Sinistralidade Rodoviária

11.663 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre sinistralidade rodoviária.

Publicada em: Indústria automotiva
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
11.663
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
92
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sinistralidade Rodoviária

  1. 1. Trabalho realizado por:Ângela Almeida nº 2Fábio Gregório nº9Escola EB 2,3 Luísa TodiTurma 9º 3ªProfessora Tomásia Ferreira
  2. 2. Com este trabalho pretendemos sensibilizar aspessoas para os perigos existentes na estrada.Abordaremos os seguintes assuntos:- O que é a sinistralidade rodoviária?;
  3. 3. Com este trabalho pretendemos sensibilizar aspessoas para os perigos existentes na estrada.Abordaremos os seguintes assuntos:- Causas dos acidentes rodoviários?;
  4. 4. Com este trabalho pretendemos sensibilizar aspessoas para os perigos existentes na estrada.Abordaremos os seguintes assuntos:- Sinistralidade rodoviária na União Europeia eem Portugal;
  5. 5. Com este trabalho pretendemos sensibilizar aspessoas para os perigos existentes na estrada.Abordaremos os seguintes assuntos:- Apresentação de um vídeo alusivo ao tema dotrabalho.
  6. 6. Sinistralidade Rodoviária é o conjunto deacidentes ocorridos na estrada. Um acidentepode ter mortos, feridos ou os condutorespodem sair ilesos.
  7. 7. As principais causas dos acidentes rodoviários são:- Álcool ou drogas;
  8. 8. As principais causas dos acidentes rodoviários são:- Velocidade;
  9. 9. As principais causas dos acidentes rodoviários são:- Estado psicofisiológico do condutor;
  10. 10. As principais causas dos acidentes rodoviários são:- Manobras perigosas;
  11. 11. As principais causas dos acidentes rodoviários são:- Distração;
  12. 12. As principais causas dos acidentes rodoviários são:- Erros de sinalização e qualidade das vias;
  13. 13. Em 95% dos acidentes rodoviários, o erro docondutor (falha humana) é um fator determinante.
  14. 14. Estima-se que as medidas que a U.E tem tomadono âmbito da sinistralidade rodoviária já permitiusalvar mais de 78000 vidas.
  15. 15. O país que tem menor mortalidade em acidentesrodoviários por 1 milhão de habitantes na UniãoEuropeia é a Malta (dados de 2001-05).
  16. 16. Enquanto que o país que tem maior mortalidadeem acidentes rodoviários por 1 milhão dehabitantes, na U.E é a Lituânia (dados de 2001-05).
  17. 17. Em 2011 morreram 1690 pessoas nas estradasportuguesas.
  18. 18. Porém, a sinistralidade rodoviária em Portugal temvindo a decair.
  19. 19. Razões do decréscimo da sinistralidade rodoviáriaem Portugal:- Aumento das campanhas de sensibilização;
  20. 20. Razões do decréscimo da sinistralidade rodoviáriaem Portugal:- A legislação portuguesa é cada vez mais rígidacom as infracções na estrada;
  21. 21. Razões do decréscimo da sinistralidade rodoviáriaem Portugal:- Vários movimentos cívicos têm lutado paradiminuir a sinistralidade rodoviária;
  22. 22. Razões do decréscimo da sinistralidade rodoviáriaem Portugal:- As estradas têm vindo a ser melhoradas;
  23. 23. Razões do decréscimo da sinistralidade rodoviáriaem Portugal:- As viaturas são cada vez mais seguras.
  24. 24. Acidentes de viação com vítimas (N.º) por Localização geográfica e Tipo de acidente (2011) Algarve Alentejo 5% 8% Norte 35% Lisboa 25% Centro 27% Dados: INE
  25. 25. O filme que vão ver a seguir é de uma campanhade sensibilização rodoviária em Inglaterra, emostra um acidente e um desencarceramento emdetalhe. AVISO: Este vídeo pode conter imagens consideradas chocantes.
  26. 26. Nós concluímos com este trabalho que asinistralidade rodoviária mata, e que o principalcausador dos acidentes é o ser humano. Porém ascampanhas de sensibilização e a melhoria deestradas e dos veículos tem contribuído para odecréscimo da sinistralidade rodoviária.
  27. 27. -Google Imagens-http://pt.wikipedia.org/wiki/Sinistralidade_rodovi%C3%A1ria;-http://arquivo.sinbad.ua.pt/Cartazes/?sb=2&pg=21;-http://europa.eu/rapid/press-release_IP-12-326_pt.htm- «O Código da Estrada», Ed. SegurançaRodoviária, MONTEIRO, Virginia, 2009;-Youtube.

×