do brasil
 
O Decênio que mudou o Brasil
O Decênio que mudou o BrasilO Decênio que mudou o Brasil
O Decênio que mudou o Brasil
 
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futurosO gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
O gigantesco impasse político do brasil e seus cenários futuros
 
Cenários da crise política no brasil
Cenários da crise política no brasilCenários da crise política no brasil
Cenários da crise política no brasil
 
Politicas publicas no_br_perspec_tania_bacelar
Politicas publicas no_br_perspec_tania_bacelarPoliticas publicas no_br_perspec_tania_bacelar
Politicas publicas no_br_perspec_tania_bacelar
 
Como construir a paz social no brasil
Como construir a paz social no brasilComo construir a paz social no brasil
Como construir a paz social no brasil
 
Brasil em 2016 arruinado e convulsionado
Brasil em 2016 arruinado e convulsionadoBrasil em 2016 arruinado e convulsionado
Brasil em 2016 arruinado e convulsionado
 
A época terrível do brasil onde idiotas dirigem cegos
A época terrível do brasil onde idiotas dirigem cegosA época terrível do brasil onde idiotas dirigem cegos
A época terrível do brasil onde idiotas dirigem cegos
 
O brasil rumo à ingovernabilidade
O brasil rumo à ingovernabilidadeO brasil rumo à ingovernabilidade
O brasil rumo à ingovernabilidade
 
O brasil tem futuro sombrio
O brasil tem futuro sombrioO brasil tem futuro sombrio
O brasil tem futuro sombrio
 
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
Ensaio sobre atual crise política do Brasil e os efeitos da mídia.
 
Cenários do futuro político do brasil
Cenários do futuro político do brasilCenários do futuro político do brasil
Cenários do futuro político do brasil
 
Brasil em Debate - volume 2: Desenvolvimento, Trabalho e Renda no Brasil - Av...
Brasil em Debate - volume 2: Desenvolvimento, Trabalho e Renda no Brasil - Av...Brasil em Debate - volume 2: Desenvolvimento, Trabalho e Renda no Brasil - Av...
Brasil em Debate - volume 2: Desenvolvimento, Trabalho e Renda no Brasil - Av...
 
O brasil desgovernado
O brasil desgovernadoO brasil desgovernado
O brasil desgovernado
 
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasilComo evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catástrofe de uma guerra civil no brasil
 
Igor grabois
Igor graboisIgor grabois
Igor grabois
 
Como superar os atuais problemas econômicos e político institucionais do brasil
Como superar os atuais problemas econômicos e político institucionais do brasilComo superar os atuais problemas econômicos e político institucionais do brasil
Como superar os atuais problemas econômicos e político institucionais do brasil
 
Os impasses econômicos e políticos do brasil
Os impasses econômicos e políticos do brasilOs impasses econômicos e políticos do brasil
Os impasses econômicos e políticos do brasil
 
O medo venceu a esperança
O medo venceu a esperançaO medo venceu a esperança
O medo venceu a esperança
 

Destaque

Finding Cast- Successful 2
Finding Cast- Successful 2Finding Cast- Successful 2
Finding Cast- Successful 2Olivia Houlton
 
Tugas 5 rekayasa web
Tugas 5   rekayasa webTugas 5   rekayasa web
Tugas 5 rekayasa webfaisalawai
 
Writing nivel a2 final 2016
Writing nivel a2 final 2016Writing nivel a2 final 2016
Writing nivel a2 final 2016yecedeno
 
Чи є в державі щось краще за можливість
Чи є в державі щось краще за можливістьЧи є в державі щось краще за можливість
Чи є в державі щось краще за можливістьНаталя Любунь
 
Вадим Роговський “Початкове фiнансування стартапу”
Вадим Роговський “Початкове фiнансування стартапу”Вадим Роговський “Початкове фiнансування стартапу”
Вадим Роговський “Початкове фiнансування стартапу”Lviv Startup Club
 
наш край
наш крайнаш край
наш крайMansell19
 
презентация
презентацияпрезентация
презентацияMansell19
 

Destaque (12)

Finding Cast- Successful 2
Finding Cast- Successful 2Finding Cast- Successful 2
Finding Cast- Successful 2
 
Writing Sample (3)
Writing Sample (3)Writing Sample (3)
Writing Sample (3)
 
Tugas 6 – rekayasa web
Tugas 6 – rekayasa webTugas 6 – rekayasa web
Tugas 6 – rekayasa web
 
Tugas 5 rekayasa web
Tugas 5   rekayasa webTugas 5   rekayasa web
Tugas 5 rekayasa web
 
Writing nivel a2 final 2016
Writing nivel a2 final 2016Writing nivel a2 final 2016
Writing nivel a2 final 2016
 
Somempi seurakunta
Somempi seurakuntaSomempi seurakunta
Somempi seurakunta
 
Чи є в державі щось краще за можливість
Чи є в державі щось краще за можливістьЧи є в державі щось краще за можливість
Чи є в державі щось краще за можливість
 
Cтать та гендер
Cтать та гендерCтать та гендер
Cтать та гендер
 
Teach your children"Self-Control"
Teach your children"Self-Control"Teach your children"Self-Control"
Teach your children"Self-Control"
 
Вадим Роговський “Початкове фiнансування стартапу”
Вадим Роговський “Початкове фiнансування стартапу”Вадим Роговський “Початкове фiнансування стартапу”
Вадим Роговський “Початкове фiнансування стартапу”
 
наш край
наш крайнаш край
наш край
 
презентация
презентацияпрезентация
презентация
 

Semelhante a Os governos do PT não foram progressistas

O inevitável impeachment de dilma rousseff
O inevitável impeachment de dilma rousseffO inevitável impeachment de dilma rousseff
O inevitável impeachment de dilma rousseffFernando Alcoforado
 
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasilComo evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasilRoberto Rabat Chame
 
Em defesa de uma nova assembleia constituinte para superar a crise atual no b...
Em defesa de uma nova assembleia constituinte para superar a crise atual no b...Em defesa de uma nova assembleia constituinte para superar a crise atual no b...
Em defesa de uma nova assembleia constituinte para superar a crise atual no b...Fernando Alcoforado
 
O impasse politico atual no brasil
O impasse politico atual no brasilO impasse politico atual no brasil
O impasse politico atual no brasilRoberto Rabat Chame
 
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciaisDilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciaisFernando Alcoforado
 
Dilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciais
Dilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciaisDilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciais
Dilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciaisRoberto Rabat Chame
 
Libelo contra a esquerda no brasil na era contemporânea
Libelo contra a esquerda no brasil na era contemporâneaLibelo contra a esquerda no brasil na era contemporânea
Libelo contra a esquerda no brasil na era contemporâneaFernando Alcoforado
 
Folheto pt 10anos_governo_net
Folheto pt 10anos_governo_netFolheto pt 10anos_governo_net
Folheto pt 10anos_governo_netTom Pereira
 
O inevitável fim do governo dilma rousseff no brasil
O inevitável fim do governo dilma rousseff no brasilO inevitável fim do governo dilma rousseff no brasil
O inevitável fim do governo dilma rousseff no brasilFernando Alcoforado
 
O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...
O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...
O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...Fernando Alcoforado
 
Cenários políticos do brasil pós governo dilma rousseff
Cenários políticos do brasil pós governo dilma rousseffCenários políticos do brasil pós governo dilma rousseff
Cenários políticos do brasil pós governo dilma rousseffFernando Alcoforado
 
O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014
O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014
O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014UFPB
 
O brasil rumo à depressão econômica
O brasil rumo à depressão econômicaO brasil rumo à depressão econômica
O brasil rumo à depressão econômicaFernando Alcoforado
 
Análise de Conjuntura - José Marcos Silva
Análise de Conjuntura - José Marcos Silva  Análise de Conjuntura - José Marcos Silva
Análise de Conjuntura - José Marcos Silva Marcos Aurélio
 
Resolução Política do 4º Congresso Nacional do PT
Resolução Política do 4º Congresso Nacional do PTResolução Política do 4º Congresso Nacional do PT
Resolução Política do 4º Congresso Nacional do PTPT Paraná
 
Resolução Política 4° Congresso do PT
Resolução Política 4° Congresso do PT Resolução Política 4° Congresso do PT
Resolução Política 4° Congresso do PT Aloysio Nunes Ferreira
 

Semelhante a Os governos do PT não foram progressistas (18)

Os fracassados governos do pt
Os fracassados governos do ptOs fracassados governos do pt
Os fracassados governos do pt
 
O inevitável impeachment de dilma rousseff
O inevitável impeachment de dilma rousseffO inevitável impeachment de dilma rousseff
O inevitável impeachment de dilma rousseff
 
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasilComo evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
Como evitar a catastrofe de uma guerra civil no brasil
 
Em defesa de uma nova assembleia constituinte para superar a crise atual no b...
Em defesa de uma nova assembleia constituinte para superar a crise atual no b...Em defesa de uma nova assembleia constituinte para superar a crise atual no b...
Em defesa de uma nova assembleia constituinte para superar a crise atual no b...
 
Futuro em debate- CREA BAHIA
Futuro em debate- CREA BAHIAFuturo em debate- CREA BAHIA
Futuro em debate- CREA BAHIA
 
O impasse politico atual no brasil
O impasse politico atual no brasilO impasse politico atual no brasil
O impasse politico atual no brasil
 
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciaisDilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
Dilma roussef x aécio neves no 2º turno das eleições presidenciais
 
Dilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciais
Dilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciaisDilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciais
Dilma roussef x aecio neves no 2 turno das eleicoes presidenciais
 
Libelo contra a esquerda no brasil na era contemporânea
Libelo contra a esquerda no brasil na era contemporâneaLibelo contra a esquerda no brasil na era contemporânea
Libelo contra a esquerda no brasil na era contemporânea
 
Folheto pt 10anos_governo_net
Folheto pt 10anos_governo_netFolheto pt 10anos_governo_net
Folheto pt 10anos_governo_net
 
O inevitável fim do governo dilma rousseff no brasil
O inevitável fim do governo dilma rousseff no brasilO inevitável fim do governo dilma rousseff no brasil
O inevitável fim do governo dilma rousseff no brasil
 
O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...
O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...
O ocaso dos partidos, das lideranças políticas tradicionais e do poder políti...
 
Cenários políticos do brasil pós governo dilma rousseff
Cenários políticos do brasil pós governo dilma rousseffCenários políticos do brasil pós governo dilma rousseff
Cenários políticos do brasil pós governo dilma rousseff
 
O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014
O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014
O ESTADO BRASILEIRO EM DEBATE: ENTRE AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS E AS ELEIÇÕES 2014
 
O brasil rumo à depressão econômica
O brasil rumo à depressão econômicaO brasil rumo à depressão econômica
O brasil rumo à depressão econômica
 
Análise de Conjuntura - José Marcos Silva
Análise de Conjuntura - José Marcos Silva  Análise de Conjuntura - José Marcos Silva
Análise de Conjuntura - José Marcos Silva
 
Resolução Política do 4º Congresso Nacional do PT
Resolução Política do 4º Congresso Nacional do PTResolução Política do 4º Congresso Nacional do PT
Resolução Política do 4º Congresso Nacional do PT
 
Resolução Política 4° Congresso do PT
Resolução Política 4° Congresso do PT Resolução Política 4° Congresso do PT
Resolução Política 4° Congresso do PT
 

Mais de Fernando Alcoforado

O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO   O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO Fernando Alcoforado
 
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENL'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENFernando Alcoforado
 
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?Fernando Alcoforado
 
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...Fernando Alcoforado
 
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHGLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHFernando Alcoforado
 
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...Fernando Alcoforado
 
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALINONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALFernando Alcoforado
 
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGECITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGEFernando Alcoforado
 
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALINUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALFernando Alcoforado
 
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 Fernando Alcoforado
 
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...Fernando Alcoforado
 
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...Fernando Alcoforado
 
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...Fernando Alcoforado
 
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...Fernando Alcoforado
 
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDTHE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDFernando Alcoforado
 
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE Fernando Alcoforado
 
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOA GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOFernando Alcoforado
 
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...Fernando Alcoforado
 
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELLES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELFernando Alcoforado
 
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILSOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILFernando Alcoforado
 

Mais de Fernando Alcoforado (20)

O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO   O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
O INFERNO DAS CATÁSTROFES SOFRIDAS PELO POVO BRASILEIRO
 
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIENL'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
L'ENFER DES CATASTROPHES SUBIS PAR LE PEUPLE BRÉSILIEN
 
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
LE MONDE VERS UNE CATASTROPHE CLIMATIQUE?
 
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
AQUECIMENTO GLOBAL, MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL E SEUS IMPACTOS SOBRE A SAÚDE HU...
 
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTHGLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
GLOBAL WARMING, GLOBAL CLIMATE CHANGE AND ITS IMPACTS ON HUMAN HEALTH
 
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
LE RÉCHAUFFEMENT CLIMATIQUE, LE CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL ET SES IMPACTS ...
 
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIALINONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
INONDATIONS DES VILLES ET CHANGEMENT CLIMATIQUE MONDIAL
 
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGECITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
CITY FLOODS AND GLOBAL CLIMATE CHANGE
 
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBALINUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
INUNDAÇÕES DAS CIDADES E MUDANÇA CLIMÁTICA GLOBAL
 
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022 CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
CIVILIZAÇÃO OU BARBÁRIE SÃO AS ESCOLHAS DO POVO BRASILEIRO NAS ELEIÇÕES DE 2022
 
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
CIVILISATION OU BARBARIE SONT LES CHOIX DU PEUPLE BRÉSILIEN AUX ÉLECTIONS DE ...
 
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
CIVILIZATION OR BARBARISM ARE THE CHOICES OF THE BRAZILIAN PEOPLE IN THE 2022...
 
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
COMO EVITAR A PREVISÃO DE STEPHEN HAWKING DE QUE A HUMANIDADE SÓ TEM MAIS 100...
 
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
COMMENT ÉVITER LA PRÉVISION DE STEPHEN HAWKING QUE L'HUMANITÉ N'A QUE 100 ANS...
 
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLDTHE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
THE GREAT FRENCH REVOLUTION THAT CHANGED THE WORLD
 
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
LA GRANDE RÉVOLUTION FRANÇAISE QUI A CHANGÉ LE MONDE
 
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDOA GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
A GRANDE REVOLUÇÃO FRANCESA QUE MUDOU O MUNDO
 
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
O TARIFAÇO DE ENERGIA É SINAL DE INCOMPETÊNCIA DO GOVERNO FEDERAL NO PLANEJAM...
 
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUELLES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
LES RÉVOLUTIONS SOCIALES, LEURS FACTEURS DÉCLENCHEURS ET LE BRÉSIL ACTUEL
 
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZILSOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
SOCIAL REVOLUTIONS, THEIR TRIGGERS FACTORS AND CURRENT BRAZIL
 

Os governos do PT não foram progressistas

  • 1. 1 OS GOVERNOS DO PT DE LULA E DILMA ROUSSEFF NÃO SÃO PROGRESSISTAS Fernando Alcoforado* Historicamente, forças progressistas são constituídas por pessoas, partidos e classes sociais que defendem o progresso político, econômico e social de uma nação. Isto significa dizer que as forças progressistas são partidárias das mudanças na base econômica e na superestrutura política e jurídica de uma nação para realizarem as grandes transformações políticas, econômicas e sociais como aquelas que ocorreram ao longo da história através de revoluções sociais como a Revolução Gloriosa na Inglaterra (1689), a Revolução Americana (1776), a Revolução Francesa (1789), a Revolução Meiji no Japão (1868), a Revolução Russa (1917), a Revolução Chinesa (1949) e a Revolução Cubana (1959). Outras transformações políticas, econômicas e sociais ocorreram ao longo da história através de lutas de libertação nacional como as que aconteceram, por exemplo, no século XX tendo por objetivo a descolonização ou a independência das antigas colônias europeias na África e Ásia, a longa luta de libertação nacional do povo vietnamita contra os colonizadores franceses, invasores japoneses, seguidos de novos contingentes franceses e, por fim, dos invasores norte-americanos. Dentre os casos de luta de libertação nacional envolvendo forças de resistência contra invasores destacam-se, também, as lutas da resistência francesa e da resistência soviética contra as forças invasoras da Alemanha nazista e a resistência chinesa contra as forças de invasão do Japão, ambas durante a II Guerra Mundial. As forças conservadoras são constituídas por pessoas, partidos e classes sociais que resistem às mudanças econômicas, políticas e sociais abruptas. O pensamento conservador expandiu-se pelo mundo principalmente após o período do terror jacobino na França que, durante o auge da Revolução Francesa, causou a morte de 35 mil a 40 mil pessoas. Para as forças conservadoras, as melhores instituições sociais e políticas são aquelas que resultam de um lento processo de crescimento e evolução ao longo do tempo. Os conservadores consideram que são os constrangimentos introduzidos pelos hábitos e tradições que permitem o funcionamento das sociedades e que qualquer regime duradouro e estável só poderá funcionar se está baseado nas tradições. O impeachment de Dilma Rousseff está sendo considerado pelo PT e seus aliados como um golpe parlamentar acionado por forças conservadoras contrárias às mudanças sociais e que objetivam promover o retrocesso no combate às desigualdades sociais realizadas pelos governos Lula e Dilma Rousseff. Trata-se, entretanto, de uma gigantesca falácia o PT e partidos aliados se colocarem como forças progressistas haja vista que, durante 13 anos, os governos Lula e Dilma Rousseff não foram capazes nem de promover as mudanças políticas, econômicas e sociais revolucionárias nem muito menos promover a libertação do Brasil de sua subordinação ao capital financeiro internacional e às empresas multinacionais. Os governos do PT não podem ser considerados progressistas porque o balanço de 13 anos dos governos Lula e Dilma Rousseff representa a negação das grandes lutas do povo brasileiro levadas avante no século XX, numa incoerência histórica traidora. A incoerência no plano econômico se manifesta no fato de ambos os governos do PT terem dado continuidade à política neoliberal e antinacional dos governos Fernando Collor, Itamar Franco e Fernando Henrique Cardoso seguindo o que estabeleceu o Consenso de Washington na década de 1990. Uma das grandes expectativas que se
  • 2. 2 criou com a vitória eleitoral dos governos do PT a partir de 2002 foi a de que seria dada continuidade ao processo de desenvolvimento econômico e social do Brasil e de emancipação nacional desencadeados pelos presidentes Getúlio Vargas e João Goulart para a superação da dependência do Brasil ao capital estrangeiro e o fortalecimento dos setores produtivos pertencentes a brasileiros. Ao contrário, o que se verificou foi o aumento da dependência financeira e tecnológica do Brasil em relação ao exterior e a desnacionalização da economia brasileira. O aumento da dependência financeira do Brasil em relação ao exterior resultou do fato de o modelo econômico neoliberal em vigor ter imposto a política de atrair capitais externos para cobertura dos crônicos e crescentes déficits público e do balanço de pagamentos em conta corrente e o aumento da dependência tecnológica resultou da falta de investimentos no desenvolvimento da ciência e tecnologia no País e da presença majoritária de empresas multinacionais nos setores de ponta da indústria nacional. O Brasil se tornou paraíso do capital financeiro nacional e internacional que nunca lucraram tanto como nos governos do PT. A abertura da economia brasileira a partir de 1990 que beneficiou o capital estrangeiro, mantida pelos governos Lula e Dilma Roussef, agravou a situação da indústria brasileira que perdeu competitividade devido à falta de proteção por parte do governo e aos entraves representados pela sobrevalorização do câmbio e pelo Custo Brasil (taxas de juros reais elevadas, altíssima carga tributária, altos custos trabalhistas, elevados custos do sistema previdenciário, legislação fiscal complexa e ineficiente, alto custo da energia elétrica, infraestrutura precária e falta de mão de obra qualificada). Os governos do PT não podem ser considerados progressistas porque não impediram a fragilização da indústria brasileira e contribuíram para que a metade do investimento estrangeiro direto realizado no Brasil nos últimos anos fosse destinada à aquisição de muitas indústrias nacionais sucateadas. Além disso, os governos Lula e Dilma Roussef comprometeram as finanças públicas ao elevar exorbitantemente a dívida pública que poderá alcançar R$ 3,3 trilhões no final de 2016. De acordo com o FMI (Fundo Monetário Internacional), a relação entre a dívida bruta e o PIB do Brasil deve manter a curva ascendente, subindo de 73,7% registrados em 2015 para 91,7% em 2021. A deterioração da economia brasileira é tão flagrante que o Brasil está sofrendo a maior retração econômica de sua história. O Brasil é um país cuja economia está em estágio terminal graças aos governos do PT. Os governos Lula e Dilma Roussef não podem ser considerados progressistas porque fracassaram, também, no plano social que se traduz no fato de não terem promovido a verdadeira inclusão social da população pobre com sua inserção ao mercado de trabalho como consequência do crescimento do PIB, isto é, do aumento da riqueza nacional. Houve uma falsa inclusão social porque ela se realizou com a concessão de “esmolas” a 50 milhões de brasileiros pobres através do programa de transferência de renda Bolsa Família com recursos do Tesouro Nacional cujo propósito maior foi o de tornar seus beneficiários eleitores “escravos” do PT. Os governos Lula e Dilma Roussef não podem ser considerados progressistas porque mantiveram a flexibilização das relações trabalhistas que passou a existir desde o governo Fernando Henrique Cardoso em prejuízo dos trabalhadores. A primeira e grande consequência do desastroso governo Dilma Rousseff já se manifesta na insolvência dos governos federal, estaduais e municipais, a falência generalizada de cerca de metade das empresas de pequeno, médio e grande portes do
  • 3. 3 País e o desemprego em massa de mais de 10 milhões de desempregados em consequência da avassaladora crise econômica atual que compromete o futuro econômico do Brasil. Se os governos Lula e Dilma Roussef não podem ser considerados progressistas, eles foram, em consequência, conservadores porque não mudaram o “status quo” econômico, político e social do Brasil. Muito pelo contrário, promoveram sua regressão, seu retrocesso econômico, político e social. As classes dominantes do Brasil e o capital estrangeiro foram bastante beneficiados com as políticas econômicas adotadas pelos governos do PT. Não justifica, portanto, a defesa dos governos do PT e, em particular, do governo Dilma Rousseff sob o argumento de que se tratam de governos progressistas que estiveram e estariam a serviço da promoção do progresso econômico, político e social do Brasil. *Fernando Alcoforado, 76, membro da Academia Baiana de Educação, engenheiro e doutor em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Regional pela Universidade de Barcelona, professor universitário e consultor nas áreas de planejamento estratégico, planejamento empresarial, planejamento regional e planejamento de sistemas energéticos, é autor dos livros Globalização (Editora Nobel, São Paulo, 1997), De Collor a FHC- O Brasil e a Nova (Des)ordem Mundial (Editora Nobel, São Paulo, 1998), Um Projeto para o Brasil (Editora Nobel, São Paulo, 2000), Os condicionantes do desenvolvimento do Estado da Bahia (Tese de doutorado. Universidade de Barcelona,http://www.tesisenred.net/handle/10803/1944, 2003), Globalização e Desenvolvimento (Editora Nobel, São Paulo, 2006), Bahia- Desenvolvimento do Século XVI ao Século XX e Objetivos Estratégicos na Era Contemporânea (EGBA, Salvador, 2008), The Necessary Conditions of the Economic and Social Development- The Case of the State of Bahia (VDM Verlag Dr. Müller Aktiengesellschaft & Co. KG, Saarbrücken, Germany, 2010), Aquecimento Global e Catástrofe Planetária (P&A Gráfica e Editora, Salvador, 2010), Amazônia Sustentável- Para o progresso do Brasil e combate ao aquecimento global (Viena- Editora e Gráfica, Santa Cruz do Rio Pardo, São Paulo, 2011), Os Fatores Condicionantes do Desenvolvimento Econômico e Social (Editora CRV, Curitiba, 2012) e Energia no Mundo e no Brasil- Energia e Mudança Climática Catastrófica no Século XXI (Editora CRV, Curitiba, 2015). Possui blog na Internet (http://fernando.alcoforado.zip.net). E-mail: falcoforado@uol.com.br.