Muitos Mundos
13 de Janeiro de 2010
Edison Moreira
Grupo de Cárita
Pensamento de um astronauta que participou das missões
Apolo e que continuou pesquisando e fazendo palestras.
“O maior med...
Agenda
• Quem Somos
•Onde Estamos
Escritos
●
Obras Espíritas
•Evidências de Muitos Mundos
●
Sistema Solar
●
Lua
●
Marte
●
...
Quem Somos
Classificação Sistemática (Biologia)
Reino Animal
Filo Vertebrado
Classe Mamíferos
Ordem Primatas
Superfamília ...
Onde Estamos
Terra
Sistema Estelar Sol
Braço Perseus
Via Láctea
Diâmetro de
nossa Galáxia
90.000 Anos Luz
Classificação de...
Visão Infravermelho do Centro da Via Láctea
A Gênese (Alan Kardec) Capítulo VI – Astronomia Geral - O espaço e o tempo
Ora, digo que o espaço é infinito, pela razão d...
Evolução
Visão Infravermelho campo ultra profundo
telescópio Hubble
Galáxias a bilhões de Anos Luz
Galáxia Sombrero Aglomerado de Estrelas Nebulosa Tarântula
Exo Planeta MOA 192-b
Tamanhos
Estrela é 1/20 do Sol
Planeta 3,...
Folha São Paulo Ciência 08/01/2010
Astrônomos dizem que planetas habitáveis
devem ser encontrados em até 5 anos
PUBLICIDAD...
Calculando possibilidade de vida Extraterrestre
A Equação de Drake, proposta por Frank Drake em 1961, foi formulada com o ...
Calculando possibilidade de vida ExtraTerrestre
ne é o número médio de planetas que
potencialmente permitem o
desenvolvime...
•Escritos
●
Obras Espíritas
O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec
Capítulo III - Há muitas moradas na casa de...
Diferentes categorias de mundos habitados
Do ensino dado pelos Espíritos, resulta que muito diferentes umas das outras são...
O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec
Nos mundos intermédios, misturam-se o bem e o mal, predominando um ou
o...
O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec
Os Espíritos que encarnam em um mundo não se acham a ele presos indefin...
PROJETO APOLLO•Evidências de Muitos Mundos
●
Sistema Solar
●
Lua
“Todos os vôos espaciais dos projetos
Gemini e Apollo foram acompanhados
de perto por veículos espaciais de
origem extrate...
LUNAR ORBITER LO-1-102
APOLLO 16
APOLLO 16
“RASTROS” DE DESLOCAMENTO
APOLLO 16APOLLO 16
“MONOLITOS”
ESTRUTURAS NÂO NATURAIS
“Recebi ordens para destruir as fotos
mais criticas que demonstravam
a existência de ruínas e tecnologia
extraterrestre na...
Visão Antiga de Marte Visão Atual de Marte
PHOENIX
ÁGUA CONGELADA CONFIRMADA PELAS ANÁLISES
AMOSTRA DE SOLO ANALISADO PELA PHOENIX
COMPATÍVEL COM O DESENVOLVIMENTO DE VIDA VEGETAL EXISTENTE NA TERRA
ENTRADA EM ORBITA EM 11 DE SETEMBRO DE 1997
MARS GLOBAL SURVEYORMars Global Surveyor ENTRADA EM ORBITA EM 11 DE SETEMBRO D...
MARS GLOBAL SURVEYOR
VIDA VEGETAL?
FORMAS DE VIDA VEGETAL?
MARS GLOBAL SURVEYOR
MARS GLOBAL SURVEYOR
MARTE TERRA
Vídeo Flotilha UFOs Cidade do México
Fontes : Jaime Maussan / Revista UFO
•Evidências de Muitos Mundos
●
Terra
Documentos ...
CÍRCULOS INGLESES - (“Crop Circles” ) – AgroGlifos
Descoberto em 13 de agosto de 2001 – Milk Hill Wiltshire - Inglaterra
Interpretação
Confirmação
A energia da Confirmação nos conta que a nossa consciência está se
desenvolvendo rapidamente. Tu...
Descoberto em 20 de Julho de 2003 – Hackpen Hill Wiltshire - Inglaterra
Interpretação
Integração
A energia da Integração a...
AgroGlifo descoberto em 2008 - Santa Catarina
Fonte : Revista UFO
Operação Militar Brasileira PRATO
ILHA DE COLARES - PARÁ (1977)
ILHA DE COLARES - PARÁ (1977)
RIO GUAJARÁ – PARÁ (1977) Operação PRATO
Quadros da Idade Média
Caso
Capella  Terra
A Gênese (Alan Kardec) Capítulo XI – Emigrações e Imigrações dos espíritos
No intervalo de suas existências corporais, os ...
A Gênese (Alan Kardec) Capítulo XI – Emigrações e Imigrações dos espíritos
É notável que todas as grandes calamidades que ...
A Saga dos Capelinos
A queda dos Anjos
A era dos Deuses
O primeiro Faraó
Os Patriarcas de Yahveh
Moisés - o Enviado de Yah...
Capella
Capella significa "pequena cabra".
As estrelas de Auriga ou Cocheiro são
razoavelmente brilhantes; cinco são de
se...
• Capella
• Estágio evolutivo semelhante ao da Terra atual
(tecnologias de transporte, bancos, federações
de países)
• Mai...
•Capella
•Regeneração
da Orbe
•Terra
•Convivência de 2 grupos muitos diferentes
espiritualmente e materialmente
•Mito dos ...
• Terra
• Parte da população já angariou
merecimentos de viver em paz e em
harmonia para prosseguir na caminhada
evolutiva...
Os mundos progridem fisicamente pela elaboração da matéria, e
normalmente pela purificação dos Espíritos que o habitam. A ...
Bibliografia
Kardec, Allan – Gênese, os milagres e as predições segundo o Espiritismo
Janosh – Mandalas Extraterrestes
Pet...
GRATO
pela presença
Grupo de Cárita
Muitos Mundos
Muitos Mundos
Muitos Mundos
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Muitos Mundos

692 visualizações

Publicada em

Apresentação feita para o Grupo de Cárita em Janeiro de 2010. Contem informações sobre Quem Somos, Onde Estamos, Escritos Espiritas sobre a existência de Muitos Mundos e as evidências cientificas e livros com este tema. Estudo do Caso da Transmigração de milhoes de espiritos de Capela para a Terra

Publicada em: Espiritual
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
692
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
19
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Muitos Mundos

  1. 1. Muitos Mundos 13 de Janeiro de 2010 Edison Moreira Grupo de Cárita
  2. 2. Pensamento de um astronauta que participou das missões Apolo e que continuou pesquisando e fazendo palestras. “O maior medo de um pesquisador é de ser ridicularizado”
  3. 3. Agenda • Quem Somos •Onde Estamos Escritos ● Obras Espíritas •Evidências de Muitos Mundos ● Sistema Solar ● Lua ● Marte ● Ufologia ● Filme, Fotos ● Documentos ● Círculos • Caso Capella  Terra
  4. 4. Quem Somos Classificação Sistemática (Biologia) Reino Animal Filo Vertebrado Classe Mamíferos Ordem Primatas Superfamília Antropóides Família Hominídeos Subfamília Antropianos Gênero Humano Espécie Homem Moderno (Homo Sapiens) Representação Homem e Mulher Placa da Sonda Pioneer 11
  5. 5. Onde Estamos Terra Sistema Estelar Sol Braço Perseus Via Láctea Diâmetro de nossa Galáxia 90.000 Anos Luz Classificação de nossa Galáxia Espiralada Número de Estrelas em nossa Galáxia 200 bilhões Massa de nossa Galáxia 1 trilhão de massas solares Distância do Sol ao centro da Galáxia 26.000 Anos Luz Espessura de nossa Galáxia na posição do Sol 2.000 Anos Luz Velocidade do Sol entorno do centro da Galáxia 220 km/s Vídeo Sobre Via Láctea
  6. 6. Visão Infravermelho do Centro da Via Láctea
  7. 7. A Gênese (Alan Kardec) Capítulo VI – Astronomia Geral - O espaço e o tempo Ora, digo que o espaço é infinito, pela razão de ser impossível imaginar um limite qualquer. e porque, apesar da dificuldade com que topamos para conceber o infinito, mais fácil nos é avançar eternamente pelo espaço, em pensamento, Para imaginarmos tanto quanto nos permitam as nossas limitadas faculdades, a infinidade do espaço, suponhamos que, partindo da Terra, perdida no meio do infinito, para um ponto qualquer do Universo, com a velocidade prodigiosa da luz, que percorre milhares de quilômetros por segundo, e que, havendo percorrido milhões de quilômetros mal tenhamos deixado este globo, nos achamos num lugar donde apenas o divisamos sob o aspecto de pálida estrela. Passado um instante chegamos a essas estrelas longínquas. Daí, não só a Terra nos desaparece inteiramente do olhar nas profundezas do céu, como também o próprio Sol, com todo o seu esplendor, se há eclipsado pela extensão que dele nos separa. ..... Animados sempre da mesma velocidade da luz, a cada passo que avançamos na extensão, transpomos sistemas de mundos, ilhas de luz etérea, estradas estelíferas, paragens suntuosas onde Deus semeou mundos na mesma profusão com que semeou as plantas nas pradarias terrenas. Se continuarmos durante anos, séculos, milhares de séculos, milhões de períodos cem vezes seculares e sempre com a mesma velocidade da luz, nem um passo igualmente teremos avançado, qualquer que seja o lado para onde nos dirijamos e qualquer que seja o ponto para onde nos encaminhemos, a partir desse grãozinho invisível donde saímos e a que chamamos Terra. Eis aí o que é o espaço!
  8. 8. Evolução
  9. 9. Visão Infravermelho campo ultra profundo telescópio Hubble Galáxias a bilhões de Anos Luz
  10. 10. Galáxia Sombrero Aglomerado de Estrelas Nebulosa Tarântula Exo Planeta MOA 192-b Tamanhos Estrela é 1/20 do Sol Planeta 3,3 vezes a Terra PSR B1620 – 26 b Matusalém Sistema Pulsar e uma Anã Branca Estrela Gigante de Gás Planeta formado a 13 bilhões de anos
  11. 11. Folha São Paulo Ciência 08/01/2010 Astrônomos dizem que planetas habitáveis devem ser encontrados em até 5 anos PUBLICIDADE da Associated Press, em Washington Astrônomos dizem que estão prestes a encontrar planetas como a Terra orbitando outras estrelas, um passo-chave para determinar se nós estamos sozinhos no Universo. Um importante oficial da Nasa (agência espacial norte- americana) e outros importantes cientistas dizem que, dentro de quatro ou cinco anos, eles devem descobrir o primeiro planeta similar à Terra onde a vida poderia se desenvolver, ou já se desenvolveu. Qualquer planeta que pudesse suportar vida seria quase com certeza rochoso, ao invés de gasoso. E precisa estar no local certo. Planetas muito próximos de uma estrela será muito quentes também, e aqueles muito distantes são muito frios....... O número de exoplanetas descobertos já passou bem dos 400. Mas nenhum deles tem os componentes certos para a vida. Isso está para mudar, dizem os especialistas. "Com o Kepler, nós temos fortes indicações de planetas menores em grande quantidade, mas eles ainda não foram verificados", diz Geoff Marcy, da Universidade da Califórnia Sonda Kepler Animação de exoplaneta possivelmente habitável
  12. 12. Calculando possibilidade de vida Extraterrestre A Equação de Drake, proposta por Frank Drake em 1961, foi formulada com o propósito de fornecer uma estimativa do número de civilizações em nossa galáxia (Via Láctea) com as quais poderíamos ter chances de estabelecer comunicação. A Equação de Drake é a seguinte : Onde: N é o número de civilizações extraterrestres em nossa galáxia com as quais poderíamos ter chances de estabelecer comunicação. e R* é a taxa de formação de estrelas em nossa galáxia fp é a fração de tais estrelas que possuem planetas em órbita
  13. 13. Calculando possibilidade de vida ExtraTerrestre ne é o número médio de planetas que potencialmente permitem o desenvolvimento de vida por estrela que tem planetas fl é a fração dos planetas com potencial para vida que realmente desenvolvem vida fi é a fração dos planetas que desenvolvem vida inteligente fc é a fração dos planetas que desenvolvem vida inteligente e que têm o desejo e os meios necessários para estabelecer comunicação L é o tempo esperado de vida de tal civilização http://www.activemind.com/Mysterious/Topics/SETI/drake_equation.html Sistema Solar – 3 Planetas
  14. 14. •Escritos ● Obras Espíritas O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Capítulo III - Há muitas moradas na casa de meu Pai
  15. 15. Diferentes categorias de mundos habitados Do ensino dado pelos Espíritos, resulta que muito diferentes umas das outras são as condições dos mundos, quanto ao grau de adiantamento ou de inferioridade dos seus habitantes. Entre eles há-os em que estes últimos são ainda inferiores aos da Terra, física e moralmente; outros, da mesma categoria que o nosso; e outros que lhe são mais ou menos superiores a todos os respeitos. Nos mundos inferiores, a existência é toda material, reinam soberanas as paixões, sendo quase nula a vida moral. A medida que esta se desenvolve, diminui a influência da matéria, de tal maneira que, nos mundos mais adiantados, a vida é, por assim dizer, toda espiritual.
  16. 16. O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Nos mundos intermédios, misturam-se o bem e o mal, predominando um ou outro, segundo o grau de adiantamento da maioria dos que os habitam. Embora se não possa fazer, dos diversos mundos, uma classificação absoluta, pode-se contudo, em virtude do estado em que se acham e da destinação que trazem, tomando por base os matizes mais salientes, dividi-los como segue: Mundos primitivos - destinados às primeiras encarnações da alma humana; Mundos de expiação e provas - onde domina o mal; Mundos de regeneração - nos quais as almas que ainda têm o que expiar haurem novas forças, repousando das fadigas da luta; Mundos ditosos - onde o bem sobrepuja o mal; Mundos celestes ou divinos, habitações de Espíritos depurados, onde exclusivamente reina o bem. A Terra atualmente está na categoria dos mundos de expiação e provas, razão por que aí vive o homem com tantas misérias.
  17. 17. O Evangelho Segundo o Espiritismo por Allan Kardec Os Espíritos que encarnam em um mundo não se acham a ele presos indefinidamente, nem nele atravessam todas as fases do progresso que lhes cumpre realizar, para atingir a perfeição. Quando, em um mundo, eles alcançam o grau de adiantamento que esse mundo comporta, passam para outro mais adiantado, e assim por diante, até que cheguem ao estado de puros Espíritos. São outras tantas estações, em cada uma das quais se lhes deparam elementos de progresso apropriados ao adiantamento que já conquistaram. É-lhes uma recompensa ascenderem a um mundo de ordem mais elevada, como é um castigo o prolongarem a sua permanência em um mundo desgraçado, ou serem relegados para outro ainda mais infeliz do que aquele a que se vêem impedidos de voltar quando se obstinaram no mal.
  18. 18. PROJETO APOLLO•Evidências de Muitos Mundos ● Sistema Solar ● Lua
  19. 19. “Todos os vôos espaciais dos projetos Gemini e Apollo foram acompanhados de perto por veículos espaciais de origem extraterrestre, mas os astronautas receberam ordens para manterem silêncio sobre isto”. Maurice Chatelain, antigo chefe dos sistemas de comunicação da NASA.
  20. 20. LUNAR ORBITER LO-1-102
  21. 21. APOLLO 16 APOLLO 16 “RASTROS” DE DESLOCAMENTO
  22. 22. APOLLO 16APOLLO 16 “MONOLITOS”
  23. 23. ESTRUTURAS NÂO NATURAIS
  24. 24. “Recebi ordens para destruir as fotos mais criticas que demonstravam a existência de ruínas e tecnologia extraterrestre na Lua”. Dr. Ken Johnston, gerente da Divisão de Controle de Dados e Fotos do Laboratório de Recepção Lunar da NASA, durante os esforços de exploração de nosso satélite durante o projeto Apollo na década de 70.
  25. 25. Visão Antiga de Marte Visão Atual de Marte
  26. 26. PHOENIX
  27. 27. ÁGUA CONGELADA CONFIRMADA PELAS ANÁLISES
  28. 28. AMOSTRA DE SOLO ANALISADO PELA PHOENIX COMPATÍVEL COM O DESENVOLVIMENTO DE VIDA VEGETAL EXISTENTE NA TERRA
  29. 29. ENTRADA EM ORBITA EM 11 DE SETEMBRO DE 1997 MARS GLOBAL SURVEYORMars Global Surveyor ENTRADA EM ORBITA EM 11 DE SETEMBRO DE 1997
  30. 30. MARS GLOBAL SURVEYOR VIDA VEGETAL?
  31. 31. FORMAS DE VIDA VEGETAL? MARS GLOBAL SURVEYOR
  32. 32. MARS GLOBAL SURVEYOR
  33. 33. MARTE TERRA
  34. 34. Vídeo Flotilha UFOs Cidade do México Fontes : Jaime Maussan / Revista UFO •Evidências de Muitos Mundos ● Terra Documentos Oficiais Aeronáutica Brasileira Cidade de Americana (São Paulo) 1989 Voo Vasp 169 em 1982 Ilha Trindade em 1952
  35. 35. CÍRCULOS INGLESES - (“Crop Circles” ) – AgroGlifos
  36. 36. Descoberto em 13 de agosto de 2001 – Milk Hill Wiltshire - Inglaterra
  37. 37. Interpretação Confirmação A energia da Confirmação nos conta que a nossa consciência está se desenvolvendo rapidamente. Tudo o que pensamos é confirmado. Se vivermos com medo, este medo de fato será confirmado. Desenvolva o poder de seus pensamentos e crie o que realmente quer.
  38. 38. Descoberto em 20 de Julho de 2003 – Hackpen Hill Wiltshire - Inglaterra Interpretação Integração A energia da Integração ajuda você a aplicar na vida diária as novas verdades que aprendeu. Esta energia torna você consciente de que é responsável pelas sua próprias ações.
  39. 39. AgroGlifo descoberto em 2008 - Santa Catarina Fonte : Revista UFO
  40. 40. Operação Militar Brasileira PRATO ILHA DE COLARES - PARÁ (1977)
  41. 41. ILHA DE COLARES - PARÁ (1977) RIO GUAJARÁ – PARÁ (1977) Operação PRATO
  42. 42. Quadros da Idade Média
  43. 43. Caso Capella  Terra
  44. 44. A Gênese (Alan Kardec) Capítulo XI – Emigrações e Imigrações dos espíritos No intervalo de suas existências corporais, os Espíritos estão no estado de erraticidade, e compõem população espiritual ambiente do globo. Pelas mortes e nascimentos essas duas populações se permutam incessantemente; operam-se, pois, incessantemente, emigrações do mundo corpóreo para o mundo espiritual, e imigrações do mundo espiritual para o mundo corporal: este é o estado normal. Em certas épocas, reguladas pela sabedoria divina, essas emigrações e imigrações se operam em massas mais ou menos consideráveis, como resultado das grandes revoluções que fazem partir ao mesmo tempo, quantidades inumeráveis, as quais são logo substituídas por quantidades equivalentes de encarnações. Portanto, é preciso considerar os flagelos destruidores e os cataclismos como ocasiões de chegadas e partidas coletivas, meios providenciais de renovar a população corporal do globo, de a retemperar mediante a introdução de novos elementos espirituais mais purificados. Se, nessas catástrofes, há destruição de um grande número de corpos, ali não há senão vestes dilaceradas, porém nenhum Espírito perece: nada fazem senão mudar de ambiente; em lugar de partir isoladamente, partem em quantidades - eis toda a diferença - pois, quanto a partir por uma causa, ou por outra, para eles não muda a fatalidade de que mais cedo ou mais tarde deverão partir. As renovações rápidas e quase instantâneas que se operam no elemento espiritual da população, como conseqüência dos flagelos destruidores, aceleram o progresso social; sem as imigrações e emigrações que ocorrem de tempos a tempos viessem dar-lhe um violento impulso, progrediria com extrema lentidão.
  45. 45. A Gênese (Alan Kardec) Capítulo XI – Emigrações e Imigrações dos espíritos É notável que todas as grandes calamidades que dizimam as populações, são hoje seguidas de uma era de progresso na ordem física, intelectual e moral, e por conseguinte, no estado social dos que vivem naquele determinado povo onde se realizam. É que tiveram por finalidade operar um remanejamento na população espiritual, que é a população normal e ativa do globo. Essa transfusão que se opera entre a população encarnada e a população desencarnada de um mesmo globo opera-se igualmente entre os mundos, seja individualmente nas condições normais, seja por massas em circunstâncias especiais. Há, pois, emigrações e imigrações coletivas, de um mundo para outro. Delas resulta a introdução, na população de um globo, de elementos inteiramente novos; novas raças de Espíritos, que vêm se misturar às raças existentes, constituem novas raças de homens. Ora, como os Espíritos não perdem jamais o que adquiriram, trazem com eles a inteligência e a intuição dos conhecimentos que possuem; por conseguinte, imprimem seu caráter à raça corporal que vieram animar. Para isso, não têm necessidade de que novos corpos sejam criados especialmente para seu uso; desde que a espécie corporal existe, encontram-nos prontos a recebê-los. São, pois, simplesmente, novos habitantes; chegando sobre a Terra, a princípio fazem parte de sua população espiritual, e depois encarnam-se como os demais.
  46. 46. A Saga dos Capelinos A queda dos Anjos A era dos Deuses O primeiro Faraó Os Patriarcas de Yahveh Moisés - o Enviado de Yahveh Jesus – O divino discípulo Jesus – O divino Mestre
  47. 47. Capella Capella significa "pequena cabra". As estrelas de Auriga ou Cocheiro são razoavelmente brilhantes; cinco são de segunda magnitude ou mais brilhantes. Alpha Aurigae (Capella), é a sexta estrela mais brilhante de nosso céu, com uma magnitude de 0.08. A estrela está a 43.5 anos-luz de distância, e tem cerca de dez vezes o tamanho do nosso Sol. AURIGA Capella
  48. 48. • Capella • Estágio evolutivo semelhante ao da Terra atual (tecnologias de transporte, bancos, federações de países) • Maior parte da população já havia angariado merecimentos de viver em paz e em harmonia para prosseguir na caminhada evolutiva • Orbe em processo de passagem de expiação para regeneração • Grupo de Espíritos ainda belicosos e transgressores da Lei, não aproveitaram as chances de melhoria individual e estavam constituindo obstáculo para escalada espiritual da Orbe • Exílio de 7 milhões • Missão de Espíritos Evoluídos • Acompanhamento do Exílio e da evolução da Terra • Terra • Era Paleolítica (“Idade da Pedra”) • Expansão das raças nas regiões do • Pamir e na África, • Vida nômade, habitando cavernas e acampamentos • Aumento do contato social • Papel fundamental do Fogo • Primeiras manifestações artísticas Há 25, 22 mil anos atrás
  49. 49. •Capella •Regeneração da Orbe •Terra •Convivência de 2 grupos muitos diferentes espiritualmente e materialmente •Mito dos “Anjos Caídos”, Paraíso Perdido •Mito “Era dos Deuses”, como eram considerados os capelinos reencarnados na Terra •Grande evolução tecnológica e material (roda, carroça, arado, plantio, inicio da metalurgia....) •Civilizações Suméria, Egípcia, Hindu, Ariana •Isis, Osíris (Saúde) , Faraós •Abraão – Êxodo dos hebreus •Moisés – Leis Morais , Dez mandamentos •Jesus Cristo – Lei do Amor e da Caridade Períodos Seguintes ao Exílio
  50. 50. • Terra • Parte da população já angariou merecimentos de viver em paz e em harmonia para prosseguir na caminhada evolutiva • Orbe em processo de passagem de expiação para regeneração • Grupo de Espíritos ainda belicosos e transgressores da Lei, não aproveitaram as chances de melhoria individual e estão constituindo obstáculo para escalada espiritual da Orbe • Possível Exílio “Separação do joio do trigo” • Capella • Retorno de imensa maioria do exilados • Possível ida dos mais evoluídos para outras orbes Tempos Atuais
  51. 51. Os mundos progridem fisicamente pela elaboração da matéria, e normalmente pela purificação dos Espíritos que o habitam. A felicidade existe nele, em razão da predominância do bem sobre o mal, e a predominância do bem é o resultado do progresso moral dos Espíritos. O progresso intelectual não basta, pois que com a inteligência, eles podem fazer o mal. Logo que um mundo alcança um dos seus períodos de transformação que o deve fazer galgar a hierarquia, operam-se mutações em sua população encarnada e desencarnada; é então que se realizam as grandes emigrações e imigrações Aqueles que, apesar de sua inteligência e de seu saber, perseveraram no mal, em sua revolta contra Deus e suas leis, seriam a partir de então um entrave ao progresso moral ulterior, uma causa permanente de dificuldades ao repouso e felicidade dos bons; é por isso que são excluídos e enviados a mundos menos adiantados; lá eles aplicarão sua inteligência e a intuição de seus conhecimentos adquiridos, ao progresso daqueles em cujo meio são chamados a viver, ao mesmo tempo que expiarão, numa série de existências penosas e através de um duro trabalho, suas faltas passadas e seu endurecimento voluntário. A Gênese (Alan Kardec) Capítulo XI – Gênese Espiritual
  52. 52. Bibliografia Kardec, Allan – Gênese, os milagres e as predições segundo o Espiritismo Janosh – Mandalas Extraterrestes Petit, Marco Antonio – Operação Prato Petit, Marco Antonio – A Presença Extraterreste em nosso sistema solar Fontes http://hubblesite.org http://www.ufo.com.br/ CONTATOS Correio eletrônico – moreira.edison@gmail.com Facebook – Edison Moreira
  53. 53. GRATO pela presença Grupo de Cárita

×