Os direitos e o respeito
pelos animais
Agrupamento de escolas José Afonso
Disciplina: Educação Moral Religiosa Católica
Pr...
Os animais
O que são?
→ São seres vivos, ou seja: nascem, crescem, morrem
e possuem capacidade de reprodução;
→ Cada espéc...
Os animais
Tamanho:
→ No tamanho, os animais variam muito, podendo
ser
considerados
de
pequeno
porte
(pulgas, mosquitos, f...
Os animais
A alimentação:
→ É um aspecto variável, classificando-se em vários
tipos, como carnívoros, herbívoros, omnívoro...
Os animais
Importância para o ser humano:
→ Todos os animais são importantes. No entanto, há
alguns que se destacam para o...
→ Como todo o ser humano é digno de respeito, os
próprios animais são igualmente merecedores desse
mesmo respeito. Desta f...
Direitos dos animais
Artigo 1: Todos os animais nascem iguais perante a vida e têm os mesmos
direitos à existência;
Artigo...
Direitos dos animais
Artigo 7: A experimentação animal que implique um sofrimento físico e
psicológico é incompatível com ...
Os meus animais preferidos
Os meus animais preferidos são o gato e o coelho.
Contudo, consigo tê-los os dois ao mesmo temp...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Os direitos e o respeito pelos animais

4.615 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.615
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os direitos e o respeito pelos animais

  1. 1. Os direitos e o respeito pelos animais Agrupamento de escolas José Afonso Disciplina: Educação Moral Religiosa Católica Professor: Pedro Nunes Ano Lectivo: 2013/2014 Autora: Maria Goulart Godinho Nº21 6ºB
  2. 2. Os animais O que são? → São seres vivos, ou seja: nascem, crescem, morrem e possuem capacidade de reprodução; → Cada espécie possui as suas características próprias, como a cor, o tamanho, o tipo de alimentação, o ambiente em que vive, etc.; → Apresentam também diversas formas de locomoção, podendo andar, nadar, saltar, voar ou rastejar.
  3. 3. Os animais Tamanho: → No tamanho, os animais variam muito, podendo ser considerados de pequeno porte (pulgas, mosquitos, formigas, etc.), porte médio (cães, gatos, coelhos, etc.) e de grande porte (cavalos, elefantes, girafas, baleias, etc.);
  4. 4. Os animais A alimentação: → É um aspecto variável, classificando-se em vários tipos, como carnívoros, herbívoros, omnívoros. Carnívoros: alimentam-se sobretudo da carne proveniente de outros animais. (Ex: Leão, crocodilo, cobra, etc.); Herbívoros: alimentam-se sobretudo de vegetais e plantas provenientes do próprio solo. (Ex: Girafa, coelhos, ovelha, etc.); Omnívoros: alimentam-se de tudo um pouco. (Ex: Galinha, porco, macaco, etc.).
  5. 5. Os animais Importância para o ser humano: → Todos os animais são importantes. No entanto, há alguns que se destacam para o ser humano por melhorarem a sua vida em certos aspectos, outros por provocarem prejuízos. Exemplos benéficos: Cavalo: muito utilizado como meio de transporte e sobretudo no campo para puxar carroças e arados. Abelha: grande produtora de mel e fundamental na polinização.
  6. 6. → Como todo o ser humano é digno de respeito, os próprios animais são igualmente merecedores desse mesmo respeito. Desta forma, os animais possuem direitos que se encontram politicamente estabelecidos; → O desprezo perante os direitos leva o ser humano normalmente a cometer crimes contra os próprios animais e contra a própria natureza. É importante que desde cedo se aprenda a amar os animais como gostaríamos de ser amados.
  7. 7. Direitos dos animais Artigo 1: Todos os animais nascem iguais perante a vida e têm os mesmos direitos à existência; Artigo 2: Todo o animal tem o direito a ser respeitado. O homem, enquanto espécie animal, não pode atribuir-se o direito de exterminar os outros animais ou de os explorar. Todos os animais têm direito à atenção, aos cuidados e à protecção do homem; Artigo 3: Nenhum animal será submetido a maus tratos nem a actos cruéis. Se a morte de um animal é necessária, então esta deve ser instantânea, indolor e não geradora de angústia; Artigo 4: Todo o animal pertencente a uma espécie selvagem tem o direito de viver livre no seu próprio ambiente natural, terrestre, aéreo ou aquático, e a reproduzir-se; Artigo 5: Todo o animal que o homem tenha escolhido para ser seu companheiro, tem direito a que a duração da sua vida seja conforme a sua longevidade natural; Artigo 6: Todo o animal de trabalho tem direito a um limite razoável de tempo e intensidade de trabalho, a uma alimentação reparadora e ao repouso;
  8. 8. Direitos dos animais Artigo 7: A experimentação animal que implique um sofrimento físico e psicológico é incompatível com os direitos do animal; Artigo 8: Quando um animal é criado para a alimentação humana, deve ser nutrido sem que desses actos resulte para ele motivo de ansiedade ou de dor; Artigo 9: Nenhum animal deve ser explorado para entretenimento do homem; Artigo 10: Todo o acto que implique a morte de um animal, sem necessidade, é um biocídio, ou seja, um crime contra a vida; Artigo 11: Todo o acto que implique a morte de um grande número de animais selvagens é um genocídio, ou seja, um crime contra a espécie; Artigo 12: Um animal morto deve ser tratado com respeito; Artigo 13: Os organismos de protecção e salvaguarda dos animais devem ser representados a nível governamental.
  9. 9. Os meus animais preferidos Os meus animais preferidos são o gato e o coelho. Contudo, consigo tê-los os dois ao mesmo tempo em minha casa. É com o meu gato que se chama Riscas que passo dias e dias a brincar, é como uma companhia para mim. É brincalhão, tem um pêlo macio, é bonito e divertido. O meu coelho que se chama Bunny já não tem a mesma capacidade de brincar que o gato tem. Tem medo de sair da gaiola e passa os dias inteiros a comer cenouras. É bonito, tem uma pêlo muito macio cinzento e tem umas orelhas enormes. Gosto muito de ambos e dão-se bem os dois, o que é de estranhar.

×