Jornal digital 4632_seg_23032015

395 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
395
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
19
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4632_seg_23032015

  1. 1. Caixa depostoé presaduranteoperação www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXIV EDIÇÃO Nº 4.633 SEGUNDA-FEIRA, 23 DE MARÇO DE 2015 R$ 2,00 Grupo 25º 20º Sol com muitas nuvens durante o dia. Períodos de nublado, com chuva a qualquer hora. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Araranguá Geral Geral Geral Famarecebe 86 denúncias demaus tratos CDLtroca diretoriaem noitedefesta Adérciovolta a comandar PresídioRegional Animais Sombrio Reassume 3Página 4Página 11Página 15Página
  2. 2. Política Jarbas Vieira Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO “A corrupção não está no Legislativo. Está é no Poder Executivo”. Ele disse: ‘ ‘Presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha (PMDB), alfinetando o Governo Federal com uma afirmação pra lá de leviana. Faxinal: Agora é contigo governador! D epois de assinar uma ordem de serviço “morna” em junho do ano passado, o Governo do Estado não tem mais desculpas para deixar de iniciar os trabalhos de conclusão da Serra do Faxinal, em Praia Grande. O Ibama expe- diu a última licença, referente a retirada de uma vegetação que margeia o trecho da rodovia, via- bilizando o início dos trabalhos. Agora, resta que a Monteadriano, empresa portuguesa contratada para executar a obra, faça as máquinas finalmente roncarem, como tanto profetizou o deputado Evidenciando o bom relaciona- mento entre os poderes, o prefeito de Ermo, Aldoir Cadorin (PSD) e o presidente da Câmara de Ve- readores, Renato Serafim (PTB), participaram juntos do Congresso Municipalista promovido pela Fecam. Ambos foram dar apoio à reforma do Pacto Federativo que garanta mais recursos para os Municípios. “Os prefeitos são os atoresquetêmocontatodiretocom as demandas e necessidades dos cidadãos. Com os recursos melhor distribuídos,diminuiráaburocracia centralizadora do Governo Federal e dará maior munição para os pre- feitos responderem aos anseios da população”, comentou o prefeito. Ermenses municipalistas (48) 3522-3777estadual Manoel Mota (PMDB). Mesmo assim, não é aconselhável que a população e lideranças polí- ticas da região comemorem (sic) antecipadamente. O Governo do Estado começou 2015 com sete travas no cofre. Obras iniciadas há mais tempo em outras regiões do Estado caminham a passos de cágado. Há um misto de temor pela situação econômica do País, que vem gerando queda na ar- recadação, e uma dificuldade de fluxo de caixa, já que os R$ 10 bi- A favor da CPI Deputado federal Jorge Boeira (PP) assinou na noite de quinta-feira (19) o requerimento para criação da Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) que irá investigar os contratos do Banco Nacional de DesenvolvimentoEconômicoeSocial, o BNDES. Sendo uma CPMI, a inves- tigação será realizada por deputados federais e senadores. Boeira procurou o autor do requerimento, senador Ronaldo Caiado (DEM-GO), para as- sinar e garantir seu apoio à proposta. “Vivemos um momento na história brasileira onde nosso país está sendo passado a limpo”, explicou Boeira. lhões do Pacto Por Santa Catarina são provenientes de empréstimos, com os valores chegando aos co- fres estaduais em várias parcelas. Algumas inclusive estariam em atraso. A falta de recursos expli- caria a má vontade com que o Deinfra conduziu o processo de liberação da atual licença, ocasio- nando em sua demora. Há quem diga que o departamento catari- nense colocou a culpa no Ibama quando ele mesmo não cumpria com as exigências solicitadas. De verdade ou mentira, o fato é de que a licença foi conquistada. Agora é contigo governador! Está Prioridade? Alienado e de costas para a população, o Congresso Na- cional aprovou o aumento do Fundo Partidário de R$ 279 milhões para R$ 867 milhões anuais. O negócio “política” continua de vento em popa no Brasil. Não é a toa que temos 32 partidos constituídos e ou- tros 21 em processo de criação. na hora de honrar os muitos votos recebidos na região. Neste caso, a desculpa da burocracia, presente em todos os seus discursos, não cola mais! www.vitaanalise.lablaudo.com.br
  3. 3. Geral 3Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 domésticos emAraranguá. “Em três meses que iniciamos este projeto em- brionário, já recebemos 86 denúncias,sendoque53fo- ram resolvidas e o restante sãocasosfalsos,constatados por nossa equipe”, frisa Flávia. Emumdosatendimen- tos o grupo encontrou cães que eram mantidos presos em uma localidade do in- terior, sem alimento e sem água. O dono foi autuado. Numoutrocaso,umcachor- roestavacomumainfecção no olho direito e recebeu tratamento, mas acabou perdendo a visão. Diante da necessida- de de regulamentar um programa específico para cuidar dos animais de rua e em situações de vulne- rabilidade, a prefeitura de com dezenas de animais que são abandonados pelas ruas e ou mantidos em ca- tiveiro, o superintendente da Fama Paulo Simon deu sinal verde para que a cola- boradora Flávia Cândido e avoluntáriaLuisaMacedo, comapoiodeONGseoutros voluntários, dessem início àsaçõesquevisamatender as inúmeras denúncias de maus tratos a animais > ARARANGUÁ Dentre as atribui- ções da Fundação Ambiental do Município de Araranguá (Fama) consta protegeranimaisselvagens e domésticos. Com base nesta dispo- sição e sensível as questões do dia a dia do município, Colocado em prática há três meses, projeto que conta com o trabalho de membro da Fundação Ambiental e de voluntários apura casos de maus tratos a animais ³Um cachorro foi encontrado amarrado em árvore sem proteção, e outro com infecção sem dono se importar > REGIÃO Cadeiras de rodas, cadeira de banho especial, ekitsforamentreguespelo presidente da Fundação Nova Vida de Florianópo- lis,JoaquimCoelhoLemos e pelo diretor administra- tivo Sálvio da Silva, em solenidade realizada no auditório da Secretaria do Desenvolvimento Re- gional de Araranguá na manhã de sexta-feira, com a presença do secretário regional Ademir da Silva, o Dema. Foram quatro cadei- ras de rodas entregues, beneficiando cadeirantes de Passo de Torres, Bal- neário Gaivota, Timbé do Sul e Sombrio, além de uma cadeira especial de banho para Sombrio, um kit hospitalar para o Hospital São Roque, de Jacinto Machado, e um kit artesanato e de materiais paraaApaedeAraranguá. O presidente da Fun- daçãoNovaVida,Joaquim Lemos, explicou que as cadeirasderodassãofeitas sob medida, revisadas e fabricadas de forma in- dividual, com os ajustes Fundação entrega cadeiras de rodas necessários para cada ocupante. “Há uma gran- de demanda de pedidos em todo o estado para a Fundação, que é uma instituição pública de di- reito privado, sem fins lucrativos, e contamos com o importante auxílio do Governo do Estado. São distribuídas de 600 a 800 cadeiras por ano, com investimento apro- ximado de R$ 1,5 milhão. Sabemos que este equipa- mento traz qualidade de vida para quem o utiliza. Nosso lema é colocar as pessoasemprimeirolugar “, ressaltou. Dema destacou o im- portante trabalho desen- volvido pela Fundação Nova Vida. “É um traba- lho muito bonito, que aju- da realmente as pessoas que necessitam”, disse. Durante a entrega os cadeirantes e familiares receberam instruções de uso para locomoção, fun- cionamentoeconservação das cadeiras, através da fisioterapeuta da Funda- çãoNovaVida,DeniseLo- pes de Oliveira e o técnico da empresa responsável pelas cadeiras. ³Cadeiras são feitas sob medida para usuários Da redação Fama já recebeu mais de 85 denúncias Animais Araranguá, por intermédio da Secretaria de Governo, deverá lançar no início de abril o projeto Bem Estar Animal. O projeto foi ela- boradopelaadministração municipaleaprovadopela Câmara de Vereadores no final de 2014 e prevê, en- tre outras questões, uma atençãomaioraosanimais vítimas de abandono, a castração de fêmeas, cães e gatos para evitar a pro- liferação e apoio as insti- tuições que dão amparo aosanimaisabandonados. Para fazer denúncias sobre maus tratos a ani- mais a população pode entrar em contato com a Fama pelo fone 3903 1879 ou pelo facebook: https://www.facebook.com/ fundacaoambientaldomu- nicipiodeararangua.
  4. 4. de sua defesa para que o Calçadão fosse construído naavenidaGetúlioVargas (como agora será) e dos primeiros congressos a que compareceu em busca de aperfeiçoamento. Ele ainda não era o empresá- rio de sucesso que é hoje, mas já era apaixonado marcou a despedida de Adriana Cecília Coelho Januário como presiden- te, foi marcada por home- nagens e prestigiada pelo prefeito Zênio Cardoso, secretário regional Ade- mir da Silva, deputado Zé Milton, padre Daniel Pagani e apóstolo Siel, o presidente da Câmara de Vereadores Daniel Bitencourt, diretor distri- tal Sander Santos Elias, presidentes de outras entidades sombrienses e de CDLs de municípios vizinhos, além de lojistas. Adriana fez um rá- pido balanço das rea- lizações de sua gestão, enfatizando ganhos como a melhoria no mobiliárioe na informatização da sede da CDLe a adesão ao pro- grama de registro de pro- testo, que em cinco meses recuperou cerca de R$ 144 mil em dívidas. Enfatizou também a participação do setor lojista em causas como a reivindicação – e conquista-damudançano elevadonaBR101noaces- soprincipalaSombrio,em parceria com a prefeitura e outras entidades. Os lojistas foram elo- giados por Zênio Cardoso, “obrigado por tudo que vocês fazem pela cidade”; por Zé Milton “nosso país está enfrentando muitos problemasenestecontexto a CDL se torna impres- cindível”, e pelo secretário regional Dema: “pela im- portância deste setor para o estado, estaremos sem- pre à disposição de vocês”. O último a falar,Antô- nio Matos, que esteve um tempo afastado da CDL, mas sem deixar de apoiar o segmento, fez um dis- curso em que lembranças do passado serviram para projetarofuturo.Lembrou daprimeiraeimprovisada sede da CDL instalada juntoàantigaCasaGlória, Geral4 Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 ³Antônio Matos com o diploma que recebeu do diretor distrital Sander Elias Da redação CDL troca diretoria com homenagens Noite Feliz > SOMBRIO Um caso de amor que permanece igual mesmo que mudem as tendências e as esta- ções da moda. Assim o lojista Antônio Matos, ou melhor, Antônio Mattric Matos, descreve sua re- ³Foto mostrando ponte e trecho do rio venceu Adriana Coelho entregou a presidência a Antônio Matos durante solenidade marcada pela emoção e reafirmação dos princípios do movimento lojista lação com a Câmara de Dirigentes Lojistas de Sombrio. Tanto que mes- mo em sua sexta posse em um cargo na entidade, continua se emocionando. Antônio assumiu a presidência da CDL em um jantar promovido na noite de sexta-feira, no Sombrio Tênis Clube. A cerimônia que também Setor em ação melhor as belas paisagens do rio da comunidade. A diretora da scola, Alair Ignês Baesso Pazzi- ni, ficou satisfeita com a conquista de Deisi e destacou a importância da iniciativa na conscientiza- ção quanto à preservação da água. A premiação foi en- tregue na última quarta- > TURVO A aluna Deisi Ma- rangoni Baldessar, do 9º ano da EEB Morro Chato, de Turvo, foi clas- sificada em 1º lugar no II Concurso de Fotografias promovido pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Araranguá, com o tema ‘Re-conhecendo a Bacia do RioAraranguá: Uso Consciente’. Aobra fotográfica da adolescente, intitulada ‘Abrindo caminhos para o futuro’, retrata o rio Jundiá, que passa pelo distrito de Morro Chato. A professora de Artes Nidia Maria Brovedan acompanhou e incenti- vou os estudantes a par- ticipar do concurso, que oportunizou conhecer Aluna mostra beleza do rio Jundiá -feira na Câmara de Vereadores do município de Forquilhinha. Deisi recebeu uma máquina digital e um troféu. O Concurso foi aberto a to- dos os alunos das escolas estaduais, municipais e particulares de 16 mu- nicípios pertencentes as Regiões do Extremo-Sul e Carbonífera. pelo comércio. De lá para mudou Sombrio, a CDL, hoje bem mais estrutura- da e fortalecida, e mudou a Mattric, uma potência reconhecida em todo o es- tado.Somenteoespíritode empreendedor de Antônio Matos não mudou: “Com as melhorias em nossa cidade, precisamos tam- bém melhorar a fachada de nossas lojas. Temos que inovar, acompanhar a tecnologia, e investir no aperfeiçoamento de nossos funcionários. São atitudes que melhoram a nossa autoestima e de toda a população”, disse. A história de Sombrio Alcidino Fernandes, Neri Demétrio Coelho, De- oclésio Coelho, Manoel João Teixeira, Enio Borba e Anísio Pedro de Melo. Homenageados pela CDL pela contribuição ao comércio, eles também podem ser ho- menageados por qualquer outra entidade pela contri- buição a história de Sombrio. Pioneiros na abertura de lojas, supermercados e afins, foram eles que ajudaram a desbravar o caminho para o desenvolvimento do município, em parceria com outros empreendedores de setores como a indústria e a agricultura.
  5. 5. Política Rolando Christian Coelho Geral 5Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 Faxinal e a realidade brasileira Creche distribui agenda escolar Novidade Material vai permitir que pais acompanhem ainda mais de perto atividades do Centro Educacional Maria Monteiro P residente do Ibama, Volney Zanardi, confirmou na última sexta-feira, ao ministro do Trabalho, Manoel Dias, que as- sinou a licença ambiental que possibilitará a retomada dos trabalhos de pavimentação da Serra do Faxinal, entre Praia Grande e a divisa com o Rio Grande do Sul. A ordem de serviço do Governo do Estado para a retomada da obra estava assinada desde julho do ano passado, mas sem a licença ambiental do Ibama nada podia ser feito pela Monteadriano Engenharia e Constru- ções, empresa que ganhou a licitação para concluir a pavimentação da denominada Rodovia SC 290. As amarras que impediam a retomada da pavimentação se estenderam por mais de sete meses, mas acabaram sendo resolvidas em menos de sete dias, depois de uma in- tervenção pessoal do ministro Manoel Dias. Tudo começou com a vinda de Dias a nossa região no último dia 14 de março. Em sua incursão, acompanhado do deputado esta- dual Rodrigo Minotto (PDT), o ministro foi até Praia Grande abonar da ficha de filiação do ex-prefeito peemedebista Lúcio Casa- grande ao PDT. Em meio às tratativas da filiação, relatado todo o drama que envolvia a Serra do Faxinal, Manoel Dias e Minotto foram questionados sobre a possibilidade de intervirem para que a licença ambiental fosse expedida pelo Ibama. O ministro se comprometeu em se dedicar pessoalmente ao tema, tão logo retornasse a Brasília. Num primeiro momento fontes ligadas ao PDT chegaram a informar que o presi- dente do Ibama havia estado com Manoel Dias e Rodrigo Minotto em Praia Grande, o que não foi verdade. “A reivindicação foi fei- ta ao Manoel e a mim na ocasião da filiação do Lúcio. Acho que o presidente do Ibama nem sabe onde fica a Serra do Faxinal”, disse Minotto. O fato é que por influência direta dos líderes do PDT a licença acabou sendo assinada na última sexta-feira, conforme já havia sido previamente anunciado por Manoel Dias e por Rodrigo Minotto. A conquista é um marco para a região, e ao mesmo tempo um desalento para aqueles que acompanham a administração pública de perto. É um marco porque a conclusão da pavimentação da serra será um incremento e tanto para nossa economia regional. Todavia, é um desalento porque acabamos constatando que o poder público ainda continua funcionando na lógica do jeitinho brasileiro. Há anos as obras no Faxinal vêm en- frentando problemas de execução de toda ordem. O último deles dizia respeito à falta da licença ambiental para a supressão de 74 metros de mata secundária, agora finalmente conquistada junto ao Ibama. O problema é que a assinatura da licença só foi conquistada por conta de uma solicitação pessoal de líderes do PDT. Até então toda a retórica utilizada por dezenas de outros líderes políticos e técnicos não havia ser- vido para nada. É claro que, oficialmente, o Ibama irá argumentar que a licença foi expedida porque todos os trâmites legais finalmente foram cumpridos. Só que todo mundo sabe que isto não é verdade. A li- cença só saiu por interferência de Manoel Dias. Tanto é verdade que caso o ministro não tivesse ido a Praia Grande filiar Lúcio Casagrande, os documentos da Serra do Faxinal ainda estariam jogados em alguma gaveta do Ibama. Esta situação explica em grande parte como funcionam as coisas em nosso país quando o assunto são as obras públicas. Nada anda até que um abençoado surja das profundezas do poder para dar uma mãozinha. Já estamos há tempos no Século XXI, mas continuamos presos as normativas governamentais do Século XIX. Grupo impraticável IdeiadosoitodeputadosdoSuldoEstado de se unirem em um único grupo para maxi- mizar a representatividade da região junto ao governocatarinenseatéqueéboa,masinócua no que diz respeito a possibilidade de bons resultados. José Nei Ascari é filiado ao PSD do governador Raimundo Colombo, e, por- tanto, não se indisporá com ele. Manoel Mota (PMDB)eLuizFernandoVampiro(PMDB)são suplentes, e, portanto, não gritam, só gemem. Zé Milton Scheffer (PP), Valmir Comin (PP), Ricardo Guidi (PPS) e Cleiton Salvaro (PSB) foram eleitos pela oposição, e, portanto, Co- lombojánãoostêmcomoaliadosdeprimeira linha.Nofim,livre,leveesoltomesmo,oúnico aliadoquepoderiaserebelarcontraogoverno é Rodrigo Minotto (PDT). DIVERSÃOELAZERGARANTIDOS QUARTA,SÁBADOEDOMINGO BR101-KM413-ARARANGUÁ Da redação > SOMBRIO OCentro Educacio- nal Maria Montei- ro Tiscoski está distribuin- do agendas às famílias de todos os seus 135 alunos. Do berçário ao pré-escolar, cada criança leva para casa o material que possibilita aos pais acompanharem as atividades dos filhos, receberem recados e serem comunicados de datas e eventos realizados pela creche. E o que não fal- tará este ano é evento a ser anunciado. O Centro Educacional localizado a rua João José Guimarães, ³Libânia auxilia distribuição de agendas aos alunos da creche que Maria Monteiro no Centro de Sombrio, está completando 25 anos e o aniversário deve ser comemorado durante todo 2015.Anovidade das agen- das já faz parte desse ano especial, diz a fundadora e presidente da creche Libâ- nia Coelho. A equipe da Maria Monteiro Tiscoski, que tem a frente a diretora Talita Fontana Luchina, sempre trabalhou através de projetos pedagógicos, muitos deles envolvendo as famílias. É o caso do ‘Feche a Torneira’, que está incentivandoospequenosa não desperdiçar água, com reflexo também nos hábi- tos domésticos de muitas crianças. As agendas foram produzidas com recursos próprios do Centro Edu- cacional, que recebe re- passe também da prefei- tura. Segundo Libânia, a administração municipal tem sido uma boa parceira nestes dois últimos anos, contribuindo para que o local, que recebe crianças de bairros bastante ca- rentes, possa lhes dar um atendimento de qualidade. “Estamossemprefazendoo melhor possível pelos nos- sos alunos, e por isso temos tido o reconhecimento das famílias que confiam em nós e da sociedade”, finali- za Libânia. ADVOCACIA EMPRESARIAL FONE: (48) 3533-0145 Corrupção na igreja Papa Francisco tem dedicado grande parte de seus pronunciamentos ao combate a corrupção. Na maioria deles diz que não é possível ser cristão e corrupto ao mesmo tempo. A fala do Papa me fez lembrar deze- nas de situações que vivenciei envolvendo líderes católicos e líderes políticos, durante campanhas eleitorais, ao longo dos últimos 25 anos. Presenciei, muitas e muitas vezes, pessoas ligadas diretamente aos Caeps, que são os Conselhos de Assuntos Econômicos Pastorais, solicitando ajuda a políticos em troca de votos. Pediam de tudo. Piso para o salãocomunitário,sinoparaaigrejaemcons- trução,imagemnovadesanto,eporaíafora. Emtrocaprometiamosvotosdacomunidade. Se isto não é corrupção, sabe-se lá o que é.
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro Joice Ramos l48l 8802.5883 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: Igor Borges l48l 9968.6084 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 Quando escrevemos é muito importante prestarmos atenção no uso da vírgula, pois ao empregarmos a vírgula de maneira errônea o sentido da frase pode alterar. O uso da vírgula parece ser meio complicado, não é? Mas com essas dez regras simples você aprenderá o uso correto da vírgula. 1. Enumeração de mais de dois elemen- tos: Ex.: O processo seletivo é composto por (1) teste on-line, dinâmica de grupo (2) e entrevista (3). 2. Para isolar o aposto explicativo (usar duas vírgulas): Ex.: Salvador, a primeira capital do Brasil, será uma das sedes da Copa 2014. (aposto: a primeira capital do Brasil) 3. Para isolar o vocativo Ex.: Eduardo, traga meus documentos até aqui! (vocativo: Eduardo) 4. Para marcar a supressão do verbo em uma oração: Ex.: Eu fiz Faculdade deAdministração; ele, de Economia. (ele fez - verbo suprimido) 5. Para separar orações que não apresen- tam conjunções que as interliguem: Ex.: Decidiu fazer um curso de MBAfora do país, pesquisou, encontrou o mais adequa- do para sua carreira, fez a prova de seleção, foi aprovado. 6. Para isolar certas expressões exemplifi- cativas, conformação e conjunções:Além disso, por exemplo, isto é, ou seja, a saber, aliás, ou melhor, ou antes, com efeito, a meu ver, por assim dizer, por outra, entretanto, no entanto, por isso, logo etc. Ex.: O governador, ou melhor, excelentís- simo senhor governador, dará um aumento de 100% à classe policial. UsodaVírgula Descomplicando a Língua Portuguesa, coluna quinzenal que tira suas dúvidas e auxilia usar língua portuguesa corretamente. Sindia A. Rech Contato: sindiarech@gmail.com By Sindia A. Rech Vamos viajar para descansar, além disso, para comemorar nossa aniversario de casamento. 7.Antes das conjunções: mas, porém, pois, embora, contudo, todavia, portanto, logo: Ex.: Sei que você não gosta de estudar quando é feriado, mas será preciso para fazer um bom exame. 8.Antes de locuções adversativas como “e sim”, “e não”. Entretanto, não se devem isolar essas locuções adversativas com vírgula. Usa-se somente uma, precedendo-as: Ex.: Ele comprou um DVD, e não um CD. Ele não fez as tarefas de que foi incumbido, e sim as que ele quis. 9. Para separar, nas datas, o lugar , nos endereços, o número: Ex.: Belo Horizonte, 13 de novembro de 2008. Rua daAlegria, nº 30. 10 -Antes de “e”, quando as orações apresentarem sujeitos diferentes ou quando o “e” se repetir: Ex.: Fez-se o céu, e a terra, e o mar. João escreveu uma carta, e José arrumou a cama. Fonte: www.comoescreve.com
  7. 7. Publicidade 7Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas Sete Vidas -18h Alto Astral -19h Babilônia -21h S amantha avisa ao sultão que as mulheres que ele seques- trou serão libertadas. Pedro fala com Tina que ela precisa se livrar de Manuel e dos filhos. Tina confidencia a Lúcia que decidiu revelar a verdade para Manuel. Diziabas avisa a Caíque que só investirá no hospital se ele se afastar da unidade. Meire confessa a Salvador que tem medo de perder Ana Dirce e por causa disso ainda não contou à filha que ela já morreu. P edro e Júlia recepcionam Laila e Luís e todos saem para almoçar juntos. Irene conversa com Lígia sobre Caio. Júlia mente para Elisa para ficar sozinha com Pedro. Marta se interessa por Eriberto. Bernardo se revolta com a crítica que recebe de Laila. Luís volta para São Paulo e Laila decide ficar no Rio de Janeiro. Marta compra um vaso no leilão de Eriberto e pede para ele ir a sua casa ajudar com a peça. Júlia e Pedro ficam presos na igrejinha. V inícius ajuda Regina a resgatar Wolnei. Murilo foge ao ver seu irmão. Regina avisa a Tadeu do acidente de Wolnei e segue com Vinícius para a delegacia. Vinícius chega à delegacia com Regina e Inês fica intrigada quando a ouve falar sobre o assassinato de Cristóvão. Tadeu cuida de Wolnei. Inês instrui Guto para fazer seu depoimento. Karen descobre que Luís Fernando levou os filhos para o show que ela havia proibido. Rapidinhas Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 Áries 21/03 a 20/04 Um dia em que você tende a estar mais voltado aos seus interessesfinanceiros.Reflitasobreomodocomotemlidado com o dinheiro e o que você realmente valoriza. Momento de fortes emoções, mas em que você deve respeitar o seu ritmo interno. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 Benefícios ligados à saúde e ao trabalho dos sagitaria- nos. Momento em que a prática de exercícios físicos lhe favorece muito. É uma fase importante para estar mais conscientedecomoestáexpressandoosseustalentos. Gêmeos 21/05 a 20/06 Cuidado com a tendência a insegurança e a carência, geminiano. Não faça movimentos bruscos relacionados às finanças. É hora de ponderar mais sobre os seus ver- dadeirosvalores. Libra 21/09 a 20/10 Umdiadeimportantesreflexõesedecisõesfinanceiras. Um domingo positivo para estar mais em sintonia com o afeto e a sensualidade. Procure agir de forma madura e consciente ao lidar com o dinheiro. Aquário 21/01 a 18/02 Desejo de mais segurança, estabilidade e centramento. Domingopositivoparaestarcomosfamiliaresecompar- tilharoquevocêsente.Énecessárioseapoiarembasee alicerces sólidos, aquariano. Touro 21/04 a 20/05 Temos neste domingo o movimento de Lua e de Vênus em seusigno,taurino.Umdiaparavocêagircommaisserenidade e consciência de seus valores e sentimentos. O momento favorece o afeto e também as questões financeiras. Virgem 21/08a20/09 A presença de Lua e Vênus em Touro, favorece os vir- ginianos. Momento é oportuno para você investir em estudoseemviagens.Umafasemuitoimportantepara você refletir sobre suas crenças e ideais. Capricórnio 21/12 a 20/01 Um dia positivo para expressar as emoções com mais serenidade.Éimportantetermaisconsciênciadasexu- alidade, do prazer e do amor. Momento que favorece a produtividade e a criatividade dos capricornianos. Câncer 21/06 a 20/07 Poderá encontrar apoio nos amigos e também em grupos, canceriano.Afaseéoportunaparaagircommaisconsciên- cia do que você valoriza. Projetos que envolvem empresas e amigos estão favorecidos. Escorpião 21/10 a 20/11 Um domingo muito importante aos relacionamentos escorpianos. Cuidado com a tendência ao apego, ao ciúmeepossessividade.Procuresermaiscompanheiro e amigo de quem você ama, escorpiano. Peixes 19/02 a 20/03 Dia que favorece passeios, viagens e contatos, pisciano. Mo- mentooportunopararefletirsobreovalordoconhecimentoe dasinformações.Favorecimentosemquestõesqueenvolvem parentes e pessoas próximas. Horóscopo Momento em que poderá receber benefícios materiais e profissionais. É hora de agir com mais consciência de seus talentos e potencialidade. Poderá receber o auxílio demulheresemquestõesprofissionais. Morreu, nas primeiras horas deste domingo (22), no Rio de Janeiro, o ator Cláudio Marzo. Ele estava internado no Centro de Tratamento Intensivo da Clínica São Vicente, no bairro da Gávea, há pouco mais de duas semanas para tratar de um quadro infeccioso de pneumonia e um enfisema pulmonar. Ainda não há informações sobre o velório do ator. A assessoria de imprensa do hospital informou ao site G1 que Marzo queria ser cremado. A família está aguar- dando a chegada de um filho da Austrália para tomar os próximos passos. Na última quarta-feira (11), ele, que se tornou bastante conhecido do público na novela Véu de Noiva, em que fez par romântico com Regina Duarte, tinha apresentado uma pequena melhora em seu estado de saúde, mas seguia sem previsão de alta. Desde 2013, Claudio, que era fumante, sofre com problemas pulmonares e estava sempre entrando e saindo do hospital. Cláudio deixou três filhos: a atriz Ale- xandra Marzo, fruto de seu relacionamento com Betty Faria, Diogo, de seu casamento com a atriz Denise Dumont, e Bento, fruto de seu envolvimento com a também atriz Xuxa Lopes. Entre tantas produções, o próprio ator destacou Pantanal como sua novela favoritaemvotaçãorealizadaem2003.Na trama, exibida na extinta TV Manchete, ele vivia o protagonista José Leôncio.
  9. 9. Correio Especial Igor Borges igor.borges@grupocorreiodosul.com.br www.facebook.com/igor.borges @igormborges Entrevista De atacado para va- rejo, do aluguel para es- paço próprio, do espaço apertado para o amplo, de Center Fábricas para Center Shopping.Vamos entender como se deu a transformação ocorrida ao longo dos 24 anos do em- preendimento na região O Center Fábricas é atacado ou varejo? Ele nasceu e cresceu para atender a demanda dos fabricantes, para vender sua produção para o atacado. Até 2004 / 2005 ele foi 95% atacado e 5% varejo. Depois houve uma mudança de estratégia de mercado e passamos o foco de atacado para varejo. Então aproveitamos toda estrutura e localização para aumentar as nossas vendas para o consumidor final. Hoje atuamos 95% varejo e 5% atacado. São lojas ponta de estoque ou outlet? Não. Nossas lojas operam como uma loja normal. A diferença maior é que o preço praticado por elas acaba sendo mais barato que os seus produtos em outras lojas, pois as confecções não têm que embutir a margem de lucro dos lojistas. Assim acabam praticando um preço mais baixo. Mas as coleções são atuais. Quais foram os benefícios percebidos nessa mudança de atacado para varejo? O varejo trouxe um crescimento extraordinário nestes 10 anos, apoiado pelo nosso crediário próprio. Não só de volume de venda, mas também de cultura de venda, tendência de venda, onde os lojistas come- çaram a interagir para saber o que o consu- midor final está buscando. O conceito certo, a moda certa, as cores certas, o preço certo e o modelo de atendimento certo. Marcelo Conti Por trás do Center Shopping Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 Como é a gestão do Center Fábricas? O Center Fábricas tem administração a parte dos associados. Existe uma diretoria constituída e conselho fiscal que figuram mais como fiscalizadores do que como exe- cutores. Hoje a empresa se profissionalizou, criou departamentos que têm profissionais qualificados para cada função. Aplicamos uma gestão participativa, onde o nosso colaborador tenha uma participação direta na gestão, possa se sentir útil dentro do processo, ser um dente dentro desta engre- nagem, possa ter sua ideia ouvida e atendida sempre que possível, promovendo a busca por mudança em cada setor. Todos têm suas metas. Todas as áreas têm objetivos e metas a serem compridas. Mas nosso principal objetivo é dar o suporte para nossas lojas venderem bem. E como surgiu o Center Shopping? Foi mais de uma necessidade do que uma ideia. Os espaços que hoje são utiliza- dos foram projetados para a venda de ataca- do, o que trazia pequenos desconfortos para os consumidores. Tinha pouco espaço para exposição de mercadorias e para circulação. Então como éramos proprietários do terreno ao lado começamos a amadurecer a ideia de criar um empreendimento para atender essas demandas e receber melhor o cliente. Muitos ainda não acreditam que o Center Shopping vai sair, pois faz um longo tempo que está em construção. Nosso objetivo é inaugurar em outubro deste ano. Realmente foi longo o processo. A ideia surgiu em 2008 e 2011 entrou em execução. A construção foi como uma casa própria. Primeiro começamos construin- do a estrutura, depois a cobertura, depois discutimos o tipo do piso, de escadas etc. Nós tínhamos uma área a ser construída e aos poucos fomos adicionando as necessida- des de acordo com nosso fôlego financeiro. Começamos a obra com recursos próprios, então foi feita aos poucos sem que colocás- semos o pé na frente da mão. Hoje, entorno de 30% é financiado. Então a obra foi feita aos poucos o que pode ter causado dúvida para muitas pessoas. O importante é que saiu. Como é o Center Shopping? Muitas pessoas não conseguem ver a grandiosidade desta obra. O Center Sho- pping foi pensado como um espaço que atenda as necessidades do nosso consumi- dor no quesito conforto, segurança, climati- zação, estacionamento, dando uma opção de consumo mais generalizado. Que não seja só focado em confecção, que possa ter perfumarias, brinquedo, lotéricas, lojas de equipamento de som, farmácias, que tenha o visual de shopping e que pudesse atender a necessidade de entretenimento com área gastronômica, com uma praça de alimentação, cinemas, play ground. São 20.000 m², estacionamento subterrâneo, 2 pavimentos, 78 lojas, 8 quiosques, 11 box para alimentação, loja âncora com a loja Americana, praça de alimentação para 500 pessoas, auditório, restaurante, duas salas de cinema digital sendo uma com tecnologia 3D, amplos corredores, escadas rolantes, elevadores. Por que Center Shopping e não Center Fábricas? O nome Center Fábricas é originado de um centro de fabricantes, então mantivemos o nome que pegou, o “Center”, que é nossa marca e colocamos nossa real atividade que é o shopping.
  10. 10. Publicidade10 Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015
  11. 11. Geral 11Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 Apresentado a equipe na sexta-feira, novo diretor entra com desafio de ajudar a diminuir a reincidência de detentos Djonatha Geremias Mudança > ARARANGUÁ Assume oficialmen- tehojeadireçãodo Presídio Regional de Ara- ranguá (PRA) o ex-diretor Adércio José Velter. Ele deixouocomandoem2004 e agora reassume o posto, no lugar de Bárbara San- tos de Souza. A mudança acompanha a troca que também aconteceu na di- reçãodoDepartamentoEs- tadual de Administração Prisional(Deap),vinculado à Secretaria de Estado da Segurança Pública do Go- verno de Santa Catarina. Na manhã de sexta-feira, Adércio foi formalmente apresentado à equipe do PRA e à imprensa, pelo coordenador regional das penitenciárias Sul, Deivi- son Querino Batista. Segundo o coordena- dor, a escolha do nome de Adércio se deve a sua experiência no sistema pe- Adérciovoltaadireçãodopresídio nitenciário. “Nós já tínha- mosaintençãodechamá-lo e, para valorizar as suas qualidades, o colocamos aonde ele começou a car- reira,aquiemAraranguá”, salientou Deivison, que atualmente coordena sete presídios nas três regiões do Sul catarinense - todas com problema de super- lotação. Judicialmente, o PRA está interditado há quase um ano, sendo que o de Criciúma, de Tubarão e deImbitubatambémestão comrestriçõesdelotação.O Deapestátendoquerema- nejarnovosdetentosdoSul paraoutraspenitenciárias. Enquanto o novo pré- diodoPresídioRegionalde Araranguá não fica pronto (abrindo 350 vagas), Adér- cio terá o desafio de ajudar a amenizar o problema, especialmente por meio da ressocialização dos presos. “Em 2003, eu tive o privi- légio de iniciar o projeto de ressocialização, em que os presos trabalhavam > TURVO Faltavam três minu- tos para a meia-noite de quarta-feira. Em frente à Igreja Matriz de Tur- vo, um grupo de jovens começou a se reunir, de forma suspeita. A movi- mentação noturna logo foi identificada por uma viatura da Polícia Militar. Ospoliciaisrondavampor ali, fazendo diligências, movidos por uma denún- cia anônima de que um certo traficante estava agindo naquela área. Os militares abor- daram o grupo e encon- traram, perto deles, três porções de maconha, to- talizando 18 gramas. Se Mensagensdenunciamtraficante fazendo de inocentes, os rapazes falaram que a droga não era deles, mas que “foi deixada ali” por um outro sujeito: o mesmo que esta- va sendo procurado pela guarnição. O grupo era formado por três homens: um de 23 anos natural de Jacinto Machado; outro de 21 de Araranguá; e um adolescen- te de 17, próprio de Turvo. Eles contaram que o tal traficante deixou a droga ali para que o grupo fosse fumando. Despercebido, o suposto traficante voltou ao local e deu de cara com a PM. Na hora, ele apenas alegou ter ido a um bar próximo comprar alguma coisa. Os policiais questionaram se ele era o proprietário da maconha, conforme foi denunciado pelo grupo. Ele negou, porém, os poli- ciais fizeram uma revista pessoal e encontraram com ele um telefone ce- lular. Nas mensagens de texto, o suspeito, que tem 18 anos e é de Turvo, foi surpreendido: havia re- gistros de conversas que indicavam claramente a negociação do tráfico de droga. Sem saber como ex- plicar as mensagens, ele e os três supostos clientes foram apreendidos em flagrante e levados até a Central de Polícia de Araranguá. ³Adércio (primeiro a direita) volta ao comando do presídio depois de 11 anos na limpeza de Balneário Arroio do Silva. De lá para cá, o projeto foi melhora- do e ampliado com novos convênios, com o excelente trabalho da então diretora Bárbara, com quem eu conversava e debatia com alguma frequência”, conta Adércio.Atualmente, exis- temcincoconvêniosdetra- balhoparadetentos,coma prefeituradeAraranguá,a empresa Preservale e com a Transportes Caverá. Fa- zem parte do projeto apro- ximadamente50presos,de um total de 222 homens e 41 mulheres detidos. Adércio temnovospro- jetos para o presídio, mas por enquanto os mantêm em sigilo. “Pelo bem dos presos, porque aqui eles vivem de expectativas e ansiedades. Então é uma questão de prudência não anunciarainda,masestou otimista com o trabalho que devemos realizar”, explica. O novo diretor adianta que pretende dar continuidade a um projeto que é peculiar da unidade de Araranguá: a ala para dependentes químicos. Ali, ficam opcionalmen- te os detentos viciados em drogas e que buscam superar a dependência, com auxílio psicológico e médico. “Tive o prazer de participar das discussões que elaboraram o projeto com a Bárbara e pretendo dar continuidade a essa e outras ações”, adianta Adércio, que considera que o bom preso é aquele que não se conforma com a sua condição e coopera para não retornar ao cri- me. Atualmente, 80% dos presos têm ligação direta com algum nível de tráfico de drogas. Na sexta-feira à tarde, Adércio também se reuniu comodelegadoregionalAri José Soto Riva. A Polícia Civil é a responsável pela captura dos criminosos, e o Deapassumearesponsabi- lidadesobreopresologoem seguida, levando-o ao local adequado. No fim do ano passado, as duas institui- ções estavam em choque devido à demora do Deap em retirar os presos das celas das delegacias para encaminhar a alguma pe- nitenciária pela dificulda- de em encontrar vaga. Po- rém,atualmente,adireção informa que o tempo não tem ultrapassado o limite de 24 horas a partir do momento da comunicação ao departamento. Novos projetos
  12. 12. 12 Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 Publicidade
  13. 13. de Deus”, lembra o coronel. Tambémcompareceram ao evento o tenente-coronel comandantedo19ºBatalhão de Polícia Militar Antônio Carlos Mota Machado, o presidente da Câmara de Vereadores Rony da Silva, o secretário municipal de Assistência Social Eduardo Chico Merêncio, o deputado Manoel Mota e o prefeito de Balneário Arroio do Silva Evandro Scaini. Apinturaverde-águajá opaca do ônibus foi substi- tuída por uma adesivagem mais vivaz. A imagem de fundoéumcéuazulcomnu- vensbrancase,emprimeiro plano,doisparesdemão,um de cada lado do veículo, em posições diferentes. De um lado, uma mão estende-se em direção a outra, repre- sentando a solidariedade. Do outro, mãos erguidas juntas para o céu, represen- tando a gratidão. Para o diretor geral da com outras empresas e en- tidades, como o Grupo de EscoteirosAriringuá,levam atendimento odontológico, cortes de cabelo, alimen- tação, brinquedos, dentre outras atividades,a quem precisa. Só nesse ônibus, estão instalados dois con- sultórios odontológicos com tecnologia de ponta. Paraocapelãosargento ValdemarGroh,arenovação do visual do ônibus marca um novo momento para o projeto. “Com certeza isso renova os nossos ânimos paracontinuartocandoesse projeto tão bonito e que faz diferençanavidadosneces- sitados”,comentaoreligioso. O coronel Fernando Rodri- gues de Menezes, conta que aparceriasurgiuemconver- sainformalduranteoevento em Araranguá em 2014. “A Aspekto estava plotando o ônibus de uma dupla de músicosqueiaseapresentar eacabamosnosconhecendo. Eles então se dispuseram a plotar gratuitamente o nosso ônibus. Uma benção Geral 13Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 ³Ônibus com novo visual é entregue a Capelania durante solenidade na Aspekto Djonatha Geremias > ARARANGUÁ ÉdeAraranguáaem- presa que, volunta- riamente, renovou a plota- gem do ônibus solidário da CapelaniadaPolíciaMilitar de Santa Catarina, que sai de Florianópolis e percorre váriascidadeslevandoações sociais gratuitas a comu- nidades carentes. Trata-se da agência de publicidade Aspekto Comunicação, que recriou a identidade visual de todo o projeto, chamado Amor Sobre Rodas. Uma contribuição que, se fosse paga, não sairia por me- nos de R$ 13 mil e que foi celebrada oficialmente na manhã de sexta-feira, na sededaempresa,noCentro. O projeto passou por Araranguá em abril do ano passado, na comunidade da Baixadinha, e deve aconte- cernovamenteemsetembro desteano.Policiaismilitares voluntários, em parceria Empresa doou nova plotagem para veículo da Capelania Militar Estadual, que ficou com melhor identidade visual Ônibus religioso melhora visual Amor Sobre Rodas O novo layout pelos grãos de areia, e o bio- filme ali formado elimina a maioriadosmicrorganismos, deixando a água pronta para consumo após uma simples desinfecção. A obra que já está concluída irá beneficiar cercade40pessoasincluindo alunos e professores. Para a professora da EscoladeEnsinoFundamen- tal Rio dos Anjos, Edilene Cristiano de Figueiredo Va- leriano,acisternaconstruída embaixo da quadra de vôlei, vai servir de modelo para outras escolas. “Estamos sendo capacitadas para rece- ber escolas da região e para > ARARANGUÁ A Secretaria Munici- pal de Educação de Ara- ranguá, em parceria com a Fapeu-UFSC, Epagri e Embrapa, inaugura na sexta-feira, às 14h30min na Escola Municipal de Ensino Fundamental da comunidade de Rio dos Anjos, a primeira cisterna preenchida com areia do Brasil. O projeto conside- rado pioneiro é desenvol- vido pelo projeto TSGA – Tecnologias Sociais de Gestão da Água. Aconstruçãodacister- na subterrânea contendo areia teve início nos dias 20 e 21 de novembro de 2014, com o objetivo de de- senvolver uma tecnologia socialparaarmazenamen- to e tratamento da água da chuva. A Secretaria do Interior deu apoio na escavação da cisterna com auxílio de máquina retro- escavadeira. De acordo com os técnicos da TSGA, neste projeto, além de ser ar- mazenada, a água sofre filtraçãoaosemovimentar Escola inaugura cisterna pioneira no país trabalhar com o Projeto TSGA”, afirma. No período de 2007 a 2010 Santa Catarina foi cenáriodaprimeiraedição do Projeto Tecnologias Sociais para a Gestão da Água (TSGA). Em 2013, iniciou-se novo ciclo fruto desta experiência de su- cessodefortalecimentodo uso sustentável da água. Na reedição, o projeto conta com participação da Universidade Fede- ral de Santa Catarina, da Epagri e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). ³Início da construção foi retratada em 2014 Aspekto,JoséPereira,esses dois valores foram deter- minantes na elaboração do conceito por trás da nova identidadevisualdoprojeto. “Aresponsabilidade social é obrigaçãodecadaumdenós, que talvez não possamos mudar o mundo todo, mas podemos fazer a diferença ao nosso redor”, salientou o empresário. A equipe de criação ficou um mês traba- lhandodesdeaconcepçãoda ideiaatéaadesivagemfinal. O layout ainda conta com o nome Amor Sobre Rodas ao lado de diversas logomarcas das empresas parceiras e das instituições quepromovemoprojeto,que são a Capelania Militar de Santa Catarina e aAssocia- ção Diácono Ademi Pereira deAbreu (Adapa). Segundo o capelão, a nova identida- de visual produzida pela Aspekto será, aos poucos, estendida as outras peças visuais do projeto. Quem se emocionou com a novidade foi o vice- -presidente da Adapa, Ri- cardo José de Souza, funda- dordoprojeto,em2007.Ele contaque,naépoca,eraum grupo pequeno de voluntá- rios que atuava fixamen- te no bairro Ingleses, em Florianópolis, ajudando de 80 a 90 famílias carentes. “Hojeemdiajáperdemosas contas de quantas famílias são ajudadas em todo o es- tado.Semdúvida,essenovo visual do projeto dá novo ânimo para continuarmos ostrabalhos,enãoteríamos como investir tanto dinhei- ro se fosse pago”, concorda o fundador.
  14. 14. Publicidade14 Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015
  15. 15. Polícia 15Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 Rafael Andrade Operação Nova Lei De acordo com a última Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar, as formas de obtenção de bebidas alcoólicas por jovens são em festas (39,7%), com amigos (21,8%), em mercado, loja, bar ou supermercado (15,6%)ounaprópriacasa(10,2%).ApesquisafoifeitapeloMinistérioda SaúdeemparceriacomoInstitutoBrasileirodeGeografiaeEstatística (IBGE). Anteriormente, a venda de bebida a menores era considerada contravenção penal, com punições mais brandas. Pesquisa ação e acompanhou dois adolescentes vítimas e dois testemunhas, que foram liberados para os pais ou responsáveis. Um moto- rista bêbado também foi preso durante a operação coordenada pelos delega- dos Jair Pereira Duarte e Jorge Giraldi e com a par- ticipação de dez policiais civis. O condutor embria- gado foi levado ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para realizar o teste do bafômetro. Os flagran- tes foram presididos pelo delegado Diego Archer de Haro, que arbitrou fiança aos detidos. O trio foi libe- rado ainda na madrugada de sábado. Agerênciadopostovisi- tado no fim de semana pela políciafoiinstruídaapassar correntes em boa parte da pista e evitar aglomera- ção de jovens. “Este não é um local de zoeira. É para abastecer e ir embora. Não há explicação para um pos- to vender bebida alcoólica para o motorista”, lamenta Giraldi. “É importante este tipo de ação da polícia. É a primeira do gênero neste ano. Vamos continuar de olho neste tipo de crime. Esta nova lei possibilitou a prisão e pode reduzir o con- sumo de bebidas alcoólicas deadolescentes”,prevêJair. Quem flagrar alguém vendendo ou servindo be- bidas para crianças ou ado- lescentes pode ligar para o disque-denúncia da Polícia Civil no número 181, ou ligar para o 190 da Polícia Militar.Tambémpodeinfor- maroMinistérioPúblico ou o Conselho Tutelar da sua cidade. > SOMBRIO/GAIVOTA Uma moradora de Sombrio teve a suabolsafurtadadedentrodeumacasa, emBalneárioGaivota.ZoniFreitasRéus estava visitando uma comadre na tarde de ontem e sua bolsa foi colocada por ela em cima da cama, em um quarto. Depois a dona da casa e as visitas foram para a cozinha, nos fundos, tomar café. Mais tade, ao pegar a bolsa para ir embora, Zoni não a encontrou mais. Na bolsa estava a carteira com todos os seus do- cumentos, cartão de banco, celular e R$ Bolsaéfurtadadedentrodecasa 200,00 em dinheiro. “Acomadredeixouoportãodafrente encostado e a janela do quarto aberta. Estávamos todos dentro de casa, mesmo assim entraram pela janela e pegaram a minha bolsa”, contou desanimada. Elaestáoferecendoumarecompensa de R$ 200,00 a quem entregar ao menos os seus documentos, já que os bandidos costumam jogar a bolsa fora depois de pegarem o dinheiro. Quem tiver informação pode entrar em contato com o Correio do Sul pelo fone 3533 0870 ou com a PM pelo 190. Além da funcionária de um posto,rapaz de 18 anos também foi detido por fornecer bebida alcoólica a menores de idade > ARARANGUÁ Umamegaoperação da Polícia Civil de Araranguá e Maracajá resultou na prisão de duas pessoas na madrugada de sábado. Uma delas é operadora de caixa de um movimentado posto de combustíveis no bairro Ci- dade Alta, em Araranguá. Ela foi detida por vender bebida alcoólica para um garoto de 15 anos. Um jo- vem de 18 anos, que estava no pátio do posto, também foi detido. Ele estava com duas adolescentes de Me- leiro, de 16 e 17 anos, e ofereceu cerveja a elas. Conforme a nova lei san- cionada pela presidente Dilma Rousseff na última terça-feira, que começou a valer na quarta-feira pas- sada, vender, fornecer, mi- nistrar ou entregar bebida com qualquer percentual de álcool para crianças e adolescentesagoraécrime. A medida também se Caixa é presa vendendo álcool estende a outros produtos que possam causar depen- dência física ou psíquica se não houver justa causa para a venda, como o ci- garro. A pena é de dois a quatro anos de reclusão e multa que varia de R$ 3 mil a R$ 10 mil, além da interdição do estabeleci- mento comercial. Os dois presos na Operação Nova Lei foram encaminhados para a Central de Polícia e saíram somente após o pagamento da fiança, que varia entre um e 100 salá- rios mínimos, conforme a quantidade de bebida e a idade do aliciado. ALei 13.106/2015 alte- ra o artigo 243 do Estatuto da Criança e doAdolescen- te (ECA - Lei 8.069/90). O projeto foi sancionado apóstersidoaprovadopela Câmara dos Deputados no último dia 24 de fevereiro, sem ter sofrido qualquer alteração em relação ao texto aprovado pelo Se- nado. O Conselho Tutelar de Araranguá participou da ³Delegados Giraldi e Jair comandaram a operação em postos de combustíveis ³Atendente do posto foi flagrada vendendo bebida alcoólica a menor de idade ³Policiais e conselheiras fazem ação contra o álcool
  16. 16. Publicações Legais16 Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 EXTRATO CONTRATUAL Aditivo Nº.....: 2-108/2014 - Contrato Nº: 108/2014 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:BATISILVACOMERCIOEPAVIMENTACOESLTDA-EPP Valor............: 0,00 (zero) Vigência.......: Início: 12/02/2015 Término: 13/03/2015 Licitação......: TomadadePreçop/ObraseServ.Engenharia Nº.: 55/2014 Recursos.....: Dotação: Objeto..........: Pavimentação com lajota em concreto, drenagem pluvial, passeiopúblicoesinalizaçãoderuasnobairroLagoadeForacomárea total de 8.608,40 metros quadrados. Contrato Nº..: 25/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:HAYAINFORMATICALTDA- ME Valor............: 66.082,00 (sessenta e seis mil e oitenta e dois reais) Vigência.......: Início: 05/02/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: Convite p/ Compras e Serviços Nº.: 20/2015 Objeto..........: Contratação de empresa para recarga e fornecimento parceladosdecartuchosetonersnãoremanufaturados,paramanutenção da Secretaria deAdministração e Finanças e demais secretarias deste município, durante o exercício de 2015, obedecendo integralmente os termosdaminutacontratualePlanilhacomespecificaçõesequantidades do produto em anexo. Contrato Nº..: 27/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:EVANDRO CANDIDO DALUZ - ME Valor............: 56.140,00 (cinquenta e seis mil cento e quarenta reais) Vigência.......: Início: 05/02/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: Convite p/ Compras e Serviços Nº.: 125/2014 Objeto..........: A presente Carta Convite p/ Compras e Serviços visa a contratação de empresa para fornecimento parcelado de Água Mineral 20LeGásdecozinha13kg,paraatenderasnecessidadesdaSecretaria deAdministraçãoeFinanças;PETI;EnsinoInfantileEnsinoFundamental, para o exercicio de 2015, conforme tabela em anexo (ANEXO I). Contrato Nº..: 29/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada....: MD CONTROLE DE PRAGAS LTDA Valor............: 6.545,00 (seis mil quinhentos e quarenta e cinco reais) Vigência........: Início: 06/02/2015 Término: 31/12/2015 Objeto..........: Constitui objeto do presente contrato a contratação de empresa especializada em imunização e controle de pragas e acompanhamentomensalparamanutençãopreventivadasunidadesde EnsinoFundamentaleInfantildoMunicípioesemestralparaasunidades daSecretariadeDesenvolvimentoSocialqueincluiCRAS(Conselhode Referência de Assistência Social), PETI (Programa de Erradicação do TrabalhoInfantil)eConselhoTutelaretambémalimpezasemestraldas caixas d’água de todas as unidades acima Contrato Nº..: 26/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:CRISTIAN HUMBERTO CLAUDINO 89933087991 Valor............: 51.751,00 (cinquentaeummilsetecentosecinquentaeum reais) Vigência.......: Início: 05/02/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: Convite p/ Compras e Serviços Nº.: 19/2015 Objeto..........: A presente Carta Convite p/ Compras e Serviços visa a Contratação de empresa para o fornecimento parcelado de Óleos Lubrificantes,Fluídoparafreiosegraxa,paraamanutençãodafrotadeste município, durante o exercício de 2015, obedecendo integralmente os termosdaminutacontratualePlanilhacomespecificaçõesequantidades do produto em anexo. Contrato Nº..: 28/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:SULEVENTOS LTDAEPP - EPP Valor............: 3.700,00 (três mil e setecentos reais) Vigência.......: Início: 06/02/2015 Término: 10/05/2015 Licitação......: Inexigibilidade de Licitação Nº.: 27/2015 Objeto..........: Contratação de um show com a Banda Renascer, que se realizará no dia 07/01/2015 às 20 horas com duração de duas horas para atender a programação “Viva Verão” Contrato Nº..: 30/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:GUILHERMINANUNES - ME Valor............: 78.941,85 (setenta e oito mil novecentos e quarenta e um reais e oitenta e cinco centavos) Vigência.......: Início: 06/02/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: Convite p/ Compras e Serviços Nº.: 23/2015 Objeto..........: Fornecimento parcelado de materiais de construção diversosparaatenderasnecessidadedaSecretariadeObraseServiços Urbanos e demais secretarias municipais durante o ano de 2015, obedecendo integralmente os termos da minuta contratual e Planilha com especificações e quantidades do produto em anexo Contrato Nº..: 31/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:REDE DE COMUNICACOESAMORIM LTDA- ME Valor............: 30.000,00 (trinta mil reais) Vigência.......: Início: 06/02/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: Inexigibilidade de Licitação Nº.: 28/2015 Objeto..........: Contratação de quatro shows artísticos, com palco, luz e som, com as bandas: GRUPO CHAPELÃO, BANDA LOKAMANIA, FELIXEMARCELOeDJCHANDER,queserealizaránodia12/02/2015 à partir das 20 horas com a duração prevista de 06 horas para o evento “Carnaval Viva Verão”, no município de Balneário Gaivota. Contrato Nº..: 32/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:CAMPOS E ROCHAINFORMATICAE INFORMACAO LTDA- ME ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA Valor............: 33.605,00 (trinta e três mil seiscentos e cinco reais) Vigência.......: Início: 10/02/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: Convite p/ Compras e Serviços Nº.: 22/2015 Objeto..........: A presente Carta Convite visa a prestação de serviços técnicos para assessoria e manutenção ao sistema de tributos da Prefeitura Municipal de Balneário Gaivota, no exercício de 2015 Balneário Gaivota,20 de Março de 2015 Contrato Nº..: 33/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:JÚLIO RAMOS LUZ Valor............: 0,01 (um centavo) Vigência.......: Início: 10/02/2015 Término: 10/05/2015 Licitação......: Inexigibilidade de Licitação Nº.: 30/2015 Objeto..........: É objeto do presente contrato a prestação, pelo CONTRATADO,deCONSULTORIA,ASSESSORIA,ESTRUTURAÇÃO, ELABORAÇÃO E REALIZAÇÃO DE LEILÃO DE BENS pertencentes aoCONTRATANTE,quedeverãoserexecutadosemdataaserdefinida posteriormente considerados inservíveis. Contrato Nº..: 34/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:INSTITUTO O BARRIGAVERDE Valor............: 75.000,00 (setenta e cinco mil reais) Vigência.......: Início: 10/02/2015 Término: 12/05/2015 Licitação......: PREGÃO PRESENCIAL Nº.: 16/2015 Objeto..........: Contratação de empresa especializada (Instituição de Ensino Superior ou Empresa Vinculada que ofereça Ensino Superior) visandoàrealizaçãodeCONCURSOPÚBLICOEPROCESSOSELET PARA PREENCHIMENTO do quadro de funcionários da Prefeitura Municipal de Balneário Gaivota, conforme condições constantes neste Edital e seusAnexos Contrato Nº..: 35/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:BRASILSERVICOS E COMERCIO DE PECAS AUTOMOTIVAS LT Valor............: 76.249,50 (setenta e seis mil duzentos e quarenta e nove reais e cinquenta centavos) Vigência.......: Início: 10/02/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: Convite p/ Compras e Serviços Nº.: 24/2015 Objeto..........: Contratação de empresa do ramo pertinente, para a aquisição de Peças para a Manutenção das retroescavadeiras NEW HOLLAND LB110, CASE 580L, trator VALMET 785 e Caminhão Pipa Mercedez-Benz MB1318, para atender as necessidades da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos, em conformidade com as especificações e quantitativos prescritos noAnexo I -Termo de Referencia, que passa a fazer parte integra deste edital. Contrato Nº..: 36/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:PORCIPECASACESSORIOSESERVICOSEIRELI-ME Valor............: 73.847,20 (setenta e três mil oitocentos e quarenta e sete reais e vinte centavos) Vigência.......: Início: 10/02/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: Convite p/ Compras e Serviços Nº.: 25/2015 Objeto..........: AquisiçãoparceladadePeçaseServiçosdeMão-de-Obra para a Manutenção dos veículos da Secretaria de Educação Municipal, atendendo as necessidades da mesma durante o exercício de 2015, em conformidade com as especificações e quantitativos prescritos no Anexo I - Termo de Referencia, que passa a fazer parte integra deste editalContrato Nº..: 37/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:SERRARIAPACHECO LTDA- EPP Valor............: 77.684,50 (setenta e sete mil seiscentos e oitenta e quatro reais e cinquenta centavos) Vigência.......: Início: 10/02/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: Convite p/ Compras e Serviços Nº.: 26/2015 Objeto..........: Contratação de empresa para fornecimento parcelado de tubos de concreto, tampas de boca de lobo, blocos e meio fio, para manutençãodeestradaseviaspúblicasdestemunicípionoexercíciode 2015,conformePlanilhacomespecificaçõesequantidadesdoprodutoem anexo. Balneário Gaivota,20 de Março de 2015 Contrato Nº..: 38/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:COOPERATIVAMISTADEAGRIC. E FAMILIARES DE SOMBRI Valor............: 25.469,50 (vinte e cinco mil quatrocentos e sessenta e nove reais e cinquenta centavos) Vigência.......: Início: 10/02/2015 Término: 30/06/2015 Licitação......: DispensadeLicitaçãop/CompraseServiços Nº.: 29/2015 Objeto..........: Aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar e empreendedor familiar rural para atender os alunos matriculados nas escolasdeEducaçãoInfantileFundamentaldaRedeMunicipaldeEnsino, para o primeiro semestre de 2015 Contrato Nº..: 39/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:ERALDO PORTO SILVANO Valor............: 17.585,22 (dezessetemilquinhentoseoitentaecincoreais e vinte e dois centavos) Vigência.......: Início: 10/02/2015 Término: 30/06/2015 Licitação......: DispensadeLicitaçãop/CompraseServiços Nº.: 29/2015 Objeto..........: Aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar e empreendedor familiar rural para atender os alunos matriculados nas escolasdeEducaçãoInfantileFundamentaldaRedeMunicipaldeEnsino, para o primeiro semestre de 2015. Contrato Nº..: 40/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:JOSIVAN OLIVEIRADACUNHA Valor............: 9.396,00 (nove mil trezentos e noventa e seis reais) Vigência.......: Início: 10/02/2015 Término: 30/06/2015 Licitação......: DispensadeLicitaçãop/CompraseServiços Nº.: 29/2015 Objeto..........: Aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar e empreendedor familiar rural para atender os alunos matriculados nas escolasdeEducaçãoInfantileFundamentaldaRedeMunicipaldeEnsino, para o primeiro semestre de 2015. Balneário Gaivota,20 de Março de 2015 Contrato Nº..: 41/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:LEONOR DASILVAFERREIRA Valor............: 9.000,00 (nove mil reais) Vigência.......: Início: 10/02/2015 Término: 30/06/2015 Licitação......: DispensadeLicitaçãop/CompraseServiços Nº.: 29/2015 Objeto..........: Aquisição de gêneros alimentícios da agricultura familiar e empreendedor familiar rural para atender os alunos matriculados nas escolasdeEducaçãoInfantileFundamentaldaRedeMunicipaldeEnsino, para o primeiro semestre de 2015. Contrato Nº..: 42/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:ELIETE DE OLIVEIRAVARGAS - ME Valor............: 72.508,30 (setentaedoismilquinhentoseoitoreaisetrinta centavos) Vigência.......: Início: 20/02/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: Convite p/ Compras e Serviços Nº.: 21/2015 Objeto..........: Apresente Carta Convite p/ Compras e Serviços visa a aquisição de madeiras para, demarcações de áreas de banho, reforma daspassarelaseparaoutrosfins,atendendoanecessidadedaSecretaria de Obras e Serviços Urbanos e demais Secretarias no ano de 2015, obedecendointegralmenteostermosdaminutacontratualePlanilhacom especificações e quantidades do produto em anexo. Contrato Nº..: 43/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:VAGNER VISOLI Valor............: 44.000,00 (quarenta e quatro mil reais) Vigência.......: Início: 20/02/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: PREGÃO PRESENCIAL Nº.: 18/2015 Objeto..........: Contratação de empresa técnica especializada para prestação de serviços de consultoria na captação de recursos e gestão de convênios e contratos com atuação voltada, para com os órgãos federais com objetivo de promover a melhoria da infraestrutura, patrimonialedosserviçospúblicosoferecidosàpopulaçãodoMunicípio de Balneário Gaivota. Contrato Nº..: 44/2015 Contratante..: PREFEITURAMUNICIPALDE BALNEARIO GAIVOTA Contratada...:HAYAINFORMATICALTDA- ME Valor............: 21.936,70 (vinteeummilnovecentosetrintaeseisreaise setenta centavos) Vigência.......: Início: 26/02/2015 Término: 31/12/2015 Licitação......: Convite p/ Compras e Serviços Nº.: 31/2015 Objeto..........: Contratação de empresa do ramo pertinente para o fornecimentodemateriaisdeequipamentosdeinformática,destinadosao atendimento das necessidades da Secretaria deAdministração e Finanças, Secretaria de Educação e da Secretaria de Desenvolvimento Social, durante o exercício de 2015. Conforme especificações e quantitativos apresentados no anexo I, que integra este edital. PROCESSO LICITATÓRIO N° 36/2015 MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL A PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA, de acordo com as Leis 10.520, de 17/07/2002, subsidiariamente pela Lei Federal nº8.666/93de21/06/93esuasalteraçõesealteraçõesposteriores,torna público que se encontra aberta a Licitação na modalidade de PREGÃO PRESENCIAL, do tipo “menor preço”, objetivando a contratação de empresa para o serviço de transporte de alunos da Rede Estadual e Municipal de Ensino, durante o exercício de 2015. AíntegradoEditaledemaisinformaçõesedocumentosnecessáriospara apresentaçãodaspropostasestaráàdisposiçãodosinteressadosapartir desta data, no Departamento de Licitações, no horário das 13h00min às 17h30min, na sede da Prefeitura Municipal, sito naAvenida Guanabara, 452, bloco C, Loteamento Turimar, neste Município. As propostas serão recebidas até as 14h00 do dia 02 de abril de 2015, cominíciodasessãodeaberturadosenvelopesejulgamentonamesma data e hora. Balneário Gaivota, 20 de março de 2014. Ronaldo Pereira da Silva – Prefeito Municipal AVISO DE EDITAL - PROCESSO SELETIVO Nº 001/2015 O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE BALNEÁRIO GAIVOTA, Estado de Santa Catarina, no uso de suas atribuições legais, torna público que fará realizarProcesso Seletivo para provimento de vagas temporárias do quadro único de pessoal da administração direta do município de Balneário Gaivota, contratados sob o regime estatutário conforme Lei ComplementarMunicipal45/1997esuasalteraçõesequeseregerápelas normas estabelecidas neste edital e demais legislação vigente. O Edital do ProcessoSeletivo 001/2015, os demais comunicados e avisos aos candidatos,arelaçãodeinscritos,osgabaritoseprovas,osjulgamentos realizados, convocações e todos os demais atos do Processo Seletivo, serãopublicadosnositiowww.iobv.org.brewww.balneariogaivota.sc.gov. br.As inscrições serão realizadas das 10h do dia 23 de março de 2015 às 23h59min do dia 22 de abril de 2015, exclusivamente pela internet, no endereço www.iobv.org.br, mediante preenchimento de formulário e pagamento do valor correspondente à inscrição. Balneário Gaivota, 20 de março de 2015. Ronaldo Pereira da Silva - Prefeito Municipal
  17. 17. Publicações Legais 17Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Tabelião do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533- 0318 - CEP 88960-000, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 133485; Dev: ADEMIR FERNANDO LENTZ THIMOTEO - 866.903.539-15; Ced: GAIVOTA COMERCIO MATERIAL DE CONSTRUCAO LTDA; Sac: GAIVOTA COMERCIO MATERIAL DE CONSTRUCAO LTDA; Tit: 661043 ; Apr: FCDL; VEN: 14/08/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 636,87+Juros Legais; Emol.: 72,70. Prot: 133527; Dev: BRUNO BATISTA MACHADO - 094.039.139- 24; Ced: RELOJOARIA E OTICA TRESPACH LTDA EPP; Sac: RELOJOARIA E OTICA TRESPACH LTDA EPP; Tit: 3000 ; Apr: FCDL; VEN: 10/10/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 153,00+Juros Legais; Emol.: 72,70. Prot: 133506; Dev: COMERCIAL DE BEM BEZ LTDA ME - 85.213.635/0001-20; Ced: SERGIO LUIZ LENZI; Sac: SERGIO LUIZ LENZI; Tit: 26790 ; Apr: CAIXA ECONÔMICA FEDERAL; VEN: 10/03/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 325,00+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 133529; Dev: ELITON DA SILVA - 077.855.019-20; Ced: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Sac: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Tit: 1682 ; Apr: FCDL; VEN: 17/11/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 285,60+Juros Legais; Emol.: 65,05. Prot: 133525; Dev: ELOISACABRAL FARACO - 983.997.219-72; Ced: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Sac: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Tit: 1411434 ;Apr: FCDL; VEN: 14/03/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 909,84+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 133399; Dev: GERUSA DA ROSA BEZ DE SOUZA - 006.080.649-47; Ced: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Sac: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Tit: 20846 ; Apr: FCDL; VEN: 11/09/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 689,52+Juros Legais; Emol.: 46,96. Prot: 133486; Dev: JOELSON JOAQUIM DA TRINDADE - 946.682.729-49; Ced: GAIVOTA COMERCIO MATERIAL DE CONSTRUCAO LTDA; Sac: GAIVOTA COMERCIO MATERIAL DE CONSTRUCAO LTDA; Tit: NP 06 ; Apr: FCDL; VEN: 07/01/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 994,40+Juros Legais; Emol.: 75,28. Prot: 133484; Dev: KELVIN MICHEL CORREA TEIXEIRA - 030.773.040-90; Ced: GAIVOTA COMERCIO MATERIAL DE CONSTRUCAO LTDA; Sac: GAIVOTA COMERCIO MATERIAL DE CONSTRUCAO LTDA; Tit: NP 06 ; Apr: FCDL; VEN: 26/01/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 934,24+Juros Legais; Emol.: 75,28. Prot: 133479; Dev: KETRIM DE BORBA RAUPP - 041.038.209- 42; Ced: LOJAS SOMBRA RIO; Sac: LOJAS SOMBRA RIO; Tit: 3874 ; Apr: FCDL; VEN: 05/06/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 1.101,60+Juros Legais; Emol.: 54,62. Prot: 133482; Dev: PATRICIA VIEIRA ROSA - 910.097.820-53; Ced: GAIVOTA COMERCIO MATERIAL DE CONSTRUCAO LTDA; Sac:GAIVOTACOMERCIOMATERIALDECONSTRUCAO LTDA; Tit: 663450 ; Apr: FCDL; VEN: 16/05/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 1.357,00+Juros Legais; Emol.: 70,13. Prot: 133523; Dev: SUELEN BITENCOURT ELIAS - 065.485.489- 06; Ced: SUPER CREDI JAPONES SERVI OS ASSESSORIA CREDI; Sac: SUPER CREDI JAPONES SERVI OSASSESSORIA CREDI; Tit: 290138-8 ; Apr: FCDL; VEN: 13/10/2014; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: 48,00+Juros Legais; Emol.: 46,96. Sombrio - SC, 23/03/2015 - ARLINDO EDÍLIO DA ROSA AVISO DE EDITAL - CONCURSO PÚBLICO Nº 001/2015 O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE BALNEÁRIO GAIVOTA, Estado de Santa Catarina, no uso de suas atribuições legais, torna público que fará realizar Concurso Público para provimento de vagas do quadro único de pessoal da administração direta do município de Balneário Gaivota, contratados sob o regime estatutário conforme Lei Complementar Municipal 45/1997 e suas alterações e que se regerá pelas normas estabelecidas neste edital e demais legislação vigente. O Edital do Concurso Público 001/2015, os demais comunicados e avisos aos candidatos, a relação de inscritos, os gabaritos e provas, os julgamentos realizados, convocações e todos os demais atos do Concurso Público, serão publicados no sitio www.iobv.org.br e www. balneariogaivota.sc.gov.br.As inscrições serão realizadas das 10h do dia 23 de março de 2015 às 23h59min do dia 22 de abril de 2015, exclusivamente pela internet, no endereço www.iobv.org. br, mediante preenchimento de formulário e pagamento do valor correspondente à inscrição. EDITAL DE CONVOCAÇÃO O MUNICÍPIO DE ARARANGUÁ, PESSOA JURIDICA DE DIREITO PÚBLICO INTERNO, CNPJ Nº 82.911.249/0001-13, COM SEDE À RUA DR. VIRGULINO DE QUEIROZ Nº 200, CENTRO, MUNICÍPIO DE ARARANGUÁ – SC CONVOCA A PESSOAABAIXO MENCIONADA, PARAQUE COMPAREÇANO PRAZO DE 03 DIAS, NA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO DA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ, SITUADO NO ENDREÇO ACIMA MENCIONADO, PARA TRATAR DE ASSUNTOS DE SEU INTERESSE, SOB AS PENAS DA LEI. * JANAINA ALEXANDRE PAGNAN Araranguá, 20 de março de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL - Prefeito Municipal Aviso de Licitação Processo Adm. n. 18/2015 Edital: Pregão Presencial n. 06/2015 Tipo: Menor Preço Objeto: Contratação de empresa do ramo pertinente para Prestação de Serviços de Manutenção e Revisão da Rede de Iluminação Pública do Município durante o exercício de 2015, conforme projeto básico em anexo, obedecendo integralmente os termos da minuta contratual (anexo I), Entrega dos Envelopes:09:00 horas do dia 02 de Abril de 2015. Abertura dos Envelopes:09:00 horas do dia 02 de Abril de 2015. O Edital e esclarecimentos poderão ser obtidos no seguinte endereço e horário: Rua Irineu Bornhausen, 320, nos dias úteis, de segunda á sexta, das 08:00 ás 11:30 h. e das 13:30 as 17:00 h, ou pelo telefone 48 3532-0132. Praia Grande-SC, 06 de Março de 2015. Valcir Daros - Prefeito Municipal ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA Balneário Gaivota, 20 de março de 2015. Ronaldo Pereira da Silva - Prefeito Municipal ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE PRAIA GRANDE
  18. 18. Publicidade18 Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015
  19. 19. Entrevista 19Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 [PeloEstado]-Estamosnofi- nal da Semana do Consumi- dor, na qual foram comemo- rados os 25 anos de Código de Defesa do Consumidor. O que foi feito? Elizabete Fernandes - Inicia- mos a semana, por iniciativa da secretária Ada de Luca (Justiça e Cidadania), com uma sessão de homenagens na Assembleia Legislativa e entrega de troféus para aproximadamente 50 Pro- cons municipais e autoridades, além de palestra um dos maio- res especialistas em Direito do Consumidor, Ricardo Morishita Wada. Também realizamos, em São José, o 9º Fórum Estadual dos Procons, para fazer o pla- nejamento de 2015. Também fi- zemos um roteiro com a Escola Estadual de Defesa do Consu- midor, uma unidade móvel, pio- neira no Brasil, que começou a semana em São José e terminou em Navegantes. [PE] - Fale mais sobre essa escola. Elizabete - É uma estrutura iti- nerante, inaugurada no ano pas- sado, montada em um baú insta- lado dentro de um caminhão com abertura lateral que forma uma sala de aula com capacidade para 40 pessoas, com banheiro, cozi- nha,acessibilidade...éumaestru- tura muito bonita! Um dos nos- sos objetivos é a educação. E só em 2014 passamos em 15 muni- cípios, nos quais recebemos mais de9,7milcriançaseadolescentes. Começamos a trabalhar os direi- tos do consumidor de forma bem simples. E eles são muito ligados! Para dar o máximo uso possível, no período noturno recebemos outros públicos, como estudantes de nível superior, associações de idosos e até empresários, que às vezes têm deficiência de informa- ção. Em 2015, queremos chegar a 15 mil atendimentos. O Procon trabalha prioritariamente com prevenção e educação, e não com punição, como alguns pensam.PeloEstado Entrevista ELIZABETE LUIZA FERNANDES É diretora do Departamento de Defesa do Consumidor (Procon-SC), órgão da Secretaria de Estado da Justiça e Cidadania, desde fevereiro de 2011. Formada em Direito, tem diversos cursos na área. Há 27 anos dedica-se ao tema. Iniciou com o Programa de Defesa do Consumidor, criado pelo Estado em 1988, portanto dois anos antes da criação do próprio Código de Defesa do Consumidor (CDC), que está completando 25 anos. No final da Semana do Consumidor, Elizabete concedeu entrevista exclusiva à Coluna Pelo Estado e lembrou: “Fui pra rua fazer abaixo-assinado para pressionar o Congresso Nacional a sancionar o Código”. Atuando na Associação das Donas de Casa, Elizabete também foi uma das cabeças do movimento que provocou a revisão do próprio CDC, baixando de 10% para 2% as multas por atraso. “Um movimento que começou em Santa Catarina e repercutiu nacionalmente”, orgulha-se. [PE] - A senhora também esteve em Brasília durante a semana. Elizabete - Sim. Fui represen- tar o Estado na reunião da Sena- con (Secretaria Nacional do Con- sumidor) para o planejamento 2015 do Plano Nacional de De- fesa do Consumidor (Plandec). Foram praticamente dois dias de trabalho e elencamos 11 linhas de atuação. E a secretária nacional, Juliana Pereira da Silva, aprovei- tou para nos informar que o Bra- sil vai sediar o Encontro Mundial de Defesa do Consumidor, no mês de novembro, em Brasília. Só de delegados internacionais virão 300 pessoas, além de pelo menos 400 representantes do Procons do país. [PE] - O Código do Consumi- dor brasileiro ainda é consi- derado um dos mais avança- dos do mundo? Elizabete - Nosso código é uma das leis mais avançadas do mun- do. Hoje já existe um grupo de trabalho na ONU (Organização das Nações Unidas) para criar uma resolução específica sobre os direitos e os deveres do consumi- dor. É um grande avanço. Além disso, junto com a Senacon e os Procons do país inteiro, mante- mos uma vigília constante no Congresso Nacional, verificando os projetos de lei que podem des- fazer as linhas mestras do código. São tentativas de poderes econô- micos que estão representados no Congresso. Ao mesmo tempo, por esse mesmo motivo nós não conseguimos avançar, moderni- zar o nosso código. O Projeto de Lei 5196/2013, por exemplo, de autoria do Poder Executivo e que prevê a revisão de medidas cor- retivas, recebe emendas e emen- das e hoje está descaracterizado. Está difícil evoluir. Temos que fazer uma força-tarefa, promover a pressão das bases em cima dos representantes dos estados para conseguir avançar. [PE] - Como está Santa Ca- tarina em relação a outros estados? Elizabete - Voltei muito satis- feita de Brasília! Tivemos um boletim do Sindec (Sistema Na- cional de Informações de Defesa do Consumidor) quanto ao aten- dimento em Santa Catarina em comparação com outros estados. Em 2014, tivemos 135.634 aten- dimentos. Além disso, somos o estado com o maior número de Procons vinculados ao Sindec, 86 de um total de 88 Procons municipais. É motivo de muita satisfação! E com mais um dado positivo: temos um índice de re- solutividade de 96%. A marca Procon tem muita credibilidade, porque faz um trabalho volta- do para a cidadania. Temos que entender que o código também ajuda as empresas a melhorarem seus produtos e serviços. [PE] - Santa Catarina tem 295 municípios e só 88 pos- suem Procon. Como resol- ver isso? Elizabete - Todos os anos a se- cretária Ada abre uma campanha demunicipalização.Recentemen- teelaencaminhouofíciosparato- dos os municípios que ainda não oferecem o serviço, pedindo que se criasse o Procon municipal e mostrando a importância da me- dida. Quando a Constituição Fe- deral de 1988 passou a exigir um órgão de defesa do consumidor, isso repicou nas constituições es- taduaisedaíparaasleisorgânicas dos municípios. E muitos ainda não cumprem. É preciso enten- der que se trata de um serviço social. O Procon trabalha priori- tariamente com prevenção e edu- cação, e não com punição, como alguns pensam. Os cidadãos de municípios que não têm Procon estão desprotegidos nos casos de problemas na relação com opera- dores de telefonia ou com o siste- ma financeiro ou com uma gran- de rede de varejo que vendeu sem informar que no local não tem assistência técnica. São empre- sas quase inacessíveis e que não têm representações municipais. Há um desamparo do cidadão e o prefeito tem que entender que o Procon é uma política pública de grande importância. [PE] - Há uma meta? Elizabete - A nossa meta é criar pelo menos 40 Procons munici- pais em 2015 e inserir todos eles no Sindec. É um serviço barato e que não precisa estar disponível o dia todo, todos os dias. Depen- dendo do município, duas tardes na semana são suficientes. E nós, do Procon estadual, damos todas as orientações, todo o treinamen- to necessário. Além do nosso site, que tem quase 2 mil acessos por dia, que também traz todas as orientações, e do grupo de What- sapp que mantemos e pelo qual tiramos dúvidas mutuamente e com mais agilidade. [PE] - Por que o Procon é tão importante? Elizabete - É uma política pú- blica de grande repercussão so- cial. E, olhando de forma mais abrangente, não podemos esque- cer o que a defesa do consumidor representa para a economia do Estado. Para se ter uma ideia, entre 2011 e 2014 registramos 76 mil reclamações. Se essas 76 mil pessoas fossem ao Judiciário, a um custo de R$ 1,7 mil cada ação, pela tabela do Conselho Nacional de Justiça, isso representaria R$ 130 milhões! Além do enorme volume de causas, que pesariam muito no Judiciário. [PE] - Em caso de algum problema na relação de consumo, o que devem fa- zer os cidadãos de municí- pios que não têm Procon? Elizabete - A orientação é que procurem o Ministério Públi- co de sua comarca, ou encami- nhem uma denúncia ao Procon estadual, ou, ainda, que usem a plataforma virtual, de nível na- cional, que é o Consumidor.Gov (www.consumidor.gov.br), mo- nitorada pelo Procon estadual. Nessa plataforma, o consumi- dor interage com a empresa e nós apenas acompanhamos. O tempo médio de resolutividade não chega a seis dias. Estamos com cerca de 400 empresas conveniadas, todas de abran- gência nacional, como grandes redes de varejo. Agora vamos começar a conveniar empresas com atuação estadual. É uma experiência muito interessante e que está trazendo resultados muito positivos. [PE] - Uma das marcas do Procon-SC são as pesqui- sas de preço. Elizabete - Consideramos as pesquisas fundamentais para o consumidor. Provocam a for- mação de um hábito saudável, que é a própria pesquisa de preços, e mostram que vive- mos em um mercado de livre concorrência, sem preços tabe- lados, e que, portanto, existem produtos iguais com preços diferentes em diferentes es- tabelecimentos. Há situações em que provamos ser possível uma economia de 50%. Isso não pode ser desprezado! Anu- almente, fazemos pesquisas de preços de produtos para ceia de final de ano, de Páscoa, brinquedos e material escolar. Trimestralmente também são feitas pesquisas sobre a evo- lução dos preços de produtos da cesta básica, de higiene e de limpeza. Até o final do ano SC deve ter 130 Procons municipais Andréa Leonora e Alexandre Brandão Flor�an��ol��� ��Flor�an��ol��� �� 23Mar15 CENTRAL DE DIÁRIOS TRINTA E DOIS INTEGRADOS DIÁRIOS INTEGRADOS PRESENÇA EM 62% DE SC PeloEstado peloestado@centraldediarios.com.br www.centraldediarios.com.br
  20. 20. SEGUNDA-FEIRA, 23 DE MARÇO DE 2015
  21. 21. responsável legal. Para adentrar ao campo de jogo o atleta terá que levar ou docu- mento de identidade RG, ou Carteira Nacional de Habilitação (carteira de motorista), ou seja, não vale carteira de trabalho nem quaisquer outros do- cumentos que não sejam estes dois. Outra novidade para série, divididos em gru- pos de seis equipes que jogam cinco partidas. Na explanação feita pelo Gerente Municipal de Esportes, Fernando Ferreira, a lembrança da punição unificada, ou seja, se um jogador ou dirigente estiver punido em qualquer competição reconhecida pelo municí- pio ou estado realizador e essa pena for em dias, o atleta estará inapto a dis- putar nosso campeonato nesse período de gancho. “Precisamos acabar ou no mínimo diminuir estes casos absurdos de violência contra compa- nheiros de esporte ama- dor, seja ele adversário de time, torcedor ou ár- bitro e com a punição unificada a gente tira as pessoas que não pensam no esporte como forma de integração e lazer”, disse Fernando. A comprovação de > SOMBRIO Na noite da última quinta-feira, na Casa de Pedra, no Com- plexo Esportivo Antônio Sant'Helena, aconteceu um dos melhores con- gressos técnicos do Cam- peonato Sombriense de Futebol Amador. Representantes de todos os 36 times das três divisões da competição estiveram presentes para acompanhar a explana- ção do regulamento e discutir alguma altera- ção que pudesse ser feita. O Campeonato Som- briense de Futebol Ama- dor 2015 inicia no dia 26 de abril e será disputado nos domingos, a partir das 9h, com jogos da terceira divisão, 13h com partidas da segunda di- visão e 15h os jogos da primeira divisão. Serão 12 clubes cada Vai rolar a bola Segunda-feira, 23 de março de 2015 ³ 21-44-50-66-80CONCURSO 3.744 QUINA 21/03 Próxima reunião será para sorteio dos grupos e entregas das fichas de inscrições aos 36 times participantes ³ 18-23-30-32-42-56 CONCURSO 1.688 MEGA SENA 21/03 Sombriensecomeçaem26deabril domicílio eleitoral som- briense, já que o certame permitirá, este ano, que apenas quatro jogadores de fora da cidade possam jogar, por time, se dá via título de eleitor do atleta, com exceção daqueles que ainda não completaram 16 anos e são nascidos em 1999, que devem apre- sentar título eleitoral do pai, da mãe ou de seu 2015 será a categoria sub10. O Sombriense nas categorias de base acontecerá para atletas menores de 10, 12, 14 e 16 anos. “Vamos fazer um campeonato ainda me- lhor que os últimos. Es- tamos esperando a parti- cipação das comunidades de volta, com mais atle- tas dos bairros, a volta da rivalidade sadia que nos faz ficar a semana toda comentando sobre a rodada que passou com amigos que estiveram dentro de campo, não falando de jogadores que vieram de outras cida- des dar show dentro de campo e sair depois sem vínculo nenhum com nos- so município”, concluiu o gerente.
  22. 22. ra da convivência entre crianças e adolescentes, melhora da qualidade de vida, saúde, entre outros benefícios que atividades físicaspodemproporcionar. As crianças e ado- lescentes que queiram participar podem se dire- cionar a estes locais para realizarem as atividades. Participe, pois esporte é vida, é saúde. > JACINTO MACHADO OGoverno Muni- cipal de Jacin- to Machado, através da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Es- porte, tem incentivado o desenvolvimentodoespor- te como importante meio para integração social de alunosdediferentesfaixas Flavinho e Karlinha 2 Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 Esporte Cleder Maciel (48) 9900 3535 esportes@grupocorreiodosul.com.br https://www.facebook.com/cleder.maciel Projeto Sou Craque no Esporte inicia atividades etárias. Oprogramaédesenvol- vido no município e atende crianças e adolescentes de 6 a 15 anos no contra turno escolar. Este ano o programa está realizando suas atividades no Ginásio PedroIvoCampos–Centro, nassegundaseterças-feiras e na quadra de Esportes Figueira do Bairro Figuei- ra, nas quartas e quintas- Monte Carlos fizeram a disputa pelo terceiro lu- gar e a Vidraçaria Monte conseguiu a vitória. Na > BALNEÁRIO GAIVOTA Com a camisa nas co- res do O campeonato que iniciou na alta temporada de verão na cancha do Bar do Marzinho recebeu cerca de 24 equipes. Além de conhecer a grande equipe campeã, fo- ram entregues os troféus ao melhor bochador, pon- teador e revelação. Nino foi escolhido como melhor ponteador, Paulinho como melhor bochador e Amil- ton foi o atleta revelação. As equipes Tranpor- te Demão e Vidraçaria Quintinovencecampeonatodebocha -feiras. O Sou Craque no Es- porte é orientado por pro- fessores de Educação Fí- sica e visa ocupar o tempo ocioso dos participantes, sendooferecidasváriasmo- dalidadesesportivas,recre- ativas, jogos, brincadeiras, entre outras atividades, proporcionando assim a oportunidade à prática de atividades físicas, melho- final a equipe Quintino Domingos venceu a Es- quadria Mattos e levan- tou o troféu de campeão. João Carlos, Nino, Adão, Toninho e Enio formam o time do Quintino Do- mingos. Abro minha coluna de hoje desejandoosparabénsaosirmãos Flavinho e Karlinha. Filhos do amigo Daniel Darolt e da Tereca Rosso,pessoasdamelhorqualida- de. Os gêmeos trocaram de idade neste final de semana. Fazem dez anos de muita alegria. Parabéns aos dois e que Deus os abençoe. Felizaniversárioesucessoaos irmãos e a família. Congresso técnico hoje Acontece na noite de hoje o congresso técnico do campeonato municipal do Arroio do Silva. O congresso terá o sorteio dos grupos e entrega das fichas de inscrição a cada equipe e já define a primeira rodada de abertura. Campeonato promete este ano, com boas equipes investindo e contratando bons jogadores. Sucesso ao amigo Nassif Namanhãdoúltimosábado,oamigoJoãoNassifFilho,jornalista, colunista e radialista, esteve na Livraria Fátima em Criciúma, em uma sessão de autógrafos, onde lançou seu livro No Fio de Bigode. São as melhores crônicas esportivas escritas por Nassif. Sucesso ao amigo sempre. Grizzo de volta ao Tigre Com o amigo Emerson Almeida no comando das categorias de base do Tigre, já começaram a surtir efeito as mudanças. Ele trouxe para trabalhar ao seu lado nada mais nada menos do que um ídolo criciumense, um dos melhores jogadores que eu vi jogar com a camisa do Tigre, o meia Grizzo. Quem não lembra do camisa 10 campeão da Copa do Brasil. Vê como é a vida. Grizzo era o 10 do Criciúma na época, e o nosso amigo Emerson estava surgindo das categorias de base. Vamos dizer que Emerson era o reserva do Grizzo, e hoje Emerson o trás para trabalharem juntos. É a amizade que ficou. Grizzo enfim ganha uma oportunidade,elefeztantosucesso, éumídolo,eganhouoportunidade através do Emerson. Grizzo vai ser o avaliador das categorias de base. Eder na seleção italiana LembramdoEder,aquelemes- mo atacante que teve um desenten- dimentolánopassadonoCriciúma, equemuitoscriticavamquenãoera um bom jogador enquanto outros apostavam nele. Poisé, o cara foi procurar fora o que não foi lhe dado no Tigre, o valor merecido, e hoje é artilheiro do Samptoria. Ele é naturalizado italianoefoiconvocadoparaseleção daItáliajuntamentecommedalhões italianos. Eder é natural da Região Carbonífera.
  23. 23. Lindberg herdou do pai, Sebastião Barbeiro, além da profissão, traços da personalidade e a paixão por futebol. “A dedicação ao esporte vem de berço. O pai nos ensinou que nos jogos de futebol ve- terano, o resultado fica num segundo plano, pois o mais importante é o lazer, a integração entre as famílias, a prática esportiva e a confrater- nização”, revelou. Sobre a homenagem ao irmão, Toco confessa que fica emocionado ao saber que a Câmara Mu- nicipal aprovou à propos- ta do vereador Luiz do Bailão (PDT) batizando o Campeonato Municipal de Futebol como o nome de Copa Lindberg da Silva Tomas. “Quando recebi a informação, não contive a alegria. Na abertura do campeonato eu e os demais familiares estaremos presentes. Já antecipo, no entanto, que não estarei apto para falar. Estou emociona- do deste que soube da homenagem. Este reco- nhecimento do município ficará gravada em nossas memórias para o resto da vida. Só tenho a agrade- cer”, finalizou. Lindberg é pai de Anderson, Se- bastião Neto, Priscila e Maria Helena, todos residindo emAraranguá. Copa Lindberg da Silva Tomaz. Essa identifica- ção é uma homenagem póstuma que foi proposta pelo vereador Luiz Djal- ma Marcelino, o Luiz do Bailão (PDT). A matéria teve aprovação unânime no Legislativo araran- guaense. Natural de Araran- guá, cidade onde viveu toda sua existência, Lindberg (13 de março de 1960 – 2 de maio de 2004) foi um dos mais populares barbeiros do município. Durante a semana, ele fazia à barba, aparava os bigodes e cortava os cabelos dos clientes, mas era aos domingos que se dedicava a uma das Política 3Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 Cleder Maciel tulares foi disputada uma grande partida e o Colo- niense, com dois golaços do Dudu, bateu o União por 2 x 0. O presidente Ati se disse satisfeito com a vitória dos titulares e o empate do sub-20. Lem- brou que pela categoria titulares seu time foi desfalcado, pois faltaram 12 jogadores. Somente sete atletas comparece- ram para defender as cores do time para jogar o amistoso, entre eles Dudu que marcou dois gols, o próprio Ati que será o goleiro da equipe neste ano, Danilo Laguna, ex jogador profissional da Portuguesa, Dalnei, As- sis, Renan e Murilinho. Após o amistoso, o Coloniense serviu um delicioso galeto a todos na casa do presidenteAti. Coloniense ganha do União em amistoso > ARARANGUÁ Visando o campeonato municipal de Araranguá deste ano, que iniciará no dia 12 de abril, as equipes do Coloniense e do União, ambas do bairro Coloni- nha, disputaram amistoso neste domingo. Os dois times se en- frentaram em duas cate- gorias: sub-20 e titulares. Os confrontos foram rea- lizados no estádio Valmor AntônioFelicianonobairro Coloninha, do União. Pela categoria sub-20 houveempateentreoColo- niensedopresidenteAtieo UniãodopresidenteFlavio Berti Feliciano, o Polho. O confronto acabou com o placar em 1 x 1. Já pela categoria ti- Ofício herdado do pai Gratidão Municipal deste ano homenageará o antigo barbeiro e desportista com o nome de Copa Lindberg da Silva Tomaz Ata Campeonato homenageia barbeiro > ARARANGUÁ OCampeonato Mu- nicipal de Fute- bolAmador deAraranguá inicia no dia 12 de abril. Nessa temporada, a com- petição recebe o nome de suas principais paixões, o futebol amador. “Ele foi jogador, dirigente e incentivador do esporte de Araranguá. Entre suas realizações des- taco a participação na fundação da equipe de veteranos do Jardim das Avenidas Esporte Clube (Jaec) e a fundação da Sociedade Recreativa Estrela, que na década de 80 foi um dos primei- ros times veteranos da cidade”, revela o irmão, Luis Carlos (Toco). Segundo ele, os co- mentários sobre os jogos de sábado à tarde ou domingo repercutiam a semana inteira esti- mulando as conversas e debates feitos na bar- bearia. Lindberg era filho de Sebastião Tomas (Se- bastião Barbeiro) e Eva da Silva Tomas, ela hoje com 80 anos de idade. O casal teve sete filhos. Influenciados pelo pai, cinco deles seguiram a profissão de barbeiro: além de Lindberg, Osni, Osdeni, Joélcio e Eron- ton. Somente José Luiz, que é vendedor e Adria- na, dona de casa não se dedicaram ao ofício do progenitor. De acordo com o ir- mão Luiz Carlos (Toco),
  24. 24. Tricolor, que é líder com 23 pontos, um a mais que o Inter, com um jogo a menos. O Lajeadense viu a sua série invicta ruir. Não perdia há quatro confrontos, contando um da Copa do Brasil. E saiu da zona de classificação, é nono, com 17 pontos. Na próxima rodada, os dois times jogam fora de casa. O Grêmio visita o Novo Hamburgo em as- censão, às 22h de quarta- -feira, no Estádio do Vale. No mesmo dia, mas às 20h30, o Lajeadense vai a Erechim desafiar o Ypi- ranga. 4 Correio do Sul Segunda-feira, 23 de março de 2015 Inter Taiberson adota tom humilde e divide méritos de gol decisivo com He-Man EraatardedeTaiberson. Instantes após de entrar no segundo tempo contra o Ve- ranópolis, anotou o gol que deu a vitória do Inter por 1 a 0, neste domingo, no Es- tádio Antonio David Farina. De forma humilde, o meia- -atacante preferiu dividir o mérito com Rafael Moura, autor de assistência para o tento colorado. Aos 29 minutos da se- gunda etapa, He-Man fez o papel de centroavante ao fa- zer a “parede” e tabelar para Taiberson escorar para as redes. Foi o que fez o garoto. - Fico feliz de ajudar a equipe. Foi uma excelente jogada, com o passe do Rafael Moura, que segurou a bola, esperou o momento certo e tocou para mim. Só tive o trabalho de concluir e sair para o abraço - destacou. Pela segunda partida seguida em que esteve em campo, Taiberson anotou gol colorado. O meia-atacante já havia ingressado contra o Brasil-Pel, uma semana antes, para marcar e ajudar na vitória por 2 a 0. - Cada um se dedicou ao máximo, tentando ajudar da melhor maneira possível - elogia. O Colorado volta a cam- po na quarta-feira, para rece- ber o Avenida, no Beira-Rio, às 19h30. Desta vez, com elenco principal. GrêmiovencenoembalodeGiuliano, ampliasérieinvictaesemantémlíder > PORTO ALEGRE Se há algum repa- ro a fazer sobre a vitória do Grêmio so- bre o Lajeadense neste domingo, pela 12ª roda- da do Gauchão, pode-se citar o pênalti perdido por Douglas. Mas até esse pecado serve para dimensionar a boa fase do time de Felipão. Que não se abateu com o con- tratempo e construiu um placar sem sobressaltos, de 2 a 0, com a marca de Giuliano. O meia anotou os dois gols, fora a sua atuação particular e a da equipe como um todo, que não conhece derrota há sete duelos e se mantém líder, diante de 20.134 pessoas na Arena. É possível dizer que Grêmio e Giuliano se recuperaram quase que juntos. O meia voltou no empate diante do Ju- ventude, que foi o segun- do jogo da série de sete partidas sem derrotas. Para se ter uma ideia do crescimento do jogador que vem de uma cirur- gia no púbis, ele teve participação direta nos últimos quatro gols do

×