Jornal digital 4729 seg-10082015

385 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
385
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
18
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4729 seg-10082015

  1. 1. www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXV EDIÇÃO Nº 4.729 SEGUNDA-FEIRA, 10 DE AGOSTO DE 2015 R$ 2,00 Grupo 24º 19º Sol com muitas nuvens durante o dia e períodos de céu nublado. Noite com muitas nuvens. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Geral Alaéreinaugurada noDomJoaquim Sombrio 3Página Futebol Caderno de esporte SãoJoséé campeão doararanguaensePolícia Traficante é preso com pó na cueca Dupla cai em Timbé ao buscar droga Página Página 9 13
  2. 2. Política Jarbas Vieira Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO “Há poucos anos brigávamos com Criciúma pela indicação de prioridades, hoje a gente escolhe o que quer”. Ele disse: ‘ ‘Prefeito de Arroio do Silva, Evandro Scaini (PSD), salientando a independência da Amesc perante a região de Criciúma. PrioridadedaregiãojáfoianunciadaporColombo S e a palavra de um go- vernador (eleito e ree- leito no primeiro turno) para um auditório lotado não tem valor, em quem devemos acreditar? Fiz esta pergunta ao tomar conhecimento de que uma das três metas prioritárias para o extremo-sul, definidas na audi- ência pública para elaboração do Orçamento Regionalizado, foi a reforma e ampliação do Hospital Regional de Araranguá, capaci- tando-o para receber os progra- mas federais redes de Urgência e Emergência, e Rede Cegonha, que trariam mais leitos de UTIs para adultos e os primeiros dez para recém-nascidos na região. Tal investimento já foi anunciado por Raimundo Colombo (PSD), em solo araranguaense, o que torna revoltante o fato de termos que elencá-lo como meta para 2016, num orçamento cuja tra- dição é a de nunca ser efetivado pelo Governo. Lembro-me como se fosse hoje. Era uma terça-feira, 8 de outubro de 2013. O teatro Célia Belizário estava lotado para acompanhar mais uma agenda do governador, que prometia vir com as malas cheias. O governador fez sua palestra “Pacto por Santa Catarina – Prestando Contas”, contou uma daquelas anedotas (48) 3522-3777 serranas para quebrar o gelo, assi- nou convênios do Fundo Social e do Fundam para os municípios da região, e anunciou a construção daPoliclínica(que emboraatrasa- daestáacontecendo),assimcomo o investimento de R$ 7,2 milhões para a reforma e ampliação do hospital que resultariam nestes benefícios. Quase dois anos de- pois, como nada aconteceu, nos- sas lideranças resolveram apelar para o Orçamento Regionalizado, o que também não garante nada. Opioréquenãoconsigoimaginar o motivo real da promessa não ter ainda saído do papel. Por se tratar de um imóvel do Estado, não há qualquerentraveburocráticopara a reforma. Diferente da Serra Contas Duas lideranças progres- sistas pediram uma conversa com o prefeito Zênio Cardoso (PMDB) na sexta-feira. Na pau- ta, a votação de hoje das contas do ex-prefeito Professor Jusa (PP). A partir das 18h30min sa- beremos se a conversa teve ou não efeito. Meu palpite: contas rejeitadas por 6 votos a 5. milhões para investir no HRA. Mas, não dava para destinar esse recurso em 2014 ou 2015? Por que em Lages o Hospital Tereza Ramos está sendo reformado e ampliado, com investimento na ordem de R$ 100 milhões? Bem, vou contar com a ajuda da efi- ciente equipe de comunicação do Governo do Estado. Quem sabe através de uma nota oficial, consi- gamos saber o motivo do anúncio feito pelo governador ter sido tão real quanto o “causo serrano” que ele contou. do Faxinal (outro escárnio), em Praia Grande, não dá para culpar o Ministério Público Federal, nem o Ibama. Talvez no final de 2013 o Governo não tivesse R$ 7,2 Momento em que o governador assinava os convênios prometidos em 2013 e a audiência pública realizada na última sexta-feira. Foto e pedidos para a DeputAda* MesmolicenciadadaAssembleiaLe- gislativa para atuar na Secretaria de Jus- tiça e Cidadania, Ada de Lucca (PMDB) participou da audiência pública para elaboração do orçamento regionalizado. O vereador de Sombrio Nego Gomes (PMDB),quetrabalhouporsuacandida- tura, não perdeu tempo e fez Ada posar para a foto e automaticamente lembrar das promessas proferidas em 2014. Para dar mais peso político ao retrato estão o vereador Daniel Bitencourt Cardoso (PPS), o presidente da Câmara, Ademir Cardoso, o Dimi (PMDB), e o secretário administrativo, Ronaldo Dal Pont.
  3. 3. etelevisãonosquartosque serão destinados ao aten- dimento pelo SUS. O prefeito Zênio Car- doso avalia o ato realizado na sexta-feira como o iní- cio de um novo momento para o HDJ, onde em meio as dificuldades pela falta de recursos a luta para atender a população é diária. Zênio lembrou que o hospital de Sombrio não recebe nenhum recurso do Estado. Um dos colaborado- que nasceu no Dom Jo- aquim. Mas o único de- poimento que levou os presentes a inauguração as lágrimas foi dado pelo vereador Nego Gomes. “Neste hospital perdi a rosa da minha vida, mas ganhei uma flor”, disse com a voz embargada, abraçado a filha Géssica. A mãe dela, esposa de Nego, morreu prematu- ramente no hospital que agora tem uma ala, toda reformada, com o nome de Mariza Pereira Go- mes. Há mais de um ano o hospital de Sombrio vem atendendo apenas o setor de emergência.Aala reformada deverá ser uti- lizada para a internação que, espera-se, seja auto- rizada nos próximos dias. O espaço foi totalmente reformado por iniciativa de Nego Gomes, que foi atrás de voluntários e teve apoio financeiro de 12 empresários. “Com o objetivo de melhorar e ajudar o hospital me veio essa coragem de pegar uma ala para reformar. Conversei com o pessoal da prefeitura, com o pre- feito Zênio, a secretária de Saúde Gislane Cunha, e assumimos o trabalho”, contou o vereador. Cada empresário ado- tou um quarto, que rece- beu pintura, iluminação e paviflex, ao custo de R$ 1.500,00. Claudemir Oli- veiraBorges,ReneFelicia- no, Antônio Matos, Altair Isoppo, Ademir da Silva, AntônioGiovani,Derotide Gonzaga, Omir Stuart, Cezar Luchina, Carlos Alano, Valmir de Souza, Antônio Luiz Gonçalves e NegoGomessecomprome- teramaindaainstalarsofá >> SOMBRIO Não é somente um prédio, feito de cimento e ferro. O Hospi- tal Dom Joaquim (HDJ) é parte da história da maioria das famílias som- brienses. “Usei muito este hospital, estive internada aqui e aqui cuidei dos meus sogros, marido e filhos. Mesmo quando a situação está ruim, pego briga com quem fala mal do hospital”, disse Clori Rodrigues de Vargas, de 64 anos, que acompanhou no início da noite de sexta- -feira a reinauguração de uma ala. Depoimentos como o de Clori podiam ser ou- vidos o tempo todo, como o do secretário regional Ademir da Silva, o Dema, res, o lojista Valmir de Souza, convocou a co- munidade a se unir pelo hospital. “Os empresários devem ajudar e o pessoal colaborar, pois isso irá be- neficiar toda a população. Estou colaborando para que as pessoas que mais precisam não tenham de sair do município e pos- sam ser atendidas aqui mesmo”, disse. Em breve o hospital deverá voltar a realizar cirurgias de média com- plexidade, conforme a administradora Luciane Sperling. “Teremos cirur- gias em cinco especialida- des, obstetrícia, traumato ortopedia, vascular, urolo- gia, cirurgia geral e tam- bém oftalmologia”, com- pletou. Nesta sexta-feira já haverá um mutirão de cirurgia de catarata com médico particular. Sob o comando do ve- reador Cezar Luchina, que adotou o HDJ como sua principal bandeira, o bloco cirúrgico também está sendo reformado e deve ser concluído hoje e dois empresários assumi- ram a melhoria da cozi- nha, mas o custo acabou sendo mais elevado do que o esperado. Geral 3Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 Marivânia Farias Ala do hospital é reinaugurada Para o SUS Por iniciativa de vereador, 12 quartos são reformados. Espaço para internação leva nome da esposa morta de Nego Gomes, que emociona público na inauguração Volta a normalidade ³³Nego³Gomes³(esq)³e³Zênio³inauguram³ala³com³presença³da³família³de³Mariza ³³Prefeito³Godinho³inaugura³creche³na³comunidade Karini Colares destacou o empenho da administra- ção municipal em garantir investimentos no setor, tendo em vista o déficit de vagas para as creches. Com a obra, o prefeito diz que cumpre um com- promisso assumido com as famílias de Barra Velha, onde também serão aten- didas crianças de outras localidades. O CEI homenageia a moradora de Barra Velha Ignacia Maria Cardoso, >> PASSO>DE>TORRES> A comunidade de Barra Velha, em Pas- so de Torres, desde a semana passada conta com o seu Centro de Educação Infantil(CEI), que recebeu o nome de Ignacia Maria Cardoso. O prédio recém inaugu- rado possui quatro salas de aula, cozinha com refeitório, biblioteca, secretaria, banheiros, pátios coberto e aberto com gramado. O valor total da obra foi R$ 418 mil, sendo R$ 389 mil recursos próprios e con- trapartida de R$ 28 mil da Educação. A creche será admi- nistrada pela diretora Amaurete Kegellim, que agradeceu ao prefeito Juarez Godinho pela confiança e prometeu trabalhar com dedicação e carinho para atender as crianças.Asecretária de Educação e Cultura Creche é entregue a comunidade que com sua família foi uma das pioneiras da comunidade. Dona Ignacia teve nove filhos e foi comerciante. Bon- dosa, distribuía balas e pirulitos aos pequenos que apareciam no seu comércio sem dinheiro. A primeira missa da co- munidade foi rezada em sua casa, já que ainda não havia igreja, entre outras boas ações prati- cadas até sua morte, aos 83 anos, em 2013.
  4. 4. Geral4 Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 ³³Prefeito³Sandro³acompanhou³a³posse³do³Conselho Posse Conselho >> ARARANGUÁ> Os agricultores araranguaenses tornaram-se os protago- nistas de uma grande festa realizada no coração dacidade,naPraçaHercí- lio Luz. Na nona edição, a Festa do Agricultor, antes realizada no salão paro- quial da Igreja Sagrada Família, no bairro Cida- de Alta, tomou um novo formato para estreitar os laços entre a população urbana e rural, reunindo milhares de pessoas, na sexta-feira e no sábado. A iniciativa agradou os produtores. “Cada vez mais as pessoas estão percebendo a importância da agricultura. Foi bom trazerafestaparaocentro para que todos saibam de onde vem o alimento e que sem esta integração doagricultorcomocomer- ciante e população, a cida- denãosobrevive”,destaca o agricultor José Euclides Destro, de 64 anos, mora- dor de Sanga do Marco e ex-presidentedoSindicato dos Trabalhadores Rurais deAraranguá. O produtor de fumo Silverio Figueire- do Roque, 38, da comuni- dade de Barro Vermelho, Edição este ano foi realizada juntamente com a ExpoFeira, que reúne 15 municípios. Novos conselheiros tomaram posse no sábado Festa leva agricultor ao centro Valorização Da redação ³³ExpoFeira³teve³a³participação³de³famílias³rurais³de³toda³a³região,³comercializando³artesanato³e³alimentos³³ também aprovou a festa e gostou da receptividade da população. “Nós agri- cultores fomos muito bem acolhidos e a ideia de tra- zer a festa para este local foi importante para que todos pudessem conhecer melhor o nosso trabalho”, avalia o agricultor que também iniciou recen- temente a produção de melanciacomoalternativa em relação ao fumo. Além do local, outro diferencial da 9ª Festa do Agricultor foi a rea- lização conjunta com a 4ª Feira de Agricultura Familiar do Extremo Sul Catarinense,aExpoFeira, iniciativa da Epagri. Na feira, os agricultores fa- miliaresdos15municípios daregiãopuderamexpore comercializar os mais va- riados produtos. Os even- tos foram realizados pelo Conselho Municipal de DesenvolvimentoRegional de Araranguá (CMDR), prefeitura de Araranguá, e Governo do Estado de Santa Catarina, através da Epagri, além do apoio de entidades e dos oito polos araranguaenses, em queascomunidadesrurais são divididas. “Avaliamos o evento como positivo. O tempo também colaborou e nós só temos a agradecer atodososagricultoresque participaram e aqueles se envolveram na realização do evento”, diz o diretor municipal deAgricultura, Douglas Martins Michels. Durante os dois dias de festa, várias foram as atividades programadas. Na sexta,teve a abertura da ExpoFeira e também o início oficial dos eventos com a presença de autori- dades dos municípios da região e escolha da rainha e princesas da Festa do Agricultor. Foi escolhida como rainha a jovem Vi- tória Alves Pereira, tendo Caroline Maria Cristiano como 1ª princesa e a 2ª princesa é Amanda Gon- çalves. Na manhã de sábado, em torno de 100 máqui- nas agrícolas desfilaram pela principal avenida de Araranguá, a Sete de Setembro. O desfile fina- lizou com missa na Igreja Nossa Senhora Mãe dos Homens.Atarde,osnovos membros do Conselho Municipal de Desenvol- vimento Rural (CMDR) foram empossados. O Conselho Municipal deDesenvolvimentoRural é formado pelos oito polos do município e 15 entida- des. O novo presidente, Manoel Francelicio Pe- drozo, espera contar com a participação dos demais membros eleitos. “Este é mais um desafio e espero contar com os agricultores nas reuniões e atividades a fim de apresentarmos nossas reivindicações ao poder público”, relata o presidente,lembrandoque maisdametadedaarreca- dação de Araranguá vem da agricultura. Durante o ato de pos- se, o prefeito Sandro Ma- ciel recebeu do CMDR a pauta de reivindicações dos agricultores. “Dentre as reivindicações, temos algumas já colocadas em prática e outras a melho- rar,comoéocasodacoleta de lixo que já chegou a mais comunidades e que podemos avançar. Vamos trabalhar também para que chegue água em 100% das comunidades rurais”, comentou Sandro. Anova direção do con- selho foi eleita para o biê- nio 2015/2017.
  5. 5. Política Rolando Christian Coelho Geral 5Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 O julgamento das contas de Jusa D eve ser votado hoje pela Câmara Municipal de Vere- adores de Sombrio, se nada de novo acontecer, o parecer do Tribunal de Contas do Estado sobre a prestação de contas do ex-prefeito José Antônio Tiscoski da Silva, o Professor Jusa (PP), referente ao ano de 2012. A prestação de contas recebeu do TCE um parecer pela rejeição, pois o executivo municipal fechou sua contabilidade naquele ano com uma despesa de quase R$ 2 milhões a mais em relação a sua receita. Desde o ano 2000 a prática de se deixar saldo devedor para a próxima gestão tem parecer condenatório por parte do TCE, todavia, cabe a Câmara Municipal rejeitar ou não as contas do prefeito que não conseguiu se adequar as regras impostas. Jusa alega que não contraiu dívidas a bel prazer. Ressalta que a prefeitura tinha uma expectativa de receita em 2012 que acabou não se confirmando. Na prática alega que não gastou mais, apenas deixou de receber o que esperava, fato que gerou o furo no caixa e o parecer pela rejeição. Excetuando-se o fato em si, e os mean- dros que o cercam, o que importa mesmo é se Jusa terá suas contas aprovadas ou rejeitadas pela Câmara. Para a aprovação ele precisa de oito votos. Sua coligação elegeu seis vereadores. Dentre estes está Cezar Luchina (PSD), que hoje é aliado do prefeito Zênio Cardoso (PMDB). No entanto, mesmo que Jusa consiga o voto de Cezar, ainda assim lhe faltam dois votos. Se por milagre o vereador Daniel Cardoso Bittencourt (PPS) votar com Jusa, ainda assim ele terá apenas sete votos. O oitavo teria que ser conseguido junto a um dos quatro vereadores do PMDB. Na prática, se tudo desse certo para Jusa, ainda assim ele ficaria nas mãos do PMDB. Isto significa que precisaria ofere- cer algo ao PMDB para cooptar os votos necessários para escapar da guilhotina. Por mais contraditório que pareça, o caminho mais lógico para isto seria se Jusa tivesse se colocado abertamente como candidato a prefeito ano que vem, coisa que ele não fez. Na visão do PMDB há uma nítida divisão dentro do PP, onde estariam, de um lado, o grupo de Jusa e do outro o grupo do depu- tado estadual José Milton Scheffer. Neste contexto, Zé Milton estaria trabalhando pela candidatura de seu tio, Hélio Matos, ou de sua esposa, Jussara Borba Scheffer à prefeitura. Se Jusa entrasse no páreo abertamente, na visão do PMDB estaria posto o racha progressista. Por sua vez, para levar o racha adiante Jusa precisaria ter suas contas aprovadas, pois do contrá- rio ficaria inelegível ano que vem. Nesta lógica, o PMDB votaria pela aprovação, mesmo com o parecer contrário do TCE. Jusa não acredita em nada disto. Não vê racha do PP e tampouco crê que o PMDB possa votar a seu favor, tanto é que, mesmo sem ter nada a perder, nunca se colocou explicitamente como candidato a prefeito em 2016. Pode ser até que tenha razão, de todo modo abriu mão de um dos principais pilares da política: o acaso. Acasos já en- tronaram reis, empossaram presidentes, e aprovaram muitas contas aparentemente rejeitadas. ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 Prioridades da região: * Reforma e ampliação do Hospital Regional de Araranguá; * Pavimentação do acesso Sul da BR-101 ao Arroio do Silva; * Implantação de serviços de alta complexidade no Hospital Regional de Araranguá; * Pavimentação trecho Maracajá - Ilhas; * Barragem do Rio do Salto, incluindo o município de Meleiro; * Construção, reforma e ampliação com a garantia de acessibilidade, preventivo contra incêndio, biblioteca escolar e laboratórios (informática, física, química, biologia e matemática) com ampliação da rede internet em todas as unidades escolares da rede; * Pavimentação da SC-108 – Jacinto Machado/Praia Grande; * Pavimentação da SC-447 trecho Meleiro/Nova Veneza; * Recuperação lagoas de Sombrio e do Caverá; * Pavimentação SC-100 – Interprais Passo de Torres/ Jaguaruna; * Revitalização da SC-449 Sombrio/Jacinto Machado; * Aquisição de aparelho de ressonância magnética. Saúde lidera no PPA No Orçamento >> REGIÃO As 12 prioridades da região para o Plano Plurianual (PPA) e para a Lei Orçamentária Anual (LOA) foram defi- nidas na tarde da última sexta-feira, em audiência pública realizada pela As- sembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc), por meio da Comissão de Finanças e Tributação e daCoordenadoriadoOrça- mentoEstadual.Aaudiên- cia aconteceu na Câmara de Vereadores de Araran- guá e reuniu deputados, vereadores, lideranças po- líticas, representantes de entidades e comunidade. Entre as três princi- pais ações incluídas no orçamento de 2016 para a região estão: reforma e ampliação do Hospital Regional - para receber as redes de urgência e emergência, rede cegonha (UTI-Neonatal) e a Rede de Atenção Psicossocial (RAPS), pavimentação do acesso Sul da BR-101 ao Balneário Arroio do Silva e implantação de serviços de alta complexidade no Hospital Regional (orto- pedia, neorologia, cardio- logia e oncologia). A ordem das prio- ridades foi definida em votação, sendo que os deputados e o secretário regional Ademir da Silva não participaram, apenas assistiram as definições. “Foi uma audiência bas- tante produtiva, onde os participantes definiram prioridades que contem- plaramtodaaregiãoenão somente um município”, disse Ademir. Prestigiaram a au- diência pública do orça- mento regionalizado os deputados José Nei As- cari, Manoel Mota, José Milton Scheffer, Ricar- do Guidi, Valmir Comin, Luiz Fernando Vampiro, Marcos Vieira, presidente da Comissão de Finan- ças e Tributação, Dirceu Dresch, Rodrigo Minotto, Serafim Venzon e Leonel Pavan e a secretária de Justiça e Cidadania Ada Faraco de Luca. ³³Secretário³Ademir³discute³prioridades³da³região Nada de novo Audiência pública do Orçamento Regionalizado da Assembleia Legislativa, realizada na Câmara de Vereadores de Araranguá, na sexta-feira, foi uma mera reedição de tantas outras audiências e encontros realizados para discutir as principais demandas de nossa região. Praticamente tudo o que foi apontado como prioridade para inclusão no Plano Plurianual 2016/2019 e na Lei Orçamen- tária do Governo do Estado já foi discutido e rediscutido nos últimos 20 anos em nossa região. Pavimentação da rodovia entre Jacinto Machado e Praia Grande, pavimentação da Interpraias, recuperação da Sombrio-Jacinto, e outra dezena de reivindicações análogas estiveram no foco das atenções do encontro. Das duas uma: ou nossos representantes são muito fracos, a ponto de não conseguirem avanços em nossas demandas, ou o Governo do Estado não está nem aí para aquilo que considera- mos essencial para nosso desenvolvimento. Encontro tucano PSDB Catarinense trouxe suas prin- cipais lideranças estaduais a Araranguá, na sexta-feira, onde foi promovido um grande encontro regional da sigla. A caravana tucana tem por objetivo passar por todas as principais cidades pólo do Estado, mobilizando o partido para o pleito municipal do ano que vem. Da cú- pula catarinense estiveram na Cidade das Avenidas, dentre outros, o presidente da sigla e deputado estadual Marcos Vieira, o senador Dalírio Beber, a deputada federal Geovania de Sá e os ex-deputados esta- duais Gilmar Knaesel e Dóia Guglielmi. Empolgados com o péssimo momento do petismo, os tucanos foram à desforra em seus pronunciamentos. Na ocasião, líderes tucanos de Maracajá, Ermo, Morro Gran- de, Passo de Torres, Balneário Gaivota, Sombrio, Jacinto Machado e Praia Grande assumiram o compromisso público de lançarem candidatos à majoritária no ano que vem. Da redação >> REGIÃO A negociação coletiva detrabalhoentreSindicato dos Comerciários do Vale do Araranguá (Sitracom) e lojistas se encontra em dis- sídio. O Sitracom encami- nhou a Justiça do Trabalho umaaçãocautelar,comoob- jetivodenãopermitirqueos supermercadoseshoppings atacadistasconvoquemseus funcionáriosparatrabalhar nosferiadosexistentesentre agosto e janeiro. As ações cautelares be- neficiam os funcionários de 250empresaseforamproto- coladasentreosdias4e6de agosto,naVaradoTrabalho deAraranguá.Adecisãoem primeira instância foi favo- rável aos comerciários, mas aindacaberecursoporparte dos empresários. Sitracom vai a justiça por feriados
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro Joice Ramos l48l 8802.5883 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: Igor Borges l48l 9968.6084 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 Estado de Santa Catarina - Prefeitura Municipal de Praia Grande Aviso de Licitação Processo Adm. N. 37/2015 - Edital: Pregão Presencial n. 16/2015 Tipo: Menor Preço Objeto: AQUISIÇÃO PARCELADA DE MATERIAIS ELETRICOS, PARA SER UTILIZADO NA ILUMINAÇÃO PÚBLICA, NO SEGUNDO SEMESTRE DE 2015, DE ACORDO COM AS ESPECIFICAÇÕES EM ANEXO AO EDITAL. Entrega dos Envelopes:09:00 horas do dia 21 de Agosto de 2015. Abertura dos Envelopes:09:00 horas do dia 21 de Agosto de 2015. O Edital e esclarecimentos poderão ser obtidos no seguinte endereço e horário: Rua Irineu Bornhausen, 320, nos dias úteis, de segunda á sexta, das 08:00 ás 11:30 h. e das 13:30 as 17:00 h, ou pelo telefone 48 3532-0132. Praia Grande-SC, 03 de Agosto de 2015.
  7. 7. Publicidade 7Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Novelas Além do Tempo -18h I love Paraisópolis -19h Babilônia -21h G regoavisaaTomásque,seelenãoimpedirocasamentode Mari e Benjamin, aceitará Bruna como dançarina em sua boate.BenjaminconfidenciaaMariqueGaboseráafastado daPilartex.BrunadecidetrabalharnoPataChoca.Sorayaesquece de ir ao recital de seus filhos. Gabo e Benjamin trocam ofensas. SorayadestrataIzabelitaeérepreendidaporBenjamin,queavisa à mãe que não a quer em seu casamento. E mília acredita que Bernardo está vivo. Anita se interessa por Roberto.EmíliadecideabrirasepulturadeBernardo.Afonso pede a Pedro que convença Anita a permanecer no casarão. Anita afirma que Roberto é o amor de sua vida e anuncia que continuaránocasarão.BotelhoindicaumcalmanteparaMassimo daraSalomé.Rauldecideaceitaroempregonocasarãoparapro- teger Chico. Roberto se interessa por Lívia e Felipe se incomoda. M uriloconfessaaReginasuasarmaçõescontraela,masnão revela o nome do cúmplice. Inês invade o apartamento deMuriloeencontraorelógiodeEvandro.Wolneirevelaa ViníciusquefoiCrisquemocontratouparaincriminarRegina.Vi- nícius,WolneieTadeudenunciamCriseMuriloparaVera.Muriloe OtáviopressionamBeatriz.JúliaafirmaaLuísFernandoquequer voltar a morar com sua mãe.Vinícius expulsa Cris de sua casa. Rapidinhas Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 Áries 21/03 a 20/04 Deixeascoisasaconteceremnaturalmente,aforçadoSolserá muito intensa. Use a sua intuição para os negócios e para as relaçõesinterpessoais.NãodeixequeVênustecarreguepara solidão, aja de forma destemida. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 UmaforteenergiaserágeradaporJúpiteremreferênciaa esta constelação. Aproveitar este maravilhoso momento farácomquevocêsintaumafortevontadedeagir.Alguns momentospassarãosempreocupação. Gêmeos 21/05 a 20/06 Tenteevitarsertãocuriosoeficarmexendonascoisasdos outros. O elemento ar irá influenciar de forma positiva. Saturno nesta fase passará influenciando Júpiter nesta constelação.Ambientesharmoniososlheajudarãomuito. Libra 21/09 a 20/10 OseventosemSaturnovãodesenvolveratividadespositivas paravocê.Deixaramumaenergiapositivaparaoseuequilí- brio.Ajudarátambémadiferenciardeterminadassituações quepareciammuitoconfusasanteriormente. Aquário 21/01 a 18/02 Touro 21/04 a 20/05 Sentirá um pouco o peso das responsabilidades que foram adiadas.Irádemonstrarsermuitohabilidosonestedia.Marte e Plutão podem te levar a uma situação de desconforto e retirante. Porém continue confiante nas suas decisões. Virgem 21/08a20/09 A terra irá ajudar você a ser um pouco mais prático. Haverá uma influência muito grande deste elemento sobreosoutrosplanetas.Serápropícioparaexplorarcom outras pessoas de touro ambientes abertos e naturais. Capricórnio 21/12 a 20/01 Teráumamudançasignificativaemmarteparaestesigno. Ressaltaráumaspectomaisarrojadoecompetitivo.Asua praticidadeiráserdemasiadamentetransformadora.Asua cardinalidadetambémapontaparasorte. Câncer 21/06 a 20/07 Encontrará a estabilidade emocional que lhe faltava. Marte teráumaboainfluênciaparaestesignonocampoemocional. Suas relações tendem a ficarem mais apuradas, porém sem decisões de grande intensidade neste dia. Escorpião 21/10 a 20/11 Em Plutão haverá algumas intermitências, que farão com quevocêtenhaumavontadeimensadequerervencer.Se sentirá mais instigado a apostar em coisas novas. Haverá umcicloaserrenovadodentrodasuavida. Peixes 19/02 a 20/03 Na transição da Lua ocorrerá eventos favoráveis para Peixes. Deixará você mais determinado para as questões ligadas ao relacionamento. Mostrará uma fácil aproximação deVirgem e Câncer. O carinho estará bem presente. Uma breve passagem de Netuno pode influenciar um pouconoseucarisma.Vocêprecisarábuscarenergiaspara enfrentar o afastamento de determinadas pessoas. Seu corpocaminharádeacordocomasuamente. Na madrugada deste domingo (9), a atriz Fabiana Karla passou por um enorme susto. De acordo com o colunista Léo Dias, do jornal o Dia, ao errar o caminho quando voltava de uma festa, Carla passou pela Comunidade do Caramujo, em Niterói, Rio de Janeiro. Lá, o veículo foi atingido por alguns tiros. Aindasegundoacoluna,aocorrênciafoicon- firmadapela78ºDelegaciadePolíciadobairrodo Fonsecaeaatrizescapousemnenhumferimento. De acordo com uma fonte de O Fuxico, Fabiana estava no carro acompanhada da mãe e do marido quando tudo ocorreu. A atriz ainda está muito assustada, mas em casa, com a família. “A mãe dela bateu a cabeça e se machucou um pouco, mas de raspão, nada grave. Ninguém mais se machucou nem foi atingido por tiros. Com o GPS a Faiana acabou indo parar numa rua errada. Começaram a atirar contra o carro dela. Ela tentou sair de ré, mas o carro acabou ficando prensado na parede e ela, o marido e a mãe saíram correndo. Ficaram muito assustados e nervosos, mas agora todos estão bem, aguar- dando os trâmites do seguro do carro. Estão todos bem, em casa. Ela ainda está muito assustada e nervosa”, contou uma amiga próxima à atriz ParecequeosfãsdeNeymarvãoterqueficar com saudade do jogador durante algum tempo. Segundo o Globo Esporte, o craque do Barcelona foi diagnosticado com caxumba, durante o exame de rotina realizado pelo clube. Por conta disso, ele terá que ficar fora da final da Supercopa da Europa, que acontece nesta terça-feira (15), em uma partida contra o Sevilha. E também estará ausente de duas partidas da Su- percopa Espanhola, nos dias 14 e 17 de agosto. Através de um comunicado, o Barcelona, time de Neymar, confirmou as informações e afirmou que o craque contraiu a doença mesmo vacinado contra ela. Por causa da saúde debilitada, o atacante terá que ficar fora dos campos por 15 dias. As atividades em mercúrio serão um pouco turbulentas para este signo. Seu lado extravagante será positivo e negativoemmomentosintermitentes.Aatençãodeveser redobradaparaquenãoajanenhumtranstorno.
  9. 9. Polícia 9Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 ³³Jeverson³é³acusado³de³matar³policial³em³assalto³ ³³Alisson³mais³uma³vez³foi³detido³devido³ao³tráfico,³que³continuou³depois³da³prisão >> >MELEIRO> Na tarde de sexta- -feira, por volta das 17 horas, a Polícia Militar de Meleiro recebeu e infor- mação de que uma moto furtada teria sido vista na Cohabdaquelemunícipio. A PM foi ao local e na casa informada recebeu autorização para entrar. Lá estava a motocicleta já depenada sem farol, placasentreoutraspartes. Os policiais entraram em contato com a Polícia Civil que informou que >> ARROIO>DO>SILVA Agentes da DIC de Araranguá prenderam o foragidodajustiçagaúcha Jeverson Romero Pavani, oMão,de40anos,natural de Sapucaia do Sul/RS. Jeverson passou a ser procurado pela polícia do Rio Grande do Sul desde o dia 30 de junho, quando cometeu um latrocínio (roubo seguido de morte) contra um policial civil de Canoas/RS. O policial foi morto a tiros quando che- gava na casa de sua mãe, crime que causou muita comoção na grande Porto Alegre. Os comparsas de Jeverson foram presos e ele conseguiu fugir e se escondeu no Balneário Arroio do Silva, numa >> SOMBRIO> Um dos homens mais conhecidos pelas Polícias Civil e Militar de Sombrio e região foi encaminhado a delegacia de Sombrio mais uma vez na sexta-feira, por furto. Segundo a Polícia Civil, na última quarta- PM recupera moto furtada Assassino de policial é preso Homem é preso com tecido furtado a moto teria sido furtada em Turvo. Dois suspeitos receberam voz de prisão e alegaram ter comprado o veículo de um usuário de drogas em um posto de gasolina em Meleiro. O usuário teria chegado com amotodepenadaoferecendo por R$500,00 e eles com- praram. A dupla e a moto furtada foram conduzidas a Central de Polícia deAra- ranguá e mais tarde a moto foi devolvida a proprietária. “Meu irmão trabalhou uma safra toda para comprar essa moto. Foram R$ 3 mil casalocada,estouradapelos policiiasararanguaensesao amanhecerdeontem.Jever- son estava sozinho na casa e não ofereceu resistência, e nenhuma arma de fogo foi localizada, apesar de ser considerado pela polícia como um marginal de ex- trema periculosidade, que costumava intimar a todos. De acordo com o dele- gado Jorge Giraldi, o rapaz possui uma extensa ficha feira os policiais receberam a informação de que um ho- mem teria furtado tecidos recortados para roupas de dentro de um carro em Sombrio. Na sexta, a Polícia Civil estava no encalço do suspeito e foi até sua residência. Não deu outra. Na casa de Fernando Silva, conhecido suados abaixo de sol e de chuva, então nos indigna simplesmente ser rouba- da”, comentou a Karina Fernandes. Ela contou que às 6h40min, ao sair para trabalhar, notou que amotonãoestavaemcasa, porémpensouqueoirmão tinha ido trabalhar com ela. Mas quando voltou, às 18h, ficou sabendo que a moto tinha sido furtada. “Então fomos a delegacia elárecebemosinformação de ela já tinha sido encon- trada em Meleiro”, disse Karina. criminal pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, receptação e crimes contra a vida no estado gaúcho e aqui na região, onde estava morando ha- via alguns anos. Como Jeverson era conhecido no meio policial local em colaboração com policiais gaúchos foram feitas vá- rias incursões sem êxito e após várias diligências no Arroio ele foi preso. por cometer centenas de furto em Sombrio e cidades vizinhas, estava o material furtado. Fernando disse que quando chegou em casa os tecidos estavam dentro de seu pátio e ele não sabe como nem porque. Recebeu voz de pri- são, claro. procedimento da polícia, confessou que tinha mais droga em casa. Os poli- ciais o acompanharam e descobriram mais uma façanha do traficante, que escondeu 40,8g de cocaína e um torrão de maconha de 40,8g dentro do saco do aspirador de pó. Enquanto a polícia fazia as revistas dentro casa de Alisson mais um usuário chegou para comprar drogas. A Polícia Militar deu voz de prisão a todos, que foram encaminhados a delegacia de Santa Rosa do Sul. “É um trabalho de for- miguinha que temos que realizar todo dia. Durante a semana foram quatro traficantes colocados atrás das grades,” comenta o sargento De Lima. Da redação >> SANTA>ROSA>DO>SUL Uma das coisas que mais se espera de uma pessoa que sai do sistema prisional e que mude de comportamento. Alisson Cristiano Peres da Silva só mudou a droga que vendia. Segundo a Polícia Militar, o traficante que vendia crack agora estava vendendo cocaína. Isso foi comprovado após um trabalho da força tarefa da PM em parceria com o P2 (serviço de inteligência da PM), que há algumas semanas estava de olho em Alisson. O rapaz saiu da cadeia e continuou a traficar, trocando a pedra Homem é preso com cocaína na cueca Fedeu pelo pó. De acordo com os poli- ciais, o comércio acontecia muitas vezes em casa, mas Alisson usava como ponto principal um ber na comunidade de Glorinha, em Santa Rosa do Sul. Na noite de sexta- -feira, a PM fez campana próximo ao bar e observou quando uma conhecida viciada saiu dele. Ela foi abordada com uma porção de cocaína e confessou que tinha comprado deAlisson. Os policiais foram até o bar e revistaram todos os presentes, tendo como alvo principal o trafican- te, que estava com cinco buchas de cocaína dentro de uma embalagem de Kinder Ovo guardada na cueca. Já conhecedor dos Segundo a Polícia Militar ele já tinha sido preso por tráfico e após sair da cadeia só trocou o tipo de droga que comercializa
  10. 10. 10 Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 Especial ³³Cerca³de³1500³pessoas³de³toda³a³região³sul³participaram³na³tarde³de³sexta³do³encontro³da³terceira³idade Aline Bauer >> JACINTO>MACHADO Com uma estru- tura impecável, uma rica gastronomia e ótima programação, a 5° Banarroz, realizada nes- te final de semana, ficou caracterizada pelo clima familiar e a organização. Nem mesmo a dificul- dade em se encontrar vagas de estacionamen- to –mostra do sucesso de público - afastou os visitantes. Segundo o prefeito do município, Antônio João de Fáveri, de maneira geral a festa ficou dentro da expec- tativa, e até superou o esperado em público. “O Jacinto encerraa ma Público Vibrou tempo está colaborando e estamos preparados. Preocupamo-nos com a estrutura para atender a um grande público. Obviamente que sempre há filas e outros contra- tempos, mas estamos preparados para isso também”, disse. De acordo com a ad- ministração municipal, 16 ônibus estiveram na festa na tarde de sexta- -feira, vindos de Cri- ciúma e região, para o Baile da Terceira Idade. “Eram mais de 1.500 pessoas no salão”, in- forma o prefeito. A festa foi bastante elogiada principalmente por cau- sa da cobertura da rua, ausente nas outras edi- ções. A rainha da Banar- roz, Marilene de Souza Borges, diz se sentir li- sonjeada por fazer parte da história de Jacinto Machado. “As pessoas estão frequentando cada vez mais nossa cidade e a Banarroz se torna maior a cada ano”, diz a moça. Para o secretário executivo do Conselho do Estado, Joel Euzébio Campos, o segredo de uma festa de sucesso é a união entre a comuni- dade e as autoridades. “Jacinto Machado está conseguindo a organiza- ção comunitária, e des- ta forma, a população se aproxima da gestão pública e desenvolve os atrativos da região, mostrando sua cultura, gastronomia, sendo um destino turístico im- portante na geração de emprego e renda para os 15 municípios”. Entre os expositores a opinião é unânime: a Banarroz é uma porta para novas oportuni- dades. Murilo Pagani, agrônomo daAssociação de Produtores da Bana- na de Sanga da Curva (Abasc), considera a festa um meio de expor as novidades. “Estamos vendendo banana in natura e mudas, além de trazer cachos de dife- rentes variedades, que não são cultivares de Jacinto Machado mas que o público gostaria de conhecer”, diz ele. Vagner Piva, presidente da Abasc, diz que a fes- ta é muito importante para a associação, por permitir que os asso- ciados exponham o que plantam. “Cultivamos a bananicultura, então nada melhor do que expor o que temos”, declara. Ideia por Daniel K. Guolo e Julian Clezar Interativa ideias@iocus.com.br www.iocus.com.br Capitão Nascimento: Do francês, “Strategie” A estratégia como base do negócio “Capitão! O zero cinco está dormindo.” No mundo empresarial, muitas marcas entram no “ônibus de negócio” e passam do seu destino porque cochilou. Um exemplo é a Kodak, grande da fotografia até os anos 90, e por lá ficou, simplesmente por não montar novas estratégias. Gabou-se de ser a maior no setor, não acompanhou os avanços da tecnologia de câmeras digitais e acabou caindo no abismo das grandes marcas do passado. A estratégia é parte chave em qualquer programação de marcas e empresas. É nela onde verifica-se o que é bom ou o que é ruim, junto a uma análise do atual momento e perspectiva do mercado, é possível tomar as melhores decisões sem prejudicar o futuro da instituição. “Agora é a hora de unir o Tico e o Teco”... juntar o racional com emocional. O racional é para ver o as condições reais, o que está à mão, o emocional, o lado criativo, inventar algo, ser diferente, somados conseguem ir onde outros não conseguem chegar. Em nossos projetos na Iocus, conseguimos direcionar vários aspectos que garantem diferencias dos clientes, evitando dores de cabeça com gastos desnecessários e concentramos o foco no que há de melhor de cada cliente. Pilares da marca, perfil e posicionamento de mercado são um dos pontos desenvolvidos no planejamento. Um caso de sucesso foi o desenvolvimento da marca Bem Pra Ela, um espaço de bem estar e saúde feminina em Sombrio. Com uma avaliação profunda de mercado, enxergamos uma oportunidade de negocio não existente na região. Previmos os riscos e posicionamos a marca concentrado no público, com base na demanda e experiência profissional do cliente. Em menos de seis meses de marca, agenda praticamente lotada. Não importa o que faça, seja na vida de uma empresa, na profissional ou pessoal, planeje- se, faça uma estratégia, irá encontrar uma rota segura e promissora. Jacinto encerraa ma Público Vibrou
  11. 11. Mães de Sanga da Paca, não estava tão empol- gada, mas se mantinha otimista. “O movimento está legal, mas as vendas estão pequenas. Espero que melhore”. Joarez Reco Furlaneto, instru- tor de trilhas, conta que a festa é uma fonte im- portante de propaganda. “As pessoas estão bus- cando mais as trilhas, planejando melhor e aproveitando mais. A festa sempre ajuda na divulgação. A propagan- da boca a boca que se faz aqui tem muito peso” diz ele, que continua, “a festa está muito bonita, com um espaço legal na rua coberta. É uma ótima estrutura e boa 11Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015Especial ³³Soberanas³desfilaram³beleza³e³simpatia³pela³festa,³representando³o³município ³³Muita³gente³se³envolveu³na³organização³e³no³atendimento³aos³estandes³da³festa³ ³³Apresentações³artísticas³e³culturais³variadas³atraíram³o³público³da³Banarroz aiorBanarrozAlém da banana e do arroz, temas da fes- ta, muitas outras atra- ções puderam ser vistas nos stands reservados aos produtores do mu- nicípio, como o orqui- dário de Rafael Selau. “É a primeira vez que viemos e estamos satis- feitos. O movimento está bom”, comemorou.Ainda nos estandes, os grupos de mães marcaram pre- sença com seu artesa- nato em várias formas. Sirlei Pedro, membro do Clube de Mães do Cen- tro, conta que as vendas superaram a expectativa apesar da crise. “A festa está bonita e tem bas- tante visitação”. Valéria Gregorini, do Clube de programação.” Para manter o gran- de público seguro, um efetivo de 16 policiais e cinco viaturas da Polícia Militar foram desloca- dos para a Banarroz, além do efetivo da Polí- cia Civil e o Pelotão de Patrulhamento Tático (PPT) de Araranguá. “Tudo para proporcionar segurança e tranquilida- de aos participantes da festa”, destaca o sargen- to Picolo. A segurança foi reforçada também pelos agentes particu- lares, um grupo de 30 homens que transitava nos arredores dos pal- cos. Porém, a festa foi tranquila, sem maiores ocorrências.
  12. 12. Publicidade12 Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015
  13. 13. Polícia 13Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 >> TIMBÉ>DO>SUL>>> Após várias denún- cias sobre a ação de traficantes em Timbé do Sul a Polícia Mili- tar daquele município, com apoio de colegas de Turvo, realizou uma operação para pegar dois homens conhecidos como Teta e Negão. Os policiais sabiam que a dupla costumava ir a Araranguá para comprar as drogas que venderia para os usu- ários de Timbé do Sul e armaram então um cerco para pegar os dois. Policiais militares ficaram em campana ao ver o Celta que um dos traficantes conduzia se dirigindo para Turvo. Traficantes presos com 1 kg de droga Eles pediam o apoio da PM de Turvo para que ficasse atenta para ver aondeTetaeNegãoesta- vam indo e quando vol- tariam. Assim foi feito. Quando o veículo estava chegando na di- visa dos munícipios de Turvo e Timbé do Sul os dois foram aborda- dos. Com eles foram encontrados um total de R$ 1.807.00 que seria proveniente do tráfico de drogas e também 505g de maconha e meio quilo de cocaína. Ivonei Velho da Rosa,o Negão, e Leonar- do Crepaldi Monsani, o Teta, receberam voz de prisão.A droga e o carro foram apreendidos e todos foram conduzido para Central de Polícia de Araranguá. >> SOMBRIO Na tarde de sexta- -feira, as Polícias Civil e Militar realizaram a prisão de Maike Ferrei- ra Alves, traficante que também tinha mandado de prisão em aberto por tentativa de homicídio. Após forte trabalho de logística, os policiais em ação conjunta consegui- ram pegar Maike com a boca na botija. A reportagem do Jor- nal Correio do Sul con- versou com o delegado de Sombrio Luís Otávio Pohlmann, que explicou em detalhes a operação. Maike estava escondido na casa do padrasto,no bairro São Francisco,em Sombrio, onde recebeu voz de prisão.Ao revistar Ação conjunta prende traficante acasaospoliciaistambém encontraram aproxima- damente 250g de drogas. Maike foi levado a delegaciaedepois encami- nhadoaopresídio. O man- dado de prisão contra ele se refere a uma tentativa PM e Civil ³³Maike,³de³acordo³com³a³polícia,³é³traficante³e³também³tentou³matar³rapaz³ ³³Ivonei³e³Leonardo³foram³detidos³com³drogas >> ARROIO>DO>SILVA Um adolescente de 16 anos, bastante conhe- cido no Arroio do Silva, onde estudava e era tido comobomaluno,foimorto em Curitiba em um con- fronto com a polícia. Seu siposto envol- vimento com o crime surpreendeu quem o conhecia. Ele teria, com outros quatro homens, rou- bado uma Van carregada de cigarros da Souza Cruz. Quando estavam passando a carga para outro veículo o grupo teria sido flagrado pela PM, que atirou. Sombrio - Na noite de sábado, durante uma opera- ção a Polícia Militar recebeu a informação de que dois Menor é morto no Paraná de homicídio que aconte- ceu quando o rapaz, junto com um comparsa já pre- so,TailamRochodaRosa, atirou contra Natanael de Oliveira. Atingido no pé, Natanael sobreviveu. Durante o inquérito foi identificado Mikael e Tailan como os autores do crime que foi motivado, segundo a investigação, por uma dívida de drogas. Com a prisão dos dois suspeitos o delegado deu o inquérito por encerrado. homens em uma moto de cor prata teriam batido em um carro e fugido do local. A PM em rondas avistou um moto vermelha com dois indivíduos em que um teria desembarcado e o outro saiu numa fuga alucinada pelas ruas de Sombrio.APM teve de pedir reforço, já que o condutor estava colocando a sua vida e de terceiros em risco. Foram vários minutos de persegui- ção na cidade chamando atenção da população. Até que em determinado momento, o rapaz perdeu o controle da moto e caiu, sendo detido e conduzido a delegacia. Lá foi cons- tatado que ele é menor de idade e não poderia estar pilotando.
  14. 14. 14 Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 Publicidade
  15. 15. Publicações Legais 15Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 ATA DE JULGAMENTO DE HABILITAÇÃO REFERENTE A TOMADA DE PREÇOS Nº 41/2015 Às 09h00 do dia 07 de agosto de 2015, na sala de reuniões do Departamento de Licitações da Prefeitura Municipal de Araranguá, reuniu-se os membros da Comissão Permanente de Licitação, nomeada pelo Decreto 6837, de 19 de fevereiro de 2015, Sr.Luiz Carlos de Souza – Presidente, Gesse Espindola Gomes, Valdir José Sauer - membros, para em conformidade com o que preceitua a Lei Federal nº 8.666/93, de 21/06/93 e alterações, proceder com o julgamento dos documentos de habilitação apresentados na licitação nº. 41/2015, modalidade Tomada de Preços que visa a seleção e contratação de empresa do ramo pertinente para prestação de serviços,comfornecimentodemateriais,objetivandoaconstruçãodo PostodeSaúdeFamiliar(PSF)JardimdasAvenidas,áreaaproximada de 301,23m2. O presidente abre a sessão realizando o credenciamento do representante da Empresa Minas Construções e Empreendimentos Ltda, Sr. Heber Machado Menezes, prossegue registrando os seguintes protocolos: 1) Camilo e Ghisi LTDA – Protocolo sob n° 5519/2015 2) Engetom Construção Civil Ltda – Protocolo sob n° 5534/2015 3) Minas Construções e Empreendimentos Ltda – Protocolo sob n° 5570/2015 A comissão realiza a conferencia dos protocolos e assinaturadosenvelopesapresentadospelasempresasparticipantes, estando todos tempestivamente protocolados e devidamente lacrados. Após a conferência dos envelopes, realiza-se a abertura dos envelopes de habilitação das empresas participantes, onde são realizadas as seguintes considerações: 1) As empresas Camilo e Ghisi LTDA, Engetom Construção Civil Ltda, Minas Construções e Empreendimentos Ltda, apresentam os documentos de habilitação em conformidade com o edital no que se refere a Habilitação Jurídica, Regularidade Fiscal e Trabalhista, Qualificação Econômica e Capacidade Técnica. Assim,pelaconsideraçãoacima,acomissãopermanentedelicitação decide pela HABILITAÇÃO das empresas listadas abaixo: Camilo e Ghisi LTDA Engetom Construção Civil Ltda Minas Construções e Empreendimentos Ltda. O presidente da CPL, coloca a palavra a disposição dos demais membroserepresentantedaempresapresentenasessão,realizando posteriormente a leitura da ata com a decisão, onde todos manteram- se salientes. Publica-se,intima-seemarca-seasessãodeaberturadosenvelopes das propostas para o dia 17de agosto de 2015 às 14h00min, na sala de Licitações da Prefeitura Municipal de Araranguá. Araranguá, SC,07 de agosto de 2015. Luiz Carlos de Souza Presidente Gesse Espindola Gomes Membro Valdir José Sauer Membro ATA DE JULGAMENTO DE HABILITAÇÃO REFERENTE A TOMADA DE PREÇOS Nº 42/2015 Às 11h00 do dia 07de agosto de 2015, na sala de reuniões do Departamento de Licitações da Prefeitura Municipal de Araranguá, reuniu-se os membros da Comissão Permanente deLicitação, nomeada pelo Decreto 6837, de 19 de fevereiro de 2015, Sr.Luiz Carlos de Souza – Presidente, Gesse Espindola Gomes e Valdir José Sauer - membros, para em conformidade com o que preceitua a Lei Federal nº 8.666/93, de 21/06/93 e alterações, proceder com o julgamento dos documentos de habilitação apresentados na licitação nº. 42/2015, modalidade Tomada de Preços que visa a seleção contratação de empresa do ramo pertinente para prestação de serviços, comfornecimentodemateriais,objetivandoaconstruçãodoPostode SaúdeFamiliar(PSF)SangadaAreia,áreaaproximadade285,48m2 O presidente abre a sessão registrando os seguintes protocolos: 1) Construtora Irmãos Willemann LTDA– Protocolo sob n° 5572/2015 2) Camilo e Ghisi LTDA – Protocolo sob n° 5518/2015 3) Minas Construções e Empreendimentos Ltda – Protocolo sob n° 5571/2015 4) Engetom Construção Civil Ltda – Protocolo sob n° 5533/2015 5) Lajecril Artefatos de Cimento LTDA – Protocolo Sob n°5567/2015 A comissão realiza a conferencia dos protocolos e assinatura dos envelopesapresentadospelasempresasparticipantes,estandotodos tempestivamente protocolados e devidamente lacrados. Após a conferência dos envelopes, realiza-se a abertura dos envelopes de habilitação das empresas participantes, onde são realizadas as seguintes considerações: 1) As empresas Camilo e Ghisi LTDA, Engetom Construção Civil Ltda, Minas Construções e Empreendimentos Ltda e Construtora Irmãos Willemann Ltda apresentam os documentos de habilitação ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ em conformidade com o edital no que se refere a Habilitação Jurídica, Regularidade Fiscal e Trabalhista, Qualificação Econômica e Capacidade Técnica. 2)Aempresa LajecrilArtefatos de Cimento LTDAnão atende ao item 5.1.4 “a1” do edital. Assim, pela consideração 2 a comissão permanente de licitação decidepelaINABILITAÇÃOdaempresaLajecrilArtefatosdeCimento LTDA.Ainda, pela consideração 1, a CPLdecide pela HABILITAÇÃO das empresas listadas abaixo: Construtora Irmãos Willemann LTDA Camilo e Ghisi LTDA Engetom Construção Civil Ltda Minas Construções e Empreendimentos Ltda O presidente da CPL, coloca a palavra a disposição dos demais membros presentes na sessão, realizando posteriormente a leitura da ata com a decisão, onde todos manteram- se salientes. Publica-se,intima-seemarca-seasessãodeaberturadosenvelopes das propostas para o dia 17 de agosto de 2015 às 15h00min, na sala de Licitações da Prefeitura Municipal de Araranguá. Araranguá, SC,07 de agosto de 2015. Luiz Carlos de Souza Presidente Gesse Espindola Gomes Membro Valdir José Sauer Membro EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado naAv. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 137554; Devedor(es): CLAUDIATELES PEREIRABARBOSA- 038.892.799-29, End: Rua Edmundo Josino Pereira, 1513, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MONSTRINHO IND E COM DE CONFECCOES; Sac: MONSTRINHO IND E COM DE CONFECCOES; Tit: 717 ; Apr: FCDL; VEN: 05/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 431,46 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 137540; Devedor(es): E.M.C IND E COM DE BEBIDAS LTDA - 03.419.992/0001-84, End: Rodovia SC 485, 2070, Sombrio; Tip: Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; Sac: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; Tit: 7003183057 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 238.977,44 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 137541; Devedor(es): E.M.C IND E COM DE BEBIDAS LTDA - 03.419.992/0001-84, End: Rodovia Sc 485, 2070, Sombrio; Tip: Normal; Mot:Faltadepagamento;Ced:PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; Sac: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; Tit: 6000888396 ; Apr: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 84.661,99 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 137506; Devedor(es): EMELEN COELHO FERRAZ - 094.101.939-07, End: Rua Imanuel Wurffel, 1032, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: SUPER CREDI JAPONES SERVI OS ASSESSORIA CREDI; Sac: SUPER CREDI JAPONES SERVI OSASSESSORIACREDI; Tit: 3101711-8 ;Apr: FCDL; VEN: 18/02/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 184,80 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96.Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 137584; Devedor(es): JAIR JAQUES BORGES - 613.602.289- 34, End: Rua Prefeito Fioravante Minatto, 360, SOMBRIO; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: OMNI S/A - CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO; Sac: ; Tit: 10167000004914 ;Apr: OMNI S/A- CRÉDITO, FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO; VEN:21/03/2015;Esp:CéduladeCréditoBancárioporIndicação; Val: R$6.604,26+JurosLegais(1%a.m.);Emol.:R$46,96.Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 137518; Devedor(es): PAMELA CAROLINE PEREIRA DE MELO - 021.993.893-83, End: Rua Josino José Pereira, sn, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: MONSTRINHO IND E COM DE CONFECCOES; Sac: MONSTRINHO IND E COM DE CONFECCOES; Tit: 13961 ; Apr: FCDL; VEN: 05/08/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 526,12 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 137480; Devedor(es): PAULA JOSIANE MARTINS - 745.350.219-53, End: Rua André Justo Maggi, 948, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: GLOBAL COBRANCAS LTDA - ME; Sac: TALAU MOVEIS E DECORACOES LTDA; Tit: 69100008885 ; Apr: GLOBAL COBRANCAS LTDA - ME; VEN: 20/07/2015; Esp: titulo sentença judicial; Val: R$ 1.650,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 137542; Devedor(es): VALAQ MATERIAIS DE CONSTRUCAO LTDA EPP - 02.756.325/0001-24, End: Rua José Quartiero, 777, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: PROCURADORIA-GERAL DO ESTADO; Sac: PROCURADORIA- GERAL DO ESTADO; Tit: 9000129198 ; Apr: PROCURADORIA- GERAL DO ESTADO; VEN: À VISTA; Esp: Certidão de Dívida Ativa; Val: R$ 445,07 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - DiligênciaR$27,50- ConduçãoR$5,71-DigitalizaçãoR$0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 10/08/2015. Sombrio - SC, 10/08/2015 ARLINDO EDÍLIO DA ROSA PORTARIA N. 106, DE 05 DE AGOSTO DE 2015. NOMEIA SERVIDOR APROVADO PELO CONCURSO PÚBLICO EDITAL N. 001/2015. O PREFEITO MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA, no uso da competência privativa que lhe confere o inciso IX do artigo 58 da Lei Orgânica Municipal combinado com as Leis n° 045/1997 e n° 341/2003 e alterações posteriores, RESOLVE: Art. 1º Ficam nomeados em caráter efetivo os candidatos aprovados no Concurso Público Edital n° 001/2015, nos cargos abaixo discriminados: Art. 2º A posse deverá ser feita no prazo máximo de 30 (trinta) dias de acordo com o Art. 16, § 1º, incisos I e II da Lei 045 de 24 de julho de 1997. Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Balneário Gaivota, 05 de Agosto de 2015. RONALDO PEREIRA DA SILVA PREFEITO MUNICIPAL Publicada e Registrada na Secretaria de Administração e Finanças na data supra. JEFERSON RAUPP SECRETARIO DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA
  16. 16. Publicações Legais16 Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 RESOLUÇÃO CMDCA Nº 09/2015 DISPÕE CRIAÇÃO DA COMISSÃO DE NORMAS E REGISTRO DO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E ADOLESCENTE DE ARARANGUÁ. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, no uso de suas atribuições legais e regimentais, e CONSIDERANDOos artigos 90 e91 Lei Nº 8.069, de 13 de Julho de 1990. Que dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providencias; CONSIDERANDOoArt21 da Lei Nº 3.280, de 02 de outubro de 2014, que dispõe sobre dispõe sobre a Política de Atendimento à Criança e Adolescente no Município de Araranguá; CONSIDERANDOaresoluçãoCMDCA001/2012queInstituicritérios e procedimentos para concessão, cassação e revalidação de registro deentidadeseinscriçãodosprogramas,conformeprevistonosartigos 90 e 91 do Estatuto da Criança e do Adolescente; CONSIDERANDO o Art. 23 do Regimento Interno do Conselho MunicipaldosDireitosdaCriançaedoAdolescente,aprovadoatravés da Resolução CMDCA 001/2015; CONSIDERANDO a deliberação aprovada por unanimidade na Reunião Plenária Ordinária do CMDCA, do dia 03 de Junho de 2015; RESOLVE: Art.2º-CONSTITUIRaComissãodeNormaseRegistrosdoConselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CDMCAque será composto com os seguintes conselheiros: Art.3º-SegundoconstanoArt.23doRegimentoInternodoConselho Municipal dos Direitos da Criança de Araranguá, a Comissão de Normas e Registros terá as seguintes competências: I. normatizar o registro de entidades e a inscrição de programas de atendimento às crianças e adolescentes desenvolvidos pelas organizações governamentais e não-governamentais; II. apreciar e emitir parecer quanto à solicitação de registro de entidades e inscrição dos programas governamentais e não governamentais; III. realizar visitas às entidades, programas e serviços cadastrados e elaborar respectivo parecer. IV. acompanhar o monitoramento das entidades registradas e dos programas inscritos no CMDCA definidos no Art. 90 do Estatuto da Criança e do Adolescente; V. elaborar a normatização interna do CMDCA., estabelecendo fluxo e instrumental; VI. manter atualizados os dados sobre projetos, decretos e leis referentes à criança e ao adolescente; VII. outras atribuições inerentes ao trabalho da comissão. Art. 4º - Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Araranguá, 03de Junho de 2015 MARCOS TRAMONTIN SERAFIM Presidente do Conselho Municipal dos Direitosda Criança e do Adolescente - CMDCA RESOLUÇÃO CMDCA Nº 10/2015 DISPÕE SOBRE DEFERIMENTO E CANCELAMENTO DO REGISTRO DE ENTIDADES NÃO GOVERNAMENTAISAO CONSELHO MUNICIPAL DOS DIREITOS DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE – CMDCA, DO MUNICÍPIO DEARARANGUÁ /SC. O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, no uso de suas atribuições legais e regimentais, e CONSIDERANDOos artigos 90 e91 da Lei Nº 8.069, de 13 de Julho de 1990. Que dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providencias; CONSIDERANDO a resolução N° 71, de 10 de junho de 2001 do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – CONANDA, que dispõe sobre o Registro de Entidades Não Governamentais e da Inscrição de Programas de Proteção e Sócio - Educativo das governamentais e não governamentais no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Atendimento e dá outras providências; CONSIDERANDOoArt21 da Lei Nº 3.280, de 02 de outubro de 2014, que dispõe sobre dispõe sobre a Política de Atendimento à Criança e Adolescente no Município de Araranguá; CONSIDERANDOaresoluçãoCMDCA001/2012queInstituicritérios e procedimentos para concessão, cassação e revalidação de registro deentidadeseinscriçãodosprogramas,conformeprevistonosartigos 90 e 91 do Estatuto da Criança e do Adolescente. RESOLVE: Art. 2º - DEFERIR o registro das entidades não governamentais abaixo relacionadas ao Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA: Art. 3º - Declara CANCELADO o registro das seguintes entidades não governamentais e programas: Art. 4º - Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação. Araranguá, 05de Agosto de 2015 MARCOS TRAMONTIN SERAFIM Presidente do Conselho Municipal dos Direitosda Criança e do Adolescente - CMDCA
  17. 17. Publicações Legais Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 17 DECRETO Nº 7.016 DE 13 DE JULHO DE 2015. DISPÕE SOBRE A CONVOCAÇÃO DA 4ª -CONFERÊNCIA MUNICIPALDOS DIREITOS DAPESSOAIDOSADEARARANGUÁ E DA OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O Prefeito Sandro Roberto Maciel no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, especificamente o art. 83, VII: DECRETA Art. 1º Convocar a 4ª CONFERÊNCIAMUNICIPALDOS DIREITOS DA PESSOA IDOSA DE ARARANGUÁ, com o fim de avaliar os avanços na consolidação da Política Municipal de Atendimento ao idoso, na gestão e na qualificação da gestão dos programas, projetos e ações; Art. 2º A 4ª Conferência Municipal dos direitos da pessoa idosa realizar-se-á em Araranguá/SC, no dia 28/07/2015. Art. 3º A 4ª Conferência Municipal dos direitos da pessoa idosa terá como Tema Central: “O Protagonismo e empoderamento da pessoa idosa – Por um Brasil de todas as idades” e com eixos: I - GESTÃO: PROGRAMAS, PROJETOS E AÇÕES; II - FINANCIAMENTO; III - PARTICIPAÇÃO; IV - SISTEMA DE GARANTIA DE DIREITOS HUMANOS.. Art. 4º Instituir a Comissão Organizadora, coordenada por Soraia Deolindoecomcomposiçãoparitáriadosrepresentantesdo Governo e da Sociedade Civil, a ser definida em Decreto de 7.016 de 13 julho de 2015, de para a organização da 4ª Conferência Municipal dos direitos da pessoa idosa; Parágrafoúnico-ApoiarãoaOrganizaçãodaConferência,aFECAM, DECRETO Nº 7.017 DE 13 DE JULHO DE 2015. VISA SUPLEMENTAÇÃO NO ORÇAMENTO DO MUNICÍPIO. O Prefeito Municipal Sandro Roberto Maciel, no uso das suas atribuições legais emanadas pela Lei Orgânica do Município e em conformidade com o art. 7º da Lei Municipal nº 3.300/2014. DECRETA Art. 1º Fica suplementado o orçamento do Município, no valor total de R$ 26.000,00 (vinte e seis mil reais) na seguinte modalidade de despesa: Art. 2º. Para fazer face ao crédito suplementar deste Decreto, será reduzido no mesmo valor, o item abaixo: Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 4º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 13 de julho de 2015 SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e publicado o presente Decreto na Secretaria de Administração em 13 de julho de 2015 FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração DECRETO Nº 7.018, DE 13 DE JULHO DE 2015. DECLARA NÃO INCIDÊNCIA DE IMPOSTOS SOBRE ÁREAS DE TERRAS. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, e ao que determina a alínea “e” do Inciso I do artigo 4º, da Lei Complementar nº 006, de 03/12/97 (CódigoTributárioMunicipal),eProcessoAdministrativonº3258/2015: DECRETA Art. 1º Fica declarada a não incidência do Imposto Predial eTerritorial Urbano - IPTU sobre o imóvel matriculado no Cartório de Registro de Imóveis sob o nº 54.780, com área de 15.000,00m², localizado no Bairro Polícia Rodoviária, de propriedade de Edio Pereira Cardoso, na forma determinada pelo art. 4º, § único, da Lei Complementar nº 006, de 03 de dezembro de 1997 (Código Tributário Municipal). Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 13 de julho de 2015 SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e publicado o presente Decreto na Secretaria de Administração em 13 de julho de 2015 FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração DECRETO Nº 7.019, DE 15 DE JULHO DE 2015. CONVOCA A X CONFERENCIA MUNICIPAL DE ASSISTÊNCIA SOCIAL. ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ SDR, e representantes das Unidades vinculadas a Secretaria Municipal deAssistência Social e Habitação deAraranguá, Gabinete do Prefeito e demais Secretarias Municipais. Art. 5º - Este decreto entra em vigor na data de sua publicação. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 13 de julho de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 13 de julho 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração
  18. 18. 18 Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 Publicações Legais O prefeito Municipal de Araranguá, Sandro Roberto Maciel, em conjunto com o Presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, no uso de suas atribuições e, considerando a necessidade de avaliar e propor diretrizes para a implementação da Política de Assistência Social no Município. DECRETA Art. 1° Fica convocada a X Conferência Municipal de Assistência Social, a ser realizada no dia 30 de Julho de 2015, tendo como tema central: “CONSOLIDAR O SUAS DE VEZ RUMO A 2026.” Art.2°As despesas decorrentes da aplicação deste decreto, correrão por conta de dotação própria do orçamento do órgão gestor municipal de assistência social. Art. 3° Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 15 de julho de 2015............. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e publicado o presente Decreto na Secretaria de Administração em 15 de julho de 2015 FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração DECRETO Nº 7.020, DE 15 DE JULHO DE 2015. CONCEDE GRATIFICAÇÃO POR SERVIÇOS DE RELEVÂNCIA AO SERVIDOR QUE ESPECIFICA. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, e ao que determina os artigos 8º e 9º, da Lei Complementar nº 066, de 29 de junho de 1996: DECRETA Art. 1º Fica concedida Gratificação por Serviços de Relevância no percentual que fixa, ao servidor abaixo relacionado: NOME DO SERVIDOR GUILHERME BOEIRA MICHELS GRATIFICAÇÃO POR SERVIÇOS DE RELEVÂNCIA 100% Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, retroagindo seus efeitos a 01/07/2015. Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário, especificamente a GratificaçãoporServiçosdeRelevânciaconcedidaatravésdoDecreto nº 6.792, de 22 de janeiro de 2015. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 15 de julho de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 15 de julho de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração DECRETO Nº 7.021 DE 17 DE JULHO DE 2015. EXONERA CHEFE DO SERVIÇO DE LIMPEZA PÚBLICA. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, especificamente o art. 83, VII: DECRETA Art. 1º Fica exonerado GILMAR SOARES ROCHA do cargo em comissão de Chefe do Serviço de Limpeza Pública da Secretaria de DesenvolvimentoUrbano,ObraseServiços,símboloCC5,doquadro de pessoal do Poder Executivo Municipal. Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 17 de julho de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 17 de julho de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração DECRETO Nº 7.022 DE 21 DE JULHO DE 2015. EXONERA CHEFE DO SERVIÇO DE ANÁLISE DE REGISTROS CONTÁBEIS O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, especificamente o art. 83, VII: DECRETA DECRETO Nº 7.023, DE 21 DE JULHO DE 2015. ESTABELECE HORÁRIO ESPECIAL DE FUNCIONAMENTO NAS REPARTIÇÕES PÚBLICAS DO MUNICÍPIO. O Prefeito Municipal Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 7º, XIV, da Constituição Federal,combinadocomoartigo83,VIIdaLeiOrgânicadoMunicípio: DECRETA Art. 1º Fica estabelecido horário especial de funcionamento nas repartições públicas da Administração Direta e Indireta do Município de Araranguá a partir do dia 27/07/2015. § 1º O horário de trabalho nas repartições públicas pertencentes à Administração Municipal a partir do dia supracitado, será das 13:00 às 19:00 horas. Art. 2º Os serviços de coleta de lixo, a limpeza pública, água, saúde, educação, assistência social e outros serviços entendidos como de natureza essenciais e inadiáveis serão atendidos na forma e nos horáriosexigidos,sobaorientaçãoearesponsabilidadedoSecretário ou do Diretor da respectiva pasta. Art. 3º Fica proibido à realização de horas extras sem a autorização expressa do Secretário de Administração. Art. 4º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 5º Revogam-se as disposições em contrário Prefeitura Municipal de Araranguá, em 21 de julho de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 21 de julho de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário da Administração CONVITE: Discussão da Lei de Diretrizes Orçamentárias Os Poderes Executivo e Legislativo do Município de Araranguá, convidam a toda população, para participar de Audiência Pública para discussão da Lei de Diretrizes Orçamentárias que realizar-se-á dia 13 de agosto de 2015, as 19:00 horas, na Câmara Municipal de Vereadores, sito a Rua Iracy Luchina, nº 253, Urussanguinha, Araranguá/SC. Araranguá, 06 de agosto de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal DECRETO Nº 7.024, DE 22 DE JULHO DE 2015. ABRE CRÉDITO ESPECIAL NO ORÇAMENTO SERVIÇO AUTÔNOMO MUNICIPAL DE ÁGUA E ESGOTO – SAMAE DE ARARANGUÁ, NO EXERCÍCIO DE 2015. O Prefeito Municipal Sandro Roberto Maciel, no uso das suas atribuições legais emanadas pela Lei Orgânica do Município, especificamente o artigo 83, VII e em conformidade com a Lei Municipal nº 3.341, de 01 de junho de 2015: DECRETA Art.1ºFicaabertocréditoespecialnoorçamento doServiçoAutônomo MunicipaldeÁguaeEsgoto–SAMAE,noitensorçamentáriosabaixo, no valor total de R$ 1.100.000,00 (um milhão e cem mil reais), na seguinte modalidade: Art. 2º Para atender à suplementação supra, será utilizado parte dos recursosdoSuperávitFinanceiro,apuradonoBalanço Patrimonialdo exercício de 2014, em conformidade com o art. 43, §1º, incido I e §2º da Lei4.320/64 de 17 de março de 1964,no valor de R$ 1.100.000,00 (Um milhão e cem mil reais). Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 4º Revogam-se as disposições em contrário Prefeitura Municipal de Araranguá, em 22 de julho de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 22 de julho de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário da Administração ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ Art. 1º Fica exonerado CRISTIANETEIXEIRAdo cargo em comissão de Chefe de Serviço de Registros Contábeis, da Secretaria de Finanças, símbolo CC5, do quadro de pessoal do Poder Executivo Municipal. Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 20 de julho de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 20 de julho de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração
  19. 19. Entrevista 19Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 [PeloEstado] - Qual a taxa de sucesso das ações preventi- vas da Defesa Civil estadual? Milton Hobus - O grande de- safio é preparar o estado para conviver com as tragédias causa- das pelos fenômenos climáticos adversos. Isso exige um grande esforço financeiro e tecnológico, que o Estado está fazendo com a montagem do Centro de Monito- ramento e Alerta, com a execução dos planos municipais de contin- gência, que preparam a sociedade, com os equipamentos em instala- ção no estado inteiro e que entram em operação no ano que vem com o novo centro. Seguramente, esta- remos muito melhor preparados para o enfrentamento. Acredito que tivemos uma evolução bas- tante grande, porque não se tra- balhava com o alerta preventivo. Mesmo ainda não tendo todo o aparato tecnológico pronto, temos certaeficiêncianosalertaspreven- tivos e já existe uma conscientiza- ção da sociedade, o que tem aju- dado nosso trabalho. [PE] - Como foi essa ação nas ocorrências de julho, que atingiram o Oeste? Hobus - Dividimos o que aconte- ceu no Oeste em dois momentos e aí podemos ver bem onde estamos e para onde precisamos ir. Um momento foi a chuva muito forte, concentrada em uma região e em curto espaço de tempo. O alerta preventivo funcionou muito pou- co, porque não tínhamos como precisar a concentração e a loca- lização, tínhamos apenas o volu- me. Esse é o desafio, o para onde temos que ir. Por outro lado, todo o acompanhamento com base na informação do volume de chuva nas calhas de rios, como o Uru- guai, que afeta vários municípios, foi exitoso. Entramos em contato com as geradoras de energias, que passaram a gerar em potência má- xima para soltar mais água, e fize- mos a curva de aceleração do rio para informar as cidades que po- deriam ser atingidas. Esse foi um PeloEstado Entrevista MILTON HOBUS Empresário, sócio-diretor Royalciclo, foi prefeito de Rio do Sul (2005-2008 e 2008- 2012) e secretário de Estado da Defesa Civil (2013 - 2014). Eleito deputado estadual em 2014, se licenciou para, a convite do governador Raimundo Colombo, retornar à Defesa Civil estadual. Nessa entrevista exclusiva à Coluna Pelo Estado, Hobus falou dos resultados positivos da secretaria e do que ainda se pretende fazer. Ele garante que não há mais necessidade de interferência política para se obter ajuda: “Conseguimos organizar um sistema de atendimento. Antes mesmo de o município solicitar alguma ajuda, nós já estamos lá. Somos os primeiros a chegar em uma intercorrência”. Hoje, além da base, em Florianópolis, a Defesa Civil estadual tem 20 coordenadorias regionais. Com essa rede, a ajuda humanitária chega às áreas afetadas em até 24 horas. Uma das preocupações do secretário é com a população que vive em áreas de risco e não tem condições financeiras para sair dessa situação por conta própria. “Já estamos na faixa de 350 casas modulares instaladas e temos ainda umas 2 mil famílias em área de risco e sem autossuficiência financeira. Temos que avançar para tirar as famílias dessa condição de vulnerabilidade.” trabalho muito positivo, porque tiramos as pessoas só de onde era de fato necessário. Em Ipumirim, por exemplo, a água chegou a en- trar na cidade, mas não ameaçou vidas, porque as comunidades já tinham sido deslocadas. Por- tanto, já conseguimos trabalhar de forma eficiente nas situações de inundação lenta dos grandes rios por volume de chuva. Agora temos que olhar para os casos de grandes enxurradas. [PE] - De que forma? Hobus - Aí entra todo o aparato tecnológicoqueestásendomonta- do. Hoje já temos um grande volu- me de informações dos satélites, o radar meteorológico de Lontras... mas temos que avançar. Estamos nos preparando para licitar a mo- delagem hidrogeológica, que vai dar o levantamento planialtimé- trico de cada bacia, toda topogra- fia, mostrando cada riozinho de contribuição e o tipo de geologia de cada trecho para que se calcule a capacidade de absorção da água pelo solo. Essas informações vão alimentar um software que, com isso, fará a previsão do horário e do nível da enxurrada, rios que vão transbordar e ainda indicará as ações preventivas adequadas. A esse estudo vão se somar mais dois radares, cobrindo todo o ter- ritório catarinense. E isso é neces- sário porque o satélite informa quanto vai chover, mas o radar detalha indicando a concentração e a área da chuva. É o radar que nos capacita para o alerta de curto prazo. E é nesta direção que esta- mos indo. Com todo esse aparato tecnológico, vamos poder fazer alertas orientativos com precisão. [PE] - Em quanto tempo todo esse sistema estará pronto? Hobus -Nofinaldoanoquevem. E com um grande diferencial: as informaçõeschegandoaocidadão. Alémdaintegraçãodosserviçosde defesa civil estadual e municipais, dos planos de contingência municipal, que define quem faz o que para as ações de prevenção de cada cidade, contratamos a Fapesc (Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica) para o desenvolvimento de uma plataforma web na qual todos os nossos 295 municípios estarão. Daqui do nosso centro em Florianópolis, com apenas um click, será possível acionar cada uma dessas pessoas pré- identificadas. Ainda vamos ter um aplicativo, para ser baixado em smartphones por exemplo, e de livre acesso, pelo qual serão emitidos os alertas da Defesa Civil para qualquer região de Santa Catarina quando necessário. Isso vai criar uma nova cultura de proteção na sociedade catarinense. Essa é a evolução que estamos perseguindo. [PE] - O radar meteorológico de Lontras está operando? Hobus - Está funcionando plena- mente. Tivemos problemas com a queima de circuitos por uma dife- rença no sistema de aterramento entre o nosso, que segue a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas),eodeles(fabricantedos EUA). O problema já foi superado e não houve prejuízo financeiro para o Estado. Esse radar é uma ferramenta indispensável para os alertas de curto prazo. Tanto é que precisamos de mais dois radares para cobrir o nosso território. Mas esses outros equipamentos farão parte do sistema nacional de ra- dares, dentro do qual dois equipa- mentos virão para Santa Catarina, um na região de Chapecó e outro Sul do estado. Nos dois casos, o investimento será do governo fe- deral. A nós caberá a instalação e a operação. O edital de licitação deve sair ainda no mês de agosto. Estamos acompanhando de perto, porque esses dois radares fazem parte do nosso planejamento. [PE] - Há recursos para tudo o que está sendo planejado? Hobus - Todos os recursos estão assegurados. Só nessa parte de sistemas preventivos, construção do Centro de Monitoramento e Alerta e aparelhamento tecnoló- gico são R$ 25 milhões, valor já assegurado por financiamento do Banco do Brasil, já contratados e já garantidos dentro do Pacto por Santa Catarina da Defesa Civil. [PE] - Como está a desocupa- ção das áreas de risco? Hobus - Uma vez que o Estado passou a ser presente na resposta aos desastres, fizemos um traba- lho pró-ativo de identificação des- sas áreas e estamos provocando os municípios para que façam o mes- mo. Existem muitos casos já efe- tivados em mais de 50 cidades. E as prefeituras assinam um termo de compromisso para que a área desocupada permaneça assim. Às famílias que não têm autossufici- ência financeira para sair dali por conta própria, a Defesa Civil for- nece as casas em terrenos cedidos pela prefeitura e já com infraes- trutura básica. [PE] - Esse projeto das casas modulares é inédito no país? Hobus - Não temos notícia de nada semelhante no Brasil. As ca- sas são produzidas aqui em Santa Catarina mesmo, pela Fischer, e a construção é modular. É uma casa pequena, mas digna e que pode ser ampliada também com módu- los. Tem tratamento isotérmico, é resistente a ventos de até 180 qui- lômetros por hora, além do telha- do ser resistente a granizo. Cada unidade custa R$ 42 mil e a obra fica pronta em dois ou três dias, com uma equipe não superior a cinco pessoas. Já estamos na fai- xa de 350 casas instaladas e temos ainda umas 2 mil famílias em área de risco e sem autossuficiência fi- nanceira. Temos que avançar para tirar as famílias dessa condição de vulnerabilidade. [PE] - Os kits de pontes se- guem o mesmo conceito? Hobus - Essa ideia surgiu de um momento de aflição quando era prefeito. Só em uma enxurrada a água levou 16 pontes de madeira. Nosso estado mudou muito. A agricultura familiar se moderni- zou. O que antes circulava pelas linhas rurais em carroças, agora é transportado em caminhões. So- ma-se a isso a nossa situação hí- drica. Somos o terceiro melhor es- tado em recursos hídricos do país. Estamos cheios de pequenos rios que precisam ser atravessados. Daíagrandedemandaporpontes. Na intempérie de julho no Oeste, a enxurrada levou 78 pontes! E todas no interior. As pessoas fi- cam isoladas, a produção se perde porque não tem como ser retirada das propriedades. Então, provo- camos a nossa Engenharia para que desenvolvesse uma ponte que pudesse ser montada em um dia e capaz de suportar caminhões pe- sados. O custo ficou em menos da metade em relação a uma ponte construída da forma tradicional e a ligaçao fica pronta em até três horas depois que a prefeitura en- trega as obras necessárias nas ca- beceiras. Uma ponte de 5 metros de largura por 12 metros de cum- primento custa R$ 68,7 mil. [PE] - Quando as 78 pon- tes perdidas em julho serão substituídas? Hobus - Provocamos o Ministé- rio da Integração. Eles adoraram o projeto, viram o resultado e sa- bem da importância da demanda. E, em parceria com o ministério, devemos ter todas substituídas em até quatro meses. A demora maior será a preparação das cabe- ceiras. Da mesma forma que nas casas, a empresa que produz essas pontes é catarinense, a Protensul, de São José. [PE] - Como está o entrosa- mento com os municípios? Hobus - Tivemos uma evolução muito grande. Desde 2013 realiza- mos vários seminários microrre- gionais sobre o tema. Os 295 mu- nicípios receberam um kit básico de defesa civil, com computador e GPS entre outros itens. Como o Estado é mais presente, a Defesa Civil passou a ser uma vitrine para os prefeitos. “Estamos perseguindo a evolução” Andréa Leonora | Foto: Paulo Cesar Santos/SDC-SC Florianópolis - 10Ago15 CENTRAL DE DIÁRIOS VINTE E NOVE INTEGRADOS DIÁRIOS INTEGRADOS PRESENÇA EM 62% DE SC PeloEstado peloestado@centraldediarios.com.br www.centraldediarios.com.br
  20. 20. SEGUNDA-FEIRA, 10 DE AGOSTO DE 2015
  21. 21. >> ARARANGUÁ Ocampeão voltou, o campeão voltou! Assim gritava a torcida e os jogadores do São José, apósoapitofinaldoárbitro Bráulio da Silva, da Fifa. São José e Santa Cruz, que era o campeão mu- nicipal, realizaram uma grande partida, digna de equipes de muita qualida- de técnica e acostumadas a disputarem finais, pois já ganharam esse mesmo título por diversas vezes. O time campeão 2015 estava a caça do Santa Cruz, que era o campeão,e entrou em campo mor- dendo do início ao fim. Na verdade o favorito era realmente o Santa Cruz, conforme muitos, pois detinha o título da competição. O time do bairro San- machucado. Em uma infelicidade do zagueiro Márcio, que acabava de entrar no lugar do Ricardo, a bola veio em sua direção e ele colocou a mão dentro da área, fazendo pênalti. O meia Esquerdinha bateu e converteu para o São José. O jogo continuou truncado, até a expulsão de um dos melhores joga- dores em campo, Giliard do São José. Depois des- se episódio o treinador Batista, que já estava expulso também, teve que reforçar o setor de meio campo, colocando Zico no lugar de Debi. Com isso, o treinador do Santa,Almir o ataque pelas alas. O time do treinador Almir Gaúcho sentiu a falta da experiência de Gutierres no meio. Ele estava no banco porque lesionado, e fez muita falta. Almir também sur- preendeu ao deixar o jogador Chiquinho de fora dos 11 titulares. O jogador até então era titular e na final ficou no banco de reservas. Enquanto o São José jogava pelas laterais, o Santa buscava o meio, fazendo contra-ataques puxados principalmente por Everton Boff e Will. O time perdeu o vo- lante Ricardo Zeferino ta Catarina soube mar- car o adversário do Mato Alto. O treinador Batista deu um banho de tática, armando um grupo para marcar e sair nos contra -ataques, e colocando dois atacantes nas duas laterais, Bolinho e Die- guinho. O time buscava Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 >³ 10-34-40-47-52CONCURSO 3.853 QUINA 08/08 >³ 1º> 06.455> 600.000,00 >³ 2º> 83.632> 37.200,00 >³ 3º> 07.937> 37.000,00 >³ 4º> 06.150> 36.800,00 >³ 5º> 72.159> 36.608,00 CONCURSO 4.495 Destino Bilhete Valor do Prêmio (R$) LOTERIA FEDERAL 08/08 Santa Cruz São José Gol de pênalti União campeão ³³São³José³é³o³novo³campeão³municipal³de³Araranguá³ Campeão >³ 05-18-27-43-49-59 CONCURSO 1.731 MEGA SENA 08/08 SãoJoséconquistaataça2015 Cleder Maciel Gaúcho, colocou em bata- lha jogadores de frente, inclusive Gutierres que estava lesionado. Aí foi um bombardeio para cima da defesa do São José, que se virou como podia, sendo o goleiro Paulo um dos destaques, defendendo bolas difíceis. O Santa Cruz tentou de todas as formas fazer o gol de empate, e o São José segurou o placar até o apito final, quando pode comemorar e gritar o ‘Campeão Voltou’. O São José levou para casa, troféu, medalhas, ainda um cheque no va- lor de mil reais, e uma moto 0 KM patrocinada pelo empresário Gilberto Pereira. Já o Santa Cruz levou troféu, medalhas Foto:ClederMaciel e um cheque no valor de mil reais. Na preliminar, em uma final disputadíssi- ma, lá estava o Santa Cruz na final novamente, contra o União da Coloni- nha. A partida foi dispu- tada do início ao fim, com as duas equipes também buscando o gol. O tempo normal ficou no empate em 2 x 2,levando a deci- são para as penalidades máximas. Com um pouco de sorte e competência, o União conquistou o título ao ganhar de 3 x 2. A equipe da Coloni- nha levou para casa um troféu, medalhas e um cheque no valor de mil reais. Já o Santa Cruz, vice campeão, ficou com troféu, medalhas e um cheque no valor de 500 reais. Além da final, ainda teve o cerimonial de en- cerramento, entrega das premiações e presença do prefeito Sandro Roberto Maciel, dos vereadores Arilton de Souza Costa, Luiz Djalma Marcelino, Kila Ghelere, João Perei- ra, ainda do subsecretário municipal de esportes Luciano Pires, diretor fi- nanceiro da subsecretaria municipal esportes, Alex Ferro Cristiano, e demais autoridades e convidados especiais. ³³União³é³campeão³da³categoria³sub-20.³ Foto:ClederMaciel
  22. 22. 2 Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 TigrinhosdeTimbé recebemuniforme >> TIMBÉ>DO>SUL>>>> Meninos de 7 a 14 anos parti- cipantes do projeto Ti- grinhos de Timbé do Sul receberam o uniforme. Este presente se deve a parceria entre prefeitura e Criciúma E.C. Os 70 kits contém camiseta, calção e meia. As aulas ministradas pelo professor de educa- ção física e responsável pelo projeto, Andrei de Souza, exigem dos parti- cipantes a boa conduta e disciplina. “Exigimos dos Tigrinhos boas notas, se portarem bem tanto dentro do campo quanto fora e postura, dentre outras ações que fazem deles bons garotos com um futuro promissor”, declarou o professor. A Secretaria Muni- cipal de Educação, Cul- tura e Esporte vê com bons olhos e acredita que este projeto é um dos que mais cresce em Timbé. “Tenho muito carinho pelos Tigrinhos, pois vemos resultados positivos. Nele é envol- vido além da habilidade, comportamento”, relatou a Secretária de Educa- ção, Cultura e Esporte, Lurdete Velho Ghellere. Pelo quinto ano con- secutivo, os resultados dos participantes já são visíveis. “Não só o comportamento, mas já sabemos de vários participantes que tem chamado a atenção para se tornarem jogadores profissionais. Isto nos deixa muito satisfeitos em ver que cada vez mais tem dado certo”, des- tacou o Prefeito, Eclair Alves Coelho. Os tigrinhos treinam durante a semana e par- ticipam frequentemente de amistosos. Araranguaense é campeão de atletismo >> JOAÇABA>>>> Jovem araranguaen- se Gabriel Mascarello Le- andro, estudante do colé- gioNeusaOstetoCardoso, faturou o titulo estadual do Jesc (Jogos Escolares de Santa Catarina) de atletismo dos 75 mts. O garoto representou bem Araranguá nas disputas efoiocampeãodessapro- va, garantindo vaga no Brasileiro de Atletismo e também garantindo uma bolsaAtleta. Gabrielfoicomandado naprovapelosprofessores José da Silva e Celso de Souza e teve a presença doJoelsodaSubsecretaria Municipal de Esportes de Araranguá, que deu o su- porteaeleedemaisatletas queforamcomadelegação araranguaense para as disputas. O atleta treina na pista de atletismo do Colégio Murialdo com os professores José da Silva e Celso de Souza. OsubsecretárioLucia- no Pires estava bastante contente com a conquista do jovem, a quem parabe- nizou pelo título e troféu trazidos aAraranguá. Cleder Maciel
  23. 23. >> PORTO>ALEGRE OGrêmio com téc- nico, organizado, tranquilo, de olho no G-4 e com a torcida ao seu favor na Arena. Do outro lado, o Inter, sem um coman- dante - Odair Hellmann foi o interino -, com poucas aspirações no Brasileirão e em meio a um ambiente turbulento após a demis- são de Diego Aguirre. O Gre-Nal poderia inverter a situação. Mas não o fez. O momento melhor do Tri- color foi confirmado com uma atuação de luxo e um placar humilhante de 5 a 0 na noite deste domingo, paraodelíriodostricolores. Emumprimeirotempo avassalador, os pupilos de Roger Machado poderiam até ter construído uma goleada.Elasónãoocorreu porqueDouglascobrouum pênalti para fora, logo aos 11 minutos. O lance pode- Política 3Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 GrêmiomassacraIntercomgoleada históricanaArenaeretornaaoG-4 ria abater os mandantes e dar um ânimo aos colo- rados. Nada disso. O Tri- color seguiu em cima e foi premiado com dois tentos. Giuliano abriu o placar ao pegar o rebote oferecido porLisandroLópezaos34. Oito minutos depois, Luan chutou de fora da área no canto direito de Alisson, que nada pôde fazer. A segunda etapa foi uma repetição. Aos três minutos,Luan, como cen- troavante,sócompletouo rebotecedidoporAlisson, dentro da pequena área. Agoleada teve seu contor- no final com Fernandinho. Aos 30, o canhoto recebeu de Maicon, driblouAlisson e empurrou para o fundo dasredes.Aindadavatem- po de mais um. O próprio Fernandinhocruzoudadi- reita.Révertentouafastar, mas anotou contra, aos 38. Com o resultado, o Grêmio soma 30 pontos e ocupa a terceira posi- ção. Na próxima rodada, a equipepegaoAtlético-MG. A partida será disputada na quinta-feira, às 21h, no Mineirão. Já o Inter seguecom21pontoseestá em 12º. Na quarta, o time recebe o Fluminense, a partir das 22h, no Beira- -Rio.
  24. 24. quanto isso, os visitantes caem para 10º e ficam com 23 pontos na tabela. Na próxima rodada, a 18ª da Segundona, 4 Correio do Sul Segunda-feira, 10 de agosto de 2015 Série B Brasileirão Série B Brasileirão Série A Criciúma abre dois, cede empate, mas faz nos acréscimos e passa pelo Oeste >> CRICIÚMA> Depois de três em- pates consecu- tivos, o Criciúma voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. No Heriberto Hülse, após um início de jogo eficiente na noite desta sexta-feira, quando abriu dois gols de vantagem em 20 minutos de jogo, o Tigre cedeu o empate ao Oeste no segundo tempo, mas con- seguiu o triunfo ao apro- veitar uma penalidade nos acréscimos e venceu por 3 a 2, com o último tento aos 48 minutos. Lucca, Natan e Neto Baiano marcaram para o time mandante, en- quanto Rafael Martins e Wagninho anotaram para o Rubrão. O resultado deixa os donos da casa na 9ª colocação, com 24 pontos e há dez partidas sem derrotas na disputa da segunda divisão. En- Criciúma e Oeste due- lam dentro dos seus ter- ritórios. O Tigre recebe o Paysandu no Heriber- to Hülse, na terça-feira, às 19h. No mesmo dia e horário, o Rubrão en- frenta o Atlético-GO no estádio Prefeito José Liberatti. Contrata: A empresa Gato Mia Confecções LTDA, localizada na Rua Padre João Reitz, nº 1184, Bairro São Luiz, Sombrio/SC. Está contra- tando PCD/ Pessoa com deficiência. Interessados, podem comparecer na empre- sa com currículo das 8hrs00 ás 18hrs00. Ou se preferir, encaminhar o currículo por e-mail aline@gatomia.net AC: Currículo PCD.

×