Jornal digital 4775_qui_15102015

223 visualizações

Publicada em

Correio do Sul

Publicada em: Notícias e política
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
223
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
12
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornal digital 4775_qui_15102015

  1. 1. www.grupocorreiodosul.com.br ANO XXv EDIÇÃO Nº 4.775 qUinTa-feira, 15 de oUTUbro de 2015 R$ 2,00 Grupo 28º 20º Sol e aumento de nuvens de manhã. Pancadas de chuva à tarde e à noite. Previsão para hoje Extremo Sul Catarinense C Slassi ul te ej moH Geral Idosos-alunosvisitam quarteldosbombeiros Integração 5Página Geral Geral Empreenderismo regionaléfocodoFAN DiegodeHaroassume aDelegaciaRegional Araranguá Mudança 3 4 Página Página 13Página Fatalidade Mecânico morre atropelado por ônibus no trabalho
  2. 2. Política Jarbas Vieira Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 jarbas@grupocorreiodosul.com.br (48) 9966.5326 CHARGEPor:CAZO “Vazamentos seletivos querem levar o presidente desta Casa a uma execração pública e ele não merece isso. [...] Se tem vazamento para um, tem que ter para outros”. Ele disse: ‘ ‘Deputado federal Carlos Marun (PMDB) defendendo o colega, Eduardo Cunha (PMDB). Maisumpassoparaacontratualização O Hospital Dom Joa- quim caminha bem em busca da con- tratualização com o Governo de Santa Catarina, para que toda a produção, atendimento, interna- ção e cirurgias sejam pagas pelo SUS e feitas gratuitamente aos pacientes. Mais uma vez o pre- feito Zênio Cardoso (PMDB) e a secretária Municipal de Saúde, Gislane Dias da Cunha (PSD), fo- ram até Florianópolis para uma reunião do Secretário de Estado da Saúde, João Paulo Kleinubing (PSD). A comitiva sombriense ainda tinha o secretário de De- senvolvimento Regional, Ade- mir da Silva, o Dema (PMDB), a diretora do Dom Joaquim, Luciane Sperling, o presidente da Câmara Ademir da Silva, o Dimi (PMDB), os vereadores Cezar Luchina (PSD) e Nego Gomes (PMDB) e o secretário- -geral da Câmara, Ronaldo Dal Pont. “Fomos conversar com o secretário sobre o que o Hospital já atendeu em 2015, o que ele prometeu analisar, para saber se pode pagar de forma retroativa e ainda falar do que vem por aí. Há interesse, isso a gente nota e espera que a agenda que ele afirmou que fará em Sombrio nas próximas semanas seja Prefeito de Passo de Torres, Juarez Godinho, já está colhen- do os frutos de sua nova filiação partidária. O agora peessedista chefiou uma comitiva formada pelo vice-prefeito Paulo Cor- deiro (PDT), o secretário de Saúde, Emerson Kijilim (PSD) e o presidente da Colônia de Pescadores, Adriano Delfino, em uma audiência com o go- vernador Raimundo Colombo (PSD), em Florianópolis, na última terça-feira. O prefeito conseguiu do governador o “ok” para duas solicitações importantes: R$ 800 mil para revitalização do acesso a praia de Bellatorres ao centro da cidade e R$ 150mil para drena- (48) 3522-3777 para essa assinatura definitiva”, disse Gislane. O Prefeito Zênio também se mostrou satisfeito, mas lembrou que é preciso ter pressa para que o Hospital fun- cione bem, sem déficit. “Hoje a sorte do Hospital é a Prefeitura de Sombrio e a de Balneário Gaivota que com muito esforço repassam um bom valor mensal à entidade e ao Isev, uma insti- tuição forte que administra de forma deficitária, mas muito efi- ciente dentro das possibilidades. O quanto antes sair essa agenda do secretário em Sombrio e reali- zarmos a assinatura melhor para todos”, disse Zênio. Audiência produtiva com o governador gem e desassoreamento da barra do rio Mampituba. Além disso, Godinho conta com os recursos já solicitados junto ao Badesc (R$ 2 milhões) para pavimentações e com R$ 300 mil disponibilizados pelo deputado estadual Gelson Merisio (PSD), através de sua cota particular, perfazendo um total R$ 3.250.000,00 para serem aplicados até o final de seu mandato. “A nossa parceria com o Estado está rendendo grandes benefícios à popula- ção. Por meio dos convênios que firmamos, já conquista- mos diversas melhorias que resultaram em pavimentação, aquisição de automóveis, equi- pamentos médicos e outras me- lhorias que a população já pode usufruir”, agradeceu o prefeito. Colombo foi presenteado com uma réplica de uma embarca- ção, o “Colombo I”.
  3. 3. te da Facisc. Para os empresários que estão passando por um momento de crise, Rech aconselha a agir e rever aspectos como pla- nejamento e orçamento. “Se tiver que tomar uma decisão, não espere até ser tarde”, aconselha. O presidente da Aci- va Kleber Frigo diz que o FAN tem o propósito de fomentar o empreen- dedorismo. Ele se disse confiante com o sucesso do evento. O quadroAltos Cases, por exemplo, que será realizado na noite de hoje, está com as ins- crições esgotadas desde a semana passada. “Nós te- remostrêsempresáriosda região contando a sua his- tória profissional. Vamos estar com uma estrutura diferente, terá uma banda durante o intervalo para de alguma forma incenti- var o empreendedorismo na região”, disse. pelos associados. Para Rech, uma das vantagens da associação entre homens e mulhe- res de negócios está na troca de informações. “Se tivermos quatro, cinco, dez pessoas reunidas, cada uma tem uma ideia diferente, e a grande es- sência do associativismo é reunir um grupo com ideias diferentes e sair com uma grande ideia. Esse é o nosso DNA, é fazer com que as pessoas consigam compartilhar o seu conhecimento”, decla- rou Rech. O presidente da Fa- cisc também falou sobre o a crise na economia brasileira. “Nós estamos vivendo um momento relativamenteconturbado na economia, mas muitos empresários não se pre- ocuparam em fazer um bom planejamento, rever custos, pensar a longo e médio”, alerta o presiden- > ArArAnguá Aterceira edição do Fórum Aciva de Networking (FAN) ini- ciou na noite de ontem, no hall de entrada e no auditório da UFSC, em Araranguá, e segue até amanhã, sexta-feira. Ernesto Rech, presi- dente da Federação das Associações Empresa- riais de Santa Catarina (Facisc), falou aos em- presários que compare- ceram ao evento pouco depois da abertura na noite de ontem. O tema de sua apresentação foi Associativismo - sistema, o que tem sido feito de diferente, defendendo a importância do empre- sariado estar organiza- do em uma associação; apresentando também as principais bandeiras e o que a Facisc tem feito Geral 3Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 Gislaine Fontoura Gislaine Fontoura FAN aposta no empreendedorismo Negócios ³Ernesto Rech abriu as palestras falando sobre a importância do associativismo ³Policiais são homenageados em programa de valorização profissional > ArArAnguá Foi realizada na tarde de ontem, no Ba- talhão da Polícia Mi- litar de Araranguá, a entrega do Valorem a seis policiais militares da região, que se desta- caram no desempenho de suas missões duran- te o primeiro semestre de 2015. Receberam a pre- miação, por alcançarem o melhor desempenho técnico profissional no grupo pró-atividade, o cabo Marcelo Pícolo, o subtenente João Luiz Casagrande e o solda- do Leandro Ghellere. No grupo pronta resposta foram homenageados a soldado Maiara de Oli- veira, o soldado Willyan Clayton Alves Bosco e o soldado Felipe Nunes. O tenente-coronel Al- fredo Nelson De Carlos explicou que o Sistema de Valorização Técnico- -Profissional (Valorem) é uma premiação que o policial recebe quando se destaca no serviço. “É um incentivo dado a ele”, declarou De Carlos. O comandante do 19º BPM, tenente-coronel Antônio Carlos Mota Ma- chado também parabeni- zou os homenageados. “A Polícia Militar é feita por PM homenageia bons policiais pessoas, temos evoluído em recursos materiais e nossos policiais evo- luem, estão se especia- lizando e cada vez mais se dedicando. Então este momento é para agrade- cer a eles”, declarou. O soldado Felipe Nunes falou da moti- vação que é receber o Valorem. “Isto demons- tra que a Polícia Militar valoriza quem se em- penha no dia a dia em prol da sociedade e cada vez mais nos motiva a trabalhar de uma forma mais eficiente”, disse. Várias autoridades militares e civis acom- panharam a solenidade de premiação. Terceira edição do Fórum Aciva de Networking iniciou na noite de ontem com palestra do presidente da Facisc
  4. 4. Geral4 Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 De Haro assume Delegacia Regional Gislaine Fontoura Novo Comando Recém chegado delegado de Arroio do Silva, Lucas Rosa, substitui colega na 1ª DP, em Araranguá ³Protesto de junho que fechou a Serra da Rocinha ³Cartaz de divulgação da semana de prevenção ³Delegado Diego em seu novo gabinete de trabalho, na Delegacia Regional dos coordenadores do ato. Além da péssima condição da estrada, Charles se preocupava porque teria sido ameaçado de prisão. “Que lei pode impedir alguém de fazer reivindi- cação?”, questionava. O alerta de que poderia ser preso segundo ele foi feito por um policial militar, apesar de que a Rocinha > Timbé do Sul Moradores mais uma vez fecharam o tráfego na Serra da Ro- cinha. Desde às 11horas de ontem, caminhões atravessados na estra- da impedem a passa- gem de veículos nos dois sentidos. Em junho, quando foi organizado o últi- mo protesto, a estrada que liga São João dos Ausentes/RS a Timbé do Sul ficou quatro dias bloqueada, até que má- quinas chegaram para fazer a manutenção exigida pelos manifes- tantes. “Agora não tem previsão pra gente libe- rar”, disse Charles Car- valho dos Passos, um Serra da Rocinha volta a ser fechada é parte da BR 285, ou seja, uma rodovia fede- ral cuja jurisdição seria da Polícia Rodoviária Federal, mas é man- tida pelo governo do estado, então caberia a segurança a Polícia Ro- doviária Estadual. “Na verdade isso aqui é um trecho sem dono e sem lei”, ironiza Charles. Civil na Escola. Conforme o agente de Defesa Civil Municipal de Jacinto Machado, Braz Pereira Moro, o Colóquio se estenderá das 8 às 18 horas, no Centro de Con- vivênciadaTerceiraIdade. Entre as autoridades já confirmadas está o se- cretário de Estado da De- fesa Civil e Proteção, Mil- ton Hobus e palestrantes como o geólogoAntônio da Silva Jornadas Krebs, que > JacinTo machado Em comemoração a Semana de Prevenção e Combate às Enchentes, a Secretaria de Estado da Defesa Civil escolheu o município de Jacinto Machado para realizar um dos maiores eventos para tratar das questões climáticasequetambém faz parte da Semana Nacional de Redução de Riscos e Desastres, que acontece de 19 a 29 de outubro. A programação terá início na próxima segunda-feira com o curso Gestão de Res- posta e Reconstrução, em Florianópolis. Na quarta-feira, 21, Jacinto Machado sedia o II Coló- quio Sul Catarinense de Defesa e Proteção Civil. Nos dois seguintes, Blu- menau e Joinville tam- bém terão atividades. O encerramento será no dia 27, em Canoinhas, com o projeto Defesa Jacinto sedia discussão sobre defesa civil falará sobre a caracteri- zação nas áreas de risco na Bacia do Rio Araran- guá. “O principal objeti- vo desta mobilização é a busca por estratégias de prevenção e redução do risco de desastres associados a eventos cli- máticos extremos no Sul de Santa Catarina, onde nossomunicípionãofoge a essa situação”, frisa o prefeitoAntônio João de Fáveri. tempoparabuscaromelhor para a categoria. Acostumado com o ser- viço operacional, atuando em inquéritos policiais, Diego assume uma função administrativa, onde irá gerir o sistema de trânsito da Delegacia Regional, as questõesdelogísticaeequi- pamentos das delegacias. O desafio não o assusta. “Eu aceitei pelo apoio dos meus colegas. É uma nova etapa na minha carreira, diferente do que eu fazia e espero fazer o melhor”, diz. A falta de efetivo é o que mais o preocupa. “É o de- safio mais sério, porém o pessoal que temos é muito competente. E os policiais precisam de motivação e do apoiodo delegado regional”, pondera. Em um mês, a re- gião ganhou dois novos delegados, Lucas Rosa assumiu em Arroio do Silva e Gustavo Kaiber em Meleiro, Maracajá e Morro Grande. Com a aposentadoria de Riva e a saída de De Haro da 1ª DP, Lucas acumula provisoriamente o Arroio com a 1ª DP. “Não vamos esquecer BalneárioArroio do Silva, é uma cidade que precisa de atenção, mas a 1ª DP de Araran- guá é uma delegacia de referência, que cuida de uma população enorme, ela não pode ficar sem delegado”, justifica Diego. minal (DIC), vê com bons olhosanomeaçãodocolega ao cargo. “Eu diria que foi uma escolha acertada, não foi uma indicação política, foi uma escolha nossa, dos delegados da região. Ele conhece bem a realidade e vem para integrar”, elogia. De fato, o novo delega- do regional é sabedor da situação da Polícia Civil nos 15 municípios sob sua jurisdição. “Conheço todos os policiais, sem exceção, acho que este é um lado bastante positivo. Eu sei das dificuldades e proble- mas”, declara De Haro, afirmando que precisa de > araranguá Odelegado Diego Archer de Haro assumiu na tarde de ter- ça-feira, o comando da Delegacia Regional de Po- lícia Civil, após a saída do colega Ari José Soto Riva, que deve se aposentar nos próximos dias.De Haro era delegado titular da 1ª Delegacia de Polícia de Araranguá e já atua na região há 12 anos. O delegado Jorge Gi- raldi, coordenador da Di- visão de Investigação Cri-
  5. 5. as pessoas fiquem aptas a dar uma pronta reposta emcasodeemergênciaaté a nossa chegada”, explicou um dos instrutores, cabo Carminatti. Durante dez encon- tros, os participantes têm conhecimento prático e teórico.Ametodologia está agradando os alunos, diz um deles, Danilo Cantelli. Segundo ele, mesmo com sua vasta experiência de vida não tinha muitas informações recebidas du- rante as aulas. Geral 5Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 Moradores de Jacinto Machado, eles participam de um curso pioneiro ministrado pela própria corporação Idosos visitam quartel de bombeiros Nota Dez > Sombrio OCorpo de Bom- beiros de Som- brio está em andamento com um projeto inovador chamado Bombeiros na Terceira Idade. O curso para idosos é realizado em Jacinto Machado, porém ontem teve uma das aulas ministradas na sede da corporação, em Sombrio. Os 29 alunos conheceram todaaestruturadoquartel e até experimentaram as roupas utilizadas pelos profissionaisemcombatea incêndios, o que para mui- tos idosos era um sonho. A turma também acompanhou o funciona- mento de uma viatura ASU (Auto Socorro de Ur- gência),utilizadacomoam- bulância, e recebeu noções básicas de combate a in- cêndio,tudoissoemmeioa muita diversão. “Estamos passando o nosso conhe- cimento adiante para que ³Sargento Fernandes é um dos organizadores da olimpíada em Araranguá Da redação Gislaine Fontoura ³Idosos ficaram atentos as explicações dos bombeiros sobre os equipamentos ordenadores de provas. “Durante 15 anos nunca foi feita no Sul do Es- tado, é a primeira vez que é realizada aqui na nossa região”, declarou Fernandes. As provas serão reali- zadas no Caverá, durante a programação que come- ça às 6h30min. Provas de natação, combate a incêndio com extintor, atendimento pré-hospita- lar, subida no cabo sisal, corrida rústica masculina e feminina estão previs- tas até o encerramento à noite com um jantar e um baile comemorativo. Cerca de 25 patro- cinadores contribuíram para a realização das olimpíadas em Araran- guá. A Olimpíada Cata- rinense de Bombeiros é uma confraternização > ArArAnguá A 16ª Olimpíada Catarinense de Bom- beiros ocorrerá em Araranguá, no Caverá Country Park, neste sábado, durante todo o dia. Cerca de dois mil bombeiros são espera- dos para esta edição da olimpíada. O sargento Juan Fernandes, do 4º Batalhão de Bombeiro Militar, secretário do evento e responsável pela captação de pa- trocínios, informou que 1.300 inscrições de 60 delegações, já foram confirmadas. Em torno de 300 a 400 pessoas trabalha- rão nas competições, dentre elas juízes e co- entre os bombeiros mi- litares e comunitários, contemplando competi- ções em modalidades as quais simulam as ati- vidades realizadas em serviço. As competições constituem-se de provas poliesportivas de cunho técnico-profissional dos bombeiros militares e comunitários, possibili- tando um aprimoramen- to técnico dos profissio- nais, por meio da rea- lização de um encontro contemplando provas técnicas das diferentes atividades exercidas pelo Corpo de Bombei- ros do Estado, como combate a incêndio com extintor, montagem de estabelecimento, aten- dimento pré-hospitalar, subida livre em cabo de sisal, natação e corrida rústica. Jogos devem atrair 1300 bombeiros Na noite de terça- -feira, a Polícia Militar de Balneário Arroio do Silva, comandada pelo sargento Carlos Almar Cardoso, foi homena- geada na câmara de vereadores. Uma mo- çãodereconhecimento foi indicada pelo verea- dor Cristiano de Olivei- ra ao serviço prestado pela corporação no município. Reconhecimento
  6. 6. Fundado em 5 de Junho de 1990 - Dia Mundial do Meio Ambiente Jornalista Rolando Christian Sant’ Helena Coelho - Fundador Jornal Correio do Sul Publicações legais: Tomaz Fonseca Selau l48l 9985.8573 tomaz@grupocorreiodosul.com.br Financeiro l48l 3533.0870 financeiro@grupocorreiodosul.com.br Comercial: l48l 3533.0870 comercial@grupocorreiodosul.com.br Diretor Geral Jabson Muller l48l 9955.5313 jabsonmuller@grupocorreiodosul.com.br Diagramação/Arte: Cristian Mello l48l 3533-0870 correiodosul@grupocorreiodosul.com.br Sul Gráfica Junior Muller l48l 9931.4716 sulgrafica@grupocorreiodosul.com.br Redação: Marivânia Farias l48l 9995.9290 editor@grupocorreiodosul.com.br Política: Jarbas Vieira l48l 9966.5326 jarbas@grupocorreiodosul.com.br Radio 93FM Cássia Pacheco l48l 9912.9588 radio93fm@grupocorreiodosul.com.br Circulação/Assinatura l48l 3533.0870 assinaturas@grupocorreiodosul.com.br Rua João José Guimarães,176, Centro - Sombrio/SC - Fone: (48) 3533 0870 Editora: J. R. Pereira - ME CNPJ 17.467.695/0001-19 C.S. Empresa Jornalística LTDA. Geral6 Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 Regime de urgência para a previdência PeloEstado C hega hoje à Assembleia Legislativa a proposta do governo do Estado para criar a Fundação de Previdência Complementar, acessível apenas aos novos servidores, sem qualquer alteração para os que já estão no serviço público. O presidente do Legislativo estadual, deputado Gelson Meri- sio (PSD), explicou que a matéria vai tramitar em regime de urgência, tendo, por isso, 45 dias para ser votada. Passará pela Comissão de Constituição e Justiça, pela de Finanças e ainda pela de Trabalho, Administração e Serviço Público. “Temos que colocar esse assunto para debate na sociedade, informar sobre os números da previdência pública, o que ela representa e o que vai re- presentar no futuro para o Estado. Isso vai além da discussão meramente po- lítica de governo e oposição.” Merisio ressaltou que essa medida deve ser so- mente a primeira grande ação nesse sentido. “Temos que resolver, a partir da sua aprovação, a questão previdenciária dos que já estão no serviço público.” Líder da maior bancada na Casa, a do PMDB, o deputado Antonio Aguiar disse que a bancada conheceu o assunto na apresentação feita pelo governo na semana passada, mas que o tema terá que ser discutido com maior profun- didade. “O sentimento preliminar é de sermos favoráveis pela necessidade que se impõe.” Deputada Luciane Carminatti, líder do PT, afirmou que “é preciso ter responsabilidade quanto às finanças do Estado” e disse que o as- sunto será analisado por esse viés. “Mas queremos que outros temas tão gra- ves e tão onerosos quanto este venham para discussão naAssembleia, como o teto salarial, as altas pensões e aposentadorias, e a renúncia fiscal.” Rumo à Câmara Secretária de Assistência Social, Angela Albino (PCdoB), teve reu- nião,nofinaldatardedeontem,comogo- vernadorRaimundoColomboedirigentes comunistas. Entre outros assuntos, foi tra- tar de sua possível saída da secretaria para assumir a suplência na Câmara Federal no lugar do deputado Cesar Souza (PSD). Ela afirmou que as conversas não estão fi- nalizadas e que ainda terá que combinar com Cesar Souza as condições para assu- mir o mandato. “Eu me apaixonei pelo trabalho aqui. A experiência de gestão e o mergulho no mundo da assistência me trazem novas perspectivas sobre políticas públicas e de construção de cidadania. E isso vai me ajudar na atuação parlamen- tar”, observou, mesmo afirmando que sua saída do governo ainda não é oficial. Jogo Ao ser questionada sobre a possi- bilidade de o governador demovê-la da decisão, respondeu: “O grande jogador desse jogo é o governador do Estado. Só fico pelo desejo dele e só saio pelo desejo dele. Só posso ir para Brasília se o governador puxar alguém para o secretariado. E não poderei sair se esse movimento não acontecer. Quem movi- menta as peças é o governador”. A ida de Angela Albino para a Câmara fede- ral faz parte da estratégia do PCdoB na- cional para garantir maior visibilidade e novamente lançá-la como candidata à prefeitura de Florianópolis em 2016. Boa notícia Deputado Décio Lima (PT- SC) participou, ontem, de reunião com o ministro das Cidades, Gilberto Kassab, sobre obras de pavimentação do Progra- ma de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. De acordo com Kassab, os recursos do PAC 2 para pavimentação de ruas serão liberadas até o final de março de 2016. Lima aproveitou o encontro para cobrar a liberação dos recursos necessários para finalização da ponte de Gaspar. Novembro Dourado Deputado Antonio Aguiar (PMDB) teve aprovado, na sessão plenária de ontem, projeto de sua auto- ria que cria o Novembro Dourado, mês que será dedicado a ações de prevenção e diagnóstico precoce do câncer infantil. Médico e curado de um câncer diagnos- ticado em tempo para tratamento eficaz, Aguiar sabe da importância da conscien- tização. “Estamos colorindo o ano? Sim. É uma maneira eficiente de chamar a aten- ção da população para assuntos tão gra- ves”, disse referindo-se ao Setembro Azul (valorização dos surdos), Outubro Rosa (prevenção ao câncer de mama), Novem- bro Azul (prevenção ao câncer de prósta- ta) e ao Dezembro Laranja (prevenção ao câncer de pele). Andréa Leonora ��orian�po�i�� ����orian�po�i�� �� 15Outl15 PT-SCpreparareação Presidente em exercício do PT-SC, Milton Men- des, vai colocar como primeiro ponto de pauta da próxima reunião da Executiva estadual, que ocor- re na terça-feira (20), que sejam levantados todos os cargos federais ocupados por indicados do PMDB-SC. Feito o levantamento, a direção do PT catarinense vai se reunir para indicar novos no- mes para esses cargos. Segundo Mendes, é uma resposta “ao acinte que representa ocupar cargos federais, não votar com a base e, ainda, traiçoeira- mente, defender o golpe do impedimento da pre- sidente (Dilma Rousseff). Além disso, sem qual- quer constrangimento, ir à imprensa, procurando desgastar o nosso governo.” Ele contou à Coluna Pelo Estado que consultou dirigentes, lideranças e militantes antes de tomar a decisão de levar o assunto à Executiva e que já solicitou aos deputados federais da sigla as informações acerca dos cargos ocupados por peemedebistas catari- nenses. No rol estão nada menos que Djalma Berger e PauloAfonso Vieira, pre- sidente e diretor da Eletrosul, e Vinícius Lummertz, presidente da Embratur. AlexandreMachado
  7. 7. Educação 7Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 Para lembrar o Dia do Professor, comemorado hoje, o Correio do Sul mostra ações de quem faz a diferença na sala de aula. As histórias que servem de exemplo felizmente são muitas na região, mas por adequação ao espaço, três delas serão mostradas esta semana. Hoje é a vez do projeto inovador das professoras Crislaine Silveira e Andreia Oliveira Pereira concorda. “Tem sido melhor para mim e para meu filho. Eu consigo maistempoparatrabalhar e ele aprende desde cedo a se socializar e fazer amiza- des”, diz. Donizete dos Santos ressalta a importância do CEIparaaBoaEsperança. “O que víamos aqui antes eram muitos pais saindo com os filhos para outros locais.Issonãoexistemais. A realidade agora é outra, os pequenos estão mais perto de casa e recebendo Pais aprovam nova creche > sOMBRIO O Centro Educacio- nal Infantil Criança Es- perança,apósdoismeses em funcionamento, no distrito Boa Esperança, em Sombrio, já contabi- liza bons resultados. A creche era uma antiga reivindicação da comunidade, pois mui- tos pais saiam dali para deixar os filhos em ou- tros bairros. Inaugura- da em agosto, atende 53 crianças em período integral. De acordo com a coordenadora Taise de Moraes Cardoso, ainda há vagas disponíveis no berçário. A secretária de Educação Zulma Simon se entusiasma ao ver o CEI em pleno funciona- mento. “Era um sonho da comunidade.Aminha sensação e dos pais é de alegria, pois agora eles contam com um local para deixar as crianças em segurança”. A mo- radora Talita Baltazar cuidados adequados”, afirma. Segundo o prefeito Zênio Cardoso a prefei- tura investiu mais de R$ 200 mil para que a creche ficasse em condi- ções de uso. “A Defesa Civil havia interditado o prédio alegando que o local era inadequado. Por isso tivemos que realizar toda uma rea- dequação na estrutura. VertudoIfuncionandoé uma grande satisfação”, comenta. ³Aluninhas são atendidas mais perto de casa Receita de aula de dar água na boca EducAção Da redação > JacIntO MachadO Oprojeto Receita em Família, de- senvolvido na Escola de Educação Básica Jacinto Machado, foi criado pela professora Crislaine Pe- reira Silveira, pela segun- da professora Andreia B. de Oliveira, juntamente com os 17 alunos do 2º ano do ensino fundamental. Segundo Crislaine, a intenção é trabalhar o gênero textual ‘receita’ e integrar família e escola. Os alunos levam para casa uma maleta com um livro de receitas em branco, uma touca de mestre cuca, um avental com o nome do ³Crianças aprendem, se divertem e convivem com os pais fazendo as receitas projeto e uma máquina para que fotografem o de- senvolvimento da receita. No dia seguinte os estu- dantes trazem o prato que foi feito em casa junto com a família para que os co- legas apreciem. “Além de promover a integração de pais e filhos, este projeto permite a aprendizagem de leitura e escrita, esti- mulando vivências, lem- branças e descobertas que fortalecem as relações”, detalha a professora. Crislaine explica que é a atividade inclui leitura, escrita e cálculos, para que os alunos percebam a im- portância da matemática no cotidiano. O projeto começou com a confecção na escola do kit. Um sorteio define que aluno o levará para casa, fazendo uma receita com a família e depois trazendo-a para dividr com os colegas. Depois toda a turma copia a receita do dia e explora conteúdos como rótulos, embalagens e quantidade. O gerente regional de Educação Nilson Costa, parabenizou as educa- doras pela iniciativa. “Temos muitos profes- sores criativos na nossa região, que buscam de forma lúdica ensinar seus alunos, despertando neles criatividade, dinamismo, raciocínio lógico, lingua- gem e socialização. Desta forma conseguem prender a atenção, tornando as aulas prazerosas e produ- tivas”, ressaltou.
  8. 8. Entretenimento Novelas - Horóscopo - Diversão Novelas Além do Tempo -18h I love Paraisópolis -19h A Regra do Jogo -21h S oraya coloca sonífero na bebida de Beppo. Soraya e Júnior procuram provas contra Dom Peppino na suíte do mafioso. BenjaminserecusaaaceitaroacordodepazdeDomPeppino e afirma que jamais compactuará com a máfia. Soraya convoca Danda para ir a outro país descobrir os segredos de Dom Peppi- no. Ester avisa a Benjamin e aos executivos da Pilartex que Dom Peppino marcou uma reunião. Soraya, Danda e Júnior viajam. L íviaafirmaquenãoacreditanainocênciadeFelipeeoaconse- lhaasecasarcomMelissa.GemaalertaAnitasobreasameaças de Pedro a Roberto. Pedro se aproxima de Bento. Botelho socorreVitória,quesofrecomarecusadeFelipeemsecasarcom Melissa.AnitatentaapartarabrigadaentrePedroeRoberto,mas acaba atingida e sofre um aborto. Felipe anuncia que se casará com Melissa apenas para manter as aparências. Zilda cobra de Bento notícias sobre Bernardo. R omero discute com Djanira, que acaba passando mal. Atena descobre parte do segredo de Romero com a ajuda de Ascânio e exige uma explicação de Djanira. Zé Maria descobre que Atena chantageia Romero. Juliano pede para Tóia se afastar de Romero. Juca rouba o dinheiro de Domingas.MerlôterminaseuromancecomAlissoneNinfa.Oziel ajudaTina,eRuisenteciúmes.AtenaenfrentaTio.Romeroconta paraTóia que Zé Maria tirou a vida de seu pai. Rapidinhas Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 Áries 21/03 a 20/04 Dia de sondar novas possibilidades de trabalho, reunindo- -se com quem entende do mercado! Suas anteninhas estão funcionando bem para todo o resto. Marte e Júpiter expandem um trabalho, mas você tem de suar a camisa. No amor, também! Leão 21/07 a 20/08 Sagitário 21/11 a 20/12 Vá se esconder onde puder ? sem ser notado, aprenderá muitodequemvocêpensaqueconhece.Masnãohámais tempo para cobranças nem rancores: jogue tudo numa fogueira lilás imaginaria e focalize um projeto pessoal. Segredosobreisso! Gêmeos 21/05 a 20/06 Tudo bem com sua vida, que segue fluindo melhor. O assunto hoje é dinheiro ? dívidas, recebimentos etc. Mas nãoazedeasrelaçõescomparandooseuesforçocomos deoutros,éperdadetempo.Pessoanovasurgeeinspira sonhoromântico. Libra 21/09 a 20/10 Osdetalhesacabaramatraindovocêparaarapucasfinancei- ras,emocionais,detrabalho.Tentecorrigiristo,agoraqueas coisascomeçamaseesclarecer.Useodiálogo?Mercúrioaju- darávocêaequilibraressaondaruim.Nãosesacrifiqueatoa. Aquário 21/01 a 18/02 Touro 21/04 a 20/05 As pessoas com quem você se relaciona estão apelando demais hoje! E ao mesmo tempo você precisa de muitas delas. Mas chegou o dia de você provar que é bom mesmo, e capacitado para um lugar mais amplo. Critique sem dó. Virgem 21/08a20/09 Vênus e Netuno armam oposição, significadora de desencantos e desilusões. Método, critica, objetividade e racionalidade são suas demandas alheias incontor- náveis agora. Quem não estiver na sua, que pule fora agora, certo? Capricórnio 21/12 a 20/01 Sincronicidades acontecem ? e os hindus acreditam ser a forma de Brahma, o Supremo, se manifestar. É um jeito bonito de reverenciar a lealdade de um amigo na hora certa. Sua visão está abrangente, confie nela, avance, alargueseuterritório. Câncer 21/06 a 20/07 Cancerianosemdiademuitaintuiçãohoje,contamcomum sexto sentido apuradíssimo! No amor, ele dá as cartas, e no trabalhoresolveamaioriadosproblemas.Algumaspedrasno sapato sobrarão, não espere resolver tudo hoje. Escorpião 21/10 a 20/11 A união faz a força e mais: traz esperança também! Um amigoentendevocê,deformatotal.Comeleépossívelabrir o coração. E hoje você tem de cuidar da sua saúde como umtodo.Limpeza,desintoxicação,sãoexigênciasagora. Peixes 19/02 a 20/03 Colegas, sócios, clientes e pessoas com quem se consulta queremalgomaispalpáveldesuaparte.Esperamposiciona- mentosclaros,adesãoconcreta,sinaiscontundentes.Elespo- demsecansarembrevesemantiveranevoaemtornodesi... Novidadesastraisiluminamseudia!Colegasinteressados emajudar,boasnotíciasqueacalmamsuaspreocupações financeiras,acordosfamiliares?enoamor,oentendimen- tosefazsemconversasarrastadas.Encantoesegurança. Prestes a estrear a série Espinosa, um ro- mance policial produzido pelo canal pago GNT, DomingosMontagner conversoucomLilianPacce em seu programa GNT Fashion e comentou sobre seu jeito de ser e se vestir. Quandooassuntoéacessórios,oatorfazuma linhamaisalternativaeéapaixonadoporanéis.“Eu adoro anel desde moleque. Eu tenho essa pedra de ônix e ganhei esse anel peruano de um amigo há muitos anos... Eu fui um moleque dos anos 70, tem essa herança meio hippie, eu gostava desse visual”, comentou. Quando às roupas, Domingos se considera um homem clássico e garante que adoraria poder usar calça jeans com camisa ou camiseta todos os dias! Em seu novo trabalho, o ator vive policial um pouco atípico. “Ele não tem a característica muito da ação, do embate. O grande prazer dele é a de- dução,apesquisa.Éficarseenvolvendoquaseque intelectualmente como os casos”, explicou o ator. A série policial Espinosa tem direção de José Henrique Fonseca, e o elenco conta ainda com nomes como Nanda Costa, Bianca Comparato, Chandelly Braz e Antonio Grassi. Estreia na próxi- ma quinta (15), às 22h30 no GNT. SegundoojornalNewYorkTimes,em2016a revistamasculinaPlayboydeixarádepublicarfotos de mulheres nuas em suas páginas. A notícia surpreendeu a todos, e o dono da publicação, Hugh Hefner, explicou o motivo de sua polêmica decisão. “A batalha foi guerreada e vencida”, disse o diretor executivo da Playboy, Scott Flanders. “Agora as pessoas estão a um clique de distância dequalqueratosexualimaginável,degraça.Então precisamos nos adaptarmos a essas circunstân- cias”, comentou, explicando que a revista está apenas se adaptando à Era da Internet. O site da Playboy americana deixou de publi- carimagensdemulheresnuasemagostode2014, e agora essa decisão chegará à versão impressa. Segundo Flanders, a revista vendia cerca de 5,6milhõesdecópiasem1975,eagoravendeem torno de 800 mil exemplares por edição. Saturno e Netuno advertem: se você quer participar de verdade de uma luta justa, não permita que o caos financeiro se instale! Separe os setores.. Suas antenas captam transformações serias que estão vindo por aí. Façabomuso.
  9. 9. Margareth Silva Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 margareth.silvaa@yahoo.com.br www.melhoresdosul.com facebook.com/lacymargareth.silva Mix Odilon e Kátia com os filhos Bruno e Pedro, na maravilhosa residência no Morro dos Conventos são perfeitos anfitriões. No últi- mo domingo o almoço foi dos deuses. Adesing de sobrancelha Sandra da Silva é a grande profissional das Avenidas e leva muitos elogios. Agende seu horário 9919 3450. Alcidino, a Marca da Emoção. As novidades em óculos de grau e de sol dei- xam as pessoas elegantes e confortáveis. O atendimento é vip de toda equipe. O Evento “Garagem Cultural” nasceu da ideia de abrir um espaço democrático destinado as artes em todas as suas vertentes. Idealizado por vários parceiros e com o propósito de ser itinerante, estará aberto ao público nes- ta sexta a partir das 16h na garagem da Marche Guitan, no violão Alex Santos. No sábado das 10h às 17hs. Espaço Festa Natal inaugurou para maior con- forto das empresas e resi- dências. Você pode locar os enfeites ou adquirir e ainda conta com a equipe da Sil- vana Esmeraldino que está atualizada em decorações. Muitas opções para festas e eventos. Hoje saudamos todos os Mestres! Os professores são os formadores de todas as profissões. Todos os profissio- nais aprenderam na escola. O naturalista Tiago Rocha ensina hoje no Sesc Araranguá os melhores e os piores alimentos para nossa saúde. Usando as plantas, frutas e verduras. Troque um brinquedo pelo o ingresso. Aciva - 3º FAN Transforme cliques em clientes! Tia- go Tessman hoje no 3º FAN às 19h. Altos Cases com Instituto Mix de Profissões, Realengo e Contato Internet. ACIVA de parabéns! Balada Billy´s Pub Bar começa hoje com Quintaneja, amanhã tem cover do Legião Urbana com rock nacional e no domingo a casa lota ao som do Grupo Auto Estima. “A cultura está acima da diferença e condição social”, Confúcio. ³ Poder Legislativo de Araranguá na tarde de votação do Estatuto do Servidor. ³ Silvana Esmeraldino sendo emoldurada pela mãe dona Cida e a filha Vitória. ³ Anderson e Flávia com o filho Vicente, e a visita ilustre do chefe de gabinete da Unisul Willian e Gabriela Máximo, ela realizando doutorado em arquitetura na UFSC. ³ Ednea com Eduardo e Fúlvia inaugurando em Araranguá a Grand Canyon- Viagens e Turis- mo. Sucesso. ³ “Garagem Cultural”, está turma convida todos a curtir. ³ Fernando sindicalista com a secretária de governo Cida Costa e Dé do financeiro do município de Araranguá.
  10. 10. 10 Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 Publicidade
  11. 11. Publicidade 11Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015
  12. 12. Publicidade12 Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015
  13. 13. Polícia 13Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 que segundo ele era um amigo. “O Adir era um ótimo profissional que há mais de dez anos traba- lhava comigo. Um homem de primeira qualidade e tínhamos uma relação de amizade forte”. Segun- do Dirceu, Adir chegou a morar um tempo na empresa, que possui um quarto, quando estava se separando da mulher. Depois o mecânico se mudou para uma casa ao lado, onde estava re- sidindo sozinho, tendo uma filha já adulta. “Ele sempre trabalhava feliz, pois gostava de fazer esto- fados, bancos e retoques. Infelizmente aconteceu essa fatalidade que tirou a vida de um querido amigo e um excelente profissional”, lamentou o patrão. Dirceu disse que não se encontrava na em- presa no momento do aci- dente, e assim que soube correu para lá, torcendo para que o funcionário estivesse bem. Com a tragédia, sua intenção é tomar medidas que au- mentem a segurança dos trabalhadores. Depois do fato, o mo- torista Moacir ficou em estado de choque e com alguns ferimentos. Ele foi levado para o Hospital Dom Joaquim de Sombrio e depois encaminhado a delegacia para depoi- mento. a parede da garagem e arrastando o mecânico. O ônibus parou somente após atravessar a parede e o corpo de Adir ficou embaixo da roda traseira. Os bombeiros chega- ram a empresa em poucos minutos, mas Adir já estava sem vida. Foi ne- cessário um trabalho de logística para conseguir retirar o corpo debaixo do ônibus. A cena era terrível e bombeiros e policiais militares isolaram a área para evitar que curiosos fizessem fotos com celu- lares e as postagem em redes sociais, atitude que constrange familiares e amigos das vítimas. Após alguns minu- tos de trabalho, com a ajuda de um guincho e dos próprios funcionários da CST, os bombeiros conseguiram retirar o corpo, que foi colocado em uma espécie de bol- sa fechada, onde ficou a espera da chegada do Instituto Médico Legal de Araranguá.O IGP( Instituto Geral de Perí- cias) também esteve no local recolhendo provas e fazendo fotos para inves- tigar o acidente. O Correio do Sul con- versou com o proprietário da CST Turismo. O em- presário Dirceu Margu- te falou da tristeza de perder um funcionário > Sombrio Para alguns uma fatalidade, para outros descuido, mas para todos uma tragédia a morte do mecânicoAdir Luis Piekatoski, de 56 anos. Ele trabalhava na empresa CST Turismo, em Sombrio, e na manhã de ontem seguia sua ro- tina de mais de dez anos no mesmo emprego. Até que por volta das 10horas um acidente pôs fim a sua vida. Segundo informações da Polícia Militar, Adir estava em sua banca de ferramentas fazendo estofados para um micro- -ônibus. Um ônibus esta- va estacionado a aproxi- madamente dois metros a sua frente. Quando o motorista Moacir Mar- tins Espanhol entrou no ônibus Mercedes Benz de cor branca e placas JTP 3628 de Caxias do Sul, ligou o veículo. A sorte do colega foi selada naquele instante. O veículo ti- nha ficado com a marcha engatada e automati- camente seguiu para a frente, atropelando Adir que caiu do local onde es- tava sentado e foi parar embaixo do ônibus. Sem parar, o ônibus seguiu em frente destruindo Mecânicomorreesmagadoporônibus Tragédia Adir estava trabalhando quando colega ligou veículo, que disparou em sua direção, parando somente ao atingir parede ³Bombeiros e IML recolheram o corpo de Adir que ficou embaixo do ônibus ³Tamiris vai agora acertar contas com a justiça Da redação Homem foge de assalto em casa Foragida de MS vai em cana Motorista é assaltado e perde carro pegaram vários objetos, jogaram para dentro de um carro e saíram em fuga. Em seguida, se vendo cercados pela PM, largaram o veículo da família, um Siena, na rodovia 285, e se embrenharam em um matagal. A escuridão dificultou o trabalho dos policiais que se- guiram por horas na busca pelos bandidos, que não foram encon- trados.APolícia Militar conseguiu recuperar os produtos roubados da casa que estavam no automóvel. Apesar do susto, as vítimas não foram agredidas. confessou que estava morando em Sombrio há quatro meses, rece- beu voz de prisão e foi encaminhada a dele- gacia. Balneário Gaivota, que faz divisa com Arroio. A Polícia Militar foi acionadaeasguarnições fizeram buscas para en- contrar o veículo e pren- der os marginais. curavam dinheiro e coisas de valor. Aindasemsabercomo e de onde tirou coragem para tal façanha, o dono da casa vendo a família correndo perigo na mão do bando, conseguiu fugir e pedir ajuda a um amigo. A Polícia Militar foi acionada e informou toda a sua rede na região, pe- dindo reforço para pe- gar a quadrilha. Cinco guarnições do município vizinho mais o Pelotão de Patrulhamento Táti- co (PPT) se deslocaram para Turvo. Enquanto isso, ao perceber o sumiçode um dos reféns os assaltantes 26 anos, que há três anos foi presa na cidade de Campo Bom/ MS com 35 quilos de maconha, por tráfico de drogas. Ao ser abordada ela dois indivíduos que esta- vam em uma moto abor- daramomotoristae man- daram que ele descesse do carro. Os ladrões então pegaram a caminhonete e seguiram em direção a > Turvo Uma noite de pavor, parece nome de filme, mas foi o que viveu uma família na madruga- da desta quarta- feira, na Vila Progresso, em Turvo. Segundo a Polícia Militar, cinco homens entraram na casa, um com uma arma em pu- nho, e anunciaram o assalto. A família foi ren- dida e os bandidos co- meçaram um festival assustador de violência, revirando todos os cô- modos e jogando objetos pelo chão enquanto pro- > Sombrio A Polícia Militar não está brincando em serviço em Sombrio e região, e não está dan- do mole para a ban- didagem. Na tarde de quarta-feira os policiais receberam uma denún- cia anônima informan- do que uma foragida da justiça de Mato Grosso do Sul estava se escon- dendo em Sombrio. O P2 da PM (serviço de inteligência) e as guarnições foram até a rua Caetano Lummertz, em uma casa na chama- da Lomba da Rússia.Ali encontraram Tamiris Martins de Oliveira, de > Arroio do SilvA Uma caminhonete Saveirosdecorbrancafoi roubada ontem em Bal- neário Arroio do Silva. Segundo informações,
  14. 14. 14 Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 Publicidade SAÚDE 10MILHÕES de INVESTIMENTOSR$ em várias áreas 10 São realizados 150 exames de ultrassom por mês no Cemasas após a aquisição do aparelho. R$ 75 mil Fornecimento de medicamentos gratuitos à população. R$ 30 mil mensal São realizados 120 atendimentos mensais na clínica de fisioterapia e à domicílio. O município realiza, por mês, 3500 atendimentos médicos gratuitos. Fundamental para a nossa sociedade é um sistema de saúde sólido e eficaz. Por isso a Prefeitura de Maracajá investe constantemente neste setor, afirmando que muito já foi feito e acreditando que estamos no caminho certo para mais melhorias. Por mês são realizadas nas unidades de saúde 280 atendimentos odontológicos gratuitos. R$ 5 mil Entrega de kits de higiene bucal para todos os alunos da rede pública municipal e estadual.
  15. 15. Publicações Legais 15Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 LEI Nº 874, DE 13 DE OUTUBRO DE 2015 DISPÕE SOBRE AS DIRETRIZES PARA A ELABORAÇÃO DA LEI ORÇAMENTÁRIADE 2016 E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS. O PREFEITO MUNICIPAL DE BALNEÁRIO GAIVOTA, Estado de Santa Catarina, faz saber a todos os habitantes do Município que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e ele sanciona a seguinte lei: Art. 1º. O Orçamento do Município de Balneário Gaivota, para o exercício financeiro de 2016, será elaborado e executado de acordo com as diretrizes estabelecidas nesta lei, compreendendo: I – as metas fiscais; II – as prioridades e metas da administração municipal, extraídas do Plano Plurianual 2015/2017; III – a estrutura dos orçamentos; IV – as diretrizes para a elaboração e a execução dos orçamentos do Município; V – as disposições sobre dívida pública municipal; VI – as disposições sobre despesas com pessoal e seus encargos; VII – as disposições sobre alterações na legislação tributária; e VIII – as disposições gerais. I – DAS METAS FISCAIS Art. 2º.As metas fiscais de receitas, despesas, resultado primário, nominal e montante da dívida pública para os exercícios de 2016 a 2018, de que trata o art. 4º da Lei Complementar nº 101/2000, são as identificadas nosAnexos de Metas Fiscais e Riscos Fiscais, demonstrativos I a VIII e Anexos I a VII desta Lei. II – DAS PRIORIDADES E METAS DAADMINISTRAÇÃO Art. 3º. As prioridades e metas da Administração Municipal para o exercício financeiro de 2016 são aquelas definidas no Demonstrativo das Metas Físicas e Fiscais desta Lei. Parágrafo único. Os recursos estimados na lei orçamentária para 2016 serão destinados, preferencialmente, para as prioridades estabelecidas noAnexo Demonstrativo das Metas Físicas e Fiscais desta Lei, não se constituindo, todavia, em limite à programação das despesas. ........................................................................................................ ........................................................................................................ Art. 4º. Na elaboração da proposta orçamentária para 2016, o Poder Executivo poderá aumentar ou diminuir as metas e valores estabelecidas nesta Lei, a fim de compatibilizar a despesa orçada com a receita estimada, de forma a preservar o equilíbrio das contas públicas. ........................................................................................................ ........................................................................................................ ........................................................................................................ III – DA ESTRUTURA DOS ORÇAMENTOS Art. 5º. O orçamento para o exercício financeiro de 2016 abrangerá os Poderes Legislativo, Executivo seus Fundos e Autarquias e será elaborado levando-se em conta a Estrutura Organizacional da Prefeitura. Art. 6º. A Lei de Orçamento evidenciará as Receitas e Despesas de cada Unidade Gestora, identificadas por código da destinação de recursos, desdobradas as despesas por função, sub-função, programa, projeto, atividade ou operações especiais e, quanto a sua natureza, por categoria econômica, grupo de natureza e modalidade de aplicação. ........................................................................................................ ........................................................................................................ Art. 7º.Amensagem que encaminhar o projeto de lei orçamentária conterá quadro demonstrativo da evolução da Receita dos exercícios de 2013, 2014 e 2015, previsão para, 2015, 2016, 2017 e 2018, com justificativa da estimativa para 2016, acompanhado de metodologia e memória de cálculo. IV – DAS DIRETRIZES PARAA ELABORAÇÃO E A EXECUÇÃO DOS ORÇAMENTOS DO MUNICÍPIO Art. 8º. O orçamento e a sua execução obedecerá entre outros, ao princípio da transparência e do equilíbrio entre receitas e despesas em cada destinação, abrangendo os Poderes Legislativo, Executivo, seus fundos e autarquias. Art. 9º. Os estudos para definição do Orçamento da Receita, excluídas as previsões de convênios, alienações de bens e operações de crédito, deverá observar as alterações da legislação tributária, incentivos fiscais autorizados, a inflação do período, o crescimento econômico, a valorização imobiliária e a evolução da receita nos últimos três exercícios. Parágrafo único. Se a receita estimada, comprovadamente não atender ao disposto neste artigo, o Legislativo, quando da análise da Proposta Orçamentária, poderá reestimá-la, ou solicitar do Executivo Municipal a sua alteração e a conseqüente adequação do orçamento da despesa. Art.10.Naexecuçãodoorçamento,verificadoqueocomportamento da receita poderá afetar o cumprimento das metas de resultado primário e nominal, os Poderes Legislativo e Executivo, de forma proporcional as suas dotações, adotarão o mecanismo da limitação de empenhos e movimentação financeira no montante necessário, observada a destinação de recursos, ressalvadas as decorrentes de obrigações constitucionais e legais, inclusive aquelas destinadas ao pagamento da dívida. Art. 11. O orçamento da unidade gestora central contemplará recursos para a Reserva de Contingência, limitados entre 0,05% (cinco centésimos por cento) e 2% (dois por cento) da Receita Corrente Líquida prevista, destinada a atender os passivos contingentes e outros riscos e eventos fiscais imprevistos, conforme Anexo VII - Demonstrativo de Riscos Fiscais e Providências. Parágrafo único. Os recursos da Reserva de Contingência destinados a riscos fiscais, caso estes não se concretizem até o dia 10 de dezembro de 2016, poderão, excepcionalmente, ser utilizados por ato do Chefe do Poder Executivo Municipal para abertura de créditos adicionais suplementares de dotações que se tornarem insuficientes. Art. 12. Os investimentos com duração superior a 12 (doze) meses só constarão da Lei Orçamentária Anual se contemplados no Plano Plurianual. Art. 13. Os projetos e atividades priorizados na Lei Orçamentária Anual com dotações vinculadas a destinação de recursos oriundos de transferências voluntárias, operações de crédito, alienação de bens e outros, só serão executados e utilizados a qualquer título, se ocorrer ou estiver garantido o seu ingresso no fluxo de caixa. § 1º A apuração do excesso de arrecadação de que trata o artigo 43, § 3º da Lei 4.320/64 será realizado em cada destinação de recursos para fins de abertura de créditos adicionais suplementares e especiais conforme exigência contida nos artigos 8º, parágrafo único e 50, I da Lei de Responsabilidade Fiscal, LC nº 101/2000. § 2º - Na Lei Orçamentária Anual os orçamentos da receita e da despesa identificarão com codificação adequada cada uma das destinações de recursos, de forma que o controle da execução observe o disposto no caput deste artigo. Art. 14. As renúncias de receita estimadas para o exercício financeiro de 2016 serão consideradas para efeito de cálculo do orçamento da receita. Art. 15. A transferência de recursos do Tesouro Municipal a entidades beneficiará somente aquelas de caráter educativo, assistencial, recreativo, esportivo, cultural, saúde, de cooperação técnica e voltadas para o fortalecimento do associativismo municipal. Art. 16. Para efeito do disposto no Art. 16, § 3º da Lei de Responsabilidade Fiscal, são consideradas despesas irrelevantes, aquelas decorrentes da criação, expansão ou aperfeiçoamento da ação governamental que acarrete aumento da despesa, cujo montante num exercício, em cada evento, não exceda o valor para dispensa de licitação fixado no item I do Art. 24 da Lei 8.666/93, devidamente atualizado. Art. 17. Nenhum projeto novo poderá ser incluído no orçamento, sem antes ter assegurado recursos suficientes para obras ou etapa de obras em andamento e para conservação do patrimônio público, salvo projetos programados com recursos de convênios, alienação de bens e operações de crédito. Art. 18. O Município poderá contribuir para o custeio de despesas de competência de outros entes da Federação, mediante celebração de convênio, acordo, ajuste ou congênere e previsto os recursos na lei orçamentária anual. Art. 19. A previsão das receitas e a fixação das despesas serão orçadas para 2016 a preços correntes. Art. 20. A execução do orçamento da Despesa obedecerá, dentro de cada Projeto, Atividade ou Operações Especiais, a dotação fixada para cada Grupo de Natureza de Despesa/Modalidade de Aplicação, com apropriação dos gastos nos respectivos elementos de que trata a Portaria STN nº 163/2001. Parágrafo único. Para melhor adequar a execução do orçamento da Despesa, poderá ser feita a transposição, o remanejamento ou a transferência de recursos de um Grupo de Natureza de Despesa/ Modalidade de Aplicação para outro, dentro da mesma categoria de programação, assim entendida, cada Projeto, Atividade ou Operações Especiais. (Art. 167, VI da CF). Art. 21. Durante a execução orçamentária, o Executivo Municipal, autorizado por lei, poderá incluir novos projetos, atividades ou operações especiais no orçamento das unidades gestoras na forma de Crédito Especial, desde que se enquadre nas prioridades para o exercício e constantes desta lei, conforme art. 167, I da CF. Art. 22. Para fins do disposto no artigo 165, § 8° da Constituição Federal, considera-se crédito suplementar a criação de Grupo de Natureza de Despesa em categoria de programação ou a elevação do crédito orçamentário fixado na Lei Orçamentária para cada Grupo de Natureza de Despesa/Modalidade de Aplicação, excluído deste último o remanejamento realizado dentro da mesma categoria de programação. V – DAS DISPOSIÇÕES SOBREADÍVIDAPÚBLICAMUNICIPAL Art. 23. Obedecidos os limites estabelecidos em Lei Complementar Federal, o Município poderá realizar operações de crédito ao longo do exercício, para atendimento à Despesas de Capital, respeitado o limite de endividamento, na conformidade com a Lei Complementar nº 101/2000. ........................................................................................................ ........................................................................................................ VI – DAS DISPOSIÇÕES SOBRE DESPESAS COM PESSOAL ........................................................................................................ ........................................................................................................ Art. 24. O Município, mediante lei autorizativa, observada a iniciativa privativa de cada Poder, poderá criar cargos e funções, alterar a estrutura de carreiras, corrigir ou aumentar a remuneração dos servidores, conceder vantagens e, por ato administrativo, admitir pessoal a qualquer título, observados os limites e as regras da Lei de Responsabilidade Fiscal. Parágrafo único. Os recursos para as despesas decorrentes destes atos deverão estar previstos no orçamento ou em créditos adicionais. Art. 25. Nos casos de necessidade temporária, de excepcional interesse público, devidamente justificado pela autoridade competente, a Administração Municipal poderá autorizar a realização de horas extras pelos servidores, quando as despesas com pessoal excederem a 95% do limite estabelecido no art. 20, III da Lei de Responsabilidade Fiscal. Art. 26. Para efeito desta lei e registros contábeis, entende-se como terceirização de mão-de-obra referente substituição de servidores de que trata o artigo 18, § 1º da LRF, a contratação de mão-de-obra cujas atividades ou funções guardem relação com atividades ou funções previstas no Plano de Cargos daAdministração Municipal, ou ainda, atividades próprias da Administração Pública Municipal, desde que, em ambos os casos, não haja utilização de materiais ou equipamentos de propriedade do contratado ou de terceiros. Art. 27 –Averificação dos limites das despesas com pessoal serão feitas ao final de cada semestre na forma estabelecida na Lei de Responsabilidade Fiscal. ........................................................................................................ VII – DAS DISPOSIÇÕES SOBREALTERAÇÃO DALEGISLAÇÃO TRIBUTÁRIA Art. 28. O Poder Executivo Municipal, autorizado em lei, poderá conceder ou ampliar benefícios fiscais aos contribuintes, devendo, nestes casos, serem considerados nos cálculos do orçamento da receita, apresentando estudos do seu impacto e atender ao disposto no Art. 14 da Lei de Responsabilidade Fiscal. Art. 29. Os tributos lançados e não arrecadados, inscritos em Dívida Ativa, cujos custos para cobrança sejam superiores ao crédito tributário, poderão ser cancelados, mediante autorização em lei, não se constituindo como renúncia de receita para efeito do disposto no Art. 14 da Lei de Responsabilidade Fiscal. Art. 30. O ato que conceder ou ampliar incentivo, isenção ou benefício de natureza tributária ou financeira constante do Orçamento da Receita, somente entrará em vigor após adoção de medidas de compensação, seja por aumento da receita ou mediante cancelamento, pelo mesmo período, de despesas em valor equivalente. VIII – DAS DISPOSIÇÕES GERAIS Art. 31. Se o Projeto de Lei Orçamentária anual não for encaminhado à sanção até o início do exercício financeiro de 2016, fica o Poder Executivo Municipal autorizado a executar a proposta orçamentária na forma original, até a sanção da respectiva Lei Orçamentária Anual. Parágrafo único. Os eventuais saldos negativos apurados em decorrência do disposto no caput deste artigo serão ajustados após a sanção da Lei Orçamentária Anual, mediante a abertura de créditos adicionais suplementares, através de decreto do Poder Executivo, usando como fontes de recursos o Superávit Financeiro do Exercício anterior, o Excesso ou provável excesso de arrecadação, a anulação de saldos de dotações não comprometidas e a Reserva de Contingência, sem comprometer, neste caso, os recursos para atender os riscos fiscais previstos. Art. 32. Serão consideradas legais as despesas com multas e juros pelo eventual atraso no pagamento de compromissos decorrentes de insuficiência de disponibilidade de caixa, conforme disposto no artigo 117 da Constituição do Estado de Santa Catarina. Art. 33. A Administração Municipal, tanto quanto possível, até a criação de estrutura adequada, deverá apropriar as despesas de forma a demonstrar o custo de cada ação. Art. 34. Os créditos especiais e extraordinários, abertos nos últimos quatro meses do exercício, poderão ser reabertos no exercício subseqüente, por ato do Chefe do Poder Executivo. Art. 35. O Poder Executivo Municipal está autorizado a assinar convênios com o Governo Federal e Estadual através de seus órgãos da administração direta ou indireta para realização de obras ou serviços de competência do Município ou não. Art. 36. Esta lei entra em vigor na data de sua publicação, com efeitos a partir de 1º de janeiro de 2016. Balneário Gaivota, 13 de outubro de 2015. Ronaldo Pereira da Silva Prefeito Municipal Publicada e registrada na Secretaria deAdministração e Finanças na data supra. Jeferson Raupp Secretário de Administração e Finanças Edital Nos termos da legislação estatutária e legal em vigor, ficam os convocados, por esse Edital, todos os eleitores filiados ao Partido do Movimento Democrático Brasileiro - PMDB, de Sombrio, para a CONVENÇÃO MUNICIPAL, que será realizada no dia 24 de Outubro de 2015, com início às 14h e encerramento Às 17h, na Câmara Municipal de Vereadores, sito a rua Professora Edy Maciel Cunha, nº 37, Centro, Sombrio, com a seguinte ORDEM DO DIA: a. Eleição por voto direto e secreto, do Diretório Municipal, que será constituído de 45 membros e de 15 suplentes; b. Eleição por voto direto e secreto de DOIS delegados e respectivos suplentes à Convenção Estadual; c. Eleição por voto direto e secreto da Comissão de Ètica e Disciplina e seus Suplentes; d. Eleição por voto direto e secreto da Comissão Executiva e seus Suplentes, do Conselho Fiscal e Suplentes, pelo Diretório Municipal Eleito. Sombrio, 15 de Outubro de 2015 João Carlos Micheleto Alano Presidente da Comissão Executiva Municipal EsTaDO DE saNTaCaTaRINa PREfEITURaMUNICIPaL DE BaLNEÁRIO GaIVOTa PMDB DE sOMBRIO
  16. 16. Publicações Legais16 Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 Estado dE santaCatarina PrEfEituraMuniCiPal dE araranGuÁ Estado dE santaCatarina PrEfEituraMuniCiPal dE araranGuÁ Estado dE santaCatarina PrEfEituraMuniCiPal dE araranGuÁ Estado dE santaCatarina PrEfEituraMuniCiPal dE araranGuÁ Estado dE santaCatarina PrEfEituraMuniCiPal dE araranGuÁ Estado dE santaCatarina PrEfEituraMuniCiPal dE araranGuÁ dECrEto nº 7.088, dE 02 dE outuBro dE 2015. EXONERA CHEFE DO SERVIÇO DE ORIENTAÇÃO ADMINISTRATIVA. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, especificamente o art. 83, VII: DECRETA Art. 1º - Fica exoneradaANGELAAPARECIDADASILVAdo cargo em comissão de Chefe do Serviço de Orientação Administrativa, da Secretaria de Educação, símbolo CC5, do quadro de pessoal do Poder Executivo Municipal. Art. 2º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 02 de outubro de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 02 de outubro de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração dECrEto nº 7.090, dE 08 dE outuBro dE 2015. EXONERA OS SERVIDORES ABAIXO RELACIONADOS DOS CARGOS QUE MENCIONA. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município e, especificamente, o artigo 83, VII: DECRETA Art. 1º - Ficam exonerados os servidores abaixo relacionados, dos cargos que menciona: Art. 2º - Este Decreto entra em vigor a partir de sua publicação. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 08 de outubro de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 08 de outubro de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração dECrEto nº 7.092, dE 09 dE outuBro dE 2015. EXONERA DIRETOR DE ESTUDOS AMBIENTAIS E ARQUEOLÓGICOS DAFUNDAÇÃOAMBIENTALDO MUNICÍPIO DE ARARANGUÁ - FAMA. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município, especificamente o art. 83, VII: DECRETA Art. 1º Fica exonerado ALCI PERUCHI do cargo em comissão de Diretor de Estudos Ambientais e Arqueológicos da Fundação Ambiental do Município de Araranguá - FAMA, símbolo CC3, do quadro de pessoal do Poder Executivo Municipal. Art. 2º - Este Decreto entra em vigor a partir de sua publicação. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 09 de outubro de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 09 de outubro de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração dECrEto nº 7.093, dE 13 dE outuBro dE 2015. EXONERA OS SERVIDORES ABAIXO RELACIONADOS DOS CARGOS QUE MENCIONA. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município e, especificamente, o artigo 83, VII: DECRETA Art. 1º - Ficam exonerados os servidores abaixo relacionados, dos cargos que menciona: Art. 2º - Este Decreto entra em vigor a partir de sua publicação. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 13 de outubro de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 13 de outubro de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração dECrEto nº 7.091, dE 09 dE outuBro dE 2015. EXONERA OS SERVIDORES ABAIXO RELACIONADOS DOS CARGOS QUE MENCIONA. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município e, especificamente, o artigo 83, VII: DECRETA Art. 1º - Ficam exonerados os servidores abaixo relacionados, dos cargos que menciona: Art. 2º - Este Decreto entra em vigor a partir de sua publicação. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 09 de outubro de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 09 de outubro de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração dECrEto nº 7.089, dE 02 dE outuBro dE 2015. NOMEIA OS MEMBROS COMPONENTES DO CONSELHO MUNICIPAL DE SAÚDE. O Prefeito Sandro Roberto Maciel, no exercício das atribuições emanadas da Lei Orgânica do Município e, especificamente, ao que determina a Lei Municipal nº 2.851, de 18 de dezembro de 2009: DECRETA Art. 1º - Ficam nomeados os componentes do Conselho Municipal de Saúde, na forma determinada pelo artigo 4º da Lei Municipal nº 2.851, de 18 de dezembro de 2009, representando as respectivas entidades: I - Dos Usuários a) Representante da União de Associações de Moradores de Araranguá: Sergio De Luca – Titular; e Solene Feltrin – Suplente b) Representante da Pastoral da Criança e da Pastoral da Saúde: Daina Leite Henrique – Titular; e Zulma Alzira Costa – Suplente Marli Nachado – Suplente c) Representante da Rede Feminina de Combate ao Câncer: Ana Terezinha Valim Tournier – Titular; e Ada Leda P da Silva – Suplente d) Representante do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Zeni D. Anastácio – Titular; e Rosalba Turatti Alves – Suplente e) Representante da Associação dos Aposentados de Araranguá: Osmar Nunes – Titular; e Regina do Carmo Cador – Suplente f) Representante das Igrejas Evangélicas: Neusa Maria Araujo Mateus – Titular; e Marcio Costa – Suplente II - Entidades dos Trabalhadores de Saúde a) Representante das Unidades de Saúde do Município: Eliane Zanette – Titular; e Lilian Venâncio Nolla – Suplente b) Representante da Associação Brasileira de Odontologia: Lidia Beatriz Perico Pirolla – Titular; e Aliden W. Robaski – Suplente c) Representante do Sindisaúde - Sindicato Dos Trabalhadores em estabelecimentos de Serviços de Saúde, Criciúma e Região: João Batista Martins Estevam – Titular; e Miraci Perez Floreano - Suplente III - Representante do Governo, Prestadores de serviços privados conveniados, ou sem fins lucrativos a) Representante da Secretaria Municipal de Saúde; Rosane M. Kochhann – Titular; e José Murialdo da Costa Pereira – Suplente b) Representante do Hospital Regional DeputadoAffonso Ghizzo; Ana Maria Dantas de Almeida – Titular; e Rita de Cássia Premoli – Suplente c) Representante do Corpo de Bombeiro Samuel Ambrosio – Titular; e Guilherme Costa dos Santos – Suplente Art. 2º - Este Decreto entra em vigor a partir de sua publicação. Art. 3º - Revogam-se as disposições em contrário. Prefeitura Municipal de Araranguá, em 02 de outubro de 2015. SANDRO ROBERTO MACIEL Prefeito Municipal Registrado e Publicado o presente Decreto na Secretaria da Administração Municipal, em 02 de outubro de 2015. FERNANDO VALMOR MARCELINO Secretário de Administração
  17. 17. Publicações Legais 17Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 EDITAL DE INTIMAÇÃO ARLINDO EDÍLIO DA ROSA, Titular do TABELIONATO DE NOTAS E PROTESTOS DE TÍTULOS desta Comarca de Sombrio, situado na Av. Nereu Ramos, 1300 - Fone (48) 3533-0318 - CEP 88960-000, atendimento das 08:00h - 12:00h e 14:00h - 18:00h, faz saber na forma da Lei aos que o presente EDITAL virem, que se encontram nesse tabelionato para serem protestados, decorrido o prazo legal de 03 (três) dias úteis, por não terem sido encontrados nos endereços fornecidos, ou por se recusarem a tomar conhecimento, os títulos cujos responsáveis estão abaixo discriminados. Ficam esclarecidos, também, de que nesse mesmo prazo poderão apresentar resposta escrita, que não impedirá a lavratura do protesto. PROT. APRESENTANTE / CNPJ DEVEDOR / CNPJ Prot: 139386; Devedor(es): CAMILA CHAGAS ATAIDES - 070.159.459-40, End: Rua Abilio Joaquim da Cunha, 397, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Sac: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Tit: 1449942 ; Apr: FCDL; VEN: 20/05/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 306,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 70,13. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 42,20 - Condução R$ 14,18 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 70,13. Prot: 139466; Devedor(es): DAIANA PADILHA DOS SANTOS - 026.011.340-97, End: Vivil Kozuchoviski, 497, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: AYMORÉ CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S.A.; Sac: ; Tit: 284576670 ; Apr: AYMORÉ CRÉDITO FINANCIAMENTO E INVESTIMENTO S.A.; VEN: 22/12/2014; Esp: Cédula de Crédito Bancário por Indicação; Val: R$ 14.228,92 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 139394; Devedor(es): EDSON FERREIRA - 050.847.959-26, End: Estrada Geral, 1999, Balneario Gaivota; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Sac: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Tit: 1448781 ; Apr: FCDL; VEN: 09/08/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 3.162,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 78,80. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 42,20 - Condução R$ 22,85 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 78,80. Prot: 139462; Devedor(es): FABRICIO ZACARIAS MACHADO - 025.603.240-83, End: Av. Papa João XXIII, 1140, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: LOJAS SOMBRA RIO; Sac: LOJAS SOMBRA RIO; Tit: 7890 ; Apr: FCDL; VEN: 10/01/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 2.070,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 139461; Devedor(es): JANAINA DOS REIS - 060.804.249-83, End: Rua Emanuel Wurffel, 1032, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: LOJAS SOMBRA RIO; Sac: LOJAS SOMBRA RIO; Tit: 7987 ; Apr: FCDL; VEN: 18/05/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 162,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 139464; Devedor(es): LUCIANO GOMES - 991.032.810-00, End: Rua das Flores, 350, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: LOJAS SOMBRA RIO; Sac: LOJAS SOMBRA RIO; Tit: 5340 ; Apr: FCDL; VEN: 27/06/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 320,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Prot: 139458; Devedor(es): MARIA CLAUDETE DA SILVA - 646.146.899-49, End: RUA EDMUNDO JOSINO PEREIRA 1526 , 1526, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: LOJAS SOMBRA RIO; Sac: LOJAS SOMBRA RIO; Tit: 7896 ; Apr: FCDL; VEN: 02/04/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 300,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 55,95.Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 42,20 - Condução R$ 0,00 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 55,95. Prot: 139456; Devedor(es): MENAIR BARBOSA COELHO - 625.615.889-04, End: Rua Frederico Hobold, 805, Sombrio; Tip: Normal; Mot: Falta de pagamento; Ced: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Sac: CONFECCOES MATTRIC LTDA; Tit: 1457057 ; Apr: FCDL; VEN: 19/08/2015; Esp: Duplicata de Venda Mercantil por Indicação; Val: R$ 4.080,00 + Juros Legais (1% a.m.); Emol.: R$ 46,96. Apontamento R$ 13,75 - Selo R$ 1,55 - Distribuição R$ 0,00 - Diligência R$ 27,50 - Condução R$ 5,71 - Digitalização R$ 0,00- Total Emolumentos R$ 46,96. Certifico, para os devidos fins, que o presente edital foi afixado no mural da serventia em: 15/10/2015. Sombrio - SC, 15/10/2015 ARLINDO EDÍLIO DA ROSA
  18. 18. 18 Correio do Sul Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 Publicidade
  19. 19. Ao Internacional fica o consolo de ter vendido caro a derrota para o postulante ao título, mas muito pouco para um time que vislumbra a quarta vaga na Libertadores do ano que vem. Com o re- sultado, o Atlético-MG chegou aos 59 pontos, ás, naArena Corinthians. Lucas Pratto abriu o placar, de pênalti, mas Paulão empatou ainda no primeiro tempo. No segundo tempo, Marcos Rocha deu números finais ao importante triunfo. No tira-teima do ano, o Atlé- tico-MG também levou a melhor: duas vitórias mi- neiras, contra uma der- rota e um empate. Com o dever de casa feito, agora resta aos atleticanos se- carem o Corinthians para que essa desvantagem se mantenha, ou seja ampliada somente para os três pontos que podem ser tirados no confronto direto do Horto, no dia 1º de novembro, pela 33ª rodada do Brasileiro. Galo faz sua parte, bate Inter e torce por tropeço do líder Timão > Belo Horizonte Foi no sufoco, sofri- do, como o torce- dor do Atlético-MG gosta de dizer, mas no tira-tei- ma da temporada contra o Internacional, o Galo le- vou a melhor e venceu por 2 a 1, no Independência, nesta quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro. Os três pontos serviram para deixar o time a dois pontos do líder Corin- thians (61 pontos), pelo menos até às 19h30 (de Brasília), desta quinta- -feira, quando a equipe paulista, que agora entra pressionada para não dei- xar o concorrente direto encostar, enfrenta o Goi- Quinta-feira, 15 de outubro de 2015 ³ 19-23-35-48-53CONCURSO 3.908 QUINA 14/10 ³ 01-02-04-06-08 ³ 09-11-12-13-14 ³ 17-18-23-24-25 CONCURSO 1.271 LOTO FÁCIL 14/10 Roger confirma desfalque de Erazo e "preserva" informação sobre ataque > portoalegre O Grêmio está de- finido para o jogo com o Santos, às 21h desta quinta-feira, na Arena, mas não é conhecido pu- blicamente. O técnico Roger preferiu manter a dúvida na escalação, principalmente no setor ofensivo,entreBobôePe- droRocha.Poroutrolado, confirmouqueozagueiro Erazo, que atuou com a seleção do Equador na terça, será desfalque na defesa. O equatoriano, após ser titular na vitória so- bre a Bolívia, foi liberado para resolver assuntos particulares e só retorna para Porto Alegre nesta quinta-feira. Por isso, também, não será utili- zado por Roger. Bressan iniciaapartidaaoladode PedroGeromelnadefesa. - Joga o Bressan. O Erazo jogou há dois dias, vai fazer no momento do jogo 48h da vinda dele, com viagem no meio. Tão importante quanto poder arriscar de colocá- -lo em campo, também é tê-lo conosco no restante da sequência. Foi libera- do para permanecer em sua cidade pela direção - revelou o comandante gremista. Os atletas que retor- naram da seleção olím- pica, casos de Luan e Walace, estarão 100% paraapartidaenãoacar- retam problemas para o treinador. Ambos devem ser titulares. A dúvida fica por conta do sistema ofensi- vo. Roger testou jogadas com Bobô na referência durante a semana, mas também montou equipe com Pedro Rocha, antes do retorno de Luan. Dos três, jogam dois - a ten- dênciaéqueLuaneBobô estejamemcampodesde o início. - Já tenho a defini- ção, gostaria de preser- varessainformação,mas nada muito diferente do que em algum momento nós utilizamos - sorriu Roger. O Tricolor não deve contar com Edinho para a partida, que deixou o treino da manhã desta quarta-feira após se cho- car com o goleiro Tiago. Outro que fica fora é o goleiro Marcelo Grohe, com lesão no ombro di- reito - Bruno Grassi será o titular. enquanto o Internacional permaneceu com 44, na oitava posição. No próxi- mo domingo, o Colorado vai até o Rio de Janeiro, onde encara o Flamengo, no Maracanã, às 16h. Às 18h30, na Ilha do Retiro, em Recife, será a vez do Galo encarar o Sport.
  20. 20. QUinTa-feira, 15 de oUTUbro de 2015

×