   Energia eólica é aquela gerada pelo vento.    Desde a antiguidade este tipo de energia é    utilizado pelo homem, prin...
   Grandes turbinas (aero geradores), em formato    de cata-vento, são colocadas em locais abertos e    com boa quantidad...
   1º - China (62,7 mil megawatts)   2º - Estados Unidos (46,9 mil megawatts)   3º - Alemanha (29 mil megawatts)   4º ...
   O Brasil possui grande potencial em energia    eólica. Segundo Atlas do Potencial Eólico    Brasileiro, publicado pelo...
   A maior fonte de eletricidade do Brasil são as    usinas hidrelétricas. Um estudo indica que o    país poderia substit...
   A produção de energia elétrica através de energia eólica tem    várias vantagens das quais podemos ressaltar as princi...
   A previsão é que a participação da fonte de    energia eólica na matriz energética brasileira    continue crescendo, c...
   Apesar de todos os pontos positivos, é preciso    tomar cuidado antes de apostar na energia eólica.    Se não forem fe...
   Vivemos em um momento em que a busca por energias alternativas se faz    necessária e reconfigurar à matriz energética...
Grupo:            Números:   Turma:Maikon Douglas.     22          3003Paulo Sergio.       31Pedro Lucas         34Gabriel...
G7   energia eólica (trabalho de fisica)
G7   energia eólica (trabalho de fisica)
G7   energia eólica (trabalho de fisica)
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

G7 energia eólica (trabalho de fisica)

14.089 visualizações

Publicada em

0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
14.089
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
71
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
282
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

G7 energia eólica (trabalho de fisica)

  1. 1.  Energia eólica é aquela gerada pelo vento. Desde a antiguidade este tipo de energia é utilizado pelo homem, principalmente nas embarcações e moinhos. Atualmente, a energia eólica, embora pouco utilizada, é considerada uma importante fonte de energia por se tratar de uma fonte limpa (não gera poluição e não agride o meio ambiente).
  2. 2.  Grandes turbinas (aero geradores), em formato de cata-vento, são colocadas em locais abertos e com boa quantidade de vento. Através de um gerador, o movimento destas turbinas gera energia elétrica. Atualmente, apenas 1% da energia gerada no mundo provém deste tipo de fonte. Porém, o potencial para exploração é grande. Atualmente, a capacidade eólica mundial é de 238,4 GW (Gigawatts).
  3. 3.  1º - China (62,7 mil megawatts) 2º - Estados Unidos (46,9 mil megawatts) 3º - Alemanha (29 mil megawatts) 4º - Espanha (21,6 mil megawatts) 5º - Índia (16 mil megawatts) 6º - França (6,8 mil megawatts) 7º - Itália (6,7 mil megawatts) 8º - Reino Unido (6,5 mil megawatts) 9º - Canadá (5,2 mil megawatts) 10º- Portugal (4 mil megawatts) 22º- Brasil (734 mil megawatts)
  4. 4.  O Brasil possui grande potencial em energia eólica. Segundo Atlas do Potencial Eólico Brasileiro, publicado pelo Centro de Pesquisas de Energia Elétrica da Eletrobrás, o território brasileiro tem capacidade para gerar até 140 gigawatts, mas atualmente a capacidade instalada é de 1 GW, o que representa menos de 1% do potencial.Por outro lado, o potencial eólico brasileiro é mais de todo o potencial elétrico instalado no país atualmente.
  5. 5.  A maior fonte de eletricidade do Brasil são as usinas hidrelétricas. Um estudo indica que o país poderia substituir a energia térmica pela energia eólica. Isso porque as usinas térmicas só são acionadas durante os períodos de seca, quando os rios ficam mais baixos e as hidrelétricas são insuficientes para produzir toda a energia consumida. Porém, é justamente nesse período que o regime de ventos no Nordeste é mais intenso.
  6. 6.  A produção de energia elétrica através de energia eólica tem várias vantagens das quais podemos ressaltar as principais. É uma fonte renovável, não emite gases de efeito estufa, gases poluentes e nem gera resíduos na sua operação, o que a torna uma fonte de energia de baixíssimo impacto ambiental. Os parques eólicos (ou fazendas eólicas) são compatíveis com os outros usos do terreno como a agricultura ou pecuária, já que os atuais aerogeradores têm dezenas de metros de altura.[12] O grande potencial eólico no mundo aliado com a possibilidade de gerar energia em larga escala torna esta fonte a grande alternativa para diversificar a matriz energética do planeta e reduzir a dependência ao petróleo. Em 2011 na União européia ela já representa 6,3% da matriz energética,[13] e no mundo mais de 3,0% de toda a energia elétrica.
  7. 7.  A previsão é que a participação da fonte de energia eólica na matriz energética brasileira continue crescendo, como vem acontecendo no resto do mundo, apresentando taxas de crescimento médias de potência instalada superiores a 20%.
  8. 8.  Apesar de todos os pontos positivos, é preciso tomar cuidado antes de apostar na energia eólica. Se não forem feitos os estudos de mapeamento, medição e previsão dos ventos, ela não é uma fonte confiável. Não há muitos dados sobre o regime de ventos no Brasil, e eles costumam serem aproveitáveis somente durante parte do ano. Além disso, os parques eólicos produzem poluição sonora e visual. Também podem interferir na rota migratória de pássaros, e os aerogeradores interferem na paisagem do local. Além disso, todo o equipamento é caro, o que pode inviabilizar a criação de parques eólicos.
  9. 9.  Vivemos em um momento em que a busca por energias alternativas se faz necessária e reconfigurar à matriz energética nacional é uma obrigação. Embora a matriz energética brasileira para geração de energia seja predominantemente renovável (hidroeletricidade), novas ações foram tomadas pelo governo no sentido de estimular outras fontes renováveis para a produção de eletricidade, como as energias solar, eólica e biocombustíveis etc. A integração dessa matriz atual com outras fontes renováveis, além de poder iniciar um processo de modificação do modelo de produção menos danoso ao sistema ambiental, possibilitará a complementação energética da rede convencional – em momentos de baixas dos níveis de água ou seca dos reservatórios para geração da energia hidrelétrica. Nesse sentido, uma das alternativas de fontes de energia ao modelo que possibilita uma proposição colaborativa e que demanda características ambientais presentes no Brasil é a energia eólica. (JOSÉ, 2012) Observando em maior escala, o Rio de Janeiro possui regiões de destaque. Então, por que não vemos investimentos nesse sentido? Ao invés de "construirmos" grandes empreendimento e barragens, por que não incentivarmos o aproveitamento eólico do litoral fluminense?
  10. 10. Grupo: Números: Turma:Maikon Douglas. 22 3003Paulo Sergio. 31Pedro Lucas 34Gabriel Godoy. 07

×