Levantou-se cedo, Tita carochinha Começou o dia Varrendo a cozinhaAchou uma moedacaída no chão.- É de ouro, certamentevale...
-Com tanto dinheiro, não sei o que comprar Para um automóvel não deve chegar. - Para uma TV de certo dará Mais um candeeir...
Na loja de modas «CAROCHAPINHEIRO»Vai a Carochinha gastar dinheiro,- Quero um fato verde com saia de roda E um xaile de re...
-Também quero luvas, brancas, de cetim Se houver um tamanho que dê para mim.- E aquela blusa, que é toda bordada vai bem c...
Preparou-se toda e sentiu-se bela Quis arranjar noivo e pôs-se à janela.- Sou rica e formosa, tenho uma casinha Quem quer ...
Vem o Boi malhado muito convencido Que ela o aceita para seu marido.- Tão grande e tão gordo ! – diz em voz baixinha Não i...
- Sou rica e formosa,Tenho uma casinha.Quem quer casar Com a carochinha ?<br />
Vem cantando, o galo,- Não tenho feitio Para viver só- Tenho capoeira,Não tenho galinhaVenho pra casarCom a carochinha.  -...
- Sou rica e formosa,Tenho uma casinha.Quem quer casar Com a carochinha ?<br />
Vem agora o cão falando a preceito- Para bom maridoSei que tenho jeito. - Não sou cão de luxo,mas sou bom rafeiro.Nunca ti...
- Sou rica e formosa,Tenho uma casinha.Quem quer casar Com a carochinha ?<br />
Já lá vem o gatoTodo aperaltadoDe sapatos novosE fato encarnado. -Tenho um bom palácio, Terrenos e hortasE sou da famíliaD...
- Sou rica e formosa,Tenho uma casinha.Quem quer casar Com a carochinha ?<br />
Vem chegando o rato com passo apressadoPorque não quer chegar atrasado. De flor na lapela do fato cinzentoParece que vai p...
- Não tem importância – Diz a CarochinhaCabemos os dois na minha casinha. - Eu gosto de ti e do teu falarContigo, João, eu...
Perto da igreja diz a Carochinha-Tenho que voltar à minha casinha.-Esqueci-me das luvas. Que aborrecimentoSem luvas não vo...
Em casa, o João está encantadoTudo tão bonito, tão bem arrumado.- As luvas não vejo aonde estarão?Talvez na cozinha, ao pé...
Chega a Carochinha, e vê o JoãoChorando com dores, estendido no chão.E sem hesitar (nem sabe o que houve)Pelo telefone cha...
FIM<br />Autora da história: Maria Carolina Pereira Rosa<br />Ilustrações elaboradas pelos alunos da Sala 1 e 3 <br />Educ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

A Casa Da Tita Carochinha

1.152 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.152
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
11
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Casa Da Tita Carochinha

  1. 1. Levantou-se cedo, Tita carochinha Começou o dia Varrendo a cozinhaAchou uma moedacaída no chão.- É de ouro, certamentevale um dinheirão <br />A CASINHA DA TITA CAROCHINHA<br />
  2. 2. -Com tanto dinheiro, não sei o que comprar Para um automóvel não deve chegar. - Para uma TV de certo dará Mais um candeeiro e outro sofá.  - Mas só comprarei estas coisas todas Com o que sobrar das lojas das modas. - Sim, porque primeiro, eu quero comprar Umas coisas bonitas para me enfeitar. - Bem feitas as contas, talvez vá sobrarUma moedinha para amealhar. <br />?<br />
  3. 3. Na loja de modas «CAROCHAPINHEIRO»Vai a Carochinha gastar dinheiro,- Quero um fato verde com saia de roda E um xaile de renda da última moda. - Quero este colar, brincos e pulseira Por serem da cor da minha carteira- Levo a camisola, azul, que condiz Com os meus sapatos que são de verniz<br />
  4. 4. -Também quero luvas, brancas, de cetim Se houver um tamanho que dê para mim.- E aquela blusa, que é toda bordada vai bem com a calça de seda encarnada. - Para pôr no cabelo, levo estas flores Não são muito grandes, mas gosto das cores.<br />
  5. 5. Preparou-se toda e sentiu-se bela Quis arranjar noivo e pôs-se à janela.- Sou rica e formosa, tenho uma casinha Quem quer casar com a Carochinha?Espalhou-se a noticia por todo o lugar Que a carochinha queria casar.<br />
  6. 6. Vem o Boi malhado muito convencido Que ela o aceita para seu marido.- Tão grande e tão gordo ! – diz em voz baixinha Não ia caber na minha casinha. - Tenho um curral novo, prado à descrição. Menina carochinha quero a sua mão.- Não quero curral, pois não sou vaquinha Antes quero ficar na minha casinha.  - Não gosto de ti, sai da minha rua Tita Carochinha nunca será tua.<br />
  7. 7. - Sou rica e formosa,Tenho uma casinha.Quem quer casar Com a carochinha ?<br />
  8. 8. Vem cantando, o galo,- Não tenho feitio Para viver só- Tenho capoeira,Não tenho galinhaVenho pra casarCom a carochinha.  - Não quero capoeira,Pois não sou galinhaAntes quero morar Na minha casinha. - Não gosto de ti,Sai da minha ruaTita CarochinhaNunca será tua. <br />
  9. 9. - Sou rica e formosa,Tenho uma casinha.Quem quer casar Com a carochinha ?<br />
  10. 10. Vem agora o cão falando a preceito- Para bom maridoSei que tenho jeito. - Não sou cão de luxo,mas sou bom rafeiro.Nunca tive casanem tenho dinheiro. - Não quero casarPara ser pobrezinhaAntes quero morarNa minha casinha. - Não gosto de ti, sai da minha ruaTita CarochinhaNunca será tua.<br />
  11. 11. - Sou rica e formosa,Tenho uma casinha.Quem quer casar Com a carochinha ?<br />
  12. 12. Já lá vem o gatoTodo aperaltadoDe sapatos novosE fato encarnado. -Tenho um bom palácio, Terrenos e hortasE sou da famíliaDo Gato das Botas. - Não quero palácioPois não sou rainhaAntes quero ficarNa minha casinha. - Não gosto de ti,Sai da minha rua. Tita CarochinhaNunca será tua. <br />
  13. 13. - Sou rica e formosa,Tenho uma casinha.Quem quer casar Com a carochinha ?<br />
  14. 14. Vem chegando o rato com passo apressadoPorque não quer chegar atrasado. De flor na lapela do fato cinzentoParece que vai para o casamento.- Eu sou o João, um rato educadoTenho bom feitio e um bom ordenado.- Estou empregado na loja da esquinaSempre ao seu dispôr, Mercearia fina.-Talvez me conheça da televisãoPois faço o anuncio dos queijos Ratão.- Sei de culinária, sou nisso entendidoArte que se exige a qualquer marido.- A um bom petisco não viro o focinhoGosto de bom queijo, presunto e toucinho.- Linda Carochinha quero a sua mãoDou-lhe esta flor e o meu coração- Estou em condições de poder casarSó me falta casa onde morar.<br />
  15. 15. - Não tem importância – Diz a CarochinhaCabemos os dois na minha casinha. - Eu gosto de ti e do teu falarContigo, João, eu quero casarÀ hora escolhida, do dia marcadoVão para a igreja, os dois, lado a lado.Em casa ficou um belo jantarEm lume brandinho para apurar<br />
  16. 16. Perto da igreja diz a Carochinha-Tenho que voltar à minha casinha.-Esqueci-me das luvas. Que aborrecimentoSem luvas não vou para o casamento.Mas diz o João - Espera por mimEu vou num instante, é melhor assimFica a Carochinha na rua a esperarCerta que o João não vai demorarMas ele não vem e o tempo passaJá a Carochinha pressente desgraça.- Estou preocupada – diz a CarochinhaVou ver que se passa na minha casinha.<br />
  17. 17. Em casa, o João está encantadoTudo tão bonito, tão bem arrumado.- As luvas não vejo aonde estarão?Talvez na cozinha, ao pé do fogão.Mas vem da panela um rico cheirinho- E se eu provasse só um bocadinhoDá uma dentada com todo o cuidado.Esquecendo as luvas come regalado.- Só mais um pouquinho, ninguém vai notarChega para os dois e Há-de sobrar.- Um....mas que delícia que belo petisco.Quem é que pode despegar-se disto?Comer tanto assim, deu mau resultadoFica o rato noivo muito agoniado.- Estou mal disposto sinto-me tão malQuem é que me leva para o hospital?<br />
  18. 18. Chega a Carochinha, e vê o JoãoChorando com dores, estendido no chão.E sem hesitar (nem sabe o que houve)Pelo telefone chama o 112.Vem a ambulância levou o JoãoE disse doutor que é indigestão.Ah! Já me esquecia....Quanto ao casamento,Ficou adiadoNão sei para quando,Não fui convidado.<br />
  19. 19. FIM<br />Autora da história: Maria Carolina Pereira Rosa<br />Ilustrações elaboradas pelos alunos da Sala 1 e 3 <br />Educadoras. Isabel & Elsa<br />

×