 É a região mais populosa do Brasil com 42,1% da
População Nacional (IBGE 2010).
Teve inicio com a Fundação da Vila de S...
Vila de São Vicente
Ciclo do Ouro
Ciclo do Ouro
Com a proclamação da Republica de 15 de novembro
de 1889, a região se tornou centro financeiro do Brasil.
Com a Abolição...
É a região mais forte economicamente do Brasil, tem
o maior PIB nacional, a região contribui com mais de
50% do PIB nacio...
Avenida Paulista, Centro Financeiro de São Paulo
Na agricultura tem destaque para a produção de soja,
cana-de-açúcar (principalmente para produção de
Etanol), milho, mand...
É a região mais industrializada do Brasil, com setor
diversificado e forte, os principais são a
automobilística (SP), Sid...
A industria de tecnologia também é muito forte, a
exemplo da informática, eletrônica e
telecomunicações.
A região ainda ...
A região ainda possui o maior colégio eleitoral do
Brasil, no Estado de São Paulo que representa 22%
do eleitorado nacion...
TURISMO DE
SOL E MAR
Constitui-se das
atividades turísticas
relacionadas a
recreação,
entretenimento ou
descanso em praias...
RIO DE JANEIRO
No Rio de Janeiro, as
praias, como a de
Copa Cabana São
reconhecidas no
mundo todo. É o
principal destino
t...
ANGRA DOS
REIS
(Praia
Grande/RJ)
A baía de Angra dos Reis,
apresenta 365 ilhas
salpicadas em um mar de
águas verdes e cris...
SÃO PAULO
O litoral de São Paulo se
estende por 622
quilômetros, desde a
divisa com o Paraná até o
Rio de Janeiro.
No lito...
SANTOS/SP
Alem de belíssimas
Praias, Santos destaca-
se, também pelo mais
extenso jardim urbano
de todo mundo,
segundo o G...
ESPIRITO
SANTO
A Capital capixaba foi
fundada em 1551, na ilha
de Vitória. É a terceira
capital brasileira mais
antiga, ap...
VITÓRIA/ES
Baía de Vitória.
Vitória ao lado
esquerdo e Vila Velha
ao lado direito.
www.brasil-
turismo.com/espirito-
santo...
TURISMO
RURAL
É o conjunto de
atividades turísticas
desenvolvidas nomeio
rural, comprometido
com a produção e
agropecuária...
FAZENDA SÃO
SEBASTIÃO/SP
O Turismo Rural é uma
modalidade de turismo
que vem conquistanto
espaço entre as demais
modalidad...
As fazendas de Minas
Gerais, Rio de Janeiro e
São Paulo reservam aos
visitantes a oportunidade
de realizar passeios de
cav...
As atividades turísticas
no meio rural
constituem-se da
oferta de serviços,
equipamentos
e produtos de
hospedagem,
aliment...
TURISMO DE
AVENTURAS
Compreende os
movimentos turísticos
decorrentes da prática
de atividades de
aventuras de carater
recr...
Turismo cultural
Fonte: industriaturismo.blogspot.com
Competitividade é a capacidade crescente de gerar negócios nas
atividades econômicas relacionadas com o setor de turismo, ...
Sustentabilidade
Turismo
Atrativos
Turísticos
Atrativos
Culturais
Aspectos Culturais
Produção social associada ao turismo
...
Equipamentos culturais e atrativos turísticos do Sudeste são
os mais bem estruturados do país
Setor Público Iniciativa Pri...
ASPECTOS CULTURAIS – RESULTADOS POR REGIÃO
Do Sudeste são as melhores médias
registradas em cinco dimensões
enquadradas na...
A união das potencialidades turísticas no projeto Sudeste
Integra favorecerá o aumento da permanência dos visitantes na
re...
CULTURA TURISMO
MEIO AMBIENTE
Potencialidades Turísticas Culturais
Conjunto de características próprias dos lugares, terri...
Carnaval/Rio
Um dos grandes
responsáveis pela força
do turismo carioca é o
carnaval.
Prova de tamanha fama é
o longa metra...
Lapa
A Lapa é um bairro
conhecido pela famosa
arquitetura dos Arcos
e principalmente por
ser o berço da boemia
carioca
Paraty
Fonte:
http://www.turismo.gov.br
São Paulo
Virada Cultural é a festa de rua da cidade de São Paulo
Um evento gratuito que atrai anualmente um público circu...
• Pesquisa de público no evento foi complementada com o monitoramento de
mídias sociais entre os dias 29 de abril e 07 de ...
Seminário Museus e Turismo, um evento do Governo de São Paulo, cujo
objetivo é a reflexão sobre algumas das múltiplas dime...
Turismo de negócios
Segundo Ministério do Turismo, o turista de negócios e eventos, doméstico e internacional,
apresenta algumas característic...
São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte são as cidades que mais
se destacam no cenário de turismo de negócios no Brasil...
"Capital dos Negócios"
• São Paulo sedia cerca de 75% das feiras e congressos realizados no território
nacional - segundo ...
27° Salão do Automóvel movimenta mercado turístico em
São Paulo
Segundo a organização
do Salão em 2010 o
evento recebeu 75...
Espaços para Congresso e
Feiras
• MinasCentro
• Expominas BH
• Chevrolet Hall
Fonte: www.desenvolvimento.mg.gov.br
• Centros de convenções e congressos nacionais e
internacionais
• É bem estruturada
• Excelente malha aérea
• O aeroporto ...
Rio de Janeiro
Os investimentos realizados atualmente na cidade e a
visibilidade internacional em função das Olimpíadas de...
Em 1958- Juscelino Kubitschek e suas políticas
fomenta o setor de turismo,
1966- nasce a EMBRATUR – turismo é inserido n...
Em 1981 – a questão ambiental entra em pauta
RIO-92 promulgação de uma política nacional do
turismo, e nasce o plantur
No governo FHC o turismo ganha uma visão neo-
liberal -“avança Brasil”
Lula- nasce o Mtur – e são publicados os pnt’s de...
O pnt de 2007/2010 e tributário do PAC
 tem como principais estratégias:
 a descentralização da atividades em áreas
lit...
Caminha são Paulo:
Passos dos jesuítas
Rota franciscana
Turismo do saber:
Roda SP
Melhor viagem SP
Concurso como:
...
Conselho estadual de turismo
Comitê integrado de segurança turística
BPTUR
Cogetura- comitê estadual de turismo rural ...
Fórum estadual de secretários e dirigentes municipais
de turismo
Fórum nacional de secretários e dirigentes estaduais
de...
Comitê gestor do projeto caminhos singulares do
turismo
Câmara especial de gestão dos arranjos produtivos
locais do esta...
Plano de desenvolvimento sustentável da região
turísticas
 Prodetu-es
Região montanhas capixabas
Região do verde e das...
Plano de qualificação:
qualifica Brasil
qualifica Espírito Santo turismo
macro programas
Informações turísticas
Promoções e comercialização
Diversificação de oferta turística
Qualidade dos p...
 Infraestrutura:
 duplicação da BR-101
 Duplicação da extensão da BR-101 no contorno vitoria
 Construção do novo aerop...
 Estruturadores:
destino minas
 Estruturação dos atrativos e destinos turísticos
 Minas criativa
 Festivais culturais...
 Programas associados:
Estruturação,desenvolvimento e promoção do
turismo mineiro: desenvolver estruturar e formatar
pro...
 Manutenção do espaço Minas Gerais
 Promoção do turismo, desenvolvimento e apoio a
comercialização de produtos turístico...
 Programas associados:
 Programa de desenvolvimento turístico do nordeste - fase
dois - prodetur/NE-ii - incentivar a at...
 Programa especiais:
Apoio a adm publica:
 Planejamento,gestão e finanças
 Desenvolvimento e capacitação do servidor
...
http://www.cchla.ufrn.br/humanidades/ARTIGOS/GT24/O
http://www.turismo.sp.gov.br/
www.turismo.mg.gov.br/
www.turisrio....
Trabalho turismo
Trabalho turismo
Trabalho turismo
Trabalho turismo
Trabalho turismo
Trabalho turismo
Trabalho turismo
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Trabalho turismo

371 visualizações

Publicada em

Geografia do turismo

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
371
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho turismo

  1. 1.  É a região mais populosa do Brasil com 42,1% da População Nacional (IBGE 2010). Teve inicio com a Fundação da Vila de São Vicente (São Paulo) em 1532. O ciclo do ouro no Séc. XVII, contribui com a Migração de muitas pessoas para Minas Gerais. E com o declínio da produção de ouro no Séc. XVIII, a região começou a investir na Cultura Cafeeira.
  2. 2. Vila de São Vicente Ciclo do Ouro Ciclo do Ouro
  3. 3. Com a proclamação da Republica de 15 de novembro de 1889, a região se tornou centro financeiro do Brasil. Com a Abolição da Escravatura (Lei Áurea em 13 de maio de 1888), e a produção de café em ascensão da produção de café, começou a surgir os primeiros fluxos imigratórios, italianos, alemães e espanhóis, principalmente que vinham ser mão de obra na cultura cafeeira. Na Década de 1920 a industrialização apoiada pelo governo Vargas, contribui para imigração de japoneses, libaneses e sírios. Ainda hoje ainda recebe muitos migrantes internos, a maioria proveniente do nordeste brasileiro, que vão para setores de prestação de serviços e industria.
  4. 4. É a região mais forte economicamente do Brasil, tem o maior PIB nacional, a região contribui com mais de 50% do PIB nacional. Tendo São Paulo como centro do capitalismo brasileiro, a região ainda conta com o forte turismo do Rio de Janeiro, a pecuária de Minas Gerais, e a industria do petróleo em Espírito Santo (segundo maior produtor de petróleo nacional). Rio de Janeiro
  5. 5. Avenida Paulista, Centro Financeiro de São Paulo
  6. 6. Na agricultura tem destaque para a produção de soja, cana-de-açúcar (principalmente para produção de Etanol), milho, mandioca, café, arroz e feijão.
  7. 7. É a região mais industrializada do Brasil, com setor diversificado e forte, os principais são a automobilística (SP), Siderúrgica (toda região), petroquímica (RJ, SP, MG), naval (RJ), petrolífera (RJ “ Campos maior nacional”, ES). Bacia de Campos - RJ
  8. 8. A industria de tecnologia também é muito forte, a exemplo da informática, eletrônica e telecomunicações. A região ainda conta com grandes centros de pesquisas e universidades, como USP, UNICAMP, UFMG, UFRJ.
  9. 9. A região ainda possui o maior colégio eleitoral do Brasil, no Estado de São Paulo que representa 22% do eleitorado nacional, segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Foto Tirada as 7 horas da Manhã, Num dia de eleição, já havia fila.
  10. 10. TURISMO DE SOL E MAR Constitui-se das atividades turísticas relacionadas a recreação, entretenimento ou descanso em praias, em função da presença conjunta de água, sol e calor.
  11. 11. RIO DE JANEIRO No Rio de Janeiro, as praias, como a de Copa Cabana São reconhecidas no mundo todo. É o principal destino turístico da região. Outras praias de destaque são as de Angra dos Reis, Búzios e a de Paraty. Fonte: www.feriasbrasil.com. br/rj
  12. 12. ANGRA DOS REIS (Praia Grande/RJ) A baía de Angra dos Reis, apresenta 365 ilhas salpicadas em um mar de águas verdes e cristalinas. Local preferido dos ricos e famosos. Os bares flutuantes levam drinks e petiscos até às embarcações logo após os pedidos serem feitos via rádio. Fonte: www.feriasbrasil.com.br/r j
  13. 13. SÃO PAULO O litoral de São Paulo se estende por 622 quilômetros, desde a divisa com o Paraná até o Rio de Janeiro. No litoral paulista, é possível Encontrar praias quase intactas e inabitadas, ver as belezas naturais de ilhas e praias acessíveis por trilhas, curtir o pôr-do-sol em mirantes e morros. Fonte: www.litoralvirtual.com.br
  14. 14. SANTOS/SP Alem de belíssimas Praias, Santos destaca- se, também pelo mais extenso jardim urbano de todo mundo, segundo o Guinness Book, localizado ao longo dos 7 km da orla de Santos. São 5.335 metros de comprimento e 218.800 m² de área verde bem cuidada. Fonte: www.santos.sp.gov.br
  15. 15. ESPIRITO SANTO A Capital capixaba foi fundada em 1551, na ilha de Vitória. É a terceira capital brasileira mais antiga, após Recife e Salvador. O Município é formado por um arquipélago de 34 ilhas, mais uma porção continental www.brasil- turismo.com/espirito- santo/vitoria
  16. 16. VITÓRIA/ES Baía de Vitória. Vitória ao lado esquerdo e Vila Velha ao lado direito. www.brasil- turismo.com/espirito- santo/vitoria
  17. 17. TURISMO RURAL É o conjunto de atividades turísticas desenvolvidas nomeio rural, comprometido com a produção e agropecuária, agregando valor a produtos e serviços, resgatando e promovendo o patrimônio cultural e natural da comunidade Fonte: www.turismo.gov.br/tur ismo/rural
  18. 18. FAZENDA SÃO SEBASTIÃO/SP O Turismo Rural é uma modalidade de turismo que vem conquistanto espaço entre as demais modalidades. Fonte: www.tudoturismo.com.b r
  19. 19. As fazendas de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo reservam aos visitantes a oportunidade de realizar passeios de cavalo ou de charrete, de passear de pedalinho em lagos, de tirar o leite fresquinho da vaca e de se surpreender com a gastronomia regional, sempre a beira de um fogão de lenha. Fonte: www.turismo.gov.br/turi smo/rural
  20. 20. As atividades turísticas no meio rural constituem-se da oferta de serviços, equipamentos e produtos de hospedagem, alimentação, recepção à visitação em propriedades rurais, recreação, entretenimento e atividades pedagógicas vinculadas ao contexto rural. Fonte: www.tudoturismo.com.br
  21. 21. TURISMO DE AVENTURAS Compreende os movimentos turísticos decorrentes da prática de atividades de aventuras de carater recreativo e não competitivo. Ex. Montanhismo, paraquedismo, canoismo, etc...
  22. 22. Turismo cultural Fonte: industriaturismo.blogspot.com
  23. 23. Competitividade é a capacidade crescente de gerar negócios nas atividades econômicas relacionadas com o setor de turismo, de forma sustentável, proporcionando ao turista uma experiência positiva. Fonte: www.turismo.gov.br
  24. 24. Sustentabilidade Turismo Atrativos Turísticos Atrativos Culturais Aspectos Culturais Produção social associada ao turismo Patrimônio histórico e cultural Aspectos de governança Fonte: www.turismo.gov.br
  25. 25. Equipamentos culturais e atrativos turísticos do Sudeste são os mais bem estruturados do país Setor Público Iniciativa Privada Soc. Civil Organizada Fonte: www.turismo.gov.br
  26. 26. ASPECTOS CULTURAIS – RESULTADOS POR REGIÃO Do Sudeste são as melhores médias registradas em cinco dimensões enquadradas na pesquisa: Acesso, Aspectos Culturais, Atrativos Turísticos, Marketing e Promoção do Destino, Monitoramento. Na análise dos Aspectos Culturais, a média da região é a única a ultrapassar o nível intermediário da escala, chegando ao quarto patamar de competitividade. Fonte: www.turismo.gov.br
  27. 27. A união das potencialidades turísticas no projeto Sudeste Integra favorecerá o aumento da permanência dos visitantes na região. Lançamento do Sudeste Integra aconteceu no Estande da Região Sudeste, na 40ª ABAV- Fonte: mg.gov.br – Secretaria de Estado de Turismo de Minas Gerais Fonte: www.minasgerais.com.br
  28. 28. CULTURA TURISMO MEIO AMBIENTE Potencialidades Turísticas Culturais Conjunto de características próprias dos lugares, territórios e regiões que, estão disponíveis e podem transformar-se em produto turístico e, posteriormente, em atrativo à demanda turística. Fonte: http://www.turismo.gov.br
  29. 29. Carnaval/Rio Um dos grandes responsáveis pela força do turismo carioca é o carnaval. Prova de tamanha fama é o longa metragem “Rio-O filme”, uma animação da 20th Century Fox e Blue Sky Studios que tem como cenário o Rio de Janeiro nos dias de Carnaval no Brasil. Mídia Espontânea Fonte: http://regiao-sudeste.info/mos/view/Turismo_Regiao_Sudeste/
  30. 30. Lapa A Lapa é um bairro conhecido pela famosa arquitetura dos Arcos e principalmente por ser o berço da boemia carioca
  31. 31. Paraty Fonte: http://www.turismo.gov.br
  32. 32. São Paulo Virada Cultural é a festa de rua da cidade de São Paulo Um evento gratuito que atrai anualmente um público circulante de milhões de pessoas durante 24 horas de programação cultural ininterrupta. Fonte: www.viradacultural.org
  33. 33. • Pesquisa de público no evento foi complementada com o monitoramento de mídias sociais entre os dias 29 de abril e 07 de maio • O termo “Virada Cultural” em redes sociais como Twitter, Facebook, Fickr, YouTube, Google +, etc., tiveram um total de 25.330 posts Fonte: www.observatoriodoturismo.com.br Além d centro velho da cidade, os programas se espalham pelos principais museus, teatros e centros culturais
  34. 34. Seminário Museus e Turismo, um evento do Governo de São Paulo, cujo objetivo é a reflexão sobre algumas das múltiplas dimensões que constituem os Museus e o Turismo Cultural na cidade de São Paulo. São Paulo
  35. 35. Turismo de negócios
  36. 36. Segundo Ministério do Turismo, o turista de negócios e eventos, doméstico e internacional, apresenta algumas características comuns: • escolaridade superior • poder aquisitivo elevado • exige praticidade, comodidades, atendimento e equipamentos de qualidade • representa organizações e empresas • realiza gastos elevados em comparação a outros segmentos • permanência média de quatro dias (doméstico) e de oito dias (internacional) Fonte: www.turismo.gov.br
  37. 37. São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte são as cidades que mais se destacam no cenário de turismo de negócios no Brasil. As cidades do sudeste possuem a melhor infraestrutura brasileira quando o assunto são hotéis, aeroportos, centro de convenções, compras e atrativos turísticos. Fonte: www.sppert.com.br
  38. 38. "Capital dos Negócios" • São Paulo sedia cerca de 75% das feiras e congressos realizados no território nacional - segundo o São Paulo Convention & Visitors Bureau. • Destaque para seus restaurantes, sua agitada vida noturna e seu circuito artístico. Avenida Paulista, cartão-postal da cidade. Abrigando cerca de 30% do centro financeiro paulista Fonte: www.cidadedesaopaulo.com
  39. 39. 27° Salão do Automóvel movimenta mercado turístico em São Paulo Segundo a organização do Salão em 2010 o evento recebeu 750 mil visitantes. 30ª Bienal de São Paulo Uma das maiores exposições de arte contemporânea do mundo Fonte: www.cidadedesaopaulo.com
  40. 40. Espaços para Congresso e Feiras • MinasCentro • Expominas BH • Chevrolet Hall Fonte: www.desenvolvimento.mg.gov.br
  41. 41. • Centros de convenções e congressos nacionais e internacionais • É bem estruturada • Excelente malha aérea • O aeroporto internacional está a 20 minutos dos principais hotéis e centros de convenção. Fonte: www.brasil.gov.br
  42. 42. Rio de Janeiro Os investimentos realizados atualmente na cidade e a visibilidade internacional em função das Olimpíadas de 2016 e da Copa de 2014 estão atraindo um número maior de eventos de diferentes portes para a cidade O turismo de eventos e negócios ainda rendeu à capital fluminense um crescimento de 16% na chegada de turistas europeus, apesar da crise econômica que atinge os países da Europa, segundo dados da Embratur. Fonte: www.jb.com.br
  43. 43. Em 1958- Juscelino Kubitschek e suas políticas fomenta o setor de turismo, 1966- nasce a EMBRATUR – turismo é inserido no II PND(plano nacional de desenvolvimento) regionalizado
  44. 44. Em 1981 – a questão ambiental entra em pauta RIO-92 promulgação de uma política nacional do turismo, e nasce o plantur
  45. 45. No governo FHC o turismo ganha uma visão neo- liberal -“avança Brasil” Lula- nasce o Mtur – e são publicados os pnt’s de 2003/2007 e 2007/2010
  46. 46. O pnt de 2007/2010 e tributário do PAC  tem como principais estratégias:  a descentralização da atividades em áreas litorâneas(interiorização),  fortalecimento do turismo domestico,  qualificação da Mão de obra e a  criação de um banco de dados com atributos do turismo para pesquisas e planejamento
  47. 47. Caminha são Paulo: Passos dos jesuítas Rota franciscana Turismo do saber: Roda SP Melhor viagem SP Concurso como: o twitta SP clica SP
  48. 48. Conselho estadual de turismo Comitê integrado de segurança turística BPTUR Cogetura- comitê estadual de turismo rural e agro turismo Grupo de apoio e fomento ao turismo marítimo e náutico: estudar e promover medidas de estímulo do turismo marítimo e náutico
  49. 49. Fórum estadual de secretários e dirigentes municipais de turismo Fórum nacional de secretários e dirigentes estaduais de turismo Conema- Conselho estadual do meio ambiente Conselho consultivo do parque nacional da restinga de Jurubatiba Conselho gestor consultivo do parque nacional da serra dos órgãos-parnaso
  50. 50. Comitê gestor do projeto caminhos singulares do turismo Câmara especial de gestão dos arranjos produtivos locais do estado Arranjo produtivo local de entretenimento de conservatória Programa de artesanato do estado do rio de janeiro Interlocuções com o MTur Parcerias diversas
  51. 51. Plano de desenvolvimento sustentável da região turísticas  Prodetu-es Região montanhas capixabas Região do verde e das águas Região metropolitana
  52. 52. Plano de qualificação: qualifica Brasil qualifica Espírito Santo turismo
  53. 53. macro programas Informações turísticas Promoções e comercialização Diversificação de oferta turística Qualidade dos produtos turísticos: Formento
  54. 54.  Infraestrutura:  duplicação da BR-101  Duplicação da extensão da BR-101 no contorno vitoria  Construção do novo aeroporto de vitoria  Recuperação e melhoria da BR-262  Sinalização turística  Construção de marina publica  Aeroporto das montanhas capixabas  Construção do centro de convenções de vitoria  Urbanização da orla do canal de Guarapari  Asfaltamento da estrada parque do Caparaó  Sistema de coleta e tratamento de esgoto da região metropolitana e das principais cidade turísticas do estado
  55. 55.  Estruturadores: destino minas  Estruturação dos atrativos e destinos turísticos  Minas criativa  Festivais culturais  Rota das grutas de lund  Expansão do expominas
  56. 56.  Programas associados: Estruturação,desenvolvimento e promoção do turismo mineiro: desenvolver estruturar e formatar produtos novos envolvendo qualificação e profissionalização da governança
  57. 57.  Manutenção do espaço Minas Gerais  Promoção do turismo, desenvolvimento e apoio a comercialização de produtos turísticos  Regionalização do turismo e fortalecimento das instancias de governança  pesquisa e estatísticas do turismo Mineiro  estruturação e promoção de destinos turísticos para eventos de visibilidade internacional  potencialização do turismo de negócios e eventos em Minas Gerais  estruturação do turismo religioso em Minas Gerais  Desenvolvimento do turismo - Prodetur Nacional Minas Gerais  Apoio ao turismo nos municípios
  58. 58.  Programas associados:  Programa de desenvolvimento turístico do nordeste - fase dois - prodetur/NE-ii - incentivar a atividade turística no vale do Jequitinhonha como alternativa econômica de desenvolvimento sustentável:  Fortalecimento institucional para gestão do turismo  Infraestrutura rodoviária turística  Estudo, implantação e conservação de vias de acesso  Estruturação dos parques estaduais e dos atrativos naturais  Fortalecimento da gestão de resíduos sólidos
  59. 59.  Programa especiais: Apoio a adm publica:  Planejamento,gestão e finanças  Desenvolvimento e capacitação do servidor  Remuneração de pessoal ativo e encargos sociais:
  60. 60. http://www.cchla.ufrn.br/humanidades/ARTIGOS/GT24/O http://www.turismo.sp.gov.br/ www.turismo.mg.gov.br/ www.turisrio.rj.gov.br/ www.setur.es.gov.br

×