SlideShare uma empresa Scribd logo
ESTUDO DE UMBANDA 05/06/2013 
1.1. "ORIXÁS" AS 7 LINHAS OU VIBRAÇÕES ORIGINAIS 
Para entendermos um pouco mais a Umbanda, devemos primeiramente conhecer "parte" da Hierarquia Espiritual existente, desde a Divindade Suprema, bem como as suas Linhas ou Vibrações Originais. 
Nesta Hierarquia, temos em primeiro plano o Absoluto - Divindade Suprema, ou seja Deus, no qual promove um Colegiado Supremo que se divide em dois tipos de Hierarquia Espiritual: a do Cosmo Espiritual e a do Universo Astral, no qual explicaremos abaixo. 
* Na Hierarquia Espiritual no Cosmo Espiritual, temos três Orixás na seguinte ordem: 
→ Orixá Virginal = São 7 Espíritos que formam a Coroa Divina; 
→ Orixá Causal = São 7 Espíritos que são os Senhores do Karma Causal; 
→ Orixá Refletor = São 7 Espíritos que são os Senhores da Luz Espiritual. 
* Seguindo adiante, agora para a Hierarquia Espiritual no Universo Astral, temos os outros quatro Orixás na seguinte ordem: 
→ Orixá Original = São 7 Espíritos que são os Senhores Reguladores do Karma Constituído; 
→ Orixá Supervisor = São 7 Espíritos que são os Senhores de Todo o Sistema Galáctico; 
→ Orixá Intermediário = São 7 Espíritos que são os Senhores de Todo o Sistema Solar; 
→ Orixá Ancestral = São 7 Espíritos que são os Senhores de Todo o Sistema Planetário(Planetas) onde lhes são atribuídas uma grande missão no espaço. 
Demonstrada esta Hierarquia, não podemos nos esquecer de frisar que, os Orixás Ancestrais (Planetários) e todas as humanas criaturas do nosso planeta, são supervisionados por JESUS CRISTO, da Hierarquia Crística Cósmica, é o TUTOR MÁXIMO de nosso planeta. 
Descrita aqui, esta Hierarquia Divina, desde o Cosmo Espiritual até um planeta do Universo Astral, passaremos agora a demonstrar a Hierarquia Umbandista. 
A Hierarquia Umbandista começa a partir dos Orixás Ancestrais, que se subdividem em sete Linhas ou Vibrações, no qual são: 
1 - OXALÁ ou ORIXALÁ 
2 - OGUM 
3 - OXOSSI 
4 - XANGÔ 
5 - YEMANJÁ 
6 - YORI 
7 - YORIMÁ
ESTUDO DE UMBANDA 05/06/2013 
Seguindo a Hierarquia, cada Orixá Ancestral comanda e supervisiona 7 Orixás Menores que são os Chefes de Legião como será demonstrado abaixo: 
_______________________________________________________________________________________ 
1.1.1. LINHA DE OXALÁ ou ORIXALÁ 
Essa Linha ou Vibração é supervisionada diretamente por Jesus, o Cristo, e representa o princípio, o reflexo de Deus, o verbo solar. É a Luz refletida que coordena as demais Vibrações. As Entidades cuja a vibração é Pura de Oxalá dificilmente incorporam, trabalham de forma intuitiva e inspirativa. Já as entidades dessa linha com influência das demais linhas, falam calmo, compassado e se expressam sempre com elevação. Seus pontos cantados são verdadeiras invocações de grande misticismo, dificilmente escutados hoje em dia, pois é raro assumirem uma "Chefia de Cabeça". O Astro correspondente é o Sol, a cor é a Branca, o dia da semana é a Sexta-feira, Signo - Leão. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos os sete Chefes: 
1 - Caboclo Urubatão da Guia 
2 - Caboclo Guaracy 
3 - Caboclo Guarany 
4 - Caboclo Aymoré 
5 - Caboclo Tupy 
6 - Caboclo Ubiratan 
7 - Caboclo Ubirajara 
____________________________________________________________________________________ 
1.1.2. LINHA DE OGUM 
Essa linha também é conhecida como Linha de São Jorge. A Vibração de Ogum é o fogo da salvação ou da glória, o mediador de choques consequentes do Karma. É a Linha das demandas da fé, das aflições, das lutas e batalhas da vida. É a divindade que, no sentido místico, protege os guerreiros. 
Os Caboclos de Ogum gostam de andar de um lado para outro e falam de maneira forte, vibrante e em suas atitudes demonstram vivacidade. Suas preces cantadas traduzem invocações para a luta da fé, demandas, batalhas, etc... O Astro correspondente é Marte, a cor é o Vermelho, o dia da semana é a Terça-feira, Signo – Aries e Escorpião. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos os sete Chefes que são: 
1 - Ogum de Lê 
2 - Ogum Rompe-Mato 
3 - Ogum Beira-Mar 
4 - Ogum de Malê 
5 - Ogum Megê 
6 - Ogum Yara 
7 - Ogum Matinata 
____________________________________________________________________________________ 
1.1.3. LINHA DE OXOSSI 
O qualificativo mais conhecido para essa Vibração é como Linha de São Sebastião. A Vibração de Oxossi significa ação envolvente ou circular dos viventes da Terra, ou seja, o caçador de almas, que atende na doutrina e na catequese. É ainda a Vibração que interfere nos males físicos e psíquicos, ou seja, é o Orixá da cura. Suas entidades falam de maneira serena e seus passes são calmos, assim como seus conselhos e trabalhos. Seus pontos cantados traduzem beleza nas imagens e na música e geralmente são invocações às forças da espiritualidade e da natureza, principalmente as matas. O Astro correspondente é Vênus, a cor é o Verde, o dia da semana é a quinta-feira, Signos – Touro e Libra. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos os sete Chefes: 
1 Caboclo Arranca Toco 
2 - Caboclo Cobra-Coral 
3 - Caboclo Tupynambá 
4 - Cabocla Jurema 
5 - Caboclo Pena-Branca 
6 - Caboclo Arruda 
7 - Caboclo Araribóia 
_______________________________________________________________________________________
ESTUDO DE UMBANDA 05/06/2013 
1.1.4. LINHA DE XANGÔ 
Essa Linha, na concepção popular dos Terreiros diz-se como "Linha do povo das Cachoeiras". No sincretismo é representado por São Jerônimo. Xangô é o Orixá que coordena toda Lei Karmânica (Kármica), é o dirigente das almas, o Senhor da Balança Universal, a balança da Lei e do Destino, que afere nosso estado espiritual. 
Resumindo, Xangô é o Orixá da Justiça. 
Seus pontos cantados são sérias invocações de imagens fortes e nos levam sempre aos seus sítios vibracionais como as montanhas, pedreiras e cachoeiras. O Astro correspondente é Júpiter, a cor Marrom, o dia da semana é a Quarta-feira, Signos – Sagitário e Peixes. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos os sete Chefes: 
1 - Xangô-Kaô 
2 - Xangô da Pedra Preta 
3 - Xangô 7 Cachoeiras 
4 - Xangô 7 Pedreiras 
5 - Xangô da Pedra Branca 
6 - Xangô 7 Montanhas 
7 - Xangô-Agodô 
_______________________________________________________________________________________ 
1.1.5. LINHA DE YEMANJÁ 
A essa Linha são atribuídos inúmeros qualificativos: Linha de Nossa Senhora da Conceição, do Povo D'água, do Povo do Mar, etc. Yemanjá significa a energia geradora, a divina mãe do universo, o eterno feminino, a divina mãe na Umbanda. As entidades dessa Linha gostam de trabalhar com água dos rios ou do mar, fixando vibrações de maneira serena, sem encenações. Suas preces cantadas têm um ritmo muito bonito, falando sempre no mar e em Orixás da dita Linha. O Astro correspondente é a Lua, a cor é o Azul Claro, o dia da semana é o Sábado, Signo Câncer. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos as sete Chefes: 
1 - Cabocla Yara 
2 - Cabocla Estrela do Mar 
3 - Cabocla Sereia do Mar 
4 - Cabocla Indayá 
5 - Cabocla Iansan 
6 - Cabocla Nanã-Burukum 
7 - Cabocla Oxum 
_______________________________________________________________________________________ 
1.1.6. LINHA DE YORI (Ibeji / Crianças) 
É grande o número de designações populares para essa Linha: São Cosme e Damião, Ibeji ou Ibejê, Linha das Crianças, dos Curumins, do Oriente, etc... 
Essas entidades, altamente evoluídas, externam pelos seus médiuns, maneiras e vozes infantis de modo sereno, às vezes um pouco vivas. Dão consultas profundas e gostam, quando no plano de protetores, de sentarem no chão e comerem coisas doces, mas sem desmandos. Seus pontos cantados são melodias alegres e algumas vezes tristes, falando muito em Papai e Mamãe do Céu e em mantos sagrados. O Astro correspondente é Mercúrio, a cor é o rosa, o dia da semana é a Domingo, Signos – Gêmeos e Virgem. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos os sete Chefes: 
1 - Tupãzinho 
2 - Yariri 
3 - Ori 
4 - Yari 
5 - Damião 
6 - Doum 
7 - Cosme 
____________________________________________________________________________________ 
1.1.7. LINHA DE YORIMÁ (Pretos-Velhos) 
É uma Linha em que se dá vários nomes: Linha dos Pretos-Velhos, dos Africanos, dos Pais Pretos, de São Cipriano e até das Almas. Essa Linha é composta dos primeiros espíritos que foram ordenados a combater o mal em todas as suas manifestações. São os Orixás Velhos, verdadeiros magos que velando suas formas kármicas, revestem-se das roupagens de PretosVelhos ensinando e praticando as verdadeiras "mirongas", sem deturpações. Eles são a doutrina, a filosofia, o mestrado da magia, em fundamentos e ensinamentos. Geralmente gostam de trabalhar e consultar sentados, fumando cachimbo, sempre numa ação de fixação e eliminação através de sua fumaça.
ESTUDO DE UMBANDA 05/06/2013 
Seus fluídos são fortes, porque fazem questão de "pegar bem" o aparelho e o cansam muito, principalmente pela parte dos membros inferiores, conservando-o sempre curvo. 
Falam compassado e pensam bem no que dizem. Raríssimos os que assumem a Chefia de Cabeça, mas são os auxiliares dos outros "Guias", o seu braço direito. 
Os pontos cantados nos revelam uma melodia tristonha e um ritmo mais compassado, dolente, melancólico, traduzindo verdadeiras preces de humildade. O Astro correspondente é Saturno, a cor é o violeta / Branco e preto, o dia da semana é o Segunda-feira, Signos – Capricórnio e Aquário. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos os sete Chefes: 
1 - Pai Guiné 
2 - Pai Congo d'Aruanda 
3 - Pai Arruda 
4 - Pai Tomé 
5 - Pai Benedito 
6 - Pai Joaquim 
7 - Vovó Maria Conga 
____________________________________________________________________________________ 
Assim foi apresentada "parte" da Hierarquia Umbandista, as 7 Linhas ou Vibrações Originais para que seja analisada. Não nos aprofundaremos mais nesta Hierarquia, pois é muito complexa. Mas informamos que esta Hierarquia, após cada Entidade Espiritual, se expande de 7 em 7, se multiplicando cada vez mais. 
UMBANDA: Três formas de apresentação traduzidas por: 
Pureza: que nega o vício, o egoísmo e a ambição; 
* Simplicidade: que é o oposto da vaidade, do luxo e da ostentação; 
* Humildade: que encerra os princípios do amor, do sacrificial, da paciência, ou seja, a negação do poder temporal. 
1.2. Identificando A Entidade trabalhadora 
Durante um trabalho espiritual, várias entidades podem manifestar-se. Como identifica-las. 
Há várias formas de identificação: 
 Verbalização (através do Médium – nome ou expressão que o indique); 
 Saudação referente ao Orixá; 
 Vidência; 
 Intuição; 
 Cor de Guias utilizadas; 
 Cor de Velas utilizadas; 
 Pontos Riscados; 
 Pontos Cantados; 
 Movimentação características do médium; 
 Postura corporal do médium; 
 Ferramentas (cachimbo, espadas, machado, penas, flechas, pedras, leque, etc) 
Quando permitido e de necessidade da entidade fornecer o nome, normalmente ela utiliza o nome de Chefia evitando assim individualização, tornando-se um trabalhador como tantos outros na sua vibração específica. Sendo assim um mesmo médium poderá trabalhar com mais de uma entidade na mesma Chefia, sem perceber a troca, uma vez que as energias são compatíveis com as do médium. Nesta lógica podemos dizer também que mais de um médium poderá trabalhar com a mesma Chefia durante o trabalho caso seja necessário e compatibilidades. 
Sempre é bom lembram que mais importante que a identificação é a conduta da entidade que deve seguir os preceitos do evangelho e as três forma de apresentação – pureza simplicidade e humildade. Seguindo uma boa conduta, não há necessidade de um nome, porém, deixar claro a linha da umbanda em que trabalha facilita para demais colaboradores auxiliarem o médium durante o trabalho.
ESTUDO DE UMBANDA 05/06/2013

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Magnetismo umbanda
Magnetismo umbandaMagnetismo umbanda
Magnetismo umbanda
MeDexa
 
Orixás as 7 linhas ou vibrações originais
Orixás as 7 linhas ou vibrações originaisOrixás as 7 linhas ou vibrações originais
Orixás as 7 linhas ou vibrações originais
guerreirosdaluz
 
Umbanda
UmbandaUmbanda
Mediunidade efeitos físicos e intelectuais
Mediunidade efeitos físicos e intelectuaisMediunidade efeitos físicos e intelectuais
Mediunidade efeitos físicos e intelectuais
KATIA MARIA FARAH V DA SILVA
 
Aula 3 - Cosmogênese.ppt
Aula 3 - Cosmogênese.pptAula 3 - Cosmogênese.ppt
Aula 3 - Cosmogênese.ppt
André Ricardo Marcondes
 
Os Centros de Força e a Pineal
Os Centros de Força e a PinealOs Centros de Força e a Pineal
Os Centros de Força e a Pineal
Instituto Espírita de Educação
 
Exus
ExusExus
Boletim c.b. 001 orixás universais e cósmicos
Boletim c.b. 001   orixás universais e cósmicosBoletim c.b. 001   orixás universais e cósmicos
Boletim c.b. 001 orixás universais e cósmicos
guerreirosdaluz
 
Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!
Leonardo Pereira
 
Chacras, plexos, nadis, kundalini e prana
Chacras, plexos, nadis, kundalini e pranaChacras, plexos, nadis, kundalini e prana
Chacras, plexos, nadis, kundalini e prana
paikachambi
 
Corpos Espirituais
Corpos EspirituaisCorpos Espirituais
Corpos Espirituais
paikachambi
 
09 duplo etérico
09 duplo etérico09 duplo etérico
09 duplo etérico
Antonio SSantos
 
Centros de Força
Centros de ForçaCentros de Força
Centros de Força
Marcelo Gomez Brito Junior
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Vidência e clarividência
Mocidade Espírita Chico Xavier - Vidência e clarividênciaMocidade Espírita Chico Xavier - Vidência e clarividência
Mocidade Espírita Chico Xavier - Vidência e clarividência
Sergio Lima Dias Junior
 
(6) a matéria e os planos de existência
(6) a matéria e os planos de existência(6) a matéria e os planos de existência
(6) a matéria e os planos de existência
Graciette Andrade
 
Rondas cósmicas e cadeias planetárias
Rondas cósmicas e cadeias planetáriasRondas cósmicas e cadeias planetárias
Rondas cósmicas e cadeias planetárias
Graciette Andrade
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
duadv
 
A Doutrina Secreta - Conceitos Básicos
A Doutrina Secreta  - Conceitos BásicosA Doutrina Secreta  - Conceitos Básicos
A Doutrina Secreta - Conceitos Básicos
André Ricardo Marcondes
 
Chakras esoterismo ocultismo espiritismo aura magnetismo saude espiritual
Chakras esoterismo ocultismo espiritismo aura magnetismo saude espiritualChakras esoterismo ocultismo espiritismo aura magnetismo saude espiritual
Chakras esoterismo ocultismo espiritismo aura magnetismo saude espiritual
MeDexa
 
7ª aula desenvolvimento mediunico - coem
7ª aula   desenvolvimento mediunico - coem7ª aula   desenvolvimento mediunico - coem
7ª aula desenvolvimento mediunico - coem
Wagner Quadros
 

Mais procurados (20)

Magnetismo umbanda
Magnetismo umbandaMagnetismo umbanda
Magnetismo umbanda
 
Orixás as 7 linhas ou vibrações originais
Orixás as 7 linhas ou vibrações originaisOrixás as 7 linhas ou vibrações originais
Orixás as 7 linhas ou vibrações originais
 
Umbanda
UmbandaUmbanda
Umbanda
 
Mediunidade efeitos físicos e intelectuais
Mediunidade efeitos físicos e intelectuaisMediunidade efeitos físicos e intelectuais
Mediunidade efeitos físicos e intelectuais
 
Aula 3 - Cosmogênese.ppt
Aula 3 - Cosmogênese.pptAula 3 - Cosmogênese.ppt
Aula 3 - Cosmogênese.ppt
 
Os Centros de Força e a Pineal
Os Centros de Força e a PinealOs Centros de Força e a Pineal
Os Centros de Força e a Pineal
 
Exus
ExusExus
Exus
 
Boletim c.b. 001 orixás universais e cósmicos
Boletim c.b. 001   orixás universais e cósmicosBoletim c.b. 001   orixás universais e cósmicos
Boletim c.b. 001 orixás universais e cósmicos
 
Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!Médiuns e mediunidade!
Médiuns e mediunidade!
 
Chacras, plexos, nadis, kundalini e prana
Chacras, plexos, nadis, kundalini e pranaChacras, plexos, nadis, kundalini e prana
Chacras, plexos, nadis, kundalini e prana
 
Corpos Espirituais
Corpos EspirituaisCorpos Espirituais
Corpos Espirituais
 
09 duplo etérico
09 duplo etérico09 duplo etérico
09 duplo etérico
 
Centros de Força
Centros de ForçaCentros de Força
Centros de Força
 
Mocidade Espírita Chico Xavier - Vidência e clarividência
Mocidade Espírita Chico Xavier - Vidência e clarividênciaMocidade Espírita Chico Xavier - Vidência e clarividência
Mocidade Espírita Chico Xavier - Vidência e clarividência
 
(6) a matéria e os planos de existência
(6) a matéria e os planos de existência(6) a matéria e os planos de existência
(6) a matéria e os planos de existência
 
Rondas cósmicas e cadeias planetárias
Rondas cósmicas e cadeias planetáriasRondas cósmicas e cadeias planetárias
Rondas cósmicas e cadeias planetárias
 
Aula o perispirito
Aula o perispiritoAula o perispirito
Aula o perispirito
 
A Doutrina Secreta - Conceitos Básicos
A Doutrina Secreta  - Conceitos BásicosA Doutrina Secreta  - Conceitos Básicos
A Doutrina Secreta - Conceitos Básicos
 
Chakras esoterismo ocultismo espiritismo aura magnetismo saude espiritual
Chakras esoterismo ocultismo espiritismo aura magnetismo saude espiritualChakras esoterismo ocultismo espiritismo aura magnetismo saude espiritual
Chakras esoterismo ocultismo espiritismo aura magnetismo saude espiritual
 
7ª aula desenvolvimento mediunico - coem
7ª aula   desenvolvimento mediunico - coem7ª aula   desenvolvimento mediunico - coem
7ª aula desenvolvimento mediunico - coem
 

Semelhante a Orixsas7linhasouvibraesoriginais 130618164954-phpapp02

As falanges de trabalho na umbanda
As falanges de trabalho na umbandaAs falanges de trabalho na umbanda
As falanges de trabalho na umbanda
Patrick François Jarwoski
 
Orixás do Brasil.docx
Orixás do Brasil.docxOrixás do Brasil.docx
Orixás do Brasil.docx
Mariana Carvalho
 
doutrina I
doutrina Idoutrina I
doutrina I
JulianaDanielce
 
Estudo sobre Exus
Estudo sobre ExusEstudo sobre Exus
Estudo sobre Exus
Eduardo Henrique Marçal
 
Boletim c.b. 001
Boletim c.b. 001Boletim c.b. 001
Boletim c.b. 001
guerreirosdaluz
 
Apostilachacras
ApostilachacrasApostilachacras
O magnetismo dos orixás
O magnetismo dos orixásO magnetismo dos orixás
O magnetismo dos orixás
fespiritacrista
 
Boletim c.b. 009 obaluaie e nanã
Boletim c.b. 009   obaluaie e nanãBoletim c.b. 009   obaluaie e nanã
Boletim c.b. 009 obaluaie e nanã
guerreirosdaluz
 
Cromoterapia
CromoterapiaCromoterapia
Tambor palestra completa
Tambor palestra completaTambor palestra completa
Tambor palestra completa
Adila Trubat
 
Coletânea de decretos neusa maria moraes f. pinto
Coletânea de decretos   neusa maria moraes f. pintoColetânea de decretos   neusa maria moraes f. pinto
Coletânea de decretos neusa maria moraes f. pinto
Francisco de Morais
 
Curso módulo i
Curso módulo iCurso módulo i
Curso módulo i
Douglas Fernandes
 
Boletim c.b. 003. oxum e oxumaré
Boletim c.b. 003. oxum e oxumaréBoletim c.b. 003. oxum e oxumaré
Boletim c.b. 003. oxum e oxumaré
guerreirosdaluz
 
Arquitetura religiao patricia_valduga
Arquitetura religiao patricia_valdugaArquitetura religiao patricia_valduga
Arquitetura religiao patricia_valduga
Michelle Evandro
 
02 o-homem-e-seus-corpos
02 o-homem-e-seus-corpos02 o-homem-e-seus-corpos
02 o-homem-e-seus-corpos
Sandro Silva
 
Apostila Curso-Magia-Dos-Odus
Apostila Curso-Magia-Dos-OdusApostila Curso-Magia-Dos-Odus
Apostila Curso-Magia-Dos-Odus
RODRIGO ORION
 
Fraternidade dos-12-raios-radiestesia-e-mesa-radionica
Fraternidade dos-12-raios-radiestesia-e-mesa-radionicaFraternidade dos-12-raios-radiestesia-e-mesa-radionica
Fraternidade dos-12-raios-radiestesia-e-mesa-radionica
Eliane Pereira
 
Tratado de-ifa-introducao
Tratado de-ifa-introducaoTratado de-ifa-introducao
Tratado de-ifa-introducao
Sérgio Mascarenhas
 
2 aula cepuc - o espírito e seus corpos
2   aula cepuc - o espírito e seus corpos2   aula cepuc - o espírito e seus corpos
2 aula cepuc - o espírito e seus corpos
Sergio Lima Dias Junior
 
Mediunidade o que é isso apostila 040
Mediunidade o que é isso   apostila 040Mediunidade o que é isso   apostila 040
Mediunidade o que é isso apostila 040
Instituto de Psicobiofísica Rama Schain
 

Semelhante a Orixsas7linhasouvibraesoriginais 130618164954-phpapp02 (20)

As falanges de trabalho na umbanda
As falanges de trabalho na umbandaAs falanges de trabalho na umbanda
As falanges de trabalho na umbanda
 
Orixás do Brasil.docx
Orixás do Brasil.docxOrixás do Brasil.docx
Orixás do Brasil.docx
 
doutrina I
doutrina Idoutrina I
doutrina I
 
Estudo sobre Exus
Estudo sobre ExusEstudo sobre Exus
Estudo sobre Exus
 
Boletim c.b. 001
Boletim c.b. 001Boletim c.b. 001
Boletim c.b. 001
 
Apostilachacras
ApostilachacrasApostilachacras
Apostilachacras
 
O magnetismo dos orixás
O magnetismo dos orixásO magnetismo dos orixás
O magnetismo dos orixás
 
Boletim c.b. 009 obaluaie e nanã
Boletim c.b. 009   obaluaie e nanãBoletim c.b. 009   obaluaie e nanã
Boletim c.b. 009 obaluaie e nanã
 
Cromoterapia
CromoterapiaCromoterapia
Cromoterapia
 
Tambor palestra completa
Tambor palestra completaTambor palestra completa
Tambor palestra completa
 
Coletânea de decretos neusa maria moraes f. pinto
Coletânea de decretos   neusa maria moraes f. pintoColetânea de decretos   neusa maria moraes f. pinto
Coletânea de decretos neusa maria moraes f. pinto
 
Curso módulo i
Curso módulo iCurso módulo i
Curso módulo i
 
Boletim c.b. 003. oxum e oxumaré
Boletim c.b. 003. oxum e oxumaréBoletim c.b. 003. oxum e oxumaré
Boletim c.b. 003. oxum e oxumaré
 
Arquitetura religiao patricia_valduga
Arquitetura religiao patricia_valdugaArquitetura religiao patricia_valduga
Arquitetura religiao patricia_valduga
 
02 o-homem-e-seus-corpos
02 o-homem-e-seus-corpos02 o-homem-e-seus-corpos
02 o-homem-e-seus-corpos
 
Apostila Curso-Magia-Dos-Odus
Apostila Curso-Magia-Dos-OdusApostila Curso-Magia-Dos-Odus
Apostila Curso-Magia-Dos-Odus
 
Fraternidade dos-12-raios-radiestesia-e-mesa-radionica
Fraternidade dos-12-raios-radiestesia-e-mesa-radionicaFraternidade dos-12-raios-radiestesia-e-mesa-radionica
Fraternidade dos-12-raios-radiestesia-e-mesa-radionica
 
Tratado de-ifa-introducao
Tratado de-ifa-introducaoTratado de-ifa-introducao
Tratado de-ifa-introducao
 
2 aula cepuc - o espírito e seus corpos
2   aula cepuc - o espírito e seus corpos2   aula cepuc - o espírito e seus corpos
2 aula cepuc - o espírito e seus corpos
 
Mediunidade o que é isso apostila 040
Mediunidade o que é isso   apostila 040Mediunidade o que é isso   apostila 040
Mediunidade o que é isso apostila 040
 

Orixsas7linhasouvibraesoriginais 130618164954-phpapp02

  • 1. ESTUDO DE UMBANDA 05/06/2013 1.1. "ORIXÁS" AS 7 LINHAS OU VIBRAÇÕES ORIGINAIS Para entendermos um pouco mais a Umbanda, devemos primeiramente conhecer "parte" da Hierarquia Espiritual existente, desde a Divindade Suprema, bem como as suas Linhas ou Vibrações Originais. Nesta Hierarquia, temos em primeiro plano o Absoluto - Divindade Suprema, ou seja Deus, no qual promove um Colegiado Supremo que se divide em dois tipos de Hierarquia Espiritual: a do Cosmo Espiritual e a do Universo Astral, no qual explicaremos abaixo. * Na Hierarquia Espiritual no Cosmo Espiritual, temos três Orixás na seguinte ordem: → Orixá Virginal = São 7 Espíritos que formam a Coroa Divina; → Orixá Causal = São 7 Espíritos que são os Senhores do Karma Causal; → Orixá Refletor = São 7 Espíritos que são os Senhores da Luz Espiritual. * Seguindo adiante, agora para a Hierarquia Espiritual no Universo Astral, temos os outros quatro Orixás na seguinte ordem: → Orixá Original = São 7 Espíritos que são os Senhores Reguladores do Karma Constituído; → Orixá Supervisor = São 7 Espíritos que são os Senhores de Todo o Sistema Galáctico; → Orixá Intermediário = São 7 Espíritos que são os Senhores de Todo o Sistema Solar; → Orixá Ancestral = São 7 Espíritos que são os Senhores de Todo o Sistema Planetário(Planetas) onde lhes são atribuídas uma grande missão no espaço. Demonstrada esta Hierarquia, não podemos nos esquecer de frisar que, os Orixás Ancestrais (Planetários) e todas as humanas criaturas do nosso planeta, são supervisionados por JESUS CRISTO, da Hierarquia Crística Cósmica, é o TUTOR MÁXIMO de nosso planeta. Descrita aqui, esta Hierarquia Divina, desde o Cosmo Espiritual até um planeta do Universo Astral, passaremos agora a demonstrar a Hierarquia Umbandista. A Hierarquia Umbandista começa a partir dos Orixás Ancestrais, que se subdividem em sete Linhas ou Vibrações, no qual são: 1 - OXALÁ ou ORIXALÁ 2 - OGUM 3 - OXOSSI 4 - XANGÔ 5 - YEMANJÁ 6 - YORI 7 - YORIMÁ
  • 2. ESTUDO DE UMBANDA 05/06/2013 Seguindo a Hierarquia, cada Orixá Ancestral comanda e supervisiona 7 Orixás Menores que são os Chefes de Legião como será demonstrado abaixo: _______________________________________________________________________________________ 1.1.1. LINHA DE OXALÁ ou ORIXALÁ Essa Linha ou Vibração é supervisionada diretamente por Jesus, o Cristo, e representa o princípio, o reflexo de Deus, o verbo solar. É a Luz refletida que coordena as demais Vibrações. As Entidades cuja a vibração é Pura de Oxalá dificilmente incorporam, trabalham de forma intuitiva e inspirativa. Já as entidades dessa linha com influência das demais linhas, falam calmo, compassado e se expressam sempre com elevação. Seus pontos cantados são verdadeiras invocações de grande misticismo, dificilmente escutados hoje em dia, pois é raro assumirem uma "Chefia de Cabeça". O Astro correspondente é o Sol, a cor é a Branca, o dia da semana é a Sexta-feira, Signo - Leão. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos os sete Chefes: 1 - Caboclo Urubatão da Guia 2 - Caboclo Guaracy 3 - Caboclo Guarany 4 - Caboclo Aymoré 5 - Caboclo Tupy 6 - Caboclo Ubiratan 7 - Caboclo Ubirajara ____________________________________________________________________________________ 1.1.2. LINHA DE OGUM Essa linha também é conhecida como Linha de São Jorge. A Vibração de Ogum é o fogo da salvação ou da glória, o mediador de choques consequentes do Karma. É a Linha das demandas da fé, das aflições, das lutas e batalhas da vida. É a divindade que, no sentido místico, protege os guerreiros. Os Caboclos de Ogum gostam de andar de um lado para outro e falam de maneira forte, vibrante e em suas atitudes demonstram vivacidade. Suas preces cantadas traduzem invocações para a luta da fé, demandas, batalhas, etc... O Astro correspondente é Marte, a cor é o Vermelho, o dia da semana é a Terça-feira, Signo – Aries e Escorpião. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos os sete Chefes que são: 1 - Ogum de Lê 2 - Ogum Rompe-Mato 3 - Ogum Beira-Mar 4 - Ogum de Malê 5 - Ogum Megê 6 - Ogum Yara 7 - Ogum Matinata ____________________________________________________________________________________ 1.1.3. LINHA DE OXOSSI O qualificativo mais conhecido para essa Vibração é como Linha de São Sebastião. A Vibração de Oxossi significa ação envolvente ou circular dos viventes da Terra, ou seja, o caçador de almas, que atende na doutrina e na catequese. É ainda a Vibração que interfere nos males físicos e psíquicos, ou seja, é o Orixá da cura. Suas entidades falam de maneira serena e seus passes são calmos, assim como seus conselhos e trabalhos. Seus pontos cantados traduzem beleza nas imagens e na música e geralmente são invocações às forças da espiritualidade e da natureza, principalmente as matas. O Astro correspondente é Vênus, a cor é o Verde, o dia da semana é a quinta-feira, Signos – Touro e Libra. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos os sete Chefes: 1 Caboclo Arranca Toco 2 - Caboclo Cobra-Coral 3 - Caboclo Tupynambá 4 - Cabocla Jurema 5 - Caboclo Pena-Branca 6 - Caboclo Arruda 7 - Caboclo Araribóia _______________________________________________________________________________________
  • 3. ESTUDO DE UMBANDA 05/06/2013 1.1.4. LINHA DE XANGÔ Essa Linha, na concepção popular dos Terreiros diz-se como "Linha do povo das Cachoeiras". No sincretismo é representado por São Jerônimo. Xangô é o Orixá que coordena toda Lei Karmânica (Kármica), é o dirigente das almas, o Senhor da Balança Universal, a balança da Lei e do Destino, que afere nosso estado espiritual. Resumindo, Xangô é o Orixá da Justiça. Seus pontos cantados são sérias invocações de imagens fortes e nos levam sempre aos seus sítios vibracionais como as montanhas, pedreiras e cachoeiras. O Astro correspondente é Júpiter, a cor Marrom, o dia da semana é a Quarta-feira, Signos – Sagitário e Peixes. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos os sete Chefes: 1 - Xangô-Kaô 2 - Xangô da Pedra Preta 3 - Xangô 7 Cachoeiras 4 - Xangô 7 Pedreiras 5 - Xangô da Pedra Branca 6 - Xangô 7 Montanhas 7 - Xangô-Agodô _______________________________________________________________________________________ 1.1.5. LINHA DE YEMANJÁ A essa Linha são atribuídos inúmeros qualificativos: Linha de Nossa Senhora da Conceição, do Povo D'água, do Povo do Mar, etc. Yemanjá significa a energia geradora, a divina mãe do universo, o eterno feminino, a divina mãe na Umbanda. As entidades dessa Linha gostam de trabalhar com água dos rios ou do mar, fixando vibrações de maneira serena, sem encenações. Suas preces cantadas têm um ritmo muito bonito, falando sempre no mar e em Orixás da dita Linha. O Astro correspondente é a Lua, a cor é o Azul Claro, o dia da semana é o Sábado, Signo Câncer. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos as sete Chefes: 1 - Cabocla Yara 2 - Cabocla Estrela do Mar 3 - Cabocla Sereia do Mar 4 - Cabocla Indayá 5 - Cabocla Iansan 6 - Cabocla Nanã-Burukum 7 - Cabocla Oxum _______________________________________________________________________________________ 1.1.6. LINHA DE YORI (Ibeji / Crianças) É grande o número de designações populares para essa Linha: São Cosme e Damião, Ibeji ou Ibejê, Linha das Crianças, dos Curumins, do Oriente, etc... Essas entidades, altamente evoluídas, externam pelos seus médiuns, maneiras e vozes infantis de modo sereno, às vezes um pouco vivas. Dão consultas profundas e gostam, quando no plano de protetores, de sentarem no chão e comerem coisas doces, mas sem desmandos. Seus pontos cantados são melodias alegres e algumas vezes tristes, falando muito em Papai e Mamãe do Céu e em mantos sagrados. O Astro correspondente é Mercúrio, a cor é o rosa, o dia da semana é a Domingo, Signos – Gêmeos e Virgem. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos os sete Chefes: 1 - Tupãzinho 2 - Yariri 3 - Ori 4 - Yari 5 - Damião 6 - Doum 7 - Cosme ____________________________________________________________________________________ 1.1.7. LINHA DE YORIMÁ (Pretos-Velhos) É uma Linha em que se dá vários nomes: Linha dos Pretos-Velhos, dos Africanos, dos Pais Pretos, de São Cipriano e até das Almas. Essa Linha é composta dos primeiros espíritos que foram ordenados a combater o mal em todas as suas manifestações. São os Orixás Velhos, verdadeiros magos que velando suas formas kármicas, revestem-se das roupagens de PretosVelhos ensinando e praticando as verdadeiras "mirongas", sem deturpações. Eles são a doutrina, a filosofia, o mestrado da magia, em fundamentos e ensinamentos. Geralmente gostam de trabalhar e consultar sentados, fumando cachimbo, sempre numa ação de fixação e eliminação através de sua fumaça.
  • 4. ESTUDO DE UMBANDA 05/06/2013 Seus fluídos são fortes, porque fazem questão de "pegar bem" o aparelho e o cansam muito, principalmente pela parte dos membros inferiores, conservando-o sempre curvo. Falam compassado e pensam bem no que dizem. Raríssimos os que assumem a Chefia de Cabeça, mas são os auxiliares dos outros "Guias", o seu braço direito. Os pontos cantados nos revelam uma melodia tristonha e um ritmo mais compassado, dolente, melancólico, traduzindo verdadeiras preces de humildade. O Astro correspondente é Saturno, a cor é o violeta / Branco e preto, o dia da semana é o Segunda-feira, Signos – Capricórnio e Aquário. Seguindo a Hierarquia Umbandista abaixo deste Orixá Ancestral, temos os sete Chefes: 1 - Pai Guiné 2 - Pai Congo d'Aruanda 3 - Pai Arruda 4 - Pai Tomé 5 - Pai Benedito 6 - Pai Joaquim 7 - Vovó Maria Conga ____________________________________________________________________________________ Assim foi apresentada "parte" da Hierarquia Umbandista, as 7 Linhas ou Vibrações Originais para que seja analisada. Não nos aprofundaremos mais nesta Hierarquia, pois é muito complexa. Mas informamos que esta Hierarquia, após cada Entidade Espiritual, se expande de 7 em 7, se multiplicando cada vez mais. UMBANDA: Três formas de apresentação traduzidas por: Pureza: que nega o vício, o egoísmo e a ambição; * Simplicidade: que é o oposto da vaidade, do luxo e da ostentação; * Humildade: que encerra os princípios do amor, do sacrificial, da paciência, ou seja, a negação do poder temporal. 1.2. Identificando A Entidade trabalhadora Durante um trabalho espiritual, várias entidades podem manifestar-se. Como identifica-las. Há várias formas de identificação:  Verbalização (através do Médium – nome ou expressão que o indique);  Saudação referente ao Orixá;  Vidência;  Intuição;  Cor de Guias utilizadas;  Cor de Velas utilizadas;  Pontos Riscados;  Pontos Cantados;  Movimentação características do médium;  Postura corporal do médium;  Ferramentas (cachimbo, espadas, machado, penas, flechas, pedras, leque, etc) Quando permitido e de necessidade da entidade fornecer o nome, normalmente ela utiliza o nome de Chefia evitando assim individualização, tornando-se um trabalhador como tantos outros na sua vibração específica. Sendo assim um mesmo médium poderá trabalhar com mais de uma entidade na mesma Chefia, sem perceber a troca, uma vez que as energias são compatíveis com as do médium. Nesta lógica podemos dizer também que mais de um médium poderá trabalhar com a mesma Chefia durante o trabalho caso seja necessário e compatibilidades. Sempre é bom lembram que mais importante que a identificação é a conduta da entidade que deve seguir os preceitos do evangelho e as três forma de apresentação – pureza simplicidade e humildade. Seguindo uma boa conduta, não há necessidade de um nome, porém, deixar claro a linha da umbanda em que trabalha facilita para demais colaboradores auxiliarem o médium durante o trabalho.
  • 5. ESTUDO DE UMBANDA 05/06/2013