Energia Eólica
• O que é?
• Como funciona?
• Energia Eólica no mundo.
• Energia Eólica no Brasil.
• Vantagens.
• Desvantag...
O que é?
Energia eólica é a energia gerada pelo vento. Desde da antiguidade
este tipo de energia é utilizado pelo homem, p...
Como funciona?
Na geração de energia eólica, há diversas etapas de transformação de
energia. Primeiramente, o vento gera e...
Energia Eólica no mundo.
Em 2009 a capacidade mundial de geração de energia elétrica através da
energia eólica foi de apro...
A capacidade de geração de energia eólica no Brasil vem aumentando ano a
ano. Em 2008 era de 341MW, em 2009 passou 606 MW,...
Em alguns países, a energia elétrica gerada a partir do vento
representa significativa parcela da demanda. Na Dinamarca es...
O custo da geração de energia eólica tem caído rapidamente nos últimos
anos. Em 2005 o custo da energia eólica era cerca d...
Apesar da grandiosidade dos modernos moinhos de vento, a tecnologia
utilizada continua a mesma de há 1000 anos, tudo indic...
Energia Eólica no Brasil
O Brasil possui grande potencial em energia eólica. Segundo Atlas do
Potencial Eólico Brasileiro,...
O maior centro de geração de energia eólica do país é o Parque eólico de
Osório, localizado no Rio Grande do Sul, com a ca...
Vantagens da Energia Eólica
• É inesgotável;
• Não emite gases poluentes nem gera resíduos;
• Diminui a emissão de gases d...
• Reduz a elevada dependência energética do exterior, nomeadamente a
dependência em combustíveis fósseis;
• É uma das font...
Desvantagens da Energia Eólica
• Nem sempre o vento sopra quando a eletricidade é necessária, tornando difícil a
integraçã...
• Impacto sobre as aves do local: principalmente pelo choque destas nas
pás, efeitos desconhecidos sobre a modificação de ...
Obrigado pela Atenção
Energia eólica
Energia eólica
Energia eólica
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Energia eólica

2.152 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.152
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
80
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Energia eólica

  1. 1. Energia Eólica • O que é? • Como funciona? • Energia Eólica no mundo. • Energia Eólica no Brasil. • Vantagens. • Desvantagens
  2. 2. O que é? Energia eólica é a energia gerada pelo vento. Desde da antiguidade este tipo de energia é utilizado pelo homem, principalmente nas embarcações e moinhos. Atualmente, a energia eólica, embora pouco utilizada, é considerada uma importante fonte de energia por se tratar de uma fonte limpa (não gera poluição e não agride o meio ambiente).Atualmente, apenas 1% da energia gerada no mundo provém deste tipo de fonte.
  3. 3. Como funciona? Na geração de energia eólica, há diversas etapas de transformação de energia. Primeiramente, o vento gera energia mecânica, e um gerador pode converter esta energia mecânica em energia elétrica. Esta passagem do vento para a energia mecânica, é feita pelas turbinas de vento. A turbina eólica funciona de forma contrária a um ventilador, ao invés de usar eletricidade para criar energia mecânica e criar vento, elas realizam o processo da forma contrária, para produzir energia elétrica. O vento faz um movimento nas pás, então um eixo é girado, conectado a um gerador que produz eletricidade. Esta eletricidade pode entrar em linhas de transmissão e ser distribuída por diversas residências, empresas, e outros lugares que demandem energia elétrica.
  4. 4. Energia Eólica no mundo. Em 2009 a capacidade mundial de geração de energia elétrica através da energia eólica foi de aproximadamente 158 gigawatts (GW), o suficiente para abastecer as necessidades básicas de dois países como o Brasil (o Brasil gastou em média 70 gigawatts em janeiro de 2010). Para se ter uma ideia da magnitude da expansão desse tipo de energia no mundo, em 2008 a capacidade mundial foi de cerca de 120 GW e, em 2007, 59 GW. Um aerogerador é um dispositivo que aproveita a energia eólica e a converte em energia.
  5. 5. A capacidade de geração de energia eólica no Brasil vem aumentando ano a ano. Em 2008 era de 341MW, em 2009 passou 606 MW, e em 2010 atingiu o valor de 920MW. O Brasil responde por cerca da metade da capacidade instalada na América Latina, mas representa apenas 0,38% do total mundial. Até 2005 a Alemanha liderava o ranking dos países em produção de energia através de fonte eólica, mas em 2008 foi ultrapassada pelos EUA. Desde 2010 a china é o maior produtor de energia eólica. Em 2011 o total instalado nesse país ultrapassava os 62.000MW (62GW), comparado com os 44.000 instalado até 2010, foi um aumento de 41%.
  6. 6. Em alguns países, a energia elétrica gerada a partir do vento representa significativa parcela da demanda. Na Dinamarca esta representa 23% da produção, 6% na Alemanha e cerca de 8% em Portugal e na Espanha (dados de setembro de 2007). Globalmente, a energia eólica não ultrapassa o 1% do total gerado por todas as fontes.
  7. 7. O custo da geração de energia eólica tem caído rapidamente nos últimos anos. Em 2005 o custo da energia eólica era cerca de um quinto do que custava no final dos anos 1990, e essa queda de custos deve continuar com a ascensão da tecnologia de produção de grandes aerogeradores. No ano de 2003 a energia eólica foi à forma de energia que mais cresceu nos Estados Unidos. A maioria das formas de geração de eletricidade requerem altíssimos investimentos de capital e baixos custos de manutenção. Isto é particularmente verdade para o caso da energia eólica, onde os custos com a construção de cada aerogerador podem alcançar milhões de reais, os custos com manutenção são baixos e o custo com conbustivel é zero. Na composição do cálculo de investimento e custo nesta forma de energia levam-se em conta diversos fatores, como a produção anual estimada, as taxas de juros, os custos de construção, de manutenção, de localização e os riscos de queda dos geradores.
  8. 8. Apesar da grandiosidade dos modernos moinhos de vento, a tecnologia utilizada continua a mesma de há 1000 anos, tudo indicando que brevemente será suplantada por outras tecnologias de maior eficiência, como é o caso da turbovela, uma voluta vertical apropriada para capturar vento a baixa pressão ao passar nos rotores axiais protegidos internamente. Esse tipo oferece certos riscos de colisões das pás com objetos voadores (animais silvestres), mas não interfere na áudiovisão. Essa tecnologia já é uma realidade que tanto pode ser introduzida no meio ambiente marinho uma vez que os animais aquáticos não correm riscos de colisão como no ambiente terrestre.
  9. 9. Energia Eólica no Brasil O Brasil possui grande potencial em energia eólica. Segundo Atlas do Potencial Eólico Brasileiro, publicado pelo Centro de Pesquisas de Energia Elétrica da Eletrobrás, o território brasileiro tem capacidade para gerar até 140 gigawatts, mas atualmente a capacidade instalada é de 1 GW, o que representa menos de 1% do potencial.Por outro lado, o potencial eólico brasileiro é mais de todo o potencial elétrico instalado no país atualmente. A maior fonte de eletricidade do Brasil são as usinas hidrelétricas. Um estudo indica que o país poderia substituir a energia térmica pela energia eólica. Isso porque as usinas térmicas só são acionadas durante os períodos de seca, quando os rios ficam mais baixos e as hidrelétricas são insuficientes para produzir toda a energia consumida.
  10. 10. O maior centro de geração de energia eólica do país é o Parque eólico de Osório, localizado no Rio Grande do Sul, com a capacidade de gerar até 150 MW. Mas um complexo de 14 parques eólicos na Bahia deve entrar em operação em julho de 2012 e será ainda maior, podendo produzir até 300 MW. A previsão é que a participação da fonte de energia eólica na matriz energética brasileira continue crescendo, como vem acontecendo no resto do mundo, apresentando taxas de crescimento médias de potência instalada superiores a 20%.
  11. 11. Vantagens da Energia Eólica • É inesgotável; • Não emite gases poluentes nem gera resíduos; • Diminui a emissão de gases de efeito estufa (GEE); • Os parques eólicos são compatíveis com outros usos e utilizações do terreno como a agricultura e a criação de gado; • Criação de emprego;
  12. 12. • Reduz a elevada dependência energética do exterior, nomeadamente a dependência em combustíveis fósseis; • É uma das fontes mais baratas de energia podendo competir em termos de rentabilidade com as fontes de energia tradicionais; • Os aerogeradores não necessitam de abastecimento de combustível e requerem escassa manutenção, uma vez que só se procedem à sua revisão em cada seis meses; • Excelente rentabilidade do investimento. Em menos de seis meses, o aerogerador recupera a energia gasta com o seu fabrico, instalação e manutenção.
  13. 13. Desvantagens da Energia Eólica • Nem sempre o vento sopra quando a eletricidade é necessária, tornando difícil a integração da sua produção no programa de exploração; • Pode ser ultrapassado com as pilhas de combustível (H2) ou com a técnica da bombagem hidroelétrica. Provoca um impacto visual considerável, principalmente para os moradores em redor, a instalação dos parques eólicos gera uma grande modificação da paisagem;
  14. 14. • Impacto sobre as aves do local: principalmente pelo choque destas nas pás, efeitos desconhecidos sobre a modificação de seus comportamentos habituais de migração; • Impacto sonoro: o som do vento bate nas pás produzindo um ruído constante (43dB(A)). As habitações mais próximas deverão estar no mínimo a 200m de distância.
  15. 15. Obrigado pela Atenção

×