Jornal digital 4799_qui_19112015

178 visualizações

Publicada em

Correio do Sul

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
178
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4799_qui_19112015

  1. 1. www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXv EDIÇÃO Nº 4.799 quinta-feira, 19 de novembro de 2015 R$ 2,00 Grupo 24º 22º Tempo fechado e chuvoso, com possíveis trovoadas Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Geral Geral Professoramorta éhomenageada poralunocego Ruaalagadaé recuperadano bairroGuarita Gratidão Sombrio 4 9 Página Página Geral Arroiolançaselo comemorativoaos seus20anos História 3Página C Slassi ul te ej moH 4 e 11 3Página Mobilização Drogas.Nãodá maispra aceitar. Campanhachegaaregião
  2. 2. Presidente da Cersul, Ever- ton Schmidt, participa hoje em Brasília, da entrega do prêmio Aneel de Satisfação do Consumidor (IASC). O prêmio foi instituído em 2002 com o propósito de estimular a bus- ca pela melhoria contínua na perspectiva do consumidor e a cooperativa da região está entre as melhores colocadas. Hoje serão divulgados os vence- dores. A pesquisa foi realizada pela empresa Zaytec Brasil, no período de 2 de junho a 17 de agosto de 2015. É a primeira vez que a Cersul está entre as três classificadas. Para o presidente, o re- conhecimento é mérito do trabalho dos colaboradores, associados e parceiros. “Esta- mos felizes em estar entre as permissionárias do Brasil com melhor índice de satisfação do consumidor. Estou confiante que temos condições de trazer esta premiação, pois toda dire- toria e equipe de colaboradores trabalha diariamente para atender cada vez melhor nossos associados e consumidores”, comentou. Política Jarbas Vieira Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO “Acho que a presidente Dilma faz o possível e o impossível por essa unidade nacional. E tenho mais do que a impressão, a certeza, de que ela pensa numa unidade nacional”. Ele disse: ‘ ‘Vice-presidente da República, Michel Temer (PMDB), mostrando solidariedade ao mandato da presidente Dilma. Cronogramadepagamentodefinido O ano foi difícil, mar- cado pela queda de receita do FPM, mas a prefeitura de Jacinto Machado conseguiu equilibrar a despesa e receita, sem deixar de investir em obras e outras melhorias, sem baixar salários ou demitir cargos comissionados. “Fomos à primeira prefeitura do Vale a repassar integralmente o aumento de 13,06% aos pro- fessores e graças a austeridade e planejamento que imprimimos com nossa equipe do setor de finanças, temos conseguido pagar o salário do funciona- Na tribuna da Câmara de Balneário Gaivota, o ve- reador Dinei da Farmácia (PP) comentou a situação do convênio entre a pre- feitura e o Hospital Dom Joaquim. Após reunião com o prefeito Ronaldo Pereira (PP), o discurso da base governista estava afinado. “Contra fatos não há argumentos. O prefeito sempre esteve à disposição desde que co- meçou sua gestão. Mos- trou que está interessado em continuar a ajudar o hospital, desde que se faça uma prestação de contas correta. Enquanto isso será instalado um pronto atendimento até as 22 horas, e após esse horário, as ambulâncias do Município estarão à disposição para o encaminhamento aos outros hospitais”, ponderou. (48) 3522-3777 Gaivota e o HospitalDeputados fiéis Parlamentaresdaregião,osdeputadosestaduaisManoelMota(PMDB) e José Milton Scheffer (PP) mostraram fidelidade ao governo do Estado, votando favoravelmente aos projetos que mudam a estrutura das SDRs e também as escalas dos policiais militares e bombeiros, contrariando os in- teressesdestascategorias.JáosdeputadosCleitonSalvaro(PSB)eRicardo Guidi (PPS) foram contrários ao projeto de alteração das escalas. Porém, comotemamplamaioria,oGovernoconseguiuaprovartodososprojetos. Responsáveis lismo em dia, fornecedores e manter os investimentos em saúde, educação, social, obras e vários setores”, frisa o prefeito Antonio João de Fáveri (PT). Ontem o prefeito autorizou o cronograma de pagamentos dos servidores públicos que terá as seguintes datas: 02/12 – Salário de novembro; 11/12 – 13º sa- lário integral e 23/12 – Salário do mês de dezembro. O esforço da prefeitura vai ajudar a eco- nomia local, já que o recurso circulará num momento crucial para o comércio que aguarda pelas vendas de final de ano. Top 3
  3. 3. vel”,completaosecretário. O prefeito João Ru- bens, que recebeu uma das camisetas disponíveis apenas aos prefeitos, pa- rabenizou a ideia. “Irei, com certeza, incentivar todas as secretarias do município a realizarem ações contra as drogas, principalmente a Secreta- ria de Educação, para que ela desenvolva atividades nas escolas. As drogas atingem não só os usuá- rios como também suas famílias”, ressaltou. Hoje o secretário re- gional entrega o material aos municípios de Ermo, Jacinto Machado, Timbé do Sul, Morro Grande e Meleiro; e na semana que vem na comarca de Araranguá. A campanha prevê atividades multis- setoriais, a fim de sensibi- lizar a sociedade sobre as consequências das drogas na vida do usuário. da iniciativa. “Queremos envolver os municípios na mobilização, porque não dá mais para a sociedade aceitar essa destruição que as drogas causam no nosso país e no mundo. Temos que fazer nossa parte em parceria para que o resultado seja mais efetivo”, defendeu Dema. De acordo com ele, a in- formação é a maior arma contra o vício. “As escolas também podem ajudar. Se uma escola com 100, 200 alunos, conseguir convencer o aluno que não dá para aceitar mais isso, evita toda uma vida de sofrimento, com roubos e tráfico”. De acordo com a pes- quisa que motivou a cam- panha, 65% das vítimas e/ ou autores de homicídios possuíam antecedentes criminais que tinham a ver com tráfico ou uso de drogas. “Isso é inaceitá- > Região Baseada em dados de uma pesquisa de 2010, a Campanha Drogas. Não dá mais pra aceitar, lançada pelo Go- verno de Santa Catarina em parceria com aAssem- bleia Legislativa, Impren- sa, Ministério Público e Poder Judiciário, chegou aos municípios da região na tarde desta quarta- -feira.Emumareuniãona Câmara de Vereadores de Sombrio, o secretário re- gional Ademir da Silva, o Dema, entregou ao prefei- to de São João do Sul João Rubens dos Santos e re- presentantesdosprefeitos de Sombrio, o secretário do Desenvolvimento José Sidney, e de Passo de Tor- res, o vice-prefeito Paulo Cordeiro, camisetas e ade- sivos para a divulgação Geral 3Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 Aline Bauer Começa campanha contra as drogas Mobilização Material desenvolvido pelo governo do estado é entregue as prefeituras com o convite para que também abracem a causa História ³Secretário Dema apresenta material da campanha que alerta contra as drogas ³Prefeito Evandro (dir) quer usar selo próprio para divulgar o município > ARRoio do SilvA A administração municipal de Balneário Arroio do Silva lançou na noite de terça-feira,selo postal personalizado dos Correios. Com a foto da Praça Central Agusti- nelli, um dos atuais car- tões postais da cidade, o selo vai ser utilizado nas postagens da prefeitura. Mais de dois mil se- los foram personalizados representando a história e em comemoração ao aniversário de 20 anos de emancipação do mu- nicípio. “Mesmo em tempos de crise, esse selo retrata o período de crescimento do município. Com ele vamos poder mandar correspondência para todo o Brasil e mundo. Este selo estará também à disposição nos Correios para as pessoas que qui- serem adquirir”, destacou o prefeito Evandro Scaini, que também agradeceu ao gerente da agência dos Cor- reios do Balneário Ulisses Gomes, que incentivou a iniciativa. Genésio Silva, assessor de comunicação dos Cor- reios de Santa Catarina, que coordenou a solenidade de lançamento, também destacou a importância do selo para a história do mu- nicípio. “Essa homenagem vai além dos municípios, é uma possibilidade de le- var a imagem e o nome do Arroio do Silva para todo o planeta” frisou. A solenidade contou com a presença das au- toridades municipais, re- presentadas pelo prefeito Evandro Scaini, vice Fer- nando Borges e vereadores, além dos representantes dos Correios. As autorida- des deram as primeiras carimbadas no selo, oficia- Arroio já tem seu próprio selo lizando o lançamento do materialqueestádisponí- vel para postagens desde ontem. O ato de lançamento dos selos contou com a presença da primeira assessoradecomunicação da prefeitura do Arroio do Silva no ano de 1997 e fundadora do Jornal Gazeta do Arroio, Rose- li Marmentini, a Rose. Ela doou exemplares his- tóricos do Informativo Municipal da época e das primeiras edições do jornal que completou 10 anos de fundação. O material doado é com- posto por informativos, exemplares de jornais e também álbuns de fotos que ajudam a contar a história do Arroio e fará parte do arquivo histórico do município.
  4. 4. apesar da pouca escola- ridade, só estudou até a terceira série, mantinha um diário com todas as suas atividades”, adianta Líbero. No dia 18 de janeiro deste ano, seu Estédio procurou Líbero para es- crever sua biografia. “Ele tinha acabado de ler meus dois livros de história, se empolgou e se sentiu enco- rajado de também colocar a sua vida no papel”, conta o escritor. Líbero falou sobre a experiência de escrever sobre outra pessoa. “Para mim foi uma experiência nova, escrever a biografia de uma pessoa não é fácil, mas gostei. No dia a dia conhecemos as pessoas su- perficialmente e escreven- do sobre elas penetramos em seu íntimo”, relatou o escritor. Líbero se aventurou a escrever com 42 anos. Sua primeira obra foi Família Dandolini, lançada em 2012; logo após veio Linha Contessi 100 Anos, que lançou em 2013 e em maio deste ano ocorreu o lan- çamento do seu primeiro romance intitulado A En- fermeira. Além dos livros deautoriaexclusivaLíbero tem três participações em AntologiasPoéticas,Falan- do deAmor 1 e 2 e Socieda- de dos Poemas Vivos. Geral4 Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 ³Agricultor, Líbero descobriu a escrita aos 42 anos e não parou mais de escrever Agricultor lança novo livro Gislaine Fontoura Literatura Quem é Estédio?, quarta obra de Líbero Dandolini, será apresentada ao público neste sábado, na Linha Contessi Estédio tem 82 anos, é natural de Turvo, exem- plo para os conterrâneos, cria a família trabalhando na lavoura e todos segui- ram os passos do pai e da mãe,ElzaDandolini,de80 anos. O casal de agriculto- res tem cinco netos e duas bisnetas. Seu Estédio já foi dire- torparoquial,épioneirona implantação da tecnologia de milho no município, ga- nhando prêmios da então Acaresc, hoje Epagri. “É um homem participativo na comunidade, sempre que precisávamos ele es- tavapresente,organizado, > Turvo Oagricultorturven- seLíberoAntônio Dandolini,de54anos,lan- ça seu quarto livro, ‘Quem é Estédio?’, neste sábado, 21, no Centro Comunitá- rio de Linha Contessi, em Turvo. A obra fala sobre a vida de Estédio Scara- belot, um agricultor da mesma comunidade do escritor, que criou quatro filhos, perdendo um deles com 20 anos de idade, em um acidente de trabalho. Uma Estrela Josué Leandro H omenagem que escrevo a minha ProfessoradeBraillequefaleceuno último dia 12, em Sombrio. Existem seres humanos com a capa- cidade de mudar nossa vida, nos abrir portas e acima de tudo saber ser amigo e profissional ao mesmo tempo; essa é a narrativa que resume minha professora de Braile Maritza Nunes Gonzaga que foi vitimada pelo câncer. Elapartiuedeixoumarcasnaminhavida, Josué Leandro, atualmente morador na cidade de São José. Nasci com diagnóstico de glaucoma congênito, perdi a visão do olho direitoaos5anosecom15oolhoesquer- do passando para um quadro de cegueira. A popular professora Marita, como era conhecida, foi responsável por encami- nhar-me para Florianópolis no intuito de fazer reabilitação pela Associação Catarinense Para Inte- gração do Cego, no ano de 1998. Já por causa dela, destaco o con- curso de redação que fui comtemplado como melhor redator do estado,noensinofundamental,naSema- na Nacional do Trânsito em 1997. Fui premiado com uma semana em Florianópolis e participei de uma cerimônia com a presença do então governador Paulo Afonso. Na época o Detrande SC oferecia aoganhadordacategoriamelhorredator, um passeio pelos principais pontos da capital com direito a dois acompa- nhantes: mãe e professor. Aos 16 anos estava trocando cartas em Braille com uma moça do interior do Paraná, era minha primeira paquera e para suprir a expectativa de conhecer a menina, Marita conseguiu um prêmio para realizar uma rifa e contribuir na via- gem.Elaaindacomproucomigoumparde brincos para dar como presente a moça. Essa magnífica mulher compartilhou meus primeiros sonhos e desafios, me ensinou a técnica no uso da bengala, apoio pedagógico na conclusão do ensino fundamental. Após ter perdido a visão aos 15 anos, fui encaminhado para estudar no Instituto Santa Luzia de Porto Alegre, em 1995, por meio de sua coordenação. Foram muitas as histórias que vivencia- mos, Como resultado de uma boa convi- vência aconteciam aconselhamentos de ordem familiar e seu empenho na busca de recursos ópticos quando era ainda baixa visão na Fundação Catarinense de Educação Especial. Bem,hoje,após17anos,conquisteiduas graduações, trabalhei em empresas privadas e públicas, e você professora Maritza é com certeza parte de todas as minhas vitórias. Agoraofatomaisintrigantede todosque me causa profunda comoção aconteceu recentemente. Já havia cerca de 15 anos que não con- versava com ela, tão pouco tinha notícias a seu respeito. Jornalista e pedagogo - morador de São José Uma semana antes de minha formatura como pedagogo, já sabendo de seu estado de saúde decidi lhe procurar. Liguei para seu celular no dia 9 de outubro e durante uma hora conversamos. A primeira coisa que fiz foi lhe convidar para minha for- matura, a qual ela alegou estar um pouco debilitada e não saberia se seria possível. Mesmo assim, agradeceu e me prometeu que faria o possível para estar presente. Ela voltou a me aconselhar sobre alguns assuntos e eu nunca poderia imaginar que depois de muitos anos seria a última vez que teria contato com ela. Seria essa uma eterna despedida ou um simples acaso! Sinceramente não consigo entender, prefiro que a vida se encarregue de responder. Na condição de professor e tendo a fun- çãoderevisordeBraillepelaFCEE,localno qual trabalho na produção de livros adaptados; ao ouvir por parte de colegas informarem que materiais eram encami- nhados para Sombrio ficava eu lá no íntimo pensando na louvável professora Maritza a qual muito acrescentou! A professora representa o começo de toda a minha história e posso com orgulho dizer que sou resultado de seu dedicado trabalho e acreditou na po- tencialidade de um sujeito vindo da região interiorana. Hoje aos 36 anos consegui o diploma de jornalista e no dia 17 de outubro a graduação de pedagogo e apresento pela TV Câmara de Florianópolis um programa destinado a questões sociais da pessoa com deficiência. A mensagem final que posso deixar é a seguinte: no patamar da vida nossos mes- tres indicam o caminho a ser percorrido, o primeiro passo é este o reconhecimento! Obrigadomuitoobrigadomesmo!Meuamor por você não vai se apagar.
  5. 5. O jovem Alex Alves descreve como era a es- trada antes. “Enchia de água sempre que chovia e tinha muitos buracos. Era uma tranqueira para passar”. O prefeito Zênio Car- doso diz que procura atender os pedidos da população. “Queremos dar mais qualidade de vida a todos”, ressalta. Política Rolando Christian Coelho Geral 5Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 Porquê as SDRs não deram certo A provação, pela Assem- bleia Legislativa, do pro- jeto de lei que transforma as Secretarias Regionais em Agências de Desenvolvimento é o primeiro passo para que o sonho de descentralização do ex-governador Luiz Henrique da Silveira (PMDB) vá para o ralo. As SDRs têm hoje 30 responsabili- dades administrativas. Com as Agências este número cairá para 13. Dos quase mil cargos comissionados ou funções gratificadas, 25% deixarão de existir. A descentralização de dinheiro vivo, que já quase não existe, sumirá de vez. No fim das contas, o que se verá daqui para frente é a demissão pontual dos cerca de 350 cargos comissionados que ainda restaram e a volta a seus postos de origem daqueles funcionários de carreira que ocu- pam funções gratificadas. Lá adiante o que veremos será uma salinha de vinte metros quadrados com uma fachada onde se lerá: Agência de Desenvolvimento de tal região. Ali dentro estará um responsável e uma secretária para despachar solicitações. O passo seguinte será o fechamento das agências mais periféricas, até que todas deixem de existir. De fato quase ninguém sentirá falta das SDRs ou das Agências que tomarão seus lugares. E ninguém sentirá falta porque o projeto original elaborado por Luiz Henrique começou a naufragar den- tro de seu próprio governo, na medida em que o que era para ser um projeto de maximização administrativa, começou a se transformar em um projeto de acertos político-partidários, e de fomento ao ego de políticos, e não das regiões. Basicamente as SDRs tinham como função principal reunir em um só espaço todos os setores do Governo do Estado já presentes nas regiões. A grande sacada de Luiz Henrique consistia em fazer com que estes setores ficassem sob a tutela de um Conselho Regional, que decidiria quais seriam as prioridades de cada região. Feito isto, o governo descentralizaria recursos para que as prioridades fossem trabalhadas. O grande problema é que Luiz Henri- que se esqueceu que seu projeto dependia essencialmente de seres humanos, que, via de regra, colocam sempre seus interesses a frente de qualquer interesse maior. Por conta disto, de cara, os Conselhos Regio- nais já não funcionaram. Composto pelo prefeito, pelo presidente da Câmara, e por mais dois representantes de entidades de cada um dos municípios de determinada região, os Conselhos nasceram mortos. Prefeitos e presidentes de Câmara filiados a partidos de oposição, por exemplo, boi- cotavam as reuniões constantemente. Nas conversas de bastidores se via o franco desejo de que tudo desse errado. Mas não foi só o fogo inimigo que fez com que as SDRs sucumbissem. Os aliados de Luiz Henrique compromete- ram seriamente as Secretarias Regionais ao travarem uma verdadeira guerra pela ocupação de espaço. Os cargos comissio- nados foram divididos entre os aliados e ocupados nem sempre pela competência, comprometendo seriamente o funciona- mento eficaz da estrutura administrativa. A briga pela ocupação das funções de secretário regional e de secretário adjunto se tornou uma batalha campal. Em pouco tempo, o que era para ser uma revolução administrativa se tornou um gigantesco cabide de empregos, já que o que passou a prevalecer foi a lógica do quem pode mais chora menos. No fim das contas, o que se viu de um lado foi o não engajamento e o boicote da oposição, representada, no mínimo, por 40% das lideranças políticas regionais. Do outro lado o que se ressaltou foi o avassalador desejo por poder dos aliados, que deixaram de lado o projeto idealiza- do por Luiz Henrique para se dedicarem a politicagem rasteira, típica do sangue latino. Aos poucos as SDRs foram sucum- bindo e perdendo sua credibilidade junto a sociedade. Primeiro porque deixaram de dar uma resposta eficaz as demandas. Segundo porque, ainda que pareça, a população não é boba. A falta de real percepção do mundo em que estava inserido, aliás, foi o princi- pal erro do ex-governador peemedebista. Depois de 40 anos na política, Luiz Hen- rique idealizou sobremaneira o poder pú- blico. Criou um projeto do que era ideal, por certo para fugir do sofrimento que a realidade lhe impunha. Neste sentido deu forma a um sonho, que talvez devesse ter sido sonhado na Finlândia, Noruega ou Dinamarca. E neste sonho ousou acre- ditar na bondade e no voluntarismo das pessoas. Esqueceu-se, todavia, que estava lidando com a política. ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 Rua sem alagamento Melhoria > Sombrio Avida não estava fácil para Domin- gos Girardi e sua família que moram há 12 anos na localidade de Guari- ta. A rua onde residem constantemente ficava alagada. Depois que a Secretaria de Obras de Sombrio fez melhorias no local, a realidade é outra. Conforme o secretário de Obras Carlinhos Gomes, foi colocado seixo rolado no trecho que, concorda ele, “tinha uma situação bem complicada”. Domingos comemora a mudança. “Estava mui- to feio o nosso acesso. Já passei bastante trabalho. A nossa sorte foi a prefei- tura ter resolvido”, disse. ³Rua estava bem precária antes de ser recuperada pela Secretaria de Obras ³Encontro de núcleos reúne casais na comunidade > Jacinto machado A Cooperja possui quatro Núcleos Femini- nos, sendo dois formados e dois em formação. Na segunda-feira, os últi- mos, que compreendem mulheres residentes nas regiões de Três Irmãos e Último Rio, participaram de um encontro de casais. Homens e mulheres, jun- tos, discutiram temas relacionados à família e cooperação, sob a orien- tação do palestrante Nei Guimarães. Para a participante AdrianaP. deSouzaPires, o evento não teve pontos negativos. “A palestra foi muito boa, adorei. Tudo o que o palestrante falou vou levar de alguma for- ma para a minha vida”, declara. “É sempre in- teressante participar de atividades como esta e interagir com outros as- sociados”, complementa Thaise Fávaro Luiz. Já na tarde seguinte, de terça, as participantes dos núcleos formados, de Tenente e Pinheirinhos, estiveramreunidasnoau- ditório da Cooperja para debater o tema empreen- dedorismo. A mediadora Núcleo de mulheres em atividade foi a palestrante coaching e psicóloga Letícia Zanini. Segundo a coordena- dora social da cooperativa Elisabete Biz dos Santos é importante reunir as mulheres para não dei- xar a chama dos Núcleos enfraquecer. “Precisamos mantê-las motivadas, com vontade de participar das atividades tanto da coope- rativa quanto da comuni- dade”, afirma Elisabete. Antes Depois
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro l48l 3533.0870 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 Melhoramos muito, já fomos o sétimo, o quinto, o quarto, e este ano somos o terceiro melhor do país em indicadores importantes, que vão permitir avaliar tudo o que já conseguimos fazer e ainda o que precisamos fazer para continuar avançando. Governador Raimundo Colombo, ontem, em São Paulo, na apresentação do ranking de Competitividade dos Estados Brasileiros pelo Centro de Liderança Pública (CLP). Na escala de 0 a 100, Santa Catarina recebeu a nota 77,8 “ ” Mais participação popular PeloEstado A participação das entidades civis na elaboração de leis na Assembleia Legislativa não será mais uma concessão, mas um direito garantido. Ontem pela manhã, em reunião com dirigentes e representantes de 21 entidades do setor produtivo e de profissionais liberais, servidores e tra- balhadores, o presidente da Casa, deputado Gelson Merisio (PSD), apresen- tou o teor do Projeto de Resolução elaborado em conjunto com os deputados Marcos Vieira (PSDB) e Mauro de Nadal (PMDB) e que, ao ser aprovado, vai alterar o Regimento Interno do Poder, permitindo que as entidades se mani- festem sobre assuntos de seu interesse ainda na fase das comissões.A expec- tativa é que a proposta seja aprovada até o final do ano legislativo para ser efetivada a partir de fevereiro de 2016. Para a participação, as organizações interessadas precisarão preencher um cadastramento indicando os temas de seu interesse. A partir do momento em que a matéria começar a tramitar, as entidades serão avisadas conforme os assuntos listados e terão 15 dias para se manifestar, sem que nesse período possa haver qualquer votação, em co- missões e tampouco em plenário. Merisio acredita que a iniciativa é inédita no país e adiantou que as sugestões dadas durante o encontro de ontem se- rão consideradas. “Com isso, não teremos nenhum risco de ter uma matéria aprovada ao final do exercício sem ter tido a oportunidade dos interessados manifestarem sua opinião. É uma forma democrática, social e agora legal de garantir a participação popular.” Dinheiro novo Secretários da Casa Ci- vil, Nelson Serpa, da Fazenda, Antonio Gavazzoni, e do Planejamento, Murilo Flores, reuniram representantes de oito prefeituras para a apresentação, pelo BRDE, do fundo constituído pelo BN- DES e a Internacional Finance Corporation (IFC, braço do Banco Mundial)) para projetos de concessões em parcerias público-privadas (PPPs). Bernardo Al- meida (IFC) e Marcos Neves (BNDES) mostraram soluções para diferentes se- tores que já contam com financiamento e garantias de recursos públicos para as PPPs, algumas com valores elevados. Mais prefeituras Um dos exemplos apresentados foi o do projeto das con- cessões dos aeroportos do Galeão (RJ) e de Confis (MG). O presidente do BRDE, Neuto De Conto, disse que os técnicos do Banco poderão atender às demais prefeituras interessadas sobre as carac- terísticas do fundo. Andréa Leonora �lorian�polis ���lorian�polis �� 19Nov15 /sebraesc @Sebrae_SC Para melhorar a gestão e a produtividade e trazer mais inovação para seu negócio, conte conosco. SUA VIDA É SE SUPERAR A CADA DIA? ESTAMOS JUNTOS. Maisparticipaçãofeminina A deputadaAngelaAlbino (PCdoB-SC) aproveitou o debate sobre a realidade das mulheres negras, no Plenário da Câmara Federal, em Brasília, para tro- car impressões sobre o assunto com a colega Benedita da Silva (PT-RJ). Angela comentou a baixa representativida- de de mulheres, principalmente negras, na política e lamentou as estatísticas do Mapa da Violência, divulgado recentemente, que apontou o aumento de 54% no número de assassinatos de mulheres negras entre 2003 e 2013. As duas já somam forças para enfrentar e tentar reverter essa situação. Divulgação Mídiaregionalvalorizada O presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Mídia Regional, deputado Pedro Uczai (PT-SC), teve reunião, on- tem, com o ministro chefe da Secretaria Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva. Uczai tem feito um esforço para aproximar o governo e a presidente Dilma Rousseff da chamada imprensa regional. Ele entende que é esse segmento da comunicação em massa que faz chegar ao interior a realidade do Brasil, com as informações governamentais e de interesse público. Divulgação
  7. 7. Publicidade 7Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Novelas Além do Tempo -18h Totalmente Demais -19h A Regra do Jogo -21h R osângelapedeajudaaJonatasparasondarJivago,supostochefe dorapaz,sobreoprocessocontraFlorisval.Arthurconsegueapa- garafotodeCarolinadocelulardeJojô.ElizaquestionaJonatas sobreoqueorapazfaráparaqueamãenãodescubraafarsasobre Jivago.FabinhoavisaaLeilaeJamaicaquedecidiucriarumprojeto para interromper a poluição da Bastille ao RioTamanduá. Fabinho ajudaJonatasaarrumarumadvogadoparaRosângela,indicandoZé Pedro.ElizasonhacomArthure,nosonho,acababeijandoJonatas. L ívia percebe os ciúmes de Pedro. Queiroz provoca Raul, que acaba o agredindo. Carola entrevista Cícero e Ariel para tra- balhar para Emília. Bento decide levar o trabalho a sério e Rita e Michele se surpreendem. Lívia e Pedro discutem por causa de Afonso.MelissaafirmaaZildaquequerSeveralongedeAlex.Pedro ameaçaAfonsoparaFelipe.Robertoterminaorelacionamentocom Michele por causa de Anita.Vitória descobre que as cartas de Luiz sumiramdeseuspertences. T óia deixa-se envolver por Romero. Atena faz cópias dos documentos da facção e entrega os originais para Guer- ra. Faustini surpreende Jorjão antes que o bandido lhe ataque. Nora é assaltada, e Gibson exige que a esposa contrate um segurança. Domingas adoece, e Juca lhe nega socorro. Luana termina o namoro com Cesário e seduz Iraque. Para irritarTina e Oziel, Indira beija Rui. Faustini ameaça Guerra. Romero promete uma surpresa paraTóia. Rapidinhas Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 Áries 21/03 a 20/04 Oclimaastralvaisetornandomaisrápido,éaforçacoletivade umaideiadeliberdadequeseafirma,nãosomenteemseuco- ração,masnoemocionalcoletivo.Sementesdemudançareal. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 Só você para dar forma a um amigo inconsciente de sua própria força, ou de sua garra. Ao fazer isso, você dá seguimentoaprojetoscomunstambém.ALuacrescente impulsionaatividadesemgrupo. Gêmeos 21/05 a 20/06 A Lua muda de fase nesta madrugada -para você um alivio,provadequevaleapenamanteraféemideaisde justiçaeigualdadesocial.Alémdetrazermaislevezapara suavidaamorosa! Libra 21/09 a 20/10 Ameaças a seu modo gentil de ser tem eco no astral! Dá medo mesmo perceber as manobras de poder que se ar- mamemcasa,nomeiomaisíntimo,natentativadedrenar suagraçadeviver.Reaja! Aquário 21/01 a 18/02 Touro 21/04 a 20/05 O Sol em Escorpião tem de encarar o movimento da Lua, que se separa dele em Aquário, pedindo mais racionalidade e urbanidade num ambiente geral de tensões e ultimatos. Para você, no trabalho! Virgem 21/08a20/09 NaconfluênciadeumatensãoentreVênusePlutão,que tingedeciúmesemanipulaçõessuascontasfinanceiras esuasrelaçõesamorosas,vigoraaLuacrescente.Dúvidas e questionamentos! Capricórnio 21/12 a 20/01 Queforçatemseupoderdiantedaamabilidadedequem gosta de você de verdade? Reveja seus conceitos de amizade e amor, para não ficar só. A Lua muda de fase e trazmelhoriafinanceirapravocê. Câncer 21/06 a 20/07 Emoções em ritmo instável, típico da mudança lunar em curso nesta madrugada. Se até agora tudo girava em torno de sentimentos extremados de amor e morte, agora a razão reivindica lugar em seu cotidiano. Escorpião 21/10 a 20/11 Prepare-se para alguns desafios nesta semana �a partir dehoje,vocênãodaráaultimapalavra.Precisarálevarem contaosclamoresdeseusfamiliares,asreivindicaçõesdos maispróximos. Peixes 19/02 a 20/03 Épocaderefazercaminhos,voltarumpoucoatrásemalgumas crenças e colocar algumas dúvidas em sua fé. Se ela resistir, firme, ótimo. Senão, é chance de refinar e filtrar o que tem sentido agora. Tensões no ar em dia de mudança lunar �você tem que mergulhar na sua privacidade, mas agora precisará atender às demandas de sócios, consultores e cônjuge. Demandasedesmandosàvista. Parece que os Thineratos, fãs do casal Thiago Servo e Ana Paula Minerato, terão que aguardarparaveroreencontrodosdois.Issopor- queoex-peão,quedesistiudorealityshow,tem grandeschancesdenãoparticipardafesta,onde todos os participantes da edição participam, e nem da final ao vivo do programa. Pelofatodocantorsertanejoterdesistidode participar,aregrageral,quefoiaplicadaaosou- trosparticipantesdesistentenasoutrasedições, o impede de fazer parte de qualquer um desses momentos do reality da Record. Porisso,quemtorcepelocasalseráobriga- do a ficar mais algum tempo na expectativa de vê-los juntos novamente. Gracyanne Barbosa mostrou suas super curvasaousarumlooktodobrancoparamalhar. Comumbumbumbemevidenteevoluptuoso,a modelofitnessaindaposoumostrandoomuque, namanhãdestaquarta-feira(18). AmulherdeBeloestáemMiami,naFlórida, e mesmo assim achou um tempo para malhar. Nalegenda,elapostouumtextomotivacional. “Sorte? Que nada! As minhas conquistas vêm da força de lutar e fazer dos obstáculos o combustívelparaasvitórias.Desistir?Essapalavra não faz parte dos meus dias e nem das minhas batalhas..Hoje estou aqui, pronta para mais um trabalho,sempredispostaaenfrentar novosdesa- fioseconquistaroquedesejo,pormim,pelomeu Tudão,pornossafamíliaeporcadaumdevocês”. É no seu signo que ocorre a Lua crescente de hoje. Isto significa que você está na berlinda pelos próximos sete dias.Você,suasnecessidadesedesejos.Encontrarámeios desevalorizar,oqueéótimo.
  9. 9. Margareth Silva Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 margareth.silvaa@yahoo.com.br www.melhoresdosul.com facebook.com/lacymargareth.silva Mix *A loja Le´Muller fica localizada em Torres na General Osório n°20. Veste com uma nova proposta elegante do básico ao chic. A linha praia da um show. Aberta de segunda à sábado das 9h as 20h e nos domingos das 14h às 18h. *Sorvetes é a novidade deste verão na Cacau ShowAraranguá . Sabores deliciosos para combi- narcomoshowdechocolateseagrandevariedade de panetones. * Alcidino a rede de lojas está com várias sugestões em óculos de sol, se preferir pode mu- dar para grau. A equipe esta de parabéns pelo excelente atendimento. Amei meu Jimmy Choo. NesteNatalescolhaoquemaiscombinacomvocê! *Center Shopping em Araranguá vai conti- nuar surpreendendo.Achegada do Papai Noel no Center com a magia do natal acontece na sexta 27 de novembro. Confira a programação. *Prefeito Sandro Maciel junto a Secretaria daAssistenciaSocialcomChicoMerencioentrega nesta sexta a Comunidade do Mato Alto o espaço Multiuso. Visa o atendimento das crianças na Pastoral, Clubes de Mães, e atenderá também as Paróquias. Estrelada Rosangela Soares a esposa vereador Ro- naldinho hoje recebe as felicitações pelo seu ani- versário. Parabéns! Cegonha Karina e Rosilei Gonçalves ce- lebram o nascimento do Gabriel. O maninho do Davi chegou dia 16 no Hospital da UNIMED. Familiares e amigos desejam boas vindas ao recém nascido. Felicidades! Balada *Festa dosAmigos, no Espaço Festa para dançar e curtir.Atrilha sonora é com Belada e Richard, Anos80regadoapetiscosegeladas. *Festival da Tequila a festa que rola neste sábado no Billy´s Pub Bar, ao som do Grupo Auto Estima e os Djs Canova Jr e Thiago Luz. Lista com Giacomo 9955 1212. Hoje a festa começa com a famosa Quintaneja. ³ Deomar e Hida do famo- so restaurante Dallas Grill, no Center Shopping. ³ Nicole e André exibindo o filho Augusto. O neto lindo do Célito e Rosane. ³ Juliana da Dom Moretto Pizzaria com a lindona Helen Becker. ³ Os fundadores das Lojas Adeli- no e Anair Zilli com os filhos Tiago e Graça emoldurando Jair Toreti. ³ Nado e Silvana com a filha Vi- tória, aniversariante do dia ontem. Felicidades a todos. ³ Ramon e o pai Tadeu Zilli parti- cipando com Alvorada Motos, na grande Feira do grupo. ³ Casal querido da Matric entre amigos. ³ Joice da Le´Muller celebra aniversário nesta segun- da, ao lado do marido Jobson Mul- ler diretor deste jornal. Parabéns!
  10. 10. 10 Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 Publicidade CRÉDITO EMPRESARIAL SICOOB CAPITAL DE GIRO - 13o SALÁRIO Tranquilidade é isso: o funcionário recebe o 13º em dia e sua empresa paga a prazo. Operaçãosujeitaàanáliseeaprovaçãodecrédito. A melhor maneira de fechar o ano é com as contas em dia. Por isso, se precisar, use o Crédito Empresarial Sicoob Capital de Giro para garantir o pagamento do 13º dos seus funcionários. Essa é uma solução ideal para sua empresa, você quita os deveres trabalhistas em dia, e paga o valor financiado em parcelas que não comprometem o seu orçamento. Crédito Empresarial Sicoob Capital de Giro. Mais vantagens para sua empresa. Menos aperto para você. Ouvidoria - 0800 725 0996. Deficientes Auditivos ou de Fala - 0800 940 0458. Credija
  11. 11. Publicidade 11Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015
  12. 12. 12 Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 Publicidade
  13. 13. Geral 13Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 ³Clientes acostumaram com produtos caseiros na feira da agricultura ³Vera da SOS Peludos com o prefeito Ronaldo Feira facilita compra direta do produtor Mutirão castra mais de cem animais e vento era complicado e os clientes não apa- reciam. Hoje temos um espaço confortável, com energia elétrica, água encanada e banheiro”, diz. Os agricultores não pagamelo uso da peça. Alémdecomercializaros seus produtos direto ao consumidor, alguns fei- rantes,atravésdacoope- rativa Coopersol forne- cem verduras, legumes, frutas e pamonha para a merenda de creches e escolas municipais. dos para abandono de animais são as comu- nidades Lagoa de Fora, Areias Claras, Village Dunas e Turimar. Desde 2014 o gover- no do município de Bal- neário Gaivota firmou uma parceria com a ONG para realizar cas- tração de animais de pe- queno porte, atendendo uma reivindicação dos voluntários que se de- dicam a causa animal. sem agrotóxicos. São aproximadamen- te 100 itens que os consu- midores podem encontrar na feira, os mais procura- dos são verduras, frutas, pães caseiros, pamonhas, peixe, queijo, geleias, ovos e mel. Além disso, o local também comercializa ar- tesanatos como tapetes, toalhas de louças e potes. Para a feirante Loraci Ladislau dos Santos a estrutura com o prédio melhorou muito. “Anti- gamente ficávamos em tendas. Em dias de chuva nadora da SOS Peludos Vera Regina de Oliveira, o procedimento cirúrgico é uma das formas mais eficazes de diminuir o abandono e a proliferação de animais de rua. “Tal- vez por ser litorâneo, nos- so município serve como local de desova para ou- tros. Todo dia aparecem cães diferentes largados aqui”, denuncia. Segundo Vera, a ONG constou que os locais mais procura- > Santa RoSa do Sul A mais de um ano todas as quartas-feiras e sábados pela manhã a feira da agricultura familiar é realizada em um ambiente amplo e bemlocalizadoemSanta Rosa do Sul.Acasa cons- truída para abrigar os agricultores e artesões que comercializam os seus produtos foi entre- gue pela prefeitura em 2014 e se tornou ponto certo para quem busca produtos de qualidade > BalneáRio Gaivota Durante o final de semana aconteceu o 3° mutirão de castra- ção realizado pela or- ganização defensora de animais de Balneário Gaivota SOS Peludos em parceria com a as- sociação SOS Bicho Ur- bano e a administração municipal. Dois veterinários de Turvo, Tiago da Silva Daniel e Ary Sgarioni, esterilizaram 106 ani- mais entre cães e gatos machos e fêmeas, na grande maioria leva- dos por moradores de Sombrio e Balneário Gaivota. Neste ano já foram castrados mais de 300 animais incluindo a cas- tração oferecida pela prefeitura do município que é exclusivamente para animais de rua. De acordo com a coorde- > ReGião Apartir da nova le- gislação ambien- tal todos os proprietários de imóveis rurais, estejam em área rural ou urbana, estão obrigados a realizar o CadastroAmbiental Ru- ral (CAR) até 5 de maio de 2016. É por meio des- se cadastramento que o proprietário inicia a ade- quação ambiental de sua propriedade. O gerente regional da Epagri, Reginaldo Ghel- lere, que também tem instruído os profissionais da área pública e privada no Sul de Santa Catarina para serem os colaborado- res desse cadastramento, AdesãoaoCARé menoremPasso Pouco Interesse Somente 35% dos proprietários fizeram o Cadastro Ambiental Rural no município. Meleiro é o mais adiantado, com 83% Cadastramento na região destaca que essa é uma oportunidade ímpar para osproprietáriosseadequa- rem à legislação ambien- tal. Ele explica que a nova legislaçãotrouxeoconceito de área rural consolidada, que é aquela que teve a ação do homem anterior a 22 de julho de 2012. Res- peitados os limites míni- mos de conservação para cada tamanho de imóvel, os proprietários poderão continuar a explorar as áreas que anteriormente deveriam ser recupera- das. No entanto, esse be- nefício só terá aquele que fizer o CAR. Além disso, o créditoruraltambémserá condicionado ao cadastra- mento. Inicialmente o prazo era o ano de 2015, sen- do depois ampliado para maio de 2016. “Sabe-se, que aqueles que deixarem para os últimos dias, com certeza terão problemas em pessoal para auxiliar no cadastramento e tam- bém enfrentarão sobrecar- ga nos sistemas eletrôni- cos.Porisso,aimportância desefazeroquantoantes”, alerta o técnico agrícola da Epagri de Sombrio Sando- val Miguel Ferreira. Os proprietários de imóveis podem fazer seu cadastramento direta- mente no computador ou procurar algum pro- fissional que preste esse cadastramento, como os sindicatos, cooperativas e profissionais liberais.
  14. 14. Publicidade14 Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015
  15. 15. Polícia 15Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 Gislaine Fontoura Gislaine Fontoura ³- Na manhã de ontem, o Corpo de Bombeiros de Passo de Torres foi acionado para atender uma ocorrência na rodovia Interpraias, próximo a comunidade de Praia Pérola, em Passo de Torres. Segundo informações tratava-se de uma coli- são frontal entre um Corsa Sedan e um Renault Clio. O Corsa seguia na rodovia quando bateu na traseira de um caminhão e depois se chocou de frente com o Clio. O condutor do Corsa, Macário Delfino Peres, de 57 anos, ficou preso nas ferragens, mas só teve ferimentos leves. No outro carro estava José Eduardo Raupp com a esposa grávida. Os dois também tiveram ferimentos leves. Todos foram conduzidos para o Hospital de Torres pelos bombeiros e ambulância do munícipio de Passo de Torres. ³ ³- Por volta das 16h10min de ontem, uma guarnição da Polícia Militar de Ara- ranguá foi avisada para verificar uma moto abandonada na avenida Coronel João Fernandes, no bairro Jardim das Avenidas. No local os policiais constataram que tratava-se de veículo com registro de furto. ³ ³- Uma guarnição da Polícia Militar de Balneário Arroio do Silva em rondas na zona sul da cidade, abordou um indivíduo em atitude suspeita. Era um ado- lescente de 15 anos que estava com maconha. A droga foi apreendida e ele conduzido à delegacia. RondaPolicial Carreira ³Vanderson e Nazário vão para o curso de formação de sargentos em Floripa > ArArAnguá Os cabos da Polícia Mili- tardeAraranguá,Vanderson Murilo Lemos, de 32 anos e Sandro Nazário Silva, tam- bém 32, passaram no último mês na seleção interna para o Curso de Formação de Sar- gentos da Polícia Militar de SantaCatarina.Elesseguem no próximo dia 23 para a ca- pitaldoestadoepermanecem por lá até setembro de 2016. Vanderson é PM há dez anos e o primeiro lugar onde trabalhou foi em Jacinto Machado, de onde foi trans- PMs aprovados em prova para sargento feridoparaAraranguá,sendo membrodoPelotãodePatru- lhamento Tático (PPT). Em 2013 Vanderson fez oconcursointernoparacabo e ficou dois meses na Escola de Formação de Cabos, em Criciúma. Além dos muitos cursos na área policial, como oEstágiodeTáticasPoliciais, égraduadoemMatemáticae tempós-graduaçãoemSegu- rança Pública. Vanderson tem mulher e filhos em Araranguá e não sabe se volta para a região após a formação. Nazáriotambémtemdez anos de PM e sua primeira lotação foi em Timbé do Sul, onde trabalhou por quatro anos e meio até ir para Ara- ranguá. Ele é formado em História e pós-graduado em Segurança Pública, além de ter vários cursos na área policial. Com mulher e filho em Araranguá, Nazário fala sobre a possibilidade de ir paraoutroBatalhão.“Agente sóvaisaberalotaçãonofinal docurso,meuobjetivoéestu- daromáximoparanahorada escolha de vagas poder ficar na região Sul”. Além dos cabos Van- derson e Nazário, o cabo Fabrício Flor dos Santos, do destacamentodePraiaGran- de, também foi aprovado na seleção interna e segue junto comoscolegasparaacapital. ³Corpo de Wilson foi encontrado caído no chão Idoso é encontrado morto Mulher nega o ‘trote do elevador’ local e acompanharam o trabalho dos policiais. Segundo informações, o mecânico estava caído com as mãos próximas ao peito, o que pode ser indí- ciodeumataquecardíaco. A polícia vistoriou a casa e o automóvel de Wilson e não encontrou indícios de informação foi publicada pelo CS, que presenciou a ocorrência. Na manhã de ontem, a reportagem do Correio do Sul recebeu a informa- ção de que uma mulher teria ficado presa no ele- vador do edifício daArcon localizado na rua Breno Cardoso, mesmo endere- ço onde os bombeiros e a reportagem estiveram na terça. A mulher, Cassandra Issopo, disse que estava saindo as pressas com o filho e pela segunda vez o elevador do prédio onde mora travou. Ela relatou que teve dificuldade de conseguir sinal de tele- fone para pedir socorro, até que ligou para o190 da PM. Conseguiu sair com a ajuda de vizinhos 40 minutos depois, quando olhou pela janela e viu o carro da imprensa do ou- tro lado da rua, mas não a viatura dos bombeiros. A mulher afirma que re- pudia o trote, que nunca > ArArAnguá P o r v o l t a d a s 6h30min desta quarta- -feira, a Polícia Militar de Araranguá foi acio- nada para verificar um corpo que estava no pátio de uma residên- cia, na rua Expedicio- nário Iracy Luchina, no bairro Coloninha. Tratava-se do mecâni- co aposentado Wilson Campos, de 68 anos. Um vizinho pas- sava em frente a casa quando avistou o cor- po estendido no chão, bem próximo a rua e chamou a PM, que foi até o local e acionou o Corpo de Bombeiros e a Polícia Civil. Fa- miliares estiveram no > Sombrio O que inicialmen- te parecia se tratar de um trote ganhou uma nova versão na manhã de ontem. Mulher que ficou presa em eleva- dor e comandante do Corpo de Bombeiros falam sobre a situação que aconteceu na tarde de terça-feira. Neste dia, a Polícia Militar de Sombrio recebeu a informação de que uma mulherestariapresa no elevador de um prédio no Centro de Sombrio. Os policiais acionaram os bombeiros que ime- diatamente foram ao lo- cal, onde a reportagem do Jornal Correio do Sul também chegou em seguida. Um morador abriu o portão de acesso ao prédio, que estava fechado, e o elevador foi aberto pelos bom- beiros normalmente e estava vazio. Parecia se tratar de um trote.A que teriam sido furta- dos ou mexidos. O corpo do mecânico também foi verificado pela Po- lícia Civil e não foram encontrados sinais de violência. Wilson está sendo velado no Cemitério Cruz das Almas. faria algo do gênero e pediu melhor análise das ocorrências. Ela ainda foi no Corpo de Bombeiros buscar es- clarecimentos. O comandante da corporação, tenente Marcelo Della Giusti- na da Silva, diz que os bombeiros foram acio- nados às 17h26min e dois homens saíram para efetuar o resgate da mulher, chegando ao endereço informado às 17h30min. Os bombeiros veri- ficaram que o elevador estava no térreo e sem ninguém. “Mesmoassim realizeicontatocomote- lefone que a Polícia Mili- tarnosrepassoudizendo ser da solicitante e aten- deu uma senhora que nada sabia do assunto. Comissodetermineique a guarnição retornasse ao quartel”, explica o tenente. Ele acrescenta que também gostaria de saber o que ocorreu.
  16. 16. Publicações Legais16 Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 PORTARIA N. 134 DE 09 DE NOVEMBRO DE 2015. EXONERA A PEDIDO SERVIDORA APROVADA PELO CONCURSO PÚBLICO 001/2011. O PREFEITO MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA, no uso da competência privativa que lhe confere os incisos V, VII e IX do artigo 58 da Lei Orgânica Municipal combinado com o inciso I do artigo 36 da Lei 045/1997 e alterações posteriores. RESOLVE: Art. 1º Fica exonerada a pedido a Servidora Tatiane da Silva Correa, matricula nº 1902, ocupante do cargo de Auxiliar de Serviços Gerais I do Município de Balneário Gaivota/SC., a partir da data de 03 de Novembro de 2015. Art. 2° Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, produzindo seus efeitos a partir de 03/11/2015. Balneário Gaivota, 09 de Novembro de 2015. RONALDO PEREIRA DA SILVA PREFEITO MUNICIPAL Publicada e registrada na Secretaria deAdministração e Finanças na data supracitada. JEFERSON RAUPP SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 8/2015 – REGISTRO DE PREÇOS O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE, localizado à Rua Juvenal Feliciano de Bitencourte, nº 160, Centro, CEP 88.925-000, Morro Grande/SC, torna público para conhecimento dos interessados, que está sendo publicado o Edital de Pregão Presencial nº 8/2015, cujo objetivo o registro de preços para contratação de serviços especializados para realização de exames clínicos laboratoriais. Os envelopes contendo a proposta de preços e documentos de habilitação serão recebidos até às 08h30min do dia 09/12/2015, ESTADO DE SANTACATARINA PREfEITuRAMuNICIPAL DE ARARANGuÁ ESTADO DE SANTACATARINA PREfEITuRAMuNICIPAL DE ARARANGuÁ ESTADO DE SANTACATARINA PREfEITuRAMuNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA ESTADO DE SANTACATARINA fuNDO MuNICIPAL DE SAÚDE DE MORRO GRANDE com abertura no mesmo dia às 09h00min, junto ao Setor de Licitações, localizado no Centro Administrativo da Prefeitura de Morro Grande, sito a Rua Rui Barbosa, nº 310, Centro, Morro Grande/SC. Informamos que a íntegra do Edital e seus anexos poderão ser lidos ou obtidos no endereço supracitado ou no site www.morrogrande.sc.gov.br. Maiores informações estarão disponíveis os telefones (0xx48) 3544-0015/3544-0016 ou pelo e-mail licita@morrogrande.sc.gov.br. Valdionir Rocha - Prefeito Municipal. DECRETO Nº 7.091, DE 09 DE OuTuBRO DE 2015. EXONERA OS SERVIDORES ABAIXO RELACIONADOS DOS CARGOS QUE MENCIONA. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município e, especificamente, o artigo 83, VII: DECRETA Art. 1º - Ficam exonerados os servidores abaixo relacionados, dos cargos que menciona: Art. 2º - Este Decreto entra em vigor a partir de sua publicação. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. DECRETO Nº 7.099, DE 19 DE OuTuBRO DE 2015. EXONERA OS SERVIDORES ABAIXO RELACIONADOS DOS CARGOS QUE MENCIONA. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município e, especificamente, o artigo 83, VII: DECRETA Art. 1º - Ficam exonerados os servidores abaixo relacionados, dos cargos que menciona: Art. 2º - Este Decreto entra em vigor a partir de sua publicação. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 19 de outubro de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 19 de outubro de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração Prefeitura Municipal de Araranguá, em 09 de outubro de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 09 de outubro de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração
  17. 17. Publicidade 17Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015
  18. 18. goria sub14, após vitória por 4 a 1 sobre o time de Treviso, levando o time a inédita classificação. “Nosso time é muito bom, geração que individu- almente sabe tomar as decisões e definir jogadas e taticamente está bem integrada como equipe. Temos boas chances, mas agora são quatro times muito fortes, todos com boas chances de título”, disse o professor Fábio Rocha, treinador desta faixa etária. A semi será contra o núcleo do Bairro pinheirinho, de Criciúma, que treina no ginásio da > Sombrio Iniciado em 2013 através do Depar- tamento Municipal de Esportes, o projeto Anjos do Futsal, parceria com a empresa Anjo Tintas e com a Unesc, traz resul- tados desde o primeiro ano, revelando grandes atletas da modalidade para o município e ago- ra chega as semifinais da competição entre as equipes integrantes do programa. A conquista da vaga na semifinal veio na cate- Sombrio está na semifinal dos Anjos de Futsal Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 ³ 22-28-45-48-62CONCURSO 3.937 QUINA 18/11 ³ 1º 45863 300.000,00 ³ 2º 52402 18.600,00 ³ 3º 28803 18.300,00 ³ 4º 95055 18.000,00 ³ 5º 14042 17.067,00 CONCURSO 5.024 Destino Bilhete Valor do Prêmio (R$) LOTERIA FEDERAL 18/11 ³ 26-32-42-45-55-59 CONCURSO 1.762 MEGA SENA 18/11 Definidassemifinais deduascategorias > Sombrio O Campeonato Sombriense de Futebol de Base 2015 define seus finalistas nesse fim de semana, com rodada na sexta-feira, encerrando a primei- ra fase da categoria sub10, e semifinais da própria categoria, e ainda das sub12, sub14 e da sub17, estas já definidas. Domingo, a partir das 14h no estádio Cai- ru jogam Amja e São Luiz Cairu, pela semi- final do sub14. Às 15h, jogam São Luiz e Só Canelas, pela semifinal da categoria sub17. Antes, porém, na tarde de sábado, a par- tir das 15h30, acontece a primeira semifinal da categoria sub17, entre GuaraniAe Guarani B, no estádio João Silva, distrito de Guarita. Na sexta-feira, às 17h45, no estádio An- tônio Sant’Helena, o primeiro jogo encerra a primeira fase pela categoria sub10, entre Amja e São Luiz/Cairu. Logo depois, o jogo se repete, entre Amja e São Luiz/Cairu, mas pela semifinal da cate- goria sub12.Unesc. A categoria sub13, treinada pelo professor Rodrigo, foi eliminada nos pênaltis por Urus- sanga, perdendo por 2 a 1, após empatar por 2 a 2 no tempo normal. “Uma pena, jogamos bem, o time é bom também, mas fomos para os pênaltis e infelizmente fomos elimi- nados”, explicou Rodrigo. O projeto que com- pleta três anos em Som- brio, conta com 92 alu- nos, treinando três vezes por semana nos ginásios Rogério Valerim, bairro Parque das Avenidas, e Quadra da Cidadania, no Bairro Nova Brasília. “Nós incentivamos sempre estas parcerias porque elas colocam nos- sas crianças dentro dos ginásios, de praças espor- tivas para se integrarem de forma saudável, dei- xando um pouco de lado computadores, tablets, celulares e tudo o que a tecnologia disponibiliza hoje e dificulta o trabalho no esporte, e estamos vencido essa batalha em todos os esportes, esse re- sultado é a prova disso”, comemorou o prefeito, Zênio Cardoso.
  19. 19. edições, mas que não se manteve por falta de inves- timento na base. Mesma coisa no naipe masculino, com o professor Marcelo Bitencourt. Deacordocomogerente de esportes, Fernando Fer- reira, quando estouraram a idade, as equipes não tinham continuidade. “O trabalho era feito para resultados. E con- quistavam, foram alguns anos em que o basquete de Sombrio dominou os Jerva, porém quando estes atletas campeões saíram por ter chegado aos 17 anos, idade máximadoJerva,nãotínha- mossequência,basemesmo e nosso objetivo é ter os > Sombrio Obasquetenãoéum esportepopularno Brasil. Por isso, incentivar apráticadestamodalidade é sempre muito difícil, mas um papel que tem sido desempenhadopeloDepar- tamento Municipal de Es- portes de Sombrio através da Escolinha Municipal, que faz parte do programa FuturodoEsporteequele- varáatletasparaadisputa dos Jogos escolares do Vale doAraranguá 2015. A técnica da categoria feminina,VanessaSilveira, tenta reerguer o time que já papou títulos em outras Política 19Correio do Sul Quinta-feira, 19 de novembro de 2015 Basquete inicia recuperação e quer medalha Série Jerva resultados, mas fomentar o esporte e fazer com que sempre tenhamos equipes fortes”, explica Fernando. Os treinos acontecem no ginásio Ênio Borges Costa,noBairroParquedas Avenidas, duas vezes por semana. “Nossas meninas são novinhas ainda, tere- mos resultados bons nos próximos anos, agora deve- mos brigar pela medalha prata, quem sabe”, afirma a técnica do feminino. Já a categoria masculina tem boas chances de trazer o ouroparaSombrio,aumen- tando assim a pontuação na briga pelo título geral, objetivomaiordomunicípio no Jerva. Prorrogada inscrição para Pedalada Contra a Dengue > ArArAnguá As inscrições para a primeira edição da Pe- dalada Contra a Dengue foram prorrogadas e po- dem ser realizadas até quinta-feira da semana que vem, dia 26. O pas- seio ciclístico irá ocorrer no dia 28, com saída da Praça da Cidade Alta, às 10 horas, e chegada na Praça Hercílio Luz. Os interessados podem se ins- crever no portal oficial do município:www.ararangua. sc.gov.br .Aos participantes serão entregues uma senha numéricaquedarádireitoa concorrer ao final do evento aumabicicleta.Serãoofere- cidos brindes também pela criatividadedosciclistasque melhordecoraremasbicicle- tas. Aentregadapremiação será no dia 30, às 14 horas, em cerimônia de encer- ramento da campanha municipal "Araranguá Contra a Dengue", no auditório do Instituto Fe- deral de Santa Catarina (IF-SC). A 1ª Pedalada Contra a Dengue é uma promoção da prefeitura de Araranguá, por meio da Secretaria Municipal deSaúde,organizadapelo Programa de Controle a Dengue do município.
  20. 20. quinta-feira, 19 de novembro de 2015

×