A carochinha história e imagens

10.053 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.053
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
77
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A carochinha história e imagens

  1. 1. Era uma vez uma carochinha que andava a limpar a sua cozinha. Ao varrer o chão, encontrou cinco réis.
  2. 2. A Carochinha resolveu ir comprar umas fitas e uns lacinhos para se pôr toda vaidosa. À frente do espelho dizia: - Que bonita que eu estou!
  3. 3. Foi colocar-se à janela à espera que algum pretendente aparecesse. Apare- ceu um gato, mas a Carochinha não se interessou, pois ele não comia comi- das finas. O gato foi-se embora dando pulos de raiva.
  4. 4. Carochinha dizia: - Quem quer casar com a Carochinha que é airosa e formosinha? Logo apareceu um cão que teve a mesma sorte.
  5. 5. - Quero eu! - disse o boi. - Tu não me serves. Quero um marido com outros gostos e mais elegan- te do que tu. O boi, muito irritado, desandou, dando um pontapé a uma garrafa que se partiu.
  6. 6. Já com pouca esperança de ver o seu príncipe encantado, apareceu de repente um rato muito bem vestido e com ar de esperto. - Que é que tu comes? - perguntou a Carochinha. - Tudo o que é bom e caro! Presunto, queijo, fiambre, ... - Não digas mais nada! Gosto muito de ti e quero casar contigo.
  7. 7. Antes de irem para a igreja para se casarem, deixaram o caldeirão ao lume para fazer o almoço da grande festa.
  8. 8. A meio do caminho, a Carochinha reparou que se tinha esquecido das luvas em casa. João Ratão voltou a casa para as ir buscar.
  9. 9. Ao abrir a porta, cheirou a toucinho cozido. João Ratão esqueceu-se das luvas. Destapou o caldeirão, meteu o mão, meteu o pé e escorregou para dentro dele. A Carochinha, já farta de esperar, voltou a casa. Mal entrou, teve um mau pressentimento. O caldeirão estava destapado e, por toda a casa cheirava a toucinho e a rato cozido. Carochinha, muito triste, dizia: - Meu pobre João Ratão. Morreu cozido no caldeirão. Fi

×