Jornal digital 4605_qua_11022015

496 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
496
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4605_qua_11022015

  1. 1. Tragédiana SerradaRocinha www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXIV EDIÇÃO Nº 4.606 QUARTA-FEIRA, 11 DE FEVEREIRO DE 2015 R$ 2,00 Grupo 31º 23º Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense Susto Projeto mostra Calçadão da Getúlio Vargas Sombrio 9Página GeralGeral Geral Um mês depois do acidente que matou família, Correio do Sul desce ao local onde está o carro Monjasviverão emmosteiro emMaracajá Mulherentra naprefeitura eagridedois ReligiãoDescontrole Carreta carregada de bebida tomba e quase é saqueada 13Página 15Página13Página Página4 e 5Páginas
  2. 2. Política Jarbas Vieira Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO “Um processo como esse não se faz da noite por dia e muito menos se faz por pedidos de impeachment de um partido vindo como o PSDB ou o PMDB que não têm absolutamente nenhuma autoridade política para criticar o PT. São parte do mesmo esquema, são parte do mesmo regime corrupto e apodrecido”. Ela disse: ‘ ‘ Luciana Genro (PSOL). TJdeterminaqueMaracajácombataaDengue! O Tribunal de Justiça de SantaCatarina(TJSC) reexaminouasentença que determinava ao Município de Maracajá o cumprimento do Programa Nacional de Controle da Dengue do Ministério da Saúde. Os Desembargadores concluíram que a implementação de políticas públicas, em especial na área da saúde, com base na adoção de me- didaspreventivas,édeverdosentes federativosdeformaaevitarainfes- tação de doenças que tragam risco àpopulação.Em2013,oMinistério Público de Santa Catarina (MPSC) havia recomendado ao Município deMaracajáocumprimentodeme- didas urgentes para o controle da dengue. Na época, o Poder Público nadafezeoMPSCajuizouaçãocivil pública para obrigar o Município a cumprir o Programa Nacional de Controle da Dengue. Além de me- didas urgentes no ano de 2013, o Juiz da 1ª Vara Cível de Araranguá determinou,também,umasériede ações continuadas para controlar e eliminar o mosquito da dengue. Porsetratardeumadecisãocontra o Poder Público, o Judiciário prevê o chamado “reexame necessário”. Isso significa que a sentença pas- saria por uma segunda análise no TJSC. O reexame foi concluído em janeirodesteanoetodososDesem- Mais do que uma simples mudança no comando, a posse de Geane Pires Leonardo como diretora da Escola Municipal João Moro, significa também o início do processo de aproximação entre o PP e os partidos que compõe a administração de Ermo. A sintonia entre os partidos está sendo afinada e o prefeito Aldoir Cadorin, o Zica (PSD), não esconde a vontade de contar oficialmente com os progressistas em seu governo. Ampliando a base aliada (48) 3522-3777 Direitos Pergunta que está se tor- nando frequente nos corredo- res da Assembleia Legislativa e do Centro Administrativo. Já que o governador Raimundo Colombo (PSD) quer economi- zar propondo o fim da licença prêmio para os servidores e mudanças na previdência do funcionalismo, não seria o caso de extinguir também a aposentadoria para os ex- -governadores? São cerca de R$ 24 mil/mensais para uma pilha de políticos que ocupam outras funções públicas grati- ficadas, ou possuem pequenas fortunas. Suprimir direitos dos outros é fácil. O difícil é cortar da própria carne. Cautela Falando no assunto, em passagem por Criciúma o presi- dente da Assembleia Legislativa, Gelson Merísio (PSD), disse que a Casa discutirá profundamente os itens da Reforma Adminis- trativa que será enviada pelo Governo. Garantiu que não haverá atropelos, muito menos pressa para aprovar o projeto que já demonstra ser bastante complexo. De fato será uma boa oportunidade para o Parlamen- to demonstrar que há indepen- dência entre os Poderes, e que a Assembleia não se tornou uma mera “Casa de Despachos” do Governo Colombo. bargadoresvotarampelaconfirma- ção da sentença. Agora, o processo vai retornar para a Comarca de Araranguáea1ªPromotoriadeJus- tiça vai avaliar se todas as medidas foram cumpridas pela Prefeitura. Da decisão cabe recurso. (Processo n. 2013.079270). As medidas soli- citadaspeloMPforamasseguintes: a) vigilância epidemiológica; b) combate ao vetor; c) assistência aos pacientes; d) integração com a atenção básica (Programa de Agentes Comunitários de Saúde/ Programa de Saúde da Família; e) ações de saneamento ambiental; f) ações integradas de educação em saúde, comunicação e mobilização social; g) capacitação de recursos humanos; h) acompanhamento/ avaliação do Programa Nacional de Controle da Dengue; i) sejam visitados por seus Agentes Sanitá- rios 100% dos Pontos Estratégicos previamentedelimitados,comação focal,perifocaleeliminaçãodecria- douros quinzenalmente; j) sejam desenvolvidos ações e programas de forma continuada, visando coi- bir,tratar,vedarecobriratotalidade das caixas d’água, tanques e outros depósitos de água localizados no perímetro municipal; l) seja visita- da,continuamente,porintermédio deseusAgentesSanitários,atotali- dadedasarmadilhaslocalizadasem suaáreaterritorial,semanalmente, totalizandoomínimode52visitas/ ano; m) seja atualizado o registro geográficodaáreaterritorialdoMu- nicípio no mínimo semestralmente conformepactuadonaprogramação de ações da vigilância em saúde; n) sejaconstruído“ecoponto”emlocal adequado, promovendo a coleta permanente de materiais servíveis e inservíveis como pneus, garrafas, sucatas, latas etc, para adequado armazenamento; o) Proceda-se às ações de inserção dos agentes do Programa de Saúde da Família - PSF, para a prevenção e controle da dengue, visando, principalmente, promover mudanças de hábitos da comunidade, que contribuam para manteroambientedomésticolivre do “Aedes Aegypti”, em conformi- dade com a Portaria GM n.º 44, de 3/1/2002, que inclui ações de epidemiologia e controle de do- enças na gestão da atenção básica de saúde; p) sejam enviados, a cada dois meses, à Promotoria de Justiça e ao Conselho Municipal de Saúde, relatórios das ações de- senvolvidas e metas cumpridas no período, para acompanhamento e providências cabíveis. www.vitaanalise.lablaudo.com.br
  3. 3. O prazo para conclusão é de três meses. Desde que assumiu, o prefeito Zênio Cardoso inaugurou duas reformas de postos, nos bairros São José e Januária. A próxi- ma a ser reformada será a UBS do Centro, que enquanto estiver em obra serátransferidaparauma ala do Hospital Dom Joa- quim. Outras serão constru- ídas, no Parque das Ave- nidas, de porte quatro, ou seja, com quatro equipes de ESF, uma na São Luiz e outra no distrito Boa Esperança. e 302,63m². A UBS terá recepção, três consultórios, sendo um com banheiro e um odontológico, dois banhei- ros na recepção, salas de armazenamento de ali- mentos e de observação, procedimento e coleta, sa- lasdeatividadescoletivas, de vacina, curativos e sala de esterilização, e outras peças além de cisterna de três mil litros para aproveitamento de água da chuva. A obra beneficiará em torno de 1.100 famílias do bairro e do Morretinho, cadastradas no ESF local. Geral 3Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 Da redação Rafael Andrade > SOMBRIO Aprefeitura de Sombrio mantém em passo adiantado a construção da Unidade Básica de Saúde do bairro Nova Brasília, Posto de Porte I do Ministério da Saúde, que iniciou na pri- meiraquinzenadejaneiro. Desde a semana pas- sada, já é possível ver as paredes da sede própria do posto criado em 2013, sendo erguidas pela cons- trutora responsável pela obrademaisdeR$400mil ConstruçãodeUBSseguesematraso Prédio próprio da Unidade Básica de Saúde do Nova Brasília está dentro do cronograma e deve estar pronto em dois meses Ritmo ³Porta principal atende casos menos graves ³Paredes estão sendo erguidas e começam a dar forma ao novo posto de saúde > SOMBRIO O Hospital Dom Jo- aquim teve sua primeira alteração, desde que está sobocomandodoInstituto Educação Saúde e Vida (Isev) visando a melhoria noatendimento.Amudan- ça foi feita na recepção, que agora está separando urgência e emergência do ProntoAtendimento. Afrentedoprédiopos- sui três portas e a do sul tinhaatendimentounifica- do.Agoratambémháaten- dimento na porta central, a principal. Ali funciona o serviçoambulatorial,para dar encaminhamento as consultas e casos menos graves. A emergência per- maneceondeera,receben- do pacientes acidentados ou em situação gravea, quechegamgeralmentede ambulância. > SÃO JOÃO DO SUL Quase todos os 350 produtoresdefumodeSão João do Sul estão descon- tentes com a falta de pro- postas sobre as toneladas de arrobas estocadas nos paióis do município. As fumageiras demoram a fecharacordosobreopreço doprodutoedeacordocom o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Valdeci deAndrada Perei- ra, as negociações chegam a uma fase delicada. “A demora resulta em um descontentamentogeralda classe”, diz Valdeci. “Assim evitamos que os pacientes menos críticos se deparemcomascenasfortes que acontecem nestes casos. É uma forma de melhorar o atendimento, prestar um acolhimentomelhoratodos”, explica Luciane Sperling, administradora do Dom Jo- aquim. A recepção oferece ca- deiras confortáveis, refrige- rador de água mineral e um televisor. SãoJoãoéumapotência em produção de fumo na região. Até o final de janeiro somente a Souza Cruz apre- sentou proposta pela arroba (15 quilos): R$ 147,15, um aumento de 6,1% no preço em relação ao ano passado. Enquanto isso, os contratos comrepresentantesdaIntab, AllianceOne, Philips Morris, CTA,ChinaTabacos,Prêmio e Universal - todas fuma- geiras da região - ainda não tinham sido oficializados. A negociação da safra deste ano irá render R$ 14,8 milhões.Amaior parte deste capital é investida no pe- queno município, que tem cerca de 7,5 mil habitantes. “É um bom dinheiro, que Hospital altera fluxo de atendimento Fumicultores se queixam da safra Supervisionandotudo e buscando maior aproxi- mação com os pacientes, logo ao lado está Luciane, que mudou de sala na segunda-feira. “Aqui fico mais perto de todos, posso conversar, resolver problemas que precisem de minha ajuda, saber a quantas anda o atendimento e receber sugestõesparamelhorias”, conclui. é aplicado praticamente todo por aqui. A cada ano, as famílias produtoras conquistam algo a mais, ou um pedacinho de terra, uma casa, um carro, boa educação para os filhos e assim por diante”, destaca Valdeci, que também é representante regional da Comissão de Tabaco em Santa Catarina. “A safra deste ano é de qualidade”, complementa Valdeci. São 1.050 hectares de fumo, o que representa boa parte da economia da cidade, que chegou a ter entre os anos 2000 a 2008 cerca de 700 famílias em atuação direta com a ati- vidade.
  4. 4. em meio à floresta, que descobriu-se depois ter sido o caminho utilizado pela primeira equipe de bombeiros a chegar ao ponto onde estava o Corsa. “A partir de rapel feito do helicóptero, a equipe doArcanjo (resga- te aéreo) chegou primeiro ao local após o acidente. Mas, sem condições de manter a estabilidade da aeronave, fomos por ter- ra, pelo meio da mata”, lembrou cabo Vinicius Amorim, bombeiro de Sombrio e integrante da força tarefa que atuou no resgate dos corpos da família, que precisou ser feito em dois dias devido justamente às dificul- dades oferecidas pelo terreno.Assim como cabo Vinicius, os colegas do 2º Pelotão, cabo Minato e soldado Alisson estive- ram na Rocinha. “Conforme descía- mos, íamos encontrando muitos dos pertences das vítimas. Roupas, cadeira de praia, uma raquete, alimentos... Até a porta traseira do veículo encon- tramos no terreno bem acima de onde ele parou.” Adescrição feita pelo cabo Vinicius foi seme- lhante à visualizada durante a produção da reportagem, mesmo um mês depois da tragédia. te registrado em 31 de dezembro de 2014 ainda repercute entre os cida- dãos de Timbé do Sul. Um mês depois da tra- gédia que virou notícia em toda Santa Catarina e Rio Grande do Sul, a reportagem do Correio do Sul desceu ao local onde ainda está o veículo, num precipício com mais de 350 metros, refazendo o caminho utilizado pelos bombeiros para chegar aos corpos das quatro vítimas. Densa neblina, aber- turas de sol, pancadas de chuva, ventos que sopram pelas encostas em diferentes direções. A constante alternân- trechos”, avaliou o guia de ecoturismo Luiz Fer- nando Soares que, jun- tamente Sander Daré, o Sandico, auxiliou na produção da reportagem. Areportagem chegou à Rocinha no meio da manhã. Após analisar o terreno, a primeira das tentativas de descida foi a partir do ponto onde despencou o veículo, uma encosta bastante íngreme, cuja dificuldade tornou praticamente im- possível o acesso devido à neblina que baixou na- quele período.A segunda tentativa foi num ponto a cerca de 100 metros do local da queda, onde um deslizamento causado pela chuva abriu uma clareira em meio à mata. Novamente, desta vez em virtude da densa ve- getação, não foi possível completar a descida. A terceira opção foi numa pequena abertura cia de clima em poucas horas, como verificada na última quarta-feira, torna a Serra da Rocinha um local de muito risco para os motoristas que trafegam pela BR-285. E, para quem resolve descer os paredões verdes da Serra Geral, seja por vontade própria ou por necessidade, os perigos se multiplicam em virtu- de do declive acentuado do terreno. Com o objeti- vo de refazer o caminho utilizado pelas equipes socorristas que atuaram no resgate aos corpos durante a tragédia re- gistrada no último dia de 2014, a reportagem do Correio do Sul, acom- panhada de guias de eco- turismo e conhecedores de técnicas de escalada e rapel, desceu até o local onde ainda se encontra o Chevrolet Corsa que des- pencou matando quatro pessoas. “Um percurso que consideramos de alto grau de dificuldade, prin- cipalmente pelo ângulo de inclinação de alguns Partes menores do Corsa foram encontradas ao longo de todo o trajeto de descida, dando uma dimensão da violência do acidente. Cobertores, peças de roupa, frascos de medicamentos e até uma carteira de vacina- ção veterinária. A cerca de 150 metros acima do automóvel, a porta do bagageiro ainda trazia a placa fixada, mostrando a identificação RS – Va- caria / IJF-0579. Seguindo o caminho, triângulo de sinalização, extintor, roupas e um tênis sobre as árvores indicavam que se apro- ximava o local onde ha- via parado o ‘esqueleto’ do automóvel. “O carro estava entre pedras e encoberto por árvores, no caminho de um córrego que descia a encosta, possível de ser avistado somente a uma curta distância, e a água da chuva já havia lavado os vestígios de sangue; mas, ainda assim, foi impossível não imaginar o choque dos primeiros a chegar ao local após o acidente”, comentou o repórter do Correio do Sul valdinei Nichele. Jair de Oliveira, me- cânico de Timbé do Sul, foi a terceira pessoa a descer a encosta, cer- ca de uma hora e meia Especial4 Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 Valdinei Nichele > TIMBÉ DO SUL Bem mais fre- quentes do que conseguem acompanhar os veículos de comuni- cação, falhas mecânicas e até mesmo quedas em ribanceiras são aconte- cimentos comuns para quem convive diaria- mente com os riscos da BR-285, no trecho em que cruza a Serra da Rocinha. Mas, principal- mente por ter causado a morte de vários inte- grantes de uma mesma família e ter vitimado duas crianças, o aciden- Entre a neblina Marcas de uma tragédia Dificuldades Mortes na Rocinha Namata,nofundodaencosta,testemunh Um mês depois do acidente que matou quatro pessoas, Correio do Sul desceu ao local onde o automóvel continua abando ³Sandico e Fernando auxiliaram a reportagem do Correio do Sul a descer a encosta da Serra da Rocinha até onde está o automóvel que no dia 31 de dezembro despencou
  5. 5. Especial 5Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 Política Rolando Christian Coelho N ão há nada mais antigo na administração pública do que aumentar impostos e o custo das chamadas matrizes energéticas para equilibrar o caixa dos governos. Há relatos deste expediente já na China Antiga, entre os povos da Mesopotâmia e no Império Romano, muito antes de Cristo colocar os pés neste planeta chamado Terra. A prática é muito simples: o governante se perde em seus gastos e então cobra do povo por sua incompetência. É mais ou menos como se o trabalhador saísse fazendo estripulias com o que ganha e depois chegasse para o patrão dizendo que só trabalharia no mês seguinte por um valor xis a mais. Muito provavelmen- te o trabalhador seria demitido, já que a empresa não tem nada a ver com sua falta de gestão. Já no caso do governo não tem jeito. Se o devedor não pagar pelo aumento dos impostos acaba sen- do processado e seus bens podem ficar indisponíveis. Em alguns casos pode até ser preso. No que diz respeito as matrizes energéticas, como combustível e energia elétrica, se não pagar por seu aumento acaba inviabilizando sua vida, já que depende delas para manter sua rotina. Com a modernização das técnicas de administração pública os governos mais sensatos acabaram abrindo mão da práti- ca dos aumentos visando a reoxigenação dos caixas. Estes primaram pelo maciço investimento em educação e na liberação de linhas de crédito para o aumento da produção fabril, visando a estabilidade econômica a médio e longo prazo. A exceção acabou ficando por conta dos governos medíocres. Estes geralmente são caracterizados pelo populismo, pela falta de gestão e principalmente pela falta de visão de longo prazo. Neste sentido, preferem investir no assisten- cialismo social, na liberação de crédito para a aquisição de bens não produtivos e na importação de produtos de qualquer um que se disponha a vender mais barato do que aquilo que é produzido no país. Um outro problema dos governos medíocres é que via de regra eles também estão atolados em esquemas de corrup- ção. É que não há como ser populista sem ser corrupto. Como a prioridade é manter a satisfação popular, e não a ló- gica de mercado que coloca a satisfação Governo medíocre, povo ferrado depois da produção, governos medíocres precisam se cercar de pessoas medíocres. São elas que se disporão a dar sustentação a seus desmandos. Como se sabe, a mediocridade é o lado inverso da competência. Pessoas competentes raciocinam através da técni- ca visando a maximização dos resultados. Pessoas medíocres raciocinam através do jeitinho. O problema é que ajeitar isto, aqui- lo e aquilo outro sai caro. Por conta disto, a incompetência, o jeitinho, estarão sempre ligados a corrupção no poder público. O tragicômico nesta história é que a corrupção aumenta sobremaneira o nível de mediocridade de qualquer governo. O ato de ajeitar isto aqui, aquilo ali, acaba ge- rando um custo muito maior do que aquele que o governo necessita para manter sua funcionalidade. O dinheiro da corrupção, por óbvio, tem que sair da própria estrutura do governo, até porque nenhum cidadão ou empresário irá querer ir no banco pagar uma guia Darf/Corrupção. Para fechar este ciclo, eis que entram em cena os aumentos de impostos e a maximização do custo das matrizes energéticas. Quanto maior é o ín- dice da corrupção, maior serão os aumentos propostos. Há países em que a cara de pau do governo é tanta, que mesmo em meio a um escândalo de corrupção as matrizes energé- ticas são aumentadas como se aquilo fosse a coisa mais natural do mundo. Isto acontece até mesmo em países que já produzem o su- ficiente para manter sua demanda. Ou seja, nada justificaria o aumento de combustível ou de energia elétrica, mas mesmo assim ele acontece. É claro que tudo isto só acontece porque a população de países como estes está longe de saber exercer sua cidadania. Como se sabe, o cachorro é o reflexo de seu dono, e, em tese, o dono de qualquer governo deveria ser o povo que está sob sua tutela. Como a população submetida a gover- nos medíocres é fortemente influenciada por seu populismo, a tendência natural é que acabe se rendendo a sua corrupção. Esperneia aqui, acolá, mas no final das contas se irmana aos corruptos. Ferra-se sem sentir, como na história do sapo, que colocado na panela de água quente vai morrendo aos poucos, cozinhado, sem sentir que está se passando. Mas, como diz o adágio popular: cada povo tem o governo que merece. DIVERSÃOELAZERGARANTIDOS QUARTA,SÁBADOEDOMINGO BR101-KM413-ARARANGUÁ nhodeumatragédia donado. A carcaça entre a mata deixa a cena ainda mais triste ou com família de Vacaria dentro. Casal, filho e uma sobrinha morreram no acidente após a queda do veículo. “Naquele dia eu estava na oficina e vi passar as viaturas dos Bombei- ros. Eram por volta de 10h40min. Almocei e só por volta das 12h30min subi a serra pra ver do que se tratava”, lembrou. “Chegando lá, disseram que havia alguém vivo e rapidamente eu desci pra ver se podia ajudar de alguma forma.” Sem qualquer equi- pamento, Jair desceu a encosta e lá estavam o irmão do motorista e um outro jovem, que tam- bém seria membro da família. “Conversei com o homem e ele disse que havia conversado com o irmão, que disse ter faltado freio. Fui até lá, o motorista era o único dentro do carro. Estava no banco do carona e um cobertor havia sido colocado sob sua cabeça (provavelmente pelo ir- mão). Toquei a perna e ele já estava gelado”, con- tou Jair. Dois corpos dos ocupantes estavam mais próximos do automóvel, enquanto o terceiro es- tava um pouco mais dis- tante. Uma das crianças também teria sobrevivi- do à queda, vindo a mor- rer minutos depois, nos braços do familiar que primeiro desceu ao local. “Não quis ver o corpo das crianças”, diz Jair. Confirmado o óbito de todos os ocupantes, o helicóptero Arcanjo foi dispensado, passando à equipe de terra a missão de resgatar os corpos. Para transportar equipamentos até o fun- do da encosta, os bombei- ros abriram caminho por entre a mata, o mesmo utilizado na semana pas- sada pelo Correio do Sul. Ademora para a retirada dos corpos foi inevitável e os bombeiros precisa- ram enfrentar também o desgaste emocional no trato com os familiares, que aguardavam impa- cientes o fim da operação. “É claro que é compre- ensível a situação que passa a família naquele momento; mas para nós, além do desgaste físico, também acaba sendo desgastante ouvir algu- mas coisas que ouvimos”, comentou o cabo. O alto grau de dificul- dade foi comprovado du- rante a produção da re- portagem, que confirmou inclusive os enormes ris- cos de vida que correram as equipes de socorro e mais ainda os curiosos, que enfrentaram a en- costa sem nenhum tipo de equipamento de se- gurança. “Descemos por um trajeto considerado o menos difícil, no caminho já aberto pelos bombei- ros, sem ter que carregar macas ou outros equipa- mentos e, ainda assim, passamos por algumas dificuldades. Sem dúvida os bombeiros estão de parabéns pelo trabalho executado durante a ope- ração”, salientaram Luiz Fernando e Sandico, ao retornarem à rodovia BR-285, depois de algu- mas horas na realização da reportagem.
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro Joice Ramos l48l 8802.5883 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: Igor Borges l48l 9968.6084 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 PT quer reforma política PeloEstado O PT-SC coletou assinaturas em um abaixo assinado para projeto de iniciativa popular com vistas à reforma política. O presidente da si- gla no estado, Claudio Vignatti, explicou que o PT rejeita a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que está em andamento no Congresso e que, segundo ele, pioraria ainda mais a situação. “Esse movimento é anti- PEC, uma vez que a proposta institucionaliza o financiamento privado de campanha e, ao criar o voto distrital, fortalece os currais eleitorais.” O obje- tivo do PT é a convocação de uma Assembleia Constituinte exclusiva para tratar da reforma política e as propostas passam pelo financiamento público de campanha, voto em lista e paridade na participação de homens e mulhe- res. O deputado petista Padre Pedro Baldissera conseguiu ontem a criação da Frente Parlamentar Catarinense pela Reforma Política, que vai chamar a participação de movimentos sociais, Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SC) e Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). A coleta de assinaturas fez parte das comemorações pelos 35 anos do partido. Cadastro Santa Catarina é o estado com maior porcentagem de imóveis cadastra- dos no Cadastro Ambiental Rural(CAR) do Sul do país. Por isso mesmo o progra- ma já está sendo olhado com carinho por Chiodini. O objetivo é dar uma atenção especial ao projeto com novas ações para fevereiro, março e abril, já que o prazo fi- nal está estipulado para maio deste ano. O destaque é a cidade de Barra Bonita, no Extremo Oeste, que ultrapassou 75% de imóveis registrados. Bolo dividido Em 2014 foram arrecada- dos R$ 7,8 milhões de 65 mil servidores do Estado para a contribuição sindical. O foi divido entre o Ministério do Trabalho e entidadessindicaisdegrausuperior(40%) e sindicatos, conforme a base de cada cate- goria (60%). As entidades que quiserem receber parte do bolo deste ano têm até o dia 23 para entregar os documentos na Secretaria de Estado da Administração. Mais detalhes, no www.sea.sc.gov.br Na mira Deputado Leonel Pavan (PSDB) faz cobranças acirradas ao governo do Es- tado. Na sessão de ontem, o alvo foi a Se- cretaria de Turismo.A defesa foi feita pelo deputado Mário Marcondes (PR), partido do secretário Felipe Melo. O entendimen- to era de que o Bloco Social Progressista (PP+PSDB) teria postura de situação, ainda mais considerando que o líder do governo é o pepista Silvio Dreveck. No ni- nho tucano, entretanto, ao menos um tem ares de oposição ao governo Colombo. Falando em tucanato, o senador catari- nense Paulo Bauer foi confirmado na tar- de de ontem para ser o primeiro vice-líder da bancada do PSDB no Senado. Procura-se um líder Sem líder escolhido, o PT não apresentou ontem, como estava previsto, as indicações para as comissões. A intenção do presidente da Assembleia, deputado Gelson Merisio (PSD), era insta- lar as comissões hoje, deixando para trás o prazo de cinco sessões, como determi- na o Regimento Interno. Com a bancada rachada entre ser situação ou oposição ao governo do Estado, difícil vai ser encon- trar um líder que de fato consiga liderar os cinco deputados. A situação foi uma das pautas da reunião da Executiva do parti- do realizada ontem à noite. Parque fechado O Instituto Chico Men- des de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) fechou o Parque Nacional de São Joaquim para visitações. Exige um plano de manejo sustentável. A medida está impactando a economia local e re- gional. Para o deputado Gabriel Ribeiro (PSD), o parque deve ser reaberto en- quanto se elabora o plano. Em assembleia sobre o assunto, se comprometeu a levar a situação ao governador Colombo e aos deputados federais. Quer participar O deputado Jorge Boeira (PP-SC) já fez solicitação à liderança do partido na Câmara para ser um dos repre- sentantes do PP na nova CPI da Petrobras ou na futura CPMI da Petrobras. Andréa Leonora �lorian�poli�� ���lorian�poli�� �� 11Fev15 Liçãodecasa A Junta Comercial do Estado (Jucesc), vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econô- mico Sustentável (SDS), foi a primeira unidade ges- tora do governo a entregar os dados corretos para o programa de redução do custeio e qualidade do gasto público, lançado pelo governador Raimun- do Colombo no dia 29 de janeiro. Nas informações enviadas à Fazenda, o novo presidente da Jucesc, André Bazzo, propõe redução de 23% no custeio. “Os números levaram em conta a análise dos con- tratos, custos e práticas de gestão. A qualificação dos gastos vai subsidiar investimentos em sistemas, equipamentos e melho- rias prediais”, explica Bazzo. A proposta foi submetida ao novo secretário da SDS, Carlos Chiodini. Ele destaca que toda a operação da Junta é cus- teada com recursos próprios da arrecadação de taxas de registro mercantil. Divulgação
  7. 7. Publicidade 7Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Cruzadinha Novelas Boogie oogie -18h Alto Astral -19h Império -21h M arcos revela para todos que Israel é dependente de remédio e quase tirou a vida de um paciente. Caíque leva Azeitona para um centro espírita onde André o acolhe. Israel tem uma crise de pânico, liga para a linha de ajuda e fala com Bia. Caíque e Maria Inês reprovam a sabota- gem de Marcos contra Israel. C arlota impede Vitória de falar com o Corvo. Sandra e Rafael conversam sobre o curso de Pedro. Augusta se anima para fazer o almoço de Vicente. Pedro se destaca nas aulas do curso de mecânica. Elísio não deixa Beatriz entrar em casa. Diana vê Paulo consolando Beatriz e discute com o marido. Vitória conta para Fernando que Carlota não deixou que ela falasse com o Corvo. J osé Alfredo discute com Maurílio e Danielle fica intriga- da. Enrico foge do hospital e Vicente tenta falar com ele. Magnólia instrui Noely e Severo observa a moça. Pietro conta para Téo sobre o atentado contra Cláudio. Jonas e Carmem se unem contra Orville. Cora se oferece para falar sobre o passado de José Alfredo e Téo fica animado. Maria Clara encontra Enrico e avisa a Beatriz. Cora pede que Téo a ajude a ter um encontro com José Alfredo. Rapidinhas Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 Áries 21/03 a 20/04 Hojetemosafinalizaçãodomovimentoretrógradonoplane- ta Mercúrio. Você sentirá que a partir de agora as amizades e o contato com grupos fluirá melhor. Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 Situações relacionadas às amizades e ao contato com empresastendemafluirmelhorapartirdehoje.Oplaneta Mercúriofindaomovimentoretrógrado,eacomunicação ficamaisfluída. Gêmeos 21/05 a 20/06 Boa nova aos geminianos, com a finalização do movi- mentoretrógradodeMercúrio.Éhoradevocêcolocarem práticaasreflexõesquefezsobreosseusideaisevalores. Libra 21/09 a 20/10 Perceba como a energia afetiva tende a fluir melhor a partir de agora. Momento oportuno para expressar as ideias e projetos criativos que você teve recentemente. Aquário 21/01 a 18/02 Boa notícia aos aquarianos, com a finalização do mo- vimento retrógrado em seu signo. É agora que você colocará em prática o que esteve reavaliando e reconsi- derando nos últimos dias. Touro 21/04 a 20/05 A vida profissional dos taurinos tende a fluir melhor a partir de hoje. Temos o encerramento do movimento retrógrado de Mercúrio, o que favorece a carreira. Virgem 21/08a20/09 Questõesrelacionadasaotrabalhoesaúdetendemafluir maisnaturalmenteagora.OseuregenteMercúriofinda o movimento retrógrado hoje, virginiano. Capricórnio 21/12 a 20/01 OsnegóciostendemafluirmelhoragoraqueMercúrio encerraomovimentoretrógrado.Éaoportunidadede você colocar em prática ideias em relação a negócios e finanças. Câncer 21/06 a 20/07 Momento oportuno para você lidar de forma mais cons- ciente com as finanças, canceriano. As intensas reflexões e reavaliações dos últimos dias geram agora certas atitudes. Escorpião 21/10 a 20/11 Finda agora uma etapa de profundas reavaliações dos escorpianos. Momento oportuno para agir de uma formamaisconscienteemrelaçãoàfamíliaeemoções. Peixes 19/02 a 20/03 Momentoemquevocêsentequeascoisaspassamafluircom mais naturalidade. Temos hoje o encerramento do trânsito retrógradodoplanetaMercúrio,pisciano. Horóscopo Osrelacionamentoseoscontatosleoninosganhamuma nova energia a partir de hoje. Mercúrio, o planeta men- sageiro,encerranestediaoseumovimentoretrógrado. Esse empoderamento de famosos para falar sobre a orientação sexual tem dado um pouco de visibilidade ao tema LGBT. Agora, Lais Souza, ginasta que se recupera de uma lesão na coluna cervical, também assumiu ser lésbica ao falar do assunto em entrevista à Revista TPM de fevereiro. Ela disse que já teve namorados homens,masqueengatouorelacionamen- to com sua atual namorada e está muito feliz em seu momento. “Eu tenho uma namorada, sou gay há alguns anos. Já tive uns namorados, mas hoje sou gay”, afirmou. Ela também falou sobre a adaptação e como fazer sexo de- pois do acidente, que tirou os movimentos de seus ombros para baixo. Para a atleta, a ajuda da Deputada Federal Mara Gabrilli, que é tetraplégica, é essencial nessas horas e as duas conver- sam com frequência. “A Mara me ajuda muito. A gente conversa de coisas práticas: cocô, xixi e sexo. Eu amo falar sobre sexo, sempre fui assim. Tive corpão de atleta, sempre fui mais corpo do que qualquer outra coisa, eu era sapeca de aventuras e tudo mais, e a gente se identificou com isso”, revelou. Atualmente, Lais faz seu tratamento no Instituto americano Miami Project to Cure Paralysis e recebeu células-tronco no lugar de sua lesão, numa tentativa do Projeto de que volte a ter os movimentos.
  9. 9. Correio Especial Igor Borges igor.borges@grupocorreiodosul.com.br www.facebook.com/igor.borges @igormborges Patos Somos nós que vamos pagar o preço alto pela ineficiência do modelo político que vivemos. A eleição federal e estadual já passou. Temos enormes desafios pela frente em nível nacional e estadual. Sem falar em nível regio- nal e municipal. É hora de oposição e situação, vermelho, azul, amarelo e etc lutarem para um bem comum. É inadmissível que as brigas se sobre- ponham às necessidades do povo, que existaumapasseatacontraumpostode saúde ou escola por ele estar perto ou na área de um campo de futebol. É hora daqueles que estão ou querem estar no poder de se unirem e atenderem a necessidade de sua localidade. Chega de brigas políticas, de deixar depu- tado fora de reunião, de brigar contra posto de saúde. Vamos lutar pelo todo. #visãodefuturo Novo calçadão de Sombrio O QUE VOCÊ ESTÁ PENSANDO Foto do Dia #fotododiacorreiodosul Dr. Eduardo e Dra. Glayse Fa- varin realizaram a primeira cirurgia de transplante capilar usando o novo aparelho de FUE Automatizado Pneumático do estado em Santa Catarina. O método é uma tendência mundial e ganhou força com a modernizaçãodométododeex- tração. A máquina permite uma retirada mais segura, rápida e com menos transfixação dos folículos. A Belvivere é pioneira neste tipo de cirurgia na região. “Maior prova de ostentação é encher o tanque de um opala kkkkkkkkk já dizia Raul Seixas” Tiago Pereira Supp 50% Agora elas “piram”. A Bag´s & Shoes, representante exclusiva da marca WJ, está com promoção de até 50% esta semana. Co- meçou na segunda. Corre lá para não perder os melhores produtos. Lá no Novo Shopping Outlet Japo- nês. #asminaspiram Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 ³Conseguimos com exclu- sividade imagens de como vai ficar o novo calçadão de Sombrio, e pelo visto não vai ser a unicamente a Gaivota que vai estar bonita. Mais imagens em nosso site www. grupocorreiodosul.com.br Duplicação Os nossos balneários têm cada vez mais mostrado que estão se preparan- do, ainda que em passos pequenos, para receber mais turistas. Contudo, se não houver acesso melhor para eles muitos vão sucumbir. Uma duplicação nas pistas até o principal acesso ou a uma avenida que leve a BR 101 é o ideal. Mesmo aqueles balneários que hoje não sofrem muito com isso. Não precisa esperar ficar insuportável para fazer esta obra.#visãodefuturo Energia Estamos sempre lembrando que o problema energético afeta o cresci- mento em nossa região. E o Correio do Sul trouxe informação que os cortes de energia em nossa região trazem inúmeras perdas, monetárias ou não. Para o crescimento do extremo-sul este é um ponto estratégico. E não é só energia elétrica que falta, o gás em nossa região é essencial para ganhar- mos competitividade. #visãodefuturo Importante Atãoprometidaobradaruaco- berta do governo do prefeito de Ja- cinto Machado, Antônio de Fáveri, já vai sair do papel e mostra a visão queoprefeitotem.Porissorecebeu prêmiosereconhecimentodevárias entidades pelo Brasil a fora. Aumentos Os aumentos que hoje estamos sofrendo deveriam ter acontecido gra- dualmente durante o último mandato e agora nós que vamos sofrer.
  10. 10. 10 Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 Publicidade
  11. 11. Geral 11Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 ³Barco continua encalhado a poucos metros da praia ainda com óleo e peixes Aumenta ameaça de crime ambiental Secretaria do Meio Ambiente, Marinha e empresa monitoram a embarcação para evitar vazamento de óleo e peixes mortos Barco Encalhado > PASSO DE TORRES Aembarcação João Pedro I, da empresa Lelo Pescados, continua en- calhada na Praia da Ponta Norte, em Passo de Torres, ao lado dos molhes, na divi- sa com Torres. O incidente foi registrado na tarde do último sábado. Portanto, ontem encerrou o quarto dia de trabalho de resgate e a equipe responsável pela operação conseguiu arrastá- -lo somente por dez metros. A maior preocupação é com um possível crime ambien- tal, o que pode resultar em uma multa de cerca de R$ 60 mil, aplicada por fiscais da Secretaria de Meio Am- biente de Passo. O perigo de vazamento de óleo e peixe no mar é muito grande. A equipe da secretaria monitora o barco inclusive à noite e marinheiros da Capi- tania dos Portos de Laguna também estão no local para avaliar possíveis danos à na- tureza. Para evitar que isso ocorra, profissionais da Lelo Pescados estão apostos 24 horas por dia. Muita água já entrounopesqueiroeopeixe começou a apodrecer devido ao calor. O resgate deve de- morar mais dois dias. “Pelo que tudo indica, deveremos concluir os trabalhos no fim da tarde desta sexta-feira. Mas se algo der errado, o processopodeseraindamais lento”,avaliaCristianCunha Peres, que também atua na megaoperaçãomontadapara a retirada do João Pedro I da água. Um guindaste especial de Itajaí, usado principal- mente em resgate a embar- cações, foi contratado para apoiarostrabalhos.Oveículo iria chegar ontem ao muni- cípio, mas houve atraso e a máquina deve chegar hoje, informaopescadorCristiano Agostinho Florentino, que estava no barco encalhado. Assim que for removido ele será transportado por terra até o estaleiro, onde deverá receber alguns reparos. O João Pedro I tem 11 beliches, banheiro, cozinha, sala de máquinas e reser- vatório para 20 toneladas de gelo. Dez pescadores estavam no barco, que tem cerca de dez metros. O gru- po ficou 25 dias em alto mar, na costa do Rio Grande do Sul. Retornou com dez to- neladas de peixes. “Saímos todos bem do barco depois do incidente. Ninguém ficou ferido, mas os prejuízos pas- sam dos R$ 100 mil”, calcula Cristiano. A prefeitura de Passo auxilia nos traba- lhos de resgate com duas máquinas e pessoal. Esta é uma das maiores operações do gênero já montada na cidade, uma das principais de ramo pesqueiro de Santa Catarina. Rafael Andrade Correio Por Dayane correioamigo@grupocorreiodosul.com.br O Correio Amigo foi feito especialmente para você que é Assinante do Jornal Correio do Sul. Vamos comemorar juntos o seu aniversário, aquela data importante, a viagem dos sonhos, sua empresa em destaque... Mande sua foto e apareça aqui. correioamigo@grupocorreiodosul.com.br Muita gente bonita, descontraída e alegre. Foi assim a 7º edição do Churrasco Os Chefes que aconteceu neste último final de semana no belo Sítio do Cássio em Balneário Gaivota. Confira algumas fotos: Amigo
  12. 12. 12 Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 Publicidade
  13. 13. edição,elaaindanãohavia retornado. Em 2014, a prefeitura deAraranguá repassou R$ 79 mil para duas ONGs de proteção aos animais, sendo R$ 24 mil em 12 parcelas para aAssociação Sheron, da agressora, e outros R$ 55 mil para a AssociaçãoBomPraBicho. O contrato encerrou em dezembro, mês em que a Câmara de Vereadores aprovou uma lei muni- cipal que cri o Programa de Bem-Estar Animal de Araranguá, elaborado em conjunto entre prefeitura, vereadores, Ministério Público,FundaçãodeMeio Ambiente (Fama), poder Geral 13Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 Repasse indefinido ³Cida disse que está sendo ameaçada pela mulher > SANTA ROSA DO SUL Um acidente de gran- des proporções foi regis- trado na manhã de ontem no km 442,8 da BR101, no bairro Glorinha em Santa Rosa do Sul. Uma carreta Mercedes Bens Axon 2035, com placas de Cariacica/ ES, carregada de bebidas, saiu da pista e tombou às margens da rodovia. A Polícia Rodo- viária Federal (PRF) de Araranguá evitou o saque da carga a tempo. O fato ocorreu às 8h40min e chamou a atenção de moradores do bairro e de motoristas que passavam pela 101. Muitos foram multados pelos patrulheiros porque estacionaram o veículo em local irregular. “A Polícia Militar de Santa Rosa chegouaolocaldoacidente antes e evitou o imediato saque. Assumimos o caso e prosseguimos no contro- le do pessoal”, relata um policial rodoviário federal, que ajudou a fazer a se- gurança da carga até ser totalmente removida para um caminhão. O motorista da car- reta, Diney Conti, de 29 anos, informa que vinha PRFevitasaquesem carretadebebidas com a carga - cerca de 28 toneladas de sucos, isotônicos e energéticos - de Cariacica em direção à Santa Maria/RS. “Não tive nem tempo de frear. Perdi o controle após ter passado por um enorme buraco em uma depres- são. Os eixos das rodas da frente quebraram e não teve como evitar a saída de pista”, conta Diney. Ele sofreu escoriações em algumas costelas, passa bem e preferiu procurar atendimento médico so- mente após a carreta e o material serem retirados. O trabalho de remoção da carga e de guincho do veículo demorou cerca de quatro horas. A carreta envolvidanoacidenteper- tence à empresa capixaba Lippaus. Apenas algumas cai- xasdebebidasdanificadas foram liberadas para as pessoas que acompanha- vam os trabalhos após o acidente.Apistamarginal de acesso a Glorinha foi liberada após ter ficado em meia pista durante boa parte da manhã e início da tarde de ontem. Segundo informações da PRF, o motorista estava com a documentação em dia e o peso da carga es- tava regularizado. > ARARANGUÁ No final da tarde de segunda-feira,agentesda PolíciaCivildaDivisãode InvestigaçãoCriminalde Araranguá, em cumpri- mento a ordem de busca e apreensão expedida pelo Juízo da comarca de Santa Rosa do Sul, apre- Polícia recolhe menor envolvido em crime enderam o um adolescente de 17 anos de idade. Mora- dor do bairro Divinéia, em Araranguá,eleéinvestigado no latrocínio (roubo seguido de morte) praticado contra ValdirSilveiradeVargas,70, e na tentativa de homicídio contra a gaúcha Ghenifer Domingues Fin. O crime foi registrado na madrugada ³Caixas de bebidas se espalharam na pista Protetora dos animais foi reclamar da falta do repasse mensal da prefeitura, não foi atendida e esbofeteou dois funcionários Djonatha Geremias Rafael Andrade Mulher agride dois servidores > ARARANGUÁ Não choveu em Araranguá, mas fechou o tempo na prefei- tura, na tarde de ontem. Uma mulher,cuidadora de animais de rua, deu tapas echutesemdoisservidores públicos,apósumdeleslhe informar que não poderia ser atendida naquele mo- mento. A ocorrência não chegou a polícia, mas há registros de ameaça de morte contra a nova secre- tária de Governo, Maria Aparecida Costa, a Cida. O motivo é a não continui- dadedocontratomunicipal que repassa à cuidadora dos animais uma ajuda de custo no valor de R$ 2 mil por mês. O fato aconteceu por volta das 14 horas, quando a mulher entrou na prefei- tura já alterada, de acordo com testemunhas. Após subiraosgritosaosegundo piso do prédio, onde fica a saladeCida,ocoordenador do setor de Comunicação, CláudioBenvenuto,tentou acalmá-la e informou que a secretária estava em reunião. Como resposta levouumtapanorosto.Ele perguntou o motivo e ela respondeu, mas continuou agredindo o funcionário, segundo ele. Um outro servidor tentou separar, mas acabou apanhando também. “Foram tapas, socos, chutes... mas não pretendemos levar o caso à polícia”,comentouCláudio. Na prefeitura “Quando a gente trabalha no setor público, precisa entender que sempre vai lidar com pessoas de opi- niões contrárias”, justifica. Do gabinete, Cida ou- viu os gritos e, ao ser in- formada, que ela é quem seria o alvo da mulher, trancouaporta.“Depoisdo incidente, passei a atender as pessoas com a porta trancada, porque estou re- cebendo ameaças de morte dessa mulher”, explicou. A mulher foi embora e nas redes sociais assumiu que “tocou uma bofetada” nosdoisservidoreseconfir- ma que a ação era para ser contra Cida. A mulher ar- gumenta que tudo que fez foi em defesa dos animais. OCorreiodoSulentrouem contato com a mulher, mas até o fechamento desta do dia 15 de janeiro, na localidade de Glorinha, em Santa Rosa do Sul.Atingido com um único tiro, o idoso, que estava em casa com Ghenifer,morreudiasdepois no hospital. Nesta segunda o ado- lescente foi localizada nas imediações do Caverá Park e levado a um centro de in- ternação em Caçador. O comparsa dele, Jaisson Felisberto Orige, encontra-se preso preven- tivamentedesdeasemana passada, depois que con- fessou ter cometido o bru- tal assasinato. De acordo com a polícia, ele também teria roubado dinheiro de Valdir. judiciárioerepresentantes de associação. A partir do programa, que entrou em vigor em janeiro de 2015, a prefei- tura separou uma verba fixa de R$ 120 mil anual para atender as necessi- dades do programa, que passa a ser coordenado pela Secretaria de Gover- no, em parceria com as Secretarias de Saúde, de Obras e de Interior e com a Fama. Dentre as fun- ções do programa estão o compromisso de castrar no mínimo 40 cães de ruas ou decuidadorescadastrados, a implantação de chips de identificação em cada um dos animais atendidos e a pulverização de produto combatente a pragas em locais de risco. A lei não prevê ajuda aos cuidado- res, embora a prefeitura esteja ciente da importân- cia e da necessidade da continuação dos trabalhos desses voluntários. Nada impede um novo contrato comelas,porém,odinheiro seriatiradodepartedosR$ 10 mil mensais do progra- ma. Por isso, a secretária Cida explica que a prefei- tura ainda estuda o que fazer.Atualmente, há uma funcionária específica na Secretaria de Saúde para fazer o levantamento de todos os cuidadores e cães de rua do município. Ela está diariamente nas ruas fazendo o cadastro, que já está aproximadamente 85% pronto. Só com uma cuidadora no bairro Ara- pongas, por exemplo, há quase 60 animais de rua.
  14. 14. Publicidade14 Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015
  15. 15. Geral 15Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 Valdinei Nichele ³Padres visitaram pela segunda vez o prefeito para organizar a recepção as freiras que se instalarão na cidade Cinco monjas, quatro delas estrangeiras, viverão em clausura, sem serem vistas, mas poderão conversar com quem for em busca de orientação espiritual Da redação Mosteiro de Visitação abre em março > MARACAJÁ No dia 19 de mar- ço, às 15h, cinco monjas que irão fundar o Mosteiro de Visitação de Santa Maria no Bra- sil serão recebidas em Maracajá. Para convidar para a chegada delas, o novo pároco do município, padre Lucas Fernandes Bombazar; o pároco da Igreja Matriz São Donato de Içara,Antônio Vander e o padre Antoninho Rossi, estiveram com o prefeito Wagner da Rosa na tarde desta terça-feira. Padre Lucas conta que o local será de peregrina- Religião ção e as irmãs visitandi- nas,duasespanholas,uma brasileira, uma uruguaia e uma portuguesa, darão aconselhamento à popu- lação. “As monjas terão uma vida contemplativa e receberão as pessoas para dar orientação espiritual, porémsemcontatovisual”. A prefeitura irá via- bilizar o asfalto do acesso ao mosteiro. “O local será ainda um ponto turístico religioso, pois todo o sul vai se voltar para Maracajá”, completa o padre. A Igreja Católica pre- para uma grande recepção para as religiosas, que fica- rão alojadas na antiga casa dasirmãs,próximoaEscola Manoel Gomes Baltazar. Segundo o prefeito, a população está feliz com a chegada do novo padre e com a instalação do mos- teiro, que na sua avaliação será um marco para Ma- racajá que terá o privilégio de acolher as monjas que irão fazer parte da cami- nhada religiosa da região. “Um dos nossos objetivos é voltar a realizar a Semana da Juventude antes da Festa do Colono e para isso gostaríamos de contar com a parceria da padre”, disse. PadreLucaschegouem Maracajánofinaldedezem- bro.Suafamíliamorahá25 anos em Criciúma e foi lá que ingressou no Seminá- rio Rogacionista, no bairro Pinheirinho. Aos 21 anos foi para um ano de estudos em Bairro, São Paulo; de > SOMBRIO Está marcada para o próximo domingo a missa de posse do novo coorde- nador da paróquia São João Paulo II, na igreja do bairro Januária, em Sombrio. Padre Gilson da Silva Pereira já foi anunciado como pároco e afirma estar se sentindo desafiado e com grandes expectativas. Nascido em Cambará do Sul/RS, Gilson reside há 28 dos seus 30 anos em Sombrio. Embora tenha sido um colaborador da igreja desde muito jovem, diz ser uma vocação ma- dura, já que entrou para o seminário somente aos 20 anos. “Sempre par- ticipei do trabalho da comunidade e depois da crisma assumi minha fé, auxiliando nas ações da igreja como técnico e locutor de rádio comu- nitária”, conta. Quando uma liderança levantou a possibilidade de que se tornasse padre, com 18 anos, Gilson começou a refletir e, inicialmente sob orientações do padre Pedro Paulo e depois do padre Alexandre, passou a receber acompanha- mento. Entrou para o semi- nário em 2006, em Co- cal do Sul e Urussanga, ParóquiaSãoJoão Paulotemnovopároco cursando depois Filosofia no seminário de Brusque. Em 2010 passou a cursar Teologia no Instituto de Tecnologia de Santa Cata- rina (Itesc), onde perma- neceu por quatro anos.De volta a Sombrio, passou a atuar como seminarista e diácono, e em novembro passado foi ordenado padre na paróquia SantoAntônio de Pádua e agora transfe- rido para outra paróquia sombriense. “Imaginava que antes de me tornar pároco teria alguns anos de experiência, mas fui sur- preendido com esta notícia extraordinária”, declarou. Com a transferência de padre Antoninho Rossi para Içara, padre Gilson foi nomeado líder da paróquia São João Paulo II, recen- temente criada a partir da paróquia Santo Antônio de Pádua e que engloba 15 comunidades do lado oeste de Sombrio. “Sem dúvida é uma responsabilidade muito grande a de orien- tar famílias, lideranças e comunidades, além de administrar bens que não são seus.” Além dos atendimen- tos e visitas, padre Gilson, acompanhado de membros da Pascom (Pastoral da Co- municação) e outros líderes da paróquia, participa do programaCaminhosdaFé, realizado todos os sábados pela manhã através da rádio 93.3FM. ³Recém ordenado padre Gilson já tem paróquia > JACINTOMACHADO Nesta quarta e quinta-feira,aconteceem Jacinto Machado mais uma edição do Campo Demonstrativo Cooperja (CDC). Hoje o foco serão as culturas de maracujá, banana, milho e soja e amanhã o arroz. Haverá ainda sorteio de brindes e show de humor com o Começa o 11° CDC Cooperja Teatro do Biriba. Durante todo o evento os agricultores podem co- nhecerastendênciasenovi- dadesempastagens,exposi- ção de animais, projetos de irrigação, plantas bioativas ehortaliças.Tambémhave- rá exposição de máquinas e implementos agrícolas, al- moço, brincadeiras para as crianças, sorteio de brindes e atrações culturais. “Com as informações adquiridas e implantações de novas tecnologias o agri- cultor alavanca sua renda e aumenta a qualidade de vida de toda sua família. E para Cooperja é uma forma de conhecer ainda mais seu associadoecliente”,destaca o engenheiro agrônomo da cooperativa KleytonAbreu. No período dedicado ao arroz, a Epagri conversará sobre variedades já tra- dicionalmente cultivadas e, também novas culti- vares. Na horticultura e fruticultura, poderão ser vistas a irrigação, aliada a fertirrigação. Nas culturas do milho e soja a atração deve ser a biotecnologia,que está sempre evoluindo. Ha- verá ainda exposições de animais, atividade que ganha espaço na região, inclusive na diversifica- ção da propriedade. 2004 a 2007 fez graduação em Filosofia em Curitiba, Paraná, e teologia em São Paulo entre 2008 e 2011. Em 2012 deixou a Congre- gaçãoRogacionistaeingres- sou na Diocese. Em 2013 iniciou estágio pastoral em JacintoMachadoeem10de maio de 2014 foi ordenado padre em Urussanga, onde permaneceu 11 meses até vir para Maracajá no final de 2014. Uma peculiaridade do padre, que tem 33 anos, é gostardeandardebicicleta pela cidade e assim conhe- cer e visitar as famílias. Ele comenta que sempre utilizou a bicicleta e foi o primeiro presente que recebeu quando chegou em Maracajá.
  16. 16. Publicações Legais16 Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ DECRETO N. 012 DE 03 DE FEVEREIRO DE 2015 “Determina Ponto Facultativo no Município de Balneário Gaivota” A PREFEITA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA, ESTADO DE SANTA CATARINA, no uso de suas atribuições legais, conferidas pelos incisos V do artigo 58 da Lei Orgânica Municipal, DECRETA Art. 1º - Fica decretado ponto facultativo no Município de Balneário Gaivota, no dia 16 de Fevereiro de 2015, (Segunda-Feira). Art. 2º - Os serviços considerados essenciais permanecerão em funcionamento. Art. 3º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Balneário Gaivota, 03 de Fevereiro de 2015. TERRIMAR RAMOS PEREIRA PREFEITA MUNICIPAL Publicado e registrado na Secretaria deAdministração e Finanças na data supra. JEFERSON RAUPP SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO E FINANÇAS DECRETO Nº 013 DE 10 DE FEVEREIRO DE 2015. NOMEIA LEILOEIRO OFICIAL APrefeita Municipal de Balneário Gaivota, no uso das atribuições conferidas no inciso V do artigo 58 da Lei Orgânica Municipal, e Lei n° 8.666 de 23 de junho de 1993, especialmente o art. 25 e suas alterações e da Instrução Normativa DREI n° 17, de 05/12/2013. DECRETA : Art. 1º - Ficam nomeados os Srs. JÚLIO RAMOS LUZ, matrícula AARC 162, ULISSES DONIZETE RAMOS, matrícula AARC 309, regularmente inscritos na JUCESC, como Leiloeiros Oficiais, convidados por sua notória e comprovada experiência, para realizar Leilão de bens Patrimoniais do Município de Balneário Gaivota/SC., declarados inservíveis pelo Processo de Avaliação da Comissão n° 28/01/2015, cuja alienação foi autorizada. Art. 2º - O Leiloeiro está rigorosamente em dia com suas obrigações de acordo com o processo de inexigibilidade n° 30/2015, e nada receberá do Município pelos serviços prestados. Art. 3° - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Balneário Gaivota- (SC), 10 de Fevereiro de 2015. Terrimar Ramos Pereira Prefeita Municipal Registrado e Publicado nesta Secretaria em data supracitada. Jeferson Raupp Secretario Municipal de Administração e Finanças EDITAL DE LEILÃO PÚBLICO Nº 01/ 2015 O município de Balneário Gaivota (SC), com sede na Av. Guanabara, n° 452, Bloco B, cidade de Balneário Gaivota, CEP 88.955/000, inscrito no CNPJ sob nº 01.511.659/0001-75, Telefone (48) 3583 1408, torna público aos interessados que fará realizar Leilão Público às 09:00 horas do dia 26 de fevereiro de 2015, tendo como local o Saguão da Prefeitura Municipal, localizada na Avenida Guanabara, nº 452, Bloco B, Turimar, Balneário Gaivota. O leilão será conduzido pelo Leiloeiro Público Oficial SR. Júlio Ramos Luz, MatrículaAARC/162 JUCESC, para venda à vista de bens móveis e bens inservíveis: Lote 01: 01 Microônibus Fiat/Ducato 15 Jaedi Tur, ano/modelo 2001, Placas MCE 0591, cor branca, Diesel, 16 Lugares. Lance Inicial R$ 2.000,00. Lote 02: 01Automóvel Chevrolet/Classic LS, ano 2010, modelo 2011, Placas MHS 8781, cor branca, álcool/gasolina. Lance Inicial R$ 2.100,00. LOTE 03: 01 Automóvel Fiat/Uno Mille Fire Flex, ano 2005, modelo 2006, Placas MFS 6432, cor branca, Álcool/Gasolina. Lance Inicial R$ 1.000,00. LOTE 04: 01 Automóvel Fiat/Uno Mille Fire Flex, ano 2005, modelo 2006, Placas MFS 6452, cor branca, Álcool/Gasolina. Lance Inicial R$ 500,00. LOTE 05: 01 Automóvel GM/Celta, ano/modelo 2002, Placas MBO 6243, cor branca, Gasolina. Lance Inicial R$ 500,00. Lote 06: 01 Automóvel Fiat/Uno Mille Fire Flex, ano/modelo 2006, Placas MDK 6503, cor branca, Álcool/Gasolina. Lance Inicial R$ 600,00. Lote 07: 01 Motoniveladora Rodasm.A/ Huber Warco 165 S, ano/modelo 1982, Placas ION 7706, cor amarela, Diesel. Lance Inicial R$ 15.000,00. Lote 08: 01 Automóvel Fiat/ Uno Electronic, ano 1994, modelo 1995, Placas GTD 3129, cor branca, Gasolina. Lance Inicial R$ 800,00. Lote 09: 01Automóvel GM/Vectra GLS, ano 1998, modelo 1999, Placas CNS 9521, cor branca, gasolina. Lance Inicial R$ 2.200,00. Lote 10: 01 Trator INEXIBILIDADE DE LICITAÇÃO Nº 30/2015 Contratado: Júlio Ramos Luz Objeto: Elaboração de Serviços Autônomos de Consultoria, Assessoria, Estruturação, Elaboração e realização de leilão de bens pertencentes ao município de Balneário Gaivota Valor:O contratado não receberá nenhuma quantia do Contratante, os valores serão pagos pelos(as) arrematantes. Base legal: artigo 25, caput, da Lei 8.666/93 e alterada pela Lei 8.883/94. Balneário Gaivota, 09 de fevereiro de 2015. TERRIMAR RAMOS PEREIRA PREFEITA MUNICIPAL DECRETO Nº 6.608, DE 21 DE JULHO DE 2014. CONCEDE ISENÇÃO DE IPTU E CONTRIBUIÇÃO DE MELHORIA ÀS PESSOAS QUE MENCIONA. O Prefeito Sandro Roberto Maciel no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, e ao que determina o art. 22, VI, da Lei Complementar nº 006, de 03 de dezembro de 1997 (Código Tributário Municipal), com alteração das Leis Complementares nº 036, de 31 de outubro de 2002, nº 038, de 26 de Novembro de 2003, nº 043, de 27 de agosto de 2003, nº 48, de 07 de maio de 2004 e n° 101/2010: DECRETA Art. 1º Fica concedida isenção do pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU e Contribuição de Melhoria, às pessoas abaixo relacionadas, as quais requereram a aludida isenção, na forma dos artigos. 22, VI e 116, II, da Lei Complementar nº 006, de 03 de dezembro de 1997 (Código Tributário Municipal), com DECRETO Nº 6.704, DE 09 DE OUTUBRO DE 2014. VISA A SUPLEMENTAÇÃO NO ORÇAMENTO DO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE. O Prefeito Municipal Sandro Roberto Maciel, no uso das suas atribuições legais emanadas pela Lei Orgânica do Município e em conformidade com o art. 8º da Lei Municipal nº 3.215, de 09 de outubro de 2014. DECRETA Art. 1º Fica suplementado o orçamento do Município, no valor total de R$ 6.250,00 (seis mil e duzentos e cinqüenta reais) na seguinte modalidade de despesa: Art. 2º. Para fazer face a suplementação deste Decreto, serão utilizadas os recursos dos excesso de arrecadação na frente de recursos nº 106 - receita Imposto e Transf. De Impostos - Saúde, em conformidade com o artigo 43 § 1º, inciso II da Lei Federal nº 4.320/64. Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 4º Revogam-se as disposições em contrário. Decreto nº 6.704 de 09 Outubro de 2010 Fls. 02 Prefeitura Municipal de Araranguá, em 09 de outubro de 2014. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e publicado o presente Decreto na Secretaria de Administração em 09 de outubro de 2014. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração DECRETO N° 6.711, DE 23 DE OUTUBRO DE 2014. NOMEIA DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE TURISMO. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, especificamente o art. 83, VII, e ao que determina a Lei Complementar nº 145, de 26 de dezembro de 2012: DECRETA Art. 1º Fica nomeada DANIELLE LEITE FERREIRA para exercer em comissão o cargo de Diretora do Departamento de Turismo, do Gabinete do Prefeito, símbolo CC3, no quadro de pessoal do Poder Executivo Municipal. Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 23 de outubro de 2014. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 23 de outubro de 2014. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 1/2015 – REGISTRO DE PREÇOS O FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE, localizado à Rua Juvenal Feliciano de Bitencourte, nº 160, Centro, CEP 88.925-000, Morro Grande/SC, torna público para conhecimento dos interessados, que está sendo publicado o Edital de Pregão Presencial nº 1/2015, cujo objetivo é o registro de preços para a eventual aquisição de materiais médico-hospitalares e odontológicos visando a manutenção da rede pública municipal de saúde do município de Morro Grande. Os envelopes contendo a proposta de preços e documentos de habilitação serão recebidos até às 08h30min do dia 26/02/2014, com abertura no mesmo dia às 09h00min, junto ao Setor de Licitações, localizado no Centro Administrativo da Prefeitura de Morro Grande, sito a Rua Rui Barbosa, nº 310, Centro, Morro Grande/SC. Informamos que a íntegra do Edital e seus anexos poderão ser lidos ou obtidos no endereço supracitado ou no site www.morrogrande.sc.gov.br. Maiores informações estarão disponíveis os telefones (0xx48) 3544-0015/3544-0016 ou pelo e-mail licita@morrogrande.sc.gov. br. Valdionir Rocha - Prefeito Municipal. ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA ESTADO DE SANTA CATARINA FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE DE MORRO GRANDE Massey Ferguson 50X, ano 1973, cor vermelha. Lance Inicial R$ 2.500,00. Lote 11: sucatas de móveis e carteiras e cadeiras escolares e eletrodomésticos. Lance Inicial R$ 100,00. Lote 12: 01 Automóvel Ford/Fiesta, ano 1997, modelo 1998, Placas AHI 2770, cor preta, Gasolina. Lance Inicial R$ 1.000,00. Lote 13: 01 Automóvel Fiat/Palio EX, ano 2002, modelo 2003, Placas MCT 0401, cor preta, Gasolina. Lance Inicial R$ 4.500,00. Lote 14: Sucatas de Informática e Eletrônicos. Lance Inicial R$ 70,00. Lote 15: 01 Forrageira Nogeira Pecus 9004, Colheitadeira de forragens. Lance Inicial R$ 500,00. Lote 16: 01 Caçamba Bascam, sem chassi, sem hidráulico. Lance Inicial R$ 200,00. Lote 17: 01 Carreta para Trator. Lance Inicial R$ 50,00. Lote 18: 01 Barco com Reboque, sem motor. Lance Inicial R$ 600,00. Lote 19: Sucatas de Pneus. Lance Inicial R$ 50,00. Lote 20: 01 Roçadeira com adaptação para Capinadeira. Lance Inicial R$ 50,00. Lote 21: Sucatas de Iluminação Pública. Lance Inicial R$ 50,00. Lote 22: Sucatas de Roçadeiras a Gasolina. Lance Inicial R$ 20,00. Lote 23: Sucatas e Ferro Velhos em geral. Lance Inicial R$ 50,00. Edital completo com as descrições poderá ser obtido na Prefeitura ou através dos sites www.julioramos.com.br ou www. balneariogaivota.sc.gov.br, ou ainda pelos telefones Fone (48) 3583 1408, na Prefeitura ou (47) 3521 7730 com o Leiloeiro. Aplica-se à presente licitação, as disposições da Lei no 8.666/93, incluindo as alterações posteriores. Leia atentamente o edital. Baneário Gaivota (SC), 10 de fevereiro de 2015. Terrimar Ramos Pereira - Prefeita Municipal. alteração das Leis Complementares nº 036, de 31 de outubro de 2002, nº 038, de 26 de Novembro de 2003, nº 043, de 27 de agosto de 2003 e nº 48, de 07 de maio de 2004 e n° 101/2010. Art. 2º O prazo de validade da isenção é de dois (2) anos, após o que deverá o beneficiado submeter-se a recadastramento, para comprovar a permanência das condições de concessão do benefício. Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 4º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 21 de julho de 2014. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 21 de julho de 2014. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração Rua: Dr. Virgulino de Queirós, nº 200 – Centro – Araranguá/SC Fone: (48)35210900 www.ararangua.net Lei Orgânica do Município, e ao que determina o art. 22, VI, da Lei Complementar nº 006, de 03 de dezembro de 1997 (Código Tributário Municipal), com alteração das Leis Complementares nº 036, de 31 de outubro de 2002, nº 038, de 26 de Novembro de 2003, nº 043, de 27 de agosto de 2003, nº 48, de 07 de maio de 2004 e n° 101/2010: DECRETA Art. 1º Fica concedida isenção do pagamento do Imposto Predial e Territorial Urbano - IPTU e Contribuição de Melhoria, às pessoas abaixo relacionadas, as quais requereram a aludida isenção, na forma dos artigos. 22, VI e 116, II, da Lei Complementar nº 006, de 03 de dezembro de 1997 (Código Tributário Municipal), com alteração das Leis Complementares nº 036, de 31 de outubro de 2002, nº 038, de 26 de Novembro de 2003, nº 043, de 27 de agosto de 2003 e nº 48, de 07 de maio de 2004 e n° 101/2010. NOME MATRÍCULA CADASTRO MUNICIPAL DATA DO BENEFÍCIO TIPO (%) Danúbio Antônio do Nascimento ---------------------------- 19546 10/08/1999 100 Elza Cardoso Ferraz 46.781 17600 03//05/2005 100 Francisca Ribeiro 48.525 16267 30/01/20014 100 Guilhermina Catarina Vieira 26.807 30241 30/03/2012 100 Idelcia Maria Gonçalves 63.810 26410 17/05/2006 100 Jenoca Pacheco de Castro 30.579 19080/29354 01/02/1995 100 José Domingos Ferreira 69.101 31683 27/05/2010 100 Maria Cardoso Dutra ---------------------------- 703/704 21/07/2013 100 Maria das Graças Luiz ---------------------------- 25077/31061 25/03/2011 100 Maria Dos Santos Bernardo 30.280 16305 08/07/2007 100 Maria Terezinha Nazário da luz 31.536 25714 06/08/2003 100 Soeli Marques Alexandre ---------------------------- 4378/26288 17/11/2010 100 Tomazia Vieira ---------------------------- 1850/26379 07/06/2001 100 Zenir Maria de Oliveira 46.343 15397 16/02/2009 100 Art. 2º O prazo de validade da isenção é de dois (2) anos, após o que deverá o beneficiado submeter-se a recadastramento, para comprovar a permanência das condições de concessão do benefício. ESTADO DE SANTA CATARINA MUNICÍPIO DE ARARANGUÁ _______________________________________________________ Rua: Dr. Virgulino de Queirós, nº 200 – Centro – Araranguá/SC Fone: (48)35210900 www.ararangua.net DECRETO Nº 6.704, DE 09 DE OUTUBRO DE 2014. VISA A SUPLEMENTAÇÃO NO ORÇAMENTO DO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE. O Prefeito Municipal Sandro Roberto Maciel, no uso das suas atribuições legais emanadas pela Lei Orgânica do Município e em conformidade com o art. 8º da Lei Municipal nº 3.215, de 09 de outubro de 2014. DECRETA Art. 1º Fica suplementado o orçamento do Município, no valor total de R$ 6.250,00 (seis mil e duzentos e cinqüenta reais) na seguinte modalidade de despesa: Órgão 09 SEC. DE SAÚDE U. Orçam. 01 Fundo Municipal de Saúde Proj/Ativ. 2.057 Bloco: Atenção Básica à Saúde Elemento 17/44.90.00.00.0106 Aplicações Diretas R$ 6.250,00 TOTAL DE SUPLEMENTAÇÃO...................................................... R$ 6.250,00 Art. 2º. Para fazer face a suplementação deste Decreto, serão utilizadas os recursos dos excesso de arrecadação na frente de recursos nº 106 - receita Imposto e Transf. De Impostos - Saúde, em conformidade com o artigo 43 § 1º, inciso II da Lei Federal nº 4.320/64. Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 4º Revogam-se as disposições em contrário.
  17. 17. Publicações Legais 17Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ ESTADO DE SANTA CATARINA PREFEITURA MUNICIPAL DE ARARANGUÁ DECRETO Nº 6.712, DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. CONCEDE ISENÇÃO/NÃO INCIDÊNCIA DE ITBI À PESSOA QUE MENCIONA. O Prefeito Sandro Roberto Maciel no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, e ao que determina o art. 34, inciso VI da Lei Complementar n° 006/1997: DECRETA Art. 1º Fica concedida isenção/não incidência do pagamento do Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis - ITBI, à pessoa abaixo relacionada, a qual requereu a aludida isenção/não incidência, na forma do artigo. 34, inciso VI da Lei Complementar nº 006, de 03 de dezembro de 1997 (Código Tributário Municipal), com base no processo que menciona. NOME PROCESSO ADMINISTRATIVO Serafim Agenor Matos e outros 7073/2014 Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 28 de outubro de 2014. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 28 de outubro de 2014. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração DECRETO Nº 6.713, DE 28 DE OUTUBRO DE 2014. CONCEDE ISENÇÃO/NÃO INCIDÊNCIA DE ITBI À PESSOA QUE MENCIONA. O Prefeito Sandro Roberto Maciel no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, e ao que determina o art. 34, inciso VI da Lei Complementar n° 006/1997: DECRETA DECRETO Nº 6.719, DE 03 DE NOVEMBRO DE 2014. EXONERA CHEFE DE SERVIÇO DE RENDAS DIVERSAS. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, especificamente o art. 83, VII: DECRETA Art. 1º Fica exonerada CAMILA BIANCA CLAUDINO do cargo em comissão de Chefe do Serviço de Rendas Diversas, da Secretaria de Finanças, símbolo CC5, do quadro de pessoal do Poder Executivo Municipal. Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 03 de novembro de 2014. SANDRO ROBERTO MACIEL - Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 03 de novembro de 2014. FERNANDO VALMOR MARCELINO - Secretário de Administração DECRETO Nº 6.721 DE 05 DE NOVEMBRO DE 2014. NOMEIA CHEFE DO SERVIÇO DE PROTOCOLO GERAL. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, especificamente o art. 83, VII, e ao que determina a Lei Complementar nº 145, de 26 de dezembro de 2012: DECRETA Art. 1º Fica nomeado JEFFERSON BOTELHO VIEIRA para exercer em comissão o cargo de Chefe do Serviço de Protocolo Geral, da Secretaria de Administração, símbolo CC5, no quadro de pessoal do Poder Executivo Municipal. Art. 2º - Fica concedido 100% (cem por cento) de Função Gratificada e 100% (cem por cento) de Vantagem de Representação conforme os artigos 218 e 219 da Lei Complementar nº 145, de 26 de dezembro de 2012. Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 4º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 05 de novembro de 2014. SANDRO ROBERTO MACIEL - Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 05 de novembro de 2014. FERNANDO VALMOR MARCELINO - Secretário de Administração DECRETO Nº 6.714, DE 29 DE OUTUBRO DE 2014. FIXA O PREÇO PÚBLICO DO ESTACIONAMENTO ROTATIVO DE ARARANGUÁ, INSTITUÍDO PELA LEI N°. 3.084, DE 03 DE MAIO DE 2012; REGULAMENTADO PELO DECRETO Nº. 6.569, DE 06 DE JUNHO DE 2014. O Prefeito Municipal de Araranguá, no uso de suas atribuições legais emanadas da Lei Orgânica do Município e em conformidade com os artigos 10 e 15 do Decreto nº. 6.569, de 06 de junho de 2014: DECRETA: Art. 1°. O preço público do Estacionamento Rotativo de Araranguá, a ser cobrado pelo cartão de 01 (uma) hora, será de R$ 1,00 (um real). Art. 2°. O preço público, a ser cobrado para o procedimento de regularização de Aviso de Irregularidade, será de R$ 10,00 (dez reais), correspondente a 10 (dez) cartões de R$ 1,00 (um real) cada. Art. 3º. Este decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 4º. Revogam-se as disposições em contrário. DECRETO Nº 6.718, DE 03 DE NOVEMBRO DE 2014. EXONERA CHEFE DO SERVIÇO DE CEMITÉRIOS DO INTERIOR. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, especificamente o art. 83, VII: DECRETA Art. 1º Fica exonerada MARIA CAROLINA DA SILVAANACLETO do cargo em comissão de Chefe do Serviço de Cemitérios do Interior, da Secretaria de Interior, símbolo CC5, do quadro de pessoal do Poder Executivo Municipal. Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 03 de novembro de 2014. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 03 de novembro de 2014. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração Art. 1º Fica concedida isenção/não incidência do pagamento do Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis - ITBI, à pessoa abaixo relacionada, a qual requereu a aludida isenção/não incidência, na forma do artigo. 34, inciso VI da Lei Complementar nº 006, de 03 de dezembro de 1997 (Código Tributário Municipal), com base no processo que menciona. NOME PROCESSO ADMINISTRATIVO Valdir Betiol de Luca e outros 7397/2014 Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3º Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 28 de outubro de 2014. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 28 de outubro de 2014. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração Prefeitura Municipal de Araranguá, em 29 de outubro de 2014. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 29 de outubro de 2014. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração
  18. 18. Publicações Legais18 Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, APRESENTAR DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU AINDA INFORMAR O REAL CONDUTOR, CONFORME DISPOSTO NO ART. 257, PARÁGRAFO 7 DA MESMA LEI, COMBINADO COM A RESOLUÇÃO N. 017/1998 DO CONTRAN. SENDO PESSOA JURÍDICA O PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO, A NÃO INDICAÇÃO DO CONDUTOR IMPLICARÁ NAS SANÇÕES DO ART. 257, PARÁGRAFO 8 DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO POR AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 1005/2014 Página : 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento BWE7112 55094445E 2336920/0 08/05/2014 CGS9698 55094879E 2336920/0 03/06/2014 CLJ0616 55094866E 2336920/0 30/05/2014 COR0875 55094708E 162 * I5010/0 19/05/2014 COR0875 55094710E 164 c/c 162 * I5118/0 19/05/2014 COR0875 55094711E 230 * V6599/2 19/05/2014 COR0875 55094712E 2326912/0 19/05/2014 ICO6151 55094886E 2336920/0 03/06/2014 ICY7481 55094970E 162 * V5045/0 18/06/2014 ICY7481 55094971E 164 c/c 162 * V5142/0 18/06/2014 ICY7481 55094972E 2336920/0 18/06/2014 IJU8110 55094988E 186 * I5720/0 20/06/2014 ILF5763 55094995E 230 * V6599/2 20/06/2014 INN4875 55094852E 2336920/0 30/05/2014 IOT1085 55094960E 2336920/0 16/06/2014 ITO3336 55094854E 2336920/0 30/05/2014 JMQ6045 55094659E 181 * VIII5452/2 16/06/2014 LNE4222 55094888E 2336920/0 03/06/2014 LWV4201 54560448E 230 * V6599/2 16/06/2014 LXH2253 55094980E 162 * I5010/0 19/06/2014 LXH2253 55094981E 164 c/c 162 * I5118/0 19/06/2014 MAJ5093 55094963E 2336920/0 16/06/2014 MAY8000 55094179E 230 * V6599/2 08/05/2014 MCR7331 55094437E 162 * I5010/0 07/05/2014 MCR7331 55094438E 164 c/c 162 * I5118/0 07/05/2014 MCR7331 55094439E 1955835/0 07/05/2014 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento MDF1028 55094930E 244 * II7048/1 23/06/2014 MDT5508 55094877E 2336920/0 30/05/2014 MEM9963 55094098E 230 * V6599/2 23/06/2014 MEP7871 55094874E 2336920/0 30/05/2014 MEY7242 55094863E 2336920/0 30/05/2014 MFB7265 55094861E 2336920/0 30/05/2014 MFC5936 55094808E 252 * VI7366/2 27/05/2014 MGA0347 55094876E 2336920/0 30/05/2014 MGD8688 55094920E 252 * VI7366/2 18/06/2014 MHE9950 55094864E 2336920/0 30/05/2014 MHH3650 55095020E 230 * XI6653/2 24/06/2014 MHL8655 55095054E 164 c/c 162 * III5134/1 20/06/2014 MHV1331 55094809E 252 * VI7366/2 27/05/2014 MIF5180 55094246E 1675185/1 19/06/2014 MIR4020 55094242E 1675185/1 19/06/2014 MJA3406 55095000E 162 * V5045/0 24/06/2014 MJB4727 55094932E 252 * IV7340/0 25/06/2014 MJC5024 55094189E 162 * I5010/0 29/05/2014 MJC5024 55094190E 164 c/c 162 * I5118/0 28/05/2014 MJS6794 55094198E 1755274/1 16/06/2014 MJS6794 55094199E 230 * VII6610/2 16/06/2014 MLI1766 55094851E 2336920/0 30/05/2014 MVX4185 55094845E 181 * IX5460/0 11/06/2014 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DE DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 30 (TRINTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO OU, QUERENDO, AINDA, APRESENTAR RECURSO À JARI. OS PRAZOS ACIMA REFERIDOS ENTRAM EM VIGOR NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL. SOMBRIO/SC, 7 DE OUTUBRO DE 2014 ANDRE GAZZONI COUTRO DELEGADO DE POLICIA 2 / 2 FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 60 (SESSENTA) DIAS, APRESENTAR RECURSO EM 1a E 2a INSTÂNCIAS NA FORMA DOS ART. 285 E SEGUINTES DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO DE IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 1008/2014 Página : 1 / 1 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Valor da Infração Código da Infração / Desdobramento MDR9911 55094643E 2336920/0 19/05/2014 R$ 127,69 MIM7589 55094175E 252 * VI7366/2 24/04/2014 R$ 85,12 MLZ3633 55094501E 162 * V5045/0 25/04/2014 R$ 191,53 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DO RECURSO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 60 (SESSENTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO. OS PRAZOS ACIMA REFERIDOS ENTRAM EM VIGOR NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL. FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, APRESENTAR DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU AINDA INFORMAR O REAL CONDUTOR, CONFORME DISPOSTO NO ART. 257, PARÁGRAFO 7 DA MESMA LEI, COMBINADO COM A RESOLUÇÃO N. 017/1998 DO CONTRAN. SENDO PESSOA JURÍDICA O PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO, A NÃO INDICAÇÃO DO CONDUTOR IMPLICARÁ NAS SANÇÕES DO ART. 257, PARÁGRAFO 8 DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO POR AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 1007/2014 Página : 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento BXS9644 55095245E 2336920/0 30/06/2014 HUV3415 55094090E 181 * XVII5541/3 24/05/2014 HXK8914 55094881E 2336920/0 03/06/2014 IGW2855 55094836E 2336920/0 09/06/2014 IKR9717 55095249E 2336920/0 30/06/2014 IOC2317 55094840E 2336920/0 09/06/2014 ISC3548 55095222E 2336920/0 25/06/2014 MBI4946 55094233E 252 * VI7366/2 09/06/2014 MCB5283 55094847E 252 * VI7366/2 12/06/2014 MCG6468 55095243E 2336920/0 30/06/2014 MDT6911 55095153E 252 * VI7366/2 21/06/2014 MEM5108 55095021E 230 * V6599/2 27/06/2014 MER7527 55095231E 2336920/0 26/06/2014 MFN4564 55095154E 252 * VI7366/2 21/06/2014 MFS7204 55095065E 181 * IX5460/0 27/06/2014 MFW6174 55095026E 162 * V5045/0 30/06/2014 MFW6174 55095027E 230 * V6599/2 30/06/2014 MGA9948 55094849E 230 * VII6610/2 12/06/2014 MHV4334 55095244E 2336920/0 30/06/2014 MIO5442 55094901E 252 * IV7340/0 09/06/2014 MIT0991 55095234E 181 * XI5487/0 27/06/2014 MIT6176 55094873E 2336920/0 30/05/2014 MJJ3162 55095158E 1995878/0 26/06/2014 MLU9330 55094234E 252 * VI7366/2 12/06/2014 MUF0295 55094885E 2336920/0 03/06/2014 NUA7437 55094526E 181 * XVII5541/5 07/05/2014 1 / 2 FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 60 (SESSENTA) DIAS, APRESENTAR RECURSO EM 1a E 2a INSTÂNCIAS NA FORMA DOS ART. 285 E SEGUINTES DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO DE IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 1010/2014 Página : 1 / 1 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Valor da Infração Código da Infração / Desdobramento AOT1955 55094738E 2336920/0 23/05/2014 R$ 127,69 MFT4854 54561182E 2336920/0 29/04/2014 R$ 127,69 MGS5318 55094562E 181 * VIII5452/2 08/05/2014 R$ 127,69 MIK9881 55094714E 162 * V5045/0 19/05/2014 R$ 191,53 MIP8662 55094524E 230 * V6599/2 07/05/2014 R$ 191,53 MKD8501 55094715E 230 * V6599/2 20/05/2014 R$ 191,53 MKD8501 55094716E 230 * VII6610/2 20/05/2014 R$ 127,69 MKD8501 55094717E 230 * IX6637/2 20/05/2014 R$ 127,69 MMK4682 55094750E 181 * XI5487/0 26/05/2014 R$ 127,69 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DO RECURSO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 60 (SESSENTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO. OS PRAZOS ACIMA REFERIDOS ENTRAM EM VIGOR NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL. SOMBRIO/SC, 7 DE OUTUBRO DE 2014 ANDRE GAZZONI COUTRO DELEGADO DE POLICIA
  19. 19. Publicações Legais 19Correio do Sul Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, APRESENTAR DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU AINDA INFORMAR O REAL CONDUTOR, CONFORME DISPOSTO NO ART. 257, PARÁGRAFO 7 DA MESMA LEI, COMBINADO COM A RESOLUÇÃO N. 017/1998 DO CONTRAN. SENDO PESSOA JURÍDICA O PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO, A NÃO INDICAÇÃO DO CONDUTOR IMPLICARÁ NAS SANÇÕES DO ART. 257, PARÁGRAFO 8 DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO POR AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 1009/2014 Página : 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento IEX7558 55095216E 2336920/0 25/06/2014 IJP3413 55094912E 162 * I5010/0 13/06/2014 IJP3413 55094913E 164 c/c 162 * I5118/0 13/06/2014 IJP3413 55094914E 230 * V6599/2 13/06/2014 IMA3048 55094838E 2336920/0 09/06/2014 IMW9771 55094843E 252 * VI7366/2 09/06/2014 KND3052 55094935E 181 * XVII5541/4 03/07/2014 LBS4987 55094955E 2336920/0 16/06/2014 LXA5342 55094962E 2336920/0 16/06/2014 LXC9072 55095254E 164 c/c 162 * I5118/0 01/07/2014 LXC9072 55095255E 230 * V6599/2 01/07/2014 LXC9072 55095256E 230 * IX6637/1 01/07/2014 LXI9338 55095002E 230 * XI6653/2 18/06/2014 LYS4322 54560450E 2326912/0 20/06/2014 MAD2616 55094832E 2336920/0 09/06/2014 MAV1643 55094915E 162 * I5010/0 13/06/2014 MAV1643 55094916E 164 c/c 162 * I5118/0 13/06/2014 MAV1643 55094917E 230 * V6599/2 13/06/2014 MBB5979 55094239E 1675185/1 19/06/2014 MBB6959 55094833E 2336920/0 09/06/2014 MBV0851 55094973E 230 * V6599/2 18/06/2014 MDI7844 55094907E 252 * VI7366/2 12/06/2014 MFF4135 55094994E 162 * I5010/0 20/06/2014 MFG5587 55094952E 230 * V6599/2 16/06/2014 MFS7204 55094950E 181 * VIII5452/2 10/07/2014 MHV1331 55094904E 252 * VI7366/2 10/06/2014 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento MIF3015 55094200E 186 * I5720/0 17/06/2014 MJP8285 55094974E 162 * V5045/0 18/06/2014 MJP8285 55094975E 162 * III5037/1 18/06/2014 MKW5724 55094097E 162 * I5010/0 20/06/2014 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DE DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 30 (TRINTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO OU, QUERENDO, AINDA, APRESENTAR RECURSO À JARI. OS PRAZOS ACIMA REFERIDOS ENTRAM EM VIGOR NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL. SOMBRIO/SC, 7 DE OUTUBRO DE 2014 ANDRE GAZZONI COUTRO DELEGADO DE POLICIA 2 / 2 FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, APRESENTAR DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU AINDA INFORMAR O REAL CONDUTOR, CONFORME DISPOSTO NO ART. 257, PARÁGRAFO 7 DA MESMA LEI, COMBINADO COM A RESOLUÇÃO N. 017/1998 DO CONTRAN. SENDO PESSOA JURÍDICA O PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO, A NÃO INDICAÇÃO DO CONDUTOR IMPLICARÁ NAS SANÇÕES DO ART. 257, PARÁGRAFO 8 DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO POR AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 1011/2014 Página : 1 / 2 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento ADD3898 55094921E 187 * I5746/3 18/06/2014 CDM1903 55094968E 2336920/0 16/06/2014 COR7468 55095335E 181 * I5380/0 17/07/2014 DVL0432 55095261E 252 * VI7366/2 02/07/2014 EFW9765 55094929E 230 * VII6610/2 23/06/2014 GKJ4632 55639222D 230 * VII6610/2 18/07/2014 HDO7500 55095314E 1675185/1 15/07/2014 IDK1195 55094250E 230 * VII6610/2 20/06/2014 IIQ8228 55096474E 181 * XV5525/0 06/07/2014 IKA1962 55095278E 181 * XI5487/0 11/07/2014 ILU7272 55094247E 230 * V6599/2 20/06/2014 ILU7272 55094248E 162 * I5010/0 20/06/2014 ILU7272 55094249E 164 c/c 162 * I5118/0 20/06/2014 IPE5644 55095019E 162 * I5010/0 24/06/2014 KMI2723 55639233D 230 * V6599/2 19/07/2014 LAO1515 55639229D 230 * V6599/2 19/07/2014 LXC9072 55095253E 162 * I5010/0 01/07/2014 LXS7760 55094966E 2336920/0 16/06/2014 LXW0426 55095277E 162 * I5010/0 11/07/2014 MAH0943 55640543D 2326912/0 23/06/2014 MAY9956 55095269E 181 * XI5487/0 07/07/2014 MBQ9238 55095328E 164 c/c 162 * I5118/0 15/07/2014 MBQ9238 55095330E 162 * I5010/0 15/07/2014 MBT3968 55095032E 162 * I5010/0 03/07/2014 MBT3968 55095033E 164 c/c 162 * I5118/0 03/07/2014 MBT3968 55095034E 230 * I6556/1 03/07/2014 1 / 2 FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 60 (SESSENTA) DIAS, APRESENTAR RECURSO EM 1a E 2a INSTÂNCIAS NA FORMA DOS ART. 285 E SEGUINTES DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO DE IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 1012/2014 Página : 1 / 1 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Valor da Infração Código da Infração / Desdobramento CZU4934 55094862E 2336920/0 30/05/2014 R$ 127,69 FOF0306 55094232E 1685193/0 05/06/2014 R$ 191,53 HDG1878 55094811E 252 * VI7366/2 27/05/2014 R$ 85,12 LZK5350 55094868E 2336920/0 30/05/2014 R$ 127,69 MCA0636 55094872E 2336920/0 30/05/2014 R$ 127,69 MDR4811 55094616E 2336920/0 13/05/2014 R$ 127,69 MHI9815 55094894E 215 * I * a6173/2 06/06/2014 R$ 127,69 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DO RECURSO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 60 (SESSENTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO. OS PRAZOS ACIMA REFERIDOS ENTRAM EM VIGOR NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL. SOMBRIO/SC, 7 DE OUTUBRO DE 2014 ANDRE GAZZONI COUTRO DELEGADO DE POLICIA 1 / 1 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento MCA1246 55095166E 252 * VI7366/2 12/07/2014 MCG1124 55095038E 230 * V6599/2 03/07/2014 MDD8362 55095008E 230 * V6599/2 24/06/2014 MDL1720 55094997E 181 * XV5525/0 20/06/2014 MEA9681 55095018E 230 * VII6610/2 24/06/2014 MEH4117 55639234D 1755274/1 19/07/2014 MEH4117 55639235D 2326912/0 19/07/2014 MFM7504 55639237D 162 * I5010/0 21/07/2014 MFM7504 55639238D 164 c/c 162 * I5118/0 21/07/2014 MFM7504 55639239D 230 * V6599/2 21/07/2014 MFP4716 55094958E 2336920/0 16/06/2014 MGP1780 55094961E 2336920/0 16/06/2014 MHI3193 55094951E 230 * V6599/2 16/06/2014 MHW3149 55095274E 181 * VIII5452/2 10/07/2014 MHY1616 55095281E 181 * XVII5541/1 11/07/2014 MIC7507 55095164E 252 * VI7366/2 04/07/2014 MIW3057 55095272E 230 * V6599/2 09/07/2014 MKK9879 55094945E 252 * VI7366/2 09/07/2014 MLE3557 55095167E 252 * VI7366/2 12/07/2014 MMK4682 55094949E 181 * VIII5452/2 09/07/2014 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DE DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 30 (TRINTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO OU, QUERENDO, AINDA, APRESENTAR RECURSO À JARI. OS PRAZOS ACIMA REFERIDOS ENTRAM EM VIGOR NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL. SOMBRIO/SC, 7 DE OUTUBRO DE 2014 ANDRE GAZZONI COUTRO DELEGADO DE POLICIA 2 / 2 FUNDAMENTADO NOS TERMOS DO ART. 281 PARÁGRAFO ÚNICO, INCISO II, DA LEI N. 9.503, DE 23/09/1997, A AUTORIDADE DE TRÂNSITO, AO FINAL IDENTIFICADA, NOTIFICA O(S) PROPRIETÁRIO(S) DO(S) VEÍCULO(S) ABAIXO ESPECIFICADO(S), DA AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DA(S) INFRAÇÃO(ÕES) RESPECTIVA(S), PODENDO, CASO QUEIRA , NO PRAZO DE 30 (TRINTA) DIAS, APRESENTAR DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU AINDA INFORMAR O REAL CONDUTOR, CONFORME DISPOSTO NO ART. 257, PARÁGRAFO 7 DA MESMA LEI, COMBINADO COM A RESOLUÇÃO N. 017/1998 DO CONTRAN. SENDO PESSOA JURÍDICA O PROPRIETÁRIO DO VEÍCULO, A NÃO INDICAÇÃO DO CONDUTOR IMPLICARÁ NAS SANÇÕES DO ART. 257, PARÁGRAFO 8 DO CTB. ESTADO DE SANTA CATARINA SISTEMA DE INFRAÇÕES / SC - DETRAN.NET DETRAN - DEINFRA EDITAL DE NOTIFICAÇÃO POR AUTUAÇÃO PELO COMETIMENTO DE INFRAÇÃO DE TRÂNSITO Nº 057 1013/2014 Página : 1 / 1 EnquadramentoAuto de InfraçãoPlaca Data da Infração Código da Infração / Desdobramento ALK3369 55095057E 1695207/0 24/06/2014 BXS9644 55094754E 162 * I5010/0 21/07/2014 BXS9644 55094755E 164 c/c 162 * I5118/0 21/07/2014 IBV9948 55639225D 230 * VII6610/2 18/07/2014 IIE2144 55095213E 2336920/0 25/06/2014 INK0742 55094856E 2336920/0 30/05/2014 LXD1528 55095295E 230 * VII6610/2 21/07/2014 MCC8466 55095024E 162 * I5010/0 30/06/2014 MCC8466 55095025E 164 c/c 162 * I5118/0 30/06/2014 MDW6656 55095209E 2336920/0 25/06/2014 MEN9949 55095248E 2336920/0 30/06/2014 MFT4854 55095224E 2336920/0 25/06/2014 MHY9240 55094099E 230 * V6599/2 29/06/2014 MIM7589 55095058E 252 * VI7366/2 25/06/2014 MIM7589 55095228E 252 * VI7366/2 25/06/2014 TRANSCORRIDO O PRAZO ACIMA, SEM A APRESENTAÇÃO DE DEFESA DA AUTUAÇÃO, OU POR SEU INDEFERIMENTO, FICA(M) O(S) NOTIFICADO(S) CIENTE(S) DA IMPOSIÇÃO DE PENALIDADE NOS TERMOS DO ART. 282 DA LEI N. 9503, DE 23/09/1997, E SEUS PARÁGRAFOS 4 E 5 (ACRESCIDOS PELA LEI 9.602/1998), PARA, EM 30 (TRINTA) DIAS, EFETUAR O PAGAMENTO OU, QUERENDO, AINDA, APRESENTAR RECURSO À JARI. OS PRAZOS ACIMA REFERIDOS ENTRAM EM VIGOR NA DATA DA PUBLICAÇÃO DESTE EDITAL. SOMBRIO/SC, 7 DE OUTUBRO DE 2014 ANDRE GAZZONI COUTRO DELEGADO DE POLICIA 1 / 1
  20. 20. QUARTA-FEIRA, 11 DE FEVEREIRO DE 2015
  21. 21. 06, foram realizados al- guns jogos e foram co- nhecidos dois campeões. Pela categoria sub-14, a Imbrasilos faturou o ti- tulo ao bater a Escolinha Futebol AMJA por 3 x 0. Em seguida o Só Canelas faturou o titulo da cate- goria sub-16, ao bater o Galáticos por 4 x 0. Depois ainda pelas quartas de finais, pelo feminino, #Na Vibe ba- teu o Independente por 6 x 0, e pela categoria livre também pelas quartas de finais, o Funil goleou o Lazio por 6 x 1. As finais estão mar- cadas para o dia 20, onde já tem os finalis- tas da categoria sub-18, onde se enfrentam LC Veículos/6Canecos x Tur- vo, depois tem a final do feminino, e finalizando com a final do livre. > BALNEÁRIO GAIVOTA Horadeconheceros melhores times, que brigarão pelo titulo do campeonato de futsal do Balneário Gaivota, que faz parte do Viva Verão 2015. É esperado um grande pu- bliconestanoitenaquadra central do Balneário, para acompanhar,etorcerpelas equipes que irão disputar as semifinais. Serão dois jogos pela categoria feminino e dois pela categoria livre. As duas equipes que ven- cerem, em cada catego- ria, estarão na decisão da competição deste ano, que serão realizadas no dia 20. As 19h30min jogam Na Garra x Esmasil, pela categoria feminino. Depois mais um jogo pelas semi- finais do feminino, entre #Na Vibe x EC Yakall. As duas equipes que vence- rem, estarão na decisão. Em seguida os jogos mais aguardados, serão pelacategorialivre.As21h jogam Furnas/JR Candido x Funiu EC, e em seguida se enfrentam em um gran- de jogo, Ocean Boys/Papa Doce x Elos Contabilidade. Na ultima sexta-feira Quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015 ³ 01-19-26-60-61CONCURSO 3.712 QUINA 10/02 ³ 05-09-21-33-43-47 ³ 20-31-35-40-46-49 CONCURSO 1.358 DUPLA SENA 10/02 Campeões ³Só Canelas foi o campeão da categoria sub-16 Quatro jogos definem os finalistas da bola pesada esta noite na quadra central Noitedeconhecerosfinalistasdofutsal Cleder Maciel ³Imbrasilos foi o campeão da categoria sub-14

×